Issuu on Google+

Igreja Metodista - Regiรฃo Missionรกria do Nordeste - REMNE - Boletim Regional - XVI - No 123 - Julho/Agosto 2013


Editorial Expediente Ano XVI – Nº 123 Julho / Agosto – 2013 Compartilhar Pastoral é uma publicação bimestral da Igreja Metodista na Região Missionária do Nordeste Coordenação Regional de Ação Missionária – Coream Bispa Marisa de Freitas Ferreira, presidente Rev. Emanoel Bezerra Rev. Ivan Carlos Martins Rev. Sílvio Rocha Ana Maria Ribeiro Helder Bastos Luís Fernando Carvalho Luís Carlos da Silva Administrador da Sede Regional Marcus Vinicius Brandão Costa Departamento de Comunicação Luís Augusto Mendes Patrícia Monteiro Mendes Jornalista Responsável Patrícia Monteiro Mendes - DRT 1097 SE Editoração Eletrônica Luís Augusto Mendes - DRT 1956 PB Luan Matias Manoel Pires - Capa Colaboradores/as de Comunicação Luana Miranda Paloma Faustino Isabelle Freitas Henrique Laurentino Remne na Web remne.metodista.org.br Fale com a redação do Compartilhar comunicacao@metodistanordeste.org.br (83) 9613 9734 Sede Regional Rua Desembargador Goés Cavalcante, 331 Parnamirim, Recife/PE, CEP 52060-140 Fone: (81) 3202 3050 Os artigos são de responsabilidade dos/as autores/as e não refletem necessariamente a opinião do jornal ou da Igreja Metodista.

Compartilhar Pastoral

Dos templos para as ruas; assim na terra como no céu Em diversas cidades do Nordeste, como no país inteiro, metodistas foram às ruas, unindo suas vozes a de milhares de brasileiros que pediam mais justiça e igualdade. Essas páginas foram escritas na história no mês de junho. A passagem do tempo e a novidade de outras notícias poderão preencher nossas vidas e o noticiário, fazendo dessas manifestações apenas um capítulo na história recente de nossa democracia. Ou não. Afinal, a fome e a sede do povo de Deus por justiça não podem ser motivadas pelas ondas do momento. Nesta edição, a Palavra Episcopal nos lembra que, quando uma nação clama por justiça, isto agrada o coração de Deus. “Por isto mesmo que nós, enquanto cidadãs e cidadãos do Reino de Deus, devemos exercer a nossa cidadania brasileira”, destaca a bispa. E por falar em cidadania, a reportagem de capa do Compartilhar Pastoral destaca um projeto pioneiro que pretende transformar cada metodista em agente de defesa e proteção do meio ambiente. O projeto “Amando a Criação de Deus”, que nasceu e foi lançado no distrito II, focaliza, em atos concretos, o cuidado, o amor e a preservação à criação divina. Que este projeto encontre solo fértil no coração de cada pessoa metodista, em cada igreja e distrito, transformando em prática os cartazes que levantamos e as bandeiras que erguemos, em prol de um mundo mais limpo, seguro e habitável para todo ser vivo. Dos templos para as ruas, nos elos entre a natureza e o ser humano, poderemos construir caminhos de paz e esperança, para que venha a vontade de Deus sobre toda pessoa e toda criação, assim na terra como no céu.

Patrícia Monteiro, editora

Jul / Ago 2013

1


Palavra Episcopal O REINADO DO MENINO – Mt 5:6 Sede e Fome de Justiça

U

m israelita teve um sonho, nos dias do juiz Gideão: “Tive um sonho. Eis que um pão de cevada rodava contra o arraial dos midianitas e deu de encontro à tenda do comandante, de maneira que esta caiu, e se virou de cima para baixo, e ficou assim estendida. Respondeu-lhe o companheiro e disse: Não é isto outra coisa, senão a espada de Gideão, filho de Joás, homem israelista. Nas mãos dele entregou Deus os midianistas e todo este arraial” (Juízes 7: 13-14). Este sonho se deu dentro de um contexto muito específico: os israelitas plantavam para da terra obterem seu pão. Assim que o campo estava pronto para a colheita os midianitas vinham e saqueavam os israelitas. O resultado disto é que o povo de Deus experimentava a escassez de alimento e a fome. O constante ataque dos midianistas trazia sofrimento e perdas consideráveis para toda a nação de Israel. Por serem em maior número e por terem mais poder de guerra, os midianitas zombavam dos israelitas e deles tiravam todo o proveito possível. Os problemas sociais se agravavam em Israel: a perda dos/as agricultores/as, o desânimo que se abatia sobre os/as mesmos/as, a fome que reinava. O resultado disto era sofrimento de toda a população. Por tempos os midianitas escarneceram e saquearam o povo de Deus. É neste contexto que Deus chama Gideão para ser juiz sobre o povo e iniciar um sério propósito de libertar os israelitas do jugo dos midianitas. Neste tempo é que Gideão ouve este moço contar o seu sonho: um pão saia do arraial de Israel, ia girando até alcançar a tenda do comandante dos midianitas e deixá-la no chão. Imediatamente Gideão entende a mensagem: Deus está dizendo que nos dará a vitória. E assim foi. Leia Juízes 5 a 7, certamente será de grande edificação para sua vida.

