__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

ED.JAN/2021

NAIARA CECCON Conheça um projeto arrojado que aliou arte, moda e arquitetura

ARQUITETURA | DÉCOR | NOTÍCIAS | COLUNAS | DICAS


REVISTA BUSINESS - PORTAL GERSON LIMA | PROJETOS EM DESTAQUE

ÍNDICE

05

16

Nossa matéria da capa traz a Arquiteta Naiara Ceccon, apresentando um projeto arrojado, repleto de charme e bom gosto.

Versáteis, confortáveis e acolhedores a nova tendência no décor deu o tom neste projeto da querida dupla, o Designer de Interiores Daniel Casagrande e o Arquiteto Luiz Maganhoto

28

A Arquiteta Ediane Tramujas, usa tons neutros para criar uma atmosfera atemporal, reformando uma sala de estar numa casa em Santa Felicidade.

36

Linhas retas e cores claras, conheça o sofisticado projeto arquitetônico da Arquiteta Cassiana Galente

40

54

A Arquiteta Melissa Silveira mostra como transformou uma simples cozinha e lavanderia, num espaço gourmet, confortável e funcional

Uma reforma geral num apartamento pensado com carinho, para uma família aproveitar momentos e constuir novas memórias

64

A Arquiteta Rafaella Busatto apresenta seu projeto onde usou tons neutros, linhas retas e evidenciando um estilo minimalista.

79

Vida simples e moderna através de um único espaço agradável e aconchegante e otimizado, este é o projeto de um Studio, das arquitetas Fernanda Floriani e Fernanda Horie

72

As Arquitetas Olga Bergamini e Karin Neitzke evidenciam um projeto rico em cores, com estilo luxuoso e sofisticado.

Colunas 84 Inteligência Emocional 86 Design em Foco 88 Arquitetando 91 Minuto Jurídico 94 Paisagismo 97 Tendências GERSONLIMA.COM.BR


Arquiteta e urbanista, Naiara Ceccon é graduada pela PUC-PR e pela UNIFE (Ferrara, Itália), além de mestre em Gestão Urbana. Atuou como professora universitária pela Unicuritiba e desde 2006 exerce a arquitetura nos próprios escritórios em Guarapuava e Curitiba. É responsável por projetos comerciais e empresariais de edifícios e casas, além de interiores corporativos e residenciais. Fotos pessoais: Almir Soares Jr


O conceito para elaboração do projeto de interiores deste apartamento partiu da união entre arte, moda e arquitetura, aliado ao perfil dos proprietários que fazem parte deste universo. Fotos dos ambientes: Marcelo Stammer


A arquitetura na Escola Bauhaus ĂŠ o resultado da uniĂŁo entre arte, design de produto palicado ao estudo das cores e formas, por isto o quadro foi impresso no veludo e a arte foi desenvolvida pela artista Raquel Lima, exclusivamente para este local, e remonta Ă estamparia utilizada na moda.


" Quando fui chamada para este projeto, foi realmente desafiador, pois ao entrar no apartamento a arquiteta Naiara Ceccon me disse que precisava de algo especial, uma tela gigante, porém que não seria usada na parede e sim no teto... Criar um quadro com mais de nove metros, sendo seis deles suspensos e tendo continuidade da imagem na porta, me fez imaginar diversos abstratos, o que poderia levar a uma infinidade de opções, mas como os clientes e a arquiteta estavam bem alinhados sobre o efeito desejado, fomos eliminando cores e definindo as formas monocromáticas que deveriam trazer conforto visual. Rapidamente chegamos ao consenso de uma sobreposição sofisticada que aliada ao veludo impermeável, deram o tom para este efeito elegante e exclusivo". Raquel Lima - Artista Visual

Simulação de como a arte poderia ficar


Para caracterizar o estilo modernista que requer paredes mais limpas (sem adornos) , a arte foi suspensa por cabos de aço, sem o uso de gesso no teto e se destaca como uma pista de passarela que se prolonga à uma grande porta pivotante que dá a continuidade da mesma imagem. Os elementos suspensos no teto têm por objetivo manter a continuidade visual, sem a obstrução do olhar e ampliando os ambientes mantendo-os esteticamente integrados. A paredes internas deste apartamento foram realocadas de maneira que ao ingressar nele, o morador possa visualmente enxergar todos os cômodos desde a entrada até a ultima parede onde se situa um espelho que tem por objetivo passar a sensação “de infinito”. Por fim, o projeto de interiores tomou a amplitude, que é a ferramenta base do modernismo e partiu da arte suspensa situada neste eixo principal resultando em um apartamento com identidade e bastante personalizado.

