Page 1

ITABUNA 09 a 12 de novembro de 2018 | sexta a segunda-feira | Ano XVIII - Nº 4.002 | R$ 1,50 | www.diariobahia.com.br

Mutirão do Diabetes mostra grandeza azul de Itabuna

Missa marca 30 dias sem Helenilson Chaves Será celebrada às 8 horas desta segunda-feira (12), na Catedral de São José, em Itabuna, a missa de um mês após o falecimento do empresário Helenilson Chaves (foto). P.4

Foto: Celina Santos

Milhares de atendimentos, somada a uma crescente de instituições parceiras. Esta é a 14ª edição do Mutirão do Diabetes, que acontece neste sábado (10), em Itabuna, a partir das 8 horas. A iniciativa, já com projeção internacional, foi idealizada pelo médico Rafael Andrade e é promovida pela ONG Unidos pelo Diabetes. P.7

Um baiano de 118 anos em Itajuípe Conheça a história de José Ferreira dos Santos (Zé Pequeno), que celebra 118 anos de vida neste dia 09 de novembro. Ele vive no distrito de União Queimada, em Itajuípe. P.3

COLUNA WENSE “A impopularidade do prefeito Fernando Gomes, no seu quinto mandato, provoca o surgimento de vários pré-candidatos na sucessão de 2020”. P.5


2

Itabuna-BA, 09 a 12 de novembro de 2018

Filho pedala 21 dias para Educação e literatura conhecer a mãe em Itabuna Odilon Pinto Mestre e doutor em Linguística, pela Universidade Federal da Bahia. Professor da Uesc. Membro da Academia Grapiúna de Letras

USOS DO PORTUGUÊS O que é fazer uma redação? No ensino tradicional de Português, fazer uma redação, é o aluno escrever algumas linhas sobre algum tema para o professor corrigir supostos “erros” de ortografia e de gramática. Usar a modalidade escrita da língua nessas condições é transgredir todos os usos naturais e humanos da linguagem. Produzir um texto é, antes de tudo, uma atividade interacional, isto é, é uma atividade dirigida a uma outra pessoa. Só se fala e só se escreve quando se tem algo a dizer a outra pessoa. No caso do ensino tradicional escolar, o aluno nada tem a dizer ao professor, mas é obrigado por este a produzir um texto, que não é dirigido a ninguém, embora deva ser entregue ao professor. O aluno sabe que está escrevendo para ninguém e que o professor, tal como um violador de correspondência, lerá seu texto para fazer correções. Ora, nossa cabeça, desde antes da escola, está pro-

gramada para falar ou escrever a alguém. Quando a escola obriga o aluno a produzir um texto para ninguém, sem destinatário, ela cria uma confusão enorme na cabeça desse aluno. É como, no computador, querer usar um programa de desenho para produzir texto. Pode até, com muita dificuldade, sair o texto, mas o programa adequado e mais produtivo é o Word. Portanto, mesmo sem ter um destinatário para seu texto, o aluno o produz. Mas é uma produção inadequada, sofrida, torturante. Por isso que essa produção deformada de textos é usada, muitas vezes, como castigo. Produzir um texto, oral ou escrito, é uma atividade normal, comum e, muitas vezes, até prazerosa. Mas produzir um texto sem destinatário definido não é um uso normal da linguagem, não é comum, não é natural e, por isso, nunca pode ser pedagogicamente eficaz nem prazeroso.

Continua tendo repercussão nacional a história de Vanderlei Torroni, de 47 anos, que pedalou durante 21 dias e fez um percurso de dois mil km de São Paulo até Itabuna, para conhecer a mãe, Maria Carvalho, de 72 anos. Ele relatou ao programa Balanço Geral (Rede Record), da capital paulista, que fez o trajeto só para dizer: “Oi, mãe, tudo bem?”. Vanderlei foi criado pelo pai, que morreu. Ele contou ao jornal Estadão que não sabia praticamente nada da mãe. “Apesar de saber de sua existência, acho que eu era bloqueado mentalmente em relação a qualquer sentimento, seja de saudade, amor, raiva ou mesmo curiosidade. Como nunca a tinha visto ou sequer conversado, era como se ela não existisse’, relatou. A história foi tornada pública agora, mas o encontro entre mãe e filho se deu no início do ano. Ele também teve a oportunidade de conhecer tios, primos e pretende voltar a Itabuna sempre que possível. A mãe, que mora no bairro Parque Verde, foi separada do então garoto quando ele tinha seis meses. “Ela era uma menina pobre do interior da Bahia e não podia ir contra uma grande família de São Paulo. Ela disse que naquela época a Justiça era para os homens e ela não pôde fazer nada. [pausa] Família é tudo nessa vida; quem tem pai, mãe, irmãos pra conhecer não espere o tempo passar, porque amanhã ou depois eles podem faltar e você pode se arrepender”, desabafou, em entrevista ao Balanço Geral. Antes de expor as recordações, a mãe pôde abraçá-lo e constatou: “O amor supera barreiras e distâncias”. Foi tudo que ele precisava ouvir, porque sentia uma lacuna por nunca ter tido carinho daquela que lhe deu a vida.

Vanderlei e Maria ficaram quase 47 anos separados

Mãe e filho foram separados quando garoto tinha seis meses

Caminho pro abraço

Coisas da Vida Um filho viciado Não deseje, nem ao seu pior inimigo, que ele tenha um filho viciado em qualquer tipo de droga, legal ou ilegal. Você não imagina o que é, para um pai e uma mãe, ver o filho querido, amado desde o berço, se transformar num animal, num louco, num criminoso, num doente. Os mesmos olhos, os mesmos cabelos, o mesmo rosto que você tanto acariciou em seus braços, agora rouba seu dinheiro, vende as coisas de dentro de casa e até o agride, para conseguir o dinheiro da droga. Você tem razão: não é mais seu filho, não é mais sua criança dengada: é um monstro desconhecido, um bandido perigoso, um assassino enfurecido. Só que a fala é do seu menino amado, o jeito é do seu filho, a pessoa é a mesma que você carregava no colo. O coração fica dividido entre o amor ao bebê e o terror da droga. Mais antes a gente ver uma fera devorar nosso filho, do

que vê-lo debatendo-se e agonizando nas garras do vício. A fera o mata e o destroi de vez, a droga o faz subir lentamente um calvário, causando-lhe dor prolongada, dilacerando-lhe a carne passo a passo, até beber sua última gota de sangue. E você não pode sequer enxugar-lhe a face, apenas assiste à morte lenta de quem mais você ama. Não deseje, nem ao seu pior inimigo, que ele tenha um filho viciado em qualquer droga. Como se pode proteger quem caminha, com seus próprios pés, para o abismo? O que falar a quem não o escuta? Que caminho mostrar a quem já está cego? Como fazer alguma coisa, ao ver distante e perdido o filho que está bem à sua frente, ao alcance de sua mão? Como assistir ao enterro de quem ainda está vivo? Não deseje, nem ao seu pior inimigo, que ele tenha um filho viciado em qualquer droga. Você estará desejando sua pior morte...

Este texto é uma ficção; qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência

Como detalhou o Estadão, foi a mulher de Vanderlei que o convenceu a mudar a situação: “ela me fez pensar no que poderia passar na cabeça de minha mãe. Isso mexeu comigo e me fez refletir sobre o sofrimento que a distância deveria ter sido para ela. A partir daí decidi ir ao seu encontro”. Ao descobrir o telefone de dona Maria, fez os primeiros contatos por mensagem de texto. “A princípio ela estava muito desconfiada, resistente e temerosa. Não falava o local exato em que morava e não prolongava muito nossas conversas. Era monossilábica’. Apesar das poucas informações e a aparente frieza da mãe, Vanderlei seguiu com o projeto da viagem. Daí, montou um roteiro, comprou acessórios, como bolsas e mochilas, e pegou a estrada. Foram 21 dias de pedalada pelo litoral brasileiro e algumas cidades do interior.

Diário Bahia Jornal e Editora LTDA. Rua A, Nº 56 - Lot. Rufo Cunha Centro - Itabuna - Bahia Fone/Fax: (73) 3613- 3040 Assinatura semestral: R$ 110,00 Nº atrasado: R$ 2,00 Assinatura anual: R$ 220,00

> E-mail: comercial@diariobahia.com.br > E-mail: redacao@diariobahia.com.br > site: www.diariobahia.com.br

Dois mil km percorridos de São Paulo a Itabuna

Primeiro jornal diário (off -set) do sul da Bahia

Diretor e Editor: Valdenor Ferreira Redação: Celina Santos Repórter: Evellin Portugal Deptº Comercial: Vanusa de Jesus Impressão: Wilson Araújo Auxiliar de Impressão: Benildo Melo Circulação: Paulo Robério

Preço: Terça a quinta : R$ 1,00 | Edição de fim de semana: R$ 1,50


Itabuna-BA, 09 a 12 de novembro de 2018

Homem baiano festeja 118 anos com saúde, vaidade e firmeza

3

Seu José Ferreita dos Santos (Zé Pequeno), morador da zona rural de Itajuípe, é um dos mais longevos habitantes da Bahia; trajetória dele desperta curiosidade e gostava de um forró. Deu muito trabalho”. A esposa contou que o marido dorme cedo e come de tudo. No passado, ele já bebeu, fumou e até mascou fumo de corda – um hábito antigo, para “arear” os dentes, como diz a cultura popular. Mas os hábitos da juventude não impediram que hoje mantenha a pressão em 12 por 8 e a taxa de glicose regular. Tem apenas uma alteração na próstata, devidamente acompanhada pelo médico. E o técnico em enfer-

magem Elizeu Santana também é presença constante na casa de seu Zé Pequeno. Reza a lenda familiar que o centenário já viu Lampião, mas este é um assunto do qual ele prefere não falar. Porém, há relatos de que, realmente, o cangaceiro nordestino passou pela região do então povoado de Barracão. Esta e tantas outras histórias ficam no imaginário – e nas recordações – desse baiano de 118 anos, para admiração de todos que sonham com uma longa vida.

Zé Pequeno e Lindaura estão juntos há 78 anos

Por Celina Santos Os livros de História ainda não registram, mas no sul da Bahia há um personagem que pode, sim, estar eternizado em várias páginas. Ele é José Ferreira dos Santos, que celebra 118 anos de vida neste 09 de novembro de 2018. Fez as contas? Seu Zé Pequeno, como é conhecido, chegou ao mundo no início do século XX. O homem franzino, de olhar atento, nasceu no município de Rio Real (na época, Barracão), no Noroeste da Bahia, mas hoje vive no distrito de União Queimada, em Itajuípe. Os documentos atestam que ele foi registrado em Buerarema, após uma vida

bastante cigana. Passou por várias cidades, inclusive São José da Vitória, antes de aportar no local onde mora. Talvez seja o morador mais velho do estado – e, certamente, um dos mais longevos do Brasil!

Calma e lucidez

Quem primeiro nos relatou sobre o ilustre aniversariante José Ferreira foi o autônomo e blogueiro Erenilson Santos da Silva (Erê). O profissional foi à casa do senhor de voz mansa e certa timidez e compartilhou a visita com o Diário Bahia. “Ele é calmo, lúcido dentro da realidade da idade, brinca de forma discreta...”, descreveu. Quando o visitante lhe to-

cou o braço, o centenário baiano logo avisou: “Não gosto de chamego com homem”. Mas o recado não impediu que seu Zé Pequeno colocasse o boné a lhe enfeitar as madeixas, resistisse a tirar o adereço e contasse um pouco da sua caminhada. Por falar nisso, ele anda normalmente, apenas com o auxílio da boa e velha bengala. Ao lado, falando um pouco do companheiro, estava dona Lindaura Rocha de Jesus, de 98 anos. Eles são casados há 78! O casal teve 11 filhos, dos quais seis estão vivos. Sobre o jeito de ser do marido, ela entrega, lembrando que ele teve outro relacionamento, anterior a esta longa união: “Ele era muito namorador

José Ferreira dos Santos, um espelho de uma vida com vigor

EXÉRCITO BRASILEIRO HOSPITAL GERAL DE SALVADOR

MINISTÉRIO DA DEFESA

AVISO DE CREDENCIAMENTO Credenciamento n° 2/2018-HGES Hospital Geral de Salvador. Processo Nr 80613.005961/2018-07. Objeto: prestação de serviços médicos, odontológicos, laboratoriais, auxílio ao diagnóstico e terapêutico, reabilitações físicas e apoios terapêuticos (psicoterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e outros). Desta maneira, torno publico que o período para recebimento das propostas sera de 08/11/2018. Horário das 07:30 as 11:30h, de segunda a sexta feira. Edital de Credenciamento Nr 02/2018. Local: Seção de Aquisições, Licitações e Contratos do Hospital Geral de Salvador (HGeS), situado na Ladeira dos Gales, 26, Brotas, Salvador, Bahia. Justificativa da contratação mediante credenciamento do maior numero possível de interessados em ofertar os serviços propostos. Os interessados podem adquirir o edital diretamente no sitio: www.hges.eb.mil.br. Fundamento Legal: Caput do Art 25 da Lei 8.666/93.

Escolha certo.

Esco�ha ADMINISTRAÇÃO • CIÊNCIAS CONTÁBEIS • DIREITO ENFERMAGEM • ENGENHARIA CIVIL • NUTRIÇÃO ODONTOLOGIA • PSICOLOGIA

FIES FINANCIA ATÉ 100% DO CURSO

INSCRIÇÕES

SITE • CAMPUS

ATÉ

73 2101-1700

21/11


4

Itabuna-BA, 09 a 12 de novembro de 2018

Homenagem e saudade em um mês sem Helenilson Chaves

OPINIÃO João Otávio Macedo Foto: Celina Santos

Médico e ex-vereador em Itabuna

MEIO SÉCULO E MUITAS SAUDADES “Quando partimos no verdor dos anos Da vida pela estrada florescente As esperanças vão conosco à frente E os desenganos vão ficando atrás” Padre Antonio Tomás.

Helenilson Chaves assinou um caminho de 71 anos de vitórias

Uma missa às 8 horas da manhã de segunda-feira, dia 12, na Catedral de São José, em Itabuna, marca os primeiros 30 dias da perda do empresário Helenilson Chaves, sempre lembrado como ícone

de empreendedorismo e sucesso no sul e até em outras regiões da Bahia. Fundador do Shopping Jequitibá, o empresário morreu em Salvador, aos 71 anos, após lutar con-

tra um câncer. Desde então, ele é alvo de homenagens nas diversas esferas da sociedade de Itabuna, o que demonstra eterna admiração e saudade entre todos que reconhecem o legado dele.

Mega-Sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado mentos de luxo, mobiliados, com carro na garagem, nas melhores localizações do país.

Como apostar

Se aplicado na poupança, prêmio pode render R$ 100 mil por mês

Neste sábado (10), a MegaSena sorteia o prêmio de R$ 27 milhões do concurso 2096, que será realizado a partir das 20h (horário de Brasília) no Caminhão da Sorte da Caixa, estacionado em Manhumirim, interior do estado

EXÉRCITO BRASILEIRO HOSPITAL GERAL DE SALVADOR

da Minas Gerais. Caso apenas um ganhador leve o prêmio e aplique todo o valor na Poupança da Caixa, receberá mais de R$ 100 mil em rendimentos mensais. O valor também seria suficiente para adquirir 10 aparta-

MINISTÉRIO DA DEFESA

AVISO DE CREDENCIAMENTO Credenciamento N° 5/2018-HGeS Hospital Geral de Salvador. Processo Nr 80613.006395/2018-12. Objeto: Prestação de Serviços Médicos Hospitalares por hospitais de pequeno e médio porte que realizam procedimentos de baixa e media complexidade, hospitais com atendimento exclusivo na área de cardiologia para realização de atendimentos clínicos e cirúrgicos, e hospitais com atendimento exclusivo na área de psiquiatria. Desta maneira, torno publico que o período para recebimento das propostas sera de 01/11/2018. Horário das 07:30 as 11:30h, de segunda a sexta feira. Edital de Credenciamento Nr 05/2018. Local: Seção de Aquisições, Licitações e Contratos do Hospital Geral de Salvador (HGeS), situado na Ladeira dos Gales, 26, Brotas, Salvador, Bahia. Justificativa da contratação mediante credenciamento do maior numero possível de interessados em ofertar os serviços propostos. Os interessados podem adquirir o edital diretamente no sitio: www.hges.eb.mil.br. Fundamento Legal: Caput do Art 25 da Lei 8.666/93.

As apostas podem ser feitas até às 19h (horário de Brasília) de sábado, em qualquer lotérica do país e também no Portal Loterias Online (www.loteriasonline.caixa.gov.br). Clientes com acesso ao Internet Banking Caixa podem fazer suas apostas na Mega-Sena pelo seu computador pessoal, tablet ou smartphone. Para isso, basta ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos. O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios (quarta e sábado), quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte. Para jogar pela internet, no Portal Loterias Online, o apostador precisa ser maior de 18 anos e efetuar um pequeno cadastro. O cliente escolhe seus palpites, insere no carrinho e paga todas as suas apostas de uma só vez, utilizando o cartão de crédito. O valor mínimo da compra no Portal (que pode conter apostas de todas as modalidades disponíveis no site) é de R$ 30,00 e máximo de R$ 500,00 por dia.

O Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia todos os anos, no dia do médico, 18 de outubro, presta homenagem aos médicos que pertencem a esse conselho e que estão em atividade ininterrupta da medicina, durante cinquenta anos. No último dia 18 foi a vez dos formados em 1968 receberem o Diploma de Mérito Ético Profissional, numa solenidade muito bonita, em Salvador, contando com as presenças dos dirigentes do Conselho Regional de Medicina, dos homenageados e seus familiares e amigos. Residindo e trabalhando aqui na nossa Itabuna, foram receber o seu certificado o autor destas notas e sua esposa a Drª Zina Macedo e os colegas Drs. Renato Borges da Costa e José Silva Neme. Estávamos todos envolvidos em uma atmosfera de alegria e de saudades, relembrando a formatura, no já distante ano de 1968, quando um novo cenário abria-se aos jovens que escolheram os árduos caminhos da medicina, após seis anos de muitos estudos e trabalho, noites e feriados debruçados sobre os livros ou no aprendizado junto aos pacientes, nos serviços de pronto-socorro, hospitais e maternidades. Também, nessa reunião festiva, a oportunidade de rever colegas que não víamos há décadas e outros que vimos, pela última vez, no dia da formatura já que muitos foram batalhar em lugares distantes

e, até mesmo, fora do país. Evidente que todos carregamos as marcas indeléveis do tempo, como as rugas, a calvície, as cãs, as alterações nos órgãos do sentido, déficit de atenção e da memória e, naquele encontro festivo, não poderia faltar, evidentemente, muitas saudades; saudades dos pais, parentes e amigos que participaram da festa da formatura e que já não estão mais conosco; saudades dos colegas que também partiram bem como dos professores com os quais convivemos durante os anos da graduação; saudades daquele ambiente universitário, com os arroubos e os sonhos próprios da juventude e a sensação, senão a certeza, de que poderíamos mudar o mundo. No outro dia, a oportunidade de visitar o antigo prédio da nossa veneranda Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Bahia, a primeira instituição de ensino superior fundada no Brasil, por Dom João VI, quando da sua passagem pela Bahia, ocorrido em 18 de fevereiro de 1808. Hoje, novos personagens nos rodeiam, nos encantam e nos incentivam; são esposos e esposas, filhos, noras e genros e a novíssima geração de netos e bisnetos, dando um colorido especial ao ocaso de nossas vidas. Diz o poeta que “recordar é viver” e, realmente, em ocasiões como a que participamos no último 18 de outubro, nos dão novo alento e só temos que agradecer, ao Criador, pelo dom da vida. Os parabéns aos dirigentes do Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia por mais essa comemoração que, certamente, se continuará nos anos vindouros.


Itabuna-BA, 09 a 12 de novembro de 2018

5

O discurso dos banqueiros

coluna wense Marco Wense E-mail redacao@diariobahia.com.br

“O leite do lulopetismo derramou”.

FG e a sucessão de 2020

A impopularidade de Fernando Gomes, no quinto mandato como prefeito de Itabuna, provoca o surgimento de muitos pré-candidatos na sucessão de 2020. A maioria achando que é a “bola da vez”. Tem postulante para todos os gostos, interesses e de várias profissões. O número de prefeituráveis já chega a onze, mas, no frigir dos ovos, somente quatro ou cinco estarão na disputa. Mais da metade lança o nome de olho em ser vice de quem se encontra melhor colocado nas pesquisas de intenção de votos ou visando algum cargo no cobiçado Centro Administrativo Firmino Alves. Tem também os que adoram os holofotes, notinhas na imprensa, seja nos jornais ou em programas de rádio. Até as freiras do convento das Carmelitas sabem que não se elegem nem para vereador. Ainda existe muita gente que acredita que Fernando Gomes será novamente candidato, mas faz uma ressalva: depende do governador Rui Costa (PT). O fernandismo acha que se o petista-mor da

Bahia entregar o que prometeu, o alcaide se anima e vai atrás de mais um mandato, o sexto. Nos bastidores, o que se comenta é que o chefe do Executivo não estaria disposto a ter FG como aliado. Sua declaração de que “a cidade precisa de gestor para fazê -la crescer”, foi interpretada como o começo de um divórcio político, não se sabe se consensual ou litigioso. Rui Costa ficou muito impressionado com a postura do médico Antônio Mangabeira. O pedetista, o deputado federal Félix Júnior, presidente estadual do PDT, e outros colegas de legenda estiveram com o morador mais ilustre do Palácio de Ondina. O encontro foi institucional a pedido do governador. Mangabeira vai disputar a sucessão do prefeito Fernando Gomes, até hoje sem agremiação partidária depois que rompeu com o prefeito soteropolitano ACM Neto (DEM). Mangabeira sabe que terá que percorrer um caminho diferente de 2016, buscando o diálogo com outras forças políticas preocupadas com o futuro de Itabuna. “Vou conversar com to-

dos que queiram tirar a nossa cidade dessa situação, tudo dentro da ética e dos princípios que norteiam a boa política. A política com P maiúsculo, como diz Wense”. Além de médico, o “doutor”, como é conhecido nos bairros, é formado em administração de empresas, direito, estudante de engenharia civil e presidente do diretório municipal do PDT. No último pleito, sucessão de 2016, obteve 18813 votos, sendo o segundo mais votado, superando a soma da votação de Geraldo Simões (PT), ex-gestor de Itabuna por duas vezes, e Davidson Magalhães (PCdoB). Derrotou também o ex-prefeito Capitão Azevedo e o tucano Augusto Castro. Como candidato a deputado federal, Mangabeira aumentou sua votação em Itabuna, com 19943 sufrágios. É o primeiro suplente do Partido Democrático Trabalhista e pode assumir o cargo com o pedido de licença de Félix Júnior. No total, obteve quase 30 mil votos. A campanha municipal já começou. Assim como no direito, a política não costuma socorrer os que dormem.

“Banqueiros pedem união para que o país possa virar a página”, essa foi uma das manchetes da Folha de São Paulo na edição do último dia 5. “´Passada a eleição, é virar a página. Unir o país. Precisamos de um país que ande para frente, com crescimento”, disse Roberto Setúbal, presidente do Conselho de Administração do Itaú Unibanco. Claro que ninguém, pelo menos em sã consciência, deseja um Brasil sem rumo. Torcer pelo “quanto pior, melhor”, como fazem alguns petistas, é de uma inominável irresponsabilidade. É ser idiota e imbecil. Agora, esse discurso bonitinho com viés de demagogia patriótica dos senhores donos de instituições financeiras não combina com suas práticas, mais especificamente na ganância por mais dinheiro. Os senhores banqueiros deveriam se unir para baixar as escandalosas e desumanas taxas que cobram dos clientes. Ai, sim, colocariam em prática suas “preocupações” com o país. Se assim não proceder, tudo não passa de oba-oba, de declarações para agradar o presidente da República de plantão. Olhe, caro e atento leitor, só para ficar em um único ponto, veja a média das taxas em relação ao uso do cheque especial da pessoa física, já que na jurídica a “facada” é maior. Taxas de cheque espe-

cial pessoa física: em torno de 12,50% ao mês e 310% ao ano. A sabedoria popular, nessa situação, diria que “não tem doutor que aguente”. Se o doutor não aguenta, imagine quem não é doutor. Vale lembrar, segundo levantamento divulgado pelo Sindicato dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz), em julho de 2017, que os principais bancos comerciais em atuação no Brasil figuram entre os maiores devedores à união, com uma dívida de mais de R$ 124 bilhões. Portanto, que os senhores banqueiros se reúnam para diminuir essas absurdas taxas, sem falar nas dos cartões de crédito. Não à toa que seus lucros chegam a bilhões de reais somente no semestre. O pior é que entre e sai governo e tudo permanece como dantes no quartel de Abrantes. A frieza e a insensatez são as marcas do perverso capitalismo do mundo financeiro. O saudoso sociólogo Selem Rachid Asmar usava a expressão “Pobre Região Rica”, se referindo ao sul da Bahia, para demonstrar sua indignação pela insensibilidade dos governantes e da sociedade com os mais necessitados. Se vivo fosse, Selem, que foi meu companheiro de Diário Bahia, usaria “Pobre Brasil Rico” ´para definir a cada vez mais escancarada tendenciosidade a favor dos abastados.

Leite derramado Segundo relatos da jornalista Mônica Bergamo, jornal Folha de São Paulo, Lula disse a Haddad, na sua primeira visita ao petista-mor depois da eleição, que não esperava a ausência de Ciro no apoio ao presidenciável no segundo turno. Outra declaração do ex -presidente é que costuma separar as questões políticas do campo pessoal. Logo em seguida, com o terreno já adubado, disse que “Ciro é um ser humano que vale a pena”. Em relação aos futuros julgamentos, mostrou-se cético, que o “clima no país dificulta uma análise serena de sua defesa”. Ora, ora... o senhor Lula queria o que, que Ciro Gomes apoiasse Haddad depois de tanto massacre arquitetado por ele de dentro da cadeia? Ora, ora...quer dizer que Ciro

só vale a pena na questão pessoal, na política é desprezível? Ora, ora, se queixa agora dos julgamentos. Quem mandou fazer coisa errada, ser, no mínimo, conivente com os mensalões e petrolões da vida? E, por último, quem mandou escolher um “poste” para disputar à presidência da República? O ceticismo de Lula é uma realidade que vai durar por muito tempo. Pois é. Bolsonaro presidente, Moro superministro da Justiça, vagas no STF a serem indicadas durante o governo bolsonariano, o gigantesco antipetismo e generais por todos os lados. E o pior, para o desespero do lulopetismo, é que Luiz Inácio Lula da Silva responde a vários processos, um atrás do outro.


6

Itabuna-BA, 09 a 12 de novembro de 2018

Inovação e empreendedorismo marcam Workshop de Comunicação Visual do Cetep Fotos: Evellin Portugal

Evento contou com apresentação de projetos desenvolvidos pelos alunos do curso técnico, a exemplo do “ComuniCano”, “Delícias de Saber” e do “Museu da Tecnologia”

Alunos do 3º ano e o articulador Oldair Santos ao lado de algumas peças do “ComuniCano”

Por Evellin Portugal Cerca de 100 alunos do curso de Comunicação Visual do Centro Territorial de Educação Profissional do Litoral Sul II (Cetep), antigo Colégio Maria de Lourdes Veloso, em Itabuna, realizaram, na manhã de quinta-feira (8), o VII Workshop de Comunicação Visual. Este ano, o evento teve como tema “Inovar e Empreender”. Durante toda a manhã, alunos do Cetep, de outras escolas e convidados conheceram projetos desenvolvidos pelas turmas do 1º ao 4º ano do curso técnico, a exemplo do “ComuniCano”. Através dele, os estudantes construíram diferentes estruturas utilizando canos de PVC, como stand, cavaletes, painel giratório tridimensional, suporte para câmera, araras, entre outros. Para Welison de Souza, que fez parte da equipe de produção, os maiores benefícios da utiliza-

ção destes equipamentos são o baixo custo e a facilidade para transportá-los. “São peças leves, desmontáveis e é algo inovador”, afirmou o aluno. “O objetivo é construir estruturas que são utilizadas pelo próprio curso e pelo colégio, como suportes para banner. Mas a ideia é, em breve, começar a comercializar. E com essa verba, desenvolver outros projetos”, completou o estudante Juliano Silva.

Leitura e museu

Um stand que também chamou bastante a atenção dos visitantes foi o do projeto Delícias de Saber. Nele, uma geladeira velha foi transformada numa estante de livros. E qualquer pessoa pode pegá-los, bem como abastecê-la com novos exemplares. “Queremos mostrar o valor e a importância que a leitura tem, além de resgatar geladeiras que estão poluindo o meio ambiente. Essa, por exemplo, foi encontra-

O workshop envolveu as turmas do 1º ao 4º ano de Comunicação Visual do Cetep, em Itabuna

da na praia. Reformamos, plotamos, arrecadamos livros e hoje os alunos podem pegá-los aqui, levá-los para casa, fazer trocas e também fazer doações. A ideia é expandir o projeto para outras escolas e para praças da cidade”, revelou Maria Elisa Lopes, do 3º ano de Comunicação Visual. Outra atração do workshop foi o Museu da Tecnologia, expondo peças antigas que marcaram a história de muitas gerações. Além da apresentação dos projetos, também houve exposição de games, desfile de cosplay, estúdio fotográfico, galeria de artes dos alunos, sessão de light paint e o lançamento do jornal impresso Cetep Comunica, totalmente produzido pelos alunos.

Retorno para comunidade

Para o articulador do curso de Comunicação Visual, Oldair Santos, o workshop é sempre importante para todos os cursos

técnicos do Cetep. “É o momento de os estudantes apresentarem os trabalhos, projetos desenvolvidos durante o ano ou exclusivamente para o evento. E como é aberto ao público, dá uma boa visibilidade para a escola, para os cursos que são oferecidos aqui, o que acaba atraindo novos alunos”, analisou. A mesma opinião é compartilhada por Denise Almeida, vicediretora pedagógica do Cetep. “O workshop permite que os alunos vivenciem na prática a inovação e o empreendedorismo. Além disso, a comunidade tem a oportunidade de conhecer projetos muito interessantes. E pela primeira vez temos aqui em Itabuna um Museu da Tecnologia. Junto com a história da tecnologia, o museu traz a história da civilização em si. Agora vamos partir para buscar recursos e montar a estrutura de um museu mesmo.

EXÉRCITO BRASILEIRO HOSPITAL GERAL DE SALVADOR

E a proposta é que seja aberto à comunidade. Não há como construir o novo sem reconhecer o passado”, destacou Denise.

Interação

Quem participa destaca a interação proporcionada pelo evento. “Junto com as outras turmas, temos a oportunidade de mostrar que é um curso importante e que pouca gente conhece”, disse Maria Thalita Macedo, estudante do 4º ano. “É muito importante ter esse tipo de evento, para criar visibilidade para o colégio. E é uma grande oportunidade para as turmas trabalharem juntas. O workshop estimula a criatividade, o trabalho em equipe e, por mais que seja um projeto grande, que requer tempo, dedicação e estudo, é um momento de descontração”, destacou a aluna Letícia Magnavita, também do 4º ano.

MINISTÉRIO DA DEFESA

AVISO DE CREDENCIAMENTO Credenciamento n° 4/2018-HGeS Hospital Geral de Salvador. Processo Nr 80613.006932/2018-77. Objeto: Prestação Serviços Médicos Hospitalares como hospitais de grande porte, com mais de duzentos e cinquenta leitos, que realizam procedimentos de baixa, média e alta complexidade, inclusive procedimentos de quimioterapia, radioterapia e neurocirurgias para realização de atendimentos clínicos e cirúrgicos. Desta maneira, torno público que o período para recebimento das propostas será de 01/11/2018. Horário das 07:30 às 11:30h, de segunda a sexta-feira. Edital de Credenciamento N° 04/2018. Local: Seção de Aquisições, Licitações e Contratos do Hospital Geral de Salvador (HGeS), situado na Ladeira dos Gales, 26, Brotas, Salvador, Bahia. Justificativa da contratação mediante credenciamento do maior número possível de interessados em ofertar os serviços propostos. Os interessados podem adquirir o edital diretamente no sítio: www.hges.eb.mil.br. Fundamento Legal: Caput do Art 25 da Lei 8.666/93.

O projeto de incentivo à leitura,“Delícias de Saber”, atraiu a atenção de professores, alunos e visitantes


Itabuna-BA, 09 a 12 de novembro de 2018

Itabuna vira Cidade Azul em mais uma edição do Mutirão do Diabetes

7

Conjunto de serviços marca a iniciativa, que transcorre das 8 às 13 horas; várias parcerias comprovam a força do evento Unimed também participa do Mutirão do Diabetes

Uma rede de exames e serviços compõe o Mutirão do Diabetes, a partir das 8 horas deste sábado

Será realizada neste sábado, dia 10 de novembro, a 14ª. edição do Mutirão do Diabetes de Itabuna, que faz parte da campanha Novembro Azul e integra o calendário da Federação Internacional do Diabetes. O evento é considerado um dos maiores de prevenção e tratamento da doença em todo o mundo. Promovido pela ONG Unidos pelo Diabetes, Hospital de Olhos Beira Rio (HOBR) e Associação dos Diabéticos de Itabuna (ASDITA), o mutirão acontece no HOBR e na Praça Rio Cachoeira, a Cidade do Diabetes, contando com cerca de mil voluntários. O conjunto de serviços oferecidos inclui cinco mil exames de glicemia capilar, avaliação e orientação médica, exame de fundo de olho, oficinas de Nutrição, Fisioterapia, Psicologia e cuidados com o pé diabético, direitos das pessoas com diabetes, saúde da mulher, saúde do homem, baixa auditiva, obesidade, saúde bucal, Diabetes Ciência e Tecnologia, cardiologia, utilização correta da insulina, monitoramento do diabetes em casa, além de atividades físicas com avaliação dos pacientes.

Referência mundial

O espaço Diabetes Kids terá atividades recreativas, sala de leitura e exames de detecção do diabetes em crianças. Estudantes da Uesc, Unime e FTC (Faculdade de Tecnologia e Ciências) tam-

O idealizador do Mutirão do Diabetes, Dr. Rafael Andrade, comemora a projeção alcançada

bém atuarão com ações educativas. A Prefeitura de Itabuna, além da estrutura e logística, garantiu o tratamento dos casos detectados, através do SUS, além de ações de prevenção durante todo o ano nas unidades básicas de saúde. O atendimento é totalmente gratuito e acontece das 8 às 13 horas. O evento também contará com a participação do IF Baiano/ Uruçuca, com oficinas de cacau e chocolate para diabéticos; e a participação de representantes das cidades de Blumenau (SC), Presidente Prudente (SP) e Uberlândia (MG), que vêm conhecer o projeto do mutirão. Estarão presentes os presidentes do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, Dr. José Augusto Alves Ottaiano; da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo, Dr.

Magno Ferreira; e da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular/Regional Bahia, Dr. Ricardo Carvalho Lujan. “A cada ano, o mutirão ganha uma dimensão ainda maior, com o envolvimento de todos os segmentos da sociedade organizada e coloca Itabuna como uma referência na prevenção do diabetes, através da informação”, afirma o presidente da ONG Unidos pelo Diabetes e coordenador do mutirão, Dr. Rafael Andrade. Entre as instituições e empresas parceiras do Mutirão do Diabetes, estão Prefeitura Municipal de Itabuna, Novartis, Caixa, Bahiagás, Zeiss, Central Nacional Unimed, Record TV Cabrália, Bayer, Pai Mendonça, Lap Laboratório, Óticas Carol e Rota Transportes.

A Unimed é mais uma empresa que participa da 14ª edição do Mutirão do Diabetes, neste sábado (10), em Itabuna. O evento acontece na Praça Rio Cachoeira, das 8h às 13h. Estão previstas avaliações médicas e multidisciplinares, além de atividades educativas para a prevenção, controle e tratamento da doença. A Unimed terá um estande com entrega de materiais educativos e orientações. “O Mutirão do Diabetes é bem percebido pela comunidade e tem a expectativa de atender a cerca de duas mil pessoas. A parceria entre a Unimed Itabuna e a Central Nacional Unimed fortalece ainda mais a campanha e o atendimento à população”, afirma o presidente da Unimed Itabuna, Silvio Porto. O presidente da Central Nacional Unimed, Alexandre Ruschi, ressalta a importância de campanhas com foco na prevenção, tratamento e melhoria da qualidade de vida do diabético. “É preciso compartilhar informações, pois o diabetes exige mudanças no estilo de vida. Alimentação equilibrada e prática de atividades físicas, cuidados especiais para a prevenção e controle da doença”, destaca Alexandre Ruschi. De acordo com a International Diabetes Federation

(IDF/Atlas 2017), mais de 13 milhões de pessoas convivem com a doença no Brasil. Em todo o mundo, são 425 milhões de pessoas e, aproximadamente, 4,5 milhões morrem anualmente. A programação do Mutirão do Diabetes inclui orientação quanto à automonitorização e uso da insulina. Orientação jurídica sobre os direitos dos diabéticos, atividades de psicologia e fisioterapia também fazem parte do evento, além de atividades artísticas e musicais.

Família e diabetes

Com o tema “Família e diabetes”, a IDF lançou a campanha Novembro Diabetes Azul 2018, que destaca a importância da participação familiar no apoio ao tratamento do diabético e no trabalho de prevenção da doença. Durante todo o mês, campanhas, eventos e ações locais e globais vão disseminar informações e alertar sobre os perigos do avanço da doença. “É preciso que haja um processo educacional contínuo, para conter o aumento dos casos de diabetes e impedir complicações aos pacientes que convivem com a doença. A família tem um papel fundamental nesse sentido”, resume o presidente da Central Nacional Unimed, Alexandre Ruschi.

A passarela, hoje um cartão postal de Itabuna, ganhou iluminação azul, em adesão ao Mutirão do Diabetes


8

Itabuna-BA, 09 a 12 de novembro de 2018

POR

Manuela Berbert

E-mail: manuelaberbert@yahoo.com.br

Salon Du Chocolat de Paris teve produtores e representantes do Sul da Bahia

D

urante a última semana todas as atenções estiveram voltadas para Paris, cenário do Salon Du Chocolat, feira anual da indústria internacional de chocolate. Do dia 31 de outubro a 04 de novembro, o Porte de Versailles recebeu apaixonados por chocolate, produtores e produtos de todo o mundo, além de instituições envolvidas na sua comercialização, como por exemplo as brasileiras ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoção De Exportações e Investimentos), e a Ceplac, representada em Paris neste 2018 por José Herbert, classificador de amêndoas. Com um stand amplo e bem localizado, o Sul da Bahia se destacou no Salon Du Chocolat pelo número de produtores. Estiveram presentes no espaço as marcas Amado Cacau, AMMA, Benevides Chocolates, Cacau Cantagalo, Chocolate Jequitibá, Pestana, Chor, Duoli, Mendoá, Sagarana, Rota D’água e João Tavares, maior produtor

de cacau gourmet do Brasil e responsável pela matéria -prima que encanta os principais chocolatiers do mundo. Associações e cooperativas também seguiram expondo produtos em Paris, como a Teia dos Povos, representada no evento pelo jovem Eliomar Melo. “Trouxe chocolates finos, de ótima qualidade, produzidos por mulheres e jovens da nossa região. Eles trazem, além da qualidade dos bons frutos produzidos na nossa Mata Atlântica, uma história de luta e resistência de homens, mulheres e jovens que lutam diariamente para tornar nossa região novamente forte na produção de Cacau, agora com o viés tecnológico para verticalização da produção”, comentou Eliomar. Lanns Almeida, diretor da Biofábrica de Cacau, representou, além da empresa, a secretaria de Desenvolvimento Rural da Bahia em Paris. A Secretária Andréa Mendonça esteve representando o Governador Rui Costa.


Itabuna-BA, 09 a 12 de novembro de 2018

Neurite Óptica: saiba o que é e como ocorre De acordo com o Dr. Laudo Silva Costa Júnior, neuro-oftalmologista do DayHORC, empresa do Grupo Opty em Itabuna, existem várias formas de neurite, cada uma com suas causas. “Reservamos o termo neurite óptica isoladamente para a forma típica da doença, que é uma inflamação causada pelo próprio organismo, restrita aos neurônios do sistema nervoso central, e que pode estar associada à manifestação em outros pontos, como o cérebro na esclerose múltipla, ou a medula na neuromielite óptica”, diz. Há outras formas de neurite atípica que são designadas pelas suas causas, como as infecciosas por sífilis, tuberculose, Zoster, etc; as autoimunes como no lúpus; as infiltrativas como linfoma, sarcoidose, e assim por diante. “Nenhuma dessas formas atípicas está relacionada com doenças desmielinizantes, ou seja, qualquer doença no cérebro ou na medula na qual ocorra uma alteração do tipo inflamação na bainha de mielina dos nervos, a exemplo da esclerose múltipla ou neuromielite”, destaca o médico. Em um terço dos casos, a neurite óptica pode ser percebida por meio de um inchaço do nervo óptico, visível no exame de fundo de olho. “Na maioria dos casos, o exame anatômico ocular é normal, sendo a regra haver um defeito na contração da pupila em resposta à luz, chamado de reflexo fotomotor”, afirma. Portanto, é preciso ser examinado em condições especiais para ser percebido. “O exame complementar de campo visual pode revelar, naqueles pacientes capazes de o realizar, um defeito na visão periférica mesmo com a visão central preservada”, explica. A forma típica da doença ocorre entre 15 e 45 anos com mais frequência em mulheres. A dor ocular é o principal o sintoma, sendo discreta, atrás do olho, e provocada pelo movimento ocular. “O embotamento das cores também, logo seguido por perda

EXÉRCITO BRASILEIRO HOSPITAL GERAL DE SALVADOR

9

AQUINO NA SQUINA Ramiro Aquino E-mail: aquino05@uol.com.br

SERÁ NESTE 10.11, O MUTIRÃO DO DIABETES realização da Unidos pelo Diabetes, Hospital de Olhos Beira Rio e Associação dos Diabéticos, com apoio de várias entidades. O Mutirão entra na sua

14ª edição e tem à frente Rafael Andrade e uma equipe de mais de mil voluntários. Ilumine sua casa, vista a camisa do mutirão que você pode adquirir para ajudar a Asdita.

A EQUOTERAPIA DA PM aprovou na UESC o projeto que tem como tema “A Equoterapia como aporte no processo de inclusão escolar para crianças de transtorno de processo autista” (Foto). Parabéns à equipe do PM Faustino.

Dr. Laudo Silva Costa Júnior, neuro-oftalmologista do DayHORC

de visão tipo uma sombra piorando por uma semana e pode levar até à completa perda visual ou ser muito discreto, normalmente em apenas um dos olhos”, declara o neuro-oftalmo. Logo após, a visão começa a melhorar, mesmo sem tratamento. É comum os sintomas visuais piorarem com calor, seja ele gerado por banhos quentes ou atividade física. O tratamento da neurite é desnecessário e não produz melhor visão final após a crise da doença. Ele é indicado apenas se houver risco de desenvolver as doenças desmielinizantes citadas, como profilaxia (método preventivo). “Nesse caso, vale lembrar que o tratamento é feito por via endovenosa, pois o uso de comprimidos piora a chance de desenvolver a doença sistêmica em vez de preveni-la”, salienta. O prognóstico residual da visão na neurite geralmente é bom, com restauração parcial ou até total da visão em poucos meses. Como dito antes, o tratamento não influi na recuperação visual. Também não existe prevenção à primeira ocorrência de uma crise de desmielinização, seja ela neu-

MINISTÉRIO DA DEFESA

AVISO DE CREDENCIAMENTO Pregão Eletrônico nº 3/2018-HGeS Hospital Geral de Salvador. Processo Nr 80613.006484/2018-48. Objeto: Prestação de Serviços Médicos na área de Hemo Care. Desta maneira, torno publico que o período para recebimento das propostas sera de 01 Nov 2018. Horário das 07:30 as 11:30h, de segunda a sexta feira. Edital de Credenciamento NR 03/2018. Local: Secad de Aquisições, Licitações e Contratos do Hospital Geral de Salvador (HGeS), situado na Ladeira dos Gales, 26, Brotas, Salvador, Bahia. Justificativa da contratação mediante credenciamento do maior numero possível de interessados em ofertar os serviços propostos. Os interessados podem adquirir o edital diretamente no sitio: “http://www.hges.eb.mil.br/” hges.eb.mil.br. Fundamento Legal: Caput do Art 25 da Lei 8.666/93.

rite óptica ou outra forma. “Uma vez diagnosticada uma forma da doença, o tratamento específico tende a diminuir a ocorrência ou recorrência da neurite óptica”, conclui.

Sobre o Opty

Anteriormente chamado de Hospital de Olhos do Brasil (HOBrasil), o Grupo Opty nasceu em abril de 2016 a partir da união de médicos oftalmologistas e do fundo de investimento Pátria, dando origem a um negócio pioneiro no setor oftalmológico do Brasil. O grupo aplica um novo modelo de gestão associativa que permite ampliar o poder de negociação, o ganho em escala e o acesso às tecnologias de alto custo, preservando a execução da oftalmologia humanizada e oferecendo tratamentos e serviços de última geração em diferentes regiões do País. No formato, o médico mantém sua participação nas decisões estratégicas, mantendo o foco no exercício da medicina Atualmente, o Grupo Opty é o maior grupo de oftalmologia da América Latina, agregando oito empresas oftalmológicas, 1400 colaboradores e 400 médicos oftalmologistas. O Instituto de Olhos Freitas (BA), o DayHORC (BA), o Instituto de Olhos Villas (BA), o Hospital Oftalmológico de Brasília, o Grupo INOB (DF), o Hospital de Olhos Santa Luzia (AL), o Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem (SC) e o HCLOE (SP) fazem parte dos associados, resultando em 19 unidades de atendimento.

O CORAL DOS SERVIDORES DA CEPLAC, nas comemorações dos seus 20 anos, terá show no Teatro de

Ilhéus hoje, 9, às 19 hs. Como convidados: Corais da Uesc, Dom Eduardo, Mokiti Okada e Santa Casa de Itabuna.

ENCONTRO AS EX-ALUNAS DA AFI (Foto da década de 1960) vai ser mesmo dia 17.11, um sábado, constando de uma missa na Capela da instituição e um almoço na Escola Senhora Santana.

HOJE, 9, DAS 16 ÁS 20 HS, no CCAF, acontece mais uma etapa da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Uma das atrações: Chocolates Orgânicos (70 a 80%) criado por alunos do IFBA Uruçuca. SERÁ DIA 13 ÁS 19 HS, EM UBERLÂNDIA, o lançamento de “O Mundo Maravilhoso de Alice...”. O autor é o amigo Rogério Silva (Foto), que dirigiu o jornalismo da TV Santa Cruz. Hoje está na Record/Uberlândia. ENGENHEIRO CIVIL JOÃO LUCAS LIMA AQUINO GANEM, 24 anos, graduado este ano em Viçosa, está disponível para o mercado. Apesar de jovem tem larga experiência na área.


10

Itabuna-BA, 09 a 12 de novembro de 2018

Mudanças facilitam criação de CPI em Itabuna COMPORTAMENTO Por 6 votos a 4, vereadores acataram alteração; agora, é com o Plenário

Mariana Benedito Psicanalista em formação; MBA Executivo em Negócios; Pós-Graduada em Administração Mercadológica; Consultora de Projetos da AM3–Consultoria e Assessoria. E-mail: mari.benedito@outlook.com

Escolhas

Comissões aprovaram alteração na segunda-feira

A partir de proposição encabeçada pelo vereador Babá Cearense (PHS), as Comissões permanentes da Câmara de Itabuna aprovaram (por 6 a 4) segunda-feira, 05, mudanças no Regimento Interno que afetam a criação de comissões parlamentares de inquérito (CPIs). O projeto de resolução, subscrito também por Charliane Silva (PTB) e Manoel Júnior (PV), ainda terá que passar pelo crivo do Plenário. De acordo com os autores, a intenção é “corrigir discrepâncias” entre o Regimento e a Constituição Federal. Nesse sentido, com o requerimento de 1/3 da Câmara, a CPI estaria automaticamente criada, cabendo ao presidente da Casa tão somente designar os

membros em 48 horas. Na norma vigente, é o Plenário da Casa que decide, por maioria simples, se instala a Comissão.

Esclarecimento

O relator da matéria, Júnior Brandão (PT), entende que as CPIs possibilitam esclarecer “em instância preliminar, situações reprováveis que demandam apuração, até para se evitar erros em juízos de valor”. O líder da Oposição, Jairo Araújo (PCdoB), declarou que, além de facilitar a criação de CPIs, a mudança regimental assegura direitos constitucionais das minorias parlamentares.

EDITAL DA ASPAIUB EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA PARA ELEIÇÃO DA DIRETORIA DA ASSOCIAÇÃO DE PEQUENOS AGRICULTORES, DE ILHÉUS, UNA E BUERAREMA - ASPAIUB Art. 1º. O Presidente da Associação de Pequenos Agricultores de Ilhéus, Una e Buerarema - ASPAIUB, Abiel da Silva Santos, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 29º do Estatuto em vigor, convoca, por este Edital, o processo eleitoral para a diretoria desta Associação, para mandato de 3 anos (Art. 11º parágrafo único), gestão de janeiro de 2019 a dezembro de 2021, a ser realizado no endereço, Rua Eustáquio Bastos, nº 196, sala A, Bairro Centro, na cidade de Ilhéus, no dia 8 de dezembro de 2018, segundo sábado do mês, iniciando às 09:00hs e encerrando às 12:00hs. Art. 2º. Visando permitir uma maior participação possível do associado na eleição dos seus representantes, serão disponibilizadas duas seções/urnas de votação; A primeira na Sede do Sindicato Rural de Ilhéus, sito no endereço mencionado no art. 1º deste Edital. E a segunda urna na cidade de Buerarema - BA, na sede do CDL, localizado na praça Cristovaldo Monteiro, nº 42, Centro, consoante art. 38º, parágrafo único. As urnas serão abertas as 9:00hs e encerradas as 12:00hs. Parágrafo único: A Abertura dos trabalhos ficará sob a responsabilidade do Presidente, em Ilhéus, e do Vice–Presidente, em Buerarema, ou por associado por eles delegado, em caso de força maior, que se incumbirá de compor a mesa com três associados presentes para conduzir o processo eleitoral. Art. 3º. Qualquer grupo de associados poderá constituir chapa para a Diretoria, contendo membros, desde que adimplentes com suas contribuições mensais e demais obrigações perante a Associação (art.39º), sendo que, dentre estes, deve haver a indicação dos seguintes cargos executivos: um Presidente, um Vice-presidente, um primeiro Secretário, um segundo Secretário, um primeiro Tesoureiro, um segundo Tesoureiro, 3 membros do Conselho Fiscal efetivos, 3 membros do Conselho Fiscal suplentes. Deverá ser indicado também os 9 membros do Conselho Deliberativo, conforme Arts 10º, 11º, 24º e 28º do Estatuto. Art.4º. As chapas devem ser apresentadas até o dia 05 de dezembro de 2018, no endereço, Rua Eustáquio Bastos, nº 196, sala A, Bairro Centro, na cidade de Ilhéus, no turno matutino. Parágrafo único. As inscrições irregulares serão descartadas, não sendo consideradas válidas no momento da eleição. Art. 5º. No ato da inscrição, o representante da chapa deve apresentar oficio assinado pelo candidato à presidência, com o Nome da Chapa, e um anexo relacionando os cargos, os nomes dos respectivos candidatos, seguida da assinatura, número do CPF e do RG de cada um dos mesmos, bem como juntar fotocópia de documentos de identidade e CPF de todos os membros da chapa. Parágrafo único. Todos os candidatos da chapa devem estar em dia com as mensalidades e demais obrigações perante a Associação, como determina o Art. 39º do Estatuto, assim como é obrigatória a indicação de nomes para todos os cargos definidos no Art.3º deste Edital, sob pena de indeferimento do pedido de inscrição. Art.6º. A lista das chapas será divulgada em mural, no local das eleições. Art. 7º. Cada associado terá direito a um voto e a votação será por voto secreto. Art. 8º. Será considerada eleita a chapa que obtiver a maioria simples da totalidade dos votos. Art. 9º. A assinatura, entrega e protocolamento do oficio solicitando a inscrição da chapa implica na aceitação e concordância com todos os termos e regras estabelecidas neste Edital. Art. 10º. A posse da nova Diretoria se dará no início do mês de janeiro de 2019, após comum acordo entre diretorias atual e eleita, em data a ser previamente comunicada. Ilhéus, Bahia 01 de Novembro de 2018 Abiel da Silva Santos Presidente da Associação de Pequenos Agricultores, de Ilhéus, Una e Buerarema

FUNDAÇÃO DE ATENÇÃO À SAÚDE DE ITABUNA AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÕNICO Nº. 026/2018 (PARA REGISTRO DE PREÇOS)

A Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna, por intermédio da Pregoeira Oficial, nomeada pela Portaria nº 107/2018, torna público que realizará no dia 19 de novembro de 2018, às 09:00 horas, na forma do disposto na Lei Federal 10.520/02 e, subsidiariamente, na lei 8.666/93 , licitação na modalidade Pregão Eletrônico para Registro de Preços, tipo Menor preço por lote, cujo objeto é a AQUISIÇÃO DE ARTIGOS E UTENSÍLIOS MÉDICO HOSPITALARES, em atendimento às necessidades do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. O Edital completo encontra-se à disposição dos interessados no setor de Licitações, Anexo do Hospital, localizado à Av. Fernando Gomes Oliveira, S/N, Bairro Nossa Senhora das Graças, Na cidade de Itabuna-Bahia, CEP: 45.600-000, em dias úteis, no horário das 08:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00 horas. Informações pelo fone: (73) 3214-1619, e-mail: licitações.fasi2@hotmail.com e no site do Banco do Brasil endereço: www.licitacoes-e.com.br. Itabuna, 08 de novembro de 2018. Renata Bomfim Silva Oliveira Pregoeira Oficial

A vida é feita de escolhas. Isso todos nós sabemos muito bem. Tem uma frase de Sartre, notável filósofo francês, que diz que viver é ficar o tempo todo se equilibrando entre as escolhas e as consequências. Mas até que ponto estamos plenamente cientes disso, meu amadíssimo leitor? Quando faço esse questionamento, dois aspectos e vertentes – que se complementam – surgem aqui na minha cabeça: nosso inconsciente e o papel de vítima. Mas vamos por partes. Pegue na minha mão, siga meu raciocínio e embarque nessa viagem junto comigo. Por que escolhemos o que escolhemos? Escolhemos o que somos. Escolhemos algo que desperte afinidade, familiaridade, conhecimento, reconhecimento. Escolhemos algo que reverbere e que faça sentido às nossas crenças, aos nossos conteúdos, vivências e visão de mundo. Em que momento, ao longo de nossas vidas, paramos para pensar efetivamente nas escolhas que fazemos? Nossas escolhas são, em sua grande maioria, inconscientes. Baseadas em padrões, em mecanismos automáticos de comportamento. Passamos uma vida planejando mil coisas: comprar isso, ter aquilo, fazer tal coisa, viajar para aquele lugar, conhecer o mundo, ter uma casa com cachorros, um apartamento com gatos e as mais infinitas possibilidades de planos, sonhos e escolhas. Mas o que nos leva a escolher tais coisas? Entendeu? É tanta coisa para planejar, escolher que não sobra tempo para falar e pensar sobre nós mesmos. Para entender o porquê das escolhas que fazemos. Qual a motivação por trás. O que desejamos alcançar com tal escolha e de que forma as situações nos levam a tal escolha. Que padrão se repete? Quais as crenças, quais os condicionamentos, quais os medos? É a partir da busca por este entendimento, a busca por nós mesmos, que podemos compreender que, muito embora a maior parte de nossas escolhas

se dá por questões inconscientes, a única pessoa que tem a capacidade de tomar as rédeas e o controle das próprias escolhas somos nós mesmos. Repare. Digamos que você, aí do outro lado que está lendo esta coluna neste exato momento, identifica e percebe que tem um padrão de escolhas que reflete sempre na necessidade de agradar o outro. Então você faz tudo por todo mundo, se coloca em décimo quinto lugar na sua escala de prioridades, acredita que precisa sempre resolver o problema do mundo inteiro, ao passo que se anula, que sente uma incompletude e uma angústia que não sabe de onde vêm. Ok? Identificou o padrão. Massa! Mas e agora? Quem é a única pessoa na face do Planeta Terra que tem a possibilidade de mudar – ou continuar – com esse comportamento? Isso mesmo. Você. Entendendo isso, passamos a evitar um comportamento vitimista. De culpar os outros, de ser refém dos outros, de esperar que surja o Superman, o Batman, a Mulher Maravilha – ou o esquadrão inteiro da DC e da Marvel juntos – para nos salvar dos nossos problemas. A grande questão é, de fato, assumirmos que vivemos as nossas vidas da forma que decidimos. Inclusive, podemos escolher não dar trela para nada dessa conversa de inconsciente e autoconhecimento; mas precisamos observar que ninguém nos obriga a escolher entre uma coisa e outra, a agir de “x” ou “y” maneira. Fazemos o que fazemos porque queremos – lógico que existem motivações inconscientes e que a chave do sucesso é identificar por que escolhemos o que escolhemos – e o discurso de vítima não nos cabe mais, até porque ele só nos paralisa. Assumir a responsabilidade de nossas escolhas – e mudanças – nos permite seguir na direção que julgamos mais adequada e toda escolha que fazemos é uma semente que plantamos. Se estamos plantando abacaxis, é impossível colher uvas! O que você está escolhendo?


Itabuna-BA, 09 a 12 de novembro de 2018

11

CLASSIFICADOS OPORTUNIDADE Vendo apartamento com 3 quartos (suíte), banheiro social, cozinha ampla, duas salas, dependência de empregada, todo no porcelanato, uma vaga na garagem. O local é privilegiado: bairro Jardim Vitória, pertinho do shopping. Tel: (71) 9 9124-2259 / (73) 3012-6226

Alugo lindo apto no Con. Eco América, bairro Nossa Senhora das Graças, ao lado do Hospital de Base. Com portaria 24 horas, área de lazer c/ piscina, parque, quadra, churrasqueira. R$ 700,00. Tel: 7398842-4105, falar c/ Renê. Vendo lote com 192m² no Condomínio Eco Villa Maria.R$ 37.000,00. Faço troca em carro ou moto. Tel: 99133-2423 / 988697651 Apt/Aluguel Alugo apto no Novo São Caetano, rua E, c/ 2/4, sala, cozinha, a/s. R$ 400,00. Tel: 73- 991919819, Ângela.

EMPREGO

PROCURO Emprego: Trabalho à noite de camareira em pousada ou em colégio na limpeza no período da tarde. Tel: 73- 98838-3498. Eletricista de ônibus e caminhão pesado está a procura de trabalho. Tel: 98895-5008 Técnico de Enfermagem domiciliar, folguista viagem, curativos e acompanhante em hospital. Tel: 8888-6288 / 9172-7170 - David Sena

CASAS VENDA

Vende-se uma casa com terreno, em Ubaitaba. Tel: 98865-6294 Vendo casa no Jardim, c/ suíte+ 2/4, a/s, garagem, área no fundo,sala ampla. R$ 220 mil. Bruno Garcia, CRECI 15.382. Fone: 73- 98845-4141/ 99100-3122 Vendo casa no Gegéu Rocha, na Rua A, com 2/4, sala, cozinha, A/S, WC. Tel: 988259064 - Benildo Casa na rua da Coelba, 222, Califórnia + um terreno. R$ 40 mil. Tel: 98843-5648

Alugo apartamento com 1 suíte, 2 quartos, banheiro social, sala ampla, área de serviço, 1 vaga na garagem. Sem condomínio. Bairro Castália. Valor - R$ 800,00. Fone: 73- 99178-6068. Ponto Comercial - Alugo sala ampla no Centro,Ed.Atlanta Center,c/ 2 cômodos c ar condicionado em cada, wc.Tel: 73- 98803-5238/99106-3313, Gigi. Casa: vendo ou alugo - Casa no Pedro Gerônimo, rua Olaria, c/ ¾, sala, cozinha, área de luz, toda na cerâmica, quintal grande e murado, 2 tanques um de 5.000lts e outro de 1.000lts. Valor R$ 50.000,00. Tel: 7398845-5440/98891-3202, Paula e Adriana.

e área na frente. Tel: 98806-8239 - Kledson Aluga-se casa com 3/4, quintal grande, com 1 suíte. Tel: 99983-158 / 99194-7000 - Raimundo Casa de laje coberta no Conceição, na rua Bela Vista, nº 173, cx d’agua de 4.000lts. Sendo uma c/ ¼ grande, por R$ 450,00. Outra c/ 2/4, por R$ 550,00. Outra c/ 2/4 grande, vaga garagem, por R$ 650,00. Tel: 98811-1946, Marques. Alugo casa para temporada, condomínio Águas de Olivença. Tel: 98833-3761 / 3211-4671

Apto/VendA

Vendo aptº no 1º andar, no bairro Vila Zara. Precisa de reforma. Preço a negociar. Tel: 98864-5135 Vende-se um apartamento com 3/4, sala, cozinha, banheiro, área de serviço. Rua Bartolomeu Mariano, 413, 2º andar, Pontalzinho. R$ 120 mil. Aceitamos proposta. Tel: 98854-8955 Vende-se apartamento no Conceição, na Rua Getúlio Vargas, 36. Itabuna, c/ 2/4, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Valor: R$110.000,00. Contato: (73) 988075683/ (73) 98825-6670. Vendo aptº no Ed. Maison Santa Paula, 4º andar, Av. Firmino Alves, 308, com 183m², suíte, lavabo, dependência completa de empregada, garagem. T% 450 mil. Tel: (73) 3211-7006

Apto/Aluguel

Aluga-se aptº 101, com 1/4 suíte com armário, cozinha com armário, sala, varanda de frete, área de serviço. Tv. Querubim de Oliveira, 31-A, Pontalzinho, próximo à AFIItabuna. R$ 600,00. Tel: 98802-1745 - Adriano Alugo kitnet no Santo Antônio, ótima localização. Tratar com Jorge. Tel: 3214-3043 / 99183-9387 Aluga-se 1 apartamento com 1/4, sala, cozinha, toda na cerâmica, banheiro completo, 1º andar. Rua Monte Alto, 170, bairro de Fátima - Itabuna. Tel: 3211-6224 / 98821-8497 / 98812-5981 Aluga-se apartamento com 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, dependência de emopregada, área de serviço, varanda. Rua Ruy Barbosa, 499, ao lado do Galileu. Tel: 98886-1835 Aluga-se kitnet na Av. Juracy Magalhães, 1510. Tel: 98842-0703 / 98890-0102

Fazenda/Venda

Laje / Venda

Vende-se uma roça com 10 hectares, em Cachoeira Bonita. Tel: 98865-6294

Casa/Aluguel

Vendo fazenda em São João do Paraíso, c/ 240 hectares, rio , pasto e cacau. R$ 5 mil p/ hectare. Bruno Garcia, CRECI: 15.382. Fone: 98845-4141/ 99100-3122.

Conceição, Rua E no Jardim Eucaliptos, laje medindo 240m², c/ vaga na garagem. R$ 65.000,00. Tel: 8825-3749/8847-9349. Alugo imóvel residencial ou comercial com 3/4, sala, copa/cozinha com armário, 2 banheiros, dependência de empregada, área de servio. Tel: 3212-4989. Fica na rua do Hospital Manoel Novaes. Aluga-se casa com 2/4, 2 salas, cozinha, área de serviço e banheiro. Rua Felícia de Novaes, 290, bairro de Fátima. Tel: 98815-5865 Aluga-se casa no 1º andar, no Parque Boa Vista, 2/4, 2 salas, banheiro, área de serviço, fundo

Vendo fazenda às margens da BR 101, en-

tre Itabuna e Buerarema, a 9km de Itabuna. Tel: 98807-0539 / 3211-1623 / 9952-8578

Terreno/Venda

Vendo terreno 9.5 x 25 = 237,5 já com base R$ 60.000,00, Monte Líbano. Próximo Colégio Baraúna. 9 8871-5229 Vendo terreno no bairro Castália 9 x 30 = 270m2. R$ 120mil. Bruno Garcia corretor de imóveis CRECI 15.382 99100-3122/988454142

Ponto Comercial

Vendo excelente mercado em Itapé, todo estruturado e sortido, com o prédio de 3 pavimentos em área movimentada. R$ 600.000,00. Aceito troca por fazenda com pastagem de 60ha, perto de Itapé. Tel: 7398889-6054/98858-7760, Roque. Alugo sala no Edf. Dilson Cordier, Ruffo Galvão, Centro. Tel: 98807-0539 / 3211-1623 / 9952-8578 Aluga-se ponto comercial, loja 01, praça da Bandeira n. 164, Centro, em frente ao antigo colégio Lúcia Oliveira e Emasa – Fone 98853-6951. Alugo ponto comercial localizado na Av. Juracy Magalhães, próximo ao supermercado Meira. Além de estar situado na parte mais movimentada, é próximo a ponto de ônibus, área valorizada comercial. O imóvel mede 150m², tem copa, banheiro, coberto de laje. Ideal para diversos tipos de segmentos comerciais, clínica, farmácias, etc. Contato através dos números: 73 9 9119 4790/9 9109 0610/9 8858 5030/9 8869 9510.

GARAGEM

Aluga-se vagas de garagem na rua Armando Freire, ao lado de Batalha Filho-Alto MaronCentro-Itabuna. E no Edf. Benjamim Andrade, avenida Cinquentenário. Tratar: 73-999449222 / 73-3211-8020/ 73-98824-0495.

Malhação

Globo, 17:30H

ESPELHO DA VIDA

Globo, 18H

SEXTA-FEIRA

SEXTA-FEIRA

Rafael e Vinícius sofrem com a decisão de Talíssia, mas apoiam a menina. Talíssia afirma a Simone que conseguirá trabalhar para manter Valentina, e que voltará a estudar. Hugo, João Pedro e Gui limpam a pichação que fizeram. Talíssia começa em seu novo emprego, e Jade, Úrsula, Santiago e Kavaco apoiam a amiga. Marcelo diz a Gabriela que Tânia fez uma acusação contra ela para o Conselho do colégio. Os alunos percebem o desânimo de Gabriela. Começa a audiência sobre a guarda de Valentina, e Marcos faz acusações contra Talíssia. Vinícius afirma a Jeremias que deseja se casar com Talíssia. Hugo se sente excluído do universo de Dandara. Vinícius pede Talíssia em casamento.

Margot ouve Vicente tocar violão e encontra a ficha de um livro de Danilo e Hildegard. Alain se irrita ao sentir o perfume de Isabel em seu travesseiro. Lenita se enfurece ao descobrir sobre o namoro de Marcelo e Isabel. Américo vê onde Gentil guarda seu dinheiro. Cris volta do passado e se culpa por ter deixado Piedade aflita com seus comentários. Isabel manda objeto de Alain para o laboratório especializado em exames de DNA. Margot mostra para Cris a ficha do livro antigo que encontrou. Alain e sua equipe se surpreendem com o que Isabel escreve no jornal sobre o filme. Marcelo conta sobre a discussão com Alain, e Isabel fica satisfeita. Cris discute com Alain depois de saber por Isabel de seu namoro com Marcelo.

O Tempo Não Para

O SÉTIMO GUARDIÃO

globo, 19H

globo, 21H

SEXTA-FEIRA

SEXTA-FEIRA

Emílio afirma a Marocas que ela salvou sua vida porque o ama. Samuca apresenta Dom Sabino como vice-presidente da SamVita. Emílio se surpreende quando Marocas lhe informa que seus pais são os novos acionistas da SamVita. Elmo desconfia das atitudes de Betina. Carmen sugere que Dom Sabino aja com cautela contra Emílio. Betina manda Igor investigar o exame de DNA do filho de Waleska. Marocas afirma a Dom Sabino que não pode desfazer o compromisso com Emílio. Betina procura Emílio para ajudá-la a reatar com Samuca. Paulina avisa a Eliseu que algo aconteceu com Barão na cadeia. Dom Sabino pede ajuda a Samuca para evitar que Marocas se case com Emílio.

O Sétimo Guardião marca a volta de Aguinaldo Silva ao realismo fantástico. A trama, que tem direção artística de Rogério Gomes, vai mostrar que alguns lugares guardam grandes histórias e que, com elas, muitos mistérios podem estar escondidos. Resta saber até quando cada um é capaz de guardar um segredo.À primeira vista, Serro Azul pode parecer apenas mais uma típica cidade do interior, pacata e cercada por montanhas, onde avanços tecnológicos como internet e telefonia celular ainda não chegaram. Um lugar pelo qual quem passa não dá muita atenção, sem saber o que está perdendo, afinal, uma cidade que é vizinha de Greenville e Tubiancanga não poderia deixar de ter suas peculiaridades.

MAÇÃ DE CHOCOLATE

VEÍCULOS VENDA

Fox Confortline 2015, prata, completo c/ computador de bordo, único dono, c/ 15.000km. Por R$ 40.000,00. Tel: 98811-1946, Marques. Caravan 86 sem motor. Chaparia muito boa. R$ 1.500,00. Tel: 99117-2818 / 98804-7001 Vende-se um automóvel em excelente estado de conservação, garagem, ano 2001, Fiat - Bravo Elx-completo, tudo funcionando, equipado com kit gás, som jvc. Fone 98853-6951.

diversos

Vende-se três lotes situados no bairro Novo Fonseca, com 2.297,58m² (cada um). Tel: 988127867 / 98882-7256. R$ 25 mil (negociável). Vendo fogão, geladeira, mesa, sofá, beliche, armário, guarda-roupa, pé de máquina, mesa de escritório, cadeira de balanço, cadeira de salão, frigobar, freezer, ar condicionado, ventilador, grades, metalon, portas e janelas. Rua Getúlio Vargas, 102, Mangabinha. Tel: 98893-5094

móveis usados COMPRA E VENDA DE MÓVEIS USADOS. TEL: (73) 98893-3721 Montador de móveis. Tel: 73- 8842-4105/8160-0360, Renê.

INGREDIENTES

500g barra de chocolate ao leite fracionada 12 maçãs médias coco, confete, granulado ou chocolate branco (para polvilhar) palito de churrasco papel laminado

MODO DE PREPARO

Pique a barra de chocolate em pedaços, coloque no micro-ondas, de 30 em 30 segundos até derreter Lave as maçãs e seque bem e espete

um palito de churrasco em cada uma Em seguida mergulhe no chocolate derretido e polvilhe a seu gosto com granulado, ou coco ou com uma colher afunde no chocolate branco (o processo é o mesmo do chocolate ao leite), deixando cair na maçã já banhada no chocolate, fazendo rabisco Coloque no papel alumínio (para não agarrar) Como o chocolate é fracionado não precisa levar na geladeira, seca em torno de 10 minutos.


12

Itabuna-BA, 09 a 12 de novembro de 2018

Bahia investe R$ 80 milhões para ampliar produção de cacau e do chocolate Plano atenderá a cerca de 20 mil agricultores; busca 240 mil toneladas/ano O Governo do Estado lançou, quinta-feira (8), em parceria com a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac)/ MAPA, o Plano Operacional para o Cacau e Chocolate da Bahia 2018 – 2022. O lançamento aconteceu na sede regional da Ceplac, em Ilhéus, e contou com a presença do governador em exercício, João Leão, e dos secretários Jerônimo Rodrigues (Desenvolvimento Rural), José Alves (Turismo) e Geraldo Reis (Meio Ambiente). O plano, que atenderá a cerca de 20 mil agricultores, prevê o desenvolvimento de ações estratégicas que permitirão elevar, em cinco anos, a produção de cacau na Bahia para 240 mil toneladas/ano, até 2022, e consolidar a fabricação de chocolates finos, com certificado de origem no Sul da Bahia, por meio da instalação de 20 agroindústrias. As ações incluem a abertura de linha de crédito específica

Além do cacau, o Governo do Estado está investindo em obras como o Porto Sul e a Ferrovia Oeste Leste, em parceria com empresários chineses, além da construção da nova ponte Ilhéus -Pontal, já em fase de execução, e da duplicação da rodovia Ilhéus-Itabuna, um conjunto de ações que vão inserir o Sul da Bahia como um grande polo econômico”.

Emprego, renda e inclusão social

O lançamento do plano foi na manhã de quinta-feira, na Ceplac

para a lavoura cacaueira, subsídios para produção de mudas e insumos, criação e indicação geográfica da produção do cacau, preservação da Mata Atlântica, prospecção de novos mercados, capacitação profissional, regularização fundiária e ambiental, difusão tecnológica, assistência técnica e extensão rural (ATER), capacitação, edu-

cação, gestão e empreendedorismo e infraestrutura rural. Os investimentos do Governo do Estado no plano devem atingir R$ 80 milhões. O governador em exercício, João Leão, destacou que “a ampliação da produção de cacau e o polo chocolateiro são fundamentais para a economia regional, gerando milhares de empregos.

Jerônimo Rodrigues, secretário de Desenvolvimento Rural, afirmou que, ao incentivar o aumento da produção, a diversificação e a agroindústria, o governo estadual alavanca a inclusão social de assentados, indígenas, quilombolas e agricultores familiares, com foco na sustentabilidade: “O resgate do cacau, que também passa por investimentos em tecnologia, infraestrutura, somado a obras de infraestrutura,

permitirá a retomada do desenvolvimento regional”. Serão atendidos agricultores de 114 municípios nos territórios Litoral Sul, Médio Rio das Contas e Baixo Sul. Além da Ceplac e do Governo da Bahia, por meio das secretarias estaduais de Desenvolvimento Rural (SDR), de Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri), de Desenvolvimento Econômico (SDE), de Turismo (Setur), Educação (SEC), e de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). Integram o plano o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Biofábrica, Universidade Estadual de Santa Cruz/Parque de Tecnologia, Ciência e Inovação, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Universidade Federal do Sul e Bahia, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e Associação Nacional das Industrias Processadoras de Cacau (AIPC).

Diário 4.002 - Fim de semana - 09 a 12 de novembro de 2018  
Diário 4.002 - Fim de semana - 09 a 12 de novembro de 2018  
Advertisement