Page 1

NOVEMBRO 2012 • NÚMERO 10 • MENSAL

www.revistaprogredir.com

Conhece-te! Sê tu mesmo!

7 passos para Comunicar com Sucesso Descontraia e Reflita através do vídeo do mês

10 passos para ultrapassar o desafio da confiança

REVISTA DIGITAL GRATUITA

O relógio da vida: Os ritmos biológicos do organismo!

Eu, a minha Empresa

Entrevista com Álvaro Sardinha


editorial RUA LINO ASSUNÇÃO N.º 24 | 2770-109 PAÇO DE ARCOS 21 443 83 05 | 96 277 73 21 NIF 509 992 978 DIRETOR GERAL PEDRO SCIACCALUGA FERNANDES

w w w. r e v i s t a p r o g r e d i r. c o m N.º 10 | Novembro 2012 | Revista Mensal

Diretor | Pedro Sciaccaluga Fernandes progredir@revistaprogredir.com Direção Comercial | David Rodrigues comercial @revistaprogredir.com Editora | Maria Melo editor@revistaprogredir.com Imagem, Montagem e Design | Liliana Gomes Silva design@revistaprogredir.com Redação | Sofia Frazoa, Catarina Girão, Cátia Mota e Ricardo Fonseca redacao@revistaprogredir.com Partilhas do Leitor | Ricardo Fonseca partilhasdoleitor@revistaprogredir.com Comercial | Sílvia Cardoso Sugestões e Feedback geral@revistaprogredir.com Subscrições subscrever@revistaprogredir.com

Colaboradores desta Edição Bernardo Galvão Sousa, Catarina Girão, Carlos Lourenço Fernandes, Cristina Gonçalves, David Rodrigues, Joana Aguiam, Júlio Barroco, Maria Melo, Maggie João, Nelson S. Lima, Pedro Rui Carvalho, Ricardo Fonseca, Ricardo Laranjeira e Sofia Frazoa.

Periodicidade Mensal Propriedade Ideias e Harmonia - Publicações, Marketing e Eventos, Lda ERC N.º Registo: 126163 É expressamente proibida a reprodução da revista, em qualquer língua no seu todo ou em parte, sem a prévia autorização escrita do proprietário. Todas as opiniões, notas e comentários são exclusivos dos autores ou das entidades que produziram os dados.

Desafios Caros amigos, Para a presente edição da Revista Progredir escolhemos o tema “Desafios” como fio condutor da mesma. Temos hoje em muitos países, nos quais se inclui Por tugal, mais desemprego, mais austeridade, mais desigualdade, mais desafios. Múltiplos fatores foram conduzindo o Planeta ao estado em que se encontra hoje. E que Estado é esse? Como considera o Estado do Planeta? Ou do Seu País? Ou da Sua Localidade? Ou da Sua Família? Considera que os tempos estão maus? Pois muito bem Você está aí para os fazer melhorar! Considera que a Política precisa de novos Líderes? Que tal Ser o próximo Líder? Ou contribuir Ativamente para novas Lideranças? O que pode fazer para melhorar o Mundo no qual todos vivemos? Acredito que precisamos de maior responsabilidade. Precisamos de assumir as responsabilidades das nossas vidas, famílias e países. Contribuir ativamente e positivamente para fazermos valer os nossos valores e os nossos ideais. Agir mais e esperar menos. Considera que estamos numa Fase de Mudanças? Numa época de maiores desafios? Que tal aproveitarmos estes novos desafios para crescermos? Para Sermos mais? Para nos conectarmos mais connosco e com os outros? “A vida está cheia de desafios que, se aproveitados de forma criativa, sincera e honesta, transformam-se em opor tunidades.” (Maxwel Malts) Um excelente mês para si! Beijos & Abraços Pedro Sciaccaluga Fernandes

O conteúdo dos artigos publicados é da exclusiva responsabilidade do seu autor. O conteúdo dos artigos não expressa necessariamente a opinião da Revista Progredir e sua Direção.

NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 3


sumário

6

w w w. r e v i s t a p r o g r e d i r. c o m subscrever@revistaprogredir.com

número 10

Notícias Breves

Desfrute das notícias breves. Esteja sempre atualizado.

10 Pergunta do Leitor

Um espaço dedicado a si. Envie a sua pergunta.

12 Filosofia de Vida

7 passos para Comunicar com o Sucesso Por Ricardo Laranjeira e Cristina Gonçalves

17 Saúde

O relógio da vida: Os ritmos biológicos do organismo! Por Nelson S. Lima

23 Relacionamentos

Desafios nos Relacionamentos Por David Rodrigues

27 Entrevista

“As pessoas, quando têm alguma coisa para oferecer, fazem sempre falta” Entrevista com Álvaro Sardinha Texto Por Sofia Frazoa Fotografia Por Joana Aguiam

36

4o

Finanças

Eu, a minha Empresa Por Júlio Barroco

Vida Profissional

10 passos para ultrapassar o desafio da confiança Por Maria Melo

43 Lifestyle

Blended Families Por Maggie João

47

Espiritualidade

Conhece-te! Sê tu mesmo! Por Ricardo Fonseca

52 Desafios do Feminino

Combater a crise com o empreendedorismo Por Sofia Frazoa

60 Mudança Tranquila

Desafios ou aventura frequente Por Carlos Lourenço Fernandes

65 Agenda

Atualize a sua Agenda! Encontre atividades para poder participar.

68 Vouchers

Aproveite e desfrute das promoções.

69 Reflexões

Frases que nos deixam a pensar!

70 Fontes de Saber

Um momento para descontrair, refletir e meditar.

72 Biografia

Descubra quem foi a Irena Sendler.

74 Glossário

Ferramentas para Progredir: Terapia Regressiva

4 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012


DESAFIOS


notícias breves

Novembro 2012

RETIRO DE VIPASSANA COM A ASSOCIAÇÃO VIPASSANA PORTUGAL

HORSE QUEST – LET YOURSELF BE REVEALED

U

tilizando como lema uma citação de E. Tolle “Only the truth of who

you are, if realized, will set you free”, realiza-se em Alcabideche nos dias 10 e 11 de Novembro o Horse Quest.

intuitivos, sendo que na mitologia celta representavam a ponte entre o mundo terreno e o mundo evento

e

neste através

do contac to com estes

animais,

visa-se

conduzir

os par ticipantes a um processo de autodescoberta. Neste workshop através do contacto com os cavalos decorrerá uma jornada até ao interior de cada participante e a redescoberta do seu EU! Mais informação veja aqui

6 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

decorrerá no Monte da Mariposa,

em Tavira, o retiro Vipassana cem parceria com a Associação Vipassana Portugal.

Os cavalos são considerados seres muito

divino

E

ntre os dias 7 a 18 de Novembro

A

Vipassana

uma

das

antigas

é

mais

técnicas

de meditação da Índia, por

ensinada Buda

2500 anos, sendo um processo de autoconhecimento, autoconsciência desenvolvimento

permitindo de

uma

o mente

equilibrada. Neste retiro de 10 dias, consiste num curso desta técnica de meditação, não sendo necessária qualquer experiência prévia em meditação. Mais informação veja aqui


notícias breves

Novembro 2012

RETIRO DE OUTONO COM SENSEI AMY HOLLOWELL, ALMEGUE

A

Florença, Assis, Bucareste, Tirana entre my Hollowell, além de poeta e

jornalista,

é

uma

outras.

Sensei

responsável pelo grupo Wild Flower

O Átrio dos Gentios é um local de

Zen Shanga, promovendo palestras e

encontro

workshops sobre meditação.

agnósticos,

e

diálogo

entre

pessoas

de

crentes,

diferentes

culturas, quadrantes políticos e sociais Nos dias 1 a 4 de

e confissões religiosas, sendo que neste

Novembro,

estará

ano em Guimarães terá o seu foco na

presente na Quinta

discussão do valor da vida através de

de Santo António

reflexões, meditação, investigação.

em Almegue (Coimbra), para um retiro onde haverá sessões de meditação ao

Os temas debatidos estão relacionados

longo do dia, entrevistas individuais

com os mistérios e fragilidade da

com a Sensei, entre outras atividades.

Vida,

Mais informação veja aqui

com

a

consciência do Universo, do ser humano e do

ÁTRIO DOS GENTIOS – O VALOR DA VIDA

N

seu

propósito

e

questionar

os dias 16 e 17 de Novembro

quais as respostas que dão todos os

decorrerá em Guimarães e Braga

quadrantes

o Átrios dos Gentios, uma estrutura

das

ciências

humanas,

sociais e teológicas.

criada pelo Pontifício Conselho da Cultura e que se tem alargado em várias

Mais informação veja aqui

cidades europeias como Paris, Palermo, NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 7


notícias breves

Novembro 2012

RETIRO YOGA & ZEN WABI SABI – BRASIL

O

site Bug das Iniciativas é um projeto

que

engloba

toda

a

informação sobre prémios, conferências, feiras,

programas

de

aceleração

e

concursos de ideias a nível nacional e

O

internacional. espaço Prana Prana realiza nos dias 23 a 25 de Novembro o Retiro

De

entre

alguns

eventos

que

se

Yoga & Zen cujo objetivo é a prática de

irão realizar, destaca-se no mês de

Zazen ministradas pela Monja Coen,

Novembro a Gestão de Ciclo de Projeto

Subagh Kaur e a equipa dos 2HOBrasil.

(5 a 8 de Novembro, em Lisboa), em parceria com a AMI, para profissionais e

Simultaneamente decorrerão atividades

voluntários que trabalham em projetos

de meditação e de Kundalini Yoga,

de cooperação para o desenvolvimento

baseados no lema Wabi Sabi – a arte

e ação humanitária, nomeadamente no

de ver na perfeição na imperfeição e a

seio das ONG.

simplicidade onde menos é mais. Outro evento em destaque é o 1º Mais informação veja aqui

Congresso de Personal Branding (17 de Novembro em Lisboa), cujo objetivo é

INICIATIVAS DE EMPREENDORISMO: BUG DAS INICIATIVAS

promover o cuidado da nossa própria marca e marketing pessoal com enfase no encontra da resposta à questão “Qual o meu papel?”, sendo o nosso papel a nossa missão, guião, legado. Mais informação veja aqui

8 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012


notícias breves

Novembro 2012

NOMEAÇÃO DO DR. NELSON LIMA, DIRETOR DO INSTITUTO DE INTELIGÊNCIA

O

FÁBRICA DE STARTUPS - UMA SOLUÇÃO PARA EMPREENDEDORES

Dr. Nelson Lima, entre outros cargos, é diretor do Instituto de

Inteligência Europeu, coordenador do Grupo do Instituto de

Inteligência

A

em Portugal e do Centro de Inovação

de

é

empresas

uma que

a desenvolverem negócios com maior

Recentemente foi nomeado diretor da Divisão de Investigação da Associação Europeia para o Desenvolvimento da Educação e da Cidadania. Nelson

aceleradora

Startups

Portugal, orientando os empreendedores

Cury (Brasil).

Dr.

de

aposta na criação de novas startups em

Educacional Augusto

O

Fábrica

Lima

probabilidade de sucesso. De forma a cumprir com este objetivo, a Fábrica de Startups realiza programas de aceleração desenhados para acelerar

colabora

assiduamente com a Revista Progredir, através da publicação de artigos. A Revista Progredir, em nome de toda a sua equipa e colaboradores, congratula publicamente o Dr. Nelson Lima por esta importante nomeação, desejandolhe o maior sucesso e felicidades.

o processo de criação, validação e internacionalização de startups, Estes programas

seguem

inovadora

FastStart

a

metodologia

que

possibilita

a tradução de ideias em modelos de negócio orientados para o mercado global, através da sua validação perante a interação com os clientes-alvo. Mais informação veja aqui

Mais informação veja aqui NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 9


pergunta do leitor

Envie a sua pergunta para geral@revistaprogredir.com

A Felicidade existe? João Ramos, 35 anos, Castelo de Vide

S

egundo Daniel Gilbert, professor de

sentir-se Feliz? O segundo passo, conhecer-

psicologia da Universidade de Har vard,

se a si mesmo é uma das principais valias

nos Estados Unidos, que estuda a felicidade há

para a Felicidade, só sabendo quem somos,

mais de duas décadas, conceitua a sensação

poderemos saber o que nos faz ou não felizes.

de bem-estar: “É difícil dizer o que é, mas sei

A Felicidade não é permanente, pois outros

quando eu a vejo. É simplesmente sentir-se

estados como a tristeza também fazem

bem”. O homem sempre procurou a felicidade

parte da nossa condição como ser humano,

e ao longo dos tempos vários paradigmas

como oportunidades de amadurecimento.

têm surgido sobre onde a encontrar,

A Felicidade não precisa de ser uma eterna

certamente não fora de nós mesmos mas

projeção se percecionarmos como Felicidade

sim internamente. Se considerada como um

momentos onde realmente nos sentimos unos

estado interno, será importante percebermos

connosco e com tudo o que nos rodeia.

qual o nosso conceito de Felicidade, pois certamente será diferente de pessoa para

Termino com esta frase: Não existe um

pessoa. Na maior parte das vezes, criamos um

caminho para a felicidade. A felicidade é o

conceito associado a imagens, que nos foram

caminho. (Mahatma Gandhi)

transmitidas que poderão estar desligadas da nossa realidade e do que realmente é para cada um de nós sentir-se feliz. Desta forma, o primeiro passo a dar, é perguntarmo-nos o que é para cada um de nós ser Feliz ou 10 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

MARIA MELO

LIFE COACHING

www.akademiadoser.com mariamelo@akademiadoser.com


Ganhe no facebook da Revista Progredir!