Rua Dr. Roberto Barrozo 202 - Centro Cívico - Curitiba/PR +55 41 | 98856 8600 Instagram: @naiaraceccon-arq


DANIEL

CASAGRANDE Designer de Interiores

LUIZ

MAGANHOTO Arquiteto


O escritório Maganhoto & Casagrande Arquitetura, tem experiência de 33 anos do escritório no mercado brasileiro e internacional, com uma infinidade de projetos comerciais, residenciais, institucionais e na área da saúde realizados com sucesso. Luiz Maganhoto (dir.) é curitibano, formado em Arquitetura pela PUCPR, com pós-graduação em paisagismo, Maganhoto atua desde 1987 no mercado brasileiro. Daniel Casagrande (esq.) é paulistano, bacharel em Relações Internacionais e com especialização técnica em Design de Interiores, Casagrande sempre atuou no mundo de decoração. Estamos localizados na Rua Doutor Ney Leprevost, 72 Curitiba, Paraná.


No projeto de interiores deste apartamento de cobertura duplex com 300m² no bairro Água Verde, Curitiba, desenhado para um casal com filhos adolescentes, a vontade de aumentar a convivência dentro de casa norteou todo o conceito. O projeto priorizou a utilização de todos os espaços do apartamento. Para tanto, duas das três varandas foram fechadas e integradas ao apartamento. Uma se transformou em espaço gourmet com churrasqueira e a outra, no andar superior, virou home office com cantinho de leitura e mesas de estudo. O andar inferior abriga a área social do apartamento: sala de estar, jantar, varanda gourmet, home theater, cozinha e uma pequena adega. No andar superior, a área íntima prevalece, abrigando três suítes e uma pequena sala de TV com proposta cromática acolhedora. Todos os materiais no piso, marcenaria, mobiliário e projeto de iluminação foram focados no conforto: “Queríamos dar essa sensação de aconchego, de ninho, com atmosfera de hotel, para que eles curtam ainda mais ficar em casa”, afirmam os profissionais. A iluminação foi um dos elementos principais do projeto para enfatizar o aconchego. Somado ao projeto de automação integral do apartamento, que foi um pedido especial do cliente, aficionado por tecnologia. “Após acontecer a pandemia, as pessoas estão precisaram ficar mais em casa e convivendo por um período maior em família. Elas necessitam de ambientes versáteis, confortáveis e acolhedores. Sentimos isso nesses clientes e é sensacional desenhar o espaço diário para essa atmosfera familiar.” – Luiz Maganhoto & Daniel Casagrande | Fotos do projeto: Nenad Radovanovic

MAGANHOTO & CASAGRANDE ARQUITETURA R. Dr. Ney Leprevost, 72 | Curitiba-PR +55.41. 3335-2918 | +55.41. 98700-4547 @arq.maganhotoecasagrande


Quadros delicados e exclusivos @raquellimaartistavisual


EDIANE ARQUITETA TRAMUJAS


Arquiteta e Urbanista formada pela PUC/PR, pós graduada em Design de Interiores e Iluminação pela UP. Com escritório próprio desde de 2016 e atendimento personalizado, atua em projetos arquitetônicos e de interiores residencial e corporativo, alinhando sempre estilo, funcionalidade e qualidade. EDIANE TRAMUJAS ARQUITETURA Rua Padre Anchieta, 2540 sala 1613 Curitiba/PR Fone: 41 | 99953 2843 ediane@edianetramujas.com.brinsta @edianearquitetura Fotos de ambientes: Bia Nauiack Foto pessoal: Camila Gama


Este projeto trata-se de uma reforma executada na sala de estar de uma Residência em Santa Felicidade. A família de 4 pessoas buscava mais conforto e funcionalidade para o ambiente. A lareira que já existia no lugar foi revestida de mármore Branco Paraná, aproveitamos esse revestimento, e criamos um sóculo até o final da parede, unificando assim lareira, espelho, móvel da tv e prateleiras. Os mobiliários com tons neutros criam uma atmosfera atemporal e ao mesmo tempo aconchegante. A poltrona Charles Eames é o toque de design do espaço, e o quadro pintado pela artista Raquel Lima completa a composição.


Escritório Cassiana Galante arquitetura, há 20 anos trabalhando com realizações de sonhos com muito amor e comprometimento!!!


