Issuu on Google+

Órgão Oficial da Associação Beneficente Nhá Chica - Baependi - MG / Ano VII- Nº 73 - janeiro de 2014


Informativo Nhá Chica - Notícias do Santuário e da ABNC - janeiro de 2014

Expediente Nhá Chica Informativo

Notícias do Santuário e da ABNC

janeiro de 2014 - Ano VII - Nº 73 Congregação das Irmãs Franciscanas do Senhor Província Brasil / Bolívia Provincial Madre Cristina Alves Ribeiro Diretora da ABNC Irmã Claudine Ribeiro Vice-Diretora da ABNC Irmã Gertrudes das Candeias Conselho de Comunicação da ABNC Irmã Sandra Aparecida Gontijo Francisco Joaquim de Siqueira Flávia Maria Maciel Neves Yolanda Aparecida Fernandes Eduardo Luiz Magalhães Brochado Programação Visual Nádia Ferreira Vilas Boas Editor / Jornalista Responsável Sérgio Monteiro Mtb 7697/02 CTP e Impressão Gráfica e Editora Novo Mundo São Lourenço - MG Tiragem 10.000 mil exemplares Associação Beneficente Nhá Chica - ABNC Rua da Conceição, 165 - Centro Baependi - MG / CEP: 37.443-000 Tel. (35) 3343-1077 Fax. (35) 3343-1661 E-mail: contato@nhachica.org.br Website: www.nhachica.org.br

Irmãs Franciscanas do Senhor 128 anos promovendo a Paz e o Bem

2

Opinião Estamos no Ano Novo e com ele renova-se a esperança de novos tempos e grandes conquistas, sem deixarmos de agradecer a Deus pelo dom da vida e pela oportunidade de salvação através do sacrifício de Seu Filho, nosso Senhor Jesus Cristo. O ano começou com o primeiro dia do calendário dos santos dedicado à festa de Maria Santíssima no mistério de sua maternidade divina. O próprio Jesus, através do Apóstolo São Lucas (6,43), nos esclarece: “Uma árvore boa não dá frutos maus, uma árvore má não dá bom fruto”. Portanto, pelo fruto se conhece a árvore. Santa Isabel, quando recebeu a visita de Maria, que já trazia Jesus em seu ventre, exclamou: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre.” (Lc 1,42). O Fruto do ventre de Maria é o Filho do Deus Altíssimo, Jesus Cristo, nosso Senhor. Quem aceita Jesus, fruto de Maria, aceita a árvore que é Maria. Maria é de Jesus e Jesus é de Maria. É por isso que Maria é modelo para todo cristão que busca, dia a dia, alcançar sua santificação. Em nossa Mãe Maria encontramos o caminho seguro que nos leva à vida do Senhor Jesus, nos permitindo dizer, como afirmou o Apóstolo São Paulo: “é Cristo que vive em mim” (Gálatas 2,20). A festa dedicada a Maria, Mãe de Deus, neste primeiro dia do ano, soma-se ao Dia Universal da Paz. Ninguém mais poderia encarnar os ideais de paz, amor e solidariedade do que ela, que foi o terreno onde Deus fecundou seu amor pelos filhos e de cujo ventre nasceu Aquele que personificou a união entre os homens e o amor ao próximo, o Cristo. Celebrar Maria é celebrar o nosso Salvador. Dia da Paz, dia da Mãe Santíssima. Um dia de reflexão e esperança nos tempos sofridos e sangrentos em que vivemos. Para este ano de 2014, o Santo Papa Francisco escolheu como tema do Dia Mundial da Paz, “Fraternidade, fundamento e caminho para a paz”, sendo este o 47º Dia Mundial para a Paz, o primeiro de Francisco como Papa. De acordo com um comunicado do

