Issuu on Google+

Impresso Especial 1000012020/2006 DR/MG Associação Beneficente Nhá Chica

CORREIOS

Órgão Oficial da Associação Beneficente Nhá Chica - Baependi - MG / Ano IV - Nº 39 - março de 2011

Convertei-vos e Crede no Evangelho (Mc 1, 15) A Quaresma no Ano Litúrgico é o tempo mais rico de ensinamentos. Lembra o retiro de Moisés, o longo jejum do profeta Elias e do Salvador Jesus Cristo. Foi instituída como preparação para o Mistério Pascal, que compreende a Paixão e Morte (Sexta-Feira Santa), a Sepultura (Sábado Santo) e a Ressurreição de Jesus Cristo (Domingo e Oitava da Páscoa). É momento de verdadeira conversão. Um período de renovação espiritual, através da Eucaristia, a comunhão da vida divina e a unidade do Povo de Deus. O Santo Papa Bento XVI lembra aos cristãos de todo o mundo: “É um tempo de penitência, de obras de caridade e de conversão. Um tempo de vigor espiritual a ser vivido com Jesus, não com orgulho ou presunção, mas usando as armas da fé, que são a oração, o ouvir a Palavra de Deus e a penitência”.

Nhá Chica Venerável Veja a repercussão do título de Venerável concedido à Nhá Chica, pelo Santo Papa, Bento XVI Págs.: 4 e 5


Informativo Nhá Chica Notícias do Santuário e da ABNC março de 2011

Expediente Nhá Chica Informativo

Notícias do Santuário e da ABNC

março de 2011 - Ano III - Nº 39 Congregação das Irmãs Franciscanas do Senhor Província Brasil / Bolívia Provincial Madre Cristina Alves Ribeiro Diretora da ABNC Irmã Claudine Ribeiro Vice-Diretora da ABNC Irmã Gertrudes das Candeias Conselho de Comunicação da ABNC Irmã Sandra Aparecida Gontijo Francisco Joaquim de Siqueira Flávia Maria Maciel Neves Yolanda Aparecida Fernandes Eduardo Luiz Magalhães Brochado Programação Visual Nádia Ferreira da Silva Editor / Jornalista Responsável Sérgio Monteiro Mtb 7697/02 Fotolito e Impressão Gráfica e Editora Novo Mundo São Lourenço - MG Tiragem 5 mil exemplares Associação Beneficente Nhá Chica - ABNC Rua da Conceição, 165 - Centro Baependi - MG / CEP: 37.443-000 Tel. (35) 3343-1077 Fax. (35) 3343-1661 E-mail: contato@nhachica.org.br Website: www.nhachica.org.br

Opinião É durante a Quaresma, período de retiro espiritual voltado à reflexão, que os cristãos se recolhem em oração e penitência para preparar o espírito para a acolhida do Cristo Vivo, ressuscitado no Domingo de Páscoa. Assim, o cristão está renascendo, como aconteceu com Jesus Cristo. Devemos usar estes dias para repensar nossas vidas, relembrar nossas promessas batismais, olhar ao redor e questionar se estamos ou não contribuindo para degradar ou preservar o meio ambiente em que vivemos; se estamos praticando a caridade, o amor ao próximo, entre outras virtudes. Aliás, virtudes que estão na vida da Venerável Francisca de Paula de Jesus - Nhá Chica, sempre um verdadeiro exemplo de vivência cristã. Devemos também, neste ano de consciência e ação pela preservação ambiental, relembrar-nos sempre de São Francisco de Assis, um verdadeiro modelo para os que buscam uma relação mais qualitativa com as criaturas de Deus. Resgatar São Francisco significa valorizar todas as atitudes deste Santo. A pobreza, por exemplo, que neste Santo significou a não posse, revertendose em redenção para as criaturas, que lhe possibilitou, pelo olhar contemplativo, alcançar o que eram realmente, a ponto de chamálas de irmão e irmã. A razão simples de análise deste olhar franciscano, purificado de poder e lucro, revela, no exemplo de São Francisco, que as criaturas e o planeta são dons de Deus e portam os sinais do Criador. No contexto do respeito a Deus e à sua

