Page 1

Diogo Bethonico O Fazendeiro

Eline Maria Almeida Bethonico Belo Horizonte, novembro de 2013

1


4 Fazenda Gameleira Eunápolis - BA

O

Sul da Bahia seduzia também o Sr. Diogo pelas notícias que recebia de áreas predominantes planas, férteis e verdes ou sejam com períodos chuvosos sistemáticos, muitas nascentes, o que não acontecia nas outras fazendas e principalmente em Janaúba, situada em área de seca. Após visitar várias áreas, decidiu-se pela compra da Fazenda Gameleira no Km 694 da BR 101- sentido Salvador e perto da cidade de Eunápolis.

Plantação de coqueiros na alameda da entrada da Fazenda.

32

Abrindo as porteiras para os familiares e amigos


Ali encontrou local propício para a realização de grandes projetos: construção de açudes, áreas irrigadas por gravidade, formação de pastagens, com variedades de capins, implantação de sistema de rodízio de pastos e seu maior projeto: a criação da raça RED TAP, através de uma pecuária moderna e diferenciada. Adquiriu depois outras áreas, totalizando 3.700 ha. Ficava na varanda da Sede, fazendo seus projetos, anotando na sua agenda as suas atividades diárias e suas reflexões...

Sr. Diogo fazendo seus relatórios na varanda da Sede.

Nós, no final da tarde, apreciando a paisagem e batendo papo...

Sr. Diogo podando suas roseiras brancas no jardim da sede...

... enquanto isso, D. Inês observa o trabalho da varanda!

33


Sede da Fazenda Sr. Diogo, D. Alice Medeiros (amiga da família, do Piauí), D. Inês e Eline.

Sr. Diogo, D. Inês, Maria Inês e família (Rodrigo, Trajano, Pedro e Breno) e Eline.

34


Visita de D. InĂŞs e Rangel ao Sr. Diogo.

Em parceria com a VERACEL (empresa produtora de celulose instalada na regiĂŁo) implantou 560 Ha de eucalipto, diversificando as atividades da Fazenda.

Rebanho de vacas com bezerros em bela pastagem.

35


Surgimento do Composto RED TAP Em meados da década de 90, pecuaristas de todo o mundo desejavam que os bovinos atingissem a mesma capacidade produtiva, alcançada por outras espécies. Por exemplo, na criação de frangos, o tempo para abate havia caído para apenas 42 dias. Com os suínos, a diminuição foi na quantidade de gordura, com a conquista de um animal de carne mais saudável e melhor. Os técnicos também procuravam uma evolução nos bovinos: um boi que fosse abatido com menos tempo, mais peso, carne e couro de melhor qualidade.

Composição do Composto RED TAP

Pastagem com o RED TAP e, ao fundo, área reflorestada com eucalipto.

36


O criador e a criatura: Sr. Diogo e seu rebanho RED TAP.

Embora fosse difícil de alcançar, era um desafio para o empreendedor Diogo Bethonico. Foi até aos Estados Unidos onde em Nebraska no Clay Center encontrou o que queria: O boi composto. Sempre na procura de contribuir com o desenvolvimento da pecuária no Brasil, o Sr. Diogo abraçou o desafio de criar

a sua própria raça e com a assistência técnica do renomado veterinário Dr. Armando Leal do Norte, decidiu criar seu BOI COMPOSTO, que foi batizado de RED TAP (TAP de Trevo Agro Pastoril: a sigla de sua paixão).

Belos exemplares do gado RED TAP.

37


Caracteristicas do Composto RED TAP O composto RED TAP, é a combinação das melhores raças objetivando um bovino com as seguintes características:

1. Melhor qualidade de carne (maciez e sabor diferenciado)

2.

Rusticidade(é um animal adaptado ao nosso clima tropical)

3. Precocidade sexual (as fêmeas estão prontas para reprodução a partir dos 14 meses de idade) 4.

Habilidade materna e boa lactação

5.

Excelente ganho de peso: (os machos são abatidos aos 24 meses com peso de 16 a 18@)

6. Carcaça de boa qualidade 7.

Pelagem vermelha que lhe confere extrema beleza.