Pontifício Conselho da Justiça e da Paz, o Pontífice escolheu a fraternidade como tema já que, desde o início do seu ministério como Bispo de Roma, destacou a importância de superar a ‘cultura do descartável e de promover a cultura do encontro’, para caminhar rumo à realização de um mundo mais justo e pacífico. E neste ano, que agora se inicia, voltamos também nossos olhares fraternos e solidários para a importante obra assistencial da Associação Beneficente Nhá Chica. Um trabalho que completa 60 anos, realizado pelas Irmãs Franciscanas do Senhor. Agradecemos, mais uma vez, pelas mãos de milhares de benfeitores que colaboram para a manutenção deste trabalho, voltado a acolher, promover e reconstruir a vida. Como afirmou em várias ocasiões o Santo Padre, é a fraternidade que pode vencer o difundir-se da globalização da indiferença e enraizar-se em todos os aspectos da vida, inclusive na economia, nas finanças, na pesquisa científica e na política. “Diante dos inúmeros dramas que atingem a família humana, como pobreza, conflitos, vícios, criminalidade organizada e fundamentalismos, a fraternidade é fundamento e caminho para a paz. Esses mesmos dramas e a cultura do bem-estar fazem perder o sentido da responsabilidade e da relação fraterna. Os outros, ao invés de nossos ‘semelhantes’, aparecem como antagonistas ou inimigos e muitas vezes como objetos. Não raramente, os pobres e os necessitados são considerados como um “fardo”, que impede o desenvolvimento. Ou seja, não são mais vistos como irmãos, chamados a compartilhar os dons da criação, os bens do progresso e da cultura” - disse o Papa Francisco. Que em 2014 possamos ser mais solidários, fraternos, amorosos e que tenhamos em Maria Santíssima, na Bem-Aventurada Nhá Chica e em todos os Santos o exemplo de vida possível, voltada ao bem do próximo e na busca pelo Reino de Deus. “Ele mostrou a você, ó homem, o que é bom e o que o Senhor exige: pratique a justiça, ame a fidelidade e ande humildemente diante do seu Deus” (Miquéias 6,8).


Informativo Nhá Chica - Notícias do Santuário e da ABNC - janeiro de 2014

Evangelizando através da comunicação O trabalho que vem sendo desenvolvido pelas Irmãs Franciscanas do Senhor frente à Associação Beneficente Nhá Chica e no zelo pelo legado espiritual da Bem-Aventurada Francisca de Paula de Jesus tem, no setor de Comunicação Social, um de seus pilares fundamentais. A equipe de comunicação conta com profissionais da área, como jornalista, design gráfico, pesquisadores e revisores, além de colaboradores multidisciplinares, que atuam em outros setores da instituição, mas que trabalham com grande dedicação para ajudar o setor de mídia. Hoje, este informativo que está em suas mãos é o principal veículo de um projeto que engloba ainda divulgação via internet e atendimento a veículos de comunicação, além do cuidado com a programação visual de toda a Associação. O “Informativo Nhá Chica”, criado pelas Irmãs Franciscanas do Senhor, chega a sua edição de número 73 em seu sétimo ano de publicação. Seu alcance é amplo, sendo distribuído, via Correios, para diversos pontos do país e até do exterior. Em suas páginas são encontradas informações diversas sobre a ABNC (Associação Beneficente Nhá Chica) e textos que buscam passar um pouco da espiritualidade que existe no lugar onde Nhá Chica viveu. Aliado a este trabalho, a instituição promove, através da Internet, uma grande demanda de comunicação: rádio web 24 horas no ar com músicas católicas, jornalismo, programas que abordam a espiritualidade, além da transmissão da Santa Missa, sempre ao vivo, direto da Igreja de Nossa Senhora da Conceição. É também através da Internet que o leitor pode se conectar com a instituição pelo web site e pelo perfil na rede social Facebook.

Sempre atualizados, ambos os canais apresentam informações diversas sobre o dia a dia na instituição e no Santuário, inclusive com vídeo-reportagens especiais. Outro veículo muito utilizado é o blog “Educando para a cidadania”, que apresenta diariamente as variadas atividades do projeto educacional. No ano de 2013, devido ao grande evento da Beatificação de Nhá Chica, o setor de comunicação teve uma demanda maior ainda, atendendo equipes de reportagem de todo o país, quer de mídia impressa, de TV ou de rádio. A equipe também atuou no contato e planejamento de ações junto à TV Canção Nova, que proporcionou a transmissão da Missa de Beatificação ao vivo para todo o país. Os profissionais da ABNC prepararam ainda um espaço na Internet com a transmissão da missa, vídeo-reportagens e divulgação de fotos e textos em tempo real durante todo aquele dia especial. “Foi um trabalho gratificante, que proporcionou a nós da equipe de comunicação a oportunidade de colocar em prática todo nosso potencial e ainda oferecer, através da mídia nacional e também dos nossos veículos, uma informação correta e de fonte segura sobre tudo o que envolvia a Beatificação de Francisca de Paula de Jesus” – afirma Irmã Claudine Ribeiro, diretora da ABNC. Um dos momentos marcantes do trabalho da equipe de comunicação da ABNC foi o lançamento do foto-livro sobre a beatificação. Um material também planejado e produzido de forma profissional, voltado a atender aquele devoto que esteve na beatificação e que queria uma lembrança, e também oferecer a oportunidade, para quem não pôde comparecer, de ter em mãos fotos e ver um pouco como foi o evento histórico;

um material que veio coroar todo o trabalho da comunicação durante o evento da Beatificação de Nhá Chica. Para o melhor desempenho, pensando em resultados concretos na execução das atividades, a equipe sempre passa por treinamentos e reciclagens, como a participação no Congresso de Marketing Católico, este ano realizado em Fortaleza - CE. Reuniões periódicas de avaliação, planejamento de ações e visão estratégica também são elementos que compõem o dia a dia da comunicação, visando oferecer o melhor produto com o melhor conteúdo para o público em geral. O cuidado com a comunicação passa ainda pela identidade visual da instituição, tendo sempre todos os trabalhos, sejam estes impressos ou on-line, uma aplicação e manutenção de um padrão visual de cores, formas e estilos. O serviço é extensivo ao setor educacional, que também recebe o mesmo tratamento em seus materiais de trabalho. Com a ideia de colocar cada vez mais próximo dos benfeitores, devotos e fiéis tudo o que acontece na instituição e no Santuário, a equipe de comunicação da ABNC irá, em 2014, oferecer muitas novidades para o setor, visando sempre a divulgação de ações institucionais e, principalmente, da história de vida e do Santo nome de Francisca de Paula de Jesus para todos os cantos do mundo. “Agradecemos imensamente a todos que recebem nosso informativo, que acessam nossos serviços no site, que ouvem a rádio web. Sabemos que estamos apenas no início do trabalho, mas temos a certeza de que estamos cumprindo também parte de nossa missão que é a de evangelizar através da comunicação” – conclui Irmã Claudine.

3


Informativo Nhá Chica - Notícias do Santuário e da ABNC - janeiro de 2014

É Noite Feliz no Sítio do Picapau Amarelo

Tia Nastácia temperou a festa com ingredientes especiais As Emílias levaram a alegria e o encanto. Neste momento a festa recebeu uma energia contagiante!

“Cuidado com a Cuca que a Cuca te pega e pega daqui e pega de lá...” As peraltices do Saci em forma de dança

Dona Benta e Visconde de Sabugosa num diálogo esclarecedor sobre o nascimento do Menino Jesus

O encerramento do ano letivo contou com a presença do Papai Noel, que distribuiu presentes doados por benfeitores

4


Informativo Nhá Chica - Notícias do Santuário e da ABNC - janeiro de 2014

Animais de procedência e qualidade

Leilão Beneficente 2013: intenso movimento e bons negócios

Escritório montado: profissionalismo, agilidade e organização nos lances

As prendas, fruto das doações espontâneas, movimentaram a festa

Sra. Helena, benfeitora de Três Corações, e seu bisneto Francisco recebem o carinho da Irmã Claudine

Benfeitores e voluntários unidos pela solidariedade

5


Informativo Nhá Chica - Notícias do Santuário e da ABNC - janeiro de 2014

Relatos de Graças Alcançadas Fui curada pela poderosa intercessão de Nhá Chica Em maio de 2012, eu tive um problema no dedo e os médicos disseram que se tratava de uma doença que faz o dedo atrofiar, denominada popularmente como “dedo em gatilho”. Frente ao diagnóstico, os médicos afirmaram que eu teria que aprender a conviver com a doença e com as fortíssimas dores que ela causava. Disseram também que os outros dedos também poderiam vir a atrofiar com o tempo. Eu então comecei a pedir a intercessão de Nhá Chica para que meu dedo voltasse ao normal e que as dores desaparecessem. Eu mesma fazia a massagem nos dedos, do meu jeito, e continuava a rezar. Dentro de poucos dias o dedo se endireitou e nunca mais entortou e as dores também desapareceram. Hoje eu estou completamente curada e ve-

nho aqui em Baependi para agradecer a Bem-Aventurada Nhá Chica por sua intercessão.

Maria Amália Monteiro do Nascimento Londrina – PR

Pela intercessão de Nhá Chica, minha irmãzinha está sendo curada No dia 07 de maio do corrente ano, minha irmã, Maria Graziela de Mesquita Torres, seguia sua rotina diária para as sessões de radioterapia. Nesse dia, começaram umas dores muito fortes em seu corpo, pois ela não aguentava mais. Acompanhada por seu esposo e por uma prima, foi internada para tomar algo que fizesse passar a dor. Há 06 anos nessa luta contra o câncer de mama, nunca desistiu ou reclamou do que estava passando, pois sua fé inabalável lhe confere a certeza de que Deus a curaria desse mal. Confiar no Senhor: este é o legado que passará para suas três filhas, toda a família e comunidade do município de Barreiros (PE). Eu estava na Noite Mariana do Colégio Nossa Senhora Rosa Mística e fiquei sabendo do que estava acontecendo. Logo que eu cheguei em casa, fui correndo fazer a oração a Nhá Chica e acender uma vela, pedindo que intercedesse pela cura e restauração de Lalá ou Grazy, como a chamamos ca-

6

rinhosamente. Passaram-se dois dias e os médicos chamaram minha irmã Eduarda, seu esposo Leonardo e meu irmão Eduardo, quando relatou o quadro em que se encontrava e a gravidade. Disse-lhes que nada podia fazer, era só esperar a hora. E ficamos em oração. E foi passando a semana e nada de Lalá acordar ou responder, pois estava sedada com morfina. Já não comia nem falava e tão pouco andava. E oramos, oramos, entregamos nas mãos do Senhor. Louvado seja o Senhor, para sua hora e glória, estamos em estado de graça: pela intercessão de Nhá Chica ela acordou, sorriu, falou, comeu e pediu para continuar o tratamento. Os médicos não sabiam o que estava acontecendo e não tinham resposta. É um milagre alcançado por intermédio de Nhá Chica! Pela sua intercessão, minha irmãzinha está sendo curada e restaurada, em nome de Jesus. Maria Raquel de Mesquita Silva Barreiros - Pe

Obrigada Rezei o terço da Nossa Senhora da Conceição, para conseguir vender umas terras. Fiz a novena e, no 8º dia, fui atendida. Precisei fazer uma cirurgia de vesícula: foi um sucesso. Construí minha casa própria, passei em um concurso público em que concorria com 10.000 advogados. Minha filha, Ana Paula Augusta de Resende, machucou a perna. Os médicos acreditavam precisar de uma cirurgia, e não foi preciso. Meu filho, Marcos Paulo Costa de Resende, teve problemas de coluna. Hoje está completamente curado. As dores que eu sentia ao me levantar estão passando com a intercessão da Nhá Chica. São tantas graças... Venho agradecer e dizer que amamos Nhá Chica e Nossa Senhora da Conceição. Obrigada! Luzia Costa Ingaí - MG Acendi uma vela para Nhá Chica e ela me ouviu Agradeço pela graça alcançada. Acendi a vela para Nhá Chica e pedi pelo meu marido que iria participar, pela terceira vez, de um processo seletivo do Senai para o curso de mestre de obras. Eu não conhecia Nhá Chica e a fiquei conhecendo através de uma amiga. Acendi a vela naquela intenção. Por uma graça através da intercessão de Nhá Chica junto a Deus, ele conseguiu passar! Hoje faz uma semana que ele iniciou o curso. Muito obrigada, Nhá Chica! Deise Cristina Oliveira Carvalho São Jose dos Campos - SP

Obrigada, Nhá Chica Venho agradecer pelas inúmeras graças concedidas pela fé que tenho na intercessão de Nhá Chica. A saúde do meu filho, Lucas, a aprovação na ETEC do meu filho e outras graças. Todos os dias Nhá Chica me concede uma bênção. Maria de Fátima São Paulo - SP


Informativo Nhá Chica - Notícias do Santuário e da ABNC - janeiro de 2014

Relatos de Graças Alcançadas Nhá Chica acalmou nossos corações e conseguimos o que almejávamos No início de maio de 2013, decidimos vender nosso apartamento. Logo apareceu um comprador e entregamos toda a documentação a uma imobiliária. Foi quando começou o transtorno em nossa vida. Parece que tudo dava errado. Os dias iam passando e parecia que tudo que conseguimos, que o nosso patrimônio ia por água abaixo. Nosso imóvel foi comprado com sacrifício e começamos a gastar muito dinheiro para resolver toda a documentação. Parece que pessoas oportunistas se aproximavam querendo aproveitar da situação. No caminho do meu trabalho, todos os dias, passava na igreja para fazer orações e pedia que aquela situação fosse resolvida. Num desses dias, enquanto rezava, fechei os olhos e vi a imagem de Nhá Chica, sentada, me olhando. Senti algo muito forte e, a partir daquele momento, pedi que ela iluminasse, que mostrasse o caminho a seguir. Pois, em pouco tempo, apareceu uma pessoa do banco que, juntamente com meus filhos, Tiago e Victor, em dois dias, resolveu todo o problema da documentação. Assinamos a es-

Relate, você também, a graça que alcançou Visite o Santuário de Nossa Senhora da Conceição, reze com fé. Conte ao mundo como sua fé em Deus está trazendo santidade para sua vida e transformando o seu caminhar. Nos procure para que sua história seja registrada no livro de graças.

critura, conseguimos vender nosso imóvel e comprar outro em um lugar que oferece melhor qualidade de vida. Tenho absoluta certeza de que Nhá Chica intercedeu fortemente por nós. Até hoje aquela aparição de Nhá Chica não sai da minha mente. Com o olhar, ela parecia me dizer que todo aquele problema que eu estava vivenciando seria resolvido, que era para eu me acalmar... Hoje, 30 de setembro de 2013, aniversário de minha esposa Nalva, juntamente com meu filho Victor, viemos a Baependi agradecer pela graça alcançada.

Oração Deus nosso Pai, vós revelais as riquezas do vosso Reino aos pobres e simples. Assim agraciastes a Bem-Aventurada Francisca de Paula de Jesus, Nhá Chica, com inúmeros dons: Fé profunda, Amor ao próximo e grande Sabedoria. Amou a Igreja e manteve uma filial devoção à Imaculada Conceição. Por sua intercessão, concedei-nos a graça de que precisamos (pedir a graça). Por Cristo, Nosso Senhor. Amém. (+ Dom fr. Diamantino Prata de Carvalho, OFM. Bispo Diocesano de Campanha-MG)

Antônio José da Costa Marques Rio de Janeiro - RJ

Víctor, Antônio José e Nalva

Comunicar as graças alcançadas por intercessão de Nhá Chica: Associação Beneficente Nhá Chica Rua da Conceição 165, Cx. Postal 15 CEP: 37443-000 - Baependi-MG - Tel: (35) 3343-1077 www.nhachica.org.br - contato@nhachica.org.br

Rosário de Nossa Senhora da Conceição Reza-se nas contas do Pai Nosso Aflita vos vistes Senhora, Aflita aos pés da Cruz, Aflita estou eu agora, Valei-me ó mãe de Jesus! Reza-se nas contas da Ave Maria Ó Virgem da Conceição, Valei-me nesta ocasião! Oração a Nossa Senhora da Conceição Ó Maria Imaculada, Senhora da Conceição, Filha predileta do Eterno e Divino Pai, Mãe Santíssima do Eterno Divino Filho, Esposa Imaculada do Espírito Santo, Nossa Senhora pela devoção e amor terníssimo que para convosco teve a serva de Deus, Francisca de Paula de Jesus, erguendo em vossa honra uma capela, intercedei junto à Santíssima Trindade e alcançai-nos as graças que com viva fé vos pedimos.Ó nossa boa mãe do Céu, não nos abandoneis. Protegei-nos, defendei-nos, salvai-nos. Assim seja.

7


Informativo Nhá Chica - Notícias do Santuário e da ABNC - janeiro de 2014

Madre Crescência e algumas das primeiras crianças acolhidas na Associação Nhá Chica O lugar era conhecido como Rua das Cavalhadas. Ali existia a pequena casa onde viveu a Bem-Aventurada Francisca de Paula de Jesus – Nhá Chica. Foi ao lado de sua residência que Nhá Chica construiu uma capela em honra de Nossa Senhora da Conceição. Foi ali também, atendendo um pedido da Mitra Diocesana, que as Irmãs Franciscanas do Senhor, no ano de 1954, deram início à construção de uma obra social que vem atravessando décadas de muita luta, mas também de grande alegria por ver cumprida, a cada dia, a missão de acolher, promover e reconstruir a vida. Quando foram convidadas a assumir primeiramente o hospital da cidade de Baependi (MG), as Irmãs Franciscanas do Senhor não imaginavam o quanto a Providência Divina preparava o caminho para a construção de uma das mais sólidas obras assistenciais do país, além do encontro com o legado espiritual de uma Bem-Aventurada. A então Madre Geral, Irmã Annina Ragusa, estava disposta a expandir as frentes missionárias da Congregação (de origem italiana, fundada em Caltanissetta no ano de 1885) e não mediu esforços para enviar jovens religiosas para o Brasil. Foi assim a chegada das Irmãs Margarida Palermo e Liliana Dessumma. Após desembarcarem no Rio de Janei-

8

ro, as Irmãs foram encaminhadas para novas frentes de trabalho nas cidades de Mantena (MG) e Baependi (MG). E foi justamente nesta cidade do Sul de Minas que o Cônego Francisco Pedro Ferreira manifestou ao Frei Capuchinho Jacinto de Palazzolo as dificuldades de conseguir Irmãs para administrarem o hospital da cidade, e pediu ajuda. Foi quando Frei Jacinto, sabendo da chegada das Irmãs ao Rio de Janeiro, estendeu, em nome da Mitra Diocesana da Campanha, o convite para que as Irmãs atuassem na cidade. Ao chegarem a Baependi, qual não foi a surpresa: além do hospital, a missão seria ainda para cuidar do legado de Nhá Chica, para zelar pela capela de Nossa Senhora da Conceição, pela casa onde viveu a Bem-Aventurada e, especialmente, para ali edificar uma obra social. O trabalho começou com as primeiras Irmãs: Irmã Margarida Palermo e Crescência Girlando, que contaram ainda com a presença das primeiras postulantes, que deram início a sua formação em Mantena (MG). Corria o ano de 1954. A ata inicial da Associação Beneficente Nhá Chica registra o dia quinze de agosto, às 16 horas, como momento oficial da fundação. Presidiu a reunião a Irmã Crescência Girlando, que solicitou ao Revmo. Frei Cassiano de Villarose (Capuchinho) que escrevesse a ata histórica. Entre os diversos temas legais aprovados para a fundação da Associação Beneficente Nhá Chica, o carisma das Irmãs de resgatar e proteger a vida já se fazia presente. O primeiro item, entre os fins principais das atribuições da Associação, está registrado: “abrigar e instruir as crianças desprotegidas, proporcionando-lhes meios de se tornarem úteis a si mesmas e à sociedade”. Que bela Missão, cumprida à risca, todos os dias, o tempo todo, por todas as Irmãs e colaboradores que passaram por esta instituição. Também neste dia, Irmã Crescência Girlando assumiu como a primeira diretora da Associação Nhá Chica. O ano de 1954 entrou na história da Congregação das Irmãs Franciscanas do Senhor de forma marcante. A chegada ao Brasil para uma nova frente missionária foi um momento de muita festa e alegria, especialmente em Baependi, onde registros relatam momentos de grande regozijo entre os mo-

radores e autoridades locais desde quando as primeiras Irmãs chegaram à cidade. Com seu carisma, credibilidade e demonstrando sempre muita vontade de trabalhar e de construir uma obra que realmente fizesse a diferença, nestes 60 anos as Irmãs contaram com a ajuda de benfeitores e voluntários de Baependi e de muitos outros locais da região e de todo o país, dispostos a colaborar, assim como fazem hoje ainda, para a construção e manutenção desta grande obra social, confiando na credibilidade e no trabalho desenvolvido pelas religiosas com grande seriedade. Uma história que teve um belo início, de encontros marcantes, de uma Congregação que passou, sem dúvida, por momentos de grandes dificuldades, mas sempre ultrapassados com fé em Deus e que segue hoje cumprindo a missão, respaldada nos anos conquistados, mas acolhendo o futuro que será sempre bem-vindo. Das primeiras Irmãs que vislumbraram uma obra de portas abertas às crianças necessitadas, passando por cada uma entre todas que aqui estiveram à frente, construindo novos prédios para abrigar mais crianças, ampliando e reformando a Igreja de Nossa Senhora da Conceição e trabalhando incansavelmente na busca de mãos estendidas, que sempre surgem nos momentos mais importantes, a Congregação das Irmãs Franciscanas do Senhor (libertas em Cristo) pode olhar para o futuro e de cabeça erguida dizer: a missão está sendo cumprida! Muito ainda existe para ser feito, muitas estradas a serem percorridas, mas, nestes 60 anos, o momento é de reverenciar o que, graças à bondade de Deus, já foi conquistado. Muitas seriam as palavras para definir esta história: dedicação, carinho, amor, vida, serviço, doação. Mas uma delas é fundamental e pode definir a história de vida desta associação e das religiosas que a fundaram: solidariedade. Tendo sido solidários todos estes anos, milhares ajudaram na manutenção desta obra e, tendo sido solidárias, as Irmãs puderem reconstruir vidas. Que outros 60 anos cheguem logo, trazendo novos desafios, novas oportunidades, na certeza de que, sob as bênçãos de Nossa Senhora da Conceição e da Bem-Aventurada Francisca de Paula de Jesus, a Congregação das Irmãs Franciscanas do Senhor esteja presente e atuante para contribuir sempre no resgate e na promoção da vida!


Informativo Nhá Chica - Notícias do Santuário e da ABNC - janeiro de 2014