__MAIN_TEXT__

Page 1

Ed.10/2020

A inspiração para o projeto dos seus sonhos, está aqui!

RENATO SABADIN Arquitetura e Interiores

Projetos Comerciais e Residenciais | Colunas | Notícias | Dicas de Décor


Arquitetura e Interiores

RENATO SABADIN


Renato Mantoan Sabadin, Arquiteto e Urbanista nascido em São Bernardo do Campo/ SP em 1980. Graduado na Universidade Bandeirante de São Paulo em 2003. Especializou-se em design de interiores no ano de 2004 em São Caetano do Sul / SP. Com seu estilo próprio de projetar, encanta seus clientes pela forte integração com a natureza, trazendo harmonia e beleza para o ambiente, realizando assim projetos únicos e valorizando o estilo de cada cliente. Em seu escritório trabalha com projetos arquitetônicos residenciais, comerciais, design de interiores, paisagismo e execução de obras. Já executou projetos em várias cidades do Brasil. Cada projeto é criado com carinho e dedicação para cada cliente, tornando-se um lugar agradável e especial. Para que o cliente possa entender melhor o projeto, o Arquiteto Renato Sabadin, sempre está se atualizando em novos programas para que sua apresentação se torne cada vez mais real. Em 2019 teve sua primeira participação na Casacor PR com o espaço “Bilheteria e Circulação“ que foi premiado na categoria revelação. Sua inspiração para o tema, foi “A Trajetória da Vida Humana” mostrando que a felicidade depende do relacionamento íntimo com Deus.

Informações e Orçamentos: renatosabadin.com.br renatoarquitetura1@gmail.com +55 41 99840-5390


RENATO SABADIN Arquitetura e Interiores

+55 41 9840-5390


Epilação Egípcia Facial

Design de Sobrancelhas

Curso de Automaquiagem

Maquiagem Profissional

Lash Lifting

Produtos e Acessórios

41 | 99669-3047 maquiadora

CAMILA SEPP


MAILA PUEHLER Fundadora da MP Arquitetura e Interiores, localizado no municĂ­pio de Fazenda Rio Grande-PR. Formada em Arquitetura e Urbanismo pela PUC-PR. www.mparquiteturaeinteriores.com Instagram: @arq.maila (41) 99635-6046 Foto: Mirian Duarte


Projeto de edícula para piscina. O ponto mais importante neste projeto, foi tornar mais fácil o uso deste espaço, apesar de ser a área da piscina, a família não tinha o hábito de utilizar, por não ter um espaço aconchegante e de proteção. Optei pelo ambiente aberto para manter a integração e visual da piscina apenas com fechamentos de cobertura e ainda mantendo a entrada de sol e iluminação através do pergolado em vidro. O Jardim vertical aqui foi para dar um toque de verde e refresco a esta área de lazer. Nos móveis optamos pelas cores mais claras para haver equilíbrio visual com o deck de madeira escura. Fico feliz em compartilhar aqui que o principal objetivo do projeto foi alcançado com sucesso, pois o uso da família foi intensificado com relatos de aniversários comemorados no local, ensaios fotográficos além, é claro, do lazer. Móveis : Vimme móveis Marcenaria: Frizzo Móveis Pendente decorativo: Mantra iluminação Jardim Vertical: AP INTERIORES Fotos ambientes: Eliel Ramos


ANA CRISTINA AVILA Ana Cristina Avila atua como arquiteta desde 2003, realizando projetos de arquitetura e interiores residenciais e corporativos de forma inovadora e sustentável. Sempre buscando a melhor solução aplicada às necessidades, gosto e estilo do cliente com funcionalidade, técnica, conforto e sofisticação. Coordena uma grande equipe de profissionais em suas obras com eficiência, segurança e pontualidade. Comprometimento é a palavra que rege o seu dia-a-dia. Utiliza o conceito da arquitetura da felicidade, com a aplicação da espiritualidade das cores, para desenvolver projetos com criatividade e alegria, com passos éticos e firmes constrói espaços personalizados e de sucesso. Formação Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela UTP-PR em 2003 Graduada em Fotografia pelo Centro Europeu em 2006 Professora de Projetos no Curso de Design no CEPDAP em 2010-2011 LEED GA (Green Associate) em 2016 Cargos em Instituições Consultor e Representante do CBC (Comitê Brasileiro de Cores) no Paraná. Outras Ações Orientadora das vencedoras (1º e 2º Lugar ) do concurso Novos Talentos da ABD – 2012 ANA CRISTINA AVILA Rua Francisco Rocha, 62 CJ 103Curitiba - PR, 80420-130 + 55 41 3342 0053 Email:falecom@avila.arq.br


PROJETO MOSTRA QUE É POSSÍVEL UNIR CONTEMPORANEIDADE E ACONCHEGO DO DÉCOR Projeto Ana Cris Ávila

Fotos: Marcelo Stammer

Assinado pela arquiteta Ana Cristina Avila, o projeto de interiores desse apartamento localizado no bairro Champagnat, em Curitiba, traz elementos marcantes do estilo contemporâneo que refletem o charme do décor. Os 85 m² da residência receberam móveis de linhas retas que destacam a paleta de cores arrojada do apartamento.A profissional optou por materiais nobres e detalhes marcantes na decoração, o que resultou em ambientes sofisticados e de personalidade forte. Devido à metragem reduzida do imóvel, a arquiteta ousou no projeto luminotécnico, escolhendo uma iluminação indireta nos móveis através de fitas de LED, além de alguns embutidos para iluminar os nichos decorativos. A sala de estar e jantar representa muito bem o conceito do apartamento. O ambiente foi revestido com três diferentes painéis, desenvolvidos exclusivamente para o espaço – tendo a laca preta, espelhos e a madeira freijó como destaque. Para trazer pontos de cor ao ambiente, foram escolhido dois pufes na cor Tiffany junto ao aparador revestido em couro.


A integração da sala com a cozinha acontece graças ao móvel de laca preta e a bancada de madeira. O destaque vai para a porta de correr com vidro jateado, com desenho exclusivo criado para dividir os ambientes de cozinha e lavanderia.


Para suíte máster, a arquiteta escolheu o clássico P&B para compor o décor, criando uma atmosfera de acolhimento, tranquilidade e sofisticação. A cabeceira em couro branco e espelho com iluminação toma toda extensão do quarto, proporcionando mais amplitude ao ambiente.

Otimizando o espaço, o closet recebeu portas de correr revestidas com papel de parede, intercaladas por portas em MDF branco e espelhos. No banheiro da suíte, o destaque vai para o Porcelanato Fendi e o mosaico em tons de branco e cinza que, junto ao espelho, trazem mais claridade ao espaço. Já o antigo banheiro social foi transformado em lavabo para atender melhor aos convidados. O charme da cor preta tomou conta das paredes do espaço, o lavabo conta com um armário estratégico usado como rouparia. Espelhos com recorte fazem a moldura para um lindo pendente de cristal.


CRISTINA KLETEMBERG KIZLTYKA Arquiteta, Urbanista e Designer de Interiores


Arquiteta urbanista e designer de interiores, atua em diferentes áreas: - Residencial - Comercial - Coroporativa - Industrial. Desenvolve projetos personalizados que associam soluçõestécnicas e funcionais ao conforto e beleza dos ambientes, resultando em qualidade de vida e bem estar. Por ser único, cada projeto busca pela essência do cliente, baseando-se em suas prioridades, estilo de vida e identidade. Av. Getúlio Vargas, 3620 sala 602 80240-041 Curitiba-PR +55 41 99904-2297 contato@slkarquitetura.com.br slkarquitetura.com.br


" Projeto idealizado para um jovem casal de vida social abundante. Com vistas a recepcionar confortavelmente aos convidados, foram previstos ambientes integrados e amplos espaços. No mobiliário predominam linhas retas, tons claros amadeirados e detalhes em tons terrosos, os quais proporcionam aconchego e conforto visual."

Ambientes funcionais e versáteis de uma residência com três pisos e 170 m². No hall de entrada, um móvel baixo foi projetado para acomodar os calçados, propiciando organização imediata do ambiente.


À integração da cozinha com as salas de estar e jantar, associou-se a paleta de cores neutras com toques de tons terrosos. Texturas amadeiradas e papéis de parede, também contribuíram para dar amplitude, aconchego e conforto ao espaço.


Para o lavabo, o papel de parede escolhido contrasta com o branco da bancada e com o painel ripado, proporcionando leveza.

A grande porta-janela do Espaço Gourmet permite a integração desse ambiente com a área externa. Tal layout favorece a circulação e oferece praticidade, conforto e descontração. Tons amadeirados, revestimentos em pedra e detalhes em fibra do Espaço Gourmet conectam-se harmoniosamente com os o deck de madeira, pergolado e floreiras da área externa.