Projeto arquitetônico residencial Neste projeto a Volumetria é assimétrica mas se completa, linhas retas, cores claras com esquadrias pretas casaram super bem !!! E o destaque são para o tamanho das esquadrias, na fachada posterior chegarão a mais de 6m de altura, quando abrirmos a porta da entrada principal, conseguiremos enxergar a piscina que está no fim do terreno, sem parede alguma ... pois estas portas de vidro estarão embutidas na alvenaria deixando todo o vão livre !!!! R. Francisco Rocha, 908 - Batel, Curitiba - PR 41 | 3078-3744


SALETE SALETE BORBA BORBA

SABRINA SABRINA ARQUITETA PACIORNIK PACIORNIK

DECORADORA


Sabrina Paciornik e Salete Borba compõem uma parceria de longa data. Cada profissional já atuava na área de arquitetura e interiores no marcado curitibano e uniram forças em 2011. Não pararam até hj. Parceria de sucesso esculpida com muito respeito, admiração e cumplicidade. Atuam na área de arquitetura e interiores com projetos e execuções de obras comerciais e residenciais. Escritório Av. Sete de Setembro, 5426 sl 1602 - Batel Curitiba/PR sabrina@sabrinapaciornik.com.br salete@saleteborba.com.br


APARTAMENTO COM APROXIMADAMENTE 550M2, NO BAIRRO AHÚ, EM CURITIBA / PR. Desenvolvido para uma família jovem casal e 3 filhas lindas e muito educadas, com 3, 5 e 9 anos. Foi uma reforma de um apartamento antigo e bem espaçoso, porém com muito potencial para transformarmos em ambientes muito mais funcionais e confortáveis. A cozinha era pequena e havia uma churrasqueira que não era usada, porque ficava no canto da sala de jantar. Na disposição de um novo layout conseguimos deixar a cozinha compatível com a estrutura do apartamento. Ficou integrada à sala de jantar, porém com opção isolarmos com portas de correr de espelho. A churrasqueira foi transformada em um home office para o casal, o que acabou sendo muito providencial nesse último ano de pandemia. A sacada foi utilizada como um pequeno refúgio para as crianças brincarem. Nos quartos das pequenas foram utilizados toque de cores. Colocamos uma boa quantIdade de armários para cada uma delas. Uma bancada de estudos bem organizada, com gavetas discretas, nicho com porta para guardar material escolar e um quadro de vidro branco para recados e estudo. Ainda colocamos 2 futons sob cada cama, os quais viram colchões para receber as amiguinhas para uma deliciosa festa do pijama. No geral foi utilizado a base em MDF branco acetinado e Laca colorida nos detalhes. Na sala optamos por um ambiente mais amplo onde a família se reune diariamente para compartilhar momentos de descontração. Tons neutros de Fendi combinados com tons de MDF amadeirado trazem aconchego para este ambiente. Créditos fotos: Rodrigo Ramirez


MELISSA MARTINS SILVEIRA Formada em Arquitetura e Urbanismo pela PUCPR, e com pós-graduação em Interiores e Lighting Design pela Universidade Positivo, a arquiteta Melissa Martins Silveira atua como autônoma desde 2009 e está à frente de seu escritório MMS Arquitetura e Interiores, em Curitiba. A profissional trabalha na elaboração e supervisão de projetos arquitetônicos e de interiores, com foco nos segmentos comerciais e residenciais. Também assina criações exclusivas e com identidade, elaboradas de acordo com a necessidade de cada morador ou empresa, unindo funcionalidade e estética. Foto Pessoal: Raquel Lima Foto de Ambientes: Divulgação


Depois


Antes


Depois


Antes


Depois


Antes


Transformar uma área que era pouco utilizada em um novo espaço de convivência, foi muito gratificante. O ambiente ficou mais bonito e confortável, perfeito para churrascos, happy hour ou pequenas comemorações que a família agora, vai poder desfrutar sempre que desejar. " Otimizamos a parte de trás da casa que estava longe do seu real potencial, havia a churrasqueira, mas estava em desuso em meio aos varais. A casinha do gás ocupava um espaço precioso, a cobertura já estava desgastada, resumindo "a reforma modificando e melhorando a eficiência deste espaço era realmente necessária". (Melissa Silveira) A arquiteta reformulou a lavanderia e a cobriu com painéis vazados de marcenaria, escondendo também os tijolinhos de vidro que não mais combinavam com o novo ambiente. A "casinha" do gás foi passada para frente da residência, facilitando a entrega do gás e liberando mais espaço, os revestimentos foram todos trocados (Portobelloshop) e a nova cobertura retrátil é agora com estruturas metálicas e vidro. A nova cozinha além da churrasqueira e pia ganhou também cooktop e geladeira, e a parte da mesa principal esta acoplada ao painel de tv. O novo projeto luminotécnico deu o troque final desse lindo projeto.


ARQUITETA

RAFAELLA BUSATTO


Formada em 2007 em Arquitetura e Urbanismo pela PUC-PR e pós graduada em Design de Interiores pela Universidade Positivo em 2009, Rafaella é especializada em projetos na área de arquitetura, área de interiores residencial e comercial e reformas, além do acompanhamento de projetos e consultorias. Em 2006 teve a oportunidade de estudar na Università di Ferrara, em Ferrara, na Itália, onde pode expandir seus conhecimentos na área da Arquitetura. Prezando sempre por um atendimento personalizado, tem com o objetivo de traduzir os anseios e expectativas de cada em cliente em traços. Sua missão é realizar o sonhos de seus clientes.


