Page 1

CENÁRIO MINAS ris o m

Ano 3 - Edição #23 - Revista Virtual - Novembro 2017

Cultura

n ete

tr

En

Entrevista:

Celso Zucatelli e o

‘Melhor para você’

to

en

im

Tu

R ev

ista

Cenário MINAS


MINAS

to

en

im ten

tre

En

T

O assunto é delicado, todos sabemos. Por isso, surgiu a ideia de desenvolver uma campanha especialmente voltada ao esclarecimento do tema e quebra de paradigmas, para mudar de vez o cenário nacional, que traz números cada vez mais alarmantes sobre este tipo de câncer.

Cultura

o ism ur

Preconceito, falta de informação, ideias equivocadas… Estas são algumas das características do comportamento masculino quando o assunto é saúde, sobretudo quando envolve a próstata.

www.cenariominas.com.br

EXPEDIENTE Redação e Administração: Av. prof. Cândido Candido Holanda, 70/405 - São Sao Bento - Belo Horizonte - Minas Gerais CEP: 30.350-340 (31) 3344-5751 / 99126-5236 cenarionegocios@gmail.com cenarionegocios@gmail.com Jornalista Responsável FelipeJosé Joséde deJesus JesusFelipe FENAJ:15.263-JP-MG Colaboradores: Presidente: Geraldo Félix Júnior de A. Júnior Geraldo Félix - DRT: FENAJ: JP-MG 94309430 JP-MG Sérgio Steiner MTE 30773 RJ Copy Desk: Sérgio Steiner - MTE 30773 RJ Site e Programação: Agência Site Líder Filiado a AIN

Filiado a AIN Filiado

Filiado: ABRAMÍDIA - MG (Assoc. Brasileira de Midia Publicação Digital da Editora Eletrônica) Cenário Comunicação Publicação da Editorae Marketing Ltda. Cenario Comunicação e Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores e não refletem a opinião da Revista Cenário Minas. A Cenário Minas também não se responsabiliza pelo uso de suas informações no site e na Revista.


Cenário

Cenário Minas Contato: cenarionegocios@gmail.com

Geraldo Félix Jr Jornalista

Felipe J. Jesus Jornalista

Sérgio Steiner

3

Lucia Mattos Jornalista

Leonardo Horta Jornalista

Priscilla Silvestre Jornalista

Elberty Valadares


Cenário

120 anos

Por Leonardo Horta - Jornalista

4 - Cenário Minas

Afonso Pena e os 120 anos da capital

Na comemoração dos 120 anos de fundação da capital mineira, os diferentes olhares dos belorizontinos passam obrigatoriamente pela avenida Afonso Pena. Inaugurada junto com a nova capital, em 12 de dezembro de 1897, a via centenária continua sendo uma das principais de BH. Com extensão superior a 4 Km, a avenida começa no coração da cidade e vai até a Zona Sul.

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br


Cenário Nas comemorações dos 120 anos de fundação da capital de Minas Gerais, nada mais jutos do que lembrar de um dos pontos de partidas de BH. A popular Praça da Estação tem como nome oficial Praça Rui Barbosa, nomenclatura não muito conhecida por parte dos belorizontinos.

120 anos

No mesmo local concentram-se a Estação Central do Metrô, o Museu de Artes e Ofícios e a antiga estação da Estrada de Fero Central do Brasil. É local de passagem diária para milhares de pedestres, transeuntes, carros, motos, ônibus e caminhões na região conhecida como “centro nervoso” de Belo Horizonte. A pressa é algo intrínseco aos que passam por ali durante os dias úteis. Porém, nos 120 anos da capital, nada mais jutos do que parar alguns instantes e observar estas paisagens urbanas belorizontinas!

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br

5 - Cenário Minas


Cenário Encerramento da Caravana: Com esperança de mudanças no Brasil ex-presidente Lula discursa na capital mineira para apoiadores “Quero que me peçam desculpas” (Luiz Inácio Lula da Silva, sobre acusações – Operação Lava Jato) *Jornalista / Editor Geral BH/MG *Felipe José de Jesus

A

disputa para a Presidência da República nunca esteve tão acirrada no país. Isso porque em 2018 diversos candidatos estarão disputando o olhar e as atenções dos eleitores, entre eles novos nomes como o de Jair Bolsonaro (PSC-RJ), Luciano Huck (apresentador de TV) possivelmente pelo (PPS) e nomes já conhecidos como de Aécio Neves (PSDB) e do popular Luis Inácio Lula da Silva (Lula) do PT. Em visita a capital mineira no dia 30 de outubro (Praça da Estação/Centro da Cidade). Fotos: Daniel Stone Lula levou várias pessoas para o local para conversar sobre os rumos do país e para levantar bandeiras importantes (algumas já velhas) como saúde, educação e claro, incremento ao crescimento da economia. Mesmo sendo temas já levantados e antigos, Lula trouxe a discussão com novo fôlego para tentar a partir de 2018 mudar os rumos do país que atravessa um PIB complicado, com crescimento de 1% no 1º trimestre de 2017 após oito quedas seguidas. Em momentos complicados na economia brasileira e com o presidente Michel Temer (PMDB) em declínio, pelo menos pela “baixa popularidade”, o cenário se mostra propício para que os futuros candidatos já comecem a mostrar que é preciso mudar as coisas e foi nesse sentido também que Lula, acompanhado por Dilma Rousseff e o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, estiveram juntos no mesmo palco. A equipe de reportagem esteve na Praça da Estação em BH/MG para ver o que o futuro candidato a presidência. Em seu discurso de quase 40 minutos, Lula manteve firme o foco na saúde e também na educação como chave potencial para o futuro do país. Como esperado também, Lula falou do governo de Michel Temer (PMDB) e questionou as ações da justiça que o ameaçam de concorrer nas próximas eleições. Atualmente ele está com candidatura ameaçada por causa de processos da Operação Lava-Jato. Mas esperançoso, ele disse também que apenas as urnas podem impedi-lo de voltar ao Palácio do Planalto. De acordo com Lula, sua casa foi revirada pela justiça em busca de provas e, mesmo sem encontrar nada, ele continua sendo julgado. Para ele não é uma questão de ser inocentado. “Não quero ser inocentado, quero que me peçam desculpas”, comentou em seu discurso para os presentes. Pimentel e Dilma ))

Fotos: Daniel Stone

Quem também esteve na praça foi à ex-presidente Dilma Rousseff, o senador Lindbergh Farias e o atual governador do Estado, Fernando Pimentel. Durante o ato eles também falaram sobre o governo atual e das possíveis mudanças para 2018. Se a eleição presidencial de 2018 fosse hoje, o segundo turno seria disputado entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), aponta pesquisa realizada pelo Ibope. Na pesquisa estimulada, em que os nomes dos candidatos são apresentados aos eleitores, o petista teria 35% das intenções de voto contra 13% do parlamentar. O encerramento da Caravana de Lula teve a participação de mais de 5 mil pessoas na Praça das Estação em Belo Horizonte / MG. *Fotos de cobertura: Daniel Stone / *Imagens cedidas gentilmente pelo profissional *Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista_

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br

7 - Cenário Minas


A Cenรกrio


Cenário Nova Central dos Eventos é lançada no mercado mineiro Empresa apresenta nova marca, novo portal, novo aplicativo e novo sistema de vendas de ingressos Um dos princípios básicos de mercado é que, para manter sua força, as marcas precisam estar constantemente se renovando. E foi pensando assim que os sócios da Central dos Eventos planejaram a reformulação da marca. Com o objetivo de sempre atender aos desejos e necessidades de seus clientes da melhor forma possível, a empresa destaque entre os principais produtores e empresas de ingressos de Minas Gerais se reinventou e apresenta ao mercado as mudanças realizadas em todo o sistema. O novo sistema já está no ar, com uma plataforma mais funcional e segura de gerenciamento e execução de venda de ingressos. Com 13 anos de atuação e reconhecimento no mercado de entretenimento mineiro, a Central dos Eventos trabalha hoje em diversas áreas de prestação de serviços operacionais como: divulgação, produção, venda e distribuição de ingressos para diferentes eventos mineiros. Shows, teatros, festas, seminários, palestras, artes e outros segmentos de eventos fazem parte de seu currículo de produção e vendas. No entanto, a nova configuração da empresa incidirá no desdobramento de novas áreas, além, é claro, do reforço da marca no mercado de bilhetagem mineiro, que contará com alto investimento no diferencial de serviços exclusivos para planejamento e execução de processos de venda e validação de ingressos. Hoje, a Central dos Eventos se destaca pela sua completa infraestrutura, que permite que a venda e impressão dos ingressos aconteça, com segurança, de suas formas: tanto o conforto e a comodidade do online, como a presença de várias lojas físicas, tornando um diferencial da marca em Minas Gerais. Ao todo são 11 bilheterias espalhadas pelo estado em cidades como, Belo Horizonte, Contagem, Betim, Sete Lagoas e Divinópolis, além da disponibilidade 24 horas pelo portal www.centraldosevento.com.br e pelo aplicativo disponível para sistemas Android e IOS. Central dos Eventos na Rádio Itatiaia Além das redes sociais, agora a Central dos Eventos está também na rádio a Itatiaia. Os eventos serão divulgados semanalmente na emissora que carrega com ela a responsabilidade de ser uma das 5 mais sólidas do país e a maior de Minas Gerais. Ocupando o primeiro lugar geral do IBOPE com um alcance médio de 2.523.582 ouvintes diferentes por mês e mais de 160.597 ouvintes por minuto em Belo Horizonte e região metropolitana, a Rádio Itatiaia AM/FM também pode ser ouvida em 95% do estado, em mais de 800 municípios, através da Rede ItaSat. Além do rádio (610 AM ou 95,7 FM), os milhares de ouvintes espalhados por todo o mundo têm acesso à Itatiaia também pelo portal itatiaia.com.br, no canal 411 da Sky, canal 174 da Claro TV, Net Rádio e nos aplicativos para celulares e iPhone. Atuação da Central dos Eventos

