Page 1


A 29ª Jornada Nacional de Cineclubes, que este ano acontecerá na Bahia, entre 27 a 30 de março de 2013, contará com diversas ações cineclubistas, antes e depois da Jornada. Atividades como: encontro de 500 cineclubes do Brasil; VII Encontro Ibero Americano de Cineclubes; Mostra Circuito Flutuante, que acontecerá em lanchas e ferry boat que fazem o trajeto Salvador-Ilha de Itaparica; Oficinas, Palestras e Rodas de Conversa; Distribuição de 1.000 Box de filmes aos cineclubes e escolas.


“NA BAÍA DE TODOS OS SANTOS O CINEMA É DO PÚBLICO” É com este brado que a UCCBA - União de Cineclubes da Bahia agrega a programação da 29ª Jornada Nacional de Cineclubes. A UNIRAM – Associação Universidade da Reconstrução Ancestral e Amorosa, proponente do atual projeto, faz parte da UCCBA. E possui na sua diretoria, na figura de idealizador, fundador e atual presidente, o Prof. Jorge Conceição, que ocupa também o cargo de Diretor de Formação do CNC – Conselho Nacional de Cineclubes. Além de ser um grande impulsionador na formação cultural com foco na diversidade pluriétnica e ancestral. Com o intuito de realizar uma Jornada bem articulada e produzida, a UNIRAM, em parceria com a UCCBA e o CNC, propõe este projeto que acontecerá em 4 etapas:

- CIRCUITO FLUTUANTE – 01 a 31 de março de 2013 - que irá inaugurar o Circuito de Cinema Flutuante, que consiste em 30 sessões cineclubistas de curtas e médias metragens na lanchas e ferry boats, que fazem o trajeto Salvador-Ilha de Itaparica;

CINECLUBES DA FICC – 28 a 30 de março de 2013 – quando acontece o encontro internacional de cineclubes, com a presença de 31 representantes de cineclubes de diversos países que compõe a FICC – Federação Internacional de Cineclubes;

- JORNADA NACIONAL DE CINECLUBES – 27 a 30 de março de 2013 – quando serão hospedadas centenas de representantes de cineclubes de todo o Brasil, para participar dos 4 dias de programação e discutir as temáticas cineclubistas do Movimento; - VII ENCONTRO IBEROAMERICANO DE

- PRODUÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DO BOX DA DIVERSIDADE – 01 a 31 de março de 2013 – quando serão distribuídos os 1.000 BOX, contendo 25 DVDs e dezenas de filmes, de Cineclubes previamente inscritos através do site da JORNADA.


O projeto acontece de 01 de fevereiro a 30 de abril de 2013, com 01 mês de Pré-Produção; 01 mês de Produção e 1 mês de Pós-Produção. Como forma de reduzir os custos do projeto, e também por não sabermos exatamente, quando da inscrição deste, quais as cidades brasileiras que cada representante virá, o projeto contemplará hospedagem e alimentação dos participantes, mas não suas passagens aéreas ou terrestres. Os únicos gastos neste sentido serão de Convidados Especiais, que integram o Conselho Nacional de Cineclubes e a Federação Internacional de Cineclubes. Toda a programação do projeto encontra-se no item ETAPAS DO PROJETO. Vale salientar que no orçamento não consta locação de equipamentos de projeção e de sonorização para as Mostras Audiovisuais, pois estes serão contrapartidas dos cineclubes da União do Cineclubes da Bahia, que possuem equipamentos de projeção cineclubista em seus cines. Também não serão cobrados cachês dos Oficineiros, pois serão cineclubistas, que estarão realizando trabalhos voluntários nestas oficinas, contribuindo para o intercâmbio cultural do projeto.