Este mês habilite-se a ganhar o Livro Comunicar e Influenciar com PNL O «Segredo» para Além das Palavras de J. J. Lupi

É fácil e grátis Esteja atento à página do Facebook da Revista Progredir. Será publicada uma imagem sobre o concurso. Partilhe essa imagem e escreva como comentário uma frase que inclua a palavra Progredir. O Autor da frase mais original ganhará o livro. Leia informações detalhadas sobre o concurso clique aqui Vencedor de Outubro: Gabriela Guizolfi partilhou a imagem e criou a frase “Ver a si mesmo e aos universos que nos cercam, da maneira mais clara possível...é o primeiro passo para progredir!” e ganhou o Livro “Clarividência, Teoria e Prática” de Rodrigo Medeiros


Filosofia de Vida

7 passos para Comunicar com o Sucesso A capacidade de comunicar consigo próprio a um nível mais profundo irá conduzi-lo ao Sucesso. Saiba como em 7 Passos que o podem orientar e trazer Luz a esse caminho. Por Ricardo Laranjeira e Cristina Gonçalves

O

desafio: Vivemos num mundo em que quase tudo acontece a uma velocidade alucinante. Esta velocidade traz consigo um paradoxo: há um significativo

aumento de informação a circular e um decréscimo de comunicação, não só interpessoal mas essencialmente intrapessoal. Neste processo vertiginoso, a maior parte das pessoas estão desligadas.

Desconectaram-

-se e perderam o foco. No meio de tantos sms, emails, internet,

telemóvel,

T V,

sempre disponíveis para o exterior, ligadas 24 horas por dia, perderam o centro onde começa toda a comunicação: nelas próprias. 12 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012


Filosofia de Vida

Neste

turbilhão

não

espaço

mental e emocional para se focarem nos seus sonhos e metas para uma vida

preenchida

de

significado.

Apenas parece haver tempo para dar resposta ao que é urgente, deixando para trás o que é importante. Com o tempo, a comunicação interior, com elas próprias, cessa. A voz interior da dos

imaginação, sonhos

da

torna-se

criatividade, inaudível

e descobrem que com ela se foi também a motivação. Bem como, o interesse pela vida que se torna vazia, desprovida de propósito.

poderá decidir para onde quer ir. 2º Passo: Voltar a (re)conectar-se ao campo de infinitas possibilidades. Libertar em si a mente criativa, a imaginação e a capacidade de sonhar. Um espaço mental onde tudo é possível. Sem este nível de comunicação com a sua parte mais criativa e divina, dificilmente estabelecerá um rumo verdadeiramente motivador. Procure compreender e integrar que, Todas as coisas estão disponíveis para si, você é que pode não estar disponível para as coisas.

A solução: 1º Passo: Reconhecer que se encontra nesta espiral e decidir mudar. Que quer

Só ao perceber claramente onde está, poderá decidir para onde quer ir.

(re)assumir a responsabilidade pelo rumo da sua vida. E provavelmente, ao contrário do que possa pensar, antes de entrar em ação, o que se lhe pede é que PARE. “Pare, escute e olhe” para o que está a acontecer à sua volta. Só assim poderá clarificar a sua mente. Porque é que faz o que faz, com que objetivo e o que é que, a partir de agora, escolhe em vez disso? Só ao perceber claramente onde está, NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 13


FilosofiadedeVida Vida Filosofia

Passo:

Muito

provavelmente,

irá deparar-se com alguns receios e bloqueios. Poderão aparecer sob a forma de desculpas, pretextos e justificações para não avançar com o que quer ou mesmo medos e fobias, conscientes ou inconscientes. Algo o impede de agir. Neste ponto, é crucial aumentar o nível de comunicação consigo mesmo. Ir mais fundo no conhecimento de si próprio (sozinho ou com a ajuda de um coach ou terapeuta). Exercícios de reflexão, autoanálise e honestidade radical acerca de si, são fundamentais para permitir conhecer outra parte do seu Ser que estava oculta. Só quando ela surge é possível inter vir e curar o Passado, para no Presente conseguir projetar um novo Futuro. 4º Passo: Clarifique os seus valores. Identifique o que é mais importante para si na vida e como o pode viver através daquilo que quer. Confronte as suas metas e sonhos com os seus valores. Se encontrar pontos de conflito, incongruências, é por que acaba de descobrir um auto-sabotador. Sim, é como se uma parte de si (os seus Valores – o que é 14 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012


Filosofia de Vida

importante para si) fizesse sabotagem

sustentável que lhe permitirá receber

de outra parte (as suas Metas – o que

tudo o que a vida tiver para lhe

quer atingir). Quando estas duas

oferecer. Até lá, pode estar a boicotar

coisas estão alinhadas encontrou o

o sucesso, a partir de um determinado

seu ponto de motivação e recupera o

nível.

seu foco. 6º Passo: Começar a visualizar os 5º Passo: Encontrará um obstáculo

resultados que quer atingir. Criar os

desconhecido para 99% da população

seus próprios filmes mentais sem

mundial. Muito pouco ou nada se tem

limitações. Focar toda a sua energia

escrito sobre ele. É a sua tolerância à

nessas suas criações. Compreendendo

felicidade. Quanto é que você acha

que tudo o que existe no plano físico

que merece? Quando é que parece já

foi primeiro concebido sob a forma

ser demais? Que tipo de comunicação

de um pensamento. Agora mesmo, se

está a enviar ao seu inconsciente que

olhar à sua volta compreenderá que

lhe bloqueia o processo de conquista,

o seu computador, a sua secretaria,

de abundância, de bem-estar na sua

a sua cadeira foram idealizados e

vida? Ao aumentar a sua tolerância

concebidos na mente de alguém

ao merecimento vai criar a base

antes

de

passarem

à

fase

de

Ao aumentar a sua tolerância ao merecimento vai criar a base sustentável que lhe permitirá receber tudo o que a vida tiver para lhe oferecer. NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 15


FilosofiadedeVida Vida Filosofia

Só você saberá que foi a clareza da comunicação e a gestão de cada etapa dentro de si que foi o que fez a diferença.

produção. Ao longo deste processo de visualização e foco de energia naquilo que quer, cria-se dentro de si uma tensão tão grande que se quer expressar

(comunicar)

no

mundo

físico. Se tiver o cuidado de moderar a sua comunicação com o exterior, sustentando a tensão, até se reunirem todas as condições para libertar essa energia criadora, encontrou a sua fórmula para o sucesso. 7º Passo: É uma questão de tempo. Consiste em identificar a oportunidade certa e libertar toda essa tensão num

fez a diferença. Pessoas de sucesso raramente explicam isto porque é como se pretendessem explicar o inexplicável. Por fim, resta agradecer e celebrar. Ao agradecer está a reconhecer “o dedo” do Universo no processo de cocriação. Ao celebrar está a criar um procedimento de evidência do sucesso, que fica gravado no seu inconsciente e que fará aumentar a sua autoconfiança quando decidir empreender uma nova meta.

só momento. Como se libertasse uma flecha do jogo do arco. Muitos dirão que foi sorte, que tudo se conjugou a seu favor. Mas só você saberá que foi a clareza da comunicação e a gestão de cada etapa dentro de si que foi o que 16 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

RICARDO LARANJEIRA E CRISTINA GONÇALVES FORMADORES E TERAPEUTAS COM COACHING E PNL www.comunicacaomaiseficaz.com www.maestriadossexos.com geral@comunicacaomaiseficaz.com


Saúde

O relógio da vida: Os ritmos biológicos do organismo! Os “ritmos biológicos” nos seres vivos (animais e plantas) têm uma origem genética, são hereditários e visam o equilíbrio e a eficiência corporal, a adaptação ao ambiente, a saúde e a sobrevivência. Por Nelson S. Lima

P

or que é que à noite temos sono? Por que é que a temperatura

corporal sobe ao fim do dia? Por que é a pressão arterial aumenta de manhã? Por que é que tanto os alimentos como os medicamentos têm efeitos diferentes

conforme

as

horas

do

dia? Por que é que às 3 da manhã estamos no momento mais fraco de concentração?

NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 17


Saúde

Estas

são

perguntas

pertencem

a

raramente

vemos

divulgado)

não

indiscutível

um

lícitas

que

domínio

que

publicado

obstante

importância

a para

(e sua

Em média e numa situação de repouso o coração humano bate cerca de 70 vezes por minuto.

o

bom funcionamento orgânico e a

automóvel entre as 3 e as 4 da manhã

manutenção da saúde e do bem-estar,

numa estrada sem trêfego, do que

incluindo a nossa sobrevivência: os

durante o dia no meio do caos urbano;

ritmos biológicos!

as pessoas correm maior risco de sofrerem um ataque cardíaco entre as

Peguemos em dois exemplos: um

6 e as 9 horas da manhã no inverno,

condutor de automóvel corre muito

do que ao fim do dia e no verão.

mais riscos de ter um acidente de Ocorreu uma vez um grave acidente aéreo nos Estados Unidos, em que

Be More Be Full

Espaço de terapias integradas

Hipnose Clínica (London Colllege)

pereceram e

todos

tripulantes

por

os

passageiros

razões

durante

muito tempo inexplicáveis, quando estava tudo bem com o avião e com

Terapia Reconetiva (Eric Pearl)

as condições atmosféricas. Depois

Reiki

de longas investigações chegou-se à

Experiência Somática Cura do Trauma (Peter Levine)

conclusão que os pilotos cometeram

Reflexologia facial (Dien Chan) Parque das Nações Rua do Tamisa 5.02.03.A 5ºDto. 919764880 / 939569590 bmorebfull@gmail.com https://www.facebook.com/BeMoreBeFull

graves

erros

minutos

antes

do

acidente, porque os seus cérebros estavam a funcionar como se fosse 5 horas mais tarde e, por isso, não estavam nas melhores condições para tomarem decisões (tinham dormido muito pouco e mal nas últimas 24 horas em que atravessaram vários fusos horários).

18 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012


Saúde

O tempo sujeita o corpo aos seus

A organização temporal da vida tem um enorme efeito sobre as estruturas e as dinâmicas dos seres vivos

caprichos e o corpo funciona de acordo com ritmos. Mas o que é isso de

“ritmos biológicos”?

Um

ritmo

é uma variação periódica de algo no tempo. Por exemplo, o ritmo do coração é um bom exemplo. Em média e numa situação de repouso o coração humano bate cerca de 70 vezes por minuto. Já de noite ou em estado induzido de relaxamento, (através da meditação ou de medicamentos) esse ritmo pode descer até 50 pulsações

A ciência dos ritmos biológicos

por minuto.

Chama-se “cronobiologia” ao ramo

Um ritmo tem várias características, a

da ciência que estuda a organização

saber:

temporal,

dos

organismos

vivos

e dos mecanismos que controlam

1. Período - é o espaço de tempo

os diferentes sistemas vitais e as

entre dois eventos regulares (por

atividades químicas e elétricas de

exemplo, as batidas do coração); o

cada órgão. Verifica-se então, que a

período dos ritmos corporais mede-

organização temporal da vida tem

-se em segundos, minutos, 24 horas,

um enorme efeito sobre as estruturas

28 dias, um ano, etc.); o

e as dinâmicas dos seres vivos (e

“ritmo circadiano” é o mais estudado -

não só). Ou seja, o tempo, para nós,

representa o espaço de tempo de 24

(que podemos dividir em segundos,

horas em que ocorre a alternância

minutos,

dia e noite; existe

horas,

semanas,

meses,

chamado

também

o

estações do ano e anos) não é algo

“ritmo circamensal” (cerca de 28 dias)

linear.

e o “ritmo

circanual” (cerda de NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 19


Saúde

um ano); 2. Fase - é o ponto mais elevado ou mais baixo de uma variação; a “acrofase” é a fase mais elevada (ou pico de uma atividade corporal) e a “batifase” indica o valor mais baixo de um ritmo;

O cérebro segue ritmos distintos conforme as suas regiões tal como acontece com as capacidades funcionais dos dois hemisférios.

3. Amplitude - é a diferença entre os valores mais baixos e mais altos obtidos durante cada período;

do cérebro chamada “hipófise” que

4. Nível médio do ritmo - dá-nos a média do ritmo após várias v e r i f i c a ç õ e s ; esta análise é importante na prática médica nomeadamente

quanto

à

administração de medicamentos e suas dosagens.

em função das horas, dos dias e dos meses. Por exemplo, o nosso corpo “fabrica” mais cortisol (a hormona stress)

coordena outras glândulas vitais do corpo e está implicada em aptidões como a memória, o raciocínio e o próprio desempenho da inteligência). Outros exemplos são suficientemente esclarecedores.

