Issuu on Google+

O POVO DE BASTO

PORTUGAL

PUBLICAÇÕES PERIÓDICAS

4890 CELORICO DE BASTO TAXA PAGA

Quinzenário Informativo e defensor dos Interesses da Região de Basto

AUTORIZADO A CIRCULAR EM INVÓLUCRO DE PLÁSTICO FECHADO T AUT. DE5839/2002DCP-2 T PODE SER ABERTO PARA VERIFICAÇÃO POSTAL

Director: António Maria da Silva Teixeira ANO XVIII - 4.ª SÉRIE - N.º 305

20 de JULHO de 2012

CELORICO DE BASTO

Uma ronda pelas freguesias...

Preço 0,50 €

AgriCelorico

Tel. 255 323 142 Rua Rodrigo Sousa e Castro CELORICO DE BASTO

Concurso “Resíduos a Peso” premeia três escolas de Celorico de Basto

BRITELO Coordenação: Orlando Silva

Fotografias: Nicolau Bacelar

Colecione Suplemento d’ O POVO DE BASTO

páginas centrais

FILIPE MARINHO REELEITO PRESIDENTE DO CLUBE DESPORTIVO CELORICENSE

página 12

ESCOLA PROFISSIONAL DE FERMIL, CELORICO DE BASTO página 11

A CAMINHO DE SANTIAGO NOVO LIVRO DE LUÍS JALES DE OLIVEIRA página 21

Bar da Vinha António Teixeira Peneda

Aberto Todos os Dias

40 anos a ensinar, profissionalizar e desenvolver

página 2

CONSULTAS DE CARDIOLOGIA Dr. Sérgio Nabais

TEL. 255 382 642 TLM. 963 131 489 RUA VELHA 4880 MONDIM DE BASTO

(Médico Especialista do Hospital de Braga)

Clínica Celorico de Basto

Avenida da República - Centro Comercial das Oliveiras 4890-220 CELORICO DE BASTO (Junto aos antigos CTT)

T. 255 323 115 I F. 255 323 117 I Tm. 960 151 341


20-7-2012

O POVO DE BASTO

24 2

M E M O R A N D U M

por Orlando Silva

40 ANOS A ENSINAR, PROFISSIONALIZAR E DESENVOLVER A Escola Profissional de

“(…) Quero referir-me à criação

funcionamento no ano lectivo

técnicos de Turismo Ambiental

respectivos cursos. A Quinta

Fermil, Celorico de Basto foi

de uma Escola Agrícola (…)

de 1972/73.

e Rural e técnico de Gestão de

da Escola dispõe de recursos,

criada em 1972 como Escola

Além de satisfazer os anseios

Pequenas e Média Empresas e

como

Técnica (Secção da Escola

desta população agrícola que

Cooperativas.

vacaria, ETAR biológica para

Técnica da Régua) com os

vive da agricultura e para a

cursos gerais de Agricultura,

agricultura, de constituir um

Formação Feminina, Mecânica

“arranque” na racionalização

e

que

da lavoura, trabalhada ainda,

efectivamente

por processos atávicos, teria

às necessidades da região de

aquele Instituto educacional

Basto.

um vasto campo operacional,

Electricidade,

correspondia

o

Mas foi em Março de

na medida em que sendo

1970, aquando de uma visita

uma região de policulturas,

a Celorico de Basto de um

aqui

Subsecretário de Estado da

complementar e desenvolver

Administração

que

os seus conhecimentos de

Câmara

silvicultura, vinicultura, fru-

Municipal, Dr. Ernesto Limpo

ticultura, cerealicultura, olivi-

de Faria Leal, correspondendo

cultura, da cultura do linho, do

a uma velha aspiração de

mel, etc…”.

um grupo de personalidades

Em

o

Presidente

ligadas

ao

Escolar, da

mundo

rural,

os

alunos

31

de

poderiam

Dezembro

de 1971, por despacho do

lançasse, então, no Salão Nobre

Ministro

dos Paços do Concelho, um

criada uma Secção da Escola

repto ao membro do governo:

Técnica da Régua, entrando em

da

Educação,

foi

A

via

profissionalizante

– 12.º ano – Técnico de Agricultura-Agro

Pecuária,

Mais

recentemente,

viveiros

florestais,

tratamento de águas residuais,

deste

estufas agrícolas, vinha, adega,

ensino

centro equestre e residência

alteração,

para estudantes e professores.

denominar-se

Actualmente, no âmbito

Em 1992, passados vinte

Escola Profissional de Fermil,

dos cursos agrícolas, os alunos

anos da sua fundação e devido à

Celorico de Basto, permitindo

produzem Kiwis, leite e vinho

reforma do ensino e à dinâmica

ser facilmente identificável.

verde o que constitui o modus

foi criada em 1977, na Escola

a

Secundária de Fermil de Basto,

estabelecimento

o que permitia o acesso directo

sofreu

às Escolas Superiores Agrárias.

passando

do seu Conselho Directivo, adquiriu a

via

definitivamente profissional,

designação nova a

de

Com capacidade para 230

vivendi da escola.

alunos, esta escola foi criada

A Escola Profissional de

tendo

para servir as necessidades da

Fermil,

sido convertida em Escola

região, sobretudo nas áreas

tem uma parceria com a

Profissional de Fermil de Basto.

rurais, onde ganha especial

Universidade

destaque a agricultura.

no

Desde a inauguração em 5 de Maio de 2005 do novo edifício, de

construção

moderna,

acolhedora e funcional, esta escola tem diversificado a sua oferta de formação com o funcionamento dos cursos

Celorico

âmbito

de

Basto

Católica da

e

Formação

Profissional

em Contexto de Trabalho,

possui uma exploração agrícola

vulgarmente conhecido por

com mais de 23 héctares,

Estágios Profissionais, alguns

o que permite aos alunos

alunos

adquirirem competências nas

já passaram por empresas

áreas relacionadas com os

sediadas em França e no Brasil.

Esta

Escola

neste

ano

lectivo


20-7-2012

3

O POVO DE BASTO

CLUBE CAÇA E PESCA DISPUTA NA 1.ª DIVISÃO NACIONAL

Feito histórico na modalidade de Pesca Desportiva de Rio O Clube de Caça e Pesca de Celorico

na Pesca Desportiva, além de reunirem outras condições, quer financeiras quer logísticas, ao nível desta competição”.

de Basto (CCPCB) conseguiu, no ano

Aliás, a 1.ª Divisão Nacional inclui a

transato, um feito inédito no seu

participação de 14 clubes, de Norte a Sul

historial - a subida à 1.ª Divisão Nacional

do país, dois dos quais já alcançaram o

de Clubes de Pesca Desportiva de Rio,

título mundial da modalidade: Amorim

cujo campeonato teve início há cerca

Dias (Porto) e AP-Veja (Sta. Comba). Os

de dois meses. Primeiro, em Cabeção

restantes clubes em competição na 1.ª

(Alentejo), e, mais recentemente, em

Divisão Nacional são, além do CCPCB,

Cavez (Cabeceiras de Basto).

o Passal, Carapinheirense, Sodarca

Completadas as primeiras quatro

Browning, CAP Ribatejo, Casa Filipe, CAP

provas, o CCPCB enfrenta, ainda, mais

Lisboa, G. D. Benavente, S. L. Benfica,

duas provas, estas a decorrerem, nos

GAP-BAR & Trabuco, Bougadense e

dias 5 e 6 de Outubro, em Penacova

Eborense.

(Coimbra), cuja equipa em competição

Por outro lado, o desempenho da

é constituída por José Ribeiro, Adélio

modalidade de Pesca Desportiva de Rio

Machado, Augusto Carvalho, Fernando

do CCPCB é extensiva a outros escalões

Teixeira, João Fraga e Raúl Fraga, num

do Nacional, ao nível individual. É o

total de 16 elementos federados do

caso de José Ribeiro e Adélio Machado

clube.

(Nacional/Veteranos), Fernando Teixeira

Para o presidente da direção do

(2.ª Divisão Nacional), Raúl Fraga (3.ª

CCPCB, José Ribeiro, a subida ao

Divisão Nacional), João Fraga e José

escalão maior da modalidade de Pesca

Oliveira (1.ª Divisão Regional) e Ricardo

Desportiva de Rio “foi um objetivo muito

Gonçalves (Taça da ARNPD).

difícil de ser concretizado. Estamos

Tendo em vista os objetivos traçados

todos de parabéns e agora tentamos a

pela Seção de Pesca para a época 2012,

manutenção, honrando, assim, o clube

o CCPCB tem feito um grande esforço

e o próprio concelho de Celorico de

financeiro no sentido de manter todas

Basto”.

estas competições federadas, quer a

Um objetivo, à partida, nada fácil

nível de Clube quer a nível individual,

de ser concretizado, atendendo, em

destacando-se, em certa medida, o

sua opinião, “ao facto de estarmos a

apoio da autarquia local.

competir com clubes com larga tradição

M. C.

ANCORA D’IDEIAS


20-7-2012

O POVO DE BASTO

24 4

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE S. BENTO DE ARNOIA

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE S. BENTO DE ARNOIA

Lar - Apoio Domiciliário - Creche - Jardim de Infância

Lar - Apoio Domiciliário - Creche - Jardim de Infância

Mosteiro - Arnoia T 4890-044 Celorico de Basto Tel. 255 321 477 255 323 738 Fax 255 322 869 E-mail scmsb@clix.pt www.iscma.pt

Mosteiro - Arnoia T 4890-044 Celorico de Basto Tel. 255 321 477 255 323 738 Fax 255 322 869 E-mail scmsb@clix.pt www.iscma.pt

VENDA DE PRÉDIOS

- Sorte de Mato de Cova dos Lobos, com área total de 33 000 m2. - Sorte de Mato do Olival “Olival de São Jorge”, com área total de 3 800 m2 -Uma Morada de Casas com rés do chão e 1º andar com quinteiro e quintal área agrícola de 10 000 m2 -Tapada das Fonteirinhas com area de 6050 m2 -Cerrado do Tapadinho As propostas deverão ser entregues na secretaria da Santa Casa da Misericórdia no

ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA CONVOCATÓRIA Ao abrigo do n.º 2 do artigo 30º do “compromisso” e a pedido da Mesa Administrativa, convoco uma Assembleia

VENDE-SE

arrenda-se apartamento

T2 + 1, no Edifício Santiago, Rua Serpa Pinto, Vila de Celorico de Basto Contatar Telemóvel 918 904 743

VENDE-SE CASA

Vende-se em Vila Nova do Corgo, Celorico de Basto, uma casa de habitação de R/c e 1.º andar com 2+5 divisões, lagar e garagem. Tem terreno com a área de 2.800 m2, vinha e muita água de poço artesanal e furo. Contactar: Tel. 255 361 161 (Café Vila Nova)

ESCRITÓRIOS

Arrendam-se dois escritórios na Rua Serpa Pinto (Edifício da Caixa Geral de Depósitos), na Vila de Celorico de Basto. Contatar Telemóvel 966 049 129

Registo n.º 106 119 Quinzenário Regionalista Publica-se nos dias 16 e 30 PROPRIETÁRIO Herdeiros de José Carlos Ferreira Leite Venda Nova - Britelo 4890 Celorico de Basto

Extraordinária a realizar pelas 21 horas do dia 26 de Julho 2012

FICHA TÉCNICA

na sala de sessões da Instituição, com a seguinte Ordem de

Redacção:

Trabalhos:

António M. Silva Teixeira

1- Leitura da Acta da Reunião anterior.

Colaboradores:

2-Alienação da Casa Barroso Se à hora marcada, a Assembleia não puder realizar-se por falta de maioria legal, a reunião terá lugar meia hora depois, com a presença de qualquer número de Irmãos. Arnoia, Celorico de Basto, 09 de Julho de 2012 O Presidente da Mesa da Assembleia-geral, Engº Vitor Cerqueira de Vasconcelos

dia 6 de Agosto de 2012 pelas 15.00h

Em Souto Maior, Arnoia, Celorico de Basto, um terreno agrícola com 15.000 m2. Tem três nascentes de água. Bom local. Contatar Telef. 255 381 463

“O POVO DE BASTO”

VENDE-SE EM MOSQUEIROS Vende-se em Mosqueiros - Britelo, Celorico

Orlando Silva Perpétua Carvalho Teixeira da Silva Costa Pereira Joaquim Carvalho Nicolau Bacelar Enf.ª Andrea Bento Pedro Andrade Dr. Fernando Carvalho

de Basto, a 150 metros da estrada, dois campos

Anselmo Cerqueira

com a área aproximada de 3.000 m2.

Registo n.º 21981

Informa: Tel. 255 322 878

N.I.F. 901 170 291

ou 00351 626. 01.43.26 (França)

REDACÇÃO: Rua Serpa Pinto

“O POVO DE BASTO”, N.º 305, DE 20/JULHO/2012

Edifício Santiago Apartado 20

Tribunal Judicial de Mondim de Basto Secção Única

Largo Conde de Vila Real T 4880-236 Mondim de Basto Telef. 255 091 650 Fax 255 091 669 Mail: mondimb.tc@tribunais.org.pt

ANÚNCIO Processo: 104/12.7TBMDB

Interdição / Inabilitação

N/Referência: 469450 Data: 25-06-2012

Requerente: Ministério Público Requerido: Maria Lisete Gonçalves Henriques

Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a ação de Interdição / Inabilitação em que é requerido Maria Lisete Gonçalves Henriques, com residência em domicílio no Lugar de Brazes, Bilhó, 4880-000 MONDIM DE BASTO, para efeitos de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. Passei o presente e outro de igual teor para serem afixados. O Juiz de Direito, Dr(a). Cecília Peixoto O Oficial de Justiça, Alzira Nogueira

4890 Celorico de Basto Tlm. 914 159 875 e-mail: jornalpovodebasto@sapo.pt Depósito Legal n.º 1653/83 ASSINATURAS: (Pagamento adiantado) País - Ano 10 € - Europa 30 € (Iva incluído à taxa de 6%) Tiragem 3.000 exemplares Impressão: Gráfica Diário do Minho Braga


20-7-2012

5

O POVO DE BASTO

REFORMA ADMINISTRATIVA: IMPOSIÇÃO OU NECESSIDADE?

Eu sou boa...na cozinha Caros leitores: Nesta edição do jornal deixo-vos

uma

receita

muito simples de fazer e que todos vão adorar.

Pudim de leite condensado Ingredientes: 1 lata de leite condensado, 6 ovos, água. Preparação: Unte uma forma de pudim com caramelo. Misture o leite condensado com ovos e mexa bem. Encha a lata do leite condensado com água e junte ao preparado. Mexa. Leve ao lume em banho-maria durante cerca de 30 a 40 minutos. Para questões ou sugestões: xetasilva@gmail.com www.facebook.com/graciete.silva.12  Teve lugar no Auditório da

que esta reforma é inadiável e

verdadeira reforma deverá ser

Escola Superior de Tecnologia e

que da parte do governo tudo

feita, mas não nestes moldes,

Gestão de Felgueiras, integrada

fará para a executar, tendo

visto considerar ser “uma

no III Ciclo de Conferências,

sido esta posição refutada

profunda

que se realizou no passado dia

pelo representante do PS,

para as freguesias”.

28 de Maio, subordinada ao

uma vez que, e segundo ele, o

Por seu turno o Dr. Paulo

tema “Reforma Administrativa-

pressuposto da Imposição pela

Rebelo referiu a importância da

Imposição ou necessidade?”

Troika é falaciosa e que desta

participação das assembleias

reforma não resultará qualquer

municipais neste processo de

poupança ao Estado

reforma.

Esta

conferência

foi

organizada pelo 1.º ano de

No

Licenciatura em Solicitadoria

segundo

painel

Pós-Laboral e contou com um

contamos com a presença do

riquíssimo painel de oradores,

Presidente da ANAFRE

que em muito engradeceram

Armando Vieira, e do Prof.

a discussão de um assunto já

Doutor

de si actual mas amplamente

de

controverso.

Universidade

António

Oliveira,

Cândido

Professor do

Dr.

