Page 1

Nutrição:

BodyTalk: a abordagem integral do corpo em prol da saúde

Semear Saúde Edição nº 12 | Maio 2017

Este caderno faz parte integrante da edição n.º 1183, de 12 de Maio de 2017, do jornal Postal do Algarve e não pode ser vendido separadamente.

Sistema BodyTalk e MindScape como ferramentas para a consciencialização como caminho de auto-cura ps. 6 e 7

Nutrição:

Formação & empregabilidade:

Massagem e Terapias SPA são a nova aposta formativa em Tavira, numa parceria Semear Saúde e Forma & Animus p. 5

Uma mesa cheia de amigos é a melhor rede social por Angela Oeiras p. 3


2 12.05.2017

Semear Saúde psicologia

editorial

Celebre connosco!

Cláudia Brito

Presidente da Associação Semear Saúde associacaosemearsaude@gmail.com

Neste editorial comemoramosoprimeiroaniversário do caderno Semear Saúde, que acompanha mensalmente os jornais Postal e Público no Algarve. Motivados pelo reconhecimento do nosso trabalho, continuamos a caminhar para fortalecer as nossas linhas de pesquisa na área da saúde e a oferecer, cada vez mais, informação interessante e útil, para que os nossos seguidores possam fazer as escolhas mais acertadas. Interessa-nos partilhar consigo estudos, pesquisas e notícias, livres de qualquer tipo de pressão, seja financeira, política ou ideológica. Isto, porque a missão da Associação Semear Saúde é promover e defender a saúde dos cidadãos e ajudá-los a exercer os seus direitos: acesso à informação, à educação, à justiça, direito à saúde, à segurança e a uma vida saudável. Recentemente, após a assinatura de um protocolo com o jornal Postal, passámos a disponibilizar os nossos conteúdos em www. postal.pt. Para estar actualizado basta carregar no ícone “Semear Saúde” e terá acesso a toda a informação que publicamos diariamente sobre o tema. Agradecemos a todos os que acreditam no nosso trabalho, e convidamos profissionais de saúde e terapeutas a submeterem os seus textos/artigos para os próximos números do nosso caderno Semear Saúde. Abraço caloroso.

A fome emocional Quantas vezes já deu por si a comer sem que tivesse realmente fome? Come porque ofereceram, porque apetece, porque está habituado, porque tem mesmo bom aspecto, porque já não come há muito tempo, porque merece, porque está só, porque se sente triste ou ansioso ou para preencher aquele vazio... as razões são imensas e a lista não acaba! Na verdade, a única fome a que realmente deveríamos responder e que necessitamos é a fome fisiológica. Esta fome dá-se quando o organismo tem necessidade de reposição nutricional e energética. Existe uma série de mecanismos fisiológicos que nos informam acerca desta falta de energia e nutrição, provocando-nos a sensação de fome e depois, a sensação de saciedade quando essas necessidades já foram repostas. Assim, se o nosso corpo nos diz que temos que repor nutrientes e energia, é importante que o saibamos ouvir e atender às suas necessidades e daí a diferença entre comer e alimentar-se. Embora possam ser vistos como sinónimos, podemos fazer a distinção entre a intenção por detrás da acção. Comer pressupõe encher a barriga, atender à emoção e não à procura da real necessidade fisiológica. Já alimentar-se pressupõe um acto pensado, consciente, baseado em escolhas alimentares cuja função será nutrir o organismo. Aqui começa a primeira mudança: alimentar-se, nutrir-se, não comer simplesmente! Toda a comida que é ingerida sem fome fisiológica ou para além da saciedade, ou seja, sem a necessidade de re-

posição de energia por parte do organismo, é armazenada em forma de gordura. Assim, se consome mais energia do que necessita, o seu corpo fará as suas reservas. No entanto, existem diferenças entre as pessoas, pois existem indivíduos cujo metabolismo lhes permite comer muito e não engordar, enquanto outras, ao mínimo excesso engordam.

preenchimento ou razões sociais. A inúmera disponibilidade, variedade e acesso à comida, levou-nos à obsessão pela mesma, pelo aspecto físico e peso. Cada vez são mais as pessoas que têm alterações do comportamento alimentar, tal como a compulsão alimentar, restrição alimentar e provocar o vómito e, por

sentimentos de tristeza e stress (crónico) que favorecem a ingestão destes alimentos a que normalmente se chama comida de conforto, que activam os mecanismos de recompensa. Estes têm como apoio a memória e o prazer que promovem o desenvolvimento de hábitos e alterações cognitivas que modelam o cérebro, levando à adopção de hábitos D.R.

