Page 1

24ª Edição | Ano 5 | 2018 ABRIL / MAIO / JUNHO

PANORAMA

PING-PONG

CORRETORES

O Diretor Financeiro da Rede Lojacorr, André Duarte, traz em seu artigo uma analogia sobre a Copa do Mundo e o comportamento humano. Saiba mais na Pág. 5

Luis Gutiérrez, Presidente do Grupo Segurador do Banco do Brasil e Mapfre, nas áreas de Auto, Seguros Gerais e Affinities, fala com exclusividade sobre sua trajetória profissional e pessoal. Pág. 8

Corretora da Rede completa 25 anos de atuação, mantendo clientes fidelizados desde o início. Pág. 38


EXPEDIENTE

A Revista Corretora do Futuro tem circulação trimestral e é o meio oficial de comunicação da Rede Lojacorr.

Rua Desembargador Westphalen, 868 - 7° andar Rebouças - Curitiba - Paraná CEP 80.230-100 Fone: 41 3233-5259 Diretor de Redação Geniomar Pereira Editora-Chefe Ana Clara Baptistella Siqueira (MTb: 0010313-PR) Reportagens Ana Clara Baptistella Siqueira Thaís Ruco (MTb: 49.455-SP) Revisão e Copidesque Excelência Editoração 11 9 8330-2628 Projeto Gráfico, Diagramação e Capa Oblá Estúdio Criativo 41 9 8767-4000 Impressão Gráfica Corgraf Tiragem 5000 exemplares Edição 24 Abril/Maio/Junho 2018

A Rede Lojacorr não se responsabiliza por anúncios e imagens enviadas por terceiros, as fotos e/ou imagens são meramente ilustrativas. Os artigos assinados são responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam, portanto, a opinião desta publicação. Sugestões e reclamações: 41 3233-5259 comunicacao@lojacorr.com.br Conheça as edições anteriores: http://lojacorr.com.br/novosite/revista

EDITORIAL

Bons motivos para todos os parceiros da Rede Lojacorr Diogo Arndt Silva

PALAVRA DO PRESIDENTE

C

om o ciclo de palestras “22 Bons Motivos para Integrar a Rede Lojacorr”, que está rodando em nossas Unidades, juntamente com as ações de comunicação que estamos trabalhando, tornamos ainda mais clara a ideia de que corretoras de seguros de todos os portes se beneficiam com nosso modelo de negócio. Os corretores que ainda não fazem parte da Rede passam a enxergar como a solução que buscam e os já integrantes relembram os benefícios oferecidos, reacendendo valor para os diferenciais. Elencamos 22 benefícios, mas que podem ser desdobrados ou visualizados, de acordo com o negócio de cada um, em muito mais oportunidades. Confira cada um deles em nossa matéria de capa. Por tudo isso, nosso modelo de negócio é disruptivo, único com todas essas funcionalidades, e seu desenvolvimento se deve ao fato de ter sido construído com foco no corretor, ouvindo suas necessidades, ao longo dos 20 anos de atuação da Rede Lojacorr. Com esses benefícios, vamos expandindo cada vez mais por todo o Brasil. Nesta edição, apresentamos as inaugurações de três novas Unidades no Nordeste, cujos corretores de seguros e seguradores, que conhecem nosso modelo, há muito pleiteavam para que tivéssemos Unidades para atender ao mercado local. Em todo o Brasil, o crescimento é expressivo. Já ultrapassamos a marca de 1 mil corretores de seguros e nosso objetivo agora é, com crescimento sustentável, pautado em planejamento e estrutura, chegar a 2 mil profissionais até 2021. Estruturamos benefícios não apenas para os corretores, mas também para nossos colaboradores. No ano passado, a Rede Lojacorr foi certificada pelo Great Place to Work (www.greatplacetowork.com.br) como um excelente lugar para se trabalhar, e continuamos investindo em benefícios e qualidade de vida, para que os funcionários trabalhem melhor e mais motivados. Em maio, inauguramos, na Sede Administrativa, o espaço Viver Bem, que consiste em uma moderna e agradável sala de convivência para os colaboradores, incluindo local para refeições, descanso, integração, leitura, informação, diversão e descontração. Por fim, os benefícios de nossa atuação se estendem às seguradoras parceiras. Nesta edição, trazemos mais uma integração de nossa diretoria com a diretoria de uma seguradora, entrevista com o Presidente de uma das maiores companhias do País, e a colaboração de executivos seguradores em reportagens e eventos, para levar informação ao nosso público. Todo esse relacionamento e qualificação nos rende cases de sucesso de corretores de seguros que nos enchem de orgulho, da experiência à inovação, como a corretora que completa 25 anos de atividades com clientes que estão com ela desde o início, a que vendeu mais de R$ 5 milhões em consórcios em pouco mais de um ano dessa atuação, e a que tem usado as redes sociais para alavancar seus negócios. Curiosamente, os três cases desta edição são de mulheres que, mais do que conquistaram espaço no mercado, se destacam. Também temos muitos conhecimentos em artigos de especialistas em contabilidade, em direito securitário, em comunicação, em motivação, e de nossos diretores. Esta revista é mais uma forma de qualificação e benefício a todos os parceiros que integram a Rede Lojacorr! Um abraço!

ACESSE NOSSO SITE: www.lojacorr.com.br Corretoras de Seguros Independentes

CURTA: www.facebook.com/lojacorr SIGA: https://www.instagram.com/redelojacorr/


ÍNDICE

05 06

panorama ÉTICA, PROPÓSITO E FAIR PLAY: UMA QUESTÃO DE COMPORTAMENTO

GESTÃO & CIA COMPARTILHAMENTO, UMA NOVA FORMA DE SE RELACIONAR!

08

PING-PONG UM EXECUTIVO INTERNACIONAL À MODA BRASILEIRA

11

NA MÍDIA REDE LOJACORR É DESTAQUE NO VALOR ECONÔMICO

11 12 17 18 18 19 20 21 22 23 24

RELACIONAMENTO NOVO PRESIDENTE DE SEGURADORA VISITA REDE LOJACORR

CAPA REDE LOJACORR DISPONIBILIZA BENEFÍCIOS QUE VISAM AMPLIAR A EFICIÊNCIA E O DESENVOLVIMENTO DAS CORRETORAS

ambiente

SEDE ADMINISTRATIVA INAUGURA ESPAÇO BEM VIVER

RELACIONAMENTO PRESIDENTE DA REDE LOJACORR INTEGRA GRUPO DE JOVENS LÍDERES E EMPREENDEDORES

DIVULGAÇÃO ZÉ PEREIRA, TENISTA PATROCINADO PELA REDE LOJACORR, RENOVA CONTRATO

RELACIONAMENTO REDE LOJACORR PARTICIPA DE TREINO DO TIME DE REGATA DA MAPFRE NA VOLVO OCEAN RACE

DE NORTE A SUL MARINGÁ: CIDADE PLANEJADA E BOA PARA SE DESENVOLVER

PARCERIA LOJACORR VISITA SEDE DA PREVISUL E DIRETORIAS TÊM DIA DE INTEGRAÇÃO

EXPANSÃO REDE LOJACORR CHEGA A TRÊS NOVOS ESTADOS DO NORDESTE

24 25 26 28 29 30 32 34 35 36 38 39 40 42 43 44

unidades

UNIDADE FLORIANÓPOLIS FAZ PALESTRA DURANTE REINAUGURAÇÃO DE SEU ESPAÇO GOURMET

ARTIGO O MANTRA É: POSICIONE A SUA MARCA!

PRODUTO GARANTINDO OPORTUNIDADES AOS CORRETORES

VENDAS EMPREENDEDORISMO E GESTÃO DE ALTA PERFORMANCE - PARTE 2

EXPANSÃO NOVOS CORRETORES DE SEGUROS INTEGRAM A REDE LOJACORR

BOAS PRÁTICAS CORRETORA DA REDE SE DESTACA NO RAMO DE CONSÓRCIOS COM ATENDIMENTO PERSONALIZADO AOS CLIENTES

RECONHECIMENTO CORRETORES DA REDE LOJACORR DESFRUTAM DE PREMIAÇÕES DE CAMPANHAS DE VENDAS

VENDAS REDE LOJACORR SE DESTACA EM CAMPANHA DA LIBERTY SEGUROS E SORTEIA VIAGEM PARA A EUROPA

RELACIONAMENTO REDE LOJACORR INTEGRA O IBS BRASIL

NICHOS ATUAÇÃO EM RAMOS DIVERSIFICADOS PARA FUGIR DA CONCORRÊNCIA E OBTER MELHORES NEGÓCIOS

CORRETORES CORRETORA DA REDE LOJACORR COMPLETA 25 ANOS DE ATUAÇÃO, MANTENDO CLIENTES FIDELIZADOS DESDE O INÍCIO

PARCERIA MITSUI SUMITOMO SEGUROS APOSTA EM EXPANSÃO GEOGRÁFICA, EFICIÊNCIA OPERACIONAL E CRESCIMENTO ORGÂNICO

VARIEDADES ALÉM DE SE DESTACAR NOS NEGÓCIOS, MEMBROS DA REDE LOJACORR INVESTEM NA SAÚDE FÍSICA

BOAS PRÁTICAS CORRETORA APOSTA NAS REDES SOCIAIS PARA DIVULGAÇÃO DE SEGUROS

JURÍDICO INADIMPLÊNCIA NO CONTRATO DE SEGURO

TREINACORR "TREINAMENTO... DE NOVO?"

CLUBE DE PRÊMIOS REDE LOJACORR LANÇA PROGRAMA DE BENEFÍCIOS PARA PARCEIROS COM MAIS DE 50 MIL OPÇÕES DE PRÊMIOS

45

CONTABILIDADE VANTAGENS DO CORRETOR DE SEGUROS PESSOA JURÍDICA X PESSOA FÍSICA

UNIDADES UNIDADE RIO DE JANEIRO PARTICIPA DE GRUPO DE NEGÓCIOS

46

INSPIRAÇÃO AUTOCONHECIMENTO E EMOÇÕES


PANORAMA

Ética, propósito e fair play: uma questão de comportamento

Tudo começa na base, no alicerce. Cada pessoa é “forjada” de forma única, contudo, há comportamentos que são essenciais para que o ser humano possa conviver dignamente em grupo. O comportamento ético é indispensável, ou seja, fazer o certo simplesmente porque é certo, e não porque tem alguém para cobrar. Na Copa do Mundo da Rússia, pudemos observar o inédito árbitro de vídeo (VAR) em ação. Reparem que muita coisa mudou, a começar pelos erros (propositais ou não) de arbitragem que, até então, poderiam mudar totalmente o curso de um time que havia se preparado e treinado por anos e que, de repente, por uma falha, um título era conquistado pelo time que havia sido beneficiado e não por aquele que faria jus ao resultado. Injustiça.

André Ogliari Duarte Sócio-fundador e CFO da Rede Lojacorr. Economista pela UFPR, pós-graduado em Gestão de TI pela FAE Business School, MBA em Gestão Estratégica de Empresas e GBA em Finanças Estratégicas, ambos pela FGV. Profissional de seguros desde 2003 e experiência de oito anos como Oficial do Exército Brasileiro.

Pelo simples fato de todos saberem que agora estavam sendo analisados por uma equipe de arbitragem de vídeo que pode, legalmente, alertar o árbitro da partida, uma mudança aconteceu num passe de mágica no comportamento da maioria dos jogadores. Em suma, sabedores agora dessa nova tecnologia, os jogadores começaram a se adaptar. Até o Neymar que havia caído na área, num possível pênalti (sabia ele que não era), levantou-se, pediu para o time seguir com a partida e disse para o árbitro que não era nada. Obviamente com medo de que o VAR pudesse alertar o árbitro e ele ser advertido com um cartão amarelo. Mágico, não? Agora, todos começam a focar no essencial. No trabalho, na performance, e não mais em enganar para levar vantagem.

Madre Teresa de Calcutá

Da Copa do Mundo para nossa realidade, sabemos que a mudança começa em cada um de nós. Já disse Madre Teresa de Calcutá: “O que eu faço é uma gota no meio de um oceano. Mas, sem ela, o oceano será menor”. Isso nos ensina que nós temos a obrigação moral de conduzir nossas ações sempre pautadas na ética, para que nosso exemplo seja seguido e, principalmente, entendido como um comportamento padrão e lógico a ser seguido. Fazer o certo simplesmente porque é certo, sem se importar com os governos, os órgãos de fiscalização, ou qualquer outro stakeholder.

m tempos de Copa do Mundo, podemos fazer muitas analogias como forma de comparação com nossa realidade empresarial. O que pretendo destacar aqui, é o comportamento ético, baseado no árbitro de vídeo (VAR), e o mundo empresarial.

Acertar na base é o segredo. A começar pela certeza de que nosso comportamento está alinhado com a ética, bem como na seleção das pessoas que vão trilhar o caminho do nosso lado. O foco do time todo deve ser sempre no desenvolvimento do trabalho pelo propósito, pela causa, sem jamais pensar no resultado financeiro ou em levar vantagem, passando alguém para trás. O simples é o essencial. Menos é mais. E ao fazermos nossa parte, o resultado será uma mera consequência.

“O que eu faço é uma gota no meio de um oceano. Mas, sem ela, o oceano será menor.”

E

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

5


GESTÃO & CIA

Compartilhamento, uma nova forma de se relacionar! A Economia Colaborativa é fruto da união de três pontos de sucesso, que fazem o conceito cada vez mais atrativo a partir da evolução ampla da sociedade. Social, com destaque para o aumento da densidade populacional, avanço para a Sustentabilidade, desejo de comunidade e abordagem nada egoísta. Econômico, focado em monetização do estoque em excesso ou ocioso, aumento da flexibilidade financeira, preferência por acesso em vez de aquisição, e abundância de capital de risco. Tecnológico, beneficiado pelas redes sociais, pelos dispositivos e plataformas móveis, além de sistemas de pagamento.

Geniomar Pereira

Diretor Comercial da Rede Lojacorr, graduado em Ciências Administrativas e Contábeis, pós-graduado pela UFMG, UFJF e FGV, com especializações em Negócios, Marketing e Finanças.

U

ma das frases que norteia a Rede Lojacorr, sempre dita pelo nosso Chairman e fundador, Sr. José Heitor da Silva, é: compartilhar tudo com todos! Pois é nesta linha que trilhamos nossa jornada. Olhando para o horizonte, é nítido que a economia do compartilhamento está mudando não só o modo como entendemos oferta e demanda e a nossa relação com os bens materiais, mas também nossas relações pessoais. De tempos em tempos novas revoluções emergem, revoluções capazes de mudar tudo, do modo como trabalhamos ao modo como nos relacionamos. Estamos no centro de uma mudança de era e qualquer reflexão feita hoje pode fazer menos sentido amanhã. Por isso, para não insistirmos em modelos obsoletos, o melhor é enxergar as oportunidades que a economia do compartilhamento nos dá, para não só sobrevivermos, como sairmos ainda melhores das crises econômicas que vêm colocando em xeque o modo como entendemos os mercados e a economia.

No coração da Economia Colaborativa estão empresas e projetos que surgiram a partir de variações do compartilhamento pessoa para pessoa, o chamado consumo colaborativo. Carros, alimentos, serviços, motos, moradia, informação, tecnologia, entre outros bens, podem ser compartilhados. Agregar valor em cada nível gera retorno, uma vez que os modelos representam um aumento na maturidade, exigem investimentos e resultam em benefícios para cada nível. O grande aprendizado para as empresas é que o relacionamento com os clientes mudou, é hora de libertar a empresa para ganhar o mercado. Tudo isso já está acontecendo, e eis aí uma grande oportunidade para dar chance ao novo, economizar uns trocados e recuperar a conexão com estranhos, o “bom dia” ao vizinho e todo aquele senso de humanidade que, nas últimas décadas, acabou se perdendo. O que me chama mais a atenção, dentre outros benefícios, além dos ambientais na economia colaborativa, é o surgimento do senso de comunidade entre as pessoas. Quem pensaria um dia que alguém abriria as portas da sua própria casa para um desconhecido dormir no seu sofá? Ou entrar no carro de uma pessoa que nunca viu? A ideia parece estranha, mas somente se olharmos com uma mentalidade pessimista e mal-intencionada. Contudo, isso não é a realidade, a satisfação dos usuários é de 90%, sendo que se olharmos os 10% de reclamações, na maioria são por motivos banais, como atrasos. Isso mostra como as pessoas estão se relacionando, criando novas experiências marcantes e espontâneas. O mundo mudou completamente, por isso, se os seus hábitos ainda não mudaram, é melhor se apressar ou ficará deslocado no seu tempo!

“Compartilhar é o novo possuir!” (frase extraída do site da Mercedes Benz alemã)

6

REVISTA CORRETORA DO FUTURO


Processo Susep: 15414.001197/2004-41. O registro deste plano na Susep não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação à sua comercialização.

Entre depois de bater.

HDI Bate-pronto. O centro de atendimento que libera em minutos o conserto do veículo. Com a HDI, o segurado economiza até tempo. É de bate-pronto. Consulte seu corretor.

www.hdi.com.br REVISTA CORRETORA DO FUTURO

7


PING-PONG

Um executivo internacional à moda brasileira Em entrevista exclusiva à Revista Corretora do Futuro, Luis Gutiérrez fala sobre a atuação da empresa e conta desafios e curiosidades de suas trajetórias profissional e pessoal. Confira!

Sobre o Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre

Resultado da união estratégica entre o Banco do Brasil e a MAPFRE Seguros, o GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL e MAPFRE conta com 5.600 colaboradores, mais de 28 mil pontos de venda, incluindo corretores e agências bancárias. Possui um dos mais amplos portfólios de produtos do mercado, além de unidades de negócios especializadas, presença territorial abrangente e distribuição multicanal. Revista Corretora do Futuro – Sua trajetória profissional foi construída com base sólida. Conte-nos: como foi ver e participar de todo o processo de evolução da sua empresa? Luis Gutiérrez – Comecei a minha carreira no mercado de seguros na Mapfre Espanha, onde estou há 28 anos. E comecei literalmente visitando corretores e clientes, batendo de porta em porta para vender seguros. A empresa me deu inúmeras oportunidades para crescer. Durante os anos que estive lá, ocupei diversas outras posições, como Gerente de sucursal, de formação, Diretor Técnico de Seguros Gerais e Diretor Comercial. Também tive uma passagem pelo Brasil em 2011, por 11 meses, dirigindo a Área de Resseguro Corporativo. Posteriormente, e até o final do ano passado, atuei na República Dominicana, onde a Mapfre possui uma parceria muito semelhante à que temos aqui no Brasil com o Banco do Brasil. Essa experiência foi uma escola para mim.

LUIS GUTIÉRREZ MATEO

Luis Gutiérrez é Presidente do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAFPRE nas áreas de Auto, Seguros Gerais e Affinities. Nascido em Málaga, na Espanha, o executivo cursou Ciências Contábeis e Administração de Empresas na Universidade de Málaga. Atuando na MAPFRE desde 1988, Gutiérrez começou a carreira como assessor comercial, ao longo dos anos, passou por diferentes posições na Espanha, como Gerente de sucursal, Diretor Regional, Diretor-Geral Comercial e Diretor-Geral Técnico de Seguros Gerais.