O estado do nosso organismo varia

do

é uma hormona produzida numa área

de

manhã,

por

volta

das 8 horas, do que noutras horas (e daí o risco de mais problemas cardiovasculares

nesse

período).

Outro pico é o da prolactina que ocorre de noite quando as secreções do cortisol são mais fraca. A prolactina 20 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

Sabia

que

o

ser

humano foi programado para nascer às 4 horas (de madrugada) e na Primavera? Que o rendimento escolar é melhor conseguido entre as 10 e as 18 horas? Que os recordes de atletismo são mais viáveis durante o dia do que depois do anoitecer? Que o cérebro segue ritmos distintos conforme as suas regiões tal como acontece com as capacidades funcionais dos dois hemisférios (direito e esquerdo) que têm picos de atividade em horas


Saúde

diferentes?!

pode ser altamente perigosa.

Somos seres da natureza viva

A grande contribuição do estudo da cronobiologia é a de fornecer

A influência dos ritmos biológicos

diretrizes de como nosso organismo se

nos processos químicos do organismo

comporta em determinados períodos.

talvez seja a maior prova de como nós

Por

estamos profundamente mergulhados

circadiano é um dos mais importantes

nos diferentes campos de energia que

pois estende -se por 24 horas. Nesse

compõem a vida e como estamos em

período de tempo ocorrem múltiplos

interação constante com o ambiente

eventos no corpo que são mais ou

terreste.

menos ativos conforme as horas. O do

exemplo,

o

chamado

ritmo

sono é o mais conhecido. Ou seja, o ser de manhã, de tarde, de noite, de inverno ou primavera incide

O

estudo

dos

sobre a dinâmica da vida, incluindo

marcadores de tempo na intimidade

a forma como o corpo reage a

dos

estímulos “marcados” do tempo. Esta

temporização” permite -nos também

organização temporal do organismo

compreender como somos sistemas

atingiu, efetivamente, um grau de

abertos sujeitos a grandes oscilações,

complexidade impressionante de tal

o que nos afasta bastante de uma visão

forma que ignorar ou lutar contra ela

mecanista do corpo cuja eficiência é a

organismos,

ou

mecanismos “sistemas de

mesma em qualquer momento.

A grande contribuição do estudo da cronobiologia é a de fornecer diretrizes de como nosso organismo se comporta em determinados períodos.

O que é o cronotipo? É óbvio que os ritmos biológicos variam

de

pessoa

para

pessoa.

Deparamo-nos então com os “cronotipos” que são determinados geneticamente. Por exemplo, existem as pessoas NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 21


Saúde

O nosso “relógio biológico” é controlado por uma estrutura nervosa no cérebro.

matutinas

que

se

sentem

muito

melhor de manhã, e as vespertinas que atingem o seu ponto mais alto ao entardecer. Este grupo é o mais predominante (abrangendo cerca de 80% da população). Daí que as manhãs são geralmente menos produtivas do que as tardes, não tanto por serem mais curtas, mas porque o ritmo biológico dessas pessoas está orientado para ser assim. Os outros ritmos e funções corporais

estão

estabelecidos

de

forma mais uniforme entre todos nós. Sejamos matutinos ou vespertinos, as

Finalmente,

diga-se

organismo

obedecem a um ritmo semelhante entre todas as pessoas.

22 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

nosso

uma estrutura ner vosa no cérebro - o chamado núcleo supraquiasmático, localizado no hipotálamo anterior - que marca todas as funções do organismo, ditando os ritmos relacionados com a duração do dia (níveis de luz), da temperatura corporal, etc. Fim da 1ª Par te. 2ª Par te do texto continua na edição de Dezembro da Revista Progredir.

arterial e das muitas outras atividades do

o

“relógio biológico” é controlado por

variações da temperatura, da pressão eletroquímicas

que

NELSON S. LIMA INVESTIGADOR, CONFERENCISTA E PROFESSOR UNIVERSITÁRIO. PRESIDENTE DO INSTITUTO DA INTELIGÊNCIA (EUROPEAN INTELLIGENCE INSTITUTE www.brightminds.net.br


Relacionamentos

Desafios nos Relacionamentos O número de divórcios aumentou cerca de 40% entre 2000 e 2010 e o número de casamentos diminuiu aproximadamente 60% no mesmo período. O que se está a passar nos nossos relacionamentos? Será uma crise de Amor? Será que já não é possível ter um relacionamento feliz? Como podemos construir uma relação saudável e duradoura? Por David Rodrigues

E

m

primeiro

lugar

é

importante perceber o que é

um relacionamento e qual o seu propósito (cingir-nos-emos a um relacionamento amoroso entre 2 pessoas).

NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 23


Relacionamentos

Uma relação é uma oportunidade para nos realizarmos enquanto seres humanos, é um espaço de revelação de todo o nosso potencial.

Uma relação é uma oportunidade

mantêm-se

para nos realizarmos enquanto seres

preencher uma necessidade interior

humanos, é um espaço de revelação

(afeto, segurança, estabilidade, (in)

de todo o nosso potencial, da nossa

dependência, …) ou de um receio/

essência junto de uma pessoa que

medo

por nos amar, aceita e recebe -nos

bonito/atraente, ter receio do que

na nossa plenitude, sem exigências,

os outros dirão se não tivermos

dependências

manipulações

alguém ou nos separarmos, medo

emocionais. Um relacionamento é

de não conseguir ser independente

um espaço de liberdade e evolução,

afetiva ou financeiramente, …) e

embora isso não impeça que se

com

assumam compromissos. O objetivo

visam satisfazer essas necessidades

de um relacionamento é expandirmos

e medos mas que nada têm que ver

a

com a verdadeira essência de um

nossa

ou

essência

e

não

sermos

como

(não

isso

ser

tomamos

completados ou completar o outro.

relacionamento.

Medo = Relacionamentos Minados

Descobrirmo-nos

Tendo

este

facilmente tantos resultam,

uma

forma

de

suficientemente

decisões

que

de

partida,

Deste modo o maior desafio de todos

percebemos

porque

num relacionamento é percebermos

não

Quem Somos e o que desejamos.

ou

Sem este ponto prévio é muito difícil

ponto

relacionamentos porque

24 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

surgem


Relacionamentos

alcançar um relacionamento saudável e feliz, pois mais tarde ou mais cedo sentir-nos-emos perdidos e/ou em conflito interior.

Uma relação de Amor não é um tribunal para decidir quem tem razão.

Amar o Outro Em seguida temos que estar disponíveis para Amar o outro, e a expressão “estar disponível” é propositada pois todos nós temos um conjunto de condicionamentos inconscientes que assumimos como a verdade sobre o Amor. E assim, precisamos de estar atentos e aprender a distinguir o que é Amor do que é pseudo-Amor. O Amor não depende de opiniões nem

julgamentos,

pois

ele

não

prende, mas liberta verdadeiramente, enquanto que o pseudo-Amor baseia-se

em

regras,

exigências,

dependências,

imposições,

expectativas,

… Por isso tudo o que não é a vivência da plenitude e da liberdade e que prende de forma egoísta e controladora (das ações, pensamentos ou comportamentos) o que o nosso parceiro deve dizer ou fazer é uma manifestação de algo que é inferior ao Amor. Assim Amar o outro implica um grande respeito, admiração e aceitação pela plenitude do outro,

quer concordemos com ela ou não, pois uma relação não é um palco de julgamentos e muito menos de avaliações da legitimidade, coerência ou “correção” dos comportamentos de quem amamos, uma relação de Amor não é um tribunal para decidir quem tem razão. Quem exige e advoga a si o dom da razão na relação, passou ao lado do que é o Amor que não tem nada que ver com os processos mentais do ser humano, mas sim com a sua dimensão espiritual mais forte e com a ligação extraordinária que a energia de ambas as pessoas estabeleceu. NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 25


Relacionamentos

Atingir um relacionamento excecional é o sonho de muitas pessoas, o grande desafio é mantermo-nos fiéis a nós próprios.

Um Relacionamento Excecional Atingir um relacionamento excecional é o sonho de muitas pessoas, o grande desafio (que é possível alcançar) é mantermo-nos fiéis a nós próprios e desconstruirmos os mitos e crenças limitadoras que fomos assimilando ao longo da vida, compreender e viver a verdadeira profundeza e magia de uma relação. E esse trabalho começa em si, não o exija a mais ninguém senão a si próprio, tudo o resto virá com a naturalidade e normalidade que

A realização enquanto pessoas no âmbito de um relacionamento, não obriga a manter um relacionamento com a mesma pessoa para toda a vida se isso não for do superior interesse das duas pessoas envolvidas. No final tudo se torna claro e mais fácil quando se compreende e vive a verdadeira natureza de um relacionamento de Amor.

caracteriza o universo. Assim poderá ter um relacionamento excecional que pode durar 6 meses ou uma vida inteira, o tempo é a variável menos importante, porque não passa de mais um condicionamento (auto)-imposto. 26 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

DAVID RODRIGUES

AUTOR DO LIVRO “OH MY GOD! O DESPERTADOR DIVINO”

http://ohmygod-dr.blogspot.com

ohmygod.dr@gmail.com


Entrevista

Completa no Site Progredir

“As pessoas, quando têm alguma coisa para oferecer, fazem sempre falta” A Workub é uma plataforma de competências para profissionais e empresas, na qual se podem oferecer e encontrar projetos e parceiros para negócios. Em entrevista à Revista Progredir, Álvaro Sardinha , fundador da Workub, explicou a importância dos perfis de competências numa altura em que os currículos e os empregos para a vida parecem ter os dias contados. Texto Por Sofia Frazoa. aguiam.com

Fotografia Por Joana Aguiam NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 27


Entrevista

Os perfis de competências ajudam a clarificar quais são as funções de cada área aguiam.com

PROGREDIR: Qual é a mais-valia da

PROGREDIR: Porque é que enviar

plataforma Workub em relação às

currículos já não resulta?

outras formas de recrutamento? Álvaro

Sardinha:

Porque

as

Álvaro Sardinha: Primeiro, não tem

empresas não têm tempo. Todas as

anúncios nem currículos, baseia-se

empresas de hoje estão a tornar-

em per fis de competências. Segundo,

se mais ágeis e, com isso, a ficarem

é universal. Toda a informação que

mais pequenas. Por outro lado, nos

as pessoas aqui colocam fica visível

tempos que correm, com estas taxas

globalmente,

ponto

elevadas de desemprego, assim que

do mundo. A criação de per fis de

uma empresa coloca um anúncio, é

competências,

empresas

sufocada com milhares de currículos

é

totalmente

que vêm em formatos diferentes, o

a

plataforma

que causa uma grande dificuldade na

ter outros ser viços que são pagos.

sua interpretação. Muitas recebem

Essa visibilidade pode fazer toda

currículos que não correspondem

a diferença para alguém que está

sequer ao per fil dos anúncios. As

desempregado ou para uma empresa

empresas têm dificuldade em gerir

que procura parceiros de negócio ou

este volume de informação. Qualquer

internacionalização.

empresa

seja

das

gratuita,

em

qualquer

seja

pessoas, apesar

das

de

28 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

que

comece

hoje

um


Entrevista

concurso vai demorar uma semana,

adquire ao longo da vida; Saber Fazer,

pelo menos, a tratar a informação

que são as experiências, aquilo que a

e a tirar alguma conclusão. Estes

pessoa já fez ou tem capacidade para

custos são proibitivos nos dias de

começar a fazer de imediato; Saber Ser,

hoje. As empresas têm de ser muito

que são competências transversais,

mais eficientes e eficazes e têm de

que têm a ver com o caráter, com a

chegar às pessoas de uma forma

personalidade, características muito

mais inteligente. E esse processo

próprias

não é claramente pela via anúncios-

acordo com as suas experiências

currículo.

de vida. Estes três pilares formam o

que

se

desenvolvem

de

chamado per fil de competências, que PROGREDIR: É pela via do per fil de

tem a virtude, comparativamente ao

competências? O que significa isso?

currículo, de ser universal.

Álvaro

de

PROGREDIR: Já há algum feedback

nasce

positivo de quem tenha conseguido

Sardinha:

competências

é

O

algo

per fil que

num chamado sistema de gestão

encontrar

por competências. Foi criado para

plataforma?

emprego

através

da

gerir bem pessoas, principalmente nas

grandes

empresas

onde

Álvaro

mil, duas mil pessoas. Os per fis de

competências

temos

ajudam

a

clarificar

Sardinha:

muito

movimento,

ainda tenha

Sabemos mas

identificado conseguido

que não

alguém

quais são as funções de cada área e,

que

resolver

com isso, as pessoas sabem qual é

uma determinada situação. Temos

o caminho que têm de percorrer em

acompanhado algumas empresas que

termos de desenvolvimento pessoal

fazem recrutamento, mas chegamos

para irem para esta ou para aquela

a um ponto em que não sabemos

área. Um per fil de competências

se elas contratam ou não. Não é o

acaba por ser uma estrutura universal

nosso objetivo. Aqui promovemos o

baseada em três pilares: Saber, que

encontro entre quem procura e quem

são os conhecimentos que a pessoa

precisa, a partir daí não temos mais NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 29


Entrevista

responsabilidade. Mas sabemos que

energia que eu tenho para este projeto

há muita utilização da plataforma,

vem dessa parte de perceber que, de

surpreendentemente até da parte do

alguma forma, pode fazer a diferença

empreendedorismo. Muitas pessoas

na vida das pessoas. Nos tempos que

estão

e

correm temos mesmo de começar

estão a propagar em todo o mundo

a pensar em comunidade, que não

essas ideias. Pela parte do emprego

estamos isolados, temos de começar

há muito interesse nas empresas de

a pensar nas outras pessoas numa

recrutamento.

perspetiva de como podemos ajudar.

