Issuu on Google+


DEGUSTE • dezembro • 2011

3


Espaço do Leitor

Cardápio

LEITOR PREMIADO

Deguste

GASTRONOMIA POTIGUAR

Maio de 2012 - ano 8 - edição 82

14

Dolce Vita lança menu especial no almoço

A Revista Deguste traz a marca da contemporaneidade. Com profissionalismo e requinte dignos dos maiores elogios, com conteúdo original e equilibrado, traz, em “seu cardápio”, espaços e serviços que deliciam qualquer pupila degustativa. Apetece descobrir esta cidade e região através do “roteiro” sugerido pela Deguste, que, além de satisfazer ao paladar, eleva a alma, pois a revista tem primado por apresentar lugares e ambientes dignos de suas páginas. Parabéns à equipe, uma fórmula do sucesso! Maria Medianeira Mazzurana – Professora e Advogada Nova Parnamirim - Parnamirim/RN A advogada Maria Medianeira foi escolhida a leitora do mês da Revista Deguste e, como brinde, recebeu das mãos de Marcelo Chianca, do Magazzino Vinhos & Cozinha, o rótulo argentino Penedo Borges Malbec 2010, produzido em Medoza, na Argentina.

É muito bom saber que a DEGUSTE se interessa pelos restaurantes de outras cidades pólos do Rio Grande do Norte e não fica limitada ao mercado de Natal. Achei muito boa as reportagens sobre os restaurantes de Mossoró e Currais Novos na edição passada. A equipe toda está de parabéns! Mário da Silva Nascimento - Micro empresário Capim Macio - Natal/RN

18 Cascudo Bistrô faz aniversário com novo cardápio

Todos os meses fico surpresa com a quantidade de notícias sobre restaurante novos que aparecem nas páginas desta prestigiada revista DEGUSTE. São tantos que haja dinheiro para a gente frequentar todos eles e degustar as comidas maravilhosas que produzem. Joana Dantas - Executiva por e-mail Constatar que Natal é um centro pujante de tantos empreendimentos gastronômicos só pode ser motivo de muita satisação para os que aqui residem. Parabéns à DEGUSTE por prestigiar nossos restaurantes e aprensentá-los ao público numa embalagem tão elegante. Rafael Motta - Engenheiro de Produção Capim Macio - Natal/RN

Nossa Capa Filetto Al Aglio e Olio, por Sanylle Faraj, do novo Piazza dei Fiori, na Praça das Flores Foto: Benício Siqueira

4 DEGUSTE • maio • 2012

23 Rock Dog Café tem menu para o Dia das Mães

07 A Belíssima La Via Pane, em Petrópolis 10 La Brasserie de La Mer com menu executivo no almoço 12 Piaza dei Fiori é inaugurado na Praça das Flores 16 O bufê de saladas no Mariposa Natal 19 Café do Centro está presente nos melhores restaurantes 22 Superdog abre no Largo do Atheneu 30 Campos Refrigeração aumenta mix de produtos 37 Pousada Só Alegria em São Miguel do Gostoso Seções 05 Pelos Restaurantes 20 Gastronomia & Letras 24 Aromas de Café

32 Balaio Gourmet 38 Opinião 50 Folhas de Cuba


Pelos Restaurantes... Luís Benício Tavares Siqueira - tbenicio@uol.com.br

Le Verre de Vin chega aos restaurantes potiguares

U

Um dos equipamentos mais modernos de conservação de vinhos começa a fazer sucesso nos restaurantes de Natal. A Le Verre de Vin, uma máquina de origem inglesa e que se popularizou por toda Europa, chegou a capital potiguar através da parceria da Vinhedos com a importadora Decanter. O diferencial da Le Verre de Vin é que ela possibilita o consumo do vinho em taças preservando todas as qualidades do produto. Ricardo Barbosa, gestor da Vinhedos, explica que isso ocorre porque a máquina retira todo o oxigênio da garrafa depois de aberta. Esse procedimento conserva as propriedades e sabor original do vinho. "A Le Verre de Vin permite que o cliente deguste de qualquer um dos rótulos oferecidos pelo restaurante, podendo saborear de dois ou mais rótulos diferentes em uma única ocasião", explica. O Camarões do shopping Midway Mall foi o primeiro restaurante a receber o equipamento em Natal. A máquina foi instalada há dois anos, na época da inauguração da casa. Na ocasião, a Le Verre de Vin era a segunda em funcionamento no Nordeste.

5

FOTOS ROGÉRIO VITAL

O gestor da Vinhedos, Ricardo Barbosa, é quem negocia a instalação do Le Verre de Vin

Vinhedos Av. Prudente Morais, 2700 Barro Vermelho - Natal/RN Fone: (84) 3213-9080

DEGUSTE • março • 2011

5


Da Redação

As novidades gastronômicas

N

Não há como deixar de registrar o fato de que, mês após mês, temos noticiado aqui na DEGUSTE inaugurações de novos bares, restaurantes, docerias e outros tipos de estabelecimentos da gastronomia em Natal. Mesmo que você ache repetitivo tocar neste assunto mais uma vez, para nós é indispensável constatar que o mercado está receptivo a boas ideias e que há empreendedores com disposição para atravessar o deserto dos primeiros meses (às vezes dos primeiros anos) de consolidação de um novo negócio. Ao mesmo tempo em que marcas inéditas estão surgindo em endereços novos, como é o caso da belíssima La Via Pane, em Petrópolis, outras casas estão sendo inauguradas em espaços de antigos restaurantes que encerraram suas atividades. Um bom sinal, porque mostra que a nossa economia não está diminuindo, mas, reciclando.

Uma notícia em especial chama a atenção: o Pittisburg inaugurou uma loja na Rua Potengi, em Petrópolis, a qual dotou de um novo conceito empresarial, com produtos voltados para o público de alto padrão que frequenta o bairro. A nova loja se chama Pittsburg Premium. Outro destaque em Petrópolis é a abertura do Piazza dei Fiori, restaurante que nasceu no mesmo endereço onde antes funcionou o Bigi Restô, na Praça das Flores. Há muito mais o que ler nesta edição da DEGUSTE. Acompanhe a leitura com uma boa taça de vinho e bom apetite!

FOTO CANINDÉ SOARES

Luís Benicio T. Siqueira Diretor Executivo

Expediente

Deguste

Revista de Gastronomia

Diretor Executivo Luís Benício Tavares Siqueira (84) 9172-6375 benicio@revistadeguste.com

Diretor de Redação Washington Rodrigues (84) 9904-9683 wrrodriguescom@yahoo.com.br Jornalistas Claudia Andrade claudia@revistadeguste.com

Av. Jaguarari, 4990, Lj 28 - Lagoa Nova - Natal/RN - CEP 59054-500 Fones (84) 3234.5566 - www.revistadeguste.com Thyago Macedo thyagomacedo@revistadeguste.com

Contato Mossoró Kaliane Monteiro (84) 8832-1559

Diretor de Arte Edílson Martins de Araújo edilson.martins1@gmail.com

Revisão Rejane Souza

Colaboradores Arthur Coelho Gilvan Passos Déborah Massud

Diretor Comercial Carlos Brumatti - (84) 9688-4020

Fotografia Canindé Soares Rogério Vital

Revista Deguste Gastronomia Potiguar é uma publicação mensal da Deguste Comunicação, Assessoria e Marketing Ltda.

Contato Nicolas Rombotis - (84) 9907-6444

Tratamento de imagem Felipe Melo de Araujo

Tiragem 6 mil exemplares

Os textos assinados não refletem necessariamente a opinião da revista, sendo de inteira responsabilidade de seus autores.

6 DEGUSTE • maio • 2012

Washington Rodrigues Diretor de Redação

Tota Barbosa Paulo Guillén Walid Bou Chacra


La Via Pane

Gastronomia em Petrópolis

D

Difícil imaginar outro endereço tão apropriado para a La Via Pane, que não seja o bairro Petrópolis. À primeira vista, a La Via Pane parece uma padaria chique, com ambientação requintada, cafeteria e delicatessen. Depois que você entra no estabelecimento e começa a passear pelos vários ambientes é que percebe que ela é tudo isso e muito mais. A grandiosidade do mix de produtos e das instalações impressiona. A La Via Pane pertence ao casal Marcelo e Rose Guerra, donos do Grupo MRG, proprietários de dois hoteis em Ponta Negra e das lojas do fast-food Estupendo. Eles contam no projeto com a parceria do sócio Geraldo Cavalcanti, que é especialista em administração de padarias e um grande entusiasta da gastronomia. Originários de São Paulo, eles perceberam que havia mercado para uma padaria gourmet em Natal. E o bairro adequado seria Petrópolis, pelo perfil do público de alto padrão de consumo e já familiarizado com às boas marcas gastronômicas. DEGUSTE • maio • 2012

7


FOTOS ROGÉRIO VITAL

A La Via Pane abriu as portas no dia 26 de março, na Av. Nilo Peçanha, nas imediações da Maternidade Januário Cicco, e funciona como um centro gastronômico. Há padaria, cafeteria, delicatessen, self service, pizzaria, sopas, café da manhã, brunch e grande produção de produtos de panificação. No primeiro dia, sem qualquer campanha publicitária, fez 300 atendimentos. Logo nos primeiros fins de semana, havia fila de espera na pizza. Ao todo, são cerca de 500 itens alimentícios vendidos na La Via Pane. Por enquanto o delivery ainda não está funcionando. Mas já há demanda reprimida, pois os clientes estão encomendando pelo telefone e indo buscar as iguarias no próprio carro.

Os sócios Marcelo Guerra e Geraldo Cavalcanti

Café da manhã, almoço, lanche da tarde ou jantar: você escolhe o melhor horário para frequentar a La Via Pane

8 DEGUSTE • maio • 2012


A estrutura inclui estacionamento próprio, o que representa um grande diferencial em relação a outros estabelecimentos do gênero na cidade que vieram de projetos antigos sem condições para acomodar grande fluxo de veículos. Além dos muitos itens no cardápio, a padaria é dinâmica em criar novos tipos de pães para encantar os clientes. Os funcionários que ocupam cargos chave na produção de alimentos já fazem parte do grupo há muito tempo. Há um ano eles vêm sendo treinandos para começar o funcionamento da nova loja sem improvisos ou falta de capacidade de atender os clientes. Além de servir o consumidor final, a La Via Pane também fornece alimentos para os dois hotéis do Grupo MRG e as lojas Estupendo.

A qualidade dos pães, tortas e pizzas encantam os clientes que chegam pela primeira vez ao estabelecimento

La Via Pane Gastronomia Av. Nilo Peçanha, 338 Petrópolis – Natal/RN Fone: (84) 3322-1627 www.laviapane.com.br DEGUSTE • maio • 2012

9


La Brasserie de La Mer

O

lança menu executivo de terça a sexta-feira

O restaurante La Brasserie de La Mer, do Hotel Majestic, inaugurado pela família Gosson, em Ponta Negra, lançou, no mês passado, seu menu executivo para o horário do almoço, com cinco opções de entrada, seis opções de pratos principais e três opções de sobremesa. O cliente almoça com sabor e glamour a um preço altamente competitivo, R$ 46, que inclui a refeição completa (entrada, prato principal e sobremesa) excluindo as bebidas. O próprio chef-consultor do restaurante, o francês Erick Jacquin, dono de uma das mais reputadas casas de São Paulo, o La Brasserie Erick Jacquin, esteve em Natal para o lançamento do menu executivo, em um almoço para jornalistas da cidade. Segundo Jacquin, a ideia é democratizar o acesso ao restaurante, permitindo que as pessoas possam almoçar pratos de excelente gastronomia com preços até R$ 50. "Sabemos que, na maioria das vezes, as pessoas não podem pagar R$ 150 por uma refeição completa em um restaurante de alto padrão durante o almoço. Então, o menu executivo, com entrada, prato principal e sobremesa, vai permitir uma presença maior de público no La Brasserie nesse horário", explica o chef. O menu executivo funciona de terça a sexta-feira. O restaurante não abre na segunda-feira.

A entrada Ovo frito com Champignons

La Brasserie de Lar Mer Hotel Best Western Majestic Av. Eng. Roberto Freire, 8860 Ponta Negra - Natal/RN Fone: (84) 3642-7000

Peixe do Dia grelhado com legumes

Brownie de chocolate

10 DEGUSTE • maio • 2012

Karim Gosson, Erick Jacquin e Abdon Gosson, do La Brasserie, em Natal


DEGUSTE • abril • 2012

11


B

a nova cantina italiana de Petrópolis

FOTOS BENÍCIO SIQUEIRA

Piazza dei Fiori Batizado de Piazza dei Fiori, em homenagem à Praça das Flores, em Petrópolis, foi inaugurado, em abril, o novo restaurante dos sócios Eduardo Machado, o Dudu Machado, que já foi candidato a vice prefeito de Natal, e Witame Júnior, filho do fundador do Piazzale Itália, Witame Gomes, com a consultoria da chef de cozinha Sanylle Faraj. O Piazza dei Fiori funciona onde antes era o Bigi Restô e tem proposta de trabalhar com o cardápio à La carte. Eduardo Machado, que é formado em Publicidade, recebeu a proposta de assumir o espaço do antigo Bigi, na Praça das Flores, e convidou o amigo Witame Júnior, que é advogado, para assumir, junto com ele, o negócio. Witame trabalha no restaurante da família desde os 13 anos e tem experiência como pizzaiolo e chef de cozinha. Além disso, também atua como organizador de festivais gastronômicos por todo o Rio Grande o Norte, em parceria com o sogro, Wald Faraj. A experiência dos dois empresários foi reforçada com os conhecimentos da chef Sanylle Faraj (filha de Wald) que, atualmente, comanda a cozinha do restaurante Guinza, e elaborou o cardápio. "Nós seguimos aqui o mesmo padrão de cozinha do Piazzale, inspirado na região italiana da Sardenha", diz Sanylle.

Na foto principal,o Filetto Al Aglio e Òlio e Erbe Fresche

Ambientação caprichada para agradar ao público exigente de Petrópolis

12 DEGUSTE • maio • 2012

Sanylle Faraj, Witame Júnior e Dudu Machado


Pizzas finas e crocantes como as do tradicional Piazzale Itália O restaurante tem 28 tipos de pizzas, produzidas pelo próprio Witame Júnior, da maneira tradicional italiana, e 30 tipos de pratos, entre pastas e frutos do mar, além de10 opções de entradas. Os molhos foram desenvolvidos exclusivamente para o Piazza dei Fiori. As sobremesas são diferenciadas. Os singelos churros aparecem no cardápio. A carta de vinhos tem 35 rótulos, entre os espumantes, brancos e tintos, da Argentina, Chile, Itália, França e África do Sul. A carta, aliás, é exclusiva da importadora Grand Cru. O Piazza dei Fiori teve o projeto de ambientação assinado pela arquiteta Mariana Madruga, e abre de terçafeira a domingo, das 18h à meia noite. Piazza dei Fiori Rua Seridó, 720 (Praça das Flores) Petrópolis - Natal/RN Fone (84) 2226-5200

Bombinhas de churros

Spaghetti MistoMare: lagosta, camarão,vôngole e polvo

DEGUSTE • janeiro • 2011

13


DolcelançaVita pratos executivos com inspiração no século XIX

O

O Dolce Vita Adega e Bistrô, um dos restaurantes mais elegantes de Natal, lançou, em abril, novos pratos executivos no almoço. As novas opções são bem interessantes, elas apresentam um novo conceito gastronômico que já vem sendo aplicado no eixo Rio-São Paulo. O empresário José Maria Xavier, proprietário do Dolce Vita, explica que os restaurantes da região Sudeste estão produzindo pratos inspirados na culinária brasileira dos tempos do Império. "São pratos feitos nos mesmos moldes de preparos do final do século XIX e início do século XX", comenta. Após alguns estudos, José Maria decidiu agregar ao cardápio o Ensopadinho de Camarão com Chuchu e o Filé Picadinho na Ponta da Faca, com batata dourada e ovo frito. O primeiro prato consta, inclusive, em um livro da pesquisadora e professora Rosa Belluzzo, intitulado "Machado de Assis -

FOTOS CANINDÉ SOARES

O Dolce Vita é um lugar elegante, frequentado pelos melhores gourmets da cidade

Filé picadinho na ponta da faca, servido com ovo frito

Ensopadinho de camarão com chuchu Relíquias Culinárias". "Além disso, também remete a uma canção de Carmem Miranda que se chama 'Disseram que voltei americanizada' e na qual ela canta: Enquanto houver Brasil, na hora das comidas, eu sou do camarão ensopadinho com chuchu", explica José Maria, que é natural de Mossoró, e inaugurou o Dolce Vita há seis anos. Os dois pratos são servidos de maneira exclusiva para o almoço do restaurante, custando R$ 30 cada. José Maria lembra que essas são opções para pessoas que trabalham na área de Petrópolis e Tirol. A casa ainda dispõe de um cardápio com frutos do mar, boas opções de carne, além de uma das melhores adegas de vinhos de Natal. O Dolce Vita Adega e Bistrô funciona para almoço de terça-feira a sexta-feira, das 12h às 15h. O restaurante ainda abre para o jantar de terça-feira a quintafeira, das 19h às 23h, e na sexta-feira e sábado, das 19h à 0h. O ambiente é altamente refinado, com decoração luxuosa e salão climatizado, além de possuir internet wi fi com 12 megas de velocidade. Dolce Vita

José Maria Xavier e um dos pratos do tempo do Império

14 DEGUSTE • maio • 2012

Rua Mossoró, 603 Petrópolis - Natal/RN Fone: (84) 3201-1916


DEGUSTE • março • 2012

15


O

FOTOS CANINDÉ SOARES

Almoço no Mariposa

O restaurante Mariposa de Natal, que funciona no bairro do Tirol, lançou uma grande campanha para conquistar o público natalense que aprecia boa comida, mas não abre mão de equilibrar prazer e saúde. O restaurante aposta no bufê de salada, no horário do almoço, com opções de grelhados de salmão, filé, frango e peixe. “A ideia é que os nossos clientes comam muito bem, sem peso na balança ou na consciência”, explicam as novas controladoras do Luciana Bezerra e Elisângela Câmara são as novas donas do Mariposa em Natal Mariposa, Luciana Bezerra e Elisângela Câmara. O bufê de salada tem preço fixo de R$ 17,90 e o cliente se serve à vontade. Caso ele Mariposa Natal queira complementar a refeição com um grelhado, pode optar por quatro opções no cardáRua Açu, 707 pio (frango, filé, salmão e peixe) com valores entre R$ 6 e R$ 9 a porção. Tirol - Natal/RN O almoço do Mariposa funciona de segunda a sexta-feira, a partir das 11h30min. À Fone: (84) 3611-9227 noite, a partir das 18h, o restaurante tem opções de crepes, robatas e sushis. www.mariposa.com.br

Salmão grelhado, um dos acompanhamentos...

16 DEGUSTE • abril • 2012

...do almoço do restaurante Mariposa, na Rua Açu, no Tirol


DEGUSTE • abril • 2012

17


FOTOS BENÍCIO SIQUEIRA

Carne de Sol na nata em baixa temperatura

O chef Daniel Cavalcanti lança menu degustação com cinco pratos

Cascudo Bistrô lança menu degustação

O

Peixe confit com gallete de batata e pimentão assado FOTO ROGÉRIO VITAL

O Cascudo Bistrô completa dois anos de funcionamento no dia 5 deste mês, consagrado como um dos restaurantes mais bem frequentados da Praça das Flores, em Petrópolis. Para marcar a data, o chef Daniel Cavalcanti, dono da casa, lançou o menu degustação aos sábados, a partir das 18h. Daniel explica que o menu degustação é composto por cinco pratos e ficará em funcionamento por dois meses, quando será totalmente modificado por outro cardápio. "Neste primeiro momento, estamos com duas entradas, dois pratos principais e uma sobremesa. Eles seguem a mesma linha de gastronomia do restaurante, que é valorizar a culinária e os produtos do Rio Grande do Norte". O custo por pessoa é de R$ 60. Em maio e junho, os pratos do menu são mix de pães, azeite e azeitonas marinadas; ensopado de camarão e lagosta; peixe confit com gallete de batata e pimentão assado; carne de sol na nata, em baixa temperatura, com falso risoto de inhame; e sobremesa de pudim de tapioca com coco queimado e espuma de goiabada. Outros pratos também entraram no cardápio, que conta agora com mais opções de filés, carne de porco, peixes, camarão, entradas, sobremesas e saladas. "Hoje, temos 21 pratos principais e 15 entradas, além de oito opções de sobremesas".

Mix de pães, azeite e azeitonas marinadas FOTO ROGÉRIO VITAL

Ensopado frio de camarão e lagosta Pudim de tapioca com coco queimado e espuma de goiaba

18 DEGUSTE • maio • 2012

Cascudo Bistrô Rua Seridó, 740 (Praça das Flores) Petrópolis - Natal/RN Fone: (84) 3202-1005


Café do Centro

na mesa dos principais restaurantes de Natal

U

Uma das marcas de cafés mais fortes no Brasil é distribuída de maneira exclusiva no Rio Grande do Norte pelo empresário Getúlio Batista, diretor da M&M Distribuidora de Cafés. Desde o ano de 2006, ele trabalha com o Café do Centro, sendo, inclusive, o responsável pela introdução dos produtos na região Nordeste. Atualmente, cerca de 40 estabelecimentos potiguares dispõem desse grão. A marca tem a fábrica em Adamantina, no interior de São Paulo, no entanto, tem fazendas produtoras de grãos também no Sul de Minas Gerais, no Paraná e na Bahia. Getúlio Batista era dono de uma cafeteria e, através dessa atividade comercial, conheceu a marca Café do Centro, passando a ser distribuidor em 2006. “O Café do Centro é o maior exportador de cafés gourmets do Brasil, comercializando seus grãos para vários países da Europa, como França, Itália, Inglaterra e Alemanha, bem como para países asiáticos. Para se ter uma ideia, hoje, o grupo tem 13 lojas somente no Japão”, destaca o empresário Getúlio Batista. No Rio Grande do Norte, o Café do Centro está disponível em restaurantes como Camarões, Guinza, Abade, Sal e Brasa, Tábua de Carne, Âncora Caipira, Divino Fogão, Irachai, Via Café, China Town, Revistaria Atheneu, entre outras. Além dos estabelecimentos potiguares, Getúlio Batista também tem atuado no mercado de João Pessoa. “O consumo do café, no geral, tem crescido bastante em todo o Brasil e o Rio Grande do Norte acompanha essa tendência. A cada dia, o mercado abre novas oportunidades e o público fica ainda mais exigente, o que faz necessário primar pela qualidade dos produtos”, revela o empresário natalense, que também já foi gerente de banco. Getúlio Batista trabalha, além do Café do Centro, como distribuidor de máquinas de café da empresa Orion, há pouco mais de um ano. Ele ressalta que o fornecimento das cafeteiras é feito de maneira independente dos grãos de cafés. As máquinas, fabricadas na Suíça, são locadas pelo empresário para os restaurantes natalenses. “Neste caso, fornecemos as máquinas, mas também todos os acessórios necessários, das colherinhas às xícaras”, comenta.

Getúlio Batista é distribuidor do Café do Centro no Rio Grande do Norte e Paraíba

M&M Distribuidora de Cafés Diretor: Getúlio Batista Fones: (84) 9605-2211 / 8137-2226


Gastronomia & Letras Déborah Massud - assessoria@sicilianorn.com.br

Midway Mall - (84) 3222-4722 Natal Shopping - (84) 3235-8188 www.siciliano.com.br

A culinária se distingue da gastronomia pelos seus diferentes territórios. Enquanto a primeira trata das receitas e da arte de cozinhar, a outra se ocupa do conhecimento teórico e prático desse universo, vale dizer, do envolvimento cultural e do prazer de comer. Deliciosamente intitulado Sabor do Brasil, este livro pertence à segunda categoria. Muito bem escrito por Alice Granato e com fotografias extraordinárias de Sergio Pagano. A publicação está fundamentada em reportagens sobre o interior do país. Para produzi-la, os autores levantaram a vocação natural de cidades e regiões, seus produtos genuínos e influências, visitaram mercados e feiras, observaram os modos de consumo, suas gentes e os artistas que retrataram esses locais, ouviram e fotografaram pessoas. Sabor do Brasil é uma edição com a tradição dos livros de arte, uma verdadeira aventura gastronômica já publicada no país. 365 dias de comilança, 4.200 quilômetros percorridos, 12.450 fotos tiradas, 112 restaurantes visitados, 200 quitutes provados e aprovados e, com certeza, muitas garrafas de cerveja, vinho ou cachaça consumidas! Mas a obra vai muito além dos números, por toda a paixão envolvida na sua produção e por retratar de forma grandiosa o melhor do Brasil. Sabor do Brasil Editora: Sextante Autores: Alice Granato e Sérgio Pagano 344 páginas, R$ 76,40

20 DEGUSTE • fevereiro • 2012

O renomado chef Luiz Farias, com mais de 30 anos de experiência profissional, premiado mundialmente e autor de vários livros do ramo, é também profundo conhecedor do mundo foodservice e especialista em pâtisserie. Formado pela École Lenôtre, em Paris, fez vários cursos, treinamentos e capacitação em mais de 20 países. Seu talento agora nos presenteia com mais uma obra de arte do mundo gastronômico. Um livro com as mais maravilhosas receitas artesanais da confeitaria nacional, dividido em sete módulos, onde o chef resgata as receitas tradicionais encontradas nas melhores padarias e confeitarias do país, já aprovadas pela cultura gastronômica brasileira. Bolos e doces tradicionais, tortas crocantes, bolos para café e chá, deliciosos petit fours e, como não poderia faltar, as grandes tendências da confeitaria moderna. As belas e coloridas fotografias contidas nessa obra lhe conferem um charme particular, chegando a proporções de páginas inteiras. Todo esse capricho em sua criação acabou por lhe render o prêmio Gourmand World Cookbook Awards 2011 de melhor livro brasileiro na categoria "Sobremesas". Confeitaria Nacional Editora: LM Autores: Chef Luiz Farias 175 páginas, R$ 127,30


Gelateria Parmalat em Ponta Negra FOTOS ROGÉRIO VITAL

C A cremosidade é uma das principais características do famoso gelato italiano

Com mais cremosidade do que os sorvetes tradicionais, o gelato italiano chega à Ponta Negra através de uma das franquias mais conhecidas do país, a Gelateria Parmalat. A novidade abriu as portas no início do ano e está localizada no edifício Duna Barcane, um dos endereços mais charmosos do bairro. A Gelateria pertence às empresárias Márcia e Amanda Bones, que são mãe e filha. Elas são de Minas Gerais e moram em Natal há menos de um ano. “Sempre que vínhamos a Natal passar férias, sentíamos falta de um lugar bacana para tomar um bom sorvete, por isso, nossa primeira opção de investimento foi o gelato”, explica Márcia, que também é dona de uma loja de roupas em Belo Horizonte. O gelato se diferencia dos sorvetes tradicionais pela textura. Ele é feito à base de creme de leite, e não de gordura hidrogenada, o que interfere diretamente na cremosidade do produto. Outro detalhe é a variedade de sabores que a Gelateria oferece: são cerca de vinte e quatro opções, desde os mais tradicionais, como chocolate e doce de leite, aos mais exóticos, como Cookies ao Porto e o Figo ao Cognac. O cardápio da casa ainda inclui boas opções de sobremesas, entre elas, as Taças. A proposta da Gelateria é fazer com o que a loja se torne um ponto de encontro de amigos e familiares.

Gelateria Parmalat Av. Eng. Roberto Freire, 3112 Shopping Duna Barcane, lj. 23/24 Ponta Negra - Natal/RN Fone: (84) 3081-1078

Márcia e Amanda Bones são as proprietárias da Gelateria Parmalat, em Ponta Negra DEGUSTE • fevereiro • 2012

21


SuperDog mira no sucesso da marca Tanticos, uma das mais conhecidas de Natal

Superdog em Petrópolis

N

O largo do Atheneu, local privilegiado da boemia natalense, agora acomoda também a Superdog, marca de cachorro quente pertence aos empresários Marcelo Santos e Raphael Correia. Marcelo é enteado de Francisco Alves, o Tantico, sócio de uma das marcas mais conhecidas de cachorro quente de Natal, a Tanticos, cuja receita comercial serviu de inspiração para o novo negócio. Raphael tem ligação com a gastronomia há bastante tempo. A mãe dele, a jornalista Hilneth Correia, foi dona há quinze anos do bistrô Café Society. "Sempre tive muita afinidade com a gastronomia e agora fico feliz pela oportunidade de poder colocar isso em prática", explica. Superdog Av. Campos Sales, 393-F Petrópolis - Natal/RN @superdog_natal face: superdog FOTOS ROGÉRIO VITAL

22 DEGUSTE • abril • 2012

Marcelo Santos e Raphael Correia, donos do SuperDog, no Largo do Atheneu


FOTOS ROGÉRIO VITAL

Rock Dog Café

O

terá cardápio especial para o Dia das Mães

O Rock Dog Café, que completou dois anos no dia 28 de abril, preparou um cardápio especial para o Dia das Mães, com carne, pasta, frango e bacalhau, tendo em vista a influência portuguesa no cardápio. Os pratos são preparados pelo chef Thiago Silva. No Dia das Mães, 13 de maio, o Rock Dog Café vai abrir a partir das 11h e funcionará com esse cardápio exclusivo. "Como vamos, ainda, destacar os vários tipos de preparo do bacalhau, haverá os tradicionais bolinhos, o bacalhau à minhota, o bacalhau à lagareiro e o bacalhau Rock Dog", comenta o chef de cozinha. O Rock Dog Café pertence aos empresários Tatiana Socoloski e Gerson de Souza Barbosa. O bistrô tem um cardápio diferenciado, com várias opções de petiscos, entradas, saladas, pratos principais, sobremesas e lanches. Além disso, o restaurante oferece uma excelente carta de vinhos para abrilhantar ainda mais o dia de homenagem às mães. Rock Dog Café Av. Amintas Barros, 2194 Lagoa Nova - Natal-RN Fone: (84) 8897-1301

Thiago Silva é o chef do Rock Dog Café

DEGUSTE • abril • 2012

23


Aromas de Café Paulo Guillén - paulo@genotl.com.br

Dia Nacional do Café

O

O café é a bebida que dá energia para a maioria dos brasileiros começarem o dia. Serve para reunir os amigos para uma boa conversa ou para uma pausa no trabalho. Segundo pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC), 95% dos brasileiros, acima dos 15 anos, consumem a bebida com regularidade. Esse alto índice de consumo tem permanecido nos últimos anos, mostrando que não é um produto de moda e que está muito enraizado nos hábitos dos brasileiros. Devido à importância do café, desde 2005 foi incorporado ao Calendário Brasileiro de Eventos o dia 24 de maio como o Dia Nacional do Café. A sugestão de comemorar a data em maio foi da ABIC, já que nesta época marca o inicio da colheita na maioria das regiões produtoras do país. A data passou a ser festejada por industriais, produtores, exportadores, cooperativas, varejistas, cafeterias e por todos os apaixonados por café. O Brasil é o maior produtor mundial de café. Ele começou a ser cultivado há quase 300 anos. No século XIX as divisas geradas pela economia cafeeira aceleraram o desenvolvimento do

24 DEGUSTE • fevereiro • 2012

país e o inseriram nas relações internacionais de comércio, possibilitando o surgimento de cidades e dinamizando importantes centros urbanos. Ferrovias foram construídas para permitir o escoamento da produção e grandes contingentes de imigrantes vieram trabalhar em seu cultivo. Além disso, possibilitou a expansão da classe média e a diversificação de investimentos. Podemos dizer que, a partir de então, o café e o povo brasileiro passaram a ser indissociáveis. Hoje, o Brasil produz 30% de todo o café consumido no mundo, o que representa mais de 2% do valor total das nossas exportações. Estamos vivendo um momento onde as pesquisas têm tirado o papel de vilão do café para a saúde e o transformado em um aliado. Reduzir o colesterol, evitar doenças coronarianas, proporcionar efeitos antidepressivos e até ajudar a emagrecer são alguns dos benefícios descobertos que a bebida pode proporcionar. No Brasil, o Instituto do Coração, pertencente ao Hospital das Clínicas de São Paulo, montou um centro de estudo que investiga os prováveis efeitos benéficos do café. Apreciado, amplamente consumido e saboreado de várias maneiras: coado, espresso, puro, com leite, quente, morno ou frio. Seus consumidores, normalmente, o tomam diariamente. Assim, o café está no topo dos alimentos mais consumidos do país. Nada mais justo que termos um dia para celebrar este importante produto.


DEGUSTE • abril • 2012

25


O sucesso do

A

Simone Muniz abre o Nordeste Culinária no auditório da Escola Doméstica

Nordeste Culinária

Amantes da gastronomia lotaram o auditório do Centro de Convenções do PraiaMar Hotel, em Natal, para a sexta edição do Nordeste Culinária, realizado entre os dias 15 e 18 de abril, com participação de culinaristas e chefs de 15 estados brasileiros. O evento foi criado em Maceió pela empresária alagoana Simone Muniz, com o objetivo de divulgar receitas e promover intercâmbio entre profissionais da área gourmet em toda a região. Em Natal, o congresso teve como empresa local na organização a Fontaine, do chef Samir Heckert. Antes de Natal, o Nordeste Culinária tinha sido realizado nos anos anteriores em Maceió, Recife e São Luís do Maranhão. O grande mérito do evento é promover a gastronomia nordestina e estimular uma a agenda de grandes encontros numa região com alto potencial turísticogastronômico, mas carente de uma organização que multiplique a divulgação desse potencial.

FOTOS ROGÉRIO VITAL

Centro de Convenções do PraiaMar Hotel ficou lotado durante os 4 dias do evento

A Harald foi uma das patrocinadoras do evento Stand da BWB Embalagens na feira de negócios

26 DEGUSTE • maio • 2012

Chef Ana Costa


Stand da Multibar teve grande movimentação Os chefs que fizeram palestras no evento foram Adriana Lucena, Patrícia Pereira, Rivandro França, Amélia Simas, Marcelo Labre, Vera Krabbe, Rafael Barros, Johannes Roos, Wanderson Medeiros, Luzinete Veita, Ronaldo Ayres (Sr. Pizza), Arthur Coelho, Álvaro Rodrigues, Ana Costa, Fabrice Le Nud e Alexandre Bispo. Para realizar o Nordeste Culinária, foram importantes a participação de várias empresas patrocinadoras: JG Distribuidora de Alimentos, Harald, BWB Embalagens e Multibar. O congresso também teve apoio do Senac RN, Vera Krabbe, Sr. Pizza, Puratos, Palácio da Panificação, Praiamar Natal, Eloi Chaves, Associação de Culinaristas do Rio Grande do Norte e ArteGourmet. A próxima edição do Nordeste Culinária será em Maceió, entre os dias 7 a 10 de abril de 2013.

O chef Álvaro Rodrigues

JG Distribuidora, de Parnamirim, foi patrocinadora

Uma das iguarias preparadas pelo francês Fabrice Lenud

Fabrice Lenud veio de São Paulo

Magret de pato de sol, receita do chef Wanderson Medeiros

O chef Wanderson Medeiros

Os chefs Arthur Coelho e Rivandro França

O chef Rafael Barros DEGUSTE • maio • 2012

27


Dipan distribuidora exclusiva de ovos líquidos

A

A Dipan, distribuidora de produtos para panificação, trabalha em Natal de maneira exclusiva com ovos pasteurizados. Os produtos são vendidos em caixas, em versões com clara e A linha de ovos pasteurizados conquista aos poucos o público natalense gema separadas ou as duas juntas, porém em líquido. O produto é integral e garante maior segurança alimentar, pois elimina riscos de, por exemplo, incidência de Salmonela, um tipo de bactéria que atinge ovos convencionais. "Esses ovos pasteurizados já são bastante consumidos em restaurantes, padarias e supermercados de São Paulo e Rio de Janeiro, bem como em Recife e Fortaleza. Na verdade, eles representam o sonho de todo nutricionista, porque está livre de qualquer risco de contaminação", comenta o empresário João Damásio de Oliveira Neto, proprietário da Dipan. Ele explica que o processo de pasteurização dos ovos elimina a Salmonela sem alterar as características naturais dos ovos. Com isso, é possível preparar mousses, cremes e maioneses artesanais sem preocupação. Os ovos são distribuídos em todo o Rio Grande do Norte pela Dipan, no entanto são produzidos pela Fleischeggs, marca da empresa Fleischmann, localizada em Sorocaba, interior de São Paulo. Cada uma das caixas contém um quilo de Mix de produtos da distribuidora Dipan, que existe desde 1973 gema ou de clara, ou do ovo completo. Os produtos não possuem conservantes e têm validade de 45 dias guardados em local refrigerado. Depois de aberto, a caixa tem validade de 24 horas. "Esse modelo independente permite que o cliente de uma padaria, por exemplo, compre a quantia exata de gemas ou claras que precisa para sua produção", ressalta João Damásio Neto. Ele conta, aliás, que a Dipan é uma empresa fundada pelo avô, que tem o mesmo nome, no ano de 1973. Desde o início, a loja é distribuidora dos produtos da Fleischmann e também agregou alguns artigos da fábrica Mauri. Com isso, a casa dispõe de quase todos os tipos de material para o segmento de panificação, como fermento biológico, misturas para vários tipos de bolos, margarina com gordura vegetal. Também consta no mix produtos para sobremesas, como pudim de leite em caixa ou coberturas. Dipan Av. Presidente Quaresma, 426 Alecrim - Natal/RN Fone: 3223-3629 Email: dipan@uol.com.br

28 DEGUSTE • maio • 2012

O empresário João Damásio, da Dipan


DEGUSTE • fevereiro • 2012

29


Campos Refrigeração amplia espaço e mix de produtos

A

FOTOS ROGÉRIO VITAL

Adriano Roberto e Pedro Campos são os proprietários da marca

30

DEGUSTE • maio • 2012

A Campos Equipamentos e Refrigeração, uma das empresas mais tradicionais do bairro do Alecrim, concluiu, em abril, uma reforma em seu espaço físico, que garantiu ampliação no mix de produtos, que hoje dispõe de mais de 6.500 utensílios para bares, restaurantes, hotéis, cozinhas entre outros tipos de estabelecimentos. De acordo com o empresário Pedro Campos, fundador da loja, atualmente, a Campos Refrigeração tem um ambiente com mais 700 metros de área de exposição dos produtos. Além disso, aumentou as suas dimensões em mais de 300 metros. "O que nós queríamos era otimizar o espaço para podermos colocar ainda mais itens nas prateleiras. Agora, podemos dizer que os clientes encontram praticamente tudo em um só lugar", destaca. Pedro Campos comenta que a casa está com uma nova linha de utensílios, que dispõe desde os talheres até câmaras frigoríficas. A Campos Refrigeração também possui, em seu mix, equipamentos e materiais e uso em padarias, açougues, pizzarias e supermercados.


A Campos Equipamentos e Refrigeração tem 6.500 utensílios para bares, restaurantes, hotéis e cozinhas entre outros tipos de estabelecimentos

O filho de Pedro Campos, Adriano Roberto Campos, administra a loja e diz que a reforma durou cerca de quatro meses. Ele explica que a casa é especializada em soluções para conforto térmico, conservação de alimentos, em máquinas, equipamentos e utilidades para gastronomia, produtos para limpeza e automação comercial. A Campos Equipamentos e Refrigeração foi fundada no ano de 1983, inicialmente atuando somente com peças para refrigeração. Ao longo dos anos, a empresa foi ampliando a variedade de equipamentos e conquistando cada vez mais clientes. No início, funcionava na avenida Presidente Bandeira, no número 833. Em 2009, mudou para outro prédio na mesma avenida, passando a funcionar no número 760. Em outubro de 2007, os empresário Adriano Roberto e Pedro Campos abriram uma loja na rua Coronel José Bernardo, 1001, no Barro Vermelho, logo após à Igreja São Pedro, próximo ao Viaduto do Baldo.

Campos Equipamentos e Refrigeração Rua Cel. José Bernardo, 1001 Barro Vermelho - Natal/RN Av. Presidente Bandeira, 760 Alecrim - Natal/RN Fone: 3213-7071

DEGUSTE • abril • 2012

31


Balaio Gourmet Cláudia Andrade - claudia@revistadeguste.com

Tábua de corte e escorredor verde Joseph Joseph Tábua de corte plástica dobrável com escorredor integrado, na cor verde. Dimensões: A 43,5 cm x L 27,5 cm. Valor: R$ 104,00 (2 vezes no cartão ou 5% de desconto à vista) EMPÓRIO RIO GRANDE Av. Hermes da Fonseca, 1250 Tirol - Natal/RN Fone: (84) 3611-2829

Saca-Rolhas Automático Dimensol O Saca-Rolhas automático Dimensol funciona pelo princípio da pressão. Com um toque, o conteúdo do tubo é introduzido entre a rolha e o líquido forçando a saída da rolha inteira, sem deixar resíduos. O SacaRolhas Dimensol deve ser usado apenas em garrafas cheias, cilíndricas, perfeitas e, antes da abertura das garrafas, as mesmas deverão ser envolvidas em um guardanapo de pano. Valor: R$ 27,60 Só o refil: R$ 18,30 MULTIBAR Av. Pres. José Bento, 76 Alecrim - Natal/RN Fone: (84) 3223-3159 www.multibar.com.br

Facas Slice&Dice Fazendo parte da linha Slice & Dice, esta bela faca é um excelente utensílio para uso diário, facilitando a realização de grandes pratos. Fabricada pela empresa australiana Maxwell & Williams em inox e protegida com antiaderentes de xylon, as facas são distribuídas em 3 cores (vermelha, verde e azul), todas com capa protetora para melhor segurança. Valor: R$ 22,00 (20cm) R$ 24,00 (25cm)

Kit Gourmet Whip Marca: Italian Coffee Ideal para preparar creme de chantilly leve, sobremesas, espumas e molhos. Características: garrafa de aço nobre com cabeça de metal. Válvula de dosagem de aço nobre fixada na cabeça da garrafa. Anel de vedação vermelho termoresistente. Bicos coloridos com rosca de metal e clip colorido. Porta cápsula e proteção anti-poeira em design cromado. Acompanha livro de receitas e 10 cápsulas para creme. Valor: R$ 510,00 (parcelado em até 10 vezes sem juros) ou à vista, por R$ 459,00 CAMPOS REFRIGERAÇÃO Av. Presidente Brandeira, 760 Alecrim - Natal/RN Fone: (84) 3213-7071

32 DEGUSTE • maio • 2012

ARBAN Av. Afonso Pena, 876 Tirol - Natal/RN Fone: (84) 3212-2736


DEGUSTE • janeiro • 2011

33


A fachada do mais novo self service de Lagoa Nova

O cardápio ganhou novas opções com comida caseira e regional

Filé Self Service em novo endereço

O

O Restaurante Filé Self Service, que funcionou por 16 anos na Avenida Antônio Basílio, reabriu em novo endereço no bairro de Lagoa Nova, na Rua Sérgio Severo, 1322. O restaurante pertence ao casal Rejane e Albani Dutra, de origem seridoense e com paixão pela gastronomia. Segundo eles, a mudança de endereço foi motivada pelo incentivo dos muitos clientes que os estimularam a ir para um local mais amplo e mais aconchegante. "Nesses anos todos, conseguimos conquistar uma clientela muito fiel. E é ela quem nos impulsiona a crescer", explica Albani. A nova casa conta com uma área arborizada e espaço agradável, com grande presença de vidro nas paredes, o que permite que a luminosidade natural entre no salão das mesas. O restaurante tem dois ambientes: salão climatizado e uma área externa, com cobertura verde, ideal para as crianças. O cardápio ganhou novas opções, seguindo a linha caseira e regional. O carro-chefe é o filé que, diariamente, ganha diferentes versões, como o Filé à Parmegiana, Filé ao Catupiry e Filé ao Molho Madeira. Entre as opções regionais estão o pernil de carneiro e a carne de sol na nata, servidos sempre às quintas-feiras. O cardápio também inclui opções de grelhados e churrasco. O Filé Self Service funciona todos os dias, sempre para almoço, das 11h às 15h.

34 DEGUSTE • abril • 2012

FOTOS ROGÉRIO VITAL

Rejane e Albani Dutra são os proprietários do restaurante Filé

Restaurante Filé Self Service Rua Sérgio Severo, 1322 Lagoa Nova - Natal/RN Fone: (84) 3231-3243


DEGUSTE • março • 2012

35


FOTOS ROGÉRIO VITAL

Restaurante Malagueta, da Pousada Só Alegria, uma das principais deSão Miguel do Gostoso

Pousada Só Alegria em São Miguel do Gostoso

A

A pousada Só Alegria está situada de frente para o mar em São Miguel do Gostoso, uma região do Rio Grande do Norte que dispensa apresentações quando o assunto é beleza natural. O local apresenta uma estrutura pensada para agradar a quem procura sossego, descanso e conforto com lounge, redes e piscina. O casal de proprietários, Fátima e Cláudio Romano, vindo de Ribeirão Preto/SP, está há cinco anos na região e atua à frente do atendimento desde a inauguração, em 2008. Eles incluíram no projeto o restaurante Malagueta, que é aberto ao público e que, este ano, passou a oferecer o day use, entre os meses de fevereiro e novembro (exceto feriados), atendendo quem quer passar apenas o dia desfrutando das delícias de Gostoso na Só Alegria.

Pratos de camarão para você escolher

36

Fátima e Cláudio Romano, os donos da Pousada DEGUSTE • maio • 2012


Lazer e gastronomia de frente para o mar

Juniane Schlichting é a gerente da Só Alegria

Na pousada, um dos grandes momentos do dia é o café da manhã, que oferece opções variadas desde pão caseiro, pão de queijo feito na hora, bolos, geléias, cereais, frutas e iguarias da região. As piscinas adulto e infantil estão instaladas a apenas dois metros da praia. O mirante tem uma vista privilegiada, de onde se pode apreciar o pôr-do-sol ou curtir uma noite de lua, acompanhados de boa música, vinho e todo o romantismo que o lugar oferece. O projeto paisagístico criou espaços acolhedores, onde as redes convidam ao relaxamento. Pousada Só Alegria Restaurante Malagueta São Miguel do Gostoso/RN Fone: (84) 3263-4255

DEGUSTE • março • 2012

37


Opinião Arthur Coelho - chef_coelho@ig.com.br

Apoio aos pequenos!

N

Na movimentação da economia, todos os participantes da sociedade são bem vindos de forma ordenada e com objetivo do bem comum, que é o desenvolvimento de uma área profissional, de uma cidade, de uma região e do país como um todo. Esse pensamento se refere a todo o profissional envolvido com a gastronomia nessa cidade. Natal, pelo que tenho observado, passa por um momento delicado na área gastronômica e de hotelaria. Poucos empreendimentos abrindo, certa estabilização na movimentação de consumidores, preços altos, poucos eventos e movimentação turística diminuída. Sei que administrar todos esses fatores não é fácil, porém esse desafio precisa ser enfrentado com veemência e determinação. Por isso a sociedade e os poderes necessitam olhar com calma para os pequenos empreendedores desse estado e dessa cidade tão espetacular! O evento que envolveu culinaristas do Nordeste e de outras partes do país, a meu ver, foi um sucesso. Pudemos perceber que as pequenas empresas e os microempresários acreditam e apostam no estado com todo o seu fervor e todas as suas fichas. Desenvolvem suas atividades com afinco e necessitam de apoio. O evento teve uma

38 DEGUSTE • abril • 2012

participação significativa da sociedade envolvida com gastronomia e culinária, além de ter movimentado, também, uma parcela singela da hospitalidade e hotelaria, entre outras atividades. Mas percebe-se que ainda faltam condições para que todos estejam formalizados cada vez mais, que existam mais programas de qualificação de talentos, que necessitamos tirar da informalidade os artesãos da culinária e trazê-los para o mercado interno e externo. Sei que tudo tem um custo, mas o maior custo, é ter essa parcela produtiva da sociedade sem nenhum vislumbre de um futuro melhor. Que tal fomentar uma feirinha gastronômica e culinária na cidade, com um atrativo musical, um cordel, um evento cultural, mesmo que seja tímido, trazendo um turismo interno, dos estados vizinhos e das cidades circunvizinhas? Quanto bem isso faria a todos! Fazer disso um evento semanal ou mensal vide a Feira de São Cristóvão, no Rio de Janeiro, que tem apoio da sociedade civil organizada e também dos órgãos governamentais. Não é só verba que pode ajudar, mas também o incentivo da qualificação, da facilitação legal do desenvolvimento dessa parcela do mercado gastronômico e culinário. "Afinal de contas quem nunca foi tomar café da manhã, pela madrugada no mercado de Petrópolis, com a "Dalila", ou mesmo não foi passear na Redinha pra comer a tão famosa "ginga com tapioca"? Fica aqui um pequeno pensamento para a reflexão daqueles que amam essa cidade e acreditam nesse estado como um estado promissor e uma cidade boa de se viver!


Brasil Polpas

D

Desde fevereiro deste ano, a Brasil Distribuidora de Polpas está levando ao mercado potiguar a nova polpa de laranja da Nordeste Fruit. Além da polpa de laranja, a Brasil Polpas também é distribuidora exclusiva do Açai C.A.M.T.A no Rio Grande do Norte, abrangendo todas as maiores cidades do Estado.

Distribuidora Brasil Polpas Av. Cap. Mor Gouveia, 3005 - Lagoa Nova Natal/RN - CEASA/ Box 30 Fone: (84) 3234-6180

DEGUSTE • abril • 2012

39


DFC Queijos & Cia

A

inclui novos produtos no portfólio

Distribuidora tem molhos em sachês e requeijão termo-resistente

FOTOS ROGÉRIO VITAL

Atuando no mercado natalense há cerca de seis anos, a empresa DFC Queijos & Cia, incluiu novas marcas no seu portfólio de produtos. Agora, ela incorporou a linha molhos em sachês da empresa Júnior, e alguns produtos da indústria Jammy, como o requeijão termo-resistente. Segundo Fábio Calissi, o requeijão da Jammy é um produto diferenciado, pois é o único no mercado que resiste às altas temperaturas. "Esse é um produto excelente para se trabalhar com empanados e fritura e não perde suas características originais". A DFC Queijos é responsável pela distribuição dos queijos da marca Quatá para o mercado food service em Natal, com mais de 50 tipos de queijos especiais. Fábio Calissi é casado com a potiguar Elza Calissi, diretora administrativa da DFC, e veio para Natal pela primeira vez em 2001, passar férias. Gostou da cidade e decidiu ser representante da empresa Quatá no RN. DFC Queijos & Cia

Fábio e Elza Calissi são os donos da DFC Queijos

40 DEGUSTE • abril • 2012

Fones: (84) 3661-6905 / 9471-8454 (Oi) 9906-8150 (Tim)


BillaBong

é inaugurado em Ponta Negra

FOTOS ROGÉRIO VITAL

Fachada colorida para atrair o público jovem que frequenta Ponta Negra

O No alto, o Ribs on the Barbie e uma das massas com camarão. Logo acima, o TacoBurguer

O BillaBong Burgers, Tacos e Pastas, inaugurado no início deste ano, em Ponta Negra, pertence aos empresários Paulo Gonçalves, nascido no Rio de Janeiro, e Fernando Brusco, do Uruguai. O cardápio é extenso, com opções que vão desde os tacos, petiscos tradicionais da cozinha mexicana, até as massas e grelhados. Destaque para o BilaBong Tacoburguer: 300g de hambúrguer de picanha, maionese, tomate, alface, cebola, picles e queijo, envolto em uma tortilla gigante e acompanhado de batatas fritas. Entre os sanduíches, uma opção é o John and Mary: sanduíche de abacaxi, pasta de amendoim, bacon, queijo e presunto, também envolto em tortilla. Para os petiscos, destaque para o Big Onion (cebola gigante dourada e empanada, acompanhada de molho), e as Mocinhas Delicadas (pimentas especiais empanadas e recheadas com carne de linguiça de porco). Uma das opções mais famosas da casa é o Ribs on the Barbie: costelas de porco grelhadas com molho barbecue acompanhadas de batatas fritas. O cardápio ainda traz opções de massas e pratos à base de frutos do mar, além de saladas e carpaccios. O restaurante funciona de segunda a sábado, das 18h à 1h. Aos domingos, das 11h às 23h. BillaBong Burgers, Tacos e Pastas Rua Praia de Pirangi, 2186 Ponta Negra (início da Rota do Sol) - Natal/RN Fone: (84) 9920-7295 DEGUSTE • maio • 2012

41


O presidente da Abrasel RN, Max Fonseca, acredita no sucesso do Brasil Sabor 2012

Abrasel

promove 7ª edição do Brasil Sabor

42 DEGUSTE • maio • 2012

N

Neste mês de maio, a gastronomia está ainda mais em evidência em todo o Brasil. Isso porque a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes - Abrasel - realiza, em todo o país, a sétima edição do projeto Brasil Sabor. A ideia é destacar pratos específicos de forma a atrair cada vez mais clientes aos restaurantes e valorizar a culinária de cada região. Neste ano, no entanto, um detalhe dá mais charme ao festival, a homenagem à Itália, país com forte influência na mesa do brasileiro. O presidente da Abrasel no Rio Grande do Norte, o empresário e chef de cozinha Max Fonseca, dono do restaurante Galo do Alto, explica que como este é o Ano da Itália no Brasil, e várias ações são realizadas no sentido de integrar os países na cultura, economia e política, a gastronomia também será incluída nas comemorações. "Historicamente, cada restaurante desenvolve um prato específico durante o Brasil Sabor e o coloca em destaque na divulgação da casa. Além desse prato ser a vitrine do festival, os funcionários dos bares e restaurantes são treinados para apresentar bem esses pratos aos clientes, de forma que eles se interessem em consumi-los. Isso tem dado muito certo, pois várias dessas criações se tornaram pratos fixos nos cardápios das casas", destaca. Com a homenagem à Itália, os chefs de cozinha foram estimulados a incluir nos pratos algum elemento da culinária italiana, seja um ingrediente ou uma técnica de preparo. "Não por acaso, o nome dado ao festival deste ano é: Quem tem boca vai a Roma", completa Max Fonseca. Em todo o Brasil, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes tem mais de 1.500 filiados. No Rio Grande do Norte, a expectativa é que pelo menos 30 bares e restaurantes participem do Brasil Sabor, mostrando o crescimento da Abrasel no Estado. O lançamento do festival, que tem duração de 30 dias, foi marcado para o 2 de maio, com recepção no restaurante Fogo e Chama Steak House, com imprensa, autoridades, patrocinadores e público da gastronomia. No mesmo dia, um evento nacional foi realizado na embaixada da Itália no Brasil para celebrar o lançamento. "Esperamos alavancar a culinária e valorizar ainda mais os nossos estabelecimentos comerciais", afirma Max Fonseca.


DEGUSTE • março • 2012

43


Risto de cogumelo e funghi acompanhado de contra-filé

Risoteria São Benedito

A

lança menu executivo

A Risoteria São Benedito, o primeiro restaurante especializado em risotos de Natal, está completando um ano neste mês de maio. Para comemorar, a casa instituiu um menu executivo no horário do almoço. São cinco opções de risotos, mais um grelhado e entrada de salada de folhas. Uma delas é o delicioso Risoto de Cogumelos e Funghi e contra-filé grelhado. O preço é bem convidativo, R$ 20. "Em comemoração ao primeiro aniversário da Risoteria, criamos o cartão fidelidade para o almoço executivo, uma forma de presentear os nossos clientes", explica Duda Silveira, chef e proprietário da casa. A cada 10 refeições, o cliente ganha um almoço executivo de graça. Novos pratos também entraram no cardápio. Entre as novidades, estão os risotos de Pato com Laranja e o Cordeiro com Shiitake e Vinho do Porto. Também em comemoração ao primeiro ano da Risoteria, a casa oferecerá uma taça de vinho, branco ou tinto, para o almoço ou jantar, durante todo o mês de maio, uma promoção feita junto com a Adega São Cristóvão, parceira da casa. A Risoteria São Benedito fica localizada àS rua Assu e funciona de terça a quinta, do meio dia às 15h30 e das 18h às 23h30, as sextas e sábados, do meio dia às 23h30, e aos domingos, do meio dia às 16h e das 18h às 22h.

Brusqueta de presunto de Parma com rúcula e caju grelhado

Risoteria e Restaurante São Benedito Rua Assu, 724 Tirol - Natal/RN Fones: (84) 4141-2930/4141-2930

44 DEGUSTE • março • 2012


DEGUSTE • março • 2012

45


FOTOS ROGÉRIO VITAL

A Pittsburg lança loja com conceito slow food

Pitts Prêmio Crocante, um dos sanduíches do cardápio do Pittsburg Premium, na Rua Potengi, em Petrópolis

A Pittisburg inaugurou uma nova loja em Natal, a Pittsburg Premium, localizada no bairro de Petrópolis, um dos pólos gastronômicos da cidade. De acordo com o empresário Kléber Carlos Carvalho, presidente da rede, a ideia é servir produtos diferenciados, com um toque mais gourmet. Hoje, o Pittsburg possui 13 lojas espalhadas por Natal, Parnamirim, Mossoró e também em Campina Grande. Todas trabalham com o estilo fast-food. "Agora, vamos introduzir o conceito de slow-food, em que as pessoas degustam os alimentos com mais calma, apreciando o sabor de maneira mais intensa", detalha Kléber Carvalho. Na nova loja os sanduíches terão produção diferenciada, com hambúrgueres de 150 gramas. A apresentação também será diferente. Todos os produtos serão servidos em pratos e não em caixinhas ou bandejas, como nas lojas de fast-food. O empresário explicou que a loja de Petrópolis será um projeto piloto no planejamento de expansão da rede. "Nós vamos colocar em prática esse novo conceito, até porque ele é ideal para franquia, para pessoas que não pensam em fazer investimentos altíssimos, pois uma loja com foco gourmet pode ser montada em um espaço mais reduzido, ao contrário de uma loja de fast-food", ressalta.

Pittsburg Premium Rua Potengi, 594 Petrópolis - Natal/RN www.pittsburg.com.br

46 DEGUSTE • maio • 2012


DEGUSTE • abril • 2012

47


Vyola Country Bar

O

FOTOS ROGÉRIO VITAL

com chef de cozinha alemão

O Vyola Country Bar, no conjunto Alagamar, em Ponta Negra, reabriu, no mês passado, após uma reforma, e tem entre seus novos proprietários um chef de cozinha alemão, Lothar Manz, nascido em Stutgard e ex-morador dos Estados Unidos, onde foi dono de uma hamburgueria na Califórnia. Lothar tem como sócio o paranaense e filho de alemães Adir Elias Kraulich, que está em Natal há quatro anos e é arrendatário de um hotel em Ponta Negra. Os dois pretendem manter o mesmo estilo Adir Elias Kraulich (e) é sócio do chef alemão Lothar Marz no Vyola badalado que consagrou o Vyola, com forró e música pop-sertaneja, mas também querem vincular o nome do estabelecimento à boa oferta de petiscos. No mês de abril, na semana da inauguração, Adir e Lothar receberam a DEGUSTE para apresentar alguns dos petiscos que vão estar no cardápio da casa. São pratos com produtos brasileiros, mas feitos com toques da culinária alemã. Para quem gosta de noviSalame de porco Vyola Country Bar dades, pode ser uma boa excom carne bovina Rua das Algas, 2282, periência. em repolho Alagamar – Natal/RN Filé mignon de porco com batata inglesa à milanesa Fone: (84) 3219-3463

48 DEGUSTE • março • 2012


Pousada da Praia na Pipa

A

A Pousada da Praia fica em um dos cenários mais privilegiados da Pipa, exatamente em frente à imagem da santa na Praia do Centro, bem pertinho da igreja local. Vizinho à Pousada fica o restaurante Caxangá, outro belo cartão postal da região. A Pousada da Praia é administrada pela empresária Lúcia Veríssimo e possui visão para o mar, café da manhã ao ar livre, também de frente para à praia, wi fi, televisão, frigobar, ar condicionado e facilidade de acesso para a rua mais agitada da Pipa, onde o burburinho atrai milhares de turistas, todos os anos, de vários lugares do mundo. Lúcia era veranista nos anos 70 e ainda naquela época começou a alugar sua residência para temporadas turísticas. Ela foi sócia também de um hotel em Natal. A ideia de montar a pousada surgiu há 25 anos, quando o destino da Pipa ainda estava se formando. Um dos benefícios da pousada é poder ficar perto do restaurante Caxangá, do empresário Ricardo do Ó, um dos mais movimentados da Pipa, com visual belíssimo. O forte do cardápio são os peixes e outros itens de frutos do mar.

FOTOS ROGÉRIO VITAL

No alto, o café da manhã na Pousada da Praia. Acima, um dos pratos do restaurante Caxangá, que fica ao lado da pousada. À esquerda, a empresária Lúcia Veríssimo

Pousada da Praia Rua Beija-Flor, S/N Pipa/RN (84) 3246-2458 DEGUSTE • maio • 2012

49


Folhas de Cuba Tota Barbosa - totabs@hotmail.com

O charuto como símbolo da revolução cubana

N

Na independência cubana, a relutância da Espanha em conceder maior autonomia a Cuba levou o país à guerras pelo poder colonial (1868-1878) e, em 1895, fez com que impostos fossem aumentados. Nesse período, civis foram mortos pelos dois lados e plantações foram queimadas ao passo que a atividade comercial ficou praticamente paralisada. Como consequência, muitos operários das fábricas de charuto migraram para a Flórida no intuito de fugir da pobreza e das desordens políticas de Cuba, e montaram em seu novo país indústrias de charutos. Muitos outros enroladores e plantadores migraram para a República Dominicana, Jamaica e Venezuela. Expressivamente, esses cubanos que viviam no exterior ajudaram a financiar, por volta de 1895, a revolta final contra a Espanha, liderados por José Martí - herói nacional cubano. Devido a sua participação na luta, os operários da indústria do fumo de Cuba começaram a desempenhar um papel significante no cenário nacional e político do país. Até mesmo a ordem de Martí para o levante foi enviada simbolicamente para Cuba escondida em um charuto. Cuba esteve direta e indiretamente sob o controle dos Estados Unidos durante o início do século XX e começou a se recuperar economicamente. Nessa época, houve tentativas de inovações, tais como a produção de charutos feitos à máquina, na década de 1920. Embora houvesse muita oposição inicial da parte de seus operários, a firma de "Por

DEGUSTE••março outubro • 2011 50DEGUSTE • 2012 50

Larranaga" em Cuba, estava na vanguarda desse progresso. Nos Estados Unidos também iniciou-se a produção à máquina e o resultado foi subir de 10 por cento da produção total de charutos para 98 por cento, na década de 1950. O charuto também foi símbolo da Revolução de Fidel Castro contra o general Batista, em 1959. Os operários das fábricas de charutos permaneceram na corrente principal da consciência política. E Fidel Castro, quando esteve preso, recebia mensagens escondidas em seus charutos. O embargo imposto pelos Estados Unidos à Cuba, em 1962, significou que os charutos de Havana já não podiam ser importados pelos Estados Unidos, exceto para uso pessoal, isto é, em pequenas quantidades. Isso representou um golpe muito significativo, considerando que no início do século XX foi importado para os Estados Unidos nada menos que 291 marcas de charuto, mantendo os padrões elevados e permitindo aos cubanos exportar cerca de 250 milhões de charutos por ano. Fidel Castro começou a nacionalizar as propriedades cubanas e estrangeiras. Assim, as indústrias de charutos que, em grande parte eram de propriedade norteamericana, foi nacionalizada e passou a ser administrada pelo monopólio estatal cubano. Alguns dos principais donos de fábricas de charutos saíram de Cuba e reiniciaram os seus negócios, muitas vezes usando os nomes das marcas de Havanas que possuíam antes da revolução. Os antigos donos de fábrica expropriados de Cuba e os que seguiram suas pegadas também começaram a fazer marcas inteiramente novas. O resultado é que, hoje, depois do desenvolvimento por companhias ex-cubanas e norte-americanas durante quase três décadas, a Repúplica Dominicana produz mais da metade dos charutos feitos à mão importados para os Estados Unidos, e muitos dos charutos mais finos do mundo fabricados fora de Cuba.


DEGUSTE • setembro • 2010

51


52 DEGUSTE • setembro • 2010


Revista Deguste