Page 1

1

Deguste | Janeiro | 2018


Deguste | Janeiro | 2018

2


3

Deguste | Janeiro | 2018


Deguste

Espaço do Leitor

GAS­TRO­NO­MIA­

A revista DEGUSTE é, sem dúvidas, o meu guia gastronômico favorito! Sempre traz as melhores opções de restaurantes de Natal e região. Parabéns a toda equipe pelo trabalho. Lara Freiras - Engenheira de Petróleo Candelária - Natal/RN

Novembro de 2017 - ano 13 - edição 148

08

Ano após ano, a DEGUSTE supera expectativas e nos faz acreditar no enorme potencial do turismo gastronômico do Rio Grande do Norte. Parabéns! Maurício Carvalho - Comerciante Capim Macio - Natal/RN

Gênesis restaurante em Gostoso

Mais do que uma simples revista, a DEGUSTE é um guia onde quem gosta de bons restaurantes consegue descobrir as novidades do setor em Natal. Caio Vitor - Advogado Lagoa Nova - Natal/RN

16 Restaurante O Pajé em Maracajaú

Leitor premiado

19 As delícias do Restaurante do Canário em Camurupim

07 Matéria especial com restaurantes de verão 09 Restaurante Malagueta na Pousada Só Alegria 10 Luz Tranquila em São Miguel do Gostoso 13 O novo Viejo Fred em São Miguel do Gostoso 14 Paraíso do Brasil em Touros 17 Miramar tem ótima estrutura em Porto Mirim IA Deguste, sem dúvidas, é o maior portal de gastronomia do RN. A revista está de parabéns por todo o trabalho realizado diariamente, trazendo destaques da nossa enogastronomia, tanto ao cidadão potiguar, como aos turistas que visitam nossa terra. Artur Medeiros de Araújo Nunes - Eng. de Produção Tirol - Natal /RN

18 Naf Naf é tradição na praia de Jacumã 26 O novo Affogato em Cidade Jardim 34 Cordeiro chique se transfere para petrópolis Seções

Nossa Capa

06 Pelos Restaurantes 38 Papo Café 46 Opinão

Polvo a Gostoso Foto: Benício Siqueira

Deguste | Janeiro | 2018

O engenheiro Artur Medeiros de Araújo Nunes foi escolhido o leitor do mês da Revista DEGUSTE e, como brinde, recebeu do Magazzino Vinhos & Cozinha, patrocinador desta seção, o vinho chileno Condor Millaman, safra 2015. O vinho foi entregue pela dona do Magazzino, Verônica Chianca. 4


Espaço do Leitor

Pelos Restaurantes...

Luís Benício Tavares Siqueira tbenicio@uol.com.br

Festival da

Cachaça

completa 15 anos fotos rogério vital

Turma que organiza o festival da cachaça

As principais marcas de cachaça do RN estarão no festival

O 15° Festival da Cachaça de Pirangi será realizado no dia 13 de janeiro, no restaurante Paçoca de Pilão. De acordo com Alexandre Érico, um dos organizadores do evento, é um misto de reunião de muitos amigos com encontro de apreciadores da boa cachaça no litoral sul da Grande Natal. A cada ano,

a festa atrai mais adeptos. A entrada custa R$ 80,00, com direito ao copinho personalizado, tira gostos diversos do Paçoca de Pilão, frutas, água, caipifruta, refrigerantes e, é claro, degustação de cachaça durante todo o evento, além de música ao vivo. Começa às 14h.

5

Deguste | Janeiro | 2018


Da Redação

DEGUSTE completa 150 edições Esta edição de janeiro 2018 marca a veiculação do número 150 da Revista DEGUSTE de Gastronomia e Turismo. Fato digno de comemoração diante de todo o quadro de mudanças que o mercado de veículos impressos de comunicação está passando nos últimos anos, em franca substituição pela internet. Este é um momento de grande alegria, que queremos dividir com você, nosso leitor. Para dar relevância a edição 150, a Revista DEGUSTE visitou restaurantes situados em praias famosas, que serão atrações deste verão 2018. A ideia é mostrar comidas e estabelecimentos que possam ser sugestão de destinos turísticos na estação mais vibrante para o litoral potiguar. Os repórteres Lucas Alencar e Rogério Vital foram até Camurupim, Jacumã, Maracajaú, Porto Mirim, São Miguel do Gostoso e Touros, e trouxeram lindas fotos e relatos do que nossos leitores vão encontrar em cada estabelecimento.

Ponta Negra também ganha destaque com quatro matérias interessantes nesta edição de verão, com a inauguração de um restaurante de comida colombiana, As Brisas, e notícias sobre três casas recentes do bairro mais gastronômico do Rio Grande do Norte: Yuru, Hamachi e Moinho Batata. 2018 começou bem para nós aqui da Revista. São excelentes as perspectivas de afinidade ainda maior com o mercado de alimentos e bebidas e a expectativa é de consolidação de parcerias longevas com marcas importantes, que formam o alicerce de nossa gastronomia. Feliz 2018 para todos nós!

Washington Rodrigues Diretor de Redação

Luís Benicio T. Siqueira Diretor Executivo

av. Jaguarari, 4990, lj 28 - lagoa Nova - Natal/rN - CEP 59054-500 - fone: (84) 3234.5566 www.revistadeguste.com - twitter: @revistadeguste - facebook: revista Deguste - instagram: @revistadeguste Diretor Executivo Luís Benício Tavares Siqueira (84) 99174-5676 benicio@revistadeguste.com Diretor de Redação Washington Rodrigues (84) 99904-9683 wrrodriguescom@yahoo.com.br Jornalista Lucas Alencar lucasalencar@revistadeguste.com

Diretor de Arte Edílson Martins de Araújo edilson.martins1@gmail.com

Nicolas Rombotis (84) 99907-6444 nicolas@revistadeguste.com

Comercial (comercial@revistadeguste.com) Nilton Baresi (84) 99607-6810 / 99172-2381 nilton@revistadeguste.com

Redação redacao@revistadeguste.com

Colaboradores Arthur Coelho Gilvan Passos Louise Elali Ricardo Sousa

Revista Deguste Gastronomia e Turismo é uma publicação mensal da Deguste Comunicação, Assessoria e Marketing Ltda. Tiragem 5 mil exemplares