1 - O SIMBOLISMO DO PÃO Ora, pão é um alimento popular (se encontra com facilidade e ainda tem um preço acessível aos mais pobres). Mas pão também tem um significado simbólico: refere-se a alimentos genéricos. Ou seja, quando dizemos que precisamos da alimentação básica para nossa sobrevivência, falamos do “pão nosso de cada dia”. Faz-se referência ao “pão” num aspecto de alimento de forma geral. Deus criou o ser humano e providenciou ao mesmo o alimento de cada dia: frutas, legumes, verduras e até alguns animais que poderiam ser comidos. Sem o alimento não se pode sobreviver. Os nutrientes para o corpo procedem dos alimentos que ingerimos – do “pão nosso de cada dia”. Quando este “pão” não chega à mesa das famílias, isto é sinal de desajustes sociais, tais como: baixos salários, inflação, desemprego, distribuição equivocada da riqueza do país... Enfim, refere-se à injustiça social. 2 - A FOME Sentir fome é algo devastador. Não ter com o que matar a fome é algo ainda mais terrível. E ainda que você não passe por isto, a verdade é que muitas pessoas, neste momento e neste país, estão com fome e sem ter como alimentar-se. Há famílias no sertão nordestino alimentando suas crianças com água e açúcar – isto quando conseguem estes bens preciosos. Não são incomuns os casos de crianças subnutridas nas periferias das grandes cidades ou nas distantes comunidades do interior. São comuns os relatos de famílias trabalhadoras que perdem os seus bens por causa da seca ou por causa da chuva. Ou ainda porque o pai ou a mãe perdeu o seu emprego. Também não é novidade os contos de pais e mães que deixam de se alimentar para que seus/suas filhos/as possam comer. Sem contar com o número de crianças e adolescentes que trabalham para ajudar no sustento das famílias, não tendo chance de ir à escola. 3 - FOME E DIGNIDADE Na verdade não se tem fome apenas do pão. A alma humana sente fome de muitos outros alimen-

Compartilhar Compartilhar PastoralPastoral

“Quando este “pão” não chega à mesa das famílias, isto é sinal de desajustes sociais, tais como: baixos salários, inflação, desemprego, distribuição equivocada da riqueza do país... Enfim, refere-se à injustiça social.”

Jul / Ago 2013

2


Compartilhar Compartilhar PastoralPastoral

Palavra Episcopal

Jul / Ago 2013

3 tos: afeto, família, fé, verdade, justiça, oportunidade de crescer, habitação, estudo, dignidade e por aí vai. Não foi por acaso que Jesus disse: ‘EU SOU O PÃO DA VIDA. SÓ TERÁ VIDA ETERNA QUEM DE MIM SE ALIMENTAR” – João 8. Com isto Jesus quis dizer que o ser humano só é completo quando se alimenta do mesmo pão que Ele comia: a vontade de Deus. A vontade de Deus é que o ser humano governe o mundo, esteja em constante comunhão com Ele e com todos/as aqueles/as a quem Ele criou. Isto envolve todo o plano de Salvação, tão bem relatado na Bíblia. E fica claro que, no versículo 6 de Mateus 5 Jesus diz que um dos sinais de que alguém O serve e está no Caminho (que é Ele mesmo) é ter fome e sede de justiça. Quando um povo não experimenta a vida justa, quando a injustiça impera numa nação, então a grande maioria das pessoas passa a sofrer as consequências disto. A lei não se faz valer, quem teria que dar bom exemplo não o faz, quem deveria pagar faz é tomar, quem deveria servir só quer ser servido/a, quem deveria proteger termina por dominar e maltratar. Assim o pecado vai se multiplicando e o sofrimento só aumentando. Num país em que os/as líderes maiores não se sensibilizam com o fato de pessoas terem fome, estarem sem teto, terem salários que não lhes permite ter vida digna, provocam a população com “viagens de avião, pagas pelo imposto do povo, para assistir a jogos de futebol”, e tanto mais, pode ter certeza: o resultado disto é o mesmo que o irmão viu no sonho, lá nos dias de Gideão. 4 - O SONHO DO ISRAELITA E A PALAVRA DE JESUS Ora, pense comigo (aprendi isto com o Caio Fábio em um dos seus livros): se os midianitas roubavam a colheita dos/as israelitas deixando-os/as com fome, o que poderia acontecer depois de muitos anos? O que se viu: em dado momento o povo se cansa de ser humilhado, de ser desrespeitado, de ser vítima de injustiça e toma uma medida. Clama a Deus e pede ajuda para

a libertação. Deus atende a oração e o povo vai à luta. Aquele pão (que seria feito a partir da colheita que era roubada) agora serve como uma arma e vai, feito um bumerangue, e ataca os/as midianitas, derrotando-os/as. Olha só que grande ensinamento de Deus a nós: aquele/a que planta injustiça, roubo e etc terminará por colher o resultado disto. Num dado momento a ação produzirá uma reação, e as pessoas reagirão. E Deus estará com elas, pelejando para que a justiça se estabeleça e não mais se prejudique a inocentes. 5 - NOSSO BUMERANGUE BRASILEIRO Nestes últimos dias temos visto este bumerangue brasileiro: depois de tantos anos de uma política pública marcada pela injustiça, o povo sai às ruas, pacificamente, clamando por justiça. Embora haja quem se aproveite das manifestações para praticar atos de violência, a grande maioria está em busca de um Brasil melhor. Um Brasil em que valores tão preciosos a Deus sejam uma prática comum: honestidade, verdade, justiça, alimento de cada dia, vida digna, condições mínimas para o bem estar de uma família, direito à educação de qualidade etc. E quando uma nação clama por justiça e verdade, certamente que isto agrada muito ao coração de Deus. Por isto mesmo que nós, enquanto cidadãs e cidadãos do Reino de Deus, devemos exercer a nossa cidadania brasileira. Como diz o nosso Credo Social: “A Igreja Metodista afirma sua responsabilidade cristã pelo bem-estar integral do ser humano como decorrência de sua fidelidade à Palavra de Deus expressa nas Escrituras do Antigo e Novo Testamento” (Cânones 2012, art 4º , Capítulo I, item 1, p 51). Que o Senhor nos ajude nesta tarefa santa de anunciar o evangelho, fazendo discípulas e discípulos, espalhando a santidade bíblica sobre a terra neste nosso caminhar em missão. Marisa de Freitas Ferreira- pastora no exercício do episcopado

Ato de Governo Refice, PE, 09 de julho de 2013

No uso das minhas atribuições canônicas e regimentais declaro que a designação do evangelista Gutemberg Ferreira encerrou-se no mês de julho de 2013, a pedido do mesmo (assuntos pessoais e temporários). Louvo a Deus pela vida deste irmão, que tem demonstrado ser um servo fiel e dedicado à obra de Deus. Em Cristo, Senhor da Seara

Marisa de Freitas Ferreira – bispa presidente da Região Missionária do Nordeste.


