Page 1

O

Pela primeira vez nas Américas, o Brasil será sede do campeonato mais forte da categoria escolar. O mundial de xadrez estudantil vai acontecer na cidade de Juiz de Fora - MG entre os dias 26 de novembro a 4 de dezembro e vai trazer crianças e adolescente de todas as culturas do mundo. Confiram mais na matéria de Xadrez do jornalista e editor Frederico Gazel.

Dia das Crianças é uma das datas mais lucrativ as do calendário nacional, porém em 2014 o cenário não será tão auspicioso. De acordo com pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), a expectativa do comércio é de crescimento moderado, entre 0,5% e 1,5% em relação ao ano passado. Confiram mais na matéria do jornalista e Editor - Felipe de Jesus.

ais um caso de racismo parou o Brasil: O caso Aranha. Santos x Grêmio se enfrentaram pela Copa do Brasil, no dia 28 de Agosto em Porto Alegre. Os donos da casa estavam perdendo e uma torcedora foi flagrada chamando o goleiro Aranha de “macaco”. Confiram mais no artigo da jornalista Karine Aonso.

Não é de hoje que os times de base do mundo inteiro recebem milhares de crianças que sonham com a carreira de jogador de futebol. E em Belo Horizonte não é diferente. O desejo de ser um novo Ney mar, Cristiano Ronaldo, faz com que meninos de todas as idades procurem as escolinhas de futebol, conhecidas como ‘peneira’. Leia mais no artigo da Editora Jô Amaral sobre este tema.

Leia na página 3

Leia na página 5

Leia na página 6

Leia na página 10

M

Edição 26 - ANO 5 - Outubro e Novembro de 2014 -

R$ 1,00

Publicação da Agência de Comunicação e Publicidade Correio Eletrônico (ACPCE) www.jornalcorreioeletronico.com.br Todos os Direitos reservados

Revista

Foto da cantora Isa Santana: Estúdio 53

REVELAÇÃO

Isa Santana

O

amor pela viola e pela música sertaneja tem feito a carreira da cantora e compositora Isa Santana deslanchar. A belo-horizontina de apenas 15 anos traz em seu currículo grandes apresentações ao lado de nomes como Jorge e Mateus, Alan e Alex, Fred e Gustavo, dentre outros. Confira mais sobre a carreira da cantora, os planos e expectativas para 2015!

Página Bolsa de Valores corre o risco de ter uma queda de 25% caso haja reeleição?? reeleição???

musicais e agita fãs do sertanejo

Capital Inicial lança novo EP com influências do Led Zeppelin

Karine Alonso

U

ma pesquisa realizada pela XP Investimentos e divulgada pela InfoMoney com 116 gestoras e assets mostrou quais as expectativas individuais sobre o "alvo" do Ibovespa dependendo do resultado das eleições com a vitória de Dilma Rousseff (PT) ou Aécio Neves (PSDB). A pesquisa era bem "direta ao ponto": para cada candidato, o gestor escolhia uma das cinco alternativas: 11- abaixo de 40 mil pontos; 22- entre 40 mil e 50 mil; 3- entre 50 mil e 60 mil; 44- entre 60 mil e 70 mil; 55- acima de 70 mil pontos. Confiram no editorial!!

Página 7

Página 2

8 Assessoria - Capital Inicial

Festeja BH traz grandes atrações

Leia mais:

Página 9


Revista

Editorial

2

Felipe de Jesus

Presidente /Jornalista e Design Responsável

Se Dilma vencer a Bolsa de Valores pode cair 25%??

Felipe José de Jesus Jornalista (JP) - (FENAJ:15.263-MG - SJPMG) - (Federação Nacional dos Jornalistas - Brasília) Design - (APPB:3.040- RP/SP) - (Associação dos Profissionais de Propaganda do Brasil - RP- SP) Editor Geral do JCE: Diretor de Redação / Editor de Economia e Finanças e Entretenimento Extensão Universitária: Comunicação Empresarial Pós graduado (Lato Sensu) em Administração e Marketing Mestrando em Comunicação Social: Especialização em Jornalismo e Ciências da Informação TI Bacharelando em Teologia - (Teologia) - Faculdade Esabi/BH/MG

D

esde 17 de março, dia em que teve seu menor fechamento do ano, o Ibovespa engatou um movimento de alta que já chega a 30%, saltando daqueles 44 mil pontos para os atuais 59 mil pontos - seu maior patamar em 17 meses -, em um movimento chamado de "rali eleitoral", já que a disparada teve início com a divulgação das pesquisas eleitorais. Se as novidades políticas têm gerado bons "trades" e trazido um pouco do brilho que a Bovespa há muito tempo não mostrava, os grandes "players" do mercado já começam a enxergar um "risco" muito maior que o "retorno" nos 3 prováveis desfechos para a eleição, dando indícios de que esse rali pode estar bem próximo do fim. Uma pesquisa feita pela XP Investimentos com 116 gestoras e assets mostrou quais as expectativas individuais sobre o "alvo" do Ibovespa dependendo do resultado das eleições vitória de Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) ou Marina Silva (PSB). A pesquisa era bem "direta ao ponto": para cada candidato, o gestor escolhia uma das cinco alternativas: 11abaixo de 40 mil pontos; 22- entre 40 mil e 50 mil; 3- entre 50 mil e 60 mil; 44- entre 60 mil e 70 mil; 55acima de 70 mil pontos. O resultado das 116 respostas mostra que, em caso de vitória do Aécio Neves, o "alvo" do Ibovespa estaria na faixa de 65.900 pontos, o que dá um "upside" (potencial de valorização) 11,7% em relação ao fechamento da última quintaquintafeira (21), dia de divulgação da pesquisa. Caso Marina vencesse o pleito, o índice da Bolsa poderia ficar estacionado em 59.400 pontos. Já em uma reeleição de Dilma, ele mergulharia para 44.700 pontos, o que abre um "downside" de 24,2%.

