REVISTA BUSINESS - PORTAL GERSON LIMA - ED 40 - AGOSTO/2022

Page 1

ED.40 AGO/2022

Apresentamos

ARQUITETURA & DÉCOR | EVENTOS | NOTÍCIAS | COLUNAS


Foto: Nenad Radovanovic


41 | 3016 - 5795 RUA DES. COSTA CARVALHO, 300 BATEL - CURITIBA/PR

Projeto CASACOR 2022 PARCERIA @TATIBUENODECORA E @BENDERRAFAELA


ÍNDICE

REVISTA BUSINESS - PORTAL GERSON LIMA | NOSSOS DESTAQUES

Colunas

86 - 87 Inteligência Emocional 88 - 89 Arquitetando 90 - 92 Imóvel Ideal 93 - 96 Papo Jurídico 97 - 99 Paisagismo

Nossa Capa

Casal Silvia e Clair Milani apresenta PERFACTO BATEL

05 - 19

Notícias 60 - 81

Dicas 82 - 85

EVENTOS

PROJETO EM DESTAQUE

20-23

25-31

34-39

40-43

44-47

48-52

53-55

56-59

63-65

GERSONLIMA.COM.BR


Foto: Suzana Lass

O casal de empresários Silvia e Clair Milani, apresenta à partir do dia 01 de agosto sua nova marca, a Perfacto Batel, uma empresa arrojada com móveis sob medida de alto padrão e totalmente editáveis, isto é, podem ser personalizados conforme o desejo do cliente e seu arquiteto ou designer de interiores, capazes de atender qualquer projeto e suas particularidades. Uma palavra para definir a Perfacto Batel é versatilidade, capazes de criar peças “especiais” customizadas, industrializadas ou artesanais. Produtos disponíveis em todas as espessuras e acabamentos. A Perfacto Batel dispõe de todos sistemas de aberturas inteligentes e acessórios com alta tecnologia, com garantia vitalícia. Seu time de consultores especialistas para atender os anseios dos clientes e com pós venda ágil e comprometido. " A Perfacto Batel começa nesse momento com mais de 25 anos de experiência de comprovada competência e qualidade de atendimento em todos os nossos relacionamentos. Com o compromisso de entrega de um produto exclusivo."- comenta Clair Milani. " Entregamos o estilo marcenaria de alto padrão através de um processo industrial. Nossa nova operação pode entregar uma casa inteira ou um ambiente único, no mesmo tempo e com todas as certificações que o mercado exige." - completa Silvia Milani. "A Perfacto Batel chega ao mercado com um know how reconhecido e esperamos continuar a recebêlos em nosso mesmo endereço, contudo, agora, com casa nova. Perfacto Batel, sofisticação para ambientes únicos." Grupo Econômico SC.Milani.


Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 1686


SALA Nossa arte para Construtora @terrasseengenharia Integração total com sofisticação e elegância no projeto do apartamento decorado do mais novo lançamento da construtora, o VINCENESS. VIVA essa experiência! Lindo projeto da Designer de Interiores Deborah Nicolau. Compõe diversos materiais que vão muito além dos móveis sob medida a Perfacto Batel fornece, as soluções sejam de revestimentos, iluminação, estruturas metálicas, espelhos retroiluminados e diversos outros acabamentos que valorizam o projeto. Fotos: Gerson Lima



ADEGA


COZINHA



SUÍTE MENINO



SUÍTE MENINA



SUÍTE CASAL




Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 1686


ANDRA | BATE-PAPO COM A LIGHT DESIGNER REGINA BRUNI A ANDRA, em parceria com a Stella e Legrand, reuniu os profissionais de arquitetura e lighting designer em sua unidade de Curitiba, para compartilhar conhecimento, experiências e apresentar os novos produtos destes grandes parceiros. Além de apresentar a mais completa loja de materiais elétricos e iluminação da cidade de Curitiba, a noite teve um bate-papo descontraído com a Light Designer Regina Bruni. Av. Visconde de Guarapuava, 2056, Centro – Curitiba – PR | 41 3030 7101 e 3778 7000. Fotos: Gerson Lima





Minha vasta série de quadros se integra a diferentes decorações e é capaz de compor bem qualquer ambiente.”

Raquel Lima raquellimaartistavisual


HIDROFORMA NA CASACOR PARANÁ 2022 Os últimos dois dias marcaram o retorno do evento noturno da HIDROFORMA a CasaCor PR. Luís Gobbo, Marcelo Fedatto, Carina Ribas e sua equipe receberam no espaço Clube dos gourmets seus principais parceiros para celebrar os 23 anos da primeira DECARED (revenda exclusiva DECA). Organizado pela gestora de marketing e relacionamento da loja – Carol Alves – o evento desse ano contou com muitas novidades: começando pela cozinha show comandada pelo chef Gui Guzela. O serviço ao vivo ficou mais completo e divertido com o open bar animadíssimo da CWBar eventos. Ampliando a noite de celebração a Hidroforma também entregou os prêmios aos vencedores da sua Campanha de aniversário, realizada no mês de maio. Siga a Hidroforma no instagram @hidroforma Hidroforma – Endereços: R. Cel. Dulcídio, 926 – Batel R. Augusto Stresser, 1172 – Juvevê Fotos: Gerson Lima









Projeto

Jocymara Nicolau


ENGERAMA CASA E CONSTRUÇÃO SIGA NO INSTAGRAM @ENGERAMA.CASAECONSTRUÇÃO

GERSONLIMA.COM.BR


A Engerama Casa e Construção, maior loja do ramo da região metropolitana, realizou no dia 20 de julho, uma recepção aos profissionais de Arquitetura e Décor para a apresentação dos lançamentos e tendências de 2022. O evento foi prestigiado por profissionais que puderam conhecer lançamentos das marcas Dexco, Avant e BOSCH, além de interagir com o setor de acabamentos da nova loja, conhecendo as demais marcas, variedade de produtos e novidades. Durante o evento, houve sorteio de brindes e um delicioso coquetel. Vale a pena conhecer a Engerama Casa e Construção! Confira! End. Avenida Bom Jesus 277, Campo Largo Siga no instagram @engerama.casaeconstrução Fotos: Raquel Lima






CONSTRUTORA EQUILÍBRIO | EMPREENDIMENTO TREBBIANO RESIDENCIAL De onde veio o nome Trebbiano: A HARMONIZAÇÃO PERFEITA PARA VIVER. Nós, da Equilíbrio, temos uma ligação muito profunda com a bebida em função da origem italiana dos nossos proprietários – que produzem inclusive uma marca de vinhos própria, com edição limitada. O Trebbiano não é o primeiro empreendimento da Equilíbrio batizado com nome relacionado ao universo dos vinhos. Em nossos 50 anos de história já temos uma carta de vinhos de respeito, os mais recentes: Brunello, Amarone, Barolo, Tannat, Bonarda. Empreendimentos de bom gosto e que foram sucessos total, com alta valorização imobiliária. Com o Trebbiano, não é diferente. Todos os conceitos que envolvem um bom vinho serviram de inspiração para criar o Trebbiano. A integração do homem com a natureza, a busca pelo ambiente ideal, a qualidade que faz a diferença, a tecnologia que agiliza o dia a dia, tudo entrou no projeto para ampliar a sensação de bem-estar dos moradores e proporcionar uma melhor experiência de convívio. O resultado é um empreendimento moderno e elegante, bem estruturado, em harmonia com o seu estilo de vida. Uma vida em Equilíbrio. Fotos: Gerson Lima





RAFFINATO FAZ 22 ANOS

O empresário Elio Mazarotto celebrou os 22 anos da loja Raffinato, cercado de clientes e amigos. A loja Raffinato é referência em móveis em fibras naturais e sintéticas e móveis de alto padrão, com fabricação própria alia qualidade, durabilidade e muito bom gosto em seu portfólio. Durante o evento os convidados fizeram um tour para conhecer o novo layout da loja, assinado pelo Designer de Interiores Roger França, onde puderam conferir o lançamento de peças autorais projetadas por designers brasileiros, além de uma bela seleção de quadros belíssimos e objetos de decorativos. Visite a loja e confira Av. Manoel Ribas, 4744 – Santa Felicidade, Curitiba – PR Siga no instagram @raffinatomoveis Fotos: Gerson Lima





CORRETOR DE IMÓVEIS, A SEGURANÇA NA COMPRA DO SEU IMÓVEL!

