Revista Progredir nº 117

Page 47

philosofias

e arranjar o dinheiro que precisamos para as obras do templo. Assim, pensei numa solução simples”. Todos se reuniram diante do mestre, ansiosos em ouvir as suas palavras. Então o mestre disse: “- Cada um de vós deve ir para a cidade e roubar bens que poderão

Ser íntegro é fundamental para convivermos em sociedade e consequentemente para trabalhar em equipa

ser vendidos para arrecadar dinheiro.

Quando o mestre se afastou, os

Desta forma, seremos capazes de

estudantes estavam confusos “- É

fazer uma boa reforma no nosso

errado roubar!”, disse um deles, “- Por

templo”.

que o nosso mestre nos solicitou para cometermos este ato?”.

Os estudantes ficaram espantados por este tipo de sugestão vir de um sábio

Logo

um

outro

mestre. Mas, todos tinham o maior

prontamente: “- Porque isto permitirá

respeito por ele, e não levantaram

que

nenhuma objeção.

templo, e isso é uma boa causa!”

O mestre disse logo a seguir, de um

Assim, todos concordaram que o

modo bastante severo: “- No sentido

mestre era sábio e justo e deveria ter

de não manchar a nossa excelente

uma boa razão para fazer este pedido.

reputação, por estarmos a cometer

Rapidamente, par tiram em direção a

atos ilegais e imorais, solicito que

cidade, prometendo coletivamente

cometam o roubo somente quando

que nenhum seria visto, nem preso

ninguém estiver a ver. Eu não quero

para não causar desgraça para o

que ninguém seja preso!”.

templo.

possamos

reformar

respondeu o

nosso

OUTUBRO 2021 | REVISTA PROGREDIR | 47


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.