Quadros Exclusivos


Foto: Gerson Lima


INTEGRAÇÃO E ELEMENTOS NATURAIS MARCAM PROJETO DE ÁREA SOCIAL COM 390M

²

Mix de texturas, elementos de design e muita natureza compõem espaços que levam a assinatura da arquiteta Alessandra Gandolfi

Fotos Ambientes: Marcelo Stammer

Lugar de conforto e inspiração constante, a casa foi feita para ser vivida em cada pequeno detalhe. Com essa premissa, a arquiteta Alessandra Gandolfi, que vê o lar como espaço onde podemos expressar nossas convicções e nosso interior, reuniu os gostos e hobbies de um casal jovem com filhos para projetar essa residência localizada em Curitiba (PR). A profissional integrou as salas de estar, jantar, home theater, área gourmet e área externa, com o objetivo de reunir afetos, mantendo a família sempre por perto. Como os proprietários gostam de cozinhar, beber um bom vinho e fazer churrascos na companhia dos amigos, o projeto reúne de forma elegante e harmônica todos os ambientes.


Na área gourmet, a churrasqueira divide espaço com a adega fechada, desenhada pela arquiteta e projetada em uma estrutura metálica. A bancada, feita nos mármores branco Paraná e Caesarstone Piatra Grey, com tampo estruturado em balanço, é um dos destaques do ambiente, juntamente com a mesa que chama atenção por sua base em tronco de madeira natural. Dando sequência, o home theater recebeu um painel ripado em MDF cinza, que envolve todo o ambiente. Além de proporcionar uma melhor experiência acústica enquanto os moradores relaxam assistindo a um filme ou escutando uma música, a escolha também delimita esse ambiente. O sofá cinza Natuzzi Editions e a poltrona em couro caramelo dão o toque final no quesito conforto.


Já sala de estar, o pé direito duplo favorece a vista para a piscina e amplifica a entrada de luz natural no espaço, trazendo uma atmosfera tranquila e aconchegante ao local. O uso da lâmina de madeira carvalho e do sofá Natuzzi na cor telha também são responsáveis por ampliar essa sensação, além de trazerem muita personalidade.

Na área externa o que não falta é contato com a natureza. Um jardim vertical inteligente enche a casa de vida. Podendo ser visto de qualquer cantinho da sala, o jardim possui irrigação automática, trazendo maior praticidade aos moradores. Além disso, a escolha de um piso atérmico traz conforto ao absorver o calor nos dias mais quentes. Sendo assim, a área que preenche o entorno da piscina torna-se um convite à contemplação em meio Thayane Santana com Klaus Diether Glatz aos dias mais turbulentos. e Kátia Christina Brand, da Reveev


Av. GetĂşlio Vargas, 3620 Cj. 710 Curitiba/PR (41) 99987-7272 (41) 3039-2772 projetos@alessandragandolfi.com.br


ARQUITETA DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ BUSCA INSPIRAÇÃO NO ORIENTE MÉDIO Natália Xavier esteve em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos


Pouco mais de um ano depois a Arquiteta Natália Xavier retornou a Dubai, nos Emirados Árabes para uma viagem inspiradora, num local que ela mesma descreve como único no mundo. Apaixonada pela arquitetura do país, Natália percorreu os principais pontos turísticos de Dubai e mais uma vez retornou ao Brasil com novas ideias para os seus projetos. “Dubai é a prova do poder transformador da arquitetura, uma cidade edificada no meio do deserto e que é referência mundial na construção civil e arquitetura”, disse Natália, que comanda o escritório NX Arquitetura & Design, em Balneário Camboriú e que já participou de duas edições da CASACOR SC. A Arquiteta visitou o imponente Hotel Armani, que fica no Burj Khalifa, edifício mais alto do mundo, com 830 metros. Do 123º andar, onde está localizado o bar mais alto do planeta, o Atmosphere Burj Khalifa, ela vislumbrou a maravilhosa vista da cidade. Por lá Natália ainda conheceu a maquete do que virá a ser o maior edifício do planeta quando concluído, o Dubai Creek Tower, que terá mil metros de altura e cerca de 200 andares. A maquete está localizada no Dubai Mall, também o maior shopping do mundo, com 1200 lojas e incríveis 130 restaurantes. Entre os passeios destaque para a visita a ilha de Palmeira Jumeirah, a famosa ilha em forma de palmeira, que ostenta grandes hotéis, torres residenciais luxuosas e os mais requintados restaurantes internacionais. No conjunto de ilhas artificiais foram utilizadas areia e pedras suficientes para formar um muro de seis metros de altura, capaz de dar três voltas na terra. Natália ainda visitou um dos hotéis mais luxuosos do mundo, o Burj Al Arab, que foi construído numa ilhota artificial, especialmente criada para ele. O hotel leva categoria 7 estrelas. O ponto alto da viagem foi uma festa exclusiva no Palazzo Versace, um dos primeiros hotéis de grife do mundo. Natália foi acompanhada do assessor de imprensa Alex Ferrer e do cliente, Robson Ravache, que contratou a arquiteta para desenvolver o projeto de interiores de sua cobertura, em Barra Velha. A Arquiteta ainda arrumou um tempinho para um passeio pelo deserto e retornou ao Brasil, pronta para o trabalho. Fotos: Divulgação / Agência A


Natรกlia Xavier e o assessor Alex Ferrer

No lobby do luxuoso Palazzo Versace

Natรกlia Xavier em passeio no deserto de Dubai


Toda suntuosidade do hotel da grife Versace

Natรกlia Xavier com o cliente Robson Ravache

Natรกlia Xavier em passeio no deserto de Dubai


Mendes Empreendimentos prepara a entrega do Brava Arts by Romero Brito Este é o primeiro projeto residencial assinado pelo artista brasileiro Internacionalmente conhecido por sua colorida arte, Romero Britto conquistou o mundo e atraiu olhares de famosos clientes como Bill Clinton, Madonna, Michael Jackson e o casal real Willian e Kate Middleton, mas o brasileiro conseguiu também tornar a arte acessível ao grande público quando estampou seus traços em objetos que vão desde uma simples caneta, até móveis. Agora o pernambucano surpreende com algo inédito. Ele escolheu Itajaí como a primeira cidade do mundo para sediar um prédio com sua assinatura. O projeto é da Mendes Empreendimentos e leva o nome de Brava Arts by Romerto Britto. O prédio será entregue em março de 2021 e está localizado na Praia Brava, bairro mais valorizado do município, que tem o segundo maior PIB de Santa Catarina, segundo dados do IBGE (2019). A diretora da Construtora, Nathália Mendes Schaadt, aponta o Brava Arts by Romero Britto como uma verdadeira obra de arte urbana, com um design voltado para um público seleto e exigente. “Consideramos o Romero Brito a escolha perfeita para assinar o projeto, pois ele é um artista que tem uma característica única, uma arte alegre e moderna, além de ser um brasileiro mundialmente conhecido”, afirma a diretora da construtora. Considerado um ícone da cultura pop moderna, um dos mais premiados artistas de nosso tempo e um dos brasileiros mais conhecidos mundo afora, Romero Britto tem suas obras chamadas por colecionadores e admiradores de “arte da cura”. As obras têm cores vibrantes e composições ousadas, criando graciosos temas com elementos compostos do cubismo.


A participação do artista no empreendimento estará estampada no nome, Brava Arts by Romero Britto, na fachada, que contará com uma grandiosa pintura dele e também em cada uma das torres, que levará o nome de uma arte de Romero. Além disso, alguns projetos de decoração do prédio têm nos ambientes obras do artista. Para Nathália Mendes um dos diferenciais do empreendimento é a aposta no conceito Rooftop, tendência americana que consiste em ter uma área de lazer ao ar livre no topo dos edifícios, permitindo uma vista extraordinária da região. “Temos um Rooftop exclusivo, onde todas as áreas de lazer foram planejadas com vista pro mar, trazendo, por exemplo, para os moradores que estão na piscina a sensação de estarem num navio”, pontuou. De acordo com a Arquiteta Karine Lise Schafer, da Zermiane Arquitetura, responsável pelo projeto arquitetônico do Brava Arts, três diferenciais foram aplicados ao empreendimento. O primeiro são os amplos apartamentos com varandas e terraços com movimentos serpenteados na fachada. “A ideia central sempre foi buscar uma edificação que pudesse ser em si uma obra de arte, pela simplicidade das formas e pelos movimentos curvos suaves capazes de potencializar sensações espaciais diferenciadas aos observadores”, explica Karine. “Muitas pessoas comentam que o edifício é formado pelo empilhamento de livros. Inicialmente não foi pensado com esse conceito, mas achamos curioso esse modo de entender a edificação, visto que se relaciona muito bem com a ideia do conhecimento como forma de propagação da arte, vinculando ao nome, Brava Arts”, acrescentou a arquiteta. O segundo diferencial é o conforto térmico aplicado na edificação, por meio de apartamentos com ambientes iluminados e com ventilação cruzada. O estudo da planta baixa proporcionou que todos os apartamentos tivessem ao menos duas fachadas externas com aberturas. O terceiro diferencial são as áreas de lazer do empreendimento. Os espaços estão dispostos em três pavimentos, dois no embasamento, reservado a ambientes fechados, e a cobertura, destinada a áreas ao ar livre - com piscinas, bar molhado, academia, hidromassagem, solarium - que proporcionam eixos visuais para o mar, para a vegetação e para a cidade.