Minho

da e

A conferência foi moderada

Director do Nedal, bem como

pela destacada jornalista Isabel

do Presidente da Assembleia

Magalhães. O primeiro painel

Municipal de Felgueiras, Dr.

de discussão acerca do tema

Paulo Rebelo, para neste painel

Imposição

discutirem a agregação de

ou

necessidade,

contou com a presença do

freguesias.

representante da Secretaria de

Deste painel ficou-nos a

Estado da Administração Local

conclusão de que esta reforma

e da Reforma administrativa,

a acontecer nunca pode ser

Dr. Marco Claudino; pelo PS

imposta, terá que ter sempre

nacional, o Eng. Mota Andrade

a

e pelo PSD

Dr. Jorge Paulo

populações, na prespectiva do

Oliveira, ambos deputados da

Presidente da Anafre. Pelo Dr.

Assembleia da República, tendo

Cândido de Oliveira foi referida

ficado aqui a certeza dada pelo

a necessidade de uma Reforma,

representante do Governo de

mas não nestes moldes, uma

participação

activa

das

desconsideração

Esta Conferência, contou com diversos representantes das autarquias. Vários eleitos locais

fizeram

questão

de

comparecer, tanto do concelho de

Felgueiras

como

de

concelhos limítrofes. De referir vários Presidentes de Junta do concelho de Celorico de Basto, de Amarante, Paredes, Lousada eMarco de Canaveses, o que já de si representa a vontade de que uma boa informação permite sempre a melhor tomada

de

população

decisão. bem

Uma

informada

decide sempre melhor. Fica a ideia de fundo, a Reforma

Administrativa

é

necessária, mas só e apenas com

a

participação

das

populações.

Filomena Teixeira

OURIVESARIA E RELOJOARIA SILVA ANDRADE, LDA. Jóias, Ouro, Prata e relógios Executa todos os consertos Telef. 255 323 676 T Avenida da República, 29

4890 CELORICO DE BASTO

Aviso à população

A Câmara Municipal de Celorico de Basto alerta a

população para a possibilidade de existir um grupo de pessoas mal intencionadas que afirmam terem sido contratados pela Câmara Municipal para controlo da qualidade da água. Os indivíduos entram em contato com as pessoas, via telefone e posteriormente presencialmente, e realizam uma série de testes fictícios à água. Após os testes informam que a água está contaminada e sugerem a compra de um aparelho que terá a função de a limpar. A autarquia alerta todos os munícipes que não contratou nenhuma empresa de águas e alerta a população para a hipótese de burla.

O Jornal O POVO DE BASTO vende-se em CELORICO DE BASTO no QUIOSQUE AVENIDA


20-7-2012

O POVO DE BASTO

24 6

Celorico de Basto prepara-se para receber as “Festas do Concelho”

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE CELORICO DE BASTO

As Festas do Concelho em honra de S. Tiago vão decorrer em Celorico de Basto, de 25 a 29 de julho, uma festa marcada pela tradição e pelas músicas populares com o tradicional cortejo etnográfico como ex-libris. As festas têm inicio no dia 25 de julho, dia de S. Tiago, o padroeiro das festividades, e prolongam-se até ao fim de semana. No dia de S. Tiago, Celorico de Basto vai brindar a população com a atuação do clubedemúsica.com que abrilhantará o espetáculo com a presença de Fragmentos, Dona Lu e Rosamate. Este dia terá ainda um cunho religioso com a missa na capela de Nossa Senhora da Conceição, local onde se encontra o padroeiro, S. Tiago. E também destaque, no dia 25, a cerimónia de homenagem a diversas individualidades que irá decorrer pelas 15h00, no A Assembleia Municipal de

onde estavam os pareceres

Celorico de Basto reuniu no

das Assembleias e Juntas de

Também Carvalho é de

O teatro faz parte integrante das Festas do Concelho, com

passado dia 28 de Junho.

Freguesia em relação a esta

idêntico parecer e a sugestão

a peça “Esganarelo o Cornudo Imaginário”, interpretada pela

polémia reforma autárquica.

de agregação passaria pelas

companhia de teatro Filandorra, no dia 26. No dia seguinte, a

freguesias vizinhas de Infesta e

Academia de Música, Cooperartes, vai deliciar os presentes com o

Basto (Santa Tecla).

musical “ A bela e o monstro”.

Um dos pontos da Ordem de

Trabalhos

referia-se

à

A

quase

totalidade

Reorganização Administrativa,

pronunciava-se

especialmente

estar tudo com está.

ao

Agru-

por

deixar

auditório da Quinta do Prado.

quiser agregar.

Curiosa foi a posição de

No sábado, as emoções repartem-se por uma série de

Veade, ao argumentar que a

atividades com o desporto a preencher o dia. Primeiro, terão lugar

freguesia tem um posto dos

as “Rotas de S. Tiago em bicicleta com BTT e Estrada” depois,

CTT e uma Farmácia, pelo que

Celorico de Basto será percorrido num Rally Papper e à noite è a

ALUGA-SE NO ALGARVE PARA FÉRIAS

a ela se deviam agregar Gagos

vez das emoções do futsal com a final da liga feminina. A música

e Molares.

faz parte deste dia com a atuação do cantor popular Emanuel, a

Apartamentos T1 Situados em Torre, Armação de Pêra, com vista para o

dia 4 de Junho foi decidido

No Domingo, o destaque incide no tradicional Cortejo

mar, inserido num pequeno condomínio privado, numa zona sossegada.

por unanimidade, ou seja

Etnográfico que contará com dezenas de carros alegóricos a

Preparado para 4 pessoas. A habitação dispõe de 1 quarto com cama de

PSD e PS, que em relação ao

desfilar pelas ruas da vila de Celorico de Basto. Um desfile em que

concelho de Celorico de Basto

a sátira, as tradições e a cultura saltam à vista de quem assiste, e

se devem manter as actuais 22

que culminará com a já tradicional merenda de S. Tiago.

pamento de Freguesias.

A excepção veio da Junta

António Marinho Gomes

de Canedo de Basto que disse

apresentou um grosso volume

estar aberta a quem a ela se

casal ou duas individuais, roupeiro e cómoda. Cozinha equipada com fogão, máquina de lavar loiça, forno eléctrico, torradeira, varinha mágica, ferro de engomar, etc. A sala comum dispõe de sofá-cama, mesa com ca-

Em reunião ordinária da Câmara Municipal do passado

noite que conta, ainda, com o tradicional fogo de artifício.

No último dia das festividades a população poderá, ainda,

freguesias. Seria esta a resposta a

participar na caminhada “À volta do Castelo” e assistir às arruadas

dar mas como o prazo para o

e despique de Bombos com a presença dos Bombos de Agilde,

pronunciamento,

às

dos Amigos da União de Basto, dos Bombos do Agrupamento de

férias judiciais, foi prolongado

Escolas da Gandarela, dos Bombos de Sta. Maria de Moreira do

para o dia 15 de Outubro, a

Castelo, dos Caetanos de Gagos, dos Zés Pereiras de Carvalho, dos

Assembleia Municipal acabou

Zés Pereiras de S. Romão do Corgo e dos Unidos de Carvalho.

devido

por votar favoravelmente uma

O Festival de Folclore encerra as festividades com a atuação

proposta do PSD para que este

do Grupo de Danças e Cantares do Divino Salvador de Ribas, do

ponto da Ordem de Trabalhos

Rancho Folclórico da Gandarela, do Rancho Folclórico de Sta. Maria

fosse retirado.

de Canedo, do Rancho Folclórico do Centro Cultural e Desportivo

Só o deputado do CDS -PP, deiras e aparelho de TV. No terraço ou esplanada dispõe de uma mesa,

banda de música de Sta. Tecla e o grupo Rapariga Elétrica. Numa

Luís Castro Leal, apoia esta

dos Amigos do Castelo e do Rancho Folclórico Infantil e Juvenil de S. Bartolomeu do Rego.

cadeiras e guarda-sol. Jardim com piscina e barbecue. O apartamento é

Lei ao considerar que com o

Em todos os dias de festa, os Pólos Urbanos de Celorico,

disponibilizado com roupas que são mudadas semanalmente.

agrupamento de freguesias

Mota, Gandarela e Fermil serão palco das tradicionais alvoradas

as populações terão acesso a

destacando-se ainda a animação permanente no Parque Lúdico do

melhores serviços.

Freixieiro com as Tasquinhas das Associações.

Visite http://feriasalgarve-aldtorre-blogspot.com Contactar Telem. 916 518 053


O POVO DE BASTO

7

Grupo Desportivo de Codessoso venceu Torneio na cidade da Lixa

Festa a S. Caetano, em Gagos, dias 4 e 5 de Agosto

20-7-2012

As festas a S. Caetano, que se realizam no monte do mesmo nome, na freguesia de Gagos, Celorico de Basto, decorrem este ano nos próximos dias 4 e 5 de Agosto. Estas festas, que são das mais antigas da região, têm como de costume um vasto e variado programa onde se conjugam os actos religiosos com a animação. Do seu programa destacamos: Na sexta-feira, dia 27 de Julho, o início da novena em honra de S. Caetano (todos os dias, às 19 horas). A aparelhagem sonora Central Rádio, de Carlos Ribeiro, da Senhora da Hora, será

A

equipa

Grupo

Junho e a equipa de Codessoso

Codessoso,

foi a grande vencedora deste

de

venceu no passado dia 30 de

mítico torneio ao bater na

venceu

Junho, no Pavilhão da Casa do

final a equipa “Diogo Pinto

desta

Povo de Borba de Godim, na

Construções “ por 7-0.

fase de grupos e outros 4

Desportivo

do

de

Cidade da Lixa, o Torneio de

Esta equipa do concelho Celorico

de

todos

Basto

os

jogos

competição,

4

na

Juntou ainda à vitória

nas eliminatórias e final.

no torneio, os prémios de

Praticou um futsal de grande

Este torneio contou com

melhor guarda-redes, melhor

nível e foi conquistando o

a participação de 25 equipas,

marcador (18 golos) e melhor

público desde o primeiro

distribuídas por 5 grupos de 5

jogador da competição (eleito

jogo pela sua humildade e

equipas cada.

pelos

qualidade técnica e táctica

Futsal Borgas Cup.

Decorreu durante o mês de

companheiros

das

outras equipas participantes).

demonstrada. O público, que pagava uma quantia simbólica para assistir aos jogos, aderiu em massa a este evento. As

bancadas

repletas, quando

em jogava

estavam particular a

equipa

do Grupo Desportivo de Codessoso. tornava-se

O

pavilhão

pequeno

para

tanta gente. De louvar a excelente organização deste evento que conseguiu fazer um torneio

instalada no local das festas para transmitir música e todas as cerimónias religiosas. No dia 2 de Agosto, quinta-feira, das 17.30 às 19 horas, serviço de confissões. Na sexta-feira, dia 3, a partir das 17:30 h., adoração ao Santíssimo Sacramento, até às 19 horas. No sábado, dia 4, pelas 7 horas, o Grupo de Bombos “Os Caetanos de Gagos”, começam a percorrer a freguesia e a Vila de Fermil de Basto. Às 18 horas, encerramento da novena e missa vespertina, na Igreja Paroquial. O arraial principia às 22 h., com o Grupo Traz Show, que abrilhantará as festas até às 2 horas da madrugada. Pelas 0:30 horas, magníficas sessões de fogo preso e de jardim. No Domingo, pelas 9 horas, Entrada da Banda Musical de Santa Tecla, Celorico de Basto e meia hora depois da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Famalicão. Às 10 horas, sai da Igreja Paroquial com destino à Capela no Alto do Monte o Clamor em Honra de S. Caetano. Pelas 11 horas, Missa cantada e sermão. De tarde, a partir das 14:30 horas, desfile da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Famalicão. O Rancho Folclórico “Os Ceifeiros de Cantelães”, de Vieira do Minho, dão entrada às 15 h. e meia hora depois, concerto pela Banda Musical de Santa Tecla. Às 17 horas, Cantares ao Desafio com Fernando de Celorico, Irene de Vila Nova de Gaia e Marcelo de Celorico (tocador).

Ana Teixeira

de futsal com qualidade e

A Majestosa Procissão, com vistoso figurado alegórico e lindos

sem problemas, cativando o

andores, sairás às 19 horas. No final, continuam os cantares ao

ESTETICISTA

público, o que nem sempre é

desafio.

Edifício Mira Rio Rua Rodrigues de Freitas 4890 CELORICO DE BASTO

Telemóvel 967 226 554

fácil. O fair-play entre todos

A encerrar as festas, uma sessão de fogo.

os intervenientes ajudou a

Na terça-feira, dia 7, pelas 19 horas, Eucaristia solenizada pelo

este sucesso.

Grupo Coral da Paróquia de S. Tiago de Gagos.


20-7-2012

O POVO DE BASTO

24 8

PEREGRINAÇÃO AO SAMEIRO

HOMENAGEM AO MEU AMIGO DE INFÂNCIA NA ESCOLA O meu amigo de infância, E companheiro de carteira, Foi criado com os tios, Na velha casa da Ribeira. O meu amigo de infância, Teotónio é o seu nome. Quando eu não levava pão, Ele matava-me a fome.

No pasado dia 23 de Junho

executivos pelo empenho e

difícil, da história do nosso

realizou-se uma Peregrinação

trabalho desenvolvido para a

país, queremos que este dia

ao Santuário do Sameiro, da

realização desta importante

seja aproveitado para o lazer

Arquidiocese de Braga, numa

iniciativa.

e convívio, e, ao mesmo

harmoniosa

Igualmente

colaboração

agradeceu

entre a Câmara Municipal e

o

do

valores tão importantes na

as Juntas de Freguesia.

Arciprestado de Celorico de

vida do ser humano, como a

Basto, no desenvolvimento da

solidariedade e a amizade.”

O presidente da Câmara, numa

mensagem

dirigida

aos peregrinos, considerou

envolvimento

tempo, dar mais força a

componente religiosa desta actividade.

que esta visita, a um local

“A

tão marcante, ajudará a que

através

A Eucaristia foi celebrada pelos Rev.mos P.e Albano

comunidade,

Costa, P.e Parcídio Rodrigues

diferentes

e P.e Alexandre Agostinho

todos possam sentir uma

freguesias, todos os anos

Teixeira de Sá, na Cripta do

força

importante

participa em passeios convívio

Santuário do Sameiro.

para podermos enfrentar as

organizados pelas Juntas de

No final cada freguesia

dificuldades tão acentuadas

Freguesia, sendo certo que o

levou os seus peregrinos para

em que vivemos.

convívio é essencial, para dar

diferentes pontos do norte do

mais força aos elos da nossa

país, desde S. Bento da Porta

comunidade.

Aberta à Povoa de Varzim.

interior,

Aproveitou

também

para felicitar os Presidentes de

Junta

e

respectivos

Num

nossa das

momento

muito

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAMEIRO “Virgem Imaculada, Nossa Senhora do Sameiro, Mãe do “Menino” posto como “sinal de contradição”: junto do Vosso Filho Jesus Cristo, cujas palavras conserváveis e meditáveis no Vosso Coração, dai a todas as famílias de Portugal a graça de saberem ouvir e guardar fielmente a palavra de Deus! Mãe do Verbo Divino na Sagrada Família de Nazaré, obtendo para estas famílias a harmonia, o amor e a graça! Que nelas nunca seja a contradição “o sinal”, nunca seja contradito o amor de Deus misericordioso, manifestado em Jesus Cristo. Amém”. Papa João Paulo II Sameiro, 15 de Maio, 1982

PAGAMENTO DE ASSINATURAS Informamos os nossos prezados assinantes que o pagamento da assinatura do Jornal O POVO DE BASTO pode ser efectuado na nossa redacção na Rua Serpa Pinto, Edifício Santiago, ou através de cheque ou vale postal para o Apartado 20, 4890 Celorico de Basto, ou ainda através do NIB 0007 0000 0001 9920 212 23

Quando eu não levava nada, A ele eu me juntava, E ele dividia comigo, O que a tia lhe mandava. Levava um lanche variado, Que não era nada mau. Pão fresco e azeitonas, E bolinhos de bacalhau. Levava sempre algo mais, Além do naco de pão. E partilhava comigo Como se eu fosse seu legítimo irmão. Levava sempre algo mais, Além da broa de milho. E partilhava comigo, Como faz um pai p’ra um filho. Levava sempre algo mais, Além do naco de pão. Lascas de bacalhau cru, Ou rodelas de salpicão. O meu amigo de infância, Que me dava do seu pão, Trago-o dentro do meu peito, Ligado ao coração. Do meu amigo de infância Eu guardo recordações. Quando me dava do seu lanche, Nos intervalos das lições.

