Page 1

Revista

Pará+

www.paramais.com.br

ISSN 16776968

2016 EDIÇÃO 174 AGOSTO

R$ 8,00

TRADIÇÕES E MISTICISMOS DE JURUTI Capa 174.indd 1

22/08/2016 16:37:04


GRIFFO

O PARÁ ABRE NOVOS CAMINHOS PARA O FUTURO SUSTENTÁVEL.

14

Pará+

ANUNCIO GOVERNO.indd 14

www.paramais.com.br

23/08/2016 09:11:18


Pará não quer deixar o futuro pra amanhã. O Governo do Estado lançou o programa Pará 2030 com as bases para a construção de uma economia forte e sustentável no curto, médio e longo prazos. Um plano estratégico de desenvolvimento, capaz de dinamizar a economia, gerar empregos e renda e melhorar os indicadores sociais do Estado. Já no lançamento, foram assinados 17 atos que colocam o programa em ação. A partir daí, o Pará 2030 começa a acontecer, atraindo investimentos em áreas prioritárias como logística, pecuária sustentável, florestas plantadas, biodiversidade, agricultura familiar, turismo e gastronomia, aquicultura, exploração mineral, palma de óleo, grãos, cacau e açaí. O Pará 2030 não acontece sozinho, mas com a sua participação, fundamental para que Governo e sociedade encontrem juntos os meios para melhorar a infraestrutura e logística, atrair investimentos, garantir incentivos e desenvolver mais e melhor suas cadeias produtivas, vencendo entraves e avançando rumo a um futuro de crescimento. O programa Pará 2030 pensa e prepara o Pará do presente e do futuro, estruturando vida melhor, mais digna, para os paraenses.

www.paramais.com.br

ANUNCIO GOVERNO.indd 15

Pará+

15

23/08/2016 09:11:46


Pará+

Revista

N E S TA E D I Ç Ã O EDIÇÃO 174 - AGOSTO - 2016

PUBLICAÇÃO

Unidos contra o desmatamento no Pará

Editora Círios SS Ltda CNPJ: 03.890.275/0001-36 Inscrição (Estadual): 15.220.848-8 Rua Timbiras, 1572A - Batista Campos Fone: (91) 3083-0973 Fax: (91) 3223-0799 EDITORA CÍRIOS ISSN: 1677-6968 CEP: 66033-800 Belém-Pará-Brasil www.paramais.com.br revista@paramais.com.br

05

ÍNDICE DIRETOR e PRODUTOR: Rodrigo Hühn; EDITOR: Ronaldo Gilberto Hühn; COMERCIAL: Alberto Rocha, Augusto Ribeiro, Rodrigo Silva, Rodrigo Hühn; DISTRIBUIÇÃO: Dirigida, Bancas de Revista; REDAÇÃO: Ronaldo G. Hühn; COLABORADORES*: Artur Silva, Celso Freire, Daniel Fernandez-Cañadas, Denise Silva, Ernesto Cardozo, Márius Sylva, Vitor Albamariz; FOTOGRAFIAS: Agência Estado, Arquivo Pessoal, Ascom Ideflor Bio, Claudio Santos, Cristino Martins, Sidney Oliveira /Ag. Pará, Celso Freire, Divulgação, Ernesto Cardozo, Naldo Silva; DIAGRAMAÇÃO: Meck Pinheiro; EDITORAÇÃO GRÁFICA: Editora Círios

XVII Congresso Eucarístico Nacional-CEN 2016

08

* Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores.

14

C A PA

Pará+

Revista

Costurando a volta ao mercado de trabalho

r

mais.com.b

www.para

Tradições e misticismos das tribos indígenas em Juruti

ISSN 167769

68

2016 EDIÇÃO 174 AGOSTO

R$ 8,00

18 Dicas para gerenciar e até potencializar a carreira durante a crise

28

SE TRADIÇÕEUTI OS DE JUR MISTICISM Índia Guerreira da tribo Munduruku, simbolizando a coragem e a força da tribo que defende as cores amarela e vermelha. Foto de Sidney Oliveira/Ag.Pará

12

Pará ganha quatro novas Unidades de Conservação

24

Técnicas de Coaching

26

Crianças aprendem brincando

30

Voluntários no combate ao câncer

RE

Nesta Edição (174).indd 4

CIC

ST A

FAVOR POR

I LE ESTA REV

www.paramais.com.br

22/08/2016 17:12:04


Unidos contra o desmatamento

no Pará

Para conter a diminuição da cobertura florestal provocada pelo desmatamento, o governo do Pará tem investido cada vez mais em políticas públicas de preservação e sustentabilidade, com ações integradas entre a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semas), Programa Municípios Verdes (PMV) e Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio), entre outras instituições.

Ministério Público Federal e frigoríficos celebram bons resultados após assinatura do TAC da Carne Fotos Agência Estado, Cristino Martins / Arquivo Ag. Pará

O

procurador do Ministério Público Federal, Daniel Azeredo, está satisfeito com os resultados do Termo de Ajustamento de Conduta assinado entre os órgãos e os frigoríficos em toda a Amazônia. Pelo chamado “TAC da Carne”, essas emprewww.paramais.com.br

Unidos contra o desmatamento no Pará2.indd 5

sas que operam na região, são obrigadas a combater o desmatamento nas fazendas de onde compravam gado para abate. “O MPF tem acordos assinados com mais de 150 frigoríficos e essas empresas são obrigadas a fazer o controle de legalidade dos fornecedores (de carne)”, ressaltou o procurador Daniel Azeredo. Pelo acordo, os compradores de gado prometem não comprar nada de fazendas em municípios com índices de desmatamento recentes. O TAC estabelece ainda que os frigoríficos não podem comprar animais de propriedades que tenham sua base de produção associada ao trabalho escravo, à grilagem de terras, à violência agrária, ou que produzam sobre terras indígenas, unidades de conservação, áreas pertencentes a comunidades quilombolas e terras devolutas.

O maior frigorífico do mundo, a JBS, foi uma das assinantes do TAC da Carne. Os dados mostram que, em 2013, cerca de 96% das transações da empresa foram feitas com fornecedores cadastrados no CAR, Cadastro Ambiental Rural, que é uma espécie de imposto de renda onde se declaram os limites das propriedades e as áreas desmatadas. O Pará tem cerca de 250 mil fazendas e existem centenas de redes de supermercado com mais de 80 mil lojas espalhadas pelo país. O estado é o segundo maior rebanho do Brasil, com 19,2 milhões de cabeças de gado e foi responsável por 40% do desmatamento na Amazônia durante a última década. O município com o maior rebanho é São Félix do Xingu, que passou de 22,5 mil cabeças, em 1980, para 2,2 milhões, em 2014. Os primeiros acordos foram assinados em 2009. De lá pra cá, a situação começou a melhorar Pará+

05

22/08/2016 11:20:36


no quesito impacto ambiental. Segundo dados da Universidade Wisconsin, e da National Wildlife Federation, em coautoria com o Imazon, houve um aumento na legalidade na situação dos fazendeiros e a consequente redução do desmatamento na Amazônia. A pesquisa mostra que, em 2009, 36% da propriedade avaliadas, que forneciam carne, boi e couro, tinham feito derrubadas recentes. Já em 2013, a taxa havia caído para 4%. “Nós tivemos uma redução, em toda a Amazônia do desmatamento, desde 2009, de mais ou menos 60%. Então, entendemos que o acordo tem sido bastante eficaz nesta redução e com algumas melhorias pode alcançar uma redução ainda mais significativa”, garante o procurador Daniel Azeredo. Anterior ao Termo de Conduta, os fazendeiros entravam em áreas públicas, desmatavam e produziam livremente sem nenhum tipo de controle de que adquiria a carne. Agora, segundo Daniel Azeredo, os frigoríficos fazem essa verificação e excluem aquele que fez o desmatamento. O Ministério Público Federal no Pará possui uma editoria independente que fiscaliza No Estado, durante os 12 meses, foram desflorestados 1.881 km², ou seja, uma pequena redução de 6 km² em comparação aos números do ano anterior

se esses acordos estão sendo cumpridos. “E o MPF trabalha em conjunto com a Polícia Federal e o Ibama sempre com ações de verificações em campo para que todos os acordos e resultados fossem alcançados”, disse Daniel Azeredo. O procurador disse que as formas tradicionais de combate ao des-

Imagem divulgada pelo MMA revela que as áreas com maior concentração de focos de desmatamento estão nas proximidades da rodovia Transamazônica

matamento usadas por duas décadas não funcionavam. Segundo ele, as multas não faziam efeitos.

Desmatamentos

Além do conhecido TAC da Carne, também são exemplo de mecanismos inovadores de monitoramento e combate ao desmatamento, a Lista do Desmatamento Ilegal (LDI) e o Protocolo Verde dos Grãos. Outra iniciativa implantada foi o ICMS Verde: imposto criado pelo governo estadual que repassa recursos aos municípios de acordo com a redução do desmatamento em seus territórios. Além disso, há o avanço dos registros no Cadastro Ambiental Rural (CAR) e aumento de áreas protegidas. No ano passado, foram repassados R$ 38 milhões de reais pelo ICMS Verde e, em 2015, a previsão supera R$ 70 milhões de reais. Segundo a assessoria do governo do estado, a parceria entre o Programa Municípios Verdes e a Semas (Secretaria Estadual

A Cidade Limpa, empresa de proteção ambiental opera a +10 anos no Estado do Pará e está devidamente licenciada pelos órgãos competentes: SEMA, IBAMA, ANVISA, CAPITANIA DOS PORTOS, CREA-PA, Corpo de Bombeiros e Prefeitura Municipal de Belém. A empresa está apta a dar destinação final, de forma correta a resíduos industriais líquidos, pastosos e sólidos, além de resíduos hospitalares.

