Issuu on Google+

Revista

Pará+ OUTUBRO 2012

BELÉM-PARÁ

WWW.PARAMAIS.COM.BR

ISSN 16776968

EDIÇÃO 128

Editora Círios

R$ 8,00

Pelas estradas da vida, nunca sozinho estás Contigo pelo caminho, Santa Maria vai CAPA.indd 1

10/10/2012 17:34:46


Imagens de Círios 11º ANO

CONCURSO FOTOGRÁFICO

Cesar Sarmento - 6º Lugar 2011

Luciene Cordeiro Sales - 1º Lugar 2011

Marcio Santos Matos - 2º Lugar 2011

Rafael Ribeiro Cabral - 3º Lugar 2011

PARA CONCORRER, AS FOTOS DEVERÃO TER A TEMÁTICA “NOSSA SENHORA DE NAZARÉ, SEUS CÍRIOS, ECUMENISMO, DEVOÇÃO, FOLCLORE POPULAR E ARTESANATO”. REFERENTES ÀS FESTIVIDADES NAZARENAS EM QUALQUER DOS CÍRIOS EM HOMENAGEM E LOUVOR À VIRGEM DE NAZARÉ, EM 2012.

INSCRIÇÕES E REGULAMENTO NOS SITES:

www.cirios.com.br www.paramais.com.br

Ou na EDITORA CÍRIOS: Rua Timbiras, 1572 (Pe. Eutíquio e Apinagés) Batista Campos. Belém-PA Fones: (91) 3223.0799 / 3083.0973

PRÊMIOS 1° ao 10° lugar, Smartphones Vivo Nokia.

INSCRIÇÕES GRATUITAS

Fique por dentro

facebook.com/imagensdecirios

REALIZAÇÃO

EDITORA CÍRIOS

PARCEIROS

Anuncio Imagens de Círios 2012.indd 2

10/10/2012 17:36:17


Uma homenagem do Colégio Moderno a Nossa Senhora de Nazaré

www.paramais.com.br

Anuncio Moderno.indd 3

Pará+

3

10/10/2012 18:28:30


Pará+

Revista

N E S TA E D I Ç Ã O EDIÇÃO 128 - OUTUBRO/2012

PUBLICAÇÃO

Editora Círios SS Ltda CNPJ: 03.890.275/0001-36 Inscrição (Estadual): 15.220.848-8 Rua Timbiras, 1572A - Batista Campos Fone: (91) 3083-0973 Fax: (91) 3223-0799 ISSN: 1677-6968 EDITORA CÍRIOS CEP: 66033-800 Belém-Pará-Brasil www.paramais.com.br revista@paramais.com.br

08

X Imagens de Círios 2011

ÍNDICE

06

Programação do Círio 2012

16

Círio Musical 2012

18

A beleza do Círio retratada nas imagens

28 O Turismo e o Círio

20 O cartaz do Círio 2012

22

Missa do Mandato

24

“Virgem de Nazaré” é reverenciada por colaboradores da Eletrobras Eletronorte

26

Expocatólica 2012

DIRETOR e PRODUTOR: Rodrigo Hühn; EDITOR: Ronaldo Gilberto Hühn; COMERCIAL: Alberto Rocha, Augusto Ribeiro, Rodrigo Silva, Rodrigo Hühn; DISTRIBUIÇÃO: Dirigida, Bancas de Revista; REDAÇÃO: Ronaldo G. Hühn; COLABORADORES*: Amanda Engelke, Anete Costa Ferreira, Antônio Bastos, Camillo Martins Vianna, Daniel Mattos, Jorge H. Fernandes, Rodrigo Maroja Barata, Sergio Pandolfo, Vanessa Crispim; FOTOGRAFIAS: Aliete R. Cavaleiro, Ana Luiza Cavallare Ferreira, Antônio Sales, Antônio Silva, Cláudio Santos, Cristino Martins- O Liberal, Eliseu Dias, Eunice Pinto, Rodolfo Oliveira, Elivaldo Pamplona, Fabiane Nunes, Fernando Araujo, Igor Mota, Márcio Santos, Osmarino Souza, Luciene Cordeiro Sales, Marcio Santos Matos, Rafael Ribeiro Cabral, Joice Priscila, Cesar, João de Deus, Carolina Modesto Barreto, Antônio Cícero dos Santos, Alessandra de Brito Gomes, Genildo Oliveira Mota, Wagner Santana, Marcelo Seabra, André Tadeu Dias Gaspar, Ricardo Lopes Barbosa, Joanaldo Silva, Joice Priscila Ferreira, Yuri Amorim da Silva, José Carlos da Silva Oliveira,Marcelo dos Santos Carmo, OsPará2000 e Wellyngton Augusto Coelho da Silva; DESKTOP: Mequias Pinheiro; EDITORAÇÃO GRÁFICA: Editora Círios * Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores.

Editora Círios, a única editora do Norte associada a Associação Nacional de Editores de Revistas

C A PA

40

Os tradicionais Círios da Atalaia

44 48

Revista

34

O Círio de Na Sa de Nazaré: curiosidades e gastronomia típica

Pará+

s

Círio Editora

AIS.COM.BR

WWW.PARAM

BELÉM-PARÁ

OUTUBRO

2012

EDIÇÃO 128

38 Impenetrabilidade vence o Arte Pará

6968

um círio por um colo

ISSN 1677

32

R$ 8,00

Feira do Empreendedor 2012 São Lucas, o Patrono dos Médicos

46 XVI Feira Pan-Amazônica faz do Pará o centro das atenções...

zinho estás da, nunca so a Maria vai vi da as ad , Sant Pelas estr lo caminho Contigo pe A Berlinda, após a saída da Catedral. Foto de Cesar Sarmento, em “Imagens de Círios”, 2011

PA-538

Portal Amazônia

www.revistaamazonia.com.br

Nesta Edição (128).indd 4

10/10/2012 18:26:58


CÍRIO DE NAZARÉ 2012

A

todos os leitores da Revista Pará+, cheguem as saudações amigas da Arquidiocese de Belém. No presente Círio, ressoa como um refrão, por todas as

partes, a aclamação profundamente arraigada na fé cristã, que reconhece a

inigualável participação da Virgem Maria no Mistério da Salvação: “Ao Pai,

por Cristo, no Espírito Santo, com Maria e do jeito de Maria”.

A galeria de fotos da revista re�lete nossa vida e nossos sonhos, com tudo de bom

que o Próprio Deus plantou na alma paraense.

Deus abençoe a todos! Feliz Círio 2012.

Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo de Belém.

Av. Senador Lemos, 3210 TeleFax: (91) 3233-1222 3244-1020 www.paramais.com.br

CÍRIO DE NAZARÉ 2012.indd 5

Ave, Ave, O Senhora da Berlinda. Pará+

05

10/10/2012 15:52:00


PROGRAMAÇÃO DIA

HORA

08 09 10 10 11 12 12 12 13 13 13 13 13 13 14 14 15 15 14 a 28 16 a 27 16 a 27 20 20 21 21 22 28 28 28 28 28 29 29 29

EVENTO

18:30

19:00

08:00

21:00 18:00 07:00

07:30

09:00

05:30

09:00

LOCAL Adoração ao Ssmo.Sacramento Abertura O�icial do Círio 2012

Evangelização

Encerramentoda Vigília de Adoração/Oração

Capela Bom Pastor

Evangelização

Missa de Abertura do Ano da Fé/ Apresentação do Manto Missa doTraslado

Traslado Ananindeua/Marituba

19:00

08:00

Círio

Adoração ao Ssmo.Sacramento Noitedos Eleitos

ProgramaçãoCultural /

Círio Musical

Terço da Alvorada Noitários

CicloRomaria

Chegada da Cruz Missionária/Romaria daJuventude

18:30

Adoração ao Ssmo.Sacramento

19:30

Missa de Encerramento

07:00

07:00

08:00

Missa Romaria das Crianças Romaria das Crianças

Missa Procissão da Festa Procissão da Festa

21:00

Encerramento do Círio 2012

05:30

Subida da Imagem

22:00

06:00

07:00

3 Suítes Área Condominial Completa 2 Vagas de Garagem 110 m² 06

Evangelização

16:00

08:00

Pará+

PROGRAMAÇÃO DO CÍRIO 2012.indd 6

Evangelização

Procissões

Basílica Santuário

Missa do Círio

06:30

Marketing/Eventos/ Evangelização

Descida da Imagem Trasladação

18:30

Basílica Santuário

Basílica Santuário

Procissões

Procissões

Missa da Trasladação

05:00

Basílica Santuário

Ananindeua

Moto Romaria

17:30

Basílica Santuário à CDP

Romaria Rodoviária Romaria Fluvial

16:30

20:30

Evangelização

Eventos/Decoração/Marketing

Capela Bom Pastor

Transportes dos Carros–CDP

12:30

05:30

Capela Bom Pastor

Casa de Plácido

RESPONSÁVEL

Abertura da Vigília de Adoração/Oração

11:30

19:00

CÍRIO 2012

Espetáculo Pirotécnico Missa do Recírio Recírio

Icoaraci

Pça.PedroTeixeira Colégio Gentil Colégio Gentil

Catedral da Sé

Catedral da Sé

Capela Bom Pastor

Salão de Festa da Basílica Santuário

Concha Acústica

Basílica Santuário

Salão de Festa da Basílica Santuário Pça.Santuário

Catedral /Basílica Santuário

Pça. Santuário

Pca. Santuário

Capela Bom Pastor

A de�inir

A de�inir

Pça.Santuário

Salão de Festa da Basílica Santuário

Pça. Santuário

Basílica Santuário

Pça.Santuário Pça.Santuário

Aos nossos amigos e clientes um abençoado Círio

Procissões Procissões

Evangelização Procissões

Cúria da Sé

Procissões

Evangelização

Coordenação

Evangelização

Confraria de Nazaré Eventos

Procissões

Procissões

Catequese

Procissões

Evangelização

Comunidades

Procissões

Evangelização

Eventos/Marketing/Decoração

Eventos

Evangelização

Evangelização Procissões

Uma Homenagem:

www.construtoraplancon.com.br Fones .: (91) 3241-1425

www.paramais.com.br

09/10/2012 11:46:10


Ó Maria, faze-te minha mestra e ensina-me o que fazer de digno para me tornar menos desagradável ao meu caro Jesus (Beata Madre Rosa Gattorno) O Círio de Nazaré é a maior manifestação religiosa católica do Brasil. E este ano é proclamado o ANO DA FÈ, em que somos convidados a entrarmos na vida de comunhão Trinitária e vivenciarmos a graça que transforma para percorrermos um caminho que perdure por toda vida. Após a Romaria fluvial, a Virgem de Nazaré é conduzida até o Colégio Gentil Bittencourt onde, mais tarde acontecera a santa missa para dar inicio à trasladação, que leva milhares de devotos às avenidas. E no final da festividade: o Recírio, Ela retorna ao Colégio Gentil Bittencourt deixando saudades ao povo paraense. A Família Gentiliana, iluminada pelo Espírito Santo, homenageia a Virgem de Nazaré por ser o berço que acolhe Jesus Cristo.

www.paramais.com.br

Anuncio Colegio Gentil.indd 7

Pará+

7

09/10/2012 14:30:30


Juri X Concurso de Imagens de Círios com as fotos vencedoras 2011: Da direita p/ esquerda: Rodrigo Hühn, Adenison Lage, Elias Gorayeb, Flavio Cardoso, Roberto Pinto da Costa, Kerley Pascoa, Paulo Souza, Rubens Farias , Marcus Rodrigues, Neil Henriques, Pedro Corrêa e Ronaldo Hühn

X Imagens de Círios 2011 Durante a seleção

Nos finalmentes...

Vencedores do X Concurso Imagens de Círios 2011

O

juri do Concurso Imagens de Círios 2011: Adenison Lage, Elias Gorayeb, Flavio Cardoso, Roberto Pinto da Costa, Kerley Pascoa, Paulo Souza, Rubens Farias, Marcus Rodrigues, Neil Henriques, e Pedro Corrêa. 08

Pará+

X Imagens de Círios 2011.indd 8

1º Lugar Luciene Cordeiro Sales Foto 41 2º Lugar Marcio Santos Matos Foto 397 3º Lugar Rafael Ribeiro Cabral Foto 02 4º Lugar Joice Priscila Ferreira Foto 371 5º Lugar Marcio Santos Matos Foto 1016 6º Lugar Cesar Sarmento Foto 268 7º Lugar Cesar Sarmento Foto 253 8º Lugar João de Deus Souza Foto 166 9º Lugar Carolina Modesto Barreto Foto 113 10º Lugar Antônio Cícero dos Santos Foto 190.

Classificados Concurso do X Imagens de Círios 2011

042 - Luciene Cordeiro Sales; 1028 - Alessandra de Brito Gomes; 082 - Genildo Oliveira Mota; 389 – Marcio Santos Matos; 064 – Wagner Santana; 090 – Genildo Oliveira Mota; 120 – Marcelo Seabra; 077 – Genildo Oliveira Mota; 119 – Marcelo Seabra; 1044 – André Tadeu Dias Gaspar; 259 – Cesar Sarmento; 301 – Ricardo Lopes Barbosa; 406 - Marcio Santos Matos; 157 – Jonaldo Silva; 059 – Wagner Santana; 272 – Cesar Sarmento; 395 – Marcio Santos Matos; 369 – Joice Priscila Ferreira; 023 – Yuri Amorim da Silva; 175 – Antonio Cícero dos Santos; 387 – Marcio Santos Matos; 046 - Antonio Cícero dos Santos; 036 – José Carlos da Silva Oliveira; 168 – João de Deus Souza; 211 – Marcelo dos Santos Carmo; 290 – Aliete Roseli R. Cavaleiro Macedo; 402 – Marcio Santos Matos; 076 – Genildo Oliveira Mota; 264 – Cesar Sarmento; 357 – Ana Luiza Cavallare Ferreira; 204 – Wellyngton Augusto Coelho da Silva; 218 – Marcelo dos Santos Carmo, e, 202 – Wellyngton Augusto Coelho da Silva. O Juri com as Fotos Vencedoras

www.paramais.com.br

09/10/2012 11:39:21


Vencedores 1º Lugar Luciene Cordeiro Sales

www.paramais.com.br

X Imagens de Círios 2011.indd 9

Pará+

9

09/10/2012 11:39:35


2º Lugar Marcio Santos Matos

3º Lugar Rafael Ribeiro Cabral

10

Pará+

X Imagens de Círios 2011.indd 10

www.paramais.com.br

09/10/2012 11:39:49


4º Lugar Joice Priscila Ferreira

A DIRETORIA Do SEC-PARÁ Deseja a todos os nossos amigos, ASSOCIADOS e contribuintes um Feliz Círio A SERVIÇO DO TRABALHADOR Décadas

COMERCIÁRIO DO PARÁ

Rua João Diogo, 498 Comércio - Belém Fones: (91) 3321.1600 / 3321.1602 Sub-sede de Tomé-Açu: (91) 3734-1025 Sub-sede de Santa Isabel: (91) 3734-5933 Sub-sede de Goianésia: (94) 3779-0291 Sub-sede de Tucuruí : (94) 3778.8375 Sub-sede de Altamira: (93) 3515.0765 Sub-sede de Jacundá: (94) 3345-1288 Sub-sede de Novo Repartimento: Sub-sede de Vigia de Nazaré: (91) 3731-1547 Sub-sede de Tailândia: (91) 3752-2230 secpa@nautilus.com.br www.secpa.com.br www.paramais.com.br

X Imagens de Círios 2011.indd 11

Pará+

11

09/10/2012 11:40:08


5º Lugar Marcio Santos Matos

6º Lugar Cesar Sarmento

7º Lugar Cesar Sarmento

8º Lugar João de Deus Souza

9º Lugar Carolina Modesto Barreto

10º Lugar Antônio Cícero dos Santos

Desejamos aos nossos amigos e clientes um

Uma homenagem ` ~ÄÉäÉáêÉáêçë

Estética Facial e Corporal, Corte, Escova, Penteado, Reflexo, Reconstrução Capilar Plástica dos Fios, Hidratação, Maquiagem, Coloração, Pedicure, Manicure etc...

Círio 2012

Tupinambás, n°50 Tel: (91) 3224-1673 (esq. com Tamoios no Largo do Boticário) 12

Pará+

X Imagens de Círios 2011.indd 12

Feliz Círio

Tv. Joaquim Távora, 526 tel.:(91) 3222.5590/3222.6212 www.proam.com.br www.paramais.com.br

09/10/2012 11:40:25

w


6 2 r

Classificados

Yuri Amorim da Silva

José Carlos da Silva Oliveira

Luciene Cordeiro Sales

Antonio Carlos Sales da Silva

Wagner Santana

Wagner Santana

Genildo Oliveira Mota

Genildo Oliveira Mota

Genildo Oliveira Mota

Genildo Oliveira Mota

Marcelo Seabra

Viagens e Turismo

Uma homenagem

Círio de Nazaré

www.aviztur.com.br www.paramais.com.br

X Imagens de Círios 2011.indd 13

4008-0700 Pará+

13

09/10/2012 11:40:43


Marcelo Seabra

Jonaldo Silva

João de Deus Souza

Wellyngton Augusto Coelho da Silva

Antonio Cícero dos Santos

Marcelo dos Santos Carmo

Cesar Sarmento

Cesar Sarmento

Ricardo Lopes Barbosa

Aliete Roseli R. Cavaleiro Macedo

Se vai para Portugal, vá de Turvicam Aqui você carrega o seu Cash Passport Adquira o cartão da Mastercard na versão em dólar, libras ou euros e vá tranquilo.

O câmbio é especialidade da casa Com as melhores taxas, você adquire a moeda para a sua viagem.

Complete conosco seu roteiro Você faz com a Turvicam as reservas de hotel e de carro.

Seguro vale por dois Na Turvicam você viaja com o melhor seguro de viagem.

TURISMO - VIAGENS - CÂMBIO

14

Pará+

X Imagens de Círios 2011.indd 14

www.paramais.com.br

09/10/2012 11:41:08


Cesar Sarmento

Marcio Santos Matos

Ana Luiza Cavallare Ferreira

Marcio Santos Matos

Marcio Santos Matos

Joice Priscila Ferreira

Alessandra de Brito Gomes

Marcio Santos Matos Wellyngton Augusto Coelho da Silva

André Tadeu Dias Gaspar

Marcio Santos Matos

EXPRESSO VA MO S + L ON G E POR

V O CÊ !

MATRIZ: ANANINDEUA-PA BR 316 - KM 5, S/N - ANEXO AO POSTO UBN EXPRESS ÁGUAS LINDAS - CEP: 67020-000 FONE: (91) 3321-5200

FILIAIS: GUARULHOS-SP FONE: (11) 2303-1745 www.paramais.com.br

X Imagens de Círios 2011.indd 15

MACAPÁ-AP FONE: (96) 3251-8379 Pará+

15

09/10/2012 11:41:38


Círio Musical 2012 Os shows da Festa de Nazaré, na concha acústica da Praça Santuário 14/10 (Dom) - Pe. Fábio de Melo 15/10 (Seg) - Anjos de Resgate 16/10 (Ter) - Pe. Antonio Maria 17/10 (Qua) - Pe. Omar 18/10 (Qui) - Pe.Joãozinho e Comunidade Nova de Aliança 19/10 (Sex) - Missionário Shalom 20/10 (Sáb) - Ministério Adoração e Vida “Bote Fé” 21/10 (Dom) - Jake 22/10 (Seg) - Pe.Cleidimar 23/10 (Ter) - Flavinho 24/10 (Qua) - Rosa de Saron 25/10 (Qui) - Eros Biondini 26/10 (Sex) - Diego Fernandes 27/10 (Sáb) - Davidson Silva 28/10 (Dom) - Banda CAJU

Pe. Antonio Maria no Círio Musical

Show Pe. Fábio de Melo na concha acústica da Praça Santuário

As apresentações começam a partir das 21h. O Círio Musical tem a realização da Diretoria da Festa/Basílica Santuário e Arquidiocese de Belém, com patrocínio da Vale.

r. Santa Maria, vem! a h n i m a c m e v , Oh! Vem conosco Generalíssimo, 1533-B (entre Brás e Gentil) Fone:(91) 3224-4470 www.viviane.com.br 16

Pará+

Círio Musical 2012.indd 16

www.paramais.com.br

09/10/2012 14:36:09


www.paramais.com.br

Anuncio Colegio Santa Rosa.indd 17

Parรก+

17

09/10/2012 14:23:47


A beleza do Círio retratada nas imagens Imagens de Círios

A

Promesseiro, do fotógrafo Marcelo dos Santos Carmo, nos cartões de recarga de R$ 13

imagem de Nossa Senhora de Nazaré, a Berlinda, a corda, promesseiros, a Basílica Santuário. Estas e outras belezas podem fazer parte do Concurso Fotográ�ico Imagens de Círios, realizado pela Editora Círios em parceria com a ORM e a Telefônica | Vivo, pelo 11º ano consecutivo. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelos sites www.cirios.com.br , www.revistaamazonia.com.br e www. paramais.com.br . Serão premiados do 1º ao 10º lugar com smartphones Nokia. Este ano, os cartões de recarga estampam a imagem do Promesseiro e da Berlinda de Nossa Senhora de Nazaré, retratadas pelos fotógrafos Marcelo Carmo e Wagner Santana, respectivamente, que foram classi�icadas no concurso do ano passado. Os cartões são nos valores de R$ 13 e R$ 25 e podem ser encontrados nos mais de 21 mil pontos de recarga da Vivo, em todo o Estado. Para o Diretor Regional Norte da Telefônica |Vivo, Mauricio Santos, o concurso é importante por estimular uma nova visão do Círio. “Por meio das imagens, é possível conectar a população, familiares e amigos com o sentimento estampado nas fotos. Uma manifestação religiosa tão importante quanto esta, símbolo de fé dos paraenses, é merecedora de uma grande homenagem”.

A Editora Círios promove o Concurso há 11 anos, uma concorrência gratuita a fotógrafos pro�issionais e amadores. No qual qualquer pessoa pode participar com fotos alusivas ao Círio de Belém, e aos Cirios – do Brasil, Portugal, Espanha, França e Itália. As únicas exigências são fotos pertinentes ao ano corrente e que sejam reveladas no tamanho 20x30 cm. Marcando presença na data mais importante para os paraenses, a Vivo também lançou uma campanha especial para o Círio, abrangendo além dos cartões de recarga, mídia externa, ações promocionais e divulgação nas redes sociais. A campanha utiliza um forte ícone da festa que é a corda dos promesseiros, a qual forma duas palavras que traduzem a força da festa: “amor” e “gratidão”. O texto enfatiza que a Vivo está com todos os paraenses conectados na festa dos 220 anos do Círio de Nazaré.

Serviço:

XI Concurso Imagens de Círios Inscrições gratuitas até 31/10 Inscrições e regulamento: www.cirios.com.br, www.revistaamazonia.com.br www.paramais.com.br ou na Editora Círios - Rua Timbiras, 1572 (entre Pe. Eutíquio e Apinagés), Batista Campos Acompanhe o concurso pelo Facebook.com/imagensdecirios

Berlinda de Nossa Senhora de Nazaré, do fotógrafo Wagner Santana, nos cartões de recarga de R$ 25

REALIZAÇÃO

Editora Círios PARCEIROS

18

Pará+

A beleza do Círio retratada nas imagens.indd 18

www.paramais.com.br

10/10/2012 15:54:51


www.paramais.com.br

Anuncio ORM.indd 19

Parรก+

19

10/10/2012 15:57:16


O cartaz do O Círio 2012

Cartaz do Círio de Nazaré 2012, com o tema “Ao Pai, por Cristo, no Espírito Santo, com Maria e do jeito de Maria”, foi apresentado a milhares de fiéis, na Praça Santuário, depois da missa celebrada pelo arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira, na Basílica Santuário. O Cartaz é um dos principais ícones e um dos símbolos mais conhecidos e esperados do Círio.

C

F

A empresa

A Frutali é uma empresa atuante no segmento de polpa de frutas, especializada principalmente na polpa do açai e seus derivados. Nossa empresa busca constantemente por aperfeiçoamento e inovação. Buscamos crescimento em ambito nacional e internacional.

O produto O delicioso mix de açaí, nutre de forma refrescante e saborosa a partir da combinação do mais legítimo açaí, com extrato do puro guaraná amazônico sem aromatizantes. Contem ômega 6 e 9 benéficos para o bom funcionamento do organismo, resultando num efeito irresistível e saudável. Destacamos tambem que por ser pasteurizado, é um alimento confiavel e seguro. Extrato Pur de Guaranáo

20

Pará+

O cartaz do Círio 2012.indd 20

Pote 1,7L Sabor Original

Super Saudável

Cont Ômegaém 6e9

is Em dores Sabo

Pote 200ml

www.frutali.com frutali@frutali.com.br

Um

Sabor Original e Banana

www.paramais.com.br

10/10/2012 18:08:14


Durante a apresentação do Cartaz do Círio 2012

Kleber Vieira, Diretor Coordenador do Círio e o Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira, apresentando o Cartaz do Círio 2012

Um banner imenso do cartaz, encoberto por um pano, foi aos poucos sendo revelado, ao som dos sinos da Basílica, para o encanto dos fiéis, que aplaudiram bastante. Muitos cartazes foram distribuídos no final do evento. O cartaz mostra em primeiro plano a imagem da Virgem de Nazaré, numa foto de

Guy Veloso, e ao fundo uma imagem de Luiz Braga da procissão, no momento em que ela passa pelo Boulevard Castilhos França, mostrando os promesseiros na corda com as mãos levantadas, a berlinda e o Ver-o-Peso. Uma novidade é que o cartaz traz a data do Círio, 14 de outubro. Dom Alberto Taveira abençoou o cartaz,

que, segundo ele, apresenta os principais ícones do Círio, incluindo a corda, a berlinda, o Ver-o-Peso e o povo. Ele destacou a ”grande simbologia” das mãos que se elevam como se quisessem chegar ao céu e se unir às de Nossa Senhora. “Eu desejo que esse cartaz se espalhe a partir de hoje e seja um grande símbolo da nossa caminhada do Círio deste ano”. Segundo Padre José Ramos, Reitor da Basílica Santuário e presidente do Círio, o evento fez parte da programação dos seis anos de aniversário da Basílica como Santuário Mariano da Arquidiocese de Belém.

Serviço

Quem quiser adquirir exemplares do Cartaz, poderá comprá-lo pela quantia de R$1,50 nas lojas Lírio Mimoso, localizada ao lado da Basílica.

Cirio de Nazaré

Festa de Fé

Praça Dom Macedo Costa, 128 Fone: 3366-6262 - Fax: 3222-8732 csanto@csanto.com.br Uma homenagem do colégio Santo Antônio a Nossa Senhora de Nazaré www.csanto.com.br www.paramais.com.br

O cartaz do Círio 2012.indd 21

Pará+

21

10/10/2012 18:08:23


Que Nossa Senhora de Nazaré continue nos olhando e nos protegendo para que possamos anunciar a boa nova

Missa do

Mandato

Fotos Cristino Martins - O Liberal

E

sse ano, devido a chuva, a celebração não foi na Praça Santuário, assim, Kléber Vieira, coordenador da Diretoria da Festa de Nazaré, entrou - pela Basílica Santuário de Nazaré, conduzindo a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré - a mesma que participará de todas as procissões e festejos do Círio - pela Basílica Santuário de Nazaré, lotada de fiéis, que estendiam as mãos reverenciando, rogando bençãos à Santinha e cantando “Oh Virgem Santa, teu povo canta”. Essa celebração dá início à programação do Círio 2012, quando as imagens de Nossa Senhora de Nazaré são abençoadas para as peregrinações que iniciam, indo visitar os lares paraenses. Estima-se que 1,7 milhão de fiéis participem das visitas, que servem de preparação para o Círio de Nazaré. A celebração foi realizada pelo Bispo Auxiliar de Belém, Dom Teodoro Mendes, substituindo o arcebispo de Belém, dom Alberto Taveira, que foi a Marabá, sudeste do Estado, participar do funeral do bispo emé-

22

Pará+

Missa do Mandato.indd 22

Kléber Vieira, coordenador da Diretoria da Festa de Nazaré, entrou - pela Basílica Santuário de Nazaré, conduzindo a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré

rito da diocese de Marabá, dom José Foralosso, que faleceu na véspera. Dom Teodoro Mendes, no início, disse que o Pará começa a respirar o clima do Círio, e em sua homilia, ressaltou o papel da Missa do Mandato nas celebrações do Círio. Para ele, esse marco inicial serve para “organizar os fiéis para a evangelização, junto de Maria e Jesus”. “Nossa preparação deve ser para que o Círio seja uma forma de levarmos a mensagem de Jesus, de evangelizar e sermos evangelizados. Um momento de

avanço espiritual”, disse o bispo. “Que Nossa Senhora de Nazaré continue nos olhando e nos protegendo para que possamos anunciar a boa nova”. Ao final da celebração, dom Teodoro pediu que os fiéis levantassem as imagens, e, ao som de “Dai-nos a bênção”, o bispo abençoou as imagens da Virgem que percorrerão a cidade.

Peregrinações

Cerca de três mil representantes das 73 paróquias que compõem a arquidiocese de Belém estiveram na missa. Boa parte dos fiéis levou imagens de Nossa Senhora de Nazaré para a bênção. Os participantes das peregrinações receberão os chamados “kit evangelização”, composto por uma imagem da santinha, livros de peregrinações e cartazes do Círio deste ano. Cada imagem deve visitar 20 lares e a expectativa é que em 2012, aproximadamente 110 mil casas recebam a Virgem Maria. Assim, a estimativa desse ano é de 1,7 milhões www.paramais.com.br

09/10/2012 15:27:43


Imagens de Nossa Senhora de Nazaré abençoadas para as peregrinações que visitarão os lares paraenses

de pessoas participando das peregrinações. De acordo com Kleber Vieira, as peregrinações são parte principal do ritual que antecede o Círio. “Esse processo de evangelização prepara os corações das pessoas para a grande festa de fé”, afirmou.

Bispo Dom Teodoro Mendes abençoou as imagens

Guardas da Santa

Os membros da Guarda de Nazaré receberam a bênção oficial do bispo auxiliar de Belém, dom Teodoro Mendes, na noite anterior à Missa do Mandato. Com a proximidade das procissões do Círio, as reuniões do grupo serão realizadas semanalmente para organizar a atuação dos guardas. Fundada em 1974, hoje a entidade reúne 1.140 “seguranças da santa”, com 116 guardas a mais do que no ano passado. Perante centenas de guardas, na Casa de Plácido, Centro Social de Nazaré, o arcebispo auxiliar lembrou que o “Círio é uma festa religiosa que transcende as fronteiras da igreja”. “Nesse período maravilhoso que é o Círio, sabemos da importância dos guardas. Não só pelo uniforme, mas pela postura, comprometimento e papel insubstituível no que se refere às celebrações”, disse o bispo, encerrando com uma oração e vivas a Nossa Senhora de Nazaré.

Cerca de três mil representantes das 73 paróquias que compõem a arquidiocese de Belém estiveram na missa

Guardas da Santa receberam a bênção oficial do bispo auxiliar de Belém, dom Teodoro Mendes

www.paramais.com.br

Missa do Mandato.indd 23

Pará+

23

09/10/2012 15:27:55


“Virgem de Nazaré”

é reverenciada por colaboradores da Eletrobras Eletronorte Fotos Fabiane Nunes

A

s lágrimas no rosto dos colaboradores e colaboradoras da Eletrobras Eletronorte já anunciava a chegada da Imagem Peregrina, que na quarta-feira (03/10) visitou e emocionou a força de trabalho da Empresa em Belém. Foi uma hora de muita alegria e emoção. “Só em falar em Nossa Senhora de Nazaré eu já fico emocionada”, disse Francy Benigno, que há oito anos participa do momento de oração e fé. Para Sônia Silva, o Círio é de verdade especial. Há 17 anos em Belém, acostumouse rapidamente a identificar esse, como o Natal dos Paraenses. “É impressionante a energia que vem do Círio, tudo se movimenta e se transforma, é de verdade momento de renovação de fé. Nossa Senhora atendeu a muitos pedidos meus, este ano especialmente estou agradecendo a graça alcançada de meu filho passar no ITA”, contou a devota. A colaboradora esteve entre os devotos que lotaram o Auditório Jorge Palmeira que recepcionou a “Padroeira dos Paraenses” com a Banda da Guarda Municipal de Belém, sob o comando do vice-regente Mauro Cristiano, seguido do “Rito da Bênção”, uma celebração que prepara os fiéis para o evento maior que é o Círio de Nazaré. Ao final da cerimônia, em forma de homenagem, os presentes tiveram a oportunidade de tocar o manto da Padroeira e fazerem suas orações. A visita da imagem à Empresa é motivo de orgulho àqueles que todos os anos tornam esse momento possível, como para Roberto França, gerente do Centro de Tecnologia,

24

Pará+

Funcionários se reúnem no altar dentro das instalações da empresa

Francisco França, gerente do Centro de Tecnologia da Eletrobras Eletronorte, recepcionou a Imagem Peregrina

que participa do evento desde a primeira visita da imagem à Empresa. “É uma alegria muito grande poder receber Nossa Senhora de Nazaré para homenageá-la e para que ela possa nos encher de graça e harmonia” celebrou França. Pelo oitavo ano consecutivo, a imagem peregrina visita as instalações da empresa, abençoando os colaboradores, colaboradoGleice Bittencourt, secretária da ras e o ambiente Divisão Administrativa, fazendo de trabalho da sua prece à Santa Padroeira dos empresa. Mas Paraenses

“Virgem de Nazaré” é reverenciada por colaboradores da Eletrobras Eletronorte.indd 24

as homenagens à “Virgem” na empresa começam muito antes do Rito da Benção. Organizado pela Assessoria de Comunicação, o concurso “Frases do Círio 2012” selecionou três frases que estarão na campanha publicitário institucional do Círio 2012. O objetivo é divulgar a homenagem da empresa a Nossa Senhora de Nazaré na mídia. “Todos juntos, uma só energia”. A frase do colaborador Márcio Robert da Silva Ribeiro, da Divisão de Transmissão de Vila do Conde, foi a grande vencedora do concurso, seguiwww.paramais.com.br

09/10/2012 15:44:44


No altar a réplica da imagem de Nossa Senhora de Nazaré

da das frases “Um sistema interligado de fé” (2º lugar), do colaborador Roberto Fonseca de Abreu, lotado na Gerência de Manutenção de Sistemas Eletroeletrônicos. “Eu sempre participei do concurso de frases, mas nunca tinha sido classificado. Acho que todas as formas de louvor e adoração para nossa Senhora, são válidas e contribuem para essa energia que toma conta de todos nós com a proximidade do Círio. A inspiração da minha frase veio de todo esse processo de fusão das empresas do grupo Eletrobras, fiz uma adaptação e acho que ficou legal”. Disse Márcio Robert, primeiro lugar no concurso. “Pensei em uma frase que pudesse fazer uma comparação entre a energia da fé, que é caracterizada por pessoas interligada através de uma corda e o sistema interligado de geração e transmissão de energia, através de cabos elétricos”, explica Roberto. Para ele, a energia da fé que erradia das pessoas que cumprem promessas, é, sem dúvida, uma energia que, se pudesse ser medida e armazenada, com certeza iluminaria milhares de corações. Em terceiro lugar ficou a frase “Fonte de energia renovada na fé”, do colabora-

dor João Barbosa Lobo, também de Vila do Conde. “O que me inspirou a participar do concurso na empresa é a sensação de poder compartilhar dessa fonte de energia que se renova todos os anos, por entender que é a oportunidade que nossa instituição tem de materializar nosso credo com os pilares da empresa, que é missão, visão e valores”,

reforçou João Barbosa Lobo, da Divisão de Transmissão de Vila do Conde (OTPV). É o terceiro ano consecutivo que ele fica entre os três primeiros lugares. As frases vencedoras foram escolhidas por uma Comissão, formada pela equipe da Assessoria de Comunicação da Coordenação Regional de Representação da Presidência no Pará e pela equipe da área de comunicação da sede, em Brasília. Originalidade, criatividade e adequação ao tema foram os critérios utilizados pelas equipes no momento da decisão. Outra homenagem à Santa, preparada especialmente pelos colaboradores, é a organização de um altar com a réplica da imagem na berlinda, que é decorada com recursos próprios. O sentimento que se aflora no mês de outubro, nos corações dos empregados da empresa, contribui também para uma arrecadação de aproximadamente 3,5

Devotos da Santinha, em oração, no Auditório Jorge Palmeira, durante o rito da Benção

toneladas de alimentos que são distribuídos por instituições, onde uma das beneficiadas é a Basílica de Nazaré para contribuição aos Romeiros, contribuindo para o engrandecimento dessa grande festa.

Vencedores do concurso de frases do Círio

1º lugar: Márcio Robert

2º lugar: Roberto Abreu

www.paramais.com.br

“Virgem de Nazaré” é reverenciada por colaboradores da Eletrobras Eletronorte.indd 25

3º lugar: João Barbosa Lobo

Pará+

25

09/10/2012 15:44:55


Expocatólica 2012 Círio de Nazaré foi destaque na Expocatólica 2012

A

9ª ExpoCatólica foi aberta no no Expo Center Norte, com uma missa presidida por Dom Milton Kenan Júnior, bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo e ao final da celebração o religioso abençoou os expositores com a imagem de Nossa Senhora de Nazaré. Em seguida, pelos corredores da ExpoCatólica, foi realizado um cortejo com o Círio de Nazaré. A imagem de Nossa Senhora de Nazaré, uma réplica da imagem chamada de peregrina, foi conduzida por missionários da Congregação dos Arautos do Evangelho e o cortejo contou com o padre José Maria

Paulo José Campos de Melo, acompanhou a soprano Dione Colares na execução de canções alusivas ao Círio

Adenauer Góes, secretário de Estado de Turismo do Pará, abrindo o cortejo

Ribeiro, presidente da Associação Nacional de Presbíteros do Brasil. A maior demonstração de fé e devoção do povo parense ganhou espaço especial no evento que divulga produtos e serviços ao público católico do Brasil. A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e a CompanhiaParaense de Turismo (Paratur) representaram o Pará na 9ª ExpoCatólica, com um estande com o elemento o Círio de Nazaré, mostrando o Pará como “A obra-prima da Amazônia”. Ao final da mini-romaria na na 9ª ExpoCatólica,, houve um a apresentação do pia-

nista e superintendente da Fundação Carlos Gomes, Paulo José Campos de Melo, que acompanhou a soprano Dione Colares na execução de canções alusivas ao Círio. O Círio é um dos principais destaques do Ver-o-Pará – Plano estratégico de Turismo do estado, lançado pelo governo do Estado com o intuito de fomentar o turismo parense. A intenção da participação na ExpoCatólica foi divulgar o Pará como destino, tendo o Círio como vitrine imprescindível, especialmente em se tratando do turismo religioso e cultural.

P

F U

3224-6682 | 3241-0680 RUA DOS MUNDURUCUS, 2130 - BATISTA CAMPOS @ldacademia Luiza Duarte Academia 26

Pará+

Expocatólica 2012.indd 26

www.paramais.com.br

10/10/2012 16:59:46


O andor com a imagem de Nossa Senhora de Nazaré

Pe. José Maria no cortejo de N. S. de Nazaré na Expocatólica 2012

Para o secretário de Estado de Turismo do Pará, Adenauer Góes, “o Círio é o nosso principal momento de pessoas que nos visitam. Muitas vezes são os próprios paraenses que vivem nos quatro cantos do mundo e do Brasil, e em outros momentos são pessoas que vão em busca de vivenciar esta romaria de pessoas que é difícil de explicar, da grande fé que percorrem as ruas de Belém”, explica o secretário. Continua Ademauer, “que nas ruas de Belém todos os anos se reúnem mais de dois milhões de pessoas que se juntam há 220 anos para reverenciar Nossa Senhora de Nazaré”. A cada ano cresce o número de turistas atraídos pelo Círio de Nazaré. Dados do Dieese e da Paratur apontaram para uma alavancada substancial no turismo da região, no período relativo aos festejos, trazendo grande impacto e fomento à economia paraense.

A Corda

A Corda puxada pelos promesseiros é um dos maiores ícones do Círio e da Trasladação. A Tradição surgiu no ano de 1855, quando a Berlinda ficou atolada por conta

Paz Segurança e Proteção aos nossos Amigos e Clientes

Feliz e abençoado Círio Uma homenagem:

que puxavam a Berlinda. Hoje, a corda tem 400 metros de comprimento, duas polegadas de diâmetros e é produzida em titan torcido de sisal oleado. Enfileirados, homens e mulheres puxam a corda que faz a Berlinda se movimentar, numa das mais impressionantes imagens do sacrifico em devoção à Virgem.

de uma grande chuva. A Diretoria da Festa teve a ideia de arranjar uma corda, emprestada às pressas de um comerciante, para que os fieis puxassem a Berlinda. Mas, só no ano de 1885, a corda foi oficializada no Círio, substituindo definitivamente os animais

Vós sois o Lírio Mimoso

Durante a Expocatólica 2012

Uma Homenagem

das PINHO & PINHO LTDA.

Rua Senador Manoel Barata, 440 - Comércio-Belém-Pará

Fone/Fax: (91) 3241-2918 | 3212-0267

www.reidasarmas.com.br

www.paramais.com.br

Expocatólica 2012.indd 27

E-mail: plantao@nortepilot.com.br

Telefax: (91) 3242-7589 Pará+

27

10/10/2012 16:59:55


O Círio de Nossa Senhora de Nazaré deverá atrair 76 mil turistas de fora do Estado à Belém no mês de outubro

O Turismo e o Círio Texto Amanda Engelke * Fotos Cláudio Santos e Cristino Martins/ Ag. Pará

O

Círio de Nazaré deverá atrair 76 mil turistas de fora do Estado à Belém no mês de outubro, além de injetar algo em torno de R$ 60 milhões na economia paraense. A expectativa é fruto da pesquisa de Perfil e de Demanda Turística do Círio de Nazaré, apresentada recentemente na Estação das Docas, pelo titular Secretaria de Estado de Turismo (Setur), Adenauer Góes, pela presidente da Companhia Paraense de Turismo (Paratur), Socorro Costa, e pelo diretor do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócio-Econômicos do Pará (Dieese), Roberto Sena. A movimentação na economia deverá crescer em torno de 7% em relação ao Círio de 2011. Naquele ano, os turistas deixaram na capital cerca de R$ 52 milhões. Tomandose por base o ano de 2003, quando os visi-

Para receber bem os turistas do Círio de Nazaré

tantes deixaram no Pará quase de 15 milhões durante a festividade de Nossa Senhora de

Nazaré, o crescimento esperado é mais que o dobro. Nos últimos 10 anos, o gasto dos tu-

Mãe a sua vida, foi resposta ao criado e foi escolhida, pra gerar o amor. Deus mandou, seu filho Jesus, ele é o salvador Uma Homenagem:

Limpa

Aos amigos e clientes

Feliz Círio

www.cidadelimpaonline.com.br

End.: Rod. 316 - Estrada Santana do Aurá, s/n Fones: 55 91 3265-4700 / 3265-0088 /3265-4148 28

Pará+

O Turismo o Círio.indd 28

www.paramais.com.br

09/10/2012 16:18:26


O titular da Setur, Adenauer Góes, destacou o aumento na geração de postos de trabalho durante a apresentação do perfil

ristas durante o Círio cresceu 264%. Em relação à quantidade de turistas presentes na festa, a pesquisa também revela um aumento significativo. Nos últimos dez anos, o número de turistas quase duplicou, passando a 95%. Em 2003, o Círio atraiu 39 mil turistas de outros Estados. Em 2011, a quantidade levantada com a pesquisa é bem mais expressiva. Mais de 70 mil pessoas foram atraídas a capital paraense para o Círio. O titular da Setur, Adenauer Góes, destacou o aumento na geração de postos de trabalho durante o evento. Segundo ele, foram mais de 23 mil empregos diretos gerados com a festa em 2011, nas áreas de transporte, alojamento, alimentação, agências de via-

gens, cultura e lazer. Somados aos empregos indiretos, que crescem em grande escala na época do Círio, Roberto Sena acrescentou que, este ano, a geração de empregos deverá ultrapassar 50 mil postos. Apesar do crescimento revelado na pesquisa, Adenauer Góes destacou que a prestação de serviços foi um dos itens citados pelos turistas como um dos pontos a serem melhorados. Neste sentido, o secretário informou que o Governo do Estado deverá investir, nos próximos anos, mais de R$ 2 milhões na capacitação de mais de 10 mil profissionais do setor, por meio do Programa Estadual de Qualificação do Turismo (PEQTUR).

Segundo o supervisor técnico do Dieese, Roberto Sena, a movimentação na economia deverá crescer em torno de 7% em relação ao Círio de 2011

Perfil As pesquisas de perfil e de demanda turística do Círio vão mostrar quem são os turistas que visitam o Pará, de onde eles vêm Segundo o sexo (Feminino/Masculino)

Quando eu me sinto aflito, nossa senhora da paz Me dá sua mão me acalma, tranqüilidade me traz Se uma lágrima me rola e o pranto eu não contenha Choro nas escadarias de nossa senhora da penha Nossa senhora de fátima peço que a alegria venha

Se o perigo me preocupa eu tenho fé não me alarmo Tenho meu escapulário, nossa senhora do carmo Senhora dos navegantes, da boa viagem me guia Pelos ares, terra e mares, me ampara, me auxilia Me livra das tempestades, nossa senhora da guia Minha mãe, Nossa Senhora, somos todos filhos seus Todas as nossas senhoras são a mesma mãe de Deus Sou romeiro e no seu dia, na multidão mãe querida Me ajoelho e rezo, nossa senhora aparecida Nossa senhora da glória, de lourdes, de Nazaré Virgem santa da saúde, da boa nova e da fé Minha mãe tanta bondade hoje eu sei bem o que é Nossa senhora das graças, da confiança e da luz Senhora da lampadosa, rogai por nós a Jesus Virgem esposa imaculada do espírito santo adorável Mãe rainha e vencedora, três vezes admirável Nossa senhora do brasil, do seu corpo inseparável. Senhora da rosa mística, das dores, da conceição De guadalupe, medjugore e do nosso coração Minha mãe, nossa senhora, somos todos filhos seus Todas as nossas senhoras são a mesma mãe de Deus. www.paramais.com.br

O Turismo o Círio.indd 29

Que as orações da peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré sejam transmitidas em bençãos

Uma Homenagem

D is t rib u id o ra

R

C ristalfarm a Su a Sa ú d e é n o sso co mp ro misso

www.cristalfarma.com.br

Matriz - Rod.BR 316 km 6 Av. Leopoldo Teixeira, N° 8 - Ananindeua Fone: (91) 3255-5616 / 3255-1279 Pará+

29

09/10/2012 16:18:32


Estimativas de gastos

Recepção no Aeroporto aos turistas que chegam para o Círio

e qual a idade mais frequente entre eles, além de itens mais específicos como suas profissões e que meio de transporte usam. Uma das novidades este ano é o perfil dos turistas do Círio quanto ao gênero, que revela que homens e mulheres se revezam na procura pela festa. Os dados foram coletados durante o Círio do ano passado, através de 800 questionários aplicado nos principais dias da festa, sexta-feira, sábado e domingo. O levantamento aponta que 14,39% (a maioria) são oriundos do estado de São Paulo. Quanto à faixa etária, o crescimento na procura pelo Círio é maior entre os aposentados, de mais Segundo a Renda

de 65 anos. Em 2011, mais de 30% dos turistas tinha entre 35 a 50 anos. Para o secretario, a pesquisa servirá como guia para que sejam traçadas novas estratégias de trabalho e potencializadas outras. “Através dessa pesquisa, não só o poder público, como também a atividade empresarial, poderá pautar várias das suas estratégias no sentido de qualificar mais ainda os serviços prestados àqueles vem para o Círio e fortalecer a presença de mais turistas nos próximos anos em Belém”, afirmou. A maioria dessas pessoas tem uma renda média elevada e 98% disseram que voltariam. Mesmo assim precisamos trabalhar

Hospedagens

Pelas profissões

Meio de transporte

Preferência gastronômica

mais para vender o Pará melhor, já que quem vem à Belém pelo Círio não vai a outros locais foram do eixo turístico principal da cidade. Outro ponto que precisa ser trabalhado é a comunicação. A maioria dos turistas ainda sabe do Círio pela “boca-a-boca”. Outros instrumentos de comunicação precisam ser potencializados”, avaliou Adenauer Goés. (*) Secom

30

Pará+

O Turismo o Círio.indd 30

<<

www.paramais.com.br

09/10/2012 16:18:35


A natureza colhe os frutos da nossa preservação

Desde 1962, com a aquisição da Fazenda Tauaú, o Grupo Y.Yamada realiza diversas ações em prol do meio ambiente. Compromisso que hoje se destaca com a implantação de lojas sustentáveis - de 2004 até hoje já são 10 novas unidades com este formato, e o projeto Pense Verde, que já alcançou um total de 34.000 mudas plantadas no Pará e tem como meta para 2012 atingir 50.000 novas mudas. Plante essa ideia com a gente e seja também um Amigo da Natureza.

Alguns resultados de ações socioambientais realizadas pela Yamada

40 153,7

44,4

milhões de m2 de Floresta Amazônica

preservada nas Fazendas Yamada.

economizados, suficientes para abastecer 296 mil casas por 30 dias.*

milhões de litros d’água

economizados, que poderiam abastecer mais de 8.500 casas por 30 dias.*

milhões de Kw/h

1.227

toneladas de CO2

deixaram de ser emitidas na natureza através das ações socioambientais.*

Pense Verde e plante um mundo melhor

Utiliza água como solvente. Embalagem 100% reciclada e produto biodegradável

37% de redução da quantidade de resíduos após o consumo.

Plantio de árvores para neutralizar a emissão de CO2 da fabricação

Preservar o meio ambiente é da nossa natureza 10% de redução na emissão de CO2 no processo produtivo e no transporte.

PENSE

VERDE

PRODUTO SUSTENTÁVEL

PENSE

VERDE

Com este selo você reconhece os produtos Pense Verde nas lojas Yamada

*DADOS DE JANEIRO DE 2004 A MAIO DE 2012

**A DISTRIBUIÇÃO DE MUDAS ESTARÁ DISPONÍVEL SOMENTE NOS POSTOS DE TROCA DAS LOJAS: PLAZA, PLAZA CASTANHAL, CIDADE NOVA E PÁTIO BELÉM. www.paramais.com.br

Anuncio Yamada.indd 31

RE 129

A partir de R$20,00 em compras, incluindo um produto Pense Verde, ganhe uma muda** de Ipê ou Jatobá e um certificado de Amigo da Natureza.

Pará+

31

10/10/2012 16:02:40


um círio por um colo Texto rodrigo maroja barata* única vez em que fui expulso de sala – nunca havia saído do rumo dos livros, e todos me mangavam, “litlle bullying” por certo, de c...de-ferro, o atual nerd ou geek – foi quando perguntei a um irmão marista, o irmão Luís, por que Maria era mãe e virgem e a minha mãe só era mãe? ele me pôs, gentilmente e me chamando por nome e sobrenome, para fora da aula de catecismo; uau, quando estava à porta, humilhado, só taquicardia, ele disse que fé era algo inquestionável! ou se tinha ou não se tinha! quando o senhor compreender isso, senhor barata, volte! coisa típica para acontecer a quem não sabia calar na hora de somente ouvir. apenas acreditava que minha mãe era tão casta quanto Maria. blasfêmia? não sei, e que as mães todas assim o são desde primaveras eras. não seríamos tolos em pensar o contrário, até por que há o Círio, procissão que louva magni�icentemente uma delas. a maior, é bem certo, a santa, a que sabia os percalços pelos quais passaria e veria seu �ilho ser cruci�icado e mais tarde o teria em seu colo, homem morto. nossa! essa senhora de Nazaré é mesmo merecedora de todos os círios. mas retorno às anônimas mães, as que não foram agraciadas pelas homenagens. as

de todos os dias, as que não têm tamanhas loas e, talvez, nunca as terão. aquelas que, ao nascermos, emagrecem nos primeiros anos e tornam-se insones sempre (eu acho que as mães não dormem nunca, elas velam nossa pequena existência) e as que não podem mais morrer, pois como dizia Leda...”agora possuo um cisne”. lembro-me de uma vez estar com minha família em casa de dona tietinha, coisa a qual fazíamos, na minha infância, à beça. era uma casa soturna, onde hoje, no largo de Nazaré, é uma clínica de acidentados. a casa comprida e cheia de cômodos, largo e extenso corredor e em muitos ambientes, escura, com o pé direito altíssimo era um mundo pra minha meninice. sentia-me em um livro de Poe ou de Mary Shelley. dona tietinha era uma pessoa meiga de tudo, farta sua mesa, e cheia daquele saber das mães paraenses de receber bem e com calor de mãe. ah, a gente subia no muro da casa de dona tietinha e �icava vendo os �ilmes que passavam no �inado cine Iracema. nunca fomos pegos! bem, devo me deter a uma história. eu era o próprio detetive a vasculhar aquela casa minuciosamente: criados-mudos, compoteiras, namoradeiras, cadeiras comadre, penicos, cristais, louças, pratos de parede, toda essa mobília de vó era minha aventura naquele mundo sempre ultrarromântico. certa feita, era Círio de Nazaré, e eu não

parava pra a ele assistir, através de uma das três grandes janelas no frontispício da casa, de onde todos viam e eram vistos. estava a me embrenhar por debaixo da mesa do almoço, ou me esgueirando por detrás de algum móvel grande, tudo me era muito grande aos oito anos, ok! eu realmente sumia de meus pais, apenas ouvia o Círio, os fogos, as orações, os hinos, o murmúrio das pessoas na velha casa, quem sabe vivas ou mortas?, mas não o via. minha memória visual do Círio quase não existe. então, estava a abrir algum gavetão, desses que guardam saudades, quando me deu um negócio estranho, senti um perfume desses leves de água de �lores, e alguém soprou em meus ouvidos. foi, seguramente, o susto mais perto do terror que me acometeu em vida. estava pelo menos a uns quatro cômodos e setores da casa da primeira sala, completamente “home alone”, e alguém me soprava nos ouvidos? pirei, empreendi uma corrida desesperançosa e sem chão rumo à primeira sala, a que dá para a rua. minha mãe se encontrava numa cadeira, eu a visei de longe, quando tchibum, mergulhei em seu colo, ávido por fechar os olhos e pleno de visagens. �iquei mudo, abri os olhos e vi Nossa Senhora de Nazaré, pulei pro colo de mamãe exatamente no momento em que Ela, a que permitiu a minha expulsão de sala, pois havia questionado sua castidade (blasfê-

Material para o Círio de Nazaré atendemos Paróquias e comunidades Terços, Escapulários, Imagens de Santos etc...

32

Pará+

um círio por um colo.indd 32

www.paramais.com.br

09/10/2012 16:57:37


mia!), levitava na berlinda diante de meus olhos cheios d’água do medo. então eu fui me acomodando em minha mãe, com aquela outra mãe ali, meu lírio mimoso, a me proteger dos fantasmas da casa, que eu, eu fui me recostando, ajustando minha coluna, com aquele cafuné, as unhas de minha mãe eram lindas e faziam festinha como, ah... adormeci. de novo não vi o Círio, somente a vi, mas sonhei com elas, havia já visto duas boas senhoras, matronas e maternas, e já esquecido daquela voz estranha que tinha me segredado o quê mesmo(?) lá no quarto antigo? essa lembrança reforma vários ateísmos meus e conforma uma nova visão da fé: sim só quem não questiona pode ter fé de verdade, a minha é real, pois naquele Círio, mesmo contrapondo um quase momento sobrenatural a outro que requereu minha espiritualidade repleta de certezas, de conforto e de amor maternal, me tornei uma pessoa a qual sabe que não são somente as coisas que não vemos as verdadeiras, existe um ouvir o mundo, olha só como minhas lembranças do Círio são mais auditivas, e nele se aconchegar e se sentir seguro de tudo que vai muito mais além de nossa vã incredulidade. OS: a crônica é mesmo em letras minúsculas, sem maiores explicações!

abri os olhos e vi Nossa Senhora de Nazaré

<<

Porque eu tenho esperança e muita fé Porque eu quero ter amor bem mais ainda Porque te amo, Senhora de Nazaré Quero puxar a corda da tua berlinda. Ave, Ave ó Senhora da Berlinda Ave Maria este é meu grito de fé Ave, Ave, Deus te fez a flor mais linda Ave, Ave Maria, Senhora de Nazaré. A tua corda, me enlaça nesta hora Me prende a Deus de corpo, alma e coração Assim é doce ser escravo teu Senhora Servindo a Deus em cada homem meu irmão

s

Uma Homenagem:

s, c...

www.paramais.com.br

um círio por um colo.indd 33

Pará+

33

09/10/2012 16:57:45


CAMILLO MARTINS VIANNA*

(*) SOPREN/ SOBRAMES

+

O Círio de Nª Sª de Nazaré:

curiosidades e gastronomia típica

N

ão resta a menor dúvida que a procissão do Círio de Nazaré, como normalmente é conhecida a festividade, realizada anualmente no segundo domingo de outubro em Belém, capital do estado do Pará, venha apresentando todas as características de ser a maior demonstração de fé católica do nosso país, ultrapassando mais de dois milhões de devotos vindos não só dos mais variados recantos do Estado, como também, de outras unidades da federação, às vezes de remotas regiões do planeta em que nem mesmo predomina a religião católica, apostólica e romana. Principalmente por aqui por essas bandas verde e amarela, a devoção à padroeira de todos os paraenses, vem aumentando de maneira impressionante. Procissões semelhantes, acontecem no entanto, em menores proporções, em inúmeros municípios parauaras e até mesmo em algumas capitais da pátria brasileira, como Rio de Janeiro, São Paulo e o Distrito Federal de Brasília, e em países como Portugal, Espanha e Itália e no departamento ultramarino da França na América do Sul, a Guiana Francesa. Há pouco mais de 40 anos, graças à comemorações do Círio, foram introduzidos os chamados brinquedos mecanizados que se modernizaram com o passar dos tempos, trazidos de outras praças do Brasil velho-de-guerra juntamente com a verdadeiras obras de arte artesanais feitas de miriti oriundas principalmente de Abaetetuba, município situado na região: Baixo Tocantins paraense,

34

Pará+

CAMILLO VIANNA - O Círio de Na Sa de Nazaré.indd 34

O famosíssimo pato no tucupi

em quantidade cada vez mais crescente em número e variedade, além de contar com a participação de artistas

conhecidos do cenário nacional. Outra curiosidade é que durante a passagem da San-

www.paramais.com.br

09/10/2012 17:12:30


A maior demonstração de fé católica do nosso país

A maniçoba, feita a partir da folha da maniva (mandioca) moída

ta por vias centrais da capital paraense, chamava atenção dos que acompanhavam a procissão a imagem de casas pertencentes às famílias mais abastadas onde podiam ser observadas sacadas enfeitadas com balões, cortinas e velas além de mesas devidamente abastecidas por acepipes regionais. Cada vez mais é possível encontrar promesseiros que aproveitam a ocasião para conduzir caminhões carregados de cocos verdes como são chamados os frutos destinados ao consumo de água, trazidos da região bragantina paraense e também de estados do nordeste brasileiro. É muito comum encontrar ao longo do trajeto do Círio vendedores de caldo de cana, conhecido como garapa, fartamente apreciado por grande parte dos participantes. Para os recém-chegados, buscando viver a tradição entre parentes e amigos, não é improvável fazer parte de um lauto almoço “ajantarado” servido logo após a chegada da Santa à Basílica de Nazaré, quando ocorre o efetivamente o encerramento da procissão. Boas recordações da culinária paraense podem ser obtidas em prédio anexo Basílica, bastante criticado por ser de construção recente onde se tentou “imitar” a bela arquitetura da vizinha famosa, onde funciona regularmente restaurante de luxo inacessível à considerável parcela da população. Durante os quinze dias de festejos cirianos, é muito comum acontecer encontros festivos

Feliz Círio Salve a Virgem de Nazaré!

Tel: 91 33426604 / fax: 91 33426605

www.locengenharia.com.br

www.paramais.com.br

CAMILLO VIANNA - O Círio de Na Sa de Nazaré.indd 35

Pará+

35

09/10/2012 17:12:42


destacadamente o famosíssimo pato no tucupi, que nos últimos 15 a 20 anos, vem sendo substituído pelo frango congelado, muitas vezes importado do sul e do sudeste do Brasil? Mesmo assim, a preferência é dada aos patos regionais, criados em sítios próximos à capital e aos chamados patarões trazidos do estado vizinho do Maranhão, que depois de assados são colocados para cozinhar em tucupi juntamente com folhas de jambu, alfavaca e chicória além de alho e sal. Outra comedoria tipicamente regional vindas de nossos ancestrais indígenas, muito falada e apreciada pelas mais diversas categorias sociais, a maniçoba, feita a partir da folha da maniva (mandioca) moída e que apresenta fato curioso em relação ao seu preparo, tendo em vista que o tempo completo de cozimento pode demorar de 07 a 08 dias em fogões à gás ou alimentados por achas de lenha. Em algumas residências mais abastadas, o vinho trazido d’além mar é foi substituído por whisk, habito introduzido pelos soldados acantonados em Belém, durante a 2a guerra mundial, quando a cidade foi transformada em base militar dos americanos. Esses mesmos estrangeiros que ao comemorar o dia de ação de graças, lançavam as sobras do peru degustado pelas tropas em lixeiras e com

Verdadeiras obras de arte artesanais feitas de miriti oriundas principalmente de Abaetetuba

entre familiares, amigos, instituições de ensino e repartições públicas e privadas, para receber e homenagear a imagem da Virgem de Nazaré. Enquanto isso, nos subúrbios, agora denominados de periferia, as chamadas boieiras, armam sua tendas para oferecer comida típica de boa aceitação popular. Quando a venda de tartaruga estava proibida em função do risco de extinção iminente, no dia do Círio, esse quelônio integrava a variedade de pratos servidos à mesa dos paraenses e para seu preparo era frequente a presença de cozinheiras naturais do Amazonas, residentes em Belém ou trazidas desse estado especialmente para essa finalidade. Uma delas, Dona Bibi preparava mais de sete deferentes. É bem possível que no passado, um professor do Colégio Nazaré, dos irmãos maristas, sob a influência daqueles velhos tempos de comemorações resolveu escrever o livro intitulado O Carnaval Votivo, se não me falha a memória, referindo-se ao Círio de Nazaré, fato não muito bem aceito à época, tanto que o autor resolve se afastar definitivamente do Estado e até hoje não se tem mais notícias dele e de sua obra literária. Deve-se dar realce ao costume trazido da mãe pátria, qual seja, no dia da procissão, poderá haver mais

Sacadas enfeitadas com balões…

alimentação na casa dos devotos de todos os níveis sociais, naturalmente, com alguma variação de lá e daqui, como é o caso da culinária baseada nos hábitos indígenas

isso foram responsáveis por introduzir nova patologia no pais, pelo vírus new castle que atacava os urubus que consumiam as carcaças.

Registro De Marcas Depósito De Patentes Registros De Direitos Autorais Registro De Desenho Industrial Proteção ao Software (91) 3223-1393 / 8131-5828 / 8870-4160 www.propriedademarcasepatentes.com.br propriedademarcasepatentes@yahoo.com.br 36

Pará+

CAMILLO VIANNA - O Círio de Na Sa de Nazaré.indd 36

www.paramais.com.br

09/10/2012 17:12:56


37

ParĂĄ+

A beleza do CĂ­rio retratada nas imagens.indd 37

www.paramais.com.br

09/10/2012 17:16:56


Impenetrabilidade vence o Arte Pará A obra vencedora do Primeiro Grande Prêmio do 31º Arte Pará é do Grupo Empreza

O

uso exaustivo do corpo do performer é a essência do políptico do Grupo Empreza (GE). “Impenetrabilidade” porém, não é uma performance, explicam os integrantes do grupo, mas sim um trabalho de fotografia – conjunto de quadros – que surge de um processo performático, que é a origem da imagem. A obra, em definitivo, é apresentada como fotografia. A ação é inicialmente registrada em vídeo e, enquanto assistíamos o registro é que fizemos a imagem fotográfica – fotografando as cenas diretamente da tela de um monitor. Na imagem fotográfica se vê representado (dois corpos que não se fundem, mas se confundem) o que o trabalho propõe: o embate entre as linguagens vídeo-fotografia-performance, onde elas se fundem, se confundem, assim como os corpos que elas expõem. “Essa obra vem sendo pensada já há algum tempo”, eles explicam. “Em 2009 estávamos envolvidos na elaboração de ‘Itauçu’ - grande pedra preta - selecionada pelo Rumos Artes Visuais Itaú Cultural, onde trabalhamos provocando nossos corpos em relações intensas com elementos minerais, sobretudo a pedra, numa busca de aproximação visceral com ela. Isso nos levou a alimentar o desejo de trabalhar com questões de aproximação e ‘penetrabilidade’ entre corpos - quando se fundem e confundem, quando se opõem - o que sempre foi muito latente em nós.” “Impenetrabilidade” é apresentado com

Durante a seleção

cada imagem gerada pela mesma ação performática, mas realizada por pessoas diferentes, em momentos e lugares diferentes. Uma das quatro fotografias apresentadas no Arte Pará será realizada em Belém, alguns dias antes da abertura da exposição. Ela irá compor o políptico junto com outras três imagens, realizadas em Goiânia e Brasília.

A cada viagem que fizermos, iremos criar mais uma imagem da série, em cada cidade por onde passarmos.” E eles dão uma última explicação sobre a formação do Empreza: “O grupo é aberto. Recebemos, eventualmente, novos membros, e outros saem. Ninguém é lider, e ninguém está fundamentalmente acima do coletivo. O GE foi pensado para ser um grupo que continue, enquanto as pessoas passam por ele”. Criado em 2001 como um grupo de estudos dentro da Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás, o GE tornouse um dos coletivos mais radicais do Brasil, com trabalhos que questionam os limites do corpo e mostram os embates do homem com o mundo, ultrapassando por vezes a

A F 38

Pará+

Impenetrabilidade vence o Arte Pará.indd 38

www.paramais.com.br

10/10/2012 16:05:18


Imagem da obra “Impenetrabilidade”, Primeiro Grande Prêmio do Arte Pará, é uma das fotos do políptico

pela Fundação Romulo Maiorana, no valor de R$ 20 mil. Três prêmios especiais, cada um no valor de R$ 5 mil, serão destinados a Pedro Davi (fotografia/Minas Gerais), Maria Beatriz Medeiros/Corpos Informáticos (vídeo/Distrito Federal) e Alice Lara (pintura/ Acre). Ao total foram 525 artistas inscritos de todo o Brasil, sendo 25 selecionados : Sávio Luis Stoco (AM), Victor Garcez de Oliveira (RJ), Emanuel dos Santos Monteiro (PR), Chico Fernandes (RJ) Thiago de Quadre Castanho Santos / Sérgio Coimbra (PA), Alexandre Abreu da Silva Paes (RJ), Pedro Eduardo Di Pietro (SP), Renan Teles de Melo (SP), Sidnei Carlos do Amaral (SP), Jorge Luiz Dutra Soledar (RJ), Sergio de Moraes Bonilha Filho (SP), Yara de Pina Mendonça (GO), Francisco Emidio Contente Pereira dos Santos (PA), Gilvan Tavares (PA), Raquel de Melo Versieux (RJ), Camila Soato (DF), Teodoro da Costa Negrão Neto (PA), Paulo Sampaio (PA), Victor de la Rocque (PA), Danielle Fonseca (PA)e Andre Terayama Haguiuda (SP). Os prêmios serão entregues na abertura do Arte Pará, no dia 11 de outubro, no Museu Histórico do Estado do Pará (MHEP).

linguagem da performance e desdobrandose em vídeo, fotografia e animação.

Prêmios/Premiados

Juri/Curadoria

A obra “Impenetrabilidade” receberá o Primeiro Grande Prêmio do Salão realizado

O júri desta edição foi presidido pelo crítico de arte e curador Paulo Herkenhoff, que

Impenetrabilidade vence o Arte Pará.indd 39

também assina a curadoria, tendo o artista plástico paraense Armando Queiroz como curador adjunto. Completaram o quadro de jurados o professor da Universidade Federal do Pará e artista visual Alexandre Sequeira, o artista plástico Yuri Firmeza, do Ceará, a curadora Clarissa Diniz, do Rio de Janeiro, e o artista plástico Delson Uchoa, de Alagoas.

Serviço

31º Arte Pará. Abertura das exposições no dia 11 de outubro, no Museu Histórico do Estado do Pará (MHEP), Casa das Onze Janelas, Museu de Arte Sacra e Museu Paraense Emílio Goeldi. Patrocínio: Supermercados Nazaré, Unimed Belém, Marko Engenharia e Faculdade Fibra. Apoio: Hilton Belém, Remanso do Bosque, Setrans-Bel, Secretaria de Estado de Cultura (Secult), Sistema Integrado de Museus (SIM) e Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop).

Vem Mãe, nos cubra com Piíssima Virgem de Nazaré , este manto Virginal, daí-nos Mãe Prudente , Mãe Amável, Medianeira de todos os cristãos. a Felicidade de sermos como tu. Obediente á Deus Pai. Eu, imerso neste imerso amor, Oh! Mãe do Filho de Deus venho agradecer á vós Mãe, pelas graças alcançadas por teu viemos te pedir que sejamos sempre fiel á Deus, que esse intermédio junto ao teu Pai que é misericordioso nos filho amado Jesus. abençoe e nos proteja, faça resplandecer Sua face sobre E diante de ti me prostro aos cada um de nós, nos perdoe vossos pés, e renovo minha de nossas faltas e nos conduza, fidelidade a ti Mãe. Que Ele dirija o seu olhar à nós e nos conceda a Paz. Tu que és a flor do Jardim do Amém Éden escolhida por Deus Pai Uma Homenagem todo poderoso adentra os nossos lares, traz á Paz á todas as famílias assim como a levaste á casa de Zacarias.

Av. Generalíssimo Deodoro, 1683 Sala 302-202 Fone: (91) 3241-2262 / 3212-9736 / 8149-8114 www.paramais.com.br

O curador Paulo Herkenhoff, aprecia uma das obras

www.webcrode.com Pará+

39

10/10/2012 16:05:23


Os tradicionais CĂ­rios da Atalaia Texto Anete Costa Ferreira*

A

localidade de Atalaia em Portugal, �ica distante de Lisboa 28 km, mas dependendo do meio de transporte pode atingir atÊ 41 quilômetros. Tornou-se famosa, pela realização da secular festa em honra à Nossa Senhora da Atalaia, conforme se observa na vasta documentação desde 1409, que då ampla referência à esta devoção. Reza a história que tudo começou no princípio do sÊculo XII quando uma imagem de Nossa Senhora apareceu na årvore aroeira, na encosta do Monte Atalaia. O local Ê desde Êpocas remotas bastante concorrido pela proximidade da fonte onde acorriam os peregrinos por ocasião das festividades realizadas numa ermida ali existente. A aparição despertou a curiosidade de pessoas de todas as classes sociais que se deslocavam de Lisboa e periferias para adorar a Santa. Os �iÊis da localidade recolheram a imagem para um casebre no Alto da Atalaia e colocaram-na num altar improvisado. No dia seguinte, surpresos, viram o

lugar vazio, e a Santa no Monte da Atalaia, cena esta repetida inĂşmeras vezes. Diante de tanto mistĂŠrio os devotos mandaram fazer outra imagem batizando com o nome de â&#x20AC;&#x153;Senhora Moçaâ&#x20AC;? que colocaram no altar-mor da igreja que mandaram erigir e passaram a chamĂĄ-la de Nossa Senhora da Atalaia, a Santa milagrosa. Nos idos do sĂŠculo XVI surge um CĂ­rio que percorre o trajeto de Lisboa atĂŠ Atalaia, cujos responsĂĄveis mandaram construir um chafariz onde os peregrinos saciavam a sede. Colocaram uma lĂĄpide com a inscrição â&#x20AC;&#x153;Obra da Confraria de Lisboaâ&#x20AC;? a qual foi encontrada em 1752, pela Câmara Municipal da Aldeia Galega, aquando das escavaçþes feitas para manutenção do monumento. Posteriormente, a prefeitura local mandou reparar o obelisco, colocando uma placa identiďż˝icativa: â&#x20AC;?Fonte de Nossa Senhora da Atalaia, mandada reediďż˝icar em 1873, pela Câmara Municipal de Alcocheteâ&#x20AC;?. Sempre no Ăşltimo domingo de agosto realizava-se a â&#x20AC;&#x153;Festa Grande da Nossa Senhora da Atalaiaâ&#x20AC;? para a qual acorriam cerca de 12 CĂ­rios identiďż˝icados pelos nomes de Francesinhas, de SĂŁo Lourenço, de SĂŁo CristovĂŁo, de Santos, da Lapa, da Madragoa, de Chelas e tantos outros. O CĂ­rio de SetĂşbal conduzia a imagem de Nossa Senhora dentro de uma carrocinha armada em altar, puxada por um cavalhinho. As procissĂľes eram acompanhadas de banda de mĂşsica e foguetes os quais eram queimados constantemente. No sĂĄbado pela manhĂŁ iniciavam-se os festejos com a chegada dos CĂ­rios procedentes de Lisboa que faziam o percurso nos vapores â&#x20AC;&#x153;Rio Tejoâ&#x20AC;? e â&#x20AC;&#x153;VictĂłriaâ&#x20AC;?. Outros, iam

        

Altar da Igreja da Nossa Senhora da Atalaia

de fragatas e havia os que viajavam de trem, transportando o altar atÊ a sede da festa. Na tarde do último domingo de agosto uma grande procissão com todos os andores percorria as ruas da cidade conduzindo bandeiras religiosas de identi�icação, fogos, morteiros e músicas com milhares de �iÊis acompanhando a cerimônia, rezando e entoando cânticos sacros. Na segunda-feira após o encerramento das festividades os romeiros regressavam às suas localidades levando vinhos, chapÊus, rosårios e outros artigos quase sempre com a estampa de Nossa Senhora da Atalaia. Os festejos jå foram bastante concorridos, conforme registros indicando ter havido vinte e três Círios no ano de 1607, tendo aumenta-

 

Desejamos�o�todos nossos�Amigos�e Clientes�Feli��Círio Av. Inåcio Guilhon, Nº 93 - Praça Felipe Patroni Fones: (91) 3224-9745 / (91) 9981-2850 Fax: (91) 3224-8119 | adv.jacicolares@ig.com.br 40

ParĂĄ+

Os tradicionais CĂ­rios da Atalaia.indd 40

www.paramais.com.br

10/10/2012 16:10:25


ial no Procissão Fluv ssa No de rio uá nt Sa alaia, Senhora da At e qu o çã di tra a um o de remonta ao an 03 15

Procissão Fluvial de Nossa Senhora da Atalaia

Círio da Carregueira, no Pinhal Novo, é um dos cinco presentes na festa tradicional, com mais de 500 anos

do em 1823 para trinta e quatro. A feira no arraial que durava três dias era dos pontos do leilão de gados de várias raças. Atualmente são apenas cinco Círios que permanecem venerando Nossa Senhora da Atalaia: Quinta dos Anjos, Carregueira, Olhos d’Águas (de Palmela), Azoia (Sesimbra) e o mais novo, da Jardia, do Montijo. Alguns chegam na 5ª feira e outros na 6ª feira, momento em que cada Círio dá três voltas no Cruzeiro-Mor, subindo a escadaria até ao Santuário, portando a bandeira que os identi�ica, sempre acompanhados pela imagem

www.paramais.com.br

Os tradicionais Círios da Atalaia.indd 41

de Nossa Senhora da Atalaia. A procissão em honra à Virgem se realiza desde 1507 em cumprimento às promessas feitas pelos devotos sobreviventes da peste que grassou em Lisboa no ano de 1505. Os empregados da Alfândega de Lisboa foram

os pioneiros dessa peregrinação, e em 2007 a Alfândega de Lisboa celebrou os “500 Anos de Peregrinação ao Santuário da Atalaia”, com grandes honrarias. No dia 26 de agosto de 2012, realizou-se a Grande Procissão com extensa programa-

Pará+

41

10/10/2012 16:10:34


ção nos três dias de festividades. Os rituais continuam idênticos aos iniciados no século XVI com o grande Círio em honra à Nossa Senhora de Atalaia. O simbolismo das bandeiras é um momento de grande signi�icado para aqueles que veneram a Virgem. Ao chegarem ao Santuário os romeiros dirigem-se à Igreja para assistir a missa solene, seguindo-se o tradicional almoço de confraternização. Antes do ato religioso os �iéis entregam ao Diretor da Festa, as bandeiras arrematadas no leilão do ano anterior. Ao fazerem o pagamento da arrematação recebem uma Medalha cunhada com vários motivos náuticos, que lhe é colocada no peito como reconhecimento do seu trabalho em favor da Igreja. O Vigário benze as bandeiras novas que são entregues ao responsável da Festa para integrarem o leilão vespertino. As bandeiras e as medalhas identi�icam os Círios, de�inindo uma hierarquia no funcionamento da festa. A bandeira realça a representação da Senhora da Atalaia, a procedência, nome do ofertante e algumas vezes,

Durante o Círio da Azoia (Sesimbra)

Durante os festejos do Círio da Quinta dos Anjos

No Círio de Nossa Senhora da Atalaia

a data e a graça alcançada. O Santuário é composto por três Cruzeiros, a Fonte Santa, a Igreja e a Escadaria delimitada pelo casario que o rodeia. Há o Espaço Museológico de Arte Sacra com coleções de ex-votos que con�irmam a devoção secular à Senhora da Atalaia. Destaque de cunho social é o conjunto de casas no contexto da Igreja que servem de abrigo a Círios formados por romeiros de origem longínquas que se deslocam até Atalaia. No Museu Agrícola da Atalaia há exposição permanente relacionada às atividades agrícolas e workshop dedicados à cultura da vinha e do vinho, ao azeite e à horticultura.

Fogaças - típicas de Alcochete, pela sua crença e especialidade é disputadíssima pelos apreciadores

Segurança 2 horas

Diga SIM a segurança do seu patrimônio

Na gastronomia “As Fogaças” - bolo típico de Alcochete -pela sua crença e especialidade é disputadíssimo pelos apreciadores, crentes na lenda que diz: ”quem comer as Fogaças oferecidas no Círio, torna-se tanto a pessoa e a coletividade a que pertence, imunes às pestes e às pragas”. Razão do grande consumo na época. Na segunda-feira à tarde ao encerrar os festejos, um pequeno Círio conduz a Imagem ao seu nicho, em Alcochete, onde �ica recolhida até o ano seguinte. (*) Correspondente em Portugal

<<

CASA DO MARISCO

Frutos do Mar Comércio de Mariscos e Pescados do Pará Ltda.

VENDA - ALUGUEL - MANUTENÇÃO - INSTALAÇÃO • Circuito Interno de TV com visualização via internet • Câmera escondida • Alarme Monitorado 24h • Portões Automáticos • Cerca Elétrica • Fechadura Elétrica • Concertina • Interfone • Centrais telefônicas

www.sim1.com.br Rua Antônio Barreto, 1191, Umarizal 42

Pará+

Os tradicionais Círios da Atalaia.indd 42

(91) 3230 5009 8828 4442

Av. 25 de Setembro, 13 Fone: (91) 3226-4167 casadomarisco@hotmail.com Fax: (91)3226-2253 www.paramais.com.br

10/10/2012 16:10:41


A chave do sucesso para seu investimento na Amazônia: nossa expertise local

O Grupo MB Capital, holding de negócios inovadores e sustentáveis, atua na região Norte desenvolvendo projetos nos mais diversos segmentos como: Incorporação imobiliária, Infraestrutura, Logística, Shopping Centers, Hotelaria e Tecnologia. Sempre superando desafios com ousadia, coragem e visão de crescimento. O PARCEIRO CERTO PARA OS MELHORES RES RESULTADOS RESULTAD S NA AMAZÔNIA.

www.paramais.com.br

Anuncio MB Capital.indd 43

MBCAPITAL .COM.BR > Belém/PA: (91) 3182-4155 > São Paulo/SP: (11) 3542-4155 comunicacao@mbcapital.com.br @GrupoMBCapital

Pará+

43

09/10/2012 17:40:04


Fotos Priscila Salles

P

romovida pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae, será no próximo dezembro em Belém, na sua sétima edição em 20 anos de existência. Terá a temática “Conhecer, empreender e integrar”, e acontecerá de 12 e 15 de dezembro, no Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, como objetivo fomentar a abertura de novos negócios, a competitividade e sustentabilidade dos já existentes. A Feira do Empreendedor é referência para quem deseja abrir um negócio ou adquirir mais conhecimentos sobre gestão – é considerada um dos maiores eventos de empreendedorismo do Brasil O evento foi lançado recentemente oficialmente na usina 265. Na oportunidade, o diretor-superintendente do Sebrae no Pará, Vilson Schuber, informou que os microempreendedores individuais (80 mil) já superaram as microempresas (70 mil), no Pará. Schuber, disse ainda: “A Feira deste ano terá como diferencial a apresentação de tendências e oportunidades de negócios identificadas nas regiões do Estado, no espaço chamado Pará de Oportunidades. Com isso, queremos contribuir para o fortalecimento do setor produtivo e, consequentemente, para a geração de emprego e renda e para

Elias Pedrosa e Suleima Pegado com grupo de colaboradores do Sebrae

44

Pará+

Feira do Empreendedor 2012.indd 44

Suleima Pegado, Vilson Schuber, David Leal, Carlos Xavier e Miguel Sampaio

www.paramais.com.br

10/10/2012 16:21:07


o desenvolvimento da economia paraense”, destacou o diretor-superintendente. O secretário de Estado de Indústria e Mineração, Davi Leal, representou o governador Simão Jatene no evento. Em 2012, a Feira será segmentada nos espaços Gestão do Conhecimento, Tendências e Oportunidades de Negócios e Atendimento - que irão apresentar oportunidades de negócios inovadores e sustentáveis, orientação individualizada e cursos, palestras, seminários, workshops e encontros, tudo gratuitamente.

>> Empreender é buscar oportunidades, conhecimento, inovação e tecnologia para movimentar e integrar a economia. A Feira do Empreendedor é o lugar certo para quem quer abrir ou ampliar seu negócio. Essa é a oportunidade que você precisa. Faça parte do Pará que produz, que cresce, que realiza

Davi Leal, secretário de Estado de Indústria e Mineração, representou o governador Simão Jatene

Vilson Schuber, diretorsuperintendente do Sebrae no Pará

www.paramais.com.br

Feira do Empreendedor 2012.indd 45

Vilson Schuber, diretorsuperintendente do Sebrae no Pará, no lançamento da Feira do Empreendedor 2012

Pará+

45

10/10/2012 16:21:14


XVI Feira PanAmazônica faz do Pará o centro das atenções da arte literária Texto Secom Fotos Cristino Martins/Ag. Pará; Elza Lima/Secult ; Everaldo Nascimento/Os Pará 2000 O governador Simão Jatene destacou a influência da cultura portuguesa no Pará, na abertura da XVI Feira Pan-Amazônica do Livro

portuguesa”, frase do poeta lusitano Fernando Pessoa, a décima sexta edição da feira reuniu nos dez dias de programação um público estimado em 450 mil pessoas. A relação Brasil Portugal esteve presente em todas as atividades da feira. Em 2012, se comemora o ano do Brasil em Portugal e vice versa. Por conta disso, o evento não poderia ter outro país homenageado senão Portugal.

Celebrando a literatura de Portugal

O

governador do estado, Simão Jatene, e o embaixador de Portugal, Francisco Ribeiro Telles, abriram no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, a XVI Feira Pan Amazônica do Livro. A cerimônia, realizada no auditório Benedito Nunes, contou com a presença de autoridades, convidados e o público da feira. Nesta edição, o maior evento literário da região norte teve como país homenageado Portugal e o ma-

Para celebrar a literatura de Portugal e discutir as relações entre portugueses e brasileiros, a XVI Feira Pan-Amazônica do

estro santareno Wilson Fonseca, o Mestre Isoca, como patrono. A solenidade teve início com a apresentação da Amazônia Jazz Band executando o hino do Brasil. Em seguida o cantor português Vitor Castro interpretou o hino de Portugal, e por �im, a cantora lírica paraense Carmen Monarcha, acompanhada pelos músicos Luiz Pardal e Jacinto Kahwage, mais o Trio Manari, entoou o hino do Pará. Com o tema “A minha pátria é a língua

Paula Pimenta, escritora mineira, ídolo da literatura jovem, no encontro intermediado pela radialista Bety Dopazzo

● ● ●

46

Pará+

XVI Feira Pan-Amazônica.indd 46

www.paramais.com.br

10/10/2012 16:16:43

Pr Mu Re


Livro , realizou o “Seminário do País Homenageado, que reúne uma série de palestras e conferências realizadas por pro�issionais portugueses e brasileiros. Os primeiros do dia foram os historiadores Jorge Couto (foto) e Maria Angela Dominguez, que avaliaram a presença de portugueses no Brasil do século XVI até os dias atuais.

Carlos Correia Santos participa do Encontro Literário na Feira do Livro

Como escritor, coleciona importantes áureas nacionais

Pan-Amazônica do Livro, no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. Ele falou sobre suas obras mais marcantes, entre elas “Velas na Tapera”, com a qual venceu em 2008 prêmio da Fundação Tancredo Neves e que tem como pano de fundo a história de Fordlândia, no município de Aveiro, oeste do Pará. Ao falar da experiência no teatro, Carlos Correia deu ênfase à peça “Ópera Profano”, drama musical que fala sobre a história de um travesti que furta a imagem de Nossa Se-

nhora de Nazaré e a leva para o Cine Ópera. Na sala de cinema, outro travesti, portador do vírus HIV, aguarda a oportunidade para poder se aproximar da Santa. “Lançamos esse espetáculo em 2010, na época do Círio, e foi um sucesso”, relembrou. Na plateia, quem já escreve ou pretende escrever aproveitou a oportunidade para conhecer mais sobre os trabalhos do escritor. “Gosto de ler os livros dele porque Historiadora Maria Angela Dominguez

Primeira habilitação A/B Mudança de Categoria Renovação de CNH WWW.MASTERAUTOESCOLA.COM

(91) 3278-4025 Rodovia Mário Covas, 790 - Coqueiro

www.paramais.com.br

XVI Feira Pan-Amazônica.indd 47

O

I

Parcelamos em até 6x sem juros nos cartões:

Mais de 90 mil títulos em exposição nos 223 estandes

EDUCAÇÃO E CULTURA ATRAVEZ DOS LIVROS

JETO DE PRO

APO

CFC

Historiador Jorge Couto

acabo tendo inspiração para poder escrever as minhas obras. Até porque não somos escritores, somos leitores e escrevemos sobre aquilo que lemos”, disse o escritor Daniel da rocha, que esteve presente no encontro. Carlos também é autor do premiado livro de poemas “O Baile dos Versos”, obra que ganhou especial saudação da Academia Brasileira de Letras (ABL) em 1999. Também são de sua autoria “Poeticário” (poemas), “No Último Desejo a Carne é Fria” (coletâ®

nea de contos), “Nu Nery” (teatro) e “Batista” (teatro). Como escritor na área de artes cênicas, o autor coleciona importantes láureas nacionais, como os prêmios Funarte de Dramaturgia por três anos consecutivos (2003, 2004 e 2005), Funarte Petrobrás de Fomento ao Teatro (2005), Funarte Petrobrás de Circulação Nacional (2006) e o Edital Seleção Brasil em Cena do Centro Cultural Banco do Brasil.

TE

Carlos Correia Santos falou sobre a própria obra, que é premiada nacionalmente e aborda sobretudo assuntos do universo local

AN

O escritor Carlos Correia Santos participou do Encontro Literário no auditório Dalcídio Jurandir, na programação da XVI Feira

O governador Simão Jatene visitou os estandes da feira, acompanhado do secretário de cultura, Paulo Chaves e do embaixador de Portugal, Francisco Ribeiro Telles

AO ESTUD

São 45 anos no mercado FEIRAS DE LIVROS NAS ESCOLAS

Livros: Infantis•Área de Saúde•Áréa de direito Pesquisas•Literatura���Pedagogia End. Conjunto Maguari-Alameda15 - Casa 01 Fone: (91) 3248-0798 / 3268-5801 projetodeapoioaoestudante.com.br Pará+

47

10/10/2012 16:16:52


SÉRGIO MARTINS PANDOLFO*

(*) Médico e Escritor. ABRAMES/SOBRAMES

+

São Lucas,

o Patrono dos Médicos

D

entre as efemérides outubrinas destaca-se, sob o patronato de São Lucas, aos 18 do mês, o Dia dos Médicos. São Lucas, o evangelista, companheiro de São Paulo, e por ele profundamente influenciado, foi um convertido ao cristianismo. Não conviveu pessoalmente com Jesus, já morto aquando de sua atuação, por isso a sua narrativa é baseada em depoimentos de pessoas que testemunharam a vida e a morte do Mestre. Era médico e disso nos dá sobejas evidências, pois, na composição de seu Evangelho, o terceiro, e nos Atos dos Apóstolos, abundam tecnicismos das escolas médicas gregas, o que tem ensejado numerosos estudos sobre a riqueza e significância desse vocabulário, como é de destacar o de William Kirk Habart: “The Medical Language of St. Luke” (A Linguagem Médica de São Lucas), de 1882.

São Lucas a pintar a Virgem, por Guercino

São Paulo a ele se referia como seu médico predileto: “Lucas, o amado médico”. Lucas nasceu na Antioquia, na Turquia atual, e aí exerceu, predominantemente, sua arte, posto que mourejava pelas cidades próximas, também, praticando um atendimento itinerante voltado aos desvalidos da sorte e dos haveres. Faleceu aos 80 anos em Tebas, circa de 70 d.C. e seus restos mortais estão na Basílica de Santa Justina, em Pádua, na Itália, e é considerado o padroeiro dos médicos. Por isso, o dia 18 de outubro, que o calendário eclesiástico assinala como o da celebração de sua festa, pela Igreja Católica, foi escolhido como o Dia dos Médicos. Fica assim patente que desde a mais remota antiguidade os médicos desenvolveram ações científicas, em consonância com o estado evolutivo da ciência, visando a combater as doenças, mitigar a dor dos enfermados ou acender-lhes a esperança. Tanto assim é que, ao se estudar a História da Medicina, constata-se terem sido de grande alcance e desenvolvimento, para essas épocas, os métodos terapêuticos praticados pelas medicinas grega, romana, egípcia, fenícia, babilônica, chinesa e de outros povos do Oriente. A luta contra as doenças acompanha o homem desde que ele surgiu em nosso Planeta e os médicos sempre estiveram à frente do conhecimento científico, em todos os tempos. Hipócrates, cognominado o pai da Medicina, que viveu há mais de vinte séculos, introduziu a prática do exame clínico e a análise dos sintomas para o diagnóstico das doenças e nos legou seu Juramento, até hoje repetido pelos médicos no ato solene de formatura, garantindo a nobreza e dignidade de nosso ofício. Mais proximamente, Ambroise Paré, notável cirurgião francês que viveu no século XVI, tido como o “pai da cirurgia moderna”, revolucionou as técnicas cirúrgicas de então e inovou com a criação de diversos e mais eficientes

Retrato clássico de São Lucas

instrumentos. Grandes pandemias dizimaram, ao longo dos séculos, milhares ou até milhões de indivíduos, como são, a exemplo, a peste negra, no século XIV e a gripe espanhola, em 1918. Epidemias severas ceifaram infinitas vidas humanas, como a de peste bubônica que grassou aqui, em Belém, nos albores da centúria passada. Doenças que já tiveram alto poder mortífero como a sífilis, o cólera, a varíola, a tuberculose, a lepra, o tétano, foram eliminadas ou dominadas pela ciência médica, mas outras surgiram, como é o caso, mais recente, da AIDS. A luta contra as infecções – vale dizer, contra os germes – continua renhida, assim em ambiente hospitalar como nas comunidades.

Maria que o povo inteiro elegeu Senhora e Mãe do Céu

Ao s n o s s o s a m i g o s e c l i e n t e s u m Fe l i z C í r i o Farmácia Uma Homenagem

INDIANA

Av. Pedro Rodrigues, 40 Centro Comercial de Abaetetuba (91) 3751-2082

48

Pará+

PANDOLFO - São Lucas.indd 48

www.paramais.com.br

10/10/2012 10:04:47


Ambroise Paré, considerado o “pai da cirurgia moderna”

O quadro “O Médico”, de Joseph Tomanek, retrata bem o trabalho do seguidor de Hipócrates

Nos tempos atuais a medicina evoluiu extraordinariamente, obrigando aos que a ela se dedicam terem de escolher uma especialidade, um campo mais limitado de atuação, pois é impossível ao médico deter todo o conhecimento científico disponível. A profissão de médico sempre foi uma das mais desejadas e disputadas e isso se verifica até mesmo pela concorrência e maior complexidade dos exames vestibulares admissionais. Mas estes são só a porta de entrada (daí o nome: vestibular). Para manter-se atualizado há que estudar sempre. “Médicos nunca se formam”, afirmava,

A atividade cirúrgica, arte em que se destacou Ambroise Paré, é cada vez mais intensa e aprimorada nos quirófanos

sergio.serpan@gmail.com serpan@amazon.com.br www.sergiopandolfo.com

8480-5665 / 8445-8190 8445-8746 / 8445-8846

www.paramais.com.br

PANDOLFO - São Lucas.indd 49

já no início do século recém-findo, o grande Berardinelli. Ser médico é, de fato, privilégio que a poucos contempla. Nenhuma missão mais humana, na prática do dia-a-dia, nenhuma mais divina, na obtenção da cura. Que outra ciência ou arte defere aos que a praticam o exercê-la sobre a matéria nobre: o corpo humano, animado pelo sopro divinal da vida? Esta é a diferença primordial, que faz da medicina uma profissão diferente, inigualável, incomparável!

atendimento@alcancce.com.br

Pará+

49

10/10/2012 10:04:52


EDITORA CÍRIOS

“A Amazônia rende graças e pede bençãos a Nossa Senhora de Nazaré, a Rainha da Amazônia”

FELIZ CÍRIO! Revista

Fones: (91) 3083-0973 / 3223-0799 www.revistaamazonia.com.br

Anuncio Revista Amazônia - Círios de Nazaré 2012.indd 50

10/10/2012 17:27:44


Ideias que se multiplicam.

Boas ideias elevam sua empresa no mercado. Para isso é preciso expandir a comunicação de sua marca de maneira inteligente e trabalhar com quem sabe. Invista em propaganda. Venda-se. Mas deixe que a gente tenha as ideias. Porque se seu objetivo é multiplicar, lembre-se: aqui, a gente faz tudo em dobro. www.duplla.com

www.paramais.com.br

Anuncio Duplla.indd 31

Pará+

31

10/10/2012 17:06:26


GRIFFO

A fé nos faz crianças.

Círio 2012. Segundo domingo de outubro. Só um povo que tem fé faz uma festa assim. O Círio é a maior procissão do Brasil. E a grande manifestação cultural do povo paraense. Um povo que luta, trabalha e acredita. Um povo que tem fé no futuro, mas não desiste diante das adversidades do presente. Vamos lá, caminhar juntos em busca de uma vida melhor para todos. Pois se a fé nos faz crianças, são as realizações que nos tornam grandes. 4

Pará+

Anuncio Governo do Pará.indd 4

www.paramais.com.br

10/10/2012 15:42:01


Pará+ 128