Deguste | Janeiro | 2018

Revisão Rejane Souza

Fotografia Rogério Vital foto@rogeriovital.com.br

6


A Revista DEGUSTE voltou a percorrer as estradas que levam aos principais destinos de praia do Rio Grande do Norte para trazer, nesta edição, uma série de matérias especiais com restaurantes em evidência no litoral potiguar. Em janeiro, essas praias são a morada de vários natalenses com casas de veraneio, além de parada obrigatória para milhares de turistas, que nos visitam na alta estação. E, nesse período, o movimento dispara nos restaurantes. O repórter Lucas Alencar e o fotógrafo Rogério Vital estiveram em São Miguel do Gostoso, Porto Mirim, Jacumã, Tabatinga e Pitangui, para construir um roteiro de sugestões com endereços que valem a pena ser visitados. Aproveite a leitura, divirta-se na estação mais animada da vida potiguar, boas férias e feliz 2018! 7

Deguste | Janeiro | 2018

foto CaNiNDé soarEs

Verão, turismo e sabor


Gênesis

fotos rogério vital

lança novidades no cardápio

Na expectativa pela alta estação de São Miguel do Gostoso, o Gênesis Resto Bar, um dos mais referendados daquele destino turístico, trabalhou mudanças em seu cardápio neste final do ano. As novidades vão entrar aos poucos, mas três delas já foram incorporadas. Uma é a releitura do polvo da casa, que integra a seção de entradas. Muito pedido pelos clientes do Gênesis, o polvo, agora, vem acompanhado por creme de abóbora, espuma de coco e gel de tomate. Essa parte do cardápio também ganhou uma salada de caju com camarões, queijo de cabra do Sertão Paraibano e redução de rapadura. Esse prato representa bem o conceito que Fabiana Dall’onder, proprietária do Gênesis, procurou implantar nessa mexida de cardápio, que é valorizar ingredientes regionais. De prato principal, o cliente passa a ter como opção um filé de peixe com missô de tucupi, jambu e banana da terra, que também tem esse conceito supracitado em evidência. Sommelière, Fabiana Dall’onder também sempre aposta em novidades na carta de bebidas. E ainda foram acrescentadas oito opções de cervejas especiais. “Há as cervejas mais comerciais, entretanto gostamos de privilegiar o pequeno produtor”, ressalta Fabiana. A carta de cervejas tem cerca de 25 rótulos. Já a carta de vinhos está com novas opções de rótulos orgânicos, que Fabiana faz questão de oferecer desde que inaugurou o Gênesis. O restaurante inicia 2018 comemorando seu aniversário de cinco anos. Em janeiro, o Gênesis vai funcionar todos os dias – de domingo a domingo, das 18h às 23h30.

Polvo com creme de abóbora, espuma de coco e gel de tomate

Filé de peixe com missô de tucupi

Gênesis Resto Bar rua Praia da Xepa, 86 são Miguel do gostoso/rN fones: (84) 98119-5083 | 99932-2322 @genesis_restobar

Salada de caju com camarões e queijo de cabra

O Gênesis é um dos principais restaurantes de Gostoso

Deguste | Janeiro | 2018

8


fotos rogério vital

Restaurante

Malagueta na pousada Só Alegria em Gostoso Em São Miguel do Gostoso, uma das ótimas opções de hospedagem da cidade é a Pousada Só Alegria, que também possui um restaurante de alto nível, o Malagueta. O restaurante atende aos hóspedes, é aberto ao público e oferece um cardápio caprichado. O menu, aliás, acaba de passar por uma reformulação, que colocou em evidência o camarão, bastante apreciado pelos potiguares e turistas. O crustáceo virou o carro-chefe do Malagueta: 10 dos 25 pratos do cardápio têm o camarão como destaque. Dois desses pratos, o Camarão ao Curry Tropicaliente e o Arroz de Camarão com Espeto, foram apresentados à reportagem da Revista DEGUSTE. São pratos saborosos e bem servidos. O cardápio, ainda, contempla pratos com frango, filé mignon, peixes e outros frutos do mar, além de entradas, saladas, sobremesas e petiscos. A carta de bebida oferece cervejas, drinks e vinhos. O restaurante é aconchegante e comporta 50 pessoas. Abre de domingo a domingo para almoço e jantar, das 11h às 21h30. Além do restaurante Malagueta, a Pousada Só Alegria conta com 20 confortáveis acomodações, sendo 16 apartamentos e 4 flats a poucos metros da praia. A pousada e o restaurane estão em funcionamento desde 2008, fruto da concretização de um sonho da paulista Fátima Romano e seu marido, Cláudio Romano.

Arroz de camarão com espeto

Camarão ao curry tropicaliente

Restaurante Malagueta rua Cavalo Marinho, 52 (dentro da Pousada só alegria) Centro - são Miguel do gostoso/rN fone: (84) 3263-4355 @pousadasoalegria www.pousadasoalegria.com.br

Brownie de chocolate com sorvete de creme

9

Deguste | Janeiro | 2018


Luz

Tranquila investe em novidades para o verão de Gostoso Barriga de porco caramelizada

Andreza Bouzas acredita que um dos diferenciais do restaurante tem sido o atendimento. "Estamos sendo bem recomendados pelo atendimento no TripAdvisor", afirma.

Uma das ótimas opções de São Miguel do Gostoso, o Restaurante Luz Tranquila incrementou novidades em seu cardápio com a chegada do verão. A casa investiu, especialmente, em itens que têm alta demanda no período, como aperitivos e bebidas. Na parte de petiscos, o cardápio ganhou espetinhos de carne e frango, por exemplo. A seção de bebidas, agora, também tem cervejas Heineken de 600ml, além de outras especiais. Nesse sentido, três drinks foram criados na carta. Segundo Andreza Bouzas, proprietária do Luz Tranquila, para melhor atender os clientes, o restaurante está abrindo para almoço e jantar. "Começamos no dia 27 de dezembro e ficaremos nesses dois períodos até o final de fevereiro", conta a empresária. O restaurante aproveitou a ocasião e lançou opções para uma refeição mais completa: Rede do Pescador (uma entrada com tentáculos de polvo e camarão), Barriga de Porco caramelizada (prato principal) e a famosa sobremesa francesa Mil Folhas. Haverá, ainda, programação musical no Luz Tranquila. Encontra-se agendado para o dia 12 de janeiro um show com um grupo local.

fotos rogério vital

O ambiente é amplo e bastante agradável

Luz Tranquila rua das ostras, 390 Centro - são Miguel do gostoso/rN fone: (84) 99217-1203 @luztranquila

A gastronomia é contemporânea com pratos bem elaborados. Andreza Bouzas (d) e Dayana Deize, que prepara os drinks da casa

Deguste | Janeiro | 2018

10


curva do sol

11

Deguste | Janeiro | 2018


1

1- Camarão em cama de cogumelos 2- Lagosta Hibiscus na manteiga de ervas 3- Polvo com batata cremosa e páprika picante 4- Vieiras na manteiga ao perfume de alecrim 5- Mix de brusquetta especial 6- Polvo à Gostoso salteado na manteiga de garrafa