A fome emocional é aquela que não é o organismo fisiológico que solicita Comer é, assim, um comportamento complexo que não é apenas orientado pela fome fisiológica mas também por inúmeros factores de ordem biológica, nutricional, social, económica, psicológica e emocional. A fome emocional é aquela que não é o organismo fisiológico que solicita, mas sim, uma fome que aparece como preenchimento de emoções. A ingestão de alimentos açucarados, como bolos, doces ou sobremesas ou os salgados e gordurosos, como as batatas fritas, snacks e aperitivos não surge apenas pela necessidade de ingestão de calorias, mas pela necessidade de conforto, de pertença,

vezes, padecem dos três tipos de comportamentos. As comidas apaladadas, como os açúcares, sal e gorduras, podem activar o sistema de recompensa que existe no nosso cérebro através da activação do sistema dopaminérgico (libertação de dopamina - hormona geradora do prazer) que explica a adição à comida. Estas comidas normalmente fazem elevar a sensação de fome, baixando as respostas dos sinais de saciedade, levando-nos a perder a percepção da fome devido à activação do sistema de recompensa, alterando a regulação do apetite. Estudos demonstram, que o mesmo parece acontecer com

e comportamentos relativamente à comida. Assim, o stress crónico presente, os sentimentos negativos que levam à ingestão da comida apaladada que activam os mecanismos do prazer, atenuam a percepção do stress, provocando um certo alívio ou conforto, que reforçam a ingestão alimentar, contribuindo, para o aumento do peso, entrando-se, sem muitas vezes se ter a percepção, num ciclo vicioso. A comida acaba, assim, por funcionar como um calmante ou tranquilizante que atenua os estados de humor negativos. Esta forma de comer, como alívio do desconforto mental, acaba muitas vezes por se tor-

Filipa Nobre Psicóloga

naturamentepsi@gmail.com

nar num acto reflexo, levando muitas vezes a comer por hábito e pouca consciência. Para que este comportamento se altere, é necessário tomar consciência do mesmo, assim como partir à descoberta das causas do stress crónico e dos estados de humor negativos que levam à ingestão da comida sem fome. Para isso, é necessário um grande investimento pessoal, atenção e esforço para mudar estas ingestões alimentares. Deste modo, é importante que conheça o seu comportamento alimentar, mesmo quando o seu peso está dentro dos seus padrões, pois é possível que seja do tipo de pessoa que, para manter o peso, trave uma batalha com a comida entre restrições e controlo ou compulsão e descontrolo total, com ataques vorazes à comida, voltando depois, de cometido o erro, à restrição, envolvendo-se num ciclo vicioso. Na Psicologia do Emagrecimento e Comportamento Alimentar com o Programa RAFCAL - Reabilitação Afecto Cognitiva do Comportamento Alimentar, iremos procurar o cerne dessas emoções, afectos e comportamentos, que influenciam o comportamento alimentar, e embarcar numa jornada de mudança, de hábitos e comportamentos para a adopção de comportamentos magros e a manutenção do peso magro saudável. Conheça o seu comportamento alimentar, a sua fome emocional, e irá partir numa viagem de auto descoberta e fazer as pazes com a comida e a balança. PUB


12.05.2017 3

Semear Saúde

nutrição

A melhor rede social é uma mesa cheia de comida e amigos! Agora que os dias são maiores e mais calorosos já apetecem refeições mais ligeiras e no exterior, quer seja no terraço ou no jardim da

sua casa, quer seja num piquenique com a família e amigos. Para comemorar a chegada da Primavera hoje trago um menu de três receitas rápidas, fáceis e

Cogumelos Portobello com requeijão e pêssegos

saudáveis, que irão surpreender os seus familiares e amigos pelo conjunto de cores e texturas, tostas verdes, cogumelos Portobello recheados e tortilla sem ovos de alho francês. Adicione a este menu umas

saladas coloridas (alface, endívias, morangos, rúcula, etc…) frutas da época (já peladas e cortadas) ou verduras (por exemplo cenouras descascadas) e sumos naturais ou smoothies coloridos de frutas e verduras,

Tostas verdes

também uns snacks caseiros, como frutos secos torrados ou salteados e polvilhados com um pouco de flor de sal e barrinhas energéticas elaboradas por si e que não contenham produtos processados.

