Issuu on Google+

ALGARVE MAIOR POSTAL MOSTRA OS PRIMEIROS 90 NOMEADOS > 23

www.xlconta.com

Director Henrique Dias Freire • Ano XXIII • Edição nº 1011 • Semanário à quinta-feira • 25 de Novembro de 2010 • Preço 1 €

EM FOCO 3 FARO 4 PORTIMÃO 6 VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO, CASTRO MARIM, ALCOUTIM 7 TAVIRA 8 OLHÃO 9 LOULÉ, SÃO BRÁS DE ALPORTEL 10 ALBUFEIRA 12 LAGOA, SILVES, MONCHIQUE 13 LAGOS, VILA DO BISPO, ALJEZUR 15 REGIÃO 16 LAZER 19 CLASSIFICADOS 20 OPINIÃO 22

D.R.

FAGAR mexe nos tarifários

PSD critica atrasos no ordenamento territorial > Luís Gomes, líder regional dos social-democratas, critica o relatório da CCDR sobre o ordenamento do território > 3

40% vêem a factura descer

24%

PSD quer Plano de Reequilíbrio Financeiro >

vêem a factura subir

ALBUFEIRA

Ídolos animam fim de ano A passagem de ano tem Albufeira novamente como cidade rainha. Para entrar em 2011 a cidade vai ter a final do programa Ídolos da SIC p. 12 >

D.R.

TAVIRA

Manuel Alegre promete vetos pelo Estado social

D.R.

mantêm valor da factura

LAGOS

O PSD avança com a proposta mas Júlio Barroso afasta-a liminarmente. Lagos está longe dessa situação diz o presidente p. 15

36%

ÀS SEXTAS EM CONJUNTO COM O PÚBLICO POR €1,60

PUB

O candidato veio ao Algarve e promete estar contra atentados ao modelo de Estado social português p. 16 >

FARO DESCE FACTURA DA ÁGUA para 40% dos consumidores, Macário Correia promete descer a tarifa da água

e o valor da factura global. O POSTAL fez as contas e 36% dos consumidores vão pagar mais em cada mês

>4

CA SOLUÇÕES DE REFORMA Veja anúncio na página 2

MONTE GORDO CÂMARA DE VILA REAL AVANÇA COM REQUALIFICAÇÃO DA FRENTE MARÍTIMA

GROUNDFORCE EMPRESA PROPÕE MEDIDAS PARA AMENIZAR DESPEDIMENTOS

PORTAGENS UTENTES DA VIA DO INFANTE VOLTAM À LUTA CONTRA AS PORTAGENS

Requalificar a zona costeira de Monte Gordo é o plano que custará 40 milhões de euros e promete mudar a face da localidade balnear > 7

Depois da visita de Carvalho da SIlva da CGTP, a empresa apresentou várias propostas que afirma pretenderem minorar o efeito dos despedimentos > 17

De novo para a rua é a proposta da Comissão de Utentes da A22, que quer também saber a posição definitiva dos políticos face às portagens > 18


pub

pub

pub

25.NOVEMBRO > 01.DEZEMBRO

N.06

NOV.2010

AGENDA CULTURAL

* Por marcação na Biblioteca ou através do telefone 281 510 050 **INSCRIÇÕES / INFORMAÇÕES: Centro de Investigação e Informação do Património de Cacela ou T./F. 281 952 600

01>30.NOVEMBRO VISITAS GUIADAS À BIBLIOTECA MUNICIPAL VICENTE CAMPINAS

Por marcação na Biblioteca ou através do telefone 281 510 050

15.NOV>06.JAN 2011 CONCURSO DE DECORAÇÃO DE MONTRAS

LOCAL. Estabelecimentos de comércio e

serviços do centro da cidade (lojas, cafés, bares, restaurantes)

15.NOV>06.JAN 2011 EXPOSIÇÃO DE QUADROS DOS ENCONTROS DE PINTURA RÁPIDA AO AR LIVRE DE VRSA E AYAMONTE LOCAL. Estabelecimentos comerciais do

centro da cidade

ATÉ 30.NOVEMBRO EXPOSIÇÃO: «VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO E O URBANISMO ILUMINISTA», inserida na exposição conjunta “Algarve – Do Reino à Região” da Rede de Museus do Algarve. LOCAIS EXPOSITIVOS. Av. da República; Rua da Princesa; Praça Marquês de Pombal; Largos António Aleixo e Lutegarda Guimarães de Caíres

01>30.NOVEMBRO EXPOSIÇÃO “LETRAS E CORES, IDEIAS E AUTORES DA REPÚBLICA”

Produção da Direcção Geral do Livro e das Bibliotecas em colaboração com a Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República HORA. 09h30> 18h30 (Segunda a Sexta) // 14h00> 18h30 (Sábado) LOCAL. Biblioteca Municipal Vicente Campinas

01>30.NOVEMBRO CONTA LÁ! - “O JARDIM DO ÉDEN”

De Hans Christian Anderson HORA. 10h30 (Segunda a Sexta) LOCAL. Biblioteca Mun. Vicente Campinas

22>26.NOVEMBRO WORKSHOP “EMOCIONES A COMPÁS” Prof. Noemi Martinez Chico HORA. 19h00 > 22h00 LOCAL. Centro Cultural António Aleixo ORG.: Associação Cultural de Dança Espanhola de VRSA

25.NOVEMBRO ATELIER – OFICINA “VIVER A BIODIVERSIDADE”

Por Natureza Brincalhona PÚBLICO-ALVO. Pré-escolar e 1.º ciclo HORA. 10h00 / 14h30 LOCAL. Biblioteca Mun. Vicente Campinas

NOVEMBRO/DEZEMBRO // EXPOSIÇÃO “MEMENTO MAR MEMOR” “INDÚSTRIA CONSERVEIRA EM VRSA” “ARTES LITOGRÁFICAS” HORA. 09h30> 12h30 / 14h00> 16h30

(Segunda a Sexta)

LOCAL. Arquivo Histórico Municipal

NOVEMBRO/DEZEMBRO VISITAS ACOMPANHADAS À EXPOSIÇÃO – “PLANTAS QUE CURAM. USOS E SABERES NA MEDICINA POPULAR” HORA. 09h30> 13h00 / 14h00> 16h30 –

(Segunda a Sexta-feira) - (Público em geral)

LOCAL. Centro de Investigação e Informação

do Património de Cacela

INSCRIÇÕES / INFORMAÇÕES. Centro de Investigação e Informação do Património de Cacela Para as turmas do concelho – Com marcação prévia (inscrições limitadas com transporte incluído)

NOVEMBRO/DEZEMBRO VISITAS ACOMPANHADAS A CACELA VELHA

Com marcação prévia – de segunda a sextafeira das 9h30 às 16h30 INSCRIÇÕES / INFORMAÇÕES. Centro de Investigação e Informação do Património de Cacela

01>31.DEZEMBRO CONTA LÁ! - “NATAL NAS ASAS DO ARCO-ÍRIS”

Turismo

De Alice Cardoso, IL. de Sandra Serra HORA. 10h00 (Segunda a Sexta) LOCAL. Biblioteca Municipal Vicente Campinas Por marcação na Biblioteca ou pelo telefone 281 510 050

27.NOVEMBRO>24.DEZEMBRO ANIMAÇÃO DE NATAL

01>31.DEZEMBRO “ÀS 4 NA BIBLIOTECA”

27.NOVEMBRO FEIRA DE VELHARIAS E NUMISMÁTICA HORA. 10h00 > 19h00 LOCAL. Monte Gordo – Junto ao Posto de

Árvore de Natal Gigante, Casa do Pai Natal, Insufláveis, Comboio Infantil, Carrosséis, Mercadinho de Natal e Animação Infantil INAUGURAÇÃO DA ÁRVORE DE NATAL GIGANTE (DIA 27 – 18H30) HORA. 10h00> 13h00 / 15h00> 19h30 LOCAL. Praça Marquês de Pombal

Hora do Conto, Manualidades, Jogos Educativos, etc.… HORA. 16hOO (Segunda a Sexta) LOCAL. Biblioteca Municipal Vicente Campinas Por marcação na Biblioteca ou pelo telefone 281 510 050


25 de Novembro de 2010  |   

em foco d.r.

O que é?  Plano Director Municipal

 Exemplo de uma carta do PDM de Portimão  Luís Gomes considera que os actuais PDMs estão completamente desactualizados

Luís Gomes ataca Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional Estudo sobre o estado do ordenamento do território na mira do PSD/Algarve O PSD do Algarve criticou na passada terça-feira o relatório sobre o estado do ordenamento do território na região realizado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR), por não reflectir os atrasos na revisão dos Planos Directores Municipais (PDMs). Segundo o PSD, o relatório, que se encontra em fase de discussão pública, é “um documento mistificador da realidade do ordenamento do território regional” e “deveria explicar aos algarvios quais os motivos que justificam um atraso tão grande nas revisões dos PDMs e a demora em transpor do papel para a realidade a estratégia de desenvolvimento preconizada pelo Plano Regional de Ordenamento do Território do Algarve” (PROTAL). “A CCDR com certeza não ignorará que o PROTAL é um

instrumento de planeamento não vinculativo dos particulares e que, sem a transposição das suas directrizes para os novos PDMs, muito dificilmente produzirá efeitos concretos no desenvolvimento da região e efeitos positivos na vida das pessoas e da economia regional”, defenderam os social-democratas do Algarve.

impunha-se, perante este rotundo falhanço, pelo menos um ‘mea culpa’ por parte do Governo, através da CCDR do Algarve – seu organismo desconcentrado na região –, o qual muito pouco tem feito daquilo que pode e está ao seu alcance para acelerar as revisões dos PDMs”, afirmou o líder do PSD do Algarve.

PDMs desactualizados O presidente da distrital algarvia do PSD, Luís Gomes, considerou que “os actuais PDMs estão completamente desactualizados e foram elaborados para a realidade algarvia dos anos 80 e 90 do século passado”, que é “substancialmente diferente das necessidades económicas e sociais do presente e do futuro”. “Volvidos que estão mais de três anos sem que uma única revisão de PDM tenha conseguido chegar ao fim,

“Actuação de bloqueio” Luís Gomes defendeu ainda que “o Governo, através da CCDR Algarve, tem tido uma actuação titubeante, muito pouco prática, insegura e, sobretudo, uma grande incapacidade de decisão”, criando um “bloqueio efectivo dos processos em vez da sua desejável aceleração”. “Está em causa a dotação do Algarve de planos modernos, capazes de influenciar o nosso paradigma de desenvolvimento, que respondam às verdadeiras necessidades

regionais e que viabilizem investimentos estruturantes, eles próprios consonantes com os objectivos do PROTAL, capazes de criarem postos de trabalho e de inverterem a grave depressão em que a região se encontra”, acrescentou. O PSD criticou ainda a ausência, no relatório, de uma referência a “quantas das 24 mil camas turísticas foram executadas ao abrigo das pouco práticas regras do PROTAL” no âmbito dos Núcleos de Desenvolvimento Turístico previstos para a região ou a “quantos outros instrumentos de planeamento municipal (planos de urbanização e planos de pormenor) estão ‘encalhados’ (e há quantos anos) na esfera da Administração desconcentrada do Estado no Algarve”. “De quem são as responsabilidades por tão desastrosos resultados?”, questionou o PSD. MHC

O Plano Director Municipal (PDM) é um plano municipal de ordenamento do território, ou seja, um documento regulamentador do planeamento e ordenamento do território de um dado município, com enormes efeitos no desenvolvimento económico e social de um concelho. O PDM é elaborado pela Câmara Municipal e aprovado pela assembleia municipal e submete-se entre outros ao Plano Regional de Ordenamento do Território. Neste documento estão definidos os usos e actividades admitidas em cada área territorial municipal através da definição de classes e categorias relativas ao espaço, identificando as redes urbanas, viária, de transportes e de equipamentos, de captação, os sistemas de telecomunicações, tratamento e abastecimento de água entre outras. É constituído essencialmente por três documentos diferentes: o regulamento, que tal como o nome indica agrupa as condições legais que devem ser cumpridas na ocupação do solo municipal, a planta de ordenamento e a planta de condicionantes que identifica as servidões e restrições de utilidade pública, por exemplo no âmbito das reservas nacionais de terrenos agrícolas e de valor ecológico salvaguardado (RAN E REN), que possam constituir limitações ou impedimentos a qualquer forma específica de aproveitamento. RC

 Plano Regional de Ordenamento do Território O Plano Regional de Ordenamento do Território (PROT) do Algarve estabelece as linhas orientadoras do desenvolvimento, organização e gestão dos territórios regionais, define directrizes para o uso, ocupação e transformação do território, num quadro das opções estratégicas definidas a nível nacional e regional, promove, no plano regional, a integração das políticas sectoriais e ambientais no ordenamento do território e estabelece as grandes intervenções e os investimentos estruturantes a realizar no espaço regional. É por isso um instrumento estratégico, articulador de políticas e central no sistema de gestão territorial da região e do país. RC


    |  25 de Novembro de 2010

Jazz em noite de sexta-feira

Peter King junta-se à Orquestra de Jazz de Lagos Peter King e a Orquestra de Jazz de Lagos actuam na sexta-feira da próxima semana, pelas 21.30 horas, no Grande Auditório da Universidade do Algarve, no Campus de Gambelas, em Faro.

Apelidado de “o melhor saxofonista que a Grã-Bretanha alguma vez produziu e um dos mais fantásticos do mundo” por Dave Gelly na obra “The Giants of Jazz”, Peter King é uma das mais

importantes influências do jazz britânico. Esta lenda musical deu-se a conhecer na inauguração do Ronnie Scott’s Club, a famosa Meca do jazz londrino, sendo agora altura de se

d.r.

reencontrar com o público do nosso país neste concerto, juntamente com a Orquestra de Jazz de Lagos. A Orquestra de Jazz de Lagos foi fundada em 2004 pelo seu actual dirigente,

faro

Hugo Alves. Sendo constituída por 18 músicos, incluindo uma voz masculina, é uma orquestra que não tem parado de crescer nos seus seis anos de existência.

Centro Hospitalar do Barlavento alvo de auditoria pág. 6

Factura da água desce para 40% dos consumidores

Câmara já investiu 29 mil euros em tramentos

Escaravelho obriga a remover cem palmeiras d.r.

Contas feitas 36% dos utentes da FAGAR vão ver a factura subir d.r.

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

A Câmara de Faro anunciou em comunicado de imprensa a descida dos valores das facturas de água para 40% dos consumidores de água do concelho. O POSTAL fez as contas e concluiu que, não obstante este sinal positivo, 36% dos consumidores verá a sua factura aumentar. As alterações nos preçários foram realizadas no âmbito da revisão dos tarifários da FAGAR, empresa municipal responsável pelo abastecimento de água, e de acordo com a autarquia as facturas descem em 2011 para os consumidores com rendimentos médios e baixos. David Santos, responsável da FAGAR, esclareceu ao POSTAL que as alterações constantes do comunicado de imprensa da autarquia respeitam ao valor total da factura, englobando o cobrado pela água e as cobranças quanto a saneamento e recolha de resíduos sólidos urbanos, que estão indexadas ao consumo de água. A autarquia, que afirma ter participado “activamente” na definição das alterações que os preços irão sofrer, refere que o objectivo da revisão de preços é o de atingir “maior equidade e particular atenção às condições dos mais carenciados”.

 As árvores ficam, na maioria dos casos, irrecuperáveis

 Cerca de 12 mil clientes da FAGAR vão passar a pagar menos Para a Câmara, “em face da grave conjuntura económicosocial, impunha-se a readequação do preçário, de molde a desonerar as facturas de consumo de água” daqueles utentes que representam 40% do rol de consumidores.

Entre consumo doméstico, comércio, turismo, pensionistas, famílias numerosas, IPSS e instituições de utilidade pública, conclui a Câmara, “haverá cerca de 12 mil clientes da FAGAR que pagarão menos do que em 2010”.

Na prática A título de exem-

Os outros casos Dos restan-

plo, diz o município, “um consumidor doméstico que consuma até 6 m3 de água/mês, vai pagar em média menos 15% de factura mensal”. “As famílias numerosas que consumam até 19 m3 por mês também vão usufruir em média de igual redução”, acrescentam os serviços da autarquia, que adiantam que, “o mesmo sucederá com a generalidade das IPSS e titulares de estabelecimentos comerciais”.

tes 60% de consumidores, “40% vão pagar em 2011 o mesmo que em 2010”, diz o comunicado de imprensa. Este universo representa 24% do total de consumidores. Os restantes 36% de todos os consumidores “verão as suas facturas aumentar”, é o que resulta do comunicado da Câmara, que afiança que “apenas em patamares de consumo extremamente elevados os aumentos serão significativos”. E dá exemplos, “apenas

apara consumos domésticos superiores a 26 m3/mês é que os aumentos serão superiores a 15%”, acrescentando que “não estão nesta circunstância mais de mil consumidores domésticos”.

Empresa mantém viabilidade A Câmara afirma que, “não

obstante, estes ajustamentos não comprometem o equilíbrio financeiro da FAGAR nem põem em causa a sua sustentabilidade”. As alterações, segundo a autarquia, não representam prejuízos para a empresa, que teriam que ser suportados pela autarquia, mas sim uma redistribuição do esforço de cada consumidor em função do seu dispêndio de água e da respectiva capacidade contributiva.

A Câmara de Faro estimou que pelo menos cem das quatrocentas palmeiras existentes no concelho tenham que ser removidas devido à praga causada por um escaravelho, doença cujo tratamento pode custar entre 100 a 250 euros por árvore. Em comunicado, a autarquia diz que já se investiu 29 mil euros em tratamentos para tentar salvar as palmeiras e que serão necessários mais 36 mil euros para limpar, cortar e incinerar as 70 já identificadas como irrecuperáveis. “Estamos a envidar todos os esforços para atenuar o cataclismo ambiental que esta praga acarreta, já que esta espécie é um marco identitário da cidade e do concelho, pelo que merece o esforço financeiro”, refere a autarquia. Fagar trata todas as palmeiras De acordo com a Câma-

ra, a FAGAR, empresa municipal de gestão das águas e resíduos e que tem combatido a praga em articulação com a autarquia, trata todas

as palmeiras “independentemente de apresentarem sinais de infestação”. Em conjunto, têm garantido “um apertado plano” de vigilância às palmeiras na identificação dos sintomas da doença, tendo definido um “plano de ataque” que passa pela aplicação regular de produtos para prevenir ou curar a doença. O tratamento, que não oferece garantias de sucesso, consiste na inundação da coroa com um produto biológico à base de vermes (chamados nemátodos), dura pelo menos dois anos e os resultados só são visíveis ao fim de nove meses. O escaravelho das palmeiras é um insecto que vive e se alimenta no interior do tronco desta e os danos produzidos são tão graves que as árvores ficam normalmente irrecuperáveis. Pelo facto de estes insectos conseguirem efectuar voos contínuos de distâncias entre os quatro e os cinco quilómetros, a sua propagação é difícil de conter. Marta Duarte


25 de Novembro de 2010  |  

Apoios sociais

Crime

Cadastrado recolhe à prisão de Faro

Câmara alarga apoio financeiro a alunos A Câmara de Faro anunciou

na passada segunda-feira o alargamento dos apoios financeiros a mais 450 alunos do 1.º ciclo e do pré-escolar da responsabilidade da autarquia durante o presente ano lectivo, devido ao agravamento da cri-

se económica. Com esta medida, que prevê “a inclusão do escalão 3 da Segurança Social no escalão B dos apoios sociais a prestar pela autarquia no decurso do corrente ano lectivo”, estes 450 alunos vão ter direito a “um

montante de 35 euros”, explicou a câmara algarvia. A autarquia assegurou ainda que vai acompanhar “eventuais alterações de rendimento das famílias”, provocados por “aumento do desemprego ou outras vicissitudes que preju-

diquem o acesso ao ensino” e “não hesitará em tomar medidas que visem atenuar a dimensão das dificuldades económicas sentidas pelas franjas mais carenciadas da população farense”. MHC

Um homem de 29 anos suspeito de ter sido o autor de “vários ilícitos criminais graves” recolheu Estabelecimento Prisional de Faro em prisão preventiva por despacho da Juíza de Instrução Criminal de Faro, informou a PSP O homem, que terá come-

Instituição social já “cala” a fome a 500 pessoas d.r.