38

Sr. Diogo, D. Inês e Eline admirando a bela e saudável bezerrada.


Não podemos esquecer do Ronaldo, mais que motorista, um amigo fiel do Sr. Diogo que por 22 anos o conduziu por todas as fazendas, da forma que nosso pai queria e gostava, levando na caminhonete: - Numa pequena sacola: os remédios, a agenda, óculos, máquina fotográfica, as pastas com os projetos em andamentos amarradas com um barbante - No balaio: o podão, as frutas, sem faltar as laranjas serra d’água, o queijo canastra, biscoitos e outros “agrados”que D. Inês providenciava para os lanches nas fazendas, onde nem sempre encontrava tudo de que gostava e precisava. Sr. Diogo dizia: “Ronaldo é ótimo motorista e companheiro, pois além de dirigir muito bem, não conversa...” Assim lá ia Sr. Diogo amarrado no cinto de segurança e dando seus relaxantes cochilos durante a viagem...

39


Pingo d’Água 5 Fazenda Pingo d’Água - MG

e Fazenda Lagoa Bonita

Bom Jesus do Galho - MG

N

o principio da década de 90 a Siderúrgica Acesita, proprietária de grandes extensões de terras no vale do Rio Doce resolveu vendê-las. O Sr. Diogo viu ali oportunidade de implantar novas fazendas de gado de corte. As áreas eram planas, com possibilidade de mecanização, férteis, com boas “aguadas”o que permitia construção de represas, para irrigação de capineiras e implantação de pastagens em sistema de rodízio.

40

Gado no curral central


Assim adquiriu a Fazenda Pingo D’água em 1992 com 1071 ha e a Lagoa Bonita em 1993 com 2570 ha. Ali também nestas duas Fazendas em municípios diferentes, mas muito próximas Sr. Diogo implantou o modelo de pecuária que já praticava em Janaúba e na Fazenda Gameleira. Posteriormente como em outras Fazendas já citadas, decidiu transforma-las em florestas de eucalipto, visando futuro suprimento de matéria prima (carvão) para fabricação de ferro gusa na Siderúrgica Socoimex.

Eline - ao fundo, área preparada para plantio de eucalipto.

41


6 Fazenda do Felipe

Bom Jesus do Amparo - MG

F

oi a última Fazenda a adquirir em 2004, com 123 ha.

Seu projeto foi de nesta Fazenda recriar gado de corte em semiconfinamento e para isso em 2005

Placa da Fazenda e decoração da entrada, feitos pelo Franklin. Sr. Diogo e D. Inês agradeceram e aprovaram!

42

formou 80 ha de pastagens, capineiras, e áreas para cultivo de cana de açúcar forrageira, desenvolvida pelo Instituto Agronômico de Campinas, onde o Sr. Diogo adquiriu as mudas, com irrigação por gravidade.


43


Para tal fez captação de água em longa distancia para irrigação por aspersão dessas áreas. O curral também foi construído para trato do gado em semi-confinamento, com instalações completas para tal. Quarenta e cinco ha desta fazenda foram substituídos posteriormente por plantio de eucalipto com muito êxito.

Preparo de área para plantio de cana-de-açúcar forrageira - Sr. Diogo e funcionário.

Visita do neto Pedro e filha Denise ao Sr. Diogo - Curral da Fazenda com o brete e balança.

44


Plantio de cana forrageira, mudas procedentes de Campinas - SP.

Neca Carapina, antigo funcionรกrio, eficiente e estimado, construindo o piso do curral.

45


7 Casa de Porto Seguro

N

a mesma época em que implantava a Fazenda Gameleira, construía uma confortável, espaçosa e bonita casa de praia em Porto Seguro, refúgio maravilhoso para férias e visitas da família, com belíssima vista para o mar do deck da piscina, áreas externas, salas e a maioria das varandas dos quartos. Assim, suas estadias na Bahia eram muito prazerosas: ficava na fazenda durante a semana e nos fins de semana ia para Porto Seguro, descansar com a bela vista da casa e “caminhadas” na piscina.

O casal dançando o “Danúbio Azul”...