PROGREDIR: O objetivo da Workub é

Normalmente não é isso que acontece.

fazer a diferença também do ponto

Mas quando as coisas começam a

de vista social?

ficar difíceis, as dificuldades, mais

a

colocar

oportunidades

tarde ou mais cedo, vão aparecer Álvaro Sardinha: Eu costumo dizer

para todos de múltiplas formas. É

que a Workub, se não fosse um projeto

preciso que as pessoas comecem a

de responsabilidade social, não tinha

desenvolver um propósito. É preciso

nascido sequer. Nem tinha continuado

garantirmos um certo equilíbrio e

porque os obstáculos têm sido tantos

um equilíbrio na comunidade em que

que, se fosse um projeto financeiro, eu

estamos inseridos. E esse equilíbrio

já tinha desistido há imenso tempo. A

é

uma

responsabilidade

também

Nos tempos que correm temos mesmo de começar a pensar em comunidade, que não estamos isolados. aguiam.com 30 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012


Entrevista

de ter um papel ativo junto das

processo de aprendizagem contínua,

pessoas que nos rodeiam. Esse talvez

que no fundo é para isso que fomos

seja o ponto de energia do projeto

feitos. Nós não fomos feitos para entrar

porque, financeiramente, vai demorar

num emprego e ficarmos burros.

muito tempo até começar a atingir

Fomos feitos para estarmos sempre

resultados.

a desafiar-nos, a crescer com novos desafios, com aprendizagem contínua

PROGREDIR: A nível do conceito de

e isso adequa-se per feitamente às

emprego, o que é que as pessoas

competências. Se calhar não se adequa

precisam de perceber que mudou?

ao emprego porque o emprego está a ser um convite a “senta-te e espera por

Álvaro Sardinha: A palavra “emprego”

um cheque”.

teve muito sentido no passado, mas nos dias de hoje e nos dias que hão-

PROGREDIR: As pessoas em Portugal

de vir vai ser transformada noutra

desafiam-se profissionalmente?

coisa qualquer. E as competências vão ser uma palavra fundamental. As

Álvaro Sardinha: Bem, se não o

pessoas vão encontrar colaboração

faziam antigamente, agora fazem.

profissional, com contrato ou sem

Se calhar há é um segmento de

contrato. Vão ter de, mentalmente,

pessoas que ficaram mais ou menos

fazer

paralisadas no tempo, mas há outros

um

uma

mudança

emprego,

mas

não

para

apostar

numa

segmentos

muito

dinâmicos.

A

competência ou duas e desenvolvê -

Workub tem-me permitido conhecer

las

promoverem-ma

jovens, por exemplo, com uma energia

como uma marca, um ser viço, um

e dinamismo que me fazem acreditar

produto ou uma empresa. Todas as

que nada é impossível. As pessoas que

pessoas têm de ser uma empresa e têm

podem continuar formatadas para

de ter a agilidade e dinâmica de uma

um determinado tipo de conceito e

empresa. Isso é ganhar, ter ideias, pô-

para um emprego continuam assim,

las em prática e depois comunicá-las,

as que estão em locais que mudaram

vendê -las. É preciso estar sempre num

vão ter de mudar também. Os jovens

bem.

Depois

NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 31


Entrevista

estão a adaptar-se muito bem. Estão

escritório está onde eu estiver, posso

a crescer num ambiente em que já

estar a trabalhar na rua, há muita

perceberam que a vida tem outros

mobilidade. A Internet tem trazido

contornos e estão a investir muito nas

muitas ferramentas que flexibilizaram

competências, naquilo que gostam de

isso

fazer. Já perceberam que não basta

também vai ter de acompanhar esse

irem fazer uma licenciatura e depois

movimento. Portanto, esse conceito

está um emprego à espera. Também

de

já perderam o status quo. Aqui há

empresas não querem isso. É preciso

uns anos falava-se com um jovem

executar um projeto, então eu quero

arquiteto e ele recusava-se a fazer

pessoas para executar o projeto, mas

outra coisa que não fosse arquitetura.

quando o projeto acabar eu não quero

Hoje, temos arquitetos a fazer outras

essas pessoas e não tenho de querer.

coisas e fazem muito bem porque a

Porque eu não sou um ministério.

arquitetura é uma competência, não

Por que é que eu hei-de querer ficar

precisa de ser uma profissão.

com as pessoas se depois não tenho

tudo,

por

empregado

isso

não

o

trabalho

funciona,

as

trabalho para elas? Isso é quase levar PROGREDIR: E as empresas, já estão

as empresas a matarem-se, é um

abertas a essa mudança e procuram

suicídio.

nos seus funcionários o per fil de PROGREDIR: E do outro ponto de

competências?

vista, o do empregado, como é que Álvaro Sardinha: As empresas têm

se faz as pessoas perceberem que

de ser muito ágeis hoje. Têm de

não há empregos para a vida e que

ter a estrutura mínima e depois a

isso pode não ser mau?

capacidade encontrar

de,

muito

recursos

para

agilmente, executar

Álvaro

Sardinha:

é

uma

um determinado projeto, mas não

realidade,

precisa de ser integrar as pessoas. As

economia vai ter de passar por aí,

pessoas vão funcionar cada vez mais

por isso é que a Europa toda está

em rede e cada vez mais em casa. O

num

32 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

a

Essa

colapso.

sustentabilidade

Criámos

muito

da

o


Entrevista

sistema social, demasiadas regalias. Eu acredito num sistema em que as pessoas que têm as competências vão fazer sempre falta. Tem de haver um sistema social em várias frentes, mas

não

necessariamente

nessa

regulamentação que não deixa as empresas serem flexíveis. Isso já está a acontecer. As empresas estão cada vez mais a entrar nos sistemas de gestão de contratos. Já estão elas próprias a gerir as pessoas e a colocálas nas empresas por projetos, em que o trabalhador nunca faz parte da empresa, tem contrato com a empresa de recursos humanos. O mercado vai encontrar formas. Se não encontrar formas as empresas fecham, não conseguem quando

têm

resistir. alguma

As

pessoas,

coisa

para

oferecer, fazem sempre falta. Não são

as regras laborais que vão defender ou que vão tornar a vida mais fácil para ninguém. Para isso é preciso que as pessoas se ponham no modo de aprendizagem contínua, trabalho em equipa, valorização profissional permanente, e lutarem sempre como se fossem uma empresa. Têm de vender, de se promover, de ter algum valor. Porque se não acrescentarem valor nenhum, não há emprego que resista. PROGREDIR: Esta crise é um mar de oportunidades para as pessoas criarem e se reinventarem? Álvaro Sardinha: Acho que sim. Esta crise tem dois lados. Há muita gente que está a fazer transição de carreira porque acorda de repente e vê que aquilo que foi a vida deixou de ser. Então vejo pessoas com 50 anos que estão a voltar a estudar. De repente, o mundo em que estavam sentadas desapareceu e as pessoas percebem que

vão

ter

de

se

requalificar

rapidamente para fazer outras coisas. Isto é um processo extremamente dramático e violento porque associado

aguiam.com

a isto vem tudo o resto, o colapso. Estas NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 33


Entrevista

Estas mudanças nunca são pacíficas porque as pessoas, de repente, perdem toda a estrutura em que tinham baseado uma vida. aguiam.com mudanças nunca são pacíficas porque as pessoas, de repente, perdem toda a estrutura em que tinham baseado uma vida. Acho que é nesta fase que é preciso criar as ferramentas para as pessoas encontrarem outros caminhos. Se alguém for fazer um per fil de competências, ao fazê -lo, começa a perceber que tem imensos buraquinhos por preencher. E vai fazer essa formação. É preciso essa mudança, agora vai ser à velocidade de cada um. Há pessoas que nunca vão mudar e os que conseguiram manter os empregos, se calhar, não sentem essa necessidade. PROGREDIR:

No

seu

34 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

tem sido sempre um percurso de procurar o que gostava de fazer. Segui sempre o caminho de querer acordar cedo cheio de energia, para qualquer coisa que me entusiasme. E ser cada dia um desafio grande e uma aventura, em que tudo pudesse acontecer. Já passei pelo outro lado. Comecei

pela

construção,

depois

passei por fábricas, a conduzir táxis, e digo-vos uma coisa: trabalhar das oito às seis, a olhar para uma máquina, a fazer exatamente o mesmo todos os dias, eu não recomendo a ninguém. E as pessoas têm de se revoltar, têm de se reciclar. As pessoas não podem

percurso

também começou de novo várias vezes?

Álvaro Sardinha: O meu percurso

aceitar isso. Têm de procurar, têm de se desafiar a elas próprias. Foi o que eu fiz. Segui o meu percurso e quando dei por mim não descansei enquanto


Entrevista

não criei uma empresa. Essa empresa cresceu, tive altos e baixos, e até esse processo nos obriga a reinventar a empresa outra vez. PROGREDIR: A Workub nasceu de repente? Álvaro Sardinha: A Workub nasceu às quatro da manhã, num belo dia em Agosto. E nasceu porque a Tecad, a empresa que eu criei, sempre acreditou que só pode crescer no sucesso dos outros e se os outros, os nossos clientes, não tiverem sucesso, não podemos existir. E de há uns anos para cá os nossos clientes começaram a morrer. E apareceu a oportunidade de fazer alguma coisa para contribuir e para não irmos a seguir. E a Workub

as empresas precisavam? Precisavam de oportunidades, de se tornar ágeis. As pessoas que nós conhecíamos ficaram desempregadas e precisavam de encontrar oportunidades onde quer que fosse. A Workub era, no fundo, a sequência natural para um sistema que já tínhamos colocado na própria empresa, o tal sistema de gestão por competências. Se não houvesse adversidade, esta ideia não aparecia. A

entrevista

com

ÁLVARO

SARDINHA encontra-se na integra no site da PROGREDIR. Clique aqui e

veja a entrevista

completa!

nasceu exatamente daí. O que é que ENTREVISTA POR SOFIA FRAZOA

JORNALISTA sofiafrazoa@revistaprogredir.com FOTOGRAFIA POR JOANA AGUIAM

FOTÓGRAFA 214 536 187 | 964 690 874 www.aguiam.com info@aguiam.com http://facebook.com/aguiamfotografas

aguiam.com NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 35


Finanças

Eu, a minha Empresa Pensarmo-nos como uma empresa, permite-nos não apenas conduzirmo-nos em tempos conturbados como criar as condições para continuarmos a avançar rumo às metas que pretendemos concretizar nas nossas vidas. Por Júlio Barroco

N

os tempos conturbados que vivemos, é de significativa ajuda que encaremos as nossas finanças como se duma empresa se tratasse, conjugando organização

com simplicidade. Podemos conseguir o que nos propomos nas nossas finanças, como em qualquer outra área da vida, alinhando as nossas intenções com esforços práticos, ainda que no curto prazo possamos estar a viver desafios relevantes nesta área.

36 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012


Finanças

Vamos realçar alguns pontos essenciais, que devem estar presentes de forma

no momento em que são feitos, com

simples e efetiva na gestão financeira do

limitações definitivas, é uma das mais

dia-a-dia:

possibilitadoras perspetivas que nunca deveremos esquecer.

Diálogo interno. A forma como as nossas crenças e emoções nos influenciam

Em parceria com as crenças surgem

é determinante para as decisões que

as emoções, como fator de influência

tomamos. Sempre que pensamos “não

significativa nas nossas vidas, que não

consigo fazer x”, “não posso comprar y”,

pode deixar de ser considerado. Como

“nunca serei como z”, estamos a expressar

disse Warren Buffett, um dos homens mais

crenças que nos limitam negativamente

rico do mundo, “até que consiga gerir as

a esse nível. Uma frase típica bem

suas emoções não espere ser capaz de gerir

representativa é a famosa “não há nada a

dinheiro” . Evitarmos decidir na presença

fazer”. Soa-lhe familiar?

de emoções como o medo, a euforia, e a apatia, e promovermos aquelas a que

No Pólo oposto encontram-se as crenças

chamo as emoções de suporte, que são o

possibilitadoras. Frases como “tenho

amor e a gratidão, é determinante nesta

muito valor”, “não existem limites para

área. Reforçarmos o nosso amor-próprio

aquilo que posso ganhar e conservar”,

observando conscientemente as nossas

“sei gerir as minhas finanças, e o que não

qualidades e percebendo aquilo que já

souber, aprendo”, são exemplos de como

temos e pelo qual nos sentimos gratos,

as crenças possibilitadoras expressas

são duas das mais fortes e significativas

em afirmações impulsionam fortemente

formas de criarmos condições para boas

um diálogo interno de sucesso. Não

decisões. Quanto maior a perceção do que

confundir diagnósticos de possibilidade

já somos e nos orgulhamos, conjugada com o que já temos e beneficiamos, menor

As crenças possibilitadoras expressas em afirmações impulsionam fortemente um diálogo interno de sucesso.