Projeto C&M " Nessa residência optamos, a pedido dos clientes, por tons neutros, linhas retas e estilo mais minimalista. Para dar uma unidade aos ambientes do pavimento terreo, escolhemos uma paleta de cores neutra , somente com os detalhes em verde para destacar o mobiliário solto. Prolongamos o painel da tv em espelho bronze além do limite da parede, para, além de ampliar o painel, criar um "hall" para o lavabo e tambem servir de chapeleira para bolsas e casacos. A cozinha com marcenaria clean recebeu o tampo em branco parana trazendo leveza e sofisticação ao ambiente integrado." Fotos ambientes: Nenad Radovanovic

RAFAELLA BUSATTO Arquiteta e Urbanista Eng. de Segurança do Trabalho 41 | 98801-7791 41 | 3335 5351


O sucesso do seu negรณcio comeรงa aqui!


Atuando no ramo de Arquitetura desde 1987, a Arquiteta Olga Bergamini, desenvolveu algumas parcerias ao longo dos anos e, a partir de 2008 associou-se com a Arquiteta Karin Neitzke, com quem trabalha até hoje. O escritório tem forte atuação em Arquitetura de Interiores, consultoria de interiores e Arquitetura residencial, Interiores Corporativo e Comercial. Desenvolve projetos para várias regiões do país além do Paraná, como Mato Grosso, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, Goiás e Miami.


Projeto criado para um casal Jovem, com um filho adolescente que tem uma vida social bastante ativa. Tem por hábito receber muitos amigos e convidados para confraternização em casa. Um projeto que visa o acolhimento, e isso pode ser feito em vários cenários, seja degustando um bom vinho, em um estar mais reservado ao som de um piano, esse projeto proporciona momentos de relax e compartilhmento. Projeto rico em cores, texturas e materiais que proporcionam um estilo luxuoso e sofisticado. Créditos foto ambiente: Deia Fylyk Créditos foto profissional: Samuel Berguer


Fernanda Floriani e Fernanda Horie são Arquitetas e Urbanistas formadas pela PUCPR, pós-graduadas em Construções Sustentáveis pela UTFPR. Floriani também é mestranda em Gestão Urbana pela PUCPR. Em 2017, H&F ARQUITETURA nasceu de uma parceria de sucesso, com a missão de gerar espaços de valor e promover projetos de arquitetura e interiores marcados por traços modernos e atemporais. Prezando sempre pela exclusividade e qualidade, proporcionando experiências e realizando sonhos. Crédito das fotos/imagens: Mariana Maciel


STUDIO GB A sociedade está em constante mudança, a vida é mais prática e o apartamento studio está cada vez mais evidente, assumindo um estilo de vida. O studio do rapaz, segue estilo minimalista com traços de uma arquitetura industrial e características práticas, funcionais e independentes. A escolha da paleta neutra composta por branco e cinza foi de grande relevância para conferir mais amplitude ao espaço compacto. Em contraposição, a cozinha ganha destaque com a cor preta com suas diferentes texturas, ela funciona como uma caixa em meio aos tons claro e demarca a divisão entre os ambientes. Práticos e funcionais, os móveis planejados foram essenciais para manter os ambientes integrados compactos organizados, acomodando todos os pertences em seus devidos lugares. Além disso os traços retos e cleans trazem maior conforto visual e harmonia. Para definir o fluxo do layout, o ponto de partida foi a mesa de estudos, de acordo com a necessidade principal do jovem, dessa forma ele pode apreciar a linda vista verde através da porta-janela em vidro enquanto foca nos seus estudos. Além do mais a mesa impactou em uma sutil privacidade para a cama, que por sua vez é mais baixa evidenciando ainda mais essa qualidade. Dessa forma, o resultado foi proporcionar uma vida simples e moderna através de um único espaço agradável e aconchegante, com sua máxima otimização.


INTELIGENCIA EMOCIONAL

O ANO DE 2021

MICHELE FARHAT

É PARA QUEM ESTÁ PRONTO

MASTER COACH 41 | 99677-8419

Adeus Ano Velho, Feliz Ano Novo...Adeus Pandemia, Feliz Novo Normal... E a pergunta é: O quanto você está preparado para ser o autor principal da sua história, num tempo de tantos desafios, fatores desconhecidos, perdas, dúvidas, medos, conflitos...? Consegue identificar quem é você hoje? Qual seu estado atual? Sabe refletir a respeito de quem quer se tornar e/ou onde quer chegar? Mais do que nunca, precisamos olhar para nossas emoções, afinal elas são as engrenagens das nossas ações, dominam nossas decisões , precedindo as ações e determinando nossos resultados. Mais do que nunca é necessário conhecer a Inteligência Emocional! É certo que muito tem-se falado a respeito, mas o quanto, verdadeiramente, se conhece e se aplica na vida da pessoa que hoje experencia essa nova realidade?