David Gomes Agilde


20-7-2012

9

O POVO DE BASTO

CELORICO DE BASTO RECLAMA JUSTIÇA

no mesmo dia e em horário útil. que,

os

Senhores Magistrados podem continuar

a

deslocar-se

ao nosso tribunal, como o fazem actualmente, gerando maior

que,

uma pessoa residente em Celorico de Basto que tenha direito a apoio judiciário na

Celorico

são processados todos os

de Basto, da Ordem dos

processos, com excepção dos

Advogados,

de

de competência do tribunal de

reunirem entre si, e os seus

trabalho, numa instância local

órgãos,

com um “volume processual

Delegação

de

depois

decidiram

tornar

público, de forma conjunta,

expectável

o

especialização

seguinte

comunicado,

subsistente

à

proposta”

relativamente à proposta do

de 338 processos crime e

Quadro de referência para

cíveis, quando actualmente o

a Reforma da Organização

numero de processos cíveis,

Judiciária

crime e inquéritos, e não

pela

apresentada

Direcção-Geral

Administração (DGAJ),

no

da

da

Justiça

Tribunal

de

Celorico de Basto: Considerando esta

proposta,

incluindo cartas precatórias, foi no ano de 2011, de 1423. Considerando que, este caminho a ser seguido, poderá

que,

abrir espaço no futuro, para a

pretende

justificação de uma eventual

transformar a nossa comarca,

maior

desclassificação

do

José Pinto Queirós

número

menor,

situação

que será agravada com a anunciada transferência do processo de inventário para

modalidade de nomeação de

patrono

ao escritório do seu patrono nomeado que pode ser em Vieira do Minho, Esposende, Famalicão,

poderão vir na sua sequência.

qualquer

que

a

proposta, visa tramitar e julgar em Guimarães, todos os e

processos

de

Menores,

Execuções,

Família Trabalho,

Comércio,

e

Oposição às mesmas, Crime e Cível, acima dos 30 mil euros. Considerando que, tendo que ir para Guimarães, para julgamentos, procedimentos, e adiamentos, os nossos munícipes

pagarão

as

(advogado)

poderá ter que se deslocar

os notários, e com outras que Considerando

Amares outro

ou

concelho

do distrito de Braga, para o consultar e preparar o processo

que

pretenda

propor ou que contra ela corra termos em Celorico de Basto ou em Guimarães, para por exemplo exigir alimentos do progenitor (pai ou mãe) que abandonou a família e não contribui para a alimentação e sustento do filhos menores. Considerando

que,

a

diminuição para menos da

elevadas taxas de justiça,

quarta parte dos processos

acrescidas das deslocações

em relação a 2011, a correr

ao Tribunal de Guimarães,

no nosso tribunal, vai trazer

Executa todos os trabalhos de construção

que serão ainda dificultadas,

uma redução drástica de

pelo fato de os transportes

afluência de pessoas à sede

Tel. 93 942 84 03 - 255 381 729

públicos, não terem carreiras

do concelho, com reflexos

Secas de Campos

que permitam o transporte

bastante

de ida e volta de todas as

restauração e comércio, do

freguesias, para Guimarães,

concelho.

(Coelho)

4880 MONDIM DE BASTO

A

Câmara

Municipal

clara e objetiva, manifestam

Considerando

a

benefício dos seus utentes.

os limites de terrenos, ou

concelho, outras acções.

pois, os processos serão em

resultar ainda num maior

dos Advogados, de forma

de viação ocorrido no nosso

competência genérica onde

pode

se discuta a propriedade e

divisão de águas, um acidente

de Celorico de Basto, e

aproveitamento,

Delegação Local da Ordem

aqueduto, de reivindicação ou

Tribunal de Celorico de Basto,

margem

benefício de uma ação onde

de passagem, de servidão de

que detém um tribunal de

de

cuja

de Celorico de Basto e a

reconhecimento de servidão

Municipal

qualidade,

para

uma ação de constituição, ou

Câmara

o

possui instalações de elevada

proximidade,

designadamente,

A

que,

Tribunal de Celorico de Basto,

Considerando

uma

Considerando

negativos

na

a sua posição absolutamente contrária

à

proposta

da

Reforma da Reorganização Judiciária, informando a sua determinação, em recorrer a todos os meios à sua disposição

para

defender,

os superiores interesses da população do município. Este modelo, ao contrário do apregoado, irá afastar ainda mais as pessoas da justiça a que têm direito, tornando a mesma mais lenta,

sem

qualquer

poupança para o estado, e com encargos acrescidos, aos já muito elevados encargos suportados pelos cidadãos. A

Câmara

Municipal

de Celorico de Basto e a Delegação Local da Ordem dos Advogados, diretamente, e

através

nacionais

das

estruturas

onde

estão

inseridas, estão disponíveis para participar, de forma ativa e construtiva, num modelo que promova a melhoria efetiva

do

funcionamento

da Justiça, em Portugal, e na região. Apelamos português, forma

ao para

governo agir

equilibrada,

de para

melhorarmos a Justiça no nosso país, e a imagem das pessoas perante a mesma, sensibilizando ainda, para as graves consequências sociais e económicas desta medida no nosso concelho, e no país.


20-7-2012

O POVO DE BASTO

24 10

CEMITÉRIO MOREIRA DO CASTELO Piscinas ao ar livre de Codessoso abriram portas COM OBRAS DE AMPLIAÇÃO O

presidente

Câmara

O

da

Municipal

cemitério

Moreira

do

de

obra encontra-se em fase

Castelo

avançada de construção

de Celorico de Basto,

encontra-se

Joaquim Mota e Silva,

de

deslocou-se à freguesia

forma

de Moreira do Castelo,

às

dos

Esta obra é executada

a fim de verificar a

paroquianos, uma vez

pela junta de freguesia de

evolução das obras de

que o espaço anterior

Moreira do Castelo, pela

ampliação do Cemitério

não era suficiente. 

paróquia da freguesia e

Paroquial.

em

fase

com mostras de estar

ampliação

de

perto da sua conclusão

a

responder

necessidades

Neste momento, a

efetiva. 

pela Câmara Municipal. Os meses quentes de verão são a altura ideal para frequentar o complexo das piscinas Municipais de Codessoso que abriram, oficialmente ao público, para época balnear, no dia 1 de julho com as condições indicadas para receber os banhistas. O equipamento fica situado no Parque de Lazer de Fiães de Cima e é um dos vários empreendimentos turísticos do concelho que promove a prática desportiva e, simultaneamente, o lazer e bem estar procurados pela população em tempo de férias. Este equipamento procura responder às necessidades de manutenção da saúde e ocupação dos tempos livres e está aberto durante toda a semana, das 10 às 13 horas e das 15 às 19 horas. O complexo é composto por duas piscinas, uma com dimensões de 20m X10m e profundidade de 0,90m e 2m, destinada a jovens e adultos e outra para crianças com 5mX10m e profundidade máxima de 0,40m, oferece condições de segurança aos visitantes e está vigiada durante o horário de funcionamento.

CENTRO DE EMPREGO DE BASTO Lugar do Casal, Arco de Baúlhe 4860-068 Cabeceiras de Basto Tel. 253 665 513 / 14 e-mail:cte.basto@iefp.pt Nome da Profissão

N.º Oferta

As ofertas de emprego divulgadas fazem parte da Base de Dados do Instituto do Emprego e Formação,IP. Para obter mais informações ou candidatar-se dirija-se ao Centro de Emprego indicado ou pesquise no portal http://www.netemprego. gov.pt/ utilizando a referência (Ref.) associada a cada ofetta de emprego. Alerta-se para a possibilidade de ocorrência de situações em que a oferta de emprego publicada já foi preenchida devido ao tempo que medeia a sua disponibilização e a sua publicação

Indicação do Regime de Trabalho (a tempo parcial ou completo) e Informações Complementares

Nome da Freguesia / Concelho a que respeita o Posto de Trabalho a ser preenchido

Chefe de Cozinha

587812143

A Tempo Completo, com experiência de 3 anos

Cabeceiras de Basto

Cabeleireiro

587814196

A Tempo Completo, com formação profissional e experiência mínima de 3 anos

Técnico de Manutenção

587805553

A Tempo Completo, com experiência de 5 anos

Cabeceiras de Basto

Cortador de Peles - Calçado

587805965

A Tempo Completo, com experiência de 5 anos

Cabeceiras de Basto

Costureira

587808628

A Tempo Completo, com experiência em corte cose e máquinas de baínhas

Cabeceiras de Basto

Costureira

587809384

A Tempo Completo, com experiência em corte cose e ponto preso

Cabeceiras de Basto

Costureira

587788505

A Tempo Completo, com experiência em corte cose e ponto corrido

Cabeceiras de Basto

Calceteiro

587817183

A Tempo Completo, com experiência

Cabeceiras de Basto

Engomador Mecânico

587820016

A Tempo Completo, com experiência Mínima de 3 anos

Carpinteiro de limpos

587823239

A Tempo Completo, com experiência Mínima de 3 anos

Encarregado(a) Calçado

587823549

A Tempo Completo, com experiência Mínima de 5 anos

Celorico de Basto

Costureira

587801084

A Tempo Completo, com experiência em corte e cose e ponto corrido

Celorico de Basto

Celorico de Basto

Celorico de Basto


20-7-2012

11

O POVO DE BASTO

FILIPE MARINHO REELEITO PRESIDENTE DO CLUBE DESPORTIVO CELORICENSE No passado dia 30 de Junho realizou-se na sede da Junta de Freguesia de Britelo a Assembleia Geral do Clube Desportivo Celoricense. Da ordem de trabalhos constava a apresentação de

Um dos objectivos desta

contas da época 2011/2012 e a

Direcção

eleição dos Órgãos Sociais. Filipe

Marinho

pôs

à

disposição dos sócios presentes um

resumo

da

situação

financeira do Celoricense e fez uma explicação detalhada das receitas e despesas. As

receitas despesas

negativo em 13.937,62 euros. As contas foram aprovadas

lista, com Filipe Marinho como candidato a presidente do Clube Desportivo Celoricense, que foi eleita por voto secreto. A nova direcção do Clube apresenta pequenas alterações em relação aquela que dirigiu o Desportivo nos últimos dois anos.

apesar de relativamente baixos,

Celoricense.

não se poderão manter.

Este objectivo tem sido

Alertou também para as

prosseguido nos últimos dois

alterações que se avizinham no

anos e os resultados já se fazem

futebol com a supressão da 3.ª

sentir no aumento significativo

divisão nacional. Nessa época só se manterão

que

a

situação

na agora designada divisão de Honra meia dúzia de equipas, descendo todas as restantes.

continuar e se nesta época ela

Foi ainda votado um voto

não melhorar em 2013/2014

de louvor à Direcção, aprovado

o Desportivo Celoricense vai

por unanimidade.

ter que jogar com uma equipa

por unanimidade.

Foi apresentada uma única

do número de sócios do

deficitária do Clube não pode

O resultado do exercício foi

épocas.

ordenados que agora se pagam,

dúvidas

euros.

de listas para as próximas duas

aumento

Filipe Marinho não tem

89.539,37

Seguiu-se a apresentação

o

das receitas.

totalizaram

75.601,75 euros. As

é

muito mais amadora, onde os

Filipe Marinho pediu a palavra para dar a conhecer os pontos principais do seu programa. A equipa senior vai manter o treinador e a maior parte dos atletas da época finda. O objectivo é a manutenção na divisão de honra da A. F. Braga. Quanto às finanças do Celoricense,

disse

que

a

situação das receitas não pode

de

Das receitas, as verbas mais importantes são:

subsídios da Câmara Municipal,

Subsídio da Câmara Municipal - 20.260 euros.

devido à forte contenção de

Donativos e Publicidade - 10.240,12 euros.

despesas porque passa o nosso

Jogos Natalícios - 5.157 euros.

município, a exemplo do que se

Quotas dos Associados - 8.400 euros.

passa no país.

Bilheteira - 6.652 euros.

ser

melhorada

através

Também as receitas de

Sorteio nos jogos em casa - 1.915 euros

publicidade não têm tendência

Mensalidades (formação - 3.736,25 euros

a aumentar devido à conjuntura

Bar - 6.397 euros.

que afecta as empresas tanto

Empréstimo de sócios - 11.416,58 euros.

da indústria como do comércio e serviços.

No que se refere às despesas, as mais significativas são: Despesas com a equipa sénior - 38.356 euros. A. F. Braga - 19.319,85 euros. Funcionários (Roupeiro e Limpeza) - 6.600 euros Massagistas - 4.000 euros. Despeas médicas - 750 euros. Treinadores juniores - 2.400 euros. Treinadores Juvenis - 1.600 euros. Treinadores iniciados - 1.200 euros. Treinadores Infantis - 800 euros. Treinadores pré escolas - 800 euros. Treinadores de Guarda Redes Jovens - 400 euros. GNR - 1.578,69 euros. Equipamentos e Bolas - 2.327,16 euros. Gasóleo - 1.112,19 euros Manutenção de Viaturas - 1.515,64 euros


20-7-2012

O POVO DE BASTO

24 12

Concurso “Resíduos a Peso” premeia três escolas de Celorico de Basto

“O empenho destas crianças e

tendo em consideração o peso

educadores

das embalagens entregues e o

nesta

iniciativa

são um exemplo a seguir pelos mais velhos, colegas e encarregados

preenchido por três escolas de

para que contribuam para o

Celorico de Basto com o Jardim

bom ambiente no concelho”

de Infância de Covas, Carvalho,

salientou.

em primeiro lugar, o Jardim de o

objetivo

de

Infância de Moreira do castelo,

incentivar as crianças e jovens

em segundo e em terceiro

para a separação dos resíduos

e último lugar o Jardim de

sólidos Urbanos, a iniciativa

Infância de Assento, Fervença.

incidiu na aquisição de resíduos destinados

ao

contentor

amarelo do ecoponto. nistrador

de junho, no Salão Nobre da

Executivo

Os

prémios

entregues

pelo

foram presidente

da Câmara Municipal, pelo

Gerardo Menezes, Admi-

Decorreu no passado dia 28

O pódio do concurso ficou

educação,

Com

de

número de alunos da escola.

Administrador Executivo da

da

Resinorte e pelo diretor do

Resinorte, deixou patente que

Agrupamento de Escolas de

a iniciativa teve por missão

Celorico de Basto, a referir,

“incentivar os jovens para a

um computador portátil para

de 30 kg por aluno, num total

que promovam a saúde do

separação e valorização dos

o primeiro classificado, uma

de 15 alunos.

ambiente.

resíduos sólidos e urbanos

televisão LED para o segundo

Estas

iniciativas

Câmara Municipal de Celorico

Uma iniciativa que destacou

são primordiais para incutir

numa

alterar

e uma máquina fotográfica

de Basto a entrega de prémios

a preocupação ambiental no

nas crianças o gosto pela

comportamentos em benefício

para o terceiro. Na cerimónia

às três escolas vencedoras de

concelho de Celorico de Basto

preservação ambiental, criando

do meio ambiente”.

de entrega dos prémios esteve

um concurso promovido pela

tal como referiu o presidente

hábitos saudáveis em prol do

Uma ação direcionada a

Resinorte, “Resíduos a Peso”,

da autarquia, Joaquim Mota e

bem estar da comunidade”,

todas as escolas do Pré-escolar,

personalidades,

todas elas do concelho de

Silva, presente na cerimónia de

referiu o autarca.