Conselho Editorial RCE - Jornalistas (JP) Karine Alonso Jornalista (JP) - (FENAJ:16.315.MG - SJPMG) - (Federação Nacional dos Jornalistas - Brasília) Diretora / Editora de Esportes e Fotografia (Imagem em Pauta) Pós graduando em Jornalismo Esportivo Frederico Gazel Jornalista (JP) (FENAJ:15.423-MG - SJPMG) - (Federação Nacional dos Jornalistas - Brasília) Diretor / Editor de Xadrez - (Xadrez) Mestre FIDE (Mestre da Federação Internacional de Xadrez)

Parceiros/ Colunistas Jô Amaral - Jornalista - (Coluna: Em Campo)

Comercial JCE (Marketing - Publicidade) Felipe de Jesus - Jornalista (JP) e Design (P) Karine Alonso - Jornalista (JP)

Distribuição da Revista e Diagramação Jornalista (JP) e Design: Felipe de Jesus

Fotografia: Equipe da RCE e Divulgação Assinatura da revista e anúncio (Anuncie na revista e ganhe sua publicidade no site do JCE) agenciadecomunicacaocorreio@gmail.com e jornalcorreioeletronico@gmail.com https://www.facebook.com/pages/Jornal-eRevista-Correio-Eletr%C3%

Site do Jornal Correio Eletrônico www.jornalcorreioeletronico.hol.es

31- 8561– 5255

Impressão: Gráfica IMAGE - Artes Gráficas - Belo Horizonte - Minas Gerais Uma publicação da Agência de Comunicação e Publicidade (ACP Correio Eletrônico) Contatos: OI (031) 8561 - 5255 - OI:8570-7347 (BH-MG) e CLARO: (031) 8254 - 5811

CNPJ: 17.169.522/000117.169.522/0001-14 - MEI (ATIVO) Todos os Direitos Reservados - 2012

*Com informações do InfoMoney*

Fala leitor.. Este espaço é para os leitores da ‘Revista Correio Eletrônico’ deixarem seus comentários sobre as nossas matérias, artigos e capa preferida . Participe, o seu comentário pode sair na próxima edição!

Felipe de Jesus Editor Geral E-mail: jornalcorreioeletronico@gmail.com

L

eio a revista sempre pela internet e acho ela muito bacana, principalmente por trazer matérias sobre novos discos e novos cantores. Ainda não conhecia o trabalho do Tom Nascimento, mas tive a oportunidade de ir na Festa do Trabalhador este ano e pude acompanhar o show dele. É um grande músico com uma banda impecável e que merece destaque no nosso cenário mineiro e claro, nacional. FunkFunk-Se RockRock-Se é um ótimo disco, mas como foi lançado há uns 2 anos, estou sentindo falta das novidades do Tom. Quanto a revista ao qual ele foi capa, achei o máximo, pois não tinha a ideia do tamanho sucesso que ele estava fazendo. Parabéns para a equipe de jornalistas e para o editor que caprichou mesmo nesta edição. Um forte abraço para todos e aguardo a próxima revista ansiosa!! Bruna Silva - Nutricionista - BH/MG

FilieFilie-se e adquira a carteira de associado - Contato BH: (031) 82548254- 5811 / 85618561-5255


No ranking... Jornalista (JP) Felipe José de Jesus (Guia Profissões)

A

lgumas carreiras andam com a concorrência acima do normal, como por exemplo a Medicina. Em algumas universidades, a relação candidato por vaga chega a ser bem maior que 100. As instituições de ensino federais costumam ser as mais concorridas, por oferecerem aos candidatos uma melhor qualificação para o mercado de trabalho e também por serem gratuitas. Além do curso de Medicina, outros três tem chamado muito a atenção de acordo com pesquisas: Engenharia Civil, Direito e Jornalismo – Comunicação Social que aparece em 3ºlugar da lista. Com o programa do Ministério de Educação (MEC), o Sistema de Seleção Único (Sisu) o número de pessoas com interesse em ingressar em uma Universidade aumentou e muito. São diversas as instituições de ensino superior que aderiram o programa do MEC. O Sisu é um sistema que gera uma lista de classificação a partir das notas obtidas pelos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Para os interessados que desejam utilizar o Sisu é indispensável que participem do ENEM. Confiram abaixo as carreiras mais concorridas no mercado. 1 – Medicina São muitos os que possuem interesse em ser medico(a), por isso a concorrência é grande para conquistar uma vaga numa federal. A universidade mais cotada é a UNESP, localizada no estado de São Paulo. Este curso tem duração de 6 anos sem contar a especialização. Após formado o estudante pode ter um salário inicial de R$2.860 mensal. 2 – Engenharia Civil Esta é uma profissão que está em ascensão no Brasil, devido aos eventos de esportes que serão realizados no país. . Quando formado o salário inicial é de R$3.060 mensal, se o profissional trabalhar por 6 horas diárias. 3 – Jornalismo (Comunicação Social) O curso de jornalismo dá um leque de

Foto: Imagem divulgação

Jornalismo está entre as 10 profissões mais concorridas do mercado de trabalho brasileiro O curso tem sido bastante procurado por causa dos eventos esportivos que estão sendo realizados no Brasil

Com a volta do diploma para o exercício da profissão de jornalista em 2013 e com a realização da Copa do Mundo no Brasil, muitos estudantes estão optando pelo curso de Jornalismo

opções para o estudante após se formar, são várias áreas que abrangem no mercado de trabalho, entre elas : Comunicação Digital Multimídia, Comunicação Empresarial, Edição, Fotojornalismo e Reportagem. Após cursar por 4 anos o salário inicial do jornalista é uma média de R$1.883 mensais. As faculdades mais cotadas são UEL e UNESP. 4 – Direito Os estudantes de Direito estudam as leis para poderem fazer a defesa de seus clientes em diversas causas como penal, civil, comercial, tributária e trabalhista. O curso tem duração de cinco anos, o salário inicial de um advogado é uma média de R$1.800 mensais. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) oferece o melhor curso do País.

Assine a ‘Revista Correio Eletrônico’ Uma publicação mineira de cultura, lazer, xadrez, fotografia, eventos, finanças-economia e turismo.

Peça já a sua pelo:

Receba a revista em sua residência e ganhe também a

6 – Ciências da Computação Com a tecnologia em alta o curso está cada vez mais concorrido. O profissional dessa área costuma desenvolver aplicativos, programas e sistemas. O curso que possui 4 anos de duração oferece ao estudante um salário inicial de R$1.100. A Universidade Federal do Ceará (UFC) oferece o melhor curso. 7 – Arquitetura e Urbanismo O curso de Arquitetura e Urbanismo abrangem diversas áreas, após cinco anos cursando o estudante pode atuar em Arquitetura Industrial, Arquitetura de Interiores e etc. O salário inicial é em média R$3.060. A instituição de ensino que oferece o melhor curso é a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). 8 – Enfermagem O profissional de enfermagem pode atuar nas diversas áreas da saúde. O salário inicial para esse profissional é em torno de R$1.900. A instituição de ensino que oferece o melhor curso é a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). 9 – Farmácia A USP é a instituição que oferece o melhor curso de Farmácia. Os estudantes aprendem no curso a preparar cosméticos, medicamentos e etc. O curso possui 5 anos de duração e proporciona ao seu formando um salário inicial de R$1.400.

agenciadecomunicacaocorreio @gmai.com

Ou pelos telefones: (031) 8561-5255 (031) 8570-7347

5 – Publicidade e Propaganda (Comunicação Social) O curso de Publicidade e Propaganda costuma durar em média 4 anos. O estudante que se forma tem um salário inicial de R$1.800 mensais. A instituição de ensino superior mais cotada no país é a Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), localizada na cidade de São Paulo.

Apenas: R$ 50 por ano

10 – Psicologia Os psicólogos podem trabalhar em diversas áreas depois de formados, além da psicologia clínica. O salário inicial para essa profissão é de R$1.800.

3


Fotos: Divulgação

Xadrez...

4

10º Campeonato Mundial de Xadrez Escolar será realizado no Brasil A cidade de Juiz de Fora em Minas Gerais será palco de um dos eventos mais importantes do mundo no esporte

Jornalista (JP)

Frederico Gazel

P

ela primeira vez nas Américas, o Brasil será sede do campeonato mais forte da categoria escolar. O mundial de xadrez estudantil vai acontecer na cidade de Juiz de Fora MG entre os dias 26 de novembro a 4 de dezembro e vai trazer crianças e adolescente de todas as culturas do mundo. O evento conta com a promoção da Federação Internacional de Xadrez (FIDE), a Confederação Brasileira de Xadrez (CBX) e a Federação Mineira de Xadrez (FMX). Instituído no calendário anual da Federação Internacional de Xadrez (FIDE), o Campeonato Mundial de Xadrez Escolar é uma oportunidade para os menores de 18 anos e inscritos em suas entidades escolares mostrarem suas forças no tabuleiro. Em nove dias de competição, os atletas vão brigar pelo pódio em suas respectivas categorias divididas em idades de: 7 a 17 anos entre masculino e feminino. Para reger as centenas de crianças no salão nobre do Independência Trade Hotel, o responsável pela arbitragem da competição será o árbitro brasileiro, Élcio Mourão. Para ele, o contato com diversos atletas de etnias e qualidades diferentes favorece o crescimento do xadrez em nosso país. “É o evento de maior importância da categoria estudantil e será uma grande oportunidade para nossas crianças que vão ter experiências com outros estudantes de todas as partes do mundo”, classificou. Das categorias, as de menor idade será um desafio para parte dos atletas mirins. Muitos ainda estão no processo de amadurecimento do jogo, outros nem mesmo disputaram uma

competição de tamanho porte. O treinador de xadrez, José Antônio Nery Jr., levará três de seus atletas neste evento e ele classifica como um torneio único para a vida destas crianças. “Vai ser uma oportunidade única na vida de cada um dos enxadristas que tiverem a chance de disputar uma competição de tamanha importância, como esse mundial. Isso por que grandes competições geralmente ficam fora do eixo da América do sul”, pontuou o treinador. Ainda segundo ele, os mais novos terão algumas desvantagens por não serem acostumados a jogar torneios longos e com nove partidas duras. O torneio >> Os atletas terão em média, cerca de 5 horas por jogo e podem

acabar antes com o xeque-mate. Todos os jogadores farão 9 partidas, uma por dia, tornando-se campeão aquele que somar mais pontos no sistema “pontos corridos” chamado de schuring no xadrez. A premiação será logo após a última rodada com troféus aos 3 primeiros de cada categoria e o título de Candidato a Mestre concedido pela FIDE ao campeão de cada categoria. O prazo final para a inscrição vai até o dia 28 de outubro não sendo aceitas inscrições posteriores a esta data. Paralelamente, haverá o 1º Festival Internacional de Xadrez em Juiz de Fora, com palestras, desafios de tabuleiros simultâneos, curso para professores, torneios amistosos e demais atrações. Site oficial >> http://www.wscc2014.com/


S

Foto: Assessoria - CDL/BH

Economia... Comércio de BH espera faturar R$ 2,24 bi com Dia das Crianças Vendas terão queda de quase 2% se comparado ao ano passado

Jornalista (JP) Felipe José de Jesus

O

Dia das Crianças é uma das datas mais lucrativas do calendário nacional, porém em 2014 o cenário não será tão auspicioso. De acordo com pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), a expectativa do comércio é de crescimento moderado, entre 0,5% e 1,5% em relação ao ano passado, com um faturamento de R$ 2,24 bilhões. O percentual é pequeno se comparado a 2013 que teve quase 3% de crescimento. Os principais motivos apontados por especialistas da área são a conjuntura econômica menos favorável ao consumo, a elevada taxa de juros e, principalmente, a pressão inflacionária, que acomete o salário dos trabalhadores. A economista Ana Paula Bastos, da CDL/BH, não esconde que o crescimento será baixo em relação a 2013. Entretanto, ela lembra que o endividamento dos consumidores ajudou para esse cenário ruim. “Estamos enfrentando taxas de juros altíssimas e falta de crédito para o consumidor. Muitos consumistas estão endividados desde 2012, pois compraram bens duráveis, como carros e eletros. O comércio tem apresentado uma baixa, pois as datas comemorativas do calendário brasileiro têm tido um avanço aquém do esperado. O cenário é cauteloso e os empresários estão com receio devido o baixo crescimento da economia. Mesmo assim, 43,02% dos entrevistados pela pesquisa, esperam vendas iguais aos do ano passado”. Segundo Ana Paula, a Associação Brasileira de Fabricantes de Brinquedos (Abrinq) acredita em um crescimento de 12% em relação a 2013 para as vendas. A economista falou ainda sobre o ticket médio de no máximo R$ 75 para essas compras. “Nos últimos anos, o ticket médio era de R$150, isso garantia que os pais comprassem brinquedos mais tecnológicos. Contudo, o crescimento mais baixo impede a compra de um de algo mais elaborado. Mesmo assim, o brinquedo tecnológico ainda é o item que deve apresentar melhor desempenho, segundo 37,11% dos entrevistados. Em seguida estão: roupas com 23,71%, calçados com 20,62%, jogos eletrônicos com 5,15%, maquiagem com 4,12%”.

Economista Ana Paula: “O governo acreditou no crescimento por meio das commodities, só que a invasão chinesa atrapalhou o comércio”

Preocupação Para a gerente de loja infantil, Selene Bastiane, fica a dúvida em relação ao faturamento por causa do momento econômico. “Não posso afirmar que teremos vendas superiores, no entanto, estamos apostando em quesitos comuns como vitrine e produtos de qualidade para conseguirmos vender mais”. O gerente da Musical Street, Helbert Lopes acredita que o mês de outubro ainda pode gerar bons frutos. “Aposto nesse mês e vou investir em instrumentos mais baratos, para quem está começando a tocar. Sempre trabalho com promoções, por isso espero crescer pelo menos 20%. E se possível aumentar ainda mais esse percentual em dezembro com a chegada do Natal”. Sem temporários De acordo com a analista de pesquisa da Federação do Comérc io de Minas G er ais (Fecomércio MG), Luana Oliveira, a data pode ser uma porta de entrada para o Natal, porém, ela concorda que a demanda de vagas de empregos temporários serão menores. “Os empresários não estão contratando tantos profissionais temporários para atender a demanda como acontecia nos anos anteriores. Apenas 10,2% deles contrataram novos profissionais pensando já em dezembro. 44,4% pretendem fazer ações estratégicas a partir deste mês. Eles estão mais cautelosos devido ao cenário econômico”.

Para a economista da CDL, o valor de vendas poderia ser maior do que o anunciado, só que ela lembra que o governo apostou nos meios errados. “Se tivéssemos um cenário macro econômico, com inflação e taxas de juros mais baixas, poderíamos projetar um crescimento maior. O grande problema enfrentado no Brasil foi que apostaram demais no aumento de vendas por meio das commodities, só que a invasão dos produtos chineses fez o preço dos artigos brasileiros caírem”, conclui.

5


6

Racismo no futebol.......

Fotos: Divulgação

RACISMO Jornalista (JP) Karine Alonso

M

ais um caso de racismo parou o Brasil: O caso Aranha. Santos x Grêmio se enfrentaram pela Copa do Brasil, no dia 28 de Agosto em Porto Alegre, os donos da casa estavam perdendo e isso causou uma irritação na torcida. Uma torcedora foi flagrada chamando o goleiro Aranha de “macaco” juntamente com outro grupo de gremistas. Segundo o jogador, ofensas como “negro fedido” e “seu preto” também foram gritadas das arquibancadas. O fato tomou conta de vários jornais, programas de TV, de rádio, blogs e sites. Uma comoção total a favor do goleiro. Frases de apoio, campanhas foram feitas em defesa do jogador. A gremista foi identificada, Patrícia Moreira da Silva, uma jovem de 23 anos que teve sua vida totalmente modificada, com ameaças de morte, estupro, ofensas e parte de sua casa incendiada. O racismo no futebol sempre existiu e muitas vezes foi levado como fato irrelevante, como o caso do jogador Daniel Alves, que comeu uma

banana jogada da arquibancada normalmente e continuou sua partida. Tinga, jogador do Cruzeiro ao foi vítima de racismo fora do Brasil ao disputar a Libertadores, no Peru. Toda vez que tocava na bola ouvia sons da torcida imitando macaco. Tinga saiu arrasado de campo e disse que trocaria seus títulos pelo fim do preconceito. Já o jogador Aranha fez questão de colocar o caso bem visível a todos. Ainda em campo, abriu os braços, gesticulou e bastante nervoso deu entrevista polêmica ao sair do campo. O racismo existe, mas a forma que é encarado também é de extrema importância para encontrar uma solução sadia para que não haja esse tipo de atitude apenas em campo, mas em qualquer lugar do mundo. Várias dúvidas surgem dentro desse contexto: O clube deve assumir responsabilidade por seus torcedores? Fazer justiça com as próprias mãos é válido? Como acabar com o racismo no futebol? Atitude de retirar o Grêmio da competição com certeza não resolverá todos os problemas de preconceito em campo. O time viaja, se prepara tempos para a competição e simplesmente é retirado de um campeonato por um fato isolado? Acredito que nenhum time tem a capacidade de controlar as milhares de vozes em seu estádio e não deve se responsabilizar por atitudes de seus torcedores. O que caberia para tentar diminuir esses casos seria criar campanhas dentro dos clubes de forma a

orientar seus torcedores contra casos de preconceito. Analisando de forma crítica e severa, foi um fato muito triste para todo o país por saber que ainda existem pessoas que diferem um ser humano pelo seu tom de pele. Mas o que a gremista está passando é válido? Vejamos, depois de todo alarme que o goleiro fez, ele continua com seu emprego, sua família e vivendo a vida normalmente. Já Patrícia sofre ameaças e teve sua casa quase toda queimada. Quem pode julgá-la dessa forma? A justiça entrou em ação para investigar o caso e ao ser interrogada, a torcedora disse que sua intenção não foi para ofender o jogador, sua atitude foi no “calor da torcida”. O futebol é um esporte que mexe com todas as emoções: raiva, alegria, tristeza, decepção, confiança e etc. Ao ver seu time perder, quantos julgamentos e xingamentos você já fez ao juiz, ao técnico e até suas famílias? Imaginem se cada insulto feito ao adversário rendesse processo? É nisso que temos que analisar, a lei é para jogadores ou é para um ser humano? Quantas pessoas sofrem preconceito diário e ao levar adiante um processo ele é arrastado por anos e anos. A atitude da torcedora foi infeliz. Não devemos fechar os olhos para o fato, mas seria interessante tratá-lo de forma sensata e sem exageros. Fatos como esses nos levam a refletir sobre nossos pensamentos, comportamentos, julgamentos e principalmente, nossos valores.


Foto: Karine Alonso

Cobertura JCE..... A dupla Fernando & Sorocaba tocaram grandes sucessos para o público presente

ser crítico em relação ao meu trabalho. Não escondo que é um sonho para qualquer artista ter como padrinho um dos ícones da música sertaneja como o Leonardo. Com certeza, ele foi muito importante para minha carreira”, disse. Shows de primeira qualidade >> *Pedro Paulo & Alex* A dupla Pedro Paulo& Alex abriram o evento com muita animação e agradaram o público de diversos gostos: do estilo dançante aos clássicos sertanejos. Os amigos estão ganhando destaque no cenário musical ao misturar a batida do sertanejo com ritmos variados e coreografias que chamam atenção da mulherada. Pedro Paulo & Alex tiveram origem em repúblicas. Iniciaram a carreira em 2010, após um encontro na cidade natal de Umuarama-PR e a partir daí, com ajuda de amigos e familiares começaram a fazer apresentações e o sucesso foi garantido. ‘Fama de pegador’ e ‘Tá calor, Tá calor’ esquentaram os belo-horizontinos que iniciaram com pé direito a grande noite sertaneja.

Festeja BH traz grandes atrações musicais e agita fãs do sertanejo Evento já faz parte do calendário mineiro

Jornalistas (JP) - Cobertura JCE Felipe José de Jesus Karine Alonso

M

úsica de primeira foi o que não faltou no TIM Music na Estrada Festeja BH. O evento trouxe para os fãs da música sert aneja, apresent ações especiais como a de Cristiano Araújo, Fernando & Sorocaba, Henrique & Juliano e Pedro Paulo & Alex. Todos esses nomes têm sido considerados, atualmente, os melhores cantores do estilo no Brasil. Além deles, o ator Sidney Sampaio, da TV Globo, esteve no local para prestigiar o evento e animar as fãs. Em entrevista, a dupla Fernando & Sorocaba disseram que o Festeja é um evento que já virou uma referência, por isso participar dele é sempre uma honra. Os músicos comentaram ainda a participação no DVD de 40 anos de carreira de Chitãozinho & Xororó. “Foi uma honra o convite. Eles sempre foram um espelho para a gente e ficamos muito emocionados”. Segundo Fernando, a sua participação foi focada na sonoridade da dupla. “Eles me pediram para criar novos arranjos para antigos sucessos. Tentei criar uma sonoridade nova, mas sem perder a origem. Eles gravaram algumas composições do Sorocaba e tivemos o prazer de dividir o palco com eles no nosso DVD/CD. Cantamos juntos, a canção ‘Do Tamanho do Nosso Amor’ e ficamos felizes com o resultado”, comemorou o cantor.

A dupla disse ainda que o artista de hoje deve ser completo caso queira ter longos anos de carreira. “Nesse nosso tempo de estrada já são sete CD´s e quatro DVD´s. A gente sempre busca inovar e trazer composições que o público se identifique. Acho que esse é o nosso diferencial. Afinal, temos muitos talentos espalhados por esse Brasil. No entanto, o sucesso é uma junção de coisas: saber cantar, ter carisma e presença de palco são fundamentais”. Cristiano Araújo >> Outro cantor de peso que animou os fãs presentes foi Cristiano Araújo. Sucesso nas rádios brasileiras e no Youtube, ele disse à reportagem que os fãs vão se surpreender com as novidades que vem por aí. “Ainda neste ano, vou lançar o DVD In The Cities, gravado no final de agosto em Cuiabá. É um projeto muito especial, que foi muito bem pensado e planejado. Procuramos trazer a maior e melhor estrutura já feita pra um DVD no país e para isso contamos com tecnologia internacional e de ponta”, revelou. Sobre o sucesso que vem fazendo em tão pouco tempo de carreira, o cantor afirma que se dedica 100% a música. “Sou um artista que se dedica para levar sempre o que há de melhor para o meu público. Tudo o que eu faço é para eles. Eu sou um cara baladeiro e gosto de ouvir todas as novidades dentro do cenário musical, isso ajuda no processo. Eu sempre levo em conta a mistura de ritmos e canções bonitas e românticas”. Para Araújo, a melhor maneira de avaliar o seu próprio trabalho é se colocar no lugar do ouvinte. Quanto ao sucesso, ele não escondeu que ter tido um padrinho como o cantor Leonardo foi um presente. “Eu tento

*Fernando & Sorocaba* Fernando & Sorocaba estavam entre as atrações mais esperadas do Festeja BH. A dupla foi a segunda apresentação da tarde e tirou o fôlego do público com seus maiores sucessos. ‘As Mina Pira’, ‘Veneno’, ‘É Tenso’ mantiveram o ânimo dos fãs. As amigas Tereza Silva e Camila Alves foram curtir o evento e garantiram o lugar no camarote Woods para acompanhar tudo de perto. Tereza estava na expectativa de ver Fernando & Sorocaba e garantiu que a dupla ajudou quebrar o preconceito do estilo sertanejo. “Cresci escutando música sertaneja, era chamada de brega, baranga por algumas pessoas, mas nunca liguei (risos). Gosto muito das duplas dos anos 90, mas a onda do sertanejo universitário ajudou trazer um público diferente para o estilo diminuindo o olhar negativo”, afirma. Já a amiga Camila confessou ter aprendido a gostar da música sertaneja. “Comecei a ouvir mais na época de faculdade, faz uns cinco anos que ouço com mais frequência e fui arrastada pelo sertanejo universitário”, brinca. *Cristiano Araújo* O goiano Cristiano Araújo também marcou presença no evento e arrancou suspiros do público. Esbanjando simpatia, cantou sucessos como ‘Mente pra mim’, ‘Efeitos’, ‘Maus Bocados’, ‘Cê que sabe’ com muita animação e rebolado! Cristiano está entre os mais queridinhos do Brasil, reconhecido por seu forte timbre de voz explodiu cantando com grandes nomes da música sertaneja: Leonardo, Bruno & Marrone, Jorge & Mateus, Gusttavo Lima e outros. A mulherada foi ao delírio com o rebolado do sertanejo que reúne em seu repertório vários estilos para agradar todos os perfis de seus fãs. Cristiano encara modão de viola, músicas atuais e até funk. Com estilo moderninho, as admiradoras do Festeja era só elogios para o vestuário do ídolo. *Henrique e Juliano* Com canções já conhecidas nas rádios como, ‘Não to valendo nada’, ‘Faz Tempo’, ‘Até Você Voltar’ do DVD Ao Vivo em Brasília a dupla animou os presentes do início ao fim mostrando que vieram para ficar. Após o show, eles atenderam a imprensa, falaram da carreira e ainda tiraram fotos com os fãs.

*A matéria pode ser conferida também no site do Jornal Correio Eletrônico> www.jornalcorreioeletronico.hol.es*

7


Foto: Estúdio 53

S

8

Capa RCE... Cantora Isa Santana se destaca no sertanejo O amor pela viola e pela música sertaneja tem feito a carreira da cantora e compositora deslanchar

ISA SANTANA

Jornalista (JP) Felipe José de Jesus amor pela viola e pela música sertaneja tem feito a carreira da cantora e compositora Isa Santana deslanchar. A belo-horizontina de apenas 15 anos traz em seu currículo grandes apresentações ao lado de nomes como Jorge e Mateus, Alan e Alex, Fred e Gustavo, dentre outros. Ela também tem se tornando presença carimbada nas grandes casas de shows da capital e em alguns canais de TV. A cantora concorreu ao prêmio da Música Sertaneja em 2013, com seu primeiro disco intitulado “Isa Santana”. Em entrevista, Isa Santana fala sobre seu interesse musical. “A música sempre esteve presente em minha vida. Me interessei com 5 anos e pedi um violão para os meus pais. Comecei a estudar violão com 8 anos, porém, eu não gostava muito de cantar. Depois que fiz algumas participações em igrejas tomei gosto pelo canto”, revela. A cantora diz que em 2010, deu início as aulas de canto e para gravar o disco foi necessário muito preparo. “Hoje minha voz está mais estável, mas naquela época eu gripava à toa e isso me atrapalhava. Em seguida, fui a uma nutricionista, mudei minha alimentação e tudo começou a melhorar. Para se manter no mercado é necessário bastante estudo e o gasto não é pequeno”, afirma.

“Geralmente, nos shows, canto o estilo mais universitário, mas gosto muito de modão e raiz”

O

Novo trabalho Além da divulgação que já vem sendo feita na mídia sobre o seu mais novo CD que sai em dezembro, Isa diz que diariamente são publicadas novidades para os seus fãs nas redes sociais. “Todos os vídeos, participações em eventos, fotos, etc são publicados”. A cantora relembra que, recentemente, foi chamada para participar de um evento em Prata, no Triângulo Mineiro e de que na ocasião ganhou um prêmio. “Quando cheguei lá havia uma mesa reservada com uma placa que dizia ‘Destaques do

Ano’. Eles começaram a entregar as placas e o último certificado veio para mim. Fiquei surpresa, pois jamais podia imaginar que receberia algo. Foi emocionante”, completa. Repertório variado Isa lançou seu primeiro disco há 4 anos e conta que já está na hora de gravar um novo CD para o público. “No repertório quero trazer canções feitas por mim e de outros cantores. Gosto muito de compor e estou escrevendo ao máximo para esse segundo disco”, relata. A cantora afirma que está aproveitando bastante as oportunidades. “Tenho feito alguns shows na cidade e, na medida do possível, estou divulgando meu trabalho. Claro que não dá tempo de me dedicar totalmente. Geralmente, nos shows, canto o estilo mais universitário, mas gosto muito de modão e raiz”. Para conhe-

cer melhor o trabalho dessa belohorizontina, acompanhe o seu Facebook e Twitter. Outras informações pelo site: www.isasantana.com.br ou pelos: (31) 8483-4397 / (31) 8475-0902.


Foto: Site oficial Capital Inicial

Capital Inicial volta ao cenário musical com novo EP

pegou com a entrada do (produtor) Liminha. Foi ele que botou essa cara. Vamos falar sobre o trabalho dele então. A única vez que vocês trabalharam juntos foi na gravação do primeiro compacto ("Descendo o Rio Nilo") não? Pô, em 1984! Há trinta anos! O cara produziu todos os clássicos do rock brasileiro, menos a gente (risos). E trabalhar com ele foi uma experiência surpreendente. Ele é um produtor com a mão pesada. Por exemplo nesse caso: eu mostrei a música pra ele e disse que era assim. Ele pegou o violão, tocou um pouco e falou: "vamos fazer assado" (risos). E essa abordagem foi bem diferente do que normalmente acontece com vocês? Pô, o cara é músico, tocou nos Mutantes. Você vai falar o quê? Você ouve o que o sujeito fala né? Mas não foi só nessa música não. Todas têm a cara dele. A gravação do primeiro compacto foi muito diferente se compararmos com esse encontro recente? Naquela época eu tinha 20 anos. Eu não estava acreditando no que estava acontecendo, de entrar naquele estúdio. Eu não posso falar pelos outros (da banda), mas eu me senti muito intimidado. Eu nunca tinha entrado em um lugar de gravação... e é o mesmo estúdio até hoje. Eu não entrava lá há 30 anos.

Site: Vagalume - Da Redação

O

Capital Inicial segue como uma das bandas mais ativas e bem sucedidas da geração dos anos de 1980 do Rock brasileiro. Com mais de uma dezena de álbuns de estúdio lançados, entre eles alguns dos discos mais bem sucedidos do pop brasileiro, a banda segue bastante ativa, evitando passar longos períodos sem colocar algum material novo nas lojas. o quarteto lançou o primeiro EP de sua carreira o "Viva A Revolução". O disco é marcado por uma série de novidades que vão bem além do formato escolhido para lançar as novas músicas. Entre as canções que estão no mini álbum, temos as participações do pessoal do ConeCrew Diretoria e também de Thiago Castanho, o exguitarrista do Charlie Brown Jr. que toca em uma música e assina como coautor de duas canções.O EP também marca o reencontro da banda com o produtor Liminha, com quem o grupo não trabalhava há 30 anos. Em entrevista, o vocalista Dinho, fala sobre esta nova fase da banda. "Melhor do Que Ontem", a primeira música divulgada do EP, tem uma pegada mais folk, um pouco no clima do terceiro disco do Led Zeppelin, Houses Of The Holy?

Nossa, então acertamos mesmo (risos). Na verdade, a batida dela é um pouco aquela da "D'yer Mak'er" que é do "Houses of the Holy". O gozado é que a primeira coisa que veio à nossa cabeça quando fizemos a música foi Led Zeppelin. A gente ouviu aquilo e na hora falou "John Bonham" (o baterista da banda, morto em 1980). A faixa já tinha essa cara quando foi composta? Vamos voltar um pouco mais. No verão agora, eu fiquei hospedado no litoral norte (de São Paulo) do lado do Thiago Castanho (ex-guitarrista do Charlie Brown Jr.). Na verdade, todo verão a gente fica lá, já que ele tem uma casa do lado da que eu alugo. Mas nos verões anteriores ele estava sempre na correria, e eu também, e nesse ano ele estava num certo baixo astral... certo baixo astral, o cara estava mal né, com tudo o que tinha acontecido (a morte de Chorão e Champignon no ano passado). E eu falei para ele: 'vamos lá compor cara, vamos fazer umas músicas'. E saíram várias (composições). Dessas, duas entraram no disco. Em uma, ele toca violão e voz - somos apenas eu e ele (na gravação) - e a segunda foi "Melhor do Que Ontem", que foi escolhida como música de trabalho. Então originalmente, ele só tinha voz e violão, ela era folk total. Mas essa cara mais "led zepliana" ela

Por que lançar um EP e não um álbum "cheio"? Primeiro, o "Saturno" (o álbum mais recente) tem um ano e seis meses, e o "Das Kapital" saiu em 2010. Ou seja, o Capital não para de lançar coisa. E eu quis que a gente produzisse algo que fosse diferente, que de algum modo chamasse a atenção pelas diferenças. Então fizemos essa opção por mudar tudo. Então aí entra o Liminha, os novos parceiros além do Thiago a gente também tem uma parceria com o ConeCrew Diretoria. A gente também conseguiu fazer seis músicas com seis batidas diferentes. Até o fotografo que fez a capa (Gabriel Wickbold), foi um cara com quem nunca tínhamos trabalhado. O Capital tem não sei quantos discos, tem que fazer a conta, 13, 14, sem contar os álbuns ao vivo. Eu acho que era necessário dar uma sacudida. E essa sacudida foi procurar um novo produtor, novos parceiros e (lançar o material) em um novo formato. É mais barato que um álbum com 14 faixas? Sim, e outra coisa que vale dizer é que esse formato barateia imensamente (o produto). Um disco "cheio" do Capital chega a custar mais de 30! E agora será possível vender seis músicas e mais um bônus (a faixa "Viva a Revolução" tem duas versões) por possivelmente 10 reais. Eu estou curioso para ver qual vai ser o desempenho de lançar um disco em um novo formato.

9


Em Campo...

10

O sonho de se tornar jogador de futebol Fotos: Arquivo Pessoal dos entrevistados

O difícil caminho dos garotos que buscam testes nos times de futebol

Ricardo Vinícius

N

ão é de hoje que os times de base do mundo inteiro recebem milhares de crianças que sonham com a carreira de jogador de futebol. E em Belo Horizonte não é diferente. O desejo de ser um novo Neymar, Cristiano Ronaldo, Messi e outros craques faz com que meninos de todas as idades procurem as escolinhas de futebol e,posteriormente buscam a tal sonhada vaga, mais conhecida como peneira, em times como América, Atlético e Cruzeiro. O caminho até lá não é nada fácil. Testes e avaliações, depois treinos diários e jogos fazem parte da rotina desses futuros atletas. E requisitos fundamentais como aptidão e foco são cobrados em todos as categorias. O menino que sonha com o mundo da bola também precisa estar ingressado regularmente no ensino e além de frequentar a escola, deve apresentar notas satisfatórias na série que cursa. Pelo lado emocional, o garoto precisa lidar com a pressão e a concorrência das peneiras nos clubes, onde candidatos de todo país viajam para as capitais em busca de testes nos principais times. Sonho realizado e um leão por dia >> Matar um leão por dia ou seja, melhorar o desempenho físico e tático, é o lema do futuro jogador. Ricardo Vinícius, um garoto de 13 anos, conhece bem os caminhos que permeiam o futebol. Goleiro da recém criada categoria mirim do Clube Atlético Mineiro, Ricardo vive uma rotina diária bastante puxada e diferente da maioria dos meninos da sua idade. Para chegar aonde está, ele começou bem cedo, ainda com sete anos. Apaixonado por futebol, iniciou atuando na linha ainda na escolinha do Santa Tereza e somente passou para o gol quando entrou para o SinteticBool, característica observada pelo proprietário da escolinha, Juliano. E foi nessa época, em 2010, que disputando o campeonato mineiro de futebol entre as escolinhas de

