Page 1


Editorial

Índice

Caro Leitor, Caraguatatuba completa 154 anos com muitos motivos para comemorar. A cidade está em pleno desenvolvimento e se orgulha dos profissionais talentosos que possui. Um dos principais objetivos da CASA PRAIA é valorizar o trabalho e mostrar que Caraguá possui gente capacitada, em condições de atender à expectativa de quem contrata. Destinado a todos aqueles que desejam construir, reformar ou decorar seu lar, ou para quem busca sua casa na praia, a Revista espera contribuir para que você faça a escolha certa. Nesta segunda edição, a arquiteta Clarissa Madruga Custódio dá dicas de como construir uma casa integrada à paisagem ao redor. Um lindo imóvel em um condomínio fechado na Praia das Toninhas, em Ubatuba, fará brilhar os olhos de pessoas de bom gosto. A CASA PRAIA conta agora com um espaço para os alunos de jornalismo do Centro Universitário Módulo, que abordarão o trabalho dos estudantes de arquitetura, responsáveis pelos projetos de acessibilidade no centro de Caraguá e da ampliação da Apae. Uma ação solidária que merece destaque. Futuros profissionais estão a caminho para contribuir com o desenvolvimento do município. Ainda sem plano diretor, Caraguá retomou o assunto, que cumpre sua fase de audiências públicas. Wilson Agnaldo Gobetti, Presidente do Poder Legislativo da cidade, concedeu entrevista exclusiva à Revista e falou por que Caraguatatuba ainda não possui o seu plano; ele ainda indicou como os pontos polêmicos deverão ser resolvidos pelos Vereadores. Parabéns a Caraguá e ao seu povo. Que a cidade continue prosperando e crescendo ordenadamente. Que os profissionais que aqui temos sejam reconhecidos, pois devemos a eles o sucesso da Caraguatatuba dos dias atuais.

CASA PRAIA

06

O mar como extensão da casa

As tendências do momento em pedras

12

Impacto Imóveis

Imobiliária Tabatinga

17

14

Administrar um condomínio, uma tarefa não tão simples

Ações para o bem

21

11

18

Um plano para nortear o crescimento de Caraguá

Quase que inevitável

25

Expediente

Edição 02 - Ano 01 Jornalista Responsável: Vitor Miki • Diagramação e Projeto Gráfico: Heloísa Mello • Departamento Comercial: Vitor Miki • Fotos: Vitor Miki e Bruna Vieira Guimarães • Colaboradores: José Mário Silva, Bruna Vieira Guimarães e Helena Custódio • Gráfica: Editora Mogiana • Periodicidade: Trimestral • Tiragem: 5.000 exemplares • Os anúncios publicados são de inteira responsabilidade dos anunciantes Fale com a gente Contatos: (12) 7815 5615 / E-mail: r.casapraia@gmail.com


O mar como extensão da casa

Arquiteta mostra que mesmo longe do mar podemos tê-lo por perto

C

onstruída na bela Ponta das Toninhas, em Ubatuba, esta casa erguida em terreno em declive distribui seus ambientes em 370m² bem estruturados em cinco suítes, varanda, churrasqueira, ambientes de estar integrados e piscina com borda infinita. A autora do projeto, a arquiteta Clarissa Madruga Custódio, da Impacto Arquitetura & Design, conta que o conceito do projeto foi unificar a paisagem à casa, conseguindo isso com ambientes amplos e contínuos, transparentes através de grandes painéis de vidro, iluminação adequada e o perfeito posicionamento dos ambientes. De qualquer ponto da casa pode-se ver o mar, preocupação constante na elaboração do projeto. “Mesmo em terrenos distantes do mar, como este, é possível unir o projeto à paisagem, dando a sensação de o mar ser continuidade da casa”, diz a arquiteta.

06


A

integração dos ambientes sociais é muito importante em casas de praia. Neste belo imóvel, todos os ambientes estão interligados graças ao uso de panos de vidro e o correto posicionamento no projeto. Da sala de estar pode-se ver o mar, a piscina e a churrasqueira.

07


Todos os armários e

cozinha são da New móveis planejados (CaraguáDesign), os quais se adequam perfeitamente ao estilo sofisticado da casa.

A escada é o design

característico da arquiteta. “A escada não é só um elemento para transitar de um pavimento ao outro. É uma escultura, que faz parte da decoração da casa!”

Neste banheiro

da suíte máster, o acabamento é simples, mas que remete ao estilo sofisticado e confortável de uma casa de praia.