é o apelo para decisões fora daquilo que são as nossas verdadeiras necessidades e interesses.

NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 37


Finanças

No

Cockpit.

Assumirmos

a

responsabilidade por conhecer as nossas finanças e manter um acompanhamento adequado

à

nossa

situação

é

fundamental, da mesma forma que ao dirigirmos um veículo damos atenção ao painel de bordo e aos seus indicadores. Não conhecemos o essencial de todos os instrumentos do painel com impacto na nossa viagem, e muitas das vezes não sabemos como utilizá-los. E o que não sabemos e não aprendemos, arrumamos para o lado, ou varremos para debaixo do tapete, na esperança de que “não seja nada”. Nos dias que correm, com a palavra “crise” gritada aos quatro ventos e todo o rol de fantasmas e consequências associado, navegar “à vista” é aumentar o risco de “azares” e dissabores, já para não falar no estado de insegurança e perda de bem-estar que nos causa. Conhecer

a

carteira.

Conhecermos

e acompanharmos a nossa realidade financeira é o ponto de partida para a podermos melhorar, mesmo que “doa”. Rever periodicamente o que temos (contas

bancárias,

dívidas,

imóveis,

títulos financeiros, etc), por exemplo uma vez por semana, e mantermos um registo de rendimentos e gastos, guardando 38 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012


Finanças

Uma planificação realista e que tem resultados práticos é flexível, concilia resultados e satisfação, e traz mais de cada um deles.

já tenhamos ouvido “não gosto nada de planos rígidos, quero conservar a minha liberdade” . Uma planificação realista e que tem resultados práticos é flexível, concilia resultados e satisfação, e traz mais de cada um deles. Não nos deixemos iludir pela natural aversão que muitas vezes temos ao compromisso, influenciados pela procrastinação e perfecionismo! Sempre que fazemos um bom plano, como um orçamento, que pode ser tão

todos as faturas e recibos, são duas medidas práticas que podem fazer toda a diferença. Existem hoje em dia diversas alternativas para essa gestão, desde ferramentas informáticas até anotarmos em papel, à mão, o importante é que o façamos. Se necessário procure os conselhos de quem o/a possa elucidar melhor, em particular na presença de situações limite ou rutura financeira. Acima de tudo, aprenda a colocar atenção nas suas finanças de forma organizada, simples e consistente. Os desafios são inversamente

proporcionais

a

esse

simples como rever os nossos registos de rendimentos e gastos do mês anterior, decidir como os quer influenciar (manter, aumentar ou diminuir) e anotar esse compromisso, concentramo-nos melhor no que verdadeiramente importa. Somos mais produtivos, estamos mais serenos e seguros do caminho que estamos a seguir e com isso também mais aptos a passar pelos

desafios

que

inevitavelmente

surgem. O que pode fazer pela sua Empresa “eu”, hoje?

esforço! Olhar para o futuro e criá-lo. Como disse Winston Churchill, “falhar planear é planear falhar”. Por outro lado, talvez

JÚLIO BARROCO

COACH, CONSULTOR, FORMADOR E AUTOR “SONHAR SEM AGIR É COMO AMAR SEM CUIDAR” www.juliobarroco.com welcome@juliobarroco.com www.facebook.com/juliobarroco NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 39


Vida Profissional 10 passos para ultrapassar o desafio da confiança A confiança é o alicerce de qualquer relacionamento interpessoal e o confiar plenamente ou não, vai depender da história de vida de cada pessoa, dos valores éticos e morais, da conduta aceitável e inaceitável. Por Maria Melo

A

palavra

confiança

significa

a

esperança firme em alguém ou

em alguma coisa. Se queremos ter sucesso

profissional

é

importante

que os outros confiem em nós. No mundo profissional como em tudo se não dermos de nós mesmos, do nosso tempo, se não investirmos nos outros, esperar muito em troca será apenas uma miragem. Crie créditos de confiança com aqueles que fazem

40 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012


Vida Profissional

parte da sua rede de contactos. Confiarem em si é o desafio, aprenda

a confiar mais, em quem age ou

como pode ser digno de confiança.

em quem receia agir. Confie em si próprio, avalie a situação e decida,

1. Construa

uma

de

servirá de exemplo para outros,

de

mostrará confiança. Mais do que

ajuda e simpatia para com os outros.

decidir, assuma a responsabilidade

Há medida que ajudamos os outros

da consequência da decisão. Os

vamos construindo uma estrutura

erros podem ser encarados como

de apoio e confiança, poderá sentir

lições e não como falhanços.

benevolência,

reputação

com

atitudes

essa mesma estrutura á medida que os outros estão disponíveis para o ajudar a si, nos seus assuntos.

4. Seja congruente, aja de acordo com o que diz. A consistência leva à confiança. Não prometa o que

2. Seja cada vez mais competente.

não pode cumprir. Prometa sempre

Uma pessoa competente é sinal

menos do que tem possibilidade

de alguém em quem se pode

de cumprir, desta forma estará a

confiar. Construa uma vida de

dar mais do que o que outro espera

empreendorismo pessoal, invista

e assim constrói confiança.

em si mesmo através uma formação contínua

através

de

cursos,

seminários, workshops.

5. Seja

transparente,

autêntico

e

genuíno, liberte-se da máscara. Todos temos as nossas mascaras

3. Será que perdemos mais numa

dependendo da situação e das

decisão errada ou se efetivamente

pessoas com que lidamos, mas o

não decidirmos. Em quem tendemos

ser verdadeiro em relação às suas verdadeiras intenções fará com que

Se queremos ter sucesso profissional é importante que os outros confiem em nós.

os outros confiem em si. Partilhe as suas emoções, pensamentos e lições de vida.

NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 41


Vida Profissional

6. Seja íntegro. É importante que a sua palavra seja de confiança.

querem e são honestas consigo, então é porque confiam em si.

Escolha o caminho mais difícil, aquele em que defende os seus

10.

Observe a

o

seu

nossa

pensamento,

valores e sentido de ética perante

quando

mente

está

os outros. Não seja conivente com

preenchida de pensamentos de

as ações menos boas de outros.

medo não poderá ao mesmo tempo ter pensamento de coragem. A

7. Comunique de forma clara com os

coragem, a confiança, a esperança

outros, faça com eles se envolvam.

faz nos confiar nos outros, nas

Exponha o porque e o para quê da

organizações e no futuro.

questão ou da situação. Dificilmente alguém mantem uma 8. A inteligência emocional é um

relação seja com uma pessoa ou

critério indispensável. Assuma a

com um grupo sem confiar nele. A

total responsabilidade por quem

confiança não é algo estático, tem

é. Se existir algo que não sabe,

que ser ganha e reforçada ao longo do

admita e envolva-se com pessoas

tempo pela aderência constante de

que são peritas nas áreas que

valores que estão no seu fundamento.

não domina. Confie nos outros,

Exige esforço e vontade para manter.

delegando,

A confiança é um ato.

capacitando-os,

à

medida que os mesmos assumem a total responsabilidade. Se cometer

“A confiança que temos em nós mesmos,

um erro, admita-o rapidamente e

reflete-se em grande parte, na confiança

de forma sincera.

que temos nos outros.” François La Rochefoucauld

9. Crie um ambiente de honestidade e segurança à sua volta. A maioria das pessoas quer ser honesta, mas

MARIA MELO

muitas vezes receiam a forma como

www.akademiadoser.com mariamelo@akademiadoser.com

vão ser interpretadas. Se as pessoas 42 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

LIFE COACHING


Lifestyle

Blended Families As Blended Families ou, em português, Famílias Partilhadas são uma situação cada vez mais comum nos dias de hoje. Neste artigo não falamos de conceitos teóricos nem hipotéticos, falamos de uma perspetiva pessoal. Por Maggie João

N

o seio de uma família partilhada, que

pressupõe

a

existência

de

crianças de um primeiro casamento de um dos parceiros/cônjuges, as rotinas são exactamente as mesmas do que numa família tradicional. O que muda é maioritariamente a frequência com que essa rotina é realizada. Ou seja, as crianças não estão sempre com o mesmo progenitor e de semana a semana, ou quinzena a quinzena, mudam de casa. E muitas vezes de regras e estilos de vida. NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 43


Lifestyle

Estas mudanças afetam não apenas as

das mil e uma comparações que se

crianças, que desde logo sofrem com

fazem consciente e inconscientemente

a separação dos pais, mas também

entre o presente e o passado. Para

os próprios pais e os seus novos

piorar as coisas, uma gestão das

companheiros.

emoções e das reações menos forte pode levar ao que se chama de efeito

É necessário perceber que há mudança

de Pigmaleão, ou seja, uma profecia

na vida de todos os elementos da

auto-realizável - teme-se tanto uma

família partilhada e não é frutífero

coisa que ela acontece.

comparar

sofrimentos

e

esforços,

porque somos todos diferentes. E

Para

é aqui que começa a beleza de uma

famílias partilhadas, é importante que

família, e sobretudo de uma família

consultem amigos e familiares, que

partilhada – na compreensão de que

através das suas experiências pessoais

há diversas maneiras de se fazerem as

de divórcio, separação, reencontro,

coisas e é na aceitação que começa o

entre outros, possam aconselhar qual a

amor e o bem-estar.

melhor atitude a tomar.

Nem todas as famílias partilhadas vivem em bonança desde o primeiro momento, e muitos são os casos em que têm de passar pela tempestade antes de vivenciar um ou o equilíbrio. Cada caso é um caso. Se houver desentendimentos,

normalmente,

advêm da falta de tolerância e paciência de uma das figuras parentais da nova família, não necessariamente do novo elemento. As discordâncias podem também vir da atitude das crianças, diferenças de educação e certamente 44 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

as

pessoas

que

vivem

em

Reflita nos seus valores pessoais – o que é que é mais importante para si?


Lifestyle

No contexto da Família Partilhada convém ter em consideração que houve uma 1ª perda associada ao divórcio, quer da parte das crianças, quer dos progenitores. Há também uma 2ª perda para as crianças, já que se quebra o sonho de ver os pais juntos outra vez, quando um deles se casa, ou junta com outra pessoa. Pense que é uma fase e dê tempo ao tempo. Tenha calma e relativize as coisas. Reflita nos seus valores pessoais – o que é que é mais importante para si? Independentemente se está no papel do novo elemento da família, ou no de pai/mãe ou no da criança. Pesquise sobre o Complexo de Electra e de Édipo e pondere a aprendizagem que pode daí tirar. Controle e gira as suas emoções e reações. E sobretudo dê o que quer receber, espelhe o que quer manter.

Questione

e

questione-se,

reflita

e ponha mãos à obra. Aqui em confidência, digo-lhe que não vai ser fácil fazer perguntas, dar-lhes respostas, escutar outras respostas, aceitar outras formas de fazer as coisas, manter uma linguagem positiva e não cair na tentação de fazer comparações com as vidas passadas. A mudança acontece nas vidas daqueles que querem mudar e que fazem acontecer. Seguem-se algumas iniciativas que pode pôr em prática para atingir o equilíbrio: • Criar as chamadas regras da casa (definidas

pelos

elementos)

e

colocá-las num local bem visível para todos; • Ler livros, aceder a fóruns, etc. sobre educação parental; • Fazer

em

conjunto

com

a(s)

criança(s) uma lista de todas as atividades

divertidas

a

serem

realizadas em família, tendo em conta o nosso contexto geográfico, financeiro, etc; • Aconselhar-se

com

amigos

e

familiares; • Receber coaching; NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 45


Lifestyle

A mudança acontece nas vidas daqueles que querem mudar e que fazem acontecer.

A grande aprendizagem é composta por 3 pontos: 1. Há sempre o sol por detrás das

• Fazer ver às crianças o que é aceitável e o que não é, no que diz respeito a viver nessa casa e na conversas

2. Mantenha uma atitude positiva – dê o que quer receber! 3. A época da colheita nunca acontece

família partilhada; • Evitar

nuvens – não desista!

e

comentários

sobre a família anterior à criação

no momento do cultivo – espere e não desespere!

da família partilhada (mesmo que Estas palavras podem até parecer

sejam positivos); • Criar

uma

possível

lista

de

um cliché, mas são a mais pura das

consequências consoante os casos

verdades.

Fecham-se

capítulos

de desobediência e pô-los em

abrem-se outros, no livro da vida.

e

prática; • Assegurar momentos de qualidade quando estão todos juntos; • Garantir que as crianças também

A forma como se encaram os novos capítulos será tanto mais proveitosa quanto

maior

serenidade

tiver

e

têm o seu momento especial com

quanto maior for a certeza de que

o pai/mãe e sem ter de ser com o

se conseguiu até aqui, então tem

novo companheiro/a dele/a.

os recursos para chegar ainda mais

• Reconhecer o bom comportamento da parte das crianças sempre que

longe, da melhor forma possível para essa sua família partilhada.

existam; • Ser transparentes, claros e justos. • O percurso pode ser moroso e

MAGGIE JOÃO

desencorajador, mas tente focar-se

EXECUTIVE & LIFE COACH

nas mudanças positivas, por mais

Maggie.joao@coachinglife.eu http://www.facebook.com/

pequenas que sejam. 46 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012


Espiritualidade

Espiritualidade

Conhece-te! Sê tu mesmo! O conhecimento de quem somos verdadeiramente é o maior desafio da nossa Vida. É um processo que clama por uma entrega e vontade sem igual. Conhecermo-nos na nossa plenitude é promover uma existência genuína connosco e com quem nos relacionamos. Por Ricardo Fonseca “Escava dentro de ti. É lá que está a fonte do bem e esta pode jorrar continuamente se a escavares sempre.”

S

Marco Aurélio erve este pensamento como mote para um dos maiores desafios

da nossa Vida: o conhecimento de nós mesmos! O autoconhecimento está intimamente relacionado com a autoestima e é base de grandes estudos na área do desenvolvimento pessoal,

sendo

trabalhado

com

diversas técnicas terapêuticas que têm como objetivos comuns a promoção do conhecimento do ser humano, a sua valorização e seu crescimento. NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 47


Espiritualidade

Somos mais do que aparentamos, do que sentimos e do que partilhamos nas nossas vivências!

Quanto menor o conhecimento de nós

consciência do querer, compreender e

mesmos, menor é a nossa autoestima

integrar a vontade de ir além do visível,

e simultaneamente menor a força

daquela imagem que visualizamos

interior para lutarmos pelos nossos

no espelho e aquele cartão-de-visita

sonhos vivendo com uma constante

pessoal que oferecemos nas relações

desconfiança e medo do que nos rodeia.

humanas que estabelecemos no nosso

É fundamentalmente o medo, o grande

dia-a-dia.

impeditivo para desenvolvimento do processo de nos conhecermos como

Somos mais do que aparentamos, do

realmente somos e de nos aceitarmos

que sentimos e do que partilhamos nas

como tal.

nossas vivências! Há locais escondidos no nosso ser que não visitamos pelo

Bernhard Haring escreveu um dia “Para

medo

de

não

nos

apaixonarmos

viver uma existência autenticamente

pelo que é observado e imaginando

pessoal, a pessoa deve estar presente

também, que os outros não gostarão

em si mesmo, no seu próprio eu. Sem

de nos conhecer tal como nós somos

isso ser-lhe-á impossível encontrar o tu

verdadeiramente.

do outro.” Com a consciencialização da nossa O primeiro passo no processo de

vontade de ir além do visível, do

conhecimento pessoal é adquirir a

palpável realizamos diversas viagens

48 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012


Espiritualidade

das

que dependem unicamente do nosso

emoções, dos comportamentos, dos

reconhecimento e as externas, que são

pensamentos. Questionamo-nos sobre

as dependentes do reconhecimento

todos os porquês e tentamos responder

dos outros.

ao

nosso

âmago,

às

fontes

e justificar as nossas atitudes baseadas a maioria das vezes, no pensar e

É o equilíbrio entre estas características

sentir das pessoas com quem nos

que interfere com o nosso processo de

relacionamos.

descoberta pessoal, pois quanto mais significativas forem as opiniões dos

Esquecemo-nos de perguntar quem

outros, mais vulneráveis nos tornamos

somos, o que temos em nós de que

e temos menos capacidade de nos

gostemos e que sejam válidos de

valorizarmos e reconhecermos a nossa

valorização e de partilha. Todos temos

autoestima.

características internas que são aquelas Séneca referiu-se a este equilíbrio de características com a seguinte citação: “O que pensas de ti próprio é muito mais importante do que o que os outros pensam de ti!”. No título deste artigo foi colocado o imperativo “Sê tu mesmo!”, mas afinal o que é sermos nós mesmos? É um exercício de vida onde somos os avaliados e os avaliadores e onde somos aqueles que podem definir as regras, porém ao definirmos as regras e sendo os seus mentores temos que nos

O que pensas de ti próprio é muito mais importante do que o que os outros pensam de ti! Sê tu mesmo!.

comprometer a segui-las seriamente para

que

possamos

realizar

uma

caminhada genuína, ao encontro de nós mesmos. NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 49


Espiritualidade

Certamente

questionamo-nos

se

defeitos que possuímos e que podemos

podemos ser verdadeiramente como

aperfeiçoar a cada minuto. A aceitação

somos, se não ocorrerão reestruturações

da nossa realidade interior e pessoal é

das relações estabelecidas e a resposta

uma linha ténue onde nos balançaremos

que iremos obter será afirmativa. Sim,

diversas vezes empurrados pelo medo

irão ocorrer alterações nas nossas

de não ser aceite.

relações, mas única e simplesmente pelo facto de que a nossa consciência

Não é um processo fácil e que possa

e a nossa genuína forma de ser, irão

ser concretizado de forma amena e

condicionar o sentir e estar dos outros,

sem algum sofrimento associado, pois

pelas diferenças de comportamentos,

afinal de contas estaremos a explorar

atitudes e emoções.

algumas facetas que sempre quisemos camuflar, a dar voz a emoções que

O aspeto crucial nesta jornada de vida é

impedimos

nunca desistir de nos conhecermos, de

lacunas que julgávamos repletas de

percebermos as qualidades que temos, os

sentimentos.

50 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

de

falar,

a

preencher


Espiritualidade

Se por si só fosse uma jornada

Quando nos aceitamos, vivemos em

desassociada da dor, não seria de todo

plenitude com o nosso sentir e agir,

sentida, pois é na perceção da dor

demonstramos um nível de confiança

que encontramos as nossas forças e

supremo,

valorizamos genuinamente as nossas

verificamos que cada novo elo é

fraquezas e reconhecemos os nossos

alicerçado numa base de transparência

verdadeiros receios.

e verdade. Abandonamos as máscaras

uma

força

renovada

e

que usamos para não sermos vistos tais Pablo Neruda resumiu estas ideias de

como somos e assumimos o nosso Ser,

uma forma sublime em uma citação

como uma forma única e materializada

sua: “Algum dia, em qualquer parte,

de quem somos e do que queremos.

em qualquer lugar, indefetivelmente, encontrar-te-ás a ti mesmo e essa, só

Aceita este grande e único desafio!

essa, pode ser a mais feliz ou a mais

Qualquer

amarga das tuas horas.”

inesgotável de novas construções e de

desafio

é

uma

base

reestruturações, que permitem sermos conscientes e vivermos a vida na sua imensa plenitude. “Nós somos casas muito grandes, muito compridas. É como se morássemos apenas num quarto ou dois. Às vezes por medo ou por cegueira, não abrimos as nossas portas.” António Lobo Antunes

Quando nos aceitamos, vivemos em plenitude com o nosso sentir e agir, demonstramos um nível de confiança supremo.

RICARDO FONSECA ENFERMEIRO, ESCRITOR

www.escritadoautoconhecimento.webnode.pt

percursosdevida@gmail.com NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 51


DO

52 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012


DESAFIOS

FEMININO

NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 53


desafios do feminino

Combater a crise com o empreendedorismo As mulheres empresárias representam apenas 30% do total de empresários na Europa, apesar de os estudos revelarem vantagens em haver empresas dirigidas por mulheres. A crise pode ser uma oportunidade para o empreendedorismo no feminino, mas é também um abanão para nos aproximarmos mais da nossa verdadeira essência. Por Sofia Frazoa

S

empre se ouviu dizer que as crises são excelentes oportunidades de

mudança e há inúmeros exemplos de pessoas (conhecidas e desconhecidas) que

arriscaram

aproveitarem

e

os

venceram momentos

ao de

dificuldade para mudarem as suas vidas. Umas fizeram-no na vida pessoal e familiar, outras na vida profissional ao criarem o seu negócio.

54 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

MU EMP LHERE S RES ÁRI AS


desafios do feminino Há menos mulheres a verem o empreendedorismo como uma opção de carreira viável.

mulheres

a

serem

empresárias

na

União Europeia (no caso dos homens, um em cada quatro é empresário). A Resolução

do

Parlamento

Europeu

O que nos pode bloquear a decisão é

revela que há menos mulheres a verem

a falta de incentivos financeiros para

o empreendedorismo como uma opção

começar, a escolha de um negócio que

de carreira viável, entre outros fatores,

possa ser rentável e o medo de não

pelos esquemas de segurança social

ser bem sucedido/a. Para quem ficou

(que fragilizam a mulher empresária na

desempregado/a, perdeu as bases nas

gravidez e maternidade) e pela falta de

quais a sua vida assentava ou sente

incentivos financeiros (estudos mostram

que se deixou morrer por dentro no

que os montantes emprestados pelos

emprego em que está, qual pode ser o

bancos às mulheres são menores e as

maior risco: arriscar-se a falhar ou correr

taxas de juro mais elevadas).

o risco de, mais tarde, se martirizar por nunca sequer ter tentado? E,

O momento que atravessamos - um

dizem as estatísticas, as mulheres

pouco por toda a Europa, mas sobretudo

tentam menos do que os homens,

no país em que vivemos porque é aqui

apesar de o empreendedorismo no

que temos de encontrar uma solução –

feminino ser considerado “essencial

pode ser um convite a tentarmos a nossa

para uma economia europeia saudável”

sorte de maneiras diferentes daquelas

(Resolução do Parlamento Europeu

que conhecemos até aqui. Além do bom

sobre mulheres empresárias, 2012).

senso e da coragem que uma mudança destas pode exigir, há outros fatores

Muitas podem ser as razões, pessoais

subliminares que também se devem ter

e das políticas de cada governo,

em conta.

que levam apenas uma em cada dez NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 55


desafios do feminino Pode permitir-se aproximar-se cada vez mais de quem é e do que precisa para ser feliz.

Ganhar dinheiro a fazer o que se gosta: Haverá áreas de negócio que estão mais em crise do que outras, assim como apostas que serão desaconselhadas nesta

A

diferença

entre

capricho

conjuntura

económica.

Mas

e

lembre-se do que correu mal no

necessidade de Alma: Por vezes, o

emprego anterior, quando deixou de se

desespero e a necessidade de ‘dar a

identificar com o que fazia. Há áreas que

volta por cima’ são tão grandes que

podem ser excelentes oportunidades

embarcamos, quase sem pensar, na

de negócio mas que sabe, de antemão,

primeira oportunidade que nos aparece

que iria ser muito infeliz se optasse por

pela frente. Quando as escolhas são

elas.

feitas com base em ‘fugas para a frente’ e não como uma manifestação

Sugestão: Pense ao contrário. Em vez

de um profundo desejo interior, as

de pensar qual o negócio que lhe pode

probabilidades de fracasso e desilusão

trazer mais dinheiro, pense qual seria

aumentam. É compreensível que se

o negócio para o qual sente que tem

tomem estas decisões quando há uma

vocação e, melhor do que isso, poderia

necessidade urgente de sobrevivência.

rentabilizar fazendo o que gosta.

Se não é este o seu caso, pode permitirse aproximar-se cada vez mais de quem

Aconselhar-se

com

especialistas:

é e do que precisa para ser feliz.