O

O executivo também foi Diretor de Resseguros no Grupo Segurador Banco do Brasil e Mafpre, em 2011, antes de ser nomeado CEO da Mafpre Seguros BHD, na República Dominicana, em 2012, posição que ocupou até assumir a Presidência da SH2 do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mafpre, em janeiro de 2017. Gutiérrez também é membro do Conselho de Administração do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mafpre e Vice-Presidente da Federação Nacional das Seguradoras (FenSeg). 8

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

Revista Corretora do Futuro – Como foi esse processo dentro do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre, até se tornar Presidente? Luis Gutiérrez – Vim ao Brasil em 2017, depois de o Conselho de Administração da Mapfre ter anunciado, na Espanha, mudanças na sua estrutura, incluindo movimentações na América Latina, em maio de 2016. O então CEO do Grupo para as áreas de Auto, Seguros Gerais e Affinities, Marcos Eduardo Ferreira, foi nomeado CEO da Área Regional Latam Sul, com sede na Colômbia (que abrange ainda Argentina, Chile, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela) e, então, eu vim para o lugar dele. Revista Corretora do Futuro – Qual foi o maior desafio em sua caminhada, até se tornar um alto executivo? Luis Gutiérrez – Eu sempre acreditei em mim, no meu esforço e no trabalho em equipe. Considero fundamental estar rodeado dos melhores profissionais, para que possamos crescer juntos. Nasci em uma família de origem humilde e conquistei meu sucesso profissional com estudo, muitas horas de trabalho e perseverança. Sempre fui inconformado e nunca me abalei com as dificuldades que surgiram ao longo da trajetória, pois tracei minha meta e nunca desisti. Tive a sorte de contar ao meu lado com os melhores profissionais e pessoas, que me empurraram sempre. Busco sempre cuidar para que essa energia se mantenha em mim e caminho todos os dias para conservar minhas conquistas e alcançar os novos objetivos. Acredito que tenho e ainda terei muitos desafios pela frente e estou muito feliz por ter a oportunidade de enfrentá-los.


PING-PONG Revista Corretora do Futuro – Quais são as oportunidades e aprendizados em ser Presidente de um dos maiores Grupos empresariais do País? Luis Gutiérrez – Temos o papel de liderar a empresa para o melhor caminho e, para isso, é preciso contar com os talentos que compõem a organização. Uma gestão aberta ao diálogo, que prega a diversidade – por meio da integração entre todos, incluindo gerações, gêneros etc. – é fundamental para a sustentabilidade dos negócios. No Grupo, prezo pela conexão com todos. Integro um dos grupos de debate do Conselho de Diversidade – iniciativa interna, que tem como objetivo fortalecer a cultura de respeito às diferenças. Também participo do Programa de Mentoring Reverso – ação que permite que jovens talentos levem conhecimento e informações para profissionais sêniores da Seguradora. Ainda tenho relacionamento com os diversos públicos como prioridade – programas como o “Falando com o Presidente” e “Colaborador de Destaque” são excelentes espaços para o compartilhamento de conhecimentos e visões. Portanto, é fundamental a capacidade de criar laços e desenvolver equipes. Sozinho é impossível trilhar qualquer trajetória de sucesso. Outra coisa: acho muito importante aprender a sair da zona de conforto. Quando se deixa o seu país de origem e cultura para empreender em outro lugar, aprendese também a se adaptar, tornar-se mais flexível e humilde, a questionar tudo, analisando novas maneiras de realização. Se reaprende o aprendido. Passa-se também a confiar, gerir a diversidade cultural, e aprende-se novas formas de atuar. É um aprendizado pessoal e profissional. Revista Corretora do Futuro - Sabemos que você é espanhol, como foi o processo de mudança de país e empresa de atuação? Você já tinha alguma relação com o Brasil? Luis Gutiérrez – Antes de vir para o Brasil eu já havia vivido na República Dominicana e, como dito anteriormente, tive uma passagem pelo Brasil em 2011, por 11 meses, dirigindo a Área de Resseguro Corporativo. Então, mudar de país não é um problema para mim. Claro que cada um deles tem suas particularidades. Do ponto de vista pessoal, reconheço que o calor e a hospitalidade do povo brasileiro e seu jeito amável facilitaram a adaptação, a mim e a minha família. No profissional, não imaginava encontrar pessoas solícitas e tão competentes como as que encontrei aqui no Grupo. O Brasil tem dimensões continentais, com um consumo interno importante, porém apenas uma pequena parcela da população tem seguro de vida e seguro residencial. Falta as pequenas e médias empresas estarem protegidas com coberturas importantes, poucos profissionais têm um RC e a cobertura de invalidez temporária. As oportunidades são grandiosas. Revista Corretora do Futuro – Quais foram as suas estratégias para crescer e desenvolver a carreira? Luis Gutiérrez – Acredito que o fato de nunca ter me conformado, me ajudou a ter minhas metas claras. Sempre tive humildade para reconhecer minhas limitações e aprender. Todo mundo tem algo a ensinar. Ao mesmo tempo, trabalhei duro para melhorar minhas capacidades, e sempre coloquei paixão, empenho e compromisso em tudo o que fiz e faço. Também nunca me dei por vencido diante das dificuldades. Ter atitudes positivas e alto grau de confiança em minhas capacidades me ajudaram a acreditar no meu potencial. Nunca deixei de reconhecer quão afortunado sou por poder fazer o que realmente gosto. Revista Corretora do Futuro – O que você diria para aquele profissional que está começando a carreira, ou que já está estabelecido, mas sonha em crescer profissionalmente? Luis Gutiérrez – O líder do futuro será aquele que acredita na superação de desafios e conquistas, consegue engajar seus talentos para a constante renovação de conhecimento, de forma a transferir essas características para o negócio, e nunca desiste diante dos fracassos. Outra característica fundamental é a capacidade de adaptação. Um líder flexível é confiante e usa a sua expertise para enfrentar os entraves

do dia a dia, e não somente uma forma definida de atuação, além de ser um profissional disponível para reagir com sucesso diante das questões diárias. Revista Corretora do Futuro – O que você diria para aqueles que almejam chegar a um alto cargo executivo? Luis Gutiérrez – O CEO não pode perder o poder de reinvenção, a confiança na intuição, visão de futuro e a capacidade de desenvolver e motivar os talentos. Sinto que tenho o papel de motivar, incentivar para que todos acreditem em suas habilidades e na sua capacidade de superar as conquistas. Também é minha missão criar um ambiente de confiança mútua com a equipe, tornando-os partícipes dos objetivos, planos de atuação e êxitos. Estabelecer metas de maneira conjunta, trabalhar em equipe para obter os resultados, corrigindo fracassos e compartilhando êxitos. Sonhar e fazer sonhar. Por outro lado, essa característica também é um desafio minuto a minuto. É preciso muita observação de outros mercados e de diálogo com os públicos internos e externos, além de estudo constante. Revista Corretora do Futuro – Partindo agora para o lado mais pessoal, você poderia contar um pouco sobre sua família? Luis Gutiérrez – Venho de uma família humilde. Sou o mais velho de três irmãos. Meu pai faleceu quando eu tinha seis anos. Naquela ocasião, meu irmão do meio tinha três anos e minha mãe estava grávida do meu irmão caçula. Minha mãe teve de encarar a situação e nos criar, sozinha, começando do nada. Ela nos transmitiu princípios e valores profundos: ter orgulho de quem somos e de onde viemos, e ética para caminharmos com a cabeça erguida e nunca deixarmos de acreditar em nossa capacidade. Lutar sem descanso pelo o que vale a pena, até alcançarmos nossos objetivos, e acredito que ela tenha sido bem-sucedida, porque criou três homens de bem. Tento, a cada dia, respeitar esses princípios e transmiti-los a meus filhos. Revista Corretora do Futuro – A vida de muitos executivos é agitada, como você consegue equilibrar a vida profissional com sua família? Luis Gutiérrez – Sou um apaixonado. Ponho paixão em tudo o que faço. Quando se faz algo com 120% de intenção, o resultado é que cada minuto de trabalho, com a família, amigos etc., seja muito proveitoso. Revista Corretora do Futuro – Vocês buscam realizar atividades em conjunto, para aproveitar os momentos de lazer? Luis Gutiérrez – Acredito que seja questão de aproveitar ao máximo cada momento. Com meus filhos trabalhando e vivendo na Espanha, trato de aproveitar intensamente cada oportunidade com eles. Imaginar passar as férias juntos é, sem dúvida, o melhor planejamento. Revista Corretora do Futuro – Você poderia nos contar o que faz nas horas vagas e se possui algum passatempo? Luis Gutiérrez – Tenho vários e alterno como posso. Ler, escrever, ver filmes, ir ao teatro, praticar esportes, mergulhar, viajar... Revista Corretora do Futuro – Você e sua família têm alguma estratégia para conciliar a vida corrida de um alto executivo? Luis Gutiérrez – Quando estamos juntos, procuramos nos dedicar àquele momento e aproveitamos ao máximo. Revista Corretora do Futuro – Qual a dica que você pode dar para quem quer conciliar de forma eficaz a vida profissional com a pessoal? Luis Gutiérrez – Faça o que você realmente quer, aproveite o que te faz feliz. Não deixe que as preocupações ou ocupações obscureçam seu tempo de lazer. Foque no trabalho enquanto estiver trabalhando, e aproveite o ócio quando tiver essa oportunidade. REVISTA CORRETORA DO FUTURO

9


10

REVISTA CORRETORA DO FUTURO


NA MÍDIA

Rede Lojacorr é destaque no Valor Econômico

M

esmo com o avanço tecnológico, os negócios no mercado de seguros ainda são fechados pessoalmente. A confiança é essencial como citou o CEO da Rede Lojacorr, Diogo Arndt Silva, em matéria do jornalista Marcus Lopes, publicada no dia 28 de junho, no jornal Valor Econômico. “A confiança ainda é maior nos corretores tradicionais, pois são a referência para assistência e atendimento em caso de sinistros”, diz o Presidente da Rede Lojacorr, Diogo Arndt Silva. Com mais de 300 mil apólices ativas, a empresa paranaense oferece o suporte necessário às corretoras independentes e parceiras da Rede. Por meio da Rede, as corretoras têm acesso a 36 seguradoras e a várias modalidades. A empresa também aposta na diversidade de negócios – com a Rede Lojacorr Consórcios vende consórcios de imóveis, automóveis, motocicletas e serviços. Segundo Silva, a diversificação de atividades e a expansão das

carteiras é importante para o setor de seguros que, apesar do crescimento constante e dos bons resultados, abriga modalidades que sofreram com a crise”. Acesse e confira a matéria na íntegra https://goo.gl/vdZ1J9

RELACIONAMENTO

Novo Presidente de Seguradora visita Rede Lojacorr

A

Rede Lojacorr recebeu, no dia 29 de junho, a visita especial do novo Diretor-Presidente da Mitsui Sumitomo Seguros, Masayuki Nagano. Ele esteve acompanhado pelo Vice-Presidente, Helio Kinoshita, e pelo Gerente da Filial Curitiba, Guilherme Pisa. Eles foram recebidos pelos Diretores da Rede Lojacorr, Diogo Arndt Silva, Presidente; André Duarte, DiretorFinanceiro; Sandro Ribeiro dos Santos, Diretor de Tecnologia; Luiz Longobardi, Diretor de Mercado e Operações; Marcelo Amaral, Diretor de Canais, e José Heitor Silva, fundador da Rede Lojacorr e Presidente da Holding HDAS. Segundo o Presidente Diogo, foi um momento importante para fortalecer a parceria e vislumbrar novas oportunidades.

Parceria e integração entre as diretorias.

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

11


CAPA

Rede Lojacorr disponibiliza benefícios que visam ampliar a eficiência e o desenvolvimento das corretoras

C

om mais de 20 anos de história no mercado segurador brasileiro, a Rede Lojacorr, por meio de seu disruptivo modelo de negócios, tornou-se a maior Rede de Corretoras de Seguros Independentes do Brasil, que oferece a solução completa em seguros e consórcios aos corretores parceiros. Nos últimos cinco anos, a empresa atingiu números expressivos e obteve crescimento de 255% (entre 2012 e 2017). Somente no primeiro semestre de 2018, a Rede Lojacorr registrou 22% de crescimento, o que projeta o fechamento de 2018 para mais de R$ 500 milhões de produção. Com o foco na expansão, a Rede Lojacorr pretende chegar a 2.000 corretoras parceiras e totalizar R$ 1 bilhão de produção anual até o final de 2021. A Rede encontra-se em plena expansão, e para que seja possível atingir esses objetivos, disponibiliza a seus parceiros 22 benefícios que auxiliam em seu desenvolvimento e crescimento. Eles estão divididos em três pilares (Confira no box abaixo, com cada benefício detalhado):

Know-How e Estrutura: 1. Know-How; 2. Estrutura; 3. Consultoria Jurídica Securitária; 4. Assessoria Contábil, Fiscal e Tributária; 5. BackOffice; 6. Comunicação e Marketing.

Os serviços oferecidos pela empresa foram elaborados e construídos ao longo dos 22 anos de história. De acordo com o Presidente da Rede Lojacorr, Diogo Arndt Silva, desde o início foi exercitada a ação de ouvir, para que a empresa fosse construída para os corretores parceiros. “Ouvindo os corretores, tentamos dimensionar exatamente qual é o problema, qual é a ‘dor’ que precisa ser aliviada. Dessa forma, buscamos desenvolver as soluções mais adequadas aos anseios e às necessidades dos corretores”. Com presença nacional, através das Unidades e Corretoras de Seguros distribuídas de Norte a Sul do País, além da parceria firmada com 36 companhias seguradoras, atualmente os segurados Lojacorr estão espalhados em quase 2.000 municípios brasileiros: a Rede protege cerca de 330 mil famílias e empresas. Essa capilaridade impacta na distribuição de seguros no Brasil, pois existem seguradoras que não possuem tanta presença geográfica. Por isso, a penetração nacional da Rede Lojacorr tem sido determinante para o delineamento de estratégias e investimentos dos parceiros, que buscam crescer em conjunto. O Diretor Comercial, Geniomar Pereira, destaca que, se comparado ao mercado segurador, o fato de a Rede Lojacorr ter 50 Unidades a coloca entre as maiores empresas do segmento em número de filiais e, através dos 1.100 profissionais cadastrados, forma a maior Rede de Corretoras de Seguros Independentes do Brasil. “Nós realmente estamos presentes de Norte a Sul do País. Hoje fazem parte da Rede corretoras de seguros das regiões mais extremas, do Amapá ao Rio Grande do Sul, além da Sede Administrativa, em Curitiba, e da Sede Comercial, em São Paulo. Isso tudo proporciona um diferencial gigantesco, tanto na abrangência quanto no volume, pois nossos parceiros seguradores nos veem como um só e de fato somos um, porém, respeitamos a independência de cada corretora da Rede na sua rotina de atuação diária perante o cliente final. Contudo, a gestão compartilhada permite que, juntos, alcancemos patamares de conquistas que jamais seriam possíveis individualmente”.

Tecnologia e Inovação: 7. Broker One; 8. Multicálculo Web; 9. Central de Negócios; 10. Força de Vendas; 11. Media Center; 12. Broker Contact. Check List

Soluções e Serviços: 13. YesOk; 14. Rede Lojacorr Consórcio; 15. Marca forte; 16. Acesso ao mercado; 17. Solução completa; 18. Hub de Negócios; 19. Melhores práticas; 20. Sucessão empresarial; 21. Eventos; 22. Treinacorr. 12

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

Leandro Prates, Corretor segmentação Ouro e proprietário da Vitória da Conquista Administradora e Corretora de Seguros.


CAPA

Para o empresário Leandro Prates, Corretor segmentação Ouro e proprietário da Vitória da Conquista Administradora e Corretora de Seguros, integrante da Unidade Rede Lojacorr Vitória da Conquista, os 22 bons motivos de fazer parte da Rede realmente favoreceram muito o crescimento da sua corretora. “Faz três meses que faço parte da Rede Lojacorr e já vejo a diferença de como era antes para como é agora. Antes, minha corretora era como outra qualquer, cheia de funcionários perdendo tempo com a parte operacional. Hoje, tenho a possibilidade de ter acesso a várias seguradoras e poder ser visto como grande em todas elas, não ser apenas mais uma corretora no mercado, além de ter todo o apoio operacional”, revela Leandro.

Compartilhamento de melhores práticas

A Rede Lojacorr preza pela união das pessoas, pelo capital humano, e de como o compartilhamento vem ao encontro do auxílio e desenvolvimento dos empresários. Para o Presidente da Rede Lojacorr, durante os anos de experiência foi possível perceber que os corretores que operam exclusivamente com a Rede são mais eficientes, por conhecer e saber usar melhor todos os benefícios. “É uma via de mão dupla: quanto mais o corretor se desenvolve, mais a Rede se desenvolve, gerando assim um círculo virtuoso em que todo o nosso ecossistema evolui junto”, afirma Diogo.

Henrique Muller, Concessionário da Rede Lojacorr Salvador, conta que os benefícios oferecidos pela Rede Lojacorr influenciaram muito no desenvolvimento da sua Unidade. “Tudo o que é disponibilizado às Unidades e aos corretores faz com que o êxito de todos seja visível. O conjunto dos 22 motivos elencados traça um divisor de águas no dia a dia do parceiro. Um ponto fundamental no processo é ter todas as fronteiras comerciais abertas e em plena expansão, pois isso faz com que o parceiro se perceba acolhido e respeitado por todo o mercado segurador. A Rede o mune de informações e treinamento, auxiliando, assim, num desenvolvimento ainda maior, por meio de conhecimento de novos produtos e aperfeiçoamento dos já existentes. A Rede Lojacorr não só abre portas, como também resgata de forma sutil, inteligente e discreta a independência que o profissional corretor de seguros precisa e merece”. Para o Presidente Diogo, os 22 motivos para fazer parte da Rede são complementares e visam ampliar a eficiência e a competitividade dos corretores da Rede, seja ampliando e facilitando o acesso à informação, que gera respostas mais rápidas e assertivas aos seus clientes, seja pelo ganho de tempo com o nosso fluxo de operações. “O que dá sustentação a tudo isso é o Programa Treinacorr, que visa capacitar os corretores a conhecer melhor todos os recursos que estão à sua disposição”, revela.

“Num mercado cada vez mais fragmentado, é difícil sobreviver sozinho, hoje a tendência é a consolidação das marcas. O cliente compra a marca e a experiência, com isso a força passa a ser a da união”, afirma o Diretor de Tecnologia da Rede Lojacorr, Sandro Ribeiro.

“Colaboração, compartilhamento de melhores práticas e experiências para entregar o melhor atendimento estão entre os benefícios que a Rede Lojacorr proporciona aos corretores. Além de oferecer uma gama de diferenciais que sozinho ele não teria, independentemente do tamanho do corretor, a Rede auxilia no aceleramento do crescimento, por meio de mentoring e desenvolvimento.” De acordo com o Diretor Regional Centro-Oeste da Rede Lojacorr, Renato Geraldino Júnior, quando o corretor entra na Rede, associa a sua marca à experiência de mais de 22 anos, passa a ter expressão nacional, além de acesso a muitas ferramentas, que isoladamente não teria em função do alto custo. “Dentre inúmeros benefícios e diferentes impactos positivos, destaco o crescimento da carteira de seguros e clientes, impulsionado pelo portfólio de produtos e seguradoras parceiras. Faço parte da Rede desde 2010, e os principais pilares de construção do modelo – ética, transparência e caráter – estão presentes com destaque, além do engajamento de todo o time na melhoria contínua dos processos e produtos”, evidencia Renato.

Da esquerda para a direita: Jackson da Silveira e Gilmar da Silveira, da Silveira Corretora e Agência de Seguros.

Corretor segmentação Ouro, Gilmar da Silveira é proprietário da Silveira Corretora e Agência de Seguros, da Unidade Rede Lojacorr em Blumenau, e destaca que fazer parte da Rede Lojacorr traz estabilidade e confiança para desempenhar um trabalho cada vez mais direcionado, cumprindo a função que ele acredita ser o verdadeiro papel do corretor - proteger pessoas e seus bens. “Fazer parte da Lojacorr faz com que o controle das informações seja completo e de qualidade, a padronização dos procedimentos traz estabilidade e cria mais tempo para que o corretor exerça com segurança e praticidade o seu verdadeiro papel”.