2

3

4

5

6

7

Hibiscus

lança novidades para alta estação em Gostoso

Destino cada vez mais visitado, São Miguel do Gostoso (a cerca de 100km de Natal) deve receber milhares de turistas neste verão. Na expectativa para esse período, o Restaurante Hibiscus inovou em seu cardápio. O chef Robson Dias de Souza, proprietário do Hibiscus com a esposa, Marcileide Dias, criou doze entradas. Ele fez essa aposta porque acredita que, dessa forma, o cliente tem a oportunidade de conhecer boa parte do que o restaurante pode oferecer. Preparações com frutos do mar, abundantes na região, dão o tom das novidades. Entre o cardápio, há Polvo à Gostoso (salteado na manteiga da terra com nata fresca e alcaparras), o Camarão com anéis de lula à provençal e o Camarão em cama de cogumelos perfumado com saquê. Robson Dias aguarda por um verão ainda mais movimentado do que o ano passado. O termômetro foi o período natalino, quando o restaurante recebeu bastante procura por reservas. Até dia 15 de janeiro, o Hibiscus abrirá excepcionalmente, também, para almoço, a partir do meio-dia, emendando com a parte da noite, até a 0h, inclusive aos domingos. O cardápio do Hibiscus aponta algumas novidades na parte de pratos principais. O chef Robson Dias elaborou um Linguini al nero di sépia com frutos do mar e uma Lagosta grelhada em Deguste | Janeiro | 2018

manteiga de limão com risoto de alho poró. Segundo Robson, é um aperitivo do que vem após o verão na reformulação completa do cardápio. O Hibiscus fica na Rua das Ostras e abre, normalmente, de segunda-feira a sábado, para jantar, das 18h à meia-noite. Além de frutos do mar, a cozinha tem pratos regionais com toque contemporâneo.

Robson e a esposa Marcileide Dias

12

Hibiscus rua das ostras, 289 são Miguel do gostoso/rN fones: (84) 3263-4074 | 99406-4130 @hibiscus_restaurante


fotos rogério vital

Viejo Fred

da Argentina para Gostoso

Da Patagônia argentina para o extremo nordeste do Brasil. Esse foi o trajeto que o Viejo Fred, um agradável restobar, percorreu até chegar em São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte, no último mês de outubro. O caminho foi trilhado pelos argentinos Marcos Llull, Giancarlo Del Sotto e o potiguar “Fabão” Medeiros, que sugeriu o local aos amigos. Fabão é natural de Natal e morou por seis anos na Patagônia trabalhando como sommelier. Em uma de suas vindas para o RN, nesse período, o especialista em vinhos conheceu São Miguel do Gostoso e teve a percepção de que o local estava em pleno crescimento e seria ideal para investir. Nessa linha, ele convidou Marcos Llull, que é dono do Viejo Fred na Argentina, para abrir uma segunda unidade da casa. O chamado se estendeu a Giancarlo Del Sotto e o projeto começou a ganhar corpo. Fabão lembra que tudo foi muito rápido. Eles chegaram à tarde de um dia de maio deste ano em Gostoso e, antes de anoitecer, já haviam acertado o aluguel do ponto, no final da Rua Praia da Xepa. Após cinco meses de reforma, que os próprios sócios colocaram a mão na massa, o Viejo Fred Gostoso ficou pronto. O estabelecimento tem todo o conceito de restobar. A parte de restaurante funciona até 01h da madrugada, mas a casa continua aberta depois desse horário como bar, servindo cervejas, drinks variados, shots e vinhos. “Temos o bar mais completo de Gostoso em relação à coquetelaria”, destaca Fabão Medeiros. A cozinha tem uma pegada “argento potiguar”, como os sócios a definiram. De lá, saem pratos com um pouco do tradicional da Argentina e um pouco do Rio Grande do Norte. A famosa milanesa a cavalo, por exemplo, é servida com purê de jerimum, que é tipicamente potiguar. Some-se a isso o Churrasco Argento, que não poderia faltar, as Empanadas Argentinas, Camarões Empanados, Sanduíches (entre eles um vegetariano),

A cozinha do novo restaurante tem uma série de pratos no estilo que os proprietários batizaram de “argento potiguar”

Porco Chapado, Salada de Grão de Bico, entre outros. O Viejo Fred trabalha com sobremesas do dia. Na visita da reportagem, era um Flan de Cacau, Coco e Banana, com redução de maracujá, manga e laranja em rodelas. O Viejo Fred Gostoso abre a partir das 17h durante a semana, de segunda a sexta-feira, e, ao meio-dia, aos sábados e domingos. Em janeiro, no andar superior do restobar, deverá ser inaugurado um hostel com vista para o mar.

Viejo Fred Gostoso rua Praia da Xepa, 154 são Miguel do gostoso/rN fone: (84) 99661-0366 @viejofredgostoso /viejofredgostoso

Dois dos três sócios, Marcos Llull e Fabão Medeiros

13

Deguste | Janeiro | 2018


Paraíso Brasil fica no começo da BR-101, em frente ao mar da praia de Touros Além de frequentar o restaurante e o day use, os interessados podem comprar imóveis

Paraíso do Brasil O Beach Resort Paraíso do Brasil, localizado a poucos metros do marco zero da BR 101, em Touros, é mais do que uma opção de lazer e gastronomia de final de semana ou férias. O empreendimento pode ser residência ou uma forma rentável de investimento até mesmo em curto prazo. O Paraíso do Brasil dispõe de casas prontas para morar e mais de 100 lotes à venda. Os preços variam de acordo com o tamanho e o posicionamento em relação à praia. A previsão de retorno do investimento é de apenas quatro anos, de acordo com o empresário belga Johannes Leopold Bartholomeus Mallants, proprietário do Paraíso do Brasil. Segundo explica Johannes Leopold, isso é possível com o arrendamento da casa. O comprador pode, por exemplo, usufruir do imóvel por um mês e deixá-lo para aluguel durante o restante do ano. A região onde está instalado o Paraíso do Brasil oferece saneamento e água potável, além da infraestrutura de lazer de uso coletivo, com piscinas, sala de jogos, restaurante e barracas na beira da praia. Do local também partem passeios para São Miguel do Gostoso, destino cada vez mais procurado pelos turistas. Para aqueles que optarem por estadas

Deguste | Janeiro | 2018

é opção para investimento no Marco Zero da BR-101

fotos rogério vital

14


Paisagem de tirar o fôlego foi valorizada no projeto

temporárias, o Paraíso do Brasil conta, para aluguel, com vários tipos de casa, inclusive com piscinas privativas, além de uma pousada com 30 quartos. “Podemos receber mais de 500 pessoas no Paraíso do Brasil”, afirma Johannes Leopold. Ainda há opção para quem deseja apenas utilizar a estrutura durante o dia (DayUse). É cobrada uma taxa por pessoa, que é revertida em consumo no restaurante e bar do empreendimento. O restaurante, que também funciona para café da manhã dos hóspedes, segue uma linha gastronômica de praia, com peixes e frutos do mar frescos em evidência. A estrutura do Paraíso do Brasil fica à disposição para eventos como casamentos e festas corporativas. O Paraíso do Brasil ocupa uma área de mais de 600 hectares encravada ao lado do Farol do Calcanhar, o maior do Brasil, na chamada Esquina do Continente.