 Desempregados são quem mais pede ajuda

O número de refeições distribuídas diariamente pelo Centro de Apoio aos Sem Abrigo (CASA), no Algarve, aumentou de 80 para 500 nos últimos 14 meses. “Estamos a dar de comer a um por cento da população de Faro. E estamos a dar alimento a 500 pessoas por dia”, disse quinta-feira passada à Lusa Pedro Cebola, coordenador da CASA. A CASA, uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) fundada em Faro há três anos, iniciou o seu trabalho entregando na rua refeições aos sem abrigo, especificamente a toxicodependentes e alcoólicos, e tem actualmente cerca de 300 voluntários. Desempregados pedem ajuda “Cerca de 70% das pessoas

que hoje nos pedem ajuda para comer são desempregados, casais em que ambos caíram no desemprego, avós com netos à sua guarda que ficaram sem apoios sociais e reformados por antecipação

ou invalidez”, explicou Pedro Cebola. Os imigrantes de países do leste europeu, principalmente ucranianos, que trabalhavam na construção civil e nas estufas do concelho de Faro já representam 15% das ajudas Na quarta-feira da passada semana, a CASA recebeu 30 novos processos de ajuda e pelo menos 25 pessoas deverão ter direito a apoio. “Na freguesia da Sé há muita pobreza envergonhada, nomeadamente de profissões liberais, como professores que não foram colocados e estão no desemprego”, acrescentou aquele responsável. O Centro de Apoio aos Sem Abrigo lançou no Algarve, desde o passado sábado e até 31 de Dezembro, uma campanha de Natal denominada “Casa Mágica Solidária” para angariar cerca de dois mil brinquedos para crianças e para oferecer um almoço de Natal e cabazes de Natal a 600 carenciados da região.

Câmara toma posse de edifício  A Câmara de Faro informou na passada quinta-feira que tomou posse administrativa de uma antiga vidreira situada na zona histórica depois de a proprietária do imóvel ter feito obras ilegais e desrespeitado um embargo decretado pela autarquia. A proprietária terá informado em Outubro a autarquia de que queria proceder à limpeza do edifício, quando na verdade iniciou uma operação de substituição de telhas à revelia da Câmara e sem qualquer pedido de licenciamento. Em declarações à Lusa, fonte da autarquia explicou que, por ser considerada uma obra de alteração, a substituição da cobertura de um edifício por materiais diferentes dos originais tem que ser licenciada. Ao verificar que a obra estava a decorrer sem autorização a autarquia decidiu embargá-la, contudo, os trabalhos persistiram “mesmo à margem da lei”, o que obrigou o executivo a tomar medidas mais drásticas. Assim, foi determinada a posse administrativa do edifício a partir de quinta-feira da passada semana, que vigorará pelo mesmo prazo que dura o embargo (seis meses), concluiu o chefe de gabinete da Câmara de Faro, Cristóvão Norte. MAD

MAD

faro

Câmara de Vila Real requalifica zona marítima de Monte Gordo pág. 7

Pobreza

tido roubos à mão armada, por esticão e furtos no interior de estabelecimentos e casas, possui um “extenso cadastro”. Detido em Olhão, em cumprimento de mandado, ficou em prisão preventiva.

Pontal alvo de reflorestação Iniciativa repete-se no próximo sábado e espera mais adesão d.r.

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

Uma acção levada a cabo pela

Associação de Defesa e Promoção do Património Ambiental e Cultural de Faro está a reflorestar as áreas do Parque Natural da Ria Formosa que no concelho foram afectadas pelos incêndios de 2004 e 2005. No total vão ser plantadas 750 árvores, sendo que a primeira acção de plantação decorreu no passado domingo e conseguiu colocar, de acordo com o coordenador da acção, Bruno Lage, em declarações ao POSTAL, 400 efectivos florestais. Marcada para o próximo sábado está a segunda fase de plantação, com encontro marcado às 14.30 horas junto ao portão este da Universidade do Algarve nas Gambelas, apelando a associação a que se juntem o máximo de voluntários ao grupo, bastando para o efeito, diz Bruno Lage, “aparecer”.

Mais árvores no Sábado No sábado serão plantadas mais 300 árvores, uma vez mais resultantes do investimento feito pelo própria associação e do apoio das empresas Lusoambiente, Solar One, da Associação Portuguesa de Engenhei-

 Voluntários plantaram na primeira fase 400 árvores ros do Ambiente – Núcleo do Sul e dos próprios voluntários, que também ofereceram alguns espécimes. As espécies plantadas são sobreiros, pinheiros mansos, azinheiras e algumas alfarrobeiras esclarece Bruno Lage, que realça tratarem-se de espécies autóctones da zona ardida, entre o Campus das Gambelas da Universidade do Algarve e a Quinta do Eucalipto, conhecida por Pontal. As acções levadas a cabo nesta iniciativa enquadram-se na

“Semana da Reflorestação Nacional”, a que aderiram muitas outras entidades públicas e privadas de vários concelhos do Algarve. Bruno Lage adiantou ao POSTAL que o número de árvores plantadas em Faro é um dos maiores do país, quanto a este tipo de iniciativas, algo que destaca, “prova bem a forte intervenção cívica da Associação de Defesa e Promoção do Património Ambiental e Cultural de Faro e dos farenses que aderiram à iniciativa”.

para administradores de empresas municipais sem competências de gestão”, que “recebem no conjunto duzentos mil euros anuais”, e cujo “critério de escolha foi a distribuição de tachos a altos diri-

gentes do PSD e CDS”. Vitorino criticou ainda Macário Correia por ter criando “proibições e restrições” e colocado “taxas e impostos no máximo”.

balanço de um ano de mandato

José Vitorino acusa Macário de compadrio O Movimento Com Faro no Coração (CFC) afirmou que o balanço do mandato de Macário Correia à frente da Câmara é um “descalabro” e acusou o autarca de ter “vendido ilusões” aos eleitores.

Liderado pelo ex-presidente da Câmara José Vitorino, o CFC afirma que Macário Correia se apresentou às eleições autárquicas de 2009 como “salvador” e o concelho está agora perante um “Inferno”.

Doze pontos de má gestão Numa conferência de imprensa realizada na passada quinta-feira, Vitorino enumerou 12 pontos em que a gestão de Macário Correia falhou (um por mês de mandato) e acusou

o autarca de “prepotência”, “compadrio partidário” e de ter “dificuldade em lidar com regras democráticas”. Vitorino diz que Macário procedeu à “nomeação de três comissários políticos

MHC


    |  25 de Novembro de 2010

Financiamento

Empresa Municipal de Águas e Resíduos

Museu com apoio para criar site O Museu de Portimão foi um

dos dois museus algarvios a ter a candidatura ao Programa de Apoio a Museus da Rede Portuguesa de Museus – Promuseus aprovada. O Museu solicitou apoio

filipe da palma

Quem passa no Espaço de

na área da divulgação para a elaboração de um sítio da internet e o júri decidiu aprovar esta candidatura, a qual será co-financiada por aquele Programa em 50% do valor do custo global.

Atendimento da Empresa Municipal de Águas e Resíduos de Portimão (EMARP), pode ver a exposição “Cavalo de Tróia”, de Victor Martins, até ao dia 3 de Dezembro.

portimão Turismo

Pestana Dom João II premiado pela TUI O Grupo Pestana, maior gru-

po hoteleiro português, acaba de receber mais um prémio TUI UK. A unidade Pestana Dom João II Villas & Beach Resort, na Praia de Alvor, foi galardoada com o Gold Award 2010, na categoria Thomson 4T, pelo empenho em assegurar as melhores férias aos seus hóspedes. Os prémios TUI UK são atribuídos anualmente com base na análise de inquéritos de satisfação a clientes que incluem opinião sobre aspectos do alojamento, infra-estruturas, qualidade dos serviços de apoio e dos serviços prestados. “Este prémio significa muito para nós, pois é baseado nas opiniões dos clientes que vivenciaram experiências nas nossas unidades. Ano após ano apostamos na qualidade e diferenciação dos nossos serviços e este prémio vem reforçar o reconhecimento do nosso trabalho no Pestana D. João II”, afirma Pedro Lopes, administrador do Grupo Pestana. O Pestana Dom João II Villas & Beach Resort é constituído pelo Hotel Pestana D. João II e por 32 vilas. Com uma localização invejável e única, sobre a Praia de Alvor, o Pestana D. João II foi recentemente totalmente renovado. No ano passado foi considerado o hotel com melhores resultados da cadeia Pestana Hotels & Resorts, tendo recebido o prémio “Melhor Hotel Pestana 2009”.

Victor Martins mostra “Cavalo de Tróia” No local está ainda uma zona de bookcrossing, onde pode escolher um livro para levar e ler. A próxima exposição a decorrer naquele espaço é uma mostra de fotografia subaquática.

Cândido Barbosa corre Maratona de BTT pág. 8

Centro Hospitalar do Barlavento alvo de auditoria Despesas de contratação de médicos aumentam 25,7% nos hospitais do Serviço Nacional de Saúde d.r.

O Centro Hospitalar do Bar-

lavento Algarvio (CHBA) disse na passada sexta-feira que recorreu à contratação externa de médicos por não dispor dos recursos suficientes para cumprir o Serviço de Urgência, mas diz que vai acatar as recomendações do Tribunal de Contas. O aumento da contratação externa de serviços médicos pelos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS), essencialmente pela urgência hospitalar, resultou num acréscimo de 25,7% em 2008 na despesa, concluiu uma auditoria do Tribunal de Contas. A despesa com a contratação externa de serviços médicos em 61 unidades hospitalares do SNS foi de 100.560.016 euros, valor que aumentou 25,7%, face a 2007 (79.979.451 euros), indica uma auditoria do Tribunal de Contas (TC). O TC, dirigido por Guilherme d’Oliveira Martins, deu como exemplo o CHBA, que

 Guilherme de Oliveira Martins dirige o Tribunal de Contas contratou três clínicos reformados em nome individual, “sem que para o efeito tenham requerido a respectiva cumulação de remunerações”, situação que pode resultar “numa infracção financeira”.

Contratação deve-se à falta de clínicos O Conselho de

Administração do CHBA vem, por seu turno, afirmar que recorreu à contratação externa de serviços médicos “porque não dispõe dos recursos médicos em número suficiente, para cumprir a sua carteira de serviços, em particular no Serviço de Urgência, e porque não existem outras alternati-

vas que permitam assegurar o funcionamento adequado deste serviço”, lê-se numa nota enviada à Lusa. Apesar dos constrangimentos causados ao funcionamento dos serviços, o Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio “acatou de imediato as recomendações feitas pelo Tri-

bunal de Contas, acerca desta matéria”, acrescenta a nota. O recurso à contratação externa de serviços médicos ocorreu nas especialidades de Medicina Interna, Obstetrícia/ Ginecologia e Pediatria. “A obrigação de contratar médicos externos decorre das necessidades da população servida pelo Hospital, residente e turística, como também das responsabilidades que competem ao Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio na Rede Nacional da Urgência/Emergência, enquanto entidade pública integrada no SNS”, explicam os responsáveis daquela instituição hospitalar. O CHBA é responsável pela organização e gestão de dois Serviços de Urgência integrados na Rede Nacional de Urgência/Emergência: um Serviço de Urgência Básico no pólo de Lagos e um Serviço de Urgência Médico-Cirúrgico em Cecília Malheiro Portimão.

Motociclismo

Equipa Parkalgar Honda ganha terceiro piloto A equipa da Parkalgar Honda vai enfrentar o Campeonato do Mundo de Supersport em 2011 com mais um reforço que se junta a Miguel Praia e Sam Lowes, o britânico James Elisson, que já foi bicampeão Europeu de Superstock, campeão do Mundo de Endurance, vice-campeão britânico de Superbike e piloto de MotoGP. Um piloto experiente que

promete ajudar a equipa patrocinada pelo Autódromo do Algarve a atingir o tão desejado título depois de nos últimos dois anos se ter sagrado vice-campeã do mundo. Para o britânico, esta é uma oportunidade única: “a Parkalgar Honda é uma equipa ganhadora pelo que estou certo me proporcionará uma boa moto para que eu possa

mostrar exactamente o que valho. O meu objectivo é lutar pelas vitórias e pelo título. Espero poder ajudar o Miguel e o Sam, pois acredito que a minha experiência será uma mais-valia para o sucesso geral de toda a estrutura. Estou ansioso pelo início do Campeonato”, disse James Elisson. A Parkalgar Honda entrou no Mundial de Supersport em

2006 apenas com Miguel Praia como piloto naquela que era a estrutura mais pequena de todo o paddock. Em 2007, Simone Sanna juntou-se a Praia e a equipa portuguesa consegue um quinto lugar conquistado em Donington. Em 2008, Sanna foi substituído por Craig Jones e a equipa portuguesa subiu pela primeira vez quatro lugares no pódio.

Infelizmente, um acidente durante a corrida de Donington, quando Jones lutava pela vitória, tira-lhe a vida. Em 2009 Eugene Laverty juntou-se a Miguel Praia e a equipa conquistou a sua primeira vitória em Losail. Nesse ano subiu por oito vezes ao pódio e torna-se vicecampeã mundial, lugar que repete em 2010 com oito vitórias em 13 possíveis e dez pódios.


25 de Novembro de 2010  |   

vila real castro marim alcoutim

Rotários distinguem profissionais do ano pág. 9

PS/Vila Real quer responsabilidade geracional

d.r.

Câmara de Vila Real requalifica zona marítima de Monte Gordo Investimento de 40 milhões de euros d.r.

A Câmara de Vila Real de

 O PS de Vila Real de Santo António, liderado por Jovita Ladeira, propôs ao executivo da Câmara que apresente, concomitantemente com o Orçamento e o Plano de Actividades para 2011, um Documento de Responsabilidade Geracional onde exponha todas as responsabilidades financeiras de curto, médio e longo prazo, integrando a empresa municipal (SGU), e a prospectiva de impacto no quadro orçamental da autarquia.

“Tempestade” arranca em Alcoutim d.r.

Santo António informou na passada segunda-feira que recebeu luz verde do Tribunal de Contas para avançar com uma parceria público-privada para requalificar a zona marítima de Monte Gordo, uma das principais áreas balneares do concelho. A obra “consistirá na total requalificação da frente marítima, abarcando uma área de nove hectares”, com o projecto a contemplar a construção de parques de estacionamento subterrâneos com capacidade para acolher mais de 800 veículos automóveis e à superfície e um passeio para espaços comerciais e de lazer, refere a autarquia. “O projecto aprovado ao consórcio de empresas Adriparte, Casais, Eusébios, ACA e Incanor terá um forte impacto económico. O investimento previsto é de 40 milhões de euros, sendo que serão criados 120 postos de trabalho directos, 150 indirectos e 300 na fase de construção,

postos de trabalho.

Início no primeiro semestre de 2011 Fonte da Câmara disse

 Monte Gordo é uma das zonas turísticas mais importantes da região com um impacto previsto de 0,7 do PIB [Produto Interno Bruto] algarvio. Ainda segundo o presi-

dente da Câmara, Luís Gomes, com esta renovação “Monte Gordo será um forte pólo de atracção turística e

dará um impulso importantíssimo na promoção económica do concelho”, nomeadamente com a criação de

à Lusa que a obra, que a autarquia deverá iniciar no primeiro semestre de 2011, “já foi aprovada em sessão de câmara e na Assembleia Municipal, faltando apenas formalizar a sua adjudicação” ao consórcio público-privado. A parceria “permitirá dar início à obra de Requalificação Ambiental e Urbanística da Zona marítima de Monte Gordo”, sendo que o projecto foi realizado pelo arquitecto catalão Ricardo Bofill, “escolhido pelo consórcio para projectar toda a requalificação do espaço, que irá modificar por completo o rosto de umas das zonas turísticas mais importantes da região”. Entre as obras mais conhecidas de Boffil estão o Palácio Municipal de Congressos de Madrid, o Hotel W em Barcelona ou o Edifício Shiseido em Tóquio, frisou a autarquia. MHC

Vila Real adere ao projecto “Vencer o tempo nas sete cidades”

 O VATe - Serviço Educativo da ACTA deu início à tournée escolar com o espectáculo de marionetas “A Tempestade”, de William Shakespeare, na passada terça-feira, em Alcoutim. Até ao mês de Dezembro o espectáculo vai de autocarro visitar as escolas do 1º ciclo do ensino básico da região do Algarve. Inspirado na última peça escrita pelo dramaturgo inglês William Shakespeare, o espectáculo “A Tempestade” conta-nos a história do Duque Próspero com encenação de Jeannine Trévidic e concepção das marionetas de Carla Dias.

Cidade pombalina aposta em ser “amiga dos idosos” A Câmara de Vila Real de San-

to António aderiu ao projecto “Vencer o Tempo nas Sete Cidades”, para implementar medidas que melhorem a vida da terceira idade e a futura certificação internacional como “Cidade Amiga dos Idosos”. Vila Real de Santo António é uma das sete cidades portuguesas que aderiu ao projecto, que conta já com 35 cidades de 22 países, “que tentam cumprir a missão de se tornarem mais amigáveis para a idade sénior, num projecto que teve origem em 2005, no 18º Congresso Mundial de Gerontologia, ocasião em que surgiu a ideia da implementação de “Cidades Amigas dos Idosos”,

explicou a autarquia. “Com a participação neste projecto, o concelho de Vila Real de Santo António irá candidatar-se à certificação de ‘Cidade Amiga dos Idosos’, atribuída pela Organização Mundial de Saúde”, afirmou a câmara algarvia num comunicado, frisando que a iniciativa é promovida em Portugal pela Associação Vencer o Tempo.