Igrejas de Pernambuco recebem missionários/as do Rio de Janeiro

4

Jul / Ago 2013

Cerca de 30 missionários/as da Igreja Metodista no Rio de Janeiro, sob a coordenação da IM em Botafogo e Secretária de Expansão Missionária da 1ª Região, vão promover atividades de missão integral na Remne no período de 19 a 29 de julho. A viagem missionária irá percorrer as igrejas de Araçoiaba, Barra da Jangada e Alto da Bondade, em Pernambuco. A preparação para o projeto missionário, chamado “Ide por Cristo”, foi marcada por intercessão, vigília missionária, reuniões de planejamento e culto de envio. Na Remne, os/as missionários/as contarão com a participação da Igreja Metodista em Guararapes, por meio do projeto Pé na Estrada, além do apoio de outras igrejas locais do distrito II. Atividades Evangelismo, capacitação para as igrejas, atendimento de saúde estão na agenda de atividades dos/as irmãos/as da 1ª RE. Um dos locais visitados será a Igreja em Barra de Jangada, em Jaboatão dos Guararapes (PE). Segundo a pra. Gilmara Michael, a igreja está animada com a presença dos/as missionários/as. “Entre outras ações, eles/as farão oficinas de capacitação visando o aprimoramento da igreja no exercício da missão”, destacou.

Igreja em Mossoró comemora reforma e ampliação do templo A Igreja Metodista em Mossoró vive um momento muito especial de crescimento e amadurecimento espiritual. Hoje nós temos sete grupos pequenos atuantes, a juventude é ativa e participativa, temos um ministério de louvor que está se estruturando a cada momento e agora concluímos a reforma do templo, esse era um sonho de longa data desta igreja. O templo está pronto, mas precisamos urgentemente de banheiros com acessibilidade, uma sala para as crianças, uma cozinha e um gabinete pastoral. Hoje a estrutura que temos é insuficiente para atender a nossa demanda, por isso precisamos melhorar essa estrutura de espaço, que é um espaço para a vida e missão da nossa igreja. A igreja continua em campanha e em breve faremos a celebração de inauguração da reforma e ampliação.

Compartilhar Compartilhar PastoralPastoral

Rev. Cesimar Ferreira, pastor metodista em Mossoró


Matéria de Capa

Igreja em San Martin

Distrito II implanta projeto que incentiva ações de cuidado ao Meio Ambiente “...Não danifiqueis nem a terra, nem o mar, nem as árvores...” (Apocalipse 7:3) Por Patrícia Monteiro, com colaboração de Karina Pessoa, coordenadora de Ação Social (DNE II)

Foi dada a largada para uma arrancada regional em busca de ações efetivas que visem o cuidado com o meio ambiente. No lugar do desperdício, a economia sustentável; em vez de devastar, cuidar e proteger a grande obra da criação de Deus. Esta é a essência do projeto “Amando a Criação de Deus”, lançado oficialmente dia 25 de maio, durante a Celebração do Coração Aquecido, realizada na Igreja em Caixa D’Água, Olinda/PE. O meio ambiente é uma das ênfases do Plano Nacional Missionário para a Igreja Metodista no período 2012-2016. Veja o que diz o texto: “Ênfase 5: Implementar ações que envolvam a Igreja no cuidado e preservação do Meio Ambiente”. “Considerando as atuais condições de vida no planeta Terra – como a devastação das áreas verdes, a escassez de água, o acúmulo de lixo, etc. – a atu-

5

Jul / Ago 2013

ação missionária, em sua vertente social, também deve “apoiar, incentivar e participar das iniciativas em defesa da preservação do meio ambiente” (Plano para a Vida e Missão da Igreja - PVMI). Uma das idealizadoras do projeto “Amando a Criação de Deus” é a coordenadora distrital de Ação Social, a irmã Karina Pessoa, que explica o quanto o meio ambiente está na pauta dos direitos fundamentais da ONU. Ela dá alguns exemplos: “tanto é assim que a Organização das Nações Unidas declarou o período de 2005 a 2014 como a Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável; o período de 2005 a 2015 como a Década Internacional Água para a Vida”, destaca.

Compartilhar Pastoral


6

Do distrito II para toda a Região De acordo com Karina Pessoa, inicialmente as ações do projeto Amando a Criação de Deus serão desenvolvidas no Distrito II (Pernambuco). “Posteriormente, intenta-se aplicá-las em todas as igrejas metodistas da região Nordeste”, afirma. No site da Remne você encontra um conteúdo sobre o projeto. Acesse e confira a descrição detalhada dos objetivos dessa iniciativa que pretende tornar a cultura do desenvolvimento sustentável como parte do cotidiano da família metodista. Seja você também um/a agente em defesa da criação divina. Para mais informações: lydiakarina@uol.com.br

Cuidemos da natureza e de tudo que a Ele pertence, diz a bispa da Remne Somos povo de coração aquecido, que se conduz pela Palavra de Deus. Por fidelidade à nossa crença de que este mundo foi criado por Deus e a Ele pertence, estou certa de que Deus espera que cuidemos da natureza e de tudo que a Ele pertence. Sendo assim, nós temos que nos comprometer com o bem da natureza, sobretudo porque somos pessoas que vivem o que pregam. Que Deus tire toda escama dos nossos olhos (coisa com a qual o inimigo se alegra) e sejamos atuantes na defesa da natureza, da criação. Afinal, como dizem vários textos bíblicos, a criação de Deus é sinal visível da Sua existência e do Poder que só a Ele pertence. Quem se confessa cristão/ã certamente estará completamente convertido/a à campanha CUIDANDO DA CRIAÇÃO (Bispa Marisa de Freitas).

Matéria de Capa

Conheça alguns objetivos do projeto: * Sensibilizar a Igreja Metodista acerca de seu protagonismo cidadão relacionado à natureza, assumindo que é parte da sua missão a preservação do meio ambiente, bem como estimular a prática de ações coerentes com esta fé. * Promover a evangelização na perspectiva de denúncia contra a exploração da natureza; * Enfatizar nos documentos da Igreja, revistas da Escola Dominical e estudos bíblicos que o projeto de Deus não é individualista, mas coletivo, envolvendo toda a cria-

Conheça a logomarca Para a criação da identidade visual, o Projeto contou com a colaboração do publicitário e design metodista da 1ª RE, Victor Sardenberg, a partir do conceito de natureza. “O intuito é transmitir uma ideia jovial, alegre, colorida, que pudesse expressar toda a beleza e o colorido da natureza, o símbolo foi desenvolvido como um elemento que reforçasse a ideia de natureza em movimento e construção”, explicou. Vítor explicou ainda que o pássaro foi o elemento adotado e em seu bico uma folha representando também um coração. As cores adotadas representam toda a diversidade de fauna e flora encontradas no Brasil, e também no Norte e Nordeste do país. A tipografia escolhida transmite o conceito intimista, feito-a-mão, mais humano.

Compartilhar Pastoral

Jul / Ago 2013

Culto temático Uma das ações do projeto, que tem o apoio efetivo da diaconisa Jane Blackburn, coordenadora de Projetos da Remne, foi elaborar uma liturgia especial para a celebração de um culto temático, considerando o Dia do Meio Ambiente, 5 de junho. Assinada por Jane e pelo rev. Ivan Martins, a liturgia foi disponibilizada no site da Remne e enviada para o corpo pastoral. No distrito II, algumas igrejas dedicaram um culto dominical para envolver a membresia e a comunidade no cuidado com a criação divina. “Na Torre e em San Martin seguiu-se a liturgia proposta por Pr. Ivan e Jane Blackburn, sendo os cultos voltados exclusivamente ao meio ambiente, inclusive com a pregação e louvores falando sobre a criação de Deus”, conta Karina Pessoa, que ministrou a Palavra do Senhor no culto da Igreja Central em Recife (Torre). Em Guararapes (PE), os/as irmãos/as ouviram sobre ações concretas de reciclagem de materiais, como brinquedos e decoração de casa e aquisição de lixeiras para coleta seletiva do lixo.


Encontro

Colégio Episcopal se reúne para Retiro em Natal Por Patrícia Monteiro Da Redação

O

s bispos e a bispa da Igreja Metodista escolheram um dos cartões postais do Nordeste, a cidade de Natal/RN, para o Retiro do Colégio Episcopal. O evento ocorreu de 24 a 28 de junho, com a presença das esposas, do bispo honorário Geoval Jacinto da Silva, e Vera, e da secretária para a Vida e Missão da Igreja – Revda Joana Darc. Na programação, tempo para oração, devocional e para discutir assuntos como a Rede de Educação Metodista.

7

Jul / Ago 2013

Na noite de 27 de junho o grupo participou de culto na IM em Natal, com pregação do presidente do Colégio Episcopal, bispo Adonias Pereira do Lago. Após o culto, a comunidade acolheu o grupo com muita alegria, comidas típicas e música nordestina. Irmãos/ãs das igrejas de Natal, Parnamirim, Rio do Fogo e Monte Castelo, além de pastores/a do distrito IV participaram da celebração.

Compartilhar Pastoral


8

A passagem dos/a bispos/a pelo Nordeste está registrada na imagem do caricaturista Lúcio Paranaense, que frequenta a IM em Natal. Eles/a ficaram surpresos com a homenagem e levaram a caricatura pra casa.

Compartilhar Compartilhar PastoralPastoral

S

egundo a bispa Marisa, foi um culto marcado pela paixão evangelística. “Experimentamos o carinho e o empenho das Igrejas do distrito, fomos abençoados pelo cuidado e carinho da equipe responsável por acolher o Colégio Episcopal, liderado pela SD, Maria Monteiro, e pelo evangelista Georg e Igreja Central de Natal. Foi um momento marcante para a vida da Remne, poder ter suas autoridades episcopais junto a nós, sendo solidários e amando a nossa Região”, expressou a bispa.

Jul / Ago 2013

Momento especial para a Remne


9

R egistrando Compartilhar Pastoral

a caminhada...

Projeto “Capoeira Gospel” leva esporte e evangelismo para comunidade de Porto Seguro Pr. Rui Sérgio

O

Projeto Social Capoeira Gospel 100% Jesus é um movimento de evangelização, como estratégia missionária para ensinar a Palavra e louvar a Deus através das atividades propostas. Os cânticos são com letras cristãs e todas as ações práticas visam exaltar a Deus. O objetivo do projeto é ensinar os movimentos da capoeira de forma recreativa tendo como base os princípios cristãos. O público-alvo são crianças e pré-adolescentes de 5 a 15 anos. Como fruto da missão, o ponto missionário em Porto Seguro também celebra a recepção de novos membros. Foram recebidas duas crianças e sete adultos.

Saúde do Pr. Rui Oremos pela saúde do Pr. Rui Simões, da IM em Porto Seguro, que se recupera de sequelas provocadas por um câncer e ainda está fazendo exames por causa de problemas cardíacos. E-mail para contato com o pastor: pr.ruisergio@gmail.com

Jul / Ago 2013


10

Em Aracaju, igreja celebra recepção de nova membresia Lucy Matsuo

Igreja em Aporá recebe novos membros

Registrando a caminhada

N

o dia 24 de junho a Igreja Central de Aracaju recebeu 28 novos membros. Para a realização do batismo por imersão fomos caminhando da igreja até o local onde seria realizado o batismo. E durante o trajeto fomos todos louvando e glorificando ao Senhor. Foi com muita alegria que a igreja esteve acompanhando e celebrando este momento tão especial na vida 3 crianças e 17 adultos. À noite, durante o culto, esses irmãos foram recebidos como novos membros da nossa igreja juntamente com mais 7 irmãos que fizeram assunção de votos e uma confirmação.

Pr. Davi Almeida/ Irmã Andréia

N

Jul / Ago 2013

o dia 15 de junho a Igreja em Aporá realizou mais uma grande festa espiritual – o batismo e recepção de novos membros. Todos estavam felizes pelas vidas entregues aos pés de Jesus Cristo. Nesta mesma noite, houve a celebração da santa ceia, onde os novos membros puderam participar pela primeira vez, ao final receberam os abraços de todos.

Compartilhar Pastoral


Igreja em Parque São José realiza I Encontro de Casais Pr. Emerson Valente

Registrando a caminhada

F

oi realizado no dia 18/05/2013 na Igreja Metodista em Parque São José o 1º Encontro de Casais. Foi um momento maravilhoso, tivemos quatorze casais sendo que três não eram da Igreja, ainda tivemos maridos e esposas de irmãos e irmãs que são da Igreja. O tema do encontro foi “o que Deus uniu não separe o homem “. Tivemos uma peça especial sobre comunicação no casamento, a dinâmica do quebra-cabeças, palestra sobre comunicação, e terminamos com um jantar especial para os casais. Foi um momento maravilhoso.

Inscrições abertas: X Congresso Regional de Mulheres e II de Crianças

Jul / Ago 2013

11

Compartilhar Pastoral


Bispa Marisa participa pela terceira vez da caminhada “Peregrinos do Amor”

A

7ª edição da caminhada Peregrinos do Amor mobilizará irmãos/ãs de diversas denominações evangélicas, de 15 a 21 de julho. Pelo terceiro ano, a bispa Marisa de Freitas se une aos/ às peregrinos, que sairão durante sete dias andando pelo sertão do Rio Grande do Norte, participando do cotidiano dos/as moradores/as das cidades e povoados, levando mensagens de amor, fé e solidariedade. Ao lado da bispa estará a irmã metodista Naninha Monteiro, que é mineira, reside em Cabo frio, Rio de Janeiro, e pela segunda vai integrar a turma de peregrinos/as do amor. Eles/ as são liderados pelo escritor Carlos Queiroz, pastor da Igreja de Cristo no Brasil. O pr. Carlos Queiroz será um dos preletores do XVIII Concílio Regional, em novembro deste ano. Deus abençoe os caminhos da bispa peregrina!

Vem aí o Reencontro com Deus Se você já participou do Peniel – Encontro com Deus e está em processo de se tornar líder de discipulado, esta oportunidade é pra você: “Reencontro com Deus”. O evento acontece pela primeira vez na Remne e é promovido pela IM Central em Aracaju. Será de 2 a 4 de agosto, a inscrição custa R$ 100,00. “O objetivo do Reencontro é trabalhar com os medos e inseguranças que as pessoas ainda possuem depois de todo o processo, ajudando-as a superá-los e motivando-as a realizarem o que Deus declarou em sua Palavra que elas são capazes de realizar, dar frutos e fazer discípulos/as”, explicou o Rev. Augusto Piloto, SD do DNE V. Estará ministrando o Pr. Mano, da Igreja Metodista em Mandaguari, no Paraná. Mais informações sobre o encontro: prpilotto@ gmail.com

Compartilhar Pastoral

Jul / Ago 2013

A Igreja Metodista disponibiliza para download o Caderno da Escola Bíblica de Férias. Tenha acesso gratuito ao material e músicas que norteiam o tema: “Crianças unidas em amor”. Dinâmicas educacionais e atividades com crianças de 0 a 3 anos; um avanço e um auxílio importante para os professores que trabalham com esta faixa etária são alguns subsídios que você encontra no material. Acesse: www.metodista.org.br/remne

Registrando a caminhada

As férias chegaram? Tempo bom para a EBF!

12


Liderança

Mais de 400 líderes da Remne participam de Seminário de Liderança em todos os distritos A primeira etapa terminou em Teresina Colaboração Wagner Franco

O

1º Seminário Remne de Liderança, Gestão e Governo concluiu a primeira etapa de 7 a 9 de junho, data em que o evento ocorreu no distrito VII, em Teresina (PI), com a participação de 96 líderes. Na programação, palestras conduzidas pelo consultor Sebastião Castro, da 1ª Região, Bispa Marisa de Freitas, rev. Emanoel Bezerra (SD do distrito VII), Evangelista Georg Emmerich e pelo Tesoureiro Regional, Fábio Ma-

13

Jul/ Ago 2013

noel. Além deles/a, pela primeira vez houve uma palestra através de vídeo, com participação de Patrícia e Luís Mendes, do Departamento Regional de Comunicação. Em toda Região, 425 líderes leigos/as e clérigos/as participaram do Seminário, que oferece conhecimentos de liderança, gestão, discipulado, evangelismo, visão e missão da Remne, entre outros assuntos.

Compartilhar Pastoral


14

Juventude

Jul / Ago 2013

“Mergulhando na Adoração” reúne juventude da Paraíba e Rio Grande do Norte

Por Paloma Faustino, com colaboração de Arthur Lima

C

erca de 90 jovens da Paraíba e do Rio Grande do Norte participaram nos dias 14, 15 e 16 de junho do Mergulhando na Adoração. O evento, promovido pela IM nas Malvinas (Campina Grande/PB), ocorreu no Acampamento Shekinah e marcou o Encontro Distrital da Juventude Metodista do Distrito IV. Entre os destaques da programação, o cantor Filipi Rodrigues fez um som de muita alegria que levou a juventude a adorar a Deus de uma forma “esquisita”. “Esquisita é a marca do cantor que quer dizer: excelente, raro, fora do Comum, primoroso e extravagante”, disse Arthur Lima, líder de jovens da

IM nas Malvinas. Já nas ministrações, momentos de reflexão e aprendizado em grupos. “No sábado à tarde um grupo ficou com o Pr. Edison Davi e outro grupo ficou com sua esposa Andressa Rélica, cada um de sua maneira incentivou os jovens a mergulhar mais profundo em Deus”, afirmou Arthur. Com uma programação diferenciada e especial, a juventude desfrutou de ministrações, louvores, lazer e muitas amizades. Segundo Arthur, durante o evento houve batismo no Espírito Santo, conversão e reconciliação com Deus, oportunidade de mergulhar fundo na intimidade com Deus.

Compartilhar Pastoral


Pelos olhos da Fé

O mês de Junho foi marcado por protestos e manifestações populares. Por todo o país milhões de pessoas pararam cidades e reivindicaram mudanças. No Nordeste, diversos/as metodistas vestiram a camisa da cidadania e foram às ruas, demonstrando uma fé cidadã e afirmando um evangelho que luta pela justiça e é promotor da paz.

Compartilhar Pastoral

Jul / Ago 2013

15


“Bem aventurados os que têm sede e fome de justiça...”

Jul / Ago 2013

16

E

ssa citação é bíblica e se encontra no início do tão conhecido Sermão do Monte, onde Jesus faz uma clara comparação entre o reino deste mundo e o Reino dos Céus. A injustiça é tão antiga quanto a história da humanidade. Ela é fruto da ganância. Como pode um ser humano viver feliz e se sentir abençoado, tendo tanta gente em sua volta padecendo necessidades básicas como pão, moradia, educação, saúde, lazer...De onde vem esse sentimento de superioridade que gera tamanha insensibilidade? Tão longe da Idade Média e tão próximos a ela, ficamos presos aos seus conceitos e somos ávidos ao denunciar o que ela interpretou por pecados e temos dificuldade em alargar o horizonte e discernir a imoralidade provocada pelo abuso de poder e por isso não enxergamos os escândalos promovidos pela falta de justiça,

pois onde ela se instaura, já está configurada o descaso aos preceitos de Deus e o desamor ao próximo. Ela promove a péssima distribuição de renda e de terra, a exclusão dos saberes, os guetos sociais que geram a competitividade, o individualismo, a ansiedade, doença que gera tantos outros distúrbios...E aí está o tamanho da nossa ferida. Tantas privações e doenças geram sede e fome...E pode alguém ter fome e sede e não procurar de alguma forma saciá-las? Somos embaixadores do Reino de justiça. Sabemos que apesar de Ele estar no meio de nós, ainda não se concretizou plenamente, por isso é provável que ainda haja sede e fome. Mas isso não impede que lutemos e cooperemos para que este Reino, que muito mais que um poder estabelecido é um estilo de vida, seja construído em nós e no meio de nós... Até que Ele venha!!!

Pelos olhos da Fé

*Por Elizabeth Cristina

Participe do “Pelos olhos da Fé” Todos os dias milhares de pessoas navegam pela Internet, visualizando e compartilhando dezenas de imagens. Todos os dias milhares de pessoas contemplam o mundo ao redor e encontram cenas que tocam, surpreendem, assustam ou inspiram. Você tem uma foto que representa um momento especial, de reflexão ou inspiração? Envie-a para o Compartilhar, em alta resolução e explique por que esse instante fotografado o/a ajuda a enxergar a vida “Pelos olhos da Fé”. Não esqueça de identificar o crédito do/a autor/ a da fotografia. Esperamos sua participação aqui no Compartilhar Pastoral! E-mail: comunicacao@metodistanordeste.org.br

Compartilhar Compartilhar PastoralPastoral

*Elizabeth Cristina é coordenadora de Discipulado da Remne e escreveu o texto acima após participar do protesto em Fortaleza, dia 19 de junho.


Compartilhando CRESCIMENTO DA IGREJA O tema do XVIII Concílio Regional, que vai ocorrer de 29/11 a 01/12/2013, é “Crescendo e Multiplicando”. Para motivar a reflexão dos/as leitores/as, o Compartilhar Pastoral apresenta uma série de estudos sobre a temática, com a autoria do Rev. Ivan Carlos Martins. Confira, abaixo, a primeira reflexão. Leia, estude e passe adiante! Boa leitura! Rev. Ivan Carlos Costa Martins, pastor metodista na Remne A igreja, como expressão do reino de Deus e como comunidade de fé que busca fielmente seguir a Jesus, está em constante crescimento. Algumas imagens bíblicas falam claramente do crescimento e progresso da igreja: a parábola do grão de mostarda (Mateus 13.31-32); a parábola do semeador (Marcos 4.3-9); a videira e os ramos (João 15.1-8), para mencionar apenas algumas. Algumas áreas são desafios presentes ao crescimento da igreja: 1. Crescimento espiritual. A igreja cresce espiritualmente quando seus membros amadurecem na fé. Quando uma pessoa nasce de novo é como um bebê espiritual, que precisa alimentar-se de genuíno leite espiritual (1Pedro 2.2); crescendo em várias áreas: a) como santuário dedicado a Deus (Efésios 2.19-22); b) no pleno conhecimento de Deus (Colossenses 1.9-12); c) em ações de graça (Colossenses 2.6-7); d) no amor (1Tessalonicenses 3.11-13); e) na fé (2Tessalonicenses 1.3-8); f) na graça e conhecimento (2Pedro 3.18) O desafio é crescermos “até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo, para que não sejamos como meninos, agitados de um lado para o outro e levado ao redor por todo vento de doutrina” (Conf.

Compartilhar Pastoral

Efésios 4.11-16). Para isto, precisamos que cada membro assuma sua parte no corpo. Uma pessoa espiritual é alguém que tem discernimento espiritual (1Coríntios 2.14-16) e que vive no Espírito (Romanos 8.1-30; Gálatas 4.1-7). Uma igreja espiritual é formada por pessoas espirituais! O grande sinal da espiritualidade de uma pessoa ou igreja é, sobretudo, o amor (Romanos 13.8-10; 1Coríntios 13.1-13; Gálatas 5.13-26; 1João 3.11-24; 4.7-21). 2. Crescimento financeiro. A igreja cresce assumindo financeiramente os custos da missão. A missão tem um custo financeiro! A maneira legítima de arrecadar recursos financeiros na Igreja é através de dízimos e ofertas. À medida que cada membro se envolve contribuindo financeiramente com a igreja, ela cresce em recursos financeiros a serem investidos na missão. Este crescimento passa pela maturidade, pelo envolvimento, pela corresponsabilidade com a missão. Infelizmente, em muitas situações, não assumimos o compromisso com o crescimento financeiro. A percentagem de pessoas fiéis na entrega dos dízimos é menor que 50% em nossas comunidades nordestinas. Primeiro os corações são convertidos, para então os recursos financeiros serem entregues no altar. Quando a igreja tem equilíbrio em sua receita, planeja o uso dos recursos através de um orçamento programa, e não apenas arca com despesas, mas investe na obra missionária. 3. Crescimento físico. A igreja cresce fisicamente quando possui uma estrutura física que lhe possibilita contribuir na construção do reino de Deus. Quantas horas semanais nossas salas têm de uso? Tal estrutura não é para estar ociosa ou subutilizada, mas para efetivamente contribuir na missão. Além de que espaços confortáveis, funcionais e aconchegantes são tendências atuais. 4. Crescimento numérico. A igreja cresce em número. Ou seja, novas pessoas se agregam à vida e dinâmica da igreja, tornando-se membros da comunidade de fé. As pessoas passam a envolver-se com o projeto, assumir a identidade. A relação do povo da Igreja com Deus também é muito importante. A consciência de que cada um/a de nós e também a Igreja dependemos completamente de Deus promo-

Jul / Ago 2013

17


te ligado a outro; como que entrelaçados, às vezes, interdependentes. A espiritualidade da Igreja atrai, e o próprio Deus para lá envia pessoas a fim de que sejam curadas (Atos 2.42-47). Claro que a profundidade no relacionamento com Deus, e consequentemente o compromisso com os outros seres humanos, não pode ser o mesmo em todos os membros de uma comunidade de fé, entretanto, quanto mais pessoas com maturidade na fé participarem, mais ajudarão aos que chegam a ter como meta o seguimento de Jesus. Essa motivação gera uma paixão que é mantida acesa pelo clima do Espírito e de família, e contribui para o movimento do corpo na direção de compartilhar a experiência da presença de Deus para os/as outros/as fora da Igreja. Jacques RAMSEYER afirma que “Uma Igreja cuidadosa da qualidade de seu crescimento interior será, pois, necessariamente Igreja que se exterioriza: Igreja missionária” (2001, p.99). Deus é o responsável pelo crescimento da igreja (Mc 4.26-29). Quando a igreja em Corinto disse que Paulo não era apóstolo e que com ele a igreja não crescia, ouviu: “Eu plantei, Apolo regou; mas o crescimento veio de Deus.” Uma certeza da fé cristã: o crescimento vem de Deus! Deus mesmo é o Autor do crescimento da igreja, porque a missão é de Deus. O crescimento que queremos e buscamos agrega todos os aspectos acima mencionados. Tendo a plena certeza e convicção de que Deus está conosco, oremos e trabalhemos ainda mais! O que Deus requer de nós é fidelidade. John Wesley disse: Não criar uma nova seita, mas reformar a nação, particularmente a Igreja, e espalhar a santidade bíblica por toda terra.

Compartilhar Pastoral

18

Jul / Ago 2013

ve atitudes de respeito, tolerância e solidariedade na convivência. 5. Crescimento orgânico. A igreja cresce como corpo (Romanos 12.4-8; 1Coríntios 12.12-31). Este crescimento só é possível quando cada pessoa assume sua própria vocação; colocando seus dons e talentos à disposição de Deus e da igreja, utilizando-os nos ministérios. A Igreja Metodista é igreja de Dons e Ministérios! É um movimento do Espírito em nossa Igreja! A Igreja é corpo de Cristo, formada por gente. Quando as pessoas que participam desse corpo têm um sentimento de pertença, de família, mesmo que tenha desafios, tem a liga do amor de Deus que sustenta. 6. Crescimento social. Qual o impacto social causado por essa igreja? Qual contribuição da igreja para o bairro em que está? O crescimento social é o crescimento em cidadania. E isto acontece quando a igreja interfere positivamente na sociedade; quando não apenas fala de um evangelho de justiça, mas quando suas ações expressam a justiça do reino. A santidade pregada e vivida pela Igreja Metodista é santidade social. Bom lembrar-se do que John Wesley pregava: O evangelho de Cristo não conhece religião senão a social, não conhece santidade senão a santidade social. A ‘fé agindo pelo amor’ é o cumprimento, a largura, a profundidade e a altura da perfeição cristã (John Wesley). A missão da Igreja é missão integral. O ser humano é um ser inteiro e Deus o criou com essa complexidade. Missão integral considera o ser humano inteiro como objeto do amor e do cuidado de Deus. A salvação é para o ser humano inteiro. Ainda que a igreja deva crescer em todos os aspectos, o mais significativo é o crescimento em santidade. Um tipo de crescimento está intimamen-


Nossa Família Metodista

Jul / Ago 2013

19 ANIVERSARIANTES

JULHO

02- Elizabeth Cristina de Oliveira (Evangelista e Coordenadora de discipulado- REMNE) 85.3086-1645 03 – Thaís Ramos Lima Bezerra (esposa do pr. Emanoel Bezerra) (86)3211-6225 04 – José Honorato da Silva Jr. (filho de Edwirgens e pr. Honorato) (81) 3453-5933/ 9911-6769 07 – Tito Souza e Oliveira (filho da pastora Gilmara) 81.8712-8132 09 – Wilson José dos Santos (evangelista da REMNE) 81.9104-8560/ 9987-8301 11 – Virgínia Campos Sousa Nunes (esposa Rev. André) (71).3326-3561 14 - João Rodrigues Corrêa (filho do pastor Fernando) 81.8531-8314 16 – Pablo Viana Oliveira (filho de Tereza e pr. Sílvio) (83) 3066-2967 16 – João Pedro Vieira Cavalcante (filho de Janaína e pr. Tarciso) (85) 8615-6059 17 – Raíssa Pontes do Rego Barros (filha de Rosane e pr. Milton) (81)3432.7615 25 – Luís Augusto Mendes (Departamento de comunicação – REMNE) (83) 8827-3630 26 – Genival Aureliano de Farias Jr. (filho de Fátima e evangelista Genival) (81) 9259-4096 27 – Sheron Prates Gris da Silva (filha de pra. Ana Glória e pr. Artêmio) (19).3433-3907 27 – Felipe Ferreira Almeida (filho do pr. Emanoel Rodrigues e Esmaelite) (85) 8595-2334 31 – Marina Paula Neves Almeida (filha de Rita e pr. Porto Jr.) (81)3040-8815 31 – João Lucas Vieira Cavalcante Monteiro (filho de Janaína e pr. Tarciso) (85) 8615-6059

ANIVERSARIANTES

AGOSTO

01 – Ana Luíza Cavalcante da Silva (filha do casal Irani e Francisco Jonas) (85) 3495.1123 03 – Raísa de Freitas Coutinho (filha da bispa Marisa e pr. Ramon Coutinho) 81 3269-1726 05 – David Barros Silva (filho do casal Edwirgens e José Honorato Silva) (81) 3453-5933 09 – Maria Isolda Bezerra da Silva (esposa do Pr. Francisco Porto) (85) 3485.1936) 10 - Ana Beatriz Magalhaes Melquiades (filha do pastor Isaías e Raquel) 79.9606-2945 13 – Rejane Rodrigues de Souza Cruz (esposa do Pr. Misael Cruz) (71) 3012-7293 14 – Silenê Piloto de Andrade (esposa do Pr. Augusto Piloto) (79) 3217-2260 15 – Delicério de Aguiar Fonseca (esposo de Mirtes, secretária episcopal) (81) 8893-4545 20 - Wagner da Silva Franco (auxiliar administrativo da Sede Regional) 81.8893-6569 21 – Paulo Bezerra de Almeida (pastor da REMNE) (85) 3239.2794 / 8661-1936 21 – Bispo João Alves de Oliveira Filho (bispo emérito) (16) 9774-0939 22 – João Paulo Vieira Cavalcante Monteiro (filho do casal Janaína e pr. Tarciso) (85) 8615-6059 24 - Lucília Fernandes dos Santos (pastora da REMNE) 83. 9623-9124 / 3261-2160 26 – André Luiz de Carvalho Nunes (pastor da REMNE) (71) 3326-3561 / 9216-4714 27 – Pastora Joana Darc (secretária executiva para vida e missão) (11) 2813-8600 31 – Susana Fernandes dos Santos (filha do casal pra. Lucília e José) (83) 3261.2160/ 9623-9124

Compartilhar Compartilhar PastoralPastoral

JULHO 01 - 20hs - Reunião da COREAM - online 02 a 04 - Sede Regional 05 - Sede Regional - Noite: Encontro com candidatos/as ao POV - aula presencial 06 e 07 - Descanso - dia com a família 08 - Sede Regional 09 - 10hs - Reunião Online com os SD’s: Samuel e Piloto 10 - Sede Regional - 10hs - Reunião online com o/a SD - Maria e Dilson 11 - Sede Regional - 10hs - Reunião Online com os SD’s: André e Emanoel 12 - Sede Regional 13 e 14 - Visita pastoral Mossoró 15 a 21 - Peregrinação - sertão do RN 22 - Retorno a Recife 23 a 24 - Sede Regional 25 e 26 - Reunião de SD’s 26 e 27 - Reunião conjunta de SD’s, coordenações e COREAM 28 - COREAM - Reunião presencial - Sede regional 29 - Descanso 30 e 31 - Sede Regional

AGENDA EPISCOPAL AGOSTO 01 e 02 - Sede Regional 03 - Dia com a família 04 - Visitas pastorais 05 - Descanso 06 a 08 - Sede Regional 09 - Viagem - SP 10 e 11 - Cunha - SP 12 - Sede Nacional - SP 13 a 15 - Retiro de oração e jejum - Ministério Nacional de Intercessão 16 - Recife 17 e 18 - Macaé 19 - Retorno a Recife 20 a 31 - Férias

Fonte: Sede Regional



Jul/Ago 2013 – Compartilhar Pastoral