PRESERVANDO O MEIO AMBIENTE www.cidadelimpa-pa.com.br

Rod. 316 - Estrada Santana do Aurá, s/n - Belém-PA 55 (91) 3245-1716 / 3245-5141 06

Pará+

Unidos contra o desmatamento no Pará2.indd 6

www.paramais.com.br

22/08/2016 11:20:42


de Meio Ambiente) também possibilitou a redução em 50% do índice de desmatamento no estado nos últimos cinco anos. Dados do Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (Prodes), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em 2010, mostram que as áreas de floresta desmatadas somavam 3.770 km². Já em 2015 esse número registrou 1.881 km².

O procurador Daniel Azeredo, do Ministério Público Federal no Pará solução apresentada agrada tanto quem fiscaliza quanto quem produz no Estado

A Instrução Normativa do Portal da Regularização Ambiental do Pará foi assinada pelo secretário de Meio Ambiente, Luiz Fernandes

A Lista de Desmatamento Ilegal (LDI) também é um meio utilizado para conter o desmatamento ilegal. Criada em 2014, a LDI impõe dificuldade para quem tenta burlar a lei com apoio da tecnologia, que identifica as agressões ambientais. Quem estiver na lista perde o direito à concessão de licenças, serviços e qualquer tipo incentivo público. Atualmente 11.222,27 hectares estão inseridos nessa listagem. Uma das finalidades é contribuir para que o estado possa atingir, até 2020, o Desmatamento Líquido Zero, compromisso assumido em 2010 durante a Rio+20.

O objetivo é fomentar o exercício regular de atividades do setor produtivo no Estado

“ Aos nossos sindicatos filiados, parceiros e colaboradores, um”

O E

Uma Homenagem:

Fel iz Dia dos Pais www.fecomercio-pa.com.br

www.paramais.com.br

Unidos contra o desmatamento no Pará2.indd 7

Pará+

07

22/08/2016 11:20:45


Em procissão, cardeais, bispos padres e diáconos, iniciam a Celebração Eucarística, que marca a abertura do XVII Congresso Eucarístico Nacional

XVII Congresso Eucarístico Nacional-CEN 2016 Fotos Cláudio Santos / Ag. Pará Nivaldo Silva

Ostensório com a Hóstia Consagrada simbolizando Jesus Vivo. O Ostensório com 1,60m, feito em latão e bronze, foi criado especialmente para o XVII Congresso Eucarístico Nacional

P

romovido pela Arquidiocese Metropolitana de Belém, a abertura do XVII Congresso Eucarístico Nacional (CEN 2016), foi uma celebração de comunhão e orações, por católicos de todo o país. No início da solenidade houve uma procissão pelo entorno do gramado do Mangueirão, para apresentação do Legado Pontifício, o Cardeal Cláudio Hummes – Legado Pontifício – representante pessoal do Papa Francisco no CEN, Dom Giovanni Daniello, núncio apostólico do Brasil, representante diplomático do Santo Padre, dom Alberto Taveira, arcebispo Metropolitana de Belém, outros bispos, outras autoridades eclesiástica, padres e diáconos. Em seguida, entrada da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré ao estádio. Após atravessar a lateral do gramado, a pequena imagem foi colocada no altar, permanecendo até o fim da programação. A abertura solene contou com a presença

A SAÚDE DA SUA FAMÍLIA EM 1º LUGAR

Veigavarejo Confecções e atacado Camisas Polo Baby Look Legs Jalecos Moda Fitness Antecipe suas encomendas para o Círio

Av. Pedro Miranda, 1401 - Pedreira - Belém (91) 3233-1035 / 3244-8096 08

Pará+

XVII Congresso Eucarístico Nacional-CEN 2016-b.indd 8

Tv. Sete de Setembro, 208 Fone: (91) 3212-2591 Tv. 13 de Maio, 126 Fone: (91) 3212-2891 www.paramais.com.br

22/08/2016 17:08:09


Momento emocionante quando o arcebispo dom Alberto Taveira abençoa os presentes com o Santíssimo Sacramento no belíssimo Ostensório

de autoridades civis e eclesiásticas, além de centenas de leigos vindos de vários lugares do país, religiosos e religiosas, padres, bispos e cardeais. Destacando a presença do Dom Giovanni D’Anielo, Núncio Apostólico no Brasil, que leu a carta que o Papa Francisco escreveu ao Cardeal Claúdio Hummes, Legado Pontifício para o CEN 2016, isto é o enviado especial do Pontífice. A carta enfatizava a necessidade de colocar em prática a mensagem de Jesus Cristo: “Ide por todo o mundo e proclamai o Evangelho a toda a criatura, quem crer e for batizado será salvo”. Na mensagem, o Papa Francisco exorta a Igreja a fortalecer a fé do povo com a catequese e a oração, lembrando a importância da vivência do amor na vida cotidiana. Recordando também que a família é uma igreja doméstica, lugar onde nasceram e cresceram gerações de cristãos e missionários. O clima do estádio era de profunda devoção e expressão da fé na Eucaristia, com velas nas mãos, o povo saudou a imagem de Nossa Senhora de Nazaré, padroeira da cidade de Belém, que foi entronizada no início da celebração. A missa de abertura foi presidida pelo Legado Pontifício, o Cardeal Cláudio Hummes, arcebispo emérito de São Paulo, e Presidente da Comissão para a Amazônia da CNBB. Durante a missa, Dom Cláudio Hummes falou do carinho do pontífice pelo povo amazônico e afirmou que Francisco “recorda com carinho e admiração de todos os missionários e missionárias que hoje labutam nessa região, e os antigos missionários que desenvolveram esse trabalho em situa-

Momento especialíssimo da procissão do Santíssimo Sacramento, com o Ostensório

ções mais difíceis”. O Cardeal disse ainda que o desejo do Padre Santo é que o Congresso eucarístico “tenha um novo e vigoroso impulso para a missão missionária”, ao cumprir a solicitação do Papa Francisco que enviou uma carta falando sobre a celebração realizada em Belém. “Ocasião em que também se festeja o quarto centenário de sua fundação e do início da evangelização na Amazônia, temos grande consolação em dar primeiramente ao Cristo Jesus as devidas graças, em união com os sacros Pastores e com todos os fiéis, aos quais Nos unimos e patenteamos a Nossa benevolência e proximidade espiritual”, dizia a carta enviada ao Cardeal. Ainda na abertura, dom Alberto Taveira, que preside o Congresso, disse que a partir dele, a Igreja não ficará do mesmo jeito. “Ela será melhor, mais participativa, mais unida, mais missionária”, enfatizou. Uma missa solene foi celebrada, na presença de

autoridades e de todo o clero. Dom Alberto Taveira, lembrou que o evento foi planejado com anos de antecedência. “Foram seis anos de preparação. Primeiro a preparação espiritual, depois a preparação de toda a infraestrutura necessária, o que foi possível com a colaboração de uma infinidade de pessoas que nos ajudaram a realizar esse Dom Giovanni D’Aniello, Núncio Apostólico do Brasil, durante a abertura do CEN 2016

91 www.paramais.com.br

XVII Congresso Eucarístico Nacional-CEN 2016-b.indd 9

Pará+

09

22/08/2016 17:08:11


Dom Alberto Taveira, Arcebispo Metropolitano de Belém, lembra que o evento foi planejado com anos de antecedência

Congresso Eucarístico que hoje se inicia. É um evento do Brasil inteiro, mas com o coração de Belém, do Pará, todos juntos na celebração, na formação do louvor a Deus, no agradecimento ao Senhor, na vida de oração”, lembrou o Arcebispo ao dizer que essa é uma experiência da alegria do povo de Deus reunido. Ao final da celebração, uma grande procissão eucarística, seguida de Adoração ao Santíssimo Sacramento, emocionou os católicos presentes no Mangueirão. Entoando cantos tradicionais de exaltação à Sagrada Eucaristia. Para o governador Simão Jatene, que participou de toda celebração, o Congresso Eucarístico é um momento oportuno para se refletir sobre o mundo atual e o mundo que queremos construir para as futuras gerações. “Eu acho que o grande desafio é termos homens e mulheres melhores para

o mundo e um evento como esse tem o condão de nos fazer pensar nisso. Acredito que é assim que nós construiremos um mundo melhor e as palavras do Papa Francisco vêm nessa direção, mostrando que o mundo não pode viver pelas suas diferenças, devemos viver é pelo que nos une, pelo que nos aproxima”, reiterou o governador ao falar da emoção de fazer parte de um momento de oração e reflexão. Jatene também destacou que a importância do Congresso Eucarístico Nacional não se restringe ao Pará ou ao Brasil. “Eu acho que as orações que aqui estão sendo

feitas, certamente terão o condão de se espalhar pelos corações dos homens de todo o planeta, no sentido que a gente possa, cada vez mais, seguir os ensinamentos de Cristo, trilhando os caminhos que Ele nos mostrou e construir um mundo melhor. Eu tenho certeza que essa será uma semana de muita alegria para todos os que buscam ter Deus no seu coração”, afirmou. Esta é a segunda vez que o evento é realizado na capital paraense, a primeira foi em 1953 com a realização da 6ª edição do congresso. Com o tema ‘Eucaristia e Partilha na Amazônia Missionária’ e com o lema ‘Eles O

ARTE SACRA - TERÇOS - BIJUTERIAS - CAMISETAS

Viver o Círio de Nazaré é também ter uma lembrança para recordar!

L

PED

Mãe & Filha Artigos religiosos

www.maeefilhareligiosos.com maeefilha.religiosos@gmail.com

Av. Nazaré, 1058 10

Pará+

XVII Congresso Eucarístico Nacional-CEN 2016-b.indd 10

99995-2127 / 3223-1739 www.paramais.com.br

22/08/2016 17:08:15

ATE

Tra


m

m

40 mil castiçais, através do projeto “Mulheres da Luz”, iluminaram o Mangueirão

reconheceram no partir do pão’, o CEN 2016 tem uma extensa programação que inclui jornadas, simpósios e missas especiais como as em Rito Extraordinário rezadas em Latim. Milhares de fiéis lotaram as arquibancadas do estádio e, ao longo da programação, aplaudiram os pronunciamentos que enfatizaram a Eucaristia como pilar da vida da Igreja e em momentos da liturgia. Um dos momentos emocionantes da cerimônia foi a chegada da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré ao altar onde a missa foi celebrada.