Vendas Online – centraldoseventos.com.br

Equipe profissional capacitada para atender as O site da Central dos Eventos foi pensado para a comodidade do cliente e facilidade para você, produtor. O pagamento é realizado necessidades dos produtores de eventos. pelo Mercado Pago, em até 18x, aceitando cartões de crédito, débito e boletos. Os ingressos são e-tickets, onde ele é gerado a – Atendentes treinados para venda de ingressos; partir da confirmação do pagamento e o cliente recebe ele via e– Financeiro exclusivo para fechamento do evento; mail, podendo imprimir em casa! Ainda há opção do cliente adquirir – Suporte para vendas online; o ingresso online e receber ele delivery, através do Sedex, ou retirar – Suporte para sistema de ingressos; – Auxilio da divulgação do evento nas redes sociais da Central na loja. dos Evento. Pontos de venda físicos Aplicativo Central dos Eventos Atualmente, a Central dos Eventos tem 11 pontos de vendas espalhados estrategicamente em Minas Gerais, para gerar Para facilitar ainda mais, os clientes podem realizar a compra dos conforto para o cliente e para o seu evento alcançar o maior ingressos para o evento, no APP da Central dos Eventos. Um número de pessoas possíveis. QRCode é gerado e o cliente pode apresentar o ingresso pelo celular na portaria do evento. O APP está disponível para IOs e Métodos de pagamento: dinheiro, cartões de crédito e débito. Android. Bandeiras: Elo, Visa e MasterCard. 09 - Cenário Minas

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br


Cenário

Lançamento do EP "Por que Calar?" Da redação Cenário Minas

É por meio desta "provocação" que o músico mineiro Ricardo Ulpiano convida todos a viverem uma grande experiência musical no lançamento do EP "Por que Calar?", que será realizado no dia 17 de novembro às 20h30 no Teatro Raul Belém Machado. "Por que calar?" Esta é uma indagação forte, que inquieta. O silêncio não é um estado natural, já que, as palavras são o principal meio de dar sentido aos pensamentos. Na música, elas ganham um movimento mágico e ressignificam o processo de conexão das pessoas consigo, com os outros e com o mundo. Enquanto há o pulsar, não há porque calar! A apresentação traz músicas do seu novo disco, resultado da construção artística contínua e de uma sensível sintonia do cantautor com as questões atuais do mundo. No show, o espectador irá vivenciar canções ricas em poesia e diversidade, com sonoridades que transitam entre o pop, o rock e os ritmos latinos e afro-brasileiros. Em suas letras, o artista aborda temas complexos com simplicidade, instigando à reflexão, e ao mesmo tempo mostrando grande intimidade.

Foto: Samuel Mendes


Cenário Empresa de Belo Horizonte, do ramo de publicações oficiais, amplia sua atuação em todo o Brasil Da redação Cenário Minas

A Zuriel Publicidade e Serviços amplia seu leque de serviços. A partir de novembro, dia 07, a empresa contará também com os serviços de capacitação nas mais diversas áreas da gestão pública e empresariais, nascendo assim o Instituto Zuriel. Com cinco anos de experiência na área pública, a Zuriel é referência na prestação de serviços de publicações com caráter oficial e legal. A empresa trabalha com todos os jornais, os Oficiais dos Estados e da União e os jornais de grande circulação. As publicações oficiais têm como objetivo dar transparência a atos emitidos pela gestão pública e instituições privadas. A partir da percepção da necessidade de seus clientes, a Zuriel, através de seu reconhecimento no mercado, aumenta sua abrangência, oferecendo capacitação nas áreas de licitação, logística reversa, gestão e liderança, tributária, educacional, entre outras. Para a diretora Regina Rocha, “a Zuriel tem credibilidade e reconhecimento suficiente no mercado para crescer e isso só acontece por causa do trabalho profissional oferecido, que busca sempre o alcance da missão da empresa que é Oferecer serviços de qualidade, conveniência, com base em práticas confiáveis”. Mais informações sobre os serviços oferecidos pelo Instituto Zuriel: institutozuriel.com.br.

Empreendedorismo em prol da igualdade racial e de gênero invade o Necup em novembro Da redação Cenário Minas

Mulheres negras estão conquistando com muita criatividade e luta seus lugares de prestígio social em Belo Horizonte, e esse movimento crescente tem acontecido através do empreendedorismo. A organização Maliempreendedoras prepara a segunda edição da Feira Crioula, o evento reúne mulheres negras empreendedoras, no próximo domingo, dia 12, entre 10h e 21h para gerar renda e valorização das micro-empresas. Quem sedia a iniciativa dessa vez é o Núcleo de Estudos de Cultura Popular – NECUP (Av. Nossa Senhora de Fátima 3312 – Prado). Cerca de 26% das mulheres recebem salários menores que homens, de acordo com o Relatório Estatísticas de Gênero – Uma análise dos resultados do Censo Demográfico 2010, do IBGE, mulheres negras ganha muito menos. A mulher negra é protagonista no ato de empreender, historicamente elas têm administrado suas casas e suas famílias através da comercialização e escambo de produtos feitos com criatividade e poucos recursos. A criação de ambientes que favorecem o crescimento desses negócios passa pela valorização, independência e geração de renda. Pensando nisso a “Mali, Feira Crioula” além de funcionar como uma grande vitrine também busca trazer à tona a cultura afro-brasileira, acontecendo assim durante o evento apresentações artísticas, tais como: música, dança, performance e sarau. Essa edição tem como tema a “Consciência Negra”, a entrada é gratuita, para o público em geral. As expositoras podem fazer as inscrições através de um formulário que é disponibilizado semanas antes do evento nas redes sociais da organização. Se você é ou conhece uma mulher negra empreendedora entre em contato e participe dos nossos encontros e grupos de compartilhamento. O que é a Mali? Organização que promove ações em prol da equidade de raça e gênero através do empreendedorismo. Garantindo à mulheres negras a superação de obstáculos sociais e a efetivação da igualdade de oportunidades resultando em desenvolvimento econômico e social. 11 - Cenário Minas

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br


Cenário É MAIS QUE UM AEROPORTO É A SUA MAIS NOVA OPÇÃO DE COMPRASE LAZER.

www.bh-airport.com.br

+ Gastronomia + Conveniência + Compras + Lazer + Serviços O Aeroporto Internacional de BH está se transformando no seu mais novo ponto de encontro. São lojas de grandes marcas, várias opções de gastronomia, conveniência e serviços.

Venha se surpreender.


Cenário

O maior templo católico da capital é a Igreja do Carmo Da redação Cenário Minas

Em

16 de julho de 1940, D. Antônio dos Santos Cabral expediu o decreto nº 37 criando a Paróquia de Nossa Senhora do Carmo. Uma das atrações da igreja refere-se à decoração, pois foi uma das partes mais difíceis. Primeiro as janelas: vitrais lindos e coloridos com motivos bíblicos sobre Nossa Senhora, que foram desenhados e executados pela fábrica "Conrado" de São Paulo, sob a orientação de Frei Benigno Dissel. Atualmente esses vitrais são um diferencial e atraem vários turistas. A história da igreja, localizada entre os bairros Carmo e Sion, na Região Centro-Sul, passa pela forte presença na comunidade, trabalhos sociais de vulto e participação permanente dos fiéis. Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Na estante da biblioteca de raridades jamais vistas pelo público estão mais sete volumes com a mesma temática e dimensão, alguns feitos de pele de cordeiro, embora sem data e origem.Os vitrais da igreja, pertencente à Ordem Carmelita e com capacidade para acomodar 1,5 mil pessoas. No total, são 350 metros quadrados de vidros coloridos artisticamente trabalhados, de autoria da Casa Conrado, retratando cenas bíblicas e da ordem carmelita. O som do carrilhão com 39 sinos, considerado o segundo maior do país – é um espetáculo a parte. A Igreja de Nossa Senhora do Carmo deu nome ao bairro e também à avenida que passa em frente. O altar tem mesa de mármore de Carrara, pedra inteiriça, com 3,3m de comprimento, 70cm de largura e 10cm de espessura, com quatro pilares imitando o perfil de um frade.

Curiosidades da Igreja do Carmo Foto: Divulgação

Os sinos do campanário foram doados por autoridades, empresários e figuras ilustres de BH: Juscelino Kubitschek, Bias Fortes, José Maria Alkmim, Celso Mello Azevedo, Flávio Gutierrez, Antônio Luciano Pereira e outros. Cada um tem gravado em alto relevo o nome de quem presenteou a igreja e uma frase. » A Paróquia do Carmo tem quatro bibliotecas: uma aberta ao público, uma específica para crianças, a de obras raras e uma de livros teológicos. Há também uma mapoteca para consulta.