Para Karine, da Zermiane Arquitetura, a equipe está lisonjeada pelo reconhecimento que Romero Brito deu ao projeto, com a possibilidade de aplicação de sua marca em um detalhe do edifício. “O artista Romero Britto tem reconhecimento internacional e não tem como não admirá-lo pelo alcance que teve com sua arte”, observou a arquiteta. O Brava Arts conta com 6 tipos de plantas, com apartamentos de 2 a 3 suítes, com possibilidade de Jardim Privativo. A área total pode variar de 150m² a 375m², dependendo do tipo, e os valores variam de R$ R$ 1.3 a R$ 3.5 milhões. Além da localização privilegiada, todos os apartamentos permitem vista pro mar. O projeto ainda conta com ampla área de lazer e iluminação em Led para todas as sacadas e fachada do edifício. A arquiteta Karine explica que no Brava Arts os espaços foram pensados para o convívio em família, seja nos apartamentos, com áreas de estar integradas com varandas proporcionando eixos visuais para o entorno, seja nas áreas de uso comum da edificação, com espaços amplos e integrados para o convívio em grupo e com a natureza. Uma das características da Mendes Empreendimentos é primar pela qualidade no acabamento de seus projetos. Nathália Mendes acrescenta que o acabamento impecável será uma marca do edifício, que será entregue finamente decorado, com projeto de interiores assinado pela GM Arquitetura. A Mendes Empreendimentos já nasceu com experiência: as sócias e irmãs Nathália e Eluize cresceram atuando no ramo imobiliário de Santa Catarina e com personalidade e visão de futuro, seguem com foco no mercado catarinense, um dos grandes destaques do país.A Mendes sabe que o futuro é agora e que ele precisa ser sustentável, inovador e inteligente, unindo tecnologia de ponta com o pensamento no amanhã.Traz no DNA o propósito de reinventar o jeito de se viver, tanto na hora de escolher onde morar, quanto onde aproveitar momentos com a família e amigos, tendo em perspectiva que o público precisa ter identificação com o produto.A Mendes é formada por pessoas que acreditam no que fazem, procurando sempre conectar o público com o que há de melhor, unindo bemestar com estilo, lazer e negócios.


Janelas CASACOR terá a participação da Arquiteta Thayane Santana Profissional de Itapema assina o “The Ring Light Room”, inspirado nos ambientes das influencers

A Arquiteta Thayane Santana foi convidada para assinar um novo projeto na mostra CASACOR 2020, neste ano Janelas CASACOR, em novo formato devido à pandemia. Os ambientes serão montados nos shoppings Almeida Junior. Em Balneário Camboriú a mostra acontece de 08/11 a 08/12, no Balneário Shopping. Thayane Santana já participou da mostra na edição 2019 vai assinar o ambiente “The Ring Light Room”, junto com as Arquitetas Luísa Casa e Hanna S. Wachholz, do seu escritório Thay Santana Arquitetura. Ela explica que as pessoas viviam suas vidas normalmente, quando 2020 trouxe consigo uma nova perspectiva de realidade. “A COVID 19 nos fez silenciar, recolher e isolar. O isolamento trouxe inúmeros fatores novos pra nossa existência. Começamos a cuidar mais aonde íamos, com quem íamos, onde tocávamos e nunca valorizamos tanto o interior de nossas casas”, pontuou. A Arquiteta pondera que, junto com a realidade do isolamento, nunca se reforçou tanto a conexão através da Internet. O social nunca foi tão ativo. Lives, postagens e stories 24h, todos os dias. A conexão entre quem compra e quem vende também tornou-se virtual, reforçando um mercado financeiro que já era muito crescente.


Thayane Santana é natural de Ivaiporã, PR, mas reside em Itapema, SC. Formada em Arquitetura e Urbanismo pela UNIVALI, em 2015 e pós-graduada em Iluminação e Lighting pela IPOG, em 2019, a Arquiteta visita anualmente a Feira de Milão desde 2013 para conferir as novas tendências. Escolheu a profissão por sempre gostar de desenhar e criar, além disso cresceu no meio, trabalhando desde cedo na construtora da família. Alguns projetos mais recentes foram o espaço na Mostra Delumini, em 2018 e 2020; um duplex em Itapema para o cantor Zezé di Camargo e os Edifícios Maison Garden, Bosco Verticale, Josefina Cruz e Beach House, todos em Itapema. Thayane também esteve na mostra CASACOR 2019 e assina o projeto com a Arquiteta Luísa Casa e Arquiteta Hanna S Wachholz, da Thay Santana Arquitetura e Interiores.


Assim nasceu o Ambiente “The Ring Light Room”, que simboliza a realidade de um ambiente de estar e de trabalhar de uma garota que trabalha através de redes sociais, se comunica, compra, vende e influencia outras pessoas. “O mini-loft com o “ring light” (anel de luz utilizado para gravações em estúdio) é um símbolo desse momento, onde dentro de casa precisamos de um local que seja casa, trabalho, diversão e também aconchego e segurança”, disse. Os espelhos iluminados valorizam as “selfies” e os tons de azul e verde do projeto trazem sofisticação e sobriedade. As linhas curvas no gesso trazem a descontração necessária e os tecidos agregam todo o conforto que uma casa que também é local de trabalho deve trazer em sua essência.

Janelas CASACOR O Janelas CASACOR / Santa Catarina entra em cartaz de 08 de novembro até 08 de dezembro em quatro shoppings Almeida Junior localizados em Balneário Camboriú (Balneário Shopping), Blumenau (Neumarkt Shopping), Criciúma (Nações Shopping) e na Grande Florianópolis (Continente Shopping). E terá no elenco desta edição especial e histórica nove escritórios convidados: a dupla Ednilson Gouveia e Marcelo Bertoldi, Fernando Luiz Dal Bosco, o duo formado por Linda Martins e Cris Araújo, Natalia Xavier, Thayane Santana, Michael Zanghelini, Daniela Viana e Lilian Maravaio, Daniel Ghizi e Geovani Capelina. A visitação do Janelas CASACOR / Santa Catarina é gratuita e pode ser feita também digitalmente por meio do Tour 3D em todos os ambientes. Além do acesso gratuito ao conteúdo desta edição - revista digital, vídeos e minidocs - disponível no site oficial do evento. Sobre a CASACOREmpresa do Grupo Abril, a CASACOR é reconhecida como a maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas. O evento reúne, anualmente, renomados arquitetos, decoradores e paisagistas e em 2020 chega à sua 34˚edição em São Paulo, com 15 praças nacionais (Bahia, Brasília, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Ribeirão Preto), e mais quatro internacionais (Miami, Bolívia, Paraguai e Peru). SERVIÇO:O que: Janelas CASACOR / Santa CatarinaQuando: de 08 de novembro a 08 de dezembroInformações: www.janelascasacor.com.br Fotos: Carlos Alves e Divulgação


THAYANE SANTANA 47 3368-5880 / 47 9 9912-1812 e-mail: contato@thaysantana.com.br instagram: @santanathayane Facebook: Thayane Santana Site: https://www.thaysantana.com.br/ Escritรณrio: Thay Santana Arquitetura


Inscrições abertas para o 8º Prêmio Saint-Gobain de Arquitetura Em sua oitava edição, a Saint-Gobain promove o certame com chancela da AsBEA e recebe propostas nas categorias Profissional e Acadêmica até 15 de janeiro de 2021

O Grupo Saint-Gobain, referência mundial no setor construtivo sustentável, anuncia a abertura das inscrições para a 8ª edição de seu prêmio de arquitetura, que, a partir deste ano será realizado em parceria com a Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA). Com distribuição total de R$ 330 mil em prêmios, o prazo limite para submissão das propostas vai até 15 de janeiro de 2021.