Há tempos desenvolve-se um modelo extremamente racional de estudos e aprendizados..., dentro da escola e também , fora dela. Padrões familiares, aprendidos na infância, que se repetem até hoje, onde há um modelo ‘robótico’, cartesiano de desenvolvimento, no qual não fazem parte as emoções, a verdadeira identidade e capacidade do individuo. Padrão social e moral que conhecemos e se aplicam até hoje, mesmo não sendo mais compatível com os tempos atuais. Desenvolver Inteligência Emocional faz com que passemos a gerenciar nossas emoções, de forma a torná-las congruentes ao que almejamos racionalmente. Sabemos que 95% das experiências vividas estão ligadas ao subconciente, e somente 5% ao consciente. A grosso modo e generalizando, somos 5% a nossa razão e 95% nossas emoções. Saber identificar, gerenciar e dominar nossas emoções promove um amadurecimento crescente na maneira de viver e se relacionar. Permite maior acertividade nas ações , equilíbrio nas decisões e maior alcance positivo nos resultados, em todas as áreas das nossas vidas! Convido vc a me acompanhar nessa jornada de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal com Inteligência Emocional, de forma a construir uma vida plena e sistêmica, contemplando todas as suas áreas abundantemente nesse ano que , poderá tornar-se o melhor ano da sua vida ate então.

Por MICHELE FARHAT Master Coach Integral Sistemico 41 | 99677-8419


DESIGN EM FOCO

DECORAÇÃO E ILUMINAÇÃO Como deixar o ambiente, Confortável e Aconchegante

ALESSANDRA RAMOS DESIGNER DE INTERIORES 41 | 99996 2950

Design de Interiores e Arquitetura Tudo foi muito bem pensado e trabalhado com muitos critérios, buscando cuidar de cada detalhe para trazer um diferencial para o projeto. Buscamos fazer algo para encantar e surpreender o cliente. Nesse caso a EIluminacao foi responsável por destacar e valorizar o ambiente. A decoração ficou harmoniosa e a ergonomia sabemos que é essencial para o conforto e a comodidade. A iluminação destaca ainda mais o ambiente, vale o investimento! Através da arquitetura e design conseguimos trabalhar com a iluminação esteticamente agradável, contemporânea e eficiente. Esse trabalho nos fez trabalhar em cima de um projeto luminotécnico que além da luz e do design criativo é necessario que atenda tambem as necessidades especificas e satisfatórias para o ambiente de trabalho. Nesse ambiente Coorporativo foi utilizado painéis com iluminação de led nas laterais e iluminação especifica para melhorar a produtividade, deixando o ambiente confortável e aconchegante.


Arquiteto Renato Sabadin e a Design de Interiores Alessandra Ramos

41 | 99996 2950


ARQUITETANDO

VAMOS FALAR DE MÓVEIS RÚSTICOS? RENATO SABADIN ARQUITETO 41 | 99840-5390

Ideal para quem quer um ambiente com exclusividade e resistência nos móveis e também para quem gosta de se sentir mais perto da natureza. Esses móveis estão cada vez mais presentes em residências urbanas e até mesmo no comércio, e não mais em casas de campo e praia como era antes. Os móveis rústicos são feitos em madeira maciça e a principal característica é a evidência de veios, nós e detalhes naturais que a madeira bruta apresenta e são exatamente esses detalhes únicos que tornam esses móveis exclusivos, pois a madeira é um material vivo e apresenta características próprias. Atualmente a grande maioria desses móveis são feitos com madeira maciça sustentável, o que não agride o meio ambiente além de garantir uma maior durabilidade, se comparado a móveis feitos com madeira compensada, por exemplo. É bem comum encontrar móveis com estilo rústico que levam fibra natural trançada na sua composição, pricipalmente em cadeiras e banquetas. Os acabamentos artesanais agregam ainda mais naturalidade aos móveis. Esses móveis, muitas vezes passam de geração para geração, por serem mais duráveis, e cada vez mais ganham destaque em ambientes modernos.