criação, a Campanha da Fraternidade também se coloca, a partir deste tempo quaresmal e por todo o ano de 2011, a serviço da luta pela preservação ambiental. A Campanha da Fraternidade tem como objetivos permanentes despertar o espírito comunitário e cristão no povo de Deus, comprometendo, em particular, os cristãos na busca do bem comum; educar para a vida em fraternidade, a partir da justiça e do amor, exigência central do Evangelho; renovar a consciência da responsabilidade de todos pela ação da Igreja na evangelização, na promoção humana, em vista de uma sociedade justa e solidária. Neste ano, a CF aborda o tema Fraternidade e a Vida no Planeta, sob o lema A criação geme em dores de parto (Rm 8, 22). Dom Dimas Lara Barbosa, Secretário Geral da CNBB, lembra que a Campanha da Fraternidade é um excelente auxílio para bem vivermos a Quaresma. Por isso tudo, não somente durante a Quaresma, mas em todos os dias de nossa vida, nós, cristãos, devemos buscar o Reino de Deus, ou seja, lutar para que existam a justiça, a paz e o amor em toda a humanidade. Os cristãos devem então recolher-se para a reflexão, para se aproximarem de Deus. Esta busca inclui a oração, a penitência e a caridade, esta última como uma consequência da penitência. E, nisto tudo, o cristão deve buscar viver seu batismo na verdade de sua vida, fazendo uma conversão diária, buscando, pela Eucaristia, uma vida verdadeiramente no caminho de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Espaço dos Leitores Cordiais Cumprimentos Vimos em nome do “Centro de Estudos Campanhense Monsenhor Lefort”, Órgão destinado à guarda, preservação e divulgação de documentos históricos, locais e regionais, acusar e agradecer a doação do Informativo Nhá Chica – Notícias do Santuário e da ABNC e Revista Vocacional – Publicação Especial – 125º Aniversário da Congregação das Irmãs Franciscanas do Senhor. Sendo o que se apresenta no momento, reitero agradecimentos pela gentil doação. Atenciosamente Elza Maria Carvalho Valladão Responsável pelo Centro de Estudos Campanhense Monsenhor Lefort

Fale Conosco Irmãs Franciscanas do Senhor 125 anos promovendo a Paz e o Bem

2

Associação Beneficente

Nhá Chica

Rua da Conceição, 165 - Centro - Caixa Postal 15 - CEP:37443-000 - Baependi - MG - Brasil Fone: (35) 3343-1077 - Fax: 3343-1661 www.nhachica.org.br / e-mail: contato@nhachica.org.br


Informativo Nhá Chica Notícias do Santuário e da ABNC março de 2011

QUARESMA E CAMPANHA DA FRATERNIDADE

Conversão e Solidariedade no Mundo Cristão Papa Paulo VI na Exortação Apostólica Evangelii Nuntiandi afirma que conversão exige consciência individual e coletiva da humanidade. A Quaresma é justamente um tempo para esta conversão e leva o cristão à oração, à instrução religiosa, ao sacrifício e à caridade fraterna. Nos dias da Quaresma, a Igreja no Brasil usa também, como gesto concreto de trabalho, o desenvolvimento da Campanha da Fraternidade, que neste ano traz como tema “Fraternidade e a vida no planeta”. O lema é ainda mais direto: “A criação geme em dores de parto”. A Campanha da Fraternidade tornou-se manifestação de evangelização libertadora, provocando, ao mesmo tempo, a renovação da vida da Igreja e a transformação da sociedade a partir de problemas específicos, tratados à luz do Projeto de Deus. Os objetivos gerais da CF são sempre os mesmos e decorrem da missão evangelizadora que a Igreja recebeu de Jesus Cristo: em vista do mandamento do amor fraterno, despertar e nutrir o espírito comunitário no meio do povo e a verdadeira solidariedade na busca do bem comum; educar para a vida fraterna a partir da justiça e do amor, que são exigências centrais do Evangelho; renovar a consciência sobre a responsabilidade de todos na ação evangelizadora da Igreja, na promoção humana e na edificação de uma sociedade justa e solidária. E pensar, ao longo do período