Casas prontas podem ser alugadas por temporada ou mesmo vendidas para quem quer investir

15

Paraíso do Brasil rodovia Br-101 - marco zero farol do Calcanhar - touros/rN fones: (84) 99212-4812 | 99170-3806 @paraisodobrasil www.paraisodobrasil.com

Deguste | Janeiro | 2018


fotos rogério vital

Ostras orgânicas gratinadas com parmesão

Polvo ao vinagrete com chips de batata doce

Espetadas de frutos do mar

O restaurante fica em frente à praia de Maracajaú

O Pajé

carrega legado da chef Gláucia Veras em Maracajaú segunda forma, elas são gratinadas com um maçarico na própria mesa do cliente. O Pajé está instalado em anexo ao Aldeia Camping e Chalés, que é referência no lugar e recebe turistas de todas as partes. O restaurante fica posicionado à beiramar, em um local mais alto, com uma bela vista da praia. Em dias de lua cheia, ocorre luau, unindo música e gastronomia com paisagem de tirar o fôlego. É, ainda, um point para praticantes de kite surf. O funcionamento de O Pajé é de domingo a domingo, das 7h30 às 22h. Serve café da manhã regional. O Pajé Culinária à Beira Mar

Inaugurado em setembro passado, o restaurante O Pajé, em Maracajaú, carrega o legado deixado pela prestigiada chef Gláucia Veras, falecida em 2017. Gláucia participou como consultora em todo o período de pré-abertura do restaurante. De acordo com o empresário Adriano Sousa, dono de O Pajé, a manutenção do trabalho que ela executou no restaurante é uma forma de homenagem. O cardápio trabalha com frutos do mar. Espetadas de frutos do mar, Polvo ao vinagrete com chips de batata doce, Ceviche de frutos do mar e Polvo grelhado são alguns dos pratos do cardápio, que já caíram no gosto dos clientes. Outro prato que chama a atenção no cardápio são as ostras orgânicas da Associação dos Produtores de Ostras do RN. Elas são servidas frescas ou gratinadas. Na

acesso pelo aldeia Camping e Chalés Praia de Maracajaú/rN fone: (84) 99962-2177 @opajeculinaria /opajeculinaria

Adriano preservou as criações dos pratos da chef Gláucia Veras

Em dias de lua cheia, a casa vira belo cenário tropical

Deguste | Janeiro | 2018

16


Restaurante

Miramar

com novas instalações em Porto Mirim

Restaurante é um dos mais visitados no almoço

De olho na alta estação, o Restaurante Miramar, na praia de Porto Mirim, no litoral norte de Natal, renovou a sua estrutura para melhor atender o grande público. A reforma contemplou todas as áreas do estabelecimento, que, agora, pode receber ainda mais clientes. Segundo o proprietário Francisco Silvestre, o Dedé, o Miramar investiu na aquisição de um imóvel vizinho e a capacidade foi elevada em 200 pessoas: agora comporta até 700 por vez. O restaurante é um dos mais visitados da região, parada para almoço de centenas de turistas, que passeiam pelo litoral norte. O serviço oferecido é de bufê a preço fixo – com cerca de 50 pratos entre frutos do mar, churrasco, saladas, acompanhamentos e sobremesas. A parte de grelhados, inclusive, foi uma das melhorias implantadas no Miramar. O restaurante ganhou uma churrasqueira automática e maior que a anterior. Dedé ressalta que a equipe de colaboradores do Miramar também foi renovada e reforçada. O empresário espera continuar conquistando, cada vez mais, o público de Porto Mirim e arredores. O Miramar funciona de domingo a domingo, das

fotos rogério vital

11h às 16h.

Francisco Silvestre investiu em uma reforma e agora pode receber até 700 pessoas

Além de bom restaurante, bela localização no litoral

Miramar av. Praia de Porto Mirim, s/n Praia de Porto Mirim - litoral Norte fone: (84) 99902-9745 @restaurantemiramar_ Miramar restaurante

Miramar funciona de domingo a domingo

17

Deguste | Janeiro | 2018


Naf Naf

reforça estrutura e lança pratos para o verão fotos rogério vital

Conforto e beleza a beira mar

Restaurante abre com extenso bufê para almoço

Salão interno tem capacidade para 400 pessoas

Tanize Faccio é a dona do Naf Naf

O restaurante Naf Naf, na Praia de Jacumã, no Litoral Norte de Natal, está renovado para o mês de janeiro, época em que registra maior movimento no ano. O estabelecimento reforçou a sua estrutura, otimizou espaços e também lançou pratos para o seu bufê. A parte externa do restaurante, onde os clientes ficam a poucos metros do mar, ganhou novas espreguiçadeiras e mais redes. Já o salão interno, com capacidade para 400 pessoas, teve sua composição reformulada para melhorar o fluxo e recebeu novos adornos. Para a parte gastronômica, o Naf Naf investiu em uma consultoria com o chef Welder Albuquerque. Os grelhados ficaram ainda mais saborosos, de acordo com a proprietária Tanize Faccio, e pratos foram criados, como o Arroz de Polvo e o Meca Assado com molho de maracujá. O Naf Naf funciona com serviço de bufê por um Deguste | Janeiro | 2018

valor fixo por pessoa e consumo livre, incluindo frutos do mar, carnes grelhadas, pratos regionais e sobremesas. Diariamente, mais de 40 pratos são oferecidos e, durante o verão, esse número aumenta. "Também estamos com novas sobremesas - uma torta crocante e uma torta de leite de ninho -, que estão sendo bem elogiadas", conta Tanize. A empresária faz um convite ao natalense e aos turistas para conhecer o Naf Naf nesse verão. "A água do mar está linda e cristalina". O restaurante funciona de domingo a domingo, com bufê aberto das 11h15 às 15h30. A estrutura de praia fica disponível das 10h às 16h. Naf Naf Restaurante Praia Praia de Jacumã - litoral Norte de Natal fone: (84) 3228-2228 | 99917-8992 @nafnafrestaurante /nafnafrestaurante www.restaurantenafnaf.com.br

18


fotos rogério vital

Canário O verão é a época mais importante para os restaurantes localizados nas praias. Neste período, no litoral sul, um dos mais favorecidos é o excelente Canário Bar e Restaurante, situado à beira mar da praia de Camurupim. O restaurante funciona o ano todo, mas é neste período que vive lotado e reencontra muitos dos fieis clientes que o frequentam há décadas. As donas do Canário são as irmãs Deni de Barros Macêdo e Deise Macêdo do Nascimento, que deram continuidade ao estabelecimento, que foi fundado pelos pais, o pescador João Manoel de Macêdo e a comerciante Ivone Barros Macêdo, que abriram o Canário como uma barraca de praia, há 40 anos. A paisagem é tão bonita, de frente para o mar, que o restaurante muitas vezes é usado como cenário de editoriais de moda. O cardápio é uma lista saborosa de frutos do mar, entre petiscos e refeições. Há 68 opções entre caranguejo, camarão, ostras e peixes. Quase tudo adquirido de fornecedores de Nísia Floresta ou de lojas especializadas em Natal.