Quando a mudança é inevitável, a única certeza que temos é que o

Sugestão: Pergunte-se se na vontade de

modelo que conhecíamos faliu e vai

abrir o seu negócio está o desespero de

ser

ter de arranjar dinheiro urgentemente

novo.

ou é uma voz interior profunda que lhe

caminho de descoberta, é importante

diz que chegou a altura de ser fiel a si

aconselharmo-nos com quem percebe

próprio/a.

do assunto para diminuir os riscos de

56 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

preciso

encontrar

Enquanto

um

modelo

percorremos

esse


desafios do feminino Onde estamos agora pode significar que precisamos da nossa independência ou que, simplesmente, de momento temos de abdicar dela. fracasso e evitar situações que nos endividem ou nos ponham a viver ainda com mais dificuldades. Apesar de devermos seguir sempre a nossa intuição, deve haver o bom senso de a conseguirmos conjugar com os factos e as leis do mundo em que vivemos. Sugestão: Aconselhe-se com pessoas que já fizeram o mesmo percurso, leia informação sobre o assunto e consulte um especialista na área da contabilidade ou do negócio que quer abrir (veja, por exemplo, http://www.apme.pt/). Pensar positivo: Em cenários de crise, em que as pessoas andam tristes e os meios de comunicação só dão notícias de cortes e mais austeridade, é muito importante não perder o foco e o otimismo. É certo que ninguém escapa a esta mudança profunda de paradigma, mas não estamos todos a aprender a mesma lição de vida. Assim sendo, não

faz sentido passarmos a ter o mesmo discurso negativo em massa de “não há volta a dar”. Primeiro, porque há sempre uma

solução

para

tudo;

segundo,

porque todos estamos a ser convidados a mudar coisas nas nossas vidas e isso não tem de ser negativo. Sugestão: Mude o seu discurso interno para o lado positivo. Acredite que, enquanto umas pessoas estão em crise, outras já passaram por ela e não têm de estar, pois há a lei do equilíbrio. Porquê NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 57


desafios do feminino

deixar-se abater pelas desgraças alheias se o seu caminho pode ser outro? Mantenha a tolerância e compaixão pelos outros, mas rodeie-se de pessoas que o/a apoiam positivamente. Ter a noção de que nada é definitivo Mesmo com todos os riscos calculados, há fatores que não controlamos. O que hoje pode ser um excelente negócio, amanhã pode entrar em rutura e viceversa. É importante tomar consciência de que nada na vida é definitivo. E isto também não significa que tenha de terminar. Significa, apenas, que pode haver um dia em que é preciso reinventar e voltar a fazer mudanças. Quanto mais nos mentalizarmos disto, mais os altos e baixos próprios de um negócio – e da vida – são encarados como grandes oportunidades de crescimento. Sugestão: Aceite que não pode controlar tudo

e

prepare-se

para

vida e bailar ao ritmo de cada momento. À margem das intenções e iniciativas de cada pessoa, as instâncias políticas tentam legislar para diminuir desigualdades de

género

e

criar

reconhecendo que não é só com austeridade que se combate a crise. A Resolução do Parlamento Europeu sobre mulheres empresárias refere dados que dizem que as empresas dirigidas por mulheres “investem mais na formação do seu pessoal do que os empregadores em geral” e cerca de dois terços têm como objetivo “melhorar a capacidade de liderança dos seus diretores”. Neste incentivo à criação de empresas por mulheres e, em consequência, à abertura de mais postos de trabalho, pede-se também a participação dos homens, que não podem ficar à margem da discussão. Ou estaríamos a usar a igualdade de género e oportunidades para promover desigualdade.

eventuais

mudanças. A cada obstáculo, em vez de cruzar os braços e desesperar, pegue nas ferramentas que tem para fazer diferente. Tente deixar-se fluir com a 58 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

oportunidades,

SOFIA FRAZOA

TERAPEUTA www.caminhosdaalma.com caminhosalma@gmail.com


SERVIÇOS PARA PROFISSIONAIS Suporte à promoção do seu trabalho, Como? Presença na Newsletter quinzenal. Presença no Site. Apoio personalizado na sua carreira… Aluguer de Salas ao mês: Beneficiará de um espaço próprio, integrado num espaço devidamente remodelado e preparado para atendimento ao público, numa localização privilegiada, a 200m da estação de comboios de Paço de Arcos. Apenas uma sala disponível neste regime!!! E pode ser sua!!! Aluguer de Salas à hora: Disponibilizamos 4 salas equipadas para serviços individuais na área do desenvolvimento pessoal e bem estar. VANTAGENS: Ausência de risco Ausência de investimento do seu dinheiro Potenciar a sua carreira Alargar geograficamente a sua carreira de clientes Akademia do Ser... O Seu Espaço para Ser...

Informações detalhadas em:

www.akademiadoser.com geral@akademiadoser.com


MUDANÇA

T R A N QU I L A


zcool.com.cnZ


mudança tranquila

Desafios ou aventura frequente As relações, os pares, obrigam-se ao esforço continuado da vivência mútua, em adaptação, acordo e concessão bilateral, e, para sucesso (atratividade estável e duradoura) obrigam-se à renúncia da aventura (de resultado incerto, imprevisível e em dor) em favor do desafio (de resultado provável, de redução de incerteza, de progresso em prazer). Por

A

Carlos Lourenço Fernandes

vida impõe desafios: ou seja, provocar alguém, incitar alguém

para pôr à prova as suas capacidades, ou um obstáculo que a civilização, o homem, deve ultrapassar na sua evolução, no seu desenvolvimento ou percurso; ou ainda, os desafios da vida, competições várias que opõem um a outro, vários a outros vários, despiques personalizados. A vida percorre-se, em boa verdade, enfrentando

sucessivos

desafios,

sucessivos apelos à ultrapassagem de constrangimentos ou tempos. 62 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012


mudança tranquila Desafio compreende a gestão de riscos, da incerteza, a avaliação dos resultados no percurso.

Desafio ou coragem não é aventura frequente

ou

temeridade.

Coragem

é virtude. Temeridade saltitante não é virtude. Será outra coisa. O desafio obriga à compreensão alargada do

Iniciar o avanço para um ambiente de jardim-de-infância traduz-se em desafio que opõe a normalidade protetora da casa ao confronto com a diversidade de ambiente onde somos apenas mais um. Ou iniciar o percurso da escola onde, em progresso e vencendo vicissitudes de toda a natureza, podemos vir a obter competências à

de

caminhada,

competição,

da

em

apetrechamento cooperação

vida.

Aceitar

e um

convite para gestor de uma empresa é sempre iniciar mudança de contexto e assegurar prestação reconhecida (ou, em alternativa, o fracasso no desafio). Mas, reconheçamo-lo um desafio não é aventura frequente no sentido de, por dá cá aquela palha, saltitar de aventura em

aventura.

Desafio

ou

atitude

desafiante, que pressupõe persistência, resistência e capacidade de durar, não é aventureirismo.

quadro desafiante, obriga á inteligência prospetiva, à cenarização provável, ao trabalho árduo que garanta um sucesso provável. Desafio compreende a gestão de riscos, da incerteza, a monitorização/ avaliação dos resultados no percurso. Aventura é coisa distinta. Será leviandade ou ligeireza na perceção de riscos e a desconsideração pela avaliação da experiência vivenciada dos resultados observados noutras aventuras. O valor do trabalho, da observação continuada, da preparação cuidada e prudente, da verificação atempada das condições objetivas na diminuição de riscos ou danos no desafio de uma travessia atlântica à vela ou da participação no Rally Dakar não é compaginável com a aventura desmedida, sem avaliação ou tarefa dura, configurando o laxismo (ou o deixa andar, logo se vê) como traço apetecível (e alucinatório) do NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 63


mudança tranquila Desafio é acontecimento que obriga a sólida preparação sob pena de se transformar em aventura.

aventureiro. Nas relações – das mais íntimas

e

emocionalmente

mais

complexas às de caráter profissional – o desafio (ou desafios) é matéria distinta da aventura (ou aventuras). A aventura é acontecimento de desfecho incerto. Desafio é acontecimento ou sucessão de acontecimentos que obriga (obrigam) a sólida preparação sob pena de se transformar em aventura. Desafio não é iniciativa imponderada. Aventura é qualquer coisa levianamente prosseguida

onde,

justamente,

o

resultado não é, de nenhum modo, previsível. Será, o que for. E, regra geral, o resultado é inútil, perigoso, de danos incontornáveis e irreversíveis. Isto é, foi-se. A aventura – justificação do aventureiro – teve pouca sorte. O desafio – produto de árduo labor – teve mérito. O país, a empresa, a família, o individuo estão, quase sempre, sob a necessidade

e onde o lazer também se obriga à programação,

à

à

da

afirmação

consideração probabilidade

(o Estado) obriga-se à persistência de rigor no cumprimento escrupuloso de funções requeridas (segurança, saúde, educação, justiça); a família obriga-se ao zelo para que seja possível o avanço das competências de todos e de equilíbrios emocionais e funcionais. A empresa obriga-se ao rigor da valorização dos capitais investidos (em capital, trabalho e informação), obriga-se à satisfação de acionistas e ao progresso no mercado. O

indivíduo

permanente

obriga-se às

suas

desenhada,

em

esforço

continuado, em atenção permanente 64 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

à

atenção

capacitações,

competências, e inteligência emocional.

desafio. Ou seja, sob a necessidade prospetiva

de

ocorrência de prazer continuado. O país

de vencer e progredir em ambiente de de persistir em labor, em ordem, em

útil,

CARLOS LOURENÇO FERNANDES PROFESSOR, ESCRITOR, CONFERENCISTA clfurban@gmail.com


agenda

Novembro 2012

Workshop Constelações Familiares e Profissionais Por Darshan, Riktam, Sunito

1 de Novembro das 9h30m às 17h30m Porto (Sá da Bandeira) http://www.1000caminhos.com

Curso Culinária Vegetariana Saudável Em

Casa Brahma | Porto

3 de Novembro das 9h às 19h http://awakenedlifeproject.org/ 966 333 187

935 334 087

Workshop: “Ensinar às Crianças a História do Universo” Por

Rod Sugden e Jane Riddiford 2 de Novembro das 11h às 18h

Awakened Life Project | Benfeita | Coimbra http://awakenedlifeproject.org/ 966 333 187

Palestra Ayurvédica - Apresentação da Ayurveda como uma das medicinas mais antigas do mundo, e as várias terapias utilizadas Por

Bruno Firmino

2 de Novembro às 19:30 Akademia do Ser

Workshop - “Quando as Crianças não Comunicam” Estratégias de Intervenção Parental na Comunicação Por Mónica

Rocha

3 de Novembro das 9h30m às 13h e das 14h às 17h30m PsiMar www.psimar.com 289 829 033

Workshop: “Escita do Autoconhecimento” Por

Ricardo Fonseca

3 de Novembro das 16h às 19h Akademia do Ser | Paço de Arcos www.akademiadoser.com 214 438 305 | 964 992 423 | 910 325 249

www.akademiadoser.com 21 443 83 05 | 96 499 24 23 | 91 032 52 49

Curso Básico de Cura Prânica Em

Curso de Reiki: Reikimix – Usui-Hayashi-Gakkai Reiki Ryoho – Nível I , II e III Por

Darshan, Riktam, Sunito

Nível I – 2 e 3; 9 e 10; 16 e 17; 23 e 24 de Novembro Nível II - 4 e 5; 11 e 12; 18 e 19; 25 e 26 de Novembro Nívell III - 10 e 11 de Novembro Osho Centro de Meditação Darshan Zen www.darshanzen.com 213 149 726 | 966 519 065

Curso de Reiki Tradicional – Nível II Por

Rodrigo Belard

3 de Novembro das 10h às 19h Akademia do Ser www.akademiadoser.com 214 438 305 | 964 992 423 | 910 325 249

Espaço NewLife | Lisboa

3 e 4 de Novembro das 10h às 18h http://www.espaco-newlife.com/ 213 879 471 | 966 596 368

Curso Cura de Mesa Radionica Quântica 3 e 4 de Novembro Espaço Univversus www.univversus.com 938 568 282

Workshop de Qigong Por

Rod Sugden

4 de Novembro das 11h às 13h Awakened Life Project | Benfeita | Coimbra http://awakenedlifeproject.org/ 966 333 187 NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 65


agenda

Novembro 2012

PLIF, PLAF, PLOF ! Workshop para Crianças Por

Haridasi

4 de Novembro das 11h às 13h

OSHO Born Again Por Haridasi

24 de Novembro das 24 das 15h às 17h

12 a 18 de Novembro das 19h às 21h

Osho Centro de Meditação Darshan Zen

Osho Centro de Meditação Darshan Zen

www.darshanzen.com

213 149 726 | 966 519 065

213 149 726 | 966 519 065

Retiro - Mestrado de Reiki Tradicional Por Rodrigo Belard

9 de Novembro a 11 de Novembro das 9h às 23h Quinta de Sá | Lamego www.rodrigobelard.com

Curso : “Optimismo em tempo de crise: A arte de criar emoções e atitudes vencedoras” Por

Joana Carvalho

13 de Novembro das 19h às 21h30 Akademia Ser – Paço de Arcos www.akademiadoser.com 214 438 305 | 964 992 423 | 910 325 249

Energias e chacras conferência | Entrada Livre Em IAC

- International Academy of Consciousness 10 de Novembro das 20h30 às 22h Lisboa e Porto www.iacworld.org 918 797 923

Palestra: “Educar financeiramente: “Missão possível? | Entrada Livre Em

Akademia Ser | Paço de Arcos 10 de Novembro às 11h www.akademiadoser.com

214 438 305 | 964 992 423 | 910 325 249

CDC - Curso De Desenvolvimento Da Consciência Em

IAC - International Academy of Consciousness 12 de Novembro - 2ª a 5ªfeira das 19h30 às 22h

17 de Novembro - Sábados das 14h às 20h e Domingos 9h30 às 15h30 Lisboa e Porto www.iacworld.org 918 797 926

66 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

Workshop Massagem Infantil Em Trilho

de Luz | Tomar

17 de Novembro http://tomar.trilhodeluz.com/ 918 183 342| 960 086 063

Sabedoria Interna Por Riktam

17 de Novembro das 10h às 14h Osho Centro de Meditação Darshan Zen http://www.darshanzen.com 213 149 726 | 966 519 065

Reiki Tradicional | Livre por Donativo Por Rodrigo Belard

17 de Novembro às 10h Figueira da Foz www.rodrigobelard.com 926 425 817


agenda

Novembro 2012

Workshop Xamanismo Guarani Em

Mil Caminhos | Bombarral

17 de Novembro das 9h30 até 18h de 18 de Novembro www.1000caminhos.com 935 334 087

FDS Retiro de Meditação - Uma Viagem na Consciência Pura Em

Casa da Ervas Silvestres | Verride - Coimbra

23 de Novembro das 19h30 até 25 de Novembro 17h http://awakenedlifeproject.org

Workshop: “Integrando a luz e a sombra dos nossos antepassados, Psicodrama, Genosociograma e Psicogenealogia” Por

Manuela Maciel

17 e 18 de Novembro das 10h às 18h Carcavelos www.manuelamaciel.com 962 862 962

Curso Reiki Tradicional Nível I Por

Sofia Maldonado

17 de Novembro e 18 de Novembro das 10h30 às 18h SolRia | Lisboa http://reiki.blog.pt/ www.rodrigobelard.com

966 333 187

Cura: Uma Questão Consciencial Conferência | Entrada Livre Em

IAC - International Academy of Consciousness

24 de Novembro das 20h30 às 22h Lisboa e Porto www.iacworld.org 918 797 923

Worksohp: Trabalhar Melhor é Viver Melhor Por

Darshan

24 e 25 de Novembro das 11h às 20h OSHO Centro de Meditação Darshan Zen | Lisboa http://www.darshanzen.com/ 213 149 726 | 966 519 065

966 755 879 | 933 881 894

Atalho Rápido Para Ti Mesmo Atalho Rápido Para Ti Mesmo Por Sunito

18 de Novembro das 10h às 14h Osho Centro de Meditação Darshan Zen http://www.darshanzen.com

Por Reiki

Usui Shiki Ryoho - Nível II

25 de Novembro às 10h Trilho de Luz | Tomar www.tomar.trilhodeluz.com 918 183 342 | 960 086 063

213 149 726 | 966 519 065

NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 67


vouchers

Para a utilização do seu voucher contacte a Revista Progredir clicando aqui

Nobembro 2012

Aconselhe-se e sinta a sua Vida Financeir a melhorar!