Medidas melhoram vida dos idosos O município lembrou

ainda que tem “vindo a adoptar uma série de medidas e a implementar iniciativas que visam a melhoria da qualidade de vida dos idosos do concelho”, de que são exemplo “rastreios auditivos

gratuitos” ou “os tratamentos oftalmológicos em Cuba” realizados pela autarquia. “Os idosos são, hoje em dia, uma parte considerável da população. Como tal, é um dever das autarquias criar condições para que o dia-a-dia desta população seja vivido da melhor maneira possível. A nossa candidatura a este projecto, e a sua aceitação, é mais um passo em frente na nossa política de apoio a esta faixa etária, e sentimo-nos orgulhosos por fazer parte desta rede internacional e por poder proporcionar melhores condições de vida aos idosos do nosso concelho”, afirmou o presidente da câmara, Luís Gomes. MHC

d.r.

 Luís Gomes tem desenvolvido uma política em prol dos idosos


8

| 25 de Novembro de 2010

TAVIRA

São Brás premeia mérito juvenil pág. 10

Cândido Barbosa corre Maratona de BTT

SEMANA DA REFLORESTAÇÃO FLORESTAL

Conceição de Tavira recebe novas árvores D.R.

Ciclismo de Tavira integra profissionais na prova D.R.

A II MARATONA de BTT de Tavi-

 Projecto visa contribuir para a conservação da natureza

O MUNICÍPIO de Tavira aderiu à Semana da Reflorestação Nacional, que teve início na passada terça-feira, prolongando-se até ao próximo domingo. Em Tavira, a campanha de plantação decorreu terçafeira, com nova iniciativa no sábado, no Parque de Lazer da Mata da Conceição. A actividade da passada terça-feira contou com a participação de 45 alunos da Escola D. Paio Peres Correia, estando prevista a participação de 20 guias e escuteiros, no sábado. Numa iniciativa do Movimento Plantar Portugal (MPP), este projecto visa contribuir para a conservação da natureza, biodiversidade e uso racional dos recursos naturais em benefício dos cidadãos de hoje e das futuras gerações. O seu significado não pas-

sa, unicamente, pelo gesto de plantação de árvores, favoráveis à manutenção do equilíbrio natural, mas também pela motivação à alteração de comportamentos e atitudes que tendem a agravar a tendência repressiva sobre os bens essenciais à vida humana e do planeta. O Movimento Plantar Portugal, ao qual a Câmara se associa, trabalha “para que as pessoas tenham a oportunidade de se aproximar da floresta, de a poder vivenciar, observar, plantar e proteger.” Neste sentido, o papel dos municípios portugueses é crucial no estímulo à participação activa da sociedade, uma vez que a concretização deste género de acções proporciona o equilíbrio entre a população e os ecossistemas.

Tavira reduz estacionamento pago

ra, a decorrer no próximo domingo, vai contar com a presença dos ciclistas da equipa profissional do Clube de Ciclismo de Tavira, nomeadamente Cândido Barbosa, André Cardoso, Ricardo Mestre, Nelson Vitorino, Luís Silva, Samuel Caldeira, David Livramento, Tomás Metcalfe, Henrique Casimiro e Daniel Mestre. A presença destes ciclistas de referência promete atrair muitos participantes e pode vir a significar um forte incentivo para os corredores amadores presentes no evento.

RUBEN FARIA TAMBÉM CORRE Ruben Faria, o reconhecido motard algarvio, que tem dado cartas em provas de desporto motorizado, a nível nacional e internacional, também vai marcar presença no evento. A Maratona, que conta com o patrocínio principal do Turismo do Algarve, e apoio do Crédito Agrícola, vai contemplar três percursos: o percurso familiar/passeio, de 20 quilómetros, a meia maratona, de 50 quilómetros, e a maratona, de 75 quilómetros. O evento tem local de partida e chegada na Praça da República, onde a manhã será de PUB

 Cândido Barbosa vai mostrar o que vale animação, com spinning (ginástica aeróbia realizada sobre bicicletas estáticas) gratuito entre as 9.30 e as 12.30 horas. As inscrições estão abertas

até quinta-feira, bastando para isso aceder a www.ciclismodetavira.pt onde também se encontra toda a informação relativa a esta iniciativa.

 De acordo com José Graça, chefe do Gabinete de Jorge Botelho, a decisão de suspender a cobrança de estacionamento através de parquímetros na margem esquerda do Gilão, junto ao Pingo Doce e à Junta de Freguesia de Santa Maria, “tem por objectivo atrair mais pessoas à zona baixa da cidade”. Em implementação desde a passada semana, a medida é experimental e estará em vigor, disse a mesma fonte ao POSTAL, “até ao final de Junho de 2011. As ruas afectadas são a Almirante Cândido dos Reis, Poeta Emiliano da Costa, José Joaquim Jara, Travessa José Joaquim Jara, Rua Comandante Henrique de Brito e Eduardo Lapa”. A decisão foi tomada pela Comissão Municipal de Trânsito, que também aprovou as alterações de trânsito verificadas em Cabanas de Tavira resultantes das obras do Programa Polis. Por último, a comissão aprovou ainda alterações na Travessa da Comunidade Lusíada, onde o objectivo é facilitar a circulação de trânsito e o estacionamento numa zona onde a existência de um infantário coloca algumas dificuldades de circulação, em particular nas RC horas de ponta.

PUB


25 de Novembro de 2010  |   

Avenida 5 de Outubro

Biblioteca Municipal

Lago dos Patinhos pronto em Dezembro O Lago do Patinhos, na Avenida 5 de Outubro, está em obras e vai ficar concluído no início de Dezembro, com os animais a poderem regressar a casa. Identificados os diversos

d.r.

O homem de palavras e canções que é José Fanha visita a Biblioteca Municipal de Olhão na sexta-feira e no sábado. Na sexta-feira, às 17.30 horas, participa na discussão da sua obra “Diário Inventado de

problemas do lago, foi definida a alteração nos sistemas hidráulico e de drenagem de águas residuais e a criação de um sistema que permita de forma regular e fácil a limpeza do equipamento urbano.

Registo Oncológico discutido em Fevereiro d.r.

um Menino Já Crescido”. No dia seguinte, é o escritor com quem se pode falar, diálogos com hora marcada a partir das 15.30 horas, no âmbito do projecto Páginas Trico(n)tadas.

olhão

Alte acolhe festival de teatro pág. 11

Cancro

José Fanha vem dialogar em Olhão

Rotários distinguem profissionais do ano Jantar homenageou Antonieta Sousa e José Barros d.r.

O Rotary Clube de Olhão

Olhão recebe nos dias 10 e 11 de Fevereiro de 2011 as Jornadas do Registo Oncológico Regional do Sul (ROR-Sul). As inscrições já estão abertas, decorrendo em duas fases. A primeira até ao dia 31 de Dezembro e a segunda termina no dia 10 de Fevereiro de 2011, a data que marca o início das Jornadas. Depois de anos consecutivos a serem organizadas em Lisboa, por convite expresso da Administração Regional de Saúde do Algarve, as Jornadas do ROR-Sul 2011 voltam a ser organizadas num formato descentralizado, o que irá permitir uma maior dinamização e envolvimento das regiões, dos médicos e profissionais de saúde locais, com vista a promover uma profunda e participada discussão sobre o registo de cancro em Portugal, bem como debater os principais temas da agenda internacional da epidemiologia do cancro. De acordo com a organização, as Jornadas terão várias novidades e a participação de convidados nacionais e internacionais, de destacar a presença de Renée Otter, que irá participar num simpósio sobre Avaliação de Resultados em Saúde - Limites e Abordagens, que se realizará logo na abertura das Jornadas. Para efectuar a inscrição basta enviar para o e-mail cbrito@ ipolisboa.min-saude.pt o nome, instituição a que pertence, endereço electrónico e telemóvel.

promoveu, na quarta-feira da passada semana, o Jantar Festivo Prémio Profissional do Ano, que este ano homenageou a médica Antonieta Sousa e o professor José Barros, “dois membros da comunidade olhanense largamente acarinhados e reconhecidos por esta, pelo desempenho da sua actividade, respectivamente nas áreas da Saúde e Educação”. A cerimónia foi presidida por António Bernardes, presidente do Rotary Clube de Olhão, que justificou a selecção do homenageado, director do Agrupamento de Escolas Dr. Alberto Iria, “pela sua contribuição para o engrandecimento da comunidade educativa”, e da homenageada “pela sua conduta solidária no desempe-

nho de funções enquanto médica de clínica geral, quer no seu consultório privado, quer no Centro de Saúde de Olhão”. As mais de 160 pessoas presentes justificaram a razão de ser desta homenagem conjunta, que, tal como referiu o vereador da autarquia de Olhão António Pina, “celebrou acima de tudo o amor pelo próximo e a capacidade de dar de si em prol dos outros”.

Emoção Numa noite marca-

 Emoção marcou a noite da homenagem

da pela emoção, muitos foram os convidados que desejaram expressar publicamente a sua amizade e agradecimento aos homenageados, havendo espaço para declamação de poemas, partilha de histórias e muitas mensagens de agradecimento. Simplicidade,

companheirismo e dedicação ao outro foram as palavras de ordem nos muitos elogios aos homenageados que, visivelmente emocionados, agradeceram a todos os presentes. O Prémio Profissional do Ano considera-se um momento relevante da agenda rotária, dado que através do mesmo, “se dignifica e privilegia alguém que pelo seu percurso pessoal e profissional contribui ou contribuiu para o progresso, prestígio e divulgação da sua comunidade”. Este evento reverteu igualmente para a criação de uma biblioteca Braille para a ACAPO – Algarve, um dos objectivos do clube para 2010 que foi apresentado numa breve exposição acerca do Rotary Clube de Olhão e desde movimento solidário.

Formação

Casa da Juventude ensina a criar música no computador A Casa da Juventude de

Olhão está a desenvolver uma acção de formação com o objectivo de ensinar os jovens talentos do concelho a trabalhar com software destinado à composição musical em computador. Com o nome “Fazer Música no Computador”, a oficina ministrada pelo professor Marcos Badalo tem as inscrições abertas e visa dar a conhecer aos formandos os aspectos práticos da produção em software musical e a criação de música original no computador com

base no programa CUBA AI 4 da Steinberg, distribuído pela Yamaha. De acordo com a organização, “esta é uma aposta nos jovens talentos de Olhão que queiram adquirir conceitos básicos ou desenvolver conhecimentos nesta área”. A formação de 72 horas tem início em Dezembro e termina em Abril. Entretanto, para quem quiser saber mais sobre o conteúdo e objectivos da oficina poderá participar na sessão de demonstração que se realiza a

27 de Novembro, sexta-feira, e que se repete no dia 4 de Dezembro, pelas 10 horas. A Casa da Juventude de Olhão dinamiza ainda durante o mês de Dezembro, diz o comunicado de imprensa da associação, oficinas de teatro, bijutaria, dança, fotografia e moda. Estando disponíveis para mais informações os contactos por telefone, através do número 289 700 444, ou por e-mail através do endereço electrónico: casajuventude@cm-olhao.pt.

d.r.

 Formação aposta em novos talentos


10    |  25 de Novembro de 2010

Club BTT Terra de Loulé

Desafio em duas rodas de Loulé a Quarteira O Club BTT Terra de Loulé organiza, no sábado do próximo dia 4 de Dezembro, o “Raid Serra-Mar Loulé Concelho” Ameixial-Quarteira, que vai na sua terceira edição. Depois do sucesso da prova

do ano passado, repete-se o desafio de levar os participantes desde o Ameixial no interior da serra algarvia até junto ao mar em Quarteira, com passagem pelas freguesias de Salir, Benafim, Alte e Boliqueime.

d.r.

As inscrições estão limitadas a 150 participantes (sem transporte próprio) e têm o custo de dez euros para não sócios do clube e cinco euros para sócios com as quotas em dia, inclui transporte de

Quarteira para o Ameixial, pequeno almoço no Ameixial, abastecimento em líquidos e sólidos, lanche no final, banhos, brindes e seguro de acidentes pessoais. Neste mesmo dia realiza-se

são brás loulé

o jantar de fim de época do Club BTT Terra de Loulé e todos os participantes do Raid estão convidados, o jantar tem o custo de 15 euros para não sócios e dez euros para sócios.

Ídolo de Portugal escolhido no fim de ano pág. 12 d.r.

Música

Festival reúne jovens acordeonistas d.r.

Vitorino d’Almeida fala de música para cinema e televisão d.r.

São Brás premeia mérito juvenil Prémios Juventude 2010 d.r.

 São Brás recebe grandes nomes do acordeão

Alguns dos nomes mais

sonantes do panorama dos acordeonistas juvenis do sul do país vão marcar presença em São Brás de Alportel no próximo domingo, naquela que é a 26ª edição do Festival Juvenil de Acordeonistas. O Cine Teatro São Brás acolhe a partir das 15.30 horas o talento dos jovens executantes em representação de escolas de música do Algarve e do Alentejo, muitos deles com a carreira já premiada. Estão entre os objectivos da organização, tutelada pela Associação Cultural Sambra-

sense, “divulgar o trabalho desenvolvido pelos alunos das diversas escolas de música, bem como, promover o convívio entre os participantes e incentivar a prática do acordeão”. O ensino do acordeão é a grande aposta da associação, cujos dirigentes destacam, ser “a pedra basilar do projecto”. O Festival conta com os apoios da Câmara e Junta de Freguesia de São Brás de Alportel, Instituto Português da Juventude, Ministério da Cultura, entre outros.

Crime

Três detidos por tráfico em Loulé A GNR deteve na passada

quinta-feira no Sítio da Franqueada, Loulé, dois jovens com 56 doses de haxixe, uma faca de ponta e mola e 330 euros, informou aquela força policial. Os detidos, ambos portugueses de 22 anos e residentes em Loulé, estão referenciados por tráfico de droga. Um dos detidos possui “pena suspensa por furto qualificado e tráfico de droga”. Presentes ao Tribunal ficaram obrigados a Termo de Identidade e Resi-

dência (TIR). A GNR deteve também na quinta-feira, em Alte, uma mulher de 40 anos que vendia heroína no carro, na estrada nacional 124, nas proximidades da Escola Profissional. Foram apreendidas 30 doses de heroína, um telemóvel e 145 euros. Depois de presente a tribunal, a mulher saiu em liberdade com TIR, obrigada a apresentações e limites aos direitos cívicos. CCM

 O auditório do Instituto Superior D. Afonso III (INUAF) promove às 21 horas de sexta-feira, dia 26, uma palestra com o tema “Música para Cinema e Televisão”. A palestra vai ser proferida pelo maestro António Vitorino d’Almeida, sendo a mesma baseada em algumas músicas que o maestro foi compondo para cinema e televisão, ao longo da sua extensa e reconhecida carreira. O autor vai contar algumas particularidades sobre as peças e tocar excertos das mesmas, seguindo uma das suas formas mais habituais de comunicar, a conversa musicada. Esta iniciativa é organizada pelos alunos finalistas dos cursos de licenciatura em Gestão Turística e em Multimédia e conta com o apoio do INUAF, do Centro de Centro de Investigação em Ciências da Educação e Formação, da Câmara de Loulé, da Digitalmaistv, da Farmácia Nobre Sousa, Visacar e do Restaurante Lendário.

 Jovens que se distinguiram em diversas áreas receberam galardões da autarquia Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

Oito jovens de excelência de entre os muitos que São Brás de Alportel conta entre as suas fileiras de juventude receberam no passado sábado das mãos da autarquia os galardões de vencedores dos Prémios Juventude 2010. A iniciativa da autarquia liderada por António Eusébio teve início em 2004 e visa premiar os jovens de mérito, que se distinguem nas mais diversas áreas e semear nos outros jovens e nas gerações de futuro o espírito do mérito e da competitividade salutar. A iniciativa aberta à participação de todos compreendeu uma fase de nomeação e outra de votação, em que estiveram sob escrutínio os jovens e grupos de jovens do concelho seleccionados pela Comissão Organizadora dos Prémios Juventude de entre os nomeados. A Comissão foi constituída por elementos da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia, associações locais, agrupa-

mento de escolas e órgãos de comunicação social local. A gala de atribuição das distinções, realizada no Cine-Teatro São Brás, mostrou os feitos dos candidatos e apresentou os grandes vencedores.

A elite juvenil Na categoria de Artes venceu Cátia Sancho, pelo esforço e dedicação na área da dança, com Gilmar Brito a arrebatar o prémio na Categoria de Ciência e Investigação pelo trabalho desenvolvido na indústria corticeira. A música deu o galardão aos Almost 5 e o desporto fez recair a escolha sobre Irina Coelho, distinguida pelo seu invejável percurso nas modalidades de duas rodas. Cidadania, Jovem Empresário, Letras e Carreira, foram as categorias que fizeram sobressair na noite de gala, respectivamente, os Jovens Bombeiros Voluntários de São Brás de Alportel, Osvalde Silva, Paulo Pires e João Mendonça. Tempo ainda para dar a conhecer à população e convida-

dos, entre os quais se destacaram o presidente da Entidade Regional de Turismo do Algarve, Nuno Aires, o presidente do Centro Regional para a Inovação do Algarve, da Universidade do Algarve, João Amaro, o director regional do Instituto de Desporto de Portugal, Joaquim Duarte, e a directora regional da Cultura, Dália Paulo, mais cinco prémios. Para Melhores Alunos Finalistas da Escola Secundária José Belchior Viegas, nos últimos dois anos lectivos, foram escolhidas Rita Viegas e Simone Carmo e nos Prémios Município, atribuídos a jovens ou grupos de jovens que enalteceram o nome do município de São Brás de Alportel, nos mais diversos campos de acção, lugar de destaque à equipa Bike Clube / Freebike /4 Life, pelo notável desempenho no desporto, à jovem Ircília Pereira pelo contributo na solidariedade e ainda Sónia Figueiredo pelo trabalho desenvolvido junto dos jovens e na investigação na área da físico-química.


25 de Novembro de 2010 |

Alte acolhe festival de teatro Cultura no interior D.R.

A ALDEIA DE ALTE recebe uma

quinzena dedicada às artes do palco, no âmbito do XII Festival de Teatro de Alte, uma organização da Associação Cultural de Alte - Teatro da Estrada, a decorrer de 1 a 17 de Dezembro. O programa do evento inicia-se na quarta-feira, dia 1 de Dezembro, pelas 21.30 horas, com “Granizo de Estrelas”, encenado por José Teiga, com o grupo “Arte de Viver”, da Universidade Sénior de Loulé, na Casa do Povo de Alte. No sábado, dia 4, a proposta é poesia, pelas 21.30 horas, com Contos do Gin-tónico, de Mário Henrique Leiria, pelo Teatro Análise (no Pólo Museológico Cândido Guerreiro e Condes de Alte), e no domingo, a encenadora Luísa Mon-

 Fernando Pessoa é um dos autores com obras encenadas teiro é responsável pela peça “Cartas de Amor de Fernando Pessoa a Ofhelia Queiroz”, com o Teatro Contemporâneo de Albufeira, pelas 21.30 horas.