1º, 2º e 3º Ciclo do Ensino

da autarquia responsável pelo

Celorico de Basto.

entrega dos prémios. “Celorico

O diretor do agrupamento

Básico dos concelhos da área

Ambiente, Fernando Peixoto.

de Basto é um concelho que

de escolas, Marcelino Mota,

de abrangência da Resinorte e a

O concurso contou com a

Covas, Carvalho, foi o vencedor

tem

ativamente

presente na iniciativa mostrou-

classificação dos participantes

participação de 18 escolas e

ao arrecadar 486,95 kg de

na reciclagem com a criação

se satisfeito com o sucesso dos

decorreu de acordo com a

recolheu milhares de Kg de

resíduos o que dá uma média

de

jardins de infância do concelho.

média aritmética mais alta

resíduos.

O Jardim de Infância de

trabalhado diversos

protocolos

Prendinha BAZAR • Papelaria

• Livraria

Visite-nos no Edifício S. Tiago (Loja ao lado do Restaurante S. Tiago) CELORICO DE BASTO

ótica

de

presente, para além de outras o

vereador

O POVO DE BASTO NA INTERNET

As últimas edições deste jornal estão disponíveis na Internet em issuu.com devendo procurar jornalpovodebasto


CELORICO DE BASTO Uma ronda pelas freguesias...

BRITELO

Coordenação: Orlando Silva Fotografias: Nicolau Bacelar Suplemento do Jornal O POVO DE BASTO, n.º 305 de 20 de Julho 2012

A

freguesia de Britelo, constitui significativamente a sede do concelho de Celorico de Basto e tem uma área total de 6,61 Km2. Na obra “As Vilas do Norte de Portugal”, Alberto Sampaio defende que etimologicamente o topónimo Britelo deriva de Britus, nome pessoal hispânico, donde proveio Britto – mais o sufixo “elo” muito usado na Idade Média, chegamos assim a Britelo. Já aparece mencionado em documentos do final do século X, como “Alla Villa de Britelo quos quit de Pelagio e Felicia”. Britelo foi Abadia de Apresentação alternada da Mitra e Ordem de S. Bento, doada ao Marquês de Valença em 27 de Abril de 1719. Devido ao grande isolamento da povoação do Castelo de Arnóia, até então sede do concelho, D. João V determina a mudança da Villa de Basto em Arnóia, para o lugar de Freixieiro, junto ao rio com o mesmo nome, em Britelo, ficando conhecida como Vila Nova do Freixieiro, actualmente Celorico de Basto.

Esta transferência da sede do concelho e Comarca de Celorico obrigou à construção da Casa da Câmara e outras repartições públicas, com casa de audiência e mais casas para os Juízes de Fora assistirem, contribuindo os moradores da vila com toda a despesa, para se fazer a dita obra que foi concluída em 1723. A Casa da Câmara (Marquês de Valença) possui sobre a porta da audiência as armas reais, de notável execução, e, em 31 de Agosto de 1722, já foi possível realizar a primeira audiência. Estas Casas de Residência e Auditório da vila de Celorico de Basto, juntamente com a cadeia, a capela de Santa Maria (hoje inexistente), a implantação de pelourinho e um pontão de madeira sobre o rio Freixieiro, foram as primeiras obras públicas levadas a cabo na Vila de Freixieiro, de modo a que, os moradores e os juízes não sentissem a falta de comodidades que experimentavam na antiga Villa de Basto. Nos finais do século XIX e princípios do século XX,

com os dinheiros provenientes do Brasil, o aparecimento de construções particulares ganhou um assinalável incremento e progresso. A Vila expande-se para norte da Praça Albino Alves Pereira e ao longo da Avenida da República.

Mas a alteração mais profunda e significativa na sede do concelho ocorreu em 1994 com a decisão da autarquia de criar uma nova centralidade para a sede do concelho. O espaço escolhido foi a extensa área compreendida entre a Quinta do Prado e Quinta de S. Silvestre e espaços marginantes do Rio Freixieiro que atravessa a freguesia de Britelo e vai desaguar ao rio Tâmega.

No que diz respeito ao património edificado destacamos a Igreja de S. Pedro de Britelo, de construção barroca e edificada muito provavelmente no final do século XVII. A capela de Nª Srª da Conceição foi construída em substituição de outra mais antiga, a Capela de Santa Maria, no lugar de Freixieiro, que foi demolida.

SÃO PEDRO, PADROEIRO DE BRITELO “E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos céus: Tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus”. Evangelho de São Mateus,

16. 18-19

São Pedro, antes de se tornar um dos doze apóstolos de Jesus Cristo, de seu nome Simão, filho de Jonas, era pescador no mar de Galileia. A mudança do seu nome significa que Jesus comparava Simão a uma rocha. Segundo a

tradição defendida pela Igreja católica, S. Pedro sempre sobressaiu entre os restantes discípulos, o que o levou a ter um lugar de primazia sobre o Colégio Apostólico. Aliás, pela leitura dos evangelhos, parece que antes do seu chamamento por Jesus, Pedro já fazia parte do círculo dos discípulos de João Baptista. Pedro conheceu Jesus quando este lhe pediu uma barca, de forma a poder pregar a uma multidão de gente que o queria ouvir. No final da pregação, Jesus disse a Pedro que fosse pescar de novo com as redes em águas mais profundas. Pedro

Praça Albino Alves Pereira A capela de Nª Srª da Saúde, terá sido construída no início do século XVIII, e é considerada pelo prof. Pedro Gonçalves, um dos mais belos exemplares do barroco joanino. O Pelourinho de Celorico de Basto, classificado como Imóvel de Interesse Público, foi construído em 1734 e simboliza a sua independência municipal. É um Pelourinho de roca, com remate esférico, do qual apenas resta, de origem, a base, a coluna e o capitel. No que diz respeito ao pa-

trimónio senhorial, merece destaque a Casa de Mosqueiros, e a Casa do Prado, que terá sido edificada nos séculos XVI (torre) e XVIII (casa). É um conjunto quinhentista, com portal principal oitocentista e jardim de buxo típico da região. A fachada principal, simétrica, tem no centro uma loggia. O centro urbano da sede do concelho de Celorico de Basto abrange, actualmente, algumas franjas das freguesias de Arnóia e Gémeos e parte significativa da freguesia de Britelo.

tinha passado a noite a pescar mas sem grande sucesso. Mas, confrontado com o pedido de Jesus, não hesitou e fez-se ao mar e o resultado foi tão bom que as redes iam rebentando e a barca quase se afundava. Numa atitude de humildade e espanto, Pedro prostrou-se perante Jesus, que o encorajou a seguilo, dizendo que o tornará “pescador de homens”. S. Pedro, Chefe dos Apóstolos, tornou-se o primeiro Bispo de Roma durante vinte e cinco anos, sendo considerado o primeiro Papa da Igreja Católica. A Comunidade de Roma (actualmente Santa Sé) foi fundada pelos apóstolos Pedro e Paulo. Foi em Roma, que Pedro

sofreu o martírio durante a perseguição de Nero, no ano 67 d.C. E é perante a Cruz que pede aos carrascos que o crucifiquem de cabeça para baixo, pois que não é digno de morrer na mesma posição em que morreu Cristo. A imagem do Apóstolo S. Pedro é apresentada segurando duas chaves, símbolo do poder de ligar e desligar (jurisdição). A sucessão papal de S. Pedro começou com S. Lino (ano 67 d.C.) e actualmente é exercida pelo Papa Bento XVI. A sua festa litúrgica é no dia 29 de Junho, sendo uma das mais antigas e mais solenes do ano litúrgico. S. Pedro é padroeiro dos Papas e dos pescadores.


II

Património Arquitectónico

Igreja Paroquial de S. Pedro de Britelo Assento Capela de N.ª Senhora da Conceição Vila Capela de N.ª Senhora da Saúde Sr.ª da Saúde Capela de Santa Luzia Santa Luzia Capela de Santa Iria Seturrada Casa brasonada da Cadeia / GNR Passeio Público Casa brasonada dos Carvalhos R. 5 de Outubro Casa brasonada do Marquês de Valença Passeio Público Casa brasonada de Mosqueiros Mosqueiros Casa brasonada do Outeiro Outeiro Casa da Aldeia Crespos Casa dos Arcos Mosqueiros Casa da Avenida Av. da República Casa Barroso Praça Albino Alves Pereira Casa de Britelo Britelo Casa do Burguete Vila Casa da Canelha Mosqueiros Casa do Casal de Baixo Seturrada Casa da Cruz Cruz Casa dos Desvalidos R. Serpa Pinto Casa da Eira R. 5 de Outubro Casa da Fareleira Mosqueiros Casa dos Farias Pr. Albino Alves Pereira Casa da Levada Largo Dr. Marinho Dias Casa dos Magistrados Av. João Pinto Ribeiro Casa da Mota Rua Serpa Pinto Casa do Nascimento Monte Casa do Outeiro Ribeira Casa do Paço Seturrada Casa de Parriques Seturrada Casa de Pereira Pereira Casa do Pomar R. Geraldo da Cunha Casa do Povo de Celorico de Basto Av. João Pinto Ribeiro Casa do Prado Prado Casa da Quinta da Corredoura Corredoura Casa de Quintela Mosqueiros Casa da Residência Paroquial Assento Casa da Ribeira Ribeira Casa da Roda Largo Dr. Marinho Dias Casa de Seixomil Seixomil Casa da Senhora da Saúde Senhora da Saúde Casa dos Tojais Tojais Casa do Toro Seturrada Casa da Vinha de Baixo Mosqueiros Casa da Vinha de Cima Mosqueiros Alminhas de Boeiros Boeiros Alminhas da Cruz Cruz Alminhas da Paixão Paixão Alminhas da Venda Nova Venda Nova Busto de João Pinto Ribeiro Pr. A. Alves Pereira Centro de Saúde Av. João Pinto Ribeiro Cruzeiro do Cemitério Largo do Cemitério Cruzeiro dos Centenários Cruz Cruzeiros da Via Sacra R. Monsenhor Magalhães Lima Edifício da Câmara M. Celorico de Basto Praça do Cardeal Edifício da Junta F. de Britelo R. 5 de Outubro Edifício do antigo Tribunal Passeio Público Estação da C. P. de Celorico de Basto R. Dr. Castro Leal Estátua do Cardeal D. António Ribeiro Pr. do Cardeal Estatua “Estudo da Elipse” Vila Estátua de S. Pedro Vila Fonte do Tanque Tanque Fonte da Vila Pr. Albino Alves Pereira Moinho da Moleira Mosqueiros Moinhos do Seco Bouça Nicho de N.ª Sr.ª de Fátima Av. João Pinto Ribeiro Pelourinho de Celorico de Basto Vila Ponte da Azenha de S. Silvestre Vila Ponte do Freixieiro Vila Ponte da Moleira Mosqueiros Ponte da Raposa Seturrada Posto de Turismo Praça Cardeal Quartel dos Bombeiros Av. João Pinto Ribeiro Tanque Público Tanque Tribunal de Celorico de Basto Av. João Pinto Ribeiro

UMA RONDA PELAS FREGUESIAS

BRITELO

Pároco da freguesia

José Carlos Leite Macedo nasceu em 18 de Janeiro de 1967 no lugar de Pereira, freguesia de Basto S. Clemente. É filho de José de Oliveira Macedo e de Rosa Leite. Frequentou o ensino P.e José Carlos primário na Escola de Pereira e posteriormente Leite Macedo ingressou no Seminário de Nossa Senhora da Conceição na cidade de Braga. Foi ordenado Diácono em 1991 e estagiou na Paróquia de Basto S. Clemente. Nos anos lectivos de 1991 a 1993 pertenceu à equipa formadora do Seminário de Nª Srª da Conceição. Concluiu em 1992 a licenciatura em Teologia na Faculdade de Teologia (Braga) da Universidade Católica Portuguesa. Foi ordenado sacerdote em 2 de Agosto de 1992 com Missa Nova em S. Clemente, presidida pelo conterrâneo D. António Ribeiro, Cardeal Patriarca de Lisboa, perante uma Igreja cheia de familiares, amigos e conterrâneos que, com a sua presença honraram aquele acto religioso.

A sua primeira nomeação foi em Setembro de 1993, para as paróquias de Fontarcada e Oliveira do Arciprestado de Póvoa de Lanhoso, onde permaneceu até finais do ano 2000. Nesse ano publicou um livro da história da Igreja Românica do Divino Salvador de Fontarcada. No dia 1 de Janeiro de 2001 tomou posse da paróquia da freguesia de S. Miguel de Gémeos e também por indicação de D. Jorge Ortiga, no dia 21 do mesmo mês assumiu a paróquia de S. Pedro de Britelo, sede do concelho de Celorico de Basto. Até Dezembro de 2006 foi Director do Jornal Terras de Basto, propriedade da Paróquia de Britelo. É Assistente do Agrupamento 1274 do Corpo Nacional de Escutas e Capelão da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Celoricenses. O P.e José Carlos tem dedicado muito do seu tempo à formação dos jovens a partir da pedagogia escutista, mas também exerce uma contínua transmissão da fé e da pastoral. É um pároco jovem, bom comunicador e com a sua determinação tem tornado a comunidade católica da Paróquia de Britelo em Celorico de Basto, na verdade, uma comunidade viva, dinâmica e actualizada.

Colectividades / Instituições

OUTROS LOCAIS DE INTERESSE TURÍSTICO

Agrupamento 1274 Centro Nacional de Escutas Associação “Acção Jovem” Associação de Ciclismo de Celorico de Basto Associação de Futsal de Celorico de Basto Associação Humanitária dos Bombeiros Vol. Celoricenses Associação de Solidariedade Social de Basto Basket Clube de Basto Casa do Benfica em Celorico de Basto Clube de Automóveis Clássicos de Basto Clube de Caça e Pesca de Celorico de Basto Clube Desportivo Celoricense Casa dos Dragões de Basto Fanfarra Paroquial de S. Pedro de Britelo Grupo de Cantares “Os Amigos das tainadas” Motor Clube de Basto Refúgio Certo - Associação de Protecção de Animais Sociedade Columbófila de Basto

ACTIVIDADES ECONÓMICAS

Agências Bancárias Agências de Contabilidade Agricultura Agro-Turismo Barbearias Carpintarias Clínicas Médicas Comércio tradicional Comércio de materiais de construção Comércio de peças para automóveis Confecções Construção Civil Delegações de Seguros Design gráfico e Publicidade Escritórios de Advogados e Solicitadores Farmácias Oficinas de reparação auto Ourivesarias e Relojoarias Padarias e Pastelarias Pichelarias Postos abastecimento de combustível Residencial Restauração Sapatarias Serração de Madeiras Serralharia mecânica Turismo de Habitação

Parque Lúdico do Freixieiro Praia do Vau no rio Tâmega

PATRIMÓNIO ARQUEOLÓGICO

(Uma selecção da carta do Património Arqueológico)

Arte rupestre no monte da Fraga Conjunto de arte factual do Foral Povoado da Bouça de Mosqueiros

FESTAS E ROMARIAS

Feira do Artesanato e Gastronomia Agosto Feira do Livro Maio Feira de Santa Catarina 25 e 26 de Novembro Festa do Corpo de Deus 5.ª feira de Corpo de Deus Festa Internacional das Camélias Março Festa do Menino Jesus 25 de Dezembro Festa de S. Pedro 29 de Junho Romaria de S. Tiago 25 de Julho

ESCOLAS

Escola Primária de Boeiros Escola Primária da Vila Centro de Formação da Qualidade Basto

ARTESANATO

Bordados - Cestaria - Tecelagem

ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

Jornal O Povo de Basto Jornal Notícias de Basto Rádio Região de Basto

Censos N.º de Edifícios N.º de Alojamentos Familiares N.º de Famílias Clássicas

2001

2011

928 1.068

1.087 1.282 782

888

N.º de Indivíduos residentes 2.542 2.562


BRITELO

Presidente da Junta de Freguesia de Britelo, em entrevista

O Povo de Basto – Há quantos anos desempenha a função de Presidente de Junta de Freguesia? Agostinho Andrade – Este é o meu primeiro mandato como presidente da Junta de Britelo. Este executivo ganhou as últimas eleições realizadas há dois anos e meio. – O que pensa da nova Reforma Administrativa Local, que entre outras medidas aborda a agregação de freguesias? – Em primeira análise é de referir que esta reforma administrativa é apressada, uma vez que um assunto importante para o nosso país e que mais directamente diz respeito às freguesias e às suas populações, não deve ser levada de ânimo leve e sem responsabilidade. Consideramos que uma reforma a acontecer deve atender à vontade das pessoas envolvidas e com total participação da população em todo o processo. Somos contra uma reforma levada a cabo nos termos expressos na actual lei.

– Oficialmente já foi contactado por alguma entidade, para esclarecer o que vai acontecer com o “Acordo Verde”? – No que diz respeito às

III

UMA RONDA PELAS FREGUESIAS

entidades governamentais nada foi dito, apenas temos como referência a legislação e a comunicação social.

– E a Junta de Freguesia de Britelo já abordou com os seus habitantes o assunto da Reforma da Administração Local? – Este assunto é deveras importante, motivo pelo qual está em primeira linha na preocupação de todos nós nesta freguesia. Ouvimos já a Assembleia de Freguesia, tendo esta assumido a mesma posição do executivo, assunto esse abordado na última Assembleia de Dezembro. Quanto à população em geral, ainda é prematuro falar desta matéria, pois ainda nada nos foi dito em concreto. – Na prática e perante o que já é conhecido, quais são as implicações para a sua freguesia? – Naquilo que podemos deduzir da análise ao Decreto-Lei nada haverá a alterar na nossa freguesia, apenas conseguimos perceber a eventual alteração ao perímetro urbano, uma vez que Britelo é a freguesia sede do concelho.

– Neste contexto qual é o papel a desempenhar pelos novos Presidentes

de Junta? – Será um pouco prematuro avaliar o desempenho de um futuro presidente nos novos moldes, uma vez que a lei também é um pouco vaga nas suas novas atribuições. Sabemos sim, que o desempenho de um presidente faz-se no dia-a-dia, no contacto com a população e na resolução de todos as suas preocupações. Sem haver uma clara definição da constituição das novas freguesias, nem quais os poderes atribuídos aos executivos das mesmas, nada mais poderei acrescentar.

– Actualmente, quais são as verbas que recebe a Junta de Freguesia de Britelo? – O Fundo de Financiamento da Freguesia cifra-se actualmente em 9.403 euros por trimestre, o que para uma Junta como Britelo com perto de três mil habitantes e tantas necessidades pode ser considerado como uma esmola. É de considerar que esta Junta funciona diariamente, com um funcionário administrativo permanente, dois funcionários na limpeza dos caminhos e outros serviços externos e dois motoristas e uma funcionária da limpeza. – Enquanto Presidente da Junta, ao longo

destes anos, o que mais o marcou? – Apesar de terem decorrido apenas dois anos e alguns meses sobre as eleições, devo referir que muito me orgulho do trabalho realizado à frente do executivo desta freguesia. Todos os dias trabalhamos para o bem de todos, da forma que nos é possível com os poucos recursos disponíveis. – Quais as dificuldades que sente enquanto Presidente de Junta? – Quando ao passar pelos meus concidadãos e verifico as suas faltas e necessidades percebo que aquilo que temos disponível é pouco para colmatar todas as necessidades. A falta de recursos financeiros é o maior problema neste período para todos difícil. Quanto aos recursos humanos devo dizer que muito me orgulho da equipa de trabalho com que conto todos os dias, nesta Junta, nomeadamente da Assembleia de Freguesia, restante executivo e os funcionários da junta de Freguesia, que desde já agradeço por toda a colaboração prestada. – Quais são as obras mais necessárias na freguesia? – São tantas as obras necessárias para esta Freguesia e tão poucos os recursos disponíveis, mas para os quais lutamos todos os dias para a sua concretização. Devo referir que alguns deles terão obrigatoriamente de ter

a participação e colaboração da Câmara Municipal devido à sua envergadura, esforços esse que não passam despercebidos ao nosso executivo camarário. Uma dessas necessidades mais prementes é a finalização da rede de saneamento em vários lugares da freguesia.

– O que pensa do futuro da sua freguesia? – Em face destas alterações previstas na reforma administrativa, quanto ao futuro politicoadministrativo será o que decorrer da lei. A nossa freguesia tem potencialidade para crescer e se desenvolver tanto a nível populacional como em termos económicos. Não podemos ceder ao desânimo e ao descrédito, deveremos todos neste momento difícil, porque todos passamos, congregar esforços com vista a melhorar as nossas condições de vida com os recursos disponíveis. – Quer deixar uma mensagem ao povo de Britelo? – A mensagem que quero deixar é que todos quantos vivem na nossa freguesia mantenham o espírito de esperança no futuro, que continuem a acreditar no nosso projecto e no futuro da nossa terra. Tem potencialidade para fazer mais e melhor. Conto com todos e quero que todos saibam que podem contar com este executivo da Freguesia.

Britelo – Órgãos Autárquicos

Assembleia de Freguesia Presidente:

António Joaquim Gonçalves Bastos 1.º Secretário:

Maria de Fátima Marques Carvalho

Presidente da Junta Agostinho Carvalho Andrade, natural da freguesia de Caçarilhe, reside na Rua da Ribeira, freguesia de Britelo. Nascido a 24/02/1945, filho de Manuel de Andrade e Maria Carvalho, cumpre o primeiro mandato como Presidente da Junta.

Secretário da Junta

Maria Filomena Marinho Silva Teixeira, natural da freguesia de Britelo, reside na Rua de Santa Luzia, freguesia de Britelo. Nascida a 07/10/1974, filha de Abílio Teixeira e Maria Isabel Marinho da Silva, exerce o primeiro mandato como Secretário do Executivo da Junta de Freguesia.

Tesoureiro da Junta José Alberto Teixeira Mesquita, natural da freguesia de G��meos, reside na Rua Dr. António Rodrigues Salgado, Celorico de Basto. Nascido a 11/12/1960, filho de Manuel Gonçalves Mesquita e Idalina Teixeira Gonçalves, cumpre o primeiro mandato como Tesoureiro da Junta.

2.º Secretário:

António Almeida Teixeira Canedo

Vogais:

Maria de Lurdes Sousa Pereira Marinho António Augusto Campos Carvalho Manuel Mesquita Alves Fontes

António Cândido Moura Magalhães

Maria Teresa Oliveira Marinho Gomes


IV

BRITELO

UMA RONDA PELAS FREGUESIAS

Casa do Prado

Casa da Pereira

Igreja Paroquial de Britelo Serviço Local Segurança Social Antiga Casa do Povo

Cruzeiro dos Centenários

Casa de Mosqueiros

Casa da Aldeia - Crespos

Cardeal D. António Ribeiro

Capela da Senhora da Saúde

Casa do Agricultor Antiga Câmara Municipal Alminhas da Venda Nova Casa do Outeiro - Ribeira

Capela de Santa Luzia Casa do Outeiro - Outeiro Igreja de Britelo - Altar

Capela N.ª Senhora da Conceição

Edifício da Câmara Municipal

Estátua do padroeiro S. Pedro

Pelourinho de Celorico de Basto

Estátua - Estudo da Elipse


20-7-2012

25 JUL - QUARTA-FEIRA 08h00 08h30 10h00 15h00 22h00

13

O POVO DE BASTO

Alvorada ARRUADA DE BOMBOS MISSA SOLENE na Capela de Nossa Senhora da Conceição CERIMÓNIA SOLENE (Auditório da Quinta do Prado) ATUAÇÃO “CLUBEDEMUSICA.COM” com a presença dos convidados FRAGMENTOS, DONA LU E ROSAMATE (Praça Albino Alves Pereira)

26 JUL - QUINTA-FEIRA 08h00 Alvorada 21h30 PEÇA DE TEATRO “ESGANARELO O CORNUDO IMAGINÁRIO” pela companhia de Teatro Filandorra (Parque Lúdico de Freixieiro)

27 JUL - SEXTA-FEIRA 08h00 Alvorada 21h30 MUSICAL DA ACADEMIA DE MÚSICA DE BASTO “A BELA E O MONSTRO” (Parque Lúdico de Freixieiro)

28 JUL - SÁBADO 08h00 Alvorada 08h30 ARRUADAS DE BOMBOS 09h00 ROTAS DE S. TIAGO EM BICICLETA ESTRADA E BTT Inscrições em http://mun-celoricodebasto.pt (posto de turismo) 15h00 RALLY PAPPER DE S. TIAGO (posto de turismo) 20h00 FINAL FEMININA DA LIGA MICROBASTO (Polidesportivo da Vila) 21h00 ACTUAÇÃO DA BANDA DE MÚSICA DE STª TECLA (coreto) 22h30 EMANUEL (Praça Albino Alves Pereira) 00h00 SESSÃO DE FOGO-DE-ARTIFÍCIO (Praça Cardeal D. António Ribeiro) 00h30 ATUAÇÃO DO GRUPO “RAPARIGA ELÉTRICA” (Avenida da República)

29 JUL - DOMINGO 08h00 Alvorada 09h00 Caminhada “À volta do Castelo” (Encontro: Centro Interpretativo do Castelo de Arnoia) Inscrições em http://www.bastomovete.com e Posto de Turismo 15h00 ARRUADAS E DESPIQUE DE BOMBOS (Praça Albino Alves Pereira) - Bombos de Agilde - Os Amigos da União de Basto - Caetanos de Gagos - Unidos de Carvalho - Zés Pereiras de Carvalho - Bombos do Agrupamento de Escolas de Gandarela - Bombos Sta. Maria de Moreira do Castelo - Zés Pereiras de S. Romão do Corgo

18h00 CORTEJO ETNOGRÁFICO

20h00 MERENDA DE S. TIAGO (Parque Lúdico de Freixieiro) 21h00 FESTIVAL DE FOLCLORE (Parque Lúdico de Freixieiro) - Rancho Folclórico de Gandarela - Grupo de Danças e Cantares do Divino Salvador de Ribas - Rancho Folclórico do Centro Cultural e Recreativo de S. Bartolomeu do Rego - Rancho Folclórico do Centro Cultural e Desportivo dos Amigos do Castelo - Rancho Folclórico de Sta. Maria de Canedo

/ Alvoradas nos Pólos Urbanos de Celorico, Mota, Fermil e Gandarela / Animação permanente no Parque Lúdico do Freixieiro com Tasquinhas das Associações


20-7-2012

O POVO DE BASTO

24 14 “O POVO DE BASTO”, N.º 305, DE 20/JULHO/2012

CARTÓRIO NOTARIAL DE CELORICO DE BASTO A cargo da Notária ADELAIDE MONTERROSO FREIXO

EXTRACTO DE PUBLICAÇÃO CERTIFICO, para efeitos de publicação, que neste Cartório e no livro de “Escrituras Diversas” número cinquenta - A, desde folhas cento e trinta e dois e seguintes, foi lavrada em nove de Julho de dois mil e doze, uma escritura de Justificação, tendo nela outorgado como justificantes: JOSÉ ANTÓNIO LEITE PINTO, C. F. n.° 127 837 370, e mulher, MARIA AMÉLIA DE MESQUITA ANDRADE MACHADO PINTO, C. F. n.° 131 480 065, casados sob o regime da comunhão de adquiridos, portadores dos cartões de cidadão, respectivamente, n.° 05779899, válido até 14/12/2015 e n.° 08049619, válido até 24/04/2015, naturais, ele da freguesia do

Vote nas Fisgas de Ermelo!

As Fisgas de Ermelo integram as 21 finalistas das 7 Maravilhas Praias de Portugal, apresentando a concurso na categoria de Praias Selvagens. A votação pública decorre até 7 de Setembro no site oficial, no facebook e por chamada telefónica. Até lá, vote nas Fisgas de Ermelo! Por telefone – 760 207 717 (custo 0,60€ + IVA) Por Internet - www.7maravilhas.pt Por Facebook - www.facebook.com/7maravilhas

Rego, ela da freguesia de Vale de Bouro, ambas do concelho de Celorico de Basto, residentes no lugar de Nespereira, da dita freguesia de Vale de Bouro. MAIS CERTIFICO, por extracto que os justificantes declararam o seguinte: Que são donos e legítimos possuidores, com exclusão de outrém, dos seguintes prédios, situados na freguesia de Basto (S. Clemente), concelho de Celorico de Basto: UM Prédio rústico ─ denominado “CAMPO DO VALE”, composto de cultivo, sito no lugar de Abrunheira, com a área de cinco mil duzentos e oitenta e dois metros quadrados, a confrontar de nascente com caminho, poente com campo do vale de cima e dos restantes lados com campo de soalheiro, descrito na Conservatória do Registo Predial deste concelho sob o número DOIS MIL E SETENTA E CINCO/BASTO (S. CLEMENTE), inscrito na respectiva matriz sob o artigo 1055, com o valor patrimonial e atribuído de € 1.349,73. DOIS ─ Prédio urbano ─ denominado “MORADA DE CASAS COM HORTA E QUINTEIRO”, composto de morada de casas de r/c e 1.° andar, destinada a habitação, sito no lugar de Portelinha/Abrunheira, com a superfície coberta de cinquenta e seis vírgula vinte e cinco metros quadrados e descoberta de duzentos e cinquenta metros quadrados, a confrontar de norte com Eloisa Batatas de Portimão, poente com proprietário (Maria Amélia de Mesquita Andrade Machado Pinto) e dos restantes lados com caminho, descrito na Conservatória do Registo Predial deste concelho sob o número DOIS MIL E SETENTA E SEIS/BASTO (S. CLEMENTE), inscrito na respectiva matriz sob o artigo 375, com o valor patrimonial e atribuído de € 5.730,00.

“O POVO DE BASTO”, N.º 305, DE 20/JULHO/2012

CARTÓRIO NOTARIAL DE CELORICO DE BASTO A cargo da Notária ADELAIDE MONTERROSO FREIXO

EXTRACTO DE PUBLICAÇÃO CERTIFICO, para efeitos de publicação, que neste Cartório e no livro de “Escrituras Diversas” número cinquenta - A, desde folhas cento e treze e seguintes, foi lavrada em dezanove de Junho de dois mil e doze, uma escritura de Justificação, tendo nela outorgado como justificante: MARIA DE FÁTIMA GONÇALVES, C. F. n.° 183 218 787, divorciada, natural da freguesia de Basto (S. Clemente), concelho de Celorico de Basto, onde

TRÊS ─ Prédio rústico ─ denominado “SORTE DAS FRAGAS DE PEDREIRA NO MONTE DA PORTELINHA OU PEDREIRA

reside no lugar de Vacaria.

DO ABADE”, composto de mato, sito no lugar de limites de Abrunheira, com a área de seis mil seiscentos e trinta e quatro

MAIS CERTIFICO, por extracto que a justificante declarou o seguinte:

metros quadrados, a confrontar de norte com Devesa do Souto, sul com Artur Leite e outro, nascente com Manuel Maga-

Que, é dona e legítima possuidora, com exclusão de outrém, do seguinte

lhães Alves e outro e de poente com Joaquim Fernandes, descrito na Conservatória do Registo Predial deste concelho sob

prédio rústico situado no lugar de Vacaria, freguesia de Basto (S. Clemente),

o número DOIS MIL E SETENTA E SETE/BASTO (S. CLEMENTE), inscrito na respectiva matriz sob o artigo 582, com o valor

Celorico de Basto, não descrito na Conservatória do Registo Predial deste

patrimonial e atribuído de € 61,89.

concelho:

QUATRO ─ Prédio rústico ─ denominado “SOUTO NOVO”, composto de mato, sito no lugar de Abrunheira, com a área

Prédio rústico ─ denominado “ROÇO DA CASA”, composto de mato, com a

de sete mil setecentos e vinte e oito metros quadrados, a confrontar de norte com estrada do Souto, sul com Joaquim

área de setecentos e oitenta e quatro metros quadrados, a confrontar de norte

Fernandes, nascente com ribeiro e leiras do campo novo e de poente com João Batista de Sousa Carvalho e rego, descrito

com Ricardo Silva, de sul com Albino Gonçalves, de nascente com Ricardo Silva

na Conservatória do Registo Predial deste concelho sob o número DOIS MIL E SETENTA E NOVE/BASTO (S. CLEMENTE),

e caminho e de poente com Maximino de Sousa e Ricardo Silva, inscrito na

inscrito na respectiva matriz sob o artigo 769, com o valor patrimonial e atribuído de € 247,13.

respectiva matriz sob o artigo 3458, com o valor patrimonial e atribuído de

Que um terço dos prédios descritos nas verbas UM e DOIS e um meio dos prédios descritos nas verbas TRÊS e QUATRO, encontram-se registados na citada Conservatória, a favor de José de Sousa Carvalho e mulher Emília Ribeiro de Macedo, casados sob o regime da comunhão geral, residentes que foram no lugar de Abrunheira, da dita freguesia de Basto (S. Clemente), pela AP ─ DOIS de 1905/02/01. Que pretendendo efectuar o registo de aquisição a seu favor, não dispõem de título formal para a dedução do trato sucessivo a partir do titular inscrito o mencionado José de Sousa Carvalho. Que, por volta do ano de mil novecentos e trinta e sete, aqueles José de Sousa Carvalho e mulher Emília Ribeiro de Macedo, actualmente falecidos, doaram as mencionadas quotas-partes dos supras identificados prédios a Joaquim de Sousa Carvalho, e mulher Emília Carvalho Machado, casados sob o regime da comunhão geral de bens, actualmente falecidos, residentes que foram no já citado lugar de Nespereira, mas apesar das buscas efectuadas, eles primeiros outorgantes não conseguiram encontrar a escritura que titula este contrato, ignorando também qual o Cartório Notarial que a lavrou, não tendo assim, possibilidade obter o respectivo título para fins de registo.

setecentos e oitenta euros. Que, adquiriu o dito prédio, em dia e mês que não sabe precisar do ano de mil novecentos e oitenta, por doação verbal, de José Francisco Gonçalves e mulher Maria da Conceição da Cunha Gonçalves, residentes que foram no dito lugar de Vacaria. Não tendo sido porém titulada esta aquisição, e por isso não dispõe de título formal que lhe permita fazer prova do direito de propriedade plena. Que, não obstante, ela outorgante, desde então, sempre esteve e se mantém na posse e fruição do aludido prédio, possuindo assim o dito prédio em nome próprio e com aproveitamento de todas as utilidades por ele proporcionadas, com ânimo de quem exercita direito próprio, posse essa sem qualquer violência nem oposição de quem quer que seja, ininterruptamente e à vista e com o conhecimento de toda a gente.

Que pelo processo de justificação de ausência n° 682/07. 2TBCBT, que correu termos no Tribunal Judicial de Celorico

Que, dadas as enunciadas características de tal posse pacífica, contínua e

de Basto, secção única, cuja sentença transitou em julgado em cinco de Maio de dois mil e dez, os primeiros outorgantes

pública, exercida desde o referido ano de mil novecentos e oitenta, adquiriu

adquiriram a titularidade dos mencionados imóveis.

o aludido prédio por usucapião, título esse que por sua natureza não é

Que assim, eles primeiros outorgantes justificam por este meio o seu direito de propriedade sobre os supras citados

susceptível de ser comprovado pelos meios normais, direito este que justifica pela presente escritura, para fins de registo predial.

imóveis.

ESTÁ CONFORME

ESTÁ CONFORME Cartório Notarial de Celorico de Basto, 09 de Julho de 2012

Cartório Notarial de Celorico de Basto, dezanove de Junho de 2012.

A Colaboradora da Notária,

A Colaboradora da Notária,

a) Maria Leite da Costa, 366/5

a) Elisabete Gomes


20-7-2012

15

O POVO DE BASTO

Corporação dos Bombeiros Voluntários Celoricenses com mais 21 elementos Após um ano de formação, 21 estagiários da corporação dos Bombeiros Voluntários Celoricenses,

conseguiram

atingir os objetivos e ingressar na corporação dos Bombeiros de Celorico de Basto, que

- Móveis em Todos os Estilos - Cozinhas por Medida - Artigos de Iluminação e Decoração - Electrodomésticos Telef. /Fax 255 489 923 - Tel. (resid.) 255 321 450 Telem. 962 746 430 POÇA DE PEDRA T 4890-108 BORBA DA MONTANHA CELORICO DE BASTO

se encontra, agora, com um corpo ativo maior para fazer face a diversas situações de emergência. O grupo, na sua maioria composto por elementos do género feminino, realizou o exame final no dia 15 de julho, com todos os elementos

O POVO DE BASTO NA INTERNET

que se submeteram a exame

As últimas edições deste jornal estão disponíveis na Internet em issuu.com devendo procurar jornalpovodebasto

teórico e prático a ficarem aptos

na

categoria

de

Bombeiro de 3ª. Os

novos

elementos

passaram por um ano de formação intensiva com a realização de vários cursos lecionadas por formadores da Escola Nacional de Bombeiros, nomeadamente Salvamento/ Desencarceramento

e

Técnicas de Socorrismo, e por formadores internos da corporação celoricense.

de promoção. “Foi um ano

lado momentos importantes

de formação intensiva com

da vida de cada um. Agora,

altos e baixos, e que me deixa

acresce a responsabilidade

satisfeito por ver um grupo

na farda que vestem e na

coeso e que aguentou muitas

missão que vos é incumbida,”

horas de formação para poder

salientou.

ser bombeiro, deixando de

Para além destes novos

elementos

a

corporação

passaram

de

Bombeiros

para

bombeiros

dos Bombeiros Voluntários

de

Celoricenses

promoveu,

de 2ª, 18 elementos que

para

categorias,

passaram de bombeiros de

do

2ª para bombeiros de 1ª e

35 ativo

diversas elementos de

corpo

Bombeiros.

A

2 elementos que passaram

referir 15 elementos que

de bombeiros de 1ª para Subchefe. A imposição das divisas ficou marcada para o dia 15 de

O exame final consistiu

agosto, dia do 86º aniversário

numa prova teórica com um

da Associação Humanitária

teste relativo as várias áreas de

dos Bombeiros Voluntários

intervenção dos bombeiros,

Celoricenses.

com

conhecimentos

Importa referir que o

adquiridos ao longo do ano,

quartel

e a parte prática que resultou

Voluntários

de um simulacro, de incêndio

está a sofrer remodelações

urbano,

pertinentes

desenvolvido,

na

íntegra, pelos estagiários.

receber,

A estes novos elementos,

condições,

dos

com

Bombeiros Celoricenses para

poder

as

devidas

os

novos

após um ano de formação,

elementos que ingressaram

acresce a responsabilidade

no corpo de Bombeiros, na

dentro

de

sua maioria mulheres. A obra

Bombeiros, palavras do 2º

prevê-se concluída no final

Comandante após as provas

deste ano.

do

corpo


20-7-2012

O POVO DE BASTO

24 16

Campeões do Nada

Hoje o dia amanheceu cinzento. Ontem foram-se as ilusões

Porque não vamos ser campeões

O VISO Quer por motivos de lazer, respirar

ar

puro,

recita-se o terço me se celebra a Eucaristia. Pode dizer-se que o Viso é

seus eventos.

lobrigar

Para facilitar este ambiente

terras ao longe por todos os

de

lados, ou ainda e também por

devoção, nos meses de maior

motivos religiosos, muita gente

afluência,

peregrinação, pelas

lazer 16

e

mais um ponto importante de atração da nossa terra. E ainda bem!

horas,

A. L.

está passando pelo, agora, santuário de Nossa Senhora do Viso, situado no monte assim

Mas resta-nos o sol

chamado, na paróquia

Mesmo sem subsídio E agora as atenções irão noutro sentido

de

Caçarilhe, mas confinante com as do Rego, Borba, Carvalho e Infesta.

Ontem, enquanto o povo

Ao futebol cantava hinos

várias

sobretudo

paróquias,

estranhas

ao

Riam-se da justiça os Isaltinos

arciprestado, lá confraternizam;

Mas hoje, siga a dança,

escuteiros

de

Guimarães

e outras localidades por lá

Quem nos vai dar música

passam; e famílias celebram

É a sinistra da finança

Peixaria CELESTE

E vamos continuar com sol Fátima, fado E no mês que vem o futebol

Peixe Fresco.

E se as coisas não correrem mal

a melhor qualidade

Até pode ser que nos deixem

ao melhor preço!

Um feriado no Natal E por falar em sol e fado Manteremos também lusa saudade

Rua Serpa Pinto Edifício Belo Horizonte CELORICO DE BASTO

E, claro está, por outro lado

TÁXI ANDRADE & FILHOS, LDA.

Porque somos de oito ou de oitenta Vão continuar a pôr-nos na ementa AUSTERIDADE e mais AUSTERIDADE! CARLOS CUNHA

28/06/2012

Serviço Permanente 24 H. / 24 H.

Contactar: JÚLIO ANDRADE Telef. 255 321 158 - Telem. 96 508 35 23

VILA DE CELORICO DE BASTO

Gráfica de Basto Tipografia - Offset - Impressão digital

Qualidade - Rapidez - Bom Preço Tel. 255 095 469 T Telem. 914 159 875 Rua Serpa Pinto T Edifício Santiago T 4890-238 CELORICO DE BASTO


20-7-2012

17

O POVO DE BASTO

As Fisgas de Ermelo na RTP Por: Costa Incluídas no grupo das praias

Pereira

pedra dura tanto dá até que fura”.

selvagens, as Fisgas de Ermelo estão

Para padrinho das Fisgas de Ermelo

entre as 21 selecionadas para competir

escolheu a Câmara e muito bem,

na eleição das 7 Maravilhas – Praias

Delmino Pereira que embora natural

de Portugal. Local espetacular com

do vizinho concelho de Vila Real

tanto de sedutor como de medonho.

(Campeã) conhece de perto o lugar

É daqueles sítios onde não dispenso

e a região de Basto, assim como as

fazer uma visita sempre que me

demais regiões de Portugal. Quem não

desloco à região de Basto, à minha

conhece também, o Delmino Pereira,

santa terrinha da qual Nossa Senhora

o atleta que fez carreira desportiva

da Graça é Rainha. Como eu, são

tantos anos no ciclismo português?

inúmeros os apreciadores das belezas

Outra figura que deu a cara no

e encantos da paisagem maronesa que

programa foi a Presidente da Junta de

Das Rimas Parolas até A Caminhos

conhecedores deste recanto mágico da

Ermelo, D. Maria da Glória Nunes que

de Santiago tem sido um nunca mais

serra vêm admirar a obra que a erosão

O tema era as Fisgas, mas uma

com orgulho falou da sua terra, e calou

parar de versejar e redigir. Do concelho

e o rio Olo talharam nas sedimentares

voltinha por Cavernelhe, e mostrar

muito do muito que sabe e sente da

outro famoso artista, não das letras,

rochas xistosas e são motivo de tanta

o desfiladeiro do Cabrão; e em Vilar

sua terra que também é terra berço do

mas da forma que com a inteligência

sedução que atrai visitantes e nos

de Ferreiros subir à Senhora da Graça

mais insigne intelectual mondinense

e o cinzel dá às esculturas saídas da

consome momentos de pasmo e

ou descer às Mestas, assim como em

no nosso tempo, Mons. Ângelo

sua mão, veio dar força às Fisgas, o

lazer. O banho, a pesca e o original do

Mondim filmar o Tâmega, era um

Minhava, autor da Cabrilada:

escultor Domingos de Oliveira! Nasceu

cenário bonito para amenizar o visual de

em Atei, e vive em Lisboa, este meu

um pano de fundo pesadão para tantas

conceituado conterrâneo que muito

horas de emissão. Do gado maronês,

admiro, sobretudo pelo seu amor

além de criador, Mário Queirós é

ambiente rústico envolvente são na realidade convidativos. Na sexta-feira, dia 6, foi a RTP-1

“AS FISGAS DE ERMELO (CABRIL) “ É Dom Cabril - o novo Adamastor -

O ex-Ciclista Delmino Pereira e Humberto Cerqueira Sordo...

à região e humanismo que põe em

também autarca e da freguesia do Bilhó

até junto de todos os portugueses que

Que, enamorado desta região,

toda a sua atividade. Gostei de o ouvir

presidente. Falou pouco, mas do que

em suas casas das 11 às 13 horas e das

Em fragosas lágrimas de amor

falar dos seus com aquela ternura que

disse sabia. Com mais profundidade

15 às 18 horas puderam ver e ouvir

Vai amostrando indómita paixão:

muitos filhos hoje em dia já não têm.

Virgílio Alves falou desta raça e da sua

falar das Fisgas de Ermelo, que dizem

Ao Minho, que azuleja além;

Um artista e um senhor. Parabéns.

importância no panorama económico

não só a visitar o lugar, mas a levá-lo

ser a maior cascata da Península. Aos apresentadores do programa 7 Road show - 7 maravilhas - Praias de Portugal, Luísa Barbosa e João Baião

A Trás - os - Montes, de quem todo é: E a tantos que de longe terras vêm Só para o ver e contemplar ao pé”.

João Branco não é mondinense,

da região. Também a restauração

mas pelos vistos conhece Mondim

se fez representar e entre outros o

por dentro e por fora, e só por isso é

típico restaurante SABORES DO ALVÃO

que tem por hábito vir com a família

apresentou uma demonstração dos

foi confiada a missão de entre Julho

De Ermelo falou e se mostrou outro

a banhos para a praia selvagem das

seus pratos tradicionais. E os doces

e Agosto percorrerem os 21 lugares

filho distinto da freguesia, o Marinho

Fisgas de Ermelo. Por alguma razão

regionais também não podiam faltar,

donde hão-de sair os 7 finalistas a

da Costa, mais conhecido por Manuel

está ligado à Quercus que quanto

com os herdeiros do saudoso doceiro

eleger. As Fisgas foi dos primeiros a

Marinho, que na peugada dos usos

a mim tem desculpado muitas das

Guilherme Mesquita a manter vivo o

ser e muito bem divulgado, pecando

e costumes da sua terra nos dá do

asneiras que se fazem em todo o

bom nome de família.

apenas por, como pano de fundo,

passado conhecimento, em título:

Parque e inclusive em toda a área do

A finalizar recordo que partindo

dar montanha a mais e rio com praia,

OS JOGOS DA MINHA INFÂNCIA, de

“Cabril” ou Fisgas. Floresta, estradões,

da vila de Mondim em direção a Vila

2006. Belo trabalho etnográfico que

merendeiros e lixeiras. Tudo quanto

Real (via Velão) seguindo essa estrada

pude ver gostei e dou os parabéns aos

com amistosa dedicatória conservo.

levou a águia real do Marão e o ujo a

vamos encontrar ao cabo de 14 km

proponentes das Fisgas a concurso. Ao

Da vila veio o Ginho, com aquele seu

desaparecerem desses fraguedos que

percorridos, junto a uma ponte, a

Sr. Presidente da Câmara Municipal

jeito e à-vontade no dizer, para do

foram santuário de procriação dessas

indicação do miradouro das Fisgas de

histórico de Ermelo falar. E ouvir o

aves. Resta-nos o gado maronês,

Ermelo. Vale a pena visitar e se ainda

Cerqueira, e aos apoiantes destas

poeta e prosador qualificado Luís Jales

que pelo menos identifica a raça, a

não deu, dê lá o seu votinho a uma

iniciativas que já vão na 2.ª tentativa

de Oliveira é um prazer que como

qualidade e a serra onde se produz,

praia selvagem que as águas cristalinas

dou as minhas felicitações. Oxalá desta

mondinense da diáspora sinto eu e

e os modernistas batizaram de Alvão.

do Olo sustentam e o imponente

sente quem dos seus livros é leitor.

Que seja, mas não tornem as culpas ao

Marão rodeia como que seu guardião.

nem tanto. Mas fora isso, o resto que

do concelho de Mondim, Humberto

vez se confirme o dito: “ Água mole em


20-7-2012

O POVO DE BASTO

24 18

Volta a Portugal em Bicicleta na Senhora da Graça

X EDIÇÃO DA FEIRA DA TERRA DE 2 A 5 DE AGOSTO

A

A X edição da Feira da Terra

de

Câmara Mondim

Municipal

suspendeu

Câmara,

Eng.º

Humberto

o

Cerqueira, foi aprovada com

foi apresentada à Comunicação

contrato de patrocínio para a

dois votos a favor, a abstenção

Social.

realização da chegada da Volta

dos vereadores Eng.º Francisco

Considerada como um dos

a Portugal em Bicicleta com a

Gomes Ribeiro (PSD) e Manuel

mais importantes eventos da

PAD, Produção de Actividades

Mota de Oliveira (CDS-PP).

região, este certame conta

Desportivas, SA.

Votou contra o Vereador

este ano com a participação

A razão prende-se com a

Eng.º Lúcio Machado (CDS-PP).

de 102 expositores, tendo

entrada em vigor da Lei dos

O Vereador Eng.º Francisco

a

Compromissos, que impede

Gomes Ribeiro declarou nessa

o

executar

reunião que lamentava não se

normalmente o seu orçamento,

ter encontrado outra solução

só o podendo fazer, em termos

alternativa a esta decisão.

gerais, se dispuser de fundo de

A organização mantém a etapa

organização

que

excluir

um número significativo de inscrições devido à limitação Teresa Rabiço, Humberto Cerqueira

de espaço. Esta

Mota

Feira

pretende

com a aposta em grupos

os

os

produtos

de

restauração, doces e fumeiros,

Mondim,

folclóricos,

promover do

e paulo

concelho

de

cariz

popular:

ranchos

(vinhos,

de

maneio disponível.

ao

diversões, cantaria e máquinas

desafio, concertinas e grupos

agrícolas) têm que pagar o

pagamento de 52.000 euros,

verdes, carne maronesa, mel

de baile.

aluguer dos stand’s.

acrescido de IVA à taxa legal.

e broa a par do artesanato e

O

especialmente

os

vinhos

cantadores

expositores

município

da Terra ultrapassa os 30.000

patrocínio

de um espaço com diversas

euros, um valor considerável

restava não era suficiente

privilegiado para as associações

actividades

que a autarquia encara como

para

do concelho promoverem as

outras diversões.

um meio de potenciar os

funcionamento

valores económicos, culturais

Municipal,

e sociais de Mondim de Basto.

as Festas do Concelho, Feira

também

um

espaço

suas actividades.

vai

o

dispor

É

esquecidos,

previa

O investimento nesta Feira

foi

infantil

contrato

não

cantaria em granito.

público

O

Com

A animação está garantida

desportivas excepções

e das

entidades e do artesanato,

Com o pagamento deste o

fundo

assegurar

que

o

normal

da

Câmara

nomeadamente

da Terra e início do novo ano

Câmara de Mondim disponibiliza na fatura da

escolar. A autarquia mondinense invoca a cláusula quinta do

água informação sobre sistema de recolha de lixo À

semelhança

do

que

aconteceu no início do ano com

Presidente da Câmara, explica

de água, a Câmara Municipal

que é necessária a contribuição

está agora a utilizar o envio da

de todos os munícipes para a

fatura da água para informar os

sustentabilidade deste serviço.

munícipes dos custos inerentes

“Pretendemos

ao serviço de recolha de

envolvimento da população na

resíduos sólidos urbanos.

gestão da autarquia e por isso

No verso da fatura são apresentadas

um

maior

estamos a sensibilizá-la para a necessidade de redução da

que entraram em vigor em

despesa, para que tenhamos

janeiro de 2012 bem como

um serviço sustentável e com

a

mais qualidade. A regra é

conselhos para uma eficaz

no

simples: quanto menos lixo

redução dos custos, apelando

concelho, no ano de 2011.

produzimos menor é o custo

à

O custo real do serviço é

deste serviço”.

contentores,

produzida

e

de

resíduos

recolhida

apresentado a partir de uma

Na

mesma aos

utilização

correta

dos

através

da

informação

separação e da reciclagem

Mondinenses,

do lixo, e o incentivo à

análise comparativa dos custos

enviada

suportados pelo Município e

a Câmara apresenta alguns

contrato por parte da Câmara Municipal

de

Mondim,

a

organização mantém a etapa da Senhora da Graça. A 4.ª etapa da 74.ª Volta a Portugal Liberty Seguros vai ligar Viana do Castelo a Mondim de Basto, por Vieira do Minho e cabeceiras de Basto, no dia 19 de Agosto (Domingo). Além

do

prémio

de

Montanha de 1.ª categoria na Senhora da Graça, os ciclistas têm uma meta volante em Mondim de Basto, ao quilómetro 151,9.

MORADIA EM ERMELO

tarifas

quantidade

as

proposta do presidente da

Cerqueira,

o serviço de abastecimento

O assunto foi apreciado em reunião de Câmara. A

das receitas auferidas em 2011. Humberto

contrato de patrocínio.

Apesar da suspensão do

compostagem.

Aluga-se ou vende-se moradia T4 ou T2 para férias em Ermelo Mondim de Basto. A 4 Km das Fisgas de Ermelo para contactar de perto com a natureza e disfrutar do sossego da montanha. Em pleno Parque Natural da Serra do Alvão. Visite: http://fisgas-mondimdebasto.blogspot.com Informa Tel. 253 655 118, 253 655 415 ou Telemóvel 937 455 036


20-7-2012

19

O POVO DE BASTO

A CAMINHO DE SANTIAGO NOVO LIVRO DE LUÍS JALES DE OLIVEIRA

“O POVO DE BASTO”, N.º 305, DE 20/JULHO/2012

CARTÓRIO NOTARIAL DE MONDIM DE BASTO A cargo da Notária em Substituição ADELAIDE MONTERROSO FREIXO

EXTRACTO

Maria Margarida Antunes de Lemos Oliveira, por delegação da Notária em substituição, Adelaide Monterroso Freixo, com Cartório, sito na Avenida da

A Caminho de Santiago é o novo livro de Luís Jales de

lavrada no dia vinte e dois de Junho de dois mil e doze, neste Cartório, de fls. oitenta e oito a fls. oitenta e nove verso, do livro de notas para escrituras

que

teve

a

apresentação na última Feira do Livro de Mondim de Basto.

Igreja, n° 11, r/c, do concelho de Mondim de Basto, CERTIFICO narrativamente, para efeitos de publicação, que por escritura de justificação notarial

Oliveira,

Este livro é a intervenção do “Ginho” no Encontro de 2011 do Contar, Cantar e Pintar

diversas n° DEZASSEIS - A, LILIANA CRISTINA RIBEIRO RODRIGUES, C. F. n.°

Mondim que teve como tema

199 660 220, e ANTÓNIO AUGUSTO PEREIRA DE OLIVEIRA, C. F. n ° 196 163

Os Caminhos de Santiago.

587, casados sob o regime da separação de bens, ela portadora do bilhete de identidade n.° 9549321, emitido em 11/03/2008, pelo SIC do Porto, ele

O prefácio é de João Alarcão

portador do bilhete de identidade n.° 10192420 emitido em 11/03/2008, pelo

de Carvalo Branco, Presidente

SIC do Porto, ela natural da freguesia de Massarelos, concelho do Porto, ele

da Irmandade de Peregrinos a

natural da freguesia de Atei, concelho de Mondim de Basto, onde residem no

Santiago de Compostela, que

lugar de Parada de Atei declaram que, a outorgante mulher, com exclusão de outrém e por dele ter uma posse em nome próprio, pública, pacífica, contínua

escreve “Porque Luís Jales

e por tempo bastante para, mesmo não documentada, o haver adquirido

de Oliveira é um Peregrino.

como efectivamente adquiriu, por usucapião, é dona e legítima possuidora

Da Alma Mondinense e de

do prédio rústico, denominado “ENCERTO”, composto de terra de culto e

tudo que a marcou e marca.

inculto, com a área de mil cento e trinta metros quadrados, a confrontar de norte com António Augusto Pereira de Oliveira, poente com caminho público e dos restantes lados com carreiro, inscrito na respectiva matriz, em nome da

Deveria eu agora, que tanto me alarguei já em generalidades,

justificante mulher, sob o artigo 1210, com o valor patrimonial e atribuído de

escrever sobre o autor, se não

oitocentos e cinco euros.

tivesse a consciência de quão

Que adquiriu, ainda no estado de solteira, o citado prédio, em dia e mês que não sabe precisar, por volta do ano de mil novecentos e noventa e um, por doação meramente verbal, de Maria Cristina Magalhães Ribeiro Rodrigues e

desnecessário é fazê-Io. Tal é o forte, marcante e brilhante

marido Francisco Silva Rodrigues, residentes na rua Senhora do Porto, n° 45, 3°

número de páginas que ele

esq.°, freguesia de Gueifães, concelho da Maia, não tendo sido porém titulada

nos tem legado. Não só nos

esta aquisição, e por isso não dispõe de título formal que lhe permita fazer

seus livros como nas suas

prova do direito de propriedade plena. Que, não obstante ela outorgante, desde então, sempre esteve e se

crónicas ou artigos dispersos

sempre

tiveram

para nós de O Rio, o Tâmega que a todos “nos corre no peito”, e o Monte Farinha, a “Pirâmide Verde” do alto da qual vela,

por

nós

e pelos nossos antepassados,

a

Rainha de Basto e nossa Mãe, a Senhora da Graça. Rio

e

Monte

ameaçados

mantém na posse e fruição do aludido prédio, possuindo assim o dito

por publicações periódicas, das

prédio em nome próprio e com aproveitamento de todas as utilidades por

quais me permito destacar o

ele proporcionadas, designadamente, pagando a respectiva contribuição

“Monte Farinha” ou “ O Jornal

por

de Mondim” que tanto gosto

nacionais e internacionais, que

nos deram a fazer e que tanto

lavando as mãos como Pilatos

Todos nós mondinenses,

Assim e por este meio, são avisados quaisquer interessados para impugnar

ganharam com o fulgor da sua

fingem ignorar que o inevitável

homens de Basto, peregrinos

em Juízo, durante o prazo de trinta dias, a contar da publicação deste extracto,

escrita. Todos estes percursos

desfecho da sua ganância ou

fomos e peregrinos somos. E o

literários

jornalísticos

da sua incúria nunca trará a

autor peregrino foi e peregrino

ESTÁ CONFORME O ORIGINAL.

do Ginho constituem uma

Mondim e aos mondinenses a

é. Da sua e da nossa memória

Cartório Notarial de Mondim de Basto, em vinte e dois de Junho de 2012.

autêntica Peregrinação. Uma

felicidade e a prosperidade que

colectiva. Como bem prova

persistente

prometem. Uma Peregrinação

a Noite dos Romeiros que

e

que, com a força rítmica da sua

idealizou e fez crescer, e na

Cultural de Mondim e dos

palavra, o Ginho transporta

qual todos nos juntamos, na

Mondinenses.

para as nossas almas ─ quer elas

véspera do Dia do Concelho, do

estejam em Diekirsch, Rodange

nosso Padroeiro São Cristóvão,

ou Pétange, em Neuchatel ou

e do Senhor Santiago, a 25

a memória e a religiosidade

em Berna, no Rio de Janeiro

de Julho, para lembrar e

dos homens da nossa terra.

ou no Recife, no Porto, em

homenagear o Apóstolo que

Uma Peregrinação em que,

Lisboa ou em Mondim ─ toda

jaz em Compostela.

vencendo

persistentemente

a frescura telúrica do nosso

De cujos Caminhos o autor,

tantos obstáculos, enalteceu

Tâmega e toda a grandeza

tão maravilhosamente como

o

maternal e religiosa da Senhora

sempre faz, aqui nos fala.”

autárquica, com ânimo de quem exercita direito próprio, posse essa sem qualquer violência nem oposição de quem quer que seja, ininterruptamente e à vista e com o conhecimento de toda a gente.

o direito justificado, nos termos do disposto no n.° 1 do art. 101 do Código do Notariado.

A Claboradora da Notária em substituição, a) Maria Margarida Antunes de Lemos Oliveira, n° 366/4 (Autorizada nos termos do art.° 8.° do Estatuto do Notariado e em conformidade com o disposto na portaria regulamentar, artigo 2.°, alínea b)

e

e

Peregrinação

verdadeira Histórica

Tão impregnado está o que escreveu com as tradições,

FLORES E ARTIGOS DE DECORAÇÃO

Telef. 255 382 829 - Telem. 936 409 814 Avenida da Igreja - MONDIM DE BASTO

enorme

significado

que

gratuitamente predadores,

da Graça e do Apóstolo São Tiago.


20-7-2012

O POVO DE BASTO

24 20

BRILHANTE FESTA DA ASCENSÃO NO ALTO DA SENHORA DA GRAÇA

de trabalhos comunitários,

um convívio – encontro de

feiras

mais

grande significado como todos

populares libertas do actual

os participantes francamente

estontear o qual em vez de

o demonstravam, pelo que

libertar a humanidade do

merece a prevista e acertada continuidade.

e

romarias

O sentimento devocional

longe mas que ainda perdura

seu

português não está em crise.

nos corações daqueles que

antes contribuem para o seu

Por muito que nos custe

ainda vivem, o passado da

desgaste psicológico.

amparar

e

subida monte acima com os

actividades que não rendem

merendeiras cobertos com as

directamente dinheiro, nem

alvas toalhas de linho, as quais

por isso deixam de merecer à

se estendiam no chão na hora

maior parte dos portugueses

do saboroso “repasto”.

movimentos

o seu maior respeito e carinho. Neste sentido e para o confirmar, não é preciso escolher Aldeias, Vilas ou Cidades, pois em qualquer aglomerado

populacional

aí encontramos o seu vivo empenho na participação e dádiva sempre bem-vinda

Bispo

imérito de Vila Real o qual deslumbrou

a

numerosa

assistência com os seus sábios ensinamentos,

espirituais

e temporais, tão úteis nos nossos dias. Fazemos votos

Assim acontece por todo o

para que haja a continuidade

país sem a mínima excepção,

por todos ansiada.

embora o chamado bairrismo

VILA POUCA DE AGUIAR ACOLHEU COM BRILHO E CARINHO O DIA DA DIOCESE

num caso ou outro produza os seus frutos, o que é louvável. Neste particular merece especial referência o já usual último Domingo de Maio, para o qual foi transferida a já velhinha festa da Ascensão. Velhinha sim, porque não há registo referente à sua primeira realização o que nos leva a supor tratar-se de uma festa muito antiga. Porém

devido

à

sua

transferência para o Domingo, mais a louvável introdução da bem aceite “MARCHA JOVEM”, verificamos de ano para ano um crescimento que nos anima a tentar a sua organização cada vez mais cuidada. Todavia este ano mais uma novidade ocorreu, para nós muito agradável, que foi a anexação da Paróquia de Canedo de Basto ao Arciprestado

do

Baixo

Tâmega., ligando-nos a um passado que já vai um pouco

Como não

as

conseguem

Com muitas saudades nos despedimos até ao ano se

a brilhante festa diocesana contribuiu sobremaneira para

Deus quiser. Joaquim de Carvalho Junho 2012

“O POVO DE BASTO”, N.º 305, DE 20/JULHO/2012

a esta inesquecível festa D. Gonçalves,

esgotante

Também neste particular

Como de costume presidiu Joaquim

quotidiano

desfile pelas principais ruas da Vila em direcção ao modelar campo de futebol onde a numerosa assistência confortavelmente assistiu à celebração da santa missa abrilhantada pelo coro local o qual nos contagiou com os seus primorosos cânticos.