Experimente e sinta a diferen ça! Uma Consulta de Medicina Tradicional Chin esa GRÁTIS

ere Relaxe e recup ital! a sua Energia V

Com Rodrigo Bela rd Em Paço de Arcos

a sua Aproveite 15% n 1ª Sessão Reiki gues com David Rodri Em Lisboa e Paço

te!

Relaxe e desfru

Aproveite as Ofertas deste Mês! 68 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

de Uma Massagem m Relaxamento co Rodrigo Belard Em Paço de Arcos

Aproveite 20% n a sua 1ª Sessão Mone y Life com David Rodri gues Em Paço de Arcos

de Arcos

Faça deste espaço o seu! Oferta da 1ª hora de aluguer de sala p ara profissionais da á rea do desenvolvimento pessoal Em Paço de Arcos


reflex천es

O HOMEM QUE SONHA POR PEDRO RUI CARVALHO

PEDRO RUI CARVALHO FORMADOR

www.pedroruicarvalho.com http://www.facebook.com/OQUEACREDITA formadorpedrocarvalho@gmail.com NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 69


fontes de saber LIVRO RECOMENDADO

• Motivação – A chave Mestra da Mudança. Por Paulo de Araújo e Gama • Dê valor à sua ação educativa. Por Andreia de Carvalho • Quando o ciúme acontece? Como superar esse sentimento? Por Michelli Due • Tarot – O Espelho da Alma, por Rafael Leandro • Um novo descobrimento na música: O reencontro da linguagem da alma Espelho da Alma, por Katrina tSatrpreet A. Knee Para ler o artigo clique no mesmo

Servir para Liderar

CARTOON

James C. Hunter Livro muito fácil de ler e for temente recomendável! Permite, de forma clara e simples, o acesso à essência. Preço: Cerca de 7,00€ por 184 páginas de sabedoria. PARTILHAS DO LEITOR

Durante o mês de Outubro foram enviados pelos nossos leitores os seguintes artigos ou

Não deixes que ninguém te diga o que é

textos:

possível.

• Injustiça ou preguiça? Por Vanda Pereira 70 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

Bernardo Galvão Sousa


fontes de saber UMA ESTÓRIA QUE FAZ PENSAR

O Ponto Negro Certo dia, um professor chegou à sala de aula e disse aos alunos para se prepararem para um teste relâmpago. Todos se sentaram nas carteiras, aguardando assustados o teste que viria. O professor foi entregando, então, a folha do teste com a parte do texto virada para baixo, como era costume. Depois que todos receberam, pediu que virassem a folha. Para surpresa de todos, não havia uma só pergunta ou texto, apenas um ponto negro, no meio da folha. O professor, analisando a expressão de surpresa que todos faziam, disse o seguinte: •

carinho e cuidado. Temos motivos para comemorar sempre! A natureza que se renova, os amigos que se fazem presentes, o emprego que nos dá o sustento, os milagres que diariamente presenciamos. No entanto, insistimos em olhar apenas para o ponto negro! O problema de saúde que nos preocupa, a falta de dinheiro, o relacionamento difícil com um familiar, a deceção com um amigo. Os pontos negros são mínimos em comparação com tudo aquilo que temos diariamente, mas são eles que ocupam a nossa mente.

PENSE NISSO! Tire os olhos dos pontos negros da sua vida. Tranquilize-se e seja... FELIZ!

Agora, vão escrever um texto sobre o que estão a ver.

PENSAMENTO DO MOMENTO

Todos os alunos, confusos, começaram, então, a difícil e

“Cultivar

inexplicável tarefa. Terminado o tempo, o professor recolheu

generosidade e a compaixão decididamente conduz a

as folhas, colocou-se em frente à turma e começou a ler as

melhor saúde mental e a felicidade” Dalai Lama

estados

mentais

positivos

como

a

redações em voz alta. Todas, sem exceção, definiram o ponto negro, tentando dar explicações pela sua presença no centro da

VÍDEO DO MÊS

folha. Terminada a leitura, a sala em silêncio, o professor então começou a explicar: •

Este teste não será para nota, apenas serve de lição para todos nós. Ninguém na sala falou sobre a folha em branco.

Todos centraram a atenção no ponto negro. Assim acontece nas nossas vidas. Temos uma folha em branco inteira para observar e aproveitar, mas centramo-nos nos pontos negros. A vida é um presente da natureza dado a cada um de nós, com extremo NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 71


biografia

Irena Sendler I

rena Sendler nasceu em 1910 em Otwock, uma cidade a sudoeste de Varsóvia. Quando a Alemanha invadiu

a Polônia, em 1939, Irena trabalhava no Departamento de Bem-Estar Social de Varsóvia, como assistente social, atuava com enfermeiras e organizava espaços de refeição comunitários, onde ajudavam órfãos, idosos e pobres, com refeições, roupas, dinheiro e medicamentos. Em 1940, os nazis criaram o Gueto de Varsóvia que se tornou no maior bairro judaico constituído na Polónia, de forma a isolarem a comunidade judaica. (Foi construindo um muro em volta do bairro com o objetivo de fechar a área e controlar as entradas e saídas). Durante o ano e meio seguinte, judeus de cidades e vilas menores foram trazidos para o Gueto. Horrorizada com as condições que os judeus sobreviviam no gueto, uniu-se ao Conselho para Ajuda aos Judeus, Zegota. Com medo de uma epidemia, os nazis permitiam que os polacos controlassem o Gueto com vistorias sanitárias para combater as doenças. Assim Irena e algumas companheiras com identificações do gabinete sanitário circulavam pelas ruas do Gueto fornecendo mantimentos, mas principalmente ajuda a inúmeras famílias, tirando os seus filhos do perímetro do Gueto. Até ao Levante do Gueto (cerca de 300 mil das 380 mil pessoas que sobreviviam no gueto foram levadas para o campo de extermínio, onde foram assassinadas logo após a sua chegada, no final do verão de 1942) Irena consegui resgatar mais de 2500 crianças por várias vias, começou a recolhêlas em ambulâncias vítimas de tifo, mas logo começou a utilizar tudo o que pudesse como mecanismo de fuga, desde cestos do lixo, caixas de ferramentas, caixões, etc.

72 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012


biografia

Irena Sendler Com o propósito de um dia, essas crianças com novas identidades pudessem recuperar os seus verdadeiros nomes, histórias pessoais e famílias, Irena criou um arquivo no qual registava todos os nomes e dados das crianças e as suas novas identidades. Quando os nazis tiveram conhecimento, Irena foi presa, a 20 de Outubro de 1943, e levada para a prisão de Pawiak onde foi brutalmente torturada. Nunca revelou onde estavam os registos. Foi condenada à morte, mas através de um membro da Zegota, disfarçado consegui fugir. Irena encontrou o seu nome na lista de polacos executados, e continuou a trabalhar sob identidade falsa. Em 1945, após o fim da guerra, Irena entregou os registos ao primeiro presidente do comité de salvação dos judeus sobreviventes. As crianças só conheciam Irena pelo seu nome de código “Jolanta”, mas anos depois, quando a sua fotografia saiu num jornal depois de ser premiada pelas suas ações humanitárias durante a guerra, começou a receber chamadas de pessoas a agradecer por as ter salvo do gueto. Irena foi homenageada por organizações judaicas internacionais, em 1965 foilhe concedido o título de Justa entre as Nações, pelo Yad Vashem, organização em Jerusalém e em 1991 tornou-se cidadã honorária de Israel. Em 2003 Irena recebeu a maior distinção da Polônia, a Ordem da Águia Branca em Varsóvia. Irena Sendler faleceu aos 98 anos de idade, a 12 de Maio de 2008. NOVEMBRO 2012 | REVISTA PROGREDIR | 73


glossário

Aceda a outras ferramentas para progredir clicando aqui

Ferramentas para Progredir

Terapia Regressiva

Q

uantas são a s veze s e m q u e d a m o s p o r

fo r m a a e nte n d e r m o s o p ro b l e m a . É como

nós a olhar p a ra o n o s s o i nte r i o r e a

u m a v i a g e m n o te m p o p a ra a re c u p e ra ç ã o de

pensar nas nossas q u a l i d a d e s, c a ra c te r í s t i c a s,

e ve nto s p a s s a d o s.

defeitos…? Q uant a s s ã o a s veze s e m q u e nos questionamos s o b re o n o s s o ve rd a d e i ro

D u ra nte a s e s s ã o e n co nt ra m - s e p a d rões,

S er? Q uantas são a s veze s e m q u e p a ra m o s

p e rce çõ e s, a co rd o s, co nt rato s o u c re nç as

para pensar de on d e ve m a n o s s a ve rd a d e i ra

fo r m a d a s m u i t a s d a s veze s a o n í ve l do

essên cia? Na real i d a d e s ã o p o u c a s a s veze s.

i n co n s c i e nte, co n s e q u ê n c i a d e ex p e r i ê n cias

Estamos mais fo c a d o s n o f u t u ro d o q u e

d e s t a v i d a o u d e v i d a s p a s s a d a s. É , p o r t a nto,

propriamente em co n h e ce r m o s q u e m s o m o s

u m p ro ce s s o d e a u to - re s o l u ç ã o d e co n f l i tos. O

na realidade.

p a c i e nte, p e l a s u a v i vê n c i a , re co rd a s i t u a ções t ra u m át i c a s d o p a s s a d o, p a s s a n d o a ter

A Terapia Regressi va p o d e a j u d a r a e nte n d e r

co n s c i ê n c i a d a s c a u s a s d o s s e u s p ro b l e mas

o porquê de serm o s a s s i m e a g i r m o s d e s t a

at u a i s e re fo r m u l a a s u a v i d a p e n s a n do e

maneira. No fundo, e s t a é u m a m e d i c i n a q u e

a g i n d o at ravé s d o s e u e s t a d o m e nt a l p re s e nte.

passa por um pro ce s s o d e p ro f u n d a h i p n o s e acompanhado de té c n i c a s d e re l a x a m e nto

No d i a e m q u e t i ve r m o s co n s c i ê n c i a d e q uem

c apazes de abrir p o r t a s a re g i s to s a nt i g o s.

s o m o s n a re a l i d a d e, s e rá o d i a m a i s i m p o r t ante

Nos filmes, quan d o a t ra m a s u rg e e n ã o

d a n o s s a v i d a , p o rq u e é a í q u e t u d o co m e ç a.

prestámos a devid a ate n ç ã o a o q u e a co nte ce u anteriormente, reb o b i n a m o s o f i l m e p a ra q u e possa mos entende r o p o rq u ê d a q u e l a i nt r ig a . Na Terapia Regres s i va p a s s a - s e p rat i c a m e nte o me smo: algo n o s p e r t u r b a o u i n co m o d a e podemos voltar a m e m ó r i a s p a s s a d a s d e 74 | REVISTA PROGREDIR | NOVEMBRO 2012

CATARINA GIRÃO REDAÇÃO

http://sintoniasimpatia.blogspot.pt/

catarinagirao@revistaprogredir.com


Lançamos as raízes para o seu Futuro!


O verdadeiro sábio não é aquele que lê muito, mas sim aquele que põe em prática o que lê.

www.revistaprogredir.com

Revista Progredir nº 010  

A Progredir é uma publicação mensal, digital, de subscrição gratuita. A Progredir tem como Missão Servir a Sociedade, promovendo o Desenvol...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you