» Os oito livros de hinos religiosos, do século 18, contêm as iluminuras, ou ilustrações coloridas. Quem já assistiu ao filme O nome da rosa vai se lembrar dos monges medievais, os copistas, na biblioteca do mosteiro fazendo esse tipo de trabalho. » Nos livros de iluminuras há ilustrações de todo tipo. Impressiona a beleza das letras, algumas desenhadas sobre paisagens detalhadas ou com “chinesices”, que são motivos orientais. » Na década de 1980, todo o acervo da ordem carmelita no país foi transferido para BH, daí o grande número de livros nas bibliotecas. » Carmo, em hebraico, significa jardim. Dessa forma, Nossa Senhora do Carmo é também Nossa Senhora do Jardim. A Ordem Carmelita surgiu em 1606 no Monte Carmelo, na Terra Santa (Israel). Endereço: Rua Grão Mogol, 502 - Carmo - Telefone: 31 3221-3055 - Site: http://www.igrejadocarmo.com.br Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br

13 - Cenário Minas


Cenário Crítica Musical:

Foo Fighters / Concrete And Gold: Influência dos anos setenta recheia novo disco Nono álbum do grupo traz participação de Paul McCartney; Greg Kurstin produtor de Adele, Sia, Beyoncé e Lily Allen dá vida para o novo trabalho *Jornalista e Editor: Felipe José de Jesus *Siga o Instagra : @felipe_jesusjornalista_

*Fotos: Daniel Stone (Imagens cedidas gentilmente)

Quando o Foo Fighters apareceu no cenário musical com a balada Big Me, em 1995, alguns críticos apostaram que o disco seria um fiasco, já que dava a impressão de ser um material arquivado do Nirvana e que ficou de herança para o baterista Dave Grohl. No entanto, o Foo Fighters mostrou toda a sua competência musical e decolou com seu segundo disco, The Colour And The Shape (1997) e de lá para cá foram mais sete álbuns lançados, várias turnês pelo mundo e cerca de 12 milhões de discos vendidos. Prova de que o Foo Fighters é uma das poucas bandas que conseguem fazer um som de qualidade e discos bem produzidos está em Concrete And Gold, nono álbum de estúdio. Lançado recentemente o disco traz 11 novas faixas e muito requinte, já que para abrilhantar ainda mais o trabalho, o grupo traz Paul McCartney, o eterno Beatle na canção Sunday Rain. Além de Maca, diversas outras participações especiais marcam o novo álbum, como Boyz II Men’s Shawn Stockman, Alison Mosshart, do The Kills e Justin Timberlake. Novo disco em vinil

Rock setentista ))

As novas faixas que compõe Concrete And Gold são: T-Shirt; Run; Make It Right; The Sky Is A Neighborhood; La Dee Da; Dirty Water; Arrows; Happy Ever After (Zero Hour); Sunday Rain; The Line e Concrete and Gold. Entre as novatas, destaco as minhas preferidas que são The Sky Is A Neighborhood, The Line, Happy Ever After (Zero Hour) e Dirty Water.

Entre as novas canções do disco, Sunday Rayn traz um diferencial entre as demais, por ter o auxílio luxuoso de Paul McCartney na bateria e o mais surpreendente, Taylor Hawkins (baterista do Foo Fighters) nos vocais e não é que deu certo? A faixa Sunday Rain além de trazer uma referência proxima as canções do Wings (grupo de Paul McCartney nos anos de 1970), mostra claramente que Taylor foi bastante influenciado também pela era do “Glamour Rock” com David Bowie, Lou Reed, Brian Eno e demais artistas. De acordo com o vocalista do Foo Fighters, Dave Grohl, Paul McCartney é um grande amigo da banda e a mistura deu muito certo. “Ele é um amigo. Nós o conhecemos há muito tempo. Ele é ótimo. Ele é a pessoa mais incrível do mundo. Um cara ótimo”, disse a imprensa mundial.

Diferentemente dos álbuns anteriores Concrete And Gold traz uma inovação, um produtor de primeira qualidade do mundo Pop, só que desta vez trabalhando com Rock And Roll. Greg Kurstin, produtor de Adele, Sia, Beyoncé e Lily Allen, assina o novo disco, mas com um olhar bem criterioso e perfeccionista, visto a canção Run (uma das primeiras faixas divulgadas pela banda), que reforça o que o Foo Fighters sabe fazer de melhor, barulho de qualidade.

14 - Cenário Minas

Em relação ao design do álbum, Concrete And Gold traz uma capa bem interessante que reforça o “F” do grupo em cor ouro, preso no concreto, demonstrando bem como o grupo está e sempre esteve, cravado no Rock, estilo que eles jamais ousaram mudar por causa de modismos. A parte interior do álbum não traz nada de exuberante, apenas “fotos desenhos” dos integrantes e as letras das novas músicas para quem é fã e carteirinha e não abre mão do tradicional “disquinho”.

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br


Cenário Vinil e avaliação ))

*Fotos: Daniel Stone (Imagens cedidas gentilmente)

Seguindo as tendências de mercado, o novo álbum do Foo Fighters foi lançado também em vinil. Para os mais saudosistas, o “bolachão” traz todos os requintes dos discos gravados nos anos de 1970 com encarte e tudo o que um bom disco pede, como, letras e etc. Em relação a avaliação de Concret And Gold, percebi que ele mostra o que o Foo Fighters sabe fazer muito bem: Rock de qualidade. Mas no quesito som, a banda acabou passeando demais nos anos de 1970 tentando fazer uma espécie de Sgt. Peppers (The Beatles – 1967) com estilo Motorhead de ser.

Uma homenagem bonita em minha opinião, pois tanto The Beatles e Motorhead são bandas lendárias. Todavia, sem querer eles acabaram deixando um pouco de lado o som já conhecido em discos anteriores como: In Your Honor (2005) Echoes, Silence, Patience & Grace (2007); Wasting Light (2011) e mesmo Sonic Highways (2014). Sendo assim, avalio o novo disco com três estrelas, porque em um álbum com 11 canções, identificar apenas cinco canções com estilo já conhecido do grupo, mostra para mim que a banda deveria tomar mais cuidado ao experimentar pisar em terras “talves” um pouco desconhecidas, já que o Rock (cru com pitadas de Grunge) é o seu maior condutor. O disco já está disponível nas plataformas digitais e como dito, também no formato físico em CD e vinil. No Brasil )) O Foo Fighters virá ao Brasil entre o final de fevereiro e o início de março de 2018, passando por São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre. As datas ainda não estão fechadas, mas para os fãs que querem ir afinados para o show da banda, o novo disco Concret And Gold está na medida certa para quem gosta do bom Rock. Se você ainda não escutou, baixe ou escute ele nas plataformas digitais. Me diga o que você achou do novo disco e até a próxima Coluna Crítica Musical.

Foto: Divulgação

*Confiram as faixas de Concrete And Gold: “T-Shirt” “Run” “Make It Right” “The Sky Is A Neighborhood” “La Dee Da” “Dirty Water” “Arrows” “Happy Ever After (Zero Hour)” “Sunday Rain” “The Line” “Concrete and Gold”

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br

15 - Cenário Minas


ATENÇÃO MÁXIMA. A REVISTA CENÁRIO MINAS É UMA PODEROSA FERRAMENTA PARA A VEICULAÇÃO DE SUA MARCA SOLICITE NOSSO MIDIA KIT PELO EMAIL: CENARIONEGOCIOS@GMAIL.COM


Cenário AWEN apresenta “As Histórias das Canções” inspiradas em músicas Celtas O concerto é marcado pela magia da música celta que são caracterizadas pelos mitos, lendas, histórias de heróis, reis, castelos mágicos que estão presentes em nossos sonhos, inconscientes e nos arquétipos vividos por cada ouvinte. As composições falam de temas relacionados à saudade da terra natal, do amor pela natureza, dos amores muitas vezes difíceis de serem vividos, da mitologia, das guerras e pelo encantamento das estações.

Foto: Wolney Garcia

O repertório do AWEN oferece ao público um pouco de cada nuance deste estilo musical. É uma viagem sonora que utiliza canções tradicionais envolvidas em arranjos próprios,

passando por composições contemporâneas e pelo trabalho autoral do duo. Suas interpretações ganham brilho, força e harmonia nas canções à capela e ao piano, “humor songs”, “voz e bodhrán”, e também nas canções em gaélico irlandês. Entre suas principais influencias estão: Loreena McKennitt, Gary Moore, Cara Dilon, The Corrs, Karen Matheson, Cathie Ryan, Julie Fowlis, Mary Black, Capercaillie, Mary Black, Lúnasa, Blackmore’s Nigth, Sarah McQuaid, entre outras. O duo é formado por Helen Isolani (canto/piano) e Carolina Valverde (saxofone/bodhrán/backing vocal). O duo AWEN apresenta “As Histórias das Canções” no dia 24 de novembro às 21 horas no Espaço de Cultura e Arte – ECA.

Explorando a Ciência

Gerando Inovações

Mais de sete bilhões de pessoas habitam o nosso planeta, e este número cresce a cada dia. Como prover comida para a população sem degradar o meio ambiente? Como melhorar a saúde da sociedade e prevenir doenças?