Objetivo Geral: − Realizar a 29ª Jornada Nacional de Cineclubes e o VII Encontro Iberoamericano de Cineclubes. Objetivos Específicos: − Possibilitar o intercâmbio de obras audiovisuais, produzidas em regiões com diferentes características culturais (étnicas e outras), do Brasil e a nível mundial, com os cineclubistas de todo o pais e de outros países do mundo, com a população local, e sua diversidade; − Possibilitar a troca do fazer cineclubista de todo o país; - Produzir 1.000 cópias do BOX DA DIVERSIDADE, que terá 25 DVDs contendo dezenas de filmes, selecionados a partir da inscrição de filmes no site do projeto; - Organizar e Distribuir o BOX DA DIVERSIDADE, com filmes selecionados em todo o país, com a curadoria cineclubista em parceria com a ABD, para os cineclubes participantes da Jornada, e para as escolas e a comunidade escolar com o programa MAIS EDUCAÇÃO; - Realizar 6 sessões da MOSTRA DA DIVERSIDADE em praças, largos, mercados, igrejas, pontos históricos das duas Ilhas Vera Cruz e Itaparica; - Realizar Roda de Prosas logo após as Exibições com troca de experiências entre os cineclubistas das diversas regiões do país, abertas ao público; - Dialogar com a Educação, através de parceria com as escolas locais, exibindo para estudantes

e com uma roda específica sobre CINEMA E EDUCAÇÃO; - Realizar 4 oficinas para troca de experiência entre os cineclubes, com as temáticas: Curadoria, Espontaneidade – Rizomas e Redes, Distribuição de Filmes e Geopolítica. - Apresentar uma Mostra Interativa de Artes Integradas com a participação de 6 manifestações artísticas da região, dos municípios anfitriões, e releituras contemporâneas: Encontros de Samba de Roda, infantil e adulto; Rodas de Capoeira Angola; Bumba Boi; Samba Crioula; Desafios de Hip Hop; e Encontro Percussivo de Dança; - Realizar uma Vivência Corpo, Imagem e Ritmo - na busca da descolonização e sensibilização do olhar e do corpo para a diversidade pluriétnica; - Inaugurar o Circuito de Cinema Flutuante, - “NA BAÍA DE TODOS OS SANTOS O CINEMA É DO PÚBLICO”, com 15 exibições de curtas e médias metragens nas lanchas e 15 exibições nos ferry boats que fazem a travessia entre Salvador e a Ilha de Itaparica; - Incentivar o Comércio e Turismo local, através da rede de pousadas e restaurantes, bem como fortalecer as ações culturais no Mercado Popular da Ilha de Vera Cruz.


Acessibilidade As ações cineclubistas acontecerão em locais onde possui grande acesso de público: - JORNADA e ENCONTRO IBEROAMERICANO DE CINECLUBES – acontecerá no Club Med e no Grande Hotel de Itaparica, locais com total acessibilidade de público, e que cumprem com todas as determinações de acessibilidade para os deficientes físicos; - CIRCUITO FLUTUANTE – acontecerá nas lanchas e nos ferry boats e pretende exibir filmes, gratuitamente, para a população que já utiliza estes meios de transporte público; - Apresentações em praças, mercados populares e centros históricos, todos também com acessibilidade para deficientes físicos.

Impacto ambiental A Jornada de Cineclubes e a Reunião do FICC acontecerão no Clube Med e no Grande Hotel de Itaparica, espaços fechados. O Circuito Flutuante acontecerá nas lanchas e ferry boats, respeitando toda a legislação que rege essas embarcações, não causando nenhum impacto ambiental dentro da ação de exibição de filmes. As exibições a apresentações nas praças, mercados e centros históricos terão a autorização da Prefeitura local para realização das atividades ao ar livre. Os filmes do BOX que vão ser distribuídos aos presentes, exibidos no circuito flutuante e distribuídos para 500 escolas do mais educação, sobre o tema DIVERSIDADE, priorizando as temáticas ambientais, com isto estaremos fazendo uma campanha de proteção as praias (a vinheta Democratização vai ter este enfoque) e de reciclagem de lixo, e o A ação cineclubista por sua essência é democrática. público alvo prioritário serão as crianças. O projeto terá todas as suas atividades acontecendo Todos os copos usados no evento serão artesanato de cerâmica de Maragogipinho. de forma gratuita e aberta ao público. Os Box de DVDs produzidos serão distribuídos de forma inteiramente gratuita, para os Sócio-Educativa patrocinadores, apoiadores e cineclubes de todo Sendo o público alvo as crianças. 500 filmes serão o Brasil. Estamos contando com a parceria do distribuídos para as escolas do Programa Mais SINDIRECEITA – Delegacia Sindical da Receita Educação, do Governo Federal, para criação de Federal – Bahia, para a confecção de mais 500 cineclubes nestas escolas, mantendo atividades Box, que complementarão a distribuição destes no segundo turno escolar. 1.000 Box produzidos dentro do projeto. Material de divulgação: 1.000 Kits de Filmes 1.000 Catálogos 1.000 Camisas 1.000 Bolsas 300 Cartazes 10.000 folders 8 banners