As tendências do momento em pedras O uso de mármore e granito pode

Bancada em Marmoglass Branco acabamento em meia esquadria

dar um efeito mais bonito, sofisticado e elegante na decoração de uma obra, seja ela residencial ou comercial. A consulta com um arquiteto e o trabalho de uma empresa especializada em pedras também são essenciais para a satisfação plena com o resultado final da obra. O Brasil é o quinto maior produtor de pedras ornamentais e decorativas do mundo. Existe no mercado uma vasta variedade delas. Portanto, é fundamental fazer uma boa escolha e saber como cada peça irá se organizar, seja no piso, na parede ou bancadas. Em 2011, novas tendências surgiram ou voltaram a ganhar destaque. Segundo Helder Bonatelli, engenheiro e sócio da Via Rocha Mármores e Granitos, em Caraguatatuba, a escolha das pedras necessita ser compatível com o local em que serão colocadas. No ambiente interno, Helder aconselha o Nanoglass (com ação antibactericida e antifungicida), sendo utilizado em cozinhas com áreas molhadas. Nesses ambientes,

Conj. de pia e balcões em Granito Preto São Gabriel

a Via Rocha costuma recomendar também o preto absoluto ocidental e o granito preto absoluto.

de um bom profissional para auxiliar na escolha da pedra a ser usada na borda não pode ser descartada.

Nos banheiros e bancadas secas, a indicação pende para o marmoglass, nanoglass branco e crema; mármore branco, mármore crema marfil, mármore travertino romano e toda a linha de granitos.

A Via Rocha deixa sua dica. “As tradicionais pedras São Tomé e Goiás são uma boa pedida. Também recomendamos o mármore branco bruto ou levigado”, disse Helder.

De acordo com Helder, os ambientes externos necessitam de um cuidado especial, pois o material escolhido precisa ser mais resistente contra a ação do tempo. “Na parte externa de uma casa, por exemplo, aconselhamos os granitos escuros e os industrializados marmoglass e nanoglass”, recomendou. Após sofrer com o forte calor deste último verão, muitas pessoas devem estar pensando em construir uma piscina. Nesse momento, a presença

O cartão de visita de uma bela residência é a sua fachada. O filete de pedra São Tomé Branco, amarelo ou mesclado embelezarão a frente da casa, assim como a pedra madeira nas tonalidades amarela, branca e rosada. Vale apontar que a relação custobenefício do investimento é muito vantajosa, uma vez que as pedras têm durabilidade muito superior se comparadas a outros tipos de materiais, como madeiras, pisos, azulejos entre outros.

11


Venda, Locação e Administração Av. Pernambuco, nº 21 - Centro

VENDA

OLARIA R$ 100.000,00

Tel.: (12) 3883-6969

VENDA

Casa com 04 dorms (st), sala, cozinha e garagem.

VENDA

COCANHA R$ 180.000,00

Casa com 02 dorms + edícula e garagem.

VENDA

Recanto Verde Mar - 05 dorms (st), sala ampla, AT 360m².

JD. BRITÂNIA VENDA

R$ 85.000,00 Casa com 02 dorms (st), sala, cozinha, churrasqueira e garagem.

12

POIARES VENDA

R$ 85.000,00 Casa com 01 dorm, sala, cozinha, churrasqueira, AT 300m².

SUMARÉ R$ 135.000,00

JD. CALIFÓRNIA R$ 220.000,00 Casa com 03 dorms (st), sala, cozinha, área de serviço, garagem, churrasqueira.

MASSAGUAÇÚ VENDA

R$ 120.000,00 Sobrado em condomínio, 02 dorms, piscina, churrasqueira, mobiliado.

PRAIA DAS PALMEIRAS VENDA

R$ 130.000,00 02 dorms (st), sala, cozinha, wc e garagem.


www.impactoimoveiscaragua.com.br

PONTAL STA. MARINA VENDA

R$ 130.000,00

CAPUTERA VENDA

R$ 150.000,00

INDAIÁ

MORRO DO ALGODÃO VENDA

R$ 150.000,00

VENDA

R$ 160.000,00

02 dorms, garagem, churrasqueira.

Sobrado 03 suítes, 02 salas, cozinha, garagem.

Casa 02 dorms, sala, área de serviço, + edícula, churrasqueira e garagem.

Casa 02 suítes (01 com hidro), garagem, AT 620m².