ı

SÃO BRÁS

Banco de Trocas de Lagoa reforça divulgação pág. 13

Os espectáculos regressam na quarta-feira, dia 8, às 21.30 horas, com um espectáculo surpresa na Horta das Artes. Sexta-feira, dia 10, “Não te

Exaltes Isaltina”, sobe ao palco pelas 21.30 horas, com encenação de Francisco Tavares e representação pelo grupo “Fiasco”, na Horta das Artes. Sábado às 21.30 horas, “Restos”, de Bernardo Santareno, encenado por Pablo Fernandes, é apresentado pelos “Evoé”, de Lisboa, na Horta das Artes, e no fecho da semana, domingo, à mesma hora, “Alte, Água e Vida” (criação colectiva coordenada por Pedro Monteiro) apresenta-se na Casa do Povo de Alte pelo Teatro Amador de Alte “Miralumim”. Fim da programação no dia 17, sexta-feira, às 21.30 horas, com “O Marinheiro”, de Fernando Pessoa, e encenação de Rui Inácio, pelo Grupo de Teatro Penedo Grande, na Horta das Artes.

11

LOULÉ

COM A DISTRIBUIÇÃO DE 5500 ÁRVORES

Loulé assinalou Dia da Floresta Autóctone D.R.

A CÂMARA de Loulé distribuiu

na passada terça-feira 5500 espécies autóctones, a ser plantadas, principalmente, nas freguesias da serra e do barrocal, no âmbito das comemorações do Dia da Floresta Autóctone. A autarquia recorda ainda que no próximo sábado tem lugar a plantação de 100 amendoeiras, junto à Capela de Nossa Senhora da Piedade, em Loulé, entre as 9.30 e as 12 horas, no âmbito do movimento cívico “Plantar Portugal”, que pretende contribuir para a reflorestação do concelho, permitindo a fixação do dióxido de carbono, um dos responsáveis pelas alterações climáticas. Os interessados em participar nesta iniciativa podem ins-

 Amendoeira em flor crever-se através do endereço electrónico daeu@cm-loule.pt ou do telefone 289 400 890. PUB

Mobiliário e Decoração

sta s e F s a Bo

Temos preços para todas as carteiras neste NATAL

a h n Ve

m 1 4 : 1 .3

es t n A

AG

A OR

:

m 9 1 9

! ! ! r ve

Loja 1 E.N. 125 (junto à Conceição de Tavira) · 8800-054 Tavira · tel ⁄ fax 281 370 084 · aberta todos os dias • Loja 2 E.N. 125 Vale Caranguejo (Próximo da Eurotel) · 8800-000 Tavira · tel 281 381 803/4 · fax 281 381 805


12    |  25 de Novembro de 2010

Voluntariado e crise

Reabilitar através da arte

Albufeira aposta em cantina social A Câmara e a Junta de Fregue-

sia de Albufeira, com o apoio da Cooperativa de Consumo e Associação dos Trabalhadores da Câmara, estão a criar uma Cantina Social. A funcionar na Cantina Mu-

d.r.

A Associação de Apoio à

nicipal, o novo espaço pretende fazer face às crescentes carências das famílias. Para avançar com o projecto, são necessários voluntários que podem efectuar a sua inscrição na Divisão de Acção Social.

Pessoa Excepcional do Algarve inaugura no dia 3 de Dezembro a exposição dos trabalhos do terceiro Concurso Nacional de Pintura/Escultura e Fotografia. A mostra, patente até ao

albufeira Segurança

ACRAL e GNR unidas contra o crime

Galeria mostra trabalhos especiais último dia do ano na Galeria de Arte de Albufeira, expõe os trabalhos que visam integrar a pessoa com deficiência ou necessidades especiais e revelar as suas aptidões no mundo das artes.

Alicoop reúne com o Governo para garantir viabilidade pág. 14

Ídolo de Portugal escolhido no fim de ano Paderne Medieval e DJ Diego Miranda são outras atracções do evento que vai custar metade do habitual

d.r.

d.r.

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

O fim de ano em Albufeira

A ACRAL - Associação do Co-

mércio e Serviços da Região do Algarve está a organizar duas sessões de sensibilização de segurança, destinadas a empresários do concelho de Albufeira, com o intuito de os dotar de conhecimentos básicos na detecção de assaltos e na forma de agir quando confrontados com esta realidade. Estas acções de sensibilização são realizadas em parceria com a Câmara de Albufeira, que, de acordo com Paulo Dias, apoia a iniciativa pelo relevo que tem “ainda mais quando caminhamos para uma época em que previsivelmente face à crise económica e social o número deste tipo de crimes poderá ter tendência a crescer”. O Destacamento Territorial de Albufeira da GNR é o outro parceiro das acções que tiveram a primeira sessão na passada terça-feira, na Biblioteca Municipal, estando a segunda prevista para a próxima terçafeira, no mesmo local. Nestas acções, os comerciantes recebem conselhos muito úteis que podem utilizar no dia-a-dia de forma a proteger o seu estabelecimento comercial contra potenciais assaltos. RC

promete animação de qualidade e durar pela madrugada, apesar de o município ter cortado a sério no orçamento do evento. “Passámos de um orçamento de 400 a 500 mil euros em média para investirmos cerca de 250 mil euros”, disse ao POSTAL Paulo Dias, que assegura que a “aposta na qualidade deste evento, que tem grande relevo na programação de animação do concelho nesta época do ano, se mantém”. Ídolos, Diego Miranda e Paderne Medieval marcam entrada em 2011, num programa que foi apresentado na passada sexta-feira e que promete quatro dias de diversão, afirma a autarquia. Com arranque marcado para 30 de Dezembro e até 2 de Janeiro, a freguesia de Paderne volta a receber o evento Paderne Medieval. A aldeia histórica reviverá os tempos da idade média com desfiles, torneios, exibições, mercado medieval e actuações musicais.

Ídolos são cabeças-de-cartaz Já o programa da SIC Ído-

los terá a final em Albufeira, em directo da Praia dos Pescadores, numa parceria entre o canal de televisão, a Câmara da cidade e a produtora do formato. Com mais de um milhão de telespectadores em Portugal, as emoções da grande final do

 Momentos de boa disposição não faltaram na apresentação do programa de fim de ano programa serão vividas pelos milhares de pessoas que comemoram esta noite tão especial em Albufeira. O administrador da produtora, Francisco Ferreira de Almeida, adiantou que esta será uma edição especial do Ídolos que contará no alinhamento com diversos artistas consagrados, para além dos concorrentes. “Acreditamos que vamos realizar algo de único, até porque será a primeira vez a nível mundial que o Ídolos será apresentado com este formato e para tantas pessoas” concluiu.

Iluminar os céus à meia-noite A Câmara de Albufeira pro-

mete uma meia-noite com os céus iluminados por um fogode-artifício “espectacular”, para depois, já na madrugada de dia 1 de Janeiro, ser revelado o vencedor do Ídolos. Para Nuno Santos, director de Programas da estação de Carnaxide, “esta é uma excelente oportunidade para nos aproximarmos das pessoas e um desafio imenso porque estamos a deslocalizar um programa para o Algarve, com toda a logística que uma operação desta envergadura implica”. Depois das emoções do programa da SIC, a festa continuará com a animação a cargo do DJ português Diego Miranda,

que promete um alinhamento especial com a participação de diversos vocalistas.

Campanha televisiva a custo zero A campanha publi-

citária do fim de ano em Albufeira terá custo zero para a autarquia, o que representará uma significativa poupança de recursos. A autarquia, que consegue pela terceira vez a transmissão televisiva da passagem de ano, contará com a promoção da SIC para o fim de ano com o programa Ídolos, para levar o evento até à casa de milhões de portugueses que assistem aos canais de Carnaxide, sejam o generalista ou

os difundidos por cabo. Uma campanha de proporções muito significativas que trará uma divulgação sem paralelo para um evento que, diz Desidério Silva, presidente da Câmara, “permite que as pessoas estejam três ou quatro dias no concelho e usufruam do que temos para oferecer”. O autarca apela aos empresários para que estes “tenham os seus estabelecimentos abertos”, salientando que “temos parceiros locais, empresários de restauração, hotelaria e outras áreas que colaboraram na viabilização deste projecto, só com programas credíveis e parceiros fantásticos é que isto pode acontecer”.


25 de Novembro de 2010  |   13

Trânsito d.r.

Alterações à circulação em Algoz e Pêra A Câmara de Silves, sob proposta da Comissão Municipal de Trânsito, procedeu de forma definitiva a alterações de trânsito nas freguesias de Algoz e Pêra.

Em Algoz, as Ruas das Romãzeiras e a Padre Manuel J. Neto passam a ter sentido único, enquanto que em Pêra, a circulação também será alterada nas Ruas Cas-

tilho ou Areais, que passará a ter sentido único, da Rua das Areias até ao limite do Jardim-de-Infância e na Rua do Mercado, a circulação passará também a ser de

sentido único, passando a efectuar-se da Rua Castilho ou Areais para a Rua João de Deus, neste caso, a partir do dia 2 de Dezembro, Na rua do outro lado do

lagoa silves monchique

Nuno Marques propõe reequlíbrio financeiro para a Câmara de Lagos pág. 15

Guia histórico

Livro divulga cultura islâmica d.r.

Mercado, ainda em Pêra, a alteração faz passar os actuais dois sentidos de trânsito para sentido único, passando os veículos a circular da Rua João de Deus para a Rua Castilho ou Areais.

Banco de Trocas de Lagoa reforça divulgação Autarquia promete não cortar nas despesas socais e quer criar fundo de emergência d.r.

Aberto Há cerca de um ano,

 Fernando Branco Correia é autor dos textos sobre locais portugueses Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

Fernando Branco Correia, professor da Universidade de Évora, será a figura de destaque da apresentação do “Guia Itinerário Cultural dos Almorávidas e Almóadas - Do Estreito ao Ocidente do al-Andaluz”, que decorre na Biblioteca Municipal de Silves às 18.30 horas de sexta-feira, dia 27. A publicação, da autoria da Fundação El Legado Andalusi, conta com o apoio da Câmara de Silves, Centro Nacional de Cultura e da Consejería de Presidencia de la Junta de Andalucía, e engloba textos que descrevem a presença dos almorávidas e almóadas em várias cidades portuguesas e espanholas. Fernando Branco Correia, recentemente doutorado pela Universidade de Évora, disse ao POSTAL que “a obra retrata a evolução da cultura árabe e da sua miscenização com as culturas locais portuguesas e espanholas, percorrendo os resultados da investigação histórica e ar-

queológica de vários locais de Portugal e Espanha”. Além de Silves, “tratada com maior profundidade”, diz o autor dos textos sobre os locais portugueses, o livro aflora outros locais do Algarve, como Faro, Albufeira, Paderne, Loulé e Cacela, a que se juntam cidades do Alentejo, Ribatejo e Lisboa. O livro propõe ainda percursos que podem ser visitados em passeio ou como mote turístico por quem quiser conhecer melhor determinada realidade cultural ou figura de destaque da época, algo que, segundo Fernando Branco Correia, “representa mais uma oferta em termos de suportes comunicacionais e documento históricos para o turismo cultural”. O itinerário cultural dos almorávidas e almóadas é composto por oito percursos, sendo a presente publicação dedicada ao sexto – Do Estreito ao Ocidente do al-Andaluz – e apresentando-se, a mesma, como um importante contributo para o conhecimento mais aprofundado da herança cultural árabe.

o Banco de Trocas de Lagoa (BTL) está novamente a ser alvo de divulgação pela autarquia lagoense. A Câmara está a apostar novamente na divulgação da acção desenvolvida por este serviço da autarquia, com o intuito de o dar a conhecer àqueles que são mais carenciados, mas também àqueles que possam disponibilizar ao BTL os produtos que serão depois distribuídos por quem deles mais precisa. O BTL, sediado num dos bairros sociais do concelho, recebe roupas e calçado usados, mas em bom estado de conservação, e distribui depois estes bens por pessoas mais carenciadas, que recorrem à autarquia para apoios da mais diversa ordem, e por instituições quando estas requerem à autarquia apoios neste tipo de necessidades. “O Banco de Trocas tem tido uma aceitação considerável desde que abriu portas e a intenção da autarquia é manter sempre a divulgação deste trabalho do sector camarário de apoio social”, disse ao POSTAL o vice-presidente da autarquia e responsável pelo pelouro social da vereação, Rui Correia. Esta iniciativa, que o autarca considera de “grande importância para o apoio aos mais carenciados do concelho”, está integrada nas políticas sociais da autarquia e no trabalho que o município desenvolve em rede com as várias instituições do sector social do concelho, acrescenta

 Rui Correia, vice-presidente da Câmara de Lagoa, garante que não haverá cortes nos apoios sociais o vice-presidente da Câmara. Os lagoenses podem entregar ou solicitar a roupa e calçado em vários locais do concelho, nomeadamente, ACD Che Lagoense, Centro de Apoio Social do Carvoeiro e Centro de Apoio Social de Porches, o que coloca o projecto junto das várias comunidades do município e podem ainda obter informações adicionais recorrendo à linha verde 800 272 475.

Políticas sociais sem cortes orçamentais Ao POSTAL, Rui

Correia adiantou que não haverá cortes das verbas orçamentadas para os apoios sociais em 2011. “Não teremos cortes nas verbas da área social e estamos a tentar que haja mesmo um reforço das verbas destinadas ao apoio, nomeadamente, estamos a tentar gerar disponibilidade de verbas para a criação de um fundo de emergência social, destinado

a situações pontuais a que a Câmara tenha de vir dar resposta”. Tudo, afirma o autarca, para dar continuidade à política social integrada da autarquia, que inclui várias iniciativas, como o apoio à renda para habitação, “que pode chegar a 60% do valor da renda com um tecto máximo de 500 euros e que já beneficia cerca de 60 famílias”, diz o vereador, ou o cartão Lagoa Social.


14    |  25 de Novembro de 2010

lagoa

ı

silves

ı

monchique

Teatro

A Gorda repõe “O Casaquinho” em Ferragudo d.r.

Manuel Alegre defende Estado social em Tavira pág. 16

Alicoop reúne com o Governo para garantir viabilidade Novas exigências do IAPMEI podem provocar encerramento d.r.

Os responsáveis pelo pro-

 A peça “O Casaquinho” promente momentos de comicidade e de interacção com o público

A peça de teatro “O Casaquinho”, d’A Gorda, sobe ao palco do FesTA - Festival de Teatro Amador, organizado pela ACD - Associação Cultural e Desportiva de Ferragudo, no dia 28 de Dezembro, pelas 17 horas. “O Casaquinho” é a mais recente produção d’A Gorda, grupo que o público algarvio conhece pelo seu trabalho anterior “Mê Menine… e o Tê Pai?!”,

concebido e interpretado por Joaquim Parra e João Evaristo, apresentado 42 vezes e visto por mais de quatro mil espectadores, por toda a região. Segundo João Evaristo, autor e encenador da peça, “este novo trabalho apresenta um tipo de texto menos directo e uma estética bastante diferente do anterior, mas estamos certos de que vai ser igualmente pub

do agrado do público”. “A peça já foi apresentada quatro vezes e a reacção foi muito positiva”, diz o autor, que promete “momentos de comicidade e de interacção com o público, alguns hilariantes, mas também situações que nos fazem olhar e reflectir sobre nós próprios e as relações que estabelecemos com os outros.” “O Casaquinho” foi escrito e apresentado publicamente, pela primeira vez, em 1995. Esteve em cena durante quatro anos, mas com apresentações pontuais, cerca de 20 no total.

Texto actual Para João Evaristo, “estava na altura de repor esta peça e felizmente foi possível reunir as condições necessárias para o fazer”. “O texto continua actual”, garante, e “a encenação procura revelar a teatralidade dessas relações. Os figurinos não são inocentes, assim como não o são as personagens”, refere o encenador, para quem “o resultado é uma divertida comédia, com momentos de tensão, em que o público revendo-se em uma ou outra situação acaba por rir de si próprio e já agora, dos outros”. O “Casaquinho” foi escrito e encenado por João Evaristo e conta com a interpretação de Paulo Moreira (voz off), Billy Guerreiro, Henrique Dias, Joaquim Parra, João Evaristo, Marta Vargas, Nicole Lissy, Sabrina Ildefonso e Vítor Dias. Na assistência à produção está Zeta Duarte. A direcção técnica é de Sousa e a operação técnica fica a cargo de Vera Mónica e Zeta Duarte, neste espectáculo classificado para maiores de 12 anos.

jecto de viabilização do Grupo Alicoop, de Silves, voltaram a reunir-se esta quarta-feira com o secretário de Estado Adjunto, da Indústria e do Desenvolvimento em Lisboa, disse fonte ligada ao processo. “Ainda não houve nenhuma decisão. Estamos a conversar e vamos voltar a reunir-nos na quarta-feira, ao final da tarde”, disse à Lusa Carlos Tuta, presidente do conselho de administração da Terra Exclusiva, empresa que ia substituir a Alicoop na gestão da maior cadeia de supermercados do Algarve, na passada segunda-feira, no âmbito do Plano de Viabilização aprovado por credores e aceite pelo Tribunal de Silves. A reunião com o Governo, realizada após o fecho da edição do POSTAL, visou abordar as novas exigências para apoiar o grupo feitas pelo Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas (IAPMEI), que pode, segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio Escritórios e Serviços de Portugal (CESP), vir a ser o responsável pelo encerramento definitivo da Alicoop.

Reunião visa encontrar solução A Alicoop, a maior

cadeia de supermercados do Algarve, e que detém as empresas Alisuper, Macral e Geneco, encontrava-se em processo de

Associação de Ferragudo dá volta à crise  A Associação Cultural e Desportiva de Ferragudo, em Lagoa, iniciou em Outubro o ciclo de actividades a decorrer até Junho do próximo ano. A associação assegura que apesar de atravessar “o contexto financeiro e económico mais adverso do seu historial” não impede que este ciclo de actividades “surja com novas propostas e ainda mais alargado do que nas edições anteriores”.