Podem ser usados em qualquer ambiente da casa, inclusive na sala de estar, os móveis rústicos na sala nos da a sensação de calmaria e proximidade da natureza, é por isso que eles fazem tanto sucesso nesse ambiente. Se esse é o estilo de ambiente que você esta procurando para a sala, o ideal é investir em um lindo sofá rústico, que pode ter braços de madeira, o que o torna convidativo e charmoso, ou então, ele ser todo revestido em um tecido rústico. Móveis complementares para a sala de estar, como o rack, a mesinha de centro, mesinha lateral, painel e estante, também podem ser feitos em madeira e ter partes em vidro ou espelho, esses detalhes ajudam a tirar um pouco do peso da madeira, e tornam o ambiente mais leve. Uma iluminação mais íntima também torna a sala mais aconchegante, além de algumas plantas para deixar ainda mais próximo da natureza o ambiente. Pode ser aproveitado o espaço de uma mesa lateral ou de centro para incluir alguma plantinha, por exemplo. Caso prefira e tenha espaço você também pode investir em arranjos maiores nos nos espaços vazio do ambiente. Em todos os ambientes da casa, você pode incluir plantas e flores, de preferencia naturais e de forma descontraída sobre os móveis rústicos para destacar ainda mais o clima da casa de campo que você deseja. A natureza presente, o frescor e a tranquilidade completam a casa de uma forma muito agradável.


RENATO SABADIN ARQUITETO 41 | 99840-5390


MINUTO JURÍDICO

DIVÓRCIO:

REGIMES DE BENS E FRAUDES À PARTILHA DR. FRANCISCO CUNHA ADVOGADO

41 | 3085 - 5385

Um tema peculiar dado o aumento de divórcios durante esse período de isolamento social. Vamos falar sobre como os diferentes regimes de bens afetam a partilha e uma situação particular que, infelizmente, ainda ocorre muito: a fraude à partilha. Regime de bens disciplina, basicamente, as relações econômicas entre os cônjuges durante o casamento, ou entre os companheiros nos casos de união estável. A escolha de qual regime o casal irá ter se dá no chamado pacto antenupcial. Se este não for concretizado, considerado nulo ou ineficaz, a lei estabelece que o regime a ser adotado será o da comunhão parcial de bens.


A capacidade exigida para celebração de tal pacto é a mesma da de se casar, portanto, menores precisam da assistência dos pais para ajustar o pacto. Entre os regimes disponíveis pelo Código Civil, três são mais comuns. (1) O regime de comunhão parcial (ou legal) de bens é aquele padrão, por assim dizer. Ou seja, a lei estabelece que quando o casal não se pronuncia sobre escolha de regime, o relacionamento será regido pelas disposições acerca da comunhão parcial. O regime estabelece que os bens adquiridos antes da celebração do casamento não serão considerados bens comuns entre os cônjuges. Sendo assim, ele institui a separação dos bens passados (que o cônjuge possuía antes do casamento) e comunhão quanto aos bens futuros (que virão a ser adquiridos durante o casamento). Os bens incomunicáveis não são apenas os adquiridos antes da celebração do casamento, vale lembrar, mas também todo bem adquirido a título gratuito (por doação ou sucessão) e os sub-rogados em seu lugar, isto é, os bens contraídos por meio dos recebidos a título gratuito. Sintetizando de maneira prática: todo bem adquirido durante o matrimônio ou união estável que não tenha vindo de herança ou doação deve ser partilhado num eventual divórcio. (2) O da comunhão universal de bens, muito comum antigamente, consiste, como o próprio nome já diz, na comunhão, ou seja, a divisão universal dos bens. Portanto, neste regime, resta instituído que todos os bens do casal irão se comunicar após a celebração do casamento, independentemente de serem atuais ou futuros e mesmo que adquiridos em nome de um único cônjuge. Somente não se comunicarão os bens expressamente excluídos pela lei ou por convenção das partes no pacto antenupcial. Então, num eventual divórcio, via de regra, todos os bens são divididos.


3) Já na separação de bens, seja obrigatória seja estipulada pelas partes permite que cada cônjuge continue proprietário exclusivo de seus próprios bens, assim como mantém-se na integral administração deles. Não há bens comuns pelo regime. Pode ser estipulado num pacto antenupcial, como todos os outros, no entanto, em alguns casos, a lei obriga que os nubentes adotem a separação total de bens. São os casos de casamento em que houver pessoa maior de setenta anos ou pessoa que dependa suprimento judicial para se casar. Quanto a fraude à partilha temos certo que casal recém-formado, seja pelo casamento, seja pela união estável, busca evolução patrimonial. Todavia, quando a mágoa e o ressentimento próximos a uma separação surgem entre os cônjuges e companheiros desperta a vontade de prejudicar o outro (e consequentemente se beneficiar) no bolso. Isso é a fraude, um fato social que existe desde os tempos mais remotos. Trata-se da prática de um subterfúgio para alcançar um fim ilícito. E, nas relações familiares, sempre que apenas um dos cônjuges contribui para o orçamento familiar, enquanto o outro cuida dos afazeres domésticos, a incidência da fraude patrimonial é ainda maior. Pode dar-se por meio de certos instrumentos. Como exemplo de fraude, podemos citar a hipótese, muito comum, de um empresário casado, bem sucedido nos negócios, mas cujo casamento ou união estável está em vias de terminar. Para prejudicar a mulher, o empresário, antes de se separar, omite e manipula transações empresariais nos livros contábeis, dissipa os bens do casal, ora transferindo para a pessoa jurídica que administra, ora para "laranjas", que firmam contratos simulados com o marido, apenas para dar uma impressão de verdadeiro a um negócio fantasioso. Ainda, é possível que transfira a própria empresa para uma terceira pessoa, passando a ser um empregado registrado, apenas para não transferir as quotas da empresa à sua esposa. Havendo indícios de fraude deve-se procurar um advogado para que, por meio de ação judicial, assegure ao lesado o patrimônio eventualmente ocultado.


