Page 1

ARENA DE PORTIMÃO MOSTRA ESTRELAS DO FADO > 4 PUB

Director Henrique Dias Freire • Ano XXIV • Edição 1055 • Semanário à quinta-feira • 18 de Novembro de 2011 • Preço € 1

EM FOCO 2 FARO 3 PORTIMÃO 4 VILA REAL, CASTRO MARIM, ALCOUTIM 6 TAVIRA 7 OLHÃO 9 SÃO BRÁS, LOULÉ 10 ALBUFEIRA 12 LAGOA, SILVES, MONCHIQUE 13 LAGOS, VILA DO BISPO, ALJEZUR 14 REGIÃO 16 LAZER 19 CLASSIFICADOS 20 OPINIÃO 23

Turismo ultrapassa os 10 milhões de dormidas D.R.

ÀS SEXTAS EM CONJUNTO COM O PÚBLICO POR €1,60

> O Algarve registou, de acordo com o Turismo de Portugal, mais de dez milhões de dormidas até Agosto deste ano. A entidade responsável pelo Turismo nacional revela dados do INE e Banco de Portugal, que mostram a evolução positiva do sector, quer a nível regional, quer nacional. O POSTAL mostra-lhe os números p. 2

Viveiristas às avessas com taxas de licenciamento D.R.

PROTECÇÃO EM TEMPOS DE CRISE

São Brás quer mais justiça no tarifário da água António Eusébio diz que todos os esforços vão no sentido de evitar aumentar custos para as famílias do concelho em tempos de crise. Redistribuição dos encargos com água, saneamento e resíduos sólidos procuram justiça e economia p. 10 >

D.R.

Hospital em Tavira: A Cruz Vermelha vai avançar em 2012 com o hospital em Tavira, uma promessa do presidente da delegação de Tavira, Almeida Martins, na comemoração dos 30 anos da instituição na cidade do Gilão > 7

> Autoridades querem receber taxas relativas ao período entre os anos 1994 e 2011 > Associações avisam para a ruína dos empresários do sector na Ria Formosa p. 16 PUB

ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR

Câmara de Olhão espera luz verde das Finanças > Tudo a postos por parte da autarquia para avançar com as ac-

tividades extra-curriculares no único concelho da região que ainda não as tem a funcionar. A culpa é do Ministério das Finanças que não dá autorização para as despesas p. 9

CENTENÁRIO

CA

Veja anúncio pág. 11

PUB


    |  18 de Novembro de 2011

em foco Turismo regista dados positivos Instituto Nacional de Estatística e Banco de Portugal revelam dados operacionais relativos a 2011 d.r.

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

O Instituto Nacional de Estatística revelou nos últi-

mos dados publicados sobre a evolução do sector do Turismo, relativos a Setembro, que o Algarve foi a segunda região nacional que mais cresceu em termos de dormidas. Somando um acréscimo neste mês de 4,8% face a Setembro de 2010, um valor apenas superado pela Madeira que cresceu 14,9%. De acordo com o Instituto Nacional de Estatística, em Setembro o turismo algarvio viu quebrar a procura do mercado interno, a descer 0,8%, compensada pelos “expressivos acréscimos” dos mercados britânico e holandês, respectivamente com crescimentos de 10 e 11,3%. O organismo responsável pelas estatísticas nacionais destaca ainda a representatividade dos turistas estrangeiros no mercado de dormidas regional, 55,5%. O Algarve, a par de Lisboa e da Madeira, está também entre os melhores no que respeita à performance em termos de taxa líquida de ocupaçãocama (corresponde à relação entre o número de dormidas e o número de camas disponíveis, no período de referência, considerando como duas as camas de casal). Neste âmbito, Algarve e Lisboa registaram

 António Pina, presidente do Turismo do Algarve, diz-se surpreendido com os resultados alcançados pela região valores de ocupação de cerca de 57%, enquanto a Madeira arrancou para si o primeiro lugar nacional com 65,8%. O número de noites de permanência no Algarve registou valores equivalentes em Setembro de 2010 e de

2011, 4,8 noites, sendo este o resultado mais elevado do país, que fica muito acima da média nacional cifrada em 2,9 noites. Quanto aos proveitos totais, o Algarve apresenta em Setembro de 2011 um valor de 73,2

milhões de euros, uma variação positiva, face ao período homólogo de 2010, de 4,6%. Cenário positivo que se repete no que respeita a proveitos por aposento com um crescimento de 6,9%, atingindo os 52,6 milhões de euros.

Números nacionais positivos  De acordo com o Instituto Nacional de Estatística, os resultados do país foram também globalmente positivos até Agosto. O Turismo de Portugal com base em dados da entidade que controla as estatísticas nacionais avança que neste período o país registou 28,2 milhões de dormidas, das quais 18 milhões foram de estrangeiros, “reforçando o modelo do turismo portu-

guês caracterizado por cerca de 2/3 de estrangeiros e 1/3 de turismo interno, o que confirma o sector como a principal actividade exportadora nacional”. O Turismo de Portugal, liderado por Luís Patrão, defende que é previsível que Portugal ultrapasse este ano a barreira dos 40 milhões de dormidas, os oito mil milhões de receitas do Turismo. A mesma fonte realça que a

d.r.

subida dos mercados emissores garantiu, apesar da contracção do mercado nacional de turistas, o crescimento do saldo da balança turística em mais de 13%. O Turismo de Portugal realça ainda que até ao oitavo mês do ano todas as regiões já ultrapassaram o milhão de dormidas, excepção feita ao Alentejo e Açores, antecipando que mesmo estas zonas chegarão a esta marca até ao fim do ano.

Algarve em destaque De acordo com o Turismo de Portugal, o Algarve ultrapassou até Agosto os dez milhões de dormidas totais, bem acima de Lisboa (seis milhões) e Madeira (cerca de quatro milhões), registando um crescimento de 12% no que respeita a dormidas de estrangeiros. Pina surpreendido António Pina, presidente do Turismo do Algarve, diz-se “surpreendido” com os resultados alcançados pela região, “não pelo crescimento pela sua expressividade”, que confessa, “não era para mim expectável”. Mas os dados reflectem a realidade e isso é que importa, diz Pina, que sempre acautela, “as possíveis correcções que o INE sempre faz até ao final do ano, mas que nunca significam alterações de relevância”. Para o responsável do sector, o que preocupa no Algarve

“não é o resultado global onde o Verão está incluído, muito embora o Verão já não trabalhe em overbooking (procura superior à capacidade de oferta) como acontecia há anos atrás”, mas sim “o combate à sazonalidade e às taxas de ocupação e aos resultados absolutos do sector mais reduzidos da época baixa”, que podem pôr em causa o crescimento forte e constante que se deseja para o turismo na região. A aposta tem de ser feita no desenvolvimento de nichos de mercado específicos, capazes de inverter a tendência de decréscimo dos resultados nos meses mais fracos, sublinha o presidente, que desacata que para tal “são necessários recursos e perseverança”, numa clara alusão aos fortes cortes orçamentais de que o Turismo do Algarve foi alvo nos dois últimos exercícios orçamentais. Recorde-se que em dois anos a Entidade Regional de Turismo do Algarve teve cortes orçamentais acumulados que atingiram 40%, por força das cativações orçamentais decididas pelos Governos Sócrates e impostas à Entidade Regional pelo Turismo de Portugal. Uma situação contra a qual se tem batido António Pina na defesa dos interesses algarvios junto do poder central. António Pina é peremptório na defesa da ideia de que os bons resultados devem justificar a manutenção ou o reforço do investimento nas áreas da promoção do destino Algarve e da sua consolidação quanto à oferta de produtos alternativos aos de Sol & Mar e Golfe. “Quando há vento é que se anda à vela”, diz Pina. Uma posição tanto mais defensável quanto o titular do Turismo do Algarve entende que a razão do crescimento dos resultados no Algarve se pode dever em parte substancial à situação transitória da “instabilidade nos destinos turísticos do próximo e médio oriente afectados este ano por fortes convulsões sociais”.


18 de Novembro de 2011  |   

faro José Vitorino responsabiliza Macário e PS pelo défice da Câmara d.r.

Em causa um “buraco” de 38 milhões de euros O ex-autarca e líder da as-

sociação cívica Com Faro no Coração acusou na semana passada a coligação PSD/PP e o PS de estarem “de braço dado” na autarquia presidida por Macário Correia, responsável por “um buraco” de 38 milhões de euros. O líder do CFC, José Vitorino, sustentou que aquele défice de 2011 se deve a “uma macabra golpada político-elei-

toral”, pois o actual executivo municipal “atrasou em um ano a apresentação do plano financeiro” com o objectivo, disse, de a Câmara ter mais dinheiro nos dois anos anteriores às eleições de 2013. “Em 2010, ter-se-ia conseguido o empréstimo de 48 milhões de euros e compradores para o património, mas em 2011 já não é possível, devido à má conjuntura económica”,

disse, acusando a coligação PSD/PP de agir “com compadrios partidários, opções ruinosas, falta de transparência e esbanjamento”. José Vitorino acusou ainda os deputados da maioria e do PS na Assembleia Municipal de terem um comportamento “antidemocrático”, votando sistematicamente contra as propostas das demais forças em plenário, o CFC, o Bloco pub

ministério da agricultura , mar, ambiente e ordenamento do território COMISSÃO DE COORDENAÇÃO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO ALGARVE

Consulta Pública Estudo de Impacte Ambiental do Projecto do Lanço 2.1.k) EN125- Variante de Odiáxere Proponente: Rotas do Algarve Litoral, S.A. Licenciador: Estradas de Portugal, S.A. O projecto acima mencionado está sujeito a um procedimento de Avaliação de Impacte Ambiental, conforme estabelecido na alínea e) do n.º 10 do Anexo II do Decreto-Lei n.º 69/2000, de 3 de Maio, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei n.º 197/2005, de 8 de Novembro. Este projecto localiza-se no concelho de Lagos. Nos termos e para efeitos do preceituado no n.º 2 do art. 14.º e nos art. 24.º, 25.º e 26.º do Decreto-Lei n.º 69/2000, de 3 de Maio, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei n.º 197/2005, de 8 de Novembro, a CCDR-Algarve, enquanto Autoridade de Avaliação de Impacte Ambiental, informa que o Estudo de Impacte Ambiental, incluindo o Resumo Não Técnico, encontra-se disponível para Consulta Pública, durante 25 dias úteis, de 28 de Novembro de 2011 a 3 de Janeiro de 2012, nos seguintes locais: Agência Portuguesa do Ambiente Rua da Murgueira, 9/9A Apartado 7585 2611- 865 Amadora Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve Largo de S. Francisco, 39 8000-142 Faro Câmara Municipal de Lagos Paços do Concelho Séc. XXI Praça do Município 8600-293 Lagos

de Esquerda e a CDU. “O PS é cúmplice ou autor da violação das leis e da democracia aí cometidos, com manchas negras maiores na falta de respeito aos autarcas membros do órgão e por se permitir que os munícipes saiam das reuniões sem obter respostas do presidente da câmara”, sustentou. Evocou ainda vários pontos em que a maioria que suporta o executivo municipal e os socialistas “têm estado de acordo”, como as portagens na Via do Infante, a eliminação de freguesias do concelho e o adiamento da regionalização administrativa.

Câmara em colapso financeiro O líder do CFC enunciou vá-

rios aspectos do que apelidou de “colapso financeiro da câmara”, incluindo “20 milhões de euros que irão para as demolições” na Praia de Faro. Enunciou também cinco milhões de euros “que ilegalmente não foram levados às contas da empresa municipal Fagar para 2011, como reembolso de um empréstimo de curto prazo” e “um buraco escondido” de 2,3 milhões de euros na construção da urbanização do Restelo numa Urbanização de habitação social a construir no Montenegro. José Vitorino acusou ainda

 José Vitorino acusa Macário Correia de esbanjamento em viagens Macário Correia de “esbanjamento em viagens e outros gastos”, aquando da sua viagem a São Paulo e Argentina. “[Tentou fazer] dos munícipes tolos, dizendo que ia trazer

investidores para as alienações, mas como já se viu não veio nenhum investidor, apesar do Brasil e Argentina não estar em crise. Era tudo mentira”, disse. Lusa

Voluntariado

O Resumo Não Técnico (RNT) pode ainda ser consultado na Junta de Freguesia de Odeáxere, encontrando-se também disponível na Internet na página da CCDR-Algarve (www.ccdr-alg.pt). No âmbito do processo de Consulta Pública serão consideradas e analisadas todas as opiniões e sugestões apresentadas por escrito, desde que relacionadas especificamente com o projecto em avaliação. Essas exposições deverão ser dirigidas à CCDR-Algarve até à data do termo da Consulta Pública, 4 de Janeiro de 2012. O licenciamento (ou a autorização) do projecto só poderá ser concedido após Declaração de Impacte Ambiental Favorável ou Condicionalmente Favorável, emitida pelo Senhor Secretário de Estado do Ambiente e Ordenamento do Território, ou decorrido o prazo para a sua emissão. A Declaração de Impacte Ambiental deverá ser emitida até 16.03.2012. Faro, 9 de Novembro de 2011 O Presidente João Varejão Faria

Empresa funerária ajuda Misericórdia de Faro Uma empresa funerária de âmbito nacional e os seus colaboradores voltaram a associar-se à GRACE (Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial) em mais uma acção do Programa G.I.R.O. – GRACE, Intervir, Recuperar e Organizar, desta vez na Santa Casa da Misericórdia de Faro. Uma equipa de voluntários

da empresa participou, no dia 28 de Outubro, na requalificação de uma copa e de uma sala de estar dos utentes da instituição em Faro, constituída com o objectivo de satisfazer carências sociais, contanto no seu historial com diversas ações na área dos cuidados hospitalares, acolhimento e educação a crianças e jovens e

assistência a idosos. A empresa participa mais uma vez nestas acções de solidariedade, contando com uma bolsa de voluntários de norte a sul do país, e afirma que “pretende manter uma participação activa e empenhada nas acções de solidariedade da GRACE e nas que a própria empresa empreende”.


    |  18 de Novembro de 2011

portimão Museu mostra Portimão através da objectiva d.r.

Projecto para Cuidados Continuados em Vila Real caiu por terra pág. 6

Fado rei por dois dias no Arena de Portimão Cuca Roseta, Carminho, Ana Moura e Carlos do Carmo integram cartaz

 O Museu de Portimão apresenta, até ao próximo dia 29 de Janeiro, a exposição dos melhores trabalhos concorrentes à 11ª Corrida Fotográfica de Portimão. Este ano o certame registou a maior adesão de sempre no número de inscrições, desde a sua primeira edição em 2001, com 240 fotógrafos amadores oriundos de várias regiões do país e alguns estrangeiros, representando todas as idades e profissões, com destaque para professores e estudantes. Na modalidade analógica registaram-se 29 inscrições, na digital 199 e na subaquática 12 fotógrafos, os quais tiveram oportunidade de descobrir um renovado olhar pelos aspectos do património cultural e natural do município, suas gentes, actividades e vivências, através da interpretação e criatividade fotográfica. Uma vez que a modalidade analógica tem vindo a perder participantes de uma forma constante, em contraste com a fotografia digital que todos aos anos vê aumentar o seu número de aderentes, a organização encara seriamente a hipótese de restringir a próxima edição da Corrida Fotográfica de Portimão apenas às modalidades digital e subaquática. Este prémio, promovido pela empresa Outros Mercadus, tem como objectivo distinguir o reconhecimento público de obras de arquitectura, design e espaços efémeros, sendo extensível às mais diferentes áreas da cultura, como sejam o cinema, o teatro, as exposições ou espaços públicos e cujo traço comum é o conceito da não perenidade.

d.r.

“Uma viagem através de di-

ferentes gerações e estilos” é a proposta do Festival de Fado que se realiza em Dezembro, no Portimão Arena, disse à Lusa Carlos Veloso, responsável pela produção. Cuca Roseta, Carminho, Ana Moura e Carlos do Carmo são os nomes do cartaz do Festival de Fado que se realiza nos dias 9 e 10 de Dezembro, sempre às 22 horas, havendo “duas ou três casas de fado com tradição em Lisboa que terão um espaço no Portimão Arena, onde acontecerá fado vadio antes, no intervalo e no final de cada espectáculo”, adiantou Carlos Veloso. “Em Portugal faz-se festival de tanta coisa e não há um de fado, tanto mais numa região onde não é possível ouvi-lo com a mesma frequência que em Lisboa e até pelos turistas, nomeadamente nórdicos, que continuam a marcar presença no barlavento algarvio”, atestou. Cuca Roseta que lançou este ano o primeiro álbum, produzido pelo argentino Gustavo Santaolalla, e Ana Moura, cujo último disco, “Leva-me aos fados”, já é duplo platina,

 Cuca Roseta é considerada uma das novas promessas do fado actuam no dia 9 e, no dia seguinte, cantam Carminho e Carlos do Carmo. Carminho distinguida em 2007 com o Prémio Amália Rodrigues Revelação, editou o primeiro álbum em 2009, no qual revisita repertórios de Be-

atriz da Conceição e Fernando Maurício, entre outros, ao lado de temas da sua autoria e outros inéditos, nomeadamente assinados por Diogo Clemente.

Festival orçado em trezentos mil euros Carlos do Car-

mo, porta-voz da candidatura do fado a Património da Humanidade, tem uma carreira de cerca de 50 anos, deu voz a êxitos como “Por morrer uma andorinha”, “Canoas do Tejo” ou “Os Putos”. Em 2007, editou “À noite”, em que interpreta

várias melodias tradicionais de fado com poemas contemporâneos de Maria Rosário Pedreira, Fernando Pinto do Amaral, José Manuel Mendes ou Nuno Júdice. Carlos Veloso disse à Lusa que este “conceito de espectáculo” é uma aposta da sua produtora, orçando o Festival em 300 mil euros e contando “com o grande apoio logístico da Câmara de Portimão”. Para o produtor “é cada vez mais difícil serem as autarquias a suportarem todos estes custos e cabe à iniciativa privada arriscar”. O actual cenário de crise, segundo o produtor de espectáculos, “irá reajustar o mercado nacional”. “Já se sente a crise e esta vai reajustar o mercado, um reajuste que estava aliás a ser necessário, pois estávamos a atingir preços de artistas, tanto nacionais como internacionais, incomportáveis para a nossa realidade”, afirmou. Segundo Carlos Veloso, este cenário de crise “irá levar o público a escolher um em vez dos três/quatro espectáculos a que assistia por mês”. Lusa

Depois de dois anos de paragem construtor de automóveis está de regresso

Al Melling de volta ao Autódromo Depois de um interregno de

dois anos na sua actividade, o bem sucedido designer e construtor automóvel, Al Melling, decidiu reabrir as portas da sua empresa, a MCD Partnership, no Autódromo Internacional do Algarve, numa parceria com Phil Egginton e Beverly Ellison. A casa mãe vai manter-se em Inglaterra, porém, o centro de design e desenvolvimento vai operar em Portimão. Al Melling tem mais de 40 anos de experiência no design e desenvolvimento de motores e

veículos, tendo trabalho com as mais prestigiadas marcas como a Porsche, Lamborghini, Ferrari, Jaguar, Aston Martin, entre outras. Para além destes, desenvolveu ainda os motores de F1 para a March e Lola e ainda para a Silk Cut Jaguars que venceu as 24 Horas de Le Mans. A MCD Partnersip vai desenhar, desenvolver e construir em Portugal motores, carros de corridas, transmissões, suspensões e outros componentes automóveis. Os conhecimentos e experiência de Al Melling são

determinantes para o sucesso da empresa no mercado nacional que tem igualmente como objectivo a exportação. Portugal passa assim a ter no seio dos desportos motorizados um dos engenheiros de referência mundial no que diz respeito ao automobilismo e motociclismo. “Depois desta paragem de dois anos, estou satisfeito por regressar à minha actividade profissional. O Algarve é o local ideal para viver e trabalhar”, disse Al Melling.

d.r.

 Al Melling tem mais de 40 anos de experiência na área automóvel


pub

POP / WORLD

JAZZ

António ZAmbujo

Peter King e orquestrA do AlgArve Jazz de Inverno

25 Novembro | 21h30 Teatro Figuras FARO

josÉ luis gonZÁleZ uriol FestIval de Órgão 26 Novembro | 21h30 Igreja da Sé FARO

aPoIos

ParCeIros

3 Dezembro | 21h30 Teatro das Figuras FARO

juliAn josePh trio Jazz de Inverno 1 de Dezembro | 21h30 Teatro Lethes FARO

MedIa Partner

normA Winstone Jazz de Inverno 2 Dezembro | 21h30 Teatro Lethes FARO


6

| 18 de Novembro de 2011

VILA REAL CASTRO MARIM ALCOUTIM ALCOUTIM

Água e saneamento chegam a Farelos e Clarines D.R.

Pedras d’el Rei promove Ecobike Experience pág. 8

Projecto para Cuidados Continuados em Vila Real caiu por terra PS e autarquia trocam acusações a propósito de terreno cedido D.R.

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

A CEDÊNCIA por parte da autar-

 Francisco Amaral comemorou inauguração da obra com a população

NO SEGUIMENTO da obra in-

fra-estruturante que tem levado a cabo um pouco por todo o concelho, a Câmara de Alcoutim, liderada por Francisco Amaral, procedeu a mais uma inauguração no âmbito da rede de abastecimento de água e saneamento delineada para o município. O abastecimento de água e saneamento básico em Farelos e Clarines entraram em funcionamento no passado sábado. A população dos referidos montes organizou uma comemoração, com a presença do presidente da Câmara de Alcoutim, Francisco Amaral, para festejar esta obra, que promete beneficiar a qualidade de vida nas localidades. O presidente da autarquia

alcouteneja lamentou só ter conseguido agora prover as populações destes serviços, mas acrescentou que tenciona, em breve, proceder à ligação das povoações ao Sistema de Águas do Algarve, através do ramal da aldeia de Giões. O autarca aproveitou ainda para informar a população sobre os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística, que revelam que “o concelho de Alcoutim já não é o mais pobre da região e já não está entre os mais pobres do país”. A empreitada custou 917 mil euros, sendo 733 mil financiados pelo POVT (Programa Operacional de Valorização do Território) e o restante pela autarquia alcouteneja. RC

quia de Vila Real de Santo António à empresa VillaLiving de um terreno para a construção de uma Unidade de Cuidados Continuados motivou protestos por parte da concelhia local do PS, que pretende saber qual será o destino do terreno cedido, agora que é certo que o projecto não irá avançar. Em comunicado, a concelhia socialista recorda que o projecto, cujas obras se previam estar concluídas em 2010, com pleno funcionamento no início de 2011 e a criação de 150 postos de trabalho, não chegou a avançar, sendo que “a empresa em causa não alvitra interesse nem está em condições de avançar com o equipamento e o actual Governo decidiu da suspensão das unidades que ainda não iniciaram a construção e ainda suspendeu novas contratualizações no âmbito do funcionamento da Rede Nacional de Cuidados Integrados”. A resposta da autarquia fezse saber em comunicado divulgado na passada segunda-feira, onde assegura que “já iniciou, há mais de um ano, as diligências necessárias para recuperar PUB

 Luís Gomes quando assinou o protocolo com a VillaLiving a posse do terreno” e que “uma vez findas estas diligências, o terreno em questão continuará sob a alçada municipal e destinado aos fins previstos no seu registo. Neste momento, uma parte do terreno já está inclusivamente sob o domínio municipal, visto que o artigo se encontrava dividido em duas partes”. A autarquia afirma ainda que “a responsabilidade pelo não avanço da unidade não cabe à autarquia, mas sim à

empresa VillaLiving, com a qual foi firmado um contrato”.

O CASO DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL Esta foi aliás a mesma

empresa que avançou com um projecto similar no concelho de São Brás de Alportel, liderado por António Eusébio, e que veio a abandonar o mesmo, ao que o POSTAL apurou, por dificuldades de financiamento do projecto, nomeadamente a nível internacional e a situ-

ação será tal que a empresa se encontra em dificuldades em todos os seus projectos neste sector. O POSTAL antecipou, aliás, o abandono do projecto também em Vila Real em notícia publicada em Setembro do ano passado. Em São Brás, António Eusébio jogou por antecipação e como o próprio referiu à data ao POSTAL, “a demora na apresentação de um efectivo projecto junto da autarquia inviabilizou a manutenção do mesmo como de interesse para autarquia que cederia os terrenos para a construção da unidade”. António Eusébio adiantou ainda naquela altura que a autarquia tinha contactos com a empresa MHC, dirigida por Luís Coelho, ex-presidente da Câmara de Faro, para tomar a posição da VillaLiving e levar a cabo um projecto de cuidados continuados no concelho. A diferença é que no caso de São Brás de Alportel, António Eusébio jogou pelo seguro e não transferiu a propriedade ou o uso dos terrenos para a empresa VillaLiving.

EM TEMPO DE CRISE

Associação Odiana debate emprego e imigração A BIBLIOTECA MUNICIPAL de Castro Marim abre portas, pelas 9 horas da próxima terça-feira, ao seminário “Gestão da Imigração e do Emprego em Tempo de Crise”. A organização é do projecto INTEMIC EUR-258, liderado pela Fundación de Trabajadores Extranjeros de la Provincia de Huelva, projecto do qual a ODIANA – Associação para o Desenvolvimento do Baixo Guadiana, é parceira. O INTEMIC tem como

objectivo primordial melhorar as políticas activas de emprego, através do intercâmbio e da cooperação transnacional, sendo a migração circular a principal base de trabalho. Este seminário pretende também ser um encontro que pretende reunir entidades e técnicos portugueses para a partilha de boas práticas na área da integração dos imigrante. De entre os oradores, destacam-se representantes do Alto Comissariado para a Integração e Diálogo In-

tercultural, o Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes de Vila Real de Santo António, o programa “Escolhas”, o Instituto de Emprego e Formação Profissional de Vila Real, a Associação Moinho da Juventude, de Lisboa, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, a Associação de imigrantes DOINA e a empresa Hubel, casos de sucesso de integração de imigrantes no Baixo Guadiana e de ensino de português para estrangeiros.


18 de Novembro de 2011  |   

Núcleo de Tavira da Liga dos Combatentes

Dia do Armistício recorda soldados caídos em combate Na passada sexta-feira, dia

11 de Novembro, assinalou-se mais um ano sobre o armistício que pôs termo à 1ª Guerra Mundial, na qual perderam a vida milhares de soldados portugueses, e ainda o dia dedicado aos que combate-

ram na Guerra Colonial. Uma data que o Núcleo de Tavira da Liga dos Combatentes não deixou passar em branco, tendo realizado, junto ao Monumento aos Combatentes, em pleno coração da cidade, uma cerimónia militar em home-

nagem aos combatentes que deram a vida pela pátria ou que vieram a falecer depois de terem prestado serviços nas suas Forças Armadas. Uma Força do Regimento de Infantaria 1, sediado em Tavira, com dois pelotões,

geraldo de jesus

prestou as honras militares, tendo efectuado uma salva de tiros. As entidades presentes colocaram flores na base do monumento e foi observado um minuto de silêncio. Geraldo de Jesus

tavira

Finanças atrasam actividades de enriquecimento curricular pág. 9

Ciclismo de Tavira anula Maratona de BTT  A Direcção do Clube de Ciclismo de Tavira (CCT) infomou na passada segunda-feira, em comunicado, que por motivos alheios à sua vontade a 3ª Maratona de BTT marcada para o domingo do próximo dia 27 foi anulada. Segundo o clube, “a principal razão desta anulação prende-se com o cancelamento desta prova da Taça do Algarve pela Associação de Ciclismo do Algarve devido à negação de atletas e clubes em marcarem presença, invocando que nesta altura da época já não estão preparados para as dificuldades da competição”. O Clube refere que no acordo assumido com diversas entidades patrocinadoras do evento “existia a garantia de que a maratona de 70 quilómetros contaria para a Taça do Algarve, prova que traria maior retorno mediático e publicitário. Como essa garantia não se verifica, o Clube não poderá levar por diante compromissos que não poderão ser cumpridos”. O CCT salienta assim que “deste modo não tem razão de ser avançar com a prova, sem desprimor para os já inscritos nas restantes vertentes da maratona. Não quer o Clube de Ciclismo de Tavira organizar provas apenas por organizar, mas sim desenvolver eventos que tragam algo de positivo para o Clube e para a cidade, algo que este não iria trazer”.

Hospital da Cruz Vermelha arranca em 2012 Garantia foi dada por Almeida Martins nas comemorações dos 30 anos da delegação de Tavira geraldo de jesus

Geraldo de Jesus geraldoj.postal@gmail.com

O presidente da delegação de

Tavira da Cruz Vermelha, Almeida Martins, avançou ao POSTAL que as obras do futuro hospital da instituição arrancarão já no próximo ano. A garantia dada pelo responsável depende do andamento do processo, que neste momento se encontra, afirma, “nas mãos dos bombeiros” e que seguirá em breve para a autarquia. Almeida Martins antevê que a “Câmara vai dar parecer favorável” e afirma que “a construção vai avançar no próximo ano. Já temos alguns contactos e vai ser uma realidade”. “Estamos com o projecto em acção. A ideia não morreu e a delegação de Tavira da CVP quer o hospital”, remata o titular da delegação tavirense. Declarações feitas à margem das comemorações dos 30 anos da delegação de Tavira da Cruz Vermelha, num jantar realizado, no passado sábado, no Quartel Militar da Atalaia, que juntou cerca de 400 pessoas, entre colaboradores da instituição e entidades convidadas.

Elogios ao trabalho feito Fernando Governo Maia, em representação da Direcção da Cruz Vermelha Portuguesa, afirmou desejar “que a força anímica e o entusiasmo da delegação de Tavira bisem todos os objectivos de 2011/2012 com total

 Fernando Governo Maia, representante da Cruz Vermelha Portuguesa, no uso da palavra dádiva ao próximo, apesar das dificuldades acrescidas para a sociedade portuguesa no próximo 2012”. Martins dos Santos, presidente da Administração Regional de Saúde do Algarve, salientou a existência entre as duas entidades de “parcerias que têm funcionado muito bem, graças ao empenho de Almeida Martins”, enquanto que Arnaldo Oliveira, presidente da Segurança Social, destacou que “a Cruz Vermelha de Tavira tem vindo a desempenhar um papel difícil de ajuda às famílias mais carenciadas”, assegurando que, “a Segurança Social conti-

nuará a dar o apoio a esta instituição”. O presidente da Câmara local, Jorge Botelho, realçou o carácter insubstituível da instituição, que abnegadamente, todos os dias, trata de crianças, idosos, doentes, leva comida a casa das pessoas, dá carinho e conforto”. Foram ainda distinguidos por mais de 15 anos de serviços, 15 funcionários da delegação.

Balanço de 30 anos Num balanço de 30 anos de actividade, Almeida Martins destacou ao POSTAL “a caminhada realizada pelo núcleo de Tavira, que, desde os anos 80, cresceu e

multiplicou as suas funções e os apoios que presta à população, mesmo para além das fronteiras do concelho”. “De Tavira, a delegação já passou para o exterior da cidade, com a aposta nas Unidades de Cuidados Continuados em Santa Catarina da Fonte do Bispo e em Castro Marim”, sublinha. “Neste último concelho, as coisas não correram da melhor forma, recorda, “a Câmara mandou-nos o documento já atrasado, pelo que não conseguimos o previsto inicialmente. A valência de Santa Catarina está com umas características que não conseguimos inovar

devido ao edifício. Mas não vamos abandonar a obra”, esclarece o responsável. A instituição conta com 300 funcionários a que se juntam cerca de 150 outros colaboradores e voluntários. A Segurança Social, a Administração Regional de Saúde e a Câmara de Tavira são os maiores financiadores. Entre os projectos para o próximo ano contam-se “uma Unidade de Cuidados Continuados em Tavira, cujo projecto já perdeu a validade, mas que vamos renovar. Temos programas e queremos chegar à serra para dar apoio aos nossos idosos”.


    |  18 de Novembro de 2011

tavira

São Brás promete mais justiça com novas tarifas da água pág. 10

Pedras d’el Rei promove Ecobike Experience

Movimenta-te mostra “Carta Coreográfica”

Mostrar as potencialidades do Algarve numa viajem em duas rodas Geraldo de Jesus geraldoj.postal@gmail.com

Com início no Aldeamento de Pedras da Rainha, em Cabanas, e com destino ao Aldeamento de Pedras d’el Rei, Santa Luzia, numa iniciativa inovadora, os cicloturistas circularam, no passado domingo, pela Ecovia/Ciclovia, visitaram a pista de ciclismo no Estádio do Ginásio, a Igreja do Livramento, o Castelo, onde alguns praticaram desporto radical, junto à Ria Formosa, em contacto com a natureza num espírito de são convívio. Entre outros, participaram o presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo e alguns amantes das duas rodas, como José Caetano, os deputados Miguel Freitas (PS), Elsa Cordeiro e Pedro Roque (PSD) e os músicos Viviane e Tó Viegas. José Caetano disse ao POSTAL que veio dar algum apoio dentro da medida do possível. “Há várias coisas que se podem fazer com o apoio da Autarquia e do Turismo, porque

Apostar na oferta turística alternativa Almeida Pires,

da organização, sublinhou ao POSTAL a necessidade dos algarvios terem de saber olhar para o Turismo compreendendo que “há mais do que sol e mar”. “O Verão são três meses cada vez mais curtos e a nossa economia regional, a economia do Turismo tem de ser reinventada, tem de ser inovada”, destacou o também vice-presidente do Turismo do Algarve.