 Carlos Tuta dirige actualmente os destinos da Alicoop insolvência desde Agosto de 2009, mas graças a um plano de viabilização, proposto pelos credores e aprovado pelo Tribunal de Silves em Agosto, estava a reabrir de novo as lojas. Os responsáveis pelo projecto de viabilização do grupo Alicoop disseram antes da primeira reunião com o secretário de Estado, Fernando Medina que queriam reunir-se com o Governo para encontrar uma solução para “as novas exigências bu-

Câmara de Silves e Conservatório dinamizam actividades  A Câmara de Silves e o Conservatório Regional do Algarve dinamizam aulas de Ballet Clássico e de HipHop, no Pavilhão Desportivo da Escola Básica 2, 3 Dr. Garcia Domingues. As aulas decorrem da assinatura de um protocolo entre estas duas entidades, que dá frutos há alguns anos a esta parte, nomeadamente com aulas que decorriam nas instalações do Grupo Desportivo e Cultural do Enxerim.

rocráticas” apresentadas pelo IAPMEI, que suscitaram “interrogações ao processo de viabilização” e “contrariam todos os compromissos e promessas” assumidos desde Julho. “É uma situação grave, especialmente quando propõe uma nova solução inexequível no tempo”, observou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio Escritórios e Serviços de Portugal. MHC/CCM

ExtremoSul celebra quarto anos  Já a pensar em 2011, a Associação ExtremoSul (Messines) comemorou recentemente o quarto aniversário, num jantar que contou com mais de cem pessoas. A Direcção da Associação anunciou a intenção de reforçar a área da formação apostando nas escolinhas e na equipa de BTT com a entrada de dois atletas e um director desportivo. O momento foi ainda aproveitado para apresentar actividades do próximo ano.


25 de Novembro de 2010  |   15

Vila do Bispo

Plantar Portugal em Lagos

Centro Cultural mostra Infante D. Henrique No âmbito das celebrações

dos 550 anos sobre a morte do Infante, o Centro Cultural de Vila do Bispo apresenta a exposição “O Infante e os Descobrimentos” até 5 de Dezembro.

d.r.

O Vale da Lama, em Lagos, recebe das 9.30 às 17.30 horas do próximo sábado, uma acção de plantação de árvores, integrada no Projecto Plantar Portugal. Os voluntários podem parti-

Na mostra podem ser apreciados vários trabalhos de 19 artistas do concelho, em pintura, escultura, fotografia e artes decorativas, onde são aplicadas várias técnicas.

Groundforce traz Carvalho da Silva a Faro pág. 17

Recolha de rolhas chega a Lagos  O município de Lagos associou-se recentemente à associação ambientalista Quercus na promoção da campanha de recolha de rolhas de cortiça no concelho. A Lagos já chegaram os “Rolhinhas”, onde é possível depositar rolhas de cortiça. Os recipientes estão devidamente identificados e encontram-se facilmente em alguns dos equipamentos municipais, nos Paços do Concelho, Biblioteca Municipal, mercados da Avenida e Santo Amaro e no Departamento de Ambiente e Serviços Urbanos, no Chinicato.

Lagos assina protocolo com a UNESCO  A Câmara de Lagos e a Comissão Nacional da UNESCO assinaram um protocolo de cooperação com vista à criação do Centro UNESCO de Lagos. Para o presidente da Câmara o protocolo significa, “uma grande honra para Lagos”. Segundo Júlio Barroso, “trabalhar em parceria com a UNESCO, que tem o seu nome reconhecido a nível nacional, é uma das melhores formas de dar destaque ao património histórico e cultural da cidade”. De acordo com o protocolo, a Câmara propõe-se criar um Centro UNESCO vocacionado para a abordagem histórica e cultural das relações estabelecidas entre Portugal e o Mundo, que terá a sua sede no Edifício da Janela Manuelina.

Planos de Pormenor

Reorganização do Vale da Telha arranca em Dezembro A Parque EXPO começa a de-

senvolver em Dezembro os Planos de Pormenor para a zona de Vale da Telha, uma iniciativa da autarquia que pretende, de acordo com o comunicado da Câmara, “deixar para trás 30 anos de conflitos, desentendimentos, ineficácia de medidas avulsas, que arrastaram o loteamento de Vale da Telha para a situação de área crítica de reconversão urbanística”. Os quatro planos a produzir, surgem na sequência do estudo de orientação estratégica promovido pela autarquia e realizado pela Parque EXPO - “Visão Estratégica para o Vale da Telha”- em articulação com os serviços do Instituto da Conservação da Natureza e Biodiversidade”. A visão estratégica definida para a requalificação urbana do Vale da Telha, “Viver (n)o Parque”, assenta em três princípios orientadores, que os Planos de Pormenor devem materializar: entender o Parque Natural como um valor patrimonial, encarando a sua sustentabilidade e valorização como uma oportunidade para o desenvolvimento local; controlar e direccionar a pressão de utilização procurando um modelo de ocupação compatível com a manutenção dos valores ambientais e transformar o loteamento de Vale da Telha num lugar estruturado e dotado de valor e identidade próprios, acrescenta a autarquia.

Vale da Lama recebe novas árvores cipar e associar-se à iniciativa do Projecto Novas Descobertas até sexta-feira, devendo os interessados contactar Joana Rodrigues através dos telefones 960 387 350 e 282 697 862.

lagos vila do bispo aljezur

Nuno Marques propõe reequlíbrio financeiro para a Câmara de Lagos Júlio Barroso diz que “Lagos está longe de uma situação dessas” d.r.

Ricardo Claro/Lusa ricardoc.postal@gmail.com

O PSD de Lagos alertou na semana passada para a situação de endividamento excessivo da Câmara Municipal, cuja dívida a fornecedores ascende a mais de 19 milhões de euros, e defende “um plano de reequilíbrio financeiro (PRF) com base no artigo 38 da lei das finanças locais (LFL)”, à semelhança de Faro. De acordo com o PSD, a dívida a fornecedores de bens e serviços da Câmara de Lagos, correspondia no final do mês de Outubro a 19,48 milhões de euros, “o equivalente a 60 anos de pagamento” de subsídios aos clubes do concelho, a valores de 2010. De acordo com Nuno Marques, em declarações ao POSTAL, “a receita total do último exercício da Câmara foi inferior a 40 milhões de euros, pelo que a dívida a fornecedores já ultrapassa 50% da receita”, um dos requisitos impostos na Lei para o PRF. O social-democrata afirma que a posição do PSD é a de baixar a carga fiscal sobre os cidadãos compensando a perda de receita do lado da despesa com medidas rigorosas de contenção. “Situações como as que a Câmara mantém com o Autódromo do Algarve e a Caravela Boa Esperança, por exemplo, deveriam ser revistas e a autarquia deveria deixar de

gastar de forma descontrolada”, diz o vereador. Nuno Marques afirma que a “dívida tem aumentado cerca de 800 mil euros mensais, sem que sejam tomadas medidas”, e prevê que “dentro de um ano estaremos a braços com uma situação ainda mais grave, enquanto o presidente se mantém sem dar ouvidos à posição da oposição e mesmo dos técnicos financeiros da própria autarquia”.

A posição da Câmara O POSTAL obteve a reacção do presidente da autarquia, Júlio Barroso, às declarações do PSD/Lagos, com o autarca a considerar a proposta de um plano de saneamento financeiro “um disparate”, esclarecendo que “a situação da autarquia não se enquadra nos requisitos para a adopção de um plano deste tipo”, definidos na LFL. Para Júlio Barroso, “a Câmara de Lagos está muito longe dessa situação”, realçando que “a oposição, se está tão preocupada com a situação como parece, deveria ajudar a autarquia a fazer face às dificuldades da situação económica actual do país e ao seu reflexo nas contas das Câmaras”. Para o presidente da Câmara lacobrigense, por exemplo, o PSD “deveria participar neste esforço não tendo posições como aquela que adoptou

 Nuno Marques alerta para a situação de endividamento excessivo face à definição das taxas do Imposto Municipal sobre Bens Imóveis, em que defendeu – numa altura em que todas as autarquias do Algarve caminham, ou adoptam mesmo, a taxa máxima – que a taxa aplicável em Lagos fosse a mais baixa acompanhada de uma série de isenções”. Júlio Barroso defendeu ainda junto do POSTAL que a oposição não deveria adoptar declarações alarmistas, que em nada ajudam à resolução das questões relacionadas com o financiamento da autarquia. Recorde-se que a Câmara de Lagos renegociou parte da

dívida a fornecedores recentemente, com a celebração de acordos de pagamento com oito fornecedores a três anos, que reescalonam a dívida mas não a convertem em dívida de médio prazo, mantendo-se como dívida a fornecedores, como consta de documentos oficiais da autarquia a que o POSTAL teve acesso. Os acordos, que Júlio Barroso diz estarem todos celebrados já, representam oito milhões de euros e, de acordo com o autarca, representam custos menos elevados do que os que seriam imputados à autarquia em juros de mora legais.


16

| 25 de Novembro de 2010

REGIÃO CONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR Resíduos sólidos “Sou um consumidor preocupado com as questões ambientais. Que conselhos me podem dar para melhorar o meu desempenho ambiental?” A DECO responde... São cada vez mais os consum idores preoc upados em saber se as suas acções são compatíveis com as boas práticas ambientais. Os dados mais recentes mostram que um cidadão europeu produz, em média, 522 kg/ano de resíduos urbanos, o que equivale a cerca de 10 kg/semana. Para fabricar os produtos que um cidadão europeu consome por semana são necessários cerca de mil quilos de recursos naturais. Perante a impossibilidade de eliminarmos a nossa “pegada ecológica” do planeta, devemos tentar minimizá-la, permitindo uma melhor gestão dos recursos naturais. Assim, antes de fazermos as nossas compras devemos ponderar sobre as seguintes questões: - Preciso mesmo deste produto? - Existirá este mesmo produto sem embalagem? - Existirá a recarga do produto? - Existirá uma embalagem familiar para este produto? A resposta a estas questões poderá ajudar-nos na escolha do produto. Por outro lado, podemos ainda adoptar outras medidas para evitar o desperdício de recursos naturais, como por exemplo: - Levar saco para colocar as compras; - Preferir fruta e legumes a granel em vez de pré-embalados; - Preferir alimentos frescos em vez dos que são congelados e pré-cozinhados; - Optar por alimentos (ex: massas) em pacotes familiares, em vez de pequenos pacotes; - Preferir detergentes concentrados que possam ser diluídos (respeitando sempre as indicações do produtor). Por fi m, de forma a sensibilizar o consumidor para este problema, a DECO, com o apoio do programa LIFE+ da Comissão Europeia, irá participar na segunda Semana Europeia da Prevenção de Resíduos (EWWR), que decorre desde o passado sábado e até este domingo.

Luta contra as portagens com novo fôlego pág. 18

Manuel Alegre defende Estado social em Tavira Candidato à presidência confia numa segunda volta D.R.

O CANDIDATO à Presidência

Manuel Alegre garantiu, na quinta-feira da passada semana, que se for eleito vetará qualquer projecto que ameace o Estado social e ponha em causa o Serviço Nacional de Saúde (SNS), a escola pública, a segurança social ou os direitos laborais. Num discurso proferido perante cerca de 300 apoiantes que se reuniram num jantar em Tavira, Manuel Alegre defendeu que “os direitos sociais são inseparáveis dos direitos políticos” e exemplificou dizendo que “quem não trabalha e não pode mandar os filhos para a escola, não tem a mesma liberdade de quem pode”.

DESTRUIÇÃO DO ESTADO SOCIAL Manuel Alegre diz estar

em curso “um projeto estratégico da direita para a destruição do Estado social” e que pretende não colocar as eleições presidenciais na agenda para favorecer o “candidato que se recandidata”, Cavaco Silva, “que continua a fazer

 Manuel Alegre garante que se for eleito vetará qualquer projecto que ameace o Estado social campanha como Presidente sem falar em campanha”. “Comigo tem que haver dinheiro para o essencial. Comigo na presidência ninguém toca no SNS, na escola pública, na segurança social e nos direitos laborais e dos

trabalhadores. O candidato que se recandidata não diz o que fará se isso acontecer. Eu digo: veto e uso todos os poderes para os defender”, afirmou Alegre.

ATAQUE A CAVACO O candidato

apoiado por PS, BE e renovadores comunistas considerou que o Presidente da República “deve ser um homem independente” e “não pode estar ligado aos grandes interesses” económicos. “Eu não tenho um director

de campanha que foi de um grande grupo económico. Essa é a diferença fundamental”, afirmou. Manuel Alegre disse que se candidata num momento de “crise e de um Orçamento que vai penalizar muitas pessoas, mas ao qual não havia alternativa”. Porém, apelou a uma “mudança de paradigma”, em que se ataquem os problemas estruturais, “regressando ao mar, mas também aos campos, aumentando a competitividade não através da liberalização dos despedimentos mas através da inovação tecnológica”. Manuel Alegre alertou ainda os seus apoiantes para não ligarem às sondagens, dizendo acreditar numa segunda volta. “No dia 23 de Janeiro, com o apoio de todos, creio que vamos ter a surpresa da segunda volta”, afirmou o candidato, lembrando que há cinco anos, sem apoios partidários, conseguiu superar todas as expetativas. MHC

OBJECTIVO É LEVAR AS EMPRESAS A ENCONTRO EMPRESARIAL

CCDR apoia presenças na Feira de Turismo de Madrid A COMISSÃO de Coordenação

e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve anunciou, na passada terça-feira, um incentivo às empresas da área do Turismo Sustentável, Ecoturismo e Serviços de Tecnologia, Inovação e Qualidade, para procurarem parcerias na Feira Internacional de Madrid (FITUR). “A CCDR Algarve, membro da rede Enterprise Europe Network, pretende fomentar novas relações de cooperação empresarial de âmbito comercial e/ou tecnológico nos sectores do Turismo Sustentável, Ecoturismo, Serviços de Tecnologia,

Inovação e Qualidade para o Turismo, convidando empresas e organizações a participar no Encontro Empresarial que irá decorrer na FITUR, em Madrid, no dia 19 de Janeiro de 2011”, informou a CCDR num comunicado.

PARTICIPAÇÃO A CUSTO ZERO A

CCDR explicou que a participação para empresas que se inscrevam “é gratuita” e permitirá a presença “numa das mais importantes feiras internacionais de turismo da Europa” e que “engloba a ‘FITUR Green’ e ‘FITUR Tech’”, especializadas

nas áreas do turismo sustentável e tecnológico. “A Enterprise Europe Network – CCDR Algarve, parceiro nacional do evento, apoia os interessados, quer na fase de registo e selecção de parceiros, quer durante e após o encontro empresarial de Madrid, nomeadamente prestando assistência à concretização de eventuais parcerias de negócios”, frisou a CCDR. A FITUR é uma das principais feiras internacionais de Turismo, tendo reunido na última edição mais de 10 mil empresas de 166 países e cerca de 130 mil MHC profissionais do sector.

D.R.

 CCDR pretende fomentar novas relações comerciais


25 de Novembro de 2010 |

17

REGIÃO D.R.

DOENÇA DOS CITRINOS

Vírus da Tristeza detectado na região D.R.

 Doença veio de Espanha na década de 90 do século passado

A DIRECÇÃO REGIONAL de Agri-

 Carvalho da Silva diz que as injustiças estão na forma como a empresa tem sido gerida e aponta o dedo ao Governo

Groundforce traz Carvalho da Silva a Faro Empresa de handling avançou com novas propostas O SECRETÁRIO GERAL da CGTP

considerou na passada segunda-feira que a situação dos trabalhadores da Groundforce de Faro “tem que ser reversível”, caso contrário é o “desastre”, uma vez que as injustiças, diz, “não estão seguramente nos salários dos trabalhadores”. Carvalho da Silva falava aos jornalistas após uma reunião com alguns dos trabalhadores da Groundforce em Faro. Segundo o líder da CGTP, esta reestruturação deve ser feita “com coerência”, cortando “onde se deve” e não no emprego ou nas condições de trabalho.

GOVERNO COM RESPONSABILIDADES Para Carvalho da Silva,

as injustiças não estão nos salários dos trabalhadores, mas sim na “estrutura macro do grupo” e na forma como a empresa tem sido gerida, diz, apontando o dedo ao Governo. “É importante pôr em evidência que este é um processo debaixo de uma enorme trapalhada, de falta de transparência, com argumentos enganosos e até em alguns casos mentirosos”, afirma. Carvalho da Silva diz não ter dúvidas de que o eventual despedimento dos 336 traba-

lhadores só foi desencadeado “porque a tutela lhe deu cobertura”, já que, diz, trata-se “de um ensaio para diminuir as condições de trabalho noutros espaços do grupo”. “O trabalho que [os funcionários da Groundforce em Faro] faziam existiu, existe e vai continuar a existir”, concluiu.

GROUNDFORCE OFERECE COMPENSAÇÕES “Após reanálise

de todo o processo, e de forma a diminuir os efeitos do despedimento colectivo e o número de trabalhadores abrangidos”, a Groundforce propôs aos representantes da Comissão de Trabalhadores da Groundforce cinco medidas para atenuar o despedimento coletivo. “Manutenção dos contratos de trabalho de um dos membros dos 15 casais de trabalhadores casados ou em união de facto” e “manutenção dos contratos de trabalho, noutra escala a identificar pelas trabalhadoras abrangidas, de todas as sete trabalhadoras grávidas, puérperas e lactantes” são as duas primeiras propostas que a Groundforce anunciou em comunicado de imprensa enviado à comunicação social.

Dar a possibilidade de os trabalhadores abrangidos pelo processo de despedimento se “candidatarem a ocupar postos de trabalho necessários e disponíveis nas empresas do Grupo TAP” e dar uma compensação pecuniária correspondente a “1,15 meses da retribuição base acrescida das anuidades, por cada ano de serviço”, são outras das medidas propostas pela empresa. A Groundforce propõe também oferecer apoio aos traba-

lhadores despedidos na procura e obtenção de emprego durante um período de quatro meses. A Groundforce não acata a proposta de cem trabalhadores serem deslocados para outras escalas, uma proposta que para a empresa “apenas permitiria poupar entre 2 a 2,5 milhões de euros, muito longe dos oito milhões de prejuízo que só o Aeroporto de Faro provoca à Groundforce”, refere a empresa. CCM

Infante D. Henrique vai ter “Microsite”  O Infante D. Henrique é a figura de destaque de um novo “microsite” dedicado aos 550 anos sobre a morte do navegador e que se encontra no domínio visitalgarve. pt. A história que liga o mar, o Algarve e o homem ocupa as páginas deste sítio que já está em linha. O Turismo do Algarve conduz os cibernautas para este “microsite” contado nas palavras do professor doutor António Borges Coelho, numa altura em que Lagos, Aljezur

D.R.

e Vila do Bispo também assinalam as comemorações do Infante de Sagres através de palestras e da estreia da “Suite das Descobertas”, obra da autoria do maestro e compositor Armando Mota. O pequeno sítio vai estar operacional até Dezembro e pode ser acedido a partir da homepage do endereço www.visitalgarve.pt.

cultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) realizou análises em “várias dezenas” de viveiros de citrinos na região e detectou dois casos de infecção pelo Vírus da Tristeza nos Citrinos, tendo ordenado a destruição desses lotes. “A DRAPALG tem feito rastreios à doença e em 2010 direccionou-os para os viveiros, de forma a impedir a comercialização de plantas afectadas. Foram analisadas várias dezenas de viveiros e, embora ainda não tenhamos todos os resultados apurados, há dois casos detectados”, disse à Lusa Celestino Soares, engenheiro da Direcção Regional. A mesma fonte precisou que “as plantas e lotes afectados foram arrancados e destruídos para evitar a disseminação da

doença nos campos”.