Concessionário da Unidade Rede Lojacorr Salvador, Henrique Muller. REVISTA CORRETORA DO FUTURO

13


CAPA

Gilmar destaca, ainda, que falar em desenvolvimento e crescimento relacionados aos benefícios que a Rede Lojacorr proporciona aos seus parceiros significa falar em qualidade. “Quando falo em qualidade, me reporto à credibilidade de uma empresa sólida, que presta a seus parceiros um serviço de qualidade”. Ele também enfatiza que com a Rede Lojacorr pode desenvolver um trabalho sólido, organizado, pautado numa dinâmica que valoriza os colaboradores e zela cada vez mais pela qualidade dos serviços aos clientes, que são o foco principal dessa relação. A Rede Lojacorr nunca estará pronta, isso é o que os Diretores da empresa afirmam. Segundo o Presidente da Rede Lojacorr, quando melhorias estão sendo construídas e novos benefícios disponibilizados, eles enxergam todos os outros passos que ainda podem ser dados. “Isso nos motiva a buscar sempre inovação e trazer ainda mais soluções que apoiem o desenvolvimento dos corretores e, consequentemente, da Rede”. Diogo destaca, ainda, que a missão da Rede Lojacorr é desenvolver e compartilhar soluções de negócios a todos os integrantes da empresa. “As novas tecnologias e sistemas disponíveis, integrados ao ecossistema da Rede, vão cada vez mais facilitar o trabalho e apoiar o desenvolvimento dos integrantes e, consequentemente, do mercado de seguros. Levaremos cada vez mais proteção ao Brasil e aos brasileiros”, finaliza.

22 BONS MOTIVOS KNOW-HOW E ESTRUTURA 1. Know-How - O único modelo de negócio disponível no mercado com todas essas funcionalidades. A Rede Lojacorr possui mais de 20 anos de mercado, apesar de a infraestrutura contribuir para o sucesso da empresa, o que diferencia é o capital intelectual. A cultura do compartilhamento faz da Rede Lojacorr uma empresa consolidada e permite entregar ao mercado soluções mais assertivas. 2. Estrutura - cobertura nacional - Por meio de 50 Unidades de atendimento e apoio espalhadas de Norte a Sul do País, estabelecidas em locais estratégicos, com o apoio de mais de 1.000 corretores de seguros independentes. 3. Consultoria Jurídica Securitária - A Rede disponibiliza aos corretores e corretoras, parceiros profissionais especializados voltados exclusivamente para consultoria securitária, com escritório reconhecido nacionalmente. 4. Assessoria Contábil, Fiscal e Tributária - A Rede Lojacorr sabe da importância de as empresas seguirem a legislação e estarem em conformidade com as normas estabelecidas no País, por esse motivo, disponibiliza uma assessoria com este foco. São profissionais da Contabilidade, que possuem como missão oferecer soluções tributárias e fiscais, visando o melhor enquadramento das empresas, reduzindo custos e aumentando a lucratividade das mesmas. 5. BackOffice - suporte especializado - Um time de 180 colaboradores qualificados, disponíveis nas Sedes Administrativa e Comercial e nas Unidades, formado por especialistas das mais diversas áreas, que se dedicam a facilitar o dia a dia dos corretores que fazem parte da Rede, trazendo para si a administração de tarefas burocráticas, desenvolvendo e simplificando seus processos diários. Com uma ampla visão do mercado de seguros, o time da Rede Lojacorr atua com

14

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

as melhores práticas do mercado segurador, sempre pautado na ética, transparência e colaboração. 6. Comunicação e Marketing - sua marca valorizada Tem por objetivo fortalecer a marca Rede Lojacorr, manter o padrão de identidade visual, fazer toda a divulgação da empresa, gerar engajamento e acelerar os resultados. O corretor da Rede tem acesso a um enxoval de materiais de marketing, que auxiliam na prospecção de novos clientes e na manutenção de sua carteira. Outra ferramenta importante é a Revista Corretora do Futuro, com distribuição gratuita, cujas edições circulam trimestralmente, agregando conhecimento e apresentando as novidades ao mercado.

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO 7. Broker One - tecnologia própria - Sistema de Gerenciamento próprio, que permite o acompanhamento e o controle de toda a carteira de clientes. O sistema foi construído de acordo com as necessidades do corretor de seguros, e foi desenvolvido por um time de profissionais que fazem parte da Rede Lojacorr, o que facilita o entendimento dos anseios e, com isso, a realização das melhorias necessárias. 8. Multicálculo Web - Teleport - Disponível em nove companhias, possibilita, instantaneamente, 12 tipos de cálculos numa mesma cotação. Otimiza o trabalho do corretor da Rede, que pode dedicar mais tempo à prospecção ou à gestão de sua carteira. 9. Central de Negócios - CRM - Ferramenta que possibilita a gestão de clientes e leads. Sistema de registro de todos os dados de seus segurados ou prospects, reunindo em um só lugar todas as informações. Com o objetivo de ampliar os resultados, a ferramenta de CRM possibilita o cross selling, que consiste em vender para seu cliente produtos complementares, tornando, assim, o corretor mais assertivo em suas abordagens. 10. Força de Vendas - produtos exclusivos - Esse diferencial faz parte do sistema Broker One, com o qual os corretores têm acesso a produtos desenvolvidos em uma parceria entre a Rede Lojacorr e as seguradoras, com diferenciais exclusivos para a Rede. 11. Media Center - sistema de busca interno - É o Google da Rede Lojacorr. Sistema que contempla a explicação de todos os processos e serviços realizados na Rede Lojacorr e oferecidos aos parceiros. 12. Broker Contact - mobilidade - Aplicativo de celular com foco em consulta, informações disponibilizadas sobre as corretoras e corretores da Rede, além das principais informações dos segurados. O Broker Contact pode ser acessado tanto pelos corretores da Rede quanto pelos seus segurados, auxiliando na agilidade da disponibilização das informações. 13. YesOk - cotação online - Ferramenta 100% online, que permite a cotação imediata e direta pelo seu cliente. Após o levantamento dos dados pessoais necessários, a cotação pode ser realizada de forma rápida e prática, via computador, tablet ou, ainda, pelo smartphone – a cotação sai na hora. Esta praticidade e velocidade garantem a valorização de seu tempo e o de seu cliente também, o que representa garantia de satisfação e melhores resultados. A Rede Lojacorr realizou o teste desta ferramenta por um ano e entrou em período de pausa, para que possa ser analisada e sejam desenvolvidas melhorias futuras, com o objetivo de alcançar um número de conversão bem mais atrativo.


CAPA

SOLUÇÕES E SERVIÇOS

Rodada de palestras

14. Rede Lojacorr Consórcio - produto exclusivo - Multiprodutos, de fácil contratação e 100% digital, oferece ao cliente uma gama de opções, que vão além do consórcio tradicional de imóveis ou automóvel. Uma carta de crédito pode realizar os mais variados sonhos, de viagens a cirurgias estéticas, de casamento a contratação de mão de obra especializada.

O ciclo de palestras “22 Bons Motivos para Integrar a Rede Lojacorr” foi iniciado na Sede Administrativa, com cerca de 55 colaboradores, para que todos ficassem alinhados. Em seguida, participaram das apresentações outras quatro Unidades – Salvador (BA), Vitória da Conquista (BA), Campo Grande (MS) e Cuiabá (MT) – nas quais estiveram presentes dezenas de profissionais de seguros, concessionários e diretores regionais, que puderam assistir ao treinamento realizado pelo Diretor Comercial da Rede Lojacorr, Geniomar Pereira, com o objetivo de detalhar cada benefício e a melhor forma de usá-los. Já estão agendadas mais 16 palestras em todo o Brasil, para o próximo trimestre de 2018.

15. Marca forte e reconhecida - Consolidada nacionalmente, por todo o mercado segurador, com mais de 20 anos de história, a Rede Lojacorr é uma empresa disruptiva, que se reinventa todos os dias para entregar o melhor serviço, seja por meio da tecnologia ou com a expertise das pessoas que fortalecem a marca todos os dias, com dedicação e profissionalismo. 16. Acesso ao mercado - Os corretores da Rede Lojacorr têm acesso às principais seguradoras do Brasil, com integração e gestão comercial junto a elas. Ao total, são 36 seguradoras cadastradas. 17. Solução completa - Soluções em seguros, resseguros, produtos financeiros, canais estratégicos e operações especiais. Seja qual for a necessidade do corretor, a Rede oferece os melhores negócios para atendê-lo de forma exclusiva. 18. Hub de Negócios - especialistas por áreas - Produtos diferenciados e geridos por equipes de especialistas. São corretores especializados, com habilidade e estrutura para um atendimento diferenciado e segmentado. É uma oportunidade de ampliar o leque de negócios, com a divisão do prêmio conforme a participação do Hub nas ações para fechamento das propostas. 19. Melhores práticas - compartilhamento - Com uma estrutura horizontalizada, a Rede Lojacorr tem como foco a cultura da colaboração e troca de conhecimentos, que proporciona a promoção das melhores práticas entre as Corretoras e Unidades. O compartilhamento possibilita o crescimento do time Rede Lojacorr como um todo; a promoção do cooperativismo e das boas práticas são pilares do Comitê de Ética. 20. Sucessão empresarial - tranquilidade e segurança Permite a possibilidade da administração permanente da carteira do corretor, firmada em contrato. É a garantia de continuidade da empresa do corretor de seguros com o mesmo know-how. 21. Eventos - Todo ano um grandioso evento elaborado especialmente para as Corretoras da Rede. A Convenção Nacional acontece nos anos ímpares, com uma programação completa e adesão maciça das grandes companhias de seguros e corretores parceiros. Já nos anos pares, são realizados os Workshops Regionais, o time da Rede Lojacorr e convidados viajam pelo Brasil, levando conhecimento e apresentando as novidades do mercado segurador. São eventos com características personalizadas, atendendo à necessidade de cada região por onde passa. É mais uma oportunidade de networking e crescimento profissional para os corretores parceiros. 22. Treinacorr - Promoção da integração e do conhecimento - Programa de Treinamento contínuo e especializado, que promove conhecimento e desenvolvimento. A Rede Lojacorr acredita que capacitar as pessoas é o essencial para o sucesso de qualquer empresa. Por esse motivo, os treinamentos são fomentados, constantemente, para a especialização em novos produtos, promovendo a inovação e a cultura da Rede. Esse é um esforço realizado em parceria - o Treinacorr com as Unidades.

Geniomar Pereira, durante o Treinacorr na Sede Administrativa da Rede Lojacorr.

De acordo com o Diretor Comercial, Geniomar Pereira, foi possível perceber que no dia a dia muitos corretores não conheciam de forma clara o que a Rede Lojacorr disponibiliza a eles, por esse motivo a idealização da rodada de palestras. “Hoje elegemos 22 motivos para falar, mas temos muito mais que isso. Queremos apresentá-los por completo aos corretores da Rede, para que eles saibam e possam desfrutar tudo o que temos de melhor”. Geniomar destaca, ainda, que hoje alguns corretores avaliam errado o modelo da Rede Lojacorr, pois quando pensam em grupos, imaginam que a empresa une produção para ficar mais forte e ter condições com as companhias, porém, essas são as duas únicas coisas que não são oferecidas como benefícios pela Rede – aceitação e condição comercial. “Essas condições não estão em nossas mãos, pois fazem parte da estratégia das companhias. Nós oferecemos 22 benefícios que podemos entregar”, enfatiza o Diretor.

Corretores das Unidades de Campo Grande e Cuiabá, evento realizado no auditório da Allianz Seguros, em Campo Grande (MS). REVISTA CORRETORA DO FUTURO

15


CAPA

Happy hour oferecido pela Alfa Seguradora, com corretores de Salvador e Vitória da Conquista, após reunião.

Após essa avaliação, o corretor tem uma mudança de entendimento, pois vê que os motivos apresentados poderão ajudá-lo a se tornar maior do que já é. “Alguns corretores optaram por fazer parte da Rede por conhecer alguns benefícios, porém, após ver todos os outros compreenderam que também podem impulsioná-los a mudar de patamar de produção e produtividade”. Geniomar relata que os encontros têm sido muito produtivos, pois é possível perceber o que o corretor deseja para entrar na Rede, o que facilita o processo de melhoria contínua. Leandro Prates, da Corretora Vitória da Conquista Administradora e Corretora de Seguros, relata que as apresentações sobre os 22 Bons Motivos foram excelentes, e que ele teve a oportunidade de assistir duas vezes, uma no Workshop Regional, no Recife, e a outra em Salvador. “Meu investimento foi pago só pelo fato de conhecer e poder trocar ideias. Após a apresentação, minha percepção mudou. Confesso que há um ano, quando me falaram da Lojacorr, achava que esse modelo não seria viável pra minha corretora, porém, com o passar do tempo, conhecendo a fundo como realmente é a estrutura, mudei totalmente a minha visão. Percebo a Rede como uma solução para os corretores de pequeno e médio porte sobreviverem no mercado”.

O Diretor Regional Norte e Nordeste da Rede Lojacorr, Eucrésio Neto, revela que a palestra proferida por Geniomar tornou-se uma excelente ferramenta de apresentação, que sintetiza toda a Rede Lojacorr. “Ele apresenta os pilares da empresa para os corretores que desejam fazer parte da Rede e os já integrantes, de uma forma muito clara e objetiva. Assim, os corretores podem enxergar o grande potencial da Rede Lojacorr, e com isso a percepção de valor aumenta, pois traz um contato muito pessoal e próximo com os corretores”. Neto destaca, ainda, que após as apresentações foi possível perceber claramente que os corretores que ainda não fazem parte da Rede passam a enxergá-la como a solução que buscam. E os corretores já integrantes relembram os benefícios oferecidos, faz com que reacenda o valor para os diferenciais da Rede. 16 cidades receberão a palestra no próximo trimestre: Cascavel, Toledo, Presidente Prudente, Bauru, Ribeirão Preto, Uberlândia, Belo Horizonte, Divinópolis, Palmas, Criciúma, Blumenau, Itajaí, João Pessoa, São Luís, Santo Ângelo e Recife. Fique atento e participe da apresentação mais próxima de sua cidade!

ACESSE OS QR’S CODES E CONFIRA MAIS: Vídeo com o Diretor Comercial, Geniomar Pereira.

16

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

Ebook sobre os 22 Bons Motivos para fazer parte da Rede Lojacorr.


AMBIENTE

Sede Administrativa inaugura espaço Viver Bem

N

o ano passado, a Rede Lojacorr foi certificada pelo Great Place to Work (www.greatplacetowork.com.br) como um excelente lugar para se trabalhar, no Brasil. Como sempre, a empresa tem investido em benefícios e qualidade de vida, para que os colaboradores trabalhem melhor e mais motivados. No dia 23 de maio foi inaugurado, no 5º andar da Sede Administrativa da Rede Lojacorr, o espaço Viver Bem, que consiste em uma sala de convivência para os colaboradores, incluindo local para refeições, descanso, integração, leitura, informação, diversão e descontração. Todos os colaboradores, gestores e diretores da Sede Administrativa e Comercial estiveram presentes na inauguração. “Entregamos ao nosso pessoal um espaço novo, moderno e aconchegante, entendendo que nós fazemos o nosso excelente lugar para se trabalhar”, afirma Patrícia Ruppel, Gerente de Recursos Humanos da Rede Lojacorr. Antes do espaço Viver Bem, que foi totalmente planejado e projetado para oferecer esses benefícios aos colaboradores, havia um local improvisado, também no 5º andar, onde as pessoas se descontraíam. “Desde o final de 2016 planejamos algumas melhorias no espaço antigo, mas por questões orçamentárias não conseguimos fazer muito em 2017. Revitalizamos a biblioteca, apenas. Em 2017 aprofundamos os planos e conseguimos orçar a execução para 2018. No final de 2017 iniciamos a negociação para locação de todo o 5º andar, o que foi concluído no primeiro trimestre de 2018. A obra da nova sala levou aproximadamente dois meses e meio”. Neste trabalho participaram a Diretoria Financeira e o RH, além da arquiteta e da mão de obra especializada. “Esperamos que os colaboradores usufruam e aproveitem o espaço. Entendemos que a qualidade de vida começa no trabalho, pois é onde passamos a maior parte do nosso dia. Oferecer condições para isso é nossa responsabilidade e algo merecido por nossos colaboradores”, finaliza Patrícia.

Inauguração do Espaço. REVISTA CORRETORA DO FUTURO

17


RELACIONAMENTO

Presidente da Rede Lojacorr integra grupo de jovens líderes e empreendedores

O

Presidente da Rede Lojacorr, Diogo Arndt Silva, participou no dia 18 de abril do lançamento do LIDE Futuro Paraná (Grupo de Líderes Empresariais), no Hard Rock Café Curitiba. Diogo foi convidado, juntamente com outros jovens empreendedores, para participar da plataforma “Jovens. Líderes. Transformadores”, que tem como proposta reunir novas lideranças que desempenham um papel fundamental para a construção de um ambiente de negócios ainda mais promissor. O grupo irá realizar eventos mensais, em três formatos: Like the Future – palestras, pesquisas e debates com líderes empresariais renomados; Mentoring – grandes líderes dividem com um pequeno grupo sua trajetória, relato de experiências, desafios, superações e lições de carreira, e Fly the Future – missões empresariais para destinos nacionais e internacionais, em reconhecidos polos de inovação e tecnologia. Todas essas ações são pensadas estrategicamente, como forma de auxiliar a preparação dos membros para a liderança empresarial e sucessões.

Membros da plataforma “Jovens. Líderes. Transformadores”.

DIVULGAÇÃO

Zé Pereira, tenista patrocinado pela Rede Lojacorr, renova contrato

A

pós completar um ano de parceria, a Rede Lojacorr renova contrato com o tenista Zé Pereira. Os papéis foram assinados no dia 25 de junho, durante comemoração pelo desempenho do atleta no último ano. No início da parceria, Zé estava na 1.121ª posição no ranking mundial da Associação de Tenistas Profissionais (ATP) e hoje, após um ano, ele já passa à 479ª posição no ranking mundial. O atleta conta que está muito satisfeito com o seu desempenho e a parceria com a Rede Lojacorr. “Estou muito feliz, os números mostram minha evolução neste ano de apoio, sem essa parceria eu não teria voltado a jogar, a Rede Lojacorr foi essencial para minha volta. Mas quero melhorar ainda mais, nesses seis meses que virão, eu pretendo me desenvolver muito e subir ainda mais posições. Para o ano que vem, meu objetivo é estar entre os 250 do mundo e participando dos torneios mundiais”, destaca. Na última semana de junho deste ano, o atleta viajou para a Europa, onde irá passar dois meses em torneio. Somente no primeiro semestre deste ano, ele disputou 18 jogos e subiu mais de 60 posições no ranking. O atleta Zé Pereira e o Diretor Financeiro, André Duarte, durante a renovação. 18

REVISTA CORRETORA DO FUTURO


RELACIONAMENTO

Rede Lojacorr participa de treino do time de regata da Mapfre na Volvo Ocean Race

P

Presidente da Rede Lojacorr, Diogo Arndt Silva, esteve em um treino de regata.

arceira da Rede Lojacorr, a Mapfre Seguros conta com um time na Volvo Ocean Race, regata de vela oceânica que ganhou notoriedade com a participação de ícones da modalidade como Eric Tabarly, Sir Peter Blake, Grant Dalton, Patrick Tabarly, Paul Cayard, Dennis Conner, John Kostecki, Mike Sanderson e Torben Grael. A primeira edição do evento ocorreu em 1973 e tinha o nome de Whitbread Round the World Race, passando a se chamar Volvo Ocean Race, a partir de 2001. A regata de estreia da Volta ao Mundo contou com 17 barcos, que deixaram o porto de Portsmouth, na Inglaterra, para uma aventura de quatro etapas. Nos 44 anos de regata, permanece intacto o espírito de aventura das tripulações que enfrentam um desafio dessa magnitude. A equipe de regata da Mapfre desembarcou em Itajaí, Santa Catarina, para a etapa brasileira da Volvo Ocean Race 17/18, no dia 8 de abril. O time chegou ao solo brasileiro após três semanas, velejando aproximadamente 7,6 mil milhas náuticas, desde Auckland (Nova Zelândia), pelos oceanos Pacífico e Atlântico. Em uma competição acirrada, marcada por condições climáticas e marítimas extremas, o time da Mapfre, até o momento de sua estada no Brasil, ocupa a segunda posição no ranking geral, entre as equipes participantes, com 45 pontos. Neste ano, o barco espanhol conta com a participação do capitão Xabi Fernández, campeão olímpico de vela em Atenas 2004 e vice-campeão em Pequim 2008. A tripulação também é formada por 11 tripulantes, de diversas nacionalidades, entre elas, seis espanhóis, três neozelandeses, um inglês, e um cinegrafista que registra toda a ação da equipe, com fotos e vídeos. Durante a estada no Brasil, além de descansar e fazer a manutenção no barco, a equipe participou de provas. Em 20 de abril, foi realizada a In-Port Race, uma espécie de corrida rápida no porto de Itajaí. No dia 21, os barcos estiveram abertos ao público. Os velejadores ficaram em Santa Catarina até 22 de abril, quando partiram com destino a Newport, nos Estados Unidos. Na largada, Luis Gutiérrez, Presidente da Mapfre Seguros, foi a personalidade escolhida para ser o jumper do time, ou seja, mergulhou do veleiro no mar, marcando o fim da passagem do barco espanhol pelo País.

Para acolher as tripulações dos barcos, durante as duas semanas em que estiveram no Brasil, foi montada em Itajaí a Vila da Regata, que também teve diversas atividades gratuitas e abertas a um público de aproximadamente 400 mil pessoas. O Presidente da Rede Lojacorr, Diogo Arndt Silva, foi convidado pela Mapfre para conhecer a Vila da Regata e participar de um treino, no dia 19 de abril. “Agradeço o convite e a parceria da Mapfre, na figura dos executivos Luis Gutiérrez e Vanderlei Scarpanti. Foi incrível a oportunidade de participar de uma regata de treino organizada pela Volvo Ocean Race, embarcando no veleiro da equipe Mapfre”. Depois de Newport, a equipe ainda cruzará o Oceano Atlântico até a Europa, parando por Cardiff (País de Gales) e Gotemburgo (Suécia), até finalmente chegar a Haia (Holanda), onde se encerrará esta edição da Volvo Ocean Race, em junho. Ao todo, a volta ao mundo a bordo do veleiro levará nove meses. “Ter uma equipe na Volvo Ocean Race apenas reforça o consistente trabalho que temos desenvolvido no apoio ao esporte e reflete alguns de nossos valores, como confiança e solidez. Além disso, a competição fortalece a presença da Mapfre em diversos mercados ao redor do mundo”, afirma Wilson Toneto, CEO da Mapfre no Brasil.

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

19


DE NORTE A SUL

Maringá: cidade planejada e boa para se desenvolver

M

aringá, no Paraná, é uma cidade média-grande planejada e de urbanização recente, a terceira maior do Estado e a sétima mais populosa da Região Sul do Brasil. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Maringá possuía, em 2017, uma população de 406.693 habitantes. Sua Região Metropolitana conta com 754.570 habitantes.

Unidade Lojacorr Maringá

A cidade destaca-se pela qualidade de vida oferecida a seus moradores e por ser um importante entroncamento rodoviário regional. É considerada uma das cidades mais arborizadas e limpas do País.

Hoje, o Concessionário, Maurício Pinelli, conta com o trabalho de Cristina Oliveira, Assistente Comercial, e Samuel Nero, Protocolista e Auxiliar Administrativo. Cristina está há nove anos na Lojacorr, tendo iniciado na Sede Administrativa, em Curitiba, e há seis em Maringá. Samuel tem quase dois anos de Lojacorr, tendo iniciado como estagiário.

Segundo Maurício Pinelli, Concessionário da Unidade Lojacorr Maringá, “esta é uma cidade totalmente planejada, tem um plano diretor até o ano de 2040, que vem sendo seguido à risca pelos governantes”. “É uma cidade em franco desenvolvimento, lugar muito bom de se viver”, diz ele, que apesar de morar em Londrina (é Concessionário também da Unidade Lojacorr Londrina), se divide com Maringá durante a semana. Planejada pela empresa Companhia de Melhoramentos do Norte do Paraná, em 10 de maio de 1947, Maringá foi uma vila e depois distrito do município de Mandaguari, sendo elevada à categoria de município pela Lei nº 790, de 14 de fevereiro de 1951, se desmembrando. Com traçado urbanístico inicialmente planejado e modernista, pelo urbanista Jorge Macedo Vieira, seguindo o princípio de Ebenezer Howard de cidade-jardim, sofreu crescimento acelerado nas décadas seguintes. Ainda assim, o município mantém índices de qualidade de vida elevados, preservando no perímetro urbano grandes áreas de mata nativa como o Horto Florestal, o Parque dos Pioneiros (Bosque II) e o Parque do Ingá, sendo este último aberto ao público. Inclui, ainda, fragmentos menores como o Parque do Cinquentenário, ou áreas particulares, e uma grande rede de áreas de conservação de fundos de vale. Maringá se destaca hoje pelo setor de comércio e prestação de serviço. A agricultura continua a ser fundamental para Maringá, apesar de sua importância ter diminuído nos últimos anos. Dentro dos vários segmentos no setor industrial no município, estão os de metal mecânica, agroindústria, vestuário, prestação de serviço e turismo. O setor industrial não é tão expressivo como a agricultura, mas vem crescendo. O município tem um parque crescente, que lida com agroindústria e tecelagem, principalmente confecções.

20

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

A Unidade Lojacorr Maringá completa, em 2018, sete anos de atuação. Foi iniciada por André Moreno, hoje Diretor Regional da Lojacorr no Estado de São Paulo, e há três anos recebeu Maurício Pinelli como sócio. Eles atuaram juntos por cerca de um ano e meio, até André assumir o atual desafio.

A Unidade atingiu sua meta e capacidade da região de agregar 40 corretores de seguros. “A Unidade Maringá tem uma característica interessante de reunir profissionais de diversas cidades do Noroeste do Paraná, entre elas Umuarama, Cia Norte, Paranavaí, Luanda, Engenheiro Beltrão, Jandaia, Cruzeiro do Oeste... Nosso time está bastante espalhado em diferentes cidades”, afirma Maurício. “Tenho muito carinho por esta Unidade, sabíamos do potencial desta região, trabalhamos para ‘encostar’ no crescimento da Unidade de Londrina e hoje está realmente muito próximo. Este ano, nós estamos acumulando 26% de crescimento e conseguindo conscientizar o corretor sobre a importância da diversificação de carteira para se desenvolver”, afirma. Segundo o Concessionário, tem muitos corretores que chegam na Lojacorr sabendo apenas vender automóvel, e passa a entender a necessidade de proteger o cliente em sua plenitude. “Hoje a Unidade tem um mix de carteira bastante interessante em comparação com o mercado: 73% está em automóvel, mas já temos 27% em outros ramos – parece pouco mas não é, até porque o ticket do auto é maior mesmo e atrai as pessoas pelo imediatismo. Temos ações muito interessantes de treinamentos em outros produtos, para que o nosso segurado fique protegido em todas as possibilidades de proteção”.

A equipe da Unidade Maringá. Da esquerda para a direita: Maurício Pinelli, Cristina Oliveira e Samuel Nero.


PARCERIA

Lojacorr visita sede da Previsul e diretorias têm dia de integração

Interação entre diretores das empresas.

D

ando sequência a uma série de visitas que fará a empresas parceiras, a Rede Lojacorr visitou a sede da Previsul Seguradora, em Porto Alegre, no dia 14 de junho. O Presidente da Rede Lojacorr, Diogo Arndt Silva, acompanhado dos Diretores Executivos, André Duarte, Sandro Ribeiro, Geniomar Pereira, Luiz Longobardi Júnior e Marcelo Amaral, e dos Regionais, André Moreno, Antonio Carlos Fois, Eucrésio Neto, Luiz Ernani Lepchack e Renato Geraldino Júnior, foram recebidos pela equipe Previsul: o Presidente, Renato Pedroso, a Diretora de Negócios, Andréia Araújo, e o Diretor Financeiro, Fernando Moraes, além dos Gerentes Regionais, Virginia Marques, Claudionir Fontana e Renan Haun. Durante todo o dia, as empresas intensificaram a parceria, apresentando suas áreas e fazendo a interlocução com os responsáveis correlatos. Segundo Geniomar Pereira, foi muito importante o estreitamento de contatos, com isso pôde-se enxergar oportunidades de melhorias e de crescimento em conjunto. “Pudemos nos conhecer melhor, tanto na questão de produtos como de processos. Falamos de tecnologia, operacional, financeiro, mercado, e depois ouvimos sobre as mesmas áreas da seguradora, identificando oportunidades para crescer. Estivemos com diretores executivos e regionais que atendem todo o Brasil, e a equipe da seguradora também

nos recebeu de forma bem completa, cada um falando suas dificuldades e oportunidades. Vamos continuar a visitar seguradoras, sejam as de todos os ramos ou as segmentadas, como é o caso da Previsul, que atua em Vida e Previdência”, afirma. “Ficamos muito felizes em receber a diretoria da Rede Lojacorr em nossa matriz, em Porto Alegre. Temos uma sinergia muito grande, já que ambas as empresas têm foco na atuação do corretor de seguros. Por isso, fizemos questão de apresentar à Lojacorr toda a nossa evolução para entregar as melhores soluções em tecnologia e atendimento, com maiores possibilidades de negócio para todos”, declara Renato Pedroso, Presidente da Previsul. No fim do encontro, a Previsul ofereceu uma degustação de carnes e cervejas artesanais, com churrasqueiro e cervejeiro profissionais. “Foi um encantamento que recebemos, que possibilitou a continuidade do compartilhamento de informações durante a noite. Enquanto o churrasqueiro dava uma aula sobre cortes de carne e suas características, o cervejeiro ensinava como harmonizar cada tipo com a cerveja ideal. Foi uma agradável oportunidade para entreter o grupo e fortalecer ainda mais a relação”.

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

21


EXPANSÃO

Rede Lojacorr chega a três novos Estados do Nordeste No início de junho, foram inauguradas as Unidades Ceará, Pernambuco e Alagoas

A nova Unidade no Ceará.

A

Rede Lojacorr, maior Rede de Corretoras de Seguros independentes do Brasil, segue em seu processo de expansão por todo o País e inaugurou três novas Unidades em importantes Estados da região Nordeste. A Unidade Rede Lojacorr Ceará, em Fortaleza, foi inaugurada no dia 5 de junho. A celebração aconteceu durante o café da manhã na Delitália, padaria famosa na cidade, com a presença de cerca de 50 profissionais do mercado de seguros, entre corretores de seguros da região e diretores da Lojacorr – o Presidente, Diogo Arndt Silva; o Diretor Comercial, Geniomar Pereira, e o Diretor Regional Norte e Nordeste, Eucrésio Neto –, além do Concessionário da região, Rodney Guirao, e representantes de seguradoras, incluindo o Superintendente Regional Nordeste da Bradesco Seguros, João Nóbrega, e o Superintendente Regional Norte da Tokio Marine Seguradora, Cefas Rodrigues. A nova Unidade irá atender na Av. Dom Luís, 609, sala 1.103, Ed. P&G Center OK, bairro Meireles – Fortaleza. Segundo Rodney Guirao, Concessionário responsável pela Unidade Ceará, os profissionais da região demandavam a chegada da Rede Lojacorr no Estado. “O modelo de negócios vencedor da Rede Lojacorr chega ao Estado do Ceará para oferecer ao mercado segurador local um modelo único de negócios, que propicia aos corretores todas as condições necessárias para desenvolvimento de um trabalho de excelência, evolução no volume das vendas e ampliação sustentável do mix da carteira de produtos oferecidos aos segurados”, afirma. “Convidamos todos os corretores do Ceará a conhecer o nosso escritório e todos os detalhes da operação da Rede Lojacorr”.

A Unidade Rede Lojacorr Pernambuco, no Recife, foi inaugurada no dia 6 de junho. O café da manhã de inauguração aconteceu no Home Center Ferreira Costa, com a presença de aproximadamente 80 pessoas, entre corretores e seguradoras. Depois das boas-vindas do Concessionário, Alan Vasconcelos, e do Diretor Regional, Eucrésio Neto, o modelo de negócios foi apresentado pelo Presidente, Diogo Arndt, e pelo Diretor Comercial, Geniomar Pereira. Logo após, o Presidente do Sincor/PE, Carlos Valle, e os Regionais de seguradoras – Ronaldo Dalcim (Tokio Marine), Hamilton de Azevedo (Mapfre), João Nóbrega (Bradesco) e João Inojosa (Excelsior) – fizeram seus discursos, enaltecendo a importância da chegada da Rede Lojacorr no Estado de Pernambuco. Segundo o Concessionário responsável pela Unidade Pernambuco, Alan Vasconcelos, “a Lojacorr chega para, além de suprir a necessidade das seguradoras em dar um atendimento satisfatório ao elevado número de corretores que o Estado possui, fomenta o mercado segurador deste Estado”. A nova Unidade atende na Rua João Tude Melo, 77 – Sala 130, bairro Parnamirim – Recife/ PE.

Lojacorr em Pernambuco. 22

REVISTA CORRETORA DO FUTURO


EXPANSÃO

A Unidade Rede Lojacorr Alagoas, em Maceió, foi inaugurada no dia 7 de junho. O evento aconteceu na sede do SincorAL com a presença de mais de 60 pessoas, entre corretores, seguradores e principais lideranças da região. A nova Unidade atende na Rua Epaminondas Gracindo, 305, bairro Pajuçara, Maceió/ AL. Para o Concessionário, Marcio Souza, “a adesão e o interesse dos profissionais foi em massa, pois o perfil de corretores da região se encaixa naquilo que a Rede Lojacorr apresenta ao mercado como solução. Inovação tecnológica, facilidades administrativas e apoio comercial são ferramentas fundamentais que a Rede traz para o crescimento do profissional de seguros”. Segundo Marcio, a grade disponível para a região de Alagoas é de 40 corretores. “Ficamos bastante surpresos com a quantidade de pessoas que nos procuraram para discutir mais a fundo o modelo apresentado e suas soluções. Ao longo do semestre, será desenvolvido um trabalho de visita e prospecção com cada corretor, individualmente. Esse trabalho é importante para que o corretor conheça todo o modelo de negócios e venha para a Rede Lojacorr por ter entendido que é a solução, tanto para seus problemas como para o crescimento da sua carteira de seguros nos mais diversos segmentos”.

Inauguração em Alagoas.

Com as novas inaugurações, já são 10 Unidades Rede Lojacorr na região Nordeste, totalizando mais de 50 em todo o País. Confira a relação completa, no site lojacorr.com.br

CLUBE DE PRÊMIOS

Rede Lojacorr lança programa de benefícios para parceiros com mais de 50 mil opções de prêmios

A

Rede Lojacorr lançou o Giftcorr - Programa de Benefícios da Rede Lojacorr (www.giftcorr.com). A iniciativa tem como objetivo premiar o trabalho desenvolvido pelas corretoras de seguros e Unidades da Rede em todo o País. O projeto foi desenvolvido em parceria com a Dotz (www.dotz.com.br), empresa líder em programa de fidelidade no varejo brasileiro. Por meio do Giftcorr - Programa de Benefícios, os parceiros da Rede Lojacorr terão uma forma simplificada e única de receber os prêmios, além de flexibilidade na troca, por meio de 50 mil itens como: produtos, viagens e experiências, disponíveis no catálogo Dotz. Todos os itens e outras novidades poderão ser acessados e resgatados por prêmios de diversas categorias, como eletrônicos, eletrodomésticos, itens de vestuário, entretenimento, passagens aéreas, hospedagens, entre outros. Além disso, também é possível fazer recargas de celular e pagar contas com Dotz. Campanhas especiais serão desenvolvidas em conjunto com as seguradoras e outros parceiros, promovendo produtos exclusivos, qualidade no atendimento, treinamento, e estimulando o desenvolvimento da produção por

O Programa de Benefícios da Rede Lojacorr segmentação. Todos os participantes cadastrados terão a possibilidade de ganhar Dotz com as campanhas da Rede Lojacorr e poderão acumular ainda mais nas compras do dia a dia em parceiros físicos e online da Dotz. Depois, os Dotz podem ser trocados por produtos e serviços via App Dotz, em parceiros físicos ou pelo site da Dotz.

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

23


UNIDADES

Unidade Rio de Janeiro participa de grupo de negócios

R

epresentando a Unidade Rede Lojacorr Rio de Janeiro, o Concessionário da Unidade, Marcos Acildo, e o sócio da Bankrio Rio Corretora de Seguros, Leonardo Nogueira, participaram de evento do Grupo de Negócios Rio, que acontece mensalmente para fomentar negócios no Estado carioca, no dia 12 de maio, no Novotel Botafogo. Marcos foi convidado pelo Grupo para representar a categoria de seguros no Rio de Janeiro, como Concessionário da Lojacorr.

esse Grupo”, afirma Marcos Acildo. “Trazer a Lojacorr para o Rio de Janeiro foi um importante investimento. Destacamos que a Lojacorr é uma empresa 100% brasileira, que gera empregos e fomenta negócios onde se estabelece”, completa.

Participaram cerca de 60 pessoas, em sua maioria empresários que visam mostrar os motivos para se investir no Rio de Janeiro. O evento teve cobertura do programa Estillo - Canal 5, da Net. O ponto alto do encontro foi a palestra de Marcelo Gorodicht, Diretor-Executivo da X-Tudo Comunicação. O palestrante ficou tão empolgado com o grupo de negócios que, após a apresentação, anunciou que iria escrever um livro sobre a trajetória do Grupo e levar para outros meios de comunicação. “O evento é importante para a Rede Lojacorr, no sentido de aumentar a divulgação da marca no mercado do Rio de Janeiro. Alguns projetos de divulgação estão por vir, não podemos revelar ainda, por se tratar de contratos com emissoras de TV e Rádio, mas irão destacar bastante as marcas que apoiam

Executivos do Rio de Janeiro reunidos no Grupo.

Unidade Florianópolis faz palestra durante reinauguração de seu espaço gourmet

O

espaço gourmet da Unidade Rede Lojacorr Florianópolis passou por reformas e, para apresentar o novo espaço, foi realizado um evento, no dia 23 de maio, que contou com a palestra do Consultor, Daniel Coelho, da Coelho Marketing Digital, sobre “Como o corretor pode explorar as mídias digitais para desenvolvimento de sua carteira”. Participaram cerca de 60 pessoas, entre corretores da Rede, os Consultores, Rafael Novaes e Daniel Coelho, além do Diretor Regional, Ernani Lepchack, e outros membros da diretoria e gerência da Unidade. “O objetivo da palestra foi trazer a nossos corretores a assessoria para correta utilização de ferramentas digitais (Facebook, WhatsApp, Linkedin, entre outras), visando o desenvolvimento de suas carteiras, o fomento do mix de carteira e a conscientização sobre a importância do ambiente online nos dias atuais. Já o objetivo da reinauguração do espaço gourmet foi proporcionar aos corretores da Rede maior conforto e atratividade nos eventos e Treinacorr realizados na Unidade”, afirma Wemerson Silveira, Gerente Comercial da Unidade Florianópolis. Segundo ele, a palestra atingiu seus objetivos e o novo espaço gourmet garantiu aos corretores um espaço novo, bonito, confortável, agradável e funcional. “Para a Unidade, o retorno se dará principalmente com o incremento do mix de carteira dos corretores e a atualização dos corretores no que 24

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

tange a essas plataformas, e trouxe também maior senso de pertencimento à Rede, pois esta foi a terceira palestra da série de três palestras oferecidas pela Unidade”. “Fechamos com chave de ouro a série de três palestras contratadas pela Unidade, para oferecer a nossos corretores assessoria especializada em busca de atualização e qualificação acerca de meios e ferramentas para o desenvolvimento de suas carteiras. Contamos com a Rafael Novaes Consultoria nas duas primeiras palestras e com a Coelho Marketing Digital na terceira palestra. Combinando com a realização da terceira palestra, tivemos a inauguração de um espaço com a cara da Unidade Florianópolis, com um ambiente familiar, moderno e confortável, para integração entre os corretores da Rede e demais parceiros de negócios”, afirma Wemerson.

Palestra e reinauguração do espaço gourmet.


ARTIGO

Comunicação e Marketing Uma etapa essencial, obrigatória e fundamental, que parece ser negligenciada por muita gente hoje, é o que chamo de etapa zero: o posicionamento de marca. Como se constrói uma marca? Como se obtém relevância? O que nossa marca deve fazer para ocupar um espacinho na mente de nossos potenciais compradores? São questões desafiadoras e que demandam uma reflexão séria, profunda e responsável. Posicionamento não é necessariamente o que a minha marca está dizendo para um mercado, mas sim aquele conjunto de esforços estratégicos que uma marca adota para construir diferenciação e relevância na vida dos seus consumidores. Ora, se for preciso posicionar uma marca hoje em dia, devemos recorrer ao método também utilizado por marcas como Omo, Becel, Dove, Tang etc. É um método universal, vale para qualquer tipo de marca, qualquer tamanho de empresa, pequena, média ou gigante, vale para B2B ou B2C. Quer posicionar uma marca e construir relevância na vida das pessoas? São 4 etapas:

Marcos Hiller Diretor de Planejamento da True Stories, uma empresa que atua com projetos de posicionamento de marcas e branded content em clientes como Ambev, Bauducco, Grupo Accor, BMW e Habibs. Hiller é Mestre em Comunicação e Consumo pela ESPM. Pesquisador nas áreas de redes sociais, consumo, branding e cultura digital, ministra palestras pelo Brasil e exterior sobre os temas. Autor de quatro livros, leciona a disciplina de Pesquisa na ESAMC Campinas e atua como professor convidado de escolas de negócios como FGV Management, FIA-USP e SENAC/SC. http://marcoshiller.com.br

O MANTRA É: POSICIONE A SUA MARCA!

V

ivemos em um momento no qual nunca foi tão difícil posicionar uma marca como nos dias atuais. Construir uma real diferenciação de marca é algo cada vez mais árduo de se atingir, pois obter um diferencial realmente competitivo é algo praticamente impossível hoje em dia. Os mercados estão cada vez mais comoditizados e nossas fraquezas nunca estiveram tão expostas como hoje.

1) ESCOLHA UM CAMINHO - Como o próprio nome já diz, se posicionar é tomar uma posição, é fazer escolhas, é eleger um caminho, um território, ou seja, escolher um caminho necessita que se renuncie a demais caminhos, certo? O que chamamos aqui de escolher um caminho é se apropriar de um atributo funcional de sua categoria. 2) MERGULHAR NO MERCADO - Agora devemos usar das ferramentas mais importantes do processo de construção de marca: a pesquisa de mercado. A intenção aqui é mergulhar no consumidor, por meio de um processo sério de investigação, e descobrir qual o vírus presente na corrente sanguínea de consumidores extremos. 3) ENCONTRE SEU PROPÓSITO - Nessa etapa fundamental, o ponto central é: pegar o tal vírus capturado na etapa anterior e empacotá-lo com um discurso de comunicação. A missão aqui é encontrar o propósito da marca. Ou seja, desenvolver uma frase de efeito, impactante, e que dê uma razão forte para o consumidor de que a marca deve ser consumida por ele. 4) CONSISTÊNCIA NA EXECUÇÃO - A intenção aqui é executar esse propósito da marca. Ou seja, nessa etapa, a missão é desdobrar o posicionamento da marca em todos os pontos de contato, que devem refletir esse posicionamento. E lembre-se que as marcas relevantes são aquelas que constroem histórias verdadeiras sobre consumidores reais. Passada essas quatro etapas, agora é garantir que tudo seja executado com excelência. Muito mais difícil do que posicionar uma marca, é garantir que a execução de um posicionamento seja verdadeira, consistente e relevante. Marca se constrói no detalhe. Posicionar é paixão pelos detalhes, é obsessão pelos detalhes.

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

25


PRODUTO

Garantindo oportunidades aos corretores Especialistas dão dicas para atuação no Seguro Garantia, que possui muitas modalidades e possibilidades de negócios

O

Seguro Garantia é um dos produtos que mais vêm crescendo nos últimos anos e os corretores estão encontrando nele uma ótima oportunidade de alavancar suas carteiras. São diversas oportunidades que este ramo oferece aos corretores, entre elas está a diversidade de modalidades e aplicações do Seguro Garantia, o desconhecimento por parte de muitas empresas que necessitam apresentar cauções, o crescimento constante dos prêmios desta carteira e as soluções tecnológicas de ponta que as seguradoras estão oferecendo aos corretores. “O mercado de Seguro Garantia no Brasil ainda é muito jovem. Ainda hoje vemos uma concentração importante dos negócios em poucos corretores. O que por um lado é um desafio para as seguradoras, por outro se traduz em uma grande oportunidade para os corretores”, pontua Eduardo Viegas, Diretor de Riscos Financeiros da Berkley Seguros.

significativa das vendas. Segundo Gustavo Henrich, VicePresidente da JMalucelli Seguradora, dentre todas as modalidades desta carteira, as Garantias Judiciais são as que mais vêm crescendo e hoje representam mais da metade dos prêmios gerados. “Acreditamos que este crescimento deve continuar, na medida em que o produto passou a ser bastante conhecido pelos juízes, pelas empresas que necessitam garantir seus processos e pelos corretores que trabalham com Seguro Garantia. Como sabemos, o volume de ações fiscais, cíveis e trabalhistas no Brasil é enorme e frequente, o que nos faz acreditar que as Garantias Judiciais continuarão sendo por muito tempo uma ótima oportunidade de vendas para os corretores”, defende. Eduardo Viegas, da Berkley, também registra este aumento. “Considerando o momento econômico que vivemos, a modalidade de garantia que mais cresce está relacionada a disputas judiciais (tributária, trabalhista e cível). A forte evolução do ambiente litigioso, aliado à preservação da liquidez e ativos das empresas, tem favorecido o uso do seguro, em detrimento de outras formas de caução”.

Oportunidades e desafios para o corretor

Eduardo Viegas, da Berkley.

As oportunidades nesse ramo de seguro são muito grandes, porque o público-alvo é bem amplo. “Por intermédio do Seguro Garantia, pode-se assegurar o fiel cumprimento de uma obrigação contratual, sendo destinado aos órgãos públicos e às empresas privadas. O corretor de seguros estará levando ao seu cliente uma solução de fácil contratação, mais barata do que a fiança bancária, não tomando o limite de crédito e não vinculando o capital de giro da empresa junto à instituição bancária com a qual ela atua, ou seja, garanto que os clientes terão muito interesse em conhecer”, explica Julio Ferreira, da Ferreira & Associados Corretora de Seguros, integrante da Unidade Lojacorr Florianópolis. Para Guilherme Perondi Neto, Diretor Comercial da Swiss Re Corporate Solutions, empresa que fechou um acordo de fusão com a Bradesco Seguros para a atuação em ramos corporativos, o Seguro Garantia é uma modalidade que tem crescido muito nos últimos anos em função de vários fatores, inclusive por representar uma possibilidade de substituição de fianças bancárias por uma apólice de seguro com condições comerciais competitivas e que não utiliza o limite de crédito da empresa no Banco. “Adicionalmente, a oportunidade de diversificar as receitas da Corretora, por ser um produto de seguro de caráter financeiro, a decisão de contratação em geral envolve a diretoria da empresa, gerando também oportunidade de acessar mais executivos e em todos os níveis do segurado”, orienta. Além das modalidades mais tradicionais, como executante construtor, prestador de serviço e executante fornecedor, hoje as Garantias Judiciais respondem por uma parcela 26

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

O Seguro Garantia tem por objetivo garantir o cumprimento de uma obrigação contratual ou obrigação legal. Essa obrigação contratual pode ser de fazer, dar ou pagar – a exemplo de construir edificação, fornecer equipamentos e pagar energia elétrica – e é constituída por meio de um acordo de vontades, o contrato. A obrigação legal é aquela que decorre de lei e está presente em processos judiciais e administrativos. Assim, o Seguro Garantia é muito usado como garantidor em operações entre empresas privadas e entre privadas e públicas, inclusive em contratos de concessão e obras públicas.

Julio Ferreira, da Ferreira & Associados Corretora de Seguros.

“Como todos sabemos, o ambiente tributário e fiscal brasileiro é muito complexo, gerando demandas administrativas e judiciais em que, com frequência, a empresa precisa apresentar garantias, como uma fiança bancária ou uma apólice de seguro Garantia Judicial, nos processos em julgamento. O Seguro Garantia Judicial tem sido o grande impulsionador de crescimento do produto nos anos recentes em que os projetos de investimento andam mais escassos. Para o corretor, entender como seu cliente administra seus processos judiciais é um primeiro passo fundamental para identificar oportunidades de negócio em sua carteira”, opina Guilherme Perondi Neto.


PRODUTO

para atender às demandas”, orienta. “Se não for possível, aconselho fazer uma operação com um colega mais focado, por intermédio de um contrato de ‘Corretor Amigo’, não deixando esta oportunidade passar, mas também não colocando a sua relação com seu cliente em risco”.

Guilherme Perondi Neto, da Swiss Re Corporate Solutions.

Para o Corretor de Seguros, Julio Ferreira, das muitas modalidades disponíveis nesse ramo, todas têm um bom potencial de vendas. “As mais comuns são a Garantia Licitante (Bid Bond), por ser uma solução rápida e barata para as empresas que participam de processos licitatórios, pois estas precisam apresentar uma caução, e o seguro é uma garantia aceita na Lei de Licitações Públicas. Outra que é muito utilizada é a Garantia do Executante, seja ele construtor, fornecedor ou prestador de serviço (Performance Bond). Esta modalidade, além de estar prevista na Lei de Licitações Públicas, é utilizada por diversos segmentos de empresas privadas em suas relações contratuais. Destaco, ainda, as Garantias Judiciais, que permitem a defesa em um processo trabalhista, por exemplo, sem que a empresa se descapitalize imediatamente, fornecendo bens ou capitais em caução, e é uma garantia já bem aceita pelo Judiciário”. Como qualquer outro ramo, o Seguro Garantia demanda um conhecimento mínimo por parte do corretor, para que possa vislumbrar e concretizar as oportunidades que surgirem no seu portfólio de clientes. Na visão de Eduardo Viegas, hoje este conhecimento está muito mais fácil de ser adquirido pelos corretores. “A dedicação na busca de conhecimento é fundamental. Muitas seguradoras disponibilizam treinamentos com apoio e incentivo ao desenvolvimento. Por se tratar de um produto muito específico, o conhecimento torna-se um ativo muito importante”, pondera. “É importante que o corretor conheça não só o produto, mas seus usos mais comuns, em especial o Garantia Judicial, que pode ser utilizado em vários tipos de processos, como trabalhistas ou fiscais, que envolvem uma natureza de cunho jurídico. Mesmo que o corretor não precise ser um especialista jurídico, vai precisar se familiarizar com os usos e as limitações do produto. Adicionalmente, como em outros ramos, cada seguradora que opera no ramo tem sua ‘vocação’, com apetite e políticas de aceitação específicas, inclusive em relação ao tamanho da empresa em foco. O melhor caminho é buscar capacitação no produto, inclusive com as seguradoras que operam com o produto Seguro Garantia Performance e Judicial”, diz o Especialista da Swiss Re. “Na JMalucelli, além dos treinamentos frequentes que sempre fizemos em nossos escritórios para os corretores interessados em conhecer melhor o Seguro Garantia, hoje muitas informações também podem ser obtidas pelos nossos canais digitais. Além dos cursos tradicionais oferecidos pela Escola Nacional de Seguros, os corretores interessados em iniciar neste ramo podem também entrar em contato com um de nossos escritórios presentes em 23 cidades do Brasil, para agendarmos uma visita”, completa Gustavo Henrich. Julio Ferreira acredita que este não é um ramo difícil de se trabalhar, no entanto, exige bastante dedicação e muita atenção, pois o normal é se trabalhar com os prazos no limite. “O cliente sempre corre o risco de ser multado ou até perder um contrato, quando as garantias não são apresentadas nos prazos definidos, então é fundamental manter os cadastros dos clientes atualizados nas seguradoras parceiras e ter pelo menos duas pessoas na corretora que tenham capacidade

Conhecer as características e a aplicação das diversas modalidades de Seguro Garantia, para oferecer uma solução muitas vezes desconhecida por seus clientes, é o segredo para o corretor de seguros ter sucesso neste segmento. “Sem dúvida alguma, deve começar pela busca do conhecimento. Em seguida, avaliar as oportunidades a serem exploradas junto aos clientes já ativos na corretora. Por último, mapear empresas em seu mercado de atuação, que possam ter demandas (reprimidas ou não) por garantias e avaliar a estrutura para atendê-las”, afirma Eduardo Viegas. As Garantias Judiciais são um bom exemplo da importância do conhecimento, pois permitem que as empresas não se descapitalizem no momento em que necessitam apresentar uma garantia em juízo. “Ao comprar uma apólice judicial, as empresas só precisariam se descapitalizar no momento em que elas eventualmente perderem a ação e não durante o processo. É o Seguro Garantia permitindo que o fluxo de caixa da empresa não seja prejudicado durante suas disputas judiciais. O corretor tendo conhecimento desta e de outras aplicabilidades do Seguro Garantia, certamente terá sucesso na construção de sua carteira de clientes de Seguro Garantia”, analisa Gustavo Henrich.

Gustavo Henrich, da JMalucelli Seguradora.

O Seguro Garantia vem crescendo, muito em função das Garantias Judiciais, e o potencial de crescimento pode ser ainda maior, caso haja retomada econômica nos próximos meses e aumento de demanda por Garantias de Performance Públicas e Privadas para obras e contratos. Para Guilherme Perondi Neto, a oportunidade de mercado vai seguir disponível para os corretores que buscarem capacitação e foco em um produto com potencial de diversificar sua fonte de receita e expandir seus relacionamentos em clientes selecionados. A dica mais importante, na visão do Corretor de Seguros, Julio Ferreira, não é diferente para quem quer atuar em qualquer ramo de seguro: é oferecer! “Tem que conversar com o cliente sobre essa solução, pois ela pode ser adaptada para garantir diversas situações nas relações entre empresas ou pessoas. Uma forma de se aproximar dos clientes Pessoa Jurídica que o corretor já tem em sua carteira ou abrir portas com novos clientes que tenham funcionários, é falar sobre as Garantias Judiciais”. Para ele, toda empresa terá interesse em possuir uma forma de se proteger de possíveis ações trabalhistas que possam colocar em risco seu capital de giro ou seu patrimônio. E entre as parceiras da Rede Lojacorr que atuam nesse segmento, temos produtos com essa finalidade que podem ser oferecidos para empresas de qualquer tamanho.

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

27


VENDAS

Empreendedorismo e gestão de alta performance – Parte 2 a solução é gerar demanda reversa, com uma comunicação constante. Mas, cuidado: é um grande erro supor que basta sair ligando para seus clientes e ofertando outros produtos.

Richard Hessler Furck Graduado em Direito e Comunicação Social; Empresário e Corretor, com mais de 30 anos de experiência no mercado segurador; Coach (SBC); Mentor, (Clinton Education - Cert. QEMP); Especialista em Perfis Comportamentais (DiSC-Hicon), e Negociação Estratégica (Prof. Stuart Diamond, da WhartonPhiladelphia, USA); Formação em Andragogia e técnicas de facilitação. Professor de Pós-Graduação e MBA em instituições como FIA-USP, FGV, FAAP, Funenseg, UNIP e outras. Consultor e Palestrante há mais de 15 anos, capacitando profissionais em diversas empresas em todos os segmentos.

O

lá, parceiros Lojacorr! Conforme o combinado, estamos retomando nosso artigo sobre o conteúdo dos nossos workshops pelo Brasil, nos quais abordamos alguns aspectos sobre Empreendedorismo e gestão de alta performance. No artigo desta edição, falaremos sobre como podemos extrair mais e melhores resultados por meio de venda cruzada, processo em que buscamos a verticalização da nossa base, oferecendo produtos diferentes a nossos atuais clientes. A reflexão aqui fica por conta da frase: “Pare de perder tempo, vendendo”, uma provocação cuja autoria é de uma das maiores autoridades em vendas no Mundo, o Prof. Neil Rackham, autor de “Alcançando o sucesso em vendas”, livro em que ele explica sua eficaz técnica, denominada “Spin Selling”, que pode ser um bom assunto para um próximo artigo, que tal?. O que ele quer dizer com isso? Que as pessoas não desejam ser importunadas com abordagens, oferecendo mais e mais produtos. Aí se encontra o paradoxo: como fazemos, se as pessoas querem comprar, mas não querem ser abordadas com alguém oferecendo algo? Cada vez mais, as pessoas querem comprar aquilo de que precisam, na hora que precisam, pagando um preço que acham justo, e da forma mais conveniente possível. Para resolver este impasse, 28

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

Você já deve ter ouvido falar que as pessoas não compram produtos ou serviços, mas procuram solucionar seus problemas ou “dores”, certo? Neste sentido, uma boa estratégia consiste em manter contato regularmente com seus clientes, com várias ações estruturadas, em que nos antecipamos a estes problemas ou “dores” e, neste momento, apresentamos algumas situações, reais ou imaginárias, em que as pessoas possam se identificar e enxergar suas necessidades. Mas, cuidado, não vá sair dando tiros para todo lado. É necessário antes que você possua uma boa base de dados e um bom sistema (como o Broker One), de onde possa extrair informações e segmentar diferentes agrupamentos de clientes, ofertando algo específico para aquele grupo, com uma comunicação direta e eficaz. Deixo aqui um exemplo: enviar um e-mail marketing e contatar via telefone. Um grupo de mulheres na faixa dos 30 a 50 anos não pode ter o mesmo objetivo de vendas do que buscar um grupo de segurados jovens, de 18 a 25 anos, certo? Provavelmente, se você segmentar estes dois grupos acima, vai se comunicar com eles e vender algo diferente, que tenha um apelo muito específico para cada público. Neste caso, você poderia ofertar seguros de vida com cobertura de doenças graves para o grupo de mulheres, e um bom plano de previdência privada ou uma cota de consórcio para o grupo de jovens. Quantas vezes você “fala” com seus clientes por ano? É inaceitável que hoje em dia um corretor apenas ligue para renovar o seguro, sendo que pode enviar newsletters com temas e assuntos relevantes, mandar um e-mail marketing de comunicação direcionada, divulgar um “blog” com conteúdo atrativo, postar comentários relevantes nas redes sociais, e fazer ofertas estruturadas diversas, como a que exemplifiquei acima. O corretor não pode ser uma empresa “Red bull”, ou seja, que possui apenas um produto, que tem um uso específico, uma presença limitada na vida do consumidor. Nesta analogia, o corretor deve se comparar a empresas como Nestlé ou Unilever, que possuem portfólios enormes e que estão sempre presentes na mente dos seus clientes, que consomem diferentes produtos destas marcas diariamente. É importante que se saiba que a venda cruzada possui uma necessidade oculta em si: nem sempre este tipo de iniciativa e estas ações irão se “pagar”, se justificar financeiramente. Mas o fato é que quando um cliente passa a comprar mais de um produto de você, ele aumenta sua fidelidade e sua propensão de permanecer como seu cliente nas renovações futuras. E como podemos fazer este processo com eficácia e assertividade? Existe uma ferramenta de processos denominada 5W-2H, um código estranho, que nada mais é do que a abreviação dos 7 questionamentos básicos que se deve fazer ao implementar uma ação estruturada: What (O que?), Why (Por que?), Where (Onde?), Who (Quem?), When (Quando?), How Much (Quanto?) e How (Como?). Assim, no seu próximo projeto de ação de vendas, elabore antes um planejamento, anotando todas as possíveis respostas a estas perguntas. Faça um exercício mental, antecipando questões como: Quem vai fazer a venda? Por que o cliente compraria de você agora? Onde será efetuada a venda? O que aconteceu, que pode ser usado como “gancho” para esta oferta?, e assim por diante. Boas vendas!


EXPANSÃO

Novos corretores de seguros integram a Rede Lojacorr “Como eu já tinha experiência e conhecia os benefícios da Lojacorr, minha nova empresa foi fundada já pensando em integrar a Rede. Pretendo, nesta nova fase, em parceria com a Rede Lojacorr, conseguir aumentar o volume de negócios, concentrando a gestão em uma única plataforma e otimizando tempo, aliado à tecnologia que facilitará os acessos da corretora junto às seguradoras”, afirma.

Valcir Zanella e Rodrigo Machidonski.

Unidade Itajaí - SC Rodrigo Machidonski Penha Corretora de Seguros A Rede Lojacorr conta agora com o reforço da Penha Corretora de Seguros, sob o comando de Rodrigo Machidonski. Ele é graduado em Ciências da Computação, com MBA em Gestão Estratégica e Inovação pela Universidade La Salle Canoas/RS. Possui 23 anos de experiência no mercado segurador, atuou em uma grande corretora de seguros de Canoas/RS, até que decidiu mudar de Estado, buscando maior qualidade de vida e empreender em seu próprio negócio. Em meados de 2017, conheceu a Lojacorr, por meio de Valcir Zanella, e constatou que o melhor caminho para ter sua própria corretora era pela Rede. Ao ser muito bem acolhido pela cidade de Penha, nada mais justo que dar o nome da cidade à Corretora. Ele conta que a Penha Corretora de Seguros busca atender com excelência seus clientes, proporcionando assessoramento constante no acompanhamento dos sinistros. “Através da Rede Lojacorr consegui um apoio em todas as fases do processo de abertura da Corretora, e posteriormente pude constatar o ganho em competitividade, adquirido em acordos da Rede Lojacorr com as seguradoras, sem deixar de exaltar também os treinamentos recebidos constantemente pelo Treinacorr. No dia a dia, contamos com o apoio da Regional Itajaí para resolver todo tipo de problema. O modelo de negócios apresentado pela Rede Lojacorr possibilitou a realização do sonho de ter minha própria Corretora. Com a estrutura de apoio disponibilizada, posso focar na busca de clientes e em negócios”, diz.

Carlos Mendes Mendonça Di Siena Corretora de Seguros Carlos Mendes Mendonça está há 12 anos no mercado de seguros. Bacharel em Direito, atuou nas empresas Bradesco Vida e Previdência, Mongeral Aegon e SulAmérica Seguros. Há sete anos, habilitou-se Corretor de Seguros. Inicialmente fez o curso de habilitação para os ramos Vida e Previdência, com os quais atuou em parceria com seu pai, que era corretor de seguros pessoa física. Em 2015, com o falecimento de seu pai, Carlos voltou a estudar e habilitou-se Corretor para todos os ramos, fundando a Di Siena Corretora de Seguros, que em 2018 ingressou na Rede Lojacorr. “Espero agregar junto à equipe Lojacorr um time capaz de superar todas as adversidades, buscando sempre a melhoria profissional, fazendo uso da expertise e do know-how da Rede, atendendo, assim, às expectativas e aos anseios do mercado atual”, ressalta.

Wagner Oliveira de Almeida Simplifica Corretora de Seguros Unidade Zona da Mata – MG Bruno Teutschbein – Ultra Seguros Bruno Teutschbein atua há 15 anos no mercado de seguros, sendo os últimos 10 como Corretor. Com formação em Processos Gerenciais, depois de atuar na Bradesco Vida e Previdência e no Banco Santander, habilitou-se Corretor de Seguros e ingressou em sociedade com a Infinity Life Corretora de Seguros, que veio a se tornar membro da Rede Lojacorr. Em janeiro de 2018, decidiu empreender em carreira solo, fundando a Ultra Seguros, que passou a integrar também a Rede Lojacorr.

Wagner Oliveira de Almeida tem 27 anos de atuação no mercado de seguros. Graduado em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, já trabalhou nas empresas ABN Amro Bank, Previsa Vistorias, Allianz Seguros e Zurich Seguros. Habilitou-se Corretor de Seguros, com o curso de todos os ramos pela Escola Nacional de Seguros, e em abril de 2017 fundou a Simplifica Corretora de Seguros. No início de 2018, ingressou na Rede Lojacorr. “Minha expectativa com a entrada na Rede Lojacorr é obter maior competitividade, apoio tecnológico, melhor gestão operacional da Corretora, mais qualidade no atendimento aos segurados e uma troca de experiências entre os acionistas”, declara. REVISTA CORRETORA DO FUTURO

29


BOAS PRÁTICAS

Corretora da Rede se destaca no ramo de consórcios com atendimento personalizado aos clientes Madeleine mantém um escritório de contabilidade em sociedade com seu pai, e foi por isso que deixou o emprego na Sicredi. “Resolvi me dedicar à contabilidade, por ser uma empresa minha, mas quando foquei no negócio, que é muito operacional, senti falta dos relacionamentos e negociações que tinha como Comercial de Seguros e Consórcios. Quando meu pai foi renovar seus seguros, que eram feitos comigo enquanto funcionária da Sicredi, pensei que era uma boa oportunidade investir em minha própria corretora de seguros, pois não tinha nenhuma na cidade”. Foi então que conheceu a Lojacorr e, em meados de 2016, nascia a MD Corretora de Seguros e Consórcios, a única empresa do ramo na cidade de Itaipulândia, com 13 mil habitantes. Demorou mais um pouco até estabelecer parceria com a Lojacorr Consórcios, passando a produzir no início de 2017. Um ano e meio depois, a produção já ultrapassa R$ 5 milhões. Além de conhecer o produto e investir nos relacionamentos, o grande diferencial da corretora é o atendimento personalizado que oferece a seus clientes. “Adoro toda a parte de negociação de consórcios, tenho facilidade para criar o melhor plano para a pessoa. O diferencial é que deixo meu cliente a par de tudo: faço a venda, explico como funciona o processo de contemplação e faço um estudo para que ele seja contemplado mais rapidamente, daí monitoro lances, vejo assembleias. Digo que o consorciado só tem três obrigações: fechar o contrato, pagar os boletos e escolher o bem que quer retirar”.

A Corretora de Seguros e Consultora de Consórcios, Madeleine.

R

ecentemente, a Rede Lojacorr divulgou um e-mail marketing com o case da Corretora de Seguros, Madeleine Trajano Inácio, 39 anos, que atingiu, sozinha, a produção de R$ 5 milhões em consórcios. Para chegar a essa marca, de sua carteira de 20 clientes consorciados (grande parte de cartas de crédito de imóveis, com volumes altos), ela possui uma estratégia diferenciada de foco e atendimento consultivo no ramo. Moradora da pequena cidade de Itaipulândia, Paraná, distante 80 km de Foz do Iguaçu, Madeleine atuou por mais de 10 anos nas áreas de seguros e de consórcios da Sicredi, instituição financeira de cooperativas. “Sempre me identifiquei com a área de vendas, recebi premiação de melhor vendedora de consórcios por dois anos consecutivos, adquiri bastante conhecimento na área e me identifico bastante com o produto. Como a cidade é pequena e eu já trabalhei muito na área, sou conhecida e as pessoas têm grande confiança em mim”, conta.

30

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

Para se ter uma ideia, todos os consorciados de Madeleine retiram pessoalmente na Corretora, todos os meses, os boletos a vencer. “Já deixei alinhado com eles de virem todo mês aqui, pois entrego boleto, vejo como está o percentual de lance do respectivo grupo na assembleia anterior e vamos cadastrando os lances. Quem tem urgência para ser contemplado, eu digo o percentual que é preciso ser dado para conseguir a carta de crédito, e quando é contemplado, o ajudo a ir atrás da documentação. Como aqui é uma cidade pequena não tem Detran, faço os trâmites para compra de carro alienado, regularidade da documentação, e o cliente não precisa se preocupar em explicar para o vendedor que se trata de carta de consórcio, basta que defina o bem e onde quer comprar, me passe o contato do vendedor, que me entendo com ele. A parte negocial, eu faço”. Segundo ela, esta consultoria é o que tem feito o negócio dar certo. “Hoje todo mundo quer comodidade, as pessoas não querem se preocupar com o dia que tem que dar lance, com a explicação ao vendedor do bem. Deixo todos tranquilos, e isso tem dado certo, hoje os meus clientes são meus grandes vendedores, justamente pelo atendimento que ofereço a eles”. Madeleine diz ter se encontrado na profissão de Corretora de Seguros e Consultora de Consórcios. “É o que quero para mim. É maravilhoso quando fazemos o que gostamos, tanto que estou negociando 50% de minha sociedade no escritório de contabilidade, para me dedicar melhor à Corretora. Já estou planejando ter filiais da Corretora em duas cidades próximas”.


REVISTA CORRETORA DO FUTURO

31


RECONHECIMENTO

Corretores da Rede Lojacorr desfrutam de premiações de campanhas de vendas

N

a edição passada, apresentamos sete premiações de viagens que corretores da Rede Lojacorr receberam como reconhecimento a suas produções em seguros. Sendo a maior Rede de Corretoras de Seguros Independentes do Brasil, a Lojacorr frequentemente se posiciona entre as empresas de maior produção do País nas campanhas realizadas pelas diversas seguradoras e, seguindo o regramento da empresa, todas as premiações recebidas são sorteadas entre as 10 corretoras de seguros parceiras que tiveram maior produção no produto, naquela seguradora, no período avaliado. Agora acompanhamos cinco viagens já realizadas – as demais ainda vão acontecer no segundo semestre. Para a Gerente de Mercado da Rede Lojacorr, Bruna Rafaela Schewinski, as premiações corroboram o quanto a Rede vem crescendo nas mais variadas carteiras e demonstrando ser uma excelente parceira para a distribuição dos produtos.

...e de muita comemoração!

Ele conta que o evento foi excelente, teve momentos de integração e conhecimento, mas a maior parte foi mesmo de lazer e confraternização. “Tivemos muitas atividades esportivas, com a participação de atletas consagrados como os jogadores de futebol, Careca e Biro-Biro, e a jogadora de vôlei medalhista olímpica, Jaqueline. Assistimos à palestra de Economia do jornalista âncora do Jornal Hoje (Globo), Dony De Nuccio, que foi muito proveitosa, e aos shows da Claudia Leitte e da banda Blitz. Foi uma oportunidade de estar em um grupo seleto de corretores de seguros, estreitar relacionamento com pessoas de outros Estados, entender como está funcionando o mercado além de Brasília, o que é muito importante. Já tinha sido premiado pela Talento de Seguros em 2010, antes de integrar a Lojacorr, e agora estive entre os 10 maiores produtores e dei a sorte de ser sorteado. Minha esposa, Mikaelly Moreira, e eu amamos a viagem”.

Wesley Nunes Moreira, Corretor ligado à Unidade Lojacorr Brasília, foi sorteado para representar a Rede entre as vencedoras da Campanha Talento de Seguros 2017, da Bradesco Seguros. A premiação deu direito à participação com acompanhante no evento Talento de Seguros, na Ilha de Comandatuba, Bahia, que aconteceu de 22 a 25 de março.

Aroldo dos Santos Junior, da Unidade Campos Gerais (Ponta Grossa – PR), foi sorteado entre os 10 maiores produtores da Lojacorr em seguro de vida, com a Centauro, para representar a Rede na premiação da Campanha Top 10 que, por sua vez, elencou as 10 maiores empresas, e na qual se encaixou a Rede Lojacorr. Os vencedores receberam o Premium Plus do Programa Corretor Quiron: uma viagem paradisíaca para um resort na Praia do Forte – Bahia. Aroldo viajou acompanhado de sua esposa, Andreia Ferreira dos Santos, durante quatro dias, na segunda quinzena de maio.

“O sorteio da viagem entre os acionistas da Rede Lojacorr é muito importante, porque demonstra valor à nossa atuação, percebemos que não se trata de um negócio na forma de patrão e empregado, e acaba beneficiando quem realmente produziu”, analisa Wesley.

“A viagem foi muito prazerosa, teve muito lazer e a programação da Centauro, que envolveu aulas de golfe e visita ao Projeto Tamar. No sábado, participamos da comemoração de aniversário da Seguradora, com bolo e uma bela festa. Fomos recepcionados maravilhosamente bem

Wesley Nunes Moreira participa da premiação...

32

REVISTA CORRETORA DO FUTURO


RECONHECIMENTO

Ele conta que integra a Rede Lojacorr há pouco mais de um ano e que já tinha uma produção significativa, que o fez ganhar várias viagens nacionais e internacionais, porém, “participar da Lojacorr é muito importante para compartilhar experiências na Rede entre os corretores e ainda ampliar as chances de poder ganhar prêmios importantes”. Os sócios, Santiago Alvarez e Ione Dreger, da Alvarez e Dreger Corretora de Seguros, integrante da Unidade Lojacorr Chapecó, estiveram entre os 10 maiores produtores da Lojacorr na Campanha Carteira Recheada, da Seguros Unimed, e foram sorteados para representar a Rede no evento da companhia no Rio de Janeiro, que aconteceu nos dias 22 e 23 de março.

Aroldo dos Santos Junior e outros corretores durante jogo de golfe na Praia do Forte.

“Foi ótima a viagem, muito gostoso o que a Unimed proporcionou pra gente. Foi um jantar de premiação muito bacana no Museu do Amanhã”, conta Santiago. “Depois do jantar, fomos encontrar a prima da Ione, que mora no Rio”.

pela equipe da Seguradora, o Presidente, Ricardo Iglesias, é extremamente simpático, uma pessoa simples, estamos acostumados a ver presidentes como pessoas mais formais, mas ele estava com toda a sua família e sentimos uma verdadeira integração, foi um evento muito familiar, no qual também pudemos conhecer as famílias de nossos colegas e parceiros”. Aroldo destaca a importância da integração com outros profissionais de sua área de especialização. “Fiz amizade com um pessoal de Curitiba, criamos grupo no WhatsApp, sempre estamos nos falando, é importante o relacionamento com profissionais da área. Meu foco maior é o seguro de vida e lá havia muitas pessoas com esse mesmo perfil. Como eu fico na cidade de Ponta Grossa, não tinha muito contato com os demais executivos da Seguradora, recebemos apenas a visita da Representante Comercial, por isso foi importante ampliar os relacionamentos. Tomara que eu ganhe outras viagens de premiações, vamos trabalhar bastante para isso”.

Pedro Faria e o irmão Reginaldo, em pose com o garçom, durante almoço na Ilha de Caras.

O Corretor, Pedro Faria, da Cedro Administradora de Seguros, e Concessionário da Unidade Lojacorr Centro-Oeste de Minas Gerais, esteve entre os 10 maiores produtores da Rede Lojacorr na Campanha BE – The Broker Experience – da MetLife, e foi o sortudo para participar da viagem para Angra dos Reis, com direito a acompanhante, em maio. Pedro viajou acompanhado de seu irmão, Reginaldo Faria. “A viagem foi muito bacana, tudo perfeito, hotel maravilhoso, passeio fantástico para a Ilha de Caras, com o Amyr Klink e com toda a atenção dispensada pela equipe da MetLife”.

Ione e Santiago (à esquerda) em passeio pelo Rio de Janeiro.

Paulo Renato da Silva Almeida, da Almeida&Associados Corretora de Seguros, da Unidade Florianópolis, esteve entre os 10 maiores produtores da Lojacorr na Tokio Marine Seguradora, em 2017, e foi sorteado para representar a Rede, no Evento Diamante, oferecido às empresas de maior produção da companhia. Ele ganhou uma viagem para Cartagena, na Colômbia, que aconteceu de 5 a 12 de março, e foi acompanhado de sua esposa, Shirley Brejinski Almeida.

Paulo Renato e a esposa Shirley fazendo turismo em Cartagena.

“Representar a Lojacorr no XVIII Encontro de Corretores Diamante, da Tokio Marine, em Cartagena, foi uma experiência incrível para nós. Além de interagir com a diretoria da Seguradora, cujos executivos demonstraram muita atenção e zelo para conosco, oportunamente também conhecemos novos colegas de profissão. Além de visitarmos os principais pontos turísticos da região, como a Cidade Murada e a Ilha Azul, também participamos do Jantar Memória das Cores e da Premiação Memórias de Cartagena. Estas homenagens ficarão guardadas para sempre com carinho em nossas boas lembranças”, relata. REVISTA CORRETORA DO FUTURO

33


VENDAS

Rede Lojacorr se destaca em campanha da Liberty Seguros e sorteia viagem para a Europa

Bruna Rafaela, Gerente de Mercado da Rede Lojacorr; Sirlei de F. Krasinski, Gerente da filial da Seguradora; e Marcio Silva, Comercial da Seguradora, durante o sorteio.

A

Rede Lojacorr esteve mais uma vez entre as vencedoras da Campanha Conexão Mundo, da Liberty Seguros. A campanha premiou os campeões de vendas, no período de 1/10/2017 a 28/2/2018, com uma viagem com acompanhante para Budapeste e Praga, na Europa. Como estabelecido pelo regulamento da Rede Lojacorr, as premiações recebidas são sorteadas entre os 10 corretores da Rede que tiveram o melhor desempenho na companhia no período da campanha. O sorteio foi realizado na Sede Administrativa da Rede Lojacorr, em Curitiba, no dia 15 de maio, por Sirlei de F. Krasinski, Gerente da filial da Seguradora; Marcio Silva, Comercial da Seguradora; e Bruna Rafaela, Gerente de Mercado da Rede Lojacorr, com transmissão ao vivo via YouTube. A sorte esteve com a M&K Corretora de Seguros, integrante da Unidade Rede Lojacorr Maranhão. Sirlei Krasinski destaca que os representantes da corretora irão viajar por conta da Liberty Seguros, com todas as despesas pagas. “Parabéns à vencedora! Aproveitamos para agradecer a todos pela parceria e dar um até breve, pois logo iniciaremos a próxima Conexão Mundo”.

34

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

O Corretor de Seguros, Karlay Almeida, responsável pela M&K, conta que é uma imensa alegria poder representar a Rede na campanha da Liberty. “Fiquei muito feliz e será a minha primeira viagem ganhando uma campanha da Rede. O legal é saber que se eu estivesse sozinho na minha empresa não teria nem a possibilidade de fazer parte do seleto grupo que estará em Praga e Budapeste. Estou feliz com a oportunidade, fazer parte da Rede Lojacorr foi uma decisão muito acertada para a minha empresa”. A Gerente de Mercado, Bruna Rafaela, destaca que a Liberty é uma das grandes parceiras da Rede, e por ser uma companhia multiprodutos, dá ainda mais oportunidade para o corretor atender amplamente seu cliente. “A conquista da Campanha Conexão Mundo, tão disputada e cobiçada pelo mercado, já mostra os resultados da consolidação da parceria ocorrida em 2017, quando a Liberty ampliou a operação na Rede Lojacorr, tornando-a nacional”.


RELACIONAMENTO

Rede Lojacorr integra o IBS Brasil Instituto Superior de Seguros e Benefícios Brasil é o novo nome do CVG-PR

A Diretoria do IBS Brasil, com a Representante da Rede Lojacorr, Bruna Rafaela (6ª da esquerda para a direita).

C

om o objetivo de acompanhar as mudanças de um segmento que vive a ebulição de grandes inovações, o Clube de Seguros e Benefícios do Paraná – CVG-PR – tornou-se o Instituto Superior de Seguros e Benefícios Brasil – ISB Brasil, nome oficializado em assembleia, em março de 2018.

de investimento na construção de conhecimento, com pesquisa cientifica. O Instituto já desenvolve pesquisas internas com corretores, assessorias e seguradoras, para entender quais as dificuldades de cada um. As próximas atividades programadas da entidade irão se concentrar no hábito de consumo dos produtos de “benefícios”.

A Rede Lojacorr se associou ao CVG-PR em 2014, e no início de maio de 2018, a Gerente de Mercado, Bruna Rafaela Schewinski, foi convidada a assumir a Diretoria Canal Corretor do já então ISB Brasil.

O Presidente do Instituto, Cesar Heli Oliveira, explica que a mudança do nome se deu pelo entendimento de que o novo posicionamento da entidade exigiria uma alteração de razão social, um título mais alinhado e aderente à adição de novos objetivos. “O CVG-PR está dentro do ISB Brasil. Valorizamos a história, as conquistas e as pessoas, mas precisamos pensar nas mudanças que nosso mercado sofrerá nos próximos anos. É fundamental nos prepararmos para esse momento. Além de manter todas as atividades existentes, criamos um sentido maior, mentoria, consultoria em projetos, palestras provocativas, além de pesquisa científica. São serviços que iremos disponibilizar ao associado e ao mercado de seguros”, diz. Segundo ele, “o ISB Brasil quer aproximar seguradoras, corretores e consumidores, ser referência na construção de conhecimento e fomento da indústria de seguros na América Latina”.

“Aceitei o desafio com o objetivo de estarmos cada vez mais engajados no estímulo e no desenvolvimento da cultura de seguros e benefícios do País”, afirma a Gerente de Mercado da Rede Lojacorr e agora também Diretora Canal Corretor do ISB Brasil. “Entendemos e fazemos parte da transformação atual do mercado de seguros, trabalhando fortemente para o desenvolvimento e fortalecimento do ramo de benefícios. Por isso, já há algum tempo temos participado ativamente desse segmento”, declara Bruna Rafaela. O ISB Brasil acredita que só existe crescimento, em qualquer área, se houver informação, que se obtém por meio

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

35


NICHOS

Atuação em ramos diversificados para fugir da concorrência e obter melhores negócios

Especialista em seguro aeronáutico, a Corretora Ana de Albuquerque quer agora investir em outros segmentos pouco explorados

Ainda mantendo a atuação neste ramo diferente, agora a Corretora de Seguros busca aprender sobre outros segmentos, também menos disputados. “Estou mudando um pouco o meu foco, porque o mercado mudou e vejo oportunidades em outras modalidades. Agora estou investindo também em seguros de vida, estou pegando forte no seguro vida em grupo, e ampliando a atuação em consórcios e financiamentos”, diz. Em sua visão, “os seguros de varejo vão continuar existindo, mas as startups e as grandes empresas de varejo vão abocanhar este mercado massificado”. “Por isso, defendo a importância de se especializar nessas outras áreas, que dão retorno financeiro bem interessante”.

A Corretora e sua paixão por seguros aeronáuticos e diferenciados.

D

urante 12 anos – até 2017 – a Corretora de Seguros, Ana de Albuquerque, focou sua carreira e seus negócios no seguro aeronáutico. A atuação no segmento começou antes mesmo de ingressar na Rede Lojacorr, da qual faz parte há nove anos pela Unidade Florianópolis. Em 2018, ela decidiu diversificar sua carteira, investindo em outros ramos diferentes também, por perceber menos concorrência e melhor retorno na atuação especializada. “Quando iniciei minha carreira como Corretora de Seguros, me apaixonei pelo ramo aeronáutico, e este se tornou meu foco. Poucos corretores atuam no segmento, que é bastante específico. Não gosto de vender produto de prateleira, que todos os corretores têm a oferecer. O seguro aeronáutico é diferente do de automóvel, do residencial ou outro de balcão de varejo, pois exige muita dedicação para aprender a vender, para entrar no meio aeronáutico e saber conversar sobre os riscos desta área”, afirma Ana de Albuquerque.

Ela reconhece, nesta nova fase, os benefícios de fazer parte da Rede Lojacorr. “No ramo aeronáutico, comecei antes de fazer parte da Lojacorr, fui atrás de especialização e abri todos os meus caminhos, hoje lido com os profissionais desta área diretamente. Agora, nos outros ramos, precisarei muito da influência da Rede Lojacorr para me desenvolver. Em consórcios e financiamento, conto com a expertise e as parcerias da Rede, bem como quero participar de cursos Treinacorr”. A busca por qualificação e novos relacionamentos tem motivado Ana Albuquerque. “Em setembro, estarei em São Paulo para participar do 18º Conec, junto com a delegação de outros congressistas da Rede Lojacorr. Quero conhecer mais, obter muita qualificação, fazer novos relacionamentos, porque as empresas mudam, seus diretores e equipes, tem muita companhia se unindo, o mercado é dinâmico. Quero antever oportunidades e conquistar mais negócios em ramos diferenciados”.

“É uma venda que considero prazerosa, pois agrega conhecimento. Não falamos de seguros, propriamente dito, mas de negócios para prevenção de riscos. Quem é proprietário de uma aeronave, ou táxi aéreo, mesmo que seja de órgãos públicos como SAMU, Corpo de Bombeiros ou Polícia Militar, entende o risco de forma diferente. Não é como seguro automóvel, que o cliente nem percebe sua necessidade. No aéreo, a pessoa entende a importância, pois vive aquele mundo. Eu adoro, gosto de atender os sinistros de aéreo, que são um pouco mais demorados, faço visitas in loco quando acontecem acidentes, e fiz meu nome neste segmento. Por isso, acho importante o corretor de seguros ter uma especialidade”. A especialização garantiu a Ana também a atuação como Professora da Escola Nacional de Seguros, na matéria Seguro Aeronáutico.

36

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

Dedicação em vistorias e atendimentos de sinistros in loco.


O SEU CLIENTE RESOLVEU

O Seguro Tokio Marine Empresarial Resolve o que precisa pra ele ter tranquilidade para seguir em frente, dia após dia. Fale com o seu Gerente Comercial.

/TokioMarineSeguradora @tokiomarine_cor tokiomarine.com.br

Uma Seguradora completa pra você ir mais longe.

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

37


CORRETORES

Corretora da Rede Lojacorr completa 25 anos de atuação, mantendo clientes fidelizados desde o início

A

Corretora de Seguros, Fátima Adriano Caponi, 64 anos, completa 25 anos de história na profissão. Nascida em Porto Alegre, oitava filha de uma família de quatro filhos homens e quatro filhas mulheres, trabalhou desde cedo. Quando criança, ajudava sua mãe em casa em afazeres domésticos e em serviços de bordado, lavanderia e costura para a vizinhança, enquanto seu pai trabalhava em uma farmácia. Aos 15 anos, em 1969, Fátima conseguiu convencer sua mãe e foi trabalhar em um magazine. Em 1972 mudou de emprego, ingressando na sucursal Porto Alegre da Cia. União de Seguros Gerais, onde permaneceu até 1981, quando se mudou para Florianópolis. Neste meio tempo, formou sua família. “Em 1976, cursando Ciências Contábeis, conheci meu marido, Ernesto Caponi, e nossa filha Juliana nasceu no período de provas finais, antes da formatura”, lembra-se. Chegando a Florianópolis, Fátima conseguiu um emprego na Eletrosul. Em 1990, a empresa passava por dificuldades e começaram as demissões incentivadas. Foi quando resolveu que queria empreender. Pediu demissão em outubro e, em novembro, inaugurou um restaurante próximo à empresa, tendo uma amiga como sócia – o Restaurante Rancho do Amor à Ilha foi um sucesso. Porém, dois anos depois, o País entrou em período de inflação alta e a sociedade foi desfeita. Fátima então estruturou uma cozinha industrial em sua casa, entregando cerca de 200 refeições por dia para empresas e clientes Pessoa Física. Em 1993, há 25 anos, começou a dividir suas atividades, atuando como representante, em Florianópolis, da corretora de seguros de seu irmão Milton, sediada em Porto Alegre, na angariação de seguros de automóvel, residência e vida. “Comecei sem nenhum cliente e tudo era muito novo para mim, mas precisava vencer o medo e a insegurança, pois já tinha mais um filho, o Carlo, e não podia ficar parada esperando que algo novo acontecesse”. O novo negócio deu certo e, em dezembro de 1993, deixou as atividades com alimentação, focando somente na área de seguros.

As instalações da Cappo Seguros, em Florianópolis.

Fátima conta que um marco na atuação como corretora de seguros foi o ingresso na Rede Lojacorr, em 2014, o que garante um excelente suporte à sua empresa. “Estou muito feliz com a Lojacorr e os negócios, mas continuo querendo realizar sempre mais e melhor. Nestes 25 anos de corretagem de seguros, entendo que temos muitos desafios, pois o mundo está em constante evolução”. Ela conta que, ao atingir a marca de 25 anos, fez um levantamento do tempo de permanência de seus segurados e, coincidentemente, a empresa tem 25 clientes que estão na Corretora desde o início, ou seja, fidelizados há 25 anos. Os dois primeiros clientes que estão com ela desde o início comentam a confiança que sentem com a Corretora. “Há 25 anos, faço meus seguros com a Fátima, sinto muita segurança, pois ela acompanha tudo, qualquer problema que surja, não preciso me preocupar. Tive uma perda de automóvel, que pegou fogo, depois meus filhos, que também se tornaram segurados, tiveram acidente de carro, e fomos muito bem atendidos, por isso não procuramos outro profissional”, relata Paulo Cesar Fernandes Correia. “São 25 anos juntos, desde seu início como corretora, e me mantive fiel porque ela não me traz nenhum incômodo, sempre me telefona quando estão vencendo minhas apólices de seguro auto, da minha mulher, do nosso apartamento. Indico para todo mundo a minha corretora de seguros”, afirma Aldo Pereira Filho. “Estamos pensando em novos projetos para a Cappo Seguros, para crescermos ainda mais, aplicando nosso conhecimento em novos ramos de seguros onde ainda não atuamos muito. Nos preocupamos muito com fidelização, ética, e em oferecer um excelente atendimento aos nossos clientes, pois nosso lema, que foi incorporado ao lema da Lojacorr, é muito forte: ‘Nossa missão é proteger’.

A divulgação da Corretora aos clientes e amigos.

Em 1996, Fátima fundou a E.J.C. Corretora de Seguros que, por alteração contratual, em 2014 tornou-se a Cappo Consultoria e Corretora de Seguros, tendo a filha Juliana Caponi como sócia. Atualmente, a Cappo tem sede no Broker Office Carvoeira, em Florianópolis/SC, mas passou a atender também em São Paulo, para onde Juliana mudou-se ao se casar. 38

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

As sócias Juliana e Fátima, com o Fundador da Rede Lojacorr, José Heitor Silva.


Informe Publicitãrio

PARCERIA

Mitsui Sumitomo Seguros aposta em expansão geográfica, eficiência operacional e crescimento orgânico

P

ara reforçar ainda mais a sua presença no mercado brasileiro nos segmentos corporativos e varejo, em 25 de junho a Mitsui Sumitomo Seguros inaugurou mais uma filial, agora em Blumenau - Santa Catarina. Com essa Unidade, a companhia marca sua presença em todos os Estados da região Sul do País, que é considerada estratégica para a seguradora, além de reforçar o compromisso e o relacionamento com os corretores locais, oferecendo todo o atendimento a esses parceiros. No início de 2018, a Mitsui Sumitomo Seguros lançou o seu projeto denominado MSS 2021, que define a estratégia da companhia para os próximos quatro anos, com os seguintes pilares: Pessoas, Processos e Tecnologia. No pilar Pessoas, um dos mais importantes, a seguradora vem trabalhando um conceito de engajamento e de treinamento, com o objetivo de reter e qualificar ainda mais os profissionais, além de prepará-los para os novos desafios de mercado. Revisar os Processos, para atingir eficiência operacional, também é o foco da Companhia. Torná-los mais eficientes e automatizados é fundamental diante da competitividade do mercado e do atual ambiente econômico. E no pilar Tecnologia, que está diretamente relacionado à inovação, a Mitsui Sumitomo Seguros tem investido fortemente no desenvolvimento de novas ferramentas, digitalização e desenvolvimento de produtos, tudo para facilitar o dia a dia do corretor e do segurado.

Novas ferramentas já foram implementadas como, por exemplo, a plataforma de transporte que integrou os processos, gerando informações mais detalhadas para o corretor e os segurados, simplificando a operação e melhorando a gestão do portfólio. Outro exemplo foram algumas melh orias implementadas na regulação de sinistros. Agora, os corretores e segurados poderão acompanhar os processos de forma ainda mais rápida e fácil, interagindo com os analistas da companhia, por meio dos portais de atendimento, oferecendo mais agilidade nos processos e na qualidade de serviço para os corretores. Além disso, investir no relacionamento com o corretor é fundamental para o sucesso de sua operação. A parceria com a Rede Lojacorr e os excelentes resultados apresentados são exemplos de que o caminho está correto e que, juntos, ainda podem crescer muito mais. Histórico A Mitsui Sumitomo Seguros S.A. faz parte do MS&AD Insurance Group, o maior Grupo Segurador do Japão e um dos maiores do mundo, tendo em suas linhas de negócios seguros de vida, individuais e corporativos, negócios internacionais, serviços financeiros e gestão de riscos. Há 52 anos operando no Brasil, a Mitsui Sumitomo Seguros está estrategicamente presente em 16 localidades, com uma equipe de 330 colaboradores. Em 2017, a companhia alcançou R$ 509 milhões em prêmios emitidos. Multiprodutos atua nos segmentos de Automóvel, RE Corporate, Responsabilidade Civil Geral, RE Massificados, Vida e Transportes.

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

39


VARIEDADES

Além de se destacar nos negócios, membros da Rede Lojacorr investem na saúde física

Gil, o atleta apaixonado por corridas.

A

Rede Lojacorr conta com diversos atletas entre seus membros, sejam corretores, dirigentes ou colaboradores, mostrando que é importante e prazeroso investir em si mesmo, na saúde, podendo com isso, inclusive, impulsionar os negócios, seja pelos relacionamentos adquiridos ou pelo fato de arejar a mente e ganhar disposição para o trabalho. Confira alguns desses campeões. Gilmar Silveira, mais conhecido como Gil, responsável pela Silveira Corretora de Seguros, integrante da Unidade Lojacorr Blumenau, além de se destacar em produção de seguros na Unidade, sempre gostou de esportes e de se manter ativo fisicamente. Atualmente, ele joga futebol society, pedala e faz musculação, mas seu esporte preferido sempre foi a corrida. Há anos Gil

40

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

é visto nas ruas da cidade de Ituporanga, Santa Catarina, correndo com suas passadas largas. Mas foi em setembro de 2017 – coincidência ou não, mesmo ano da entrada da sua corretora na Rede Lojacorr – que iniciou treinos efetivos de corrida acompanhado por profissional da área. De lá para cá, Gil participou de três competições e vem sempre se superando: fez 10 km no Circuito Unimed, em 2017; 12 km no Ultra Trail Rotas das Águas e 14 km no Costa da Serra Trail Run, neste ano. Foi nesta última competição que conquistou sua melhor marca, ficando em terceiro lugar na categoria 50 anos a 54 anos. Para o ano que segue, o calendário de provas do atleta prevê mais seis participações, incluindo provas de asfalto e trilha. “A meta dele é fazer 21 km e ser um meia maratonista ainda este ano!”, declara Jackson, filho de Gil, quem enviou a história do atleta para ser publicada como surpresa a ele.


VARIEDADES

Outro Corretor integrante da Unidade Blumenau, Tiago Montanha, da Montanha Corretora de Seguros, de Apiúna, Santa Catarina, pratica Karatê-Do desde 2011, pela Confederação JKS. Naquele ano, ele pediu ao Sensei Edemilson Marques de Mendonça, que na época também atuava no ramo de seguros, para abrir uma turma da modalidade no município de Apiúna. Desde então, após diversos cursos, exames e competições, o atleta abraçou o esporte, e agora está graduado na faixa Marrom ponta 1, Primeiro Kyu. A paixão pelo esporte é tanta que, atualmente, ensina Karatê-Do para alunos da localidade de Subida, bairro do município de Apiúna. Além do Karatê, nas horas vagas Tiago também se dedica ao Airsoft, espécie de modalidade de tiro ao alvo, na qual os jogadores participam de simulações de operações policiais, militares ou de mera recreação com armas de pressão que atiram projéteis plásticos não letais, utilizando-se frequentemente de táticas militares. A modalidade está em crescimento na região e exige habilidade, conhecimento e respeito dos participantes.

Superação é a palavra que define bem quem acaba de completar mais uma maratona. No dia 22 de abril, o desafio do atleta Geniomar Pereira, Diretor Comercial da Rede Lojacorr, foi em Londres, na 37ª London Marathon 42 km, com largada em Blackeath, dada pela Rainha Elizabeth II, no Castelo de Windsor. Aliás, para quem não sabe, foi pela família real que a maratona teve sua distância original alterada, a corrida tinha cerca de 40 quilômetros, porém, nas Olimpíadas de Londres de 1908, o percurso mudou para 42.195 metros, para que a prova terminasse em frente ao camarote real, no Estádio Olímpico. O trajeto da prova foi emoldurado por alguns dos mais famosos cartões-postais britânicos, cercados pelo rio Tâmisa: passou pela London Eye, Tower of London e Tower Bridge, Houses of Parliament, Big Ben, enfim, o grupo correu pelos hemisférios Leste e Oeste, já que o percurso cruzou o Meridiano de Greenwich. “A Maratona de Londres faz parte do World Marathon Majors, circuito das seis mais importantes maratonas do planeta e uma das mais concorridas. Tive o prazer de correr entre 40 mil atletas, com final sofrido, principalmente nos últimos 10 quilômetros, mas mesmo exausto, na base da força de vontade e da fé, completei a prova em frente ao Palácio de Buckingham, com lágrimas nos olhos e o coração transbordando de alegria”, conta.

O Corretor, Tiago Montanha, e seus alunos de Karatê-Do. Geniomar Pereira correndo em Londres.

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

41


BOAS PRÁTICAS

Corretora aposta nas redes sociais para divulgação de seguros Depois da primeira viagem internacional, em poucos meses, em maio, ela já fez outra grande viagem, para a Europa: visitou Inglaterra, França, Bélgica, Holanda e Itália. E agora, está voltando em agosto como acompanhante do seu noivo, Karlay Almeida, também Corretor de Seguros da Rede Lojacorr, que foi sorteado em campanha de vendas da Liberty – juntas, as corretoras Nicolletti, de Lilian, e MK, de Karlay, formaram o grupo responsável pela Unidade Lojacorr Maranhão. “Mais uma vez, certamente, fiz muitos ‘Stories’ de vídeos da viagem para meus seguidores”, diz. A Corretora de Seguros, Lilian Nicolletti.

E

stratégia barata e eficaz para fazer o marketing de sua corretora de seguros – assim Lilian Nicolletti vê as redes sociais na Internet. Com quatro anos de mercado, a Nicolletti Corretora de Seguros, em São Luís do Maranhão, tem obtido muitos clientes por meio das postagens de Lilian. “Pesquiso muito sobre marketing em redes sociais, acompanho, por hashtags [o símbolo do jogo da velha #] com as palavras seguros ou Lojacorr, o que colegas estão fazendo, e com isso vou tendo ideias de novas publicações. Gosto muito de criar vídeos explicativos – ‘O que é’ tal coisa em seguros, explicando o significado de palavras com as quais o consumidor não está tão familiarizado”, conta. Sua rede social favorita é o Instagram, apesar de apostar também no Facebook e no Youtube. “Acredito nesta estratégica de vendas para o meu perfil de clientes do varejo. A divulgação via rede social ajuda a fortalecer o nome da empresa, das seguradoras parceiras e da instituição seguro”. No Instagram ela tem usado bastante o recurso “Stories” para mostrar visitas a companhias de seguros, por exemplo. “Isso ajuda o cliente a conhecer aquela empresa, a ver que se trata de uma grande estrutura – muitas vezes é um mercado desconhecido para a grande população”. Em março, Lilian fez sua primeira viagem internacional: foi à Disney, em Orlando, EUA, em comemoração ao seu aniversário. “Passei em frente à SulAmérica, filmei o prédio que eles têm em Orlando e marquei os perfis dos executivos daqui do Brasil”. Nesta mesma viagem, ela estava em um restaurante italiano, quando conheceu um jovem americano que mora no Kansas, mas fala português, por ser filho de brasileiros. Foi então que decidiu gravar uma breve entrevista, na qual o convidado contou aos seguidores de Lilian, no Instagram, como funciona o seguro de automóvel nos Estados Unidos, quais as diferenças em coberturas e opções de pagamento. “Nós temos curiosidade em saber como funciona a venda de seguros em outros países”. 42

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

Além dos vídeos, Lilian desenvolve a criação de imagens explicativas sobre seguros ou produtos e suas companhias, com a ajuda de um designer prestador de serviço que cria as artes que ela imagina. “Isso tem um preço em conta e traz um retorno incrível”, garante. Outra forma de divulgação bastante utilizada por Lilian são as listas de transmissão do WhatsApp. “Compartilho os posts criados por mim e pelo designer a todos os meus contatos de telefone, e isso gera bastante retorno de vendas – para mim, esta é a rede social que mais tem funcionado, e em segundo lugar, o Instagram”. Ao mergulhar no universo das redes sociais, a Corretora de Seguros percebeu que utilizar sua imagem pessoal trazia mais retorno. São mais de 3.300 seguidores na conta pessoal do Instagram (@lnicolletti) e mais de 5.500 na da empresa (@nicolletticorretoradesegs). “Nas redes sociais as pessoas querem saber da vida das outras pessoas. Assim, identifiquei que quando postamos algo muito corporativo, com informações e o logo da empresa, gera poucas curtidas. Já quando tem a imagem da pessoa, no caso, eu, Corretora de Seguros, falando algo sobre a área, desperta muito mais interesse”, revela. “Tenho no Instagram meu perfil pessoal e o da empresa. Sempre capto mais vendas com as publicações no meu pessoal, por isso estou sempre alimentando e passei a deixá-lo aberto para visualização de qualquer pessoa, não somente meus amigos. As pessoas veem que a Lilian namora, é mãe, faz academia, e tem a Nicolletti Seguros. Querem admirar a mulher, para fechar negócios com ela. É impressionante como gera mais negócios dessa forma”. Apesar de ser maranhense, Lilian cresceu no Estado de Rondônia, voltando adulta à terra natal. As redes sociais ajudam a divulgar seus serviços entre os amigos de Rondônia e pessoas de todo o Brasil. “Apesar de a grande maioria dos meus clientes ser do Maranhão, tenho muitos em Rondônia e que continuam indicando outros de lá. A rede social te projeta, consegui também clientes em outros Estados. Minha fonte de venda são as indicações dos próprios clientes e a rede social”, finaliza Lilian.


JURÍDICO

Inadimplência no contrato de seguro

Contudo, este assunto ainda pode ter diversas nuances em relação à responsabilidade do Corretor de Seguros e à aplicação da Tabela pro rata die. No entendimento das seguradoras, basta o simples inadimplemento do segurado, para que haja o imediato cancelamento da apólice e, assim, ocorrendo qualquer sinistro durante o período de inadimplência, o segurado e/ou beneficiário não teria direito a indenização. Todavia, embora seja esse o procedimento adotado pelas seguradoras, não é o que tem sido aplicado por nossos Tribunais, inclusive pelo Superior Tribunal de Justiça, que sedimentou suas decisões no sentido de que para que a seguradora cancele a apólice de seguro por inadimplência no pagamento do prêmio, deve constituir o segurado em mora, previamente. Somente após a constituição em mora é que, então, poderá cancelar o seguro. E a constituição em mora, a princípio, deve ser feita ao segurado pela seguradora, por meio de notificação/interpelação extrajudicial. Nesta linha, destaca-se a decisão abaixo, relatada pelo Ministro do STJ – Superior Tribunal de Justiça, Aldir Passarinho Júnior, ao julgar o Recurso Especial nº 867.489/PR. “CIVIL. RECURSO ESPECIAL. SEGURO PRESTAÇÕES. ATRASO. CANCELAMENTO AUTOMÁTICO. IMPOSSIBILIDADE. AUSÊNCIA DE INTERPELAÇÃO DO SEGURADO. JUROS MORATÓRIOS. NOVO CÓDIGO CIVIL. ‘O mero atraso no pagamento de prestação do prêmio do seguro não importa em desfazimento automático do contrato, para o que se exige, ao menos, a prévia constituição em mora do contratante pela seguradora, mediante interpelação’ (STJ, 2ª Seção, REsp nº 316.552/SP, Rel. Min. Aldir Passarinho Júnior, por maioria, DJU de 12/04/2004). Destacamos

Robson Luiz Schiestl Silveira Robson Luiz Schiestl Silveira, OAB/PR 56.763, Advogado Especialista em Direito de Seguros, sócio do escritório Silveira&Ostroski Advogados Associados.

O

tema “inadimplência no contrato de seguro” é bastante amplo e recentemente o entendimento foi sumulado pelo STJ, da seguinte forma:

Súmula 616 STJ A indenização securitária é devida quando ausente a comunicação prévia do segurado acerca do atraso no pagamento do prêmio, por constituir requisito essencial para a suspensão ou resolução do contrato de seguro. Referências: Dec.-Lei nº 73/1966, art. 12. Circular Susep n. 67/1998, arts. 1º, 2º e 3º. AgRg no Ag 1.381.183-SP (4ª T, 03.10.2017 – DJe 11.10.2017) Segunda Seção, em 23.05.2018 - DJe 28.5.2018

“Quanto ao mais, já decidiu esta Corte Superior que a inadimplência do segurado não é causa, por si só, para que a seguradora se escuse do pagamento do capital segurado, cabendo a esta, antes da recusa, notificar o devedor para que possa purgar a mora”. AgRg no Ag 1286276 (STJ, 2010/0044650-3 de 24/10/2016). Destacamos “Conforme os inúmeros precedentes citados, tanto na decisão monocrática quanto no acórdão do regimental, o entendimento desta Corte Superior é no sentido de que a interpelação é imprescindível antes do cancelamento do contrato, providência não observada pela embargante. Com efeito, os julgados deste Tribunal não diferenciam a quantidade de parcelas em atraso, protegendo o direito do segurado de não ter a avença unilateralmente cancelada, sem nenhuma espécie de aviso prévio ou oportunidade para quitar o inadimplemento, sobretudo à época de receber a indenização securitária”. (STJ, AgRg no REsp 1104533(2008/0254895-6 de 01/12/2015). Destacamos E, em razão da aplicação do CDC, a Corretora de Seguros poderá ser responsabilizada se for demandada, por fazer parte da cadeia de fornecedores na relação de consumo, e apesar deste entendimento ainda ser controvertido na jurisprudência, não há inexistência deste risco. Por isso, é recomendável toda a atenção com este aspecto, retransmitindo aos segurados as informações recebidas das seguradoras, bem como prestando as orientações corretas nas hipóteses de negativas de indenização, para evitar que a Corretora de Seguros também venha a ser demandada.

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

43


TREINACORR

“Treinamento... de novo?” Por Matheus Campos, Analista de T&D (Treinamento e Desenvolvimento), da Rede Lojacorr

E

u sei, eu sei... participar de um treinamento nem sempre está na lista das melhores coisas para se fazer durante o dia. Mas, por que podemos dizer que é importante?

O treinamento é um dos meios pelos quais alcançamos algo importantíssimo: a capacitação, ou qualificação profissional. Derivada do latim CAPACITAS, a palavra capacidade traz o conceito de “amplitude” ou “aquilo que abrange muito”, o “todo”. Resolver problemas, criar o novo, nos comunicarmos, enfim, toda a amplitude daquilo que somos e do que fazemos parte do princípio de nossa capacidade de realização, algo que pode ser adquirido por experiência própria ou por aprendizado mútuo. A principal diferença entre essas duas formas de aquisição de conhecimento, ou capacitação, é algo valioso: o tempo. Atuamos em um mercado extremamente volátil, no qual as mudanças ocorrem de uma hora para outra, em um piscar de olhos, e para muitos seria necessário um dia de 48 horas para acompanhar essa transformação.

Viu só? Aprender e treinar, embora tenham significados diferentes, são complementos importantíssimos, e ambos, lado a lado, geram a capacitação que, por sua vez, pode tornar um profissional mais preparado, ágil e assertivo. Aqui no Treinacorr, acreditamos que por meio de encontros presenciais e online o aprendizado pode ser multiplicado, já que a troca de observações, experiências e melhores práticas enriquece a capacitação e promove o desenvolvimento profissional. Por isso, invista seu tempo em treinamento, conheça, multiplique, e dessa forma, unidos no aprendizado, continuaremos a ser a maior e mais qualificada Rede de Corretoras de Seguros independente do Brasil.

A Rede Lojacorr investe em Treinamento de Norte a Sul

“Ok, você sabe que meu dia é corrido, e mesmo assim quer que eu pare 2 horas ou mais por semana para treinar?”, talvez você se pergunte, e minha resposta é: SIM. Vou te explicar o porquê. Em alguma situação, pessoal ou profissional, você já passou um longo período tentando resolver um problema, e ao encontrar a solução veio à sua mente a famosa frase “Por que eu não pensei nisso antes?”. Isso é comum, afinal, enxergar o óbvio nem sempre é tarefa fácil, e alguns problemas têm uma solução complexa, que merecia ser estudada. E quer saber? Muitas dessas soluções realmente foram estudadas, catalogadas, pesquisadas por pessoas que passaram pelo mesmo problema que você e que podem te ajudar a economizar o seu precioso tempo. É claro que, para realizarmos o estudo de certos assuntos, também é necessário tempo. Mas podemos entender isso como uma moeda de troca, pois o tempo, neste caso, deve ser observado como investimento e não como perda, já que conhecendo antecipadamente a ação a ser tomada diante de um desafio, o processo torna-se mais simples, fácil e rápido. Por meio deste breve contexto, podemos perceber que em diversas situações perdemos tempo com algo que poderia ser resolvido mais rapidamente, se tivéssemos o conhecimento necessário. Entendemos, dessa forma, que aprender é um processo que pode ser penoso, por meio de nossas próprias e longas experiências, ou simplificado, por meio de estudo.

Belo Horizonte - MG

Brasília - DF

Campina Grande - PB

Campinas - SP

Centro-Oeste - MG

Florianópolis - SC

Mas aprender e treinar é a mesma coisa? Vou te contar uma breve história que pode explicar a relação entre essas duas ações. Quando eu tinha 10 anos de idade, ganhei um violão do meu pai, e rapidamente busquei aprender a tocar este instrumento, por meio de videoaulas, revistas etc. Lembrome, nessa época, de ter um amigo com a mesma idade que eu, que estudava tais materiais junto comigo. Ambos aprendemos juntos as primeiras notas, os primeiros acordes e as primeiras músicas. Hoje, após alguns anos, eu continuo sabendo o básico de violão, enquanto este amigo tornouse músico profissional. Qual a diferença entre nós? O aprendizado dele andou lado a lado com o treino, o que fez com que ele aperfeiçoasse suas habilidades rapidamente. 44

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

Londrina - PR

Rio de Janeiro - RJ

Maringá - PR

Aracaju - SE


CONTABILIDADE

Vantagens do Corretor de Seguros Pessoa Jurídica x Pessoa Física Comissão Média Pessoa Física (R$) 3.000,00 5.000,00 7.500,00 10.000,00 12.500,00 15.000,00

Ganho Líquido Anual Pessoa Jurídica (R$) 801,26 3.975,44 7.943,16 11.910,87 15.878,59 19.846,31

Para chegar a estes valores, seguem premissas para que você possa fazer sua própria conta: 1 - O Corretor precisa identificar sua média mensal de comissões recebidas como Pessoa Física, para saber qual a sua vantagem em migrar.

Luiz Fernando Cordeiro de Souza Diretor da Contsys Assessoria Contábil, Contador e Pós-Graduado em Gestão de Negócios, com MBA em Auditoria Integral pela UFPR. Atua como Profissional Contábil desde 1994, sendo também Perito Judicial e Tributarista. Especialista no ramo de seguros desde 2004, atua na Rede Lojacorr e com os Corretores de Seguros da região. Contato: luiz@contsys.com.br – 41 3022-8023.

2 - O Corretor Pessoa Jurídica atua diretamente na Rede Lojacorr. 3 - Foi considerado que o Corretor Pessoa Jurídica terá custo com contabilidade e administração do seu negócio, e estes já foram considerados para chegar aos ganhos líquidos anuais, conforme demonstrado na tabela. 4 - Não consideramos neste cálculo, despesas provisionadas para 2019 para Corretores Pessoas Físicas que não fizerem migrações.

O que mais é necessário analisar antes de tomar a decisão de migrar?

E

m 2013, as corretoras de seguros foram autorizadas a entrar no Simples Nacional, e esta sem dúvida foi uma revolução neste mercado, pois este ato resolveu em definitivo uma série de questões deste setor, viabilizando esta atividade, que gerou uma grande modificação na Rede Lojacorr. Com estas transformações, muitas dúvidas surgiram por parte dos Corretores, e para esclarecer, resolvi repassar algumas informações. Para simplificar este tema, a fim de que possamos transmitir uma informação precisa e transparente, criei uma tabela, demonstrando a grande vantagem nesta migração. E nada mais do que números, para melhor entendermos esta situação. Em um primeiro momento, demonstrarei exemplos de receita média mensal e ganhos anuais:

Já citei em artigo anterior alguns benefícios que o Corretor Empresário tem após o enquadramento no Simples Nacional, como por exemplo: - INSS reduzido a 11%, tanto para funcionário quanto para sócio. - Registro e desenvolvimento de sua marca junto à Rede Lojacorr. - Alvará Comercial para quem possui escritório. - Se preparar para uma sucessão familiar após a aposentadoria. - Vantagens comerciais de uma PJ para aquisição de bens e serviços, entre outras.

Bom, acho que já dá para ter uma ideia melhor de como viabilizar seu rendimento. Agora é com você! Se tiver dúvidas, pode entrar em contato conosco, que o ajudaremos.

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

45


INSPIRAÇÃO

Autoconhecimento e emoções

positiva da vida, o foco em soluções. Ao se autoconhecer, você descobre muitos defeitos seus, mas também toma consciência de habilidades e talentos que nunca tinha pensado o quanto podem contribuir para se sair bem nas situações difíceis. Quando você se responsabiliza por sua vida, tudo se torna mais claro e os caminhos vão se abrindo, pois como se diz “é caminhando que se faz o caminho”. É preciso muita humildade, para se reconhecer muitas vezes muito pior do que se imagina ser, e também uma boa dose de autoperdão, para aprender com os erros e seguir em frente, sem culpas. As emoções básicas, costumeiramente vistas como negativas: o medo, a raiva e a tristeza precisam ser descobertas, ser percebidas. Por traz de cada emoção negativa existe uma potência positiva querendo se manifestar.

Marlise Ferreira Formada em Administração de Empresas, pós-graduada em Psicologia Organizacional, Professional Coach e Analista Comportamental. Ao longo de mais de 23 anos de experiência, sua maior motivação sempre foi a gestão de pessoas e a condução de treinamentos. “O que me faz sentir vivendo por um propósito: inspirar pessoas a buscar a sua melhor versão!”. Atualmente, realiza atendimento de Coaching e ministra palestras e treinamentos.

C

omo você se sente ao ser criticado? Triste ou com raiva? E se você recebe uma acusação que acredita ser injusta, qual a sua reação? Se sente amedrontado ou luta para esclarecer a situação? Quando uma pessoa lhe dirige a palavra de forma grosseira, você responde com raiva ou mantém a calma? De forma geral, não estamos habituados a olhar para dentro de nós, buscando identificar nossas emoções, sentimentos, percepções. O que acontece com frequência em nossas vidas é que vamos reagindo de maneira inconsciente aos fatos e situações. Qualquer interação humana gera emoções, e para sabermos como agir precisamos nos autoconhecer, para reconhecer que emoções foram geradas em cada situação e aprender a lidar com elas. Desenvolver o autoconhecimento não é uma tarefa fácil, pois exige auto-observação e atenção para saber quem você realmente é, quais as emoções que te guiam, e como gerenciar a forma como você reage ao que acontece ao seu redor e dentro de você. O primeiro passo para desenvolver o autoconhecimento e a gestão de suas próprias emoções é se responsabilizar pelo que acontece na sua vida, ao invés de procurar culpados. Se alguém grita com você, está nas suas mãos agir com autocontrole, procurar entender o que levou a pessoa a tomar tal atitude e agir de maneira mais equilibrada. Tudo o que vem de fora não podemos controlar, mas a maneira como lidamos com as situações é, sim, nosso compromisso. Difícil? Sim, mas através da autopercepção você vai descobrindo o que está ao seu alcance mudar, quais os passos que você já consegue dar, quais as habilidades que podem te ajudar a sair de um conflito. Por exemplo, o bom humor, a visão

46

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

Acostumamos ver a raiva como uma emoção destrutiva, onde ela se manifesta tudo destrói, porém se não tivermos a indignação nada é realizado, nada muda. Esta indignação é oriunda da mesma energia da raiva, ou seja, esta emoção pode ser transformada em movimento, ação, atitude, quando se toma consciência de que ela está presente nas suas ações. Tudo é uma questão de tomar consciência. Voltando ao exemplo da pessoa que grita com você, se no momento que isso acontece imediatamente você se reconhece com raiva, você terá condições de alterar o curso de sua reação, nenhuma emoção resiste à luz da sua consciência, ou seja, ao perceber que está com raiva, você poderá escolher agir com indignação, com movimento, e procurar usar esta energia para entender o que levou a pessoa ao grito. Uma simples pergunta desarma a situação: porque você está gritando? E o rumo da conversa pode mudar. O medo, uma emoção primitiva que nos leva a um estado de alerta de lutar ou correr, conhecido como covardia: “pessoas medrosas são covardes” é o que geralmente pensamos, mas nunca paramos para olhar para nossos próprios medos. Todos nós temos muitos medos e quando você reconhece isso poderá ir analisando onde eles se manifestam na sua vida. Assim como a raiva, o medo é uma emoção muito importante que te ajuda a ser mais prudente, a olhar as situações e buscar prever onde precisa de mais segurança. O que você deve estar sempre atento é para que o medo não te paralise, que pela sua presença você deixe de realizar tudo aquilo que deve fazer na sua vida, para evoluir, amadurecer, aprender e ter sucesso. Para uma vida com mais realizações, é fundamental encarar os próprios medos e montar estratégias que te levem a ir além deles. A tristeza, uma emoção típica de todos nós, caracterizada pela falta de ânimo e disposição, é muitas vezes vista como fraqueza. No mundo globalizado e interconectado, onde só se pode mostrar alegria, sucesso, realizações, quem fica triste se sente ainda pior, pois não pode demonstrar, porém a tristeza tem uma função importantíssima em nossas vidas. Quando você está triste, é o momento mais que especial de olhar para dentro de si e de se perguntar o que esta emoção está querendo trazer de reflexões sobre sua vida. Quais aprendizados você pode levar dos seus momentos tristes? Nem que seja apenas para reconhecer a diferença quando se está alegre. A alegria, também uma emoção básica que nos traz o equilíbrio para o dia a dia, se manifesta no bom humor, na positividade, na forma mais leve de ver a vida. Para o autoconhecimento, a alegria é imprescindível, pois é através dela que você tem entusiasmo para continuar, para lutar pela vida. A melhor maneira de começar a criar uma vida mais feliz é olhar para dentro e sincronizar nossas emoções com nossos sonhos e projetos. Carl Gustav Jung, famoso psiquiatra suíço que fundou a Psicologia Analítica, dizia que “até você se tornar consciente, o inconsciente irá dirigir sua vida e você vai chamá-lo de destino”. Para que possamos ser os protagonistas de nosso destino, nos tornarmos mais conscientes é o caminho mais seguro que podemos escolher.

Um grande abraço e até a próxima!


REVISTA CORRETORA DO FUTURO

47


48

REVISTA CORRETORA DO FUTURO

24ª Ed. Revista Corretora do Futuro  

A Revista Corretora do Futuro tem circulação trimestral e é o meio oficial de comunicação da Rede Lojacorr. Rua Desembargador Westphalen, 86...

24ª Ed. Revista Corretora do Futuro  

A Revista Corretora do Futuro tem circulação trimestral e é o meio oficial de comunicação da Rede Lojacorr. Rua Desembargador Westphalen, 86...

Advertisement