Os trabalhos podem ser inscritos através do site premiosaintgobainasbea.com.br nas categorias Profissional (modalidades Projeto e Edificação, segundo as tipologias Comercial, Residencial e Institucional) ou Acadêmica (modalidade Projeto Acadêmico). Para esta edição, contudo, a união à AsBEA elenca quatro novos destaques oferecidos pela Associação, que serão destinados a projetos de até 2 mil metros quadrados, de 2 mil a 10 mil metros quadrados, superiores a 10 mil metros quadrados, e o destaque Roberto Cláudio dos Santos Aflalo. Em sua 8ª edição o Prêmio Saint-Gobain Asbea de Arquitetura é realizado em duas etapas de julgamento. Na primeira, serão selecionados pela Comissão de Seleção dez projetos em cada uma das modalidades/tipos da Categoria Profissional e dez projetos finalistas da Categoria Acadêmica, totalizando 70 selecionados que seguirão para a segunda etapa de julgamento. Nesta fase, por sua vez, serão escolhidos pela Comissão de Premiação três vencedores em cada modalidade das categorias Profissional e Acadêmica, oito prêmios destaques e um projeto eleito como o Melhor Projeto da Edição, escolhido entre os classificados.

"Estamos muito felizes por ter a AsBEA conosco nesta edição. Com toda certeza, esta chancela agrega muito valor ao Prêmio SaintGobain e trará novos projetos que valorizem conforto, sustentabilidade e design para a edição de 2021″, pontua Thierry Fournier, CEO América Latina e CEO Brasil da Saint-Gobain." Para Henrique Mélega, presidente da AsBEA São Paulo, a união das marcas SaintGobain é benéfica para o mercado de arquitetura. “Vamos reconhecer e premiar projetos que mobilizam profissionais e estudantes da área que apresentem projetos que tragam contribuições significativa para o setor”. O Prêmio é uma atividade cultural realizada pelo Grupo Saint-Gobain, e de suas empresas: Brasilit, Cebrace, Isover, OWA, Placo e Quartzolit, com o apoio da AsBEA, que pretende incentivar e fomentar o uso de tecnologias, processos e a correta especificação de produtos na Construção Civil brasileira em prol do conforto, inovação e sustentabilidade.


PROGRAMAÇÃO até 15 de janeiro – inscrição até 29 de janeiro – envio do projeto até 23 de março – divulgação dos selecionados | 1ª etapa até 23 de abril – divulgação dos selecionados | 2ª etapa (sem ordem classificatória) até 31 de maio – evento de premiação e divulgação do resultado

Saiba mais premiosaintgobainasbea.com.br


Construção civil é setor que gera mais empregos durante pandemia Segmento abriu mais de 50 mil novas vagas no Brasil no mês de agosto; A.Yoshii Engenharia seguiu a tendência e contratou mais de 570 pessoas entre junho e agosto

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), divulgados no dia 30 de setembro, todas as regiões brasileiras tiveram geração de empregos com carteira assinada no mês de agosto. No Brasil, foram abertas 249.388 vagas, com destaque para o estado de São Paulo, que teve a implementação de 64.552 novos postos de trabalho. Um dos termômetros da economia, a construção civil contribuiu para a criação de empregos e abriu 50.489 vagas em agosto. Segundo o CAGED, pelo terceiro mês consecutivo, o Paraná apresentou saldo positivo na criação de empregos com carteira assinada, abrindo 17.061 novos postos de trabalho em agosto, o que representa aumento de 93% em relação a julho (com 8.833 vagas). Nesse mesmo caminho, a A.Yoshii Engenharia, construtora com atuação em todo Brasil, contratou 575 colaboradores nos últimos três meses. O principal incentivo para esse avanço foi o fato de a construtora ter iniciado as vendas de quatro empreendimentos de alto padrão em Curitiba e Londrina (PR), além de outros lançamentos previstos em Campinas (SP) e Maringá (PR). O diretor do departamento de Recursos Humanos do Grupo A.Yoshii, Aparecido Siqueira, conta que o bom momento do setor fez com que as vagas fossem abertas e os empregos retomados. “Além de novas vagas, conseguimos recontratar colaboradores nas cidades onde atuamos. Por conta dos lançamentos, seguimos contratando e dando apoio nessa retomada econômica”, explica. Recém-contratado, o auxiliar de almoxarifado da A.Yoshii em Curitiba, Junior André Dias, estava há seis meses desempregado e a construção civil abriu as portas para a recolocação profissional. Ele faz parte dos mais de 100 funcionários que foram contratados pela empresa na capital paranaense. “Fui demitido em março e ser contratado em meio à pandemia é uma sensação de alívio. Estou feliz da vida e dando o meu melhor. É muito bom fazer parte dos dados de empregados no Brasil”, ressalta.


Setor da construção civil abriu mais de 50 mil novas vagas no Brasil no mês de agosto Crédito: Ronan Rufino

Grupo A.Yoshii Fundado em 1965, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de m² do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná e interior de São Paulo; pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e a democratização cultural; e atua em Obras Corporativas, atendendo a grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br


MELHOR CASA INTEGRADA POR AUDIOVISIONS | NÍVEL IVVENCEDORA | AMÉRICAS Fonte: https://cediaawards.org/project/the-best-of-everything-3/

Esta casa de 40 milhões de dólares tem uma integração tecnológica digna de seu pedigree. Como diz a equipe da AudioVisons , “Esta bela casa tem dois andares acima do solo, mais um porão para a garagem, lounge e áreas de exercícios. A metragem quadrada total é de 16.450 pés quadrados. A casa inteira com seis quartos e dez banheiros custará US $ 39.950.000 ”. Inclui Ketra Lighting , Lutron Lighting Controls e um sistema de vida saudável Delos Darwin AudioVisions continua: “Um dos principais focos era o aspecto de vida saudável da casa e como a tecnologia poderia ajudar a fazer isso acontecer. Água limpa, ar puro e iluminação centrada no homem foram usados para criar um oásis de vida saudável. A Delos forneceu sistemas de monitoramento que foram controlados pelo sistema de automação Crestron. O Darwin detecta automaticamente as alterações na qualidade do ar e liga o sistema Mitsubishi HVAC conforme necessário e as luzes Ketra se ajustam automaticamente ao longo do dia para refletir a temperatura da cor externa. ” É apenas um dos muitos recursos automatizados desta vitrine. Mesmo os sistemas “padrão” como o vídeo foram superdimensionados com a instalação de duas paredes na barra do porão e na sala de estar. Mas talvez a instalação mais atraente em toda a casa seja a parede de vídeo de projeção personalizada que incorpora três projetores 4K. Muito bom para uma garagem, certo? Outra característica impressionante: O cinema secreto com uma entrada escondida atrás de uma estante. Aquele teatro, com seu projetor Barco e tela Seymour de 206 polegadas , tem um som tão bom quanto parece: o cinema foi calibrado de maneira personalizada por Paul Hales, o fundador da ProAudio , que elevou o som da sala para "o próximo nível". Este projeto também ganhou os prêmios Life Lived Best at Home e Technology Meets Design da CEDIA para 2020.


Esta casa possui um sistema de vida saudável Delos Darwin controlado por Crestron.

O que é uma casa de luxo sem uma boate própria?

Até a garagem é ele gante e dramática.


O sucesso do seu negรณcio comeรงa aqui!


Pedro Abranches Vasconcelos e Carlos Machado e Moura vencem Prémio Fernando Távora Os arquitectos Pedro Abranches Vasconcelos e Carlos Machado e Moura sagraram-se hoje, 26 de Outubro, vencedores da 16ª edição do Prémio Fernando Távora, com a proposta “Estrelas do mar: Fortificações Costeiras de Portugal Continental”.

O júri anunciou, por unanimidade, que Pedro Abranches Vasconcelos e Carlos Machado e Moura são vencedores da edição de 2020, numa cerimónia que decorreu na sede da Ordem dos Arquitectos – Secção Regional Norte – N41º Centro de Arquitectura, de Criatividade e de Sustentabilidade. A proposta “Estrelas do mar: Fortificações Costeiras de Portugal Continental” foi distinguida pelo júri do galardão por ser inédita, contribuindo para um conhecimento actualizado e sistemático do património defensivo costeiro, através da utilização do desenho e das novas tecnologias numa uniformização, em termos de apresentação.