PAISAGISMO

PLANTAS FÁCEIS DE CUIDAR NESTES TEMPOS DE HOMEOFFICE

CLAUDIA CANALES DESIGNER DE EXTERIORES PAISAGISTA

E o ano de 2021 começou. Estamos em janeiro e muita coisa mudou em nossas vidas neste ano que passou. Experimentamos novos hábitos, mudamos a forma de pensar, agir e graças ao nosso poder de resiliência nos adaptamos e amadurecemos. Nesta nova ótica, as plantas tomaram um lugar e uma importância cada vez maiores na vida das pessoas. Muitos começaram com uma pequena plantinha e hoje tem uma mini floresta em casa. As hortas, terrários, vasos, pequenos ou grandes jardins, estão cada vez mais presentes nas casas. De uma hora para outra as pessoas “descobriram” as plantas!! E como gostamos de estar sempre ajudando as pessoas a cuidarem de suas plantinhas, aqui vai uma listinha bem singela de plantas fáceis de cuidar e para ninguém mais errar na hora de comprar uma planta ou pegar uma mudinha de um amigo. Primeiro, vão alguns conceitos básicos: 1. Existe planta que gosta de sol e planta que não gosta – Tem planta que pode pegar o sol do meio dia são as “Plantas de exterior”, mas as que chamamos de “Plantas de interior” preferem uma luminosidade indireta. 2. Poucas plantas aguentam o escuro. Lugares como lavabos sem janela, em baixo de escadas, garagens ou ambientes que ficam muito tempo com as persianas fechadas não são bons para plantas. 3. Planta gosta de água – umas mais outras menos, mas todas precisam ser irrigadas. 4. Planta é um SER VIVO e não um objeto descartável – parece óbvio mas nem sempre as plantas são tratadas com respeito.


Nossa listinha das “mais, mais” fáceis de cuidar:

SAMAMBAIS – A maioria não pode pegar sol forte mas gosta do sol da manhã( até as 9 horas) e ambientes bem claros. Ama água!

SUCULENTAS – Para a alegria de todos, são centenas de espécies disponíveis e dá para fazer uma coleção muito legal. A grande maioria precisa, eu disse PRECISA, de sol direto. Então sol da tarde nelas! Gosta de ser regada, porém você pode dar um espaçamento de 15 dias entre uma rega e outra.

MARANTAS – Lindas e temos muitas espécies para escolher. Também não gostam de sol direto, aquele mais quente. E hoje na minha aula de botânica aprendi que esta planta é tão sábia que vira as folhas para não acumular água e orvalho à noite.

LÍRIOS DA PAZ- Gostam de muita claridade e não gostam do sol entre 10 e 16 horas. Lindos com suas folhas brancas e outras de um verde intenso brilhante.


ESPADAS DE SÃO JORGE – Não poderiam faltar na nossa lista. Planta super resistente. Pode até pegar sol, meia sombra, plantada na terra ou colocada na água. Quer moleza maior que esta planta?

ZAMIOCULCA – Talvez a planta que eu conheça mais maleável. Pode ficar em ambientes mais escuros, por favor, não é um breu, mas em um local longe da janela e pode até molhar pouco. Esta planta vai resistir àquela viagem de uma semana sem ninguém em casa para regar.

GIBÓIAS – Nome popular de uma porção de filodendros lindos que vão se enroscando em um tutor ou podem ficar pendentes. Gostam de claridade e água e ainda de quebra purificam o ar.