Velas/Iluminação

O Núcleo de Articulação e Cidadania (NAC), vinculado à Casa Civil da Governadoria, foi responsável pela iluminação especial durante o evento, com centenas de velas acesas em todo o Estádio Olímpico. Os castiçais distribuídos gratuitamente ao público foram fruto do trabalho de diversas mulheres que participaram da oficina e confecção de cerca de 40 mil castiçais, através do projeto “Mulheres da Luz” criado pelo NAC. Michelle Pires da Silva, 25 anos, estudante do Pro Jovem Urbano, foi uma das participantes da confecção dos castiçais e que também foi voluntária na distribuição do artefato. “É muito bom ver que todo o esforço valeu a pena e que as pessoas estão gostando do nosso trabalho. Estou me sentindo realizada e muito feliz”, contou. O Congresso Eucarístico tem o objetivo de renovar a ação missionária da Igreja Católica na Amazônia, no momento em que transcorrem os 400 anos do começo da evangelização na região, os 400 anos da fundação de Belém e o Ano da Misericórdia. A programação se estendeu por toda a semana em diversos locais como a Catedral Metropolitana, Portal da Amazônia e Hangar Convenções e Feiras da Amazônia. A chegada da imagem de Nossa Senhora de Nazaré, padroeira da Amazônia, na abertura do XVII Congresso Eucarístico Nacional.

Para o governador Simão Jatene, o Congresso é um momento oportuno para se refletir sobre o mundo atual e o mundo que queremos construir para as futuras gerações

Livraria Rainha dosCorações

PEDAGOGIA • FILOSOFIA • AUTO AJUDA • RELIGIOSOS BORDADO COMPUTADORIZADO

ALMEJAMOS A TODOS PARTICIPANTES DO CONGRESSO EUCARISTICO MUITAS BÊNÇÃOS. Uma Homenagem

CENSF ATENDEMOS PARÓQUIAS E INSTITUIÇÕES EM GERAL DE TODO O ESTADO DO PARÁ

Trav. Frutuoso Guimarães, 43 - Centro Comercial de Belém Fone: (91) 3212-5647 www.paramais.com.br

XVII Congresso Eucarístico Nacional-CEN 2016-b.indd 11

Br 316 (próx ao líder 24h - Ananindeua

Disk Matrícula

(91)

3235-3147 Pará+

11

22/08/2016 17:08:17


Com a criação das unidades de conservação, o Ideflorbio pretende fomentar o desenvolvimento sustentável do ponto de vista sociocultural e ecológico

Pará ganha quatro novas Unidades de Conservação Texto Denise Silva Fotos Ascom Ideflor-Bio

F

oi oficializado recentemente, através dos Decretos de Nº 1.566 e 1.567, publicados no Diário Oficial do Estado, a criação de quatro Unidades de Conservação do Estado do Pará: o “Refúgio de Vida Silvestre (REVIS) Tabuleiro do Embaubal” e a “Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Vitória de Souzel”, localizadas no município de Senador José Porfírio, e a “RDS Campo das Mangabas” e “REVIS Padre Sérgio Tonetto”, ambas localizadas no município de Maracanã. Caberá ao Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio) administrar e presidir o Conselho Deliberativo e o Conselho Consultivo das quatro novas Unidades de Conservação, a serem constituídos por representantes de órgãos públicos e de organizações da sociedade civil, adotando as medidas necessárias à sua efetiva proteção e implantação. Ficam autorizados a Procuradoria Geral do Estado e o Instituto de Terras do Pará (Iterpa) a promoção às medidas administrativas e judiciais necessárias a regularização fundiária das áreas integrantes. A categoria “Refúgio de Vida Silvestre” é recomendada para espécies que tenham ameaçado o seu sítio de reprodução e se destina à proteção da biodiversidade encontrada na região. Já a “Reserva de Desenvolvimento Sustentável” é uma zona do entorno

12

Pará+

Pará ganha quatro novas Unidades de Conservação.indd 12

O Refúgio de Vida Silvestre Tabuleiro do Embaubal, no município de Senador José Porfírio, tem área de 4.033,94 hectares e é o maior local de desova de quelônios

do refúgio de vida silvestre e reúne as ilhas do rio Xingu, assim como parte da comunidade que vive à beira do rio e desenvolvem a pesca como principal atividade econômica. De acordo com Crisomar Lobato, diretor de Gestão da Biodiversidade, do Ideflor-bio, a partir da criação das quatro Unidades de Conservação, o Instituto pretende fomentar o desenvolvimento sustentável do ponto de vista sociocultural e ecológico. “Queremos criar condições de infraestrutura para a efetivação de projetos de manejo de recursos naturais com o intuito de produzir e difundir o conhecimento tradicional, o turismo ecológico e a educação ambiental, trazendo

para as populações locais alternativas de renda e maior conscientização na conservação do meio ambiente. Nas unidades de proteção integral o objetivo principal é garantir a proteção da biodiversidade por meio da evolução da flora e da fauna no seu interior, visando, principalmente, os estudos e a pesquisa científica”, afirmou. Além da vasta diversidade de quelônios na região, a proposta de criação das UCs também levou em consideração a grande beleza cênica do local, que possui ecossistemas de praia, várzea e igapó, exibindo uma rica diversidade biológica com presença de espécies ameaçadas de extinção, migratówww.paramais.com.br

22/08/2016 11:24:45


rias e endêmicas. Nas Unidades de Conservação poderão ser desenvolvidas atividades de visitação e educação ambiental, bem como a exploração de componentes dos ecossistemas naturais em regime de manejo sustentável, conforme dispuser o Plano de Manejo da UC.

A proposta de criação das UCs também levou em consideração a grande beleza cênica do local, que possui ecossistemas de praia, várzea e igapó, exibindo uma rica diversidade biológica

RDS Vitória de Souzel

Localizada no leito do Rio Xingu, a “Reserva de Desenvolvimento Sustentável Vitória de Souzel” possui uma área extensa de 22.956,88 hectares, e visa garantir a proteção dos recursos ambientais e socioculturais existentes na área, assim como assegurar a integridade dos atributos e a manutenção do equilíbrio ecológico existente, quando da realização de atividades permitidas, entre outros. Com a criação desta Reserva é garantida entre outras ações a proteção dos recursos ambientais e sócio-culturais existentes na área; a manutenção do equilíbrio ecológico existente; o desenvolvimento de projetos alternativos que proporcione renda às famílias e educação ambiental como forma de diminuição da pressão humana sobre a biodiversidade aquática e terrestre do local.

Revis Tabuleiro do Embaubal

Com a preservação dos 7.062,02 hectares da “Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Campo das Mangabas”, se assegura a colaboração das comunidades locais, no exercício das atividades de fiscalização, de competência do órgão ambiental, relativas à proteção dos recursos naturais existentes e combate as queimadas. É promovida também a realização de pesquisas relativas a modelos de desenvolvimento sustentável que se adaptem às condições ambientais da área, bem como relativas à biodiversidade. Com a criação da área também se assegura a integridade dos seus atributos e a manutenção do equilíbrio ecológico existente, quando da realização de atividades permitidas, além do desenvolvimento de projetos

O “Refúgio de Vida Silvestre Tabuleiro do Embaubal” possui área de 4.033,94 hectares e é o maior local de desova de quelônios. Com a sua criação há a preservação do rico patrimônio biológico do Rio Xingu, de aves migratórias e demais espécies da fauna amazônica em situação de vulnerabilidade, a preservação de ambientes naturais onde se asseguram existência ou reprodução de espécies locais, residentes ou migratórias, além de assegurar a pesquisa científica e propor ações que diminuam o risco de espécies ameaçadas serem extintas. Pela diversidade biológica que abriga e por sua importância socioeconômica, incluindo seu potencial turístico, o REVIS é composto por dezenas de ilhas cobertas com vegetação nativa, com poucas casas

RDS Campo das Mangabas

de recuperação de áreas degradadas, assim como projetos de reflorestamento com espécies que proporcione renda as famílias ali existentes.

Delivery 98328-0524 / 3259-8819

de ribeirinhos, em um trecho em que o Rio Xingu se alarga, apresentando águas calmas e limpas. Espécies atraentes para o turismo, como as duas espécies de boto, peixes-boi, jacarés e aves aquáticas são abundantes.

Revis Padre Sérgio Tonetto

O “Refúgio de Vida Silvestre Padre Sérgio Tonetto”, com uma área de 339,28 hectares, tem o objetivo de preservar os ambientes onde se asseguram a existência ou reprodução de espécies ou comunidades da flora local e da fauna residente ou migratória, assim como a preservação de um ecossistema de rara ocorrência no Estado do Pará, campo cerrado. O Refúgio também visa preservar os ambientes onde se asseguram a existência ou reprodução de espécies ou comunidades da flora local e da fauna residente ou migratória, assim como a preservação de um ecossistema de rara ocorrência no Estado do Pará, campo cerrado, entre outros.

O BOI DOURADO NA SUA CASA O MELHOR CHURRASCO DA CIDADE! Aberto de Domingo a Domingo SOMENTE ALMOÇO

Faça seu evento conosco /boidouradobelem Rua dos Mundurucus, 3326 www.paramais.com.br

Pará ganha quatro novas Unidades de Conservação.indd 13

Pará+

13

22/08/2016 11:24:47


Costurando a volta ao mercado de trabalho

Mulheres e homens formados e com profissões definidas buscam novas oportunidades no mundo da moda Texto Celso Freire Fotos Celso Freire

E

las têm idades e profissões diferentes: Lila Azevedo é bacharel em Direito. Graceli Nunes é professora de Língua Portuguesa. Estela Costa é formada em técnica em radiologia e Adriana Corrêa é assistente social. Mas, um único sentimento une essas quatro mulheres: o desejo de voltar ao mercado de trabalho. Elas foram em busca da realização profissional. Resolveram pôr a mão na massa, ou melhor, a mão na máquina. Encontraram no curso de confecção industrial, uma saída para suas angústias. A turma é formada por 17 pessoas, 16 mulheres e apenas um homem. A maioria tem formação universitária. Eles frequentam a unidade móvel do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, Senai, em Ananindeua. A advogada Lila Azevedo, é uma das mais animadas com a nova vida que vem levando. Ela, que não se sentia realizada no meio dos livros de Direito, conseguiu resumir o pensamento de cada uma das pessoas que está ali buscando novas oportunidades no mercado de trabalho. “Foi uma grata surpresa esse curso de costura industrial. A costura veio me proporcionar uma nova descoberta.