CAPUTERA

PRAIA DAS PALMEIRAS

JD. BRITANIA

PX. RODOVIÁRIA

R$ 95.000,00 VENDA

R$ 160.000,00

VENDA

VENDA

VENDA

R$ 170.000,00

R$ 180.000,00

R$ 200.000,00

Sobrado 04 dorms (1 st), 02 salas, copa/cozinha, wc social, área de serviço e garagem.

Casa com 02 dorms (st), sala, cozinha, piscina, garagem, AT 400m².

MASSAGUAÇÚ

PONTAL STA. MARINA

03 dorms, 02 wcs, sala, cozinha, churrasqueira.

COCANHA

Ponto comercial, AT 300m², AC 150m².

POIARES

VENDA

VENDA

VENDA

VENDA

R$ 230.000,00

R$ 240.000,00

R$ 250.000,00

R$ 320.000,00

Casa com 02 dorms, sala, cozinha, garagem, churrasqueira + edícula, AT 700m².

Casa 03 dorms (st), piscina, churrasqueira, garagem.

Casa em condomínio, 03 dorms (st), sala, + edícula e garagem.

Ponto comercial com 02 casas, AT 600m², AC 180m².

ESTRELA D’ALVA

COCANHA

PORTO NOVO

CENTRO

VENDA

R$ 350.000,00 Sobrado com 04 dorms (st), sala, AT 300m².

VENDA

R$ 750.000,00 Sobrado pé na areia 04 dorms (03 st), garagem, AT 600m².

VENDA

R$ 900.000,00 Marina, AT 8000m², AC 2000m².

VENDA

R$ 1.200.000,00 Casa comercial com 06 dorms (st), piscina, churrasqueira, AT 900m².

13


O imóvel ideal para você e sua família Av. Prestes Maia, nº 159 - Centro

VENDA

Tel.: (12) 3882-4442 | 7850-7682 | 80*50800

INDAIÁ R$ 250.000,00

VENDA

Casa com 03 dormitórios (01 suíte), dependência de empregada, edícula.

VENDA

CENTRO R$ 380.000,00

Casa nova com 03 suítes.

VENDA

Sobrado com 04 dormitórios (02 suítes), 02 banheiros, 05 vagas de garagem, churrasqueira.

PEGORELLI VENDA

14

MARTIM DE SÁ VENDA

JD. BRITÂNIA R$ 300.000,00

PQ. IMPERIAL R$ 750.000,00 Casa com 05 dormitórios (04 suítes), churrasqueira, 900m² de área de terreno.

MARTIM DE SÁ VENDA

R$ 75.000,00

R$ 110.000,00

R$ 115.000,00

Chácara com 01 suíte, sala, banheiro, 10 vagas de garagem, 2.650m² de área total, tanque de peixes.

Condomínio horizontal, 02 dormitórios, sala, banheiro, 02 vagas de garagem, facilita em até 36x.

Condomínio horizontal com 02 dormitórios, NOVO.

SÃO S. - CANTO DO MAR VENDA

R$ 120.000,00 Casa com 03 dormitórios (02 suítes), varanda, 02 vagas de garagem.


www.imobiliariatabatinga.com.br

MARTIM DE SÁ

INDAIÁ

CENTRO

INDAIÁ

VENDA

VENDA

VENDA

VENDA

R$ 120.000,00

R$ 150.000,00

R$ 160.000,00

R$ 168.000,00

Condomínio horizontal com 02 dormitórios, churrasqueira.

Casa com 02 dormitórios, 02 vagas de garagem e churrasqueira.

Apartamento, 100m da praia, com 02 dormitórios (01 suíte), lavanderia.

Apartamento padrão, 02 suítes, salão de festas, salão de jogos, piscina, facilita em até 36x.

MARTIM DE SÁ

CENTRO

MARTIM DE SÁ

MARTIM DE SÁ

VENDA

VENDA

VENDA

VENDA

R$ 176.000,00

R$ 200.000,00

R$ 230.000,00

R$ 250.000,00

Apartamento com 02 dormitórios (01 suíte), sala, banheiro, salão de jogos, churrasqueira.

Apartamento com 02 dormitórios (01 suíte), 101m², preço de custo.

Casa com 03 dormitórios (01 suíte), churrasqueira e forno de pizza.

Casa com 03 dormitórios, edícula, piscina e churrasqueira.

ESTRELA D’ALVA

PRAINHA

INDAIÁ

INDAIÁ

VENDA

R$ 260.000,00

VENDA

R$ 280.000,00

VENDA

R$ 280.000,00

VENDA

R$ 340.250,00

Casa com 03 dormitórios, 02 vagas de garagem, churrasqueira, 280m² de área total.

Apartamento com 03 dormitórios (01 suíte), salão de festas, piscinas, playground.

Casa com 03 dormitórios (02 suítes), 02 vagas de garagem, churrasqueira.

Apartamento com 03 dorms (01 suíte), piso frio, salão de festas, salão de jogos, piscinas, facilita em até 24x.

ARUÃN

MASSAGUAÇU

PRAIA BRAVA

ILHABELA

VENDA

R$ 450.000,00 Apartamento com 03 dormitórios (01 suíte), 02 vagas de garagem, piscina.

VENDA

R$ 600.000,00 Casa com 05 dormitórios (01 suíte), frente ao mar.

VENDA

R$ 700.000,00 Casa com 04 dormitórios, armário embutido, 06 vagas de garagem, piscina, churrasqueira.

VENDA

R$ 2.200.000,00 Área com 90.000m², água nascente, pier, aceita financiamento, imóveis e automóveis.

15


16


Administrar um condomínio, uma tarefa não tão simples M

orar com segurança, compartilhar lazer, conforto e responsabilidades são tarefas que muitos condôminos sabem o que é. A escolha por tudo isso é cada vez mais frequente. Mas a vida em comum exige segredos, principalmente, distinguir entre o MEU e o NOSSO. A história mostra que o ser humano sempre viveu em grupos. Hoje, esse costume continua pulsante. Somente na cidade de São Paulo, os condomínios superaram a marca de 27 mil. Porém, ainda restam aqueles que insistem em resgatar conceitos da ‘idade da pedra’ para administrar condomínios, tentando executar, com recursos materiais e humanos próprios, uma tarefa para a qual não detêm expertise. Segundo Eduardo Campos Leite, responsável pela Porto Forte Assessoria Condominial, efetuar a entrega dos resultados dentro de uma verdadeira moldura de parceria não pode ser descartada. Na verdade, deve funcionar como uma assessoria do síndico e dos condôminos para os diversos segmentos relativos à: área de administração financeira, controle de saldo bancário, aplicações, pagamento de despesas, admissão, registro e

folha de pagamento de funcionários, assessoria jurídica entre outras. Ou seja, não há perda de controle. O responsável pela Porto Forte frisa que as administradoras cuidam de questões funcionais do condomínio. “Tendo um apoio especializado fica mais fácil fazer um planejamento e executar as ações para levar melhorias aos moradores”, falou.

despesas, aumentam a transparência, geram mais tranqüilidade e melhores chances à sustentabilidade dos condomínios, cada vez mais parecidos com as cidades do século 21, e deixa para trás conceitos velhos da época da pré-história.

Conhecimento sobre administração de prédios, recursos humanos qualificados e trabalho sério são aspectos fundamentais a serem observados por aqueles que desejam identificar e escolher as empresas com as quais irão trabalhar. A contratação de administradoras por parte dos condomínios segue em alta, gerando mudanças que, comprovadamente, reduzem as

Divulgação

Dicas para avaliar as administradoras É preciso ter uma atenção especial para os comprovantes de pagamento de funcionários, para que ações trabalhistas não sejam movidas contra o condomínio, além de verificar os antecedentes de quem vier a ser contratado pela administradora. Com relação aos preços cobrados pelas empresas, valores mais altos não significam uma melhor qualidade de seus serviços. Pesquise preços e conheça a forma de cobrança do condomínio feita pela administradora. No que diz respeito aos balancetes mensais, verifique se são claros e detalhados. Isso será bastante útil na hora de cortar custos e analisar para onde está indo o dinheiro do condomínio.

Obrigações da administradora Pagamento das contas do condomínio, incluindo os gastos com água, luz, salário e encargo de funcionários, manutenção como a de elevadores. Recolher as contribuições para o INSS dos funcionários, assim como o FGTS, o PIS e as despesas dos sindicatos. Apresentar todas as declarações que são pedidas pela Receita Federal.

17


Ações para o bem

Alunos de Arquitetura do Módulo elaboram projetos de acessibilidade nas ruas e calçadas do Centro de Caraguá

I

mbuídos pelo espírito de solidariedade e incentivados pela experiência do estágio no final da faculdade, os alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Módulo estão desenvolvendo projetos de acessibilidade nas calçadas do Centro de Caraguatatuba. “Quem não está trabalhando na área faz estágio no LINA - Laboratório de Iniciação à Arquitetura, mantido pelo Módulo. O estágio supervisionado no curso é obrigatório”, explica a professora e coordenadora Tatiane Roselli. Levantamentos de rua, medições e fotos são algumas das tarefas executadas pelos estagiários de arquitetura. No caso da Rua Engenheiro João Fonseca, uma das principais no Centro de Caraguá, o diagnóstico foi concluído pelos estagiários, aprovado pela Secretaria Municipal de Urbanismo e está prestes a ter início. Crédito: Bruna Vieira/Jornalismo Módulo

Os projetos do LINA são orientados pela professora Ana Paula Vera de Paiva, que também incentiva outras possíveis parcerias junto a Petrobras, Ibama, Cetesb, Prefeituras, grupos de gerenciamento costeiro e secretarias de habitação. Para Diego Bortoleto Licca, que está no 9° semestre de Arquitetura do Módulo e atua no projeto de calçadas acessíveis no Centro de Caraguá, o intuito é conscientizar a população de que a calçada é para todos. “Acessibilidade não se refere só aos deficientes físicos, mas as mulheres grávidas, obesos, idosos e outros”, afirma. Desde 2010, a Prefeitura não autoriza mais construções sem calçadas acessíveis. “Começamos a adequar as calçadas do Centro. O próximo passo é chegar aos bairros”, revela o secretário municipal de Urbanismo, César Abud. E, para isto acontecer, a Prefeitura está oferecendo até 50% do valor da obra para os proprietários que readequarem as calçadas de suas casas. As parcerias não param por aqui, pois o Centro Universitário Módulo está com uma nova linha de pesquisa multidisciplinar, com quatro projetos de Iniciação Científica sobre a temática “Acessibilidade na Cidade”.

Outras parcerias Os estagiários do LINA começaram a elaborar o projeto de ampliação do prédio e construção de piscina na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – Apae de Caraguá, que atende 119 alunos, e está localizada no bairro do Indaiá. A Apae está à procura de verbas públicas para reformar o prédio e poder atender mais alunos. Apae - Divulgação

A parceria entre o Módulo e a Apae foi iniciada este ano, primeiramente com os alunos de Enfermagem, e agora com os alunos de Arquitetura. “Assim que tivermos uma verba aprovada, começamos a executar o projeto elaborado pelos estudantes”, finaliza a presidente da Apae, Selma Fontes. Helena Custódio

Aluna do 3º Semestre de Jornalismo no Centro Universitário Módulo.


Um plano para nortear o crescimento de Caraguá

Contrário à proposta inicial do plano diretor, Presidente da Câmara diz que projeto deverá sofrer mudanças

U

ma das cidades que mais se desenvolve no país, Caraguatatuba completa 154 anos e vive uma fase importante com a retomada da discussão do plano diretor. O projeto está pronto e agora cumpre a sua fase de audiências públicas para colher a impressão popular. A lei federal 10.257, de 2001, conhecida por Estatuto da Cidade, determinou que os municípios com mais de 20 mil habitantes editassem lei local disciplinando o crescimento da cidade, visando ao pleno desenvolvimento das suas funções sociais e da propriedade urbana. Dentre outras disposições, o plano diretor disciplina o parcelamento, o uso e a ocupação do solo, dispõe sobre o zoneamento ambiental e busca uma gestão orçamentária participativa. O prazo para a edição dessa lei terminou em 2006, mas muitos municípios não tiveram condições, até técnicas, para editar a lei; esse prazo foi prorrogado para 30 de junho de 2008. Caraguá tentou cumprir o prazo e apresentou em 2006 um projeto, mas,

após análise, a Câmara Municipal o devolveu ao Executivo para correções. Segundo os Vereadores, o projeto estava incompleto. Os técnicos da Prefeitura voltaram a se debruçar sobre o projeto. No ano seguinte, reenzcaminhou sua proposta ao Poder Legislativo Municipal para apreciação e aprovação. Novamente a Câmara discutiu a matéria e acabou rejeitando o projeto por julgá-lo incompatível com a realidade vivida no município. À espera do fim da novela, Wilson Agnaldo Gobetti, Presidente da Câmara de Caraguatatuba e empresário do ramo imobiliário há 14 anos, concedeu essa entrevista à CASA PRAIA no início de abril e indicou pontos que, segundo ele, deverão sofrer mudanças para atender aos anseios da sociedade. CASA PRAIA: Qual a importância de um plano diretor para Caraguá? Wilson Gobetti: É essencial para que se tenha o rumo previamente traçado para o desenvolvimento de uma forma ordenada do município. Com o plano diretor, a cidade terá planejamento, desenvolvimento ordenado e melhores condições de vida aos seus munícipes. CP: Por que a cidade ainda não tem seu plano diretor? WG: O plano é passível de discussões técnicas e políticas. Essa união muitas vezes é colocada acima das necessidades de mudanças para o bem comum, que a meu ver não deveria acontecer. O bem-estar de uma cidade, através de seus administradores, deveria ser prioridade. CP: O plano diretor está de acordo com as necessidades do município? WG: Sou contra a proposta caso ela

venha na forma original. Existem outros detalhes que só a partir do momento em que o plano for protocolado na Câmara é que poderemos debater. As correções serão feitas por emenda, conforme o interesse da sociedade. CP: Na sua visão, quais os pontos negativos que o plano apresenta? WG: Principalmente os prédios de 25 andares. Atualmente, pode nove, o que considero ideal. Não podemos acabar com o sol durante o dia. Quero ressaltar que estou ao lado da população. Outro ponto é a ausência de drenagem na Fazenda Serramar. Com a construção de casas e edifícios teremos sérios problemas de alagamento. CP: A novela está perto do fim? WG: Espero que sim. Até porque o plano diretor apresentado em 2005 só teve o meu voto favorável naquela ocasião. Desta vez, a princípio, me parece que os colegas e também os técnicos estão entendendo melhor a necessidade. Existem, claro, mudanças a serem feitas. Com o bom-senso das partes envolvidas, acredito que teremos o melhor plano para Caraguá.

21


22


24


Quase que inevitável Aconteceu de 15 a 19 de março a 19ª

Feicon Batimat 2011, maior feira do ramo da construção da América Latina, realizada no Pavilhão de Exposições do Anhembi em São Paulo. Nada mais nada menos que 58.000 m² de espaço para lançamentos, tendências e tecnologia de vanguarda para o setor em nosso país, representando a sua grande força. A feira é, sem dúvida, uma grande oportunidade de negócios para empresários e representantes, porém não deixa de expor, principalmente, as tendências do mercado. Produtos como vidro com acionamento elétrico, que se torna de translúcido a leitoso em apenas um toque; captador com condução natural de luz solar, literalmente trazendo luz ao fim do túnel; mantas, esquadrias metálicas e vidros, todos com função acústica que trabalham de maneira inacreditável, foram mostrados na feira. Ferramentas metálicas, como que para escora metálica, agora ganham mais um membro: uma “braçadeira” para caixarias de colunas e vigamentos. Quanto às máquinas, uma em especial foi demonstrada, a que reboca paredes inteiras de forma modulada, rápida, com o mínimo de desperdício e que não necessita de descanso. Estes foram os produtos que especialmente marcaram nossa passagem.

Softwares cada vez mais completos também mereceram destaque. O conceito de sustentabilidade foi marcante em todos os stands, sendo pelo reuso de materiais ou pelas alternativas de tecnologias voltadas para o setor. Produtos para todos os ramos, gostos e bolsos. Mínimo desperdício, limpeza de obra, energia natural, materiais ecológicos e uso de maquinário específico, já são questões corriqueiras em algumas obras, porém tendem a serem certezas em todas. Quase que inevitável! Pensando em sistemas e materiais ecológicos, ainda encontramos no mercado argamassas ecológicas, blocos cerâmicos e blocos de concreto reciclado, cal obtida sem emissão de gás carbônico, cimentos fabricados com resíduos industriais, colas à base d’água, base vegetal e sem odor, dentre outros. Arq. Fernando Dalprat

Arquiteto e Urbanista responsável pelo Dalarq Arquitetura de Caraguatatuba


26


27


Profile for Revista Casa Praia

Revista Casa Praia - Ed. 02  

Nesta edição, a arquiteta Clarissa Madruga Custódio dá dicas de como construir uma casa integrada à paisagem ao redor; Os alunos de jornalis...

Revista Casa Praia - Ed. 02  

Nesta edição, a arquiteta Clarissa Madruga Custódio dá dicas de como construir uma casa integrada à paisagem ao redor; Os alunos de jornalis...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded