Issuu on Google+

Universidade Federal da Paraíba Centro de Ciências da Saúde Departamento de Nutrição

A EXTENSÃO POPULAR E A FORMAÇÃO DOS NUTRICIONISTAS: ESCUTANDO

A EXPERIÊNCIA ESTUDANTIL


O PINAB  Ações no campo da nutrição na perspectiva da Educação Popular;  Atuação: áreas adscritas à USF Vila Saúde;  5 grupos operativos

3 eixos de atuação


VISITAS DOMICILIARES

Crescimento humano e profissional Sensibilidade de nossas práticas Diálogo Formação de vínculos Cuidado integral


ACONSELHAMENTO DIETÉTICO Saberes populares + práticas clínicas = humanização

Valorização da subjetividades

Diálogo

Usuários provocados a participar da construção do plano


ACONSELHAMENTO DIETÉTICO  Participação ativa de todos os extensionistas  Estímulo da coordenação  Caráter humanístico às nossas práticas profissionais


ATIVIDADES COLETIVAS  Reuniões em grupo com a comunidade  Reuniões teóricas

 Situações práticas da comunidade: enriquecimento de nossos saberes

 Impacto sobre os estudantes: “eu”

“outro”

 Estímulo ao desenvolvimento pedagógico: conhecimentos em nutrição + saberes populares


DESAFIOS  Na universidade: extensão como algo secundário  Na USF:

* Práticas focadas em ações curativas * Formação dos profissionais centrada na doença e

medicalização das pessoas


PINAB  Desperta um maior conhecimento e comprometimento

com a comunidade  Convite ao rompimento com paradigmas cartesianos

 Estímulo à percepção da subjetividade dos seres: Educação Popular ampliação e enriquecimento de nossos horizontes  Estímulo Integralidade a autonomia e dialogicidade como estratégias para sistematização de práticas Formação de profissionais humanizados


PINAB!!!

Mostra na UFPB...

Oficina de avaliação... Oficina de integração...


“Qualquer desafio dentro da extensão popular se torna algo inovado, pois o desejo de fazer valer as palavras e a vida de Paulo Freire nos impulsiona a ir além de nossas barreiras e nossos medos. É aí que crescemos, pois quando abandonamos o nosso “eu” para vivermos a dimensão do “outro”, nossas práticas se humanizam e com isso nos sentimos impulsionados a sermos novos e eternos lutadores do mundo social.” Caroline Cabral


carolinescabral@hotmail.com

pinab@yahoogrupos.com.br


A EXTENSÃO POPULAR E A FORMAÇÃO DOS NUTRICIONISTAS: ESCUTANDO A EXPERIÊNCIA ESTUDANTIL