19 de julho de 2022


A Confraria Imobiliária, é um grupo formado por 40 corretores de imóveis credenciados junto ao CRECI PR, com o propósito de compartilhar conhecimento. As reuniões são realizadas uma vez por mês na loja Todeschini Batel, onde somos recepcionados com um belo jantar, preparado por chefs reconhecidos, além de uma carta de vinhos impecável. Neste mês de julho, recebemos a Bidese Construtora que fez um resumo da sua história e apresentou seus belos empreendimentos. Para nosso conhecimento o engenheiro Norton Mello, CEO da Bioeng Projetos, falou sobre Saúde & Bem-Estar, Oportunidades em Real Estate. Fotos: Gerson Lima






IRMÃOS ABAGE WESTPHALEN – NOVO ESPAÇO

A Irmãos Abage Westphalen esta de cara nova, agora com a expansão do setor de iluminação. Na noite do dia 13 de julho foram convidados profissionais da arquitetura e décor, amigos e clientes para inauguração do mais novo espaço Abage Design. A apresentação oficial contou com a participação da empresária Alessandra Abage e seu pai Jorge Abage. Durante o lançamento houveram sorteio de brindes e um delicioso coffee break. Visite a loja e veja de perto toda a inovação e produtos incríveis ao seu dispor. Rua Des Westphalen, 4000 – Parolin, Curitiba/PR Siga as redes sociais: @abage.design e @irmaos_abage Fotos: Raquel Lima




PORTOBELLO SHOP REUNIU ARQUITETOS EM EVENTO ESPECIAL NA CASACOR

As lojas Portobello Shop Batel e Alto da XV, que têm à frente as gerentes Luciane Benevides e Angelita Drozd, reuniram na última quarta-feira (13.07) um grupo de 40 arquitetos e designers para um evento especial na CASACOR Paraná. Além de recepção com coquetel, as lojas promoveram um bate-papo com a gerente de produtos da Portobello, Pamela Golin, sobre o Trends Report Salão do Móvel 2022. O caderno digital apresenta tendências, novidades e insights direto de Milão com o olhar e a expertise da Portobello e parceiros da marca, participantes do programa Portobello +arquitetura. A Portobello está presente em 8 ambientes incríveis da CASACOR Paraná, aberta até o dia 14 de agosto, no Edifício AQUA, em Curitiba. De lastras a acessórios, os revestimentos aparecem como uma das grandes tendências no universo da arquitetura e do design de interiores. Com criatividade e versatilidade, os produtos da marca foram aplicados no Lounge Bar, por André Henning Ferreira, no Loft Natuzzi, por Alessandra Gonçalves e Silva, na Casa de Chás, por Taciana Nakalski, na Cervejaria, por Cynthia Karas, na Suíte Master, por Katia Maria dos Santos Herzog, na Casa (Re) Conecta, por Renata Marim Pisani, no Clube de Gourmets, por Studio Architetonika Nomad, e no Banheiro da Família, por Karen Salomons. Serviço: Portobello Shop Batel : Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 1731 – Centro, Curitiba Portobello Shop Alto da XV: R. Reinaldino Schaffenberg de Quadros, 433 – Alto da XV, Curitiba Fotos: Gerson Lima





JARDIM DE INVERNO TRAZ A NATUREZA PARA DENTRO DE CASA Arquiteta dá dicas simples de como fazer o seu!

Depois da pandemia muitas pessoas perceberam o quanto estar em contato com a natureza pode nos fazer bem! Caminhar pela praia, fazer trilhas, cuidar de um jardim se tornaram necessários diante do isolamento social e muita gente transformou essas práticas em hábitos. Contemplar a natureza faz bem e trazê-la para dentro de casa se tornou ainda mais comum. Assim, os jardins de inverno ganham cada vez mais espaço, mesmo que pra isso, não precisem de tanto espaço assim. Qualquer cantinho da casa pode abrigar um pequeno jardim, mas a vantagem dos jardins de inverno é que eles geralmente possuem plantas mais resistentes e que não precisam de tanta manutenção. Quem explica é a arquiteta Natália Xavier. Para ela os jardins de inverno dão aquele charme na decoração, além de trazerem vida aos espaços. “Você pode montá-los tanto na cozinha, como na sala de estar ou de jantar, no banheiro, na varanda, no quarto ou até mesmo embaixo da escada e são diversos os tipos de plantas e acessórios para deixar tudo bonito e harmonioso”, diz. O que é jardim de inverno? Esse estilo de paisagismo surgiu nos países onde o inverno atingia temperaturas muito baixas. Por conta do clima muito frio, era impossível as plantas permanecerem vivas durante a estação. Devido a necessidade de ter mais contato com a natureza na época em que a área externa estava tomada por neve e pela baixa temperatura, surgiu o jardim de inverno. Esse espaço nasceu com o intuito de criar um ambiente natural dentro de casa. Embora o frio aconteça mais no sul do país, o jardim de inverno se popularizou pelo Brasil, ocupando espaços em casas e até mesmo em apartamentos. Natália explica que há diferentes tipos de jardins de inverno. “Se optar por fazer um jardim de inverno sem paredes, significa que deseja integrar mais os cômodos da sua casa, o que vai ajudar a passar uma ideia de amplitude no ambiente. Essa opção pode ser feita com ou sem cobertura e vai depender se você quer que ela receba chuva, ou não, dependendo do local. Também dá para fazer com paredes de vidro, para dar mais destaque para o espaço, possibilitando ser visto de diversos cômodos da casa”, explica. Quais plantas usar no jardim de inverno? Você sabia que não são todos os tipos de plantas que podem ser colocadas nesse espaço? Dê preferência para estas opções: palmeira ráfis, rosa de pedra, mini cactos, rosa do deserto, begônia, lírios da paz, violetas, lança de São Jorge, bambu da sorte, bromélia, pacová e samambaia.


Depois de escolher o local decida se vai montar um canteiro com terra fértil, colocando as plantas direto no solo, ou usar apenas vasos prontos. Tudo vai depender do espaço disponível, das espécies de plantas que vai utilizar e também do tempo que vai poder dedicar na montagem desse paisagismo. Se a área do jardim for grande, você pode colocar uma fonte de água, ou até mesmo um pequeno lago para deixar o ambiente mais bonito e decorado. Para que o espaço fique mais confortável, acolhedor e completo, coloque bancos de madeira, futons, ou almofadas. “É legal também acrescentar pedras e cascalhos, que são clássicos nos jardins de inverno. Isso se deve ao fato de que eles ajudam a absorver melhor a umidade e também criam caminhos no local, abrindo passagem para quem for entrar no jardim. Uma outra opção é forrar o chão com um deck de madeira, mas como dissemos, vai depender do espaço que você tem”, finaliza a arquiteta. Fotos: divulgação


Projeto em destaque

Anne Liz Tacla Riskalla Arquitetura e Interiores

Nessa residência em um Condomínio fechado em Curitiba, com 608 m2, nos foi dado um pedido especial : que se tivesse um cuidado especial com a fachada da casa, que fosse moderna com ênfase para entrada principal. Também um espaço gourmet com churrasqueira e adega independente do restante da casa. Como o terreno está dentro de uma área de preservação ambiental, a proposta foi usufruir o máximo do bosque existente como se a casa fosse parte dele. Grandes vãos de janelas se abrem para esse bosque tornando-a transparente, sem necessidade de cortinas. Em cada ambiente de estar que você esteja, tem a sensação de fazer parte dessa natureza. A fachada foi definida por dois volumes retangulares brancos, que se unem através de uma laje delgada em concreto aparente, que descansa sobre uma pele de vidro structural glasing de 6m de altura, dando ênfase a entrada da casa. A orientação solar também foi levada bastante em consideração onde todos os quartos são voltados à face Norte e as grandes aberturas permitem uma ventilação cruzada, tornando a construção mais eficiente. Externamente a casa se apresenta com esquadrias pretas e algumas paredes com pintura concreto e o restante branco, proporcionando um visual mais limpo e contemporâneo. Internamente, o mármore crema marfil dita a cor em tons de bege para que se possa ousar nos detalhes. O projeto foi concebido como um todo, estudado em todos os detalhes, desde a concepção até os acabamentos e o interior, proporcionando um resultado naturalmente harmonioso , com uma perfeita integração da obra em si com a natureza do lugar que ela se encontra.


O mais difícil para um arquiteto é traduzir os sonhos e anseios das pessoas numa casa que vai ser seu refúgio, seu encontro consigo mesmo, seu lugar de viver . Esse espaço tem que dar conforto, acolhimento e principalmente corresponder a todas as expectativas depositadas nesse empreendimento. Acho que fui feliz nessa tradução, pois tenho a plena certeza de que os proprietários ficaram muito entusiasmados com o resultado final do projeto, do seu funcionamento da sua praticidade e da sua integração com a natureza. As vezes nos perdemos entre a poesia e o concreto, a razão e a paixão, essa é a verdadeira força que nos move para um trabalho sempre melhor e mais perfeito. A arquitetura deve oferecer prazer aos seus usuários, é essa a nossa prioridade. Anne Liz Tacla Riskalla Arquitetura e Interiores 41 | 99983-1354 41 | 3254-8972

Fotos: Divuulgação



Criatividade, história, arquitetura, urbanismo e tecnologia: uma viagem cultural e profissional pela Áustria

Allan Chierighini e Maria Graziella de Oliveira | Arquitetos

Progetta Studio de Arquitetura e Urbanismo


Muitos são os interesses elaborados durante uma viagem, sejam pontos turísticos, cultura e gastronomia, por exemplo. Unindo turismo, aprendizado e pesquisa, os arquitetos Maria Graziella de Oliveira e Allan Chierighini, do Progetta Studio de Arquitetura e Urbanismo, de Florianópolis, desvendaram recentemente a Áustria a partir de duas visitas específicas: ao projeto Bus:Stop, que envolveu designers locais e internacionais na criação de pontos de ônibus; e às fábricas da Blum, uma gigante mundial na produção de soluções funcionais em ferragens. Na primeira incursão aos país da Europa Central, os arquitetos desembarcaram em Krumbach (Voralberg), a pequena cidade de pouco mais de mil habitantes que entrou no mapa, principalmente dos profissionais da área ou apaixonados pelo tema, ao lançar um concurso em 2014 para a criação de sete novos pontos de ônibus. A parceria entre arquitetos reconhecidos internacionalmente e artesãos locais deu início a um bem-sucedido projeto de turismo e valorização da região.

“O Bus:Stop traz à tona o urbanismo da cidade, o pensar a cidade e a relação com seus usuários. Nada mais instigante e rico do que fazer situações de uso coletivo se tornarem uma via de arte e reflexão. Esse concurso trouxe a nós a importância da qualidade de design, função e estímulo que a arquitetura deve trazer em todo seu potencial”, destaca Graziella, revelando ainda que se sentiu em um museu a céu aberto. Para Allan, iniciativas semelhantes poderiam ser aplicadas na capital catarinense de diversas maneiras, tanto a partir de incentivos governamentais quanto privados: “Deveríamos ter incentivos para a implantação de transportes aquaviários entre a ilha e o continente, com diversos pontos na cidade ou entre os municípios, por exemplo. Esses pontos de embarque e desembarque poderiam ser marcos projetados em concursos, com diferentes ganhadores, criando um link com o projeto austríaco”, defende.


“O Bus:Stop traz à tona o urbanismo da cidade, o pensar a cidade e a relação com seus usuários. Nada mais instigante e rico do que fazer situações de uso coletivo se tornarem uma via de arte e reflexão. Esse concurso trouxe a nós a importância da qualidade de design, função e estímulo que a arquitetura deve trazer em todo seu potencial”, destaca Graziella, revelando ainda que se sentiu em um museu a céu aberto. Para Allan, iniciativas semelhantes poderiam ser aplicadas na capital catarinense de diversas maneiras, tanto a partir de incentivos governamentais quanto privados: “Deveríamos ter incentivos para a implantação de transportes aquaviários entre a ilha e o continente, com diversos pontos na cidade ou entre os municípios, por exemplo. Esses pontos de embarque e desembarque poderiam ser marcos projetados em concursos, com diferentes ganhadores, criando um link com o projeto austríaco”, defende. Entre os pontos de ônibus, a criação do arquiteto chinês Wang Shu, um abrigo de madeira inspirado nas antigas câmeras escuras fotográficas, foi a que mais chamou a atenção do arquiteto: “Pelo projeto ousado, com diferentes percepções, dependendo do ângulo do observador ou do usuário que está ali aguardando o ônibus. Realmente um projeto sensacional que se identifica conosco”. A arquitetura local, entre um deslocamento e outro, não deixou o radar dos profissionais catarinenses, principalmente suas curiosidades, sempre atreladas ao dia a dia dos moradores e suas rotinas. “A natureza impacta na arquitetura local e define acabamentos, formas e soluções para o morar. Cada edificação precisa de resoluções para o frio e a neve iminentes, e isso define um padrão de repetição”, relembra Graziella, destacando ainda o revestimento das casas a partir de madeiras claras que, por conta da neve, ficam escurecidas com o tempo, e os telhados de duas águas, feitos para não armazenarem o gelo que se forma no inverno. Resumidamente, Grazi define o país como admirável em todos os aspectos: “O que mais se destaca é a preocupação com a funcionalidade e a qualidade em tudo o que fazem. Se é para ser feito, que seja da melhor forma”.


A outra parada dos arquitetos, em Bregenz s e Dornbirn, foi percorrer as fábricas e as áreas de criação da Blum, empresa que começou há mais de 60 anos produzindo ferraduras para cavalos e atualmente figura entre as maiores do mundo na confecção de ferragens e soluções de mobiliário. São 2,1 mil patentes e cerca de 8,8 mil colaboradores por todo o globo. Participar ativamente do reconhecimento de uma marca tão importante é uma contribuição de grande valia para a rotina dos profissionais, avalia Allan. “Nós precisamos especificar o melhor para os usuários, claro que dentro dos limites econômicos de cada cliente, mas sempre o mais seguro e livre de manutenção possível. E receber treinamentos dos acessórios diretamente da fonte é o que todos os arquitetos precisam para melhorar os projetos continuamente”. As inovações da Blum - cujo carro-chefe de suas produções são as dobradiças, líder mundial servem para dar ênfase e usabilidade aos ambientes complexos que os arquitetos desenham: “Temos a tendência de fazer closets e cozinhas com grande capacidade, entre outros espaços. Ter ferragens e acessórios de qualidade como a Blum permitem o projeto ser durável e de alta eficiência”, destaca Graziella. Ela vai além, rememorando as evoluções dos acessórios nestes mais de 15 anos de atuação do escritório de Floripa: “É perceptível o quanto o mundo mudou, as exigências são cada vez mais voltadas para usos diversos e integrados aos ambientes e a diferentes funções ao mesmo espaço. E o mobiliário sempre é o produto de maior usabilidade. Conhecer a história e trajetória da Blum é conhecer a evolução do tempo”. Vivenciar a rotina dos laboratórios criativos da empresa austríaca foi ainda uma experiência que permitiu o diálogo das pontas de criação entre o arquiteto e a fábrica. “Ali pudemos dialogar sobre alguns desafios que o mercado e o público-alvo necessitam e exigem em um projeto. Foi uma oportunidade única e muito enriquecedora para todas as partes”, finaliza.


CONSTRUTORA DE ITAJAÍ NA LISTA DAS MELHORES EMPRESAS PARA TRABALHAR NO BRASIL Edificart agora conta com o selo Great Place to Work. Novidade foi comemorada pelos colaboradores na sexta-feira (22/7)

A Edificart Construtora e Incorporadora foi reconhecida com o selo Great Place to Work (GPTW), que certifica as melhores empresas para trabalhar no Brasil. A equipe comemorou a conquista em um evento nesta sexta-feira (22/7), reunindo todos os colaboradores no Residencial Life, um dos empreendimentos mais recentes da empresa, em Itajaí. O destaque foi a alta pontuação alcançada pela organização que chegou a 95 pontos. O selo é concedido pela consultoria Great Place to Work e é dado após aplicação de uma pesquisa de ambiente de trabalho. Os colaboradores respondem perguntas que trazem temas como credibilidade, respeito, imparcialidade, orgulho e camaradagem. Para responder a pesquisa, os trabalhadores não se identificam e tudo é feito de forma anônima para garantir maior fidelidade nas respostas. A Edificart conta atualmente com 75 pessoas na equipe considerando os vários setores da empresa. Para a sócia e Diretora de Projetos da Edificart Construtora e Incorporadora, Thaisa Nascimento Correa, o selo GPTW representa o respeito e o valor que as pessoas têm dentro da organização. “Partimos do princípio de que pessoas devem ser respeitadas e valorizadas. Por isso nos esforçamos para proporcionar um ambiente íntegro e unido”, relata. De acordo com Júnior Kalil, sócio e Diretor Financeiro/Administrativo, o ambiente construído durante o amadurecimento da empresa foi fundamental para alcançar o reconhecimento. “Promovemos soluções sustentáveis com impacto positivo nas pessoas e no meio ambiente. Este compromisso está diretamente ligado ao dia a dia da nossa equipe, por isso o reconhecimento do GPTW vem ao encontro da nossa origem e da forma com que trabalhamos”, avalia.


Fotos: Divuulgação

Sobre a Edificart A Edificart tem foco em inovação e sustentabilidade, promovendo soluções com impacto positivo nas pessoas e no meio ambiente. É uma construtora e incorporadora comprometida em enriquecer a vida das pessoas e das cidades através da arquitetura. Considera essencial ter os empreendimentos conectados ao entorno dos espaços e respeita as comunidades inseridas naquele ambiente. A preocupação em integrar o morador à natureza também é uma questão muito presente, tanto que os empreendimentos são pensados para ambientes verdes em cada um dos apartamentos. A construtora tem sido reconhecida regional e internacionalmente com selos, certificados e premiações do setor da construção civil e de responsabilidade social e ambiental.

Informações para a imprensa – Oficina das Palavras: Liliane Machado – jornalismo1@grupoodp.com.br – (+351) 934 324 752 Ricardo Ruas – ricardo.ruas@grupoodp.com.br – +55 (47) 9 9995-1846

Edificart Av. Ver. Abrahão João Francisco, 221 - Fazenda – Itajaí – SC


Quais são as cores da CASACOR São Paulo 2022? Conheça as tendências que dão o tom em paredes e tetos da mostra Com o tema Infinito Particular, para celebrar seus 35 anos, a CASACOR São Paulo trouxe sua edição comemorativa para o Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, um dos mais importantes marcos arquitetônicos da cidade. E, pelo sétimo ano consecutivo, a Coral é parceira da maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas. Tinta oficial do evento, está presente em 61 ambientes, mostrando a versatilidade das cores, efeitos e técnicas de pintura em paredes e tetos, do neutro aos tons terrosos e coloridos, das paredes lisas às texturizadas, ripadas ou com formas orgânicas. Confira, abaixo, uma seleção de ambientes da mostra, fonte de inspiração para os mais variados estilos. Sem dúvida o ambiente mais colorido dessa edição da mostra é a Casa Coral, projetado pelo arquiteto Marcelo Salum, que se inspirou na vida dos designers Attilio Baschera e Gregório Kramer para fazer um ambiente com muita decoração afetiva, que contam a história da dupla por meio de objetos e, principalmente, as estampas inesquecíveis criadas por eles, cheias de brasilidade, tecidos que aparecem em cortinas, sofás e almofadas. De volta à moda, os arcos lembram a arquitetura da saudosa loja Larmod fundada pelos homenageados. Assim como a obra de Attilio e Gregório foi baseada em cores, Salum apostou nelas para compor a Casa Coral, um espaço de cerca de 250 m2 que reproduz uma casa com atelier, lavabo, sala de estar e sala de jantar. O arquiteto escolheu os seguintes tons para o espaço: Melodia Suave (A Cor do Ano do ColourFutures 2022), Mistério de Oceano, Conto Infantil, Desfile de Carnaval e Calor do Fogo.

Casa Coral por Marcelo Salum (crédito João Paulo Oliveira)


Com o conceito de sempre trazer cores, vida e alegria para as pessoas, outro arquiteto que ousa na combinação de tons é Sig Bergamin, nome consagrado na história da CASACOR. Em seu Artsy Lounge, essa sua marca registrada de harmonizar cores aparece em tonalidades especiais de laranja e azul, que criam contraste com o padrão de pau ferro presente na marcenaria. Estão lá as cores Maravilhas Gregas, Licor de Laranja, Ouro e Preto, tintas que contrastam com o piso de mármore com paginação nada óbvia e com a paleta dos móveis, objetos e vasos de flores imponentes.

Artsy Loung, de Sig Bergamin (crédito João Paulo Oliveira)

No Bar Caracol de Pedro Luiz de Marqui, as cores na parede e piso são o Cinza Médio e o Concreto. Conceitos como distorção, brutalidade, miragem e vibração norteiam o projeto. Verde escuro, cinza, rosa e roxo compõem a paleta do espaço, que tem, ainda, toques de metalizados para trazer um clima futurista. É nesse ambiente que o projeto Cores do Mundo desembarcou na CASACOR São Paulo. Com o apoio da Tintas Coral e da ONG Estou Refugiado, o artista-plástico congolês Lavi Kasongo, que fugiu do seu país em função da guerra, criou um painel de 22 metros intitulado “Alma Colorida da Cidade”. A dupla do Plantar Ideias, Luciana Pitombo e Felipe Stracci, que assina a praça em frente ao bar, também participou dessa ação.


Painel do artista plástico congolês Lavi Kasongo (divulgação CASACOR)

Projetado por Wesley Lemos, o estúdio de 37m² AMORphous marca a estreia do arquiteto e designer baiano na edição paulistana. O espaço foi pensado para um casal que ama arte contemporânea, design brasileiro e literatura. A paleta de cores prioriza os tons terrosos, do marrom ao tom de areia, é fortemente destacada pela forma orgânica AMORphous que foi projetada nas paredes e teto com a cor Pote de Argila, contrastando com a neutra Pelicano. Destaque para o revestimento do piso Travertino Nacional no estado natural e firme, que cria um ambiente fluido, que inclui rodapé alto de 40 cm e se transforma em banco e aparador. Amor, ancestralidade e beleza são traduzidos nas formas, texturas e objetos do ambiente, com lançamento de uma linha de móveis assinada pelo arquiteto e designer nordestino. O projeto reflete a interlocução com o design arte erudito e popular que caracteriza o trabalho de seu escritório.

Estúdio AMORphous, de Wesley Lemos (crédito João Paulo Oliveira)


Baño Tulum, projetado por Joe Filho Arquitetos, se divide em duas partes – uma antessala e as cabines reservadas para uso dos visitantes –, onde a leveza dos materiais deixa o ambiente ainda mais acolhedor. Como o próprio nome do espaço dá a dica, a cidade mexicana famosa por sua beleza natural é a inspiração dos estreantes na CASACOR São Paulo Joe Filho e Talitha Cassettari. A entrada em formato de arcos e a paleta neutra, com nuances de bege e areia, remetem ao cenário magnífico das praias de Tulum. Os revestimentos seguem a mesma composição cromática, marcada ainda pela presença da pedra madeira amarela bruta natural, capaz de emanar uma estética rústicochique, como denominam os arquitetos. Combinando com esses materiais, a Textura Design, da Coral, remete à areia e às texturas naturais desse cenário paradisíaco de Tulum. Branco Europeu e Pinheiro Natalino foram as cores escolhidas.

Baño Tulum, por Joe Filho Arquitetos (crédito João Paulo Oliveira) A Casa Eté assinada pelo escritório Todos Arquitetura, dos sócios Maurício Arruda e Fábio Mota, conta com área social ampla com sala, cozinha, jantar, home office e varanda, além da suíte completa. Ela revela aspectos dos lares genuinamente brasileiros, com elementos arquitetônicos e decorativos que remetem diretamente às casas do interior que muitos de nós temos na memória, com toda a sua informalidade, cores, diversidade e soluções. Destaque para o Sunken Sofa. Recurso muito utilizado nos anos 1970, no qual o sofá fica rebaixado, possibilitando uma experiência mais imersiva, informal e acolhedora, é um dos pontos principais do ambiente, influenciando em outros diversos aspectos arquitetônicos. Esta é uma casa 100% design brasileiro, incluído móveis, iluminação, tapetes e tecidos. Nas paredes e tetos, foram utilizadas as cores Bronze Palm Springs e a refrescante Melão Verde.


Casa Eté, do Todos Arquitetura (crédito Salvador Cordaro) Quer ver mais ambientes inspiradores? Para compartilhar toda a criatividade dos profissionais consagrados e novos talentos apresentados nos ambientes projetados para o evento, a Tintas Coral se uniu ao Pinterest, plataforma de inspiração. Visite o perfil da Tintas Coral e acesse a pasta Coral na CASACOR. A Tintas Coral também instalou Pin Codes – códigos QR próprios do Pinterest – em ambientes da CASACOR São Paulo 2022 para o acesso rápido à pasta com mais referências separadas por tons e espaços específicos. SERVIÇO - CASACOR São Paulo 2022 Onde: Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, 2073. Quando: de 05 de julho a 11 de setembro de 2022 Horário de funcionamento: Terça a Sábado das 12h às 22h Domingos e Feriados das 11h às 21h Bilheteria digital: https://casacor.byinti.com Informações Gerais: O evento CASACOR está em concordância com as normas sanitárias vigentes. Todos os protocolos de segurança e higiene deverão ser cumpridos por todos os visitantes e staff, sem exceção. Apresentação de carteirinha de vacinação COVID-19 - de acordo com a legislação local vigente. Fácil acesso à mostra via metrô Consolação – Linha 2 Verde. Não é autorizado o uso de equipamentos profissionais como, tripé, luz e acessórios para captação de imagem/foto/vídeo durante a visita. Sobre a AkzoNobel Fornecemos tintas e revestimentos sustentáveis e inovadores nos quais nossos clientes, comunidades – incluindo o meio ambiente – demandam cada vez mais. É por isso que tudo o que fazemos começa com Pessoas. Planeta. Pintura. Nosso portfólio de marcas de classe mundial - como Coral, International, Sikkens e Interpon - tem a confiança de clientes em todo o mundo. Atuamos em mais de 150 países e buscamos nos tornar líderes globais da indústria. É o que você esperaria de uma empresa de tintas pioneira que está comprometida com metas baseadas na ciência e tomando medidas genuínas para enfrentar os desafios globalmente relevantes e proteger as futuras gerações. Para obter mais informações, visite www.akzonobel.com. © 2022 Akzo Nobel N.V. Todos os direitos reservados.


CONHEÇA 7 MOTIVOS PARA CONSTRUIR A SUA CASA DO ZERO A construção financiada possui um dos juros mais baixos do mercado atualmente, 8,99% ao ano + TR

Um dos maiores medos de quem vai construir ou iniciar uma reforma são os custos, que muitas vezes saem do orçamento inicial. O cenário econômico do país não tem sido favorável, com constantes altas nos juros e a inflação exorbitante. Prova disso é que a construção civil foi um dos setores mais impactados pela pandemia. Por isso, a ideia de começar uma obra logo é descartada pelos brasileiros. Mas existe uma alternativa para construir a casa dos sonhos e, de quebra, fazer disso um negócio. Como? Pela construção financiada. Presente em cerca de 10% do mercado imobiliário, essa modalidade vem ganhando cada vez mais espaço no setor em função da sua facilidade para o cliente final. Uma das empresas que trabalha com a liberação de crédito para a construção é a Minha Casa Financiada, proptech de crédito que entende a dificuldade de conseguir crédito para construir de forma financiada. Por isso, além de oferecer o caminho das pedras para o financiamento, ela facilita toda a obra, fazendo desde o projeto até a entrega da casa pronta e com um prazo bastante razoável. Pensando nisso, a MCF preparou algumas dicas para mostrar que a construção financiada pode ser a saída para quem quer conquistar o próprio lar. Veja a dicas:“Imagina você poder construir a sua casa do seu jeito, sem pegar um modelo pronto, que muitas vezes nem vai atender a necessidade da sua família, e custar até 50% menos do que o um financiamento imobiliário tradicional? Na MCF nossa taxa de juros é de 8,99% ao ano + TR, uma das mais baixas atualmente”, comenta Vinícius Motta, CEO da startup.A construção financiada pode ser até 50% mais barata que o financiamento imobiliário comum A construção sempre será mais barata do que comprar um imóvel pronto, as custas cartorárias e taxas, por exemplo, são reduzidas pela metade. O ITBI de um imóvel pronto é sobre o valor do bem. Já o imposto da construção incide só no valor do lote, que é muito mais barato. Possibilidade de planejar seu imóvel de acordo com a sua real necessidade Todo o brasileiro que sonha em ter uma casa própria tem seu modelo ideal planejado na cabeça, ou quase isso. Entretanto, na hora de achar uma casa que esteja o mais próximo daquilo que ele pensou, é necessária uma busca e várias (às vezes muitas) visitas a imóveis. Com a construção financiada você não tem esse problema, pois o banco libera o crédito para você fazer a sua casa do jeito que sempre sonhou.


Sem surpresas inesperadas durante o andamento da obra Na construção financiada a apresentação de projetos é obrigatória durante todo o processo. Com o suporte de construtores especializados no segmento, você terá uma equipe cuidando de todas as etapas, com um planejamento feito a partir do que a sua construção vai precisar, evitando intercorrências ao longo das etapas. Pague somente quando pegar a chave do imóvel Uma das grandes preocupações de quem solicita um financiamento é o comprometimento da renda familiar, no financiamento imobiliário comum você começa a pagar 30 dias após a assinatura do contrato. Com o financiamento da construção é possível começar a pagar somente quando pegar as chaves, da casa que já estará pronta. Parcelas mais baratas que o aluguel de um imóvel pronto Na maioria das vezes, e se considerar o longo prazo, a construção financiada tem parcelas mais baratas do que o aluguel de um imóvel já pronto. E se, além das questões financeiras você considerar que você paga mensalmente, um bem durável que não é seu, que não pode nem pintar, não pode ter animais, ou que é extremamente burocrático para fazer qualquer tipo de conserto, a construção financiada ainda é mais vantajosa. Retorno em médio prazo e com rentabilidade Ter um imóvel alugado para poder viver de renda é um sonho de muitos brasileiros, mas para chegar nesse estágio você vai levar um tempo e apostar no longo prazo. Com a construção financiada você consegue pular etapas e ter um retorno no médio prazo, pois o dinheiro vem do banco, em 12 (em média) a obra fica pronta e você pode alugar ou já realizar a venda para sanar sua dívida e ficar com o lucro. Possibilidade de construir sem entrada e acesso a crédito desburocratizado O financiamento imobiliário tradicional exige um valor de entrada para “garantir” aquela compra e assegurar a construtora. Na MCF, você solicita o crédito e não precisa dar nenhum valor de entrada, pode usar sua renda informal, além de poder escolher onde quer construir - que pode ser em terreno próprio, loteamento em condomínios fechados. Fica a critério do cliente como e onde fazer. Sobre a Minha Casa Financiada Proptech fundada em 2019, a Minha Casa Financiada nasceu com o propósito de desburocratizar a construção de casas,conectando pessoas que desejam construir suas residências a construtoras que atuem com financiamento habitacional de maneira 100% digital. A plataforma da startup conta com mais de quatro mil construtores (engenheiros e arquitetos) cadastrados, é responsável por cerca de 40% dos financiamentos individuais da Caixa Econômica Federal e já movimentou mais de R$ 2,6 bilhões em créditos imobiliários. Mais informações: https://www.minhacasafinanciada.com/


ARQUITETURA DO EMY BY KAZUO PROPORCIONA IMERSÃO NA CULTURA ASIÁTICA O projeto do restaurante foi pensado para levar o público a uma viagem aos países orientais, por meio de elementos e obras de arte alinhados à experiência gastronômica



O restaurante Emy By Kazuo, do chef Kazuo Harada, atrai não só os amantes da culinária asiática, mas também os admiradores de arquitetura. O projeto foi pensado para proporcionar uma experiência completa e única ao público. Com design de interiores de AJNeves Arquitetura e paisagismo de Luciana Hara, o restaurante está localizado no piso L1 do Pátio Batel. Os arquitetos Alexandre Neves, responsável pelo projeto, e Bruna Pauluk tiveram o desafio de dar identidade visual ao espaço do Emy e, ao mesmo tempo, manter o padrão do shopping. “O projeto faz referências à arquitetura asiática, principalmente japonesa, de forma sutil: no padrão das peças de madeira, na simplicidade dos traços e na limpeza das formas, além das obras de arte”, comenta. Para criar impacto visual, os arquitetos trabalharam com poucos elementos, porém peças de grandes dimensões e de forte presença, como o pergolado, em madeira, que ajuda a dar ao espaço uma escala mais humana, reduzindo o pé-direito e demarcando o espaço do salão. Uma característica inegável do Emy é o seu ambiente muito intimista e aconchegante, mesmo localizado em um shopping. O arquiteto explica que esse foi um ponto de grande destaque no projeto. "Funcionou muito bem a forma como isolamos o restaurante do corredor do mall, sem criar uma barreira opaca. É possível ver o salão a partir do corredor, o que convida ao acesso. Mas do lado de dentro, a sensação é de estar em um ambiente intimista e privativo”, ressalta. Neves lembra que o maior desafio do projeto foi a cozinha. “O projeto de cozinha é sempre um ponto bastante delicado. Foi preciso debate e estudo até chegarmos ao layout ideal para o espaço”, destaca Alexandre. O restaurante conta com a área dos sushimen integrada ao salão. Não apenas a arquitetura do Emy empregou dedicação, como o paisagismo do espaço, feito pela arquiteta Luciana Hara. “Foi bem desafiador, um projeto de grande porte e que eu sabia que ia fazer toda a diferença no design do espaço”. Um ponto interessante sobre o paisagismo do restaurante é o uso de plantas desidratadas em toda a decoração. “Usamos árvores já secas e as flores desidratadas, mas todos os itens são naturais”, finaliza Luciana. Emy by Kazuo Depois de passar por renomados restaurantes no Japão, Dubai, São Paulo e no Rio de Janeiro, o chef Kazuo Harada voltou a Curitiba para abrir a sua segunda casa, o Emy by Kazuo, uma homenagem a sua filha. O restaurante apresenta pratos inspirados na cozinha asiática e uma viagem gastronômica pela China, Índia, Coreia do Sul, Tailândia e Japão. O chef, que possui reconhecimento nacional e internacional, já foi premiado com uma estrela Michelin, no restaurante Mee do Copacabana Palace, e com diversos prêmios no seu primeiro restaurante, com nome homônimo – e logo nos primeiros seis meses de atuação. Agora, Kazuo Harada quer trazer essas conquistas para a capital paranaense, com um conceito que harmoniza um menu pensado minuciosamente com uma atmosfera contemporânea e descolada. Serviço Emy by Kazuo Horário: de segunda a sexta das 12h às 15h, e das 19h às 23h. Aos sábados das 12h às 23h, e aos domingos das 12h às 17h. Endereço: Shopping Pátio Batel, Piso L1 - Av. do Batel, 1868 – Batel Instagram: @emyrestaurant Informações para a imprensa Grupo Excom Juliane Fladzinski | (41) 9 9792-3025 | juliane.f@excom.com.br Julia Nascimento | (41) 9 9226-4556 | julia.nascimento@excom.com.br Cecile Freire Krüger | (41) 9 8848-2726 | cecile@excom.com.br


CROMOTERAPIA

O PODER DAS CORES QUE VAI DA ESTÉTICA AO BEM-ESTAR Decoração de interiores utiliza cores para garantir bem-estar e sensações positivas ao morador

Quando o assunto é decoração de uma casa, existem diversas maneiras de colocar a criatividade em cena e repaginar os ambientes, seja com móveis, objetos ou pinturas nas paredes. Mas, pouca gente sabe que, nesse universo de possibilidades, a escolha das cores vai além da questão estética. No estudo da cromoterapia, prática que utiliza a luz das cores para o tratamento de algumas doenças, cada cor tem uma função. Colocadas na proporção certa, elas podem trazer vários benefícios à saúde mental e física, como maior disposição, diminuição de transtornos do sono, alívio dos sintomas de algumas doenças, ativação do sistema nervoso central, melhora em dores de cabeça e circulação sanguínea. O estudo avançou e chegou à arquitetura, mais especificamente à decoração de interiores. Com isso, em um projeto, profissionais da área têm escolhido aplicar cores que atuem diretamente no bem-estar físico e emocional dos moradores. Segundo Cristina Cardoso, arquiteta dos apartamentos decorados da Yticon, construtora do Grupo A.Yoshii, hoje, há muito conhecimento sobre a atuação das cores no cérebro humano, reforçando o objetivo principal de um projeto de arquitetura e interiores que visa o bem-estar de quem vai ocupar o espaço. “A cor é um elemento fundamental na composição da arquitetura, seja para aguçar os sentidos (com tons vibrantes e provocativos), ou para transmitir sensações de conforto e tranquilidade (com cores mais suaves e aconchegantes)”, explica. Ela detalha que, no inconsciente das pessoas, existem códigos visuais que são associados às sensações diversas, como, por exemplo, às cores vibrantes, que trazem sentido de urgência. “Em geral, essas cores nos deixam em estado de alerta e ativos. Já os tons mais frios, claros e neutros nos transmitem calma, relaxamento e contemplação. No entanto, esses códigos não são únicos e imutáveis. São sempre associados a outros elementos como texturas, diferentes materiais, luz, enfim, toda a comunicação visual”, complementa a arquiteta. De acordo com Cristina, quando o indivíduo pensa em um espaço todo branco, o inconsciente naturalmente - vai para referências de lugares limpos, porém frios, sem vida, sem aconchego. “Já, ao adicionarmos texturas, iluminação, aromas, sons, entre outros elementos, estimulamos as sensações de acolhimento, conforto e sofisticação. Por isso, ressalto o quão é necessário um estudo mais profundo em relação à psicologia das cores e aos efeitos de cada uma nos ambientes.” Portanto, a partir dos efeitos que se pretendem obter, seja de aumento da concentração, relaxamento, contemplação ou energização, o uso da cor e de outros elementos compõe esse resultado. “Importante frisar que, para isso também é necessária a contratação de um profissional que tenha conhecimento de cromoterapia, para que o uso não só das cores, mas de todos os materiais componentes do projeto que aguçam os sentidos, sejam mais assertivos”, complementa Cristina.


Casa colorida E se o morador quiser deixar todos os ambientes coloridos? Para não errar na questão estética aliada ao bem-estar, a arquiteta aconselha que haja planejamento de um profissional que saiba trabalhar com ambientes multicoloridos. “Temos uma infinidade de cores, materiais e elementos decorativos para uma composição. Então, o desafio de trabalhar com ambientes multicoloridos é de focar em um ambiente de cada vez ou ter um recorte do espaço. Nesse caso, sem a visão do conjunto, corre-se o risco de, na hora de juntar os conceitos, não ficar em harmonia e resultar numa bagunça visual.” Além dessa desarmonia estética, segundo ela, a mistura também pode trazer desconforto aos moradores, em contato visual direto. Comece devagar e aos poucos Mas, se a ideia é mesmo investir mesmo nas cores, uma dica muito simples da profissional - para quem gosta de ambientes bem coloridos - é procurar escolher tonalidades mais acinzentadas, coloridas, porém, neutras. “As cores muito puras tendem a deixar o ambiente muito vibrante, carregado e até infantil. Já as cores com um pouco de cinza na composição (observar sempre as cartelas de tons neutros) são mais fáceis de compor e mais suaves, e ainda deixam o ambiente mais sofisticado também.” E, se o receio persistir ou existir o medo de se arrepender, ela aconselha começar por ambientes de pouco uso, como os lavabos. “É possível deixar uma parede mais colorida, usar um papel de parede com cores e estampas mais vibrantes, em que a criatividade pode correr solta, com ousadia.” Além disso, ela recomenda os quartos destinados às crianças, principalmente os “quartos de brincar”, que também são ambientes bem propícios para aplicação de cores bem variadas nas paredes, móveis e objetos de decoração. “Ainda temos as varandas, que são ambientes que aceitam bem uma mistura de cores, pois geralmente são decoradas com plantas e móveis próprios para área externa que já tem essa linguagem mais descontraída”, pontua a arquiteta. Cor amarela proporciona clareza mental e estimula a criatividade e concentração Crédito: Envato/Divulgação


A cor verde é indicada para acalmar os ânimos e gerar maior compreensão com o que ocorre ao redor Crédito: Envato/Divulgação

Cor vermelha traz força, ação e maior vitalidade a si mesmo; indicada para uso em móveis Crédito: Envato/Divulgação

O azul é considerado uma cor relaxante e que traz quietude e paz para a mente Crédito: Envato/Divulgação


Conheça os efeitos de cada cor: Vermelho (força - ação - vitalidade) O vermelho estimula a autoafirmação e recupera a consciência de si próprio. Saúde: indicada para o tratamento de anemia e apatia. Alaranjada (prazer - vontade - expressão) A cor alaranjada facilita a expressão e ajuda a criar um bom nível de diálogo entre as pessoas. Elimina a depressão e a tristeza. Saúde: alivia câimbras e espasmos musculares. Fortalece os ossos. Estimula as glândulas mamárias para aumentar a produção de leite no pós-parto. Amarelo (criatividade - alegria - espontaneidade) Cor que proporciona clareza mental e deve ser utilizada sempre que precisar de criatividade e concentração. Estimula a paciência. Saúde: ativa a regeneração dos tecidos e acelera processos de cicatrização. Também auxilia na digestão e ativação do sistema linfático. Recomendado para tratar doenças de pele. Verde (equilíbrio - cura - renovação) Cor calmante do sistema nervoso. Fundamental para o tratamento do estresse. Permite uma compreensão maior da vida e do mundo. Saúde: regulariza a pressão arterial e promove o equilíbrio do corpo inteiro. Tem propriedades bactericidas e desinfetantes. Azul (calmante - relaxante - paz mental) O azul traz quietude e paz mental. Reduz tensões e promove a expansão da consciência. Saúde: recomendada nos casos de doenças inflamatórias e tratamentos para audição. Também auxilia no bom funcionamento da glândula tireóide. Violeta (intuição - meditação - espiritualidade) Cor que permite o perfeito sincronismo dos ritmos corporais. Transforma as vibrações mais baixas nas mais elevadas. Controla a irritação e é considerada um raio purificador das ideias. Saúde: pode ser utilizada no tratamento de todas as doenças mentais e nervosas. Sobre a Yticon Construção e Incorporação A Yticon é uma construtora e incorporadora que atua há mais de doze anos nas cidades de Londrina, Maringá e Cambé, no Paraná, e Presidente Prudente, em São Paulo. A empresa do Grupo A.Yoshii desenvolve empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização, especialmente para quem quer conquistar o primeiro imóvel. A Yticon já construiu mais de 5 mil unidades, todas entregues rigorosamente no prazo, somando mais de 500 mil metros quadrados de área construída. Mais informações: www.yticon.com.br. Sobre o Grupo A.Yoshii Fundado há mais de 55 anos, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de metros quadrados do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná; e pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e a democratização cultural. Além disso, atua em Obras Corporativas, atendendo grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br.


michelefarhat_saude

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

Michele Farhat

MASTER COACH 41 | 99677-8419 Os pensamentos têm o Poder de modelar e recriar a forma como o cérebro atua, para melhor ou para pior, dependendo da emoção que são atribuídas a eles. O cérebro interpreta a mensagem como uma diretriz , ou seja, a mente entende que a memória é boa ou ruim de acordo com o que você repete frequentemente, como uma “verdade”, independente de ser ou não real. Portanto, o cérebro é conduzido a realizar coisas novas somente quando é estimulado, ensinado, nutrido e provocado pelos pensamentos. A partir disso nos comunicamos. Os pensamentos são nossa comunicação interna. A comunicação externa , ou seja, a voz, posturas, expressões faciais, fala muito sobre como cada um de nós “enxerga “a vida. Mente e corpo fazem parte do mesmo sistema cibernético, ou seja, se a comunicação da mente sofre alterações, a do corpo também sofrerá, e o contrário também pode acontecer. Na comunicação externa, boca e corpo transmitem aquilo que está transbordando na mente, e essa comunicação que o indivíduo faz, interna e externamente é capaz de determinar os resultados que ele obterá na vida. Muitas vezes não percebemos como estamos nos comunicando , e acabamos vivendo experiências e situações que chegamos julgar injustas. Por mais bem sucedidos que sejamos , se pensarmos coisas ruins, nosso corpo comunicará coisas ruins. Muitas vezes seguimos um padrão de comunicação que aprendemos na infância, por algo que vimos, ouvimos ou sentimos de maneira repetida ou por forte impacto emocional. Um exemplo comum é uma pessoa que se diz incapaz de passar no vestibular ou num concurso. Essa pessoa comunica incapacidade, pois pode ter visto , ouvido ou sentido, algo que lhe tenha deixado uma marca, como por exemplo: “filho, somo s pobres, não tivemos bons estudos e, portanto, não temos condições de entrar para uma universidade.”


Imagina uma criança cheia de sonhos ouvindo isso frequentemente, quando crescer, inevitavelmente acreditará ser incapaz, mesmo tendo apresentado resultados bons na escola. Mesmo após adulto, se uma pessoa comunica incapacidade, tristeza, medo..., seu corpo e sua mente absorverão isso e ela viverá dessa forma. A boa notícia é que isso também serve para coisas boas! Ufa!! Em se tratando dos sentimentos "O termo sentimento é muito usado para designar uma disposição mental ou algum propósito de uma pessoa para outra. Sendo assim, os sentimentos seriam ações decorrentes de uma decisão, além das sensações físicas que são sentidas como conseqüência de amar, por exemplo" Os pensamentos sempre levarão as mesmas escolhas, as mesmas escolhas sempre levarão a um padrão de comportamento, que produzirá experiências semelhantes, as experiências produzirão as mesmas emoções e estas levarão aos mesmos pensamentos... Em termos muito simples, os pensamentos e sentimentos perpetuam o estado de ser e este gera o comportamento criando uma realidade condizente, adequada com essa frequência e vibração. Ao termos novos pensamentos, começamos a modificar nosso comportamento para que possamos agir de maneira diferente. Em seguida , quando alteramos nossas ações e nossos comportamentos típicos rotineiros, acontecem coisas diferentes do habitual, gerando, portanto,uma nova experiência. A maioria das pessoas tentam criar uma nova realidade a partir da mesma personalidade. É como se fosse chegar ali, sem sair daqui. Deve ocorrer uma transformação, numa nova pessoa, com novos pensamentos, novos sentimentos, que traduzirão numa nova realidade e numa nova assinatura vibracional. Isso é LIBERTADOR!


arquiteto_renato_sabadin

ARQUITETANDO

RENATO SABADIN

ARQUITETO 41 | 99840-5390 Você já parou para pensar que a decoração da sua casa, além de estar alinhada com as suas necessidades, também precisa levar em conta os seus pets? A adaptação de alguns ambientes da casa é uma das medidas recomendadas para quem está pensando em adotar um bichinho. Mas não se preocupe, existem algumas dicas simples que podem te ajudar nessa missão de deixar a decoração do seu lar mais apropriada para o seu cão ou gato, sem deixar de lado as suas próprias necessidades! Com soluções viáveis e criativas é possível ter um projeto personalizado para o pet e seu dono, sem abrir mão do conforto, praticidade e segurança. Os pets precisam ter um local delimitado para a alimentação. Assim, vale separar um cantinho da casa especificamente para isso, colocando lá comedouros e até uma fonte, para que a água do seu bichinho esteja sempre fresquinha e renovada! Uma das coisas mais importantes em uma casa com cães ou gatos é que eles consigam circular pelo ambiente com facilidade e segurança, para isso, soluções de marcenaria podem ser uma boa pedida! Nichos, prateleiras, rampas e até escadas para animais de pequeno porte são ótimos para ajudar os pets a ter acesso aos diferentes ambientes do lar quando o tutor não estiver presente. No caso de casas com gatos, também é interessante adicionar cordas, prateleiras suspensas e caixas higiênicas.


Já os cachorros precisam de mais áreas livres e mobiliários vazados para terem uma melhor circulação pelos ambientes. Até mesmo o piso da casa deve ser pensado levando em conta os pets, sabia? Uma boa escolha nesse sentido é o piso vinílico, uma vez que ele é antiderrapante, oferece conforto térmico e sua manutenção é fácil. Plantas também são uma ótima opção em casas com animais, mas é necessário tomar muito cuidado! Algumas plantas podem ser venenosas para cães ou gatos, então é importante pesquisar sobre as espécies antes. E vc, já te tem um cantinho especial planejado para seu pet?


Piso vinílico

Plantas

Espaço para correr


IMÓVEL IDEAL

ADRIANA MARIANO adri.mariano

ASSESSORIA IMOBILIÁRIA

41 | 99113-5874

“ MATCH DE INOVAÇÃO NO MERCADO IMOBILIÁRIO (Oportunidade)" A Abrainc Match reúne startups e incorporadoras para rodadas de negócios. Idéia inteligente e Inovadora através de um iniciativa que reúne 26 Startups e Incorporadoras para reuniões estilo one on one. Com o objetivo de promover novos negócios e apresentar soluções inovadoras, a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) promoveu rodadas de negócios. Os encontros tiveram início dentro do Fórum de Liderança e Inovação (Fili 2022) e seguirão até o fim de julho. Os encontros tem duração de 20 minutos, são realizados entre uma empresa/startup participante dos segmentos de Construtech, Fintechs e Martechs para networking com empresas do setor da construção civil e representantes das incorporadoras associadas da Abrainc. No ili, o Match de Inovação já realizou 158 reuniões e a expectativa é que esse número aumente consideravelmente até o final dessa ação. O presidente da Abrainc , Luiz França destaca a relevância de ações como esta, que envolve diversos representantes da construção civil, para induzir novos investimentos e fortalecer a cadeia produtiva. “O Match de Inovação é um mecanismo importante criado pela Abrainc para estreitar o relacionamento entre os fornecedores da cadeia produtiva da construção civil e gerar novas oportunidades de Negócios rentáveis e lucrativos no Mercado Imobiliário. *** O Mercado se apresenta aquecido e ótimo para comprar e investir e minha Imobiliária “Adriana Brito Imóveis de Luxo Ltda” apresenta aqui cada mês oportunidades que trazem das mais diversas e variadas opções que vão desde Apartamentos Prontos e a entregar por Construtoras e Incorporadores assim como Casas em Condomínios e de Rua, Chácaras, Sítios, Terrenos no Paraná e Santa Catarina. Venha conferir e agende sua Visita!!!





pauloresende

PAPO JURÍDICO

DR. PAULO RESENDE

ADVOGADO

Ângela Diniz, hoje. Quem ama não mata. A defesa de valor moral, social ou da honra não poderá ser usada como argumento atenuante ou de absolvição em crimes de violência doméstica contra a mulher ou feminicídio. O projeto (PL 2.325/2021) que exclui essas teses do Código Penal e do Código de Processo Penal, foi aprovado em caráter terminativo pela Comissão de Constituição e Justiça. Com isso, a proposta segue direto para a Câmara dos Deputados. Sim, estamos falando da Legítima Defesa da Honra em 2022. Parece surreal este tema atualmente e na sociedade que vivemos, mas sim, homens que matam mulheres ainda alegam que praticaram tal crime por terem sua honra manchada. O crime que ceifa a vida de outro, ainda em muitos países com a pena na mesma medida, aqui ainda é possível que uma defesa com argumento tão vil absolva o assassino. Agora você pergunta, quando isso começou, por que ainda é assim? Vamos voltar alguns anos e falar de Ângela Diniz, figura conhecida na sociedade mineira, famosa por sua beleza e por seu comportamento pouco conservador para a época. Estamos falando dos anos 60, 70. Ângela Diniz costumava dizer: "Sou bonita, rica e boa de briga". Nascida em 1944, filha de um dentista e de uma costureira, foi criada para ser rainha. Aos 7 anos, não amarrava os próprios sapatos. Seduziu a conservadora sociedade mineira da época e logo virou lenda. Casou-se aos 17 anos com o engenheiro Milton Villas Boas e teve três filhos. Separou-se aos 26 e deixou as crianças com o pai.


Ângela sempre oscilou entre as colunas sociais e páginas policiais, foi presa por porte de maconha e, pelo menos uma vez, foi espancada em público por um namorado. De fato, a vida de Ângela nunca foi um mar de rosas. Na infância não mantinha um bom relacionamento escolar, por muitas vezes ser considerada “moderninha de mais” em pensamentos e ideias. Após desquitada foi envolvida num crime que na época chocou a sociedade. No ano de 1973, José Avelino dos Santos caseiro e vigia da casa de Ângela, foi assassinado à noite com um tiro no rosto. Inicialmente, Ângela assumiu a culpa, alegando legítima defesa numa suposta tentativa de abuso sexual. Porém após as investigações, descobriu-se que havia uma terceira pessoa na casa. Essa pessoa era Arthur Vale Mendes, conhecido como Tuca Mendes, um milionário herdeiro do grupo Mendes Júnior, que era amante de Ângela. Enfim, Ângela tentou encobrir tudo para proteger seu amante, mas não deu muito certo. Especulou-se ainda na época, que o caseiro também era amante de Ângela. Muito fácil encontrar reportagens da época e ler sobre o caso. Depois desse fato, Ângela mudou-se para o Rio de Janeiro, e mesmo sem a guarda dos filhos, os levou com ela, respondendo ainda um processo criminal por sequestro. A vida de Ângela no Rio de Janeiro não foi nada tradicional, mergulhando em festas, bebidas e drogas. Entre vários relacionamentos e amantes, destacou-se Ibrahim Sued, talvez a maior personalidade social da história do Rio de Janeiro. A vida boêmia de Ângela não se restringia apenas ao Rio de Janeiro, sendo ela também frequente na noite paulistana, onde conheceu no ano de 1976 Raul Fernandes do Amaral Street, apelidado de Doca Street. Foi um romance súbito e arrebatador, tanto que um mês após se conhecerem, Doca já estava largando a família e indo morar com Ângela em Búzios. Lá mantiveram uma relação descompromissada baseada em sexo, sol, praia, drogas e bebidas. Pois bem, na véspera de Réveillon, tarde de 30 de dezembro de 1976, o cenário: Praia dos Ossos, Búzios, litoral do Rio de Janeiro. A mulher fatal, enfurece o homem moldado por uma sociedade machista com espelho no contexto histórico da época tendo como pano de fundo a Ditadura. O homem é machão e bruto. A mulher livre, é mal vista. Como Doca descreveu posteriormente, tudo começou com "Ela o puxando até o quarto. Usava só a parte de cima de um baby-doll minúsculo. Acompanhando tudo duas garrafas de Veuve Clicquot”. Disse ele, “nunca tinha se sentido tão à vontade com uma mulher." "Fotografei-a nua em diversas posições, ela também tirou fotos minhas. Foi uma noite de fotos, vodca e drogas”. De repente, uma briga. Ciúmes e violência. Foram a praia, e ele repara que Ângela estava olhando para um homem, que lhe retribuía os olhares. Ângela adorava provocar. Doca olhava tudo ardendo de ciúmes, a segue e encurrala. Depois, uma mulher, uma alemã tentadora, que acabou em Motel, onde Doca pelos efeitos do álcool e das drogas, só olhava, e lhe crescia o ciúme. Quando Ângela convida a moça pra sua casa, o estopim aparece, e discutem feio. Após algumas cenas de ciúmes, muito resumidamente descritas, Ângela diz a Doca algo como; se quiser me dividir com homens e mulheres “não te largo”, pode ficar, seu corno! E bateu com uma pasta no rosto de Doca. Em uma entrevista Doca disse; "A Ângela jogou a pasta na minha cara, ela caiu no chão e abriu. A pistola rolou". "Só lembro que peguei e atirei." Depois disso fugiu e só seria preso 20 dias depois.


Pois bem, um assassinato por motivo fútil e vil. Após um grande imbróglio jurídico, processo onde Doca Street foi representado pelo renomado advogado Evandro Lins e Silva, o mesmo fora absolvido com a tese de "legítima defesa da honra". O advogado de Doca, um grande nome da advocacia, lembrado até os dias atuais, como argumentos de defesa enalteceu a figura masculina e menospreza a figura da mulher. Ficou célere a frase; “Senhores jurados, a “mulher fatal”, encanta, seduz, domina, como foi o caso de Raul Fernando do Amaral Street”. Enfim por cinco votos a dois, o Juri condenou Doca a uma pena de 18 meses pelo crime e seis meses por ter fugido da justiça. A decisão evidente foi considerada um escândalo e causou inúmeros protestos. Serviu para o surgimento de vários movimentos sociais em defesa da mulher e cunhou o lema; quem ama não mata. Após anulação do 1º Juri sob forte protestos, num segundo o mesmo foi condenado a 15 anos de prisão. Pois bem, conforme o início dessa crônica, até hoje alguns advogados atendendo ao rogo do cliente utiliza desta tese e dos argumentos esculpidos no 1º julgamento do Doca Street. Como o Poder Judiciário é uma caixa com muitos mistérios, até hoje não foi formado um entendimento pacífico a afastar os absurdos argumentos absolutórios, sendo que após aprovação da lei inicialmente citada, esta tese será definitivamente enterrada, provavelmente no túmulo de Ângela. Na época, o poeta Carlos Drummond de Andrade escreveu: "Aquela moça continua sendo assassinada todos os dias e de diferentes maneiras".


claudia_canales_paisagismo

PAISAGISMO

CLAUDIA CANALES

DESIGNER DE EXTERIORES PAISAGISTA

TUDO O QUE É PRECISO SABER ANTES DE TER UM JARDIM VERTICAL Os benefícios de se ter um jardim vertical são enormes e posso citar aqui algumas destas vantagens. Além da beleza de ter uma parede coberta de vegetação, podemos citar o conforto acústico, conforto térmico, o ganho em fotossíntese e emissão de oxigênio. Também vejo muito locais difíceis ou impossíveis de se ter um jardim vertical, então resolvi fazer um alerta aqui, para que se você for fazer a escolha de ter um jardim vertical, tome alguns cuidados antes da instalação. Então vamos salientar pontos importantes: IRRIGAÇÃO Independente do tamanho do Jardim Vertical recomendamos irrigação automatizada ou a irrigação por gotejamento. Se você não for uma pessoa mega cuidadosa ou se viajar de vez em quando, recomendamos irrigação automatizada. A irrigação pode ser com timer ou com sensor de umidade que aciona quando o substrato estiver quase seca.


Foto: Canva

ESPAÇO Jardim Vertical precisa de espaço para se desenvolver, isto quer dizer que você deve prever pelo memos 50 cms de espessura, avançando para frente da parede para um jardim vertical crescer sadio. IMPERMEABILIZAÇÃO Prestar atenção na impermeabilização da parede onde você for colocar o Jardim Vertical, muitas vezes é necessário a impermeabilização da parede que irá receber o jardim vertical. Recomendamos a aplicação de Neutrol. LUMINOSIDADE Toda planta precisa de um mínimo de luminosidade para sobreviver, então, lembrar que lavabos sem janelas, corredores escuros, garagens ou halls de elevadores escuros não são bons lugares para colocar plantas. DRENAGEM Jardins verticais precisam de um lugar para que a água excedente escoe, então se você tem um piso que não pude receber água, não é uma boa opção ter um jardim vertical ou precisa pedir ao seu paisagista que providencie uma calha de captação da água, ou trocar o piso para um porcelanato ante derrapante. PONTO ELÉTRICO E HIDRÁULICO Sempre bom prever u ponto elétrico e hidráulico para instalar a irrigação. MANUTENÇÃO A escolha de espécies vegetais correta é o primeiro passo para uma manutenção pouco recorrente, porém, a retirada de folhas velha e adubação sempre serão necessárias. No mais, prestar atenção para colocar plantas de sol nos Jardins Verticais que recebe insolação das 10 às 16 horas e escolher plantas de meia sombra para as plantas que gostam de receber luminosidade, mas que não gostam de sol direto. VALOR Jardins verticais tem valor alto e justo, normalmente $1 500, a $ 2 000 mil reais o m2


Presente só nos melhores eventos!