CLAUDIA CANALES DESIGNER DE EXTERIORES PAISAGISTA 41 | 98852-7357


TENDÊNCIAS

PREMISSAS PARA UMA CLÍNICA FUNCIONAL PATRICIA ZAT

ARQUITETURA E PLANEJAMENTO

41 | 99133 2710 Quando nos deparamos com um novo projeto de clinica ou consultório, primeiro buscamos entender todas as atividades que seão desenvolvidas neste ambiente, e confrortar com todas as normas e Rdcs pertinentes. Após esta primeira análise trabalhamos o briefing que é o programa de necessidades e “ desejos” para o espaço. Nesta fase é que entenderemos as necessidades de cada especialidade a ser desenvolvida no ambiente e buscamso uma linguagem a desenvolver, esta linguagem deve estar em conformidade com o perfil do profisisonal pois é a identidade do espaço. NORMAS DE ACESSIBILDIADE, hoje todos os ambientes COMERCIAS devem ser acessíveis, imagina uma clinica de ortopedia sem possibilidade do cadeirante entrar, a acessibilidade deve ser pensada desde o acesso do paciente a clinica, e deve englobar pcds, mães com carrinhos de bebe e idosos. FUNCIONALIDADE DOS ESPAÇOS, Nos ambietnes voltados a saude a funcionalidade deve estar em primeiro lugar, devemos estudar o fluxo de usuários, o fluxo do corpo clínico, entrada de medicamentos, saida de lixo ou expurgo, enfim todo esse fluxo deve ser bem programado para que não haja contaminação, dos ambientes ou mesmo pacientes. DIMENSIONAMENTO DOS ESPAÇOS, É um item extremamente importante, pois dcada especialidade requer equipamentos especificos que devem ter seu espaço dimensionado; por exemplo um equipamento de raio x deve estar localizado de forma correta no espaçco e ainda deve ter as paredes baritadas ou blindadas, uma sala de ressoancia deve ter o equipamento na posição correta para a utilização; deste modo quando somos chamados a aetnder uma especialidade que não temos conehcimento fazemos uma imersão no dia a dia do colaborador e buscamos entender seu dia a dia e o uso do equipamento que este opera.


CONFORTO TERMOACUSTICO Todos os ambientes médico hospitalares devem proporcionar conforto ao usuário, muitos equipamentos emitem ruidos e devemos nos ater a esse fato para atenuar esse ruido e diminuir odesconforto do usuário sendo este profisisonal ou paciente, a temperatura do espaçco também deve ser controlado, já que muitos espaços armazenam medicamentos ou são utilizados para terapias. ILUMINAÇÃO A correta iluminação dos ambientes de trabalho é uma regra a ser seguida nas clinicas e consultórios, muitas atividades de precisão requerem uma iluminação direta e eficiente, devemos especificar corretamente também a temperatura da cor, para não criar um ambiente em que a permanencia seja cansativa. ERGONOMIA A ergonomia dos mobiliários influencia diretamente o conforto do usuário, e devemos nos ater ao fato de que muitos usuários dos espaços citados possuem enfermidades, dores etc, então temos o dever de pensar na poltrona da sala de espera, na maca, nas dimensões do vestiário, a fim de proporcionar um ambiente humano e confortável. HUMANIZAÇÃO DOS AMBIENTES MÉDICO HOSPITALARES Existe uma linha de conduta ou pensamento na área da arquitetura que desenvolve espaços físicos mais humanos; idealizar o ambiente dentro desse conceito prevê acrescentar mais luz natural a estes ambientes- é cientificamente comprovado que a luz solar causa melhoria no estado físico e emocional de pacientes. É comprovado também que a falta de luz diminui a vitamina D essencial ao ser humano. Além da luz natural a vegetação também possui papel primordial na saúde do ser humano e podemos tirar partido acrescentando espécies vegetais que melhorem o ar dos ambientes internos, e proporcionar bem estar. Cores tem um papel importante na nossa área, A sensação térmica provocada pela cor pode ser utilizada para melhorar as condições higrotérmicas de um ambiente. Para um ambiente seco, cores de conotação úmida – como as verdes mais escuras – são recomendadas, enquanto uma atmosfera úmida será menos desagradável com cores ditas secas – como o vermelho e o alaranjado. As pessoas com problemas respiratórios sentem-se mais à vontade em quartos azuis, pois essa cor dá a sensação de maior volume de ar.


PATRICIA ZAT

ARQUITETURA E PLANEJAMENTO

41 | 99133 2710


Presente sรณ nos melhores eventos!

Profile for Raquel Lima

REVISTA BUSINESS | PORTAL GERSON LIMA - ED. 22 - JAN2021  

Começamos o ano com over de projetos em nossa Revista Business, 9 projetos lindos para te inspirar e quem sabe, você não começa aquela const...

REVISTA BUSINESS | PORTAL GERSON LIMA - ED. 22 - JAN2021  

Começamos o ano com over de projetos em nossa Revista Business, 9 projetos lindos para te inspirar e quem sabe, você não começa aquela const...

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded