Page 1

ISSN 1677-7158

R$ 10,00

Pará, Amapá, Amazonas, Acre, Rondônia, Maranhão, Brasília, Minas Gerais, Ceará, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Portugal, França, Espanha e Itália


S

umário 05

A Mensagem do Santo Padre

06 07 Mensagem do Arcebispo D. Orani 08 Senado homenageia o Círio de Nazaré 12 Abertura Oficial 22 Romaria Fluvial 24 Trasladação 28 A Grande Procissão 41 Círio das Crianças/Recírio 42 V Concurso Imagens de Círios 2006 60 Círio de Morro Vermelho - MG 64 Círio de Sumaré - SP 66 Círio Nazaré Paulista - SP 68 Círio de Osasco - SP 69 Círio de Santos - SP 70 Círio de Copacabana - RJ 71 Círio de Tijuca - RJ 72 Círio de Saquarema-RJ 74 Círio de Brasília-DF 76 Círio de Fortaleza-CE 77 Círio de Capistrano-CE 78 Círio de São Luis-MA 79 Círio de Manaus-AM 80 Círio de Macapá-AP 82 Círio de Porto Velho-RO 83 Círio de Rio Branco-AC 84 O Círio em Cayenne-França 88 Virgem de Nazaré em Portugal Programação do Círio 2007

OS

Edi

AN

tora Círios

PUBLICAÇÃO Editora Círios SS LTDA ISSN 1677-7158 CNPJ 03.890.275/0001-36 Rua Timbiras, 1572-A Fone: (91) 3083-0973 Fone/Fax: (91) 3223-0799 Cel: (91) 9985-7000 www.cirios.com.br E-mail: cirios@cirios.com.br CEP: 66033-800 Belém-Pará-Brasil DIRETOR, PRODUTOR E EDITOR Ronaldo Gilberto Hühn COMERCIAL Alberto Rocha Rodrigo B. Hühn DISTRIBUIÇÃO E VENDAS Rodrigo B. Hühn REDAÇÃO Celso Freire Gauthier Horth Inácio Beirão Júlio Almeirda Mariângela Couto S. Cantista Ronaldo Gilberto Hühn Rozenir Mesquita Suzana Zarro FOTOGRAFIAS Advaldo José Gomes Nobre, Alaise de Cácia Silva Ribeiro, Alex Helser dos Santos Franco, Artur Vasconcelos Lima, Ary Souza, Augusto Ribeiro, Carlos Alberto Jorge de Oliveira Junior, Celso Roberto de Abreu Silva, Edílson Lobato, Eduardo Maroja, Fabiola Correa da Costa Oliveira, Fernando Felipe Gomes de Araújo, Fernando Jorge S Farias, Gilberto Toshiro Suzuki, Iago Fernando Oliveira Rodrigues, João Modesto Vianna, Joanaldo de Jesus Silva, João Ismael Paraense da Paixão, José Afonso C. dos Santos, José Regis Junior, Leonardo Coelho do Nascimento, Marcelo Ribeiro Moraes, Marcio Santos Matos, Maria da Conceição Reis do Amaral, Maria Izete Castro Rodrigues, Maria Raquel dos Santos da Cruz, Marcos Berman, Natália Barata Rocha, Pedro Leonardo Secco Gomes, Rodrigo Hühn, Rubinaldo Conceição Maciel, Salvador Scofano e Wagner Santana PROJETO GRÁFICO E EDITORAÇÃO ELETRÔNICA Editora Círios SS LTDA

EDIÇÃO 2007

Imagem original de Nossa Senhora de Nazaré com Seu Manto e coroa, exposta no Glória da Sua Basílica Santuário, em Belém, em fundo verde, homenageando a Amazônia

ANATEC ASSOCIAÇÃO DE PUBLICAÇÕES


Por ocasião das festividades do Círio de Nazaré, o Santo Padre, Papa Bento XVI, se comprazendo em significar o Seu apreço por esta significativa homenagem promovida para a honra e glória de Nossa Senhora, concede Sua propiciadora Bênção Apostólica.

A MENSAGEM DO SANTO PADRE esejando unir-me espiritualmente aos romeiros devotos, convido todos os peregrinos e participantes às celebrações promovidas pelo Excelentíssimo Senhor Arcebispo de Belém, Dom Orani João Tempesta, a renovar o próprio agradecimento pelas dádivas que o Altíssimo lhes outorgapelaintercessãodaVirgemMaria. Ao invocar a proteção de nossa Mãe do Céu por todas as famílias e membros das diversas confrarias que participam do evento, aproveito para convidar o povo fiel a unir-se em ação de graças pelos frutos da V Conferência Geral do Episcopado Latino Americano e do Caribe, realizado este ano em Aparecida. Possa também Maria Santíssima, na esteira da Campanha da Fraternidade de 2007, abençoar toda a Amazônia levando para o interior, entre rios e aldeias, sua presença benfazeja e sua proteção maternal a todas as famílias e comunidades diocesanas. Com estes auspícios concedo uma propiciadora Benção Apostólica, extensivaàdireçãodaRevista“CíriosdeNazaré”.

Benedictus PP XVI


Pro gr a m a ç ã o d o C í r i o 2 0 0 7 09 10 10 11 12 12

20:00 14:00 19:30 19:00 11:00 12:00

13 13

06:00 09:00

13 13 13 13 14 14 14 a 28 15 a 27 15 16 a 27 20 20 21 28 28 28 28 29 29 29 29

11:00 12:00 17:00 18:00 05:30 06:30 21:30 05:30 19:00 19:00 08:00 18:00 07:30 08:00 20:00 21:00 24:00 06:00 06:30 06:30 07:30

Apresentação do Manto Abertura da Vigília de Oração Transportes dos Carros – CDP Abertura Oficial do Círio 2007 Encerramento da Vigília de Oração Traslado Ananindeua / Marituba

Romaria Rodoviária Romaria Fluvial Romaria dos Motoqueiros Descida da Imagem Missa da Trasladação Trasladação Missa do Círio Círio Círio Musical Terço da Alvorada Noite dos Eleitos Noitários Romaria dos Ciclistas Romaria da Juventude Romaria das Crianças Procissão da Festa Missa de Encerramento Encerramento do Círio 2007 Espetáculo Pirotécnico Subida da Imagem Missa do Recírio Incineração Simbólica das Súplicas Recírio

OUTUBRO

Basílica Santuário Auditório D. Zico Basílica Santuário / CDP Salão de Festa da Basílica Santuário Auditório D. Zico

Basílica Santuário Ananindeua Icoaraci Pça. Pedro Teixeira Basílica Santuário Colégio Gentil Colégio Gentil Catedral da Sé Catedral da Sé Concha Basílica Santuário Salão de Festa da Basílica Santuário Salão de Festa da Basílica Santuário Pça Santuário A definir Pça. Santuário Pça. Santuário Pça. Santuário Salão de Festa da Basílica Santuário Pça. Santuário Basílica Santuário Pça. Santuário Pça. Santuário Pça. Santuário


manifestação do “Círio de Nazaré” é típica de Belém do Pará e influencia todas as demais manifestações religiosas afins não só em nossa capital, mas também em todas as demais cidades do Pará e em outras do Brasil. O jeito próprio de celebrar a“Festa de Nazaré”faz com que esse evento torne-se não só uma manifestação de massa, mas um momento que catalisa todos os bons desejos e sentimentos do nosso povo. Desejaríamos que o clima que envolve essa festa permanecesse sempre no coração de todos, que a experiência de Deus, que a participação no Círio pode trazer para aqueles que participam de coração aberto, fosse transformadora de vidas de tal maneira que pessoas, famílias e comunidades fossem fermento de um mundo mais justo e solidário. Você que vem a Belém para a Festa do Círio, além de todos os preparativos e logística feitos, abra seu coração para que Deus possa falar-lhe! Veja na figura pequena da imagem de N. Sra. de Nazaré um ícone que atravessou mais de 300 anos de devoção nestas terras e que continua apresentando Jesus para todo povo, como é a grande missão de Maria!Veja nesse povo bom o desejo de ser fiel a Deus e agradecê-Lo pela sua fé e pelo encontro com Jesus Cristo, nosso Salvador! Essa manifestação é também um reavivamento de nossas raízes cristãs num mundo em transformação como o nosso, onde a perda desses valores tem levado a intolerâncias, violência, decadência moral, injustiça social, esfacelamento da família, corrupção... Participar do Círio de Nazaré, cuidadosamente preparado durante todo o ano, em todas as suas onze procissões e todos os eventos que o acompanham, pode ser esse reavivamento cristão na alegria desse evento. A todos os que chegam e vêm para participar desejamos um bom e feliz Círio.