10 placas Outdoor 30 placas de Busdoor 100 chamadas de Rádio 1 Site 1 Trailler Carro de Som


Os anos de 1950 foram de organização dos cineclubes como um movimento. Além da expansão pelas capitais, e mesmo por cidades menores. Surgem as primeiras iniciativas de organização. Em seguida, são criadas diversas federações estaduais – que irão culminar, em 1961, na criação do Conselho Nacional de Cineclubes - CNC. Em 1959 é realizada a Primeira Jornada dos Cineclubes Brasileiros – na sede da Cinemateca Brasileira, em São Paulo. A Jornada Nacional de Cineclubes, desde então, se propôs de acontecer anualmente, quando possível, sempre em diferentes cidades e regiões do País. Estes encontros aconteceram regularmente até 1989, com a 23ª Jornada, em Vitória-ES. Após 13 anos de desarticulação, ressurge com força no cenário cultural brasileiro o movimento cineclubista, em sua Jornada de Reorganização, em Brasília-DF. Em 2004, o Movimento Cineclubista Brasileiro retomou sua organização e definiu como meta a reorganização do CONSELHO NACIONAL DE CINECLUBES – CNC. Esta ação ocorreu na 25ª Jornada Nacional de Cineclubes ocorrida no mês de dezembro, na cidade de São Paulo. Na 26ª Jornada, ocorrida em julho de 2006, em Santa Maria-RS foi eleita uma nova diretoria, para o biênio 2006/2008, que se avançou no trabalho de organização jurídico-institucional da entidade e implementação de um programa para RECUPERAR O ESPAÇO CINECLUBISTA E CONSOLIDAR UMA REDE CINECLUBISTA NACIONAL. Durante todo este processo, tem sido marcante o apoio do Ministério da Cultura, através da Secretaria do Audiovisual, bem como dos realizadores brasileiros, individualmente e através de entidades representativas como a Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas – ABDeC; o Congresso Brasileiro de Cinema – CBC; e a Coalizão Brasileira pela Diversidade Cultural – CBDC.


Ao longo deste período, paralelo ao intenso trabalho de articulação e organização interna do movimento no país e da retomada de seu relacionamento com o Cinema Nacional, foram reatadas as conexões com o movimento cineclubista internacional através da retomada da participação do CNC na FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE CINECLUBES (FICC), onde o Brasil já teve assento, na década de 1980. O cineclubismo, hoje, é uma das ferramentas mais acessíveis para integrar o brasileiro à sua cultura, fazendo-o participe como espectador de si próprio e estimulando-o a mergulhar em suas raízes e imaginário. A ação cineclubista propõe o debate e a criação de novas formas de se ver e (re)criar sua imagem, suas estórias, gerando um fluxo entre comunicação, educação, entretenimento e um real ato de integração cidadã - permeada do complexo universo sócio-político-econômico, em que ele passa de ser espectador para se tornar um ator/agente. A 27ª Jornada, ocorrida em novembro de 2008 em Belo Horizonte-MG, reuniu cerca de 200 cineclubes de 23 estados brasileiros. Na 28ª Jornada, realizada em 2010, em Moreno-PE, com cerca de 300 cineclubes, se elegeu a atual diretoria do CNC e a Bahia foi escolhida para sediar a próxima Jornada, em dezembro de 2012. Assim, o presente projeto é a concretização de muitos anos de história do Movimento Cineclubista Brasileiro e a demonstração de como os planos traçados pelo Movimento estão se organizando e concretizando. Para a Jornada nas terras baianas, a União dos Cineclubes da Bahia - UCCB propôs o tema “NA BAÍA DE TODOS OS SANTOS O CINEMA É DO PÚBLICO”, onde serão realizadas diversas atividades entre os meses de fevereiro a abril de 2013. Com a união dos diversos cineclubes e parceiros, pretendemos realizar uma JORNADA NACIONAL DE CINECLUBES que irá se destacar nesta já rica história de mais de 50 anos da Jornada e de mais de 80 anos do Movimento Cineclubista Brasileiro. Com a união dos diversos cineclubes e parceiros, pretendemos realizar uma JORNADA NACIONAL DE CINECLUBES que irá se destacar nesta já rica história de mais de 50 anos da Jornada e de mais de 80 anos do Movimento Cineclubista Brasileiro.


PRÉ-PRODUÇÃO – 01 a 28 de fevereiro de 2013 - Contatos com os cineclubes brasileiros e com a Federação Internacional de Cineclubes – FICC; - Contatos com as entidades do audiovisual nacionais convidadas: ABD, CBC, CNC; - Articulação com os parceiros da comunidade local: Prefeituras, Sistema Ferry Boat e Lanchas, Rede de Hotéis, Pousadas, Restaurantes e Mercados Populares, Quilombolas, Patrimônios Histórico de Igrejas; Escolas e Manifestações Artísticas; - Contratação de pessoal; - Curadoria e produção BOX DA DIVERSIDADE, filmes e textos base dos materiais de divulgação e para subsidiar os eventos; - Criação e confecção das peças promocionais; - Organização da infra-estrutura logística (secretaria, auditórios, salas, equipamentos, hospedagem, alimentação, transporte); PRODUÇÃO – 01 a 31 de março de 2013 - Realização da MOSTRA CIRCUITO FLUTUANTE, dentro da programação do NOVEMBRO NEGRO NA BAHIA; - Organização das inscrições, on line, dos representantes dos cineclubes; - Confirmação das agendas dos convidados, com programação de data de chegada e partida dos vôos; - Confirmação da quantidade de ônibus e vôos de cada estado, financiado por cada representação regional cineclubista ou pelo Conselho Nacional de Cineclubes;


PROGRAMAÇÃO DA 29ª JORNADA NACIONAL DE CINECLUBES: - 1º Dia (27.0 3.2013) - Credenciamento com Distribuição dos BOX DA DIVERSIDADE, Assembléia de abertura, exibição de um filme cineclubista e show de um grupo de Samba Tradicional da Ilha; - 2º ao 3º Dia (28 e 29.03.2013) - Grupos de Trabalho no turno da manhã; Oficinas pelas tarde; Exibições de filmes e apresentações culturais às noites. - 4º Dia (30.03.2013): Assembléia Geral manhã e tarde. À noite, encerramento com a Posse da nova Diretoria do CNC, para o biênio 2013/2014;

PROGRAMAÇÃO MOSTRA DA DIVERSIDADE Nas tardes do 2º e 3º Dia da Jornada. Sessões de filmes em praças, largos, mercados, igrejas, pontos históricos das duas Ilhas Vera Cruz e Itaparica. Após as Exibições, rodas de prosas com troca de experiências entre os cineclubistas das diversas regiões do país, abertas ao público; - Realização de Oficinas sobre Curadoria; Espontaneidade – Rizomas e Redes, Distribuição de Filmes e Geopolítica das Relações Pluriétnicas na Tela; com a participação de jovens realizadores no audiovisual e cineastas independentes; - Mostra Interativa de Artes Integradas com manifestações artísticas da região e releituras contemporâneas: Encontros de Samba de Roda, infantil e adulto; - 6 Apresentações Artísticas: Rodas de Capoeira de Angola, Bumba boi Multicor, Samba Crioula e Samba de Roda, Desafios de Hip Hop, Encontro Percussivo de Dança; - Vivência Corpo, Imagem e Ritmo na busca da descolonização e sensibilização do olhar e do corpo para a diversidade pluriétnica. - VII Encontro Iberoamericano de Cineclubes, com Mostra das produções Internacionais, entre os dias 28 a 30 de março de 2013. PÓS-PRODUÇÃO - 01 a 30 de abril de 2013: - Edição e Finalização dos registros fotográficos e audiovisuais dos momentos na Jornada, Mostras e Oficinas; - Elaboração dos relatórios das deliberações da Assembléia do CNC; - Elaboração dos relatórios das deliberações da Reunião da FICC; - Clipagem de todo o material de imprensa veiculado nas mídias; - Prestação de contas do projeto.


O projeto da 29ª Jornada Nacional de Cineclubes está enquadrado em dois mecanismos de incentivos fiscais: - Lei Rouanet - Fazcultura Para captação dos recursos, buscando o patrocínio de forma integral ou em cotas, que podem ser divididas da seguinte forma, ou negociadas diretamente com a equipe de captação do projeto:

COTA LUIZ ORLANDO: Patrocínio exclusivo do projeto (R$ 854.702,64). Marca de PATROCÍNIO EXCLUSIVO, em todo o material de divulgação. Material Gráfico: 1.000 Catálogos, 300 Cartazes, 10.000 folders; Mídia de rádio: 100 chamadas de Rádio; Mídia Exterior: 8 banners, 10 placas Outdoor, 30 placas de Busdoor; Kit Jornada: 1.000 Kits de Filmes, 1.000 Catálogos, 1.000 Camisas, 1.000 Bolsas; Mídia Digital: 1 Site, 1 Trailler, 4 dias de Carro de Som. Entrega de 100 Kits Jornada para a empresa patrocinadora. Presidente da Federação Baiana de Cineclubes maior expressão baiana do cineclubismo, de 1974 a 2006. Disseminou o acesso ao cinema nas periferias e no interior da Bahia


COTA GUIDO ARAUJO: Patrocínio de 50% do valor do projeto (R$ 427.351,32). Marca de PATROCÍNIO EM DESTAQUE, em todo o material de divulgação: Material Gráfico; Mídia de Rádio; Mídia Exterior; Kits Jornada; e Mídia Digital. Entrega de 50 Kits Jornada para cada empresa patrocinadora.

Presidente do Clube de Cinema da Bahia - Primeiro Cineclube Baiano. Organizador da Jornada Internacional de Cinema da Bahia

COTA ANTONIO CLAUDINO DE JESUS: Patrocínio de 25% do valor do projeto (R$ 213.675,66). Marca de PATROCÍNIO nos seguintes materiais de divulgação: Material Gráfico; Mídia Exterior; e Mídia Digital. Entrega de 25 Kits Jornada para cada empresa patrocinadora.

Atual Presidente da Federação Internacional de Cineclubes - FICC. Presidente do CNC - Conselho Nacional de Cineclube, nas decadas de 80, 90, e de 2004 a 2010.

COTA FELIPE MACEDO: Patrocínio de 10% do valor do projeto (R$ 85.470,26). Marca de PATROCÍNIO nos seguintes materiais de divulgação: Material Gráfico; Mídia Exterior; e Site. Entrega de 10 Kits Jornada para cada empresa patrocinadora.

Presidente da Distribuidora Cineclubista - Dina Filmes - de Filmes de Película - 16 “Primeira Distribuidora Cineclubista. Diretor da Ficc.


Coordenador Geral – Jorge Conceição Diretor Geral – Gleciara Ramos Produtor Executivo – Tiago TAO Pesquisador – a definir Articulador Local (Produtor) – a definir Curadoria – composta por 5 membros – para seleção dos filmes – a definir Produtor Box da Diversidade – Daniela Santana Fernandes Assistentes de Produção Box da Diversidade (2) – a definir Produtor Circuito Flutuante – Luiz Sérgio Brito Assistentes de Produção Circuito Flutuante (4) – a definir Produtor Sessões ao Ar Livre - Valber Teixeira Assistentes de Produção Sessões ao ar livre (6) – a definir Produtor Apresentações Artísticas - Márcia Maria Assistentes de Produção Apresentações Artísticas (2) – a definir Produtor Jornada de Cineclubes - Adriana Almeida Assistentes de Produção Jornada de Cineclubes (6) – a definir Produtor VII Encontro Iberoamericano – Antônio Claudino de Jesus Assistentes de Produção VII Encontro Iberoamericano (2) – a definir Designer Gráfico Assessor de Imprensa Recepcionistas Bilíngües (5) Empresa de Administração Financeira Empresa Contábil Empresa de Controle de Presença da Plenária Empresa de Filmagem


União dos Cineclubes da Bahia Organização Responsável pelo projeto Gleciara Ramos – (71) 9164.3073 / uniaodecineclubesbahia@gmail.com UNIRAM – Associação União da Reconstrução Ancestral e Amorosa Organização Proponente do projeto Jorge Conceição – (71) 9931.9409 / uniram_multicor@hotmail.com

APOIO


JORNADA NACIONAL DE CINECLUBES - WEB BOOK  

A 29ª Jornada Nacional de Cineclubes, que este ano acontecerá na Bahia, será realizada entre os dias 06 e 09 de dezembro de 2012 e contará c...

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you