FOTOS: D.R.

Angela Oeiras

Formadora na Escola Hoteleira de V.R.S.A., blogger www.angelaoeiras.com

Tortilha (sem ovos) de alho francês e orégãos

FOTOS: ANGELA OEIRAS

Gosto de adicionar frutas cozinhadas aos pratos de legumes e verduras, pois estas dão um toque doce a estes pratos. A farinha de grão é um óptimo substituto do ovo nas dietas veganas que não consomem nenhum produto de origem animal.

Agora com a chegada da Primavera aparecem já os primeiros pêssegos, ideais para este tipo de preparações. Escolha uns pêssegos que não estejam muito maduros, pois ao cozinhá-los poderão desfazer-se com mais facilidade, também pode grelhá-los sem pele, mas para mim a pele dá-lhe um toque colorido diferente a este prato. î Ingredientes: Cogumelos Portobello; Requeijão; pêssegos; hortelã; Molho de mel, azeite e vinagre. Decoração: Creme de cacau (cacau em pó dissolvido com um pouco de leite de arroz e mel); amêndoas filetadas e ovinhos de tâmaras e cacau. î Preparação: Limpar os cogumelos com um pano seco, retirar os pés com cuidado para não partir os cogumelos e colocá-los numa travessa de ir ao forno com a parte interior virada para cima. Rechear cada cogumelo com requeijão e levar ao forno pré-aquecido a 180º durante aproximadamente uns 20 minutos, ou até que veja que os cogumelos já estão cozinhados. Entretanto, cortar os pêssegos em gomos e grelhá-los ligeiramente num grelhador ou frigideira (não é necessário juntar nenhuma gordura). Retirar os cogumelos do forno, colocar por cima os gomos de pêssego grelhados e polvilhar com a hortelã picadinha. Regar com o molho de mel (numa tacinha misturar uma colher de sopa de mel, com a mesma quantidade de azeite e de

Estas tostas são muito agradáveis para comer tanto ao pequeno almoço como numa entrada fria de um menu. É óptima para os dias mais quentes que agora chegam e ideal para levar para a praia ou para um piquenique, pois o abacate dá-lhe a textura suave de uma manteiga e o pepino frescura. î Ingredientes: Pão integral (do seu cereal preferido); Rúcula; Abacate; Pepino. Decoração: Banana; morango; manga e pepitas de chocolate. î Preparação: Cortar o pão em fatias e torrá-lo ligeiramente (apenas para lhe retirar a humidade). Cobrir o pão com rúcula, fatias de abacate e fatias finas de pepino. Regar com um pouco de azeite no momento de servir.

Tem a vantagem de não conter glúten pelo que também pode ser usada em dietas celíacas, é uma óptima fonte de fibra, capaz de baixar o colesterol mau e de travar os níveis de açúcar no sangue e fornece uma boa dose de proteínas à refeição. Hoje em dia é muito fácil de encontrar, seja na ervanária ou na secção de produtos saudáveis do seu supermercado, ou poderá ainda (caso tenha uma Bimby) triturar o grão seco até este ficar em farinha, fabricando assim a sua farinha de grão. î Ingredientes: 1 chávena de (240 ml) de água e de (160 gr) farinha de grão; 1 alho francês; 1cebola; Azeite q.b.; orégãos; sal e pimenta. î Preparação: Numa liquidificadora (ou na Bimby) colocar a água, a farinha de grão, sal e pimenta e duas colheres de sopa de azeite e misturar até que os ingredientes estejam todos bem misturados e não tenha grumos. Adicionar os orégãos, misturar ligeiramente e reservar. Cortar o alho francês às rodelas e a cebola em meias luas e salteá-los num pouco de azeite. Untar um tabuleiro de forno com um pouco de azeite, colocar por cima o salteado de alho francês e cebola e regar com a mistura de grão. Levar ao forno pré-aquecido a 180º durante aproximadamente 30 minutos ou até que veja que a mistura já está coalhada e douradinha por cima. Guardar no frigorífico dentro de uma caixinha ou comer de imediato, pois são deliciosas.


4 12.05.2017

Semear Saúde formação

Semear Saúde traz para Tavira formação de referência pela mão da Forma & Animus FOTOS: D.R.

Falar de formação é falar da qualidade de profissionais que vão desempenhar as funções para as quais receberam qualificações e que por isso vão desenvolver nas comunidades trabalho especializado nas diversas áreas para as quais foram instruídos.

Depois de criada em Portimão e com uma década de trabalho consolidado e provas dadas, a Forma & Animus, reconhece Ana Raquel, “queria há muito vir para a zona do sotavento e não tínhamos ainda tido oportunidade de encontrar um parceiro, portanto acho que fomos muito felizes em nos cruzarmos com a Semear Saúde”. A entidade formadora procurava um parceiro credível, com instalações adequadas e capacidade de gerir as formações, mantendo os padrões de qualidade que exige para todos os seus cursos. Assim se juntam duas entidades apostadas na excelência e arranca em Tavira uma parceria que dotará o sotavento de uma oferta especializada na formação para os sectores da saúde e bem-estar, tendo por base as instalações da Semear Saúde em Tavira, onde gabinetes e salas de formação permitem condições óptimas de aprendizagem para os formandos.

Trata-se de qualificar a mão-de-obra do futuro, profissionais que durante anos vão desempenhar o seu trabalho de acordo com os ensinamentos recebidos e esta realidade constitui um desafio de enorme importância para quem ministra formação profissional. Ciente da responsabilidade que é formar os profissionais do futuro em qualquer área, a Semear Saúde escolheu para parceiro de formação uma referência regional do sector, a Forma & Animus, que passa a ministrar formação em Tavira e a colocar à disposição de todo o sotavento do Algarve a experiência e o saber consolidado de um player reconhecido e com crédito sfirmados na área da formação.

Dez anos de experiência ao serviço de quem quer ter formação de referência Ao encetar a parceria entre a Associação Semear Saúde e a Forma & Animus, Cláudia Brito, presidente da associação sediada em Tavira, destaca a “importância da aposta em trazer para Tavira uma entidade certificada e com um vasto conhecimento do sector da formação e que, acima de tudo, tem muitos profissionais a trabalhar como especialistas de referência que atestam

Do barlavento para o sotavento para dotar o Algarve de uma oferta de referência na formação para as áreas da saúde e bem-estar

Ana Raquel, responsável da Forma & Animus a qualidade prática da formação que é ministrada aos estudantes”. Já a responsável pela Forma & Animus, Ana Raquel, destaca que há dez anos que a entidade formadora desenvolve a sua actividade, tendo nascido em Portimão do desejo de Ana Raquel, formada em animação sociocultural,

de “trabalhar no Algarve na área do turismo de saúde e bem-estar”.

Qualidade, certificação e segurança A Forma & Animus apresenta assim, em Tavira, a sua oferta formativa assente na elevada qualificação dos seus formadores, no domínio e disponibilização das técnicas aplicadas

a cada área e na responsabilidade quanto às questões éticas na aplicação das diversas terapias para as quais forma profissionais, tudo para oferecer aos formandos cursos de elevado padrão de exigência, devidamente certificados pelo Ministério da Educação (DGERT) e que os tornam aptos ao exercício de uma profissão.

Inscrições abertas em Tavira Agora já sabe que pode escolher uma formação de referência no sotavento do Algarve, bastando para tanto contactar a Semear Saúde e obter todas as informações, bem como inscrever-se nas formações. O contacto pode ser estabelecido através do endereço electrónico associacaosemearsaude@gmail.com ou dos contactos telefónicos 281 320 902 ou 926 485 533.

Aposte em si e na sua formação Escolha uma aprendizagem com provas dadas e experiência reconhecida, aposte em si e no seu futuro qualificando-se para uma profissão com quem pode realmente dotá-lo das ferramentas de que precisa para ter sucesso.