Restaurante tem cardápio com as principais pedidas do verão: casquinho de ostra, posta de Meca, Lula à dorê, peixada ao molho de coco, agulhinhas gigantes.

Bar e Restaurante em Camurupim

Deise, a mãe, Ivone, e a irmã, Deni Macêdo: restaurante fundado há 40 anos

19

Bar e Restaurante do Canário av. Monsenhor antônio Barros, 01 Praia de Camurupim - Nisia floresta/rN fones: (84) 98158-0352 / 98114-4630 @restCanario restcanario@yahoo.com.br aceitamos cartões

Deguste | Janeiro | 2018


Deguste | Janeiro | 2018

20


21

Deguste | Janeiro | 2018


Chef Adriana Lucena cria seleção de produtos artesanais

interessados também podem Queijos, doces, linguiças... conferir no Instagram tudo artesanal e elaborado (@SelecaoAdrianaLucena), os por pequenos produtores que produtos artesanais que a chef prezam pela qualidade do oferece. insumo e valorizam cada Além da seleção, Adriana processo de produção. Esses Lucena está com um serviço de itens têm cada vez mais um degustação guiada. A chef público cativo e podem chegar monta uma tábua com queijos até a mesa do natalense com e outros itens e vai até a casa a indicação de quem entende do cliente para falar sobre eles. bem do assunto, a chef Adriana Lucena, uma grande Do Direito para a gastronomia entusiasta dos alimentos artesanais. Adriana Lucena entrou no A cozinheira lançou, em mundo gastronômico há 15 dezembro, um serviço anos. Até então, militava no chamado “Seleção Adriana Direito, como professora Lucena”, no qual ela faz a universitária. Largou tudo para Adriana pesquisou comidas de todo o Brasil e escolha de produtos seguir carreira na cozinha. Mas criou uma seleção especial para os seus clientes artesanais que considera de sua relação com a gastronomia alta qualidade. vem de berço. Seu avô foi dono Pelo seu interesse no assunto, Adriana possui uma de bar em Natal no período da Segunda Guerra vasta rede de contatos pelo Brasil afora, o que lhe Mundial. E cozinhava, algo incomum para a época. proporciona o acesso a esses itens. O início da trajetória de Adriana Lucena na A “Seleção Adriana Lucena” contém três ou cinco gastronomia foi em Jandaíra, no interior potiguar, produtos – um deles sempre é um queijo. A relação onde cozinhou em fogão a lenha em uma casinha de do cliente com a chef é de confiança. Adriana faz a taipa. Ela diz que tem muito apreço pela chamada própria escolha, de acordo com a disponibilidade. cozinha de resgate. À reportagem, foram apresentados a alguns dos De volta para Natal, a chef comandou o Taiá produtos que a chef pode selecionar, por exemplo, Bistrô, em Pium. Lá, ela cozinhava menus confiança, cafés especiais, geleias, queijos variados, doces, utilizando técnicas modernas em ingredientes de presunto e linguiças supercuradas, além de um várias partes do mundo e com frescor. Pesquisadora, chutney de manga, que a própria Adriana produz. ministra palestras em eventos gastronômicos. Um doce de leite de ovelha chamou a atenção. “Foi o melhor doce que comi na vida”, elogiou Adriana Seleção Adriana Lucena fone: (84) 98714-6884 Lucena, ao falar do produto. Os pedidos são atendidos @selecaoadrianalucena via telefone, no número (84) 98714-6884, e os Deguste | Janeiro | 2018

22


23

Deguste | Janeiro | 2018


Hamachi Ussuzukuri com Molho Ponzu

promove um mês de jantares harmonizados O Restaurante Hamachi está realizando, neste mês de janeiro, uma sequência de jantares harmonizados. O estabelecimento reservou todo o mês para esses eventos, com menus elaborados pelo chef David Rodrigues, que assumiu recentemente a cozinha da casa. Os menus terão cinco passos, todos eles harmonizados com bebidas selecionadas especialmente para os eventos. Do dia 1º até 15 de janeiro, a combinação da comida será com vinhos da carta do restaurante, no Hamachi Wine Week. Já a partir do dia 16, até o fim do mês, será a vez do Cocktail Week Hamachi, com drinks criados especialmente para a ocasião acompanhando os pratos. Alguns dos pratos que vão fazer parte dos menus são: Shot de Lichia com Foie Gras, Tiradito de Atum com Manga Grelhada, Ussuzukuri com Molho Ponzu, Ostras Orgânicas Depuradas, Causa de Atum e Tartar de Salmão “Vamos oferecer uma explosão de sabores, tanto na comida como na bebida”, garante Tiago Gadelha, um dos sócios do Hamachi. Tiago explica que a ideia dos jantares é mostrar para os clientes as muitas possibilidades de harmonização envolvendo bebidas diferentes com pratos bem elaborados. Qualquer um dos jantares custa R$ 129,00 por pessoa. Reservas: (84) 99934-0039.