Para trazer estas respostas aproximadamente 14 mil cientistas da Bayer trabalham diariamente em busca de inovações. Isso significa, para nós, um incentivo para o futuro – no sentido exato da nossa missão Bayer: Science For A Better Life (Ciência Para Uma Vida Melhor).

www.bayer.com.br www.bayerjovens.com.br

17 - Cenário Minas

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br


Cenário Eu e meu cão superamos o câncer juntos O beagle foi diagnosticado com um tumor maligno e os veterinários lhe deram só mais um ano de vida. Pouco tempo depois, sua dona descobriu um câncer no seio Por Sérgio Steiner - Jornalista

Namorado novo, casa nova... Teresa Rhyne estava tentando reestruturar sua vida após dois casamentos fracassados. Só que, pouco tempo depois de ter adotado Seamus, um beagle totalmente incorrigível, o cãozinho foi diagnosticado com um tumor maligno e menos de um ano de vida. Devastada, Teresa decide lutar e fazer tudo ao seu alcance para dar o melhor tratamento a Seamus. A bem sucedida advogada não tinha como saber, naquele momento, que estava se preparando para o próximo grande obstáculo de sua vida: um diagnóstico de câncer de mama. Na luta pela sobrevivência, batalhando contra uma doença mortal e abrindo seu coração para um relacionamento que parecia fadado ao fracasso, Teresa aprendeu com Seamus a enfrentar o câncer e superá-lo. Confira, a seguir, alguns trechos do livro Os Cães Nunca Deixam de Amar, em que ela conta essa trajetória longa e enriquecedora de peito aberto: No Centro de Adoção de Animais, o beagle me recebeu com uivos frenéticos, insistentes e ríspidos. (...) Ele correu em direção a mim, pulou nas minhas pernas, esticou o focinho em minha direção e fez “Auuuuuuuuuuuuuuuuu” na Foto: Divulgação minha cara. Eu ri e me abaixei para fazer carinho nele. (...) Ele se virou para mim para que eu pudesse fazer carinho nas suas costas.(...) Na maior parte do tempo, ele estava empurrando meu coração. (...) Ele era fofo e gostava de mim. Naquele momento, nós dois sabíamos que ele iria para casa comigo. “Me desculpe”, dr. Davis balançou a cabeça e se inclinou em minha direção. “A biópsia chegou, e é um câncer.” (...) Seamus tinha mais duas semanas para se recuperar da sua primeira operação antes que a gente encontrasse o veterinário cirurgião para discutir a possibilidade de uma segunda cirurgia. Eu tinha mais duas semanas para colocar a cabeça no lugar e aceitar que o meu engraçadinho e adorável beagle tinha CÂNCER. Eu sentei no chão. Seamus imediatamente subiu no meu colo e cheirou meu rosto. Segurei o cachorro e fiz carinho enquanto o dr. Davis explicava sobre outra doença atacando outro cachorro meu. Eu não ouvi muito o que ele me disse. Fiz carinho em Seamus e segurei o rosto dele no meu enquanto eu segurava as lágrimas. Queria chegar à segurança do meu carro e ir para casa, onde eu podia desabar em um lugar privativo. Logo comecei a contar os dias antes de começar a minha quimioterapia. Eu não estava dormindo bem. Caí em um hábito de acordar às 2 h da manhã. Eu me levantava da cama, pegava um livro no criado-mudo e ia até a poltrona da nossa biblioteca. Quando Seamus começou a acordar comigo e a me seguir para o outro cômodo, eu achei fofo. Quando ele subiu no meu colo e dormiu lá comigo, eu sabia que meu nervosismo era perceptível. Dois dias antes da consulta para a primeira quimio, eu me sentei na minha mesa em casa, olhando fixamente para a tabela de medicação que a enfermeira havia me dado. A tabela era similar à que o Seamus tinha. (...) A tabela era um regime de pílulas com a função de reduzir ou eliminar a náusea e a dor. No dia da primeira sessão de quimioterapia, Seamus nos seguiu até o jardim, e nós paramos para tirar fotos de mim, a nova guerreira contra o câncer, e Seamus, o veterano. Eu fiz carinho nele para receber boa sorte, beijei o topo de sua testa e então o coloquei na caixa de transporte no banco traseiro do nosso carro.

18 - Cenário Minas

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br


Cenário Pelos dias seguintes, pequenos cabelos caíram em todos os lugares onde eu fui. Eu deixei cair muito mais do que Seamus. Dentro de uma semana, havia somente alguns fios de cabelo fino. (...) Eu estava certamente careca. Depois de mais alguns dias, a careca era quase um alívio. Eu estava cansada demais para cuidar do cabelo. Lá no sofá, aconchegada com o Chris, mastigando biscoitos feitos em casa, me dei conta de que tinha acabado de ser salva. Seamus tinha conseguido me tirar disso. Ele tinha me ensinado isso antes. Eu precisava lembrar uma lição muito importante: algumas vezes, você só precisa se focar nos biscoitos. E, se eu me focasse nos biscoitos, não poderia deixar de notar o amor do cachorro. Eu me dei conta de que o câncer tem um jeito de focar a pessoa no que está sendo perdido. Era hora de focar no que eu tinha. Qualquer vontade que tive de cair em lágrimas foi dissipada. Tudo que eu queria fazer era carinho no meu beagle que tinha dado uma lição no câncer. (...) Sim. O cachorro sobreviveu. E eu também sobreviveria. Sozinha na mesa do procedimento, pensei em Seamus. Cada vez que ele foi levado de mim para o fundo do hospital para suas sessões de quimio, eu me preocupei que ele pudesse estar assustado e se sentindo sozinho ou abandonado – como eu me sentia. Mas todas as vezes ele voltava trotando, feliz e cheio de energia, procurando por um novo biscoito. Eu esperava o mesmo para mim.

Foto: Divulgação

Varre Xixi ajuda na limpeza da urina dos pets Ensinar o local correto para as necessidades do seu bichinho de estimação é um desafio que exige paciência e disciplina. Como nem sempre eles obedecem, ou demoram a aprender, o jeito é recorrer a outras maneiras. O Varre Xixi, da Petbrilho, é o típico produto que todo dono de pets deve ter em casa.

Foto: Divulgação

Facilidade na hora de limpar os dejetos do seu animal doméstico, é desta forma que o Varre Xixi ajuda a ter mais praticidade na limpeza da casa. O higienizador sanitário transforma dejetos em pó, permitindo que a remoção seja feita apenas com vassoura e pá, dispensando o uso de panos, evitando o contato direto das mãos com a urina e deixando o ambiente suavemente perfumado. Site: www.petbrilho.com.br Facebook: www.facebook.com/Petbrilho

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br

19 - Cenário Minas


Cenário

Estrada Real abriga a aconchegante Mathias Barbosa Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Da redação Cenário Minas

Situada na região do Vale do Rio Doce, a 271 km de capital mineira, Matias Barbosa possui grande relevância no cenário histórico nacional por integrar as cidades que faziam parte do Caminho Novo. A cidade abriga um grandioso acervo histórico, como a Capela do Rosário, tombada pelo IPHAN. Remanescente da Fazenda Nossa Senhora da Conceição do Caminho Novo, a capela chegou a acolher alguns inconfidentes mineiros em meados de 1789. O famoso Casarão Antigo é datado em 1850 e resguarda, nos dias atuais, um belo antiquário. Entre os demais encantos da cidade, destaca-se o Labirinto dos Túneis, maior atrativo turístico da cidade. Até hoje não se sabe ao certo a sua finalidade, somente que foi construído na mesma época da igreja. Labirinto de Túneis Localizado embaixo da Capela do Rosário, é o maior atrativo turístico do município. Até hoje ainda não se sabe ao certo sua finalidade, mas foi construída na mesma época da Igreja. É um vestígio da Estrada Real. Para visitação nos finais de semana, contatar Roney pelo telefone (32) 3273-1254. Capela do Rosario A capela é remanescente da Fazenda de Nossa Senhora da Conceição do Caminho Novo que foi o principal pólo irradiador do povoado criado junto ao registro do Caminho Novo, onde se cobravam impostos e taxas da estrada sobre o ouro e os diamantes vindos de Minas Gerais para o Rio de Janeiro. Na fazenda ficaram hospedados alguns dos inconfidentes de 1789 sendo este episódio inspirador da tela A Jornada dos Mártires, pintada por Antônio Parreiras a qual retrata os Inconfidentes passando por Matias Barbosa, tendo a capela ao fundo. O Caminho Novo Foi aberto para ser uma alternativa mais rápida e fácil ao Caminho Velho. Ele guarda uma série de elementos da época das bandeiras e das primeiras explorações do território. Vale a pena conhecer as cidades de: Lavras Novas, Juiz de Fora, Princesa de Minas, Paraíba do Sul e Petrópolis. 20 - Cenário Minas

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br

Foto: Divulgação Foto: Divulgação


Cenário

Haras Morena Resort - Sua opção na Zona da Mata mineira Da redação Cenário Minas

Para comemorar Natal ou Réveillon uma boa aposta é no Haras Morena Resort. Um local feito para estar com a família e amigos. Natal Que tal uma ceia natalina em um local especial? Traga a sua família saborear uma deliciosa ceia. Uma noite mágica que terá a chegada do Papai Noel, música ao vivo, trenzinho iluminado e recreação infantil. http://harasmorena.com.br/natal2.html Réveillon O evento já é conhecido como a melhor festa da região. Nesta ano conta com a Bateria da escola de samba Império Serrano , Banda Síndico Du Bem , Dj Cyro Novello ,Ceia com Open Bar*, café da manhã , queima de fogos ,recreação infantil e muita animação. Lazer Em sintonia com a natureza privilegiada, a arquitetura e o paisagismo são outros pontos fortes do Haras Morena Resort . Construindo numa área de 450 mil M² o local oferece uma infraestrutura de lazer, horta, espaço infantil, lagos, campos de golfe e futebol, piscinas, saunas, bar, espaços para eventos, trilhas, jardins entre outros. São inúmeras atividades para toda a família, a começar pelas crianças, com orientação de guias e recreadores, entre outros profissionais especializados. Há também atividades para adultos e jantares temáticos. Acomodações Os apartamentos, com 50 m2, têm capacidade para acomodar até cinco pessoas em um mesmo quarto com total conforto, inclusive portadores de necessidades especiais. O Haras Morena Resort oferece aos eventos corporativos uma estrutura completa, e também é cenário de belos casamento e eventos. Sobre o Resort O Haras Morena Resort reúne todas as condições para oferecer uma experiência inesquecível para aqueles que buscam descanso, lazer e aconchego. De acesso fácil e seguro pela BR 040, o Resort está localizado em um verdadeiro paraíso, a 160 km do Rio de Janeiro (RJ) e 286 Km de Belo Horizonte (MG), na cidade de Matias Barbosa. O município faz parte da maior rota turística brasileira: a Estrada Real, onde encontramos algumas das mais belas paisagens nacionais. Localização Haras Morena Resort Estrada Real, 2300, Matias Barbosa – MG www.harasmorena.com.br

