Page 1

Mossoró-RN | dezembro|2018 R$

12,50

64 anos de sacerdócio: Personalidade notável do catolicismo potiguar, padre Sátiro Cavalcanti Dantas afirma que sempre acreditou em sua vocação ministerial e que aprimorou o ‘chamado’ a partir dos estudos e da oração Página

8

ACONTECE . Dezembro 2018

|

1


2

|

ACONTECE . Novembro 2018


ACONTECE . Novembro 2018

|3


EXPEDIENTE

EDITORA: Neide Carlos DIREÇÃO-GERAL: Neide Carlos Marcelo Bento REPORTAGENS: Diego de Carvalho REVISÃO: Gilcileno Amorim DIAGRAMAÇÃO: Rick Waekmann

Para sugestão de pautas, críticas e elogios, entre em contato com:

PORTAL/REVISTA ACONTECE

www.portalacontecern.com.br redacao@portalacontecern.com.br | neidecarlos01@gmail.com Travessa Mossoroense, 37, Centro - Ed. Teresinha Leite Sala 1 - Mossoró (RN) - CEP: 59.600-012 O CONTEÚDO DOS ARTIGOS E COLUNAS É DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES.

TELEFONES: (84) 98822-1034 (84) 98814-1034 (84) 98857-1034

portalerevistaacontece revista.acontece portalacontece_

4

|

ACONTECE . Dezembro 2018

A

EDITORIAL

A revista ACONTECE chega à sua última edição de 2018. Neste ano, ampliamos o nosso compromisso com a comunicação e informação, haja vista a mudança da periodicidade deste título, que, desde março, tornou-se mensal. Foi um ano, indubitavelmente, de muito trabalho, mas com resultado positivo, visto que levamos até você, prezado(a) leitor(a), conteúdos de qualidade. Nesta edição, o segmento religioso está em evidência. Personalidade marcante do catolicismo no Rio Grande do Norte, padre Sátiro Cavalcanti Dantas completou, no dia 8 deste mês, 64 anos de sacerdócio, uma trajetória de expressão, com base no trabalho religioso, na educação e no âmbito social. Essas mais de seis décadas de sacerdócio pautaram reportagem desta publicação, que delineará um pouco da história religiosa dessa personalidade da Igreja Católica em Mossoró. Dezembro, também, é o mês das celebrações à padroeira de Mossoró e da Diocese local, Santa Luzia. A mobilização religiosa em torno da santa protetora dos olhos, como é intitulada pela Igreja Católica, se destaca na segunda maior cidade do Rio Grande do Norte. Expressão de fé que abordamos nesta edição. A revista ACONTECE deste mês também notabiliza algumas celebrações de fim de ano que se sobressaem no Rio Grande do Norte: o “Natal em Natal”, na capital potiguar, a programação de um grande hotel de Mossoró, além do “Natal Encantado”, no município de Riacho da Cruz, na região Alto Oeste do estado. Por fim, queremos agradecer a você, prezado(a) leitor(a), por ter prestigiado o nosso trabalho ao longo deste ano. Só podemos mesmo agradecer e desejar a todos um feliz Natal e um 2019 de muitas realizações! Neide Carlos Editora-chefe


ÍNDICE

Religião: Mês de dezembro se destaca em Mossoró pela celebração à Santa Luzia, padroeira da cidade

15

20

Entrevista: Presidente da OAB/ Mossoró até o último dia 3 de dezembro, Canindé Maia fala sobre as ações de sua gestão e relembra as metas alcançadas

Intercessão de Santa Luzia: Elizabeth Fagundes, de Juazeiro do Norte (CE), e Vera Lúcia Silva, de Umarizal/RN, afirmam ter alcançado graça com auxílio da santa

26 Economia: Presidente da Potigás, Beto Santos afirma que a empresa é um instrumento de desenvolvimento social e econômico do RN

33

Eventos: Natal e Ano Novo são celebrados no Rio Grande do Norte

36

Colunas: Neide Carlos--------------------------6 Magnos Alves-----------------------24 Mario Filho---------------------------48 Karenine Fernandes----------------50 Clístenes Carlos--------------------52 ACONTECE . Dezembro 2018

|5


OBRAS PARALISADAS Paralisadas. Assim estão algumas obras prometidas pela prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini. A restauração da Praça Luiz Gonzaga no conjunto Nova Vida e a construção da UBS do conjunto Vingt Rosado (orçada em R$ 1,093 milhão) são exemplos dessa realidade. No Vingt Rosado, há dois agravantes: a população ainda aguarda a conclusão da

neidecarlos@portalacontece.com.br

COLUNA

Neide Carlos

GASTRONOMIA EM ALTA O município de Apodi sediou o I Festival Gastronômico da cidade, atraindo um grande publico nas três noites do evento. A expectativa foi superada e os organizadores já falam em uma segunda edição no próximo ano.

creche pró-infância e os serviços prometidos para a Avenida Senador Duarte Filho (orçados em R$ 827 mil), a principal do conjunto, não foram implementados em sua totalidade — faltam o alargamento da via e as sinalizações. Esperamos que o Poder Municipal atue de forma a possibilitar a efetivação e retomada dessas obras.

SÓ EM 2019 Ficou para 2019 o pagamento do FGTS de quase 3 mil servidores da Prefeitura de Mossoró que trabalharam no período de 1° de setembro de 1977 a 31 de setembro de 1991. Embora aja uma cobrança do Executivo para agilidade no processo, a Caixa Econômica Federal considera o tempo curto para iniciar o pagamento ainda neste mês.

NOVIDADE Os empresários Jair e Lucineide Queiroz reinauguraram a loja do Hiper Queiroz em Mossoró. O empreendimento foi reformulado, sendo denominado agora de Queiroz Atacadão. O investimento representa o reposicionamento do grupo na segunda maior cidade do Rio Grande do Norte, uma vez que ampliará sua atuação, dedicando-se ao segmento de atacado/varejo.

REELEIÇÃO O engenheiro Sérgio Freire continua como presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Mossoró (SINDUSCON). A chapa foi reconduzida ao comando do Sinduscon e estará à frente da entidade no triênio 2019/2022.

6

|

ACONTECE . Dezembro 2018


NOVOS VEREADORES

NOVO CENTRO DE CONVENÇÕES O Centro de Convenções está prestes a ser palco de eventos ainda maiores no Rio Grande do Norte. O Governo do Estado realizou uma apresentação técnica do equipamento ao Trade Turístico. Após retomar a administração do local para o Poder Executivo, o Governo investiu o total de R$ 35 milhões, recursos asse-

gurados pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC Turismo, com contrapartida do Governo do Estado de R$ 5 milhões, para a reforma e ampliação do Centro de Convenções. A área do local passou de 14,2 mil m² para 23,6 mil m², mais que dobrando sua capacidade de 6 mil para 13 mil pessoas.

No município de Santa Cruz, região Agreste potiguar, seis suplentes foram empossados vereadores na Câmara Municipal. O ato aconteceu depois que seis parlamentares, incluindo o então presidente do Legislativo, tiveram os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral. A prefeita e o vice-prefeito do município também perderam os cargos. Com a posse dos novos vereadores, agora a Câmara fará uma eleição da mesa diretora. Quem for eleito presidente, vai assumir interinamente o cargo de prefeito de Santa Cruz, até a Justiça realizar uma eleição suplementar.

PARLAMENTAR DA 61ª LEGISLATURA

1ª PRESIDENTE MULHER Os advogados de Mossoró e região escolheram para comandar a subsecional da OAB em Mossoró pelo próximo triênio a advogada Bárbara Paloma Vasconcelos. Ela será a primeira mulher a presidir a instituição. Candidata à presidên-

cia pela chapa 11 “OAB Presente Advocacia para frente”, venceu a disputa com 483 votos. Bárbara Paloma era candidata da situação e contou com o apoio do atual presidente, o advogado Canindé Maia.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), foi eleito Parlamentar da 61ª Legislatura, após ter sido escolhido pelos jornalistas que acompanham os trabalhos legislativos. O título é concedido ao parlamentar que se destacou nos últimos quatro anos. Os deputados Hermano Morais (MDB), Kelps Lima (Solidariedade), Fernando Mineiro (PT) e Cristiane Dantas (PPL) também foram votados. ACONTECE . Dezembro 2018

|

7


MISSÃO

64 anos de

sacerdócio Personalidade notável do catolicismo potiguar, padre Sátiro Cavalcanti Dantas afirma que sua trajetória ministerial simboliza uma “vocação realizada”

8

|

ACONTECE . Dezembro 2018


O

ito de dezembro de 1954. Há 64 anos, padre Sátiro Cavalcanti Dantas, personalidade notável do catolicismo potiguar, recebia sua ordenação sacerdotal. Nessas mais de cinco décadas, padre Sátiro construiu uma trajetória dedicada à religião, educação e ao social. Hoje, aos 88 anos de idade, esse sacerdote norte-rio-grandense mantém sua vivacidade e obediência à missão que um dia abraçou. Apesar do que representa para o catolicismo e educação em Mossoró, padre Sátiro não é originário da segunda maior cidade do Rio Grande do Norte. Nasceu na fazenda Poço de Pedra, localidade do município de Riacho de Santana, mas que à época pertencia a Pau dos Ferros, cidade do Alto Oeste potiguar. Filho de João Fernandes Dantas e Erundina Dantas, padre Sátiro chegará ao 89° aniversário no próximo dia 22 de janeiro. A caminhada no catolicismo começou na paróquia de Nossa Senhora da Conceição em Pau dos Ferros, onde foi coroinha da igreja. “Meu pai morreu aos 41 anos. Após a morte dele, comecei a me dedicar à igreja, sendo coroinha da paróquia de Nossa Senhora da Conceição. Aos 14 anos, expressei o desejo de torna-me padre e, em 9 de fevereiro de 1943, cheguei a Mossoró, recomendado pelo responsável pela paróquia de Nossa Senhora da Conceição, monsenhor Caminha”, conta o padre Sátiro.

SEMINÁRIO Padre Sátiro cursou a primeira fase do seminário em três cidades: Mossoró (Seminário de Santa Teresinha), Fortaleza (CE) e Olinda (PE). “O seminário era dividido em duas fases. A primeira, denominada de Seminário Menor, consistia no ginasial e secundário. A segunda era voltada à Filosofia e Teologia. Estudei Filosofia em Roma, na Itália, onde fiquei durante cinco anos. Aos 24 anos, mais precisamente no dia 8 de dezembro de 1954, recebi minha ordenação de padre e voltei a Mossoró”, recorda. O regresso a Mossoró aconteceu no dia 28 de novembro de 1955. “Mandaram-me para o Colégio Diocesano, que à época funcionava em um prédio próximo à catedral de Santa Luzia, onde hoje está instalada uma agência do Banco do Brasil. No colégio, atuei inicialmente como secretário. Em 1956, após o Colégio Diocesano ter se transferido para o prédio atual, fui designado secretário do internato, que era onde estudantes do Diocesano advindos do interior ficavam acomodados. Em 1961, fui nomeado juridicamente como diretor do Colégio Diocesano Santa Luzia”, conta. Ainda em 1956, padre Sátiro assumia sua primeira missão ministerial, como auxiliar de um trabalho vinculado à juventude católica. A missão se desenvolvia na cidade de Areia Branca. “Em 1957, fui designado para a capela de São Vicente, onde atuei durante 50 anos, inclusive mandando preservar as marcas de tiros decorrentes

“[...] em 9 de fevereiro de 1943, cheguei a Mossoró, recomendado pelo responsável pela paróquia de Nossa Senhora da Conceição, monsenhor Caminha” Padre Sátiro Cavalcanti ACONTECE . Dezembro 2018

|9


MISSÃO

da presença de Lampião em Mossoró”, frisa padre Sátiro. Mossoró é conhecida pela vitória, em 1927, sobre o bando de Lampião. RELIGIÃO E EDUCAÇÃO O trabalho de padre Sátiro pela educação e religião sempre se desenvolveu simultaneamente. Além de diretor do Colégio Diocesano, padre Sátiro foi professor da Escola Normal de Mossoró. Fundou a Faculdade de Filosofia e Letras, que, segundo ele, foi fundamental para a criação, em 1968, da Universidade Regional do Rio Grande do Norte (URRN), atual Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Foi membro do Conselho Estadual da Educação e reitor da Fundação Universidade Regional do Rio Grande do Norte