PRODUÇÃO SEM PREJUÍZOS Questionado sobre se os casos poderiam implicar algum prejuízo ou transtorno na produção de citrinos na região, Celestino Soares respondeu que “não”. O técnico da DRAPALG explicou que a doença “começou no início da década de 90” do século passado “com material infestado que vinha de Espanha” e manifesta-se nas árvores “ao bloquear a circulação da seiva, impedindo-a de chegar aos troncos e folhas, o que lhe dá uma cor amarelada, que parece estarem com tristeza”. “Esta é uma situação que temos vindo a detectar todos os anos, pelo que não há razão para uma preocupação maior”, insistiu Celestino Soares. MHC PUB


18

| 25 de Novembro de 2010

REGIÃO D.R.

APOSTA NA FORMAÇÃO É FUNDAMENTAL PARA VOLTAR AO TRABALHO

Maioria dos desempregados tem baixo nível de escolaridade A MAIORIA dos desempregados inscritos nos centros de emprego algarvios possuem um baixo nível de escolaridade e a aposta na formação é fundamental para integrá-los no mercado, defendeu na passada quinta-feira o delegado regional do IEFP. Em Junho deste ano mais de 60% dos desempregados inscritos possuíam um nível de escolaridade até ao 3.º ciclo (que compreende o 10º, 11º e 12º anos), afirmou o delegado regional do IEFP/Algarve, António Palma. “A nossa política tem sido tentar elevar os níveis de qualificação e dar competências para que as pessoas estejam preparadas para integrar o mercado de trabalho”, salientou.

António Palma falava aos jornalistas à margem da iniciativa “Faro Empreendedor”, que decorreu até sábado passado na Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo da Universidade do Algarve com o objectivo de promover o empreendedorismo e debater medidas de combate ao desemprego.

WORKSHOPS ENSINAM A PROCURAR EMPREGO Durante

o certame, os participantes frequentaram workshops sobre técnicas de procura de emprego, assistiram a mesas redondas sobre estágios ou seminários sobre empreendedorismo. No espaço de um ano, o desemprego aumentou 16,7% no Algarve, segundo a informa-

ção mensal de Outubro do IEFP, que indica que no final de Outubro existiam mais 9% de desempregados inscritos do que em Setembro. Os mesmos dados revelam que em Outubro estavam inscritos nos centros de emprego 23.624 pessoas, mais 16,7% do que em Outubro de 2009, embora o desemprego real na região atinja cerca de 30 mil pessoas, estimam os sindicatos. Segundo o director regional do IEFP, as áreas dos serviços e comércio é onde se encontram mais ofertas de emprego, que admitiu que o tecido empresarial da região nem sempre tem capacidade para absorver os desempregados. MARTA DUARTE PUB

CÂMARA MUNICIPAL DE TAVIRA EDITAL Nº104/ 2010 TORNA PÚBLICO, que em reunião de Câmara Municipal, realizada no dia 24 de Novembro de 2010, foram tomadas as seguintes deliberações: 1. Aprovada por maioria a proposta número 198/2010/CM, referente à 17ª e 18ª alterações às GOP e 22ª e 23ª alterações ao Orçamento; 2. Aprovado por unanimidade proposta número 199/2010/CM, referente ao apoio a entidades diversas ao abrigo do RMAAD; 3. Aprovada por maioria a proposta número 200/2010/CM, referente atribuição de subsídios a várias entidades; 4. Aprovada por unanimidade a proposta número 201/2010/CM, referente à criação de serviço emissor de receita no Canil Municipal; 5. Aprovada por unanimidade a proposta número 202/2010/CM, referente à doação de Espólio Arqueológico proveniente da Calçada de D. Anna – Tavira; 6. Aprovada por unanimidade a proposta número 203/2010/CM, referente à avaliação de bens móveis e imóveis do Património Municipal; 7. Aprovada por unanimidade a proposta número 204/2010/CM, referente à inserção no domínio público da parcela de terreno sito nas Solteiras, freguesia da Conceição de Tavira; Para constar e produzir efeitos legais se publica o presente Edital e outros de igual teor que vão ser afixados nos lugares de costume. Paços do Concelho, 24 de Novembro do ano 2010 O PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL, Jorge Manuel Nascimento Botelho (POSTAL do ALGARVE, nº 1011, de 25 de Novembro de 2010)

 Nova marcha de protesto vai acontecer esta sexta-feira

Luta contra as portagens com novo fôlego Comissão de Utentes da A22 quer definição dos políticos A COMISSÃO de Utentes da Via do Infante (A22) reafirmou a sua oposição à introdução de portagens na autoestrada e vai exigir aos responsáveis políticos do Algarve e à Comunidade Intermunicipal uma clarificação das suas posições. Numa assembleia realizada em Loulé, que contou com dezenas de participantes, nomeadamente José Vitorino, expresidente da Câmara de Faro e do Movimento autárquico Com Faro no Coração, José Amaro, presidente do Motoclube de Faro, e o ex-autarca de Portimão João Caetano, a comissão considerou “que, a serem implementadas, as portagens representarão uma forte machadada numa economia regional a atravessar uma grave crise”. PORTAGENS EM TEMPO DE CRISE A comissão sublinha que

a economia do Algarve está “quase numa situação de colapso, baseando-se quase exclusivamente na actividade turística” e defendeu que “as portagens irão ditar o fim de muitas empresas e agravar a situação social e económica,

atirando muito mais gente para o desemprego”. “Por outro lado, a EN 125, mesmo depois de requalificada - o que vai demorar muito -, não apresenta qualquer alternativa credível e irá transformar-se de novo na ‘estrada da morte’, com congestionamentos e acidentes frequentes, representando mais desgraça para as famílias e empresas e grandes encargos para o Estado”, defendeu.

COMISSÃO CONFRONTA POLÍTICOS Por isso, a Comissão de

Utentes decidiu “confrontar os principais responsáveis políticos regionais se são efetivamente a favor ou contra a introdução de portagens no Algarve” e “solicitar à Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), um dos principais órgãos políticos da região, que discuta a temática das portagens na Via do Infante”. O “lançamento de uma campanha de sensibilização no Algarve sob o lema – “Portagens Não!” e o início de “recolha de assinaturas (petição) contra as portagens na Via do Infante”, que já conta com nove mil

online e mais de três mil em papel, para serem entregues na Assembleia da República, foram outras das medidas tomadas na Assembleia e anunciada hoje pela Comissão. Foi ainda decidido “organizar uma nova marcha de protesto com um forte impacto – a Marcha da Indignação – na próxima sexta-feira, dia 26, canalizando os automobilistas para Faro”, cujos moldes “ainda estão a ser finalizados”, como disse à Lusa o coordenador da Comissão, João Vasconcelos. Questionado sobre se o movimento não fica a perder com a ausência de responsáveis políticos do PS e PSD na região, João Vasconcelos disse “que a comissão conta com pessoas de vários partidos, incluindo esses dois”, mas frisou que “o problema é que esses partidos são responsáveis pela introdução de portagens” devido ao acordo estabelecido para o Plano de Estabilidade e Crescimento. “Daí irmos pedir a clarificação da sua posição a todos os responsáveis políticos da região”, afirmou MHC


2514 dede Novembro 2010  ||   19 Outubro de 2010

EXERCÍCIO

1

EXERCÍCIO

2

EXERCÍCIO

3

EXERCÍCIO

4

EXERCÍCIO

5

EXERCÍCIO

6

EXERCÍCIOS PARA O TREM SUPERIOR

descubra a Saúde que há em Si

WWW.CORPOREUS.PT

Realizar 15 repetições de cada exercício, 3 séries. • Descanso de 30 segundos entre séries. • Por Francisco Encarnação.

lazer LAZER livros

agenda cultural Albufeira ALBUFEIRA

Literatura Virar a Página - Clube de LeiTeatro

tura Temático (Biografias - 2ª Peça “Um Homem Singular”, parte), sábado às 15.30ehoras, pela ACTA, sexta-feira sábana Sala Polivalente daAuditóBibliodo, às 21.30 horas, no teca Municipal rio Municipal.

Faro e colagens Pintura Exposição de Sofia Pinto CorDança reia Melo, de segunda-feira e Espectáculo “A Casa”, sábado sábado, das 13.45 às 19.15 ho-e domingo, às 16 horas, no Tearas; de terça-feira a sexta, das tro das Figuras. 9.30 às 19.15 horas, na Galeria Samora Barros. Até dia 26.

Literatura Loulé Lançamento do livro “Vila LAGOS FARO Adentro - O Espírito do Lugar”, da autoria das professoMúsica ras Rosa Trindade, Maria José Ciclo “Bandas de Cá” – Godai, Ramos eàsDulce sextasábado, 21.30Bulha, horas, no Tefeira,Lethes. dia 26, às 18 horas, no atro Salão Nobre da Câmara Municipal. LAGOA

Lagos Música Espectáculo com Afonso Dias eMúsica Zé Manel Martins “Por Concerto Grupo Coral de Causa dopelo Amor”, sábado, às Lagos, domingo 17 horas, 21.30 horas, noàsAuditório na Igreja de Santo António. Municipal.

Teatro Peça “Amanhecer na RotunMúsica

da”, pelo “Brumas” TAL - Teatro Concerto porAnálise Ângela de Loulé, sábado às 21 horas, Silva (soprano), Paulo Guerreino(trompa) Pavilhão edo Nera - Zona Inro Francisco Sassetdustrial de Loulé ti (piano), sexta-feira, dia 15, às

Teatro Peça Homem gem”,“Um na Casa da Singular Cultura. -Até Retratos dia 22.de Manuel Teixeira Gomes”, pela ACTA,, sextafeira, dia 26, às 21.30 horas, Música no Encontro AuditóriodeMunicipal de XII Música AntiOlhão. ga, com Guillemette Laurens

21.30 horas, no Centro Cultural Olhão de Lagos

e Miguel Yisrael, sexta-feira, Portimão dia 15, às 21.30 horas, na Igreja Matriz de Salir.

Literatura LOULÉ

“Como evitar o cancro”, doPORTIMÃO

reiro, “A Essência da Ima-

Concerto para Manuel Teixeira Gomes, pela Orquestra do

Encontro com José Fanha, sábado às 15.30 horas, na BiblioPintura teca Municipal. Exposição de Nathalie Guer-

agenda cinema agenda cinema

de 25 de Novembro a 1 de Dezembro de 2010 de 14 a 20 de Outubro de 2010

FARO FARO Forum Algarve Forum Algarve SBC 289 887 212 SBC 289 887 212 Wall Street - O Dinheiro Nunca O Americano* (m/12) | Sala 1 | Dorme 14h00, (m/16) | Sala21h30 1 | 15h40, 18h30, 21h20 16h20, 19h10, (à Quarta) » Perigo(diariamente), 00h20 (Sex e Sáb) »O sos (m/12) | Sala 1 | 14h00, 16h25, 19h05, Aprendiz de Feiticeiro | Sala 31 21h30 (excepto à Quarta)(m/12) >> Toy Story |(m/6) 13h10 ( Sáb e Dom) >> Marmaduke Sala 1 | 10h00 (Sáb, Dom e Qua) (m/4) 1 | 10h45 (Sáb >> Gru|-Sala O Maldisposto (m/6)e |Dom) Sala 2>>| [REC]2 (m/16) Sala 2 | 16h55, 22h00 13h25, 15h35, 17h45 (diariamente), 10h50 (diariamente), 00h30 (Sex e Sáb) >> (Sáb, Dom e Quar) » Saw 3D (m/18) | Sala Ponha Aqui o Seu Dentinho (m/12) 2 | 19h55, 22h00 (diariamente), 00h35 | Sala 2 | 15h00 (diariamente), 12h55 (Sex, Sáb e Ter) >> Rede Social (m/12) (Sáb e Dom) » A Origem (m/12)| Sala 2 | Sala 13h00, 15h45, 21h50 (excepto 18h553>>| Comer, Orar, Amar (m/12) Sala Qua), 18h30 (excepto Qua), 18h30 3 | 15h20, 18h15, 21h10à(diariamente), (excepto TereeSáb), Qua), 00h30 (Sex, Sáb e» 00h20 (Sex 12h25 (Sáb e Dom) Ter) »Story A Tempo e Horas* | Sala 4| Toy 3 (m/6) | Sala 3(m/12) | 10h00 (Sáb 10h35, 12h55, 15h05, 17h15, 21h50 (Qua, e Dom) » Lenda dos Guardiões (m/6) 1) »4Harry Potter e os17h50, Talismãs da |dia Sala | 13h20, 15h30, 20h00 Morte (m/12) | 10h40 Sala 4 (Sáb | 15h30, 18h35, (diariamente) e Dom) » 21h40 (diariamente), 12h25 (Sáb,(m/12) Dom Ponha Aqui o Seu Dentinho Qua)5»| Harry e os Talismãs |eSala 22h10Potter (diariamente), 00h05 da Morte | Sala 5 (m/12)| | 15h00,Sala 18h05, (Sex e Sáb)(m/12) » A Cidade* 5| 13h25, 16h10, 18h50,00h20 21h30 (diariamen21h10 (diariamente), (Sex, Sáb e te), 00h15 (Sex e Sáb) » Sempre que

Ter), 10h40 (Sáb, Dom e Qua) » Imparáte Vejo (m/12) 6 | 14h55, 17h10, vel* (m/12) | Sala| Sala 6 | 14h15, 16h30, 18h45, 19h25, 21h40 (diariamente), 23h55 21h00(diariamente), 23h30(Sex, Sábe(Sex Ter), e12h00 Sáb)(sáb, » Cães e Gatos: de Dom e Quar) »AOVingança Americano* Kitty (m/6) |16h35, Sala 618h55, | 10h3021h20 (Sáb (m/12)Galore | Sala 7 | 14h10, e(excepto Dom) »Qua), O Último Exorcismo* 23h40 (Sex, Sáb e(m/16) Ter) » |Megamind Sala 7 | 13h30, (m/6) 15h35, | Sala 717h40, | 14h35,19h45, 16h45 21h50 » O Último Airbender (m/12) 19h00, 21h20 (Qua) Marmaduke (m/4) || Sala | 10h20 (Sáb e Dom) Sala 77| 10h20 (Sáb, Dom e Qur)»»Jaccuzi Comer, - O Desastre do Tempo (m/16)| Sala 8 | Orar, Amar (m/12) | Sala 8 | 15h20, 18h20, 15h35 » Adoro-te... à Distância (m/12)| 21h15 (excepto Qua), 12h20 (Sáb, Dom Sala 8 | 17h55 » A Troca (m/12)| Sala 8 | e Qua) » Cães e Gatos: A Vingança de 20h10 » Jantar de Idiotas (m/12)| Sala 8 Kitty Galore (m/6) | Sala 8 | 10h10 (Sáb, | 13h05 » Resident Evil: Ressureição Dom e Qua) » Actividade Paranormal 2 (m/16) | Sala 8 | 22h20 (diariamente), (m/16) | (Sex Sala 8e |Sáb) 00h25 Sáb Ter) » 00h30 » (Sex, Shrek - Oe CapíPerigosos (m/12) | Sala 8 | 14h05, 18h55 tulo Final (m/4) | Sala 8 | 10h10 (Sáb e (Qua) »» Hachiko: Cela 211 (m/12) | Sala | 12h50, Dom) Amigo para8Sempre 16h30, 21h15 (Qua) » Jogo Limpo* (m/12) (m/12) | Sala 9 | 14h25, 16h35, 18h45, | Sala 9(diariamente), | 14h30, 16h55,12h25 19h25(Sáb (Qua) » Éa 21h00 e Dom) (m/12) | Sala 9 | 14h25, 16h55 19h25, »Vida A Origem (m/12) | Sala 9 | 23h20 21h55e(excepto (Sex Sáb) Qua) » Demónio (m/12) | Sala 9 | 00h35 (Sex, Sáb e Ter) Lenda dos Guardiões (m/6) | Sala 9 | 10h30, 12h40 ALBUFEIRA AlgarveShopping 289 560 351 (Sáb, Dom e Qua) Universo Paralelo* (m/12) | Sala 1 |

albufeira 13h40, 16h10, 18h30,289 21h25, AlgarveShopping 56023h45* 351 >> Resident (m/16) Harry PotterEvil: e osRessureição Talismãs da Morte |(m/12) Sala 2| |Sala 21h20, >> Lenda dos 1 | 23h40* 15h10, 18h10, 21h10, Guardiões | Sala 2 2| |13h00, 00h10* » Saw(m/6) 3D (m/18) | Sala 12h45, 15h05, 17h05, 19h05 >> Sempre 15h00, 17h05, 19h10, 21h35, 21h40* » que te Vejo (m/12) A Rede Social (m/12)| Sala | Sala33| |15h50, 13h15, 18h10, » Adoro-te... 16h00, 21h00, 18h30, 23h30* 21h20, 23h45* » Gru à (m/12)| Sala 3 |413h30 » - ODistância Maldisposto (m/6) | Sala | 12h50, Ponha Aqui o Seu Dentinho (m/12) | 14h55, 17h00, 19h05 » Comer, Orar, Sala 4 | 12h55, 15h00, 17h00, 19h00, Amar (m/12) | Sala 4 | 21h15, 00h00* 21h40, 00h15* » [REC]2 (m/16) | Sala » Oh Não! Outra Vez Tu? (m/12) | Sala 5 | 21h35, 23h50* » MacGruber - Li5 | 16h05, 18h45, 21h00, 23h30* » É cença para Estragar (m/12) | Sala 5 | a Vida 15h10 (m/12)17h10 | Sala19h10 5 | 16h05, 18h45, 13h05, » O Último 21h00, 23h30*(m/16)| » O Americano* (m/12) Exorcismo* Sala 6 | 13h10, |15h15, Sala 617h15, | 13h30, 16h10, 18h40, 21h30, 19h20 , 21h45, 00h05* Imparável* (m/12)| |Sala Sala77| »23h50* Comer,» Orar, Amar (m/12) |12h45, 12h55,15h30, 15h05,18h20, 17h10,21h15, 19h15,00h00* 21h45, » Harry Potter e os8Talismãs »00h15* A Cidade* (m/12) | Sala | 13h20, da Morte (m/12) | Sala 8 | 15h00, 16h00, 18h40, 21h30, 00h10* » Wall 15h50, -18h50, 21h40Nunca » Perigosos Street O Dinheiro Dorme (m/12) Sala (m/16) | Sala99| |13h20, 12h50,15h45, 15h40,18h20, 1825, 21h10, 21h25, 23h55* * Sessão à Sexta e Sábado * Sessão à Sex, Sáb e Ter

Conferência

mingo às 21 horas, no Clube Naval de Portimão. Música

São Brás Algarve, sábado, às 21.30 hoMúsica ras, no Grande Auditório do XXVI Festival Juvenil de AcorTEMPO – Teatro Municipal de deonistas, domingo às 15 hoPortimão. ras, no Cine-Teatro São Brás.