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br

21 - Cenário Minas


Cenário Nova onda mundial da gastronomia: os food trucks transformam o conceito de comida de rua Da redação Cenário Minas

Quando você pensa em comida de rua, o cardápio que vem à mente é composto por bauru, cachorrão ou churrasquinho, certo? Prepare-se, então, para ampliar essa lista de opções. Tendência da gastronomia mundial, os food trucks extrapolam os limites das velhas e boas carrocinhas e oferecem de tudo. De tudo mesmo. De comida japonesa à cozinha de autor, tudo é possível aos caminhõezinhos adaptados que se transformam em restaurante nas esquinas. A febre começou pelos Estados Unidos, mas já está ganhando adeptos no Brasil e em outros países da América do Sul. Há alguns anos, com a crise americana, muitos restaurantes fecharam, deixando chefs desempregados. A solução para quem queria sobreviver em meio à adversidade foi eliminar os custos com Foto: Divulgação aluguel e manutenção de um local tradicional e apostar no food truck. Nas ruas de Belo Horizonte, ainda há poucos food Foto: Divulgação

Food Bikes é outra alternativa

trucks, mas eles vêm surgindo devagarinho. Um dos mais conhecidos é a Temakeria Navan, inaugurada em janeiro por um grupo de jovens empresários que estaciona regularmente na Savassi. Dentro de uma van que utiliza energias eólica e solar, são preparados 27 tipos de temakis. A especialidade do cardápio é o Salmão Nuts, que mistura salmão, maionese, amêndoas e macadâmia. A capital tem mais de 100 food trucks, segundo o presidente da Associação Mineira de Food Trucks, Felipe Borbaa a expectativa é que 50 novas opções estejam disponíveis até o fim deste ano. “Estamos fazendo diversos eventos, sempre com a casa cheia. Essa modalidade de restaurante é tendência mundial e não seria diferente aqui".

Outra alternativa sustentável e econômica para vencer a crise econômica e o desemprego. As food bikes, bicicletas adaptadas para o comércio de produtos, têm sido uma oportunidade para muita gente que quer abrir o próprio negócio com um investimento barato e retorno rápido. Em 2014, quando a estudante de direito Carolina Coscarelli organizou o 1º Encontro de food bikes de BH, eram apenas 13 delas. A ideia se expandiu e esse número triplicou, segundo os empreendedores, que vendem doces, café com grãos moídos na hora, chope, drinques, sucos naturais, espetinhos, batatas e lanches em geral.

Foto: Divulgação

A luta agora é pela regulamentação do comércio sobre duas rodas e triciclos. O Código de Posturas do Município permite comércio de produtos em logradouros públicos somente em veículos adaptados acima de 1,5 tonelada. Com isso, donos das bikes só podem trabalhar em eventos fechados. Mas muitos se arriscam nas ruas e também pedalam para fugir da fiscalização.

23 - Cenário Minas

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br


Corporativa pรกgina 7

Pรกgina 7


Cenário

Cenário

A culinária brasileira em forma de negócios atrativos em diversos de estabelecimentos pelo Mundo Da redação Cenário Minas

Muitos

dos componentes das receitas e técnicas de preparo são de origem indígena, tendo sofrido modificações por parte dos portugueses e dos escravos oriundos da África. Esses faziam adaptações dos seus pratos típicos substituindo os ingredientes por ingredientes locais. A Feijoada é uma designação comum dada a pratos da culinária de países lusófonos como Portugal, Brasil, Angola, Moçambique e Macau, onde é basicamente feita da mistura de feijão com carne, normalmente acompanhada com arroz. A versão brasileira da iguaria é uma provável adaptação do cozido português. A primeira menção conhecida à “feijoada à brasileira” deu-se no Recife em 1833. E a versão portuguesa tem origem no norte do país. Em Portugal, cozinha-se com feijão branco e no noroeste pode ser feita com feijão vermelho, e geralmente inclui também outros vegetais (tomate, cenouras ou couve) juntamente com a carne de porco ou de vaca, às quais se podem juntar chouriço, morcela ou farinheira. Os escravos trazidos ao Brasil desde meados do século XVI somaram à culinária nacional elementos como o azeite de dendê e o cuscuz. E as levas de imigrantes recebidas pelo país entre os séculos XIX e XX, vindos em grande número da Europa, trouxeram algumas novidades ao cardápio nacional e fortaleceram o consumo de diversos ingredientes. As culinárias regionais mais visíveis pertencem aos estados de Minas Gerais e Bahia. A culinária mineira marcada pela influência portuguesa em iguarias e laticínios como o pão de queijo, o queijo minas e o feijão tropeiro (também um prato da cozinha paulista), e a culinária baiana pela presença de quitutes africanos como o acarajé, o abará e o vatapá. Já a culinária de Pernambuco destaca-se pela chamada “doçaria pernambucana”, ou seja, os doces desenvolvidos durante os períodos colonial e imperial nos seus engenhos de açúcar como o bolo de rolo, o bolo Souza Leão e a cartola. Ainda embalado pelo movimento da cana de açúcar o mesmo aconteceu na Bahia, com o quindim e a cocada. O Pará também ilustra a diversidade da culinária brasileira com influência da cultura indígena e, um pouco da portuguesa, francesa, africana, árabes, sírio-libaneses e também japonesa. Os ingredientes básicos são provedores da exuberante natureza da Amazônia, como camarão, caranguejo, marisco, peixe, aves, pato, todos temperados com folhas (maniva, chicória, coentro), pimentas de cheiro e ervas. Os quitutes “nacionais” estão em todos os lugares onde há brasileiros. Para muitos consumidores desses deliciosos quitutes que hoje se encontram na culinária popular brasileira o país de origem é o que menos importa, porque os kibes, coxinhas, pastéis, brigadeiros dentre outros populares salgados e doces, consumidos no Brasil, já são uma paixão nacional e exportada para outros países como sendo genuinamente um produto brasileiro. É impossível imaginar uma festa infantil, ou um encontro entre amigos sem essas delícias. Muitos imigrantes residentes no Japão, viram no sabor da “saudade” uma deliciosa oportunidade de negócio. Seja na confecção de buffet infantil, casamento, coquetel empresarial, ou aniversários o sabor brasileiros dos doces e salgados tem presença garantida na mesa. Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br25 - Cenário Minas 10 - Cenário Minas Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br


Cenário Marca de vestuário streetwear aposta na moda fitness e apresenta as tendências primavera/verão Por Priscilla Silvestre - Jornalista

A grife já conhecida no mundo da moda por vestir celebridades, além de seu estilo único, agora também está em um mercado promissor no Brasil: o fitness. O objetivo é o de levar aos clientes não só bom gosto, mas também a tecnologia e a praticidade da roupa se adaptar a qualquer tipo de atividade física. Assim, a autoestima do look ajuda ainda mais no bem-estar dos efeitos proporcionados pelos esportes, seja ele leve, moderado ou mais intensivo. “Além dos tecidos de ponta, nossa coleção aposta nas cores básicas, mas com alguns toques em tonalidades desejadas por todos, como o cor-de-rosa e o azul. Desse modo, oferecemos opções que agradam a todos os gostos, além do suporte necessário para os impactos das práticas desportivas, como bojos com tratamentos e fios adequados, dando segurança durante todo o treinamento”, explica Igor Morais, CEO da Kings Sneakers.

Tendências de modelos e estampas para quem quer malhar e arrasar no visual Tops com tipografias em estilo nadador, alças largas ou mangas são algumas das apostas da coleção. Com decote profundo ou o colo mais fechado, a marca mostra que é possível combinar conforto e beleza.

Kings Sneakers traz modelos que mesclam atitude e tecnologia ao universo fitness Foto: Divulgação

Calças e bermudas com cordão ou elástico na cintura são outras tendências apresentadas pelo catálogo da grife, comprovando que todos podem ter um visual fashion. O elástico vem em destaque, seja no modelo mais grosso, trançado ou nas laterais. E juntamente ao tecido termocolante, a composição resulta na união do charme à qualidade. Regatas, casacos com tecidos leves ou de moletom, assim como os bonés, acessório muito apreciado pelos esportistas e considerado um item obrigatório em muitas modalidades (como corrida, ciclismo, caminhada ao ar livre, entre outros) seguem a mesma linha de design da Kings no mundo fitness.

“Nós também temos uma proposta de utilizar os tecidos em sacolas e xuxinhas para cabelos, transformando o que poderia ser descartado em mais produtos e ajudando ao meio ambiente. Depois, os retalhos são doados para instituições carentes, os quais viram cobertores, tapetes e até mesmo parte da decoração de igrejas. Isso nos faz acreditar que estamos proporcionando o nosso melhor em todos os sentidos”, finaliza Igor. Então, se há alternativas para todos os desejos e biótipos, ficar bonita nas academias, nas praias e em todos os lugares para malhar pode ser mais uma maneira de estimular a busca pelo corpo em dia e deixar a qualidade de vida nas alturas!

Serviço: Kings Sneakers – www.lojaskings.com.br 26 - Cenário Minas

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br

Foto: Divulgação


Cenário

Mineiro lança linha de joias que conquista todo o Brasil Por Priscilla Silvestre - Jornalista

Conhecido pelo seu estilo carismático, Gabriel Gontijo, 26 anos, conquistou uma legião de seguidores nas redes sociais. O publicitário, que sempre foi inquieto, mudou de ramo de atuação ao fazer o marketing de uma grife, onde percebeu que criar peças também era algo que poderia lhe trazer satisfação profissional. E com o compartilhamento diário de seu lifestyle em conteúdos sobre moda, viagens e gastronomia, chegou à conclusão de que o público para isso ele já possuía. De lá para cá, Gabriel foi se descobrindo profissionalmente e agregando comunicação e moda em seus feitos, as duas vertentes que são suas paixões. Por conta de sua espontaneidade, cada vez mais foi ganhando milhares de seguidores acompanhando o seu dia a dia no Snapchat e no Instagram. Atualmente, ele soma mais de 20 mil visualizações diárias com seus vídeos e fotos, além de 90 mil seguidores nas mídias digitais.

Foto: Felipe Rufino

A coleção de Gabriel Gontijo, em parceria com a Felicce, conta com seis modelos minimalistas

O pulo para a criação de joias que virou febre entre os brasileiros O mineiro se uniu à marca de joias Felicce, do empresário e designer Felipe Grohmann, para a criação da sua primeira coleção de joias. O digital influencer aceitou o convite da Felicce e desenvolveu seis modelos exclusivos, entre colares, aneis e braceletes. Os itens trazem toques minimalistas e seguem o mesmo acabamento, mantendo, assim, sua identidade. São peças que podem ser facilmente usadas juntas (sem conflitos com outros acessórios) ou até mesmo separadas. “Procurei imprimir meu estilo, fazer uma linha com peças mais neutras para serem usadas no dia a dia em qualquer ocasião”, afirma Gabriel. Um dos destaques é a pulseira “Lovely Inside”, frase de uma das tatuagens que ele possui em sua mão. O mineiro ainda ressalta que a fabricação das peças é feita com maquinário de ponta e de alta tecnologia, porém, sem deixar de lado os detalhes feitos por um trabalho manual exclusivo. “Sou influenciado por profissionais como Anna Wintour, Iris Apfel, Giovanni Bianco, RafSimons e Steven Klein. E ter uma linha criada por mim é uma grande satisfação!”, finaliza.

Serviço: Gabriel Gontijo Instagram: @gabriel_gontijo Twitter: gabriel_gontijo Foto: Felipe Rufino

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br

27- Cenário Minas


Cenário

Celso Zucatelli e o ‘Melhor para você’ da Rede TV Da redação Cenário Minas

Celso Zucatelli nasceu em São Paulo em 17 de fevereiro de

1973. Formou-se em jornalismo pela Universidade Metodista e fez MBA em finanças pela FIA. Começou a carreira no Grupo Estado, em 1990, onde atuou durante quase uma década, primeiro como repórter e depois como e editor.

Por Priscilla Silvestre - Jornalista

A partir de 1993, passou a dividir o tempo no Estadão com a mídia eletrônica, numa busca por qualificação e por novas experiências. Primeiro, na Rádio Eldorado e, depois, na TV Record e nas empresas do grupo Bandeirantes, ocupando as funções de repórter, apresentador e editor chefe. Tornou um especialista em grandes transmissões ao vivo. Em 2002, foi para a TV Cultura como editor de política, para coordenar e apresentar a transmissão das eleições. A outra missão foi criar o novo jornal da emissora, que tinha o objetivo de informar de maneira mais leve e descontraída, o que sempre foi uma bandeira do jornalista. Hoje, comanda na RedeTV o programa Melhor Pra Você, ao lado dos amigos Edu Guedes e Mariana Leão, de segunda à sexta, das 9h30 ao meio-dia. Como o próprio nome diz, a melhor opção das manhãs na TV brasileira. Foto: Gustavo Arrais

A Cenário Minas conversou com o jornalista e apresentador Celso Zucatelli Cenário Minas: Quem é o jornalista e apresentador Celso Zucatelli ? Zucatelli: Um cara que se diverte trabalhando, que adora o que faz e que aprende todos os dias. Cenário Minas: Qual foi sua primeira aparição na TV ? Zucatelli: Como profissional de TV, foi fazendo uma reportagem de esporte, na apresentação dos jogadores Luizão e Djalminha, no Palmeiras. Cenário Minas: Você está à frente do programa “Melhor pra Você” há mais de um ano, não é? Zucatelli: São quase três anos de um projeto que nos deixa muito felizes. É uma casa maravilhosa e um programa especial. Cenário Minas: Qual o balanço que faz dessa nova etapa de trabalho? Zucatelli: Acreditamos na ideia de continuar uma fórmula de sucesso e deu certo. Como é sua relação com a produção, apresentadores e toda a equipe da RedeTV!? ZZucatelli: Maravilhosa, é uma casa onde as pessoas se ajudam e, unidas, atingem seus objetivos. E a relação com Edu Guedes está superada ? Zucatelli: Edu é meu amigo, meu parceiro de muitos anos e a gente aprendeu a não ligar pras bobagens que as pessoas inventam. Deixa falar. Recentemente criou um canal no youtube, como está sendo a repercussão ? Zucatelli: Como eu disse, adoro aprender e novas mídias servem pra gente crescer, mudar, curtir, falar com outro público. Vai ser um projeto bacana.

28 - Cenário Minas

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br


Cenário ‘O que vem por ai é uma televisão mais próxima ao telespectador. É por isso que é um programa ao vivo’ Cenário Minas: Como conciliar o programa e o canal do youtube ? Zucatelli: O objetivo é acertar a agenda pra isso, eu já tive 3 empregos ao mesmo tempo, isso não vai ser problema. Cenário Minas: No programa Você realmente sente que aqui vocês fazem parte de uma família? Zucatelli: Claro que sim, só desta forma é possível fazer um programa assim. Cenário Minas: Como é trabalhar na Rede TV ? Zucatelli: Maravilhoso. Adoro esta casa, cheia de oportunidades e de pessoas, em todos os departamentos, dedicadas e apaixonadas pelo que fazem. Dos donos aos funcionários, todo mundo junto faz o melhor para dar certo. Foto: Gustavo Arrais

Foto: Gustavo Arrais

Cenário Minas: O que acha da ideia de levar o programa “Melhor pra Você”, para fazer um ao vivo em uma das praças de Belo Horizonte ? Zucatelli: Acho uma ideia maravilhosa, isso é um convite? Se for, a resposta é sim. Cenário Minas: Deixa uma mensagem para os fãs mineiros e para os seguidores da Revista Cenário Minas? Zucatelli: Minha relação com Minas começou na infância, quando meus pais me levavam para viajar pelo Estado. Depois, como jornalista, muitas reportagens me fizeram aprender e curtir esta terra. Mas minha paixão veio, de verdade, quando morei nos Estados Unidos, onde a comunidade mineira é muito grande entre os brasileiros. Lá, me tornei um mineiro de coração e estômago, porque a comida mineira é a melhor do mundo, sem dúvida nenhuma. Beijo carinhoso.

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br

29 - Cenário Minas


Cenário Raro Skybar (BH) agita as noites de quinta no Othon Palace Da redação Cenário Minas

No topo de um dos hotéis mais tradicionais de Belo Horizonte, o Othon Palace, a partir de agora está oficialmente aberto o 'Raro SkyBar'. Um rooftop semanal localizado no 25° andar do hotel, no centro da capital mineira. Música, bebida e comida Com estilos musicais aguçados os djs convidados tocam do jazz a house music, a pista é liberada às 22h. Nos comes e bebes o bar convida Filipe Brasil para preparar coquetéis e drinks e o renomado chef Manoel Pereira para os petiscos no restaurante Varandão.

Foto: Divulgação

O ambiente A raridade do bar começa em sua vista panorâmica para a cidade, com um ambiente agradável e envolvente. Iluminação noturna, dj na piscina e mesas e cadeiras. Cardápio O cardápio oferece diversidade de sabores para quem quer curtir a noite, com preços variados. Entre os destaques da lista estão a Tabua Raro (mandioca na manteiga de garrafa, carne de sereno, linguiça com ervas, com o acompanhamento do melado de rapadura) num preço de R$43,90, e a Isca de Fillet Foto: Divulgação ao Gorgonzola no valor de R$44,99. Para harmonizar, há opções de vinhos, espumantes e coquetéis. Há drinques como: vodka com tônica e limão nos sabores maçã, lichia e caramelo, R$ 17,90; gin com tônica e limão nos sabores clássico com pepino, jasmim e maçã verde, R$ 18,90; Moscow Mule (vodka, ginger ale e espuma de gengibre), R$19,90; Aperol Spritz (Aperol, água com gás e espumante), R$ 19,90; Chivas Algheny (Chivas 12, ginger ale, siciliano e xarope de morango), R$22,30; e Redbull fit drink (Redbull Sugar Free, ginger ale, maçã e noz moscada) R$ 23,90.

Foto: Divulgação

30 - Cenário Minas

Interessou? O Raro Skybar está aberto todas às quintasfeiras, de 19h à 01h, na Av. Afonso Pena, 1050, no 25º andar do Othon Palace, no Centro de BH.

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br


Cenário Levantamento da Prefeitura mostra que BH tem 28 bares por Km²; região central encabeça a lista de número de estabelecimentos Foto: Divulgação

Da redação Cenário Minas

Conhecida nacionalmente como a capital mundial

dos botecos, Belo Horizonte tem uma média de 28 bares a cada quilômetro quadrado, considerando a área total de limite do município, que é de 332 Km². Este levantamento da Prefeitura é possível graças ao trabalho do setor de geoprocessamento da Prodabel, que é o responsável por gerar as informações espaciais da cidade. Segundo dados do registro de atividades econômicas da PBH, estruturados com base no Cadastro Nacional de Atividades Econômicas, do (IBGE), a capital tem, atualmente, mais de 9,5 mil estabelecimentos cadastrados. A partir da utilização dos dados espaciais e da base cartográfica da Prodabel, é possível gerar este tipo de mapeamento. Em relação aos bairros da cidade que concentram o maior número de estabelecimentos, destacam-se a região central, com 704, o bairro da Graça, (355) e, logo na sequência, a Savassi, com 235. Fechando a lista das dez localidades com maior número aparecem os bairros Santa Efigênia (192), Barro Preto (169), Lourdes (157), Barreiro (142), Sagrada Família (138), Prado (132) e Floresta (132). Foto: Divulgação

Com relação à concentração, o mapa de densidade aponta para a existência de duas áreas de destaque: o entorno do Centro e do bairro da Graça. Já em relação às ruas e avenidas da cidade, a Cristiano Machado aparece em primeiro lugar: são 146 bares, o que dá, em média, um bar a cada 81 metros. A avenida do Contorno, que tem 118 estabelecimentos (um bar a cada 101 metros), a Amazonas (108 bares - um a cada 85m), a Augusto de Lima (77 - um a cada 27m) e a rua da Bahia (68 - um a cada 42m) completam a lista das cinco primeiras colocadas. Nesta avaliação, vale ressaltar que, de acordo com os dados, não significa que há uma distribuição uniforme dos bares. Foi levada em consideração apenas a concentração de estabelecimentos e a extensão das vias. O levantamento foi realizado com os bares da cidade, mas poderia ter sido feito com qualquer outra atividade desenvolvida na capital. Isto porque o trabalho desenvolvido na Prodabel proporciona esta aplicação. Foto: Divulgação

Marmitex do Chef Entrega a domicílio

3386-0579 Rua Amanda, 231 - B. Betânia - BH 32 - Cenário Minas

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br


Cenário O Rei da Internet Felipe Neto se apresenta no KM de Vantagens Hall Da redação Cenário Minas

Felipe Neto, 29 anos, sempre chega ao teatro inovando, e dessa vez, com a nova turne, ele traz aos palcos do Km de Vantagens Hall, uma interação ímpar com o seu público. O youtuber com mais de 14 milhões de seguidores em seu canal oferece um espetáculo para toda a família, no domingo, dia 10 de dezembro, às 17h. Em sua nova turnê denominada Megafest, o nosso ator busca interagir ao máximo com o seu público com brincadeiras e muita emoção e claro, tudo do jeitinho irreverente que só ele consegue fazer. “Quero passar a mensagem de que a pessoa pode se desligar por uma hora, esquecer dos problemas dentro do teatro”, completa Felipe Neto. “O “Não Faz Sentido” realmente deixou de fazer sentido para mim. Acertei e errei muito com ele, mas o principal ponto é que dei meu nome e meu rosto para um personagem e as pessoas, até por não terem outros meios de me conhecer, acreditavam que aquele era eu. Ou seja, um reclamão chato que levava tudo ao extremo. Definitivamente não sou assim e pelos números acredito que as pessoas estão gostando de me conhecer de verdade, de uma maneira muito mais leve, divertida e bem humorada”, explica Felipe. Foto: Divulgação

As polêmicas dos seus primeiros vídeos no antigo conteúdo perderam espaço para discussões de temas do seu cotidiano, desafios e jogos. Ou seja, conteúdos voltados para o entretenimento, sempre com muito humor e de forma direta. Quase uma conversa franca entre amigos. Atualmente, ele soma mais de 14 milhões de fãs e ocupa o 1º lugar do YouTube Brasil em número de visualizações. Também está no 2º lugar em número de inscritos do ranking nacional. Apenas no mês de setembro, foram 789 mil novos seguidores e 160 milhões de views. Nos primeiros quatro meses de 2017, ficou em segundo lugar como canal que mais ganhou inscritos na América Latina. Ciente da sua importância no mercado digital, tanto como produtor de conteúdo quanto como empreendedor do seguimento (em 2015 vendeu o controle acionário da Paramaker para o grupo francês Webedia), Felipe Neto acredita que o momento é de buscar uma nova relação entre youtubers, anunciantes e o público. “Este mercado é muito novo e democrático. Quando comecei em 2010 ninguém tinha noção do tamanho que este fenômeno poderia chegar. Com o passar do tempo eu amadureci e o público amadureceu também, sabendo exatamente o que quer consumir. Acredito que agora é preciso chegar neste nível em relação aos anunciantes, que ainda não sabem trabalhar suas marcas dentro da realidade dos influenciadores. Trabalho para evitar que isso seja uma bolha, um movimento passageiro”, analisa Felipe.

Serviço: MEGAFEST - FELIPE NETO - KM DE VANTAGENS HALL BH Realização: TIME FOR FUN Data: Domingo, 10 de dezembro de 2017 Horário: 17h Local: Km de Vantagens Hall BH – Avenida Senhora do Carmo, 230 – São Pedro – Belo Horizonte (MG) Capacidade: 3.620 lugares. Ingressos: de R$ 30 a 120 (ver tabela completa). Classificação etária: Livre acompanhados dos pais ou responsável legal. 12 anos em diante:

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br

33 - Cenário Minas


Cenário Alok conquista posição inédita e se torna de 19° Melhor DJ do Mundo Alok,

Da redação Cenário Minas

o brasileiro com maior audiência no mundo, acaba de ser eleito o 19° melhor DJ do mundo pela revista DJ MAG, uma das principais revistas internacionais dedicada à música eletrônica, superando sua 25° posição ocupada no ano de 2016.

Foto: Divulgação

“Além de honrado, me sinto extremamente feliz, satisfeito e muito motivado. Conquistar essa posição demonstra o quanto nos dedicamos e trabalhamos para que a música eletrônica brasileira conquistasse seu próprio espaço.

Orgulho em representar o Brasil e ter o apoio de vocês ao meu lado. Agradeço a todos que contribuem com a construção dessa história. Essa posição não é minha, é do Brasil!”, agradece o artista que em recente lista divulgada pela Billboard aparece liderando o ranking dos 30 brasileiros mais ouvidos no exterior. Vale lembrar que com 15 anos de carreira, Alok acumula números impressionantes. São cerca de 10 milhões de ouvintes mensais nas plataformas digitais, mais de 300 milhões de plays com o hit 'Hear Me Now', Discos de Ouro e Platina recebidos na Itália e França, 150 milhões de views no YouTube e 10 milhões de seguidores nas redes sociais. #AcompanheoAlok: Siga os passos de Alok pelo mundo: Site oficial: http://www.aloklive.com.br/ Instagram: www.instagram.com/alok/ Facebook: www.facebook.com/livealok - YouTube: www.youtube.com/user/livealok

Sabará se prepara para a 31ª edição do Festival de Jabuticaba Da redação Cenário Minas

Sabará é uma pequena cidade de 45 mil habitantes, vizinha a Belo

Foto: Divulgação

Horizonte. Com um importante e bem cuidado centro histórico, faz parte do Caminho de Sabarabuçu da Estrada Real e do Circuito do Ouro. A cidade também é conhecida por seus festivais gastronômicos: o do oro-pro-nobis, no segundo trimestre, e o da jabuticaba, no quarto trimestre. A jabuticaba é tão importante para Sabará que há até desconto em tributos municipais para moradores que tenham uma jabuticabeira em seus quintais. Em 2017, o Festival de Jabuticaba está em sua 31ª

O Festival de Jabuticaba de Sabará O festival deste ano será nos dias 17, 18 e 19 de novembro, na Arena do Largo do Marquês, no centro histórico. São três dias de festa, com muita comida, artesanato e vários cantores e bandas se apresentando no palco. O espaço da festa foi dividido em duas partes: na parte inferior, estavam os 16 estandes de comidas variadas: feijão tropeiro, bolinho de bacalhau, macarrão, porções, churrasquinho, bebidas.

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br

35 - Cenário Minas


Cenário Música da Cidade: Comemoração dos 120 anos de BH chega com muita solidariedade Show realizado pela Associação Querubins reunirá grandes nomes da música mineira no Palácio das Artes; Tia Nastácia lançará disco novo em 2018 e Podé um disco solo *Jornalista / Editor Geral BH/MG *Felipe José de Jesus

A soliedariedade como arma para combater as dificuldades e a falta de apoio em tempos complicados na economia brasileira. Com essa máxima a Associação Querubins realizou no último dia 6 de novembro, o show “A Música da Cidade / BH 120 anos” que reuniu grandes nomes da música mineira como Tia Nastácia, Skank, Jota Quest e Pato Fu.

*Fotos: Daniel Stone (Imagens cedidas gentilmente)

Em entrevista o vocalista e idealizador do show, Podé Nastácia, do grupo Tia Nastácia, explicou que o evento será uma forma de ajudar o trabalho que a Associação Querubins vem fazendo há vários anos em prol das crianças ‘em situação de risco’. “Já tínhamos vontade de fazer um show como esse, mas era difícil reunir todas as bandas em um mesmo local por causa das agendas. É um show para arrecadar fundos para a Associação Querubins, ou seja, toda a renda será destinada para o Querubins, que foi fundado por mim e pela minha mãe. Ele surgiu a partir da ideia do TCC da minha graduação em Psicologia com um colega de sala. Logo teve a aprovação da ideia pelo AMAS e minha mãe começou a fazer um trabalho com crianças dentro da favela. Tudo começou em um espaço pequeno, com trabalhos de música, pintura e também capoeira. Tanto ela e eu fazíamos tudo, ou seja, dávamos todas as aulas e o apoio. Depois entraram os colaboradores”, disse.

Segundo Podé Nastácia, a agenda da banda Tia Nastácia acabou tirando ele um pouco do projeto, mas sua mãe continuou firme. “Logo a agenda da banda me tirou um pouco do trabalho, mas minha mãe continuou firme e forte ajudando as crianças. Só que tudo têm um custo não é mesmo? Assim, ficou um pouco complicado manter sem ajuda. Temos que alimentar 280 crianças por dia e isso não é fácil, fora o pagamento dos professores do projeto. Infelizmente existe um certo descaso do Governo em relação a um trabalho desse tipo, é triste não termos o apoio dele e de outros órgãos. Ou seja, são várias entidades que poderiam estar envolvidas nesse trabalho. Não tendo apoio, minha mãe têm que ficar atrás de ajudas para alimentar essas crianças, pagar os professores que dão aula e outras atividades”, explicou. Para Podé Nastácia, é importante que as pessoas vejam como esse tipo de trabalho é de extrema relevância para a sociedade. “Talvez seja necessário fazer um evento desse porte, com bandas de renome, para mostrar quem pode estar envolvido ajudando. Se não fosse um projeto sério nenhuma das bandas estaria envolvida para nos ajudar. A ideia é mostrar que existem trabalhos sérios e que podem trazer esperança para as pessoas. É triste ver que minha mãe as vezes não sabe como pagar professores e etc. Tivemos a inauguração do estúdio de Cinema no Projeto Querubins para as aulas e lá estavam várias pessoas como da Serenata (Loja de Instrumentos Musicais), da MRV e outros que ajudam e sabem da necessidade de manter em pé um trabalho como esse. Por esse motivo queremos que mais pessoas se envolvam”, completou.


Cenário Álbum novo e DVD comemorativo )) Além do trabalho em prol da soliedariedade, Podé Nastácia revelou durante entrevista que o Tia Nastácia fez o pré-lançamento do seu novo disco “Cai 1 Escorrega 5”, que sucede o bem cotado álbum Love Love (2013). O novo trabalho será lançado oficialmente em 2018. “Fizemos um pré-lançamento do nosso novo disco. O título dele se refere a uma brincadeira que fizemos em relação a situação política vergonhosa que estamos passando atualmente no Brasil. Na verdade está caindo mais do que cinco e isso é bom. Ele será lançado no início de 2018”, revelou. Podé Nastácia lembra também que a banda está para lançar um DVD comemorativo dos 20 anos de carreira do Tia Nastácia. “Estamos com um projeto com o Liminha, que é um grande produtor e artista. Ele foi do grupo Mutantes e já trabalhou com grandes nomes da música como Gilberto Gil, Biquíni Cavadão e recentemente fez o Acústico do Jota Quest. A ideia é fazer esse trabalho com vários artistas/amigos para selar os 20 anos da banda com muita alegria. Isso que queremos”, comentou. Disco solo )) Pode Nastácia também está na produção de seu segundo disco solo, ainda sem nome e que será possivelmente lançado em 2018. “Meu primeiro disco solo se chama Ânima (2015) e de lá para cá já tinha vontade de fazer outro. É um trabalho que venho fazendo já uma dois anos tendo como apoio as letras do grande Zack Magiezi, que para mim é um grande poeta. Além das belíssimas poesias dele que estou musicando, terei o apoio também de outros grandes nomes e música mineira e nacional. Não posso ainda revelar as músicas, mas acredito que as pessoas vão gostar. Lembrando que não é uma saída do Tia Nastácia, até porque estamos com novo disco para ser lançado oficiamente em 2018 e o Tia Nastácia é eterno”, disse. O show “A Música da Cidade” acontece na segunda-feira dia 6 de novembro no Palácio das Artes. “Convido todos para participarem desse show que será muito bacana com Tia Nastácia, Jota Quest, Skank e Pato Fu. O show é uma realização do Projeto Querubins. Os ingressos estão disponíveis na bilheteria e pelo ingressorapido.com. Participem”, concluiu Podé Nastácia.

Lançamento do livro “Os Guardados da Senhora Bela” da escritora gaúcha Sílvia Tovo Da redação Cenário Minas

No dia 11 de novembro a Biblioteca Infantil e Juvenil de Belo Horizonte recebe o lançamento do livro “Os Guardados da Senhora Bela” da escritora gaúcha Sílvia Tovo. Natural de Porto Alegre, a escritora adotou Belo Horizonte como sua segunda casa. Em solo mineiro Sílvia Tovo conquistou prêmios, participou de diversas coletâneas de poemas e construiu uma sólida carreira no mundo da literatura e das artes. São histórias emocionantes através de uma narrativa envolvente apresentada na forma de poemas que se conectam e contam uma história tecendo um verdadeiro fio. Nas palavras da escritora: "Através dos poemas do livro Os Guardados da Senhora Bela, resgatei um pouco da minha infância e adolescência, criando um elo com o agora; o tempo da maturidade e do meu envelhecer... Não é à toa que ele foi dedicado às meninas, às mães e avós que tecem pacientemente o cotidiano...» Sinopse do livro: A arca da senhora Bela é cheia de mistérios. Seus segredos e caraminholas são bem guardados a sete chaves. Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br

37 - Cenário Minas


Cenário

“Burger Fest” volta a Belo Horizonte a partir de 10 de novembro Da redação Cenário Minas

Em sua 11ª edição o Burger Fest, festival de hambúrgueres mais importante do Brasil, traz mais de três centenas de novas receitas para quatro capitais brasileiras: Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Paulo (Capital, Grande SP e Interior). O Festival acontece entre os dias 10 e 26 de novembro de 2017 e será simultâneo em todas as cidades, com patrocínio master da Heinz; tendo a Budweiser como a cerveja oficial; além de delivery oficial do UberEats. Em breve serão divulgados os detalhes e nomes de todas as casas participantes de BH.

Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Para a organizadora Kelly Lobos, o sucesso do Burger Fest é um reflexo da paixão dos brasileiros por hambúrgueres. “Somos apaixonados por burgers e estamos sempre em busca do seu melhor momento, seja em uma casa especializada ou em um restaurante que cria uma receita exclusiva para o nosso Festival. Já estamos a seis anos apoiando, incentivando e fomentando esse cenário Brasil afora”, comenta Kelly. Ente as casas participantes em BH, novos nomes que nunca participaram das edições anteriores: “Louis Hamburgueria”, “Pacífico Burger”, “Rom's Fine Burger”, “Savá Pub”, “Villagium Burgueria Artesanal”. Destaque também para a participação do restaurante “Haus München”, casa alemã com 50 anos de tradição na cidade; além da presença dos parceiros de outras edições: “BBF Burger and Beer”, “Bocalibre”, “Bronx Burger”, “Deli Handmade”, “Divino Burger”, “Duke 'N' Duke”, “Guaja - Bar Do Convés”, “Hollywood Fine Burger”, “James Burger”, “J's Fine Burger”, “Nevermind Pub”, “Pocket Burger”, “Sam's Burger”, “The Taste Burger”, “Tommy´s Traditional Handmade Burger”. Sobre o Burger Fest – O Burger Fest é hoje o maior roteiro gastronômico de hambúrgueres do mundo. Em seis anos de história, já atingiu a marca de mais de um milhão e 200 mil hambúrgueres consumidos, em aproximadamente mil restaurantes espalhados pelo

Brasil, gerando um valor de 90 milhões de reais em vendas. São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Recife, Belo Horizonte e Salvador são algumas das praças que já receberam o calendário oficial de atividades do evento. 11ª edição Burger Fest Período: 10 a 26 de novembro de 2017 Facebook: Facebook.com/BurgerFestOficial Site Oficial: BurgerFest.com.br

Marmitex do Chef Entrega a domicílio

3386-0579 Rua Amanda, 231 - B. Betânia - BH 38 - Cenário Minas

Revista Cenário Minas - www.cenariominas.com.br


Informações: (31) 98561-5255 (31) 99126-5236


Vocês, jornalistas, nunca estiveram tão no foco! É por acreditar na importância cada vez maior dos profissionais da imprensa que nós, da Deloitte, apoiamos o Prêmio +Admirados da Imprensa de Economia, Negócios e Finanças.

www.deloitte.com

©2017 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reservados.

Revista Cenário Minas - Novembro de 2017  

Revista Cenário Minas - Novembro de 2017 - a publicação se notabiliza pela absoluta isenção editorial e é uma revista regional de variedades...

Revista Cenário Minas - Novembro de 2017  

Revista Cenário Minas - Novembro de 2017 - a publicação se notabiliza pela absoluta isenção editorial e é uma revista regional de variedades...

Advertisement