D. Orani João Tempesta, O. Cist.


Leopoldo Silva/Agência Senado

Senado homenageia o Círio de Nazaré Fotos Adriano Machado

No Congresso Nacional

Bancada paraense no Congresso realiza sessão solene em Homenagem à Nossa Senhora de Nazaré e ao Círio

Márcia Kalume/Agência Senado

O

Márcia Kalume/Agência Senado

Círio de Nossa Senhora de Nazaré, foi homenageado Congresso Nacional, às vésperas da realização do Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Brasília, no segundo domingo de setembro. A sessão solene aconteceu no plenário do Senado Federal. Após a solenidade, foi inaugurada, no salão nobre do Senado, a exposição "Círio de Nazaré: patrimônio imaterial da cultura brasileira". A governadora Ana Júlia Carepa foi representada pela presidente da Paratur, Ann Pontes.

No início da solenidade

Márcia Kalume/Agência Senado

Duciomar Costa, Ann Pontes, com a imagem peregrina, José Ventura e o Guarda da Santa

A presidente da Paratur Ann Pontes, representou a Governadora do Estado Ana Júlia Carepa, durante a sessão no Congresso Nacional, requerida pela bancada paraense para homenagear o 215º aniversário do Círio de Nazaré

08 O prefeito de Belém, Duciomar Costa faz sua alocução


Leopoldo Silva

Márcia Kalume/Agência Senado

Pe. José Ramos com Nossa Senhora, a peregrina

Dez senadores se revezaram na tribuna para homenagear a Virgem de Nazaré e o Círio

A presença no Congresso Nacional da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, a mesma levada na procissão do Círio em Belém, quebrou a rotina e o clima tenso dos congressistas. Ao abrir a sessão, Renan Calheiros ressaltou: "Pela dimensão que já assumiu e pela tradição bicentenária que representa, não seria exagero dizer que o Círio é, atualmente, uma das principais celebrações populares da fé cristã em todo o mundo". Durante a sessão, dez senadores se revezaram na tribuna para homenagear aVirgem de Nazaré e o Círio. O senador Romeu Tuma, não conteve a emoção e, com a voz embargada, quase chorou. "Nossa Senhora nos traz alegria e alívio no coração e na alma, e vem abençoar este plenário na hora mais difícil", discursou. "É um momento No salão nobre do Senado, a imagem de Nossa Senhora de Nazaré

espetacular o que vivemos agora, com a presença de Nossa Senhora neste plenário. A caminhada é longa, mas precisamos pedir a Ela que nos dê força espiritual para seguir o nosso destino e fazer justiça", completou. A imagem da santa permaneceu na mesa do plenário do Senado por quase três horas, durante a sessão requerida pela bancada paraense para homenagear o Círio de Nazaré. Após a solenidade, foi inaugurada, no salão nobre do Senado, a Exposição "Círio de Nazaré: patrimônio imaterial da cultura brasileira". A bancada paraense maciçamente, prestigiou a abertura da exposição. Dom Orani salientou a importância de se levar ao restante do País o conhecimento sobre uma celebração secular afirmando “da crença maior da nossa região, à devoção brasileira no coração do nosso povo, estamos aqui hoje, no coração do governo, para dizer isso ao Brasil. A Amazônia possui uma riqueza maior que a que se estabeleceu, que é aVirgem de Nazaré”. Na cerimônia de abertura da Exposição, a presidente da Paratur, Ann Pontes,

representando a governadora Ana Júlia Carepa, destacou que o governo paraense e a Arquidiocese de Belém fecharam parceria para fortalecer a divulgação do Círio e dos atrativos turísticos do Estado. "A idéia é aproveitar o Círio para ampliar a divulgação do turismo paraense e atrair mais turistas o ano todo", revelou.


” o i r í C o d s a o r o C s a e o t n “O Ma por Jorge Arbage

Todos nós nutrimos na vida uma esperança e eu a tinha: motivar o eco da lembrança, nos que organização a bela procissão da Fé... era realmente o sonho que almejava tanto, qual seja o da minha mulher doar o manto, como louvor da família à Virgem de Nazaré!

Católico praticante sei quanto Deus planeja, no roteiro dos desígnios esteja onde esteja, o servo predestinado ao serviço da missão... Maria certamente ponderou e o Pai permite, que a Santa Igreja de Belém faça o convite, gratificante dádiva do céu à nossa devoção!

Contemplando na redoma a imagem verdadeira, grande emoção senti quando nossa Padroeira, parecia me dizer com os olhos fixos na cruz... “Eu te agradeço o feriado enriquecido de loas, e agora além do manto, dá-me mais duas coroas, perene reverência à mim e ao meu Filho JESUS”!

10


AberturaOficial a quinta-feira às 19 horas, no salão refrigerado do anexo da Basílica, exbarraca da Santa, é feita a Abertura Oficial do Círio , com a presença do arcebispo dos diversos concursos cirianos. dom Orani João Tempesta, autoridades constituídas, membros da Diretoria da Festa de Nazaré, convidados especiais, homenageados e vencedores dos diversos concursos cirianos. A solenidade marca ainda a inauguração dos arcos do Círio e a iluminação do Santuário, entre outros itens.

N

12


CÍR

IO

2007

O Círio de Na z aré

Belém N

a realidade o Círio de cada ano começa quando o anterior termina. São tantas e minuciosas as tarefas antecedentes à grandiosa procissão, que somente assim, com preocupações minuciosas e programações corretas e antecipadas o sucesso e brilhantismo da festividade é alcançado. Começa com o balanço do Círio anterior, a mudança parcial dos dirigentes, conforme estatuto, e da posse dos mesmos. Depois, a formação das diversas equipes e a distribuição das tarefas para o Círio do ano em curso. Isso tudo no primeiro semestre, no qual ainda, é apresentado o novo Cartaz oficial. Este ano a novidade foi sua apresentação em plena Praça Santuário, com a participação dos devotos em geral.

14


Em meados de agosto a manhã de Formação de Dirigentes de Peregrinações, no Centro Social Nazaré, com a presença maciça de cerca de 1.300 dirigentes, lideranças das paróquias de Belém e arredores. Essa reunião tem como objetivo principal orientar como presidir, proceder e conduzir as peregrinações preparatórias ao Círio. O Livro de Peregrinações, com seus 15 encontros temáticos, orações e cânticos, é o guia para cada reunião, que vai garantir dos devotos, uma participação espiritual condigna na grande procissão. As peregrinações começam com a solenidade da Missa do Mandato que simbolicamente marca o início oficial das festividades nazarenas. 1. O lançamento do Cartaz do Círio 2007 na Praça Santuário 2. Após o lançamento a benção aos presentes com a imagem da Senhora de Nazaré 3. Ao final, Dom Orani saúda os fiéis, ao fundo o belo

15


MissadoMandato

D

om Orani Tempesta celebrou a solene Missa do Mandato na Basílica Santuário. Na oportunidade as réplicas da imagem da santa padroeira foram bentas e os dirigentes receberam a missão do arcebispo: “Ide e Evangelizai”! A partir de hoje, vocês são as pernas, as mãos e a boca de toda a Igreja. Assim, todos ficaram aptos para iniciar as peregrinações pelos lares católicos e para incutir nos corações e mentes, o espírito cristão mariano para participarem solenemente do Círio de Nossa Senhora de Nazaré. É o marco inicial para as peregrinações das 3.500 imagens pelos lares paraenses. Este ano, antecipado de 15 dias para que mais famílias pudessem ser visitadas. A outra modificação foi nos Livros de Peregrinações, onde as expressões mais eruditas foram substituídas pelas mais populares, para maior compreensão dos textos e mensagens.

16


Vigília deOração s 14 horas da quarta-feira antecedente ao Círio, começa a Vigília de Oração. São 48 horas de veneração à Santa, no auditório Dom Vicente Zico, no térreo do Centro Social de Nazaré. O evento marca o fim das visitas da imagem nas paróquias e empresas públicas e privadas. Por dois dias consecutivos, fiéis se revezam, no auditório, promovendo encontros de orações e adoração. Ao término, a imagem é levada em procissão para a Basílica, de onde sai para o Traslado, ao meio dia da sexta-feira.

À

FÁBRICA

Saúda a Virgem de Nazaré. Rainha da Amazônia ! Rod. Artur Bernardes, KM 14

Fone: (91) 3227-1010

Belém - Pará


Traslado

18


20

Paparazzo

Paparazzo

Jo達o Vianna


Romaria Rodoviária No sábado, logo amanhecendo, uma celebração eucarística às 4h30, na igreja matriz de Nossa Senhora das Graças, em Ananindeua, presidida pelo arcebispo de Belém, Dom Orani João Tempesta e concelebrada pelo Cardeal Arcebispo de São Paulo, Dom Cláudio Hummes. Logo após, o início da Romaria Rodoviária, que leva a imagem da Virgem de Nazaré até o porto de Icoaraci, num percurso de 23 km feito em 2h30, com a chegada a Icoaraci prevista para às 8h30. A participação estimada é de 200 mil pessoas. Nesse trajeto a Rainha da Amazônia é escoltada por 40 viaturas da Polícia Rodoviária Federal, dez da Polícia Civil e por oito carros do Corpo de Bombeiros. A romaria é marcada por grande fluxo de ciclistas e de carros no trajeto que segue pela BR-316, Avenida Augusto Montenegro até a Vila Sorriso, como é conhecido o distrito. Nas passarelas no trajeto e no viaduto, os fiéis jogam papéis picados e soltam fogos de artifícios. A romaria fez breves paradas nos conjuntos residenciais da rodovia Augusto Montenegro. Na chegada é celebrada a Santa Missa.

Romaria Fluvial

E

m torno de 9h30 tem início a Romaria Fluvial. A bordo do rebocador Garnier Sampaio, da Marinha do Brasil, a imagem é conduzida em grande cortejo fluvial de barcos e pequenas embarcações , * Após a chegada da Romaria Rodoviária, e m torno de 9h30 inicia o terceiro evento do calendário: é a 21ª Romaria Fluvial. Assim que a imagem chega à orla de Icoaraci, é celebrada a santa missa, que é presidida pelo Arcebispo Emérito Dom Vicente Zico. A concelebração foi

22

do Cardeal Arcebispo de São Paulo, Dom Cláudio Hummes. Depois a imagem de Nossa Senhora de Nazaré é levada até a corveta da Marinha, Garnier Sampaio, que segue até a Praça Pedro Teixeira, em Belém, percorrendo os 18,500 km da procissão em duas horas. A Capitania dos Portos revela que participam cerca de 400 embarcações com 40 mil pessoas. O percurso é acompanhado pelos pequenos barcos, balsas, lanchas, iates, jet skis. Todos são enfeitados com balões e bandeirinhas coloridas. Todos os anos a


Salvador Scofano

Companhia Paraense de Turismo (Paratur) premia os vencedores do concurso 'Ornamentação de Embarcações', realizado durante a Romaria Fluvial. Os fogos de artifício foram proibidos por medida de segurança. O chefe da segurança do tráfego aquaviário da Capitania dos Portos do Pará, comandante Fernando Câmara, afirma que a medida foi instituída para evitar incidentes durante a romaria. As embarcações são decoradas com toldos e materiais de fácil combustão. A Capitania dos Portos garante que em 10 anos de Círio Fluvial nunca houve nenhum registro de incidente grave, apenas pequenas colisões entre embarcações. A Romaria das embarcações passa pela orla do Ver-OPeso, onde a imagem é saudada por grande número de feirantes e fiéis. Na chegada, o Sindicato dos Estivadores presta sua tradicional homenagem com a queima de 500 dúzias de pistolas de fogos de artifício, que dura cerca de dez minutos. O helicóptero da Marinha despeja em cima da embarcação que traz a imagem da santa uma chuva de papel picado laminado. Na Escadinha, do Cais do Porto, a imagem é recebida pelas mãos do prefeito de Belém e recebe honras de Chefe de Estado. A Romaria Fluvial foi criada pelo jornalista e historiador Carlos Roque, em 1986, com o objetivo de dar aos ribeirinhos a chance de louvar também a padroeira dos paraenses.

23


Eduardo Maroja

Trasladação

A

inda no sábado, às 17h o início da trasladação com a santa missa no palanque armado em frente ao Colégio Gentil Bittencourt e encerra na madrugada de domingo com a chegada da imagem da Virgem na Igreja da Sé, Catedral Metropolitana. A novidade do ano é que a Berlinda foi monitorada por um sistema de GPS, que permitiu a sua localização durante o percurso de quase 4km. A celebração eucarística, que antecede a procissão noturna, é presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém,

24


pessoas caminham juntos com a pequena imagem. Duzentos e cinqüenta mil castiçais foram distribuídos aos fiéis. Neles são levadas velas que iluminam o caminho até a Catedral. Diversos devotos aproveitam a oportunidade para pagar suas promessas até a Catedral, de onde sai a procissão do Círio. O trajeto de 3,750 Km é feito em pelo menos 5 horas. As homenagens de destaques estão em frente ao Clube do Remo, na Avenida Nazaré, onde recebeu a imagem foi saudada com fogos de artifício e a apresentação de um coral. No colégio Nazaré, a berlinda também parou para receber uma chuva de fogos de artifício. Na esquina da Rua Benjamim Constant, a cantora paraense Leila Pinheiro canta em homenagem à Virgem. Na Avenida Presidente Vargas a primeira homenagem é feita pelo Coral de mil vozes, num palco montado na Praça da República. Outras homenagens se sucedem com os bancos que ficam ao longo da Avenida. Os empresários investem em espetáculos pirotécnicos, incluindo raios laser. Num deles, crianças tocavam violino nas janelas. Outra homenagem é feita na Boulevard Castilhos França. É lá que acontece a tradicional homenagem do Sindicato dos Estivadores e Arrumadores. O show pirotécnico inclui fogos de artifício dos mais variados tipos, num belo


espetáculo na Avenida. Em seguida vem a homenagem no prédio dos Classificados de O LIBERAL, onde houve, por várias vezes, o toque de uma sirene. Na avenida Frutuoso Guimarães a corda é desatrelada da berlinda de Nossa Senhora. Nesse momento, os promesseiros aproveitaram para cortar pedaços da Corda e guardar como recordação. Ao chegar na Catedral de Belém, a Berlinda com Nossa Senhora de Nazaré é colocada num altar onde fica até o início da grande procissão do Círio.


Fernando Araújo

AGrande Procissão procissão do Círio de Nazaré sai da Praça Frei Caetano Brandão, na Cidade Velha. Milhares de fiéis já aguardam desde a madrugada de domingo a saída da imagem da Virgem, que ficou exposta em uma redoma de vidro, no altar em frente à Catedral. O Cura da Sé, padre José Gonçalo Vieira, atendia os fiéis enquanto o coral Schola Cantorum entoava cânticos de louvor. Às 5h parte da corda é atrelada à berlinda em frente ao altar. As demais partes e os 350 metros de corda foram atrelados na Avenida Boulevard Castilho França, no Ver-o-Peso. Antes da saída da procissão, o arcebispo metropolitano de Belém Dom Orani João Tempesta, preside a santa missa concelebrada pelo arcebispo emérito Dom Vicente Zico, pelo presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil Regional Norte 2 e Bispo de Abaetetuba, Dom Flávio Giovenale; Bispo de Cametá Dom Jesus

A

28


29


Marcio Santos

30


berlinda. Mas a frente, foi a vez dos funcionários dos Correios homenagear a rainha da Amazônia. Uma imagem da Virgem de 13 metros ornamentava a fachada do prédio colorido. No palco armado estavam os cantores líricos Dione Colares (soprano) e Daniel Araújo (barítono). Eles cantavam acompanhados pelo Sexteto, grupo composto por um violoncelo e cinco violinistas. No Banco da Amazônia a tradicional homenagem trouxe 200 mil pétalas de flores jogadas durante a passagem da berlinda. No palco montado em frente ao edifício, houve apresentação dos cantores Albinha e Arthur Nogueira, acompanhados dos músicos Felipe Cordeiro, Bob Freitas e Eduardo Lima. A procissão estava caminhando rapidamente. Na avenida Nazaré, a imagem da Virgem foi saudada com

32


queima de fogos e chuva de papel picado jogado do alto dos prédios. O prefeito de Belém, Duciomar Costa, esperou a passagem no Hotel Crowne Plaza, em Nazaré. “Esse é um momento em que o mundo clama pela paz, e espero que o Círio incuta essa paz nas pessoas”, disse o prefeito. Já passava das 13h30 quando a berlinda chegou à Praça Santuário. Coube ao diretor-coordenador da festa Flávio Américo retirar a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré de dentro da


A combinação perfeita dos sabores! atacadonacional@marizaalimentos.com.br


Romaria dosciclistas

O

terceiro ano da romaria dos Ciclistas sofreu mudanças no percurso. A novidade foi no trajeto da procissão, que saiu às 7h30 da manhã, da Igreja Matriz N. Sra. das Graças em Icoaraci, e chegou, por volta de 10h30 na Igreja de Nossa Senhora de Aparecida, na Pedreira, onde faz procissão no bairro. Dos 13 km anteriores, o percurso foi aumentado para 19km feito em 2horas. A mudança foi para atender a um pedido das centenas de pessoas que moram nas proximidades da rodovia Augusto Montenegro e no Distrito de Icoaraci, onde a bicicleta é o principal meio de transporte. Outro motivo para a mudança foi para evitar acidentes durante o traslado para Ananindeua, acompanhado por uma grande quantidade de ciclistas. Mais de mil ciclistas participam da romaria que foi realizada pela primeira vez em 2004 com cerca de 200 participantes. Até o ano de 2005 a Romaria era feita nas ruas do centro de Belém.

Em 2006, a saída foi da Igreja de São Miguel na Cremação, com direção à Praça Santuário. O coordenador da romaria padre Andraci, considera que a saída da caminhada de uma das paróquias da Arquidiocese, é uma forma de integrar todas as paróquias em torno da realização da festa. Outra novidade para a Romaria da Juventude é que este ano houve manto exclusivo para a imagem peregrina. A peça foi confeccionada e doada pelo devoto Luiz Langer. São percorridos 3,431Km em aproximadamente duas horas. Os fiéis percorrem as travessas Alcindo Cacela, Nove de Janeiro e seguem pela avenida José Malcher passando pela Avenida Generalíssimo Deodoro até a Praça Santuário, em Nazaré. No caminho, casas enfeitadas e muita emoção. São cerca de 7 mil fiéis. Durante o trajeto, há três paradas para refletir sobre o tema da procissão e fazer um convite para a construção da paz. Após a chegada da procissão, o Arcebispo de Belém, Dom Orani João Tempesta, e Dom Mauro Montagnolli, Bispo Diocesano de Ilhéus, Bahia, concelebraram Santa Missa de encerramento da romaria.

Círio dasCrianças

N Romaria daJuventude

P

elo sexto ano, aconteceu a romaria da Juventude. É a oitava das romarias que fazem parte das festividades nazarenas. E também com novidades. Agora a procissão passa a sair de uma igreja diferente a cada Círio.

30

o 3ºDomingo de outubro é a vez dos pequenos homenagearem Nossa Senhora. A Romaria das Crianças é a 9ª do calendário das procissões nazarenas do Círio. A missa é presidida pelo Arcebispo Dom Orani João Tempesta que abordou o tema deste ano “Levanta-te e vem com Maria ser pequeno missionário de Jesus” tem o objetivo de abranger, principalmente, as crianças com deficiência física. A 17ª Romaria iniciou às 8h da manhã da Praça Santuário, após a celebração da santa missa. Depois, os 120 mil fiéis percorreram a Generalíssimo Deodoro, José Malcher, Assis de


Vasconcelos, Nazaré e encerra, novamente, na Praça Santuário. A procissão acontece há 17 anos. A romaria com a Imagem da Virgem de Nazaré percorreu cerca de 3.548Km. A novidade foi o aumento de meio quilômetro com a inclusão de um quarteirão da Assis de Vasconcelos. A procissão, ao seguir pela avenida Governador José Malcher, entrava na avenida Dr. Moraes para, então, se dirigir à Praça Santuário pela avenida Nazaré. Foram quase três horas de procissão onde os pequeninos fiéis prestaram sua homenagem à Nossa Senhora de Nazaré, que também recebeu um manto especial. Cerca de 100 crianças fizeram a guarda da berlinda. A procissão conta ainda com um carro dos milagres e quatro carros dos anjos. Além das crianças, um grande número de idosos também participam da procissão que é rápida e de curto espaço. O Círio das Crianças foi criado em 1990, justamente para atender a necessidade de haver uma procissão específica para os pequenos devotos que antes eram levados pelos pais para a Romaria do Círio.

função da mudança do ponto de partida ou do ponto de chegada. Todo ano o ponto final é uma comunidade paroquial de Nazaré.

Missa de encerramento A missa de encerramento da festividade celebrada pelo arcebispo metropolitano de Belém, dom Orani João Tempesta, tem início às 20 horas na Praça Santuário. O momento é de reflexão após dois meses de atividades voltadas à evangelização, seja através das peregrinações que antecederam o Círio 2006, seja pelas celebrações que sucederam a grande procissão do segundo domingo de outubro.

Subida da Imagem A imagem original de Nossa Senhora de Nazaré, volta ao Glória, na Basílica Santuário. O momento solene da cerimônia da Subida da Imagem achada pelo caboclo Plácido é acompanhada por milhares de devotos. A cerimônia acontece logo cedo e é emocionante. A imagem original de Nossa Senhora de Nazaré permaneceu durante quinze dias em um nicho próximo aos fiéis. Ela só “desce do 'Glória'” no próximo ano.

Recírio Recírio encerra as comemorações do Círio de Nazaré. Antes do início da celebração os pedidos acumulados durante os 15 dias de festa são queimados durante o ritual da “incineração das súplicas”. Os pedidos são abençoados pelo bispo Dom Orani Tempesta. Após a celebração da missa a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré é levada da Praça Santuário para a capela do Colégio Gentil Bittencourt, de onde só sai para o Círio seguinte. Centenas de pessoas acompanham a última e menor romaria da festa. São cerca de 50 mil pessoas num pequeno percurso de 250 metros. Dom Orani aproveitou para abençoar os devotos que acompanharam a procissão, ou que simplesmente aguardaram a chegada da romaria no Colégio. Em seguida a imagem da padroeira dos paraenses foi solenemente conduzida até a capela do Colégio Gentil onde permanecerá até o próximo Círio de Nazaré.

O ProcissãodaFesta

M

ais de 10 mil pessoas participaram da Procissão da Festa, a 10ª romaria Nazarena do Calendário das 11 que formam o Círio de Nazaré. A procissão saiu às 8 da manhã da Praça Santuário e durou cerca de 3 horas. É uma das procissões mais antigas da festividade, que teve seu início há 125 anos. A novidade da procissão foi o aumento de 650 metros no percurso, passando a percorrer 3,450 quilômetros. O diretor-coordenador da Festa do Círio Flávio Américo revelou que as mudanças na Procissão são previsíveis em

31


As fotos selecionadas e o Júri

C

omo já tradicional, a seleção das fotos foi realizada em uma noite festiva e muitíssima agradável segundo a opinião unânime dos participantes. A comissão julgadora foi composta dos seguintes membros: Paulo Araújo, excoordenador do Círio de Nazaré, Elias Gorayeb, ex-diretor das Festividades Nazarenas, Adenirson Lage e Ismaelio Pinto, jornalistas/colunistas, e Carlos D'ippolito, diretor regional dos Correios. A missão dos jurados não foi nada fácil em virtude do grande número de fotos que poderiam ser classificadas e/ou premiadas. Foram 8.105 as inscritas e 7.203 as que concorreram, por estarem conforme e dentro do Regulamento do Concurso. Porém, com um fundo musical, por sinal muito elogiado, do conjunto Matizes, composto por jovens e talentosos músicos, a tarefa do júri ficou mais agradável. A maioria das fotos foi do Círio de Belém, mas concorreram também, fotos do exterior – Portugal, Espanha e França, além das do Brasil – São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Amazonas, Amapá e os municípios paraenses – Vigia, Curuçá, Castanhal e Ananindeua. Inicialmente houve uma seleção preliminar, com a preocupação principal voltada ao padrão e à qualidade. Em seguida a seleção das fotos que melhor retratassem a grande Romaria e os ícones dos Círios, pois as Será essa?

Procedendo a Seleção

42

Quase nos finalmentes


Os Vencedores (Nome e número de inscrição)

5º CONCURSO FOTOGRÁFICO

IMAGENS DE

CÍRIOS

2006

fotos premiadas e classificadas, num total de 43 fotos, estão correndo o mundo em várias exposições. Após longas demarches a comissão julgadora do 5º Imagens de Círios, classificou em primeiro lugar, a foto que mostra no plano principal a Berlinda com a Santa, sobre uma multidão de fiéis, tendo ao fundo o casario da Rua Marques de Pombal e o bonito relógio, recordações da Belém antiga, frente ao Ver-O-Peso: uma bela foto de João ModestoVianna.

João Vianna

Os Classificados Carlos Alberto Jorge de Oliveira Junior, 6112; Marcio Santos Matos, 1021; Fernando Felipe Gomes de Araújo, 7136; Advaldo José Gomes Nobre, 116; Maria Raquel dos Santos da Cruz, 6275; Advaldo José Gomes Nobre, 112; Celso Roberto de Abreu Silva, 4569; Pedro Leonardo Secco Gomes, 153; Artur Vasconcelos Lima,3596; Marcio Santos Matos, 1022; Alex Helser dos Santos E essa?

Acho essa!

Eu essa!

43


Franco, 4531; Marcelo Ribeiro Moraes, 1098; Joanaldo de Jesus Silva, 6254; João Ismael Paraense da Paixão, 6227; João Modesto Vianna, 7109; Marcelo Ribeiro Moraes, 1093; Fabiola Correa da Costa Oliveira, 179; José Regis Junior, 1070; Alaise de Cácia Silva Ribeiro, 277; Joanaldo de Jesus Silva, 6260; Joanaldo de Jesus Silva, 6251; Wagner Santana, 83; Marcos Berman, 1108; Artur Vasconcelos Lima, 3591; Iago Fernando Oliveira Rodrigues, 4601; Eduardo Maroja, 247; Maria da Conceição Reisdo Amaral, 3523; Artur Vasconcelos Lima, 3586; Fernando Felipe Gomes de Araújo, 7134; Mercedes Queiroz Zuliana, 3560; Gilberto Toshiro Suzuki, 2016; Rubinaldo Conceição Maciel, 07 e Celso Roberto de Abreu Silva, 4559. A Editora Círios agradece aos patrocinadores, o júri e todos os

Vamos ver novamente... Palpites finais

Um brinde pela conclusão O Vencedor e a foto do 1ºLugar

Jovens músicos do Conjunto Matizes


concorrentes por tornarem, mais uma vez, o Concurso IMAGENS DE CÍRIOS, um sucesso sensacional.

O prêmio maior do Vencedor

Premiando os Vencedores

Apoio

Realização

Outros Vencedores

Fone: 91 3344-2100 BR-316 KM 04 Rua Ricardo Borges, 1855 Bairro da Guanabara - Ananindeua-PA

A sua marca em transportes. www.racatransportes.com.br

belem@racatransportes.com.br


Os Vencedores

46


1ยบ Lugar:

Joรฃo Modesto Vianna

47


2ยบ Lugar:

Marcelo Ribeiro Moraes

48


3ยบ Lugar:

Ary Souza 4ยบ Lugar:

Edilson Lobato

49


5ยบ Lugar:

Marcio Santos Matos

6ยบ Lugar:

Maria Izete C. Rodrigues

50


7º Lugar:

Leonardo C. do Nascimento

8º Lugar:

José Afonso C dos Santos 51


9ยบ Lugar:

Natรกlia Barata Rocha

10ยบ Lugar:

Fernando Felipe G. de Araujo 52


Os Classificados

Advaldo José G. Nobre

Gilberto Suzuki Artur V. Lima

Advaldo José G. Nobre Alaise de Cácia S. Ribeiro

Alex Helson S. Franco

54


Iago F. O.

Artur V. Lima Artur V. Lima

Rubinaldo Maciel

Carlos Alberto J. Junior Celso R A Silva

55


Jo達o Ismael P. da Paix達o

Fernando Felipe G.

Eduardo Maroja

Celso R. A. Silva Joanaldo de Jesus Silva

56


Fabiola C da Costa Oliveira Joanaldo de Jesus Silva

Fernando Felipe G. Joanaldo de Jesus Silva

57


Maria Raquel S. da Cruz Marcio S. Matos

Marcelo R. Moraes

JosĂŠ Regis Junior

JoĂŁo Modesto Vianna

Marcio S. Matos Marcelo R. Moraes

Marcos Bermon 58


Wagner Santana

Mercedes Queiroz Zuliane Maria da C. R.

Pedro Leonardo S. Gomes

A Editora Círios, capricha mais uma vez e presenteia o Pará com duas edições especialíssimas da maior Revista do Pará, sobre a festa maior da Amazônia.

APROVEITE!

João Ismael da Paixão

Círio 2007


Círio Brasil

Charles Faria

Círio em

Morro Vermelho–MG A

60

A Devoção


Cavalhada Nossa Senhora de Nazareth Os cristãos renovam seu compromisso com a fé. É a representação dramática da vitória dos cristãos sobre os mouros e conversão destes ao cristianismo.

O Mastro frente a Matriz

61


30


A Bandeira

*Morro Vermelho fica a 12 km de Caeté, em estrada de terra, e a 70 km de Belo Horizonte 1. Traçando as fitas 2. Mastro de 18 metros sendo levantado por moradores da comunidade 3. Cavaleiros se aproximando do recinto 4. Chegada dos cavaleiros ao recinto 5. Tia Lica "100 anos" 6. Saída de Nossa Senhora 7. Andor de Nossa Senhora 8. Casas enfeitadas para procissão 9. Em 1502 aniversário de Nossa Senhora 10. A Bandeira

63


Círio Brasil

Círio em

Sumaré-SP N

64


65


Círio Brasil

Círio em

Nazaré Pauli s ta-SP 1

Círio de Nazaré Paulista é realizado no dia da padroeira da cidade – Festa da Apresentação Nossa Senhora de Nazaré, além do aniversário do município. As comemorações são em altíssimo estilo, notadamente que era pelas comemorações dos 330 anos de Nazaré Paulista. No domingo antecedente ao Círio, encerrando as Peregrinações da imagem de Nossa Senhora, às 15 horas é rezada uma santa missa com a presença de toda a Comunidade.

O

66

2


Na véspera do Círio, com concentração no pato da Igreja e após uma Benção especial, inicia-se a Romaria à Cavalo e Charrete, levando a imagem da Senhora de Nazaré pela Estrada do Quatro Canto até o bairro Atibainha, na Capela de Santa Luzia. No domingo às 10 horas, a Santa missa na Capela de Santa Luzia e o deslocamento para o início da Romaria das Águas, rumo à Prainha do Lava Pés. Na chegada a celebração da missa festiva pelo Pe. José Carlos Ribeiro, pároco da Igreja de Nossa Senhora de Nazaré e a Benção dos Barcos. Às 19,30 horas, a abertura da Novena com a Santa missa. A novena ocorre até às vésperas do aniversário do município, quando há o encerramento da Novena, com a Benção do Santíssimo Sacramento. Na Festa da Apresentação de Nossa Senhora, a solenidade da Padroeira, coincidindo com o aniversário do município. Às 10 horas, Santa Missa Solene e Celebração do Sacramento da Crisma, presidida por Dom José Maria Pinheiro, bispo Diocesano de Bragança Paulista. Às 18 horas, a Santa Missa Solene de Ação de Graças e Enceramento das Festividades. 4

6

8

5

7

3


Círio Brasil

Círio em

Osasco-SP A

festa da Senhora de Nazaré em Osasco, na Grande São Paulo, é realizada no segundo domingo de setembro, na paróquia de Nossa Senhora de Nazaré, no bairro do Jardim Arpoador, Diocese de Osasco. Grande número de fiéis compareceu à missa solene – marcada pela emoção dos devotos – foi presidida pelo bispo Dom Ercilio e concelebrada pelo pároco padre Toninho e demais padres. A celebração contou com a participação de todos os paroquianos - membros das Comunidades Nossa Senhora de Nazaré, São José, São Camilo, São João Batista, Rainha da Paz, São Judas Tadeu, São Patricio e Tenda do Senhor. O momento de maior emoção foi a coroação de Nossa Senhora e a homenagem feita a Ela, entoando lindos cantos de louvor.


CĂ­rio em

Santos- SP A

69


Círio Brasil

Círio em

Copacabana-RJ 1. 2. 3.

C

70


Círio em

1

Tijuca-Rj A

2

Associação N.S. de Nazareth é um órgão que congrega os paraenses residentes no bairro da Tijuca, arredores e mesmo até de outras localidades. Foi criada há 80 anos atrás fazendo obras assistenciais com idosos e crianças doentes em hospitais, distribuem cestas básicas, remédios e às vezes ate proporcionando retorno a terra natal ( Belém), o que não ocorre presentemente, por falta de verba. O Círio de Nossa Senhora de Nazareth no Rio de Janeiro é realizado, no segundo Domingo de Outubro, como uma replica do que acontece em Belém do Para. No sabado às 18 horas, a trasladação da imagem de Nossa Senhora de Nazareth do Colégio Maria Ryght para a Igreja dos Capuchinhos. No domingo, logoo às 7 horas, uma Exposição da imagem de Nossa Senhora de Nazareth no altar armado ao lado direito do Cruzeiro. Às 9 horas a Missa do Altar-Mór, com comunhão dos devotos. A procissão sai após a missa celebrada pelos frades Capuchinhos da Igreja de São Sebastião, na Rua Haddock Lobo-Tijuca, às 10 horas. Percorre algumas ruas, com grande numero de pessoas, retornando a Igreja onde é será celebrada a Missa Solene para agradecerem todas as graças recebidas. 3 No adro da Igreja é armado um arraial com barraquinhas onde é vendido comidas típicas, sorvetes, sucos, artesanato paraense, lembranças como medalhas, fitas, camisetas, santinhos, pequenas imagens,flores etc.

1. O andor da Senhora de Nazareth 2. As dirigentes da Associação N.S. de Nazareth com o Pe. Jorjão 3. Os frades Capuchinhos 4. A corda 5. Carro dos Milagres

4 5

31


Círio Brasil

Círio em

Saquarema-RJ 1

A

festa deste ano foi uma benção! A abertura dos festejos, tradicionalmente no dia 31 de agosto, com a santa missa e a tradicional queima de fogos iniciando o mês de setembro, fazendo estremecer o coração do povo saquaremense numa contagem regressiva para o grande dia da festa da padroeira de Saquarema, Nossa Senhora de Nazareth, com o Círio mais antigo do Brasil, desde 1630. A irmandade de Nossa Senhora de Nazareth teve a frente o provedor Carlos Henrique e a juíza Marial Elza, que com muita dedicação e amor conduziram os festejos em honra à padroeira. No grande dia da festa da padroeira, dia

72

2


3

4

5

6 08 de setembro, dia da Natividade da Virgem Santíssima, o dia começou com alvorada festiva às 5 hs, com a banda Lira N.S.de Nazareth, percorrendo as ruas da cidade e às 6 horas início da primeira missa do dia em honra à Nossa Senhora da Nazareth, seguido de missa até o meio dia. Tivemos a grande honra de receber em nosso meio, o nosso querido pastor dom frei Alano Maria Penna, O.P, presidindo com diversos sacerdotes de nossa arquidiocese de Niterói, a santa missa das 10 hs, que se tornou solene pela presença do amado pastor o Arcebispo metropolitano de Niterói. Foi um momento de Graça, de alegria e de emoção, a igreja lotada e a missa sendo transmitida pela rádio Catedral FM, do Rio de Janeiro para todo o Estado. Foi uma honra para nossa cidade. Um momento único. Seguindo os festejos, ao meio dia, presidida pelo monsenhor Marcos Calixto, Vigário-geral da arquidiocese de Niterói, foi celebrada a missa solene onde ao final acontece o momento mais esperado que é a descida da milagrosa imagem para seu trono, para ser coroada pelas 7 jovens de nossa comunidade, permanecendo ali exposta à visitação dos fiéis até às 18 hs onde é rezada a missa dos Romeiros. Às 20 hs acontece o ponto alto da festa que é a solene procissão pelas ruas da cidade, com chuva de pétalas de rosas e muito aplausos. O encerramento, com uma grande queima de fogos aos pés da escadaria da matriz onde permanecerá até o ano que vem, onde todos os romeiros voltarão de coração em júbilo e com grande gratidão, à Mãe de Deus, para festejar o Círio mais antigo de todo o Brasil, o Círio de Saquarema.

73


Círio Brasil

Fotos

Círio em

Brasília-DF Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Brasília, reuniu em três dias de festividades cerca de 15 mil pessoas, a maioria paraenses que moram na capital do país. A versão brasiliense do Círio foi encerrada com a procissão que recorda em tudo o Círio de Belém, inclusive a corda, esta com 90 metros de extensão. A grande diferença é na imagem da Santa, que em Brasília é cópia fiel da original do Sitio da Nazaré em Portugal, com mais de 800 anos de história. A imagem apresenta Nossa Senhora sentada em um trono, amamentando seu Filho Jesus. Ao final da procissão houve show pirotécnico e apresentação do Arraial do Pavulagem. O Círio em Brasília completou 35 anos e pela primeira vez, contou com o Governo do Estado do Pará, um dos apoiadores do evento, através da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), Secretaria de Estado de Trabalho e Renda (Seter), Companhia de Turismo do Pará (Paratur), Casa Civil e Coordenadoria de Comunicação Social (CCS). A grande novidade deste ano foi a exposição “Círio: Patrimônio Imaterial da Cultura Brasileira”, na Paróquia Nossa Senhora de Nazaré. Na abertura da programação, uma missa celebrada pelo padre Roberto Rambo, pároco da igreja de Nossa Senhora, em Brasília e cocelebrada pelo padre José Ramos das Mercês, diretor-presidente do

O

74


Círio de Nazaré e reitor do Santuário da Basílica de Nazaré em Belém. Da exposição faziam parte: 16 mantos oficiais utilizados nas últimas procissões, reliquia da corda do ano passado, uma réplica da berlinda, além da instalação do Mini-Círio, confeccionada em miriti com aproximadamente 3 mil peças. Na oportunidade, um telão exibia imagens de pontos atrativos, culturais e turísticos de Belém.

1.000 CARTÕES DE VISITA

IMPRESSOS MELHOR PREÇO

DO ESTADO

50.000

SANTINHOS 10x7,5cm

Colorido apenas frente papel couche 75g

R$ 1.200,00

5.000

PANFLETOS 15x10cm Colorido apenas frente papel couche 90g

R$ 350,00

Colorido qualidade fotográfica em couche 90g

R$ 200,00 1.000

ADESIVOS 9,5x5,5cm Colorido papel couche 150g c/ verniz

R$ 300,00

LIGUE LOGO FAÇA SEU PEDIDO:

3083-3916 / 9112-8008

(Fazemos seu projeto gráfico inteiramente grátis)

10.000

FOLDERS 21x30cm Colorido frente e verso papel LWC 65g

R$ 2.200,00


Círio Brasil

Círio em

A chegada frente a igreja da Senhora de Nazaré no bairro de Montese O andor com a imagem de Nossa Senhora O piedoso Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Fortaleza

Fortaleza-Ce

A “

comunidade em festa, unida na fé e no amor, expressa à Virgem de Nazaré toda a sua gratidão”. Com este sentimento todos os paroquianos aguardam com ansiedade a festa de sua padroeira que começa no mês de maio e termina no terceiro domingo do mês de outubro. Anualmente são escolhidos os temas que refletem o desejo da igreja de fazer o povo de Deus crescer caminhando rumo à meta traçada pelo Cristo. No ano de 2006 a reflexão escolhida foi “Maginificat” por que ninguém melhor do que Maria de Nazaré soube vivenciar a vontade de Deus tornando-se a serva do Senhor para que nela se realizasse o Plano de Deus. As noites foram bem concorridas. Diariamente, de pontos específicos da paróquia partiam caminheiros que através, de suas apresentações, foram verdadeiras catequeses – todas baseadas no “Fiat de Maria”. A meditação do santo rosário organizada pelos grupos e associações da paróquia mostraram o quanto as pessoas amam e confiam na Virgem de Nazaré porque

76

sendo Ela o símbolo da obediência incondicional a Deus, tornou-se modelo de todo cristão que busca retribuir a Deus todas as graças recebidas no decorrer de suas vidas. O ápice dos festejos é a procissão da imagem que vai conduzida por uma massa humana incontável de fiéis devotos, que aqui vêm para retribuir a visita que Maria Santíssima fez à família, a sua escola, ao seu local de trabalho. Concluída a festa resta o desejo de dar continuidade a esse caminho de conversão para todos os devotos da Virgem de Nazaré.


Círio em

1

Capistrano – CE AVE A SENHORA DA NOSSA FÉ!

E

m Capistrano, único município cearenses que tem por padroeira Nossa Senhora de Nazaré, a 100km de Fortaleza, os festejos em veneração a Santa, ocorrem no período de 29 de Agosto a 08 de Setembro. Em 2005 o Pároco Padre Francisco Eudásio Nobre da Silveira, teve a feliz idéia de promover o Círio de Nazaré nesta cidade, em virtude dessa Santa ser a Padroeira do Município, adequado porém às condições locais. Todos os dias, desde o início do novenário, as comunidades participam de caminhadas a partir das 4 horas. "Fazemos a caminhada levando a imagem de Nossa Senhora para um bairro da cidade. No fim desta caminhada, temos celebração e café da manhã partilhado. No fim da tarde, a imagem retorna à igreja matriz com uma multidão que assiste à missa". Neste 2007, a festa do 3º Círio de Nazaré teve início no dia 08 de Setembro pela manhã, com Celebração Eucarística e a solenidade de revestimento da imagem da virgem com o manto, a coroa, a berlinda e a corda de 200 metros.

Com a cidade de Capistrano só possui uma única Igreja, torna-se inviável a translação da imagem. “À tarde, às 16:30h, partindo o cortejo da Igreja Matriz teve início o 3º Círio de Nazaré. Aproximadamente cinco mil pessoas, com fé e devoção, vão segurando a corda, ligadas ao andor que conduz a imagem de Nossa Senhora”. A emoção tomou conta do Círio com a presença do Bispo Diocesano, D. Ângelo Pignoli, que participou de todo o trajeto a pé, rezando e cantando junto com os fiéis. Uma experiência de fé que as palavras não conseguiam explicar. Padre Eudásio explica que a grande corda de 200 metros, ligada ao andor que conduz a imagem de Nossa Senhora, é muito disputada pelos fiéis. "É como um elo que nos liga à Mãe que nos leva a Deus. Também nos acompanha nesta caminhada um barco contendo as súplicas dos fiéis apresentadas a nossa Mãe durante o seu novenário. Numa palavra, Maria é o caminho mais que nos leva a Jesus, o Salvador", disse. A cidade preparou-se melhor para acolher

os peregrinos. O Prefeito municipal, realizou uma limpeza primorosa na cidade e iluminou a rua principal da cidade, tornando-a bela e acolhedora para os visitantes. Assim foi o 3º Círio de Capistrano. A cada ano maior e melhor. 2

3

4

1. Igreja Matriz de Nossa Senhora de Nazaré em Capistrano 2. O Bispo Diocesano, D. Ângelo Pignoli 3. O Pároco, Padre Francisco Eudásio 4. Uma experiência de fé que as palavras não conseguiam explicar

77


Círio Brasil

H

á 15 o Círio é realizado na Paróquia Nossa Senhora de Nazaré em Cohatrac, São Luis – Maranhão. A cada ano, cada vez maior e mais bem organizado e principalmente participado. As comissões do Círio, com onze equipes coesas, participam efetivamente e com todo ardor no grande e especial momento de evangelização que é o Círio de Nazaré. O Pároco, Padre Antonio José, incansável coordena as atividades cirianas fazendo com que tudo ocorra dentro da maior fraternidade possível, entre todos, para honra e glória à Nossa Senhora de Nazaré, Mãe de Deus e de todos nós.

78

Círio em

São Luis-MA


Círio Brasil

Círio em

A berlinda frente à igreja de Nossa Senhora de Nazaré em Adrianópolis

Manaus-AM E

m 2007 o Círio de Nossa Senhora de Nazaré, em Manaus, terá como tema “Maria, Mãe da Eucaristia”. A Mensagem dos queridos amigos Pe. Alfredo e Pe. Danilo, diz: “Como o Magnificat de Maria é um canto de louvor e Ação de Graças, e exprime a espiritualidade de Maria, nada melhor do que esta espiritualidade nos ajuda a viver o Mistério da Eucaristia. Recebemos o dom da Eucaristia para que a nossa Vida, e a semelhança de Maria, seja toda ela um Magnificat”. Após os trabalhos espirituais antecipados, no sábado 13 de outubro, após uma missa às 19 hs, tem início a Trasladação da Imagem da Virgem de Nazaré para o Santuário de Fátima, na Praça 14, onde haverá o pernoite da Imagem. No domingo 14, 2º de outubro às 06,60 hs uma Missa Santuário de Fátima e às 07,30 hs, o começo da grande procissão do Círio, até a Praça de Nazaré, em Adrianópolis, frente à Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré onde haverá a Missa solene. A Peregrinação da Imagem de Nossa Senhora de Nazaré dar-se-a de 15 à 19 e de 22 à 26 de outubro com a responsabilidade do Apostolado da Oração.

1. A corda chegando 2. A multidão de devotos 3. Os últimos preparativos para o início da procissão 4. O belo andor

1

3

4

2

79


Círio Brasil

O

s 25 anos do Círio de Nazaré em Macapá começou com a Celebração do Envio na Catedral de São José. A partir daí começaram as Peregrinações nas Igrejas: Paróquia São Pedro, Paróquia Nossa Senhora do Rosário, Paróquia São Benedito, Carmelo Santa Terezinha, Paróquia Jesus de Nazaré, Igreja Nossa Senhora Desatadora dos Nós, Igreja Beato João Piamarta, Paróquia Jesus Bom Samaritano, Paróquia Cristo Bom Pastor, Paróquia Sagrado Coração de Jesus, Paróquia Nossa Senhor da Conceição com o término na Catedral de São José de Macapá. Houve também as peregrinações da imagem na APAE, POLITEC, Abrigo São José, Escola Santa Bartolomea, IAPEN, Hospital São Camilo, Hospital de Emergência, Hospital da Criança, Hospital da Mulher e Hospital de Clínicas Dr. Alberto Lima. No sábado antecedente ao Círio, às 19 hs o início da missa e logo após a Transladação da imagem de Nossa Senhora da Catedral à Igreja N.S. de Fátima. No 2º domingo de outubro, às 07,30 hs teve início a missa na Igreja N.S. de Fátima e logo após a procissão do Círio. O Círio de Nazaré em Macapá cresce a cada ano. Estimou-se em 150.000 os

80

Círio em

Macapá-AP


romeiros/devotos que participaram da Grande Procissão dos 25 anos do Círio em Macapá. Ainda na noite de domingo iniciou-se o Novenário, sempre às 18,30 hs com o Terço e Ladainha e após a santa missa, todos os dias até o 3º domingo de outubro, sendo à cada dia com um Tema Mariano, de responsabilidade dos diversos Movimentos e Pastorais. A programação Social com vendas de comidas típicas e sorteios de prêmios no Arraial, foi na quadra da Paróquia São José. 1. Os romeiros contemplam Nossa Senhora 2. O Bispo Diocesano Dom Pedro José Conti abençoa os devotos 3. A multidão de fiéis aumenta a cada ano no Círio de Macapá 4. Durante a Trasladação


Círio Brasil 1

2

Círio em

1. Na saída do Círio 2. A Catedral do Sagrado Coração de Jesus 3. O Arcebispo Dom Moacyr Grechi

Porto Velho-RO

3

O

82


Círio Brasil 1

Círio em

Rio Branco –AC

2

A 1. A multidão de fiéis em procissão 2. Dom Joaquim P. Fernandes frente à berlinda 3. A berlinda florida 4. No interior da Catedral Nossa Senhora de Nazaré

festa do Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Rio Branco no Acre tem 75 anos de plena vitalidade, a devoção mariana é sempre vibrante com a orientação pastoral do bispo Dom Joaquim P. Fernandes. A festividade é antecedida por um tríduo de preparação espiritual, para que no 2º domingo de outubro, a procissão do Círio transcorra como o programado. A multidão de fiéis devotos demonstra com fervor e emoção todo seu amor à Mãe de Nosso Senhor Jesus Cristo. A festa se prolonga por quinze dias, com realização de quermesses, jantares filantrópicos, leilões e as tradicionais barraquinhas com as delícias regionais,

sendo uma das maiores festas populares do Acre. 3

4


Círio França

Cayenne - França O Círio espera por centenas de fiéis A celebração católica de origem brasileira, está prevista para este domingo, a partir das 15:00Hrs. egundo a Igreja, um momento de encontro entre os Guyanenses e Brasileiros. Duzentos romeiros em 2003, mil no ano passado. Tradicionalmente celebrado no domingo, na primeira quinzena do mês de outubro, o Círio de Nossa Senhora de Nazaré (Cierge de Notre Dame de Nazareth) chama, ano após ano, mais e mais fiéis. É uma tradição brasileira, que acha um grande eco junto a comunidade da Guyane, e se desenvolve juntos aos Guyanenses eles mesmos. Os cantos em português, alternam com os cantos em francês. Qualquer que for sua origem, os católicos poderão se reencontrar na manhã do domingo, como sempre na mesma época, de acordo com o mesmo ritual. Uma procissão partirá da capela Saint-Martin de Porres, à partir de 15 horas, para se encontrar na Catedral, onde a missa será celebrada pelo Arcebispo Monsenhor Emmanuel Lafont. O Círio é uma homenagem feita a Virgem Nossa Senhora de Nazaré. É um momento de fazer os votos, pedidos especiais à Virgem, que deverá se realizar durante o ano, ou de agradecê-la pelas graças alcançadas. Depois da missa, os fiéis formam um grande fila para, um após o outro, tocar a Virgem. O sucesso desta procissão em Cayenne, prova que nos bem parte do continente sul americano, explica o Monsenhor Lafont, no ano passado, ao término da cerimônia: “Quanto mais nos reconhecemos as boas ligações que nos unem com os paises vizinhos, mais nos seremos os mesmos a resolverem os problemas que nos dizem respeito. A Igreja tem sua maneira de fazer isso”.

S

84


31


Círio Portugal

Fotos do Arquivo Histórico da Nazaré Júlio Almeida e Orlando Rodrigues

Festas em Honra de Nossa Senhora no Sítio da Na zaré - Portugal Programa de Animação - "Nazaré em Festa" De 1 a 16 de Setembro PROGRAMA RELIGIOSO Nazaré em NOVENA PREPARATÓRIA NO SANTUÁRIO esta (30 de Agosto a 7 de Setembro ) TODOS OS DIAS: 18H00 – Rosário meditado ; 18H30 – Eucaristia. * Ao Domingo a Eucaristia é celebrada no horário habitual, às 11H30. Às 18H00 - Reza-se somente o Rosário. Dia 7 de Setembro 21H00-Encerramento da Novena. Recitação do Rosário, seguindo-se a Procissão de Velas no Largo do Santuário. Dia 8 de Setembro Solenidade de Nossa Senhora da Nazaré (Festa da Casa) 11H00 - MISSA SOLENE presidida pelo Padre Vítor Melícias (OFM), Presidente do Secretariado da União das Misericórdias Portuguesas. Depois da Missa haverá PROCISSÃO com a imagem de Nossa Senhora da Nazaré. No Bico da Memória dá-se a Bênção ao Mar. A Missa será animada pelo Grupo Coral do Santuário. 18H30-Recitação do Rosário no Santuário 19H00 - Missa vespertina. Dia 9 de Setembro 11H00 - Missa Solene presidida pelo Reitor do Santuário, Padre Rui Prates. O Grupo Coral do Santuário animará a liturgia. De 11 a 15 de Setembro Todos os dias haverá Santa Missa no Santuário às 18H30. 10H00 - Entrada solene do Círio da Paróquia de Olhalvo. Missa presidida pelo Rev. Pároco P. António José Serpa Silva. 15H30-Missa Campal com a participação dos Grupos Folclóricos presentes no 6º Festival Nacional de Folclore em Honra de Nossa Senhora da Nazaré. Dia 16 de Setembro II Peregrinação Dadores de Sangue de Portugal. 10H00 - Chegada do Círio. 11H00 - Eucaristia da Festa orientada e participada pelo Grupo de Dadores de Sangue de Pernes. Preside à celebração o Senhor Bispo de Santarém, D. Manuel Pelino Domingos. No final segue-se a procissão com a imagem de Nossa Senhora e Bênção do Mar.. A missa será transmitida pela Rádio Renascença. 15.00 - Missa Campal Motarde em honra do Padre José Fernando. Celebra o Sr. Padre Roberto Rodrigues, Motarde das Astúrias, do Arcebispado de Oviedo. Depois da Missa haverá uma demonstração com os Pilotos Acrobáticos – Paulo, Martinho e Ricardo Domingos no Parque Atlântico.

86


Celebração presidida pelo Padre Dr. Vítor Melícias

Chegada ao Bico da Memória e Benção ao Mar Andor sendo levado pelos Mesários da Confraria

Recepção, no Salão Nobre, do Padre Vítor Melícias, Presidente do Secretariado da União das Misericórdias, que foi recebido pelo Presidente da Confraria Sr. Abílio Santiago e respectiva Mesa Administrativa

Início da formação da procissão, depois da missa, vendo-se em primeiro plano o Reitor do Santuário, Padre Rui Prates

Foto com os elementos da Mesa Administrativa e o Secretariado da União das Misericórdias, no Salão Nobre

Imagem de Nossa Senhora da Nazaré, no Santuário


Círio Portugal

Texto e fotos de Inácio Beirão

Virgem de Nazaré em

Portugal

Sai do Gradil e entra na Azueira

S


89


Círio Portugal

por

Festa de Nazaré

Portugal

em N

O Milagre a Dom Fuas Roupinho

A Praia do Sítio da Nazaré A Pederneira

90

O Sítio da Nazaré


o m o c a i n ô z a m A A nunca viu! ê c o v A D E P I C I T R A P O Ã Ç I D E A M I PRÓX

7 0 0 2 / 0 1 9/ 2 o t n e Fecham

o ç a p s e u se Reserve amazonia@revistaamazonia.com.br


EDIÇÃO ESPECIAL

CÍRIOS DE NAZARÉ

R$ 10,00

Cirios de Nazaré 2007  
Cirios de Nazaré 2007  
Advertisement