Ostras orgânicas depuradas

Tiradito de Atum com Manga Grelhada Causa de Atum, Avocado e Chips de Banana

Deguste | Janeiro | 2018

24

Hamachi Oriental y Peruano av. Praia de Ponta Negra, 8884 Ponta Negra - Natal/rN fone: (84) 2010-2090 | 99934-0039 @hamachirestaurante /hamachirestaurante


25

Deguste | Janeiro | 2018


Os ambientes do restaurante são bonitos e confortáveis para receber muito bem os novos clientes

O novo Affogato

em Cidade Jardim

fotos rogério vital

A meta de alcançar quatro unidades, ainda em 2017, foi cumprida pelo empresário Marcelus Cassius, dono do Affogato Bistrô, Gelatto & Café, com a inauguração, no final de dezembro, do novo estabelecimento da marca em Cidade Jardim, zona sul de Natal. O novo Affogato ocupa um bonito imóvel da Rua Gen. Felizardo Brito, pertinho do NAU. A unidade é a primeira nessa região da cidade e chega com a mesma proposta das demais, com adicional de estar preparada para a realização de eventos. O restaurante conta com um salão exclusivo para 90 pessoas – no total, o lugar comporta até 150 pessoas. Massa Flambada com conhaque De acordo com a gerente do no parmesão capa preta estabelecimento, Edna Aires, o Affogato Cidade Jardim ainda dispõe de um lounge na área externa – ideal para encontros regados a bons drinks –, sala privativa com mesa redonda para pequenas reuniões, e sinuca,

famosa desde o primeiro restaurante. O cardápio, no estilo bistrô, oferece pratos à la carte, tendo como carro-chefe a Massa Flambada (fetuccine, penne ou espaguete) com conhaque no parmesão capa preta (com filé mignon) ou no granformaggio (com lagosta ou camarão). O funcionamento da nova casa é tanto para almoço como para jantar, de terça-feira a domingo, das 12h às 23h30. Além de Cidade Jardim, o Affogato Bistrô, Gelatto & Café está presente em Lagoa Nova (Av. Nascimento de Castro), Tirol (Av. Romualdo Galvão) e Petrópolis (Av. Campos Sales).

Affogato Cidade Jardim rua gen. felizardo Brito, 2936 Cidade Jardim - Natal/rN reservas: (84) 99928-0124 @affogatogelatocafe /affogatogelatocafe

Deguste | Janeiro | 2018

26


27

Deguste | Janeiro | 2018


Deguste | Janeiro | 2018

28


29

Deguste | Janeiro | 2018


Restaurante

Yuru

lança seu quarto menu degustação fotos rogério vital

Dourado Natal - filé grelhado na manteiga de garrafa

Carne de sol com mousseline de macaxeira e chips

Dadinho de sol

Os cinco vinhos da noite, da adega do Magazzino Vinhos & Comida

Rafaela Fontes agora fornece sobremesas para o Yuru

Deguste | Janeiro | 2018

30

Assinado pelo chef Joca Pontes, o restaurante Yuru lançou a quarta versão do seu menu degustação. O evento foi exclusivo para um grupo de jornalistas convidados, realizado no finalzinho de novembro. Harmonizado com vinhos do Magazzino Vinhos & Cozinha, o jantar começou com o Ceviche Mahi, acompanhado do vinho Tinajas Viejo Feo Chardonnay. O mesmo vinho escoltou a segunda entrada, o Dadinho de sol - feitos de tapioca cobertos com carne de sol desfiada, molho oriental ao perfume de mel de engenho e gengibre. O vinho Callia Alta Pinot Grigio foi o vinho escolhido para acompanhar o primeiro prato, o Arroz Vegetariano, elaborado com arroz vermelho com creme de abóbora e queijo parmesão. O prato Dourado Natal, um filé de dourado grelhado na manteiga de garrafa sobre mousseline de macaxeira,veio acompanhado do vinho argentino Portillo Sauvignon Blanc. Já o Portillo Malbec escoltou a carne de sol desfiada na chapa com cebola roxa, manteiga de garrafa e pimenta biquinho, sobre mousseline de macaxeira, farofa de cebola dourada e chips. O último prato da noite foi um Porco na Prensa, uma costela de porco prensada e grelhada na chapa sobre purê de batatas, folhas de rúcula temperadas com molho oriental ao perfume de mel de engenho e gengibre e farofa crocante de coentro. O vinho escolhido foi o Portillo Pinot Noir. A sobremesa foi dividida em duas etapas: a primeira uma tapioca Norteña que, na verdade, são palitos crocantes de tapioca passados no açúcar com canela, ganache de chocolate, sorvete de doce de leite e ovomaltine. A segunda etapa foi de doces assinados pela doceira Rafaela Fontes, servidos durante o serviço do café. Ela, agora, vai fazer Restaurante Yuru algumas sobremesas av. Eng. roberto freire, 4382 Ponta Negra - Natal/rN exclusivas para o fone: (84) 3646-0100 Yuru. @yurupontanegra


31

Deguste | Janeiro | 2018


Deguste | Janeiro | 2018

32


33

Deguste | Janeiro | 2018


Cordeiro Chique

se transfere para Petrópolis fotos rogério vital

Agora em novo endereço, a loja vende cortes nobres de carne

José Ivo levou a Cordeiro Chique para mais próximo dos clientes

A loja de carnes Cordeiro Chique transferiu sua operação para Petrópolis, em um ponto na bem localizada Avenida Rodrigues Alves, quase esquina com a Rua Mossoró. A mudança é a concretização de uma meta estabelecida pelos proprietários, José Ivo Neto e seu filho, José Ivo. Essa era a ideia inicial da Cordeiro Chique quando os empresários decidiram abrir a loja em 2014, e vai ao encontro da carta de clientes da empresa, formada, principalmente, por moradores daquela região. A Cordeiro Chique começou em 2010, fornecendo cortes premium de cordeiro a lojas especializadas da cidade. José Ivo Neto e o filho possuem uma propriedade em Parazinho, a 120km de Natal. Nesse local, criam cordeiro e leitão, com total controle desde a alimentação ao abate, garantindo a qualidade desejada. Com a abertura da loja, a Cordeiro Chique se especializou em outros cortes de carne, a fim de diversificar seu mix. E é isso que o cliente vai continuar encontrando na loja em Petrópolis. Cortes como Tomahawk, Capitão, Portehouse e Carré de vitelo, de qualidade premium, estão na Cordeiro Chique. O estabelecimento, também, comercializa cortes de carne uruguaia e argentina, além de trabalhar com carnes do gado da raça japonesa Wagyu, considerada de alto nível. Uma novidade que o ponto em Petrópolis vai proporcionar é a abertura de um “açougue gourmet”, com carnes do cotidiano. Segundo José Ivo, a dona de casa vai encontrar, nesse espaço, cortes de ótima qualidade e preços competitivos, com o diferencial do produto ser beneficiado (cortado em bifes, em tiras...) sem custo adicional. A nova Cordeiro Chique abre das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, e das 8h às 15h, aos sábados. Cordeiro Chique avenida rodrigues alves, 595 Petrópolis - Natal/rN fones: (84) 3221-5458 | 99863-2233 @cordeirochique /cordeirochique

Deguste | Janeiro | 2018

34


35

Deguste | Janeiro | 2018


fotos rogério vital

Moinho Batata prepara novo cardápio

O Moinho Batata, em Ponta Negra, se prepara para lançar seu novo cardápio. Especializado em batatas rosti, o restaurante vai diversificar as opções, colocando entradas e risotos aos poucos no cardápio. A casa também faz questão de ter opções veganas. A tarefa de reformular o cardápio está sob a tutela do chef e consultor Jonatã Canela, que tem trabalhos reconhecidos na cidade. Segundo o empresário Marcílio Furtado, proprietário do Moinho Batata, alguns itens já estão disponíveis, como croquetes de batata. Marcílio explica que essa renovação de cardápio atende aos pedidos dos clientes, que vinham sugerindo outros pratos, sobretudo, entradas. Os novos itens estarão à disposição para consumo exclusivo na casa. Já as batatas rosti, em tamanhos individual e para dois, podem ser pedidas por delivery, através dos telefones (84) 3025-9899 e 99692-3775 (WhatsApp). Ao longo dos seus 10 meses de vida, o Moinho Batata tem trabalhado, além da gastronomia, com a promoção de eventos culturais. A casa abriga diversos estilos musicais, e tem investido na valorização da cultura potiguar, recebendo diversas iniciativas de artistas locais, seja através da música, da exposição de pinturas à realização de feiras de artesanados e comercialização de obras de arte. De forma permanente, o estabelecimento realiza o Sábado do Jazz. A Moinho Batata funciona de terça-feira a domingo, das 18h30 às 23h.

Batata rosti vegana

Moinho Batata av. Praia de Búzios, 9127 Ponta Negra - Natal/rN fones: (84) 3025-9899 | 99692-3775 @moinhobatata /moinhobatata

Croquetes de batata

Deguste | Janeiro | 2018

36


37

Deguste | Janeiro | 2018


Papo Café todavia cortado em pedaços. O tipo de disposição das lâminas pode ainda ser de dois tipos: moinho “cônico” ou moinho “flat”. Estes alcançam precisão na granulometria muitas vezes até nos modelos mais simples. O tipo Flat consiste de dois discos, um disposto em cima do outro. A regulagem da moagem ocorre pela aproximacao ou afastamento dos discos. Alguns dos melhores moedores do mundo são flats, porém os que realmente apontam qualidade também são bem caros, o que o torna, geralmente, inacessível. O moedor tipo cônico se apresenta com uma peça em forma de cuba, com lâminas na superfície e, dentro dela, uma outra com formato de diamante, também laminada. O diamante gira, fatiando o grão por si só e contra as paredes da cuba. Este pode ser elétrico, mas também existem muitas opções manuais que são muito utilizadas em viagens. Existem de todos os preços, pois variam desde o tipo de lâmina (de aço ou cerâmica), até os mais diferentes tamanhos e formas de uso, domésticos e até industriais. Com um moinho, você poderá variar o grau de moagem. Pois, como já citado, cada método necessita de uma granulometria específica, e o sabor irá modificar drasticamente de um para o outro. Além disso, quando você mói o café, ele começa a liberar seus aromas imediatamente. Claro que o café especial sempre será mais saboroso que o tradicional, mesmo já moído. Mas se você tem o hábito de comprar café especial, você quer que ele tenha o melhor sabor possível. Para se escolher o moedor, deve-se perguntar para qual uso ele será. Para aquela pessoa que quer beber um café coado de manhã, um tipo blade já está ótimo. Para alguém que deseja preparar um espresso de melhor qualidade no escritório, eu recomendaria um Burr cônico elétrico doméstico. Ou aquele viajante que não dispensa um bom café, um moinho cônico manual seria perfeito.

Ricardo Sousa riccsb@gmail.com

Qual moedor escolher Uma pergunta que sempre recebo é qual tipo de moedor comprar para se ter em casa. Atualmente, com a difundição dos cafés especiais, está se tornando ainda mais comum. Já vimos em edições passadas que quanto mais recente o café for moído, mais fresco e saboroso ele será. Além disso, a moagem dita o quão boa será sua extração. Diante do exposto, se voce está preocupado em dar um passo a mais na perfeição do sabor na sua xícara, ter um moedor de café é um quesito obrigatório. Cedo ou tarde, um apreciador de café sentirá a necessidade de adquirir seu próprio moinho. Porém, dentre as opções no mercado, qual seria a mais acertada para quem quer preparar um café de melhor qualidade no seu lar ou até mesmo se tornar um home barista? Os moedores mais comuns e baratos encontrados são os do tipo “blade” ou hélice. Trata-se de elétricos e apresentam uma hélice que batem no grão de café e o quebra em pedaços com violência. Pode-se controlar o grau de moagem pelo tempo que a hélice fica girando. Não há tanta precisão de granulometria, por isso não é o mais indicado para fazer café espresso. No entanto, para extrações que não necessitam de precisão, ele confere ótimos resultados, além de ser muito prático. Existem, ainda, os moedores do tipo “burr”. Estes fatiam o grão em pequenos grãozinhos. Consistem de duas superfícies com lâminas. Uma superfície gira, enquanto a outra é fixa, e o café fica entre as duas,

Deguste | Janeiro | 2018

38


39

Deguste | Janeiro | 2018


fotos rogério vital

Jean é um dos profissionais de alimentos e bebidas mais experientes de Natal

Gerente e maître

Jean Silvino da Silva Há mais de 20 anos no mercado de alimentos e bebidas, o gerente e maître Jean Silvino da Silva é apontado como um dos mais experientes profissionais da gastronomia em Natal. Ele tem trabalhos de relevância em restaurantes de destaque na cidade e, atualmente, exerce essas funções no Hamachi Oriental y Peruano e no recém-inaugurado Curió, do mesmo grupo empresarial. Jean Silvino recebeu com motivação o desafio de liderar a equipe do Curió, uma espécie de boteco gourmet em Ponta Negra, que já está no gosto do público natalense. O gerente afirma que gosta de iniciar trabalhos para implantar uma filosofia que proporcione sucesso. O momento atual é um dos melhores de sua carreira, de acordo com Jean Silvino. Ele diz estar confortável com a confiança que lhe é depositada. E, para isso, espera, em 2018, retribuir com a consolidação do Curió e a manutenção do sucesso do Hamachi no mercado. O trabalho de Jean, em ambas as casas, envolve a compra de insumos, gestão de pessoal, recursos humanos e treinamentos de brigada. Para alcançar esse estágio na carreira, Jean Silvino Deguste | Janeiro | 2018

conta que investiu em capacitação e fez cursos de maître, na área de vinhos, em relações humanas, na parte administrativa e em gestão de pessoas. "Esses cursos são fundamentais para o meu trabalho, porque eu lido com pessoas e elas facilitam o relacionamento interpessoal", opina. Jean Silvino da Silva nasceu em São Paulo, porém começou sua trajetória na gastronomia na capital potiguar, na Famiglia Reis Magos. Acumula experiências, ainda, no Camarões, Mazzano, Chef's, Neruda, Ocean Palace, Da Camila, Pacífico e no Roccia, em João Pessoa. Curió av. Praia de Ponta Negra, 8886 Ponta Negra - Natal/rN fone: (84) 3346-1721 @sigacurio