A cargo da Notária ADELAIDE MONTERROSO FREIXO

EXTRACTO DE PUBLICAÇÃO CERTIFICO, para efeitos de publicação, que neste Cartório e no livro de “Escrituras Diversas” número cinquenta - A, desde folhas cento e quinze e seguintes, foi lavrada em vinte e dois de Junho de dois mil e doze, uma escritura de Justificação, tendo nela outorgado como justificante:

Presidiu a esta memorável eucaristia D. Amândio, Bispo de Vila Real, acolitado pelo clero presente, o qual dentro

palavras

das suas possibilidades locais

exprimir

compareceu

em

CARTÓRIO NOTARIAL DE CELORICO DE BASTO

grande

JOSÉ MARIA MAGALHÃES CARVALHO, C. F. n.° 203 311 418, solteiro, maior, natural da freguesia de Ribas, concelho de Celorico de Basto, onde reside no lugar de Paço. MAIS CERTIFICO, por extracto que o justificante declarou o seguinte: Que, é dono e legítimo possuidor, com exclusão de outrém, do seguinte prédio rústico situado no lugar de Quintã, freguesia de Ribas, Celorico de Basto, não descrito na Conservatória do Registo Predial deste concelho: ”MONTE DE CASAIS”, composto de terreno inculto, com a área de quatro

vivamente a satisfação vivida

número com o entusiasmo

mil quatrocentos e oitenta e dois metros quadrados, a confrontar de norte

por todas as pessoas que

que lhe é característico e

com caminho público, nascente com Manuel António Magalhães Alves e de sul

tiveram a dita de poder estar

acolhido

presentes neste memorável

assistência.

encontro

diocesano

organização

cuja

pela

No

numerosa

final

depois

da

saudação de despedida foi

foi programada de maneira

anunciado que para o ano

rotativa,

de 2013 a realização desta

este

dele justificante, sob o artigo 2379, com o valor patrimonial e atribuído de mil trezentos e quarenta euros.

acertadamente cabendo

e poente com Casimiro Alves de Araújo, inscrito na respectiva matriz em nome

Que adquiriu o citado prédio, em dia e mês que não sabe precisar, por volta do ano de mil novecentos e noventa e um, por doação meramente verbal de João Manuel Carvalho Miranda e mulher Maria de Fátima Teixeira de Sousa, residentes no lugar de Torres, da dita freguesia de Ribas. Não tendo sido porém titulada esta aquisição, e por isso não dispõe de

ano a Vila Pouca de Aguiar

festa tem lugar na Cidade de

acolher a sua organização, é

Chaves, tendo este anúncio

justo afirmar que foi um dia

merecido uma brilhante e

memorável.

barulhenta salva de palmas.

proporcionadas, com ânimo de quem exercita direito próprio, posse essa sem

Como de, resto se deixa

qualquer violência nem oposição de quem quer que seja, ininterruptamente e

Depois da recepção de todas as paróquias na Igreja matriz

primorosamente

ordenada, felicidade

tivemos de

brilhantes

assistir

a

ensinamentos

sensibilizaram e instruiram preenchendo frutuosamente a parte da manhã. parte

Quer-nos grande

“frialdade” e

actual

se

fica

a

dever á falta de convívios como

em

ocorriam de

da

que

interpessoal

desumana

prédio em nome próprio e com aproveitamento de todas as utilidades por ele

à vista e com o conhecimento de toda a gente. e pública, exercida desde o referido ano de mil novecentos e noventa e um,

perecer

parte

Que, não obstante, ele primeiro outorgante, desde então, sempre esteve e se mantém na posse e fruição do aludido prédio, possuindo assim o dito

Que, dadas as enunciadas características de tal posse pacífica, contínua

Aditamento.

a

pastorais, que a todos nos

Da

adivinha.

título formal que lhe permita fazer prova do direito de propriedade plena.

tempos

idos

frequentemente

tarde

das mais variadas formas,

decorreu um bem organizado

especialmente nos encontros

adquiriu o aludido prédio por usucapião, título esse que por sua natureza não é susceptível de ser comprovado pelos meios normais, direito este que justifica pela presente escritura, para fins de registo predial. ESTÁ CONFORME Cartório Notarial de Celorico de Basto, vinte e dois de Junho de 2012. A Colaboradora da Notária, a) Elisabete Gomes

O Jornal O POVO DE BASTO vende-se em MONDIM DE BASTO na Livraria ZONA VERDE


20-7-2012

21

O POVO DE BASTO

S. Tiago no Monte Farinha

Por: Costa Pereira

mais

Senhora da Graça que a gente

Sob administração paro-

famosas e antigas da região

de Basto visita anualmente em

quial de Vilar de Ferreiros,

de Basto, tem por recinto

romaria estrondosa de fogo

por decisão diocesana, dado

o cimo do Monte Farinha e

e pancadaria, celebrando um

o templo e recinto onde se

por cenário tudo quando ali,

rito pagão em que há sangue e

situam os demais imóveis

e dali, a vista alcança; e são

vinho à farta”.

do santuário se localizarem

Das

romarias

muitos quilómetros! Das três

Situado na freguesia de

em território da respectiva

festividades que ali ocorrem

Vilar de Ferreiros, o santuário

freguesia e paróquia, aqui tem

anualmente,

do

de Nossa Senhora da Graça é

vindo a ser processada uma

Senhor, no último Domingo

tido como o primeiro santuário

série de melhoramentos como

de Maio; Santiago, no seu

mariano de Trás-os-Montes e

nunca aconteceu em tempo

dia, 25 de Julho; e a Grande

ergue-se a cerca de mil metros

algum.

Peregrinação de Setembro, 1.º

de altitude. Com estrada desde

florestal, até à década de 50

Domingo; temos a romaria de

1944 até ao topo, além da

do século passado, a Ermida

Santiago como a mais popular

ermida toda de granito, tem

do

e festiva com romeiros vindo

mais três capelas que ficam no

no tempo. Mas reposta a

de muito longe fazer a sua

antigo carreiro de quem a pé,

legalidade da posse, e já sob

romaria ao “Santinho” e a

pelo lado da vila de Mondim de

direção do pároco de Vilar de

visita a Nossa Senhora da

Basto, trepava, e trepa ainda

Graça, agradecendo as graças

hoje, o “iteiro” da Senhora.

Ascensão

recebidas até ali. Deste

monte

Do lado de Vilar o mesmo fantástico

acontece com os romeiros

que das terras de Basto é

ou peregrinos que dos lados

miradouro inconfundível, e

de Vila Real, por caminhos e

que o Santuário de Nossa

atalhos, procuram atingir o

Senhora da Graça em granito

pico do Monte Farinha, via

encima ou coroa, recolhi em

Lamas de Olo e Bilhó, aonde

Terra de Basto, de Daniel

chegam já no fim da caminhada

Salgado,

à mistura com os que dos lados

este

descritivo

retrato que com a devida

da “Pedra Alta” sobem vindos

vénia transcrevo: “A noite caía

do Arco, Cerva, Cavez e doutras

sobre a veiga de Britelo, – um

terras

enorme e viçoso milheiral,

bandas e desembocam no

riscado de choupos e uveiras

Largo de Santiago.

em renques, – e a meia-lua surgia

defronte

alaranjada,

afogueada, sobre as corcovas negras do Marão, franqueado pela silhueta cónica do Monte Farinha. Esplêndido panorama para um pintor de génio! Na paisagem nocturna, inundada de luar, sobressai da sépia e do nanquim do arvoredo o rijo mamilo da imensa serrania recostada sobre o Tâmega, pujante de femininas rotundidades – ilusória figura de vulcão que em seu vértice exibe, em vez da cratera fumegante e rabiosa de lavas , a alva e quieta ermida da

distantes

daquelas

O Largo de São Tiago é termo recente que se deu à portela que medeia entre o Monte Farinha e o Meão Grande (ou alto dos Palhaços) e que limita Vilar de Ferreiros (a Sul) com Atei (a Norte). Uma imagem do

Santinho

pontificando

sobre um dos muitos calhaus que a esmo por aqueles montes existe, com vestígios de

interesse

arqueológico,

identifica o local, onde se juntam os antigos acessos à Senhora da Graça: o caminho das Recheiras ou Caminho Novo (Vilar de Ferreiros) e o da Pedra Alta (Atei).

Além

Monte

do

estradão

Farinha

parou

Ferreiros, Padre Correia Guedes e seus colaboradores, iniciouse ali uma transformação no visual que causa admiração e alguma inveja a quem do sítio é conhecedor.

Inscrição dos Romeiros a partir das 8 horas.

Senhora

da

Graça,

ali

Dia 25 de Julho 2012

cultuada em 1566; o local é também ramal antigo do Caminho de Santiago que de

romeiros que por São Tiago

ROMARIA DE S.TIAGO 8.15 h. – Entrada da Banda de Zés P’reiras. 9 h. – Grupo de Concertinas.

de Gagos, Minho fora dá até à

9.30 h. – Espiritual

Já sem aqueles arraiais de

Romeiros.

fogo e pancadaria que ainda vi

10 h.

Atendimento

aos

Andores

(com

destino

ao

Sr. São Tiago. 13 h. – Almoço convívio e

7 h. – Alvorada.

de Lamas-de-Olo e Santiago Galiza.

12.30 h. – Procissão dos Santuário). Súplica de adeus ao

DIA DOS ROMEIROS

Panoias para Compostela ainda hoje é trilhado pelos muitos

de São Tiago.

17 h. – Missa Vespertina.

Trono granítico de Nossa

Tuna Universitária, em louvor

Grupos

de

– Concentração

partilha de farnéis. 14.30 h. – Convívio com o Grupo Coral da aldeia de Vilarinho, grupos de Romeiros e Tuna Universitária. Este ano os cânticos vão estar a cargo do Grupo Coral de Vilarinho, e a manutenção

alguns, a romaria de Santiago

Equestre no Largo de São Tiago

é hoje uma das romarias mais

com desfile rumo ao santuário.

da ordem, como de costume

populares da região de Basto

10.15 h. – Apresentação

à responsabilidade da GNR de

e de todo o norte de Portugal

da

que vale a pena ver e cujo

santuário.

programa deste ano aqui deixo, transcrito: “ROMARIA DE S. TIAGO

Tuna 10.45

Universitária

no

Mondim de Basto”. Vão até Mondim de Basto,

h.

Início

da

Basto que tem São Cristóvão

Procissão. 11 h.

uma vila transmontana de

– Missa Solene

por patrono, um santo que

SANTUÁRIO DE NOSSA

dos Romeiros de São Tiago.

tem a sua festa litúrgica

SENHORA DA GRAÇA – ALTO

Preside, como orador sagrado,

precisamente no mesmo dia

DO MONTE FARINHA.

o Sr. Padre Carlos Manuel

que Santiago Maior.

Dia 24 - Terça - feira (véspera) Actuação de Zés P’reiras das 13 às 17 horas.

Ferreira Rodrigues, digníssimo

Mas quem aqui domina é o

Arcipreste do Arciprestado do

Santinho lá do alto, aquele que

Baixo Tâmega.

São Pedro de Vilar de Ferreiros

12.15 h.

– Actuação da

tem por seu.


20-7-2012

O POVO DE BASTO

24 22

Tomada de posse dos órgãos do PSD de Mondim de Basto

“Fortalecer para Vencer” é o “slogan” do PSD de Mondim de Basto para os próximos dois anos

políticos que se colocam

de flexibilidade no mercado

para os próximos tempos:

do trabalho. O combate à

as

fraude e evasão fiscal, a

eleições

autárquicas

de 2013 e o exercício da

‘diplomacia

económica’,

governação. A este propósito,

renovação

dos

José Matos Rosa sustentou

das forças de segurança,

Na sessão de tomada de

que é preciso  “reformar a

a

posse dos novos órgãos, que

economia portuguesa”, para

Pequenas e Médias Empresas,

decorreu no passado dia 30

sair da crise. Por outro lado,

o estímulo da Economia do

de Junho, o líder da Secção,

é crucial potenciar as bases

Mar, o aumento da eficiência

Bruno Ferreira, apresentou o

do “crescimento sustentado”,

do

projecto para o concelho que

através de uma economia

Saúde e o rigor na atribuição

tem por slogan Fortalecer

mais flexível e dinâmica. “Este

de prestações sociais são

para Vencer.

é um caminho que se faz

objectivos essenciais”, disse.

com o fortalecimento da

O novo lider declarou que

Nacional

das

de

A sessão de tomada de

o PSD de Mondim de Basto

credibilidade

contas

posse contou, ainda, com a

irá trabalhar nesta  “etapa

públicas e a redução do peso

presença do vice-presidente

ambiciosa,

e

do Estado. O Estado tem que

da Distrital do PSD de Vila

sustentável”  para apresentar

proporcionar um ambiente

Real e deputado, Luís Pedro

regulatório,

equilibrada

ideias, projectos e soluções para

o

concelho.

Bruno

Ferreira afirmou que será construída uma alternativa ao actual executivo camarário e que assentará no trabalho e não na propaganda.  “Creio que já todos perceberam a

das

efectivos

internacionalização

Serviço

a

necessidade de construirmos

uma

Pimentel, e dos deputados

pessoas como o centro da

uma

séria,

concorrência mais saudável e

Luís Ramos e Manuela Tender.

sua acção. Porque é com as

credível e responsável. Uma

a introdução de mecanismos

pessoas que reside o nosso

alternativa que não tenha

compromisso”, frisou Bruno

como base a propaganda,

Ferreira.

mas sim o trabalho. Uma

O

alternativa

alternativa que olhe para as

secretário-geral

do

PSD referiu-se aos desafios

permitir

 

2.º TORNEIO ABERTO DE VOLEIBOL DE PRAIA Zona balnear do rio Tâmega (Mondim de Basto) Nos dias 18 e 19 de Agosto do corrente ano, a freguesia de Mondim de Basto irá realizar o 2º Torneio Aberto de Volei de Praia. A realização deste torneio terá lugar na Zona balnear do rio Tâmega em Mondim de Basto, das 15h00 às 19h00. Este evento tem como principal objetivo na continuidade de fomentar a prática de atividades desportivas junto da população em geral e das camadas mais jovens em particular. Para participar neste Torneio as equipas deverão ser duplas (constituídas por 2 jogadores), podendo ser mistas. As inscrições encontram-se abertas até ao próximo dia 14 de Agosto, na sede da Freguesia de Mondim de Basto e no Bar do rio Tâmega, ou pelo e-mail: freguesia@jf-mondimdebasto.pt, através do envio da ficha de inscrição disponível no site da freguesia: www. jf-mondimdebasto.pt


20-7-2012

Falta de médicos no Centro de Saúde de Mondim

Desde o início do mandato que o Presidente da Câmara tem mantido contactos com o Ministério da Saúde com vista à melhoria das condições de saúde no concelho de Mondim de Basto. Em maio último, por insistência do Presidente da Câmara foi colocada uma médica no Centro de Saúde. No entanto, a médica que prestava serviço, por razões que são do conhecimento púbico, está neste momento impedida de exercer a sua atividade. Atualmente estão ao serviço apenas quatro médicos, sendo que em breve, devido ao gozo de férias, o Centro de Saúde ficará apenas com dois médicos. Prevê-se uma situação caótica, agravada pelo facto de nesta altura do ano, com a vinda dos emigrantes, a população quase duplicar. Com apenas quatro médicos ficam 1 500 utentes sem médico de família e as extensões de saúde do concelho continuam sem médico. Face à situação descrita o Presidente da Câmara estabeleceu contactos com a ARS Norte para que, no mais curto espaço de tempo, seja reforçado o número de médicos garantindo a assistência médica aos utentes do concelho. O Presidente da Câmara enviou, em final de junho, uma carta à ARS Norte mas até ao momento ainda não obteve resposta.

O POVO DE BASTO

23


Pintura

.

.

Mec창nica

O POVO DE BASTO

Zona Industrial de Crespos - 4890-264 Celorico de Basto Tel./Fax: 255 322 007 / Tlm: 962 446 915 e-mail:automiguelteixeira@gmail.com

Chaparia

24 24 20-7-2012


O POVO DE BASTO