TAVIRA Tavira

Música Música “Música nas Igrejas”, Concerto

“Música Igrejas” com Luís por Josuénas Nunes (guitarra), sáConceição no horas, piano,na sábado bado, às 21.30 Ermiàs 18 na Ermida de São da de horas, Santa Ana. Sebastião.

* Estreias * Estreias OLHÃO Olhão C. C. Ria Shopping Shopping 289 289 703 703 332 332 A Troca (m/12)e |os Sala 1 | 15h25, Harry Potter Talismãs da 18h25, Morte 21h25 (diariamente), 23h45 (Sex Sáb) (m/12) | Sala 1 | 15h15, 18h15, e21h15 >> Karate Kid 00h00 (m/12) (Sex | Sala 2 | 15h30, (diariamente), e Sáb) >> Pe18h30, 21h30 (diariamente), 00h00 (Sex rigosos (m/12) | Sala 2 | 13h00, 15h30, e18h30, Sáb) >>21h30 Presente de Morte23h50 (m/12) Sala (diariamente), (Sex 3 | 15h20, 18h20, 21h30 (diariamente), e Sáb) » Gru - O Maldisposto (m/6) 23h50 (Sex e Sáb) | Sala 3 | 14h00, 16h00 (diariamente), 10h40 (Sáb e Dom) » É a Vida! (m/12) PORTIMÃO | Sala 3 | 18h20 » José e Pilar (m/12) C. C. Continente 282 418 180 | Sala 3 | 21h30 A Cidade* (m/12) | Sala 1 | 13h00, 15h50, 18h40, 21h30, 00h15* >> Portimão Jacuzzi - O Desastre do 180 Tempo C. C. Continente 282 418 (m/16) Sala | 13h40, 16h10, 19h00, Jackass 3D2(m/16) | Sala 1 | 13h10, 21h50, 00h15* » A 21h50, Troca 00h15* (m/12) 15h10, 17h20, 19h30, |» Sala | 13h30, 16h00, 18h50, Harry3 Potter e os Talismãs da 21h40, 00h10, 00h20* >> Wall Street Morte (m/12) | Sala 2 | 12h40, 15h30, - O Dinheiro Nunca Dorme (m/12) 18h30, 21h30, 00h20* » Rede So| Sala 4 | 15h40, 18h30, 21h20, cial (m/12) | Sala 3 | 12h50, 15h40, 00h00* » Adoro-te... à Distância 18h40, 21h10 » Demónio (m/12) | (m/12) | Sala 4 | 13h20 » Comer, Sala 3 | 23h50* » O Americano* Orar, Amar (m/12) | Sala 5 | 12h50,

(m/12) | Sala 4 | 13h20, 15h45, 15h35, 23h55* » Re18h20, 18h20, 21h40,21h10, 00h00* » Imparásident Evil:| Ressureição vel* (m/12) Sala 5 | 12h55,(m/16) 15h15,| Sala 6 |19h45, 22h00,22h00, 00h20*00h10* » Lenda» 17h30, dos (m/6)(m/6) | Sala 6 | Gru -Guardiões* O Maldisposto | Sala 13h10, 15h20, 17h30, 19h40 6 | 13h00, 15h00 » Saw 3D (m/18) *| Sala Sessão Sexta e15h00, Sábado17h10, 6 |à 13h10, 19h20, 22h00, 00h25* Cinemas Portimão * Sessão de à Sex, Sáb e Ter 282 411 888 Cinemasque de te Portimão Sempre Vejo (m/12) | Sala 1 |282 15h30, 41118h00, 888 21h30 (diariamente), 00h00 (Sex e Sáb) >> Lenda dos GuarHarry Potter e os Talismãs da Morte diões 2 | 14h00, (m/12) (m/6) | Sala| 1Sala | 15h30, 18h15, 15h45, 21h30 20h00 » Comer, Orar,(Sex Amar (m/12) (diariamente), 00h00 e Sáb) >> Sala 18h15, 21h45(m/6) (diariamente), Gru -2O|Maldisposto | Sala 2 | 00h15 e Sáb) 14h00 »(Sex Saw 3D (m/18) Sala 2 | 15h45, 18h15, 20h00, 21h45 (diariamente), TAVIRA 00h15 (Sex e Sáb) Cine-Teatro António Pinheiro 281 322 671 tavira Nada Pessoal (m/12), 21h30 (Qui) Cine-Teatro António Pinheiro » Meu Filho, Olha o que Fizeste! 281 322 671 (m/16), 21h30 (Dom) Embargo (m/12), 21h30 (Qui) » O Escritor Fantasma (m/12), (Dom)

Linhascom dasEficácia Mãos Falar dos Famosos Apesar de o ser A leitura hu m a no sdas e r, mãos revela os por natureza, principais traum comunicaços de personador, fica muitas lidade e mostra vezes aterrorizado quanos acontecimendo se depara com a necestos passados futuros sidade de terede fazer mais uma marcantes na vida de uma apresentação perante um pessoa, esejam eles bons público de expressar opiou maus. Num livro que niões. Na verdade, o acturesponde a perguntas al contexto do mercadofrede quentes sobre o amor, a sor-e trabalho assim o exige, te, a riqueza e a bem saúde, Zila cada vez mais, como ensina a arte da quiromantambém nos pune caso cia: as linhas principais, os não tenhamos uma prestaformatos, a cor, os sinais ção que vá ao encontro das mais frequentes, ouexpectativas dosentre nossos tros aspectos. interlocutores. Autora: Maria Zila Pemberton Autora:

História Política de A Maldição Portugaldo - 1910-1926 Anel II - O Sono No breve esdo Dragão paço de tem-

p o éeum n t rguare a O dragão Fafnir monarquia dião zeloso do tesouro e do constitucional anel mágico dos Nibelun(1834-1910) e o gos. Descendente do deus regime emergente da Resupremo Odin, Siegfried volução Nacional, em 1926, vai ter de enfrentar este terPortugal teve 45 governos rível guardião, antes de ensucessivos. A primeira Recontrar Brunilde, a valquípública foi o regime parria adormecida no rochedo lamentar mais instável da rodeado por chamas. Mas o Europa Ocidental. As hipóanel maldito ainda vai conteses da sua sobrevivência trariar muitos destinos... eram entre poucas. Autor: Édouard Brasey Autor: Douglas Wheeler

horóscopo horóscopo Carneiro Carneiro

(de 21/03 a 20/04) (de 21/03 a 20/04) Pode ter alguns dissabores; Tende a algumas fantasias é importante clarificar regras para e a dar aos sentimentos uma diviver uma relação. Tende a dismensão pouco real. Alguns problecussões que deverá enfrentar com mas ou conflitos ganharão novos flexibilidade. contornos.

Balança Balança

(de 23/09 a 22/10) (de 23/09 a 22/10) A vida sentimental pode coEstá bastante favorecido; nhecer boas evoluções; Dedique-se pode tomar decisões ou chegar a mais à vida a dois. Poderá conconclusões importantes. As persseguir bons resultados no que diz pectivas e a tendência é de êxito. respeito a contactos.

Touro Touro

(de 21/04 a 20/05) (de 21/04 a 20/05) Deve fazer um esforço para Actue integralmente de acorse adaptar às necessidades de quem do com o seu carácter. Não se deixe gosta. Bom momento para concurdesorientar mesmo que surjam atrasos, exames e toda a espécie de sos ou contratempos. provas.

Escorpião Escorpião

(de 23/10 a 21/11) (de 23/10 a 21/11) Evite discussões e opiniões Não confie apenas em aparadicais. Precisa de reavaliar a sua rências; procure factos. Controle o vida sentimental. Poderá sentir-se ritmo de trabalho; o tempo será perturbado por gastos inesperados. escasso para resolver todos os assuntos.

Gémeos Gémeos

(de 21/05 a 20/06) (de 21/05 a 20/06) Pode ser confrontado com Pode dar início a uma fase situações inesperadas. Não fuja de mais promissora; é altura de esclaregras ou procedimentos habituais; recer dúvidas. Alterações conjuntucomportamentos inovadores não rais parecem jogar a seu favor. darão resultado.

Sagitário Sagitário

(de 22/11 a 21/12) (de 22/11 a 21/12) Dia de desequilíbrio emoTome mais iniciativas; fará cional, que poderá demorar tempo bem em aceitar ou fazer convites. a ficar resolvido. Dedique-se com Terá grande capacidade de resolumais afinco ao sector profissional. ção de problemas de cariz profissional que vão aparecer.

Caranguejo Caranguejo

(de 21/06 a 22/07) (de 21/06 a 22/07) Algumas manifestações Perspectiva-se um clima impensadas podem gerar conflimuito harmonioso e romântico. tos. Deve dedicar mais tempo à Objectivos profissionais serão observação e reflexão do que à atingidos já que tem os recursos acção. necessários.

Capricórnio Capricórnio

(de 22/12 a 19/01) (de 22/12 a 19/01) Alguns acontecimentos poPode ser confrontado com dem sair do seu controlo. Complicomentários inesperados. Pode cações de última hora podem apasurgir a oportunidade dum trabanhá-lo desprevenido. lho suplementar; terá vantagens se aceitar.

Leão Leão

(de 23/07 a 22/08) (de 23/07 a 22/08) Dificuldade em compatibiliNão alimente desconfianzar ritmos de vida; seja mais paças sobretudo se apenas se baciente. O tempo pode ser decisivo seia em suposições. Terá de conpara clarificar os contornos essenfiar em terceiros mesmo sem se ciais para a sua evolução. sentir seguro.

Aquário Aquário

(de 20/01 a 18/02) (de 20/01 a 18/02) Confiança e solidez marcam Tendência a conflitos entre as relações sentimentais; boa fase opostos; opte pelo que é certo e de conquista. Boa altura para torecto. Deve agir com maior rigor e mar decisões ou fazer valer pontos objectividade sem pisar ou prejudide vista. car os outros.

Virgem Virgem

(de 23/08 a 22/09 ) (de 23/08 a 22/09 ) Semana de contrariedades; Tensão e agitação; será pode ficar confuso com comportamelhor não complicar as situamentos que não esperava. Envolvações. Muito trabalho; nem sempre se mais no trabalho para ser fácil conseguirá responder a tempo às cumprir tarefas. solicitações.

Peixes Peixes (de 19/02 a 20/03)

(de 19/02 a 20/03) Não deixe de falar sobre Algumas desconfianças poos seus anseios; algumas resposdem pairar na sua vida mas mantas podem deixá-lo surpreendido. tenha-se sereno. Bom dia para reConseguirá tratar eficazmente os organizar alguns papéis e algumas assuntos económicos. actuações.


20 | 25 de Novembro de 2010

ANÚNCIOS I CLASSIFICADOS

Farmácias de Serviço QUINTA

SEXTA

SÁBADO

DOMINGO

SEGUNDA

TERÇA

QUARTA

ALBUFEIRA

Alves Sousa

Alves Sousa

Santos Pinto

Santos Pinto

Santos Pinto

Santos Pinto

Santos Pinto

ARMAÇÃO DE PÊRA

S Coelho

S Coelho

Edite

Edite

Edite

Edite

Edite

FARO

Caniné

Pereira

Penha

Baptista

Helena

Alexandre

Crespo

LAGOA

Lagoa

Lagoa

José Maceta

José Maceta

José Maceta

José Maceta

José Maceta

LAGOS

Neves

Ribeiro Lopes

Lacobrigense

Silva

Telo

Neves

Ribeiro Lopes

LOULÉ

Chagas

Pinheiro

Pinto

Avenida

Martins

Chagas

Pinheiro

MONCHIQUE

Moderna

Moderna

Moderna

Moderna

Hygia

Hygia

Hygia

OLHÃO

Rocha

Pacheco

Progresso

Olhanense

Nobre Sousa

Brito

Rocha

PORTIMÃO

Guilherme

Central

Pedra Mourinha

Moderna

Carvalho

Rosa Nunes

Amparo

QUARTEIRA

Miguel

Miguel

Algarve

Algarve

Algarve

Algarve

Algarve

SÃO BART. DE MESSINES

Seq. Correia

Seq. Correia

Seq. Correia

Seq. Correia

Algarve

Algarve

Algarve

SÃO BRÁS DE ALPORTEL

Dias Neves

S. Brás

Dias Neves

Dias Neves

Dias Neves

S. Brás

Dias Neves

SILVES

Guerreiro

Guerreiro

Guerreiro

João de Deus

João de Deus

João de Deus

João de Deus

TAVIRA

Montepio

Maria Aboim

Central

Central

Felix

Sousa

Montepio

VILA REAL de STº ANTÓNIO

Pombalina

Pombalina

Carrilho

Carrilho

Carrilho

Carrilho

Carrilho

Acordos com:

Medis, Multicare, C.G.D.

DESINFESTAÇÕES, LDA. Olhão

Tractor - Rega, Lda

Reze 9 Ave-Marias com uma vela acessa durante 9 dias, pedindo 3 desejos, 1 de negócios e 2 impossíveis ao 9º dia publique este aviso, cumprir-se á mesmo que não acredite. V.H.

VENDO

Suzuki Samurai 1.9D - Ano 2003 Todo-o-terreno / Pick-Up Só 1 dono, económico, cor preto Fica totalmente descapotável Inspeccionado até Outubro de 2011 Contactar: 917 525 851

CASAL OFERECE-SE

para tratar de qualquer género de propriedade. Contactar: 918 617 269


ANĂšNCIOS I NECROLOGIA

e s p u Po euro 200 ALUGA-SE TODO O ANO Moradia T2 s/ mobília Miramar – Tavira Vista para o mar

Contacto: 919 219 279

25 de Novembro de 2010 |

21

Agora com o POSTAL pode poupar 200 euros na aquisição do alarme de segurança para a sua casa, escritório ou comÊrcio. Basta ligar!

MARQUE: 919 503 536 (Hugo Lopes) ALUGA-SE

ACUPUNCTURA FISIOTERAPIA OSTEOPATIA

T1 com 80 m2 de ĂĄrea - amplas varandas, na Rua Dr. Carlos Palma em Tavira. Telem: 965 170 056

NOTARIADO PORTUGUĂŠS

JOAQUIM AUGUSTO LUCAS DA SILVA

NOTĂ RIO em TAVIRA

Desconto 30% valor consulta em sede de IRS; Protocolos com diversas entidades. Junto Ă s RuĂ­nas de Milreu 8005-443 ESTOI-FARO

Web: http://osteofala.weebly.com ¡ Tlm: 969 260 836

Nos termos do ArtÂş. 100, nÂş. 1, do CĂłdigo do Notariado, na redacção que lhe foi dada pelo Dec-Lei nÂş. 207/95, de 14 de Agosto, faço saber que no dia vinte e dois de Novembro de dois mil e dez, de folhas sete a folhas oito, do livro de notas para escrituras diversas nĂşmero cento e quarenta e oito – A, deste CartĂłrio, foi lavrada uma escritura de justificação, na qual: JOSÉ JACINTO DA CONCEIĂ‡ĂƒO, NIF 148.678.262, solteiro, maior, natural da freguesia de Conceição, concelho de Tavira, freguesia onde reside, no sĂ­tio da Gaseta, declarou: Que, com exclusĂŁo de outrem, ĂŠ dono e legĂ­timo possuidor do prĂŠdio urbano, composto de edifĂ­cio tĂŠrreo com vĂĄrias divisĂľes e logradouro, destinado a habitação, no sĂ­tio da Gazeta, freguesia de Conceição, concelho de Tavira, a confrontar do norte, sul, nascente e poente com JosĂŠ Jacinto da Conceição, com a ĂĄrea coberta de sessenta e nove metros quadrados e descoberta de cento e trinta e um metros quadrados, inscrito na matriz, em nome dele justificante, sob o artigo nĂşmero 3.868, com o valor patrimonial tributĂĄrio e atribuĂ­do de OITO MIL CENTO E OITENTA EUROS, nĂŁo descrito na ConservatĂłria do Registo Predial de Tavira. Que adquiriu o prĂŠdio, por lhes ter sido adjudicado em data imprecisa do ano de mil novecentos e oitenta e cinco, nas partilhas amigĂĄveis e verbais, nunca reduzidas a escritura pĂşblica, feita com os demais interessados, na herança aberta por Ăłbito de seus pais, Jacinto CustĂłdio e Rita AntĂłnia, residentes que foram no dito sĂ­tio da Gazeta. Que desde esse ano possui o prĂŠdio em nome prĂłprio, usufruindo do mesmo, fazendo obras de beneficiação e reparação necessĂĄrias, pagando contribuiçþes e impostos devidos, sem a menor oposição de quem quer que seja desde o seu inĂ­cio, posse que sempre exerceu sem interrupção e ostensivamente, com o conhecimento de todas a gente, sendo por isso uma posse pacĂ­fica, contĂ­nua e pĂşblica, pelo que adquiriu o prĂŠdio por usucapiĂŁo Vai conforme o original. Tavira, aos 22 de Novembro de 2010 A funcionĂĄria por delegação de poderes; Ana Margarida Silvestre Francisco

profissional gråfica comunicação & imagem

̪*EFOUJEBEFDPSQPSBUJWB̪ *NBHFN ̪$PNVOJDBà ½P̪$POUFÔEPT ̪0VUEPPST.VQJFT̪#SPDIVSBT ̪'MZFST̪4PMVà �FTJOPWBEPSBT

Conta registada sob o nÂş. PAO 2257 / 2010 Factura nÂş. 02280 (POSTAL do ALGARVE, nÂş 1011, de 25 de Novembro de 2010)

Ganhe identidade A Profissional Gråfica cria soluçþes e projectos integrados de comunicação. Para questþes complexas, soluçþes pråticas chave-na-mão Uma imagem à sua medida Peça o seu orçamento gråtis e tenha identidade!

UGHFSBMQSPǸTTJPOBMHSBǸDB!HNBJMDPN

CONCEIĂ‡ĂƒO – TAVIRA CABANAS - TAVIRA

VILA NOVA CACELA – V.R.S.A.

AURELIANO DO CARMO CRUZ

Mà RIO ELEUTÉRIO DA ROSA SALVADOR

SABINO SILVESTRE GAGO

12-01-1923 / 22-11-2010

20-02-1935 / 20-11-2010

11-07-1923 / 22-11-2010

SANTA CATARINA DA FTE DO BISPO

SANTIAGO - TAVIRA

AGRADECIMENTO

AGRADECIMENTO

AGRADECIMENTO

Os seus familiares vĂŞm por este meio agradecer a todos quantos se dignaram acompanhar o seu ente querido Ă  sua Ăşltima morada ou que, de qualquer forma, lhes manifestaram o seu pesar.

Os seus familiares vĂŞm, por este meio, agradecer a todos quantos o acompanharam em vida e nas suas cerimĂłnias exĂŠquias ou que de algum modo lhes manifestaram o seu sentimento e amizade.

Os seus familiares vĂŞm, por este meio, agradecer a todos quantos a acompanharam em vida e nas suas cerimĂłnias exĂŠquias ou que de algum modo lhes manifestaram o seu sentimento e amizade.


22

| 25 de Novembro de 2010

>> SOLUÇÃO

>> ASSINALE A FRASE CORRECTA  Ontem, comentas-te o texto de uma forma clara e precisa.  Ontem, comentastes o texto de uma forma clara e precisa.  Ontem, comentaste o texto de uma forma clara e precisa.  Ontem, comemtaste o texto de uma forma clara e precisa.

   

da semana passada

Com certesa, o João vai passar no exame de matemática. Concerteza, o João vai passar no exame de matemática. Comcerteza, , o João vai passar no exame de matemática. Com certeza, o João vai passar no exame de matemática.

A forma correcta é com certeza. Com certeza é uma locução adverbial composta pela proposição com e pelo substantivo certeza. As restantes formas não existem na Língua Portuguesa.

OPINIÃO A opinião conta As opiniões e cartas de leitor devem ter um máximo de 320 palavras e serem remetidas ao POSTAL por e-mail com nome, morada e telefone do autor. O POSTAL reserva-se o direito de seleccionar trechos que considere importantes e de determinar a sua publicação de acordo com a disponibilidade na secção e com a linha editorial do jornal.

FICHA TÉCNICA

Sede: Rua Dr. Silvestre Falcão, n.º 13 C - 8800-412 Tavira - Algarve Tel: 281 320 900 | Fax: 281 320 909 E-mail: geral@postaldoalgarve.com Director: Henrique Dias (C.P. 3259). Director Comercial: Basílio Pires Editor: Ricardo Claro (C.P. TP912). Redacção: Cristina Mendonça (C.P. 3258), Helga Simão, Paula Ferro (C.P. 8424). Design: Profissional Gráfica. Colaboradores fotográficos: José A. N. Encarnação “MIRA” Colaboradores: Beja Santos (defesa do consumidor), Nelson Pires (CR26). Departamento Comercial, Publicidade e Assinaturas: Anabela Gonçalves, José Francisco. Propriedade do título: Henrique Manuel Dias Freire, inscrito sob o nº 211 612 no Registo das Empresas Jornalísticas. Edição: Postal do Algarve - Publicações e Editores, Lda. Contribuinte nº 502 597 917. Depósito Legal: nº 20779/88. Registo do Título (dgcs): nº 111 613. Impressão: Coraze - Oliveira de Azeméis Distribuição: Banca - Logista, à sexta-feira com o Público/VASP - Sociedade de Transportes e Distribuição, Lda e CTT. Membro: APCT - Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação; API - Associação Portuguesa de Imprensa; AIRA - Associação da Imprensa Regionalista Algarvia.

Sobe & desce

Esta é uma iniciativa das Bibliotecas Paula Nogueira do Agrupamento de Escolas Professor Paula Nogueira (Olhão) em parceria com a Casa da Juventude de Olhão e o POSTAL, que semanalmente divulga os problemas e as soluções deste jogo. Várias escolas do Algarve já aderiram à iniciativa: Olhão > AE Professor Paula Nogueira; AE Dr . Alberto Iria; Colégio Bernardette Romeira; AE Dr. João Lúcio (Fuseta); Faro > AE da Sé; AE D. Afonso III; AE de Estoi; AE Joaquim Magalhães; AE do Montenegro; Escola Secundária João de Deus; Castro Marim > AE de Castro Marim; Albufeira > AE Professora Diamantina Negrão; São Brás de Alportel > AE José Belchior Viegas (Mega Agrupamento de São Brás de Alportel). Convidamos todas as escolas e bibliotecas, interessadas em aderir ao Jogo da Língua Portuguesa e receber os materiais para o mesmo, a contactar: biblioteca.epnogueira@gmail.com ou geral@postaldoalgarve.com.

Estacionamento livre

Contas às avessas

O estacionamento deixou de ser pago em algumas ruas da baixa de Tavira. Uma boa notícia para os automobilistas (Ler pág. 8).

Em Lagos, as contas da autarquia não batem certo. Façam bem as contas ou quem vier atrás pode não conseguir “fechar a porta” (Ler pág. 15).

Alegremente recordando, Amores e Desamores!

António Pina Mandatário Regional do Candidato Fernando Nobre

É sempre mais fácil e agradável recordar as memórias que nos causam prazer. Como recordo, com prazer, mas não com saudade desses tempos, quando a voz do anti-fascista Manuel Alegre se fazia ouvir na Rádio Argel, incitando à resistência e denunciando as prepotências da ditadura. Como recordo, com amor, os poemas do Ary dos Santos e do poeta Manuel Alegre. Como eu li e reli a “Trova do Vento que Passa”. Como eu interpretei o poema “As Mãos”: “(…) E cravam-se no Tempo como farpas as mãos que vês nas coisas transformadas.

Folhas que vão no vento: verdes harpas. De mãos é cada flor cada cidade. Ninguém pode vencer estas espadas: nas tuas mãos começa a liberdade”. Porém, recordo com desamor, a enorme ausência, uma espécie de buraco negro, a inércia desenvolvida (que contradição!) pelo parlamentar Manuel Alegre ao longo de mais de 30 anos. Um deserto de acção, de intervenção cívica, do não uso da palavra como uma arma! Como recordo, com desamor, a acção corrosiva e desgastante de Manuel Alegre contra as decisões do meu partido e do meu Go-

Assine o

verno. Desgaste bem aproveitado pela oposição, particularmente pelo Bloco de Esquerda. Não é menos verdade que o recordo, com espanto e desamor, pelo facto de ter merecido, como prémio pelas suas acções parlamentares mais recentes, a escolha para candidato oficial do Partido Socialista ao mais alto cargo da hierarquia do Estado Português. “Malhas que império tece”, diria o poeta (o outro!). A decisão está tomada, assumida pelas hierarquias dos partidos, convergentes nesta matéria. Vejamos como reagem as bases! Quem diria ao poeta, que o seu poema “As Mãos” po-

deria, um dia, servir para homenagear as mãos de outro candidato, o meu, o Fernando Nobre. Que diferença no uso das mãos e da vida! Um, usando as mãos para combater a doença e a desgraça, a dor e o desamor de quem nunca viu ser respeitado o mais elementar dos seus direitos humanos. Sempre agindo em nome da acção cívica universalista. Mãos que ajudam a combater o desalento e o desânimo de quem nada tem para dar em troca. Em contrapartida, tantos anos de silêncio, e de inacção. Apenas mais um entre tantos passantes; excepto nos últimos quatro anos, parecendo ter emergido de um estado de letargia voluntária

de quase três décadas. Quem nos pode então, face a uma vida de trabalho dedicado aos outros, garantir Confiança e Responsabilidade?! Que cada um, com a sua consciência e a sua liberdade, escolha o candidato a Presidente da República, que lhe confira mais garantia de efectiva acção, desinteressada e objectiva, exercida com responsabilidade, humildade e sentido de missão. Por mim, porque agora, mais do que nunca, necessitamos de mais acção e menos prelecção, optei pelas “Mãos”, que servirão para nos conduzir pelo caminho da Dignidade e da Responsabilidade.

Envie este cupão para:

POSTAL DO ALGARVE - Rua Dr. Silvestre Falcão, nº 13 C, 8800-412 Tavira

(50 Edições) Portugal 30 ¤ I Europa 50 ¤ I Resto Do Mundo 80 ¤

NOME __________________________________________________________________________________________________________________________

DATA DE NASCIMENTO _______ ⁄ ________ ⁄ ____________

MORADA __________________________________________________________________________________________ CÓD. POSTAL _________ - _____ — ________________________________________________ NIF

  

TEL   

 

EMAIL _______________________________________________________ PROFISSÃO ________________________________

AUTORIZAÇÃO DE PAGAMENTO - por débito na conta abaixo indicada, queiram proceder, até nova comunicação, aos pagamentos das subscrições que vos forem apresentadas pelo editor do jornal POSTAL do ALGARVE. Esta assinatura renova-se automaticamente. Qualquer alteração deverá ser-nos comunicada com uma antecedência mínima de 30 dias.

30 ¤

NIB

Assine através de TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA

BANCO _______________________________________________________________________________________________

   

NOME DO TITULAR __________________________________________________________________________

35 ¤

Tiragem desta edição:

8.893 exemplares

BALCÃO ______________________________________________

_______________________________________________________________________________ ASSINATURA IDÊNTICA À CONSTANTE NA FICHA DO BANCO DO TITULAR DA CONTA.

Assine através de DINHEIRO, CHEQUE ou VALE POSTAL, à ordem de Postal do Algarve.

NOTA: Os dados recolhidos são processados automaticamente e destinam-se à gestão da sua assinatura e apresentação de novas propostas. O seu fornecimento é facultativo. Nos termos da lei é garantido ao cliente o direito de acesso aos seus dados e respectiva actualização. Caso não pretenda receber outras propostas comerciais, assinale aqui.


25 de Novembro de 2010 |

O livro «Algarve Maior» vai assinalar o ano da edição número 1.000 do POSTAL com as Personalidades e Entidades mais relevantes dos últimos 23 anos

ALGARVE MAIOR

Algarve Maior mostra os primeiros 90 nomeados Algarve

Adriano Pimpão, economista

Ana Ester Cabral Neves, cantora lírica

André Jordan, empresário

António Bento (Bento Algarvio), pugilista

António Goulart, dirigente sindical

António Pina, professor e político

António Ramos Rosa, poeta

Arménio Aleluia, jornalista

Cabrita Neto, ex-presidente da AHISA

Carla Peralta, criadora do Cão de Água

Carlos Brito, ilustre pensador

Carlos Gonçalves Luís, dirigente empresarial

Carlos Luís Figueira, histórico do PCP

Carlos Martins, empresário e político

Carlos Nóbrega, empresário

Carlos Tuta, político e dirigente

Carlos Vieira, conferencista

Castelão Rodrigues, dir. reg. Agricultura

Casimiro de Brito, Poeta e romancista

Cavaco Silva, político

Cristóvão Norte, político

Cupertino de Miranda, empresário

Domingos Caetano, músico

Eduardo Cruz, dirigente empresarial

Elidérico Viegas, dirigente empresarial

Felícia Cabrita, jornalista de investigação

Fialho Anastácio, político

Filipe Ferrer, actor

Francisco Amaral, médico e político

Francisco Leal, político

Hélder Martins, político

Humberto Teixeira, empresário

Isabel Soares; política

Isilda Gomes, política

Jamila Madeira, política

João Caldeira Romão, docente e ginasta

João Faria, economista

João Goulão, dirigente social

João Guerreiro, reitor da UAlg

João Ilídio Setúbal, figura do desporto

Maior

Como participar nas nomeações para o livro «Algarve Maior»? Basta enviar: 1. » os nomes das Personalidades e/ou Entidades que considere mais relevantes nos últimos 23 anos; 2. » e uma simples menção relativa à razão de cada escolha efectuada.

Para: João Pedro Cunha, violinista e professor

João Rosado, dirigente empresarial

Laginha Serafim, engenheiro hidráulico

Joaquim Magalhães, pedagogo

Joaquim Vairinhos, político

Joel Pais, gestor

José Bivar, artista plástico

José Delgado Martins, advogado

José Louro, teatro

José Ponte, ilustre médico e catedrático

José Vitorino, político

Lara Ramos, dirigente associativo

Liberto Mealha, empresário

Lídia Jorge, escritora

Luís Vicente, actor e encenador

Luís Villas-Boas, director do Refúgio

Macário Correia, político

Manuel G. Guerreiro, professor

Manuel Madureira Dias, ex-Bispo

Manuel Viegas Guerreiro, filólogo

Margarida Sizenando, médica fisiatra

Margarida Tengarrinha, histórica do PCP

Maria Barroso ex-primeira-dama

Maria Campina, pianista

Maria Cavaco Silva, actual Primeira-Dama

Maria Helena Baptista, pedagoga

Mário C. Gonçalves, dirigente associativo

Mário Gonçalves, dirigente cooperativo

Mendes Bota, político

Miguel Freitas, político

 o email: algarvemaior@gmail.com  o fax: 281 320 909  no Facebook «Algarve Maior», quer para as mensagens, quer para a rubrica das notícias «Em que estás a pensar?»  ou ainda por cupão [ou fotocópias] publicado na última página do POSTAL através dos correios.

Quem são as Personalidades? » A eleição é livre sem lista pré-concebida. Qualquer pessoa/leitor pode indicar uma ou mais pessoas.

Nuno Guerreiro, cantor

Nuno Júdice, ensaísta, poeta e ficcionista

Nuno Mergulhão, ex-autarca

Paulo Bernardo, gestor

Paulo Cunha, homem da cultura

Paulo Pinheiro, gestor

Paulo Querido, consultor de new media

Pearce de Azevedo, ex-presidente RTA

Reinaldo Teixeira, empresário

Rui Lourenço, presidente da ARS

E as Entidades? » São as públicas ou privadas, isto é, além de instituições públicas, também empresas e associações.

Sandra Correia, empresária

Saul Neves de Jesus, professor

Teresa Rita Lopes, investigadora pessoana

Tito Olívio Henriques (Tito Olívio), poeta

Tossán (António Santos), ilustrador

Vasco Catarino Soares, psicólogo

Vasco Vidigal, galerista

Vítor Neto, dirigente empresarial

Vítor Palmilha, dirigente associativo

Viviane Parra, cantora

Algarve Maior mostra escolhas dos algarvios NESTA EDIÇÃO, o POSTAL apre-

senta as 90 personalidades já nomeadas para a eleição Algarve Maior. A primeira oportunidade de conhecer os nomes que centenas de pessoas já fizeram chegar à redacção do POSTAL e que se encontram entre personalidades consideradas de maior relevo para quem já participou na iniciativa inédita do POSTAL. Para participar é simples, basta enviar uma ou mais nomeações de personalida-

des ou entidades, indicando, além dos nomes propostos, o resumo da razão da escolha através de um texto justificativo. No caso das Personalidades, será sempre bem-vindo o envio das respectivas fotos e currículos. Já na próxima semana será a vez de o POSTAL apresentar as 60 nomeações já realizadas para a eleição das 100 entidades algarvias dos últimos 23 anos. Entretanto, a iniciativa do POSTAl soma semanalmen-

te mais entusiastas nas redes sociais, nomeadamente no facebook. Para se tornar Fã como forma de incentivar esta inédita iniciativa, basta procurar o perfil no Facebook: «Algarve Maior Página Dois», criado após a primeira página ter atingido o limite do número de amigos máximo permitido por página (cinco mil) nesta que é uma das redes sociais de maior projecção em Portugal e no mundo. Quanto aos resultados das

nomeações pode segui-los de perto através do POSTAL na versão papel, à quinta-feira para os assinantes e à sexta-feira nas bancas conjuntamente com o PÚBLICO ou através do POSTAL versão on line em www.issuu.com/postaldoalgarve. Mas acima de tudo importa conhecer a sua opinião e as suas escolhas e para isso o POSTAL criou um conjunto alargado de formas de participação (ver caixa), porque afinal esta é uma iniciativa

onde quem importa é o leitor do POSTAL e o seu reconhecimento face a personalidades e entidades de relevo na região. O resultado esse é mais do que um elencar de nomes, o livro Algarve Maior constituirá um documento de referência onde muitos dos nomes de relevo dos 23 anos na região se fixarão para a posteridade, num misto de louvor e memória dos homens e entidades que marcam a HENRIQUE DIAS FREIRE região.

E o resultado final? » Contribuir para eleger as 100 Personalidades e 100 Entidades consideradas mais relevantes no Algarve nos últimos 23 anos; » Publicação do LIVRO intitulado «Algarve Maior», cuja impressão de alta qualidade vai deixar para a posteridade os protagonistas de uma geração para as próximas gerações.

Qual é o motivo? » O «Algarve Maior» é uma iniciativa inédita lançada no ano da edição número 1.000 do jornal POSTAL, 23 anos após o seu primeiro número ter surgido nas bancas.

23


Poupe os r u e 0 0 2

Agora com o POSTAL pode poupar 200 euros na aquisição do alarme de segurança para a sua casa, escritório ou comércio. Basta ligar! MARQUE: 919 503 536 (Hugo Lopes)

última

Tiragem desta edição:

8.893 exemplares

Greve dá vitória aos sindicatos

PUB

Aeroporto de Faro sem vôos A GREVE “marca em definiti-

vo a vitória dos sindicatos e dos trabalhadores, face às expectativas das estruturas sindicais”, afirmou ao POSTAL António Goulart, coordenador da União de Sindicatos do Algarve, em cima do fecho da edição. O Aeroporto de Faro está sem vôos, adiantou o sindicalista, que salienta que a única companhia que não tinha cancelado previamente os vôos teve de desviar as aeronaves para Sevilha. Para Sevilha foi também um cruzeiro com cerca de 600 pessoas previsto para atracar em Portimão devido à paralisação total das barras e portos da região. “Os comboios só asseguram serviços mínimos”, diz António Goulart, que destaca os feitos da paralisação. “Com números tão expressivos de adesão nos mais variados sectores económicos e sociais, os efeitos estão a fazer-se sentir por todo o Algarve”, diz. Mesmo no sector privado, de acordo com as declarações do sindicalista ao POSTAL, a greve faz sentir-se um pouco por toda

ACIDENTE

Estrada faz um morto UM acidente rodoviário registado na passada terça-feira na Estrada Nacional 125, em Pontes de Marchil, Faro, provocou a morte a uma pessoa. “Tratou-se de um despiste, cerca das 14.50 horas, com um ferido grave, que acabou por morrer”, disse fonte do CDOS. No local estiveram os bombeiros de Faro, com oito homens, assim como uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Instituto Nacional de Emergência MHC Médica (INEM).

LUÍS FORRA.

a região e dá exemplos, “o LIDL de Tavira só tem a trabalhar dois funcionários, as chefias, e a Associação IN LOCO regista uma paralisação de 50%”. Na pesca, a greve também marcou presença e promete fazer estragos no fornecimento de pescado a lotas e mercados, com a totalidade da frota da sardinha paralisada nos portos algarvios, afirma António Goulart, situação que dificilmente poderá ser minorada por frotas de outros portos do país. A recolha do lixo e as escolas são outros sectores com forte adesão, mas com números ainda por obter de forma consistente, dados que o POSTAL tratará na próxima RC edição. PUB

Nomeação para a edição do livro Algarve Maior Envio por correio postal

Personalidade: Razões:

rve Alga



Nome:



Entidade / Empresa: Razões:

Contacto:

E-mail:

Este destacável destina-se a envio por correio postal para a redacção do POSTAL - Rua Dr. Silvestre Falcão, n.º 13 C, 8800-412 Tavira • Mais informações 281 320 900• Os dados recolhidos estão sujeitos a confidencialidade e destinam-se exclusivamente à nomeação para a edição do livro Algarve Maior e não podem ser utilizados para qualquer outro fim, nomeadamente comercial


POSTAL 1011