10

|

ACONTECE . Dezembro 2018

Marcelo Bento

Padre Sátiro Cavalcanti foi ordenado no dia 8 de dezembro de 1954


Marcelo Bento

(FURRN). Também participou da luta pela estadualização da Furrn, sendo esta mais uma das muitas atividades desse sacerdote pela educação. “Considero a educação meu ministério”, diz padre Sátiro, que ainda esteve à frente de trabalhos sociais por meio da Fundação Socioeducativa do Rio Grande do Norte (FUNSERN). ATIVIDADES RELIGIOSAS Padre Sátiro recebeu a revista ACONTECE em seu apartamento em Mossoró, onde realiza muitas atividades: dedica-se à leitura da Bíblia, reza o terço e trabalha. “Não passo cinco minutos aqui sem fazer nada”, conta. Questionado sobre sua vivência religiosa diária, padre Sátiro afirma que a Bíblia é a “base de tudo”. “Santo Agostinho ilumina meu entendimento teológico. Nossa Senhora de Pau dos Ferros é nossa mãe. O homem da cruz morreu por nós. Santa Luzia, nossa padroeira. Santa Clara é a padroeira das

dores. E a base de tudo é a Bíblia Sagrada”, diz. Sobre o que representam seus 64 anos de sacerdócio, padre Sátiro afirma que sua trajetória ministerial simboliza uma “vocação realizada”. “Meus 64 anos de sacerdócio representam uma vocação realizada. Sempre acreditei na minha vocação para padre e aprimorei o meu chamado a partir dos estudos e da oração”, expressa. Padre Sátiro também menciona o significado da fé. “Acreditando na Palavra de Deus, você vai ouvi-la e, seguindo essa Palavra, terá a certeza de que não vai errar. Deus exige que você viva essa fé em família, bem como na vida política e econômica. Que as pessoas sejam de fé e façam aquilo que Jesus faria se estivesse aqui”, declara o sacerdote, ressaltando também que a fé o ajudou muito, conferindo a ele força. “A fé me ajudou, dando-me força. Com a fé, vem a esperança. Se você tem fé em Deus, pode planejar, porque você tem esperança”, completa. Marcelo Bento

“A fé me ajudou, dando-me força. Com a fé, vem a esperança. Se você tem fé em Deus, pode planejar, porque você tem esperança” Padre Sátiro Cavalcanti

Padre Sátiro expressou desejo pelo sacerdócio aos 14 anos ACONTECE . Dezembro 2018

|

11


MISSÃO

‘O sacerdócio de padre Sátiro não se restringiu à atividade religiosa’, afirma bispo diocesano de Mossoró Bispo diocesano de Mossoró, dom Mariano Manzana realça a contribuição do padre Sátiro Dantas no âmbito da educação, religião e social, citando a dedicação desse sacerdote ao Colégio Diocesano Santa Luzia, à Fundação Socioeducativa do Rio Grande do Norte (FUNSERN) e ao Mosteiro de Santa Clara. “O sacerdócio de padre Sátiro não se restringiu à atividade religiosa. Ele viveu seu sacerdócio para a educação. Uma educação não apenas técnica, mas também focada na vivência humana e na religião”, frisa. Por meio da Funsern, destaca dom Mariano, padre Sátiro voltou-se à educação dos mais pobres e ajudou a difundir os valores cristãos. “A criação da Funsern oportunizou educação a crianças pobres de Mossoró e a propagação dos valores cristãos através da rádio 105 FM”, pontua. No âmbito religioso, dom Mariano destaca a fundação, por pa-

“Ele viveu seu sacerdócio para a educação. Uma educação não apenas técnica, mas também focada na vivência humana e na religião” Dom Mariano,

bispo Diocesano de Mossoró

12

|

ACONTECE . Dezembro 2018

Marcelo Bento

Dom Mariano Manzana, bispo Diocesano de Mossoró, fala sobre a atuação de padre Sátiro em diferentes áreas dre Sátiro, do Mosteiro de Santa Clara, no ano de 1999. “Padre Sátiro fundou o Mosteiro de Santa Clara, com apoio do mosteiro da cidade de Campina Grande, estado da Paraíba. Posteriormente, o mosteiro de Caicó, município potiguar da região Seridó, também contribuiu para operacionalidade do Mosteiro de Santa Clara, enviando pessoas, para ajudar nas atividades. Em 2009, o Mosteiro de Santa Clara foi declarado independente pela Santa Sé”, conta. Padre Flávio Augusto Forte de Melo, pároco da catedral de Santa Luzia, salienta as virtudes de padre Sátiro Cavalcanti Dantas, denominando-as de admiráveis. “A trajetória de padre Sátiro mostra uma inteligência associada à sabedoria, que não fez dele uma

pessoa soberba, mas o contrário: padre Sátiro é de uma humanidade extraordinária. Antes de ver um sacerdote como um religioso, por exemplo, padre Sátiro o enxerga como um ser humano”, diz. O pároco ressalta, também, o amor de padre Sátiro pela Igreja Católica. “Padre Sátiro tem um amor impressionante à Igreja. Se algum dia ele teve qualquer discordância com algum bispo, certamente, preferiu ficar com a Igreja. Para padre Sátiro, seu vínculo com a Igreja está acima de tudo”, frisa. Outra característica de padre Sátiro também é ressaltada por padre Flávio Augusto. “Outra característica de padre Sátiro é que ele se alegra com as ações de sucesso dos sacerdotes mais jovens”, completa.


LEMBRANÇAS E RECONHECIMENTO Uma atitude de padre Sátiro, no ano de 1999, marcou a lembrança do atual pároco da catedral de Santa Luzia. “Naquele ano, eu iria para Roma, na Itália, para fazer Mestrado em Teologia Dogmática. Mas, antes, padre Sátiro me chamou ao Santuário de Santa Clara e me deu uma Bíblia em latim, dizendo que aquele exemplar o tinha ajudado. Tenho essa Bíblia até hoje”, recorda padre Flávio. Raimunda Almeida, 80, trabalhou durante 54 anos com padre Sátiro, no Colégio Diocesano Santa Luzia, e destaca as virtudes do sacerdote. “Aprendi muito com padre Sátiro. Padre Sátiro valoriza a vida e fica feliz com o sucesso do outro”, diz. Padre Charles Lamartine, diretor do Colégio Diocesano Santa Luzia, afirma que expressar a alegria em falar sobre padre Sátiro é fazê-lo “com as memórias do coração”. “O ser humano traz em sua essência as suas histórias e experiências de vida. Expressar a alegria em falar sobre Padre Sátiro é fazê-lo com as memórias do coração. Coração que extravasa, transborda amor e gratidão por nossa convivência. Como não me lembrar da forma como padre Sátiro me acolheu e da confiança depositada em minha pessoa? Das lições, saberes e amizades partilhadas?”, declara. O diretor do Colégio Diocesano acrescenta que padre Sátiro é um homem de alma marcada pela sabedoria, retidão e generosidade. “Com o trabalho e trajetória no mote da essência, do compromisso com as questões sociais, padre Sátiro reafirma a aliança de Deus com a humanidade e nos inspira cotidianamente. Comemorar o aniversário de ordenação sacerdotal de padre Sátiro é celebrar a vida. Parabéns, mestre. Agradeço e rogo a Deus todos os dias por nossos caminhos entrelaçados e pela honra em tê-lo conosco”, enfatiza.

Marcelo Bento

Padre Flávio Augusto mostra a bíblia em latim que recebeu de padre Sátiro

“A trajetória de padre Sátiro mostra uma inteligência associada à sabedoria, que não fez dele uma pessoa soberba, mas o contrário: padre Sátiro é de uma humanidade extraordinária” Padre Flávio Augusto Forte,

pároco da catedral de Santa Luzia

Guilherme Ricarte/Diocesano

Padre Charles Lamartine, diretor do Colégio Diocesano, fala sobre o aniversário de ordenação sacerdotal de padre Sátiro

“Com o trabalho e trajetória no mote da essência, do compromisso com as questões sociais, padre Sátiro reafirma a aliança de Deus com a humanidade e nos inspira cotidianamente.” Padre Charles Lamartine,

diretor do Colégio Diocesano

ACONTECE . Dezembro 2018

| 13


14

|

ACONTECE . Novembro 2018


RELIGIOSIDADE

Devoção à Santa

Luzia Mês de dezembro se destaca em Mossoró pelas manifestações de fé à padroeira da cidade

P

i ac

fic

o

M

ed

ei

ro

s


RELIGIOSIDADE

O

mês de dezembro tem um significado especial para muitos fiéis católicos e moradores de Mossoró. Neste período do ano, com destaque para o dia 13 de dezembro, notabiliza-se a devoção à Santa Luzia, padroeira da cidade e da Diocese local. Treze de dezembro é o dia de Santa Luzia. Também é data de uma importante manifestação religiosa em Mossoró. Uma procissão em reverência à padroeira reúne milhares de pessoas durante percurso em ruas da cidade. A tradicional procissão é a culminância de uma extensa programação, que neste ano se iniciou no último dia 2 de dezembro. Mas, o que representa Santa Luzia e a devoção de muitos mossoroenses a ela? Para o padre Ricardo Rubens, da Diocese de Mossoró, as pessoas se identificam com Santa Luzia, em razão do testemunho dela, que “é muito atual”. “Principalmente os pobres se identificam com Santa Luzia, por causa do martírio, coragem e força dela. As virtudes de Santa Luzia criaram a devoção a ela. As pessoas vão à Santa Luzia em razão do que as virtudes dela representam”, diz. HISTÓRIA A origem de Santa Luzia remete à cidade de Siracusa, na Itália. Padre Ricardo conta que, no início do século IV, o imperador

“As pessoas vão à Santa Luzia em razão do que as virtudes dela representam” Padre Ricardo Rubens

16

|

ACONTECE . Dezembro 2018

Diocleciano empreendia perseguição aos que se declaravam cristãos. Por conta da defesa dessa fé cristã, pontua o padre, Santa Luzia foi interrogada e presa. “Uma das torturas aplicadas à Santa Luzia foi amarrá-la ao rabo de um cavalo e arrastá-la. Santa Luzia também teve os olhos arrancados, fato associado ao título recebido por ela: a Santa dos Olhos ou a Santa Protetora dos Olhos”, diz. A história também narra que, após ter os olhos arrancados, Luzia ressurgiu com a visão restau-

rada, sendo apontada, inclusive, como se fosse uma bruxa. Mas, o fato, na verdade, é visto pela Igreja Católica como um milagre e ensejou o título de Santa Protetora dos Olhos. Além do martírio, outro fato também marca a história de Santa Luzia. “Santa Luzia não se casou, em razão de um voto de castidade, e dedicou seu dote aos pobres”, ressalta padre Ricardo. Santa Luzia morreu, ainda muito jovem, no ano 304, após ter sido decapitada. Estima-se, segundo a Diocese de Mossoró, que


ela tinha menos de 20 anos. DEVOÇÃO A origem da devoção à Santa Luzia em Mossoró remonta ao ano de 1772, relata padre Ricardo Rubens. “O casal Antônio de Souza Machado, sargento-mor da ribeira de Mossoró, e Rosa Fernandes decide, em 1772, construir uma capela em devoção à Santa Luzia, por uma graça alcançada. Essa capela foi construída na fazenda deles, que recebia o nome da santa. Mas, há um detalhe: a construção da capela contou com

apoio de pessoas de localidades circunvizinhas, aspecto que sugere a existência de devoção à Santa Luzia naquela região”, salienta. O primeiro ato litúrgico da Capela de Santa Luzia aconteceu no dia 25 de janeiro de 1773. A capela, após várias reformas, deu origem à catedral de Santa Luzia, em Mossoró. FESTA Tradicional na cidade de Mossoró, a Festa de Santa Luzia adquiriu um caráter sociocultural no início da década de 1980, me-

diante iniciativa de monsenhor Américo Simonetti, então pároco da Catedral de Santa Luzia, conta padre Ricardo Rubens. “Antes, já havia celebração litúrgica, que foi iniciada ainda na pequena capela de Santa Luzia”, frisa. A programação da Festa de Santa Luzia é composta por missas, novenas, shows religiosos e pelo espetáculo teatral “Oratório de Santa Luzia”. A festa também mobiliza comerciantes, que instalam barracas para a venda de comida e artigos religiosos. “É uma única festa, tendo como centro o ato litúrgico e fomento da cultura e da convivência. É um diálogo da fé com a sociedade”, diz padre Ricardo. Padre Ricardo afirma também que a Festa de Santa Luzia tem ampliado seu caráter inter-regional. “A Festa de Santa Luzia é uma das maiores festas do Rio Grande do Norte, mobilizando Mossoró e pessoas de outras cidades, como também os mossoroenses que estão em outros municípios, como João Pessoa, na Paraíba”, ressalta. Sobre a procissão do dia 13 de dezembro, padre Ricardo afirma que o evento é a expressão da Festa de Santa Luzia. “A procissão de Santa Luzia é uma expressão de fé, esperança, comunhão da Igreja e de testemunho para os demais”, assinala. Pároco da catedral de Santa Luzia, padre Flávio Augusto Melo diz que, para ele, o que impressio-

“O que impressiona em Santa Luzia é a história dela, como abriu mão da vida por causa da fé” Padre Flávio Augusto,

pároco da Catedral de Santa Luzia

ACONTECE . Dezembro 2018

| 17


RELIGIOSIDADE Marcelo Bento

na em Santa Luzia é a entrega à fé. “O que impressiona em Santa Luzia é a história dela, como abriu mão da vida por causa da fé. Os relatos sobre graças alcançadas mediante intercessão de Santa Luzia me ajudam a entender a devoção a ela”, declara o sacerdote, mencionando também o significado da procissão. “A procissão é o ponto máximo da festa”, completa. O bispo diocesano de Mossoró, dom Mariano Manzana, conta que, no ano passado, foram servidas 1.800 refeições nas dependências da Escola de Artes de Mossoró, para pessoas de menor condição financeira que tinham vindo de localidades mais distantes para a procissão. Algumas, enfatiza o bispo, tinham despendido boa parte de seus recursos para chegar a Mossoró. “A Festa de Santa Luzia é uma das maiores manifestações religiosas do Rio Grande do Norte”, declara. SANTA LUZIA Padre Sátiro Cavalcanti, diretor emérito do Colégio Diocesano Santa Luzia — escola centenária de Mossoró — e sacerdote da Igreja Católica há 64 anos, conta que sua fé em Santa Luzia se fortaleceu durante o seminário. “Eu era e sou devoto de Nossa Senhora da Conceição. Minha fé em Santa Luzia se fortaleceu quando eu estava no seminário. Naquela época, assistíamos à novena e cantávamos na missa da Festa de Santa Luzia”, lembra. Para padre Ricardo Rubens, Santa Luzia atualiza na vida dela os conceitos do evangelho, que, em sua perspectiva, são: castidade, pobreza e obediência. “A pobreza, na virtude de Santa Luzia com relação à caridade com os pobres, que foi manifestada mediante a decisão de entregar o dote aos que tinham menor poder aquisitivo. A obediência se revela no fato de Santa Luzia não ter

18

|

ACONTECE . Dezembro 2018

Para padre Ricardo Rubens, Santa Luzia atualiza na vida dela os conceitos do evangelho renunciado a fé, obediência até a morte. E a castidade se refere ao celibato, ao voto que ela cumpriu”, frisa. Padre Ricardo pontua ainda que, para a Igreja Católica, os santos ensinam a compreender o mistério de Deus. “Ensinam a compreender o evangelho, através da própria vida, o mistério de Deus e

a como a enfrentar os desafios da fé”, conclui. Dom Mariano avalia que a vida de Santa Luzia motivou a devoção a ela. “A atitude de Santa Luzia de escolher o caminho da fé, entendendo que o espiritual tinha mais valor do que o mundo físico, inspira muitas pessoas em sua vida cristã”, diz.


A

A RÁDIO RURAL DE MOSSORÓ

PARABENIZA O GRANDE EDUCADOR, COMUNICADOR PADRE SÁTIRO

CAVALCANTI DANTAS PELOS 64

ANOS DE SACERDÓCIO, QUE SE TRANSFORMOU EM REFERÊNCIA NÃO SÓ PARA A IGREJA, MAS PARA O POVO NORTE-RIO-GRANDENSE! ACONTECE . Dezembro 2018

| 19


A protetora dos OLHOS Elizabeth Fagundes, de Juazeiro do Norte (CE), e Vera Lúcia Silva, de Umarizal/ RN, afirmam ter alcançado graça por meio da intercessão de Santa Luzia

E

lizabeth Fagundes, 44 anos, moradora e natural de Juazeiro do Norte (CE). Vera Lúcia Silva, 56, natural de Umarizal, na região Oeste do Rio Grande do Norte, e moradora do município de Viçosa, também no RN. Apesar da distância territorial, a gratidão à Santa Luzia aproxima a história dessas duas mulheres. Ambas afirmam ter recebido uma graça por intercessão da santa protetora dos olhos, título difundido na Igreja Católica em referência à Santa Luzia. Elizabeth atribui a restauração da visão do seu olho direito à in-

20 | ACONTECE . Dezembro 2018

tervenção de Santa Luzia. Míope desde os 10 anos de idade, Elizabeth começou a se deparar com dificuldades para trabalhar e dirigir. “Trabalho com confeitaria e, há um ano, enxergar tinha se tornado mais difícil, o que atrapalhava minhas atividades. Há mais de um ano, eu nem dirigia mais, dado o baixo nível da minha visão”, conta. As dificuldades enfrentadas por Elizabeth não decorriam do negligenciamento da sua saúde ótica. Elizabeth já tinha buscado a opinião de alguns médicos, que sempre mencionavam a impossibilidade de realizar a cirurgia de cor-

reção de grau. “Tenho um problema na retina que impossibilitava a correção do grau de miopia. Consultei-me com mais de um médico e todos apontavam essa dificuldade. Até então, também eram registrados 15 graus de miopia e 3,5 de astigmatismo no meu olho direito e 13,5 graus de miopia e 2 graus de astigmatismo no meu olho esquerdo”, pontua. As lentes de contato não eram suficientes para sanar o problema de Elizabeth, visto que esse recurso não se adequava ao diagnóstico de 15 graus de miopia. “Eu usava óculos quando pequena. Na adoles-


Cedida

cência, não queria, visto que meu grau só era atendido por lentes muito espessas. Posteriormente, comecei a usar lentes de contato, mas estas só conseguiam atender até 13 graus de miopia, ou seja, eram insuficientes para a minha necessidade”, explica. MUDANÇA Elizabeth afirma que a participação mais enfática de Santa Luzia contra seu problema na visão começou em dezembro de 2016. Naquele ano, Elizabeth veio a Mossoró para realizar um curso de confeitaria. Hospedada na residência de um casal amigo, foi questionada sobre sua religião, sendo na sequência convidada para participar de uma novena na catedral de Santa Luzia. No período, acontecia a festa de Santa Luzia, que é padroeira de Mossoró e da Diocese local. A oportunidade para conectar-se com fé, porém, despontou um pouco depois, mais precisamente em um dia de apresentação do espetáculo teatral Oratório de Santa Luzia, evento tradicional da festa da padroeira. “Cientes das minhas dificuldades na visão, um casal de amigos me apresentou ao padre Flávio Augusto Forte, pároco da catedral de Santa Luzia, em Mossoró. Na ocasião, o padre Flávio me convidou a rezar e trouxe uma relíquia de Santa Luzia, a santa protetora dos olhos, para que eu segurasse, durante a oração”, lembra-se. Para Elizabeth, seu milagre começou a se desenhar a partir daquele momento de oração com o pároco da catedral de Santa Luzia. Não sabia ela, no entanto, que mais uma situação lhe afligiria. Há cerca de dois meses, uma lente de contato se fragmentou no olho de Elizabeth, que precisou ir ao médico para dirimir o problema. Após a remoção dos fragmentos, fora identificado mais um problema nos olhos de Elizabeth. Tratava-se

Em 2016, Elizabeth Fagundes esteve em Mossoró, onde foi recebida pelo pároco da Catedral de Santa Luzia, padre Flávio Augusto de catarata precoce. A nova adversidade, contudo, ocasionou solução, frisa Elizabeth. “Com o diagnóstico de catarata, meu médico disse que eu poderia me submeter a uma cirurgia para inserção de uma lente no meu globo ocular. A cirurgia foi marcada para o dia 13 de dezembro, mas foi antecipada para o dia 20 do mês anterior, Dia de Padre Cícero. No dia 21, abri o curativo e comecei a ver o que eu não enxergava. Foi uma grande alegria”, assinala. Elizabeth diz que seu olho direito tinha 60% da visão antes de ser diagnosticado com catarata, mas, com a doença, esse percentual declinou para 10%. “Após a cirurgia para remoção da catarata e inserção de uma lente, meu olho direito ficou com 85% da visão. Hoje, vejo

as cores perfeitamente, de uma forma que eu não via, embora tivesse auxílio de óculos”, diz. Durante entrevista à revista ACONTECE, Elizabeth acrescentou ainda que usará óculos para enxergar melhor de perto e que a cirurgia do olho esquerdo já estava marcada. “Acredito que Santa Luzia possibilitou que meus olhos fossem acometidos por catarata para que eu pudesse ser submetida à cirurgia que devolveu a minha visão”, expressa. Para Elizabeth, Santa Luzia é uma santa de luz. “A minha ficha ainda não caiu. Santa Luzia é uma santa de luz. Fui honrada por Deus. Se alcancei a restauração da minha visão, foi graças aos amigos e à Santa Luzia. Meu respeito por essa santa de luz, certamente, auACONTECE . Dezembro 2018

| 21


FÉ Cedida

mentou. Quero realizar novenas e agradecer à Santa Luzia pela graça alcançada”, declara. Apesar da ênfase à experiência restauradora com Santa Luzia, Elizabeth já conhecia um pouco da devoção à santa. “Durante muito tempo, minha mãe, Ester, fazia um chá e novena no dia 13 de dezembro, Dia de Santa Luzia. Por meio do meu pai, Belizário, já falecido, conheci um pouco da história de Santa Luzia. Ele contava sobre como ela perdera os olhos. Posteriormente, também procurei conhecer melhor a história de Santa Luzia”, diz Elizabeth. MAIS UMA GRAÇA A professora Vera Lúcia Silva também afirma estar vivenciando uma graça alcançada por meio da intercessão de Santa Luzia. Ela conta que, em abril de 2013, uma disfunção acometeu a visão do seu olho esquerdo, ocasionando um embaçamento. Diante dessa circunstância, Vera procurou atendimento em Mossoró e foi orientada a buscar ajuda médica em outras cidades. “Fui a Mossoró, e o médico disse que eu não conseguiria resolver meu problema na cidade. Recomendou que eu buscasse ajuda na capital do estado, Natal, ou em Fortaleza (CE)”, lembra-se. Vera relata que tentou marcar consulta com um profissional de Fortaleza, mas a agenda de atendimentos impossibilitava uma rápida assistência. Decidiu, então, ir a Natal, onde um exame apontou a gravidade do caso. “O médico pediu para eu tentar visualizar, a partir de uma distância de 5 metros, uma letra A que tinha 1 metro de comprimento, mas eu não conseguia enxergar. Após as avaliações, o médico mencionou que o meu problema era grave, um deslocamento de retina. Explicou que poderia fazer uma aplicação, mas sem garantia da total restauração da minha visão”, recorda-se.

22 | ACONTECE Setembro 2018

Vera Lúcia conta que participa das novenas e procissão alusivas à Santa Luzia no município de Umarizal, região Oeste do RN Vera salienta que marcou a primeira aplicação, mas, antes, sua prima Edinha incentivou-a a voltar-se à Santa Luzia, para que o problema no olho esquerdo pudesse ser revertido. “Após o incentivo de Edinha, fiz uma promessa à Santa Luzia, comprometendo-me a doar três cestas básicas se ela intercedesse pela restauração da minha visão”, frisa. Dias depois da promessa, Vera foi ao médico para a primeira aplicação. “Fiz a primeira aplicação e, 15 dias depois, voltei ao médico, que ficou surpreso com a recuperação do meu globo ocular. As manchas de sangue identificadas já estavam reduzidas em 50% e não precisei mais fazer a segunda aplicação”, diz. Vera atribui essa mudança à operação de Santa Luzia. “Desde então, sou devota de Santa Luzia. Vou à capela que leva o nome da santa na cidade de Umarizal, aqui no Rio Grande o Norte, e também participo das novenas e procissão

alusivas a ela que acontecem durante o mês de dezembro, no mesmo município”, enfatiza a professora, que antes já era devota de Nossa Senhora de Fátima. Ela relata que, após a melhora significativa em sua visão, continuou tratando seu olho esquerdo mediante aplicação de um colírio, durante um período de seis meses. “Também continuei indo ao médico, o qual diz que minha visão está cada vez melhor. Eu tinha perdido 95% da minha visão. Hoje, possuo 85%”, assinala Vera. A professora diz que todos os dias agradece à Santa Luzia pela restauração da visão. “Acreditei na história de Santa Luzia [que não negou a fé e que perdera os olhos por causa de perseguição religiosa] e alcancei minha bênção. Quando cremos, alcançamos o milagre. Devo minha visão à Santa Luzia. Todos os dias, agradeço a ela por ter devolvido a minha visão”, expressa.


ACONTECE . Setembro 2018

| 23


CORTE NÃO VAI AFETAR BONANÇA NOS PODERES O pequeno corte no orçamento dos três Poderes não vai impedir que eles vivam em um mundo paralelo em meio à crise que o Rio Grande do Norte atravessa. Ministério Público, Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa e Tribunal de Contas aceitaram redução de R$ 12.635.363,00, R$ 33.735.000,00, R$ 13.500.000,00 e R$ 2.500.000,00, respectivamente, em seus orçamentos

magnos.alves@gmail.com

COLUNA

Magnos Alves

de 2019. Também perdoaram uma dívida de R$ 110.690.047,84. Mas nada que impeça que o Judiciário continue pagando regalias e mais regalias a juízes e desembargadores, nem que o Legislativo inflacione a sua folha de pagamento com centenas de funcionários “fantasmas”. Os poderes continuarão no paraíso em meio ao inferno que é o Estado hoje.

FARRA NO TJ Os juízes e desembargadores do Rio Grande do Norte querem ampliar a farra com o dinheiro público. Além do pagamento de regalias sem fim, o Tribunal de Justiça quer criar 120 novos cargos comissionados. Para isso, quer extinguir outros 230 cargos efetivos. Resumindo: o Judiciário potiguar quer acabar com cargos preenchidos por meio de concurso público para criar outros ocupados por indicação dos próprios juízes e desembargadores. O projeto está na Assembleia Legislativa para apreciação e votação. Alguém duvida que será aprovado? VERBA DE GABINETE A polêmica do fim do ano na política mossoroense foi a recriação da verba de gabinete para os vereadores. Pelo projeto aprovado pela maioria, cada parlamentar vai ter direito a um valor de R$ 4,5 mil por mês para ma-

nutenção de gabinete. Um presente de Natal que pode não sair do papel, já que a presidente da Câmara, Izabel Montenegro, afirma que não vai pagar enquanto o Tribunal de Contas não chancelar a verba.

ESTRANHO DEMAIS Ainda falando sobre a recriação da verba de gabinete para os vereadores de Mossoró. Foi estranho ter visto alguns vereadores votando contra o projeto. Nomes como Manoel Bezerra e Ricardo de Dodoca têm históricos que indicavam voto favorável ao projeto. O que teria acontecido?

MOSSORÓ NO GOVERNO Enfim, a governadora eleita Fátima Bezerra (PT) anunciou nomes de Mossoró para compor o seu secretariado. O poeta, escritor e mais um monte de coisas Crispiniano Neto vai reassumir a direção da Fundação José Augusto. Ele venceu uma disputa interna acirrada com outros bons nomes do PT. O outro nome é o professor da UERN, Alexandre Lima, anunciado para a futura Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar.

24 | ACONTECE . Dezembro 2018


MENOS DINHEIRO Assim como a Prefeitura de Mossoró, o Governo do Estado também terá bem menos recursos para aplicar em publicidade no ano de 2019. O orçamento para esse fim foi cortado praticamente pela metade, de R$ 21 milhões para R$ 11,5 milhões. São R$ 9,5 milhões a menos para a futura secretária estadual de Comunicação, provavelmente Guia Dantas, “dialogar” com a mídia. SEM LICITAÇÃO Em meio a incertezas que cercam a aplicação de recursos pelo ex-prefeito Silveira Júnior, a Previ Mossoró contratou uma agência de publicidade. Detalhe: sem licitação. A contratação se deu por meio de carta-convite à empresa Zumba, que também presta serviço à Prefeitura de Mossoró. Desde que foi criada, a Previ Mossoró sempre foi assessorada pela Secretaria de Comunicação. SEM LICITAÇÃO II Também sem licitação, a Prefeitura de Mossoró contratou a empresa cearense Prática Assessoria e Terceirização e Serviços Ltda.. O objeto do contrato é a prestação de serviços de mão de obra. A Prática vai levar R$ 3.438.135,24 por seis meses de serviço, no período de 12/12/2018 a 10/06/2019. SILÊNCIO DA PETROBRAS A Petrobras silenciou após decisão liminar da Justiça do Trabalho do RN anulando ato do seu Conselho Administrativo que autorizou a cessão do polo Riacho da Forquilha à empresa 3R Petroleum. A liminar atendeu pedido do Sindipetro/RN. A coluna procurou a estatal, que tem insistido que não vai se manifestar sobre o assunto.

TEATRO LIBERADO O Teatro Lauro Monte Filho deve ser liberado nesta segunda-feira (17) pelo Corpo de Bombeiros. Existe pendência apenas de um documento de incombustibilidade das escadas, que já se encontra no CREA. O capitão Daniel

Gomes, do Corpo de Bombeiros, informou à coluna que não será problema para a programação de reinauguração do teatro que começa nesta terça-feira (18), com Concerto Oficial da Orquestra Sinfônica do RN.

DESCONFIANÇA NO AR Muito tem se perguntado sobre a origem da empresa 3R Petroleum. São poucas as informações e o que se sabe é que ela não tem nenhuma experiência de operação no setor de petróleo e gás. Há desconfiança sobre a capacidade técnica e financeira da empresa para comprar e administrar o polo Riacho da For-

quilha. Sobre a questão financeira, a Petrobras informou à coluna que a 3R conta com a parceria de grandes empresas globais e fundos de investimentos internacionais, como uma companhia de trading de classe mundial, uma empresa internacional de serviços petrolíferos e uma operadora independente.

BOLSONARO SALVA Pelo menos dois nomes da política potiguar que não foram chancelados pelo eleitor terão cargo no governo Jair Bolsonaro. O deputado federal Antônio Jácome, que não conseguiu se eleger senador, vai ocupar cargo no Ministério das Mulheres, Família e Direitos Humanos. Em 2011, Jácome foi acusado de ter praticado adultério e incentivado um aborto. Chegou a perder o status de pastor da Igreja Assembleia de Deus, segundo divulgou a imprensa da capital à época.

BOLSONARO SALVA II O outro político potiguar no governo Bolsonaro é o também deputado federal Rogério Marinho (não reeleito), que vai para a secretaria especial de Previdência Social. Depois de ter sido o relator da reforma trabalhista, Marinho foi convocado por Bolsonaro para tocar outro projeto que mexe com a vida dos trabalhadores: a reforma da previdência. Será o sapiroco?

Acesse www.blogdomagnos.com.br

ACONTECE . Dezembro 2018

|25


Canindé Maia e o fortalecimento da OAB/Mossoró

O advogado e contabilista Canindé Maia se despediu oficialmente do cargo de presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), subseção de Mossoró, no último dia 3 de dezembro, logo após ter sido eleito no último pleito da Ordem no Rio Grande do Norte, ocorrido em 28 de novembro, para representar o estado no Conselho Federal da OAB e convidado a compor equipe de transição do presidente eleito para a OAB-RN, advogado Aldo Medeiros. Canindé Maia se mostra satisfeito com o resultado das últimas eleições em que a advogada Bárbara Paloma foi escolhida para presidir a OAB em Mossoró – a primeira mulher eleita em 60 anos de história da Ordem em Mossoró e que vai atuar no triênio 2019-2021 –, assim como também celebra a vitória de Aldo Medeiros. Nesta entrevista, Canindé Maia fala sobre as ações da gestão em que se despede, relembra metas alcançadas e desafios para os próximos gestores em níveis local e estadual. Acompanhe: 26 | ACONTECE . Dezembro 2018

Marcelo Bento

ENTREVISTA CANINDÉ MAIA


REVISTA ACONTECE – A sua atuação à frente da presidência da OAB em Mossoró durante o triênio 2016-2018 foi importante para o fortalecimento da advocacia em Mossoró e região e também numa maior aproximação com as questões que geraram preocupações à sociedade neste período. Mais de 80% dos compromissos firmados foram atendidos. Qual é a sua avaliação diante do trabalho realizado e do que não pôde ser concluído? CANINDÉ MAIA – Fizemos um trabalho a várias mãos. Por isso, dividimos as realizações desta gestão com todos os que fazem parte dela, não somente com aqueles que têm mandato eletivo, mas também com aqueles que, de qualquer forma, colaboraram com esse sucesso, presidentes e membros de comissão, mas também com aqueles colegas que organizaram eventos em parceria com a Ordem, levando à sociedade temas de relevância. Também, tivemos alguns compromissos não realizados, como exemplos o Concurso de Monografias, Orientador Jurídico e Revista Jurídica Eletrônica, mas que poderão ser implementados nesta gestão que se inicia em 01/01/2019. Temos a consciência do dever cumprido, principalmente quanto ao atendimento à sociedade e aos advogados de Mossoró e toda a região, pois nunca nos furtamos de lutar incansavelmente pela defesa da advocacia. RA – O que o senhor destacaria como ações mais importantes realizadas nestes anos e que marcam essa gestão? CM – São muitas, mas destacaria em relação à advocacia a conquista do INSS Digital, em que Mossoró foi pioneira, Ação da OAB e Ministério Público do Trabalho em defesa da jornada de trabalho dos advogados contratados, a implementação da nova tabela de honorários, a luta contra a extinção de Varas do Trabalho, luta incansável pelo atendimen-

to dos advogados aos seus clientes custodiados na Cadeia Pública e Penitenciária Agrícola Mário Negócio, vacinação contra H1N1 para advogados. Também ressalto a reunião na OAB com ouvidoria do Tribunal de Justiça para atender pleitos da advocacia, cursos e palestras como forma de aprimorar o conhecimento, atuação também para a sociedade, a luta por melhoria na saúde de Mossoró, quando fizemos um relatório no Hospital Tarcísio Maia e encaminhamos aos órgãos competentes para providência, a luta pelo não fechamento do Hospital da Mulher, acompanhou as discussões sobre a construção de um novo presídio em Mossoró, a luta contra a proposta de emenda constitucional 287 (PEC da Previdência) e em defesa da Previdência, seminários contra a reforma trabalhista, apresentou pleitos à comissão de segurança pública da Assembleia Legislativa, atuou como amicus curiae nas ações de despejo dos moradores da Escola Margarida e Posto Fiscal São Romão conseguindo um acordo, impetrou o MS para discutir a cobrança de IPTU na cidade de Mossoró, realizou o projeto Anjos da Educação, São João Solidário, campanha de doação de sangue no dia do advogado, discutiu e participou de eventos em promoção dos direitos da pessoa com deficiência, realizou juntamente com a Uern e a Ufersa o Natal Solidário, atuação contra a captação de ilegal cliente, implementação da Sala de Inclusão Digital, Certificação digital presencial, realização de evento para comemorar os 30 anos da Constituição Federal, melhoramento da estrutura das salas dos advogados com colocação de internet nas salas de Caraúbas e Apodi, construção em parceria com a Cadeia Pública de Mossoró da sala do advogado, com móveis e material de construção, móveis e equipamento para a sala do advogado na Cadeia de Apodi. Essas são algumas das atuações da OAB, que em seu artigo 44 diz: “A Ordem dos Advoga-

dos do Brasil (OAB), serviço público, dotada de personalidade jurídica e forma federativa, tem por finalidade: I - defender a Constituição, a ordem jurídica do Estado democrático de direito, os direitos humanos, a justiça social e pugnar pela boa aplicação das leis, pela rápida administração da justiça e pelo aperfeiçoamento da cultura e das instituições jurídicas; II - promover, com exclusividade, a representação, a defesa, a seleção e a disciplina dos advogados em toda a República Federativa do Brasil.” RA – Como o senhor vê a OAB em nível de estado do Rio Grande do Norte durante esse período em que foi gestor e quais os novos desafios precisam ser enfrentados? CM – Vejo com preocupação. São muitas as demandas de prerrogativas que, mesmo com a procuradoria das prerrogativas funcionando com duas advogadas contratadas em Natal, não conseguimos dar vencimento, pois todo o estado demanda para a seccional, sem contar com a falta de estrutura de algumas salas de advogados por todo o estado que precisam ser reestruturadas, dentre outros problemas que procuramos contornar muitas vezes através de colegas que voluntariamente se propõem a peticionar e representar a OAB em juízo como amicus curiae. Aqui em nossa região, criamos através do nosso Conselho a Procuradoria de Prerrogativas, compromisso nosso, mas não tivemos a contratação de um advogado para atender às demandas. A solução seria simples através de um processo seletivo, resolveria todos os problemas de defesa de prerrogativas que não tivemos resposta da seccional do estado. RA – Qual a participação e importância dos membros da atual diretoria na sua gestão e como o senhor avalia a atuação das comissões? CM – Como disse anteriormente, a OAB é feita a muitas mãos, a nossa ACONTECE . Dezembro 2018

|27


ENTREVISTA CANINDÉ MAIA

diretoria tem permanecido trabalhando unida em defesa dos advogados e da sociedade. Com muita maestria, nosso vice-presidente dr. Kallio Gameleira sempre esteve presente e participou efetivamente de todas as lutas travadas pela OAB, tivemos apoio de todos os membros sem exceção, inclusive com um colégio gestor formado pelos 5 membros, presidente, vice-presidente, secretária-geral, secretária-adjunta e tesoureiros, facilmente digo, Canindé, Kallio, Paloma, Talita e Thiago, que se tornaram um só nesta gestão. RA – A subseção da OAB em Mossoró tem tido uma presença constante na discussão de várias temáticas de interesse da sociedade. Na sua gestão, a OAB, por exemplo, entrou forte diante da polêmica do IPTU municipal, da segurança pública e fez críticas à reforma da Previdência em sua proposta inicial. Como tem sido feita a escolha das causas com as quais a OAB Mossoró decide enfrentar e de que maneira a sociedade pode contribuir para fortalecer essas causas? CM – Não há escolha, nem tal demanda é mais importante que outra. Todas as vezes que a OAB foi instada a participar e defender a sociedade, o fez. Nesta gestão, abrimos as portas da OAB para a sociedade. Através de um programa de rádio, levamos a OAB para o lar dos mossoroenses, sem falar nas redes sociais, a defesa do estado democrático de direito, os direitos humanos, a educação, a saúde são algumas de nossas bandeiras. A sociedade tem se aproximado da OAB, mas deve se aproximar mais ainda, e nós enquanto instituição, não podemos deixar a sociedade ter os seus direitos e garantias violados, somos essenciais para que haja a efetivação desses direitos. Sendo assim, em todas as demandas e alguma que envolva ou prejudique a sociedade, a OAB atuará como sempre fez, como forma de fazer cumprir a Constituição Federal e defender o estado de-

28 | ACONTECE . Dezembro 2018

mocrático de direito. RA – A sua gestão encontrou muitas reformas e mudanças na legislação, como a Trabalhista. De que maneira a OAB tem se posicionado em relação a essas reformas, de um modo geral? CM – Lutamos incansavelmente e discutimos todos os pontos da Reforma Trabalhista, que acabou sendo aprovada de forma integral, inclusive uma MP que tratava de algumas

Temos a Ufersa como o 1° lugar nacional do Exame e a Uern entre as 10 melhores faculdades de Direito do Brasil.” alterações perdeu sua validade, agora estamos observando a implantação dessas novas regras, orientando e trazendo informação para advogados com vários cursos e também palestras, como forma de melhor atender à sociedade em suas demandas que necessitem da atuação de advogados, agora se inicia uma nova fase na vida do brasileiro, não podemos aceitar retrocesso nas nossas conquistas, a Reforma da Previdência volta a ser falada, não podemos perder o foco e a vigilância, sob pena de termos grandes prejuízos na aposentadoria dos brasileiros. RA – Para os advogados e advogadas, é desafiadora a atuação

diante de tantas mudanças na legislação nacional. Como a sua gestão realizou a discussão e apoio junto aos advogados da Ordem? CM – Isso, a legislação muda rapidamente. Muito difícil também devido à quantidade de decisões tomadas pelos tribunais superiores que acaba gerando jurisprudência e que deve ser seguida, muitas vezes diferente do que determina, por exemplo, a Constituição Federal no caso de prisão em segunda instância, o STF mudou esse entendimento e vem a todo momento rediscutindo o tema, inclusive com ministros alterando entendimento a cada sessão. A OAB em Mossoró promove sempre cursos e palestras sobre essas mudanças, aqui em nosso estado tivemos o fechamento de várias comarcas, trazendo prejuízo não somente ao jurisdicionado, mas também aos advogados e advogadas, não podemos deixar isso acontecer. RA – E em relação à Reforma da Previdência, cujo texto ainda não foi aprovado em nível nacional, qual a posição defendida pela Confederação da OAB e aqui em Mossoró? CM – A OAB é totalmente contra a Reforma da Previdência da forma que está sendo apresentada, inclusive tratando de um déficit que não existe, quando maldosamente o Governo apresenta como receita da Previdência apenas as contribuições de patrões e empregados e se esquece de propósito que a Previdência faz parte da Seguridade Social que tem receitas de tributos e também de concursos de prognósticos como a loteria, a prova é que há superávit que o Governo todos os meses retira 30% dessa arrecadação para pagamento de outras despesas, a Desvinculação de Receitas da União (DRU), não se tira de onde não tem. Voltamos, após as eleições gerais, a falar de novo na Reforma da Previdência, precisamos urgentemente tratar desse tema para que o novo governo não retire do


trabalhador esses direitos conquistados a duras penas. RA – As duas universidades públicas Uern e Ufersa obtiveram excelentes resultados no Exame de Ordem, com bom número de alunos aprovados, e percebemos que o curso de Direito ainda é um dos mais procurados também nas instituições de ensino particular. Mossoró hoje conta cinco cursos, podendo em breve ter mais um. Como a OAB percebe esse crescimento do número de cursos de Direito na cidade de Mossoró e região? E o nível de aprovação no Exame de Ordem? CM – Importante termos um polo de ensino de Direito. Hoje, já temos 5 faculdades de Direito em nossa cidade. O ensino tem melhorado bastante, inclusive com a Uern e a Ufersa aprovando quase a totalidade dos alunos antes da colação de grau. Isso se dá pelo fato de o aluno de Direito já poder fazer a prova da Ordem a partir do 9° período do curso. Temos a Ufersa como o 1° lugar nacional do Exame e a Uern entre as 10 melhores faculdades de Direito do Brasil. As faculdades particulares também têm melhorado a qualidade do ensino, mantendo, em sua maioria, o conceito 4 junto ao MEC. RA – As ações sociais realizadas pela subseção da OAB em Mossoró conseguem mobilizar os advogados em torno de projetos que ajudam muito as entidades e instituições beneficiadas. Quais as ações o senhor destacaria como sendo mais importantes? CM – Sim, as ações solidárias que são tocadas pelas comissões mobilizam advogados e sociedade. Um exemplo claro foi neste ano a recuperação da enfermaria infantil do Hospital do Câncer de Mossoró, que mobilizou e emocionou a todos, inclusive empresas parceiras da OAB. Ver as crianças passando por tratamento de quimioterapia e, ao

mesmo tempo, ver no rosto inocente a alegria de ter um tablet para passar o tempo durante as aplicações, não tem preço nem explicação. A emoção bate forte e o coração se enche de alegria. A OAB em Mossoró tem projetos já institucionalizados que continuarão na próxima gestão, como o caso do Anjo da Educação, São João Solidário, Natal Solidário, doação de sangue e eventos em nossa sede que arrecadam alimentos. A próxima gestão de nossa Casa terá o compromisso de manter estes e ampliar o número desses projetos para as entidades que necessitam. RA – Para finalizar, gostaríamos que o senhor deixasse uma mensagem aos advogados e advogadas de Mossoró e região que, durante esta gestão de três anos, contaram com a sua presença e participação empenhada na defesa dos interesses da advocacia, da OAB e da sociedade:

CM – Primeiramente, agradecemos a Deus por ter nos dado discernimento para gerir a OAB em Mossoró, depois agradecemos a diretoria e nosso conselho, aos presidentes e membros de comissões. Lutamos para defender a advocacia contra a criminalização e defendemos incansavelmente as prerrogativas. Peço que lutem e sempre peçam a proteção da Ordem todas as vezes que tiverem feridos os seus direitos de advogados e advogadas. Como representantes, temos obrigação, mas não podemos estar em todos os lugares ao mesmo tempo. Por isso, use nossos canais para chegar com sua demanda para a OAB. Não tema, pois em sua defesa estará sempre um colega com o escudo da nossa Instituição. Não se furte em denunciar as violações por pensar que será perseguido pelo denunciado. Faça e confie em sua instituição, que sempre esteve ao seu lado em todas as vezes que você noticiou uma violação. ACONTECE . Dezembro 2018

|29


LEGISLATIVO

‘O vereador tem que pensar nos interesses da população’

Nascido no município de Antônio Martins e eleito para a Câmara Municipal de Mossoró em 2016, Ozaniel Alves de Mesquita diz defender o alinhamento do trabalho parlamentar aos interesses da população

Não pertenço à situação, mas pauto meu trabalho na Câmara a partir do compromisso de votar em favor dos projetos que beneficiam a população”, a afirmação é do vereador de primeiro mandato Ozaniel Mesquita. Membro do Partido da Repú-

30 | ACONTECE . Dezembro 2018

blica (PR), Ozaniel recebeu a confiança de 1.574 eleitores no pleito de 2016 e afirma defender o alinhamento do trabalho parlamentar aos interesses da população. “Por isso, pretendo continuar atuando em todas as áreas, de forma a promover o bem-estar dos mosso-

roenses”, reforça. Bem-estar que, segundo o vereador, está prejudicado. “Nestes vinte anos, nunca vi a saúde pública numa situação tão precária”, garante Ozaniel, que é técnico em enfermagem, servidor público no Serviço de Atendimento Móvel de


Edilberto Barros

Urgência (SAMU) e também estudante de Enfermagem em uma instituição privada de ensino superior. Sobre a contribuição que o mandato parlamentar pode oferecer para a reversão das deficiências no serviço público, Ozaniel afirma que a fiscalização é um dos instrumentos que podem ser empreendidos. “Minha contribuição é a fiscalização e buscar os órgãos competentes”, frisa. TRAJETÓRIA Ozaniel Mesquita é natural do sítio Viramundo, zona rural de Antônio Martins, cidade do Alto Oeste potiguar. “Atribuo minha votação à gratidão das pessoas, visto que sempre ajudei, sem fazer acepção, e também ao apoio dos colegas da EBS, empresa na qual trabalhei”, reconhece. A história de Ozaniel revela uma origem humilde. Nascido em 31 de dezembro de 1974, o vereador é o sétimo filho dos agricultores Gentil Alves de Almeida, 81, e Maria Helena de Mesquita, 79. Ozaniel tem uma família grande, pois são 11 irmãos, entre eles outro vereador, Ozanildo Almeida, parlamentar no município de Antônio Martins. “Meu pai até hoje continua trabalhando como agricultor na zona rural de Antônio Martins”, destaca Ozaniel, que se recorda das dificuldades da infância. “Não tínhamos brinquedos comprados em lojas.

“Nestes vinte anos, nunca vi a saúde pública numa situação tão precária” Ozaniel Mesquita,

vereador

Vereador Ozaniel afirma que a fiscalização é um dos instrumentos que podem ser empreendidos pelo trabalho parlamentar Lembro-me também de um episódio marcante: em 1984, nossa alimentação foi diretamente afetada pela estiagem que incidia sobre Antônio Martins”, conta. CHEGADA A MOSSORÓ Ozaniel chegou a Mossoró em 15 de fevereiro de 1993, com 19 anos, época em que morou na casa de sua tia, a madrinha Rita, no bairro Bom Jardim. “Estudei na Escola Estadual Abel Coelho até 1995, quando comecei a trabalhar no extinto Supermercado Pague Menos”, conta. Em 1996, Ozaniel decidiu investir em uma nova possibilidade para sua vida. “Passei em frente à Faculdade de Enfermagem da Uern [Universidade do Estado do Rio Grande do Norte] e, no prédio da instituição, havia uma faixa destacando um processo de seleção para o curso de Auxiliar de Enfermagem. Fiz a prova e fui aprovado”, comemora. A opção pelo curso acarretou uma árdua rotina a Ozaniel. “Houve um momento em que eu trabalhava das 7h às 13h no supermercado, das 13h às 17h, tinha que

estar no estágio na faculdade e, às 19h, ia para o curso de Auxiliar de Enfermagem. Nesse período, eu sempre me deslocava a pé ou de ônibus pela cidade”, lembra. Em 1997, após três meses de estágio, Ozaniel foi contratado pela Casa de Saúde São Camilo de Lellis, hoje Hospital Municipal. Com o novo emprego, conquistou sua primeira motocicleta. De 1999 a 2001, foi aprovado em dois concursos, em Baraúna e outro, em sua cidade natal. Assumiu apenas a vaga do município de Antônio Martins, mas por pouco tempo, enquanto também prosseguia na São Camilo. Em 2001, mais um passo na trajetória na área da saúde. “Fui trabalhar no Hospital da Unimed, atuando, assim, em duas unidades. Em 2005, fiz um curso de Técnico em Radiologia e também ingressei no Samu por meio de nomeação da então prefeita Fafá Rosado, em cargo comissionado, e tive de sair da São Camilo. No ano seguinte, consegui uma vaga no setor de radiologia da Unimed. Com essa nova função, passei a ganhar mais e minha carga horária foi reduzida”, relata o vereador. ACONTECE . Dezembro 2018

| 31


LEGISLATIVO Marcelo Bento

Ozaniel é casado com Maria Aparecida há doze anos e tem dois filhos, Vinícius Cauã e Ozaniel Filho

“Meus filhos estudam em escola pública e, em casa, procuro manter a mesma rotina que eu desenvolvia antes de ser alçado ao cargo de vereador” Ozaniel Mesquita,

vereador

Em 2007, Ozaniel foi aprovado em concurso da Prefeitura de Mossoró e tornou-se profissional efetivo do Samu. Concomitantemente, permanecia no setor de radiologia da Unimed, onde atuou até 2011. De março de 2012 a fevereiro de 2013, uma nova oportunidade. Dessa vez, como técnico em enfermagem do trabalho, na base P-34

32 | ACONTECE . Dezembro 2018

da Petrobras. Já de março de 2013 a dezembro de 2016, trabalhou na empresa EBS, que também atua no segmento petrolífero. A decisão de entrar para a política remete a abril de 2016. Antes, contudo, Ozanildo Almeida, que está no sétimo mandato como vereador de Antônio Martins, já tinha tentado convencer seu irmão a se candidatar no município de origem. “Lancei minha candidatura à Câmara de Mossoró com o objetivo de representar a população da cidade e dar voz às demandas da sociedade local”, afirma Ozaniel. FAMÍLIA Ozaniel conta que nunca se esqueceu da família. “Quando eu trabalhava no supermercado, enviava a cesta básica que recebia para os meus pais. Hoje, depois de estruturar melhor minha vida, continuo ajudando-os”, diz. Sobre seus irmãos, o vereador frisa que cada um

seguiu o seu caminho. “Três deles conseguiram o grau de ensino superior completo”, ressalta. Ozaniel é casado com Maria Aparecida há doze anos e, como fruto desse relacionamento, o casal tem dois filhos: Vinícius Cauã, 11, e Ozaniel Filho, 8. Católico, Ozaniel atua na liturgia da igreja matriz de São José e, no dia a dia, diz procurar preservar-se como um cidadão comum, com os hábitos de antes. Após ser eleito, segue residindo na mesma casa, sem luxo, no bairro Santo Antônio, e cotidianamente pode ser visto cedinho, varrendo a calçada. “Meus filhos estudam em escola pública e, em casa, procuro manter a mesma rotina que eu desenvolvia antes de ser alçado ao cargo de vereador”, conta Ozaniel, que também se define como um vencedor. “Vitória não é apenas conquistar um cargo eletivo. Para mim, é, sobretudo, ter conseguido minha casa e construído uma família”, finaliza.


ENTREVISTA CARLOS ALBERTO SANTOS

‘Buscamos crescer na crise com um trabalho de divulgação das potencialidades do gás’

Formado em Administração de Empresas, Carlos Alberto Santos, “Beto Santos”, assumiu o comando da Companhia Potiguar de Gás (POTIGÁS) em janeiro de 2015. Diretor-presidente da companhia, Beto Santos concedeu entrevista à revista ACONTECE, ocasião em que destacou o trabalho empreendido pela empresa durante a crise que acometeu o Rio Grande do Norte: “Buscamos crescer na crise com um trabalho de divulgação das potencialidades do gás”, afirmou. Beto Santos também falou sobre o significado da Potigás, que neste ano completou 25 anos de criação, bem como sobre o segmento de gás natural veicular e a atuação da empresa no mercado norte-rio-grandense. ACONTECE . Dezembro 2018

| 33


ENTREVISTA CARLOS ALBERTO SANTOS

REVISTA ACONTECE – A Potigás completou, no último dia 26 de novembro, 25 anos de criação. Como o senhor define a trajetória da empresa nessas mais de duas décadas? BETO SANTOS – A Companhia Potiguar de Gás é hoje, de fato, um instrumento de desenvolvimento social e econômico do Rio Grande do Norte, por meio da atração de indústrias, incentivo ao comércio e serviços, levando economia, praticidade e segurança também para o segmento residencial. São mais de 23 mil clientes e uma rede de 416 mil metros de gasodutos. A distribuidora exclusiva de gás natural canalizado do Rio Grande do Norte foi criada pela lei 6.502 de 26 de novembro de 1993, como uma sociedade de economia mista sujeita ao controle majoritário do Estado. A empresa tem como sócios o Estado do Rio Grande do Norte e a Petrobras Gás S/A (GASPETRO). Com a publicação da lei, iniciaram os esforços para colocar a empresa em efetiva operação, o que foi possível em 8 de março de 1995. Depois disso, seguiram-se os investimentos na ampliação da rede de gasodutos para distribuição do gás natural canalizado. Hoje, a Potigás está presente nos municípios de Natal, Mossoró, Macaíba, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante e Goianinha. RA – A Potigás atua com a distribuição de gás canalizado. Hoje, qual o principal mercado da empresa? BS – A Potigás atende cerca de 23 mil clientes, sendo 22.277 residências, 63 postos com uma frota de 50 mil veículos, 34 indústrias e 500 estabelecimentos comerciais. O gás natural comercializado pela Companhia é repassado da seguinte forma: 47,07% no setor industrial, 43,39% no gás natural veicular (GNV), 4,73% no gás natural comprimido (GNC, com carretas),

34

|

ACONTECE . Dezembro 2018

0,09% com cogeração, 3,16% no comercial e 1,56% no residencial. A versatilidade do gás natural canalizado permite sua utilização nos mais variados equipamentos e locais. No condomínio, pode ser usado desde por fogões na cozinha, aquecedores de água no banheiro dos apartamentos, até as churrasqueiras e piscinas da área de lazer. Na área comercial, o gás natural canalizado abastece academias, bares, cafeterias, clínicas, churras-

O gás natural veicular (GNV) representa atualmente pouco menos da metade das vendas da Potigás, mostrando que o GNV proporciona ao consumidor final uma boa economia” carias, escolas, hospitais, hotéis, laboratórios, lanchonetes, lavanderias, padarias, pizzarias, restaurantes, shoppings, supermercados e outros. Temos ainda a aplicação no setor industrial e no abastecimento de frotas convertidas ao gás natural veicular. RA – O preço do gás natural veicular registrou evolução nos últimos anos. A que se deve essa evolução? BS – As distribuidoras de gás natural canalizado dependem de um único supridor no Brasil, que

é a Petrobras. Isso acaba gerando uma dependência muito grande e nos sujeitando à política de preços adotada pela estatal. Para exemplificar, a tarifa do gás natural veicular (GNV) foi reajustada no dia 1° de novembro deste ano em 8,6% o preço do metro cúbico vendido pela Potigás aos postos de combustíveis. Desse percentual, 6,99% se referem ao aumento cobrado pela Petrobras e 1,12% aos impostos sobre o produto. Já os 0,49% restantes de estão relacionados ao reajuste de margem autorizado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos e previsto no contrato de concessão. Para mudar essa realidade, um grupo de sete distribuidoras de gás do Nordeste decidiu lançar, de maneira coordenada uma chamada pública para recebimento de propostas para aquisição de gás natural, numa estratégia visando diversificar a compra de suprimento. A iniciativa reúne as distribuidoras dos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe (Algás, Bahiagás, Cegás, Pbgás, Copergás, Potigás e Sergás, respectivamente), somando um volume potencial de aquisição de 9,4 milhões de metros cúbicos diários de gás. RA – Qual a participação da Potigás no mercado de gás natural veicular? BS – O gás natural veicular (GNV) representa atualmente pouco menos da metade das vendas da Potigás, mostrando que o GNV proporciona ao consumidor final uma boa economia. Mantemos contrato de fornecimento com 63 postos de abastecimento no Rio Grande do Norte que possui uma frota estimada de 50 mil veículos. RA – A Companhia Potiguar de Gás é uma empresa de economia mista, cujos sócios são Governo do Estado e Gaspetro. Em 2017, a empresa teve o melhor re-


sultado de sua história. Quais fatores contribuíram para essa expansão e qual a perspectiva para este ano? BS – Executamos um planejamento consistente ao longo dos últimos quatro anos. Tivemos muito trabalho inicialmente para organizar a empresa que estava com três balanços em aberto. Não poderíamos avançar sem sanar essas pendências. A partir daí, junto com a equipe técnica, o Governo do Estado garantiu a criação do RN Gás +, programa de subsídio à indústria por meio do gás natural canalizado e expandimos o mercado consumidor com um foco também no segmento residencial. Saímos de pouco mais de 12 mil clientes em condomínios no ano de 2014 para mais de 22 mil neste ano. Além disso, diversificamos os ramos comerciais de atuação, que vão desde hospitais, escolas, academias aos tradicionais clientes do segmento gastronômico. RA – Em junho deste ano, o senhor esteve no estado do Paraná para participar de um fórum sobre biogás e biometano. Como o senhor avalia essas discussões sobre o biogás e o potencial do Rio Grande do Norte nesse segmento?

BS – Esse é um tema que vai além do mercado de gás, envolve um dos principais problemas de qualquer nação que é a destinação dos resíduos sólidos e sanitários. Uma questão econômica, ambiental, de saúde pública. Estamos empenhados em garantir a participação do Rio Grande do Norte nas discussões, fomento aos projetos e na preparação da Potigás para aquisição do biogás. Fomos a única distribuidora do país a incluir o biogás na chamada coordenada para compra do combustível. Mas, ainda precisamos avançar e esclarecer a sociedade sobre a importância do biogás. RA – O senhor assumiu o comando da Potigás no período da atual administração do Governo do Estado. Quais foram os principais desafios da sua gestão nesses últimos anos? BS – O Governo do Estado conseguiu avançar muito, diante da grave crise econômica enfrentada nos últimos anos. Muitos projetos se devem ao esforço incansável do governador Robinson Faria, que comandou o Executivo em meio às piores crises. A Potigás não é uma ilha dentro desse contexto. Temos muitos clientes empresariais e industriais que reduziram a produ-

ção. Mas, buscamos crescer na crise com um trabalho de divulgação das potencialidades do gás. Além de garantir uma melhor logística e praticidade aos clientes por ser um combustível canalizado, o gás natural reduz muito os custos operacionais. A substituição gera economia e segurança. Daí, mais uma explicação para o crescimento, apesar da crise. RA – Quais são as próximas metas da empresa? Como a Potigás deverá se projetar no mercado nos próximos anos? BS – A Companhia Potiguar de Gás tem um papel muito importante no desenvolvimento econômico e social do Rio Grande do Norte. A empresa está pronta para avançar em várias frentes e consolidar a missão de distribuir gás natural canalizado de forma sustentável e eficiente. Dentre os projetos, destaco a criação do segmento termoelétrico que dará um novo impulso aos negócios da Companhia, cuja regulamentação está devidamente encaminhada, além da questão do biogás, expansão dos segmentos residencial e comercial, atendimento ao parque industrial e a interiorização do fornecimento de gás para fomentar o desenvolvimento regional.

ACONTECE . Dezembro 2018

|35


COMEMORAÇÕES

Eventos celebram o

Natal e Ano Novo no RN As cidades de Natal, Mossoró e Riacho da Cruz se preparam para as datas comemorativas do fim de ano

S

eja em grandes ou pequenos municípios, é comum muitas pessoas se organizar para vivenciar o Natal e Ano Novo em família ou em eventos. O Rio Grande do Norte se prepara para essas celebrações. O projeto “Natal em Natal”, na capital do estado, o “Celebrate” — tradicional evento de um grande hotel de Mossoró — e o “Natal Encantado”, no município de Riacho da Cruz, explicitam o sentimento fraterno que permeará o estado. O “Natal em Natal” é promovido pela Prefeitura da capital potiguar. O projeto começou no dia 8 de novembro e segue até janeiro, com a tradição da Festa de Reis. A programação reúne 40 projetos culturais e ações que acontecem

36 | ACONTECE . Dezembro 2018

durante os dois últimos meses do ano. Parte do calendário natalino conta com projetos integrados, através dos incentivos da Lei Djalma Maranhão ou de parcerias com o setor produtivo da capital. Com uma programação composta por inúmeras atrações musicais, o “Natal em Natal” também se sobressai pela realização de show pirotécnico durante o Réveillon, na Ponte Forte Redinha e Ponta Negra. Mantendo a tradição musical, a Praia da Redinha será palco de muitas atrações, durante a virada do ano. “O Natal em Natal é hoje o principal projeto cultural do RN. O investimento na economia criativa faz girar o turismo, a prestação de serviço e toda a cadeia produtiva

da cultura. Segundo dados da Fecomércio, é movimentado algo em torno de R$ 80 milhões a cada edição. Então, utilizamos os recursos da Lei Djalma Maranhão, editais públicos e parcerias com produtores e patrocinadores da iniciativa privada”, diz o secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão. MOSSORÓ Em Mossoró, um grande hotel promoverá dois eventos no final deste ano: o Buffet Ceia de Natal e o Réveillon Celebrate. O Buffet Ceia de Natal acontece há mais de 10 anos e deve reunir hóspedes do hotel e pessoas da cidade que pretendem aproveitar a noite do dia 24 de dezembro, com música e pratos de qualidade.


“O Buffet Ceia de Natal é realizado há mais de 10 anos. Neste ano, teremos papai-noel e música ao vivo. A participação no buffet é assegurada mediante reserva. Mas, temos o nosso restaurante, que também se prepara atender e recepcionar os clientes na noite de Natal”, diz Gabriel Barcelos, diretor comercial do hotel, ao também enfatizar o sucesso do evento. “Por ser um período de alta estação e pela própria tradição, nossa ceia de Natal sempre recebe muitas pessoas“, acrescenta. O buffet de Natal será realizado na noite do dia 24 de dezembro, das 20h à 0h. No dia 31, será a vez do Réveillon Celebrate. O DJ MKT Sax, a cantora Renata Falcão e a banda Bakulejo vão animar a festa, cuja participação é garantida por meio da aquisição de ingresso. “Realizamos nossa celebração de Ano Novo há vinte anos. É o grande evento de Mossoró e região no período. Neste ano, teremos show pirotécnico e espumantes para que as pessoas que prestigiem o Celebrate possam brindar a chegada de 2019”, diz Gabriel Barcelos, mencionando ainda que o evento dispõe de um espaço kids, buffet infantil e berçário. ALTO OESTE Na região Alto Oeste do Rio Grande do Norte, uma das cidades que avivam a tradição do Natal é Riacho da Cruz, que fica a 126 quilômetros de Mossoró. A Prefeitura do município organizou para este ano a 5ª edição do “Natal Encantado”, evento que eleva o sentimento natalino, por meio de apresentações culturais e religiosas. A programação foi iniciada no dia 1° deste mês e segue até o próximo dia 23. Durante o evento, a Avenida Camila de Léllis, a principal da cidade, é transformada. Prédios públicos, praças e residências são decorados para encantar os mu-

Prefeitura de Riacho da Cruz

Casal do Papai Noel no município de Riacho da Cruz nícipes e visitantes. Neste ano, o Município trabalhou para realizar oito noites temáticas, aos sábados e domingos, com apresentações que pretendem despertar o sentimento de união entre as famílias. Somados à programação, tem ainda a Casa do Papai Noel e Passeios no Trenó Móvel. Segundo a Prefeitura de Riacho da Cruz, os eventos são planejados e executados de forma intersetorial e tem o objetivo principal de reafirmar a religiosidade, com foco nas diferentes manifestações culturais do povo de Riacho da Cruz, incentivando o desenvolvimento do tu-

rismo e comércio local. “Minha expectativa é de que o nosso Natal seja realmente encantado. Nesse momento de crise, que possamos vivenciar o Natal, com a nossa família. Que o sentimento de união do Natal possa se perpetuar ao longo de 2019”, declara a prefeita de Riacho da Cruz, Bernadete Rêgo. A chefe do Executivo Municipal fala também sobre a expectativa de reunir pessoas de outras cidades durante a programação do “Natal Encantado”. “Que o Oeste possa vivenciar o Natal em nossa cidade”, completa. Reprodução/Internet

Hotel tem tradicional Réveillon em Mossoró ACONTECE . Dezembro 2018

| 37


EMPREENDEDORISMO

38 | ACONTECE . Dezembro 2018


O Rei do IPHONE Mossoroense investe no segmento de venda de aparelhos celulares e alcança sucesso

E

mpreender oportunizou novas possibilidades ao mossoroense Antonio Ferreira da Silva Neto, 32 anos. Após trabalhar em empresas do setor petrolífero, “Tonny”, como é conhecido, decidiu dedicar-se ao segmento de venda de aparelhos celulares e tem alcançado sucesso. Hoje, o microempreendedor e proprietário da Tonnycell consegue vender 40 aparelhos da Apple por semana e tem repercutido no Instagram a partir do cognome de Rei do Iphone. O primeiro contato de Tonny com o segmento de venda de aparelhos celulares aconteceu em 2013, quando após ser desligado de uma empresa do setor petrolífero, deliberou aplicar os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) na aquisição de celulares, para venda externa. “Após a falência da empresa na qual eu trabalhava, comecei a vender celulares novos e usados. Permaneci nessa atividade durante três meses, visto que ingressei em outra empresa que prestava serviço à Petrobras”, conta Tonny. O microempreendedor lembra que em 2016 houve corte de funcionários na empresa, que o convidou a permanecer. “Após a implementação do corte de funcionários, ainda permaneci mais um ano naquele emprego. Despon-

ta, então, notícia sobre a venda de campos maduros de petróleo de Mossoró e decido que era hora de investir no segmento de venda de celulares”, diz. Tonny dá prosseguimento à sua decisão e, durante cinco meses, dedica-se à venda externa de celulares, inclusive com a oferta de lançamentos do setor. “Vendia os celulares externamente, enquanto estudava a possibilidade de alugar um ponto para instalar meu empreendimento. Em janeiro de 2018, aluguei um boxe em um centro comercial de Mossoró, mas, com seis meses de atividade, percebia que não havia comodidade para as vendas e os clientes”, frisa.

“Em janeiro de 2018, aluguei um boxe em um centro comercial de Mossoró, mas, com seis meses de atividade, percebia que não havia comodidade para as vendas e os clientes.” Antonio Ferreira,

empresário

ACONTECE . Dezembro 2018

|39


EMPREENDEDORISMO

REDE SOCIAL A decisão de publicizar os produtos no Instagram foi fundamental para o crescimento da Tonnycell, afirma o proprietário. “Comecei a promover meu empreendimento no Instagram em janeiro de 2018 e esse trabalho contribuiu sobremaneira para alavancar o número de clientes. Convicto desse potencial, continuo a investir na divulgação pelo Instagram, de forma a acentuar a projeção da Tonnycell”, destaca o microempreendedor, ao também mencionar que, entre janeiro e o início de dezembro deste ano, o total de seguidores da Tonnycell no Instagram ampliou-se substancialmente. “Eram 4 mil seguidores em janeiro; hoje, são 43 mil”, completa. Em setembro deste ano, Tonny deu mais um passo em sua trajetória empreendedora. Transferiu-se para uma loja no mesmo centro comercial onde seu boxe estava instalado. “O novo estabelecimento conferiu ainda mais credibilidade à Tonnycell. Seguimos com muito sucesso, alcançando uma média de 40 celulares da Apple vendidos por semana”, ressalta. Questionado sobre o cognome de Rei do Iphone, Tonny diz que a expressão surgiu a partir do trabalho de divulgação de aparelhos celulares no Instagram. “Há seis meses, comecei a divulgar meus produtos para atrair visualizações, fixando a hashtag ‘Rei do Iphone’. As pessoas, então, começaram a se

Marcelo Bento

Tonny fala sobre seu investimento no segmento de venda de aparelhos celulare comunicar comigo e a responder as postagens no Instagram, utilizando a hashtag, que está se transformando em uma marca”, diz. OBJETIVO A expansão da Tonnycell é o objetivo de seu proprietário, que menciona o atendimento da loja como um diferencial. “Para mim, a venda só está concluída após eu ter convicção de que o cliente está satisfeito. Preocupo-me com todas

as etapas do atendimento, implementando, inclusive, trabalho de suporte ao cliente, após a aquisição de um produto”, declara. Sobre o sucesso do empreendimento, Antonio diz atribuir o êxito à sua força de vontade. “Atribuo meu sucesso à minha força de vontade. De família humilde, fui criado apenas pela minha mãe, Maria de Fátima, e tenho conseguido meu espaço, tenho conseguido vencer”, expressa. Marcelo Bento

“Há seis meses, comecei a divulgar meus produtos para atrair visualizações, fixando a hashtag ‘Rei do Iphone’.” Antonio Ferreira,

empresário

40 | ACONTECE . Dezembro 2018

Antonio Ferreira ampliou seu empreendimento em setembro deste ano, implantando a própria loja


ACONTECE . Dezembro 2018

| 41


ANIVERSÁRIO

5 anos de

dedicação

P

roprietária da Restaure, clínica que atende a todas as especialidades da odontologia, a cirurgiã-dentista especializada em ortodontia Priscilla Duarte comemora os 5 anos do seu empreendimento com novidade. A clínica fora totalmente reformada para melhor atender os pacientes. A inauguração do novo espaço aconteceu no último dia 8 de dezembro. Mossoroense, Priscilla é formada há 9 anos em Odontologia pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Inaugurou a Restaure em 28 de novembro de 2013, objetivando, segundo ela, bem mais do que o retorno financeiro. “Desde a época da faculdade, sempre pretendi dedicar-me a uma profissão que não oferecesse apenas retorno financeiro, mas que me possibilitasse plantar algo na vida das pessoas, devolvendo, por exemplo, a autoestima delas. Hoje, sinto-me realizada em poder oportunizar felicidade às pessoas, transformando sorrisos”, declara Priscilla. A especialista conta que, durante a faculdade, cursou duas qualificações, sendo uma voltada à área de cirurgia oral menor e a outra à parte estética. Após a graduação, Priscilla ampliou suas possibilidades profissionais mediante especialização em ortodontia. “Comecei a observar que, muitas vezes, apesar da finalização

42 | ACONTECE . Dezembro 2018

Especialista em ortodontia e proprietária da clínica Restaure relembra trajetória e comemora os 5 anos de atuação no mercado mossoroense Phelipe Galdino/Restaure

Cirurgiã-dentista especializada em ortodontia Priscilla Duarte comemora os 5 anos do seu empreendimento, com novidade ortodôntica, o paciente não conseguia o resultado estético que almejava. No final da minha especialização, inquietei-me a estudar mais sobre análise do sorriso e finalização estética após tratamento ortodôntico. Até então, tenho atuado fortemente nessa área. Devolvo sorrisos e emoções perdidas. Devolvo brilho ao olhar a quem se vê com uma nova autoestima e amor ao sorrir”, frisa. Antes da inauguração da Res-

taure, Priscila atuou em clínica e no Programa de Saúde da Família (PSF) no estado da Paraíba. No Rio Grande do Norte, também se dedicou ao PSF. “Quando me formei, meu pai, Ediondas, deu-me um consultório, que ficou resguardado durante quatro anos, enquanto eu atuava no estado da Paraíba e, posteriormente, no serviço público, no Rio Grande do Norte. Meu pai foi o maior incentivador do meu sonho.


Phelipe Galdino/Restaure

Como político, morando em bairro pobre, ele sempre serviu aos outros, e eu também queria fazer algo pelo próximo”, expressa. Priscilla salienta que sua meta sempre foi aperfeiçoar-se nos melhores cursos. “Nesses primeiros nove anos da minha trajetória profissional, sempre busquei participar dos melhores cursos, como foco na área de estética e de harmonização orofacial”, frisa. CLÍNICA Atualmente, a Restaure trabalha com todas as especialidades da odontologia: estética, reabilitação oral e odontologia convencional. A clínica dispõe de três profissionais: Priscilla Duarte, especialista em ortodontia; o seu noivo Victor May, que atua nas áreas de endodoncia, prótese, cirurgia, periodontia e implantes; e Samuel Matias, clínico-geral. “A Restaure dispõe de múltiplos serviços no âmbito da ortodontia, primando pela qualidade. Temos conquistado nosso espaço no mercado, por trabalharmos com a verdade, humildade e compromisso com os nossos pacientes”, diz Priscilla Duarte. A especialista pontua que hoje, com o crescimento da odontologia, a exigência da sociedade e a busca pelo belo, a valorização do sorriso tem se acentuado. Priscilla ressalta

“Devolvo sorrisos e emoções perdidas. Devolvo brilho ao olhar a quem se vê com uma nova autoestima e amor ao sorrir”, Priscilla Duarte,

cirurgiã-dentista especializada em ortodontia

Espaço foi reformulado para atender os pacientes com mais comodidade ainda que a estética na odontologia e a harmonização orofacial vêm trabalhando conjuntamente, devolvendo alegria para quem busca sentir-se realizado. “Nos últimos anos, busquei as melhores qualificações, para poder entrar nos âmbitos da odontologia estética e harmonização facial. A nova fase da Restaure surge para atender todos os perfis de cliente, ofertando atendimento com conforto e comodidade”, enfatiza. Sobre os planos para a Restaure, a especialista em ortodontia salienta que seu objetivo é qualificar-se ainda mais, além de manter o compromisso de promover assistência em saúde com excelência. “Pretendo me qualificar mais, continuar estudando, além de sustentar o compromisso de atender nossos pacientes com qualidade”, reforça. Priscilla afirma ainda que a Restaure iniciará o ano de 2019 com participação, na cidade de São Paulo (SP), no maior congresso internacional do país, na área de odontologia. O intuito, segundo a especialista, é acompanhar as novidades do setor e buscar conhecimento. “E assim vamos seguir durante todo o ano de 2019”, assegura. Priscilla afirma também que reassumirá sua clínica na cidade de Russas (CE), ofertando “a essa região o melhor que a odonto-

Phelipe Galdino/Restaure

Clínica foi criada em 2013 logia estética oferece”. “Há uma frase que quero levar para sempre. Frase enviada por Deus através de uma amiga especial: ‘Trabalhe para ser a melhor. Se apaixone pelas mãos mais leves e eficientes que existem: as suas. Instrumentos preciosos dados a você por Deus. Use esse presente com excelência. Você se surpreenderá, quando lembrar que, com suas mãos, você honrará a Deus”, realça a proprietária da Restaure. ACONTECE . Dezembro 2018

|43


Marcelo Bento

COLUNA

Mario Filho Digital influencer Fashion blogger Personal stylist Fashion consultor

Uma realização fruto de muito amor e dedicação. Assim foi o nosso projeto final do curso Design de Moda na UnP, em que tive o desafio de criar uma grife de roupa. Na foto, as modelos Mayrane Dantas, Adriana Silvia e Ariely Morais, em momentos “Strike a pose”, mostrando a coleção Inverno’19 da nossa grife “Marie”! Cedida

GRUPO OITAVA ROSADO

Mossoró irá receber em breve um novo empreendimento do grupo Oitava Rosado. Trata-se do Oitava Rosado Mall, complexo localizado no coração do bairro Nova Betânia. Com um projeto que privilegia a conveniência dos consumidores, com lojas, espaço gourmet, academia e escritório, tudo com localização privilegiada e ampla área de garagem. Era isso que nossa cidade estava precisando. Em breve volto com mais detalhes! Cedida

A grife Fatto a Mano chegou a Mossoró, mais precisamente no Partage Shopping, trazendo as principais tendências em moda masculina para todos os públicos. Na foto, o empresário Uilo Holanda com o supervisor Vasconcelos e o time de consultores: Wigna, Keilo Costa e Riltomar, comemorando o sucesso da marca!

44 | ACONTECE . Dezembro 2018

A Salutaris Cosméticos - Loja Conceito em Mossoró dispõe de vários produtos para a pele, cabelo, perfumarias masculina e feminina, além de ótimos serviços em varejo e atacado. Na foto, as consultoras Ana Cláudia Araújo e Valéria Andrade.


Cedida

A Avatim Mossoró inaugurou mais uma loja, e desta vez no Shopping Liberdade, centro da cidade de Mossoró. Uma loja linda, com os produtos Avatim que você já conhece e outros lançamentos em perfumaria e cuidados especiais para a pele. Na foto, a franqueada Walkiria Luís com o supervisor nacional da marca, José Eduardo!

• Gratidão e reconhecimento ao colunista e produtor de moda George Azevedo, pois ganhei destaque em sua revista Glam falando um pouco da minha carreira no mundo fashion, revista esta que chegou à sua primeira década trazendo muito conteúdo e informações para todo o estado. • No final do ano de 2018, concluí o curso de Design de Moda na UnP e, para mim, foi a realização de um sonho: pude conhecer a moda desde o seu início e em todas as suas etapas, aprendendo a escolher o tecido, a linha, o modelo... e, por fim, pude criar uma marca para registrar tudo o que aprendi. Quero agradecer às professoras Gigi Nascimento, Sara Ruth e Joyce Barbalho pelos ensinamentos e carinho ao longo do curso. Vou levar comigo, para sempre, cada palavra.

Cedida

Gente do bem, de alma pura e energia incrível. Paula Roberta é daquelas amigas que sempre queremos ter por perto. A servidora pública e instrutora da Justiça no Ministério Público em Mossoró posa para a nossa coluna. Chique, ela!

Beachwear M.Morena já está literalmente com a cara do verão. Com suas estampas e cores vibrantes, ela embeleza o nosso estado de ponta a ponta. Parabéns, mais uma vez, para a empresária Marília Cordeiro. • “Já pintou verão, calor no coração, a festa vai começar” em Tibau com o “Tibau Folia”, nos dias 11 e 12 de janeiro de 2019. Muita música e animação vão rolar ao som de Bel Marques, Tuca Fernandes, Márcia Felipe, Aline e Dayvid e da toda poderosa Renata Falcão. Tudo isso nas ruas da cidade-praia e na arena show. • Verão tem que ter óculos by A Graciosa. As melhores marcas para todos os estilos.

• Na faculdade, criei laços de amizade e amor que desejo levar comigo por toda a vida. Obrigado, Josivan Silva, Arly Lima, Makeda Mikally, Jeferson Fernandes e Yandra Barros. Vocês foram peças fundamentais para a conclusão do curso.

• Uma excelente dica para cuidar da pele nesta temporada, período de grande exposição ao sol, são os produtos da Salutaris Cosméticos. Protetor solar, hidratante, protetor labial, bronzeadores e tudo mais com qualidade e preço justo. Este colunista usa e recomenda.

• E por falar em moda, a grife de

• Sucesso entre a mulherada, o

Cedida

A empresária Daniela Fonseca presenteou o público mossoroense com a loja Afins Cosméticos, uma excelente opção para quem procura maquiagem de qualidade. Na foto, Daniela ao lado da irmã Gabriela Fonseca e da sogra, a arquiteta Liana Suassuna!

Outlet Lingerie no Partage Shopping é o ponto de encontro de 9 em cada 10 mulheres da cidade. Uma loja ampla, com várias marcas e produtos em moda íntima. • Começo o ano com o pé direito e já cuidando da minha saúde com a nutricionista Karene Duarte. Corpo em forma e “bem na fita”. • Muito feliz em levar o nome do Mercadão das Malhas Center comigo, com looks incríveis e peças superantenadas. Obrigado ao casal Alfredo e Neves Dantas pelo carinho de sempre. • Na volta às aulas, a dica é conferir as várias opções em bolsas e tênis para a criançada na Passo a Passo Mossoró. Da cor predileta ou do personagem favorito. Lá é o lugar! • O que desejar para o ano de 2019? O que este colunista deseja a todos os leitores e amigos é muita saúde, amor, felicidade e prosperidade nas vidas pessoal e profissional. Que todos os seus sonhos sejam realizados. Bem-vindo, 2019!!!

ACONTECE . Dezembro 2018

|45


Paulo Edu

Ela é espelho da alma, é poema, é encanto, é além de todos os papéis que representa. A bailarina Mayra Rolim é estrela!

Twitter: @kareninefernand Instagran: @kareninefernandes Facebook: Karenine Fernandes Site: www.kareninefernandes.com

COLUNA

Karenine Fernandes Cedida

Lindas demais. Lara e Rafaela, mãe e filha, em um clique lindo, cheio de luz e amor. Afinal, dezembro é festa para Lara! Cedida

Votos renovados: Adauto Júnior e Inessa em paraísos das Ilhas de Turks e Caicos.

46 | ACONTECE . Dezembro 2018

Cedida

Dra. Welma Menezes tem a sensibilidade do canto e encanto e tem sido aplaudida a cada apresentação, com sua voz e repertório. Cedida

De mini férias por Gramado... Wellington, Georgia Eugênia e o filho, Heitor.


Cedida

Cedida

Márcia Graziely, grande estrela anfitriã da noite de inauguração do Lojão do Marceneiro.

Cedida

Arquiteta Grace Torquato e a anfitriã Márcia Graziely.

Cedida

As Márcias, Márcia Graziely e Márcia Rejane. Cedida

Emilly, Tatiane, Luany e Renata Gabriella na abertura linda da Festa de Santa Luzia.

Sofia Maria, linda jovem mossoroense que recebeu o papel de protagonista do espetáculo Oratório de Santa Luzia. Um talento na arte e no palco.

Arquiteta Grace Torquato, Márcia Graziely, arquiteto Diogo e Rafaele Lima em noite de inauguração do Lojão do Marceneiro.

* Em conversa com quem entende bem sobre análises químicas, descobri que o fato de todo mundo ter falta de vitamina D nos exames tem uma intenção, pretensão por trás. Fique de olho!

do Gutto 91, espaço descolado da Avenida João da Escóssia que entrou com espaço, cardápio e atendimento para fazer a diferença. Parabéns ao empresário Gutto Fernandes pelo empreendimento.

* Eita que a loja Vexx está com coisa linda demais. Peças lindas de todos os estilos e cores bem a cara do nosso verão 2019 e para as festas lindas desse final de ano.

* Falando em sabor e comidas, comenta-se pelos quatro ventos a vinda do restaurante Camarões para a cidade de Mossoró. Se assim for, muita gente vai entender o que é gastronomia de verdade e atendimento ao cliente.

* Um absurdo a sujeira que agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal deixam nos seus terminais no final de semana. Um verdadeiro lixão. Culpa, também, dos usuários e imagem péssima para as agências. * Suely França é uma danada, expert em design de sobrancelhas. Fez mudança para o West Clínica com projeto lindo e arrojado de Gigi Canário, que possui clientes no Brasil e Miami/Estados Unidos. * A melhor pizza da cidade agora é

* A Açucare abriu espaço no Trade Center em frente ao Sesc, espaço de doçuras refinadas, com sabor inigualável, em um lugar lindo projetado por Carol Cavalcanti. Espaço de brindes felizes. * É fera e sou fã demais. Ele é sinônimo de inteligência, educação e busca incansável pelo saber. Padre Charles Lamartine agora será doutor, visto que foi aprovado no Doutorado em Educação, na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

ACONTECE . Dezembro 2018

| 47


INTERLIGADOS SUNSET

Já definimos a data, o estilo e algumas atrações da nossa festa “Interligados Sunset”. O evento com o tema tropical contará com os agitos dos músicos Gustavo Almeida e Anderson Lima da “Frequência 2” e do cantor Davson Davis & Banda Forró Danado. A festa marcará o lançamento da nossa coluna nas páginas da revista ACONTECE e será realizada a partir das 17 horas do dia 9 de fevereiro de 2019 (sábado), na cidade de Pau dos Ferros. Agende a data, pois vamos receber todos para uma noite de muita alegria, música, diversão e comemorações, afinal são 15 anos de colunismo social e 12 anos do nosso blog www.clistenescarlos.com.br. Mais informações: (84) 99664-4551. Cedida

Clístenes Carlos Instagram: @ClistenesCarlos | @Interligados_RN Facebook: Clístenes Carlos E-mail: blogclistenescarlos@gmail.com Site: www.clistenescarlos.com.br

COLUNA

Alto Oeste

Membros da AcervA de Pau dos Ferros e região brindando o sucesso do I Festival de Cerveja Artesanal do Alto Oeste Potiguar, realizado no Bombeer Pub. Cedida

CERVEJA ARTESANAL

A Associação dos Cervejeiros Artesanais do Rio Grande do Norte (ACERVA POTIGUAR) promoveu, pela primeira vez na cidade de Pau dos Ferros, o Festival da Cerveja Artesanal. O evento, organizado pelos associados de Pau dos Ferros e região, aconteceu no Bombeer Pub e contou com a animação da banda The Bridge, regado a muita cerveja, boa música e gente bonita. Adoramos! ÁGUA NA BOCA O vereador Eraldo Alves deu um verdadeiro exemplo de gestão e zelo com o dinheiro público durante a presidência da Câmara Municipal de Pau dos Ferros no biênio 2017/2018. Seu nome ficará nos anais da Casa Legislativa como o presidente que valorizou e prestigiou os funcionários, modernizou e mudou o conceito da Câmara de Vereadores e promoveu inovações para esta e futuras gerações.

48 | ACONTECE . Dezembro 2018

Atendemos convite de Vicente de Paula e Eriosvaldo Diniz e marcamos presença no Jantar Enogastronômico com o renomado sommelier Gilvan Passos, que conduziu a harmonização, através do jantar/aula dentro das comemorações dos 22 anos da Pizzaria e Restaurante Água na Boca. Para cada refeição: entrada, prato principal e sobremesa, um vinho especial selecionado pelo sommelier, numa harmonia perfeita com os sabores degustados. Adoramos!


Cedida

Cedida

Cedida

Os empresários Alexandre Paula e Maxlânia Fernandes administram com muita competência a Clinótica em Pau dos Ferros. Com 15 anos no mercado, a ótica se expandiu e agora possui filiais nas cidades de Portalegre e São Miguel.

O cantor Davson Davis agitará a nossa festa “Interligados Sunset” com o seu repertório bastante diversificado e dançante. O vocalista da banda Forró Danado promete fazer um grande show mesclando forró das antigas e sucessos atuais.

Depois de anos morando na Suíça, Nick Rafael está curtindo férias no Brasil e aproveita para rever amigos e familiares nas cidades de Martins e Pau dos Ferros. O jovem que vê a região como um grande potencial, em breve deverá investir em negócios por aqui.

Cedida

Cedida

Cedida

Cedida

O cirurgião-dentista dr. Michel Platini, especialista em ortodontia, dental, lentes de contato, ortopedia facial e estética dental, tem cumprido uma extensa agenda atendendo pacientes nas cidades de Pau dos Ferros, Martins e Natal. O agendamento de consultas com o competente profissional pode ser feito através do telefone/WhatsApp (84) 99970-7916.

A cirurgiã-dentista dra. Mayra Carneiro vem se destacando e inovando na odontologia estética. Recentemente, concluiu curso de formação em harmonização orofacial, oferecendo novas oportunidades e resultados imediatos para seus pacientes, com procedimentos minimamente invasivos devolvendo ao paciente estética, forma e função. Ela atende na Av. Getúlio Vargas, 1517, no centro de Pau dos Ferros (em frente ao INSS). Agendamentos: (84) 996007736.

Gustavo Almeida e Anderson Lima confirmaram presença na nossa festa “Interligados Sunset”. Com apenas dois integrantes, a Frequência 2 utiliza componentes eletrônicos: samplers, loops, scratch e edições, criando uma nova forma de se fazer música, passando a sensação de uma banda inteira tocando ao vivo os mais variados sucessos.

Cedida

O oftalmologista dr. Níkolas Coelho, da clínica “A Casa”, e a empresária Leila Fernandes, da ótica “A Graciosa”, felizes com a inauguração da Solumedi em Pau dos Ferros. O mais novo empreendimento do casal empreendedor!

A fisioterapeuta Karollyne Ponsiano, graduada pela UFRN, atua em Pau dos Ferros com tratamento fisioterapêutico geral, e recentemente concluiu o curso de formação completa em Pilates, pela Vollgroup, conceituada escola de pilates latino-americana. Ela atende na clínica Corpo & Vida localizada no Hertz Center Hotel e também em domicílio. Agendamentos: (84) 99951-3941. ACONTECE . Dezembro 2018

|49


50 | ACONTECE . Novembro 2018


TUDOLUGAR

EM UM SÓ

GANHE

10% DESCONTO

NAS COMPRAS À VISTA PELO WHATSAPP

Impressão offset

ALTA PRODUTIVIDADE

Q UALIDADE T ECNOLOGIA P RODUTIVIDADE P ONTUALIDADE

Com experiência há mais de 25 anos no mercado, equipamentos de úl ma geração e profissionais capacitados. A GRÁFICA FERNANDES buscando sempre o melhor para seus clientes, trás para você tudo o que há de mais moderno na área da impressão off-set e digital. Destaca-se por confeccionar produtos gráficos acima da média de qualidade, aliando o custo a necessidade do cliente e assim, garan ndo o melhor custo bene�cio do mercado po guar. #GracaFernandesDigital Impressão Digital

alta resoluÇÃo

Rua Presidente Sarmento, 1061 - Alecrim | Natal/RN ACONTECE . Novembro 2018 51 | www.graficafernandes.com.br - comercial@graficafernandes.com.br (84) 3223.7028 / 3223.7934 / 99953.0141


52 | ACONTECE . Novembro 2018

Revista Acontece - Dezembro 2018  
Revista Acontece - Dezembro 2018  
Advertisement