O

da Quaresma, ou seja, neste tempo de conversão, no tema deste ano da Campanha da Fraternidade e no que o ser humano faz por sua moradia - o jardim criado por Deus é, sem dúvida, uma forma de pensar no quanto a humanidade valoriza o que Deus faz para sua existência e na necessidade da conversão em busca da salvação. Colocando em discussão temas como mudanças climáticas, efeito estufa, a questão energética, desenvolvimento, preservação da Amazônia, agronegócio, biodiversidade e água, a Igreja está chamando todos para uma reflexão importante: “Pois sabemos que a criação inteira geme e sofre as dores de parto até o presente” (Rm 8,22). O contexto desta afirmação de São Paulo é a descrição da condição humana, marcada pelo pecado e, entretanto, salva pela graça de Cristo, que introduz na experiência humana a força restauradora do Espírito Santo. Palavras que nos levam à Eucaristia. Afinal, na Eucaristia é onde se encontram o sinal da unidade, o vínculo da caridade, o banquete pascal no qual se recebe Cristo, a alma é coberta de graça e é dado o penhor da vida eterna. Na Eucaristia, atingem o seu clímax a ação santificante de Deus para conosco e o nosso culto para com Ele. A ligação entre a Eucaristia, o que representa para a salvação da humanidade e o respeito ao mundo onde vivemos, foi relembrada pelo Venerável Papa João Paulo II em sua Carta Encíclica Ecclesia de Eucharistia, um testemunho belíssimo da dimensão cósmica da Eucaristia: “Este cenário tão variado das minhas celebrações eucarísticas faz-me experimentar intensamente o seu caráter universal e, por assim dizer, cósmico. Sim, cósmico! Porque mesmo quando tem lugar no pequeno altar duma igreja da aldeia, a Eucaristia é sempre celebrada, de certo modo, sobre o altar do mundo. Une o céu e a terra. Abraça e impregna toda a criação. O Filho de

Deus fez-Se homem para, num supremo ato de louvor, devolver toda a criação Àquele que a fez surgir do nada. Assim, Ele, o sumo e eterno Sacerdote, entrando com o sangue da sua cruz no santuário eterno, devolve ao Criador e Pai toda a criação redimida. Fá-lo através do ministério sacerdotal da Igreja, para glória da Santíssima Trindade. Verdadeiramente este é o mysterium fidei que se realiza na Eucaristia: o mundo saído das mãos de Deus criador volta a Ele redimido por Cristo” - disse à época o Santo Papa. O homem recebe de Deus toda a criação e não pode deixá-la gemendo em dores, conforme lembra o lema da CF 2011. Essas dores do mundo aparecem hoje na deterioração do meio ambiente, consequência de uma exploração descuidada e, muitas vezes, gananciosa dos recursos do planeta. Desta forma, a Quaresma é tempo de enfrentar com Jesus as grandes tentações que estão na raiz de todos os males nascidos das decisões humanas. É tempo de uma conversão profunda, que mude os costumes e gere políticas globais de defesa da vida em todas as suas dimensões. É tempo de oração e de tomada de posição diante de uma cultura em que o consumismo desenfreado sustenta a ganância de um lucro que, em longo prazo, se transformará em irreparável prejuízo para toda a humanidade. Uma verdadeira conversão que penetre a cultura e se traduza em medidas globais de organização mais justa da atividade humana em sua relação com a natureza, proporcionando a reversão do quadro dramático de destruição das condições de vida saudável em nosso planeta que se desenha no horizonte de nossa história. E nesta situação quase caótica de nossos dias, a humanidade tem em Deus e no Salvador Jesus Cristo a salvação única e verdadeira. A afirmação de São Paulo ganha força nova diante do quadro que vivemos: “A criação foi submetida à vaidade - não por seu querer, mas por vontade daquele que a submeteu - na esperança de ela também ser liberta da escravidão da corrupção para entrar na gloriosa liberdade dos filhos de Deus” (Rm 8,20-21).

3


Informativo Nhá Chica Notícias do Santuário e da ABNC março de 2011

Devotos e fiéis de várias partes do Brasil e do mundo manifestaram-se pelos mais diversos meios, comentando sobre a alegria de ver Francisca de Paula de Jesus com o título de Venerável.

Não é surpresa alguma o título de Venerável para nossa Nhá Chica. Apenas a confirmação de todas as perspectivas de todos os anseios em ver concretizada a beatificação de Nhá Chica. É grande nossa alegria em constatar que também no Vaticano as Virtudes desta mulher simples, são reconhecidas. Ela serviu, atendeu, aconselhou todas as pessoas que nela buscavam apoio. Não resolvia, não opinava sem buscar a intercessão da Mãe de Deus. Hoje é a vez da Venerável ser lembrada, beatificada e elevada a honra dos altares. Mais um passo foi dado para que todos reconheçam a humildade, a santidade a vida religiosa da Venerável Nhá Chica. Ana Lúcia Meireles Leite Dona de Casa – Caxambu MG O reconhecimento pelo Santo Papa das virtudes de nossa Venerável Nhá Chica representa a importância de seus exemplos de piedade, humildade, bondade, reunidos em um santo espírito católico; certo de que Ela continuará a nos amparar e animar a pôr em prática os ensinamentos cristãos de amor e dedicação ao próximo. Dr. Carlos Augusto Levenhagem Desembargador - Belo Horizonte (MG) Nasci e fui criado ouvindo falar de Nhá Chica, frequentando a Igreja e a casa em que morou em Baependi, dentro de uma profunda devoção dos familiares, especialmente de meu pai, que sempre a chamou de Santa Nhá Chica. O reconhecimento, por parte da Igreja através do Papa, de suas virtudes e o título de “Venerável” significam a confirmação do que o Espírito Santo já vem realizando. O modo simples e objetivo de viver o Evangelho, o amor incondicional aos pobres e a fé pura e consistente de Nhá Chica podem e devem ser modelo para todos nós. Nossa região fica edificada e com o compromisso de continuar a sua obra. Laudelino Augusto dos Santos Azevedo Presidente do Conselho Nacional do Laicato do Brasil

4

Um passo muito importante, que comemorei com alegria, ao ver nossa querida Nhá Chica caminhando para a santidade que ela exerceu na Terra, e que continua distribuindo seus milagres com a mesma generosidade da época em que vivia em Baependi. Paulo Coelho Escritor

A decisão papal só corrobora uma verdade que já estávamos acostumados a vivenciar: Vox populi, vox Dei, ou seja, Nhá Chica é a santa do povo sul-mineiro. Paulo Paranhos Professor, Membro do Conselho Municipal de Administração e Manutenção do Museu de Caxambu (MG)


Informativo Nhá Chica Notícias do Santuário e da ABNC março de 2011 O reconhecimento das virtudes heróicas de Nhá Chica, Venerável, alegra o coração de nós todos, dignifica nossa Igreja e enriquece o horizonte de nosso caminho como discípulos e discípulas de Jesus Cristo, chamados à santidade de Vida. Nhá Chica é admirável como referência de fé e de testemunho de vida. Com a Diocese da Campanha nos alegramos e agradecemos a Deus este precioso presente que nos inspira o caminho no seguimento de Jesus Cristo. Deus seja louvado pelo dom deste testemunho que exalta a figura da mulher, negra, pobre e ornada pela santidade de sua vida, provando-nos que este é o único caminho para a vida que não passa. + Walmor Azevedo Arcebispo de Belo Horizonte e Presidente do Conselho Episcopal Regional Leste II, Minas e Espírito Santo

As virtudes de Nhá Chica e suas bênçãos são como um manto que protege, reforça a fé e orienta principalmente os seus devotos. O reconhecimento do Santo Papa Bento XVI é importante comprovação da intercessão de Nhá Chica para a concessão de numerosas graças que instruem o processo de canonização de nossa Venerável Nhá Chica. Nelson Veloso Militar da Reserva - Rio de Janeiro (RJ)

Fui tomada por grande emoção ao receber a notícia da concessão do título de Venerável à NHÁ CHICA pelo Papa Bento XVI. Indubitavelmente, é o reconhecimento merecido da nossa pequena (grande) Serva de Deus pelas suas virtudes e humildade, pelo seu amor incondicionado a Deus, a Nossa Mãe Maria e por todos nós que sempre a veneramos e a reconhecemos como ícone de fé. Agradeço a oportunidade para manifestar-me sobre tão importante acontecimento para aqueles que sempre veneraram a “Serva de Deus”, que sempre intercede por nós junto ao Altíssimo na concessão de bênçãos e de milagres.

Rilma Aparecida Hemetério Desembargadora Federal do Trabalho - São Paulo (SP) “A história e obra de fé de Nhá Chica e a sua manifestação na minha vida foram decisivas para que eu me tornasse um homem público comprometido a servir como serviu a “Serva de Deus”, cuidando de gente, sobretudo dos que mais precisam. O reconhecimento do Papa Bento XVI é motivo de grande alegria para todos nós que somos devotos de Nhá Chica, nossa Venerável, e certamente, em pouco tempo, mais uma grande santa do Brasil para todo o mundo. Cada vez mais as pessoas conhecem a força de Nhá Chica Por isso, me sinto feliz ao visitar o Santuário em Baependi ou quando recebo os informativos, testemunhando a fervorosa e crescente devoção à Nhá Chica”. Carlos Melles Deputado Federal, Secretário de Transportes e Obras Públicas de Minas Gerais

Me tornei advogado pelas mãos de Nhá Chica. Muitos trazem testemunhos de graças alcançadas por sua intercessão, muitos ainda trarão notícias, terão consigo este sentimento de acolhida, de proteção, bênção, zelo, de fé. O decreto de Bento XVI vem corroborar, por direito, toda uma vida, santa de fato, consagrada à Virgem Maria, entregue a serviço de Deus.

Quando era repórter, eu tive a grande oportunidade de fazer um especial sobre a vida de Nhá Chica e posso dizer que foi um dos trabalhos mais prazerosos e gratificantes que fiz na minha carreira. Conhecer toda a bondade desta mulher e os “milagres” dela me encantou completamente. Eu posso dizer que me transformei em mais uma devota de Nhá Chica, que já é considerada uma santa pelos fiéis. Fiquei emocionada por este novo título que a deixa ainda mais próxima da beatificação. Cassiana Fontes Jornalista - Varginha (MG)

Carlos Rafael Ferreira Advogado, Professor, Delegado de Prerrogativas da OAB/MG A consagração de NHÁ CHICA com o título de Venerável, que lhe foi conferido pelo Papa Bento XVI, é o reconhecimento de suas extraordinárias virtudes e o mais importante passo no caminho de sua beatificação. Os mineiros de todas as regiões do Estado, com muita fé, humildade e esperança, ficamos na justa expectativa de que NHÁ CHICA logo se transforme em mais uma santa da Igreja Católica, cobrindo Minas Gerais e o Brasil com seu manto protetor e sua bênção divina. Ana Paula Junqueira e Odelmo Leão Primeira Dama e Prefeito de Uberlândia (MG)

5


Informativo Nhá Chica Notícias do Santuário e da ABNC março de 2011

ORAÇÃO PELA BEATIFICAÇÃO DE

NHÁ CHICA Ó Pai, que mostrais a Bondade e a Sabedoria do Vosso Filho Jesus, naquelas pessoas que O procuram seguir, e que “ocultais as novidades do Reino aos sábios e inteligentes, e as revelais aos pequeninos”, nós Vos pedimos que a Igreja possa reconhecer oficialmente as virtudes de amor ao próximo, de fé profunda e de grande sabedoria de vida que concedestes à Vossa filha e servidora Francisca de Paula de Jesus, Nhá Chica. Por ter sido de uma vida exemplar, fiel seguidora de Jesus Cristo, devota de Maria Santíssima, e de grande amor à Igreja, nós Vos pedimos que, pela sua valiosa intercessão, Vós nos concedais a graça de que mais temos necessidade. Concedei-nos também, ó Pai, que a seu exemplo, o nosso coração esteja cheio de ardente amor a Vós e ao nosso semelhante. Tudo isso Vos pedimos por intermédio de Jesus Cristo, Vosso Filho, em união com o Espírito Santo. Amém.

+ Dom fr. Diamantino Prata de Carvalho, ofm. Bispo Diocesano de Campanha MG, 04/10/1998 Lembre-se das palavras de Nhá Chica: ”Isto acontece porque rezo com fé”.

Rosário de Nossa Senhora da Conceição Reza-se nas contas do Pai Nosso Aflita vos vistes Senhora, Aflita aos pés da Cruz, Aflita estou eu agora, Valei-me ó mãe de Jesus! Reza-se nas contas da Ave Maria Ó Virgem da Conceição, Valei-me nesta ocasião! Oração a Nossa Senhora da Conceição Ó Maria Imaculada, Senhora da Conceição, Filha predileta do Eterno e Divino Pai, Mãe Santíssima do Eterno Divino Filho, Esposa Imaculada do Espírito Santo, Nossa Senhora pela devoção e amor terníssimo que para convosco teve a serva de Deus, Francisca Paula de Jesus, erguendo em vossa honra uma capela, intercedei junto à Santíssima Trindade e alcançai-nos as graças que com viva fé vos pedimos.Ó nossa boa mãe do Céu, não nos abandoneis. Protegei-nos, defendei-nos, salvai-nos. Assim seja.

6

Relatos de Graças Alcançadas Graças a Deus e à Serva Nhá Chica estou curada do câncer Em março de 2010, fiz uma cirurgia e foi detectado câncer no útero. Quinze dias depois, precisei fazer uma nova cirurgia em que foram retirados o ovário, trompas e colo do útero. Foi feita também uma biópsia do intestino e da bexiga. No intervalo entre uma e outra cirurgia, pedi a intercessão de Nhá Chica, prometendo vir a Baependi para agradecer e fazer uma doação. No final de abril, tive o resultado da biópsia da última cirurgia, que constatou que não havia nada. Um alívio, pois os médicos temiam que o câncer se espalhasse por outras partes do corpo. Graças a Deus e ao intermédio da Serva Nhá Chica, estou muito bem e não tenho sinais nenhum de câncer, e nem precisei fazer nada de quimioterapia e nem de radioterapia. Estou ótima e vim agradecer!

Elisabete Freitas Itaim – SP

Pela saúde de minha mãe e por tantas outras graças: Obrigada! Sou de Belém do Pará e me casei com um rapaz de Cruzília há 4 anos, período em que estou morando nesta cidade. Como minha família é toda de Belém, de vez em quando meus pais vêm aqui me visitar e, em uma das primeiras visitas, fiz questão de levar minha mãe pra conhecer Baependi, em especial, Nhá Chica, pois sei o quanto ela tem fé e é muito católica. Ela visitou a casa, o acervo de Nhá Chica e a Igreja. Ela sentiu que Nhá Chica é uma santa e logo se pôs a ter fé naquela santa que acabara de conhecer. Minha mãe tinha várias cólicas renais durante o ano, devido a um baque que ela teve no rim, quando jovem, após um atropelamento em que ela quase morreu. Como eu moro em Cruzília, próximo a Baependi, todas as vezes que eu vou a Baependi, visito a casa de Nhá Chica e a Igreja. Certo dia, eu estava visitando a casa de Nhá Chica e minha mãe ligou. Disse a ela onde estava e ela pediu que eu colocasse o telefone na sala onde Nhá Chica conversava com Nossa Senhora. Por meio de um pequeno orifício que lá existe, eu

coloquei o celular e ela passou a rezar. Não sabia qual era ou seria seu pedido, mas no dia seguinte ela me ligou e agradeceu profundamente por aquele favor, pois, após a ligação, ela logo se restabeleceu em sua saúde e até deu limpeza na casa no mesmo dia, graças à intercessão de Nhá Chica! Ela disse que não aguentava de dor e que se lembrou de Nhá Chica. Por isso, tem pedido a ela essa cura e tem sido atendida por inúmeras vezes. Em minha última viagem a Belém, levei uma imagem de Nhá Chica para ela e vários livros de novena e história de Nhá Chica, pois ela disse que quando viesse aqui gostaria de comprar vários objetos da santa, para propagá-la em nossa terra. E assim vem sendo feito. Agradeço a Nhá Chica por interceder a Deus por minha mãe, curando-a, bem como pelas graças que me concede sempre, abençoando muitas das minhas escolhas por intermédio do Espírito Santo. Obrigada. Márcia Cristina Motta Alckmin Cruzília – MG

Fiquei desempregado e, uma semana depois, fiquei sabendo de uma vaga em uma empresa com o meu perfil. Já conhecia a história de Nhá Chica pelos meus pais. Sendo assim, resolvi pedir sua intercessão. Pouco menos de um mês depois, recebi a graça. Então aqui está meu relato da graça alcançada por oração a Nhá Chica. Ewerton Luiz do Nascimento São José dos Campos - SP


Informativo Nhá Chica Notícias do Santuário e da ABNC março de 2011

Relatos de Graças Alcançadas Minha filha Patrícia supera as dificuldades auditivas a cada dia Minha filha, Patrícia, nasceu com problema auditivo profundo. Sempre teve uma grande dificuldade na escola, principalmente na alfabetização. A sua fonoaudióloga sugeriu, inclusive, que os estudos fossem encerrados quando Patrícia concluísse a 8ª série. Contudo, eu pedi muito a intercessão de Nhá Chica para que a ajudasse a fazer o Ensino Médio. Minha filha não só concluiu o Ensino Médio com notas muito boas como fez o curso técnico de prótese dentária. Agora ela quer fazer faculdade. Tenho certeza de que mais uma vez Nhá Chica intercederá por nós. Hoje viemos ao Santuário para agradecer por esta e por outras graças alcançadas

e eu trouxe uma foto de minha filha e a cópia do seu diploma.

Almerinda Alves Ferreira São José dos Campos - SP

Nhá Chica me mostrou onde estava o objeto perdido Sou coordenadora do Movimento Sacerdotal Mariano e ganhei do Papa João Paulo II uma cruz de dez metros para colocar em uma capela da cidade. Colocamos a cruz numa praça para depois fazermos a capela. Numa noite, sem que eu soubesse, foi retirada a cruz da praça. Pedi a Nhá Chica que me ajudasse a achá-la e ela me mostrou onde estava a cruz. Rita dos Reis Lavras – MG

Meu filho está novamente empregado Meu nome é Normélia, moro na cidade de Niterói (RJ). Conheci Nhá Chica e visitei o seu santuário em abril do ano passado. Tive ocasião de conhecer também a obra social tão bem administrada pelas Irmãs Franciscanas do Senhor. Em outubro do mesmo ano, faltando apenas um mês para seu casamento, meu filho foi demitido do emprego. Havia perspectiva de uma outra colocação dentro de um mês, o que acabou não acontecendo. Dirigi minhas preces à Nhá Chica, pedindo que ela intercedesse a Deus para que ele arranjasse uma colocação, pois estava casado, morando com a sogra, que tão carinhosamente acolheu os recém-casados, visto que minha casa é pequena. Conversei com ela, tal como ela conversava com Nossa Senhora... Disse que eu tinha certeza de que eu iria ao seu santuário para agradecer a ela pelo emprego do meu filho, e... no dia 23/01/11 meu filho me informou que recebeu a confirmação de um emprego. Portanto, Baependi, aqui vou eu agradecer no Santuário de Nhá Chica pela intercessão dela. Normélia Mendonça Niterói - RJ

Relate você também sua graça alcançada. Visite o Santuário de Nossa Senhora da Conceição, reze com fé. Conte ao mundo como sua fé em Deus está trazendo santidade para sua vida e transformando o seu caminhar. Nos procure para que sua história seja registrada no livro de graças.

7


Informativo Nhá Chica Notícias do Santuário e da ABNC março de 2011

Projeto Pedagógico 2011 educa para a preservação ambiental Um pouco antes de darem início a mais um ano de atividades, os educadores da Associação Beneficente Nhá Chica rezaram unidos às Irmãs Franciscanas do Senhor, pedindo bênçãos para este importante trabalho de resgate da cidadania junto a crianças necessitadas. Em seguida, dirigiram-se ao portão do pátio por onde os alunos chegariam para o primeiro dia do ano letivo. Todos foram recebidos com um canto de boas-vindas preparado pela equipe de educadores. No rosto de cada uma das crianças, um misto de felicidade e expectativa. Os pais contentes levavam seus filhos para o interior da ABNC, contando com mais este suporte na educação das crianças. Em seguida, juntos - pais, alunos, Irmãs e educadores - de mãos dadas num grande círculo que tomou conta do pátio principal da entidade, ouviram palavras de acolhida e rezaram a oração que Jesus nos ensinou. Iniciava-se mais um ano de repletas atividades.

As crianças e adolescentes atendidos na Associação Beneficente Nhá Chica recebem, dentro do projeto pedagógico, atenção especial sob uma única missão: serem educados para a cidadania. E nada mais direto dentro deste contexto do que abordar em 2011 o tema da Campanha da Fraternidade deste ano: “Fraternidade e a vida no planeta”. Dentro das aulas de Reforço Escolar, Informática, Inglês, Educação Física, Música, de trabalhos de Artes Manuais, no acompanhamento psicológico, enfim, em toda a vivência dentro da entidade e principalmente fora dela, os educandos serão levados a pensar e a repensar em como devem contribuir para a preservação ambiental. (Veja no box a baixo a expectativa da equipe pedagógica para este ano) Afinal, são estas crianças de hoje que estarão como atores sociais à frente dessa retomada pela preservação do planeta. No projeto educacional deste ano, o pensamento será levado a refletir sobre meio ambiente, preservação da água e das matas, cuidados com os animais, dentro de uma lógica cristã e de amor ao próximo.

Para que tudo funcione de acordo com as necessidades do projeto, além da equipe de educadores e monitores (a maior parte destes profissionais com graduação e pós-graduação em suas áreas), a ABNC conta com uma equipe de apoio, formada por cozinheiras, auxiliares de limpeza, lavanderia, horta e manutenção, porteiros e seguranças, pessoal da área de administração, entre outros. Estes formam uma grande equipe comandada pelas Irmãs Franciscanas do Senhor. Uma rotina que envolve, além das atividades pedagógicas, alimentação e acompanhamento da vida escolar das mais de 170 crianças atendidas, que ficam na ABNC por um período mínimo de quatro horas e frequentam aulas nas escolas regulares no outro período do dia. “Certamente nós temos que agradecer muito a Deus por este projeto e pela ajuda que recebemos de benfeitores o ano todo, sem os quais não poderíamos manter esta obra. Muito nos alegra saber da confiança que nos é depositada e, mais uma vez, agradecemos e contamos com esta preciosa colaboração” – afirma Irmã Claudine Ribeiro, diretora da ABNC.

Educadores abraçam PROJETO DE 2011 “Dentro do projeto deste ano, vamos promover algumas visitas a locais onde encontramos riquezas naturais da cidade e também a locais onde estas riquezas podem estar sendo degradadas. Vamos mostrar na realidade para as crianças a importância de se preservar, conscientizando todos da necessidade da preservação para a vida no planeta.” Ricardo de Castro Maciel Professor de Educação Física

“Nosso objetivo é conscientizar as crianças da importância da preservação ambiental; como afeta a vida delas, de suas famílias e comunidades. Vamos buscar educá-las para serem desde já pessoas voltadas a ajudar na preservação do planeta.” Rogéria de Souza Andrade Professora de Reforço Escolar

“Como o tema da CF deste ano faz com que todos sejam levados a exercer bem a cidadania, a gente espera que, através das crianças, possamos fazer um trabalho que tenha influência na família também; que gere atitudes diferenciadas na família, na comunidade, no meio onde todos vivem. E que todos nós, professores, funcionários, pais e alunos, tenhamos outra atitude em relação à preservação ambiental.” Flávia Maria Maciel Neves Psicóloga

“2011 será um ano diferente, no qual vamos trabalhar especificamente em nossa oficina de artes a reciclagem. Será uma contribuição direta ao tema deste ano da preservação ambiental, inserido no projeto pedagógico de 2011.” Dalila de Castro Amaral Souza Professora de Artes “Dentro deste tema, podemos trabalhar uma amplitude maior de habilidades com as crianças, debater assuntos que fazem parte da rotina de vida de todos, pois as questões ambientais estão na atualidade, provando, mais uma vez, a credibilidade do projeto educacional. Além disso, vamos fazer o acompanhamento nas aulas de reforço para que elas tenham um desempenho melhor no ano escolar. Com esta multidisciplinalidade vamos garantir que as crianças cresçam no conhecimento e na sabedoria.” Sandra da Silva Felizardo Professora de Reforço Escolar

8

“Estamos todos bastante animados com o tema deste ano, pois vamos, com certeza, colaborar com a preservação do planeta. Devemos começar a partir das crianças a conscientizar todos. Uma famosa frase define bem parte do nosso trabalho: educar as crianças para que não seja preciso punir os homens no futuro. São estas crianças que serão difusoras desta formação de cidadania. As crianças têm acesso à internet em nossas aulas e poderão descobrir novas coisas, saber mais a respeito da importância da preservação para o futuro delas mesmas.” Liana Salgado de Campos Professora de Informática


Informativo Nhá Chica #39 | Março de 2011