Márcia Aliverti A voz de Cristal Música para Eventos Casamentos Círios Eventos Oficiais (91) 3086-0425 / 99983-0025 14

Pará+

Costurando a volta ao mercado de trabalho.indd 14

PREVINA-SE! FAÇA UM CHECK UP NO SEU VEÍCULO C/ ANTECEDÊNCIA CENTRO DE REPARAÇÃO AUTOMOTIVO

FAÇA SUA MANUTENÇÃO PREVENTIVA

Mecânica Veículos Nacionais e Importados, Pinturas personalizadas, Lanternagem, Diagnóstico em Sistema de Injeção Eletrônica

E evite prejuízos e Acidentes

Agora com Martelinho de Ouro tira riscos e amassados sem danificar a pintura

Muito cuidado ao estacionar o seu carro, onde pode ser local de Alagamento

Tv. 3 de Maio, 876 - entre Governador José Malcher e Boaventura Fone: (91) 3355-8767 / 8128-0490 blitzfullcar@gmail.com www.paramais.com.br

22/08/2016 15:15:33


Essa capacidade de parar e ver a vida de outro modo, com mais tempo pra tudo”, disse. No Brasil, o mercado de confecções está em expansão. Porém, as empresas têxteis devem continuar neste ano com saldo negativo na contratação de pessoal. Há estimativa de corte de 4 mil vagas. Mas, quem disse que elas querem ser empregadas. Lila e as colegas têm o mesmo objetivo: abrir o próprio negócio e transformar o tempo disponível em dinheiro: “Eu quero montar um negócio com minha irmã, voltada para camisas customizadas. Nós vivemos um momento no Brasil de empreendedorismo”. O trabalho da radiologista Estela Costa é voltado para a conservação do meio ambiente. Ela transforma materiais que seriam jogados no lixo em objetos recicláveis. “Eu Gracely quer largar o magistrado

Estela se dedica à reciclagem

Adriana trocou sua profissão pelas agulhas e linhas

Empresária da Moda busca mão de obra qualificada >> A empresária Vivianne Hühn, que está no ramo da moda há dez anos, concorda com a afirmação feita pelo coordenador de unidade móveis do Senai, Ivan Carvalho. A estilista, que fez cursos de moda na França e na Argentina, ressalta que o mercado brasileiro, principalmente o interno, é carente de mão de obra especializada. “As universidades não estão formando profissionais que pensem, que se reinventem. A ênfase, nesses cursos de moda, é mais voltado para a licenciatura”, afirmou Viviane, que abriu sua própria empresa há oito anos, a Viví. Em sua empresa, Viviane emprega 24 funcionários. Todos tem a missão de costurar, cortar e criar a moda. Moda que Vivi denomina como retrô, meio anos 60, mas com ares de modernidade. “Nossa marca é deixar essas roupas mais coloridas num estilo contemporâneo”, conceituou a empresária. Além da mão de obra, o mercado da moda sofre com a crise. Vivi disse que teve que cortar custos para evitar demitir funcionários. “Diminuímos a quantidade de cada modelo de roupa. Onde fazíamos dez peças de cada tamanho, agora fazemos só cinco modelos”, conta Vivianne. Na rede social, a empresa Viví é definida como uma marca de roupas e acessórios paraense que investe em design e exclusividade na criação de suas peças. “É pra mulheres que não querem se vestir iguais a todas as outras. Nossas coleções são ideais pra quem gosta de vintage, cor, estampas fofas, femininas e diferentes. E como se não bastasse ser tudo lindo, os materiais e acabamentos são perfeitos: os melhores tecidos costurados pelas mãos mais cuidadosas”, diz o texto colocado na página de uma rede social. A matéria prima vem de outros estados, principalmente de São Paulo. Em Belém, os custos dos insumos são altos e chega a custar até o triplo, segundo a empresária. As vendas caíram e os fornecedores estão com problemas de entrega de materiais. “Tivemos que diminuir a produção”, disse Vivi, que tem uma folha de pagamento beirando os R$ 50 mil. A empresária tem seus produtos direcionados para o mercado do sul e sudeste. Mas, ela também visa o mercado internacional. Para se manter atualizada, Vivi revela que viaja para a França e outros países, para visitar feiras de moda em busca de novos conhecimentos.

E!

UP C/ A

iscos ura

ura

www.paramais.com.br

Costurando a volta ao mercado de trabalho.indd 15

Pará+

15

22/08/2016 15:15:35


faço puf, molduras de espelhos, de quadros. Faço tecido em decupagem. Então, quando eu quero unir uma coisa com a outra e com o efeito, aí a costura foi fundamental”. O curso de confecção industrial também chamou a atenção da assistente social Adriana Correa, que está formada há nove anos, mas que ainda não conseguiu exercer a sua profissão. Desempregada há três anos, ela pensa em mudar de ramo e assim conseguir a oportunidade de voltar ao mercado de trabalho. “Eu e a minha mãe, no caso, a ideia dela é abrir um ateliê. Ela me convidou e esse era um sonho dela. Para mim é uma oportunidade de voltar ao mercado de trabalho”, revelou a assistente social. Mesmo quem está no mercado de trabalho, quer mudança. A professora Gracely da Silva está quase aposentada. Quando parar de exercer o magistério, ela pretende trabalhar no ramo da costura. Ideias não faltam. Uma delas é confeccionar roupas para crianças. Um sonho a ser realizado. “Eu penso em ter um espaço para que eu possa trabalhar com consertos ou com confecção de roupas de crianças, que realmente é o que eu gosto de fazer. Ainda estou aprendendo. Quero ganhar dinheiro com isso, aliás, o interesse de todo mundo é ganhar dinheiro com essa área de confecção. Depois de me aposentar na área do magistério, quem sabe trabalhar com costura e ganhar algum dinheiro”.

Mercado de trabalho na indústria têxtil está em expansão no Pará e no Brasil

O

mundo da moda atraiu o único homem da turma da manhã da Unidade Móvel do Senai em Ananindeua. Roberto Buriti está decidido a largar o salão de beleza e se tornar um estilista famoso da alta costura. Ele não quer só costurar, ele quer ditar a moda. “Me fez despertar coisas que nunca imaginei que exista em mim. Vejo o mundo da moda do jeito que é só meu. E um dia vou poder compartilhar com o mundo tudo isso que aprendi. Futuramente me tornarei um designer de moda. Esse é o meu maior objetivo hoje”, afirmou Buriti. Este ano de 2016, a indústria têxtil brasileira passa por um período de ajustes e deve retomar o crescimento de fato, até o final do ano, segundo a previsão da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit). No estado do Pará, a procura pelo curso de confecção industrial do Senai, reflete essa tendência. Segundo o coordenador das unidades móveis do órgão no Pará, Ivan Carvalho, o mercado precisa de mão de obra qualificada: “a confecção é um exemplo. Nós podemos citar que aqui no Pará, a produção vem tudo de fora. As indústrias precisam dessa mão de obra qualificada”. Através desse método, na unidade móvel, foram qualificados no Pará, só em 2015, cerca de 3 mil profissionais. A professora Elaine Beckman, é mestre em moda e já trabalha no ramo há mais de dez anos. Ela vem notando que nos últimos anos o mercado está em alta. “De um tempo pra cá, o mercado da moda cresceu muito em Belém. Junto ao Senai, eu vejo que eles estão ajudando muito a crescer. Estava muito lento aqui esse crescimento, mas com as unidade móveis nos bairros, elas estão tendo oportunidade de fazer esse curso”. O volume de exportação de tecidos de algodão aumentou 34,19% em outubro de 2015. As vendas externas de vestuário também cresceram – 10,66% em volume, ou 17,90% se levado em conta artigos de cama, mesa e banho.

Coleção Voar

Av. Generalíssimo, 1479 (entre Nazaré e Bráz)

16

Pará+

Costurando a volta ao mercado de trabalho.indd 16

www.amovivi.com.br

Fone: (91) 3224-4470

www.paramais.com.br

22/08/2016 15:15:37


Prepare sua câmera !

FIQUE POR DENTRO facebook.com/ImagensdeCirios

2º Lugar 2015 - Igor Mota Magno

4º Lugar 2015 - Marcos Weliton de Oliveira Lopes

3º Lugar 2015 - Vitor Mauricio de Abreu Melo

15º concurso

1º Lugar 2015 - Igor Mota Magno

5º Lugar 2015 - Leonardo Lopes Monteiro

fotogrAfico

DE É fácil e gratuito participar do Concurso Imagens de Círios. Para concorrer, as fotos deverão conter temática referente ao “Círio de Nazaré – Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade”, valendo os mais diversos ângulos de Fé, Devoção, Tradição, Ecumenismo, Artesanato, Folclore Popular. Poderão concorrer fotos referentes às Festividades

Nazarenas em qualquer dos Círios, em homenagem e louvor à Virgem de Nazaré, pelo mundo em 2016.

17

Pará+

ANUNCIO IMAGENS DE CIRIOS 2016.indd 17

www.paramais.com.br

22/08/2016 15:16:46


T r dições e misticismos

tribos indígenas em das

Juruti Texto Lidiane Sousa* Fotos Sidney Oliveira/Ag.Pará

A

cultura dos povos indígenas da Amazônia ganhou destaque em mais uma edição do Festival Folclórico das Tribos Indígenas do município de Juruti, na região do Baixo Amazonas. O 22º Festribal, que trouxe como tema “O Encanto que vem da Floresta”, levou 18

Pará+

Tradições e misticismos das tribos indígenas em Juruti.indd 18

milhares de pessoas ao “tribódromo”, palco das apresentações das tribos Muirapinima e Mundurukus, que defenderam suas cores da programação, nos últimos dias do mês de julho. A tradicional disputa produziu um espetáculo de cores, música e dança. A primeira a se apresentar foi a tribo Muirapinima, que durante três horas de evolução

defendeu o tema “Espíritos” e apresentou os rituais da floresta em forma de música, dança, artes cênicas e alegorias. “Apresentamos toda a espiritualidade dos indígenas em três momentos: o primeiro é a originalidade, que falava da Amazônia, o segundo, que abordou a relação dos índios com essa espiritualidade, representada pela mãe da mata, www.paramais.com.br

22/08/2016 14:42:54


O Festival Folclórico das Tribos do município de Juruti, valoriza e promove a cultura dos povos indígenas da Amazônia

A cultura dos povos indígenas da Amazônia ganha destaque em Juruti A cultura dos povos indígenas da Amazônia ganha destaque em Juruti

Dividido em três momentos, a espetáculo preparado pela tribo Muirapinima foi aberto com o enfoque da originalidade, que falava da Amazônia

A primeira disputa entre os Mundurukus (foto) e os Muirapinimas ocorreu em 1995. Hoje o Festribal é visto como uma das maiores manifestações culturais da Amazônia

Tradições e misticismos em Juruti

e para fechar, tivemos a festa ritualizada que celebra a espiritualidade, com as figuras do pajé e da índia guerreira”, explicou Nei Juruti, diretor da tribo, fundada em 1994 e que ostenta as cores azul e vermelho. Em seguida foi a vez da tribo Munduruku entrar na arena. O grupo fundado em 1993, representado pelas cores vermelho e amawww.paramais.com.br

Tradições e misticismos das tribos indígenas em Juruti.indd 19

relo, apresentou o tema “Mitos”. “Estamos vindo de uma trilogia. Começamos com celebração, no ano passado mostramos os rituais e este ano fechamos com os mitos, falando da criação do mundo na visão do índio Munduruku. E para finalizar a nossa apresentação destacamos o ritual dos cortadores de cabeça”, detalhou o presidente da

A relação dos índios com a espiritualidade foi retratada em alegorias grandiosas levadas ao palco do Festribal pelo grupo Muirapinima

Pará+

19

22/08/2016 14:42:59


tribo, Edom Batista. Vencedora das últimas duas edições do evento, a tribo Munduruku veio com determinação de manter o título e se consagrar tricampeã do Festival. “Sou bicampeão à frente da tribo e quero terminar meu mandato este ano com o tricampeonato. Trabalhamos para isso e espero que o resultado na visão dos jurados venha concretizar tudo isso”, relatou Batista. A primeira disputa entre os Mundurukus e os Muirapinimas ocorreu em 1995. Hoje o Festribal é visto como uma das maiores manifestações culturais da Amazônia, tendo sido declarado em 2008 Patrimônio Cultural do Pará. Durante a apresentação, os jurados avaliam quesitos técnicos e artísticos que contemplam os seguintes itens: Apresentador, Porta Estandarte, Guardiã Tribal, Tuxaua, Índia Guerreira, Pajé, Canto Indígena, Regional, Evolução, Ritual Indígena, Alegoria, Tribo Originalidade, Tribo Coreografada, Originalidade em Conjunto, Harmonia e Galera. A segurança do público foi garantida pelo trabalho integrado de vários órgãos de segurança, como as polícias Civil e Militar – que receberam reforço dos efetivos de Santarém –, o Departamento Municipal de Trânsito, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros de Santarém e ainda de seguranças particulares. O Conselho Tutelar também esteve presente em todas as noites da programação. Um posto com ambulância e so-

Recebendo o troféu de campeão 2016 A tribo Muirapinima apresentou os rituais da floresta em forma de música, dança, artes cênicas e alegorias

Recebendo o troféu de campeão 2016

Tucupi - Jambú - Pato e tudo p/ Maniçoba do Círio

corristas foi montado no local para atender eventuais ocorrências. A programação teve início com uma grande festa que reuniu artistas locais e nacionais. No segundo dia do Festival, houve o ensaio técnico das tribos oficiais e a apresentação das tribos mirins. As crianças deram um show de simpatia e entusiasmo que contagiou o público da arena.

Tribo Munduruku é tricampeã Os jurados avaliaram os itens: Apresentador, Porta Estandarte, Guardiã Tribal, Tuxaua, Índia Guerreira, Pajé, Canto Indígena, Regional, Evolução, Ritual Indígena, Alegoria, Tribo Originalidade, Tribo Coreografada, Originalidade em Conjunto, Harmonia e Galera. Após a avaliação e a apuração, a 22ª edi-

No ARMAZEM toda

4ª É GORDA

TÁ+BARATO 6ª PROMOÇÃO

CARNE E HORTIFRUTI

ANTECIPE SUAS COMPRAS PARA O CÍRIO

VOCÊ COMPRA MAIS E PAGA MENOS

AUTO SERVIÇO

Tv. Vileta, 2942 (entre Almirante Barroso e João Paulo II) Fone: (91) 3266-2467 / 3266-5755 20

Pará+

Tradições e misticismos das tribos indígenas em Juruti.indd 20

www.paramais.com.br

22/08/2016 14:43:03


O Festribal é visto como uma das maiores manifestações culturais da Amazônia, tendo sido declarado em 2008 Patrimônio Cultural do Pará

Evolução, Ritual Indígena, Alegoria, Tribo Originalidade, Tribo Coreografada, Originalidade em Conjunto, Harmonia e Galera são alguns dos quesitos avaliados pelo júri do Festribal

ção do Festival das Tribos, em Juruti, no oeste do Pará, encerrou com a vitória da tribo Munduruku que levou para o Tribódromo o tema “Mitos”. O festival das tribos aconteceu

www.paramais.com.br

Tradições e misticismos das tribos indígenas em Juruti.indd 21

Segundo grupo a entrar na arena, a tribo Munduruku apresentou este ano o tema “Mitos”

durante quatro dias, reuniu um público de aproximadamente 25 mil pessoas. A disputa foi acirrada e na soma total dos pontos, a tribo vencedora obteve a pontua-

ção de 479,49 pontos, a oponente Muirapinima com 478,07. Diferença de 1,42 pontos. Após a proclamação do resultado, a diretoria da tribo Munduruku recebeu das

Pará+

21

22/08/2016 14:43:06


Representada pelas cores vermelha e amarela, a tribo Munduruku deu um show de coreografias e composição cenográfica

mãos do secretário de cultura do município o troféu de campeão 2016. Em seguida, os torcedores que tomavam as arquibancadas da tribo se dirigiram em carreata à quadra de ensaios da tribo em comemoração no Universo Munduruku.

Turismo

A cada ano o duelo de tribos atrai um grande número de turistas, vindos de todo

Torcida organizada

A criação do mundo na visão do índio Munduruku foi representada em ricas e criativas alegorias, que ganham novos e melhores recursos tecnológicos a cada ano O grupo Munduruku fechou uma trilogia que vem sendo abordada ao longos dos últimos três anos. Depois do tema ‘celebração’, mostrado em 2014, e dos ‘rituais’, no ano passado, o grupo mostrou os ‘mitos’.

CARURU, MANIÇOBA, VATAPÁ

CAMARÃO ROSA | FILÉ DE PEIXE | CARNE E PATOLAS DE CARANGUEJO

/Tacacá do Nilson Despachamos para todo Brasil

Av. 25 de Setembro, 13 ao lado da Feira da 25 22

Pará+

Tradições e misticismos das tribos indígenas em Juruti.indd 22

(91) 3226-4167 (91) 3226-2253

Hórario: Rose Danin com Francisco Monteiro - Canudos 15h às 22hs (91) 98268-9530 / 98832-0711 www.paramais.com.br

22/08/2016 14:43:11

P


Na apresentação das tribos mirins

Vibração empolgante da torcida

Índia Guerreira da tribo Munduruku

o país e até do exterior. O evento movimenta a economia e aquece o turismo local. Para chegar à cidade, distante 848 km da capital, Belém, o meio de transporte mais fácil são os barcos e lanchas que saem diariamente do município de Santarém. A viagem dura, em média, cinco horas e a passagem custa R$ 95. Mas além do Festival, Juruti também apresenta boas opções para descanso e lazer, como os igarapés de águas geladas e cristalinas, localizados a poucos quilômetros da sede do município.

EXECUTIVO(PF)

Os rituais cultuados pelos povos da floresta foram encenados diante do público que acompanhou a performance da tribo Muirapinima

COMIDA A QUILO

Bistro Belem

FORNECIMENTO EMPRESARIAL

A MELHOR COMIDA CASEIRA DA CIDADE.

QUENTINHA

Atendemos de segunda a sábado das 11:00h às 15:00h AMBIENTE CLIMATIZADO

Á

son

dos

Presidente Pernambuco (próx a Rua dos 48) DELIVERY

(91) 3088-5863 / 98070-0810 www.paramais.com.br

Tradições e misticismos das tribos indígenas em Juruti.indd 23

Pará+

23

22/08/2016 14:43:16


Técnicas de Coaching

Como tornar a sua vida mais produtiva e próspera? O que são METAS? Resultados, alvos, metas, objetivos – todas essas palavras expressão a ideia de ir daqui pra lá – de uma situação presente que está de certa maneira insatisfatória, para uma situação desejada melhor do que a atual. Às vezes a maioria das pessoas ficam presas em suas limitações e entram em um processo de insatisfação contínuo que produz desânimos. Ao invés de ficar lamentando de tudo que tal olhar para a vida com outro olhar?

Perguntas com uma orientação para o objetivo são:

Focalizar no problema

Focalizar no objetivo

“O que está errado?”

“O que eu quero?”

- O que você quer? - O que você quer ao invés da situação atual? - Que recursos você tem? - Como você se sentirá quando resolver o problema? Dica 1: Focalizar no problema, frequentemente, induz a um estado sem recursos que o torna ainda mais difícil de lidar com seus desafios. Dica 2: A primeira e mais importante característica de uma meta é que o você seja claramente o dono dela e foque no que você quer.

/deliciasdagabibelem deliciasdagabi

Aceitamos Encomendas

Avenida Rômulo Maiorana, 374 (antiga 25 de setembro) Marco Fone: (91) 3352-4754 / 98884-4554 Aceitamos cartões 24

Pará+

Técnicas de Coaching.indd 24

www.paramais.com.br

22/08/2016 11:45:20


em

eSpecífica O que?

Temporal Quando?

Mensuravel Quanto?

S.M.A.R.T Atingível Como?

Relevante Para quê? Como posso criar metas poderosas em minha vida? Estarei disponibilizando alguns ingredientes importantes que tornam sua meta realmente alcançável.

1. METAS ESPECÍFICAS

As metas precisam ser formuladas no tempo presente, em uma linguagem que use imagens, sons e sensações, para ativar padrões neurológicos que gerem novos resultados. Devem ser comportamentais e claramente definidas.

Responda as seguintes perguntas: O que você quer alcançar? O que, especificamente, você vai ver? Sentir? Ouvir? Fazer? Quem está envolvido? Trata-se apenas do cliente ou há outras pessoas envolvidas? Onde – o contexto pode ser importante uma vez que um comportamento que é apropriado no ambiente de trabalho pode não ser o desejável em casa. Quando – é importante definir um prazo ou uma data. Qual – perguntas que identificam quais recursos e limitações vão operar no alcance da meta.

2. METAS MENSURÁVEIS

É preciso definir o critério concreto, medindo o progresso em direção ao alcance da meta. Quando o progresso é medido continuamente, você saberá se está no caminho e poderá sentir motivação para a conquista e continuará os esforços. Para determinar se a meta é mensurável, fazemos perguntas para identificar o critério mensurável: - Quanto... ? - Quantos... ? - Como você vai saber que conseguiu?

www.paramais.com.br

Técnicas de Coaching.indd 25

- O que você vai ver ouvir e sentir? (baseado em critério sensorial)

3. METAS ATINGÍVEIS OU ALCANÇÁVEIS

As suas metas devem ser desafiantes, mas possíveis de alcançar. Não estabeleça uma meta que não tem a menor possibilidade de ter sucesso. Não se comprometa a alcançar uma meta impossível. Não adianta colocar algo muito acima de sua realidade que logo gera desânimo e desistência. Isso só levará a desilusões e terá um impacto negativo na sua autoestima. Em vez de dizer “Eu serei milionário até o final deste mês», talvez você possa estabelecer a meta como «Eu vou economizar 100 euros por mês nos próximos 10 anos para que possa me tornar um milionário dentro de 20 anos”. É importante definir objetivos compatíveis com nossa realidade. Se o que você quer não faz parte de sua realidade, crie metas para chegar até lá.

4. METAS RELEVANTES

As suas metas devem ser relevantes. Se as suas metas não o levam mais perto do que quer alcançar, não faz sentido estabelecê -las. Por exemplo, se pretende ficar em forma, em vez de estabelecer uma meta de ver menos televisão (isso por si só não irá melhorar a sua forma), estabeleça uma meta do tipo «Eu vou fazer exercícios físicos, durante 30 minutos, quatro dias por semana». A meta é ainda mais desafiante quando está ligada ao seu propósito de vida, aos seus valores, a algo que o realiza, quando faz uso dos seus dons singulares. Procure traçar metas que o levem a um sentimento de realização. A sensação de meta alcançada compensa qualquer preço pelo caminho percorrido.

5. META TEMPORAL OU CALENDARIZADA Finalmente, as suas metas têm que ser alcançadas dentro de um período de tempo específico. Pegue em qualquer um dos exemplos acima mencionados e adicione a palavra «até», seguido por uma hora, de um dia, de um mês e de um ano específico. Lembre-se de que sua meta deve ser desafiante, mas tem que ser alcançável, de forma que não deve estabelecer um prazo de tempo que sabe que não poderá cumprir. Toda meta deve, portanto, ter um prazo para ser alcançada. Por exemplo: “Eu vou mudar de emprego dentro de seis meses”, ou “Eu vou realizar um trabalho voluntário na igreja de meu bairro durante todo o segundo semestre deste ano”.

Novidade para a região Amazônica

A metodologia do coaching já é uma realidade em vários países com contribuição muito positiva nos resultados, o Instituto Internacional Japonês de Coaching & PNL está no Brasil trazendo do Japão, Alemanha e Estados Unidos técnicas e modelos avançados também agora para a região Norte, especialmente em Belém. Para os leitores da Revista Pará + estaremos disponibilizando de forma experimental 10 atendimentos para qualquer área de atendimento tanto para questões pessoais, profissionais e empresariais. Válida para os 10 primeiros que solicitarem. Faça sua solicitação da cortesia nos contatos abaixo: CONTATOS

Instituto Internacional Japonês de Coaching Pesquisa & Desenvolvimento Representante Brasil: Kotaro Tuji Neto +55 91 99282-9229 | +55 91 3199-1442 diretoria@ijicoaching.com Pará+

25

22/08/2016 11:45:21


Crianças aprendem

brincando SuperGeeks incentiva o ensino da programação e robótica

B

elém já tem a sua escola de programação para crianças, a chamada SuperGeeks. A unidade foi inaugurada em março de 2016 e já possui mais de 30 alunos matriculados. Os empresários Adriano Avelar e Lorena Avelar, ambos Engenheiros da Computação, trouxeram a novidade para a capital paraense com o objetivo de incentivar o ensino da programação e robótica aos belenenses. A metodologia de ensino é própria, focada em linguagens e softwares profissionais. “O ensino da programação para crianças é uma tendência mundial, investir no aprendizado dessa ferramenta é tão importante quanto aprender um novo idioma. A programação ajuda a pensar, trabalhar em grupo, resolver problemas complexos, dominar as tecnologias existentes e futuras. São competências ROLINHO PRIMAVERA

E DO MAE

SUSHI SUNAMONO DRAGAO AMERICAN TEMAKI

Escola incentiva o ensino da programação e robótica às crianças

importantes para qualquer profissional no mundo tecnológico de hoje” – afirma Adriano Avelar, um dos sócios da SuperGeeks Belém. “Nas universidades, a programação não agrada a todos, isso porque ela é ensinada de forma pouco atrativa. Na SupeGeeks, as crianças aprendem a programar de forma lúdica e as aulas são muito divertidas. Os alunos chegam cedo e dificilmente faltam”, afirma Lorena Avelar, uma das sócias da SuperGeeks Belém.

Ensino A SuperGeeks ensina Ciência da Computação para crianças, a partir dos 7 anos de idade e que já estejam, pelo menos, no 2º ano escolar. Elas aprendem a desenvolver jogos, aplicativos, robôs, sistemas, entre outros, utilizando ferramentas e linguagens profissionais. Além das aulas presenciais semanais, há o suporte pedagógico dos professores – dedicados exclusivamente à escola – durante toda a semana. O curso é totalmente apostilado e também

NIGRI GRELHADO AMERICAN HOT HOLL HOSSOMAKI TO RO RO NEGIRI ESPECIAL URAMAKI

CHAPAS

MISTA (frango, carne bovina, camarão, peixe, calabresa, arroz)

Trav. Mauriti, 3386 próx. João Paulo Delivery 3352-8077 / 98942-8077 26

Pará+

Crianças aprendem brincando.indd 26

www.paramais.com.br

22/08/2016 11:43:54


Programação ajuda a trabalhar em grupo

disponibiliza, fora as aulas habituais, conteúdo online para seus alunos. A SuperGeeks possui uma metodologia e conteúdo inéditos não só no Brasil, mas também no mundo, o que está contribuindo, e muito, para sua plena expansão em tão pouco tempo.

Início

A SuperGeeks foi idealizada no Vale do Silício, em 2013, por um casal de empreendedores, Marco Giroto e Vanessa Ban. Teve sua

estreia no Brasil, em maio de 2014, na Vila Mariana, em São Paulo. De lá para cá, foram mais de 600 alunos que passaram somente pela primeira unidade. A SuperGeeks cresceu rápido, mesmo em plena crise, devido à carência educacional constatada na área de Ciência da Computação, ainda mais infantojuvenil. No segundo semestre de 2015, a SuperGeeks abriu mais quatro unidades, sendo duas na capital (Morumbi e Butantã), uma no ABC (em São Bernardo do Campo) e outra em Brasília (na Asa Norte), somando

mais de 1.000 alunos. Em 2016, a SuperGeeks inaugurou mais de 15 unidades: Alphaville (Barueri/SP), Jundiaí (SP), Campinas (SP), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Águas Claras (DF), Sudoeste, Asa Sul e Lago Sul (Brasília/DF), Recife (PE), Aracaju (SE), Fortaleza (CE), Belém (PA), Moema (São Paulo/SP), Jardins (São Paulo/ SP) e Santo André (ABC/SP). A expansão está sendo por meio de franquias e já existem mais de 50 franqueados em negociação, em fase de assinatura de contrato, de modo a inaugurarem, ainda, no meio do primeiro semestre. “Pretendemos fechar 2016 com, pelo menos, 100 unidades, em vários pontos do Brasil. Os empreendedores estão percebendo que o ensino de Ciência da Computação para crianças é o futuro da educação do Brasil e do mundo”, revela Marco Giroto, fundador da SuperGeeks. Serviço:

http://Belem.SuperGeeks.com.br Tel: (91) 2992-0010 belem@supergeeks.com.br

ESSA DUPLA É A MAIOR LIMPEZA! P R O D U T O S

Qualidade que você confia Rod. Artur Bernardes, KM 14 www.paramais.com.br

Crianças aprendem brincando.indd 27

(91) 3204-1400 Pará+

27

22/08/2016 11:43:56


Dicas para gerenciar e até

potencializar a

carreira durante a crise

Foco, alta performance e comportamento positivo estão entre as iniciativas que podem fortalecer o profissional, mesmo em um clima de instabilidade politica e econômica

C

rises sempre vão existir, mas assim como começam, um dia acabam. O fundamental é entender que é possível não apenas sobreviver profissionalmente, mas até sair fortalecido delas. No entanto, o profissional precisa adotar uma série de atitudes para manter o seu valor no mercado. Abaixo, 7 dicas para ajudar as pessoas a encontrar seus diferenciais e evitar equívocos neste momento de insegurança.

Mais foco e menos preocupação

Não que o momento não exija uma boa dose de preocupação, mas ficar desesperado, não resolve. Na crise, a competitividade aumenta, o clima fica tenso e os ânimos à flor da pele. Lembre-se: para se destacar é preciso ter foco no que importa e fazer a diferença em seu ambiente de trabalho. A sugestão é se acalmar, se organizar, priorizar tarefas e estar disposto a colaborar no que for possível para ajudar a empresa.

Lavagem Automotiva simples e detalhada polimento simples e detalhado descontaminação, revitalização e vitrificação de pintura higienização interna limpeza e hidratação do banco de couro hidratação e proteção dos pneus impermeabilização de banco automotivo e outros serviços 28

Pará+

Dicas para gerenciar e até potencializar a carreira durante a crise.indd 28

Faça mais com menos Reduzir gastos e aumentar o lucro: é isso que um chefe espera de sua equipe, a despeito de qualquer circunstância. O nome disso é ‘produtividade’. Porém, na crise, o que é diferencial torna-se vital. Apesar do impulso natural mais comum é o de ser reativo diante de dificuldades e fazer apenas o necessário por medo de errar ou por insegurança, a orientação é que o profissional adote uma postura contrária. Saia da zona de conforto e fique de olho nos resultados, faça o que é obrigatório de maneira mais rentável e rápida, para que esteja à disposição em caso de alguma outra oportunidade na sua área ou em outras. É um bom momento para ir além e propor soluções novas para velhos problemas já conhecidos na companhia.

/estacaoveiculo

@estacaoveiculo

venha conhecer o mais novo centro de estética automotiva Rua Dos Caripunas, 1605 (entre apinagés e padre eutíquio)

(91) 3349-3331 www.paramais.com.br

22/08/2016 12:50:05


Evite o clima de catástrofe Em hipótese alguma, fique nos corredores da empresa reclamando, alimentando boatos de que a empresa está mal ou vai demitir. Ficar parado esperando a crise passar também não ajuda. É hora de pensar em como ajudar a empresa a enfrentar os desafios atuais e buscar alternativas no trabalho. Não deixe se afetar pelo pessimismo, seja resiliente e tenha capacidade de improvisar. Fuja de qualquer rodinha de fofocas. Profissionais que reagirem rapidamente vão se sair melhor, adaptando-se às mudanças e exigências dos novos tempos. Quem você vai querer ser depois da crise?

e com a sua comunicação. As atitudes mais desejadas em tempos difíceis são aquelas de valores positivos, como ética, colaboração e transparência, além da capacidade de automotivação, autoconfiança e agilidade.

Considere modelos diferentes de carreira

Economize o máximo que puder Aqueles que não têm poupança e gastam tudo o que ganham, sofrem muito quando chega uma crise. Falta de dinheiro afeta o desempenho do profissional e o problema só aumenta se perder o emprego. E se em um momento de crise é impensável falar em aumento de salário, é uma boa hora para rever suas despesas. Por isso, se for possível, poupe, mesmo que seja pouco. Faça uma revisão em suas finanças e de seus dependentes. Sua saúde financeira é fundamental para manter o foco neste momento profissional.

Em um ambiente estável, o modelo de uma boa carreira pode ser marcado por estabilidade no emprego, promoção e regras bem definidas. Mas surge no meio da crise e das mudanças sócio econômicas, carreiras alternativas, ainda em caráter emergente que vem com mais flexibilidade, descontinuidade e podem ser boas para os profissionais. Com as reestruturações das empresas surgem novas redes de trabalho. Fique atento para ver se sua função não está sendo praticada de outra forma no mercado – como terceirização? prestação de serviços? parcerias? consultoria? projetos? free lancer? gestão interina? Esteja pronto para mudar. Já a opção empreendedora parte do princípio do sucesso e risco individual, com base no talento e no trabalho. Além de ter que ser mais autônomo, criativo e inovador, o empreendedor tem que ser capaz de correr riscos. Tome cuidado, nem todos têm perfil e folego financeiro para abrir um negócio.

Segmentos menos afetados

Invista em educação, atitude e competências Quem se acomodou e não planejou sua carreira, fica desesperado quando uma crise começa, porque se coloca sempre na frente da fila das prováveis demissões. Mas nunca é tarde para investir na carreira. Busque se especializar e destacar suas habilidades, seja expert em sua área, não importa qual seja. É importante investir em atualização, qualificação e aperfeiçoamento, buscando cursos de idiomas, especializações e MBAs, mas saber se relacionar com equipe, pares e superiores é um grande diferencial competitivo. Seja comprometido no trabalho, cuidadoso com os relacionamentos profissionais

www.paramais.com.br

Dicas para gerenciar e até potencializar a carreira durante a crise.indd 29

Por incrível que pareça, há oportunidades na crise. Pesquise mercado e maximize seu networking. Ambientes de fusão e consolidação de negócios geram demissões num primeiro momento, porém novos perfis profissionais são requisitados. Posições novas podem ser abertas com funções próprias para esse momento. Áreas de controle de processos, financeira e tributária tornam-se prioritárias, à medida que a governança corporativa ganha destaque. Há ainda oportunidades pontuais em setores como o e-commerce (para onde parte do varejo está migrando), marketing digital, direito empresarial, design gráfico, entre outros.

Pará+

29

22/08/2016 12:50:08


Voluntários no combate ao câncer

Instituto Áster foi fundado para ajudar pessoas carentes na luta contra a doença Fotos Arquivo pessoal e divulgação

E

velyn Carolyne, fundadora presidente do Instituto No dia 14 de novembro de 2014, um grupo de amigos decidiu fundar um instituto para ajudar pessoas carentes que lutam contra o câncer. Surgiu então o Áster. “Nós possuíamos um objetivo em comum, proporcionar aos adultos, jovens e crianças de baixa renda, portadores de câncer, melhores condições de tratamento”,

Evelyn Carolyne, fundadora presidente do Instituto

disse Evelyn Carolyne, presidente-fundadora do Instituto, que leva o nome de uma flor que significa lealdade, fidelidade, sabedoria, bons pensamentos, poder e luz. O Instituto é mantido por doações da comunidade, colaboração de alguns parceiros e da ajuda de voluntários. O logotipo do Áster representa a união do coração de todos que lutam por essa causa e a estrela no meio é uma simbólica homenagem a todos que lutaram contra o câncer e faleceram. Segundo Evelyn, o grupo dedica-se em ajudar os desprovidos de recursos financeiros a suprirem suas necessidades básicas, captando recursos para melhorar a qualidade vida e

Desde 1998 de Domingo a Domingo CHURRASCO QUENTINHA TIRA GOSTO ENTREGAMOS EM DOMICÍLIO

MÚSICA AO VIVO

esperança de cura. Para cumprir o papel de prevenir e controlar o câncer, um dos principais focos é a conscientização através de ações estratégicas de prevenção ao câncer, a fim de reduzir a mortalidade causada pela doença, o preconceito e o medo que ainda envolve a sociedade. “Acreditamos que a melhoria da auto-estima é um dos fatores que colaboram para um melhor prognóstico, com isso realizamos visitas nos hospitais e casas de apoio, levando além de doações materiais, carinho, amor, atenção e sorrisos àqueles que lutam contra o câncer”, conta.

Antecipe suas encomendas para o Círio

PANIFICADORA MOURA CGC: 04.318.432/0001-04 INSCRIÇÃO - ESTADUAL: 15.101.285-7

SÁBADO SAMBA AO VIVO 20H

5° e 6º feira Mpb

Rua dos Tupinambás Esquina com Caripunas - Jurunas

(91) 30

98108-7203 / 98837-4272

Pará+

Voluntários no combate ao câncer.indd 30

25 de Setembro (esq. com a Humaitá) Fone: 3226-3236 www.paramais.com.br

22/08/2016 14:13:04


Voluntários fizeram campanha para doação de sangue

Voluntários do Instituto Áster

Interior A maioria dos assistidos pelo Instituto é do interior do estado. E a grande maioria é formada por crianças carentes, que não têm condições de se manterem em Belém. “Eles precisam, além do carinho, de doações como cesta básica, pagar exames médicos, por exemplo”, revelou Evelyn. “A gente amenizar da melhor forma possível”. O Instituto Áster não tem ainda uma sede própria, apenas um local de apoio, em Val-de-Cans, que serve de escritório e depósito das doações. O órgão também não possui funcionários, apenas voluntários. “Ninguém recebe nada para fazer o trabalho”, garante a presidente do Áster.

sempre pensar no próximo. Sempre pedia “mãe, ajuda meus amiguinhos’’”, lembra a fundadora. “Então, é claro que aceitamos o convite e passamos a divulgar com o objetivo de sensibilizar doadores”. No início do mês de abril, muitas crianças precisaram de sangue, com o estoque do Hemopa muito baixo, começou a aflição em busca de doadores e as mães das crianças ficaram cada vez mais preocupadas. “E foi aí que surgiu a ideia de gravarmos um vídeo

Campanhas

O Instituto participa de diversas campanhas. Entre elas está a doação de sangue e medula óssea. A mais recente foi uma homenagem prestada a menina Sofhia, que no dia 4 de abril, completaria 7 anos. Sua mãe Cinthya organizou um ato de solidariedade para aumentar e incentivar a doação de sangue. Soso, como era conhecida da menina, viveu por 6 anos e em sua breve e intensa passagem sobre a terra. “Ela nos ensinou a

Menina Sophia foi a inspiração para um dia de solidariedade

com as crianças chamando pessoas para doarem sangue. O Hemopa, reafirmando a parceria com o instituto, entrou em contato pedindo apoio e resolvermos unir todas as necessidades e na data de hoje conseguimos levar as crianças e seus responsáveis ao Hemopa para esse lindo gesto de amor e solidariedade. Muitas mães doaram sangue pela primeira vez, e isso tornou a manhã muito emocionante”, afirmou a presidente do Instituto Áster. “Aos voluntários do instituto que não mediram esforços para se fazerem presente: eterna gratidão”, finaliza Evelyn Carolyne.

Serviço

Telefone: (91) 98336-9826 institutoaster@hotmail.com

/FestaColor

A

-7

Festa Color O Mega Store da sua festa!

Rua 13 de Maio, 74 - Campina - Belém/PA Fone: (91) 3241-0527 / 3223-0169

236 www.paramais.com.br

Voluntários no combate ao câncer.indd 31

Pará+

31

22/08/2016 14:13:06


Toda a verdade sobre o

crossfit e seus oito exercícios

milagrosos

Por que este esporte vicia? É realmente tão eficaz? Quais são os movimentos mais importantes?

passará por uma experiência de transformação comparável à de outros programas de fitness.

Mais informações

“Fui testemunha de mudanças espetaculares em questão de dois ou três meses, mais típicas desses anúncios de cremes ou suplementos de emagrecimento que de qualquer outro programa de treinamento”,

diz Antonio J. Aguirre, formado em Ciências da Atividade Física e do Esporte e treinador do CrossFit SingularBox, em Madri. Aguirre teve o primeiro contato com o programa há cerca de seis anos. “Com o crossfit, percebi que o trabalho tradicional de academia que seguia há anos, exceto pelos efeitos estéticos, não acrescentou qualquer benefício realsobre minhas capacidades físicas em um nível funcional e muito menos sobre minha prática esportiva específica.”

Texto Daniel Fernández-Cañadas

C

laro que você já ouviu falar antes do crossfit. Talvez conheça um colega de trabalho ou parente que o pratique e conte o efeito milagroso deste novo programa de fitness que mudou a geografia do corpo, a vontade de comer, de se relacionar, de superar a si mesmo e até de falar. Se você é uma pessoa ponderada e, antes de dar o passo para entrar em um novo clube, como o dos crossfiteiros, prefere investigar artigos publicados sobre o assunto para fundamentar suas intenções, vamos contar, por exemplo, que sim, que seus conhecidos têm razão: em poucos meses, seu corpo dificilmente

32

Pará+

Toda a verdade sobre o ‘crossfit’ e seus oito exercícios milagrosos.indd 32

AG PA

S

(9

g

A força mental é fundamental no crossfit www.paramais.com.br

22/08/2016 14:23:43


Exercícios de atletismo, ginástica e halterofilia compõem a base do Crossfit

A resposta a que se refere Aguirre é mérito do norte-americano Greg Glassman, fundador da CrossFit e guru absoluto da prática. É o ideólogo de uma empresa de milhões de dólares, com escritórios em cinco continentes, que abriu seu primeirobox (como são chamadas as academias de crossfit) em 1995. Glassman, de 60 anos, percebeu que o halterofilismo só modificava os músculos, não as capacidades físicas, por isso acrescentou aos pesos um conjunto de exercícios funcionais de alta intensidade e variações que incluem diversos segmentos como o atletismo, a resistência ou a ginástica. A técnica de treinamento usada por Glassman para colocar em forma policiais e bombeiros da Califórnia e, depois, militares, é baseada no WOD (sigla em inglês de Workout of the Day ou exercício do dia). Um WOD geralmente dura 45 minutos, o tempo dedicado para intercalar energicamente diferentes exercícios de aquecimento, força, técnica e potência. Um coquetel para os corajosos. Toda a preparação do crossfit é supervisionada pelo coach (treinador), fundamental neste programa para que cada exercício

seja feito corretamente, sem fazer movimentos bruscos e causar possíveis lesões e que, além disso, ostenta para os crossfiteiros um ar de guru afetivo. No crossfit, o sentimento de comunidade é fundamental. “Este esporte surge de forma muito pequena, praticada por pequenos grupos de amigos, e que vai se desenvolvendo e expandindo através de algo intrinsecamente americano, como são os movimentos grassroots”, diz Aguirre, que também é representante europeu da CrossFit Football e Foco, fé e força

Troca de moedas em espécie, cartões pré-pagos, MoneyGram e seguro viagem

principal tradutor da CrossFit HQ para a Espanha. Depois de treinar em conjunto, esses amigos se reuniam em torno de uma churrasqueira e algumas cervejas, e aproveitavam para trocar ideias e opiniões. “Por isso esta disciplina é sinônimo de comunidade”, destaca o treinador. Os atrativos deste esporte, que alcançou 30.000 adeptos na Espanha — o segundo país europeu com mais seguidores depois da Inglaterra —, são fincados em uma organização empresarial de milhões de dólares que não dá chance ao azar. Atualmente existem cerca de 12.000 boxes em todo o mundo. Mas, para que um boxpossa fazer uso da marca crossfit e ter o direito de ser incluído no mapa internacional da rede de Glassman, é necessário pagar 3.000 dólares por ano (cerca de 10.800 reais) para a organização. Tudo extremamente controlado. Além registrar cada novo box aberto no mundo, Glassman montou um jornal (CrossFit Journal), uma fundação (CrossFit Kids Foundation) e os Reebok CrossFit Games, que têm sido realizados de forma contínua desde 2007. O vencedor desses jogos olímpicos anuais recebe o título de “homem mais em forma do mundo”. Ben Smith, o último vencedor do concurso realizado em julho passado em Carson (Los Angeles), resume sua experiência: “Ao longo dos anos, o crossfit me tornou mais forte tanto fisicamente quanto mentalmente do que jamais pensei que poderia estar”. Aos 25 anos, Smith treina cinco dias por semana e é capaz de levantar até oito vezes consecutivas 92 quilos com cada braço. “Me ajudou a criar um grupo de amigos incríveis, me inspirou a realmente entender a importância do exercício e da nutrição e me deu a possibilidade de ajudar outras pessoas a melhorar suas vidas”, afirma este superman, que no café da manhã diário come cinco ovos mexidos e quatro pedaços de bacon e descansa menos de quatro dias por mês. Será que agora você será uma daquelas pessoas que irá aumentar a mais do que numerosa família de Glassman?

(91) 3201-5457 AGORA EM MAIS UM ENDEREÇO PARA MELHOR ATENDER VOCÊ

Av. Centenário, 1052 Shopping Bosque Grão-Pará piso térreo

(91) 3201-5499 graopara@turvicam.com.br www.paramais.com.br

Toda a verdade sobre o ‘crossfit’ e seus oito exercícios milagrosos.indd 33

(91) 3201-5490

(91) 3201-5454

Pará+

33

22/08/2016 14:23:45


Os oito movimentos fundamentais Agachamento segurando a barra

Movimento rápido que consiste em levantar a barra do chão até a altura do peito. Os cotovelos permanecem voltados para fora, com as mãos juntas no centro da barra e os pés separados na altura dos ombros. Empurrão rápido

Os ombros são os protagonistas deste exercício onde a barra é segurada com força. As axilas são mantidas retas, para a frente, e respeitando o movimento de agachamento. Enquanto isso, tome cuidado com a região lombar, e os joelhos devem estar alinhados. Empurrão com força

Para completar este exercício é preciso, além de seguir todos os passos do anterior, acrescentar um rápido movimento de extensão do quadril e pernas para levantar a barra. Os pesos sempre devem ser levantados em um piso parcialmente elevado. Agachamento frontal

A barra é passada por cima da cabeça e as mãos são mantidas por fora, na altura dos ombros. A barra deve se mover bem no meio dos pés, enquanto o corpo e as pernas ficam estáticas. Peso morto

O levantamento é feito do solo até a cintura, enquanto a curvatura da lombar é mantida e as mãos permanecem por fora dos ombros. Os quadris e os ombros se levantam ao mesmo tempo. Bola medicinal

Os joelhos auxiliam no levantamento da barra, com os cotovelos ligeiramente contra a haste, que descansará no torso. É necessário manter os calcanhares para baixo até que o quadril e pernas se estendam, e sempre completar as extensões dos joelhos e braços.

A evolução do exercício anterior é coroada com uma fusão de levantamento de pesos com agachamento. É essencial manter sempre as mãos por fora dos ombros para evitar lesões.

Peso morto de Sumô com forte tração

Empurre de ombros

A bola é levantada em três etapas, nas quais deve estar entre os pés segurada pelas palmas das mãos. Desse ponto, a bola é levantada com o apoio das pernas para descansar na altura da cintura. Em seguida, dobramos os joelhos para ajudar a elevação.

Méritos do “Crossfit”

Aumentando gradativamente o nível de dificuldade em exercícios simples

Disk Encomendas (91) 3272-5300 (91) 3015-5100 (91) 99966-6087 (91) 98023-9526

BAZAR DO

PÃO

Abrimos aos Domingos para Café da manhã das 7h às 11h

Pedidos a partir das 6:30h

Rua Tupinambás, 636 (esquina com Caripunas) 34

Pará+

Toda a verdade sobre o ‘crossfit’ e seus oito exercícios milagrosos.indd 34

10. Este esporte é baseado no aumento de 10 habilidades físicas: resistência cardiorrespiratória e muscular, força, flexibilidade, potência, velocidade, coordenação, agilidade, equilíbrio e precisão. 261. São as calorias queimadas em uma sessão de 20 minutos. 11.000. Número aproximado de atletas que participaram em 2015 dos Reebok CrossFit Games, nas etapas regionais e finais. 275.000. É o prêmio em dólares (987.000 reais) recebido pelo vencedor do concurso anual.

www.paramais.com.br

22/08/2016 14:23:46


14

Parรก+

ANUNCIO IMERYS.indd 14

www.paramais.com.br

22/08/2016 17:01:49


Nova fábrica de cimento Poty em Primavera. O primeiro e único cimento para cada tipo de obra.

14

votorantimcimentos.com.br/mapadaobra

Pará+

ANUNCIO VOTORANTIN.indd 14

www.paramais.com.br

22/08/2016 17:00:45

Pará+ 174  

Tradições e Misticismos de Juruti

Advertisement