Page 1


EXPEDIENTE

NESTA EDIÇÃO

Redação e Administração: Av. Prof. Cândido de Holanda, 70/405 – São Bento – Belo Horizonte – MG – Cep: 30.350-340 – www.cenariominas.com.br Tel.: +55 (31) 9.9126-5236 - Lives: @revistacenariominas E-mail.: cenarionegocios@gmail.com Jornalista Responsável: Geraldo Félix de Almeida Júnior, Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) - 09430 JPMG / Federação Internacional de Jornalista (FIJ) BR 17.267 Colaboradores: Capa: Robhson Abreu - @jornaldebelo (MG); Priscilla Silvestre @prisilvestre_ (SP); Maria Pericás @mariapericas (RJ); Flávia Albaine - @flavia_albaine (RO); Sergio Steiner - @sergiosteiner (BA); Renato Simão @renatosimaobh (MG); Luciana Morais Freitas (BH/MG) @empreendedorextraordinario10x Site e Programação: Lucas Vanderlei Fazem parte do grupo Cenário Minas: O site Cenário Minas, a Revista distal Cenário's, as marcas Cenário Gourmet, Cenário Negócios e Cenário Kids. A revista Cenário's reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade. Nossa redação produz e recebe diariamente informação responsável e que você pode confiar. Siga a Cenário's no instagram: @revistacenariominas Os artigos são de responsabilidade dos autores e não refletem a opinião da Revista Digital Cenário Minas (Cenário's). A Cenário Minas, também não se responsabiliza pelo uso de suas informações no site e na revista digital. As fotos das matérias são enviadas por Assessorias e ou divulgação, sempre com o crédito informado. Veiculo levando informação há cinco anos.

COMERCIAL Carina Martins Tel.: (31) 9.88118440

04 ACESSIBILIDADE A pandemia provocada pela Covid-19 teve impacto multidimensional, podendo ser considerada como a maior emergência sanitária dos últimos 100 anos, além de um dos maiores desa os em termos de ruptura dos Direitos Humanos após a Segunda Guerra Mundial.

DIVERSIDADE

09

Tem frases que são tão óbvias que não deveriam ser ditas. Pelo menos é o que pensa Benjamin Cano ao ler comentários sobre seu lho Vinicius. O menino, de quatro anos, foi adotado nos primeiros dias de vida pelo apresentador e seu marido Louis Plànes.

10 COMPORTAMENTO A psicóloga Rosangela Sampaio mostra 5 maneiras de desenvolver a resiliência, uma aptidão que aprendemos com experiências, e a pandemia pode servir como ensinamento.

MODA

12

As novas peças da Dra. Chica são ideais para os pro ssionais sem tempo, mas que querem car elegantes e confortáveis nesses dias de frio

16 LITERATURA A psicóloga e escritora Cristine dos Santos Lima, que há mais de 27 anos atua na área da Psicologia Clínica, desde 2020 resolveu dividir seus conhecimentos em livros e agora se lança como coordenadora editorial da obra “Como cuidar da ansiedade – Superação, Equilíbrio e Liberdade”.

BELEZA

20

As sobrancelhas exercem uma atividade importante para a leitura das expressões faciais no reconhecimento de emoções. Com isso, podemos também reconhecer as emoções básicas que todos identi cam.

23 MERCADO IMOBILIARIO O relatório do Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do País, mostra que os preços dos imóveis em Belo Horizonte seguem em tendência de alta.

ESPECIAL

24

Cantora, compositora e multi-instrumentista, Liah Soares contabiliza em sua carreira quatro discos gravados em estúdio, um DVD gravado no Theatro da Paz, um EP e sete músicas emplacadas em novelas da Rede Globo . Filiado nas Associações

27 SAÚDE O Shiatsu é uma técnica de massagem oriental onde utiliza-se a pressão dos dedos, cotovelos e pés em pontos de acupuntura.

CULTURA A Banda de reggae Mato Seco, foi convidada pela famosa marca americana de isqueiros Zippo, para lançar uma coleção especial com a logo da banda.

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas

32


04 ACESSIBILIDADE

Pandemia e os impactos causados nos direitos das pessoas com deficiência Por Flávia Albaine - @flavia_albaine

A pandemia provocada pela Covid-19 teve impac to multidimensional, podendo ser considerada como a maior emergência sanitária dos últimos 100 anos, além de um dos maiores desa os em termos de ruptura dos Direitos Humanos após a Segunda Guerra Mundial. Dentre tantos desa os estruturais no enfrentamento da pandemia, é possível citar a proibição da discriminação e a proteção a grupos em situação de vulnerabilidade. Tais preocupações já existiam antes da pandemia, entretanto, se intensi caram após as drásticas consequências sociais trazidas por ela.

Saúde, trabalho, educação: como ca a pessoa com de ciência na pandemia? Um exemplo de tal situação ocorreu no direito à saúde diante da negação aos testes e tratamentos prioritários e da presença de barreiras no tratamento (por exemplo: hospitais sem acessibilidade para o atendimento dessa população).

No que tange às pessoas com de ciência, de acordo com relatórios divulgados pela Organização das Nações Unidas (ONU), enquanto a pandemia causada pela Covid-19 ameaça todos os membros da sociedade, as pessoas com de ciência são desproporcionalmente impactadas devido às barreiras atitudinais, ambientais e institucionais que são reproduzidas na resposta de combate ao Coronavírus. Alguns desses impactos foram detectados em diversos direitos das pessoas com de ciência. Este artigo irá citar alguns dos direitos humanos de pessoas com de ciência que estão sofrendo violações sérias com a ocorrência da pandemia, sem prejuízo de outras violações que não serão mencionadas no presente momento.

Houve também a preocupação para que não fossem negadas assistências médicas com base em estereótipos e com base na ideia equivocada sobre o valor relativo de uma vida com base na presença ou ausência de de ciência ou idade. No direito ao trabalho, a di culdade se deu diante da falta de equipamento de apoio existente nos locais de trabalho, mas que não foram levados para as residências das pessoas com de ciência em home office. No direito à educação, houve ausência de suportes necessários para os alunos com de ciência seguirem os estudos online, o que se deu em decorrência da ausência de equipamentos necessários, acesso à internet e materiais acessíveis. Como resultado, muitos alunos com de ciência foram deixados para trás, especialmente os alunos com de ciências intelectuais.

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


05

ACESSIBILIDADE

revista digital CENÁRIOS

Um alerta para mais violência nesse período Também é preciso chamar atenção para a proteção contra o maior risco de violência contra as pessoas com de ciência decorrente do isolamento social: eis que o acesso aos serviços online de denúncia geralmente não incluem acessibilidade. Em casos de isolamento social, especialmente as mulheres com de ciência, experimentam níveis mais elevados de violência do que os homens com de ciência. Já o direito à informação também foi violado diante da ausência de acessibilidade digital em algumas campanhas de combate e prevenção da Covid-19.

Mais risco de contágio sim Ainda é importante ressaltar que as pessoas com de ciência estão mais vulneráveis ao contágio pela Covid-19, o que se dá diante de fatores médicos e fatores sociais. A Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down aponta alguns dos fatores sociais que comprovam a maior vulnerabilidade desse grupo de pessoas para o contágio pela Covid-19. Dentre tais fatores, destacamos alguns nos parágrafos seguintes: - Uma pessoa com de ciência física que utiliza cadeira de rodas necessita se movimentar tocando as mãos nas rodas, as quais, por sua vez, tocam no chão, sem prejuízo de outras comorbidades ou situações que possam advir dessa condição, como obesidade e o uso de bolsa de colostomia, dentre outras;

- Pessoas com espectro autista, assim como pessoas com de ciência intelectual e sensorial, geralmente possuem di culdades para o uso de máscara, razão pela qual são até mesmo dispensadas de usá-las nos termos do artigo 3-A, parágrafo 7º da Lei 13.979 de 2020; - Pessoas com de ciência visual tocam em tudo para se locomoverem e identi carem as coisas. Já as pessoas com de ciência auditiva fazem sinais que levam as mãos ao rosto para se comunicarem, enquanto as pessoas com de ciência intelectual podem ter di culdades em entender a noção de distanciamento social;

- Pessoas com de ciência podem ter problemas respiratórios. Todas essas p e s s o a s p o d e m t e r cuidadores/assistentes próximos que se revezam e pegam transportes públicos. Po r i s s o, é p re c i s o l u t a r p a ra a superação das barreiras que ainda impedem uma vida para as pessoas com de ciência em conformidade com o postulado da Dignidade da Pessoa Humana.

Quem é Flávia Albaine? Bacharel em Direito pela UFRJ (2008), é Mestra em Direito na Universidade Federal de RO (2021) e especialista em Direito Privado pela UERJ (2016). Atualmente é Defensora Pública do Estado de RO, colunista de educação em direitos da Revista Cenário Minas (desde maio 2018), membro integrante da Comissão de Pessoas com De ciência e Comissão dos Direitos da Mulher da Associação Nacional de Defensoras e Defensores Públicos (desde julho 2018) e criadora do Projeto Juntos Pela Inclusão Social www.facebook.com.br/juntospelainclusaosocial/ e @juntospelainclusaosocial.

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


06 EMPREENDEDORISMO

Empreendedor Extraordinário em alto mar Redação Cenário Minas - @revistacenariominas

Um empreendedor pode ser simplesmente de nido como alguém que inicia um negócio; no entanto, a palavra “empreendedor” carrega várias implicações que vão além das noções básicas disseminadas. Para ser um empreendedor, no sentido mais amplo do termo, uma pessoa deve estar disposta a assumir os riscos associados a empreendimentos comerciais, ter uma visão clara e resiliente da viabilidade de um negócio antes mesmo de ser posto em prática, estar disposta e ser capaz de assumir papéis múltiplos e amplamente variados e de se adaptar e inovar de acordo com novas informações e mudanças de circunstâncias. O projeto Empreendedor Extraordinário, idealizado com o apoio das empreendedoras: Luciana Morais, Carina Martis e Nívea Valentim, tem por objetivo ajudar o micro empreendedor, ou pessoas que querem iniciar um negócio do zero. Trabalhar os três pilares: "Networking" - promovendo eventos, "Conhecimento Especí co" - gerando cursos especí cos e "Próposito de Vida" para entenderem o passo a passo e ter qualidade de vida. São traços de personalidade, disciplina e / ou virtudes que podem ser desenvolvidas através da experiência de vida e da prática conscienciosa.

Alto Mar em Angra dos Reis O projeto Empreendedor Extraordinário, será uma imersão, sendo um momento de capacitação para aqueles que estão decidindo mergulhar no oceano do empreendedorismo. De formato rápido, prático e dinâmico com aquilo que é essencial para o inicio da sua jornada empreendedora, o evento levará 10 empreendedores ou pessoas que querem começar um negócio, para um nal de semana na bela Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, para entender as ferramentas essenciais para gestão, elaborará o seu próprio modelo de negócio e sairá com um planejamento pronto para tornar sua ideia real.

Nosso objetivo é para lhe preparar para empreender! Não só para abrir negócio, mas para solucionar de forma criativa os problemas que encontra e irá encontrar na sua jornada pro ssional! A programação terá palestras de 10 especialistas de diversas áreas, com possibilidade de troca de informações direta e de marcação de conversas individuais online com an triões e demais participantes por meio de ferramenta. Informações: Tel.: (31) 988599-5269 / (31) 9.8811-8440

@revistacenariominas

Cenários Revista Digital

@revistacenariominas

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


08 PARCERIA

FAUCHON Paris busca parceiros para se consolidar no Brasil Redação Cenário Minas - @revistacenariominas

Com uma tradição de 130 anos, a FA U C H O N P a r i s é r e f e r ê n c i a e m gastronomia francesa de luxo.

Sem medo de inovar – ao ponto de inserir ovos de avestruz no cardápio em meados de 1880 – a grife conta com um time de 30 chefs que, diariamente, criam iguarias servidas a mais de 5 mil consumidores. A lista inclui macarons, éclairs, foie gras, chás, cafés e muito mais.

A proposta da FAUCHON Paris é marcar presença no País por meio de parceiros, que podem abrir seis tipos diferentes de lojas. São elas: Flagship (mix de restaurante com comércio de produtos), Kiosk (conceito customizado para ambientes multimarcas), Boutique (oferta de doces e delicatessen), Tea Boutique (linha de chás para vendas), Café (inspirado nos tradicionais cafés e b ra s s e r i e s p a r i s i e n s e s ) e S n a c k i n g (referência para café da manhã ou lanche rápido).

Com o objetivo de expandir seus negócios pelo mundo, a FAUCHON Paris está o fe re c e n d o s e u s p ro d u t o s d e a l t a qualidade no Brasil, voltados ao varejo e ao setor de Alimentos & Bebidas. Para isso, a marca conta com a expertise de Mariana Rosa.

A grife francesa também espera revender seus produtos. Hotéis, por exemplo, podem comprar os itens da FAUCHON Paris e oferecê-los aos hóspedes como amenities. O s s h o p p i n g s, p o r s u a ve z , t ê m a oportunidade de presentear os clientes.

A empresária brasileira, dona das agências de turismo Passion Brazil e Passion Collection, mora na França e desenvolve projetos de representação e consultoria para empresas estrangeiras que querem atuar em solo nacional.

Além disso, delicatessen, restaurantes e outras boutiques podem incluir as criações francesas em seu portfólio. É importante destacar que todos os produtos da FAUCHON Paris encontrados no Brasil serão importados diretamente da França. Os interessados em trabalhar com a marca de luxo devem entrar em contato com mariana@passioncollection.com.br.

A proposta da FAUCHON Paris é marcar presença no País por meio de parceiros, que podem abrir seis tipos diferentes de lojas. São elas: Flagship (mix de restaurante com comércio de produtos), Kiosk (conceito customizado para ambientes multimarcas), Boutique (oferta de doces e delicatessen), Tea Boutique (linha de chás para vendas), Café (inspirado nos tradicionais cafés e b ra s s e r i e s p a r i s i e n s e s ) e S n a c k i n g (referência para café da manhã ou lanche rápido).

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


09 DIVERSIDADE

Apresentador Benjamin Cano fala sobre adoção: O verdadeiro sentido da palavra pai vai muito além do gene Redação Cenário Minas - @revistacenariominas

Tem frases que são tão óbvias que não deveriam ser ditas. Pelo menos é o que pensa Benjamin Cano ao ler comentários sobre seu lho Vinicius. O menino, de quatro anos, foi adotado nos primeiros dias de vida pelo apresentador e seu marido Louis Plànes. "É o mesmo que dizer se você sair na chuva vai se molhar. Claro, que pai é quem cria e dá amor . Você acha que quem abandona um lho pode ser chamado de pai?", indaga . Benjamin vai além e toca em um ponto que infelizmente faz parte da realidade de muitas famílias. "Um pai que põe um lho LGBTQIA+ para fora de casa pode ser chamado de pai? O verdadeiro sentido da palavra pai vai muito além do gene", enfatiza. Apesar disso, Benjamin diz que não se incomoda se um dia seu lho quiser conhecer seus pais biológicos. "Se um dia Vinícius quiser encontrar a mãe dele, porque o pai está desconhecido, ajudaremos ele, estaremos junto com ele, em todas as etapas.

Foto Sérgio Baia Locação: InTown Arquitetura

O in uencer acredita que essa questão é tão óbvia que não deveria ser dita "Se um dia Vinícius quiser encontrar a mãe dele, porque o pai está desconhecido, ajudaremos ele, estaremos junto com ele, em todas as etapas. Guardamos todas as informações da mãe biológica dele, se um dia ele quer ter acesso ele teria. Não temos problemas com isso. Somos a família dele. Não tenho dúvidas", relata. O também já está preparando seu lho para lidar melhor com a discriminação.

Foto Sérgio Baia Locação: InTown Arquitetura

"Ele tem questões para serem trabalhadas desde pequeno, como ser adotado, ser preto e ter dois pais. Estamos conversando bastante com ele e desde sempre, de forma adaptada, óbvio, com livros e desenhos, para explicar que existem vários tipos de famílias e que todos têm os mesmos direitos porque a base é o amor e o respeito. Pode ser pai e mãe, dois pais, duas mães, somente uma mãe, somente um pai só”, a rma.

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


10 COMPORTAMENTO

Como aprender a ser resiliente diante das adversidades da pandemia A psicóloga Rosangela Sampaio mostra 5 maneiras de desenvolver a resiliência, uma aptidão que aprendemos com experiências, e a pandemia pode servir como ensinamento Por Rosângela Sampaio - @rosangelasampaiooficial

O

com que podemos contrabalançar as di culdades da vida. A boa notícia é que o ponto de apoio pode ser movido com o desenvolvimento de um conjunto de ferramentas de habilidades que você pode usar para se adaptar e encontrar O ponto onde a escala se equilibra é chamado soluções. de “fulcro” e, se estiver mais para um lado ou para o outro, pode tornar mais difícil ou mais Então, o que podemos fazer para construir fácil inclinar a escala de resiliência para o e fortalecer a resiliência agora, durante a pandemia? positivo.

surto mundial da doença Coronavírus Pense na resiliência como uma gangorra ou (COVID-19) é uma fonte inesperada de estresse escala de equilíbrio, em que experiências negativas inclinam a escala em direção a e adversidade para muitas pessoas. resultados ruins e experiências positivas a A resiliência pode nos ajudar a superar as inclinam em direção a bons resultados. adversidades, mas ela não é algo com que já nascemos: é construída ao longo do tempo, à medida que as experiências que temos interagem com a nossa composição genética individual e única.

É por isso que todos nós respondemos ao estresse e às adversidades, como o da O ponto de apoio de todos está em um lugar E como podemos construir resiliência para diferente, ou seja, está aí a explicação de o planejar com antecedência tempos de pandemia, de maneira diferente. porquê cada pessoa é diferente na facilidade crises futuras?

VENDAS (31) 2535-4560

(31) 98883-6647

Renove a academia do seu condomínio com equipamentos de alto padrão.

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


00 11

INCLUSÃO COMPORTAMENTO

revista digital CENÁRIO CENÁRIOMINAS MINAS

5 dicas para que você desenvolva sua resiliência e habilidades de enfrentamento: 3 - Desenvolva uma forte rede de network: ter pessoas carinhosas e solidárias ao seu redor atua como um fator de proteção em tempos de crise, por isso, é importante ter por perto pessoas em quem você possa con ar, pois permite que você compartilhe seus sentimentos, ganhe apoio, receba feedback positivo e discuta insigths e soluções possíveis para os seus problemas. As atividades que realizamos com os amigos nos ajudam a relaxar e dar risadas, ou seja, isso estimula o sistema imunológico, que geralmente se esgota durante o estresse;

1 - Construa crenças positivas em suas habilidades: a autoestima desempenha um papel essencial no enfrentamento do estresse e na recuperação de eventos desa adores. Lembrar você mesmo de suas forças pessoais e realizações fortalece sua autocon ança, capacidade de responder e lidar com crises, além de ser uma ótima maneira de construir resiliência para o futuro; 2 - Encontre um senso de propósito em sua vida: diante de uma crise ou tragédia, encontrar um propósito pode desempenhar um papel importante na recuperação. Envolver-se em sua comunidade, cultivar sua espiritualidade ou participar de atividades que são signi cativas para você são algumas possibilidades;

4 - Abrace a mudança: a exibilidade é uma parte essencial da resiliência. Aprendendo como ser mais adaptável, você será melhor equipado para responder quando confrontado com uma crise de vida. Pessoas resilientes costumam utilizar esses eventos como um oportunidade de se rami car em novas direções. Embora algumas pessoas possam ser esmagadas por mudanças abruptas, indivíduos altamente resilientes são capazes de se adaptar e prosperar; 5 - Aceite as coisas que você não pode mudar: mudar uma situação desa adora nem sempre é possível. Se for esse o caso, reconheça e aceite as coisas como elas são, concentrando-se em tudo o que você tem controle. Portanto, tente aprender na vida com todos os momentos, sejam eles bons ou ruins. Podemos nos autoconhecermos e ressigini carmos muitas coisas quando mudamos nosso olhar diante dos fatos.

Quem é Rosângela Sampaio ? Rosangela Sampaio é psicóloga, terapeuta holística, palestrante, escritora e apresentadora do programa Mulheres em Flow. Dentre seus trabalhos literários estão o capítulo “O poder do autoamor”, da obra “Autoamor – Um caminho para regulação emocional e autoestima feminina”, além das coordenações editoriais e coautorias dos livros “Sem Medo do Batom Vermelho”, onde aborda um tema que é sempre polêmico, a rivalidade feminina, e “Mulheres Invisíveis”, sobre violência contra a mulher. Também é colunista de portais expressivos e revistas nacionais, entre eles O Segredo, Revista Vivendo PlenaMente, Revista Cenário Minas, Revista Statto e Programa Em Destaque, onde leva informações sobre saúde mental para todos com uma linguagem leve, acessível e mostrando que disfunções emocionais fazem parte da vida de todos, não apenas “de gente fraca”. Saiba mais sobre o seu trabalho em @rosangelasampaiooficial.

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


12 MODA

Dra. Chica lança sua nova coleção de scrubs coloridos As novas peças da Dra. Chica são ideais para os profissionais sem tempo, mas que querem ficar elegantes e confortáveis nesses dias de frio

A

Por Vanessa Haddad - @vhassessoria

Dra. Chica, marca de jalecos d e f r i o . A l é m d i s s o , é u m a p e ç a coloridos, lança neste mês sua nova multifuncional, ou seja, pode ser usada dentro e fora do consultório! coleção: Agilita. Agilita (no dicionário signi ca agilidade; rapidez; desembaraço; fazer car vivo ou leve, aumenta a desenvoltura). Sendo assim, os conjuntos se encaixam muito bem naquele pro ssional que não tem tempo de car se arrumando, mas quer car elegante e confortável nesses dias

Feito de malha com elastano (composição 95% poliamida e 5% elastano), o scrubs Agilita possuem blusa manga longa, com gola alta, sem botões e com bolso. A calça é cintura alta, barra reta, cós de elástico, bolso faca e bolsos traseiros, totalizando 4 bolsos.

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


00 13

INCLUSÃO MODA

revista digital CENÁRIO CENÁRIOMINAS MINAS

Investir sempre é bom! Além de se dedicar ao seu consultório em Poços de Caldas (MG) e dar aulas de Harmonização Facial nos cursos do Instituto Levy Nunes, a dentista também investe seu tempo na Dra. Chica, seu empreendimento de moda para pro ssionais da odontologia e medicina em geral. Em pouco tempo, começou a colher os frutos desta nova atividade: “Estamos há quatro anos no mercado, mas as coisas já têm acontecido". Ana Paula conta que, como tem muitos colegas que são consumidores deste tipo de produtos, ela teve mais segurança de iniciar seu negócio. "Eles gostaram, passaram a notícia pra frente e o 'boca a boca' ajudou. Por eu ter bons contatos na odontologia, as portas acabaram se abrindo", naliza.

Marca nasceu de forma despretensiosa Por trás da Dra. Chica está a Dra. Ana Paula M o ro. R e fe rê n c i a e m I m p l a n te s e Harmonização Facial e professora do Instituto Levy Nunes, na Faculdade São Leopoldo Mandic, a dentista tem publicações em renomados jornais da área da odontologia. Tanto sucesso na Odontologia não impediu que a pro ssional se tornasse empreendedora. De forma despretensiosa, ela começou a desenhar e dar vida a jalecos coloridos e exclusivos devido a um problema de saúde que a fez se ausentar do consultório. Assim, nasceu a Dra. Chica. “Eu não consigo parar, sempre quero produzir, gosto de me movimentar, estudar e fazer coisas diferentes, e foi assim que começou a Dra. Chica.

O conceito da empresa já estava ali, xada na minha caixinha de ideias. Só que precisava de um empurrãozinho, um gatilho. Me ausentei por duas semanas do meu consultório. Com a mente inquieta, me veio o start inicial dos jalecos coloridos, em função daquela 'síndrome do jaleco branco'. Pedi para meu marido ajudar a desenvolver uma logo e identidade visual, que entre um esboço e outro feito no celular de forma rudimentar, veio a ideia do diamante bruto que passa anos aguardando mãos habilidosas para que possa ser lapidado”, conta a dentista.

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


14 TURISMO

Observação das baleias atrai turistas para a costa baiana Redação Cenário Minas - @revistacenariominas

Sol, praias, calor, comida boa, axé. São muitos os atributos da costa sul da Bahia, que encantam turistas de todas as partes do mundo. A preservação ambiental e contato direto com a natureza são alguns deles. Desde a chegada d o s p o r t u g u e s e s, e m 1500, já se conheciam as maravilhas naturais da região pelos relatos de Pero Vaz de Caminha. Com o tempo, a diversidade da fauna e ora foi sendo reconhecida e alvo de pesquisas biológicas que visavam a preservação das espécies da região. Até mesmo Charles Darwin visitou a região no século XIX para coleta e observação, encantado com o patrimônio natural baiano.

O Arquipélago de Abrolhos, a cerca de 70 km da cidade de Caravelas, é uma das áreas de maior proteção ambiental da região. Formado por cinco ilhas, a área abriga o Parque Nacional Marinho

de Abrolhos, o primeiro do Brasil, fundado em 1983, e controlado pelo IcmBio e pela Marinha. Sua formação abriga corais e diversas profundidades em espaços curtos de distância, o que possibilita a prática de mergulho amadora e pro ssional. Sua fauna é disposta de diferentes espécies de moluscos, peixes, esponjas, tartarugas marinhas, além de aves, como os simpáticos atobás que tomam as ilhas.

A cidade de Prado tem, o cialmente, uma das quatro melhores redes hoteleiras da Bahia. São milhares de leitos disponíveis em hotéis de vários tipos. Além de ser uma cidade linda, Prado tem uma costa de 84 km com diferentes tipos de praia. A Pousada Casa de Maria é líder de boas avaliações em todos os sites de busca de hotéis. O local combina charme e requinte com uma decoração rústica e excelente localização. Sua piscina é quali cada para treinamento de mergulho e já recebeu pro ssionais para adaptação. Seu café da manhã também oferece frutas da época e itens da gastronomia local. Outro ponto positivo é que o local possui parcerias com receptivos que organizam passeios a Abrolhos em preços com desconto. A Casa de Maria costuma ser muito procurada nessa época do ano. Aos turistas interessados, é bom antecipar o planejamento.

Entretanto, as estrelas maiores de Abrolhos são sem dúvidas as baleias jubarte. Acostumadas a viver nas águas frias dos polos, elas migram durante o inverno para regiões mais quentes para procriar. Então, pela formação geográ ca, o arquipélago se torna o local ideal. Assim, de julho a outubro, é proclamada a temporada das baleias, sendo possível ver de muito perto a visita delas, que nadam bem próximas à superfície, proporcionando um espetáculo único na http://www.pousadacasademariaprado.com.br/ natureza.

@revistacenariominas

Cenários Revista Digital

@revistacenariominas

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


16 LITERATURA

Quer fazer parte da escrita de um livro Essa é sua chance Psicóloga busca coautores para livro sobre ansiedade Priscilla Silvestre - @prisilvestre_

A psicóloga e escritora Cristine dos Santos Lima, que há mais de 27 anos atua na área da Psicologia Clínica, desde 2020 resolveu dividir seus conhecimentos em livros e agora se lança como coordenadora editorial da obra “Como cuidar da ansiedade – Superação, Equilíbrio e Liberdade”. Com previsão para ser lançado em 2022, Cristine ainda recruta coautores que tenham a agregar em capítulos do livro, já que o objetivo é um despertar para o conhecimento das pessoas que sofrem com a intranquilidade e que traz o sofrer da ansiedade, apresentando as diversas formas para ajudar nesse reequilíbrio emocional. “Para que possamos transpor qualquer problema emocional, primeiramente necessitamos conhecer o que é essa tal ansiedade. Em seguida, entender como esse processo se desencadeia dentro de nós. E, por m, buscar o autoconhecimento, técnicas de controle e o fortalecimento da estrutura emocional, sem car na dependência de um remédio controlado, com efeitos colaterais que a médio e longo prazo podem trazer consequências físicas”, aponta.

Aprendendo a lidar com a ansiedade Com a ideia original de Cristine dos Santos Lima e publicado pela Editora Conquista, o livro pretende reunir diversos pro ssionais experientes para que, em seus respectivos capítulos, abordem as causas da ansiedade, sintomas físicos e psicológicos, como controlar, a importância do a u t o c u i d a d o e , principalmente, a condução para um melhor resultado, priorizando a saúde mental e a qualidade de vida. Desde como se desencadeia a ansiedade até a relação dela com a Covid-19, o livro tende a esclarecer a temática

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas

em suas diversas vertentes, em uma linguagem simples e explicativa. “Cada pro ssional fará seu capítulo de acordo com suas vivências, conhecimentos e sugestões, dando ao leitor a oportunidade de apreciar o livro pelos itens que for achando interessante, sem a necessidade de uma leitura linear”, reforça Cristine. Dentre os coautores podem estar sioterapeutas, nutricionistas, terapeutas orais, reikianos, pro ssionais de re exologia, psicólogos de diversas abordagens etc., desde que


00 17

INCLUSÃO LITERATURA

revista digital CENÁRIO CENÁRIOMINAS MINAS

“A ansiedade está presente na vida de quase todo mundo” tenham embasamento para o assunto em questão. Depois de participar da obra “Mulheres Invisíveis”, da mesma editora, sobre violência doméstica, a psicóloga sentiu que era a hora de ser coordenadora do livro que sempre idealizou. “A ansiedade está presente na vida de quase todo mundo. Sabendo que as pessoas têm sua individualidade e uma dinâmica própria, o tratamento também precisa ser diversi cado para que tenha abrangência no seu resultado, ou ainda a somatória de algumas práticas para a solução do equilíbrio emocional. E o livro ajudará bastante nisso”, naliza.

Serviço: Cristine Lima dos Santos é psicóloga clínica e hospitalar, além de diretora da Clínica Eubiose Integração Em Saúde. Também é coautora e coordenadora editorial do livro “Como cuidar da Ansiedade”, que está em fase de captação de coautores e deve ser lançado em 2022. Saiba mais: @cristine.psicologia – (11) 99710-0663

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


18 EVENTO

Aromas invadem a charmosa Garibaldi até outubro

Redação Cenário Minas - @revistacenariominas

E vento segue em for mato A M a r i a Fu m a ç a é a t r a ç ã o híbrido e tem a agenda contemplando, ainda, diversos outros eventos, além de o cinas e bate -papos, jantar na Maria Fumaça e um inédito almoço ao ar livre no Aeroclube da cidade. Na mesa do trem, na pista de aviões, na tela do Youtube, na cozinha e na rua. O Garibaldi Gastrô 2021 vai espalhar ‘Aromas’ por onde passar. A programação, que segue em formato híbrido, terá ações presenciais em pontos turísticos abertos e fechados, além de experiências on-line, contemplando quatro eventos de agosto a outubro. A grande novidade da quinta edição é o almoço a céu aberto no Aeroclube de Garibaldi.

cozinheiros, estudantes e garantida, além do Almoço professores, trade turístico e Solidário, das o cinas e bate- apreciadores do assunto estarão papos com pro ssionais da ligados por esses aromas. gastronomia e do enoturismo, Para a presidente da Associação além do café, ervas e chás. Garibaldi Gastrô, Catherine Depois de ter viajado pelas Nicolao Tedesco, esta será uma ‘Origens’ na edição passada, este edição para car gravada na ano toda programação terá como memória das pessoas. tema central os ‘Aromas’. Através dos cheiros, o Garibaldi Gastrô “A pandemia nos levou a re etir 2021 vai se conectar com s o b r e m u i t a s c o i s a s , memórias afetivas resgatadas na principalmente aquelas que nos elaboração de cada prato, na f a z e m r e s g a t a r m e m ó r i a s , troca de vivências geradas nas valorizar momentos, alimentar o c i n a s e b a t e - p a p o s , n a amizades. construção do conhecimento que passa pelos sentidos, na efetiva En m, ao trazer como tema os solidariedade e em experiências ‘Aromas’, estamos fazendo um sensoriais que vão muito além do convite a viver a vida com p a l a d a r . A g r i c u l t o r e s , intensidade, degustando tudo o empresários e gestores, chefs, que ela tem de melhor a nos

Tel.: (31) 99126-5236

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas

PROGRAMAÇÃO GARIBALDI GASTRÔ 2021 - Dia 23 de setembro (quinta-feira) O cinas e bate -papos com chefs, cozinheiros, sommeliers e especialistas em Enoturismo, cafés, ervas, chás e muito mais - Dia 24 de setembro (sexta-feira) Jantar a bordo da Maria Fumaça com menu degustação assinado pelos chefs convidados e harmonizado pelas vinícolas parceiras - Dia 23 de outubro (Sábado) Evento inédito – Almoço a céu aberto no Aeroclube de Garibaldi


20 BELEZA

Sobrancelhas em evidência valorizam o olhar Redação Cenário Minas - @revistacenariominas

Nossas sobrancelhas falam, você sabia? E as suas sobrancelhas, o que dizem de você e suas emoções? Já reparou como suas sobrancelhas cam destacadas quando usa máscara de proteção em meio a pandemia? Por esse motivo, elas devem estar sempre bem delineadas, com o designer em dia para sempre realçar seu olhar. Pois não adianta usarmos maquiagem no rosto para disfarçar: blush, batom, base. Tudo isso cará escondido debaixo da máscara e as sobrancelhas ainda carão em destaque. Mas como nossas sobrancelhas falam? Através das emoções que elas transmitem.

As sobrancelhas exercem uma atividade importante para a leitura das expressões faciais no reconhecimento de emoções. Com isso, podemos também reconhecer as emoções básicas que todos identi cam, sem nenhum tipo de t r e i n a m e n t o, c o m o a “ R a i v a , Descon ança, Medo, Riso, Perplexidade, Calculismo e Paixão. São elas chamadas de expressões natas. Porém muitas pessoas as identi cam facilmente pelo modo como as pessoas mostram a emoção. Outras tentam esconder. Todavia, mostramos a posição das nossas sobrancelhas e a principal contração dos músculos para transmitirmos a emoção.

Expressões natas para identificar emoções Raiva:

Descon ança:

Sobrancelhas baixas e juntas, mais conhecida como arqueamento das sobrancelhas, ou sobrancelhas arqueadas. Pode a emoção estar acompanhado de brilho nos olhos, e muitas vezes os lábios se estreitam, ou é pressionado um contra o outro, mas não perceberemos devido ao uso da máscara.

Sobrancelhas levantadas, uma mais alta que a outra, conhecida como arqueamento das sobrancelhas, ou sobrancelhas arqueadas. Pode a emoção estar acompanhado de um semblante de dúvida, e muitas vezes os lábios são direcionados para um único lado do rosto.

A medida com que os lábios são pressionados ou as sobrancelhas arqueadas, pode ser de nido o grau de intensidade com que a pessoa sente a emoção.

A medida com que os lábios são pressionados ou as sobrancelhas arqueadas, pode ser de nido o grau de intensidade com que a pessoa sente a emoção.

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


00 21

INCLUSÃO BELEZA revista digital CENÁRIO CENÁRIOMINAS MINAS

Atualmente, os sinais nos lábios são ocultados pelo uso da máscara.

Riso: Sobrancelhas retas, sem mover durante a emoção. Pode a emoção estar acompanhado de um semblante feliz, eufórico, lágrimas e muitas vezes os lábios cam totalmente abertos.

Sou Marjorie Oliveira, CEO do STUDIO BELEZA MALL. Quando ingressei na área da beleza a mais de 20 anos, descobri o quanto as mulheres precisavam ser cuidadas por pro ssionais que amam o que fazem e que tem prazer em realçar a beleza já existente nelas. Elas mereciam muito mais que um “Salão de Beleza”, elas precisavam ser cuidadas, amadas e valorizadas. E esse foi o objetivo pelo qual o STUDIO BELEZA MALL foi inaugurado: porque pequenos detalhes fazem toda a diferença.

A medida com que os lábios abrem mais, os dentes cam aparentes e as sobrancelhas se mantém retas, assim pode ser de nido o grau de intensidade com que a pessoa sente a emoção.

Nos preocupamos em oferecer não somente o possível, mas o nosso melhor em embelezamento do olhar feminino, ética e pro ssionalismo.

Medo: Sobrancelhas levemente levantadas, meio franzido e unindo uma a outra. Pode a emoção estar acompanhado de um semblante triste, lágrimas e muitas vezes os lábios cam levemente abertos.

Perplexo: Sobrancelhas retas totalmente levantadas, sem mover durante a emoção. Pode a emoção estar acompanhado de um som vocal de espanto, e muitas vezes os lábios cam totalmente abertos, formando um círculo. A medida com que os lábios abrem mais, os dentes cam aparentes e as sobrancelhas se mantém levantadas, assim pode ser de nido o grau de intensidade com que a pessoa sente a emoção.

Mas chegou um momento em minha história que percebi que nós, do STUDIO BELEZA MALL fazíamos parte não só da beleza, mas dá vida de nossas clientes, porque não éramos só suas pro ssionais, mas também suas amigas. E o resultado de toda nossa história e dedicação você encontra na beleza de nossas clientes des lando por toda cidade.

A medida com que os lábios abrem mais, os dentes cam aparentes e as sobrancelhas mais juntas, assim pode ser Diga-nos através do nosso Instagram de nido o grau de intensidade com que a @studiobelezamall quais foram suas pessoa sente a emoção. conclusões após ler esta matéria.

Paixão: Sobrancelhas totalmente levantadas, afastadas uma da outra , olhos parcialmente ou totalmente fechados e acompanhado de um semblante de paz, felicidade e contentamento. Pode estar acompanhado também de um sorriso “meia boca” ou um sorriso com lábios fechados.

Envie-nos suas dúvidas e sugestões para publicarmos mais informações e novidades para você. STUDIO BELEZA MALL (SBM) Rua Joazeiro - 117 - São Cristóvão - BH MG Email : studiobelezamall@gmail.com Tel : (31)3021-9661 Whatsapp : (31)3021-9661

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


22 EXPOSIÇÃO

Jaguar Parede BH

Créditos: Luan Almeida Redação Cenário Minas - @revistacenariominas

A capital mineira será invadida por onçaspintadas a partir de setembro. Isso mesmo, é a Jaguar Parede BH 2021, que depois do grande sucesso em São Paulo, chega em Belo Horizonte (de 6 de setembro a 5 de dezembro) para chamar a atenção do risco eminente de extinção do animal que é simbolo da fauna brasileira: a onça-pintada. A exposição, que é uma intervenção artística urbana e reúne mais 60 obras do projeto do animal em vibra de vidro (35 delas do acervo da Jaguar Parade e 26 que serão pintadas no Pátio Savassi) vai surpreender o público e trazer entretenimento aliado à cultura e também à questão da extinção dos animais. De Belo Horizonte, a Jaguar Parade segue para uma edição em Nova York em 2022, em parceria com as Nações Unidas. A partir de 6 de setembro, o público geral poderá acompanhar de perto as pinturas das onças. Os artistas carão trabalhando quatro s e m a n a s n o Pá t i o S a v a s s i e m l o c a i s

estratégicos para que as pessoas possam acompanhar o dia-a-dia da transformação das obras e da inspiração dos ar tistas na concepção de cada trabalho. Entre os dias 7 de outubro e 15 de novembro, todas as 61 esculturas estarão expostas pelo shopping. Já entre os dias 16 de novembro e 5 de dezembro, as onças tomarão conta da cidade e poderão ser apreciadas pelas ruas, praças, parques. A Jaguar Parade BH 2021, realizada pela Artery, conta com o Patrocínio Master da Unidas. O Pátio Savassi é o shopping o cial da mostra que também conta com o patrocínio do BTG Pactual, Fairfax, Usina Laguna, Nutrire, CDL e Novotel. Chamar a atenção para a degradação da fauna silvestre do país, em especial da onçapintada, que corre risco de extinção, por meio da democratização da arte é o principal objetivo do evento. Segundo o IBAMA, no Brasil essa espécie é considerada vulnerável e já se enquadra na categoria "quase ameaçada" de extinção.

Jaguar Parade BH 2021 – Calendário atividades em BH 6/09 a 05/10: pinturas ao vivo e exposição no Pátio Savassi 7/10 a 15/11: exposição Pátio Savassi e abertura leilão online 16/11 a 05/12: exposição nas ruas de BH + Pátio Savassi e encerramento do leilão online Facebook e Instagram: @jaguar.parade Site: jaguarparade.com www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


23 MERCADO IMOBILIÁRIO

Imóvel padrão em Belo Horizonte custa, em média, R mil Redação Cenário Minas - @revistacenariominas

O relatório do Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do País, mostra que os preços dos imóveis em Belo Horizonte seguem em tendência de alta. Em julho, o preço médio de venda foi R$ 5.329/m², 0,3% a mais do que no mês anterior. Em 2021, o aumento foi de 2,5% e em 12 meses o crescimento foi de 4,1%. Dessa forma, um imóvel padrão (65m², dois quartos e uma vaga na garagem) custa, em média, R$ 346 mil. Entre julho de 2020 e julho de 2021 os bairros onde o preço de venda mais aumentou foram Santa Mônica Pampulha (R$ 4.320/m², +18,6%), Santa Helena (R$ 4.393/m², +19,4%) e Brasil Industrial (R$ 4.817/m², +20,0%). Por outro lado, os locais onde o preço do m² mais diminuiu foram Cruzeiro (R$ 6.508/m², -12,5%) e Jardim Leblon (R$ 3.567/m², -11,1%).

Veja o preço médio do m² por região em Belo Horizonte:

O índice de rentabilidade imobiliária relaciona o preço de venda e valor de locação do imóvel para veri car o tempo necessário para recuperar o dinheiro utilizado na aquisição do imóvel. No relatório de julho, o índice foi de 3,36% bruto anual. Dessa forma, são necessários 29,8 anos de aluguel para obter o valor investido no imóvel, 0,4% a menos que há um ano.

Informações (31) 99126-5236 www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


24 ESPECIAL

Liah Soares conta rotina e planos para carreira Maria Pericás - @mariapericas

Cantora, compositora e multi-instrumentista, Liah Soares contabiliza em sua carreira quatro discos gravados em estúdio, um DVD gravado no Theatro da Paz, um EP e sete músicas emplacadas em novelas da Rede Globo (sendo a mais recente, “Girassol”, na trilha da novela “O Sétimo G u a r d i ã o” ) , a l é m d e diversas participações especiais em projetos paralelos. A cantora foi nalista da primeira edição do talent show “The Voice Brasil” (exibido pela TV Globo em 2012) e teve uma participação de grande destaque durante toda a competição, encantando o p ú b l i c o c o m interpretações com sua assinatura ousada, doce e envolvente. Liah traz a música impressa em seu DNA desde criança. Nascida em Tucuruí, interior do Pará, a cantora aprendeu com o pai, entre discos e ondas do rádio, o que é a boa música. Aos três anos já cantava com o coro da igreja de sua cidade. Aos onze, ganhou o primeiro violão e a total entrega à música acabou levando-a para o primeiro festival de música em sua trajetória

onde, dentre mais de 3000 músicas inscritas, cou entre as 24 de destaque. Essa experiência rendeu-lhe a primeira vez em um palco, cantando para um grande público. Foi o su ciente para querer viver de sua arte para o resto da vida. Quando lançou seu primeiro disco em 2004 pela EMI, Liah já era uma compositora de sucesso. Sua habilidade em escrever melodias com letras profundas e surpreendentes já havia chamado a atenção de muitos artistas e críticos do meio musical. Suas composições chegavam aos artistas através de “demos” que ela mesma gravava, e sua voz despertava em todos uma certa curiosidade em saber quem era aquela menina tão talentosa, que cantava, compunha e tocava tão intuitivamente. Foi assim que surgiu então o contrato da primeira gravadora. Sua voz chegou ao grande público com as baladas “Garotas Choram Demais” (primeiro single a tocar nas rádios de todo o Brasil) e com “Poesia e Paixão”. Logo veio o convite do cantor italiano Tizziano Ferro para o duo na música “Sere Nere”, do seu disco que seria lançado no Brasil e América Latina pela EMI. Após lançar o segundo disco “Perdas e Ganhos”, com músicas que zeram parte da trilha das novelas Malhação (TV Globo) e Alta Estação (TV Record),

Foto: João Mário Nunes

'Dizem que amar é assim' é o sexto single lançado por Liah Soares desde o ano passado. Eles serão reunidos em um disco, previsto ainda para este ano Record), Liah se mudou para a cidade do Rio de Janeiro e iniciou uma nova experiência de intercâmbio cultural com músicos cariocas. Hoje possui canções de sua autoria gravadas por artistas consagrados como Sandy & Junior, Elba Ramalho, Ivete Sangalo, Ivan Lins, Maria Gadu, Wanessa, entre outros. Nos últimos anos, a cantora participou de algumas coletâneas de discos (“Elas cantam Paul McCartney”, “Elas cantam Roberto Carlos” e “Tributo a Cazuza”) e também se apresentou ao lado de Maria Gadú em uma das edições do especial da TV Globo “Criança Esperança”, rmandose cada vez mais no cenário musical brasileiro. Com seu álbum “Quatro Cantos”, lançado pela Som Livre em 2012, Liah emplacou a canção “Nossa

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas

Música”, que fez parte da trilha da novela “A Vida da Gente”, da TV Globo, com direção de Jayme Monjardim, assim como a canção “Você Por Perto”, extraída de seu EP “O Som é o Sol” e tema de um dos casais protagonistas da novela “Em Família”, escrita por Manoel Carlos, em 2014. Liah ainda teve uma composição sua intitulada “Beijo de Hortelã” gravada por Ivete Sangalo. A inclusão da música no DVD Multishow ao Vivo (2014) de Ivete resultou em um dos pontos máximos deste trabalho. A artista também é conhecida pela sua virtuose nos pedais e tem como um dos vários formatos de shows o “Voz e Violoops”, com per l acústico e totalmente dedicado à técnica do “loop”, que consiste em agregar às músicas, através de pedaleiras com


00 25

INCLUSÃO ESPECIAL

revista digital CENÁRIO CENÁRIOMINAS MINAS

Liah Soares lança parceira com Zeca Baleiro, 'Dizem que amar é assim’ recursos, trechos compostos para repetir continuamente, sem que se note a descontinuidade. A prática rendeu à cantora o prêmio especial do júri, quando representou o Brasil no 2º campeonato de Loop Station da Boss, na cidade de Frankfurt, Alemanha, em 2012.

Eu que não sei nada desse mundo Sei que você sabe Das coisas que eu ainda não sei sobre o amor Te conto meus segredos sem querer que os guarde

Com uma carreira consolidada e sempre a postos para alçar novos voos, Liah Soares convida o público para uma verdadeira celebração em seus shows, levando ao grande público os matizes, alegria contagiante e a sonoridade pop de sua arte.

Ao seu lado descubro quem sou Eu queria que essa madrugada não amanhecesse Que as estrelas que a gente nunca contou Foto: Divulgação

Novo álbum está sendo produzido por Zeca Baleiro “Dizem que Amar é Assim” é o sexto single lançado por Liah Soares desde o ano passado. Os singles farão parte do novo álbum da cantora e compositora paraense, a ser lançado até o m de 2021 e produzido por ela e Zeca Baleiro, também parceiro no novo single. “‘Dizem que amar é assim’ surgiu facilmente quando eu dedilhava o ukulele , instrumento havaiano que me inspira sempre algo mais leve e suave como a melodia dessa música. Eu tinha acabado de ter minha lha e falar sobre esse amor era o meu assunto preferido.

Mas quando cheguei no refrão a letra empacou, talvez porque eu já estivesse acostumada com as onomatopeias ‘para-pa-pá’ que marcam o refrão, e de fato não conseguia resumir esse amor que eu ainda estava tentando entender… Então pedi ajuda ao amigo, produtor e parceiro Zeca, que genialmente trouxe a poesia que faltava.“ A parceria dos dois tem tratamento semelhante às outras canções já lançadas por Liah, com p o u c o s i n s t r u m e n t o s, m u i t o s vo c a i s e sonoridade acústica. E estará disponível em todas as plataformas de áudio no dia 18 de junho. Lançamento Saravá Discos/LS Gaya.

Contassem nosso tempo sem pressa Mesmo sem ter rima Nós rimos de tudo Dizem que amar é assim Como o sol que insiste Mesmo que as nuvens não parem de chover Deixa vir a tempestade Quente é o meu coração Como o sol que insiste Mesmo que as nuvens não parem de chover Deixa vir a tempestade Quente é o meu coração Como o sol que insiste Mesmo que as nuvens não parem de chover

Foto: Divulgação

Ficha Técnica: Liah Soares – voz, vocais, ukelele e trompete de boca Tiquinho – trombone

Deixa vir a tempestade Quente é o meu coração Como o sol que insiste Mesmo que as nuvens não parem de chover

M i x a g e m e Masterização: L e o n a r d o Nakabayashi

Deixa vir a tempestade Quente é o meu coração

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas

Dizem que amar é assim


00 26

INCLUSÃO ESPECIAL

revista digital CENÁRIO CENÁRIOMINAS MINAS

Liah Soares lança clipe da canção Pra te colecionar Dia 10 de setembro, Liah Soares lança o clipe da música Pra te Colecionar, o quarto single de “Infinito”, seu quinto álbum autoral, produzido por Zeca Baleiro, e previsto para o segundo semestre A canção, parceria com o rapper Knust, é uma balada Pop que fala de amor. "Eu a escrevi no início do meu namoro com o Carlo (o ator Carlo Porto), naquele auge da paixão em que você quer estar perto o tempo todo. Tivemos um momento complicado de adaptação, administrando a distância, já que ele estava gravando uma novela em Portugal e eu tinha compromissos no Brasil. A saudade era grande e por isso eu canto Te Guardei em Cada Olhar/ Só pra te Colecionar. Estamos ainda num momento de pandemia e com certas restrições e cuidados de distanciamento social, então selecionei algumas imagens pessoais das viagens que z a Portugal nessas visitas ao Carlo e caíram como uma luva pro clipe, nada mais justo, já que a canção se trata de um baú de memórias", diz Liah. A ideia de convidar o Knust veio quando a cantora pensou em trabalhar com algum grande rapper da nova geração, e conversando com Zeca Baleiro, os dois chegaram em seu nome. "O nascimento do meu lho há poucos meses me fez re etir sobre responsabilidades, vida, amor e música. Ultimamente tenho feito canções mais calmas, sobre esse sentimento que conecta os seres perto de mim e tenho aprendido até com minhas próprias composições. Quando recebi o convite para participar de uma música com a Liah, encaixou perfeitamente. Depois descobri também que ela será mãe em breve e tudo cou mais claro ainda. Agradeço a Liah e a toda equipe, essa música representa um amor vivo em mim, por isso tenho um carinho tão grande pelo projeto", falou Knust. "Fiquei muito feliz com a parte que ele criou e acho que deu até maior sentido para música", completou Liah. Knust vem se destacando no cenário musical, de 2016 a 2019 trabalhou para a gravadora 1Kilo, onde pôde unir o improviso à musicalidade em canções de sucesso como "Reza Sincera", "Duro Igual Concreto" e o hit "Deixe-me ir" - pela qual recebeu disco triplo de platina com mais de 450 milhões de streamings - fato único no rap - sendo uma das músicas mais tocadas no Brasil nos últimos anos.

Ganhou notoriedade como intérprete e compositor, emplacando também participações com artistas como Luccas Carlos, Xamã e Matuê. A cantora, compositora e multiinstrumentista Liah Soares contabiliza quatro discos de estúdio; o DVD "Ao vivo n o T h e a t r o d a Pa z ", g r a v a d o e m Belém/PA; o EP "O Som é o Sol"; sete músicas em novelas da TV Globo e diversas participações especiais em projetos paralelos. Nascida em Tucuruí, interior do Pará, Liah Soares já teve composições gravadas por artistas consagrados como Elba Ramalho, Ivete Sangalo, Ivan Lins, Maria Gadú, Sandy & Junior, Wanessa Camargo, entre outros. Liah também é conhecida pela sua técnica de "loop" no uso dos pedais. O que começou com uma "brincadeira" com a técnica levou Liah a participar de festivais dentro e fora do Brasil e a criar o show "Voz e Violoops".

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


28 SAÚDE

Massagens terapêuticas como tratamento

Redação Cenário Minas - @revistacenariominas

O

isolamento social gerou um aumento nas queixas de dores corporais, tensões musculares, stress e depressão. Esse crescimento das queixas já era esperado devido ao sedentarismo, inércia corporal, contrações musculares, inseguranças e medo que a maioria das pessoas vêm passando nesse momento de pandemia. Desde 1995 em Belo Horizonte, a Terapeuta e Acupunturista: Janaina Ferreira - CRT 43978 vêm atendendo e tornando-se conhecida por apresentar aos belorizontinos uma Técnica e Arte de Massagem Oriental conhecida como Shiatsu (Acupuntura sem Agulhas - Método Janaína Ferreira, foi criado para adaptar o Shiatsu ao gosto «mineiro», mas 100% atento aos princípios orientais.

cuidados redobrados para proteger a saúde de nossos clientes. Atendemos com horários exíveis e preços acessíveis para Delivery e atendimento em lugar próprio no centro de BH. Criamos no atendimento um ambiente relaxante no local solicitado, desde a maca, produtos, materiais até uma ambientação musical. Seu momento 'relax' pode acontecer em qualquer lugar e horár io, a par tir da sua solicitação e agendamento.

O Shiatsu é uma técnica de massagem oriental onde utiliza-se a pressão dos dedos, cotovelos e pés em pontos de acupuntura. Indicado para o alívio de tensões musculares, eliminação do stress, pois libera imediatamente endor nas, ativa o uxo de energia e fortalece o sistema imunológico através do seu efeito relaxante e sensação de bem estar.

Janaína Ferreira

Um conforto e conveniência para quem está em casa e uma facilidade para quem corre contra o tempo, já está disponível aos belorizontinos Fique à vontade para nos contatar e também apreciar o nosso catálogo terapêutico pelo através da nossa "Massagem Delivery" realizada whatsapp: (31) 99423-4413. com toda higienização necessária e adequada, antes e depois do atendimento, limpeza dos e q u i p a m e n t o s p o r t á t e i s , u s o d o s E P I s Muito mais que uma massagem, levamos o (equipamentos de proteção individual) e todos os relaxamento e o bem estar que você tanto busca! www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


29 IMAGEM

A sua Imagem é a sua Marca Pessoal Redação Cenário Minas - @revistacenariominas

Você sabia que a sua Imagem comunica sempre, onde quer que você vá? Qual a mensagem que você está passando através da sua Imagem? Estamos vivendo um novo e diferente momento na história mundial, estamos em casa por necessidade e segurança, tivemos nossa vida social e pro ssional tomada pelas instituições de segurança e pelo governo. E na crise nascem oportunidades, para nos reinventarmos e crescermos em todos os sentidos. Ficamos todos em casa e juntos tivemos a liberdade de carmos de pijama o dia todo. Mas não podemos nos esquecer que as reuniões, encontros com clientes, cursos e conferências online se zeram necessárias. Então, eu te pergunto: você concorda que não podemos aparecer de pijama? A nossa imagem comunica; a nossa imagem é nossa marca pessoal. Com isso, devemos manter uma boa aparência. Mesmo estando em casa você precisa se arrumar para que sua autoestima seja alimentada, vou te convidar a fazer uma tarefa que pode te ajudar a otimizar seu tempo e seu guarda roupa.

Vem comigo vou te dar cinco dicas valiosas: 1. Desapegue

4. Peças fazendo aniversário

Você não precisa de muitas peças no seu guarda roupa;

Peças que tem mais de 1 ano que você não usa, passou 4 estações e você não usou...não vai usar mais;

2. Experimente suas roupas 5. Monte looks Aproveite que você está em casa e prove as roupas que você tem. É um bom passo para saber tudo que você tem dentro do seu guarda roupa;

Monte até 3 looks com cada peça e fotografe, assim você consegue otimizar seu tempo e treinar seu olhar para conseguir montar looks com facilidade.

3. Peças com etiquetas Peças novas com etiquetas, que você nunca usou, a roupa tem que ter função; Seguindo essas dicas você vai deixar seu guarda roupa mais otimizado e não corre o risco de vestir uma peça que você não gosta mais, que não te representa e não faz parte do seu estilo atual. Agora você passa a ter um olhar mais apurado para fazer compras mais conscientes, para ter um guarda roupa inteligente. Quer saber mais sobre como potencializar suas qualidades para ter alta performance em imagem? Sobre como adequar sua imagem para uma entrevista de emprego, uma promoção ou uma nova etapa pro ssional? Entre em contato ou me siga nas redes sociais: @niviavalentimconsultora. Consultora de Imagem e Estilo - Especialista em Coloração - Personal Stylist

Nivia Renata Valentim Rodrigues

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


31 HISTÓRIA

Conheça o local onde Roosevelt esteve em Manaus Ex-presidente dos EUA visitou o belíssimo prédio que hoje abriga o hotel Juma Ópera Redação Cenário Minas - @revistacenariominas

Entre 1879 e 1912, Manaus (AM) viveu um momento importante de desenvolvimento e prosperidade econômica graças à exploração da produção de borracha. Conhecida como “Belle Époque da Amazônia”, o período foi marcado pela modernização da cidade, o que culminou na construção de museus, teatros e prédios inspirados em estilos europeus.

período foi marcado pela modernização da cidade, o que culminou na construção de museus, teatros e prédios inspirados em estilos europeus. No começo do século 20, Theodore Roosevelt, expresidente dos Estados Unidos, fez uma ilustre visita ao destino. Convidado pelo governo brasileiro para participar de uma expedição cientí ca na Amazônia, especialistas) para encontrar e coletar espécimes de animais o líder esteve no prédio do e plantas amazônicas para pesquisas futuras. A aventura, consulado dos EUA. comandada pelo explorador brasileiro marechal Candido Rondon, especializado no estudo de culturas indígenas, Hoje, a edi cação abriga o hotel durou quase dois meses, com mais de mil quilômetros J u m a Ó p e r a , o p ç ã o d e percorridos a pé. hospedagem luxuosa e que oferece vistas incríveis para o A passagem do ex-presidente dos EUA pela Amazônia tradicional Teatro Amazonas – também foi marcada por outro acontecimento importante. outro símbolo arquitetônico que Durante a expedição, o grupo percorreu o trajeto do Rio da remete ao glamouroso passado Dúvida, que nasce no estado de Rondônia, passa pelo Mato de Manaus. Grosso e se estende até o Amazonas. Ele tinha esse nome porque, à época, ninguém sabia onde a corrente iria Durante sua passagem pela desaguar. Graças ao feito, o rio foi rebatizado e hoje se chama cidade brasileira, Roosevelt Roosevelt, em homenagem ao norte-americano. participou de uma expedição com 2 6 p e s s o a s ( b o t â n i c o s , Mais informações em www.jumaopera.com.br taxidermistas, químicos e outros

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


32 CULTURA

Zippo e Mato Seco Lançam Isqueiro Exclusivo O Mato é uma das primeiras bandas brasileiras a lançar um isqueiro da marca. Redação Cenário Minas - @revistacenariominas

A Banda de reggae Mato Seco, foi convidada pela famosa marca americana de isqueiros Zippo, para lançar uma coleção especial com a logo da banda.

Ao longo de sua história a Zippo lançou diversos isqueiros especiais com bandas famosas mundialmente, como: Iron Maiden, Kiss e ACDC, no Brasil o Mato Seco é uma das primeiras bandas a lançar um item exclusivo da marca.

O isqueiro que se popularizou na segunda guerra mundial, se consolidou como o melhor do mundo por sua praticidade e durabilidade, já que as peças da marca costumam durar décadas.

O Zippo do Mato Seco, pode ser adquirido através do site: https://www.smokerstabacaria.com.br/i squeiros/zippo/218-isqueiro-zippomato-seco

a banda é facilmente reconhecida por seu ativismo político e social, e suas canções que buscam abraçar todos os públicos. Com letras que falam abertamente sobre amor, paz, resistência, e a luta das minorias por direitos, o Mato consegue tocar no íntimo de seus ouvintes que re etem sobre situações do cotidiano, gerando de cara uma identi cação pessoal.

A collab do Mato com a Zippo traz para os fãs da banda uma peça rara, item de colecionador, produzida em material fosco, possui um visual so sticado que n ã o a r ra n h a , a l é m d e s e r recarregável. O isqueiro também possui a mecânica de chama à prova de vento, que não se apaga com facilidade.