Hamachi Oriental y Peruano av. Praia de Ponta Negra, 8884 Ponta Negra - Natal/rN fone: (84) 2010-2090 @hamachirestaurante /hamachirestaurante

40


41

Deguste | Janeiro | 2018


Bandeja Paisa

As Brisas

Sancocho de Gallina

aposta na gastronomia colombiana em Ponta Negra fotos rogério vital

Os sabores das gastronomias colombiana e brasileira se encontram no As Brisas Restaurante e Bar, novidade em Natal inaugurada no início de dezembro. O estabelecimento está instalado em Ponta Negra, na esquina das ruas Manoel Soares de Medeiros e Rua Pedro Fonseca Filho, pertinho do Camarões Potiguar. O acento colombiano da casa vem dos seus proprietários, Catherine Cárdenas e Jeferson Arias, que nasceram nas cidades de Cali e Medellín, respectivamente. Catherine conta que chegou em Natal em 2013 para investimentos imobiliários, fixou residência pela qualidade de vida e, após perceber que a capital potiguar não possuía um restaurante com comida colombiana, agora aposta na gastronomia de seu país como negócio. As Brisas dispõe de um cardápio com “sabor caseiro”, como define a empresária. São cerca de 20 opções tipicamente colombianas. Por exemplo: Picada Colombiana, Empanadas, Bandeja Paisa, Papas Rellenas, Língua en Salsa e Sancocho de Gallina. Além disso, há pratos tradicionais do Brasil – proteínas convencionais com acompanhamentos (arroz, feijão...). Quem está à frente da cozinha é a mãe de Catherine, a chef Olga Castro. Catherine Cárdenas acredita que colombianos e brasileiros têm hábitos alimentares semelhantes. “O que muda é o tempero”, afirma. No primeiro mês de funcionamento, os natalenses já começaram a experimentar os pratos típicos colombianos. “Eles têm gostado”, conta Catherine Cárdenas. O estabelecimento é uma boa opção, também, para encontro com a cultura colombiana. Nas noites de sábados, há festas latinas com músicas do país. As Brisas serve café da manhã e abre todos os dias da semana: das 9h às 21h, de segunda a quintafeira, das 9h à meia-noite, às sextas-feiras e domingos, e das 9h às 3h, aos sábados. Deguste | Janeiro | 2018

As Brisas funciona em Ponta Negra

Os sócios Jeferson Arias e Catherine Cárdenas e a chef Olga Castro

42

As Brisas Restaurante e Bar rua Manoel soares de Medeiros, 66 (esquina com rua Pedro fonseca filho) Ponta Negra - Natal/rN fone: (84) 98713-3306 @asbrisasbar /asbrisas


ALMOÇO BASILICO’S. SEXTA-FEIRA E DOMINGO. SEU DIA NÃO SERÁ MAIS O MESMO.

43

Deguste | Janeiro | 2018


Deguste | Janeiro | 2018

44


45

Deguste | Janeiro | 2018


Opinião

Arthur Coelho

chef-coelho@hotmail.com

Eu, Chef.

Tenho aprendido muito desenvolvendo minha profissão, de forma equilibrada, gradual e sabedor de minhas limitações e facilidades. Não serei presunçoso ao ponto de auto intitular-me “O CHEF”, mas posso afirmar que já tenho alguns longos passos nessa árdua caminhada que é a profissão de COZINHEIRO. Nessa travessia, foi possível experimentar diversas modalidades de trabalho, alguns grandiosos em número e em importância, outros singelos e quase “altruístas”, porém com a mesma importância e grandiosidade que o primeiro. Nesse ambiente, também pude conviver com diversas personalidades profissionais e pessoais, ampliando, assim, minha visão de mundo, que contempla a pessoa humana e a pessoa profissional. Cada etapa, cada evento, cada prato, cada receita, cada recrutamento, cada desligamento, cada foto, cada comentário, cada pesquisa, cada influência, cada bate papo e cada café, me trouxeram grandes aprendizados, grandes conquistas, algumas derrotas, erros, acertos, precipitações e reflexões mais demoradas sobre cada momento de minha carreira e de minha caminhada. Em vários momentos, houve cansaço, dores, saudades, mazelas, acidentes, sorrisos, lágrimas, incertezas, insegurança, segurança. No entanto, todos esses sentimentos, atitudes, decisões, fortaleceram sobremaneira a forma de conduzir minha profissão. E esse pequeno texto me foi inspirado por uma mensagem que recebi, hoje pela manhã, de um cozinheiro, atualmente chefe de cozinha, que

Deguste | Janeiro | 2018

desenvolve as suas atividades na China. O mesmo já passou pela Itália e por Budapeste e, para minha grata surpresa, ele me relatou que assistiu a uma palestra minha, quando era ainda aluno numa faculdade em Recife/PE, em que eu falava da profissão de cozinheiro, construção de carreira, ética, equilíbrio, seriedade e amor à profissão. Esse resgate foi feito quando ele viu um vídeo meu postado nas redes sociais durante um evento em que orientava as atitudes para um futuro chef de cozinha. Sem glamour! Muito trabalho, muita dedicação, anulação por vezes de suas vontades para satisfazer a vontade alheia! Pensei muito e me emocionei com sua mensagem, pois um fato ocorrido há quase 7 anos, influenciou um indivíduo a se tornar um profissional competente, sério, ético, equilibrado e amante da sua profissão, ao ponto de deixar sua família e cruzar fronteiras e continentes em busca da perfeição, do conhecimento, da grandeza de abraçar uma profissão com amor e dedicação plena e absoluta. Esse fato fez com que minha responsabilidade, meu cuidado, meu desejo de tornar melhor o mundo do trabalho e dos profissionais, que nele habitam, sejam cada vez maiores e mais sinceros. Não existe pagamento maior do que o sentimento do dever cumprido, da gratidão e da vontade de ser melhor hoje do que fui ontem!Muito obrigado aos queridos leitores, amigos, colegas de profissão e futuros chefs. A todos, desejo um FELIZ ANO NOVO, PRÓSPERO DE SAÚDE E PAZ!

46


47

Deguste | Janeiro | 2018


Deguste | Janeiro | 2018

48

Revista Deguste - Janeiro 2018  

Veja o que foi destaque na edição de Janeiro de 2018 da Revista Deguste

Revista Deguste - Janeiro 2018  

Veja o que foi destaque na edição de Janeiro de 2018 da Revista Deguste

Advertisement