12.05.2017 5

Semear Saúde

formação

Formação em Massagem e Terapias SPA aposta em mercado com elevada empregabilidade

diferentes necessidades dos pacientes com aquela ou aquelas que forem as soluções mais adequadas a cada caso concreto. Assim, o profissional, uma vez concluído o curso certificado, pode oferecer aos seus pacientes uma adequação sob medida dos tratamentos a utilizar, particularizando a abordagem e maximizando os resultados benéficos que se pretendem atingir.

Prestes a começar na Semear Saúde está a formação da Forma & Animus dedicada às Massagens e Terapias SPA, uma qualificação que pretende dotar os formandos de todas as ferramentas para exercerem actividades nas áreas abrangidas. Trata-se de uma formação cuja característica mais notória é, desde logo, a versatilidade,≠ abrangendo áreas tão diversificadas como a Aromoterapia, a Massagem Geotermal, a Massagem com Velas, a Massagem Geral, a Bambuterapia e a Massagem com Pindas. Todas estas valências terapêuticas assentes numa rigorosa formação técnica e numa base de conhecimento alargado de anatmofisiologia. A proposta da formação, que

terá lugar em Tavira nas instalações da Semear Saúde, é a de capacitar os formandos para o exercício profissional, mas simultaneamente dota-los de ferramentas capazes de lhes

permitirem enfrentar e ultrapassar os desafios profissionais com respostas adequadas e a qualidade que se pretende nestes tratamentos. O leque de terapias leccionadas durante a formação dá ao formando um forte conhecimento de várias respostas para adereçar FOTOS: D.R.

Formação vai abranger diversas áreas terapêuticas

Uma formação pensada para um mercado de trabalho crescente As massagens e terapias SPA são hoje um mercado de trabalho com procura crescente e onde o Algarve tem um elevadíssimo potencial de crescimento efectivo. Se por um lado, as pessoas residentes na região procuram cada vez mais respostas para atingirem situações de bem-estar e saúde globais melhores, e nessa medida cada vez mais procuram esta tipologia de terapias para encontrarem repostas para as suas necessidades, por outro lado, o turismo de saúde e bem-estar é um dos nichos de mercado com maior crescimento. Não só os turistas residenciais procuram massagens e terapias, como o turismo de alojamento hoteleiro não passa hoje sem oferecer aos seus clientes pacotes capazes de satisfazer as suas necessidades nesta área tera-

pêutica. Tudo num conjunto de realidades que se cumulam resultando num mercado de emprego com forte procura e que no sotavento tem particulares dificuldades em encontrar profissionais qualificados.

horas de formação, encontrar-se com as capacidades necessárias para encontrar o seu meio de subsistência, fazendo o que gostam e certos das suas verdadeiras capacidades.

124 horas que lhe dão as ferramentas para encontrar o seu emprego

Saúde e mude a sua vida

Numa resposta a esta necessidade, a escolha da Semear Saúde e da Forma & Animus recai sobre uma formação profissionalizante dedicada a um mercado de trabalho com elevada empregabilidade. Com uma formação certificada e devidamente credenciada, a que se soma a elevada qualidade dos formadores, os formandos podem, ao fim de 124

Inscreva-se na Semear

Agora já sabe, está à distância de um contacto para poder dar um novo rumo à sua vida segura de que sabe como o fazer e de que tem qualificação para enfrentar o desafio. Para tanto, basta contactar a Semear Saúde e obter todas as informações, bem como inscrever-se nesta formação através do endereço electrónico associacaosemearsaude@gmail.com ou dos contactos telefónicos 281 320 902 ou 926 485 533. PUB


6 12.05.2017

Semear Saúde bodytalk - mindscape

BodyTalk: a abordagem integral do corpo para a consciencialização em prol da saúde Apostar em terapias experimentadas e comprovadas na abordagem que fazem aos problemas de saúde tem sido desde o início uma das mais importantes linhas de actuação da Associação Semear Saúde. Esta é uma aposta que a Semear Saúde faz sempre com o objectivo de facilitar o acesso dos pacientes às respostas mais adequadas aos seus problemas e desta vez a associação passa a disponibilizar em

Tavira uma terapêutica inovadora, situada no espectro das terapêuticas mais modernas em aplicação no mundo, o BodyTalk. Este sistema integrado de saúde, como é classificado pelos criadores do sistema internacional que tem já terapeutas por todos os continentes, aposta numa abordagem integral do ser humano como forma de potenciar o bem-estar e a saúde. "Compreendendo corpo, espírito e mente, trata-se de uma terapêutica focada na visão integral do ser humano como ferramenta

para uma consciencialização promotora da saúde", explica Penelope Reyes. A representante no Algarve do sistema BodyTalk falou ao SEMEAR SAÚDE quando se prepara para, a partir de 26 de Maio, integrar a equipa de terapeutas da Associação Semear Saúde em Tavira, passando a dar consultas todas as sexta-feiras. Penelope Reyes é, a par com outro terapeuta do Porto, a única especialista certificada para aplicar a terapia BodyTalk em Portugal e vai disponibilizar esta abordagem em Tavira, recorrendo a diversas ferramentas integrantes do sistema BodyTalk, nomeadamente o MindScape. A terapeuta esclarece que o MindScape é uma ferramenta preciosa no auxílio dos pacientes para que possam prosseguir com os seus avanços no método BodyTalk.

Quando o paciente e o seu corpo são os veículos da terapêutica e do sucesso Quando se fala em progressos do paciente, não é um discurso meramente incidental. Na verdade, explica Penelope Reyes, o método BodyTalk

FOTOS: D.R.

terpelar os mais variados problemas de saúde e as mais diversas problemáticas pessoais que indirectamente influem na nossa qualidade de vida e bem-estar. Esta é uma terapêutica que pode ser aplicada em conjunto com qualquer outra desde a medicina convencional até às mais variadas terapêuticas ditas alternativas e enquanto tal é uma forma de quem aborda o problema do paciente poder ver potenciada a sua capacidade de ajudar no processo de cura.

Consultas podem ser marcadas na Associação Semear Saúde

Penelope Reyes, especialista em terapia BodyTalk aposta em que o paciente oiça o seu corpo e se consciencialize do que são as prioridades a serem abordadas para caminhar a favor do bem-estar e de uma saúde integrais. "O paciente tem de se aprender a ouvir e neste campo o terapeuta é um facilitador dotado de ferramentas e processos capazes de facilitar esta percepção das necessidades do eu", refere. É o próprio organismo que trata de revelar num processo de ganho progressivo de consciência aquilo que considera como prioritário e que, por isso, deve ser abordado de forma mais imediata para que se possa dar início ao processo mental, espiritual e fisiológico de auto-cura.

Uma abordagem sem medicamentos, dietas ou terapêuticas invasivas Neste sistema terapêutico o modus operandi para atingir a

resolução dos problemas do paciente é determinado pelo corpo e mente do próprio paciente e de acordo com as necessidades e os ritmos pessoais. Diferente da psicoterapia convencional, refere Penelope Reyes, esta é uma abordagem integral que procura a consciência para mudança e em que o terapeuta não intervém, sendo apenas uma caixa de ressonância especializada em saber identificar os sinais que o paciente vai produzindo". A especialista sublinha que se trata de "revelar ao paciente caminhos inatos de que o organismo dispõe para prosseguir o objectivo de auto-cura"

Uma poderosa ferramenta ao dispor de pacientes, mas também de profissionais Penelope Reyes esclarece que o sistema BodyTalk é uma ferramenta poderosa para in-

A partir do próximo dia 26 de Maio a especialista passa a ter semanalmente consultas disponíveis para os pacientes na Associação Semear Saúde e para marcar a sua hora basta contactar o endereço electrónico associacaosemearsaude@gmail.com ou os contactos telefónicos 281 320 902 ou 926 485 533. Aceda a uma terapia de ponta que, como refere Penelope Reys, revoluciona a forma como interagimos com o nosso próprio organismo e com as suas necessidades. Aprenda com o apoio integral de um especialista a ouvir o que o seu corpo tem para lhe dizer, quer quanto aos problemas que tem, quer quanto às formas de lhes dar a mais adequada resposta. "Esta terapia não faz um diagnóstico, muito menos um diagnóstico fechado que é o ponto de partida para uma abordagem parcial dos problemas. Antes opta por compreender o ser humano em cada caso particular e encontrar nele e não noutro qualquer meio, as soluções para cada situação de forma evolutiva e global", diz a especialista. Entretanto, além das consultas de Penelope Reys, a Associação Semear Saúde vai também disponibilizar formação deste poderoso método terapêutico, saiba tudo sobre essas iniciativas na página seguinte.


12.05.2017 7

Semear Saúde

bodytalk - mindscape

Formação MindScape chega à Semear Saúde através de especialistas internacionais FOTOS: D.R.

Aprender a ouvir os sinais do seu corpo e da sua mente para melhor entender que respostas dar a cada problema é a base de todo o sistema BodyTalk e em particular da ferramenta terapêutica MindScape.

Aprenda a ouvir o seu corpo PUB

A formação é a base de trabalho de quem deseja ver-se capacitado para usar o sistema BodyTalk e aplicar o MindScape e, para tanto, a Semear Saúde vai disponibilizar duas iniciativas para quem deseja conhecer melhor estas terapêuticas e todos os seus meandros e para quem quer poder ficar qualificado para a sua aplicação a pacientes.

Palestra MindScape em Junho com inscrições já abertas Já a 18 de Junho Penelope Reyes é a especialista responsnável pela formação relativa à ferramenta terapêutica MindScape, numa palestra que pretende dar a conhecer todas as potencialidades deste método e a enorme abrangência do mesmo no que respeita aos problemas que podem ser resolvidos com recurso ao sistema de promoção da 'saúde integral'. As inscrições para esta palestra estão já abertas, numa sessão que promete ter forte assistência dado que a especialista é uma das duas únicas pessoas em Portugal capacitadas para esta terapia. As inscrições podem ser realizadas junto dos serviços administrativos da Associação Semear Saúde pelo correio electrónico associacaosemearsaude@gmail.com ou pelos contactos telefónicos 281 320 902 ou 926 485 533.

Em Outubro Celso Juc chega a Portugal para uma formação alargada no método BodyTalk Já em Outubro, nos dias 20,

Celso Juc, formador de MindScape 21 e 22, é a vez do especialista brasileiro Celso Juc vir a Tavira dar uma formação no método BodyTalk. Três dias com o engenheiro que se tornou um nome incontornável desta abordagem terapêutica do outro lado do Atlântico e que traz a Portugal a experiência de anos de prática na aplicação do sistema integral de abordagem terapêutica que está entre os mais inovadores do mundo na actualidade. Uma oportunidade única de cruzar informação e aprender tudo acerca desta terapia com um especialista de referência que apenas dará em Portugal esta formação. Uma vez mais, a proposta é a de aprender a dominar uma técnica inovadora e de grande potencial que está a dar os primeiros passos promissores em Portugal, aprendendo com

alguns dos melhores especialistas internacionais. Acompanhe no SEMEAR SAÚDE todos os desenvolvimentos sobre esta formação alargada e única em Portugal e conheça todos os pormenores sobre a mesma contactando a Associação Semear Saúde em Tavira. À sua disposição estão os contactos 281 320 902 ou 926 485 533 e ainda o e-mail associacaosemearsaude@gmail. com, portas de acesso privilegiadas para estas sessões de esclarecimento e formação. Uma vez mais, a Semear Saúde coloca à disposição dos algarvios o acesso ao conhecimento e ao domínio de terapêuticas e técnicas capazes de fazer uma verdadeira diferença, quer na sua vida, quer na sua profissão, seja qual for a área das terapias a que está ligado.


PUB

PUB

SEMEAR SAÚDE 12 - 12 MAI 2017  

• CONHEÇA O SEMAR SAÚDE DESTE MÊS • Sexta-feira (dia 12/05) nas bancas com o PÚBLICO e o POSTAL • ON-LINE a informação à distância de um cli...

SEMEAR SAÚDE 12 - 12 MAI 2017  

• CONHEÇA O SEMAR SAÚDE DESTE MÊS • Sexta-feira (dia 12/05) nas bancas com o PÚBLICO e o POSTAL • ON-LINE a informação à distância de um cli...