“A maioria destas Estrelas está documentada, em levantamentos antigos, estudos parcelares aprofundados, muito excelentes, compilações amadoras e rotas específicas em zonas turísticas, mas o seu conjunto merece uma análise inclusiva, numa perspectiva crítica, contemporânea e arquitectónica”. (excerto da proposta de viagem). Para a concretização da proposta, Pedro Abranches Vasconcelos e Carlos Machado e Moura receberão uma bolsa de viagem no valor de seis mil euros. O Júri da 16ª edição foi presidido pela jornalista Paula Moura Pinheiro e contou com Eduardo Queiroga, José Bernardo Távora, Paula Silva, Maria da Graça de Tavares e Távora Pereira Coutinho (em representação da família do Arquitecto Fernando Távora). A conferência de apresentação do resultado desta viagem vai realizar-se em Outubro de 2021, no Dia Mundial da Arquitectura.

SOBRE OS VENCEDORES Pedro Miguel Abranches Vasconcelos – Nasce em Coimbra a 1 de Julho de 1968. Vive no Porto desde 1970. Licencia-se em Arquitectura pela FAUP em 1993, com a média final de 15 valores, inscrevendo-se no mesmo ano na Ordem dos Arquitectos com o n.º 5412. Trabalha desde o 2.º ano, inicialmente como colaborador de Graça Nieto Guimarães (1988-89), mais tarde como colaborador estagiário e depois como co-autor com Henrique de Carvalho (1989-1995). Em 1995 estabelece-se com atelier próprio, que mantém ininterruptamente até hoje. Trabalha quase sempre sozinho, com colaborações pontuais de co-autoria com outros arquitectos. É relator do Conselho de Disciplina da SRN da Ordem dos Arquitectos entre 2000 e 2002. Entre 1998 e 2000 é director técnico da filial portuguesa do empreiteiro alemão GleissHootz. Entre 2004 e 2009 é assistente das disciplinas de projecto do 4.º e 6.º ano do curso de Arquitectura da ESAP. Tem no prelo uma monografia sobre a Torre das Águias, nos arredores de Brotas. Cria e gere 2 páginas virtuais, Quaestio de Acqua et Terra e Walls as Rooms, dedicadas a fortalezas marítimas e a edifícios com tanto de massa como de vazio, atlas de exemplos que partilha. É pai do Vasco Bleck Vasconcelos (2009).


Carlos Machado e Moura – é arquitecto (FAUP, 2006) pós-graduado em Património Arquitectónico (CEAPA-FAUP, 2013) doutorando em Arquitectura: Teoria, Projecto, História (PDA-FAUP;FCT, 2015) e investigador integrado do Centro de Estudos de Arquitectura e Urbanismo da Universidade do Porto (CEAU-FAUP). Leccionou na Universidade de Florença (2009/10) e integrou projectos Europeus sobre regeneração urbana e desenvolvimento local. Exerce actividade de arquitecto como liberal ou no atelier MAVAA que fundou em 2010, sendo co-autor de obras como a Escola Primária e Pré-Primária de Sant’Albino (Montepulciano, Itália, 2016). Co-autor do livro Casas Quinhentistas de Castelo Branco (CMCB/Argumentum, 2008) e autor de Building Views (Circo de Ideias, 2017), foi membro da equipa editorial do J–A Jornal Arquitectos (2016-19). Coorganizou as iniciativas AsSALTO, Dois Dias e Meio e Aulas de Autor (CEAU-FAUP, 2016-19), foi curadorassistente da exposição Físicas do Património Português (DGPC/MAP, 2018-19) e do Open House Porto 2016. Actualmente colabora com a Jofebar/panoramah!®, é membro do comité de gestão da Acção COST 18126 Writing urban places (2019/23) e investigador do projecto (EU)ROPA – Rise of Portuguese Architecture (CES-UC, 2018/21). É pai de Tiago (2011) e Nuno Moura (2012). SOBRE O PRÉMIO FERNANDO TÁVORA O Prémio é organizado pela Secção Regional do Norte da Ordem dos Arquitectos (OASRN) em parceria com a Fundação Instituto Arquitecto José Marques da Silva (FIMS), contando com o patrocínio, nesta 16ª edição, da Ageas Seguros. Surge como homenagem ao arquitecto Fernando Távora que, enquanto arquitecto e pedagogo, foi uma influência para sucessivas gerações de arquitectos. Relaciona-se com os hábitos do arquitecto que, durante toda a vida, viajou pelos vários continentes para estudar a arquitectura de todas as épocas. É um prémio anual e nacional destinado a todos os arquitectos inscritos na OA, para a melhor proposta de viagem de investigação. O objectivo é incentivar e valorizar a Viagem de Investigação enquanto instrumento de formação do arquitecto. O Prémio Fernando Távora possibilita aos arquitectos uma preparação através de experiências reais, valorizando a importância da viagem e do contacto directo com outros países para a formação da cultura do arquitecto. Lançado em 2005, o prémio distinguiu até agora os arquitectos: Nélson Mota, Sílvia Benedito, Maria Moita, Cristina Salvador, Armando Rabaço, Marta Pedro, Paulo Moreira, Sidh Mendiratta, Susana Ventura, André Tavares, Maria Neto, Eliana Sousa Santos, Isa Clara Neves, a equipa Carla Garrido de Oliveira, Filipa de Castro Guerreiro e Pedro Ribeiro, e a equipa Luís Ribeiro da Silva e Margarida Quintã.


LA PETITE AFRIQUE - MÔNACO POR CUST'HOME

A Cust ' Home foi trazida para este projeto para fornecer um sistema de automação residencial e AV de alta qualidade que está em harmonia com o nível luxuoso de design apresentado nestes apartamentos monegascos. Como um projeto MDU, Cust'Home teve que equilibrar os pedidos do design e engenharia o ffi ce e os de personalização exigências dos proprietários, ao mesmo tempo, permanecer dentro de um orçamento. Um sistema KNX foi instalado e incorpora controle de iluminação, cortinas, HVAC, áudio multiroom e AV. A Cust'Home programou várias cenas para os apartamentos, incluindo cenas de iluminação no triplex e nos pisos três e seis; para cima e para baixo para venezianas, cortinas e persianas de escurecimento; abrir e fechar todas as janelas motorizadas ; liga e desliga para aquecimento e resfriamento; e áudio desligado. Detectores de presença nos corredores dos apartamentos foram instalados para controle de iluminação. O ar condicionado e o aquecimento são geridos pela Direção Técnica do Edifício, além das instruções locais e horários de funcionamento.


MELHOR UNIDADE DE HABITAÇÃO MÚLTIPLA CASAS INTELIGENTES PARA TODOS POR SMARTLAB

Há um conjunto único de habilidades que um integrador precisa trazer para um projeto de Multiple Dwelling Unit: a empresa precisa entender como criar uma infraestrutura de tecnologia básica repetível que pode ser personalizada para as necessidades individuais. Para fazer isso, o integrador precisa ser um pouco preditivo: o que cada residente provavelmente precisará - e onde? Smartlab explica como eles lidaram com esse trabalho: “O poder da automação residencial está incluído em todas as 164 unidades deste luxuoso empreendimento residencial na Cidade do México, usando as soluções Control4 .


“O desenvolvedor queria criar o melhor produto acabado para o mercado imobiliário mexicano. Isso envolveu acabamentos de primeira linha, serviços e os sistemas de Domótica Control4 que dão à equipe de vendas uma vantagem na venda desses imóveis. “Todas as áreas comuns foram totalmente automatizadas: saguões, centros comerciais, centros de fitness, salas de jogos infantis e espaços ao ar livre. Integramos áudio, vídeo, CFTV, HVAC, sistemas de intercomunicação e iluminação. Além disso, todas as 164 unidades são equipadas com um sistema Control4 básico que pode ser atualizado e expandido posteriormente para integrar todas as necessidades de tecnologia doméstica dos clientes. O sistema inclui um controlador, roteador e controle remoto que pode executar um home theater e, posteriormente, dispositivos e soluções adicionais, como controle de iluminação, áudio e vídeo distribuídos, CFTV e assim por diante, além de uma tela de toque de sete polegadas que pode se comunicar com o porteiro. “Ou como o chamamos no Smartlab, o paraíso da tecnologia. ”Ao premiar o Smartlab com as principais honras por este amplo projeto, os juízes do CEDIA observaram a excelente gestão de cabos aqui.


CASA NO VALE FORMOSO Moradia Unifamiliar / Funchal / 12 de Outubro, 2020 Categorias: Arquitetura Fonte: https://espacodearquitetura.com/projetos/casa-no-vale-formoso/


A Casa no Vale Formoso foi construída sobre um terreno a cerca de 115m do nível do mar com uma vista impressionante sobre a baía do Funchal, localizado numa zona residencial densamente urbanizada. Antes existia ali uma casa em alvenaria de pedra com telhado de quatro águas e extensões cobertas de zinco, e também um anexo em madeira. Ambos em elevado estado de degradação. A implantação da casa respeita a orientação das vizinhas e privilegia a exposição Sul e Nascente. Materializa-se em dois volumes paralelepipédicos sobrepostos sendo que o superior projeta-se parcialmente sobre o inferior de forma a gerar momentos de sombra. Desenvolve-se, portanto, em dois pisos desafogados e um em cave. Existem dois acessos: o automóvel ao nível da cave e o pedonal ao nível do piso térreo. Os espaços de circulação interior concentram-se a Norte da casa. A distribuição do programa é comum. No piso em cave fica a garagem, uma instalação sanitária, um espaço de arrumos e uma oficina. Dois lanternins a Norte fazem chegar luz e ar à garagem. No piso térreo ficam as áreas de lazer como sendo a sala de estar, jantar e cozinha em open space, uma instalação sanitária, um espaço de arrumos e a lavandaria. Toda a fachada Sul é rasgada por grandes vãos envidraçados sombreados pelo exterior por painéis ripados de madeira de cambula em sistema de harmónio. Os painéis ripados prolongam-se em parte, fixos, para as fachadas Nascente e Poente. A escada de acesso ao piso superior faz-se acompanhar, nos patamares, de vãos envidraçados a Norte. E no piso superior ficam dois quartos, uma instalação sanitária e uma suite. Ao longo da fachada Sul há uma grande varanda que percorre os três quartos e grandes vãos envidraçados que dobram parcialmente para a fachada Nascente. No muro exterior Sul há uma varanda em vidro para que do interior da casa se possa ver a paisagem. O jardim que envolve a casa tem uma oliveira plantada junto à entrada pedonal, flores e arbustos ao longo do muro Nascente e ervas aromáticas a Norte.


LINKS https://www.aa-arquitectos.net/ https://www.urbanistas.pt/ FICHA TÉCNICA Projeto Casa no Vale Formoso Localização Funchal, Madeira Island Arquitetura Atelier de Arquitectura – AA. Arquitectos Empresa de Construção Multimade, Lda Projecto de Estruturas e Fundações Archiforma SI Construções, Lda Projectos de Especialidades Archiforma SI Construções, Lda Caixilharias ALUMIDEIA da Madeira, Unipessoal, Lda – SAPA Building System Portugal; Paredes Exteriores FassaBortolo LC9 – External Insulation System; Pavimento Interior TARKETT Flooring Systems Carpintarias MADIBRILHO, Carpinatria e Polimentos, Lda; Fotografias Nuno Serrão (Urbanistas)– https://www.urbanistas.pt/ Área de Construção (m2) 232.20m2 Ano de Construção 2020


LIMPAR A CASA NÃO PRECISA SUJAR O PLANETA

Linha de produtos de limpeza biodegradáveis, hipoalergênicos, veganos e com embalagens de plástico reciclado dos mares e oceanos, é aposta da Onda Eco, marca acaba de chegar ao mercado


Nunca se falou tanto sobre limpeza e higiene como em 2020. A pandemia da Covid-19 nos deixou em alerta sobre os cuidados básicos com a nossa saúde, como lavar as mãos ou higienizar a casa. Porém, o uso excessivo de agentes esterilizadores também nos mostrou o quanto eles podem ser agressivos à nossa pele, ao nosso organismo e também ao meio ambiente. Pensando nisso, as irmãs Stefania e Nicole Bonetti decidiram lançar a Onda Eco, uma marca de produtos de limpeza sustentáveis que preza pela saudabilidade das pessoas e da natureza. Com um conceito minimalista, a linha chega ao mercado em outubro oferecendo três produtos: lava-roupas, lava-louças e multiuso. Com formulações biodegradáveis, veganas (à base de plantas e sem testes em animais), totalmente produzidas com ingredientes naturais e sem substâncias tóxicas, os itens são vendidas em embalagens feitas com plástico reciclado dos oceanos, uma grande sacada para tornar o produto ainda mais sustentável. Os produtos são concentrados, o que gera um rendimento três vezes maior do que as versões tradicionais do mercado. Economia, aliás, é um dos principais pilares da visão de sustentabilidade da empresa. O principal investimento da Onda Eco foi em tecnologia para reduzir custos e oferecer ao cliente um produto diferenciado e acessível, com preço que compete diretamente com os produtos tradicionais e foge da ideia de que produtos sustentáveis precisam custar mais caro. “Queremos dar opção aos consumidores que querem fazer a diferença, mas muitas vezes não possuem condições financeiras para investir mais de 30 reais em um lava-roupas, por exemplo”, reforça Stefania Bonetti, fundadora da Onda Eco. A ideia da marca e dos produtos vem de dois eixos complementares: A paixão pelo mar associada à busca por estilo de vida mais saudável e ecologicamente sustentável e o empreendedorismo. A família é do segmento industrial químico, e já havia um movimento em direção a projetos mais sustentáveis, pensando a química para um novo tempo. “Estávamos diante de um desafio, mas sabíamos que era possível fazer diferente. Quando utilizamos produtos de limpeza, raramente visualizamos o seu despejo nos oceanos e o quanto eles podem ser prejudiciais para o ecossistema. Elucidar isso ao consumidor e propor uma alternativa às opções já existentes, são alguns dos nossos objetivos com a criação da marca”, revela Stefania.


A Onda Faz Eco Desde o início do projeto, as idealizadoras sabiam que o trabalho iria além da venda de produtos. A Onda Eco é também um movimento. Uma Onda. Assim nasceu a plataforma “A Onda Faz Eco”, que, através dos produtos e de uma base de comunicação, promove soluções de sustentabilidade para empresas de todos os portes. O programa é uma solução imediata para empresas e estabelecimentos comerciais que buscam ações que traduzam as preocupações com o meio ambiente e bem-estar das pessoas, e gerem impacto positivo, tanto para o planeta, como para os negócios. Um estudo divulgado pelo Observatório da FIEP-PR, realizado pela Union + Webster, aponta que 87% da população brasileira prefere comprar produtos e serviços de empresas sustentáveis, por isso o selo faz tanto sentido e agrega valor aos estabelecimentos parceiros. Hotéis e pousadas, marcas de moda e movimentos engajados na causa ambiental, aderiram ao movimento e, juntos, estão promovendo a conscientização de seus consumidores e clientes. “A conscientização é um ponto chave do nosso trabalho. Pois ao mesmo tempo em que explicamos o impacto dos produtos tradicionais à saúde e meio ambiente, oferecemos e promovemos soluções para uma mudança de cenário”, complementa a fundadora da empresa. Sobre os produtos Os produtos chegam ao mercado nas versões de 500 ml e 5L – lava-louças e multiuso pronto para uso, e o lava-roupas e o Multiuso concentrado nas opções de tamanho: 1L e 5L. Os preços sugeridos aos revendedores são: Multiuso pronto para uso 500 ml - R$13,90; Lava-louças 500 ml - R$8,90; Lava-roupas concentrado 1L - R$19,90; Multiuso concentrado 1 L - R$ 17,50. As versões em refil de 5 litros oferecem o melhor custo benefício ao consumidor (dica do fabricante). www.ondaeco.com.br Instagram @aondaeco


Com Apenas Três Anos Luke Thill Constrói Casa Própria Por 1.500 Dólares Comprar sua própria casa não é uma tarefa fácil e muito menos construí-la. No entanto, foi exatamente o que Luke Thill, de 13 anos, fez – ele construiua sua própria casa minúscula no quintal de seus pais – e tudo isso por uma pechincha de 1.500 dólares! Eu sei que parece bom demais para ser verdade, [porém foi exatamente o que aconteceu! Leia a seguir a impressionante história de Luke para descobrir todos os altos e baixos da construção de suas conquistas durante a construção da casa – e obtenha diversas dicas aqui para que você possa construir sua própria (e minúscula) casa algum dia!

Com As Próprias Mãos Nesse momento, Luke Thill é só um aluno da 8ª série de Dubuque, Iowa – que teve a ideia de construir sua própria “estrutura” de 90 metros quadrados, mas para os íntimos, ele se refere a ela como sua “casa de início”. Vai entender. Muitos dos esforços de Luke envolveram ele arregaçar as mangas e fazer trabalhos estranhos para ganhar o dinheiro necessário. No entanto, ele não parou por nada até que realizasse o seu sonho de casa própria.


Sua Inspiração Então, qual seria a inspiração de Luke? “Eu estava no YouTube olhando em volta e me deparei com uma pequena ideia de casa e, em seguida, passei a ver quase todos os vídeos do YouTube”, Luke disse à ABC News em outubro de 2017. “Fiquei tão obcecado por esse tipo de casa que decidi construir uma para mim. “ Um Garoto Nada Comum Além de tudo, existe só uma outra razão pela qual ele decidiu que queria criar sua própria casa, foi devido ao fato que ele se via ficando realmente entediado durante as férias de verão. Enquanto algumas crianças podem reclamar ou trancar-se em ambientes fechados com seus PlayStations e outras coisas, ele estava se preparando para construir! Permissão Após Luke ter começado a planejar as entradas e saídas da construção de sua pequena casa, ele precisava pedir permissão aos pais, é claro. Greg e Angie Thill, os pais de Luke, reconheceram imediatamente que o filho estava em uma missão séria. Dessa maneira, eles deram a ele a permissão para construir sua casa na propriedade de quatro acres da família.

As Regras Do Pai Greg, o pai de Luke, disse ao filho que, assim que ele iniciasse o projeto, tinha algumas regras simples a seguir: Luke precisava arranjar o dinheiro por conta própria. Construir por conta própria. Por fim, Luke seria o proprietário. Bem, eu não sei sobre você, mas essas regras parecem difíceis de seguir! No entanto, Luke tinha muita determinação e as coisas estavam indo na direção certa.

Regras Básicas “Dissemos: ‘Se você está falando sério, precisamos definir algumas regras básicas’”, disse Greg Thill à ABC News em outubro de 2017. “Dissemos a ele que ele tinha que ter responsabilidade financeira sobre o projeto e isso incluía arrecadar dinheiro e escolher a maneira de como fazer isso. Além de adquirir os materiais e permanecer dentro do orçamento. “


A Casa 101 Ficou evidente que Greg Thill estava lá para trabalhar ao lado de Luke, a fim de guiá-lo, mas no fim ele queria que Luke aprendesse muito sozinho. Tais como estruturar um projeto, montar a casa, lidar com adultos, tomar decisões financeiras fundamentais e não descuidar do orçamento. Lições importantes com as quais todos nós podemos aprender.

Vida 101 “Era uma chance para uma criança fazer algo mais do que jogar videogame ou praticar esportes”, disse Greg. “Ensina lições de vida.” É claro que Greg não poderia estar mais certo na sua decisão. No mundo moderno de hoje, muitas crianças geralmente se concentram nas coisas digitais que estão bem na frente delas.


ARQUITETANDO

Piso vinílico x piso laminado

RENATO SABADIN ARQUITETO 41 | 99840-5390

Apesar de serem parecidos esteticamente, pisos vinílicos e laminados são bem diferentes, desde a composição até os benefícios no uso diário. Começando pela composição deles os pisos vinílicos são feitos de PVC, cargas minerais, plastificantes, pigmentos e aditivos, esse material é ligado em mantas, réguas e placas. Já os laminados são compostos por materiais derivados da madeira, como painéis de fibras de madeira com alta densidade, papel e melamina. Essa diferença torna o vinílico mais flexível, enquanto o laminado mais rígido, esse material é disponibilizado para os clientes em réguas que podem ser instaladas tanto na diagonal quanto retas. O piso laminado é indicado para ser instalado em áreas residenciais como quartos, salas, corredores e halls, além de áreas comerciais que tenha pouca ou media circulação.


O vinílico por ser mais resistente e ter mais variedade de formatos, é indicado para áreas residenciais, comerciais, corporativas e até industriais. Além disso, uma das vantagens dos vinílicos é a instalação em grandes áreas sem necessidade de uso de perfis de transição ou dilatação, como exige o laminado. Dessa forma, o visual fica mais limpo e a manutenção mais simples. Entre as vantagens do piso vinílico, estão a redução de ruído dos passos e a temperatura agradável, pois ajuda na conservação do clima. O piso vinílico tem muitas opções de estampas, desde cores mais vibrantes até as mais discretas. Entre as estampas, existem algumas que imitam o visual da madeira com bastante fidelidade. Já o piso laminado tem maior facilidade na instalação. Ele é reaproveitável (dependendo do tamanho do ambiente) e pode ser desmontado e levado para o outro local de instalação. O piso laminado também é antirruído, pois recebe uma manta de proteção que ajuda a abafar o som do contato dos pés com a sua superfície. A durabilidade do piso laminado é outra vantagem que podemos destacar, pois é de aproximadamente quinze anos.


O piso vinílico é bem resistente às manchas, mas não em relação aos riscos, principalmente se a abrasão for grande. Mover um eletrodoméstico ou móvel em cima dele sem o auxílio de rodízios pode deixar uma marca bem feia. Outra desvantagem do piso vinílico é que a cor do acabamento dele desbota com o sol. A recomendação para esse tipo de piso é que ele não seja utilizado nas áreas úmidas do imóvel, como banheiros, cozinhas e a lavanderia. Pois os pisos colados podem ser lavados com água e detergente neutro, porém não é recomendado deixar o piso submerso na água por longos períodos, pois isso pode ocasionar o descolamento de algumas placas ou réguas. Já para a opção de piso vinílico clicado não é indicada a lavagem, basta apenas passar um pano úmido ou mop com água e detergente. Entre as desvantagens do piso laminado uma delas é o ruído principalmente se você não fizer a instalação da manta acústica no contrapiso. Esse tipo de piso não é recomendado para quem tem animais de estimação, pois eles acabam escorregando com frequência. O piso laminado também não pode ser coberto por água, tanto é que a recomendação é secar imediatamente todo e qualquer líquido que seja derramado em sua superfície. Para evitar arranhões na superfície desse tipo de piso, é indicado usar feltros nos pés dos móveis e dos rodízios.


As texturas dos vinílicos são diversas, desde as rústicas bem típicas da madeira até a linha mais contemporânea com relevos do cimento. O que os dois pisos tem em comum são o conforto térmico, ambos são considerados atérmicos, ou seja, eles não se influenciam com a temperatura exterior. Assim, tanto no inverno como no verão, eles não mudam de temperatura, podendo até andar descalço pela casa. Além disso, são produtos com longa durabilidade e de fácil instalação e manutenção, portanto são muito práticos de manter na correria do dia a dia.


MODA E DÉCOR

VERÃO CHEGANDO...

GISLAINE BEZERRA ARQUITETA

O que dizer da cor rosa e suas variações, dos tons pastéis passando pelo pink ou fúcsia até chegar no bordô. Sua energia é fascinante nos inspira a ficar mais femininas, nas casas com flo-res nestes tons a energia vibrante da cor traz alegria, vida, luz, amor.... nossa são tantas as sensações que esta paleta desperta!!! Ao misturarmos com verdes, azul turquesa, branco ou mesmo um look mono-cromático é lindo. Nas últimas semanas de moda em Milão e Paris, a cor teve destaque em roupas fluídas e confortáveis, tendência de comportamento para a mulher atual. A mensagem é, mesmo após um momento como este onde as pessoas de certa forma foram tolhidas de sua liberdade, planos adiados, estamos aqui para so-nhar e seguir em frente com toda a beleza das cores para aproveitar o verão.

Foto: Runway Magazine


Os acessórios nos levam para outro universo, em nosso país talentoso e com muita criatividade temos artesanato de extrema qualidade e bom gosto como as bolsas e cluches de palha, com alças em contas coloridas, correntarias em acrílico acrescentando o detalhe moderno, atual e muito estilo. Então agora, jogue-se nas infinitas possibilidades, compre flores frescas colo-que em um vaso, presenteie alguém com um bouquet, ou melhor, vista aquele vestido com aquelas Havaiana...tudo rosa é claro.

Nas fotos sugestões, vaso com lírios e astromélias que fiz e bouquet Lu Hara

Na galeria algumas imagens da semana de moda de Milão, Paris e bolsa da Bag de Palha Aproveite o verão!!!

Envie sua sugestão ou dúvida. Gislaine Bezerra Arquiteta e Pós Graduada em Moda e Gestão contato@gislainebezerratourinho.com.br @gislaine_bezerra_souza


VAMOS FALAR DE ARTE? Como inserir obras de arte num projeto de interiores?

DESIGN EM FOCO

ALESSANDRA RAMOS DESIGNER DE INTERIORES 41 | 99996 2950

Muito mais do que compor a decoração combinando com o sofá ou o tapete, obras de arte valorizam o projeto e o imóvel, podem contar a história daquela família, são aliadas na hora de dar personalidade ao ambiente e ainda trazem conforto visual e aconchego. Para não errar na hora de escolher a tela, escultura ou peça de arte, é necessário identificar a linguagem e estilo da casa ou do espaço a ser decorado. Feito isso é hora de pensar, que tipo de peça deve-se adquirir, afinal, esta pode ser a cerejinha do projeto. Uma obra de arte bem instalada pode tornar a visita ao ambiente, inesquecível. Pense nisso também quando escolher obras para seu escritório, consultório ou home office. Verificar se as condições ambientais existentes afetarão ou não, de alguma forma, sua exposição, conservação e manutenção, já que normalmente são itens de valor e que não tendem a ser facilmente substituídos. Importante estudar como e onde posicioná-las nos ambientes, para isto checar as medidas, é fundamental. Sempre ouço colegas comentando que nunca sobra verba para investir em arte ou objetos de decoração. Para não passar por isso já prevejo no orçamento a utilização de alguns pontos focais no projeto, de lá tiro ideias e inspirações para iniciar o design do ambiente à partir da obra de arte, o que para mim, facilita a escolha de texturas, tecidos e papéis de parede. Desta forma a obra de arte se incorpora ao espaço e faz parte do todo. Sou Alessandra Ramos e sou apaixonada por Arte!


CUIDADO! SEU JARDIM PODE SER TÓXICO

PAISAGISMO

CLAUDIA CANALES DESIGNER DE EXTERIORES PAISAGISTA

Todos nós queremos ter um jardim lindo. Todos queremos plantas dentro de casa. As plantas limpam o ambiente, baixam o nível de stress e deixam a casa muito mais bonita e agradável. Porém, já parou para pensar nas espécies de plantas que você traz para dentro de casa? A maioria das plantas são tóxicas, umas mais e outras menos, algumas são realmente perigosas e devemos evitar de ter em casa em locais que fiquem muito ao alcance de crianças ou animaizinhos domésticos. Normalmente as plantas tóxicas tem cheiro forte ou um gosto ruim, o que afasta da curiosidade cães e gatos, mas a curiosidade dos filhotes e muitas vezes o tédio de ficar sozinho o dia inteiro podem ocasionar acidentes. A intoxicação provoca salivação excessiva e em casos mais graves pode ocasionar vômitos, diarreia, convulsão e perda de coordenação motora. Se seu animalzinho ingerir alguma planta tóxica, lave a boca, procure um veterinário e se possível leve um pouco da planta que ele ingeriu. As azaléias e espirradeiras são bem tóxicas e muito comuns em nossos jardins e podem causar desde problemas digestivos até problemas cardíacos. Plantas como o bico de papagaio, muito usada na decoração do Natal, causam irritação na boca e vômitos quando ingeridas. A lista é enorme e nos assustamos quando vemos que muitas delas estão lindas em nossos jardins ou em vasos dentro de casa. Vamos à lista Antúrios, Comigo Ninguém Pode, Copo de Leite, Costela de Adão, Espada de São Jorge, Jibóia, Azaléia, Espirradeira, Begônias, Babosa, Coroa de Cristo, Hibisco, Hortênsia, alguns tipos de samambaias. Estas são as mais conhecidas. Por isto, temos que ficar atentos e deixar fora do alcance dos pequenos toda e qualquer planta tóxica.


AZALÉIA

COPO DE LEITE

JIBÓIA

SAMAMBAIA

ANTÚRIOS

HORTÊNSIA


TENDÊNCIAS

PLANEJAMENTO DE OBRAS DE INTERIORES CORPORATIVOS. ETAPAS DE UM PLANEJAMENTO

PATRICIA ZAT

ARQUITETURA E PLANEJAMENTO 41 | 99133 2710

Muitas pessoas que nunca tiveram contato com obra tem dúvidas sobre esta etapa, entendem que após o lay out aprovado já podemos iniciar a obra, porém não é possível, após a etapa de apresentação de projeto seguimos para a etapa de detalhamentos, por exemplo um projeto de interiores de espaço corporativo, após aprovação do projeto de lay out de mobiliários e divisórias precisamos de um tempo hábil de 7 a 10 dias para podermos detalhar todo o projeto: DETALHAMENTO DE PROJETOS esse detalhamento inclui projeto de forro em drywall, ou outro material, distribuição dos pontos de tomadas e interruptores, projeto de pontos hidráulicos, para eletros e loucas e metais, projeto luminotécnico, projeto de rede/ lógica, projeto de ar condicionado, projeto de mobiliário, projeto de divisórias, de tampos, etc Após esta etapa seguimos para a captação de orçamentos, ETAPA ORÇAMENTOS esta etapa demanda apresentar o projeto ao fornecedor, explicar seu processo de execução e compatibilizar cronograma e prazos com demais fornecedores. Depois de todos os orçamentos levantados e aprovados seguimos para a etapa de planejamento do início das obras mas antes disso ainda temos uma etapa a desenvolver que é checar o orçamento recebido e analisar para verificar se tudo o que projetamos está comtemplado no orçamento levando em consideração as especificações .


WWW. PATRICIAZAT.ARQ.BR Arquiteta especializada em gestĂŁo de obras corporativas, acessibilidade


IMÓVEL IDEAL

MERCADO EM ALTA

ADRIANA BRITO ASSESSORIA IMOBILIÁRIA 41 | 99113-5874

Segundo dados recentes divulgados pelo Google e COFECI o mercado imobiliário no Brasil cresceu 33,2% em nosso país em relação ao ano de 2019, onde os principais motivos desta mudança nos últimos 2 meses que influenciaram esta necessidade de mudança foram: a) espaços não atendem mais às necessidades (28%) b) o sonho da casa própria aumentou (25%) c) créditos imobiliários mais acessíveis com taxas atraentes (22%) d) crescimento da família (15%) e mudança de emprego(15%). Esta questão do emprego com a pandemia fez os profissionais e geradores de negócios mudarem radicalmente, tanto culturalmente como tecnicamente revendo suas estratégias de atuação no mercado e inovando conceitos, quebrando paradigmas e aprendendo a se adequar com esta nova visão de home-office gerando esta necessidade de imóveis mais amplos que tragam conforto para sua família, bem-estar e espaços grandes para seus filhos poderem brincar e ter mais liberdade em sua “CASA” motivo este que aumentou a demanda por residências em Condomínios que proporcionem segurança interna, monitoramento e áreas de lazer completa. Esta liberdade e qualidade de vida se tornou prioridade em um dos Condomínios mais aconchegantes de Curitiba, com Casas de Alto Padrão “LUXUOSAS” e confortáveis com bastante área verde, paisagismo e acabamentos excelentes proporcionando ao comprador tudo isto, pronta para morar em um lugar único e especial. Disponível em minha home-page www.adrianabritoimoveis.com, possui 232m2 privativos e 318m2 total, 3 suítes no piso superior, living estendido no térreo com ambientes abertos e harmônicos, sala de jantar, cozinha e lavanderia, espaço gourmet no subsolo com área externa descoberta, paisagismo e jardim, 3 vagas de garagem um verdadeiro “Encanto”.


RELAÇÕES HOMOAFETIVAS: DIFICULDADES SOCIAIS

MINUTO JURÍDICO

ADVOGADO

DR. FRANCISCO CUNHA 41 | 3085 - 5385

Muito se sabe falamos aqui dos três fatores para união estável ser assim reconhecida: publicidade, vontade de constituir família e ser duradoura. Todavia, recente houve relativização em desses pilares.Os argumentos para tal relativização começam no tocante que, no Brasil, ainda existe enorme resistência em reconhecer direitos à população homoafetiva. Não se pode permitir, portanto, que qualquer segmento da população fique excluído da tutela jurídica do Estado. A circunstância de uma pessoa ter orientação sexual minoritária, ou seja, fora do ‘modelo convencional’ não pode afastá-las do reconhecimento da união estável. O pilar relativizado foi principalmente quanto a publicidade, pois não se pode exigir das uniões entre pessoas do mesmo sexo os mesmos requisitos legais das uniões heterossexuais. Diante da dificuldade da sociedade aceitar esses vínculos afetivos, não há como exigir que os relacionamentos tenham a mesma visibilidade de modo que esse reconhecimento de publicidade seja reconhecido como o mesmo rigor que são nas relações heteroafetivas. É mais fácil comprovar uma união heterossexual por fotos, eventos familiares, depoimentos dos vizinhos, entretanto, isso não se pode exigir das uniões de pessoas do mesmo sexo, pela hostilidade presente na atual conjuntura.


Presente sรณ nos melhores eventos!

Profile for Raquel Lima

REVISTA BUSINESS - PORTAL GERSON LIMA - ED. 10/2020  

Nossa capa traz o Arquiteto Multi Renato Sabadin mostrando um mix de seus projetos, para você ver e se inspirar. Nossos colunistas abordam a...

REVISTA BUSINESS - PORTAL GERSON LIMA - ED. 10/2020  

Nossa capa traz o Arquiteto Multi Renato Sabadin mostrando um mix de seus projetos, para você ver e se inspirar. Nossos colunistas abordam a...