46


Na descontração com familiares e amigos

Posteriormente fez reformas na casa, que lhe proporcionaram melhor mobilidade e segurança, como rampas, corrimões e um elevador. D. Inês companheira e grande incentivadora, o acompanhava muitas vezes nas temporadas baianas, assim como em outras fazendas, e eu tive também o prazer de estar com eles, em muitas ocasiões desfrutando de momentos agradáveis de descontração, relaxamento e aprendizagem.

Fachada lateral

Vista da varanda

47


48


Reveill贸n da passagem para o s茅culo XXI

49


8 Casa da Praia da Costa Vila Velha - ES

E

m 1960 o Sr Diogo adquiriu o lote de 1.200 m2 da Av. Gastão Roubach n 186, na Praia da Costa, no local mais nobre e privilegiado da praia, perto do Clube Libanês. Foi iniciada a construçao da sonhada casa de praia da família com o bonito e moderno projeto do amigo e arquiteto Ulpiano Muniz. Com bastante recuo da avenida foi plantado o gramado e o jardim, sem muros para as casas vizinhas, o que possibilita uma maravilhosa vista para o mar da espaçosa varanda, um dos apreciados pontos de reunião da família. Dentro, a ampla sala de estar conjugada com a sala de jantar e a grande mesa de 14 lugares!

50


Acabamento bonito e caprichado: nas salas, uma parede de tábuas largas de jacarandá maciço, a de pedras artisticamente assentadas e a outras de vidro, com visao para um acolhedor jardim interno. Quatro espaçosos quartos, uma suíte para o casal, um para os meninos e dois para as meninas, além dos banheiros, cozinhas e dependências completas, externas para os empregados e um comodo para dispensa e almoxarifado.

51


Não nos lembramos como nossos pais, sempre hopitaleiros, conseguiram acomodações, mas a casa foi inaugurada nas férias de Janeiro de 1962 com a presença de toda a nossa família mais a do tio Zezé e a da tia Lourdes! Foi uma festa e alegria, não só para os adultos, mas para a meninada, os rapazinhos e as mocinhas da vaília estarem reunidos para as brincadeiras na varanda, no gramado e na praia.

52


Daí em diante, em todos os verões, férias e feriados, sempre estão presentes membros da família, hoje já na quarta geração, usufruindo do bem-estar e acolhimento desta querida casa. Na casa foram feitas 3 grandes feformas (pelo Sr. Diogo, Franklin e Simone e última pela Maria Inês e Trajano), ao longo dos 52 anos de existência. Foi acrescentado um segundo andar, com escada e elevador, 7 quartos, 5 banheiros, sala de TV, possibilitando mais conforto e condições de hospedar maior número de pessoas da família.

53


Todos temos recordações saudosas, mas agradáveis e divertidas das estadias na casa da praia onde Vovô Diogo, Vovó Inês, tios, netos e agora os bisnetos compartilhavam e ainda ficam juntos nas temporadas praianas. As fotos são as melhores testemunhas de tudo isso.

54


55


9 SPA Med Salvador - BA

S

r. Diogo apreciava muito ir ao Spa Med em Salvador Bahia, para fazer regime, relaxar e descansar. Sempre na companhia de seus familiares.

Noris, D. InĂŞs, Rangel, Maria InĂŞs, Jacques e Sr. Diogo.

56


Varanda do chalé transformada em escritório.

Franklin, Papai e Eline.

Sarah, Vovô Diogo, bisneto Victor e Noris.

Dando exemplo de força de vontade, até nas caminhadas.

57


10 Viagem ao Piauí

E

m julho de 2002 acompanhamos juntos com outros irmãos nossos pais em viagem de volta ao passado no Piauí. Fomos à igreja onde casaram, lugares pitorescos de Teresina onde namoraram e a Floriano visitar o Tio Chico e familiares. Os três piauienses: Eline, Tio Chico e mamãe em Teresina, à margem do Rio Parnaíba.

O casal com as filhas Noris, Catarina, Maria Inês e Eline em frente à Igreja onde se casaram. Teresina-PI - 2002

58


Volta à Igreja após 62 anos de casados.

Praça de Teresina, onde o casal namorava.

59


Praรงa de Teresina, onde o casal namorava.

60


61

O Fazendeiro - PARTE 2  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you