Sabrina Letícia futebol, o IMEF, que o menino do gol despertou a atenção do olheiro do América, Fábio Brosel e foi convidado a fazer teste no time mineiro. No clube americano, permaneceu entre 2011 e 2012 onde aprimorou-se com auxílio do treinador de goleiros. A transferência para o clube alvinegro se deu no final de 2013, através de um convite que recebeu para os testes na categoria que estava sendo formada e na qual é goleiro atualmente. Todo o caminho trilhado dos sete aos 13 anos foi acompanhado de perto pelo pai, Ricardo de Souza, 49 anos. Até mesmo uma mudança no horário de trabalho na Fiat, aconteceu por causa da rotina do filho no futebol. Atenciosos e empenhados, o garoto e o pai seguem juntos em função do sonho do futuro goleiro profissional. Para o pai, a estrutura oferecida pelo Atlético ao filho é uma das melhores, desde a alimentação passando pelo material e uniforme para os treinos e jogos. Ele destaca que tudo é muito profissional e organizado, permitindo ao atleta focar na formação e no seu desempenho. Filho e pai tem a consciência de que é preciso aprimorar diariamente diante de dezenas de meninos que chegam ao clube toda semana em busca da peneira, revelando assim que a concorrência é acirrada. O menino que sonha com jogar no profissional do seu time de coração, o Galo, sonha também defender o gol vestindo a camisa da Seleção Brasileira, revela sua inspiração em dois ídolos, os goleiros Victor do Galo e Neuer do futebol alemão. Para ele, jogar num time da Europa é a consagração do seu lado profissional.

Caio Silva surgiu como continuação do sonho de uma exatleta do futebol feminino, Sabrina Letícia. Aos 33 anos, a coordenadora e preparadora física alia dois objetivos no seu trabalho com as crianças que buscam o futebol: passar seu conhecimento e revelar futuros craques para os times brasileiros. As peneiras também existem na escolinha que é franquia do time famoso do Rio de Janeiro, o Flamengo e anualmente, inúmeros meninos são avaliados e ingressam na rotina de treinos e jogos. Recentemente levado pelo pai Reuber Batista e atuando em uma das categorias da Escolinha do Fla, Caio Silva de 11 anos revela que sonha com a bola todos os dias. Para ele, frequentar os treinos três vezes por semana e participar de torneios e amistosos, além dos campeonatos que disputa é muito prazeroso. O garoto, mesmo que pouca idade, afirma que sabe lidar com a pressão e a cobrança dentro das quatro linhas e sabe também aproveitar Caio tem em mente o longo e difícil caminho até a aprovação nos testes, mas afirma que segue focado em busca disso e nada o fará desistir da bola. No mundo da bola, sonhos e a força de vontade andam juntos e superam os obstáculos encontrados pelo caminho. Para os meninos das peneiras mundo afora, tudo vale a pena para ser profissional.

Escolinhas revelam talentos >> Várias escolinhas existem para passar conhecimentos e aprimorar o desempenho do atleta e, revelar futuros craques da bola é o principal objetivo delas. Assim acontece na Escolinha do Fla, localizada em Contagem e frequentada por dezenas de garotos a partir dos quatro anos de idade. A escolinha

Jô Amaral Colunista Esportiva e Editora da coluna ‘Em Campo’ no JCE


Foto: Divulgação

Show em BH...

11

c c

Foo Fighters confirma apresentação em Belo Horizonte

A banda apresentará para o público mineiro seus grandes sucessos

P

ela primeira vez em show solo no Brasil, a banda norteamericana Foo Fighters toca em Belo Horizonte, no Mega Space, no dia 28 de janeiro de 2015. A apresentação faz parte da turnê de divulgação do novo álbum, Sonic Highways, que será lançado em novembro deste ano. Formado por Dave Grohl (vocal e guitarra), Taylor Hawkins (bateria e vocal), Nate Mendel (baixo), Chris Shiflett (guitarra) e Pat Smear (guitarra), o grupo autor de sucessos como “Learn to Fly”, “All My Life”, “Times Like These”, “Best of You”, “My Hero” e “The Pretender” fará quatro apresentações no país. Com realização Time For Fun, os shows acontecerão em Porto Alegre (Estacionamento da FIERGS) no dia 21/01; São Paulo (Estádio do Morumbi) no dia 23/01; Rio de Janeiro (Estádio do Maracanã) no dia 25/01; e Belo Horizonte (Mega Space) no dia 28/01. Será a primeira vez que a banda americana se apresenta no país em shows solos, fora de festivais.

A pré-venda exclusiva para fãs começou no dia 28 de setembro (meio-dia) a 30 de setembro (meio-dia). Para os shows de São Paulo e Belo Horizonte, os ingressos já estão disponíveis desde o dia 1º de outubro pela internet; na bilheteria do Chevrolet Hall, em Belo Horizonte) e nos pontos de venda espalhados pelo país. Corra para garantir o seu!! *Com informações: Sou BH*

PROMOÇÕES Guitarras a partir de R$220,00 Pedais: R$70,00 Amplificadores de Guitarra: R$250,00 Violões Elétricos com cordas de aço e afinador: R$350,00


Divulgação

O jornalismo se modificou, as máquinas de escrever foram trocadas pela tecnologia. Os computadores e a Internet, hoje reinam no século 21. Porém, algo ainda continua o mesmo: jornalismo sério com profissionalismo e credibilidade, poucos conseguem oferecer para os leitores. (Felipe José de Jesus)

Revista

Conheça também o site do jornal: www.jornalcorreioeletronico.com.br E-mail: jornalcorreioeletronico@gmail.com

Revista Correio Eletrônico 26ª Edição - Outubro e Novembro de 2014  

Revista Correio Eletrônico 26ª Edição Outubro e Novembro de 2014. Uma publicação de entretenimento: Cultura, Xadrez. Fotografia, Futebol, Ci...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you