Sobre o Mato Seco: Com quase 20 anos de carreira, o Mato é um dos grandes destaques no cenário do reggae brasileiro, formada por: Rodrigo Piccolo (vocal e guitarra), Eric Oliveira (guitarra), Osvaldo Ciziniaukas Jr. (contrabaixo), João Paz (órgão e piano), Tiago Rezende (bateria), Carlos Eduardo Gonçalves (percussão e voz) e

Após um ano bem conturbado sem shows e agenda pro ssional por conta da pandemia, a banda está com as esperanças renovadas, e se prepara para lançar seu mais novo EP “Carta da Humanidade para a Humanidade”. Redes Sociais: Facebook: https://www.facebook.com/matoseco cial/ Instagram: https://www.instagram.com/matoseco cial/ Site: https://www.matoseco.com.br/

(31) 99.126-5236 www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


33 PARCERIA

Cenário s e Empreendedor Extraordinário consolidam parceria Redação Cenário Minas - @revistacenariominas

As últimas décadas foram marcadas por

lutas pela igualdade de gênero. As mulheres conquistaram independência e vêm ocupando espaços que, antes, eram exclusivos dos homens. Nesse cenário, o empreendedorismo feminino traz importantes contribuições para a sociedade. Cada vez mais empresárias atuam no mercado. Porém, o mundo dos negócios ainda impõe obstáculos extras a elas. Hoje vamos conversar sobre alguns desses desa os. Existem aproximadamente 9,3 milhões de empreendedoras no Brasil, o que corresponde a 34% dos donos de um negócio no país. Os dados são do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). Segundo o Sebrae, hoje a quantidade de empresárias consideradas chefes de domicílio chega a 45%, superando o número de mulheres que dependem do dinheiro do cônjuge. Isso signi ca que elas assumiram o protagonismo em seus lares, pois provém a principal fonte de renda da família.

O empreendedorismo feminino também se caracteriza pela quali cação. As donas de negócio têm escolaridade maior (16%). Além disso, apresentam taxas de inadimplência mais baixas (3,7% para elas contra 4,2% para eles). Com o objetivo de melhorar a gestão e integração dos times, estimular feedbacks e acompanhar as metas, a agência Cenário Minas rmou uma parcer ia com o Empreendor ismo Extrarordinário, em nomes de Carina Martins e de Luciana Morais. Com cerca de vários colaboradores e empreendedores, o Empreendorismo Extrarordinário, é o relacionamento do mercado oferecendo ferramentas de avaliação e desempenho, além de pesquisas de satisfação e clima, para melhorar o ambiente de cada cliente. “Fazemos avaliações de como os líderes e os colaboradores estão atuando dentro dos sete valores do Empreendedorismo: Gestão de Conhecimento, Gestão das

Emoções, Gestão de Marketing, Gestão de Vendas, Gestão nanceira, Gestão de Pessoas e Gestão Estratégica“. “A p a r c e r i a c o m o E m p r e e n d e d o r Extarordinário mudou toda a equipe, do engajamento à identi cação dos líderes e liderados mais conectados aos nossos valores. Fica mais uma vez claro que uma empresa deve fazer todos os esforços necessários para manter os funcionários motivados e engajados. Isso ajuda a aumentar a energia para ser mais produtivo na jornada de trabalho e mais criativo na criação de campanhas e soluções para os nossos clientes”, acrescenta Félix Júnior, da Revista Cenário’s. O projeto Empreendedor Extraordinário é gente que empreende, que tem coragem, que busca atingir suas metas, que vive por propósitos. Gente que faz e acontece. Que mostra a que veio. Gente de verdade, como a gente. Fazemos novos negócios, novas p a rc e r i a s, e t e m o s u m c re s c i m e n t o extraordinário e também fazer network!

https://www.empreendedorextraordinario.com.br/

Av. Artur Bernardes, 3099 - Barragem Santa Lúcia - Tel.: (31) 9.9671-7349 www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


34 BEBIDAS

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


00 35

INCLUSÃO COMERCIAL

revista digital CENÁRIO CENÁRIOMINAS MINAS

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


38 LETRAS

J.D. Vital é eleito para a Academia Mineira de Letras Redação Cenário Minas - @revistacenariominas

T omou posse na sede da Academia

Mineira de Letras, foi realizada a sessão de apuração dos votos da eleição para a cadeira de número 10, vaga desde o falecimento do acadêmico Fábio Proença Doyle, em 19 de abril. O jornalista e escritor J.D. Vital foi eleito com 35 votos.

Sua atuação como secretário de Comunicação dos governos de Tancredo Neves e de Hélio Garcia também foi notável. Seu papel de promotor e incentivador da Cultura, ao longo dos anos em que atuou no mundo c o r p o r a t i v o, é c o n h e c i d o e respeitado por todos.

A cadeira nº 10 tem como patrono Claudio Manoel da Costa. Fundada por Brant Horta, também já foi ocupada pelo jornalista João Etienne Filho.

E seus livros sobre a história do clero mineiro já fazem parte do melhor da nossa literatura.

"JD Vital é um dos jor nalistas mais experientes de Minas, com larga folha de serviços prestados à nossa imprensa.

É uma alegria a sua chegada", comenta o presidente da Academia, Rogério Faria Tavares.

Sobre o novo acadêmico J.D. Vital J.D. Vital formou-se em Filoso a (1971) e em Comunicação Social (1974) pela Faculdade de Filoso a e Ciências Humanas ( FA F I C H ) , d a U FM G . I n g re s s o u n o jornalismo como “foca”, no “Diário de Minas”. Depois, trabalhou nas sucursais dos jornais O Estado de S. Paulo e O Globo. No rádio, foi comentarista das emissoras Antena Um e Alvorada. Na TV Manchete, apresentou o programa de entrevistas “Gente de Opinião”. Lecionou Jornalismo Impresso na Faculdade de Comunicação da PUC Minas (1974/75). Na vida pública, che ou a Assessoria de I mprensa e R elações Públicas dos governadores Tancredo Neves e Hélio Garcia. Voltou à iniciativa privada como gerente de Comunicação e chefe do escritório da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração – CBMM em Belo Horizonte. Ex-seminarista, dedicou-se a livrosreportagem sobre a Igreja Católica, com destaque para “Como se faz um bispo, segundo o alto e o baixo clero” (Civilização Brasileira, 2012, 362 páginas) e “A revoada dos anjos de Minas” (Autêntica, 2016, 203 p á g i n a s ) , s o b re o fe c h a m e n t o d o

Seminário Maior de Mariana, em 1966. “É um mistério como a Igreja faz um bispo”, disse Carlos Heitor Cony, também exseminarista, em conversa com o autor. Roque Camêllo, então presidente da Academia Marianense de Letras, ressaltou o trabalho de pesquisa e de entrevistas com padres e alunos do seminário naqueles tempos turbulentos pós-Concílio Vaticano II. C o m o c o l a b o r a d o r, p u b l i c o u reportagens especiais no jornal Estado de Minas, dentre elas, “Quem calçará as sandálias do Pescador?” (2002), sobre a sucessão do papa João Paulo II (que se transformou em livro por sugestão do embaixador José Aparecido de Oliveira) e “Dever da memória”, sobre a Semana Santa em Jerusalém no ano de 2014 e o holocausto judeu. Na revista Ecológico, publicou “Na oresta dos cedros de Deus” (2017), sobre viagem ao Líbano, e “Uma nova estrela no céu do Vaticano” (2021), sobre o cardeal negro de Washington, dom Wilton Daniel Gregory.

No jornalismo empresarial, viajou por vários continentes e lançou publicações, em formato de revista, sobre a CBMM, no Japão, na China, na Europa e nos Estados Unidos. Para o “Jornal da Tarde”, escreveu em 1975, quando morou em Milão, na Itália, “A história de um jogador que comprou um time para continuar jogando”, sobre o polêmico ídolo do Milan, Gianni Rivera. A convite da Academia Mineira de Letras, fez palestras sobre a China em meados de 1990, em mesa presidida por Dario de Faria Tavares; em 2017 sobre os vinte anos da morte de Dom Oscar de Oliveira, arcebispo de Mariana; e em 2020, em videoconferência, “Um repórter na encruzilhada entre Graham Greene e Papa Francisco”, sobre as hesitações de um escritor à procura de um tema. Casado com Elmás da Silva Sírio Vital, o casal tem quatro lhos e quatro netos. Ex-presidente da Banda de Música Santa Cecília, de Barão de Cocais, onde nasceu em 1947, Vital também é membro da Academia Marianense de Letras e no discurso de posse, naquela instituição, fez o “Elogio de Dom Viçoso, o santo de Minas”.

www.cenariominas.com.br - @revistacenariominas


Tel.: (31) 9.9126-5236


Profile for Revista Cenario Minas

Revista Cenário's - Edição de Setembro 2021  

A edição de Setembro de 2021, está chegando fresquinha. Temos uma parceria inédita na parte comercial da revista Cenário's, com o Projeto Em...

Revista Cenário's - Edição de Setembro 2021  

A edição de Setembro de 2021, está chegando fresquinha. Temos uma parceria inédita na parte comercial da revista Cenário's, com o Projeto Em...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded