Page 1

Revista

Pará+ MARÇO 2013

BELÉM-PARÁ

WWW.PARAMAIS.COM.BR

ISSN 16776968

EDIÇÃO 133

Editora Círios

R$ 8,00

O PAPA FRANCISCO 2013: ANO INTERNACIONAL DE COOPERAÇÃO PELA ÁGUA CAPA.indd 1

20/03/2013 15:14:08


2

Parรก+

ANUNCIO ELETROBRAS.indd 2

www.paramais.com.br

19/03/2013 09:10:21


www.eletronorte.gov.br

www.paramais.com.br

ANUNCIO ELETROBRAS.indd 3

Parรก+

3

19/03/2013 09:11:13


Pará+

Revista

N E S TA E D I Ç Ã O EDIÇÃO 133 - MARÇO/2013

PUBLICAÇÃO

Editora Círios SS Ltda CNPJ: 03.890.275/0001-36 Inscrição (Estadual): 15.220.848-8 Rua Timbiras, 1572A - Batista Campos Fone: (91) 3083-0973 Fax: (91) 3223-0799 EDITORA CÍRIOS ISSN: 1677-6968 CEP: 66033-800 Belém-Pará-Brasil www.paramais.com.br revista@paramais.com.br

O Papa Francisco

10

A água escorre literalmente pelo ralo, no banheiro

11

A cooperação pela água

TCE-PA reúne prefeitos no Hangar

16

A nova mulher do século XXI!

18

Simineral lança anuário mineral do Pará 2013

20

Ministério da Agricultura recebe o protocolo de produção do queijo marajoara

23

Mulher, deusa guerreira

27

A beleza de ser feminina

32

AIS.COM.BR WWW.PARAM

RÁ AR A PA PAR -P M--PARÁ M ÉMELLÉÉM BELÉM BEL B

MARÇO 2013

33 133 EDIÇÃO 13

R$ 8,00

28 Consumidores e Compra por impulso

Papa Francisco. Foto: Cortesia L’Osservatore Romano

Editora Círios, a única Editora do Norte associada a Associação Nacional de Editores de Revistas

O “espetáculo” das redes sociais FAVOR POR

Chocolate protege o cérebro CIC

Lembranças de um naturalista do futuro

I LE ESTA REV

O dilema Mulher x Balança

Nutrição, saúde, beleza e estética

Nesta Edição (133).indd 4

Pará+

s

Círio Editora

ANCISCO O PAPA FR NAL DE INTERNACIO 2013: ANO AÇÃO PELA ÁGUA R COOPE

10 direitos que os consumidores não conhecem

34 36 42 44

C A PA

RE

46

Provab levará mais de 100 médicos a 34 municípios do Estado

* Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores.

ST A

24

12

Revista

06

ÍNDICE DIRETOR e PRODUTOR: Rodrigo Hühn; EDITOR: Ronaldo Gilberto Hühn; COMERCIAL: Alberto Rocha, Augusto Ribeiro, Rodrigo Silva, Rodrigo Hühn; DISTRIBUIÇÃO: Dirigida, Bancas de Revista; REDAÇÃO: Ronaldo G. Hühn; COLABORADORES*: Ascom SPC, Ascom ANAD, Camillo Martins Vianna, Eduardo Shinyashiki, Ivan Postigo, Manoela Melo, Marcos Hiller, Roselake Leiros, Vanessa Cecatto; FOTOGRAFIAS: Arquivo L’Osservatore Romano; Arquivo UNESCO; Beta Solheiro; Carlos Sodré, Cristino Martins/Ag. Pará; Marcelo Martins, Raimundo Silva, Rosivan W. Duarte e Walter Coimbra; DESKTOP: Mequias Pinheiro; EDITORAÇÃO GRÁFICA: Editora Círios

968

2013: Ano Internacional de Cooperação pela Água

ISSN 16776

08

PA-538

Portal Amazônia

www.revistaamazonia.com.br

20/03/2013 15:15:24


Ponte sobre o rio Tigre e Catedral de Sรฃo Pedro no Vaticano

www.paramais.com.br

ANUNCIO TURVICAM.indd 5

Parรก+

5

20/03/2013 14:11:35


O Papa Francisco

A

Fotos Osservatore Romano e Roberto Stuckert Filho/PR

fumaça branca apareceu na chaminé no teto da Capela Sistina, no Vaticano, anunciando que os 115 cardeais eleitores tinham escolhido o nome do novo líder dos católicos. O conclave, em quinta votação secreta, escolheu o Cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio, como o novo Papa, sucessor de Bento XVI, à frente da Igreja Católica Apostólica Romana Os sinos da Basílica de São Pedro tocavam em festa e júbido. Apesar da chuva e do frio, a multidão vibrava aclamando o novo Papa, na Praça de São Pedro.

1973 e 1979, foi superior provincial dos jesuítas. Em fevereiro de 2001, foi nomeado cardeal por João Paulo 2º.

Primeiras palavras

“Parece que meus irmãos cardeais foram quase até o fim do mundo (para escolher um papa)”, disse ele, em tom de brincadeira, à multidão na praça de São Pedro em seu primeiro discurso. Ele convidou os fiéis “a tomarem o caminho da fraternidade, do amor” e “da evange-

No primeiro Ângelus

Jorge Mario Bergoglio

Arcebispo de Buenos Aires desde 1998, ocupou uma série de cargos na Cúria Romana. Nasceu em 17 de dezembro de 1936, filho de um funcionário da companhia de trens argentina. Formou-se técnico em química e aos 21 anos, passou a seminarista. Após sua ordenação como sacerdote, em 1969, realizou estudos de teologia e, entre Com seu grande amigo, Claudio Hummes, o inspirador de “Francisco”, na sacada da Basílica de São Pedro

Logo após ser eleito, ainda na Capela Sistina. Papa Francisco, o 266º pontífice da história, primeiro latino-americano, primeiro jesuíta, primeiro não europeu desde o século 8 e o primeiro proveniente do chamado Novo Mundo. É conhecido pela simplicidade, pela fidelidade à doutrina católica e por ser fã de futebol

A Benção “Urbis et Orbis”

lização” e pediu à multidão na praça de São Pedro um minuto de silêncio: “Rezem por mim e deem-me a vossa benção. Rezemos uns pelos outros, para que haja uma grande irmandade. Este caminho deve dar frutos para a nova evangelização”, afirmou. Em seguida proferiu a Benção “Urbis et Orbis” (para a cidade e para todo o mundo): Em primeiro lugar rezemos pelo meu antecessor o Papa Emérito Bento XVI: Pai nosso...! Façamos um caminho de fraternidade... Antes da minha bênção vos peço que rezeis a Deus por mim. (Momentos de profundo silêncio entre os milhares de peregrinos presentes na praça de S. Pedro em Roma). Abençoe-vos Deus todo Poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo.

Dirigindo-se a uma multidão de mais de 100 mil pessoas, o novo líder da Igreja Católica falou sobre misericórdia e sobre o perdão. “Deus jamais cansa de nos perdoar. Nós é que cansamos de pedir perdão”, disse o papa, da janela de seu apartamento no Vaticano. “Vocês já pensaram na paciência que Deus tem com cada um de nós? É a sua misericórdia. Ele nos compreende, nos recebe, não se cansa de nos perdoar se soubermos voltar a ele com o coração arrependido”, disse o papa.

Já como Papa, rezando na capela de Santa Mauria Maior

Jesus veio a terra com uma única missão, salvar a humanidade, ensinar a fé e a salvação. Sua ação se baseou em apenas uma palavra e suas variações. Amor, amar, amou, amará, amarmos uns aos outros como ele nos amou.

Uma Homenagem

A todos

Feliz Páscoa

Av. Alcindo Cacela, 4071 - Fone: (91) 3249-0882 - E-mail: fetracom@ig.com.br 06

Pará+

Habemus Papam.indd 6

www.paramais.com.br

20/03/2013 14:52:29

‘ ‘Re


A missa inaugural do pontificado O papa Francisco evitou a pompa, quebrou o protocolo para cumprimentar fiéis e diz que o verdadeiro poder de um Papa é o “serviço humilde, concreto e rico de fé”. “Queria pedir, por favor, a quantos ocupam cargos de responsabilidade em âmbito econômico, político ou social, a todos os homens e mulheres de boa vontade: sejamos ‘guardiões’ da criação, do desígnio de Deus inscrito na natureza, guardiões do outro, do ambiente; não deixemos que sinais de destruição e morte acompanhem o caminho deste nosso mundo”, disse Francisco. Ressaltou o respeito por cada criatura e por cada ser vivo, sempre ressaltando a necessidade de apego a Deus e à Igreja. Fez um

pedido pela defesa do meio ambiente: lembrando dos ensinamentos de São Francisco de Assis. “É ter respeito por toda a criatura de Deus e pelo ambiente onde vivemos. É guardar as pessoas, cuidar carinhosamente todas elas e cada uma, especialmente, as crianças, os idosos, aqueles que são mais frágeis e que muitas vezes estão na periferia do nosso coração. Francisco encerrou a missa com um pedido, que se transformou em sua marca. “Peço a intercessão da Virgem Maria, de São José, de São Pedro e São Paulo, de São Francisco, para que o Espírito Santo acompanhe o meu ministério, e, a todos vós, digo: ‘Rezai por mim!’ Amém”.

Sumo Pontífice pediu aos fiéis e chefes de Estados presentes que cuidem daqueles que têm “fome e sede” A presidenta Dilma com o Papa Francisco

O papa Francisco recebeu das mãos do decano do colégio cardinalício, Angelo Sodano, o anel de pescador, que simboliza o compromisso, a entrega e a dedicação do pontífice à frente Igreja Católica

‘ ‘Recordai sempre que o distintivo dos cristãos é dar testemunho audaz e valente de Jesus Cristo, mor to e ressuscitado pela nossa

salvação’’.

Feliz Páscoa!

m

www.paramais.com.br

Habemus Papam.indd 7

Pará+

07

20/03/2013 14:52:33


2013: Ano Internacional de Cooperação pela Água

O

ano 2013 foi declarado pelas Nações Unidas, o Ano Internacional de Cooperação pela Água. O objetivo deste Ano Internacional é conscientizar sobre a necessidade de cooperação por esse recurso e sobre os desafios no que diz respeito à gestão da água. Durante este ano, serão destacadas iniciativas de sucesso em cooperação pela água e serão trabalhados temas importantes como educação ambiental com foco na água, diplomacia sobre a água, gestão da água em regiões fronteiriças, cooperação financeira, redes legais nacionais e internacionais e suas conexões com os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Pegando carona no tema do ano internacional, neste ano, o Dia Mundial da Água, 22 de março, está sendo dedicado à temática da cooperação.

Por que cooperação pela água?

A água é essencial para a vida no planeta e para o desenvolvimento socioeconômico, porém, é um recurso limitado e distribuído de maneira desigual no tempo e no espaço. A demanda pela água tem crescido cada vez mais. Ela é necessária para satisfazer os mais diversos tipos de necessidades humanas, possuindo desde usos domésticos, até usos na produção de alimentos, geração de energia, produção industrial etc. A pressão por esse recurso ainda se agrava em decorrência da rápida urbanização, da poluição e das mudanças climáticas. Em todos os casos, a água é e deve ser dividida e isso gera oportunidade para que haja cooperação entre seus usuários. A co-

08

Pará+

2013 Ano Internacional de Cooperação pela Água.indd 8

operação pela água pode se dar de muitas formas, incluindo: a cooperação em regiões fronteiriças, onde a água de aquíferos e bacias hidrográficas é dividida entre duas ou mais regiões; a cooperação por meio da troca de informações, dados e conhecimentos; a cooperação técnica e financeira. Só através da cooperação pela água será possível assegurar a gestão adequada dos nossos recursos hídricos e garantir o benefício a todos. A cooperação é um veículo para estabelecer a paz e é um fundamento do desenvolvimento sustentável. A campanha “Water Cooperation 2013”, que abrange o Ano Internacional de Cooperação pela Água e o Dia Mundial da Água 2013, visa sensibilizar sobre os potenciais da cooperação pela água e seus desafios e facilitar o diálogo entre os atores, promovendo soluções inovadoras que favoreçam a cooperação pela água.

O que você pode fazer pela campanha?

Existem várias formas de ajudar na campanha “Water Cooperation 2013”. Você pode:

• Promover o Ano Internacional de Cooperação pela Água e o Dia Mundial da Água – divulgar a campanha entre seus contatos e suas redes de amigos, colocar o banner e a logomarca da campanha no seu site ou blog, curtir a fanpage da campanha e compartilhar seus posts, entre muitas outras formas de divulgação. • Conscientizar a respeito dos benefícios da cooperação pela água. • Reforçar e compartilhar o conhecimento relacionado com o tema. • Desenvolver as capacidades dos stakeholders. • Promover parcerias, diálogo e cooperação entre os stakeholders. • Agir a favor da cooperação pela água. • Fortalecer a cooperação internacional no que diz respeito à água, a fim de preparar o caminho para que sejam atingidos os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

A proposta é simples: ajudar o planeta a evitar o desperdício de recursos

>> Estima-se que apesar de 70% do planeta ser composto por água, apenas 2% deste recurso está atualmente disponível. No entanto, segundo a ONU, esta quantidade seria mais do que suficiente para que toda a população vivesse de forma digna, se não houvesse tanto “desperdício e poluição no mundo”. www.paramais.com.br

19/03/2013 09:30:10

G


Evite tomar banhos demorados. Cinco minutos de chuveiro são suficientes. Feche a torneira enquanto escova os dentes ou faz a barba.

Evite o desperdício

Para lavar o carro, use balde e pano, evitando o uso de mangueira, principalmente durante o período de estiagem.

Feche a torneira enquanto ensaboa a louça. Uma forma também de economizar é colocar água com detergente até a metade da pia e deixar a louça de molho. Depois de ensaboar, encha a pia com água limpa e enxague de uma vez.

>> O desperdício de água é um grande problema, uma vez que muitas pessoas utilizam a água de forma indevida e acabam promovendo o desperdício da mesma. Para que possamos economizar água é necessário que tomemos consciência da situação em que nos encontramos e comecemos a tomar medidas para evitar o desperdício de água. Lembrando que é necessário que tenhamos um cuidado especial com o desperdício da mesma, pois a água pode acabar em poucos anos. O problema do desperdício de água tem sido muito abordado, uma vez que é necessário que população se

Desde o início deste ano, estão sendo realizados muitos eventos, ações e iniciativas em torno do tema “cooperação pela água”. O

conscientize do problema e comece a tomar medidas para evitar o desperdício. Devemos ter em mente que é necessário evitar o desperdício de água para que as próximas gerações possam ter água limpa e potável. Pois nosso planeta possui uma grande quantidade de água, mas a mesma não é própria para o consumo e para que a água se torne potável é necessário que ela passe por um longo processo a fim de purificá-la. Para que você possa ajudar no combate ao desperdício de água é necessário que você siga algumas dicas, as quais irão te ajudar a gastar somente o necessário, veja ao lado:

engajamento geral, tanto individual como coletivo, é portanto, indispensável para disseminar o conhecimento e a consciência do

Guias Especializados desde Belém

CUBA

(HAVANA VARADERO & PANAMÁ)

8 Dias de excursão DESCOBRINDO O HAVAI

Viagens e Turismo www.aviztur.com.br

4008-0700 www.paramais.com.br

2013 Ano Internacional de Cooperação pela Água.indd 9

Não use o vaso sanitário como lixeira ou cinzeiro, porque, além de gastar mais água, os objetos despejados ainda podem causar entupimento. Procure manter a válvula de descarga sempre regulada para evitar o derperdício. Na hora de limpar a calçada use vassoura e balde com água. “Varrer” a calçada com a mangueira só traz desperdício.Para regar plantas, use sempre balde ou regador. Deixe acumular roupa para lavar de uma só vez. Só ligue a máquina quando ela estiver cheia. No tanque, mantenha a torneira fechada enquanto ensaboa e esfrega a roupa. Aproveite a água que usou para ensaboar as roupas para lavar o quintal. Verifique os vazamentos. Uma torneira mal fechada pode trazer muito prejuízo. Veja alguns exemplos de quanto uma torneira gasta pingando durante todo um dia: • Gotejanto - 46 litros • Aberta em 2mm - 4.512 litros • Aberta em 6mm - 15.400 litros • Aberta em 12mm - 33.984 litros

valor da cooperação pela água em escalas local, regional, nacional e internacional. Solte sua criatividade e inove!

LAGOS ANDINOS Santiago,Puento Montt,Puerto Varas,Saltos do Petrohué,Lago Todos os Santos ,Peulla,Travessiada Codilheira, Lado Frias,Lago Nahuel,Huapi, Barilhoche e Buenos Aires

MARROCOS, ESPANHA E PORTUGAL ABRIL/2013

Saída: 05/04/2013 Chegada: 18/04/2013

E O MELHOR DA COSTA OESTE DOS EUA (SÃO FRANCISCO & LAS VEGAS)

PEREGRINAÇÃO AOS SANTUÁRIOS EUROPEUS PORTUGAL, ESPANHA, FRANÇA & ITÁLIA.

DREAM IN DISNEY com NEW YORK, MIAMI e CRUZEIRO BAHAMAS

Saída: 28/05/2013 Chegada: 12/06/2013

Saída: 17/05/2013 Chegada: 02/06/2013

Saída: 09/07/2013 Chegada: 25/07/2013 Pará+

09

19/03/2013 09:30:14


A água escorre literalmente pelo ralo, no banheiro Itens com maior consumo de água em residências e dicas de como economizar.

C

onhecer o consumo de energia de cada aparelho eletrônico é fundamental na hora de economizar. Que tal usar a mesma lógica para a água, avaliando os itens em que a vazão é maior e pode ser controlada? Segundo o consultor Paulo Costa, da H2C, empresa especializada em programas de uso racional da água, em termos proporcionais, o banheiro é o local que concentra os maiores gastos: representam 73% do consumo total de uma residência. O grande vilão é o chuveiro (46%) que, dependendo do modelo, pode despejar de 8 a 20 de litros de água por minuto. “A ducha é responsável por quase metade da utilização de água em uma casa. Por isso, nunca é demais reforçar a importância de banhos rápidos, de não mais que cinco minutos”, alerta Paulo Costa. Outro item com representatividade é a bacia sanitária (14%), cujo consumo fica entre 12 e 18 litros por acionamento. Já os lavatórios têm gastos estimados em 13%. As torneiras da cozinha e da lavanderia representam, respectivamente, 14% e 13% do consumo total de uma casa. Para reduzir os gastos, algumas soluções são a instalação dos chamados equipamentos economizadores, como arejadores em duchas e torneiras, e a troca das bacias sanitárias por modelos de baixo consumo, que utilizam entre 3 e 6 litros de água por Na hora do banho…

descarga, conforme a necessidade. Paulo explica que atualmente há disponíveis no mercado uma infinidade de produtos voltados à economia no uso da água. A maioria é de fácil instalação e, por isso, pode ser executada pelo próprio consumidor. “Nenhuma troca de produto, porém, será eficiente se não for acompanhada de mudança de atitude. Evitar maus hábitos e vícios de desperdício é a maior contribuição que podemos oferecer para a conservação dos recursos hídricos. Vale lembrar que água tratada já é considerada um dos bens mais escassos do Planeta”, diz. Orientações para reduzir o consumo residencial de água.

No banheiro

• Grande vilão do consumo de água, o chuveiro pode ter a vazão reduzida pela metade com a instalação de um restritor. “Os modelos mais simples custam a partir de R$ 5”, informa o consultor da H2C. • Bacias sanitárias antigas devem ser substituídas por modelos de baixo consumo. “Desde 2003, por norma da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), os fabricantes passaram a disponibilizar bacias que gastam entre 3 e 6 litros de água, contra 18 litros dos modelos produzidos anteriormente”. • Torneira fechada na hora de escovar os dentes significa economia de mil litros água/mês. Paulo Costa recomenda também: “reduza o tempo de banho em 1 ou 2 minutos e gaste até 540 litros de água a menos por mês”.

Chuveiro é o grande vilão do consumo de água

• Atitude exemplar na cozinha é jamais lavar os pratos com a torneira aberta. O consultor indica: “enquanto estiver lavando a louça, não deixe a água escorrer. Encha uma vasilha com água de lavar e outra com água de enxaguar”.

Na área de serviço

• As torneiras da lavanderia também podem ganhar restritores de vazão, que vão diminuir de 12 litros/minuto para 6 litros/minuto o consumo de água. • Máquina de lavar, independente do modelo, deve sempre ser colocada para funcionar cheia e na capacidade máxima. “Com essa atitude simples, a economia de água no final do mês pode chagar a 3,6 mil litros de água.

Na cozinha

010 Pará+

A água escorre literalmente pelo ralo, no banheiro.indd 10

• Além de reguladores de vazão nas torneiras, outra opção para gerar economia são os arejadores. “O equipamento mistura ar à água, aumentando a sensação de volume”, explica Paulo.

Torneira fechada na hora de escovar os dentes

www.paramais.com.br

19/03/2013 09:32:48


A cooperação pela água S egundo a UNESCO, a humanidade não pode prosperar sem a cooperação no manejo da água, e o desenvolvimento da assistência pelos recursos hídricos envolve uma abordagem que reúne fatores e disciplinas culturais, educacionais e científicas e deve cobrir diversas dimensões: religiosa, ética, social, política, legal, institucional e econômica. A cooperação pela água assume muitas formas, desde a parceria através de fronteiras para o manejo de aquíferos subterrâneos e bacias fluviais compartilhados, até o intercâmbio de dados científicos, à parceria em uma vila rural para a construção de um poço ou para o fornecimento de água potável por meio de redes urbanas. O Ano Internacional de Cooperação pela Água, em 2013 vai e está encorajando partes interessadas nos níveis internacional, regional, nacional e local a agir em prol do acesso aos recursos hídricos. Dentre os objetivos estratégicos da campanha estão a conscientização sobre a importância e benefícios para assistência ao acesso a água e a promoção de ações concretas e inovadoras em prol da cooperação neste setor. Embora a Terra seja constituída por 70% de água, apenas cerca de 2% do recurso está disponível para consumo. Mesmo parecendo baixo, esse percentual seria suficiente para abastecer todo o planeta. Entretanto, por causa da poluição, da desvalorização e da falta de conscientização, a água potável existente não chega a todas as partes do planeta. Resultado desta utilização errada, a água tornou-se um recurso escasso, apesar de ser um bem comum a toda a população. A cooperação pela água tem múltiplas dimensões, incluindo os aspectos culturais, educacionais, científicos, religiosos, éticos, sociais, políticos, jurídicos, institucionais e econômicos. Uma abordagem multidisciplinar é essencial para entender as várias facetas implícitas no conceito e para misturar essas peças em uma visão holística. Além disso, para ser bem sucedida e duradoura, a cooperação pela água precisa de um entendimento comum do que sejam as necessidades e os desafios em torno da água. Construir um consenso sobre as respostas www.paramais.com.br

A cooperação pela água.indd 11

adequadas a estas questões é o foco principal do Ano Internacional e do Dia Mundial da Água em 2013.

veis internacional, regional, nacional e local a agir em prol da Cooperação pela Água. A campanha irá gerar um momentum para além do Ano em si; haverá por todo o mundo esforços de conscientização quanto ao potencial e aos desafios da cooperação pela água que facilitarão o diálogo entre atores e promoverão soluções inovadoras para a manutenção da cooperação pela água.

A Campanha Cooperação pela Objetivos e mensagens principais Água 2013 tem como foco cinco objetivos estratégicos: do Ano Internacional da Cooperação pela Água

O Ano Internacional da Cooperação pela Água encoraja partes interessadas nos ní-

1. Conscientizar sobre a importância, os benefícios e os desafios da cooperação em questões relacionadas à água; 2. Gerar conhecimento e construir capacidades em prol da cooperação pela água; 3. Provocar ações concretas e inovadoras em prol da cooperação pela água; 4. Fomentar parcerias, diálogo e cooperação pela água como prioridades máximas, mesmo após 2013; 5. Fortalecer a cooperação internacional pela água para abrir caminho para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável defendidos por toda a comunidade que trata sobre água e atendendo às necessidades de todas as sociedades.

A cooperação pela água constrói paz

O acesso à água pode ser fonte de conflito, mas também é um catalisador de cooperação e construção da paz. A cooperação por uma questão tão prática e vital quanto o manejo da água pode ajudar a superar tensões culturais, políticas e sociais, e pode criar confiança entre diferentes grupos, comunidades, regiões ou estados. O acesso à água pode ser fonte de conflito, mas também é um catalisador de cooperação e construção da paz. A cooperação por uma questão tão prática e vital quanto o manejo da água pode ajudar a superar tensões culturais, políticas e sociais, e pode criar confiança entre diferentes grupos, comunidades, regiões ou estados. Pará+

11

19/03/2013 09:33:59


CAPACITAÇÃO

TCE-PA reúne prefeitos no Hangar

I

mprobidade administrativa, transição de governo, prestações e tomadas de contas, entre outros temas relativos à gestão pública municipal e a celebração de convênios e contratos com o governo estadual, fizeram parte da programação da segunda edição do Ciclo de Aperfeiçoamento da Gestão Pública, evento realizado pelo Tribunal de Contas do Estado do Pará (TCE-PA), direcionado para prefeitos, gestores e demais servidores e técnicos da administração pública municipal de todo o estado do Pará. O evento reuniu mais de trezentos participantes no Hangar – Feiras e Convenções da Amazônia, superando as expectativas dos organizadores e trazendo à capital paraense representantes dos quatro cantos do estado. Entre os presentes, mais de setenta prefeitos participaram do evento, cujo principal objetivo, de acordo com o presidente do TCE-PA é “capacitar, informar e orientar a efetiva e regular gestão dos recursos públicos estaduais”.

A coordenação dividiu os participantes das 12 regiões de integração do Estado em dois grupos. O primeiro esteve presente na

Com objetivo de capacitar, informar e orientar a efetiva e regular gestão dos recursos públicos, o Tribunal de Contas do Estado do Pará (TCE-PA) realizou nos dias 06 e 07 de março, no Hangar- Convenções e Feiras da Amazônia, mais uma edição do evento “Ciclo de Aperfeiçoamento da Gestão Pública”.

Presidente do TCE-PA Cons. Cipriano Sabino com prefeitos de vários municipios do Estado

12

Pará+

TCE-PA reúne prefeitos no Hangar.indd 12

www.paramais.com.br

19/03/2013 09:35:18


Conselheiro Cipriano Sabino, presidente do TCE, deu boas vindas para os gestores municipais

quarta-feira 06, e o segundo foi capacitado na quinta-feira 07, último dia do encontro. As palestras e palestrantes foram semelhantes para todos os participantes.

Abertura Oficial

Na cerimônia de abertura, o presidente conselheiro Cipriano Sabino falou sobre a importância da realização de eventos desHangar lotado no Ciclo de Aperfeiçoamento

www.paramais.com.br

TCE-PA reúne prefeitos no Hangar.indd 13

ses gêneros. “É mais uma iniciativa de grande relevância. O Tribunal está cumprindo seu papel constitucional, através de um trabalho preventivo e de orientação aos nossos jurisdicionados. Ou seja, esse Ciclo de Aperfeiçoamento vem reunindo vários gestores municipais, para que haja uma melhor aplicação do recurso público estadual”.

“Essa é uma oportunidade muito grande para nós gestores, pois muitas vezes,

Durante a programação do evento, foram abordados temas como: “Improbidade Administrativa”, “Transição de Governo”, “Prestação de Contas de Convênios e alterações relevantes do Regimento Interno do TCE”, “Prestação e Tomadas de Contas julgadas Irregulares e suas repercussões” e, ainda, aspectos sobre a importância do controle Interno na Administração Pública.

Pará+

13

19/03/2013 09:35:26


Mesa Oficial no 1º dia do Ciclo de Aperfeiçoamento

o erro na prestação de contas ocorre pela falta de informação e orientação dos órgãos responsáveis. A expectativa é boa, pelo fato de termos a chance de aprimorar nosso conhecimento sobre como utilizar o dinheiro público”, disse o prefeito de Paragominas, Paulo Tocantins.

Idealizador do evento, o conselheiro Nelson Chaves, também ressaltou em seu discurso a satisfação de participar do encontro. “É uma alegria enorme ver esse auditório lotado. Um sonho pequeno, mas que com o apoio fundamental dos meus colegas, foi transformado em uma grande realidade”.

Cons Nelson Chaves propositor do Ciclo de Aprefeiçoamento saúda os participantes

Chaves completou sua fala dizendo que o objetivo precisa ser o mesmo para todos que lidam com o recurso público. “Esse evento é a chance de aprender tudo o que seja necessário, para que o dinheiro seja empregado corretamente. Ou seja, em favor da sociedade do Estado do Pará”, finalizou.

Autoridades presentes no 1º dia do Ciclo de Aperfeiçoamento

14

Pará+

TCE-PA reúne prefeitos no Hangar.indd 14

www.paramais.com.br

19/03/2013 09:35:40


Mesa Oficial no 2º dia do Ciclo de Aperfeiçoamento

O evento também teve por finalidade orientar prefeitos, secretários municipais, assessores e gestores responsáveis pelas áreas de controle interno, prestação de contas, assessoria jurídica e gestores dos fundos municipais. Mesa Oficial Participaram da abertura oficial do II Ciclo de Aperfeiçoamento os conselheiros Cipriano Sabino, presidente do TCE, Luis Cunha, vice -presidente, Lourdes Lima e Nelson Chaves, idealizador do encontro. Compuseram também a mesa oficial o procurador geral do Ministério Público de Contas, Antônio Maria Cavalcante, o secretário de Estado de Emprego e Renda, Celso Sabino de Oliveira, a coordenadora geral de planejamento e gestão de Belém, Teresa Cativo, representando o prefeito Zenaldo Coutinho, o prefeito de Paragominas Paulo Tocantins e o presidente da FAMEP, Hélder Barbalho.

Auditor do TCE-PA, Julival Rocha explicou sobre as obrigações de uma Transição de Governo www.paramais.com.br

TCE-PA reúne prefeitos no Hangar.indd 15

Dra. Marta Bembom falou sobre Improbidade Administrativa Mais de setenta prefeitos participaram do evento

No encerramento do ciclo, os prefeitos presentes receberam relatórios dos seus respectivos municípios sobre a situação dos processos de prestação de contas de convênios firmados com o Estado. Pará+

15

19/03/2013 09:35:52


Provab levará mais de 100 médicos a 34 municípios do Estado Fotos Cristino Martins/Ag. Pará

O

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, no lançamento da segunda edição do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab),na Universidade Federal do Pará (UFPA)

Zenaldo ressaltou a importância do Provab para o Estado e a parceria do município com o Ministério da Saúde

Municípios que serão contemplados com médicos do Provab >> No Pará, os médicos foram alocados em Abaetetuba, Acará, Ananindeua, Augusto Corrêa, Bannach, Barcarena, Belém, Benevides, Cametá, Canaã dos Carajás, Castanhal, Colares, Conceição do Araguaia, Curuçá, Igarapé-Açu, Limoeiro do Ajuru, Mãe do Rio, Medicilândia, Muaná, Novo Reparti16

Pará+

Provab levará mais de 100 médicos a 34 municípios do Estado.indd 16

lançamento da segunda edição do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab),na Universidade Federal do Pará (UFPA), com a presença do Ministro da Saúde,Alexandre Padilha, e do prefeito de Belém,Zenaldo Coutinho, foi marcado pela certeza de melhorias para a saúde pública do estado e do município. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, reafirmou a parceria com Belém e demais municípios paraenses que integram a segunda edição do Provab e esclareceu os dois principais objetivos do programa: garantir o atendimento médico nos lugares onde nunca houve ou cuja permanência é mínima e proporcionar aos profissionais uma melhor preparação durante a sua formação. “É muito gratificante ver que nesta segunda edição o interesse pelo programa aumentou. Em 2011, um total de nove médicos se inscreveram para participar pelo Pará, e agora são 114. Além disso, muito mais que permitir aos residentes a oportunidade de acompanhar a evolução do seu próprio trabalho, esta mudança mudará o cenário da saúde em todo o país”, previu Padilha. No seu discurso, o prefeito de Belém ressaltou a importância do programa para o Estado e a parceria do município com o Ministério da Saúde. “Além de Belém ter aderido de imediato ao programa do Ministério da Saúde, ficamos felizes ao perceber que estamos caminhando na mesma direção, di-

mento, Óbidos, Parauapebas, Portei, Redenção, Santa Bárbara, Santarém, Santo Antônio do Tauá, São Félix do Xingu, São João da Ponta, São Miguel do Guamá, Soure,Tailandia, Tucurui e Vigia www.paramais.com.br

19/03/2013 09:41:52


E também conversamos sobre a regulamentação da urgência e emergência na capital, para que, além de ampliar o serviço de atendimento médico, possamos orientar e capacitar ainda mais os nossos profissionais, para que atendam tanto os pacientes de Belém quanto os de outros municípios, sempre que necessário”, concluiu.

Ministro da Saúde conhece Unidade de Saúde da Família na Ilha do Combu Alexandre Padilha e o médico Fábio Leite, formado pela Universidade do Estado do Pará (Uepa), selecionado para atuar no Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab).

ria até de mãos dadas, no que diz respeito à valorização profissional e o atendimento à população”, disse.

Zenaldo destacou ainda a ampliação de 40 para 100 médicos no programa Saúde da Família, o que considera um desafio e uma necessidade urgente para Belém e,além disso, garantiu para ainda no primeiro semestre deste ano a criação da Unidade Básica de Saúde Fluvial (UBS Fluvial), com apoio da Marinha, para romper a deficiência natural da região das ilhas, que é a dificuldade de acesso, e levar saúde à população ribeirinha. “Tive a oportunidade de conversar com o ministro Alexandre Padilha, sobre a construção de um novo Pronto Socorro Municipal, que deve desafogar o PSM do Umarizal.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, visitou a Unidade de Saúde da Família na Ilha do Combu, que integra a parte insular de Belém, beneficiada com um médico do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab). A visita foi acompanhada pela secretária adjunta de Saúde Pública, Heloísa GuimaOs 114 médicos que atuarão no Pará pelo Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab) estavam no laçamento

rães, pelo prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, e pelo secretário municipal de Saúde de Belém, Joaquim Ramos, além do secretário de Atenção à Saúde, Helvécio Magalhães, e do secretário de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, Mozart Sales. O deslocamento da comitiva foi feito em embarcação cedida pela Marinha. Na Unidade de Saúde, que atende cerca de 30 pessoas por dia, Padilha conheceu todas as instalações - consultórios, sala de imunização, curativos e sala de esterilização. O médico Fábio Leite, formado pela Universidade do Estado do Pará (Uepa) e se-

Tel.: (91) 3255-1246 BR 316 km 09, 1604 Centro - Ananindeua - Pa www.paramais.com.br

Provab levará mais de 100 médicos a 34 municípios do Estado.indd 17

O ministro Alexandre Padilha, o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, na visita a Unidade de Saúde da Família na Ilha do Combu

lecionado para atuar na Unidade de Saúde, disse que suas expectativas são as melhores possíveis sobre o trabalho diário na ilha. Fábio Leite e mais 113 médicos selecionados no Pará vão trabalhar durante 12 meses na Atenção Básica, sob a supervisão de instituições de ensino superior e acompanhamento de gestores locais, ao mesmo tempo em que cursarão especialização em Atenção Básica, por meio de Educação a Distância (EAD), conduzida pela Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (Uma-SUS). Todos os médicos serão avaliados trimestralmente. Além da bolsa, no valor de R$ 8 mil, garantida pelo Ministério da Saúde, o médico participante poderá conquistar até 10% de acréscimo na pontuação nos processos seletivos para Residência Médica. Fábio Leite informou que pretende fazer Residência em Oftalmologia. O ministro Alexandre Padilha conversou com moradores da Ilha do Combu, que esperavam atendimento na Unidade de Saúde

www.planopas.com.br ananindeua@planopas.com.br Pará+

17

19/03/2013 09:41:56


Simineral lança anuário mineral do Pará 2013

18

Pará+

Simineral -

Simineral lança anuário mineral do Pará 2013.indd 18

Anuario 2013

- Capa 506

7 mm Sangria x 316 mm -

a - Completo.indd

- 20mm Lombad

Anuário Mineral do Pará 2013

2013

A nova versão vem com uma linguagem mais didática e com o dobro do número de

L DO PARÁ

parte deste sindicato e que buscam, com o lançamento do 2º Anuário Mineral do Pará, estabelecer um vínculo cada vez mais forte de aprendizado e de conhecimento do que é a mineração e o que ela significa para o desenvolvimento da sociedade”. “Queremos formar a geração da mineração”, finalizou o presidente do Simineral. Sidney Rosa, representando o Governo do Estado, falou dos avanços e desafios da Mineração no Estado, lembrando que o Governo do Pará tem se empenhado para oferecer aos empreendedores não apenas a facilitação das licenças, dos incentivos e de todos os mecanismos que possam atrair investimentos, como também, com responsabilidade, tem criado “um bom ambiente de negócios, que José Fernando Gomes possa repercutir para o povo Júnior, presidente do Simineral, com o do Pará o que essa enorme anuário mineral do atividade econômica já proPará 2013 duz”.disse também “precisamos avançar na tão sonhada verticalização”, referindo-se à construção da Aços Laminados do Pará (Alpa) da Vale, e do polo metal-mecânico de Marabá. Davi Leal, titular da Secretaria de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom), destacou que esse é um momento importante, onde o Pará, segundo estado minerador do país, se sobressai na pro-

dução mineral. A previsão é de que, dentro de cinco anos, o Pará esteja liderando o ranking nacional. Durante o evento, o Simineral também entregou o prêmio Minerador Destaque, ao minerador aposentado da Vale, José Carlos Gomes Soares, e a primeira comenda Minerador Honorário, ao deputado Raimundo Santos, presidente da Frente Parlamentar de Apoio à Mineração da Assembleia Legislativa do Estado. Ainda ocasião, o Simineral lançou o segundo Concurso de Redação da Mineração, que este ano será realizado em dose dupla, contemplando as escolas públicas de Belém, com apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), e escolas públicas do interior do Estado, com apoio da Secretaria Estadual de Educação (Seduc). O concurso terá como tema ‘As riquezas minerais do Estado do Pará e os desafios para o desenvolvimento local’.

O MINERA

C

om o tema “Minérios de nossa terra, riquezas para nossa gente”, a segunda edição do Anuário Mineral do Pará foi lançada pelo Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral), no Coliseu das Artes do Espaço São José Liberto. Na solenidade estavam presente, o secretário especial de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção, Sidney Rosa, como representante do governo do Estado; presidente da Alepa, deputado Márcio Miranda; presidente do Ibram, José Fernando Coura; o diretor global de Energia da Vale, João Coral, entre outras autoridades e convidados. O Espaço São José Liberto estava lotado. Em seu pronunciamento, José Fernando Gomes Júnior, presidente do Simineral, disse que o anuário apresenta ao público “o desempenho do setor mineral na balança comercial, saldo de exportações, geração de empregos, projetos de responsabilidade social, ações de sustentabilidade e futuros investimentos na região”.“Esse momento que estamos vivenciando é um marco para o engrandecimento do setor mineral e da população do Estado do Pará. Ele representa os anseios da diretoria e de todos que fazem

José Fernando Gomes Júnior, presidente do Simineral, ressaltou que o 2º Anuário estabelece um vínculo mais forte de aprendizado e de conhecimento sobre a mineração

2º ANUÁRI

Fotos S3A FOTOGRAFIA/ DIVULGAÇÃO IGAMA

26/02/2013

www.paramais.com.br

1

19/03/2013 09:46:28

10:00:06


Durante a solenidade Deputado Raimundo Santos, recebeu a primeira comenda Minerador Honorário

José Carlos Gomes Soares, minerador aposentado da Vale, recebeu o prêmio Minerador Destaque Com o tema “Minérios de nossa terra, riquezas para nossa gente”, a segunda edição do Anuário Mineral do Pará foi lançada no Coliseu das Artes, no Espaço São José Liberto

o rinh Anua ação R A, ner da RmIOiS DA NONSOSASSTAERGENTE

TIL INFAN

MINÉ AS PARA EZ RIQU

s

ciada

asso

PA S S

resas

Emp

AT E M

POS

PRA BOM A Ç CABE

L

A INER

– SIM rg.br Pará 1536 eral.o , do do .simin Esta i Barbosa www is do u inera vessa R -10 5M s 1 a -405 ra dústri ração – T 1.115/000 91-3230 In s 4 e da Tel: icato sa da Min NPJ: 08.8 5-220 – Sind C Ca 603 ral.org.br 6 : P e E ará C ww.simin w m–P Belé

exemplares – serão distribuídos cerca de três mil. Outra novidade será o lançamento do Anuário, além da capital, nos municípios de Barcarena, Paragominas, Rondon do Pará, Castanhal, Porto Trombetas, Terra Santa, Juruti, Santarém, Ourilândia do Norte, Parauapebas, Canaã dos Carajás, Curionópolis e Marabá, abrangendo as regiões sudeste, oeste e nordeste do Estado. “Vamos minerar pelo Pará, difundindo as informações sobre o setor mineral para que a população se aproprie desse conhecimento e entenda o quanto a mineração está presente no seu cotidiano e de que forma essa atividade vem contribuindo para o desenvolvimento do estado”, informou o presidente do Simineral.

China, Japão e Coréia do Sul foram os três maiores mercados compradores de bens minerais produzidos no Pará. As exportações para a China representaram 37% das exportações totais de bens minerais do estado. A cadeia produtiva mineral, segundo projeções do Simineral, respondeu por 255 mil empregos diretos e indiretos. Ainda segundo o Sindicato, para cada emprego direto criado na indústria de mineração, outros 13 postos de trabalhos são criados ao longo do setor produtivo. MAPA MINERAL DO PARÁ

Mapa Mineral do Pará

Balanço

26/02/2013

10:00:06

>> O sindicato apresentou também o “Anuarinho da Mineração”, versão para o público infantil. A publicação vem com 10 páginas, contendo ilustrações, caça-palavras, passatempo, jogos de erros e outras ferramentas lúdicas para transmitir, de forma didática e divertida, informações sobre mineração. ‘Acreditamos no potencial dessa ferramenta para formar futuras gerações para a mineração. A expectativa é de que sejam distribuídos cerca de 7 mil exemplares para escolas públicas municipais e estaduais.

O show da cantora paraense Liah Soares foi uma das atrações do lançamento do Anuário

De acordo com o Simineral, dos US$ 14,7 bilhões em exportações totais do estado em 2012, as indústrias de mineração e transformação mineral responderam por 89% deste valor, ou seja, US$ 13,1 bilhões. O segmento líder foi o da indústria de mineração, com US$ 10,515 bilhões exportados no ano passado. O minério de ferro foi o carro-chefe da produção e exportação mineral paraense, representando 67% do total de bens exportados pela cadeia produtiva mineral.

98

Pará+

www.paramais.com.br

Simineral - Anuario 2013 - Capa 506 x 316 mm - 7 mm Sangria - 20mm Lombada - Completo.indd 98

Simineral lança anuário mineral do Pará 2013.indd 19

INTO LABIR UE E-LIG LIGU AVRA -PAL TAS C AÇA DIRE RAS FIGU

19

26/02/2013 10:03:36

19/03/2013 09:46:35


Ministério da Agricultura recebe o protocolo de produção do

queijo marajoara A mesa oficial da solenidade

Texto Leni Sampaio Fotos Carlos Sodré /Ag. Pa

O Momento foi considerado histórico pelos queijeiros marajoaras

Durante a cerimônia realizada no Hangar Centro de Convenções

queijo do Marajó é o primeiro produto artesanal do Pará a ter um protocolo de produção que permitirá sua comercialização em todo o território nacional. O documento, concluído em dezembro do ano passado, foi entregue para análise e aprovação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em cerimônia realizada no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia. O momento foi considerado histórico pelos queijeiros marajoaras, que há séculos lutam pela certificação do produto que tem

F

Bo A P

Queijo marajoara com Cipó d´alho no pão, delícia da Fazenda São Jerônimo 20

Pará+

Ministério da Agricultura recebe o protocolo.indd 20

www.paramais.com.br

20/03/2013 14:59:49

Rua Fon ww esp


Vilson Schubert, destacou a importância do selo para a autoestima do produtor, que agora terá mais incentivo para legalizar o seu negócio

valor histórico, econômico, social e cultural para a região. O protocolo de produção do queijo do Marajó foi elaborado por técnicos da Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri), Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) e Serviço Brasileiro de

Hildegardo Nunes, secretário de Agricultura, destacou o ineditismo do protocolo que foi o projeto piloto no Brasil e será referência para a regularização da produção artesanal brasileira

Apoio à Pequena e Média Empresa (Sebrae). A aprovação do Mapa deverá sair até o fim deste ano. O superintendente federal de Agricultura Andrei Castro recebeu o protocolo e prometeu entregar nas mãos do ministro da Agri-

Andrei Castro, superintendente federal de Agricultura (c) recebeu o protocolo das mãos de Hildegardo Nunes, secretário de Agricultura (e) e Vilson Schubert, superintendente do Sebrae (d)

Floricultura

cultura, Mendes Ribeiro Filho, assim que ele retornar de sua viagem ao exterior. Para ele o documento não é importante apenas para o Pará, mas para o todo o país. “As belezas naturais do Marajó foram divulgadas recentemente na novela da Globo, agora vamos conhecer a sua culinária”, disse Andrei. O secretário de Estado de Agricultura, Hildegardo Nunes, destacou o ineditismo do protocolo que foi o projeto piloto no Brasil e será referência para a regularização da produção artesanal brasileira. Os produtores também participaram da elaboração do protocolo na base do diálogo e negociação. “É preciso entender a realidade do mundo rural e mudar as regras estabelecidas porque a sociedade também mudou”, disse Hildegardo. O secretário lembrou ainda a influência da decisão política do governador Simão Jatene, que resultou na aprovação, pela Assembleia Legislativa do Pará, em 2011, da lei estadual que normatiza a produção artesanal animal e vegetal. Para o secretário Especial de Produção,

Aos nossos Amigos e Clientes Uma Feliz e Abençoada Páscoa

Homenagem

s Bouquêt’ s jo Arran Pelúcias

Bombons Coroas Decoração Presentes

Rua Boaventura ,795 - Umarizal Fone/Fax: (91) 3212-9444 / 4141-7977 www.espacoflores.com.br espacoflores@gmail.com www.paramais.com.br

Ministério da Agricultura recebe o protocolo.indd 21

Clínica Médica - Cirurgica - Ginecológica Laboratório de Análizes - Ultrassonografia

A SAÚDE DA SUA FAMÍLIA EM 1º LUGAR Av. Pedro Miranda, 1.401 - Pedreira - Belém (91) 3233-1035 / 3244-8096 Pará+

21

20/03/2013 14:59:55


Sydnei Rosa, que representou o governador Simão Jatene, o produtor tem que saber qual o mercado que ele quer ou pode atingir. “Temos mercado garantido para a nossa produção e, nesse contexto, a certificação é importante. Futuramente o governador quer ver o controle social da produção, mas a iniciativa tem que partir dos produtores”, alertou. Já o superintendente do Sebrae Pará, Vilson Schubert, destacou a importância do selo para a autoestima do produtor, que agora terá mais incentivo para legalizar o seu negócio. “Ele encara o consumidor consciente de que está oferecendo um produto de qualidade e com isso sabe que vai se firmar no mercado”, destacou. O diretor geral da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), Mario Moreira, e o diretor operacional do órgão, Sálvio Silva, anunciaram a criação do registro que tira os produtos artesanais da clandestinidade e legaliza a sua venda em todo o Pará. Para isso os produtores devem se cadastrar na agência de seus municípios e iniciar o processo de habilitação, que dura cerca de 30 dias. O primeiro registro foi entregue ao produtor Carlos Augusto Gouveia, da fazenda Mironga, em Soure, que recebeu

Sair da clandestinidade era um sonho antigo

o certificado durante a solenidade. Foi feita também a entrega simbólica de certificados para produtores que fizeram o curso de Manipulação de Alimentos ministrado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). O queijeiro Wilson Nascimento, de Salvaterra, espera pela aprovação do protocolo do queijo do Marajó para aumentar as vendas e investir no melhoramento do rebanho. “Há muito tempo esperamos por esse selo

para vender em outras regiões e expandirmos nossos negócios”, disse o produtor. Para o presidente da Associação Paraense dos Criadores de Búfalos, Roberto Fonseca, “sair da clandestinidade era um sonho antigo. Agora vamos lutar pela certificação geográfica do queijo e a certificação orgânica da carne de búfalo para alavancar a economia do Marajó”. (*) Sagri

<<

A aprovação do Mapa deverá sair até o fim deste ano

O queijo do Marajó pronto para ser vendido

HOME

OFFICE

AUTO

LAVAGEM À SECO E IMPERMEABILIZAÇÃO DE ESTOFADOS EM GERAL HIDRATAÇÃO E HIGIENIZAÇÃO DE BANCOS EM COUROS

(91) 8113-7202 / 8180-7222 22

Pará+

Ministério da Agricultura recebe o protocolo.indd 22

Imperbel www.paramais.com.br

20/03/2013 15:00:00


Quando pensamos em mulheres guerreiras nos vem à mente a lenda das Amazonas

Mulher, deusa guerreira

A

Texto Ivan Postigo*

história dos povos mostra que as sociedades matriarcais são mais pací�icas do que as patriarcais, onde a cultura belicosa - apropriação de territórios e o subjugo dos derrotados - se faz presente. No sudoeste da China, na fronteira entre as províncias de Yunnan e Sichuan, existe um belo lago de água doce, o lago Lugu, onde se encontra uma das mais antigas sociedades matriarcais ainda remanescentes. Um fato notável para registro: “Além do comando feminino, o povoado desta região destaca-se pela ausência de criminalidade.” Mostram os fatos que as Culturas Matriarcais, por serem pací�icas, também foram dominadas com mais facilidade pela força bruta. Quando pensamos em mulheres guerreiras nos vem à mente a lenda das Amazonas. As amazonas eram mulheres guerreiras gregas. Ficaram famosas por terem se mostrado grandes guerreiras e líderes sociais, além de serem os primeiros humanos a adestrarem cavalos e cavalgá-los. Por essa razão o termo “amazonas” denomina mulheres que cavalgam. Há uma mulher, pouco conhecida, cuja história merece ser contada: Boudica. Boudicca era conhecida pelos romanos como Boadicea. Pouco se conhece da sua origem, calculase que nasceu por volta do ano 30 a.C. Quem

www.paramais.com.br

Mulher, deusa guerreira.indd 23

sabe tenha se chamado Boudiga, uma referência à deusa Celta da Vitória. Casada com o rei Prasutagus, era rainha dos Icenos, uma tribo dos Celtas. Tinha duas �ilhas. Com a morte do marido, o povo Iceno passou a ser atacado pelos romanos, e ela e as �ilhas foram barbaramente torturadas por não aceitarem o domínio estrangeiro. Enquanto era castigada em público, desnudada e espancada, as �ilhas eram estupradas pelos soldados. Por ordem do Imperador Nero suas terras foram con�iscadas e seu povo escravizado. Essa crueldade alimentou seu ódio e raiva e criou a lendária guerreira que uniu tribos opositoras que viviam em constante luta. À frente de cem mil integrantes, acompanhada das �ilhas, aterrorizou o mundo romano. Estes se sentiam duplamente agredidos Boudicca conhecida pelos romanos como Boadicea

ao lutarem com os Celtas comandados por uma mulher, que tinha em seu exército pessoas de ambos os sexos. As guerreiras, destemidas, lançavam-se ao combate com uma coragem impressionante. A primeira batalha, na atual Colchester, durou alguns dias, e os romanos que escaparam com vida fugiram para a atual Londres. O governador da Britania, general Gaius Suetonius Paulinus, ao saber do confronto fugiu com a sua Legião e os mais próximos, abandonando os demais à própria sorte. Três cidades foram totalmente devastadas nessa caminhada: as atuais Colchester, Londres e Alban. A simples menção do nome da Rainha Ultrajada era su�iciente para causar pânico na região. Boudica foi vencida pelo general romano Gaius Suetonius Paulinus, que reagrupou as tropas, na famosa batalha em Watling Street. Não se conhece o seu destino e de suas �ilhas. Diz a lenda que foi feita prisioneira, envenenando-se por não aceitar a condição de escrava, outros relatos falam de sua morte no campo de batalha. A Rainha Guerreira dos Icenos desapareceu da história por séculos. Seus feitos foram resgatados no século XVI pela Rainha Isabel I, transformando-a em ícone histórico. Sua estátua está junto ao Big Ben. (*) Diretor de Gestão Empresarial

Pará+

<<

23

19/03/2013 10:15:06


A nova mulher do século XXI ! Texto Roselake Leiros*

O

Dia Internacional da Mulher é uma data que remete à re�lexões. A mulher mudou mesmo? Como é essa nova mulher do sec. XXI, da nova Era de Aquário? Qual a sua contribuição na sociedade? No passado, a mulher era educada para desempenhar apenas as três funções básicas: esposa, dona de casa e mãe. Porém, com o passar do tempo e o desenvolvimento da sociedade a mulher assume diferentes papéis, e atua nos mais variados contextos de vida, fazendo sempre uma grande diferença para ela mesma e para o mundo. Ainda existem pessoas com essência machista, que pensam que as mulheres não são capazes de realizar tarefas antes julgadas tipicamente masculinas

24

Pará+

A nova mulher do século XXI!.indd 24

As mulheres, de forma geral, conquistaram grande respeito na sociedade como um todo a partir da sua atuação de excelência nos mais variados contextos da vida, desempenhando múltiplos papéis e até conquistando espaços nunca antes imaginados pelo feminino. Apesar disso, sabemos também que ainda tem muitas mulheres que se intimidam ou resistem a se expressar com toda a sua grandeza, muitas vezes em virtude da incompreensão de alguns pontos. Assim, a coach e especialista em comportamento humano, Roselake Leiros, diretora da CrerSerMais-Desenvolvimento Humano, lista 10 sugestões para se obter o sucesso na vida multitarefa feminina: *Conquista de espaços – Mesmo no século XXI, ainda existem pessoas com essência machista, que pensam que as mulheres não são capazes de realizar tarefas antes julgadas tipicamente masculinas. Em situações assim, a melhor saída é impor-se com elegância e sutileza, revelando todo o seu potencial e conquistando o que é seu de direito. *Polivalência – Ao mesmo tempo exercer o papel de mãe, �ilha, esposa, pro�issional, estudante, cidadã, entre outros, mas mantendo sempre a responsabilidade de

Cuide sempre de você e daqueles que ama, com atenção e carinho

www.paramais.com.br

19/03/2013 10:20:42


desenvolver o seu EU integralmente. Manter-se equilibrada, saudável e sempre de bem com você mesma para poder realizar todas as atividades com inteireza e sucesso. *Relógio x Tarefas – Com tantas responsabilidades em um único dia é preciso programar o tempo. Se você possui di�iculdades, utilize agenda, escreva lembretes, coloque o celular para despertar, etc, mas tenha assim o seu dia programado hora a hora e a certeza de que o seu precioso tempo será melhor aproveitado na realização das coisas

www.paramais.com.br

A nova mulher do século XXI!.indd 25

É preciso ter equilíbrio, sem deixar que nada escape…

importantes da sua vida. *Reconheça os limites – Cuidado! Apesar do número de atividades que você possui, lembre sempre que você é um ser humano e não uma máquina. Olhe-se de fora e avalie se está conseguindo realizar as tarefas prioritárias com qualidade e se consegue manter-se saudável e equilibrada. Se não, reveja seu planejamento diário, semanal, mensal, e assim por diante, até ajustarse. *Manutenção dos papéis – Veri�ique se

Pará+

25

19/03/2013 10:20:45


Trabalhe na profissão que ama

Ser mulher é uma tarefa extremamente delicada

você está se desenvolvendo em todas as áreas da sua vida ou está negligenciando alguma. Mesmo que você queira se desenvolver mais em alguma área ou papel, você pode potencializar as atividades ligadas a isto. Mas ainda assim o desenvolvimento integral deve ser fortemente considerado, pois é ele que traz harmonia e paz consigo mesma e com a vida, e esse é o melhor estado para que as coisas boas aconteçam. *Respeito aos direitos e deveres de cada um – É comum percebermos a mulher querendo assumir tudo para si, poupando as pessoas que elas gostam. Esse é um ponto que precisa ser observado de perto. É imprescindível que você mulher desenvolva a capacidade de deixar que cada um assuma a sua parte das coisas, para que aprendam

e se desenvolvam. Principalmente �ilhos e maridos. Que eles assumam seus deveres e tenham seus direitos garantidos. Lembrese: você não é a mulher maravilha, a faz tudo ou o centro do mundo! *Fluidez da sua natureza de mulher – Independente da situação, nunca perca a essência feminina, não deixe que a sua força, garra, coragem, perseverança, inteligência, lógica e discernimento, abafem sua sensibilidade, suavidade, harmonia e bele-

Ache a melhor maneira de viver e ser feliz

No Dia Internacional da Mulher, e em todos outros também, para nós, você leitora, será sempre uma Mulher Maravilha

za de mulher. *Reconhecimento de seu potencial – Nada e nem ninguém é capaz de colocar seu potencial em dúvida. Seja segura da sua capacidade de ser uma mulher do século XXI, aquela que busca o que quer e faz a diferença. *Equilíbrio – Este é o segredo de como ser e assumir esta nova identidade da mulher. É preciso ter equilíbrio, sem deixar que nada escape. Lembre-se: cuide sempre de você e daqueles que ama, com atenção e carinho; trabalhe na pro�issão que ama e acima de tudo deixe a essência da verdadeira mulher falar mais alto. Ser mulher é uma tarefa extremamente delicada, mas com certeza, cada uma tem achado a melhor maneira de viver e ser feliz. (*) Coach, palestrante especializada no comportamento humano, diretora da CrerSerMais e autora do Projeto “Pai e Mãe Nossos de Cada Dia”. É pioneira em coaching para crianças, Master Practitioner em PNL – Programação Neurolinguística, Constelação Sistêmica Familiar e Instrutora credenciada pelo SENAI

Segurança 2 horas

<<

Diga SIM a segurança do seu patrimônio

VENDA - ALUGUEL - MANUTENÇÃO - INSTALAÇÃO • Circuito Interno de TV com visualização via internet • Câmera escondida • Alarme Monitorado 24h • Portões Automáticos • Cerca Elétrica • Fechadura Elétrica • Concertina • Interfone • Centrais telefônicas

www.sim1.com.br Rua Antônio Barreto, 1191, Umarizal 26

Pará+

A nova mulher do século XXI!.indd 26

(91) 3230 5009 8828 4442 www.paramais.com.br

19/03/2013 10:20:51


A beleza de ser feminina Texto Manuela Melo*

O

Dia da Mulher é propício para refletir sobre a participação feminina na sociedade. Não são recentes as discussões dos que defendem o feminismo ou mesmo a superioridade das mulheres aos homens. O movimento feminista proporcionou importantes contribuições para nós, mulheres; trouxe reflexões à sociedade como um todo e promoveu a compreensão de que homens e mulheres são iguais no que diz respeito às oportunidades de desenvolverem plenamente suas potencialidades. No entanto, com o passar do tempo, uma compreensão equivocada da luta pela valorização da mulher motivou a “competição”, uma disputa pela igualdade plena entre homens e mulheres. Com isto, corremos o risco de perder uma pérola preciosa: a diferença e a complementaridade entre homens e mulheres que pensam, agem e se expressam de formas diferentes. A luta pela igualdade é vã, tira de nós mulhe-

www.paramais.com.br

A beleza de ser feminina.indd 27

res a dignidade, o valor e a essência própria do ser mulher, fazendo com que se busque atingir padrões sociais, que muitas vezes não refletem a natureza feminina. Para o precursor da logoterapia, Victor Frankl, a existência humana é algo único e irrepetível. Ele explica que cada pessoa tem o “caráter de algo único”. É necessária a compreensão de que homens e mulheres têm valor e dignidade próprios pelo simples fato de terem sido criados à imagem e semelhança de Deus. A mulher tem particularidades no modo de se relacionar, de agir, de lidar com os outros, de cuidar dos que ama. E por que então tentar anulá-las ao querer igualar-se ao homem? A mulher tem reações hormonais únicas, que são belas e que não podem ser desprezadas. Outra questão que deve ser analisada é o da beleza feminina confundida com sensualidade. É fato que todo ser humano traz dentro de si um impulso natural para o prazer. A sensualidade

gera na mulher uma elevação da autoestima. Por outro lado, o comportamento sensual de uma mulher pode banalizar a sexualidade e fomentar um ramo da indústria que tem compromisso apenas com o lucro e, que muitas vezes, desvaloriza a mulher, transformando-a em algo essencialmente externo, corporal, físico, colocando de lado a essência da alma feminina. É certo que as qualidades físicas são as primeiras a chamarem a atenção, mas não se pode esquecer que o verdadeiro valor da pessoa está no seu “caráter de algo único”, por isso uma acentuação excessiva na beleza física pode desvalorizar a pessoa na sua essência. Cuidar do próprio corpo, da aparência é saudável, no entanto, não se pode esquecer que a verdadeira beleza vem do transbordamento do interior. Porque, então, desvalorizar a essência feminina, algo que transcende o que é externo, que é belo e criado por Deus? Uma beleza que dispensa a apelação de saias curtas e decotes, ao exagero na valorização da dimensão física da mulher. É preciso deixar acontecer o transbordamento do interior para que apareça a verdadeira beleza da mulher. Beleza que está na sua essência, na alma feminina, afetuosa, cuidadosa, terna, sem deixar de ser firme, batalhadora. Esta beleza se reflete no exterior, no físico, no brilho do olhar, no sorriso, no jeito de andar, de se vestir, de falar, de amar. (*) Missionária da Comunidade Canção Nova, formada em Psicologia, com especialização em Logoterapia e MBA em Gestão de Recursos Humanos.

Pará+

<<

27

19/03/2013 10:25:39


Consumidores e Compra por impulso S

egundo Schweriner, da ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing, homens e mulheres tendem a assumir padrões de comportamento de compra diferentes para suprir as carências emocionais. Ele diz que as mulheres geralmente adquirem itens relacionados à aparência, como roupas, sapatos, maquiagem e serviços de cabeleireiro, por exemplo. Já os homens consomem mais eletroeletrônicos, artigos para carro e bebidas. “O impulso é uma condição da natureza humana, mas você pode controlá-lo. Se você pensa antes, não vai comprar 90% do que pensa que quer”, afirma o psicólogo. De acordo com uma recente pesquisa do SPC Brasil – Serviço de Proteção ao Crédito, (entrevista com 646 consumidores em diversas capitais do País, com margem de erro de 3,9%), realizada em fevereiro, 85% dos consumidores admitem que compram sem qualquer planejamento. Entre os principais motivos apontados para gastar sem pensar estão a ansiedade (47%) e a insatisfação com a própria aparência (44%). Desta forma, quatro em cada dez entrevistados dizem ter consumido por impulso em momentos de baixa autoestima, tristeza ou angústia.

Confira a seguir 12 dicas para evitar as compras por impulso:

28

Pará+

Consumidores e Compra por impulso.indd 28

1. Conte até dez Pode parecer estranho, mas contar mentalmente até dez – ou até 20, se precisar – significa acionar o aspecto racional e, assim, ajudar a controlar o impulso. É o que acontece quando contamos

www.paramais.com.br

20/03/2013 10:13:40

Pi

4


até dez antes de xingar alguém no trânsito, por exemplo. “Este processo exige treino, não tem outro jeito”, afirma o psicólogo Mário Ernesto René Schweriner, coordenador do Núcleo de Ciências do Consumo da ESPM. 2. Diferencie necessidade de desejo Se o seu celular quebrou, o aparelho se torna um item necessário. Mas se você apenas quer trocá-lo por um modelo mais bonito, este se configura como um desejo. Portanto, avalie muito bem antes da compra. Talvez o item em questão possa esperar uma promoção ou mereça uma pesquisa mais detalhada de preços. 3. Não feche o negócio na hora Olhe, experimente e... vá para casa. Depois, analise o negócio com calma, verifique se cabe no orçamento familiar e veja se vale mesmo a pena fazer aquela compra. “Uma dica é se perguntar: ‘é necessário? Vou usar bastante? Tenho onde guardar? Vale a pena o custo-benefício?’”, indica a filósofa Maria Helena Pires Martins, professora da Universidade de São Paulo e autora do livro “O Prazer das Compras – O Consumidor no Mundo Contemporâneo” (Editora Moderna, 2007). 4. Faça contas Coloque o orçamento mensal no papel. “É importantíssimo saber o quanto a pessoa ‘custa’ por mês”, declara a psicóloga Paula Schurt, especialista em terapia financeira. Para facilitar, a profissional indica anotar todas as despesas e separá-las por categoria. Assim, por exemplo, a pessoa saberá que pode gastar R$ 100 por mês com roupas, por exemplo - e evita ter que desembolsar mais que o previsto.

O impulso é uma condição da natureza humana

Pizza de Tabuleiro

40 Fatias

IMPULSIVOS Pesquisa do SPC mostra que mais de 40% dos entrevistados já comprou por compulsão Já fez ou costuma fazer compras por impulso em momentos de ansiedade, tristeza ou angústia ?

SIM 43%

NÃO 57%

Total de respostas

Quais sentimentos impulsionam comprar nestas ocasiões ? Respostas múliplas, em %

44

47

31 19

20

24

Ansiedade com algum evento

Problema de relacionamento familiar

Baixa autoestima

TPM (Tensão pré-menstrual)

Problema no trabalho

Desilusão amorosa

5. Trace metas Quando se tem um sonho ou uma meta, como a compra da casa própria ou uma viagem para o exterior, pode ficar mais fácil abrir mão do centésimo par de sapato em prol de um objetivo maior.

6. Anote e espere Outra maneira de controlar a compra impulsiva é adotar o método do bloquinho. Se quer muito um determinado produto, anote em um caderninho o valor e a data e guarde em uma gaveta. Depois de um mês, veja as anotações e verifique se o objeto ainda é tão

TODOS OS DIAS 16hs às 23:30hs

3241-3535 3072-0682 / 3225-6354 domferritto pizzadomferrito www.domferritto.com.br

www.paramais.com.br

Consumidores e Compra por impulso.indd 29

Pará+

29

20/03/2013 10:13:42


Compulsão >> Quatro em cada dez (43%) brasileiros fazem compras em momentos de impulsividade, segundo a pesquisa do SPC Brasil. Pelo levantamento, 48% dos entrevistados das classes AB já compraram por impulso, contra 39% das pessoas das classes C e D. O motivo é a maior disponibilidade de renda dos mais ricos, de acordo com a economista do SPC Brasil Ana Paula Bastos. “Apesar do maior número de compulsivos nas classes AB, são as C e D que sofrem mais com o descontrole nas compras devido à baixa autoestima e à necessidade de se afirmar socialmente.” A baixa autoestima é o principal motivo de compra por impulso para 48% das pessoas das classes C e D. O psicólogo Mário Ernesto René Schweriner, coordenador do Núcleo de Ciências do Consumo da ESPM, explica que comprar por impulso é apenas um dos mecanismos de compensação para suprir carências que nada têm a ver com o universo material. “Alguns vão para a igreja, outros se tornam workaholics, outros bebem, outros consomem” Deixe cartões e talões de cheque em casa quando for a lugares onde certamente você irá gastar mais que o previsto

desejado assim. Provavelmente você terá até se esquecido dele. 7. Tome cuidado com os modelos familiares Se seus pais sempre estiveram endividados, faziam financiamentos que nunca terminavam ou consideravam a utilização do limite do cheque especial como parte da

renda, é bom rever seu modelo de planejamento financeiro. “Nestes casos, as chances de fazer igual é muito grande. É preciso identificar estes padrões e promover a mudança”, indica Paula Schurt. 8. Deixe cartões e cheques em casa Se está difícil vencer a tentação, deixe cartões e talões de cheque em casa quando for a lugares onde certamente você irá gastar mais que o previsto. Com dinheiro vivo, fica mais claro visualizar o valor que se está

pagando por determinado produto e, assim, pode-se pensar melhor sobre a compra. 9. Arrume seu guarda-roupa mais vezes Pode parecer bobagem, mas, ao organizar seus pertences em casa, poderá ver que tem muito mais coisas do que se lembrava. Você irá refletir melhor antes de comprar mais um sapato preto, porque sabe que já tem cinco deles no armário. 10. Evite o shopping Sempre que quiser sair para se distrair,

Importância da educação financeira >> Para o SPC Brasil, o atual cenário econômico e social brasileiro revela uma melhoria do padrão de vida da população, impulsionado por fatores como alta empregabilidade, aumento da renda média e amplo acesso ao crédito. A combinação desses fatores fez emergir no Brasil uma nova classe média, ou seja, o país presencia a ascensão de uma parcela significativa da sociedade ao mercado de consumo. O novo padrão de consumo que se estabeleceu em decorrência destas mudanças vai além das necessidades consideradas primárias e abrange produtos e serviços que no passado se limitavam um percentual restrito de consumidores. “Daí surge à importância da educação financeira como forma de contribuir ativamente para aumentar o nível de consciência financeira, reduzindo a inadimplência e possibilitando um mercado mais transparente e com vantagens para todos que utilizam o crédito”, diz a economista do SPC Brasil Ana Paula Bastos.

Soluções em PERSIANAS - FORROS - DIVISÓRIAS - DRYWALL - STEEL FRAME VIDROS TEMPERADOS, ESQUADRIAS DE AMUMÍNIO

Av. Generalissímo Deodoro, 569 - Bairro: Umarizal - Cep:66.050-160 Belém/PA | Fones:(91) 3224-4935 / 3223-7871 / Fax: 3222-6762 E-mail: persianasolarflex@yahoo.com.br 30

Pará+

Consumidores e Compra por impulso.indd 30

Site: www.gessoflex.com www.paramais.com.br

20/03/2013 10:13:54


Manter o guarda-roupa organizado ajuda a ter em mente estilos, cortes e cores de roupas que você já tem

Em casos extremos, vale a pena buscar ajuda de um profissional

fuja de shoppings e lugares que incentivem o consumo. Convide um amigo para passear em um parque, tomar um sorvete ou praticar exercícios. Além de ser mais saudável, evita rombos no orçamento. 11. Adote uma postura positiva Ao detectar que não dá para sair comprando, tenha uma atitude positiva e não fique se lamentando. Ao invés de dizer ‘eu

www.paramais.com.br

Consumidores e Compra por impulso.indd 31

não posso comprar aquela blusa maravilhosa que vi no shopping’, diga ‘eu não quero comprá-la agora porque preciso organizar minhas contas’. “Se a pessoa percebeu que está endividada, ela tem de encarar esse freio nas compras e pensar que, depois de organizar as finanças, vai conseguir fazer mais investimentos e comprar muito mais”, explica Paula Schurt.

12. Procure ajuda Se nada adiantou e as compras por impulso estão tomando proporções maiores, vale a pena buscar ajuda de um profissional. “Com a psicoterapia, a pessoa pode descobrir a raiz do problema e resolvê-lo. Se chegar a ser um vício, será tratado como qualquer outra adição”, comenta Maria Helena Pires Martins, autora de “O Prazer das Compras”.

Pará+

31

20/03/2013 10:14:04


10 direitos que os consumidores não conhecem

É

bastante natural que o consumidor se veja em alguma situação onde seus direitos estão sendo desrespeitados e não saiba como agir. Vale lembrar que, em muitos casos, é possível solucionar essas questões, sem precisar da ajuda de terceiros (órgãos de defesa do consumidor e Justiça). Indicamos uma lista de situações que podem suscitar violações aos direitos do consumidor com o objetivo de ajudá-lo a se proteger, vamos a elas:

1

O nome do consumidor deve ser limpo até 5 dias após pagamento da dívida: Segundo decisão da 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou, que quando o consumidor realiza o pagamento de uma dívida atrasada, o nome deve ser retirado em no máximo cinco dias dos órgãos de proteção ao crédito. O prazo começa a ser contado da data de pagamento.

2

A construtora deve pagar indenização por atraso em obra: Quando ocorre o atraso na entrega do imóvel a construtora deve indenizar o consumidor. O Ministério Público de São Paulo e o Secovi assinaram um acordo que prevê até mesmo a forma como a indenização deve ser realizada: em atrasos superiores há 180 dias, a construtora deve pagar uma multa equivalente a 2% do valor desembolsado pelo consumidor, mais 0,5% ao mês. No momento da compra, o consumidor deve verificar se todos os componentes estão em ordem

32

Pará+

10 direitos que os consumidores não conhecem.indd 32

Faça valer os seus direitos

3

Os bancos devem oferecer serviços gratuitos: Não é obrigado aos consumidores contratar um determinado pacote de serviços no banco. Pois os bancos são obrigados a oferecer gratuitamente uma quantidade mínima de serviços, como por exemplo: fornecer o cartão de débito, a realização sem custo quatro saques e duas transferências por mês e também até dois extratos e dez folhas de cheque por mês.

4

Não existe valor mínimo para compra com cartão: Nenhuma loja pode exigir um valor mínimo para se pagar a compra com cartão. Conforme o Idec e o PROCON, se a loja tem a opção de pagamento com o cartão, ela está obrigada aceitá-lo para em compras de qualquer valor desde que a VISTA. Fique atento pagamento com cartão de CRÉDITO, apenas quando não for parcelada, considerara-se pagamento à VISTA.

5

O consumidor pode desistir de compras feitas pela internet: O consumidor que faz compras pela internet e pelo telefone tem a opção de desistir da compra, indiferente do motivo, sem custo adicional, desde que seja feito em sete dias corridos. “A contagem do prazo iniciase a partir do dia imediatamente posterior à contratação ou recebimento do produto”, segundo o PROCON de São Paulo. Conforme está no artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor. A contagem não é interrompida nos finais de semana ou feriados.

6

O consumidor pode suspender serviços sem custo: É direito do consumidor suspender, uma vez por ano, serviços de telefone fixo e celular, de TV a cabo, água e luz sem custo adicional. No caso da TV e telefone, o prazo máximo de suspensão é de até 120 dias; já se tratando www.paramais.com.br

19/03/2013 10:54:19


dora, independente que ele tenha ou não o seguro.

Saber exatamente o que deseja adquirir

9

Quem compra imóvel não precisa contratar assessoria: Quando se adquiri um imóvel ainda na planta, o comprador tende ser cobrado pelo Sati (Serviço de Assessoria Técnica Imobiliária), que se trata de uma assistência por advogados indicados pela imobiliária. Mas esta cobrança não é obrigatória. O contrato pode ser fechado sem a contratação da assessoria.

da água e da luz, não existe um prazo máximo, mas para a religação o consumidor precisará pagar.

7

A Cobrança indevida deve ser devolvida em dobro: Qualquer pessoa que for vitima de alguma cobrança indevida pode exigir que o valor pago devolvido em dobro e corrigido. Conforme consta do artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor. Se a conta de telefone foi de R$ 150, por exemplo, mas o cliente percebeu que o correto seriam R$ 100, ele tem direito de receber de volta não só os R$ 50 pagos a mais, e sim R$ 100 (o dobro) corrigidos.

10

Passagens de ônibus têm validade de um ano: As passagens de ônibus com data e horário marcados, têm validade de um ano, conforme a Lei nº 11.975, de 7/6/2009. Se o consumidor não conseguir fazer a viagem na data da passagem, deve comunicar a empresa com antecedência de até três horas. Depois, com isso o consumidor pode usar o bilhete para outra viagem, sem nenhum custo adicional (mesmo ocorrendo aumento de tarifa).

... Mas deve ter atenção aos seus deveres

Vale um alerta: O consumidor deve exigir respeito aos direitos previstos no Código de Defesa do Consumidor, mas também deve cumprir algumas obrigações. Em certas

8

O consumidor não precisa contratar seguro de cartão de crédito: As administradoras de cartão de crédito sempre oferecem aos cientes um seguro que protege o consumidor contra perda e roubo. Órgãos de defesa do consumidor entendem que caso o cartão seja furtado e o cliente realizar o bloqueio, toda compra feita a partir deste momento será de responsabilidade da administra-

questões, por mais que a culpa por algum problema seja do fabricante ou do revendedor, quem arcará com as consequências será aquele que não foi precavido antes de fazer uma aquisição. • O primeiro passo importante, neste caso, é saber exatamente o que deseja adquirir. Embora pareça óbvio, este procedimento o proporciona uma compra mais segura, eliminando, por exemplo, a possibilidade de arrependimento pela aquisição. • O consumidor só tem o direito de se arrepender da compra no caso de aquisições feitas por telefone ou outros meios de longa-distância. Isso pode ocorrer sete dias após a pessoa pedir o produto ou então sete dias depois da entrega, já que ele não teve antes a oportunidade de analisar as características da mercadoria. • Outra dica importante: no momento da compra, o consumidor deve verificar se todos os componentes estão em ordem, como por exemplo o manual de instruções está em português? As características expressas na embalagem conferem? • Após comprar um produto, a segunda orientação é a exigência da nota fiscal. Mas o documento em si não é sinônimo de proteção: cabe ao consumidor, verificar as informações contidas nele (discriminação do produto, modelo, cor, prazo de entrega). Se não tiver data, entendese que a mercadoria foi entregue no ato. No caso dos móveis, por exemplo, também deve existir a data prevista e quem fará a montagem.

Cível Tributário Criminal Trabalhista Administrativo Militar

CARDOSO FERREIRA CALDERARO & PIRES ADVOGADOS

Rua Jerônimo Pimentel, 657 - Salas 02/03 - Umarizal Fones: (91) 3212-2550 cafeecal@gmail.com www.paramais.com.br

10 direitos que os consumidores não conhecem.indd 33

Pará+

33

19/03/2013 10:54:23


” o l u c á t e p s e s “ i a O s soci e d e r s da

Texto Marcos Hiller *

M

34

Pará+

O “espetáculo” das redes sociais.indd 34

uito prazer, eu sou o @MarcosHiller. E não adianta. Estar em sites de redes sociais é uma exposição. Por mais que tente adotar a estratégia de publicar um criterioso volume de conteúdo, com frequência baixa e com as devidas configurações do Facebook, me blindando de ser marcado em fotos ou comentário, não interessa. Despudoradamente, nessas mídias há uma exposição e, ao mesmo tempo, segundo a lúcida autora Paula Sibília, no ser humano evidencia-se uma necessidade narcísica de estar no centro das atenções, em um contínuo “show do eu” que tem a intimidade e a obscenidade do cotidiano como seus maiores espetáculos. Nas redes sociais, por meio de performances individuais, pode-se modelar e modular diversas identidades de quem se desejar ser e como pretende ser percebido. O ponto é que, como já disse nas primeiras linhas deste texto, há uma exposição. E como outras pessoas vão absorver, decodificar, digerir e reagir diante de um conteúdo qualquer é um fator que foge absolutamente de nosso controle. Nesse sentido, por exemplo, há o www.quickhelp.com.br rewww.paramais.com.br

19/03/2013 11:02:25

Pa Nó


cém-lançado site “Namoro Fake” (http://namorofake.com.br/), que cria uma namorada de mentira apenas para o Facebook. Gastando-se apenas uma quantia de R$ 10, pode-se contratar uma “ficante”, ou seja: é criado um perfil fake que vai deixar três comentários ou posts no seu mural. Já contratar uma ex-namorada sai um poucos mais caro. E o perfil de “namorada” logicamente é mais caro ainda. Para facilitar, o pagamento pode ser feito pela ferramenta Pag Seguro e dividido em até 12 vezes no cartão de crédito. Outro exemplo no mínimo interessante são sites ancorados em uma certa forma de eternidade que a web torna possível. Pelo menos, essa é a promessa que o site DeadSocial (http://deadsoci.al/) faz a seus usuários. Essa rede social propõe que se enviem mensagens de texto, imagens ou vídeos; e, também, que se recebam todos esses tipos de materiais provenientes de outras pessoas. Nada de muito novo até aqui, não fosse o fato de que a ideia neste caso é que tudo isso aconteça após a morte dos respectivos emissores. DeadSocial permite que qualquer um programe mensagens para o Facebook. Essas mensagens são ativadas logo depois que o usuário morre e podem ser enviadas por anos. A DeadSocial oferece a seus usu-

ários uma promessa de eternidade. Na era do espetáculo e do culto ao corpo, gostaria de trazer para à nossa inquieta reflexão a atriz-social Gabriela Pugliesi, dona do blogt www. tips4life.com.br e que tem feito relativo sucesso por meio de seu perfil no aplicativo de fotos Instagram. A blogueira está arrebanhando uma legião de seguidoras (sim, a maioria Para aumentar a são mulheres, logi“qualidade de vida” camente) por conta

Pare de esquentar a cabeça Nós estamos prontos para ajudar! Hoje em dia sua empresa não pode perder tempo com profissionais que não possuem qualificação ou são descompromissados com os prazos.

Está com esse problema!

É por isso que a Quick Help, com seu conceito de consultoria está pronta em atende-lo com agilidade e qualidade. Entre em contato conosco e agende uma consultoria sem compromisso.

ickhelp.com.br

www.paramais.com.br

O “espetáculo” das redes sociais.indd 35

de uma estratégia de fotos e textos baseada no oferecimento de um profícuo cardápio que visa a aumentar a “qualidade de vida”. No momento que escrevo este despretensioso texto, Gabi tem mais de 30 mil seguidores. E nas legendas das narcísicas fotos publicadas no Instagram evidenciase nas entrelinhas um discurso norteado por um feroz julgamento que aponta indiretamente para aquelas usuárias que sucumbem no esforço de se enquadrar sob as coordenadas da boa forma. Especialmente no Brasil, é relativamente compreensível o sucesso do site da moça pois, de acordo com as pesquisas da antropóloga Mirian Goldenberg, o corpo humano se apresenta como “um verdadeiro capital físico, simbólico, econômico e social”. Nesse sentido, mesmo tendo à sua disposição um poderoso arsenal, fornecido aparentemente de forma gratuita por marcas de roupas e alimentos funcionais, Pugliesi apresenta o tempo todo técnicas e dicas de como cultuar os corpos humanos desencantados de suas potências simbólicas para além de uma simples boa aparência. E tudo com uma retórica especializada em garantir as mais desvairadas certezas. Inevitavelmente, cria-se nas suas seguidoras uma auto-intensa vigilância. O fato é que o ecossistema digital que habitamos hoje é um solo fértil. De lá, brotam ideias, inovações, insights e novos formatos de se comunicar. E a explosão das mídias digitais provoca fenômenos que potencializam a bel-prazer as mais diversas estratégias de se tentar construir a tão almejada reputação, vis-à-vis os três exemplos que citei nesse texto. (*) Coordenador do MBA Marketing, Consumo e Mídia Online da Trevisan Escola de Negócios

<<

Alguns de nossos serviços . . . . . . . .

CFTV - Circuito de Tv Cerca Eletrificada Alarmes residenciais Automação de Portão Eletricidade residencial Eletricidade predial Antena coletiva Manutenção de computadores, Notebook’s e Netbook’s

(91) 3081-7483 / 9114-7834 www.quickhelp.com.br contato@quickhelp.com.br Pará+

35

19/03/2013 11:02:28


Chocolate protege o cérebro Mulheres que comeram 72g por dia tiveram 20% menos risco de ter acidente vascular cerebral (AVC)

N

Texto Serena Gordon

a mais recente pesquisa para avaliar os benefícios cardiovasculares de um alimento já amado, o chocolate, cientistas suecos relataram que consumi-lo parece diminuir o risco de acidente vascular cerebral (AVC) em mulheres. O estudo descobriu que mulheres que tiveram o maior consumo de chocolate – cerca de duas barras por semana – tinham um risco 20% de redução dessa ocorrência. “O cacau contém flavonóides, com propriedades antioxidantes e pode suprimir a oxidação da lipoproteína de baixa densidade [conhecida como o colesterol ruim], que favorece o surgimento de doenças cardiovasculares, incluindo o AVC”, 36

Pará+

Chocolate protege o cérebro.indd 36

explicou a autora do estudo, Susanna Larsson, professora associada da divisão de Epidemiologia Nutricional do Instituto Karolinska, em Estocolmo, na Suécia. Os benefícios do chocolate não param por aí, disse Larsson, acrescentando que o consumo da versão escura – mais rica em cacau – também foi ajuda a reduzir a pressão arterial, a reduzir a resistência à insulina e ajuda evitar a formação de coágulos sanguíneos. A autora alerta: os resultados não significam que o chocolate deva ser acrescentado ao menu diário. “É importante manter descobertas como essas dentro de contexto. Estes resultados não significam que as pessoas precisam devem trocar o chocolate pelo bró-

colis na dieta”, afirmou Nieca Goldberg, cardiologista e diretora médica do H. Joan Tisch Center for Womens Health, de Nova York. “Chocolate tem antioxidantes e essas substâncias são benéficas à saúde. Elas podem ajudar a tornar as artérias mais flexíveis e que podem ajudar a reduzir a oxidação do colesterol. Mas, e se os cientistas tivessem testado no estudo cascas de maçã ou uvas?” questiona ela. Ao mesmo tempo em que o estudo observou uma associação entre o chocolate e o risco reduzido de AVC, ele não provou uma relação de causa e efeito. Os resultados serão publicados em 18 de outubro na publicação científica Journal of American College of Cardiology. www.paramais.com.br

19/03/2013 11:25:19


O estudo incluiu mais de 33 mil mulheres suecas com idades entre 49 e 83. Nenhuma tinha qualquer histórico de acidente vascular cerebral, doença cardíaca, câncer ou diabetes quando o estudo começou, em 1997. Todas foram convidadas a preencher um questionário que incluía perguntas sobre mais de 350 fatores envolvendo dieta e estilo de vida. Na década de 1990, escreveu Larsson, 90% do chocolate consumido na Suécia era à base de leite, e continha cerca de 30% de cacau na composição – uma concentração de cacau maior do que a encontrada na maioria dos chocolates escuros consumidos nos Estados Unidos. Larsson revisou informações dos registros suecos de alta hospitalar entre 1998 e 2008 para documentar os casos de acidente vascular cerebral entre as mulheres participantes do estudo. Ao todo, 1.549 das mulheres do estudo tiveram um AVC ao longo desse período. Desse total, cerca de 1,2 mil, tiveram AVCs do tipo isquêmico – quando um vaso sanguíneo no cérebro é bloqueado e deixa de receber sangue e oxigênio.

www.paramais.com.br

Chocolate protege o cérebro.indd 37

Outros 224 AVCs foram do tipo hemorrágico, quando uma área do cérebro sangra, e este sangue inunda algumas áreas ou todo o cérebro. Os restantes 125 foram registrados como um tipo não especificado de AVC. “Observamos que mulheres com o maior consumo de chocolate – cerca de 72g por semana – tinham um risco 20% inferior de AVC do que as que nunca ou raramente consumiam chocolate”, disse Larsson, acrescentando que, embora o estudo tenha sido feito com mulheres, espera-se que os resultados seriam semelhantes nos homens. “Há um lado positivo e um lado negativo em tudo. Não acho que as pessoas devem comer todo o chocolate que podem, mas um pouco de chocolate com moderação pode ter benefícios”, disse Goldberg. Ela acrescentou que é importante lembrar que o chocolate é rico em açúcar e gordura, e também contém cafeína. Dessa forma, para quem é propenso a ter batimentos cardíacos irregulares ou a pressão alta, comer chocolate pode afetar essas condições.

O cacau contém flavonóides, com propriedades antioxidantes e pode suprimir a oxidação da lipoproteína de baixa densidade

Os resultados não significam que o chocolate deva ser acrescentado ao menu diário

Pará+

37

19/03/2013 11:25:23


Alimentos que melhoram o humor

S

e ao menor sinal de tristeza, estresse ou irritação o chocolate parece ser a melhor – talvez única – opção de conforto, saiba que o cardápio brasileiro reserva outras alternativas para quem quer levantar o astral por meio da alimentação.

A falta de algumas substâncias e o excesso de outras podem atuar diretamente sobre nosso humor, segundo a nutricionista Flávia Pinto Cesar Raduan, especialista em Medicina Biomolecular e �isiologia pela Sociedade Brasileira de Medicina Biomolecular pesquisou os alimentos com potencial para melhorar o humor. “Alguns alimentos são capazes de estimular substâncias em nosso organismo responsáveis por regular nosso estado emocional”, diz. Segundo Flávia, os nutrientes dos alimentos atuam na formação e liberação de neurotransmissores, substâncias que são enviadas ao Sistema Nervoso Central, responsável pelo estado de humor. Os neurotransmissores são responsáveis pela comunicação entre as células do nosso cérebro e, para executarem um bom papel, devem estar em níveis adequados. Os três principais neurotransmissores envolvidos com o humor são a serotonina, a dopamina e a noradrenalina. A serotonina, responsável pela sensação de bem-estar, proporciona ação sedativa e calmante, enquanto a dopamina e a noradrenalina proporcionam energia e disposição. A produção de serotonina depende da ingestão de alimentos fontes de carboidratos e de triptofa-

Flávia Pinto Cesar Raduan, especialista em Medicina Biomolecular e fisiologia pela Sociedade Brasileira de Medicina Biomolecular

38

Pará+

Alimentos que melhoram o humor.indd 38

www.paramais.com.br

19/03/2013 15:12:33


no, como o leite e a banana. Já a dopamina e a noradrenalina são produzidas com o auxílio da tirosina, outro aminoácido importante na nossa alimentação e encontrado em carnes magras, ovos, leguminosas, nozes, entre outros. Mas as vitaminas do complexo B e alguns minerais também estão envolvidos na modulação do humor. A ingestão adequada desses nutrientes garante níveis adequados de neurotransmissores no organismo, proporcionando o controle do humor. “Não existe uma fórmula milagrosa para ser feliz e ter sempre bom humor, mas com algumas escolhas alimentares saudáveis podemos contribuir para o funcionamento adequado do organismo e proporcionar a ele substâncias necessárias para a formação dos neurotransmissores

Banana:

Rica em carboidrato e triptofano, que ajudam na formação da serotonina, hormônio da felicidade

Ovo:

a gema é rica em colina, fundamental para formação e manutenção da memória. Melhora a cognição, a coordenação motora e a sensação de bem-estar

Evolution

Biscoitos Integrais

Melhorando sua Qualidade de Vida.

Cidade Nova 6 Av. José Bonifácio , 2129 - Altos - Guamá Fone: (91) 3249-3406/8233-0544/8851-1327 Trav. WE 72 n° 921 (altos) - Ananindeua www.veganovegetariano.com.br

(91) 8716-9690 / 8045-1873

www.paramais.com.br

Alimentos que melhoram o humor.indd 39

contato@veganovegetariano.com.br

Pará+

39

19/03/2013 15:12:42


Alface:

Tem efeito calmante,, graças à calmante lactucina presente no talo da planta. O miolo é rico em lítio,que age diretamente no controle da ansiedade e da depressão

Pimenta:

Rica em capsaicina, que aumenta os níveis de endorfina, substância associada ao prazer e bem-estar. A pimenta-de-cheiro, a vermelha e a malagueta são as melhores

Arroz integral:

rico em vitamina B1, importante para o sistema nervoso. A vitamina fica preservada na camada externa do arroz, que é removida para fazer o arroz branco

40

Pará+

Alimentos que melhoram o humor.indd 40

Espinafre:

Ácido fólico e vitamina B atuam no sistema nervoso, na formação da serotonina e no combate ao estresse. Folhas verdes têm clorofila que desintoxicam o corpo

www.paramais.com.br

19/03/2013 15:12:53


Leite:

também é fonte de tripotofano,fundamental na formação da serotonina, ligada ao bem-estar

Aveia:: Aveia

o cereal é rico em triptofano e aminoácido, bons condutores da liberação da serotonina

Laranja:

além dela, qualquer outra fonte de vitamina C é boa para o humor. Previne danos às células nervosas e neurônios e acalma

responsáveis pelo nosso bem-estar”, diz a nutricionista. Ela mostra alguns exemplos que, além de darem uma levantada no astral, são nutritivos e alguns nem tão calóricos como o chocolate. Por isso, aposte ainda em peixes e cereais integrais.

Peixes

Castanha:

fonte de gordura saudável, proteína e sal mineral. Importantes na ação antioxidante e no combate ao estresse. Ricas em triptofano, auxiliador do bom-humo ��eli� �áscoa! Que o Cristo ressuscitado possa conceder também a serenidade, alegria e esperança a você e a todos Uma Homenagem

Distribuidora

R

Cristalfarma Sua Saúde é nosso compromisso

www.cristalfarma.com.br Matriz - Rod. BR 316 Km 6- Av. Leopoldo Teixeira, Nº 8 Ananindeua - PA - Fone: (91) 3255-5616/3255-1279 www.paramais.com.br

Alimentos que melhoram o humor.indd 41

Pará+

41

19/03/2013 15:13:04


CAMILLO MARTINS VIANNA*

(*) SOPREN/ SOBRAMES

Lembranças de um

+

naturalista do futuro

P

ermitam-me leitores publicar nesta conceituada revista, texto escrito há muitos anos e dedicado a um grande amigo que de modo inegável marcou intensamente sua existência no meio de nós tanto pela atuação profissional quanto pela dignidade de um autêntico ser humano: Médico Veterinário do Ministério Federal de Agricultura e professor da Faculdade de Ciências Agrárias do Pará (atual UFRA) José Alfinito, carioca de Vila Izabel, deixou um primoroso legado como resultante de sua atuação na terra que adotou e onde constituiu família. No sentido mais amplo da palavra ele deve ser considerado naturalista do futuro, fugindo à conceituação clássica do termo e da ação. Tendo como base o estado do Pará, participou do mais importante momento da história da Amazônia brasileira – a interferência social, política e ambiental do que se convencionou chamar Processo Histórico de Integração, que teve em José Alfinito um dos seus atores, deixando rastro sensível nos diferentes segmentos onde se fez representar com seriedade e respeito à chamada coisa pública, na busca do bem comum. José Alfinito sempre esteve na linha de frente, buscando novos caminhos e tudo o que se queira dizer a seu

respeito, pecará pela carência de informações, uma vez que sempre trabalhou em equipe, daí porque não haver reconhecimento pleno das suas atividades como neo-amazônida em que se transformou. A partir do final dos anos sessenta, por iniciativa própria associou-se à Sociedade de Preservação aos Recursos Naturais e Culturais da Amazônia (SOPREN), entidade conservacionista que já atuava em defesa do meio ambiente sob forte pressão predatória, na reanimação da cultura da região, assim como, na valorização do hileiano e na defesa da própria Amazônia. A SOPREN cujas sementes acabavam se plantadas, encontrou em José Alfinito o seu grande dinamizador, a começar pela parceria da entidade com o Ministério da Agricultura, através de sua diretoria estadual, da qual era o dirigente maior. Àquela altura, o Estabelecimento Rural do Tapajós, espólio da Companhia Ford Industrial do Brasil, com plantio extensivo de seringueira (Hevea brasiliensis), experiência precursora do industrial norte-americano Henry Ford, em Belterra e Fordlândia, encontrava-se em precária situação nos dois segmentos que representavam o acervo e na Fazenda de Criação Daniel de Carvalho. Seguindo rígido planejamento na tentativa de reani-

mação do que foi denominado à época de Comunidades Fluviais Tapajônicas, técnicos de diferentes formaçõesprofissionais foram contratados, incluindo agrônomos, médicos, dentistas, assistentes sociais, médicos veterinários e pessoal de administração, sendo possível identificar que essa proposta de trabalho não foi infrutífera e as raízes de fato novo foram consolidadas e dizem respeito à ecologia social a partir da abordagem cultural das comunidades que, por iniciativa do próprio José Alfinito, foi levada para toda Amazônia tradicional. Precedido pelo Botânico Humberto Marinho Khoury, José Alfinito atuou com sua equipe do Ministério da Agricultura e com membros da SOPREN na defesa da fauna brasileira mais especificamente no trabalho primoroso de preservação da tartaruga fluvial amazônica. No ano de 1973, no Simpósio Internacional sobre Fauna Silvestre e Pesca Fluvial e Lacustre da Amazônia, os resultados das ações desenvolvidas na região dos rios Trombetas e Tapajós foram apresentados a uma plateia composta por especialistas em fauna e flora do Brasil e do mundo e mereceu o prêmio maior pela atuação da equipe comandada por José Alfinito nos tabuleiros de desova de tartarugas situados em diferentes pontos desses importantes cursos d’água da região.

La Layo De Defi De Defi

Pá Pág Ca Cad Log Logo Da Dad Me Men Ro Rod

Tó Tóp Pá Pág Pá Pág Pá Pág Pá Pág

Tó Tóp Áre Área Ge Gere Áre Área Pá Pág

Tó Tóp Pá Pág Pá Pág 42

Pará+

CAMILLO VIANNA - Lembranças de um naturalista do futuro.indd 42

www.paramais.com.br

19/03/2013 15:21:30


Sob a coordenação de José Alfinito foram reativadas antigas expedições científicas e durante vinte e três dias equipe formada por delegados do Ministério de Agricultura na região amazônica, geógrafa do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), especialista em solos da Empresa de Pesquisa Agropecuária ( EMBRAPA), técnicos do Parque Botânico de Porto Alegre e integrantes da SOPREN , procederam o levantamento de praias de quelônios nos rios Amazonas, Tapajós, Negro, Atumã e Xingu, sendo os resultados publicados pela Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (SUDAM).

É igualmente de iniciativa do médico veterinário José Alfinito a formação do chamado Grupo Especial de Pioneiros que em parceria com a SOPRE juntamente com então ACAR-Pará, atual EMATER, Universidade Federal do Pará e Prefeitura de Altamira, no início da década de setenta, fez realizar treinamento de jovens agrovilandas, recém chegadas para superar lacunas existentes no setor educacional em função da falta de professoras na região. Não somente a realização dos Encontros de Educadores em Belterra, Fordlândia, como igualmente o chamado Simpósio Amazônico do Vale do Tapajós, em Belterra, e José Alfinito, médico veterinário, deixou um primoroso legado como resultante de sua atuação na terra que adotou e onde constituiu família

Criamossites sitesprofissionais profissionais Criamos comsistema sistemadedeauto autogestão gestão com paraooseu seuRestaurante! Restaurante! para

L JA de internet

www.lojadeinternet.com.br sites, lojas virtuais e marketing virtual

Layout Layout Definiçãode deLayout Layout- -Modelos Modelos Definição Definiçãode deCores Cores Definição PáginaInicial Inicial Página CadastroeeLogin Logindo doAdm Admsite site Cadastro Logomarcada daEmpresa Empresa Logomarca Dadospara paraContato Contato Dados Menupara paraos ostópicos tópicosdo doSite Site Menu Rodapédo doSite Site- -Dados DadosEmpresa Empresa Rodapé

SEO -- Otimização Otimização do SEO do Site Site Cadastro de de Palavras-Chave Palavras-Chave Cadastro SISTEMA ESPECIAL ESPECIAL SISTEMA Cardápio Online Online Cardápio Exibição dos dos Pratos Pratos por Exibição por Lista Lista Exibição dos dos Pratos Pratos por Exibição por Box Box Exibição dos dos Pratos Pratos por Exibição por Detalhes Detalhes

Cores CoreseePadrões PadrõesVisuais Visuais aplicaremos aplicaremosooseu seupadrão padrão visual visualem emqualquer qualquerum umdos dos modelos modelosque quevenha venhaaaescolher. escolher.

Link para para Redes Redes Sociais Link Sociais Facebook Facebook Twitter Twitter TópicoInstitucional Institucional Youtube Tópico Youtube PáginaEmpresa Empresa Orkut Página Orkut Página Cardápio virtual Flickr Página Cardápio virtual Flickr Página Promoções Linkedin Página Promoções Linkedin Página Programação Página Programação Módulo Administrativo do Site Módulo Administrativo do Site Cadastro do Administrador Cadastro Tópico Promocional AdministradoasAdministrador páginas internas Tópico Promocional Administra as páginas Área para Publicidade - Banners Cadastro Contato para internas o Site Área para Publicidade - Banners Cadastro Contatopara parao oSite Site Gerenciamento de Banners Título da Página Gerenciamento de Banners da Página para o Site Área para Promoções em Destaques Título Dados para o Rodapé do Site Área paraNovidades Promoções em Destaques Dados o Rodapé do Site Página Termospara de Uso para o Site Página Novidades Termos deGoogle Uso para o Site Cadastro Maps Cadastro Google Maps Licenças, Manutenção e Hospedagem: Tópico Contato Licenças, e Hospedagem: Tópico R$ 45,00 / Manutenção mensais. PáginaContato com dados para Contato R$ 45,00 /trimestral. mensais. Página Contato cobrança Páginacom comdados Mapa para de Localização cobrança trimestral. Página com Mapa de Localização www.paramais.com.br

CAMILLO VIANNA - Lembranças de um naturalista do futuro.indd 43

outros diversos eventos culturais obtiveram o apoio desse saudoso amigo e que representam um marco na história do grande rio amazônico na região paraense conhecida como Baixo Amazonas. A realização das Semanas de Meio Ambiente, da Cultura Popular, da Saúde e Comunidade, em diferentes municípios amazônicos, tiveram no naturalista e ativo reanimador José Alfinito apoio irrestrito, assim como as Amazoníadas, as Semanas de Preservação da Água, do Solo, da Fauna, da Flora e da Tartaruga e àquelas ocorridas e tanto em capitais de Estados da Amazônia Clássica, quanto em sedes municipais e pequenas comunidades ribeirinhas ou “da estrada”, em firme colaboração da SOPREN, do Centro Rural Universitário de Treinamento e Ação Comunitária (CRUTAC) da UFPA, do Movimento Brasileiro de Alfabetização (MOBRAL), de prefeituras, do Projeto Rondon e de governos Estaduais. O médico veterinário José Alfinito deixa rico acervo escrito em trabalho individual ou em parceria, sobre os mais diferentes aspectos da questão amazônica e sua participação em ação global e holística merece ser reconhecida. Sem nenhum questionamento, diferencia-se dos que perlustraram pela Hiléia em épocas anteriores, pela sua abrangência, atuando em distintos setores das atividades humanas, alicerçadas pelo imenso amor à Pátria. A participação e o suporte deste inesquecível amigo José Alfinito à Sociedade de Preservação aos Recursos Naturais e Culturais da Amazônia (SOPREN), desde suas origens no ano de 1968, representa marco indelével, na luta e consolidação da nação brasileira em chãos do Novo Mundo.

1027,00 1027,00

R$ R$

3x3x R$R$ 342, 342, nos dede crédito noscartões cartões crédito

detalhes, modelos e compras: detalhes, modelos e compras:

www.lojadeinternet.com.br www.lojadeinternet.com.br Atendemos em todas regiões do país. Atendemos em todas regiões do país.

Pará+

43

19/03/2013 15:21:32


O dilema Mulher x Balança Sete em cada dez mulheres estão insatisfeitas com o próprio peso

M

anter uma dieta saudável nos dias atuais tem sido um desafio cada vez maior. Se por um lado são lançadas diversas dietas para todos os gostos e bolsos, por outro a obesidade também está crescendo assustadoramente. Há quem diga que as mulheres nunca estão satisfeitas, quem está acima do peso quer emagrecer e quem é magra quer aumentar seu índice de massa muscular. De acordo com a nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão, Sylvia Pereira “Hoje em dia as mulheres tem acesso a muitas informações saudáveis, mas a maioria simplesmente não consegue segui-las”. Segundo uma pesquisa da Universidade de São Paulo (USP), sete em cada dez mulheres estão insatisfeitas com o próprio peso. Para evitar que as mulheres recorram à dietas restritivas ou radicais, a nutricionista orienta, “É muito importante que antes de iniciar uma dieta, a mulher trace um objetivo e procure ajuda de profissionais sérios para acompanhá-la neste processo”. São muitas as opções que prometem resultados rápidos, mas nem sempre elas são a escolha mais saudável, e dificilmente apresentarão resultados duradouros. Para aquelas que desejam mudar seu corpo, em primeiro lugar, é de suma importância que a mulher tome a decisão por si mesma, pela sua saúde, beleza e bem estar e não por fatores externos. “O papel

A reeducação alimentar é o principal fator para quem busca uma mudança sem abrir mão da saúde

44

Pará+

O dilema Mulher x Balança.indd 44

www.paramais.com.br

20/03/2013 15:06:02


Prefira frutas ou doces de frutas ao invés de doces com excesso de açúcar

Hoje em dia as mulheres tem acesso a muitas informações saudáveis, mas a maioria simplesmente não consegue segui-las

do nutricionista é ajudar a paciente a fazer as melhores escolhas e não perder a saúde durante o emagrecimento. Para os casos em que há um distúrbio alimentar é indispensável o apoio de um psicólogo, pois ajudará a não perder o foco da meta traçada e superar as dificuldades no percurso”, explica a especialista. A reeducação alimentar é o principal fator para quem busca uma mudança sem abrir mão da saúde, Sylvia ressalta que a prática de exercícios físicos ajuda potencializar os efeitos da reeducação, “para as mulheres que desejam emagrecer, é indicado que optem por exercícios aeróbicos por no mínimo três vezes por semana. Já para as

que desejam aumentar o manequim, podem recorrer à musculação ou outra atividade voltada ao ganho de massa muscular”. O importante é que cada mulher escolha uma atividade física que tenha a ver com sua personalidade e gostos, existem diversas opções, desde artes marciais até estilos de dança. De acordo com Alexandre Lopes, professor e fundador do Espaço Interativa Dance, “A dança de salão também permite que a mulher emagreça e melhore o condicionamento físico, por exemplo, no forró e gafieira esse gasto pode chegar à 470 kcal, no bolero à 350 kcal e na salsa até 590 kcal em uma hora de aula”, explica o espeMulheres satisfeitas cialista que percebe diariamente essa com seu peso mudança em suas alunas.

A nutricionista dá algumas dicas para quem deseja mudar seus hábitos alimentares: • Embora pareça óbvio evite os alimentos ricos em açúcares e gorduras, eles não devem ser consumidos diariamente - é importante observar as tabelas nutricionais dos alimentos para evitar surpresas, por exemplo, os caldos prontos um nível de gordura alto; • Fuja de dietas que “proíbem muito” e de dietas que “permitem muito”; • Prefira alimentos cozidos, assados ou grelhados ao invés de fritos; • Prefira frutas ou doces de frutas ao invés de doces com excesso de açúcar e gorduras na sua sobremesa; • Estabeleça horários para suas refeições. Você é dona das suas escolhas.

3224-6682 | 3241-0680 RUA DOS MUNDURUCUS, 2130 - BATISTA CAMPOS @ldacademia Luiza Duarte Academia www.paramais.com.br

O dilema Mulher x Balança.indd 45

Pará+

45

20/03/2013 15:06:08


Nutrição,

saúde, beleza e estética

46

Pará+

Nutrição, saúde, beleza e estética.indd 46

www.paramais.com.br

19/03/2013 15:45:15


A

Texto Vanessa Ceccatto * Nutrição vem ganhando seu espaço com papel essencial na melhora da qualidade de vida, da saúde e de tratamentos especí�icos, bem como na atuação estética. O lema é ser bonito e saudável de dentro para fora. A alimentação equilibrada está cada vez mais relacionada aos conceitos de bem-estar, boa disposição �ísica e longevidade. Desta maneira, cresce na sociedade atual a importância do nutricionista, que é responsável por indicar e elaborar dietas capazes de manter o peso adequado de seus clientes, além de evitar e combater doenças. Para ser o mais e�iciente possível, a Nutrição deve ser realizada a nível celular, ou seja, nutrindo da melhor forma as células do nosso corpo. Um fator importante, que é notado ao passar dos anos de vida, tem in�luencia direta ao consumo de alimentos: o envelhecimento da pele. Por meio de orientação especializada é possível retardar os efeitos do envelhecimento e melhorar a

saúde como um todo. O envelhecimento da pele ocorre devido a fatores genéticos e ambientais, sendo que a alimentação é a opção de mais fácil adequação para o paciente. Dependendo do estilo de vida que temos, produzimos cada vez mais radicais livres e o excesso desta produção dani�ica as células

Os peixes constituem um ótimo alimento para o organismo por possuírem teores elevados de proteínas...

Nossa saúde depende da nossa alimentação, portanto dê preferência a alimentos naturais

EXPRESSO VAMOS + LONGE POR VOCÊ ! www.paramais.com.br

Nutrição, saúde, beleza e estética.indd 47

MATRIZ: ANANINDEUA-PA BR 316 - KM 5, S/N - ANEXO AO POSTO UBN EXPRESS ÁGUAS LINDAS - CEP: 67020-000 FONE: (91) 3321-5200

FILIAIS:

GUARULHOS-SP FONE: (11) 2303-1745

MACAPÁ-AP FONE: (96) 3251-8379

Pará+

47

19/03/2013 15:45:27


do nosso corpo, inclusive as células da pele, levando ao envelhecimento. Sendo assim, a alimentação é muito importante para combater o envelhecimento, tanto dos nossos órgãos, quanto da nossa pele. A produção de radicais livres é reduzida quando você retira da alimentação substâncias que aumentam a sua aparição. Entre elas, aditivos químicos como corantes, conservantes, emulsi�icantes, acidi�icantes, excesso de gorduras saturadas e trans. Estas substâncias são encontradas em grande quantidade em produtos industrializados de uma maneira geral e fast foods. Através de uma alimentação adequada, nossas células recebem os nutrientes que neutralizam a ação negativa dos radicais produzidos por qualquer causa.

Desta forma a alimentação diminui efetivamente o risco do envelhecimento precoce. A pele �ica mais bonita e ocorre um equilíbrio de todo seu organismo, proporcionando bem-estar, diminuindo o risco de doenças mais graves como diabetes, doenças cardíacas, câncer, ou mesmo a obstipação (prisão de ventre) muito comum em pessoas com hábitos alimentares errados. A ciência nos prova a cada dia que é possível atuar positivamente na idade biológica por meio da escolha de um estilo de vida saudável, alimentação balanceada, atividade �ísica, vida social saudável, relacionamentos prazerosos e grati�icantes. (*) Nutricionista

<<

O leite e seus derivados são alimentos de alto valor nutritivo

10

Os

Mandamentos da Nutrição 1 2 3 4 5

º Nossa saúde depende da nossa alimentação, portanto dê preferência a alimentos naturais ao invés de alimentos industrializados, enlatados ou embutidos; º Não suprima nenhuma da refeições básicas: desjejum, almoço e jantar. Procure fazer com que cada refeição seja o mais completa e equilibrada possível; º Pela manhã tome um bom desjejum para começar bem o seu dia, pois seu estômago ficou muitas horas sem receber alimentação; º Pode-se dizer que sem água não há vida, pois ela é o principal componente do organismo. Por isso, beba no mínimo 8 copos de água por dia; º O leite e seus derivados são alimentos de alto valor nutritivo, fonte de proteínas, cálcio e vitaminas, por isso seu consumo é de fundamentas importância, tanto para crianças como para adultos; º O consumo de carne é indicado principalmente nos períodos da infância, gravidez, amamentação, pós operatórios, anemia e velhice, pois é fonte de proteínas e de ferro;

6 48

Pará+

Nutrição, saúde, beleza e estética.indd 48

7

º Os peixes constituem um ótimo alimento para o organismo por possuírem teores elevados de proteínas, vitaminas do complexo B, cálcio e fósforo, bom para os ossos, dentes e cérebro. Nos peixes de mar, encontramos o iodo, bom para estimular o funcionamento da Tireóide; º O ovo é um dos alimentos de maior valor nutritivo e de fácil digestão, sendo sua gema rica em proteínas, ferro, cálcio, vitaminas A, D, E, K e vitaminas do complexo B; º É aconselhável a ingestão de hortaliças, cereais integrais, frutas (sempre que possível, com casca e bagaço) e leguminosas, pois estes alimentos possuem fibras, substância indispensável para um bom funcionamento do intestino; º A fim de preservar ao máximo o conteúdo de minerais e vitaminas (especialmente a vitamina C) recomenda-se o consumo de vegetais crus, frescos, inteiros ou pouco fracionados, armazenados em refrigeração. Quando cozidos, utilize pequena quantidade de água e por tempo reduzido. Ao colocar os vegetais para cozinhar convém que a água já esteja fervendo. Sempre que possível, aproveite a água do cozimento para preparar sopas ou consumê.

8 9

10

www.paramais.com.br

19/03/2013 15:45:33


Diabetes X Páscoa Com saúde e responsabilidade O

vos de chocolate dos mais diversos tamanhos, sabores e combinações. Na época da Páscoa, fica difícil de resistir um pedacinho do doce tradicional, até mesmo para os diabéticos, que devem controlar a ingestão de açúcares para não elevar os níveis de glicose. Não é fácil, mas existem boas alternativas para não fugir de uma dieta equilibrada e saudável. No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde, estima-se que existam cerca de 11 milhões de portadores de diabetes, sendo que somente 7,5 milhões são diagnosticados. A diabetes é caracterizada pelo aumento anormal de açúcar no sangue, sendo uma das cinco doenças que mais matam no país. “Por ter uma evolução silenciosa, é importante ficar atento aos grupos de risco: pessoas com pressão alta, nível de colesterol elevado, histórico familiar e mulheres que tiveram filhos acima dos 4 kg são casos que merecem atenção no acompanhamento das taxas glicêmicas”, afirma o endocrinologista Dr. Fadlo Fraige Filho, chefe de Serviço de Endocrinologia do Hospital Beneficência Portuguesa e presidente da Associação Nacional de Assistência ao Diabético (ANAD). Para o diabético, o consumo de chocolate deve ser moderado para não trazer complicações à saúde. Aqueles que podem desenvolver a doença precisam se atentar também pela melhor opção de chocolate neste período. O segredo é optar pela guloseima sem açúcar e consumir com responsabilidade. Além disso, manter uma dieta equilibrada e personalizada de acordo com cada paciente, em linha com o monitoramento do médico, é a melhor opção. “É importante que o paciente mantenha hábitos saudáveis, Evitar tubérculos, como batata e mandioquinha

www.paramais.com.br

Diabetes X Páscoa.indd 49

Para o diabético, o consumo de chocolate deve ser moderado

como a prática de exercícios diários e uma alimentação mais controlada, sem excessos calóricos e refeições menos ricas em gordura do que o usual, já que a gordura está presente no chocolate”, explica Dr. Fadlo. Nas refeições, o diabético deve ingerir preferencialmente carnes brancas com um prato bem variado e colorido de salada com verduras e legumes crus: alface, rúcula, tomate, cenoura ralada, rabanete, pepino. Além de ajudar no equilíbrio da alimentação, o prato é sugestivo e motiva a pessoa a ter uma boa alimentação. Ainda é aconselhável que se compense o consumo de chocolate com menor ingestão de carboidratos, com o intuito de haver menos impacto em relação ao peso corporal e à glicemia. O ideal, também, é evitar tubérculos, como batata e mandioquinha, entre outros. Se consumidos, devem ser em pequena quantidade. A falta de controle da diabetes pode elevar o risco de aparição de outros quadros clínicos como infartos, derrames e problemas cardiovasculares. Outros órgãos também podem ser afetados como rins, iniciando com hipertensão e depois insuficiência renal; olhos, quando a retinopatia diabética acarreta pequenas hemorragias na retina levando à cegueira; e nervos, caracterizando a perda da sensibilidade ou tato geralmente de membros inferiores. Em muitos

casos, pode ser indicado que o paciente faça medições constantes dos níveis de glicose no sangue utilizando monitores portáteis. “As complicações da diabetes praticamente não existem quando o paciente faz um tratamento adequado, com o acompanhamento do médico especializado, neste caso, o endocrinologista”, destaca o presidente da ANAD. Hoje o paciente já conta com aplicativo gratuito para controlar a diabetes, o GlicoCare, que facilita o controle das medições de glicose diárias, oferece dicas para uma vida saudável, programa lembretes e anotações do dia-a-dia. A versão em português do GlicoCare já está disponível na App Store para iPhone e iPod. Carnes brancas com um prato bem variado e colorido de salada com verduras e legumes crus

Pará+

49

19/03/2013 15:52:29


Inveja para quê? Você é único Inveja para quê?

Texto Eduardo Shinyashiki*

U

m estudo recente, realizado em conjunto por duas universidades alemãs - Darmstadt e Humboldt-Berlino, identificou um sentimento de inveja desenfreado no Facebook, a maior rede social do mundo, que já tem mais de um bilhão de usuários e funciona como uma plataforma inédita para comparações sociais. Os pesquisadores descobriram que um em cada três internautas se sentiu pior ou mais insatisfeito e infeliz com a própria vida Dor de cotovelo

50

Pará+

Inveja para quê Você é único.indd 50

depois de visitar o site de relacionamento, sendo as pessoas que navegaram sem contribuir as mais afetadas. Os resultados mostraram também que fotografias de férias foram a maior causa de ressentimento, com mais da metade dos incidentes de “dor de cotovelo” provocada por imagens de viagens. A interação social, por sua vez, foi o segundo motivo mais comum. Por mais simples que possam parecer, essas descobertas merecem uma séria reflexão. A inveja é consequência da frustração e pode se manifestar quando almejamos o que o outro tem ou desejamos que ele perca o que conquistou, sendo sua raiz o desequilíbrio da autoconfiança. Como já dizia Siddharta Gautama (Buda), aquele que inveja os outros não tem paz, pois o sentimento, em si, comporta questões negativas, e mesmo senti-la não é prazeroso, mas dolorido. Na tentativa de recuperar um pouco de autoestima, a pessoa invejosa desvaloriza e critica a quem percebe como melhor que ela, diminuindo o valor dos outros. Os primeiros passos para superar esse pecado capital

são parar de se comparar continuamente e reconhecer as próprias características únicas e específicas, não classificáveis com base na existência dos outros. O autoconhecimento é fundamental para fortalecer a confiança em si mesmo e o amor próprio, repelentes naturais para sentimentos vazios como a inveja. Por conta disso, a falta dessas qualidades paralisa a iniciativa, a ação e nos faz sentir impotentes diante da vida, incapazes de enfrentar as limitações e de evoluir. Mas quando a vontade de mudar está presente e o desejo de transformar os medos e as inseguranças supera a condição de estagnação, algo começa a se modificar profundamente dentro de nós, e começamos a jornada para fazer diferente. Mesmo sem fórmulas prontas, acredito que algumas atitudes merecem atenção e podem ser trabalhadas para aumentar a segurança em si mesmo: - Fortaleça as suas habilidades. Não precisamos ser igual aos outros para sermos realmente felizes e satisfeitos. Na verdade, precisamos ir ao encontro de nós mesmos, da nossa originalidade e autenticidade; - Cuide da sua atitude mental: foque seus pensamentos em direção ao positivo e nas soluções, não nas dificuldades e problemas; - Lembre-se do poder e da força de ter objetivos definidos e claros; - Crie ações para realizar seus objetivos, organize recursos e tempo, pois a cada resultado alcançado, vivemos uma experiência de sucesso, consolidando, assim, a autoconfiança e fortalecendo a personalidade. Nessa reflexão, fica claro que o sentimento da inveja nasce primeiramente dentro da alma humana e, não, do popular social network. Por esse motivo, o caminho do autoconhecimento é a chave para nos tornarmos mental e emocionalmente mais fortes e conscientes de que somos seres criativos e realizadores, capazes de moldarmos a realidade por meio de nossas escolhas. (*) Palestrante, consultor organizacional, escritor e especialista em desenvolvimento das Competências de Liderança e Preparação de Equipes. Presidente da Sociedade Cre Ser Treinamentos, colabora periodicamente com artigos para revistas e jornais. Autor dos livros: Viva como Você Quer Viver, A Vida é Um Milagre e Transforme seus Sonhos em Vida Editora Gente.

<<

www.paramais.com.br

19/03/2013 15:57:48


4

Pará+

ANUNCIO PARÁ NEGÓCIOS.indd 4

www.paramais.com.br

19/03/2013 16:08:13


Matricule-se jรก! 3222-5003 4

Parรก+

ANUNCIO IHOL IDIOMAS.indd 4

www.paramais.com.br

19/03/2013 16:13:51

Pará+ 133  

O Papa Francisco 2013: Ano internacional de cooperação pela água

Advertisement