Semana da Ciência e Tecnologia em Tavira

Oficinas ensinam ciência para todos Na Semana da Ciência e da Tecnologia, que decorre de

21 a 27 de Novembro, a Câmara de Tavira, em conjunto com o Centro de Ciência Viva, divulga o seu trabalho na promoção da cultura científica e no ensino da ciência, através da realização de diversas oficinas gratuitas. Na próxima quinta-feira, dia 24, o Museu Municipal de Tavira recebe, entre as 14.40 e as 17 horas, a oficina “Uma Imagem tem Ciência”, dirigida a adultos e ministrada pela artista plástica Patrícia Gonçalves. A inscrição é obrigatória. A partir de formas geométricas será possível perceber como é fácil desenhar o património. Dirigida a jovens do primeiro, segundo e terceiro ciclos do ensino básico, decorre ainda a oficina “Camera Obscura”, por Patrícia Gonçalves, mediante marcação. No âmbito da exposição

geraldo de jesus

o que nós temos para vender não é só sol e praia, mas também actividades de ar livre, neste caso, que se insere no sol e praia e que pode ser feito entre os dois aldeamentos que têm todas as características para isso e que pode ser feito durante todo o ano. A proposta foi a de criar para os menos exigentes um passeio e para os mais exigentes, que gostam de ver a natureza e fazer quilómetros, um desafio com o percurso a recorrer a mapas.

“Fotografar. A Família Andrade, Olhares sobre Tavira”, patente no Museu Municipal, até 7 de Janeiro decorre a presente oficina teórico-prática que tem como objectivo uma abordagem ao mundo da fotografia e à construção de uma camera obscura a partir de uma caixa de sapatos. Às 14.30 horas da próxima sexta-feira, dia 25, decorre a Expedição 339: videoconferência entre o Centro e o navio JOIDES Resolution, com inscrição obrigatória, esta expedição reveste-se de enorme importância para a paleoclimatologia, oceanografia, microbiologia e geologia marinha. Entre as 10 e as 12 horas, a bicicleta científica do Ciência Viva de Tavira vai andar a rodar por Tavira, levando na arca actividades que se explicam com a mesma rapidez com que se come um gelado.

 Iniciativa proporcionou um são convívio entre os participantes “Aquilo que se pretendeu fazer aqui, envolvendo alguns responsáveis públicos, políticos, foi mostrar as potencialidade da região através de um meio de locomoção, a bicicleta, e de um conjunto de actividades”, referiu Almeida Pires.

“Através de uma bicicleta, conseguimos fazer turismo activo, de natureza, gastronómico, radical, ao fim e ao cabo”, diz, concluindo que “esta é uma proposta que se pode traduzir em novos produtos turísticos”. Almeida Pires deixa um

desafio final, “que os cidadãos possam olhar com maior cuidado para o território, não despejem o lixo e não vandalizem a sinalética. Preservem o valor acrescentado e as maisvalias existentes e potenciais para a afirmação turística”.

No âmbito do projecto “Movimenta-te - Trajectórias de Programação Cultural em Rede”, a Biblioteca Municipal Álvaro de Campos acolhe, a partir da próxima segunda-feira e até dia 4 de Dezembro, a exposição “Carta Coreográfica”. A mostra funciona como uma carta que pretende acordar o ser humano para a força expressiva e transformadora que o corpo possui. O corpo transporta consigo sentidos escondidos atrás dos seus movimentos, dos gestos, das posturas e dos olhares. Seja qual for o contexto, o corpo desvenda sempre partes da sua identidade, da sua personalidade, da sua condição e dos seus segredos. Todos estes aspectos se revelam na vida. O que esta carta propõe é uma visita a um conjunto de corpos em idades, situações e condições diferentes, através da linguagem da fotografia, da pintura e do desenho. Para essa celebração criouse um grande mapa com nove painéis. Cada um deles ilumina um ponto de vista sobre o corpo.

Programas Põe-te a Mexer e Viva Mais

Câmara convida a praticar desporto d.r.

A Câmara de Tavira vai con-

tinuar a realizar o Programa de Promoção da Actividade Física em 2011/ 2012 e convida a população a adoptar um estilo de vida mais saudável através da prática desportiva regular. O programa inclui os projectos Põe-te a Mexer, Viva Mais, Marchas-Corrida, Infantários em Movimento e projecto para cidadãos portadores de algum tipo de deficiência, desenvolvido em função dos diferentes públicos-alvo. O Põe-te a Mexer é um programa onde são ministradas aulas de ginástica de manutenção e aeróbica, destinado a adultos com idade até aos 54 anos, e decorre em todas as freguesias (excepto em Cabanas), com uma frequência bi-semanal (excepto em Cachopo). O Viva Mais é um projecto destinado à população com idade superior a 55 anos, onde

 Promover estilos de vida saudáveis é o grande objectivo são ministradas, em aulas bisemanais, actividades como ginástica de manutenção.

As Marchas-Corrida, como o próprio nome indica, são marchas que decorrem todos

os domingos, até Junho, no concelho de Tavira. O calendário pode ser consultado no site www.cm-tavira.pt. Infantários em Movimento é um projecto destinado a crianças dos três aos cinco anos que consiste na leccionação de actividades de expressão psicomotora, semanalmente, nos infantários da rede pública e privados do concelho de Tavira. O projecto para cidadãos portadores de algum tipo de deficiência é desenvolvido em colaboração com a Fundação Irene Rolo e consiste na prática de actividades aquáticas e expressão físico-motora. Para mais esclarecimentos, os interessados podem contactar a Divisão de Desporto e Instalações Desportivas da Câmara de Tavira pelo telefone 281 320 577 ou endereço electrónico desporto@cm-tavira.pt.


18 de Novembro de 2011  |   

olhão

Câmara de Loulé promove reciclagem pág. 11

Finanças atrasam actividades de enriquecimento curricular Câmara tem tudo a postos, só falta a luz verde do Governo ricardo claro

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

O autarca reconhece as dificuldades geradas para os pais dos dois mil alunos afectados pelo atraso na aprovação do Governo, afinal, como o próprio refere, “também eu sou pai de um aluno do primeiro ciclo afectado pela situação”. A necessidade de aprovação para a contratação dos professores prende-se com o excesso de endividamento da autarquia olhanense, liderada por Francisco Leal. De acordo com o vereador olhanense, “o processo já passou pelas mãos do secretário de Estado do Orçamento e das Direcções-gerais do Orçamento e da Administração Local, estando actualmente na mão do secretário de Esado da Administração Local”.

Concurso lançado, selec-

ção dos professores feita e está tudo a postos para arrancar com as actividades extracurriculares em Olhão, quem o confirma é o vereador responsável pela pasta da Educação na Câmara de Olhão, António Miguel Pina, em declarações ao POSTAL. O descontentamento dos pais do concelho “tem razão de ser”, reconhece o autarca, face ao facto de Olhão ser o único concelho do Algarve onde as AECs ainda não avançaram. Uma situação que o vereador não compreende, uma vez que “o Governo está na posse do processo desde Agosto”. Na mesma situação encontrava-se Faro, até há três semanas, mas neste caso o Governo já deferiu o processo, um tratamento aparente-

Vereador também é afectado

 António Miguel Pina admite que Olhão tem um tratamento diferente de Faro devido à cor partidária mente diferente que a sê-lo António Miguel Pina só percebe por a “cor do papel ser

diferente”, numa clara alusão ao POSTAL da cor partidária diferente nos dois municí-

pios. Faro tem um executivo PSD como o Governo e Olhão é dirigido pelo PS.

AECs não aumentam a dívida da Câmara António Miguel

Pina desconhece quando será desbloqueada a situação, mas

acredita na sua resolução favorável. “É impensável sermos os únicos a não podermos avançar com as AECs na região”, sublinha o autarca, destacando que os custos associados às AECs não aumentam o endividamento da autarquia, uma vez que se tratam de serviços contratualizados com o Ministério da Educação que pagará à Câmara os custos com as actividades. Trata-se, pois, de acordo com as palavras do vereador, de um problema de tesouraria. A Câmara paga aos professores e depois recebe o valor dos cofres do Ministério da Educação. António Miguel Pina conclui que o que é necessário é que o Governo, “no compreensível esforço de contenção orçamental”, não leve a cabo, “uma política de controlo que cause a paragem do país”.

António Pina garante verdade e esforço na resolução da situação

ACASO sem meios para apoiar famílias A Associação de Apoio Social de Olhão admitiu na

passada segunda-feira que não tem capacidade para dar resposta aos pedidos de apoio por parte de famílias carenciadas do concelho, quatro vezes mais do que os recursos disponíveis. “Temos 100 cabazes [de alimentos], mas as famílias hoje são 400 e amanhã serão 410 e no outro dia 420. Para esses não há solução”, afirmou à Lusa António Pina, presidente da ACASO - Associação Cultural e de Apoio Social de Olhão. A instituição foi visitada pelo líder do PS/Algarve, Miguel Freitas, que se mostrou preocupado com a situação social na região, considerando que a

falta de apoios está a provocar “tensões entre as instituições e as pessoas” e que “o desespero está a levar à ocorrência de muitas situações ilícitas”. Ao POSTAL António Pina afirmou que as queixas das pessoas relativas à imparcialidade na escolha dos beneficiários do apoio alimentar “não têm fundamento”, uma vez que “a escolha das famílias é feita de acordo com os critérios estipulados na lei e verificados pela Segurança Social”.

Associação precisa de mais ajuda O facto é que a associa-

ção não tem capacidade de resposta, sublinha Pina. “Recebemos apoios da Segurança Social e do Banco Alimentar

Contra a Fome, mas não há solução para esta situação, a não ser que o Governo interfira” e conceda mais ajuda. “Dizemos-lhes a verdade, que não temos possibilidades de os ajudar e eles vão-se embora”, admitiu António Pina, que também preside à Entidade Regional de Turismo do Algarve. A acompanhar a situação “de perto” está a autarquia, disse ao POSTAL o vice-presidente da Câmara de Olhão. A ACASO espera entretanto que o Governo desbloqueie verbas em dívida à associação, quer por parte do Ministério da Saúde, quer por parte do Ministério das Finanças. Destes valores, que Pina afirma ultrapassarem os 160 mil euros,

mais de 60 mil parecem estar prestes a entrarem nos cofres da associação, revelou o responsável da ACASO ao POSTAL com base nos contactos que tem estabelecido com os respectivos órgãos do Estado com competência na matéria. António Pina reconhece “as dificuldades” e afirma que não recuará no momento de “dizer a verdade às pessoas”, ao mesmo tempo que garante que “os cortes em algumas pequenas regalias dos 220 funcionários da instituição são a solução” para “dando os anéis ficar com os dedos”, garantindo os postos de trabalho na sua totalidade e a assistência aos utentes da ACASO. Ricardo Claro/Lusa

ricardo claro

 António Pina, presidente da ACASO, espera ajuda do Governo


10    |  18 de Novembro de 2011

Centro Paroquial de Quarteira

São Brás

Câmara com novos horários A Câmara de São Brás de Al-

portel tem abertos ao público, em horário contínuo, das 9 às 16 horas, vários serviços camarários, como a Secção de Águas e Saneamento, o Serviço de Taxas e Licenças, o Gabinete do Munícipe, a Tesouraria e a Sec-

d.r.

A Câmara de Loulé vai apoiar

ção Administrativa da Divisão de Urbanismo. Estão também abertos ao público, durante o período de almoço, a Biblioteca Municipal Dr. Estanco Louro e o Pavilhão Municipal Dr. José de Sousa Pires.

o Refeitório Social de Quarteira através da atribuição de um subsídio de sete mil euros ao Centro Paroquial da freguesia. Em funcionamento desde 1995, este serviço garante, actualmente, 130 refeições diá-

são brás loulé PSP caça heroína em São Brás d.r.

Câmara de Loulé apoia refeitório social

Desporto agita fim do mês em Albufeira pág. 12

São Brás promete mais justiça com novo tarifário da água Câmara aumenta cobertura dos custos operacionais com água e saneamento ricardo claro

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

A Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos e a lei impõem que as

 Uma investigação da PSP, que decorria há seis meses, culminou, no domingo de manhã, na detenção de dois homens e na apreensão de 50 mil doses de heroína, no valor de 160 mil euros, em São Brás de Alportel. A operação de “grande envergadura” decorreu entre as 5 e as 6.30 horas, no sítio da Soalheira, em São Brás de Alportel, e resultou na detenção de dois homens de 20 e 23 anos, suspeitos de tráfico de droga, informou a PSP em comunicado. A detenção ocorreu na sequência de uma investigação que decorria há cerca de seis meses, e foi realizada por elementos da Esquadra de Investigação Criminal e do destacamento da Unidade Especial do Corpo de Intervenção da PSP, munidos de um mandado de busca domiciliária. Além das 50 mil doses de heroína, no valor de 160 mil euros, foram apreendidos ainda dois veículos automóveis, seis telemóveis, duas balanças de precisão, tesouras, facas e 2.380 euros em dinheiro, no decurso da operação. Lusa

autarquias caminhem para uma cada vez maior aproximação à taxa total de cobertura dos custos operacionais da prestação dos serviços de abastecimento de água, de saneamento e resíduos sólidos, ou seja, que deixem elas próprias de pagar parte desses custos em substituição dos consumidores e passem a cobrar o custo efectivo dos mesmos a quem os utiliza. A mesma imposição surge, na actual crise de sustentabilidade financeira das autarquias locais, com a necessidade crescente de conter os gastos efectuados pelas autarquias. Em 2010, de acordo com os dados disponibilizados pela Câmara presidida por António Eusébio, a taxa de cobertura dos custos operacionais destes serviços alcançou 79%, cabendo à autarquia suportar 21% do financiamento dos mesmos, num esforço que se cifrou em mais de 1,8 milhões de euros. A Câmara de São Brás aprovou para vigorar a partir deste mês o novo tarifário de água, saneamento e resíduos sólidos, considerando que o documento vai “trazer aos munícipes maior justiça e solidariedade na repartição dos encargos com estes serviços”. De acordo com a autarquia, “São Brás fez nos últimos anos um forte investimento, com a cobertura total do concelho pe-

rias, um número com tendência a crescer devido à crise. Segundo a autarquia, o funcionamento do serviço deve ser apoiado já que a população necessitada da freguesia recorre ao mesmo para salvaguardar a sua alimentação diária.

 António Eusébio diz que executivo fez todos os esforços para que a distribuição de custos fosse justa las redes de abastecimento de água e de saneamento do sistema multimunicipal, operado pela Águas do Algarve, e na melhoria substancial do serviço de recolha e encaminhamento dos resíduos sólidos urbanos para o sistema regional de tratamento, operado pela Algar”. Uma razão que a Câmara adiciona para reforçar a necessidade de revisão do tarifário. Não obstante, de acordo com o presidente da autarquia, “o executivo fez todos os esforços para que a distribuição dos custos fosse mais equitativa” e para que, “no aumento a taxa de cobertura dos custos operacionais os sacrifícios fossem aceitáveis”, pelo que a autarquia mantém ainda, “um significativo contributo financeiro para o equilíbrio do sistema que assume prote-

gendo os munícipes de um impacto maior ao nível dos custos que têm de suportar”. “Este é o único aumento previsto a caminho de uma taxa de cobertura total dos custos operacionais”, garante António Eusébio, que apresenta como nota dominante proteger os munícipes em tempos de grandes dificuldades devido à crise”.

Os números De acordo com

os dados disponibilizados pela Câmara, “baixam os valores das tarifas de água de todos os escalões excepto no último”, que corresponde a grandes consumidores, “respeitando o princípio do utilizador/pagador” e mesmo neste caso o valor mantém-se. A Câmara introduz, à semelhança do que se verifica na ge-

neralidade das autarquias da região, uma tarifa composta em que cobra uma tarifa fixa e uma variável. As subidas registam-se ao nível da taxa de saneamento, atenuadas pela descida da tarifa da água e com a isenção total de pagamento para quem não esteja ligado à rede pública de esgotos. A Câmara fez as contas e, no caso dos consumidores do escalão mais baixo de água, o aumento total da factura cifrase num máximo de 2,41 euros quando ligados à rede de esgotos e 30 cêntimos quando não ligados.

Tarifas apoiadas A autarquia mantém ainda os regimes de tarifas solidárias e de fomento do tecido empresarial. A

Caso único  São Brás de Alportel cria com o novo tarifário uma novidade que fará do concelho um caso único no Algarve. No cálculo do valor imputado ao saneamento, a Câmara não fará a indexação ao total do consumo de água, mas apenas a 90% daquele consumo, assumindo que 10% da água consumida não terá por destino final os esgotos. Uma medida que permitirá uma poupança aos consumidores de 10% do que pagariam pelo saneamento de águas residuais se vivessem em qualquer outro concelho da região, face a igual consumo de água. António Eusébio é claro, “acreditamos que efectivamente em média 10% do consumo de água não entra no circuito de saneamento de águas residuais e o esforço é aqui o mesmo de sempre, imputar ao munícipe apenas os custos reais do que verdadeiramente consome ou utiliza”.

indústria mantém as condições que podem levar a uma poupança de 50% dos encargos com o consumo de água e a tarifa social é alargada aos agregados com um consumo até cinco metros cúbicos para aqueles que consumam até 15 metros cúbicos. As pequenas empresas do sector de comércio e serviços vêem descer a tarifa da água no primeiro escalão e subir nos restantes.


18 de Novembro de 2011  |   11

são brás

Messines mostra tradição gastronómica pág. 13

ı

loulé

Câmara de Loulé promove reciclagem Semana Europeia da Prevenção de Resíduos consciencializa para a problemática d.r.

A autarquia de Loulé vai

promover, a partir do próximo sábado e até dia 27, várias acções inseridas no âmbito da Semana Europeia da Prevenção de Resíduos 2011, iniciativa que tem como objetivo consciencializar a sociedade para a importância da prevenção de resíduos. Uma dessas acções é o Projecto FuturEscolas, a decorrer na Escola Básica 2, 3 Dr. António de Sousa Agostinho, que tem como objetivo sensibilizar toda a população escolar para a problemática dos resíduos e ensiná-la a gerir adequadamente os seus resíduos orgânicos, dar a conhecer e a utilizar a vermicompostagem como prática no dia-a-dia da comunidade escolar e incentivar a produção e consumo

 O Mercado de Loulé recebe uma exposição sobre prevenção de resíduos

de produtos hortícolas localmente e de forma orgânica. A Escola EB 2, 3 Dr. António de Sousa Agostinho é a primeira em Portugal a dispor de um vermidigestor, equipamento disponibilizado pela Câmara de Loulé e que permite o tratamento em média e larga-escala dos resíduos orgânicos, produzindo-se, assim, uma significativa quantidade de vermicomposto, que é aplicado na horta da escola, a qual é mantida pelos alunos do CEF Jardinagem. Outras das iniciativas programadas é o workshop “Compostagem Doméstica”, a realizar às 15 horas de sábado, na Fundação Manuel Viegas Guerreiro, em Querença. Na segunda e quarta-feira, vão ter ainda lugar as sessões

de sensibilização “Consumir Melhor” e “Prevenção de Resíduos”, realizadas em parceria com a Deco e dirigidas aos utentes da Associação Existir, com o objetivo de informar sobre as questões associadas ao consumo sustentável e sobre as diferentes formas de minimização e redução de resíduos no dia-a-dia. Para finalizar, durante a semana, vai estar patente no Mercado Municipal uma exposição subordinada à temática “Prevenção de Resíduos”. Após a Semana Europeia da Prevenção de Resíduos, esta exposição vai ser disponibilizada às escolas do concelho, com o objetivo de sensibilizar a população escolar para esta problemática. pub

97

Após obras de reabilitação

9[dj[d|h_e

Piscinas Municipais de Loulé reabrem ao público d.r.

Após trabalhos de remode-

lação, as piscinas exteriores de Loulé abriram esta semana ao público. Segundo a autarquia, as piscinas, inauguradas no dia 21 de Junho de 1986, “evidenciavam nos últimos anos fortes patologias ao nível dos revestimentos, o que, a curto prazo, poderia vir a colocar em segurança os seus utentes”. As obras realizadas incidiram sobre a piscina de 50 metros e consistiram na remodelação e impermeabilização do revestimento com uma membrana em PVC com armadura de poliéster, proporcionando uma superfície adequada para a prática dos desportos aquáticos e a

PARECE QUE FOI ONTEM MAS JÁ PASSARAM &%%ANOS. Foi em &.&& que tudo começou. Ao longo dos últimos &%% Anos caminhámos ao lado de muitos projectos e ambições. Apoiámos famílias, empresas e instituições de solidariedade social. Contribuímos para o desenvolvimento económico-social das comunidades locais. De aldeias a vilas, de vilas a cidades e de geração em geração. Hoje somos um Grupo Financeiro com uma oferta global de produtos e serviços em que os portugueses confiam. ,%% Balcões, mais de )%% mil Associados e mais de 1 milhão de Clientes. Juntos somos cada vez mais, e juntos celebramos '&& Anos de Crédito Agrícola.

 Obras custaram cerca de 130 mil euros ausência de perdas de água (estanqueidade). O valor da obra foi de cerca de 130 mil euros e teve a du-

ração de aproximadamente 60 dias, tendo decorrido nos passados meses de Setembro e Outubro.

Rota da Cortiça ensina doçaria regional  A associação Rota da Cortiça convida todos os interessados para o workshop de doçaria regional com decorações em cortiça a realizar no sábado do próximo dia 26, entre as 10 e as 13 horas, na Fábrica de Doçaria Regional Ti Marquinhas, em S. Brás de Alportel.

Todos os participantes vão poder aprender a arte da doçaria regional em figo, amêndoa e fios de ovos com a mestre Valentina e produzir, no final, um saquinho de bolos que ficará para o participante. Os participantes vão ter também oportunidade de aprender vá-

rias técnicas de decoração dos seus produtos, utilizando materiais em cortiça. Para inscrições e informações adicionais, os interessados devem contactar o endereço electrónico info@rotadacortica.pt ou os telefones 289 840 018 e 960 070 806.

Linha Directa .&.(&,&(&

')]dgVhedgY^V!XdbViZcY^bZcideZghdcVa^oVYd YZ'¯V+¯!YVh-](%|h'(](%0 ZH{WVYdh!9db^c\dhZ;Zg^VYdhYVh&%]|h'(]#

www.creditoagricola.pt


12    |  18 de Novembro de 2011

Exposição de pintura “Estampado na Janela”

Meire Gomes apresenta-se na Galeria Pintor Samora Barros A galeria de arte Pintor Sa-

mora Barros, em Albufeira, acolhe até ao próximo dia 28 a exposição de pintura “Estampado na Janela”, da autoria de Meire Gomes. “Estampado na Janela” revela o percurso da artista, deixando

transparecer o seu olhar sobre a vida através de várias “janelas”. Meire Gomes, de dupla nacionalidade (brasileira – portuguesa), chegou a Portugal em 1999. Possui formação como educadora de infância, artista plástica e actriz e, ainda, nas áreas de te-

atro amador, cenografia, tendo realizado vários trabalhos nas diferentes expressões artísticas. A sua exposição convida a uma reflexão sobre o tempo, o espaço, o novo, o velho, o morrer, o viver e o renascer. A pintora fez renascer as antigas

d.r.

“Janelas” que foi coleccionando e colocou diversas vidas em cada uma delas, com o seu olhar “Estampado na Janela”. A mostra pode ser apreciada das 10.30 às 16.30 horas. A galeria encerra aos domingos e feriados.

albufeira

Lagos entrega prémios nacionais Quality Coast 2011 pág. 14

Desporto agita fim do mês em Albufeira

Câmara lança alerta

Burlões prometem alarmes grátis d.r.

Artes marciais e corta mato marcam os últimos dias de Novembro d.r.

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

Olhos de Água, no concelho

de Albufeira, acolhe no próximo fim-de-semana, dias 19 e 20, o terceiro Campeonato de Artes Marciais em Albufeira, uma prova que acolhe todos os escalões de diversas modalidades de artes marciais no Pavilhão Desportivo de Olhos de Água/Açoteias. Em prova estarão praticantes de Kung Fu Shaolin, Tai Chi, Wing Chun, Karate-Contact, Karate Shito-Ryu, Taekwondo, Capoeira, Full-Contact, Semi-contato, Light Contact, Kickboxing, Muay Thai, Sanda/Qinda e Kobudo, com a originalidade de se realizarem combates entre atletas das diversas modalidades. Para o efeito, a organização, a cargo do Clube de Artes Marciais de Albufeira (CAMA), criou “regras de arbitragem próprias e diferentes, de maneira a que possa existir competição entre modalidades que na sua forma original têm regras distintas de competição e arbitragem”. De acordo com o CAMA, este campeonato insere-se no objectivo do clube de “promover, incentivar e regulamentar a prática de artes marciais em Portugal e em particular no Algarve”, bem como, “participar no desenvolvimento das modalidades marciais como promotoras da qualidade de vida e bons hábitos de saúde

 Burlões dizem estar a operar em parceria com as autarquias

A autarquia de Albufeira

 Campeonato acolhe todos os escalões de diversas modalidades de artes marciais através da prática desportiva, tendo em vista toda a população, desde os jovens até aos escalões seniores”. O campeonato é apoiado pela União de Ouro de Artes Desportivas de Portugal e conta com a cooperação da junta de freguesia local e da Câmara de Albufeira. O evento desenvolve-se a partir do desfile de abertura, que terá lugar pelas 14.20 horas de sábado, com competições que apresentam as modalidades em momentos denominados Formas (execução de formas corporais), Formas com Armas (execução de formas corporais com recurso a armas marciais)

e Combates, em que competem atletas de nove escalões divididos desde os 50 quilos até aos mais de 990 quilos. A entrega dos prémios será realizada no domingo, pelas 12.45 horas, seguindo-se a sessão de encerramento da terceira edição deste campeonato.

Corta Mato regressa às Açoteias Ainda este mês, no

dia 27, o Corta Mato regressa à pista das Açoteias com a realização em simultâneo do terceiro Corta Mato Jovem e do primeiro campeonato regional desta especialidade de atletismo, que porá em pista atletas

para disputarem o Corta Mato Curto, nos escalões de sub-23 e seniores. Ao POSTAL do Algarve o presidente da Associação de atletismo do Algarve, Paulo Alexandre Oliveira da Ponte e Castro, destaca a realização deste primeiro campeonato regional, que antecede as provas rainhas da especialidade, que se realizarão em Fevereiro de 2012, designadamente o Campeonato Regional de Corta Mato Longo e a 35ª edição do Crosse das Amendoeiras, que decorrerá na mesma data do Campeonato Nacional de Corta-Mato Longo, nos escalões juniores e juvenis.

alerta, em comunicado dirigido às redacções dos jornais, para diversas notícias vindas a público na passada semana que dão conta de um esquema de burla a operar na região algarvia referente à instalação de alarmes de segurança em residências particulares. De acordo com o publicado, os residentes foram contactados pelo número de telefone 289 244 772, tendo-lhes sido proposto em inglês a oferta de serviços de segurança contra o crime. A empresa fictícia, Europe Alarm Systems, presta informação não confirmada sobre a criminalidade no Algarve, que, segundo os visados, terá como intuito “incitar ao medo e à insegurança”. Depois de interrogar os residentes, os burlões afirmam estar a operar em parceria com as autarquias regionais, sendo da responsabilidade destas a instalação gratuita do sistema de alarme. Os clientes apenas ficariam responsáveis pelo pagamento mensal advindo do serviço. É ainda dito aos residentes que os seus nomes e contactos foram fornecidos pelos Serviços de registo locais.

Face ao sucedido, a Câmara de Albufeira “vem a público desmentir o seu envolvimento em tal acção e lançar o alerta a todos os munícipes para este esquema de burla”. O POSTAL tentou sem sucesso contactar a empresa alegadamente fictícia através do número de telefone divulgado pela autarquia. De acordo com as informações prestadas pela PT, o número de telefone em causa não tem qualquer registo naquela empresa, embora os serviços de informação da PT tenham adiantado ao POSTAL que o mesmo pode pertencer a outra operadora de telefones fixos no território nacional, situação em que a sua identificação sem recurso às autoridades policiais se reveste de especial dificuldade. Com o nome da empresa em causa, o POSTAL apenas detectou uma empresa sediada em Rochdale, uma área de Manchester, em Inglaterra, não tendo sido possível averiguar se existe qualquer ligação entre os casos verificados em Portugal e aquela empresa ou mesmo se se tratará de uso abusivo da denominação comercial da empresa inglesa. Ricardo Claro


18 de Novembro de 2011 |

LAGOA SILVES MONCHIQUE

Revista Al-Rihana regressa depois de paragem de um ano pág. 15

LAGOA

Freguesia debate reforma do poder local A JUNTA DE FREGUESIA de La-

goa vai promover, no âmbito da discussão pública do “Documento Verde da Reforma da Administração Local”, que prepara a reforma da Administração Local lançada pelo Governo de Pedro Passos Coelho, um seminário intitulado “Reforma da Administração Local – Que Autarquias temos, que Autarquias queremos”, às 16 horas desde sábado, no Auditório Municipal de Lagoa. Numa iniciativa aberta a autarcas do concelho e da região e ao público em geral, vão ser abordados o processo de fusão de juntas de freguesia de Lisboa, o “Documento Verde da Reforma da Administração Local” e as implicações da implantação do mesmo na realidade local e regional. Como oradores, além do presidente da Junta de Freguesia, Francisco Martins, vão estar presentes o presidente da Câmara de Lagoa, José Inácio Marques Eduardo, o presidente da Assembleia Municipal, Vasco Seixas Franco, o deputado Luís Pita Ameixa e o deputado e líder de bancada na Assembleia Municipal de Lisboa, Miguel Coelho, ambos membros da Comissão do Ambiente, Ordenamento do Território e Poder Local.

13

Messines mostra tradição gastronómica Sexta Semana Gatronómica arranca no último dia do mês com dez restaurantes Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

SÃO BARTOLOMEU DE MESSINES, no concelho de Silves,

realiza entre 30 de Novembro e 4 de Dezembro, aquele que é, de acordo com as declarações do presidente da junta de freguesia local ao POSTAL, “o maior evento levado a cabo pela Junta de Freguesia, a par da Festa das Tradições”. João Carlos Correia sublinha que a Semana Gastronómica de São Bartolomeu de Messines, “desempenha um papel fundamental na divulgação da gastronomia e cultura e na dinamização do tecido empresarial na área da restauração. “Os restaurantes aderentes dizem-nos que esta é a melhor semana de negócio do ano”, refere o autarca.

Quanto aos encargos com a realização do evento, o autarca não os quantifica, mas esclarece que o apoio da Câmara na divulgação é fundamental e realça, “a importância do trabalho voluntário dos messinenses”. Este ano, serão uma vez mais dez os restaurantes aderentes e a semana abre com uma mostra da gastronomia local, dia 30, no Salão dos Bombeiros Voluntários de Messines, onde os convidados vão poder provar os pratos mais emblemáticos confeccionados pelos restaurantes aderentes, bem como os vinhos de Silves. De acordo com a Junta de Freguesia, a animação, ao longo de toda a semana, vai estar a cargo de alguns artistas locais, e passa pela poesia, fado e música popular.

D.R.

Os restaurantes:

 João Carlos Correia realça trabalho voluntário dos messinenses Razões de sobra para ir até São Bartolomeu de Messines e deixar-se envolver pela tradição serrana e pelos gostos e saberes locais, numa mostra da

genuinidade do Algarve. Afinal cultura é isto mesmo, deixar-se envolver pelo que nos rodeia e apreciar a originalidade das tradições regionais.

 João de Deus (S. B. Messines)  Joaquim da Praça (Aldeia Ruiva)  O Caixeiro (Fonte João Luís)  Odília & Florival (Foz do Ribeiro)  O Gralha (Vale Fuzeiros)  O Marreiros (Sítio dos Marreiros)  O Neves (Vale Figueira)  O Petisco (Campilhos)  O Remexido (S. B. Messines)  Mussiene (Monte São José)

RALLYE

Quarenta pilotos correm no Casinos do Algarve A PROVA MAIS ANTIGA da re-

gião, o Rallye Casinos do Algarve, este ano a completar a sua 40ª edição, conta com 40 participantes. Em tempos de crise, o Clube Automóvel do Algarve reestruturou a prova, de forma a torná-la mais compacta e

económica, não só no capítulo organizativo, mas igualmente para os pilotos que visitam o Algarve para participar na mesma. A prova, a decorrer esta sexta-feira e no sábado, tem um novo figurino de troços, que, apesar de manter o seu PUB

epicentro em Monchique, apresenta novas versões das especiais relativamente aos últimos anos. O dia de sexta-feira é reservado para reconhecimentos e verificações, com as viaturas concorrentes a ficarem em exposição durante a noi-

te no passeio ribeirinho de Portimão. No sábado, rumo aos troços de Monchique. Tripla passagem pelas provas Especiais de Chilrão e Fóia e duas passagens por Monchique, com a principal zonas-espectáculo localizada

no alto da Fóia. O Parque de Assistência e Parque Fechado continuam na Zona Ribeirinha de Portimão. O pódio decorre na Praia da Rocha, em frente ao Casino. Mais informações em www. clubeautomovelalgarve.pt. ou Facebook. PUB


14    |  18 de Novembro de 2011

Música

aluna da academia de música de lagos

Laura Quaresma mostra dotes ao piano Laura Quaresma, a mais co-

tada aluna de piano da Academia de Música de Lagos/ Conservatório de Portimão Joly Braga Santos vai gravar nos estúdios da RTP Rádio em Lisboa, no próximo dia 30, uma apresentação em di-

d.r.

Fado canta-se entre os animais Todas as terças-feiras, a partir das 21 horas, os sons da natureza misturam-se com a música. No restaurante “O Cangalho”, que faz parte do Zoo de Lagos, todas as semanas os jantares ganham um sabor ainda mais português

recto na Antena 2. No âmbito da preparação para esta gravação, a Escola da Bemposta, em Portimão, recebeu na passada quarta-feira um recital onde a pianista estudante interpretou obras de Moszkovsky.

lagos vila do bispo aljezur

ao som do fado. Maria Saudade, Ana Marques e Teresa Viola são as vozes femininas residentes. As actuações são rotativas e, cada semana, uma destas senhoras do fado canta e encanta nas noites do restaurante.

Viveiristas alertam para problemas com cobrança de taxas sobre a actividadea pág. 16

Lagos entrega prémios nacionais Quality Coast 2011

Divulgação da tradição

Festival da Batata-doce regressa a Aljezur d.r.

Concelho recebeu a distinção grau bronze d.r.

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

O concelho de Lagos, galardoado este ano com o QualityCoast BasiQ Bronze Award, foi o local escolhido para a cerimónia de entrega dos prémios nacionais Quality Coast 2011, o que trouxe à cidade de Lagos os responsáveis pelos concelhos e regiões portugueses premiados no âmbito destes galardões atribuídos pela Coastal & Marine Union (EUCC), uma organização independente que reúne mais de 2.700 membros oriundos de 40 países e que defende o planeamento e sustentabilidade das zonas litorais recorrendo para o efeito a especialistas de várias áreas científicas. O POSTAL falou com o presidente do núcleo português da EUCC, Francisco Taveira Pinto, da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, que realça a importância das distinções atribuídas pela EUCC: “o alargado número de parâmetros analisados para a atribuição dos galardões e a sua dispersão por áreas tão diversas como o planeamento costeiro, a sustentabilidade das áreas litorais, a pressão humana e hoteleira, os transportes, a qualidade da água e dos ecossistemas associados, entre outros, são garante da isenção e rigor da análise realizada para a atri-

 Visitantes podem saborear receitas de comer e “chorar” por mais

Aljezur promove, entre os

próximos dias 1 e 4 de Dezembro, mais uma edição do seu Festival da Batata-doce, destinado a divulgar junto do grande público tudo o que pode ser feito com este saboroso produto local. O Festival da Batata-doce de Aljezur vai manter o formato do ano anterior com a mostra de artesanato local, a promoção da doçaria baseada na batata-doce de Aljezur com a presença das doceiras locais e, como não poderia deixar de ser, a zona de res-

tauração, onde vai ser possível degustar receitas únicas num dos quatro restaurantes ou das três tasquinhas presentes no Festival. Os visitantes vão ser também convidados a aprender com alguns dos melhores chefes de cozinha várias receitas, tendo por base a batata-doce de Aljezur na área dedicada para o efeito. Tudo isto e muito mais vai ser possível testemunhar e degustar ao longo de quatro dias em que a batata-doce vai ser rainha em Aljezur.

 Responsáveis dos concelhos premiados marcaram presença na cerimónia buição dos prémios”. “Por outro lado, a EUCC existe há cerca de 20 anos e desenvolve projectos de carácter científico em estreita parceria com os organismos da União Europeia, o que dá boa nota do escrutínio a que o trabalho da EUCC é sujeito”, refere o responsável nacional da associação. Créditos que colocam estes galardões e a entidade que os promove, a EUCC, “num patamar de isenção e responsabilidade de elevado reconhecimento a nível europeu”, sublinha Francisco Taveira Pinto.

Os prémiados de 2011 em Portugal Entre as regiões e

concelhos seleccionados pelo

júri da EUCC para integrarem o top 50 Sul da Europa da QualityCoast 2011 encontram-se Santa Luzia, em Tavira, Sintra, Madeira, Torres Vedras e Açores. A somar à distinção de integrar o top 50, Açores e Torres Vedras receberam ainda o Gold Award 2011. A importância das distinções está no facto da EUCC analisar variadíssimos parâmetros para a determinação da qualidade de cada destino de férias no que diz respeito à sustentabilidade e planeamento das respectivas áreas litorais e de servir para muitos turistas, preocupados com estas questões, como mais um indicador na escolha do seu

destino de férias. Na cerimónia de entrega dos prémios estiveram presentes, além do autarca de Lagos, Júlio Barroso, Albert Salman, director-geral da Coastal & Marine Union (EUCC), e António Pina, presidente da Entidade regional de Turismo do Algarve. Individualidades a que se somaram os presidentes das Câmaras de Tavira, Jorge Botelho, Sintra, Fernando Seara, e Torres Vedras, Carlos Miguel, e, ainda, o director-regional de Turismo dos Açores, Miguel de Oliveira Cymbron, representantes das restantes áreas litorais portuguesas distinguidas este ano pela EUCC.

Vila do Bispo dinamiza comércio tradicional  Para dinamizar o comércio e incentivar a população local a fazer as compras de Natal no comércio tradicional, a Câmara de Vila do Bispo promove, de 5 a 31 de Dezembro, o Concurso de Decoração de Natal. Nas lojas aderentes a criatividade e originalidade são aspectos a ter em conta pelo júri para apurar os três vencedores. Os clientes podem ganhar três cabazes de Natal através de um sorteio.

Zoo de Lagos dá descontos  O Zoo de Lagos decidiu criar um Cartão Amigo do Zoo. Por 30 euros por ano, para o bilhete de adulto, e 20 euros para crianças dos quatro aos 11 anos, os visitantes podem visitar o espaço durante todo o ano, as vezes que entenderem. A campanha de venda do Cartão Amigo do Zoo decorre até ao próximo dia 31 de Dezembro. A campanha tem o lema “use e abuse” do seu Zoo.


18 de Novembro de 2011  |   15

lagos

ı

vila do bispo

ı

aljezur

Revista Al-Rihana regressa depois de paragem de um ano d.r.

Câmara de Aljezur volta a editar a publicação anual do município dedicada à Cultura Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

Arqueologia, Toponímia e

História são alguns dos temas abordados na edição da revista cultural Al-Rihana que viu a

luz do dia recentemente e que foi apresentada sexta-feira da passada semana em Aljezur. Ao POSTAL o autarca local, José Amarelinho, “congratulou-se” com o retomar da publicação, que no ano pas-

sado não foi editada, “por razões que se prenderam com as limitações financeiras da autarquia”. Destaque, entre outros, para o artigo de Ruy Ventura “Para uma carta toponímica da Red.r.

gião de Aljezur” e para “D. Francisco Gomes do Avelar (C.O.) 1789 – Bispo do Algarve – 1816”, lavrado por José António de Jesus Martins, numa edição que na capa apresenta uma imagem da tapeçaria de Severo Portela Júnior, que evoca a “incorporação de Almada na Coroa Portuguesa pelo Rei Dom Dinis através de uma carta de escambro outorgada a 1 de Dezembro de 1297”. A autarquia de Aljezur mostra assim aos leitores da Al-Rihana, como sublinha o presidente da Câmara, “um pouco mais da História e da cultura do concelho” e, além

de dar nota dos factos histórico-culturais, apresenta os resultados de trabalhos actuais que incidem sobre a preservação da identidade cultural e colectiva do concelho, nomeadamente, com a publicação dos primeiros resultados dos trabalhos arqueológicos na Torre de Odeceixe, realizados entre 2007 e 2009, por Rosa Varela Gomes e Mário Varela Gomes. Na agora publicada quinta edição da Al-Rihana, lugar ainda para destacar, segundo a autarquia, os trabalhos “Aljezur e Igreja Nova: Uma leitura Morfológica”, de Miguel Carvalho Roxo; “O Lagar das

Gralheiras em Aljezur (notícia)”, de Maria Luísa Estácio da Veiga Pereira e “João Dias Mendes – Farmacêutico em Aljezur nos primórdios do Séc. XX (1908-1934)”, de Maria Olímpia Mendes e Maria Francisca Mendes Barreto. A Câmara de Aljezur faz questão de sublinhar o reconhecimento “a todos aqueles que ao longo dos vários números têm contribuído, de uma forma generosa, apaixonada e altruísta, dando ao concelho de Aljezur a possibilidade de aprofundar e registar para a posteridade, temas que nos colocam no centro das atenções”. pub

 Ruy Ventura é autor do artigo “Para uma carta toponímica da Região de Aljezur” Conforto habitacional para pessoas idosas

Câmara de Vila do Bispo reforça apoio social à habitação d.r.

O presidente da Câmara de Vila do Bispo, Adelino

Soares, e o director do Centro Distrital de Segurança Social de Faro, Arnaldo Oliveira, assinaram recentemente o protocolo “Programa Conforto Habitacional para Pessoas Idosas”. No âmbito deste protocolo, cabe ao Instituto de Segurança Social suportar os encargos com os materiais necessários à intervenção no edificado, mediante apresentação dos comprovativos das despesas, até ao montante máximo de três mil e 500 euros por habitação. À Câmara compete, entre outras responsabilidades, apoiar a pessoa idosa na instrução da candidatura, elaborar o Plano de Obras, executar e acompa-

 Adelino Soares nhar o processo de aquisição de materiais e equipamento, fornecer maquinaria e mãode-obra para a realização de trabalhos de recuperação e de melhoramentos na habitação e

acompanhar a sua execução. Este programa visa melhorar as condições de vida da população mais idosa, com mais de 65 anos, procurando, assim, evitar o recurso à institucionalização e dependência. A qualificação habitacional traduz-se numa intervenção ao nível do edificado e do equipamento que, em função da situação da pessoa, se torne indispensável à sua mobilidade e conforto. O programa destina-se a pessoas cujo rendimento mensal per capita seja igual ou inferior ao valor do indexante dos apoios sociais, desde que reúnam determinados requisitos que podem ser conhecidos através dos serviços da autarquia.


16

| 18 de Novembro de 2011

REGIÃO CONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR Compras on-line “Oiço falar das facilidades das compras on-line, no entanto não sei quais são os meios que tenho ao meu dispor caso aconteça algum problema”.

A DECO responde... A compra e venda de produtos on-line é uma realidade cada vez mais frequente na nossa sociedade, por vários motivos, questões de comodidade, variedade ou pelo facto de o preço ser mais reduzido comparativamente às superfícies comerciais. No entanto, a DECO registou, até final de Setembro de 2011, 1.314 reclamações associadas a problemas com a venda de produtos na internet. A maioria das queixas incide sobre questões relacionadas com o atraso na entrega dos bens, mas também nos casos em que os bens não correspondem ao que comprámos. Considerando que o comércio electrónico é cada vez mais utilizado, os motivos para crer que as reclamações vão continuar a crescer são elevados. Assim, torna-se importante alertar os consumidores para os meios que têm ao seu dispor caso não fiquem satisfeitos com a compra que fizeram. Tratando-se de contratos à distância, a lei dá-nos a possibilidade de terminar o contrato dentro de um prazo mínimo de 14 dias sem pagamento de indemnização e sem necessidade de indicar o motivo. Se o contrato for resolvido dentro deste prazo, o fornecedor fica obrigado a reembolsar no prazo máximo de 30 dias os montantes pagos pelo consumidor, e este fica obrigado a conservar os bens de modo a poder restituí-los ao fornecedor. Noutro aspecto, o fornecedor deve dar cumprimento à encomenda no prazo de 30 dias a contar do dia seguinte àquela em que o consumidor lha transmitiu, sendo que, caso haja indisponibilidade do bem ou serviço encomendado, o fornecedor deverá informar do facto o consumidor e reembolsá-lo, no prazo máximo de 30 dias, contados a partir do conhecimento dessa indisponibilidade. Caso se verifique algum incumprimento destas normas, o consumidor deverá reclamar junto da ASAE, a quem cabe a fiscalização destas práticas comerciais.

Médiuns brilham em espectáculo de emoções pág. 18

Viveiristas alertam para problemas com cobrança de taxas sobre a actividade Presidente da VIVMAR diz que a situação pode levar os viveiristas à ruína D.R.

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

MILHARES DE EUROS é a conta que várias entidades públicas apresentaram a uma fatia substancial dos viveiristas da Ria Formosa para pagarem, numa atitude que Américo Custódio, presidente da Associação de Viveiristas da Ria Formosa (VIVMAR), afirma: “pode levar à ruína muitos daqueles que se dedicam a esta actividade”. Em causa estão dívidas relativas a taxas de licenciamento dos viveiros, que deveriam ter sido pagas ao Parque Natural da Ria Formosa (PNRF), entre 1994 e 2007, e à Administração da Região Hidrográfica (ARH) do Algarve, desde 2008 até à actualidade, e que a associação não nega estarem em dívida. Até 2004 as licenças em causa eram pagas às capitanias dos portos competentes em função da localização geográfica dos viveiros. “Este é um processo que se arrasta e que é um verdadeiro imbróglio”, afirmou ao POSTAL Américo Custódio. De

 Em causa estão dívidas relativas a taxas de licenciamento dos viveiros acordo com o responsável associativo, o PNRF notificou em 2008 os viveiristas das dívidas referentes ao período entre 1994 e 2007, de uma só vez. Uma situação que levou à manutenção do incumprimento por parte dos viveiristas alegadamente por impossibilidade de pagamento de quantias tão avultadas. Este ano, ainda de acordo com a mesma fonte, a juntar às dívidas pendentes ao PNRF,

a ARH notificou em Setembro os viveiristas para pagarem as taxas relativas ao segundo semestre de 2008 e em Outubro as relativas a todo o ano de 2009, o que só veio provocar um avolumar da situação de dificuldade de pagamento invocada pelos empresários do sector.

REUNIÃO NÃO TRAZ SOLUÇÃO Ao POSTAL Américo Custódio adiantou, ainda, no rescal-

do da reunião que na passada terça-feira sentou à mesma mesa ARH, PNRF e associações de viveiristas da Ria Formosa e o Sindicato das Pescas, que a ARH se prepara para “em Fevereiro do próximo ano notificar os empresários para o pagamento das taxas referentes a 2011 e em Agosto de 2012 para o pagamento dos valores em dívida referentes a 2010”. Uma reunião que o presidente da VIVMAR diz ter sido

pouco frutífera, uma vez que dela apenas saiu o conselho das entidades públicas para que os viveiristas requeiram o pagamento dos montantes em dívida em prestações. A VIVMAR sustenta que parte das dívidas já prescreveram e que as entidades negligenciaram a cobrança atempada das taxas, acumulando os valores em dívida de uma forma que torna impraticável o seu cumprimento. Ao POSTAL o responsável da VIVMAR alega ainda que a lei prejudica os proprietários de menores extensões de viveiros ao cobrar 50 cêntimos por metro quadrado até 10 mil metros quadrados de área, estabelecendo que acima dos 10 mil metros há um desconto de 50% no valor da taxa. Uma situação considerada “injusta” por Américo Custódio, que condena também o aumento da taxa por metro quadrado em 100% por parte da ARH, que determinou que o metro quadrado passasse a pagar 50 cêntimos de taxa em vez dos anteriores 25.

PROMOÇÃO TURÍSTICA DO INTERIOR

Via Algarviana vai à World Travel Market A CONVITE DA ASSOCIAÇÃO de

Turismo do Algarve (ATA), um membro da equipa do projecto Via Algarviana deslocou-se ao World Travel Market, em Londres, para dar a conhecer aquela Grande Rota, bem como, todas as acções previstas na nova candidatura. O World Travel Market é uma das maiores feiras de turismo e viagens do mundo, decorreu de segunda a quinta-feira da passada semana e contou com 183 expositores, a nível mundial. O turismo de natureza e o segmento do Birdwatching são cada vez mais os produtos pro-

curados, em alternativa ao sol e praia ou como complemento dos mesmos, por este motivo, a Via Algarviana efectuou uma apresentação às 12 horas de terça-feira, no auditório do stand do Turismo de Portugal. A sessão de abertura foi realizada por António Pina, presidente da ATA, e contou com cerca de 30 pessoas, entre jornalistas britânicos e operadores turísticos. Esta participação teve como principal objectivo divulgar o projecto internacionalmente, mas também sensibilizar as agências, operadores turísticos e similares para o facto

de a Via Algarviana necessitar de parcerias que contribuíam para a sua manutenção e para que o projecto se torne autosustentável. A Via Algarviana é uma marca registada e, como tal, o uso da imagem e nominativo depende da autorização do promotor, a Almargem. O Via Algarviana II tem 1,4 milhões de euros e beneficia do co-financiamento de 950 mil euros do PO Algarve 21, os fundos europeus do QREN. A comparticipação nacional será de 512 mil euros repartidos A Via Algarviana é um percurso pedestre de longa distância, com 300 quilómetros,

D.R.

 A Via Algarviana inicia-se em Alcoutim e termina em Vila do Bispo classificado com Grande Rota (GR13). Inicia-se em Alcoutim, junto ao Guadiana, e termina no cabo de S. Vicente, em Vila do Bispo, passando pelas Serras do Caldeirão e Monchique.

Atravessa essencialmente zonas florestais e aldeias do interior algarvio, onde persistem ainda muitas das tradições rurais que o projecto pretende dar a conhecer.


18 de Novembro de 2011  |   17

região

Cooperação procura competitividade Associação que une Alentejo, Algarve e Andaluzia já é uma realidade d.r.

Numa Europa e particular-

mente numa União Europeia cada vez mais encarada como a Europa das regiões em paralelo com a Europa dos Estados, Manuel García-Izquierdo Parralo, presidente da Confederação Empresarial de Comércio de Andaluzia; João Rosado, presidente da Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve (ACRAL), e Francisco Carriço, presidente da Associação de Comércio, Serviços e Turismo do Distrito de Beja, assinaram na quarta-feira da passada semana, na sede do Consulado de Portugal em Sevilha, a constituição da Euro Associação Alentejo-AlgarveAndaluzia, uma organização sectorial transfronteiriça com o objectivo de potenciar o comércio e turismo de Portugal e Espanha. Os projectos transfronteiriços são umas das apostas principais da União Europeia para responder às especificidades das várias regiões de cada Estado-membro, numa clara aposta no diálogo entre os Estados e no desenvolvimento de projecto de cooperação e parceria transnacionais promotores de maiores níveis de integração.

 Assinatura da constituição da Euro Associação

A necessidade da nova associação A ACRAL, dirigida por

João Rosado, justifica a constituição da associação salientando que as organizações que estão na base da nova estrutura associativa estão “conscientes da complexa situação actual do mercado”, tendo um “interesse comum de sensibilizar para a importância da cooperação empresarial para melhorar a competitividade das PMEs comerciais e potenciar as actividades a nível internacional”, pelo que “decidiram estreitar os laços de cooperação

através da constituição de uma organização sectorial dentro do âmbito territorial da Euro Região Alentejo-Algarve-Andaluzia”. Neste sentido, a recém criada Euro Associação tem como objectivo contribuir para que todas as PMEs de comércio possam beneficiar das oportunidades oferecidas por ambos os países para reforçar o seu processo de modernização, fomentando a inovação no sector do comércio. Para atingir este objectivo, a prioridade vai ser dada “a ini-

ciativas de promoção e defesa dos interesses das empresas comerciais na Europa. Outro eixo de actuação será a participação dos membros da Euro Associação em projectos de cooperação transfronteiriça no território da União Europeia”. Vai ser igualmente potenciada a organização de encontros, seminários, cursos e debates de carácter profissional e cultural, assim como, a elaboração de estudos e publicações que favoreçam a melhoria do sector do comércio. O Algarve e a Andaluzia, bem como o Alentejo face às regiões espanholas de Andaluzia e Estremadura têm já alguma tradição de projectos transfronteiriços em diversas áreas. Não obstante a demonstração de resultados efectivos em termos da permeabilidade de cada uma das regiões, a entrada de empresas de outra região no seu mercado local é ainda insípida em muitos sectores. A associação agora formada será decerto mais um passo na aproximação das empresas aos mercados potenciais das regiões contíguas, uma forma de maximizar as vantagens de uma economia cada vez mais global. Ricardo Claro

Concurso Estilização Gráfica em 3D

Janela Algarvia promove criatividade de designers d.r.

 Júlia Custódio dirige a Janela Imobiliária

A empresa imobiliária Janela Algarvia tem a decorrer até ao final de Novembro um concurso aberto a designers, estudantes e profissionais, onde o desafio à criatividade está na criação de uma estilização gráfica em 3D para um Toyota Aygo. Os trabalhos serão avaliados por um júri constituído por representantes de todos os parceiros da iniciativa lançada pela empresa algarvia e por um profissional da área do design. Júlia Custódio, pela Janela Imobiliária, Fernando Moreira da Silva, pela Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa, Cláudio Jordão, designer, Carlos Salgueiro, pela Toyo-

pub

pub

Serviço de Finanças de TAVIRA-1139

2ª Publicação

Anúncio

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO GERAL DOS IMPOSTOS - DGCI JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

Venda e Convocação de Credores N.º da Venda: 1139.2011.136 - O direito a metade indivisa, que a executada possui no prédio urbano sito em Travessa José Joaquim Jara n.º 2 e 2A, Rua Almirante Cândido dos Reis n.º 124, com a área total de 148,85 m2, composto de dois fogos, quintal, sótão e dependência, com duas utilizações independentes, sendo o r/c A, destinado a comércio, na Rua Almirante Cândido dos Reis n.º 124 e o r/c B, destinado a habitação, na Travessa José Joaquim Jara n.º 2, inscrito na respectiva matriz predial urbana da Freguesia de Santa Maria sob o artigo n.º 2.645, com o valor patrimonial correspondente ao direito indicado de m 51.980,00 e descrito na Conservatória do Registo Predial de Tavira sob o n.º 828/19880418. Valor Patrimonial do r/c A, correspondente ao direito indicado é de m 17.170,00. Valor Patrimonial do r/c B, correspondente ao direito indicado é de m 34.810,00. Teor do Edital: Maria Suzel Gonçalves Nobre Andrez, Chefe de Finanças do Serviço de Finanças TAVIRA-1139, sito em RUA AMALIA RODRIGUES 4, TAVIRA, faz saber que irá proceder à venda por meio de leilão electrónico, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), e da portaria n.º 219/2011 de 1 de Junho, do bem acima melhor identificado, penhorado ao executado infra indicado, para pagamento de divida constante em processo(s) de execução fiscal. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) SARA CRISTINA CORREIA DOS MARTIRES, residente em TAVIRA, o(a) qual deverá mostrar o bem acima identificado a qualquer potencial interessado (249.º/6 CPPT), entre as 10:00 horas do dia 2011-11-14 e as 16:00 horas do dia 2012-04-09 O valor base da venda (250.º CPPT) é de m 36.386,00. As propostas deverão ser apresentadas via Internet, mediante acesso ao “Portal das Finanças”, e autenticação enquanto utilizador registado, em www.portaldasfinancas.gov.pt na opção “Venda de bens penhorados”, ou seguindo consecutivamente as opções “Cidadãos”, “Outros Serviços”, “Venda Electrónica de Bens” e “Leilão Electrónico”. A licitação a apresentar deve ser de valor igual ou superior ao valor base da venda e superior a qualquer das licitações anteriormente apresentadas para essa venda. O prazo para licitação tem início no dia 2012-03-26, pelas 11:00 horas, e termina no dia 2012-04-10 às 11:00. As propostas, uma vez submetidas, não podem ser retiradas, salvo disposição legal em contrário. No dia e hora designados para o termo do leilão, o Chefe do Serviço de Finanças decide sobre a adjudicação do bem (artigo 6.º da portaria n.º 219/2011). A totalidade do preço deverá ser depositada, à ordem do órgão de execução fiscal, no prazo de 15 dias, contados do termo do prazo de entrega das propostas, mediante guia a solicitar junto do órgão de execução fiscal, sob pena das sanções previstas (256.º/1/e) CPPT). No caso de montante superior a 500 unidades de conta, e mediante requerimento fundamentado, entregue no prazo de 5 dias, contados do termo do prazo de entrega de propostas, poderá ser autorizado o depósito, no prazo mencionado no parágrafo anterior, de apenas uma parte do preço, não inferior a um terço, e o restante em até 8 meses (256.º/1/f) CPPT). A venda pode ainda estar sujeita ao pagamento dos impostos que se mostrem devidos, nomeadamente o Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis, o Imposto de Selo, o Imposto Sobre o Valor Acrescentado ou outros. Mais, correm anúncios e éditos de 20 dias (239.º/2 e 242.º/1 CPPT), contados da 2.ª publicação (242.º/2), citando os credores desconhecidos e os sucessores dos credores preferentes para reclamarem, no prazo de 15 dias, contados da data da citação, o pagamento dos seus créditos que gozem de garantia real, sobre o bem penhorado acima indicado (240º/CPPT). Identificação do Executado: N.º de Processo de Execução Fiscal: 1139200901034308 (e apensos) NIF/NIPC: 199779147

EMPET – PARQUES EMPRESARIAIS DE TAVIRA, E.M.

Convocatória Nos termos da lei e do contrato de sociedade, convoco os detentores do capital social da “Empet – Parques Empresariais de Tavira E.M.” - Município de Tavira - Agetav – Agencia de Desenvolvimento de Tavira SA Para reunirem em Assembleia Geral, em sessão extraordinária, no dia 28 de Novembro de 2011 (segunda-feira), pelas 17:00horas. A Assembleia realizar-se-á na Rua Dr. Silvestre Falcão, 9, 1º andar, loja C e terá como a seguinte ordem de trabalhos: 1. Informações, pelo Conselho de Administração, sobre a actividade da Empresa. 2. Apreciação e votação do Relatório de Gestão e Contas do 1º Semestre de 2011. 3. Apreciação e votação dos Instrumentos de Gestão Previsional para o período 2012-2014. 4. Apresentação e discussão do Plano Estratégico da Empet para o período 2011-2014. 5. Outros assuntos de interesse geral para a Empresa. Nos termos do número 3 do artigo 19º e número 20º da Lei58/98 de 18.08, as deliberações serão tomadas por número de votos que representem a maioria do capital social. Tavira, 17 de Novembro de 2011

Nome: SARA CRISTINA CORREIA DOS MARTIRES Morada: R DAS FREIRAS 13 - TAVIRA – TAVIRA O Chefe de Finanças: Maria Suzel Gonçalves Nobre Andrez

O presidente da Assembleia-geral João Carlos Vidal (POSTAL do ALGARVE, nº 1055, de 18 de Novembro de 2011)

2011-11-03 (POSTAL do ALGARVE, nº 1055, de 18 de Novembro de 2011)

ta, e Nuno Ribeiro, em representação da Escola Técnica de Imagem e Comunicação, terão a missão de escolher o vencedor do concurso, que arrecada um prémio de 300 euros, e o segundo classificado que receberá acesso a uma formação na área do design. Mas mais relevante do que estes prémios, realça Júlia Custódio, em declarações ao POSTAL, será o road show que levará os trabalhos desenvolvidos pelos dez primeiros classificados do concurso a vários destinos no país. Este périplo dos trabalhos percorrerá as instalações da Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa, da Biblioteca Municipal de Faro, da Salvador Caetano em Faro, do Instituto Português da Juventude de Faro e Lisboa, da loja da Janela Algarvia em Faro e da Escola Técnica de Imagem e Comunicação em Portimão. Uma montra privilegiada para os designers concorrentes e que permitirá maximizar os objectivos do concurso lançado pela Janela Algarvia. De acordo com Júlia Custódio, “a intenção do concurso é a de estimular a criatividade dos designers e estabelecer pontes entre as universidades e o mundo empresarial, ao mesmo tempo que se cria uma oportunidade para os profissionais da área do design mostrarem as suas capacidades na prática”. A iniciativa, realça a responsável pela empresa do ramo imobiliário, “insere-se na política de responsabilidade social da empresa e na perspectiva de motivação e agregação de sinergias que preside às relações entre a Janela Algarvia e os seus parceiros nas várias iniciativas que vem desenvolvendo desde a sua entrada no mercado”. Ricardo Claro


18    |  18 de Novembro de 2011

região

Médiuns brilham em espectáculo de emoções

ricardo claro

Cerca de uma centena de pessoas assistiram ao evento Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

O Campus de Gambelas da Universidade do Algarve acolheu, na sexta-feira da passada semana, o primeiro espectáculo do Road Show Médiuns ao Vivo, contando com a presença de Brian Robertson e Janet Parker, dois dos mais reputados nomes do universo da mediunidade a nível internacional. O evento foi apresentado por Rita Ferro Rodrigues, e contou com a presença de cerca de uma centena de pessoas, algumas das quais ganharam convites para o espectáculo através do concurso promovido pelo POSTAL nas duas últimas edições. Um público que ouviu a sobejamente conhecida cara da SIC afirmar, logo à partida, que “antes de conhecer a actividade dos médiuns Brian Robertson,

Janet Parker e Simon James - o terceiro médium previsto para Faro e que não pôde comparecer ao evento - era absolutamente céptica face a esta área”, mas que entretanto “fez uma verdadeira descoberta através destes profissionais”. O espectáculo decorreu durante três horas em que Janet Parker e Brian Robertson transmitiram ao público aquelas que alegadamente eram as mensagens captadas através da comunicação com aqueles que os médiuns descrevem como estando “no mundo espiritual”.

As reacções Lágrimas, emo-

ção e incredibilidade foram alguns dos sentimentos manifestados pelas pessoas que na plateia receberam as palavras que os médiuns transmitiam “em nome dos seus entes queridos”, misturados com mensagens menos convincentes que

os médiuns tentavam fazer corresponder a alguém do público presente. Independentemente de se acreditar ou não nesta alegada comunicação com o mundo espiritual e com aqueles que já não estão no mundo dos vivos, a verdade é que é inegável a ligação que une as mensagens transmitidas com a vida pessoal dalguns daqueles que as recebem. Como os próprios médiuns fizeram questão de sublinhar, a intenção não é a de converter pessoas a acreditarem nesta ligação com aquilo que commumente se classifica como o além, mas sim deixar as pessoas a pensar sobre essa possibilidade efectiva e “trazer conforto e alegria a quem está entre nós”.

Brian Robertson falou ao POSTAL O POSTAL falou com

Brian Robertson numa conversa em exclusivo antes do início do espectáculo, em que o médium, que afirma “ter sentido pela primeira vez as suas capacidades de cognição do mundo espiritual aos quatro anos quando ajudou a identificar o autor de um homicídio”, destacou a importância “duma maior consciencialização para o que de positivo e reconfortante a ligação com o universo espiritual pode trazer às pessoas”. A experiência de 30 anos nesta área dá a Brian Robertson a tranquilidade e assertividade indispensáveis à afirmação da credibilidade de uma actividade mediúnica que o médium sabe ser geradora de enormes dúvidas junto dos interlocutores menos habituados a estas realidades. O médium opta por isso por uma atitude que o afasta da proximidade com qualquer dos tiques típicos de uma activida-

Alunos mostram multiculturalidade da universidade algarvia

ERASMUS Moment anima Universidade do Algarve d.r.

Eram 18 horas e Subham

preparava-se para o momento do dia. De origem indiana e com fortes raízes culturais ligadas à dança, o estudante da Universidade do Algarve (UAlg) vestiu-se a rigor e descalço sobre as pedras da calçada dançou sozinho perante cerca de uma centena de pessoas que marcaram presença no ERASMUS Moment da quarta-feira da passada semana. Este é apenas um dos vários jovens estudantes da Universidade do Algarve que vêm dos quatro cantos do mundo e que se juntaram no Campus da Penha da UAlg para fazerem parte do evento multicultural promovido e patrocinado por uma empresa algarvia de serviços de alimentação take away. São hoje cerca de 350 estudantes por semestre com origem em mais de 50 países e que diariamente vivem a cultura portuguesa, levando-a para os seus países de origem e ajudando a falar da região algarvia.

 Estudantes de cada país deram a conhecer a sua cultura Segundo Guilherme Portada, presidente da Associação Académica da UAlg (AAUAlg), “é importante promover a multiculturalidade da Universidade do Algarve. Tivemos vários países presentes e temos de envolver mais os estudantes portugueses”. A união de várias empresas criou o ERASMUS Moment em parceria com o UAlg através do seu gabinete de

Relações Internacionais e Mobilidade gerido por Sofia Nunes, a AAUAlg, a AIESEC. Juntos, ajudaram a mobilizar estudantes representantes de dez países, que se vestiram com as cores da sua terra natal, nomeadamente Portugal, Brasil, Polónia, Roménia, República Checa, Índia, Rússia, Ucrânia, Eslováquia e Argentina. As culturas de cada uma

das nações foram o mote para a partilha. Os estudantes de cada país trouxeram comida típica e tiveram a possibilidade de provar os sabores das outras culturas. “O sabor que vai até si”, claim da empresa patrocinadora, encaixou bem para descrever aquilo que se assistiu no ERASMUS Moment. Houve ainda espaço para que cada país representado pelos seus estudantes visse a sua riqueza cultural ilustrada pela dança. Os estudantes fizeram questão de ensaiar bem as coreografias e a diversidade foi a riqueza do ERASMUS Moment Day&Night. “É sem dúvida um evento para repetir”, reforçou Bruno Lopes no final da iniciativa. A satisfação era evidente na cara do empresário algarvio. Para este, “o ERASMUS Moment quis comunicar com a comunidade para mostrar que em tempos de crise temos de mostrar dinâmica ao invés de ficarmos parados à espera que a crise passe”.

 Brian Robertson, Janet Parker e Rita Ferro Rodrigues de menos séria neste campo. É clara a sua intenção de ajudar o próximo através de um veículo privilegiado - a comunicação com os espíritos - “que aceita como uma faculdade excepcional, mas que constitui também, algumas vezes um fardo difícil de carregar”. A sua ligação a “polícias, órgãos oficiais e investigações de vários países do mundo”, são

um trunfo inegável na afirmação de uma credibilidade que se apresenta notória aos interlocutores. O road.show percorreu ainda as cidades de Lisboa e Porto e antecede a chegada à SIC e TVI, através da produtora Planeta Ideal de dois programas ligados à área da mediunidade. Na SIC o programa terá a apresentação de Rita Ferro Rodrigues.

Laboratório de Artes e Média do Algarve

Candeeiros em cápsulas de Nespresso apresentam-se em Lisboa d.r.

Lightness é uma exposição de

candeeiros feitos com cápsulas de Nespresso, que foi inaugurada pela primeira vez no dia 4 de Fevereiro de 2011, dia do Lançamento oficial do Laboratório de Artes e Média do Algarve (LAMA), e esteve em exposição durante todo o mês de Fevereiro no Instituto Português da Juventude, em Faro. Agora é tempo de mostrar este trabalho na capital portuguesa. A exposição vai ser inaugurada no próximo dia 27, pelas 20 horas, no âmbito das Tangencias da Bienal Experimenta Design 2011, na Fábrica do Braço de Prato, em Lisboa. “Lightness - bebe um café e ilumina-te” é a concretização de um sem fim de ideias que tiveram origem há três anos em Itália e que foram ganhando corpo ao longo do tempo. Embora nunca tenha sentido o aroma cru, aveludado, intenso ou suave dos cafés em cápsula nespresso, estes fascinam unicamente com o olhar, pela cor, brilho, forma, tamanho, perfeitos, ou um perfeito desperdício. Na era do consumo versus

 Reutilização dá nova forma ecologia, a reutilização destes pequenos, delicados e belos objectos foi adquirindo, variados contornos, moldes, até se fazer “luz” e darem forma a um novo objecto, e depois outro e outro. Reutilizar as cápsulas no restauro e composição de estruturas de iluminação, que fazem parte do imaginário de todos nós, partindo dos clássicos lustres e chegando à iluminação contemporânea é o mote desta exposição.


Espaço Animal

Apoios:

18 de Novembro de 2011  |   19

Prometemos e cumprimos. O Espaço animal tem novidades esta semana. O sucesso da iniciativa em parceria com a GUADI, de Vila Real de Santo António, fez com que este mesmo espaço passe a contar a partir desta semana, alternadamente, com uma parceria com a associação 3AT, que pugna pela defesa dos animais em Tavira. Mais um motivo para que o POSTAL mantenha este espaço dedicado aos nossos amigos animais e agora com mais propostas de adopção. Contactos: GUADI - Facebook: guadi.centro.de.animais | Blog: http://associacaoguadi.blogspot.com/  3AT - Sítio: www.3at.eu | Facebook: 3AT no facebook | Telmóvel: 960247511 | E-mail adopções: amigosanimaistavira@gmail.com

 Macho abandonado a precisar de acolhimento urgente

  Gatinha jovem muito meiga

Macho jovem de grande porte, muito carinhoso e um bom guarda

lazer livros

agenda cultural Albufeira Pintura Exposição de Meire Gomes “Estampado na Janela”, de segunda-feira a sábado, das 10.30 às 16.30 horas, na Galeria Pintor Samora Barros. Até dia 28.

Aljezur Pintura Exposição de Veronique Bar-

bier Tello, de terça-feira a sábado das 10 às 17 horas, no Museu do Mar e da Terra da Carrapateira. Até dia 26.

Loulé

3ª Noite de Fados, com Sara Paixão, Pedro Viola e Aurora Gonçalves, sábado às 21 horas, na Sociedade Recreativa Torense.

Fotografia

Olhão

Exposição de Ana Oliveira e Isabel Nobre, diariamente, das 9 às 18 horas, na Associação Social e Cultural de Almancil (ASCA). Até dia 25.

agenda cinema FARO Forum AlgarveSBC 289 887 212 Nos Idos de Março (m/12) | Sala 1 | 14h25, 16h40, 18h55, 21h10 (diariamente), 23h30 (Sex e Sáb) >> Planeta 51 (m/6) | Sala 1 | 10h00 (Sáb e Dom) » O Guarda do Zoo (m/6) | Sala 2 | 10h30 (Sáb e Dom) >> A Pele onde eu Vivo* (m/12) | Sala 2 | 13h25, 16h00, 18h45, 21h20 (diariamente), 23h55 (Sex e Sáb) » Sem Tempo (m/12) | Sala 3 | 14h35, 17h00, 19h25, 21h50 (diariamente), 00h20 (Sex e Sáb) » As Aventuras de Tintin - O Segredo do Licorne (m/12) | Sala 4 | 14h55, 17h20, 19h45 » Contágio (m/12) | Sala 4 | 00h45 (Sex e Sáb) » Os Três Mosqueteiros (m/12) | Sala 4 | 10h05, 12h30 (Sáb e Dom) » A SagaTwilight:Amanhecer*(m/12) | Sala 4 | 21h10 » Twilight Saga: Amanhecer* (m/12) | Sala 5 | 13h35, 16h10, 18h50, 21h30 (diariamente),

Música

Música Concerto de Manuel Freire, sábado às 21.30 horas, no Auditório Municipal.

Portimão Música Concerto por Joana Machado, sábado às 21.30 horas, no TEMPO - Teatro Municipal de Portimão.

São Brás Teatro Peça “Jorge no Mundo das Maravilhas”, pelo Grupo Ape-

de 18 a 23 de Novembro de 2011

00h10 (Sex e Sáb) » Alta Golpada (m/12)| Sala 6 | 14h30, 16h55, 19h20, 21h40 (diariamente), 00h15 (Sex e Sáb),,12h00(SábeDom)»PuroAço (m/12) | Sala 7 | 15h30, 18h15, 21h00 (diariamente), 23h45 (Sex e Sáb), 12h45 (Sáb e Dom) » A Coisa (m/12) | Sala 8 | 14h55, 17h15, 19h40, 22h00 (diariamente), 00h25 (Sex e Sáb)» O Regresso de Johny English (m/6) | Sala 8 | 10h25,12h40 » 50/50 (m/12) | Sala 9 | 21h05 (diariamente), 23h25 (SexeSáb)»AsAventurasdeTintin - O Segredo do Licorne (m/12) | Sala 9 | 13h50, 16h15, 18h40 (diariamente), 10h40 (Sáb e Dom) albufeira AlgarveShopping 289 560 351 Nos Idos de Março (m/12) | Sala 1 | 12h55, 15h40, 18h10, 21h10, 23h35 » AsAventurasdeTintin-OSegredo do Licorne (m/6) | Sala 2 | 12h45, 15h30, 18h05, 21h05, 23h30 » Sem

Tempo(m/12) | Sala 3 | 13h30, 16h05, 18h25, 21h15, 23h55 » AltaGolpada (m/12) | Sala 4 | 13h15, 15h35, 18h00, 21h35,00h15»ORegressodeJohny English(m/6) | Sala 5 | 13h00, 15h45, 18h20, 21h00 » A Coisa (m/12) | Sala 5 | 23h50 » Puro Aço (m/12) | Sala 6 | 13h05, 16h00, 18h40, 21h20, 00h00 » A Saga Twilight: Amanhecer* (m/12) | Sala 7 | 13h10, 15h50, 18h30, 21h30, 00h10 » A Saga Twilight: Amanhecer* (m/12) | Sala 8 | 13h10, 15h50, 18h30, 21h30, 00h10 » APele ondeeuVivo*(m/12) | Sala 9 | 13h20, 16h10, 18h45, 21h25, 00h05 Olhão C. C. Ria Shopping 289 703 332 AsAventurasdeTintin-OSegredo doLicorne(m/6)|Sala1|15h20,19h20 (diariamente), 10h45 (Sáb e Dom) » Alta Golpada (m/12) | Sala 1 | 17h20, 21h30 (diariamente), 23h45 (Sex e

ritivo, sexta-feira e sábado às 19.30 horas, no Museu do Trajo.

Tavira Música 3ª Gala do Fado da Associação Almadrava, sábado às 21.30 horas, na Salão da Junta de Freguesia de Santa Luzia.

* Estreias Sáb) » A Saga Twilight: Amanhecer* (m/12) | Sala 2 | 15h30, 18h45, 21h30 (Seg a Sex), 00h00 (Sex e Sáb), 13h00, 15h30, 18h45, 21h30 (Sáb e Dom)»SagaTwilight:Amanhecer* (m/12) | Sala 3 | 17h15 » Puro Aço (m/12) | Sala 3 | 15h00, 21h35 (diariamente), 23h50 (Sex e Sáb) Portimão C. C. Continente 282 418 180 AsAventurasdeTintin-OSegredo do Licorne (m/6) | Sala 1 | 13h10, 16h00, 18h50, 21h20, 23h50 »Sem Tempo (m/12) | Sala 2 | 13h20, 16h10, 19h00, 21h40, 00h05 » Puro Aço (m/12) | Sala 3 | 12h50, 15h40, 18h30, 21h10, 00h00 » A Saga Twilight: Amanhecer* (m/12) | Sala 4 | 13h00, 15h50, 18h40, 21h30, 00h10 » A Saga Twilight: Amanhecer* (m/12) | Sala 5 | 13h00, 15h50, 18h40,

21h30, 00h10 » Alta Golpada (m/12) | Sala 6 | 13h30, 16h20, 19h10, 21h50, 00h15 Cinemas de Portimão 282 411 888 As Aventuras de Tintin - O Segredo do Licorne (m/6) | Sala 1 | 14h00 » A Saga Twilight: Amanhecer* (m/12) | Sala 1 | 15h30, 18h00, 21h30 (diariamente), 00h00 (Sex e Sáb) » As Aventuras de Tintin - O Segredo do Licorne (m/6) | Sala 2 | 14h00, 15h45 » Sem Tempo (m/12) | Sala 2 | 18h00, 21h45 (diariamente), 00h15 (Sex e Sáb) tavira Cine-Teatro António Pinheiro 281 320 594 Bem-vindo ao Sul (m/12), 21h30 (Dom) Sonhos de Dança (m/12), 21h30 (Qui)

Oscar Wilde e os Crimes do Vampiro Londres, 18 9 0 . O que começa como uma noite de diversão acaba em tragédia. Numa glamorosa recepção oferecida pelo duque e pela duquesa de Albemarle, toda a alta sociedade londrina se encontra presente, incluindo o Príncipe de Gales, que considera os Albemarle seus amigos próximos. Autor: Gyles Brandreth

Cultive Alimentos no Seu Apartamento Certamente ficaria surpreendido se soubesse quanto um pequeno pedaço de terra consegue produzir. Um tomate de aspecto tão delicioso que só apetece apanhá-lo e comêlo de imediato, a fragrância das ervas aromáticas que perfumam o ar, um figo a rebentar de maduro. As maravilhas com que o solo nos brinda estão à mão de semear de qualquer pessoa, até do citadino mais ocupado. Autora: Maria Finn

horóscopo Carneiro (de 21/03 a 20/04) Se puder, procure evitar os trabalhos de rotina, minuciosos, pois este é um tempo para se dedicar a tudo o que exija energia e paixão.

Balança (de 23/09 a 22/10) O momento é seu. Se nem todos os que estão à sua volta comungarem dos mesmos ideais, compreenda-os.

Touro (de 21/04 a 20/05) Uma Quadratura (relação de tensão) entre a Lua e Marte poderá estimular a tendência para entrar em conflito com alguém.

Escorpião (de 23/10 a 21/11) Aproveite o conflito entre a Lua e Marte para verbalizar e resolver ressentimentos e tensões.

Gémeos (de 21/05 a 20/06) Poderá sentir uma maior tensão do que o usual, a sensação de incompreensão ou menor capacidade de controlo.

Sagitário (de 22/11 a 21/12) É o momento oportuno para reatamento de relações que qualquer malentendido tenha interrompido.

Caranguejo (de 21/06 a 22/07) Tenha em atenção as pessoas com quem convive, já que estas nem sempre estarão dispostas a aguentar esse seu temperamento explosivo.

Capricórnio (de 22/12 a 19/01) Converse com aqueles que ofenderam a sua pessoa. Verá que a normalização consequente do esclarecimento mútuo será muito libertadora.

Leão (de 23/07 a 22/08) A sorte protege os audazes. É, pois, o momento preciso para saltar com confiança para o desconhecido. Aproveite para resolver ressentimentos.

Aquário (de 20/01 a 18/02) Durante esta Quadratura de Lua a Marte terá tendência para criar disputas inúteis ou tomar atitudes apressadas.

Virgem (de 23/08 a 22/09 ) A sua força interior será a catapulta que necessita para atingir os seus objectivos. Procure não ferir os outros.

Peixes (de 19/02 a 20/03) Terá tendência a criar conflitos, criados por um excesso de emotividade mas que lhe poderão trazer alguns inconvenientes.


20

| 18 de Novembro de 2011

ANÚNCIOS I CLASSIFICADOS

Acordos com:

Multicare, C.G.D., Allianz Acordos com:

Medis, Multicare, C.G.D., Allianz

ACUPUNCTURA FISIOTERAPIA OSTEOPATIA Desconto 30% valor consulta em sede de IRS; Protocolos com diversas entidades. Junto às Ruínas de Milreu 8005-443 ESTOI-FARO

Web: http://osteofala.weebly.com · Tlm: 969 260 836

DESINFESTAÇÕES, LDA. Olhão


ANÚNCIOS I CLASSIFICADOS

18 de Novembro de 2011 |

21

Farmácias de Serviço SÁBADO

DOMINGO

SEGUNDA

TERÇA

QUARTA

QUINTA

Alves Sousa

Santos Pinto

Santos Pinto

Santos Pinto

Santos Pinto

Santos Pinto

Santos Pinto

ARMAÇÃO DE PÊRA

Edite

Sousa Coelho

Sousa Coelho

Sousa Coelho

Sousa Coelho

Sousa Coelho

Sousa Coelho

FARO

Crespo

Palma

Almeida

Montepio

Higiene

Caniné

Pereira

LAGOA

Lagoa

José Maceta

José Maceta

José Maceta

José Maceta

José Maceta

José Maceta

LAGOS

Silva

Telo

Neves

Ribeiro

Lacobrigense

Silva

Telo

LOULÉ

Avenida

Martins

Chagas

Pinheiro

Pinto

Avenida

Martins

MONCHIQUE

Hygia

Hygia

Hygia

Moderna

Moderna

Moderna

Moderna

OLHÃO

Rocha

Pacheco

Progresso

Olhanense

Nobre

Brito

Rocha

PORTIMÃO

Amparo

Arade

Guilherme

Central

Pedra

Moderna

Carvalho

QUARTEIRA

Algarve

Algarve

Algarve

Sequeira

Sequeira

Sequeira

Sequeira

SÃO BART. DE MESSINES

Sequeira

Sequeira

Sequeira

Algarve

Algarve

Algarve

Algarve

SÃO BRÁS DE ALPORTEL

Dias Neves

S. Brás

S. Brás

S. Brás

Dias Neves

S. Brás

Dias Neves

SILVES

Guerreiro

Guerreiro

João de Deus

João de Deus

João de Deus

João de Deus

João de Deus

TAVIRA

Felix

Sousa

Sousa

Montepio

Maria Aboim

Central

Felix

VILA REAL de STº ANTÓNIO

Pombalina

Carilho

Carilho

Carilho

Carilho

Carilho

Carilho

SEXTA ALBUFEIRA

URGÊNCIAS 24h:

969 561 548

Consultas - Horário: Dias úteis: 9:30 - 12:30 | 15:00 - 20:00 Sábado: 9:30 - 13:00

Cirurgia Exames diagnóstico Domicílios Banhos e tosquias www.vet-tavira.com

tel. / fax.: 281 323 492 Rua Chefe António Afonso, 17 (junto à Ponte de Santiago)

ALAGOA

AGÊNCIA FUNERÁRIA

Então, esqueceu a sua velha amiga? Aquela que trata bem. Antiga Agência Puga trata o seu ente querido como ninguém, temos um serviço personalizado. Agência Alagoa - Fica junto ao Hospital Velho em Tavira

Serviços Prestados

SE P E R MRAV IÇ O N E NTE

 Funerais 24H  Trasladações  Cremações  Preparação estética do falecido  Manutenção de jazigos e campas

Sempre a seu lado nos momentos difíceis da vida... Temos ao seu dispor uma linha de crédito até 24 meses sem juros financiada por uma instituição bancária credível

SERVIÇOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS Trav. Zacarias Guerreiro nº 2 (Largo de S. Francisco) (Centro de Tavira) 8800 – 740 Tavira

   

281 322 652 968 700 767 918 530 058 / 966 088 324 alagoa.lda@gmail.com

ARMAZÉNS

Alugo c/ 300m2 e c/ 105 m2. Bom acesso próximo Faro água, luz trifásica, esgotos e estacionamento vedado. Tel./Fax 289 722 723


22

| 18 de Novembro de 2011

ANÚNCIOS I NECROLOGIA

ALUGA-SE CASA PERTO DE MONCARAPACHO

VENDE-SE FIAT CROMA TURBODIESEL 1.9

Faróis nevoeiro, jantes liga leve, computador de bordo, ar condicionado automático, volante regulado em altura, banco do condutor com apoio lombar, vidros eléctricos, alarme e rádio. Bom estado geral 1990 – Preço 1.250,00m - TLM: 918 617 269

A 3 minutos da Via do Infante V2 com espaços amplos Contactar: 966 303 690

Reze 9 Ave-Marias com uma vela acessa durante 9 dias, pedindo 3 desejos, 1 de negócios e 2 impossíveis ao 9º dia publique este aviso, cumprir-se-á mesmo que não acredite. D.T.

Funerárias: Sítio da Palmeira LUZ DE TAVIRA Tel. /Fax: 281 961 170

SERVIÇO PERMANENTE 24h

Av. Maria Lizarda MONCARAPACHO Tel: 289 798 380

FUNERAIS | CREMAÇÕES | TRASLADAÇÕES ARTIGOS RELIGIOSOS MANUTENÇÃO DE CAMPAS E JAZIGOS FLORES

Tlms: 966 019 297 (Carlos Palma)

963 907 469 (Gonçalo Correia)

geral@funerariacorreia.pt - www.funeraria correia.pt

TAVIRA

SANTA CATARINA DA FONTE DO BISPO

Rua Soledade 19 OLHÃO Tel. 289 713 534

funerariapedro@sapo.pt

funerariapviegas@sapo.pt

funeraria_pedro@sapo.pt Empresa recomendada

TAVIRA Rua Dr. Miguel Bombarda n.º 25 Tel. - 281 323 983 - 281 381 881

MARIA ALMERINDA NUNES GOMES

79 ANOS

LUZ DE TAVIRA EN 125, n.º 32 – Tel. - 281 961 455 VILA REAL STO. ANTÓNIO Rua 25 de Abril n.º 32 – Tel. - 281 541 414

MARIA BENICIA FAGUNDES CRISTINA

FUNERÁRIA PATROCÍNIO Tlm. - 968 685 719 Rua João de Deus, n.º 86 – Tel. -281 512 736

65 ANOS

AGRADECIMENTO E MISSA DO 7º. DIA Sua querida família cumpre o doloroso dever de agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que assistiram ao funeral da sua ente querida, realizado no dia 14 de Novembro, para o Cemitério de Santa Catarina da Fonte do Bispo, bem como todos os amigos que manifestaram o seu pesar e solidariedade. Comunicam que será rezada Missa do 7º Dia, pelo seu eterno descanso, dia 20 de Novembro de 2011, Domingo, pelas 11.30 horas, na Igreja Paroquial de Santa Catarina da Fonte do Bispo, agradecendo solenemente a todos familiares e amigos que assistam a tão piedoso acto.

IDALÉCIO PEDRO Tlm. - 964 006 390

AGRADECIMENTO E MISSA DE 7º DIA

SERVIÇOS FÚNEBRES Com as seguintes ofertas

Sua querida família cumpre o doloroso dever de agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que assistiram ao funeral da sua ente querida, realizado no dia 16 de Novembro, para o Cemitério de Tavira, bem como todos os amigos que manifestaram o seu pesar e solidariedade. Comunicam que será rezada Missa do 7º Dia, pelo seu eterno descanso, dia 20 de Novembro de 2011, Domingo, pelas 18 horas, na Igreja Nossa Senhora do Carmo, em Tavira, agradecendo solenemente a todos familiares e amigos que assistam a tão piedoso acto.

 Coroa de flores artificiais com moldura  Cartões memoriais  Livro de condolências  Serviço de água no velório

Solicite orçamento antes de decidir AGÊNCIA

FUNERÁRIA

“Paz à sua Alma”

“Paz à sua Alma”

“Serviços Fúnebres efectuados pela Agência Funerária Pedro & Viegas, Ldª” Tavira • Luz • V.R.Stº António Telm. 964 006 390 - 965 040 428

“Serviços Fúnebres efectuados pela Agência Funerária Pedro & Viegas, Ldª” Tavira • Luz • V.R.Stº António Telm. 964 006 390 - 965 040 428

SANTA MARIA – TAVIRA

SANTIAGO - TAVIRA SANTA MARIA – TAVIRA

TORNABY – REINO UNIDO CABANAS DE TAVIRA - TAVIRA

AVELINO DA ENCARNAÇÃO PIMPÃO 12-11-1920 / 10 -11-2011

MARIA DE LURDES SILVESTRE 27-05-1928 / 12 -11-2011

ERIC ALVEENA NEAL 08-01-1931 / 04 -11-2011

AGRADECIMENTO

AGRADECIMENTO

AGRADECIMENTO

Os seus familiares vêm por este meio, agradecer a todos quantos o acompanharam em vida e nas suas cerimónias exéquias ou que de algum modo lhes manifestaram o seu sentimento e amizade.

Os seus amigos vêm por este meio agradecer a todos quantos se dignaram acompanhar o seu ente querido à sua última morada ou que, de qualquer forma, lhes manifestaram o seu pesar.

Os seus familiares vêm por este meio, agradecer a todos quantos o acompanharam em vida e nas suas cerimónias exéquias ou que de algum modo lhes manifestaram o seu sentimento e amizade.

Tavira

Tlm. – 969 003 042

Emergência 24 horas

Pedro - 965 040 428

AGÊNCIA FUNERÁRIA

IWdjei8|hXWhW"BZW

FUNERAIS - TRASLADAÇÕES - CREMAÇÕES PARA TODO O PAÍS E ESTRANGEIRO

Tel. : 281 323 205 - Fax: 281 323 514 • 965 484 819 / 962 604 552 ATENDIMENTO PERMANENTE - OFERTA DE ANÚNCIO DE NECROLOGIA E CARTÕES MEMÓRIA Artigos Funerários e Religiosos / Catálogo de Lápides e Campas

Vila Real Sto. António

Tlm. – 962 406 031


18 de Novembro de 2011 |

>> SOLUÇÃO

>> ASSINALE A FRASE CORRECTA

23

da semana passada

Segundo o novo acordo ortográfico deve escrever-se: Segundo o novo acordo ortográfico deve escrever-se:

 O David é um óptimo adeto de basquetebol.

 Os alunos lêem pouco.  Os alunos leem pouco. A frase correta é: Os alunos leem pouco.

 O David é um ótimo adepto de basquetebol.

Com o Novo Acordo Ortográfico as palavras paroxítonas terminadas em “eem” perdem o acento circunflexo.

Sobe & desce

Esta é uma iniciativa das Bibliotecas Paula Nogueira do Agrupamento de Escolas Professor Paula Nogueira (Olhão) em parceria com a Casa da Juventude de Olhão e o POSTAL, que semanalmente divulga os problemas e as soluções deste jogo. Várias escolas do Algarve já aderiram à iniciativa: AE Professor Paula Nogueira (Olhão) / AE da Sé (Faro) / AE D. Afonso III (Faro) / AE Dr. Alberto Iria (Olhão) / Colégio Bernardette Romeira (Olhão) / AE Dr. João Lúcio (Fuseta) / AE de Estoi (Faro) / AE Joaquim Magalhães (Faro) / AE do Montenegro (Faro) / AE de Castro Marim (Vila Real de St. António) / AE Professora Diamantina Negrão / (Albufeira) / Agrupamento de Escolas José Belchior Viegas (Mega Agrupamento de São Brás de Alportel) / Escola Secundária João de Deus (Faro) / Agrupamento de Escolas D. Paio Peres Correia (Tavira) / Casa da Juventude (Olhão) / Postal do Algarve. Convidamos todas as escolas e bibliotecas, interessadas em aderir ao Jogo da Língua Portuguesa e receber os materiais para o mesmo, a contactar: biblioteca.epnogueira@gmail.com ou jornalpostal@gmail.com.

De volta

A meio gás

A revista cultural da Câmara de Aljezur está de volta, apesar das dificuldades financeiras. Tem de haver vida para além da austeridade! (Ler pág. 15).

Escolas do primeiro ciclo de Olhão estão “a meio gás” porque o Governo não desbloqueia as verbas para actividades de enriquecimento curricular (Ler pág 9).

O Algarve e a austeridade

O postal alterou o e-mail da redacção: jornalpostal@gmail.com José Viana

FICHA TÉCNICA

Sede: Rua Dr. Silvestre Falcão, n.º 13 C - 8800-412 Tavira - Algarve Tel: 281 320 900 | Fax: 281 320 909 E-mail: jornalpostal@gmail.com Director: Henrique Dias (CP 3259). Director Comercial: Basílio Pires Editor: Ricardo Claro (CP 9238). Redacção: Cristina Mendonça (CP 3258), Geraldo de Jesus (CO 630), Helga Simão. Design: Profissional Gráfica. Colaboradores fotográficos: José A. N. Encarnação “MIRA” Colaboradores: Beja Santos (defesa do consumidor), Nelson Pires (CO76). Departamento Comercial, Publicidade e Assinaturas: Anabela Gonçalves, José Francisco. Propriedade do título: Henrique Manuel Dias Freire, inscrito sob o nº 211 612 no Registo das Empresas Jornalísticas. Edição: Postal do Algarve - Publicações e Editores, Lda. Contribuinte nº 502 597 917. Depósito Legal: nº 20779/88. Registo do Título (dgcs): nº 111 613. Impressão: Imprejornal, SA Distribuição: Banca - Logista, à sexta-feira com o Público/ VASP - Sociedade de Transportes e Distribuição, Lda e CTT. Membro: APCT - Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação; API - Associação Portuguesa de Imprensa.

Ex-Secretário de Estado da Marinha Mercante e das Pescas

A austeridade que se está iniciando agora é tão criticada principalmente por aqueles que já se esqueceram, ou nunca tiveram a consciência, de que muitos dos chamados direitos adquiridos o foram à custa de dinheiro emprestado, pois, nestas últimas décadas, descurámos a produção e criámos hábitos próprios de gente rica, sem nos preocuparmos como poderíamos sustentar ao longo do tempo tão elevado nível de vida. Portanto, agora, no caso do Algarve, a solução é aproveitar ao máximo a capacidade de “produção” do turismo e para isso os respectivos responsáveis

têm que dinamizar esta actividade, como aliás tem sido defendido nas páginas deste jornal há bastante tempo. Esta dinamização tem duas vertentes, que julgo ser importante recordar: uma, a elevação do nível do produto turístico incrementando imediatamente as actividades náuticas, que têm uma capacidade de crescimento da ordem dos 100%, isto é, o dobro da actual, e outras actividades individualmente menores mas no conjunto importantes; outra vertente, o incremento das produções agrícola, piscatória e outras de forma a maximizar o valor acrescentado. Há projectos suficientes para iniciar esta dinamização, mas não tem havido a tomada de decisões que são imprescindíveis, para que se tornem em realizações, quer do Governo Central, quer, principalmente,

Assine o

D.R.

dos responsáveis locais, sejam eles privados, autarcas, políticos ou corporativos. Ouvem-se muitos lamentos e chega a dar a impressão que muitos esperam que esta tempestade passe em dois ou três anos e depois volte tudo à mesma, razão pela qual adoptam a posição cómoda da lamentação e da crítica, atirando a responsabilidade da situação actual e da sua solução para outros, sejam eles quem forem,

e, como dizia Eça de Queirós, julgam poder melhorar, comprando uma cautela e acendendo uma vela a um Santo protector. Na verdade, é essencial acreditar que a cultura, i.e., as atitudes consumistas, não produtivas e tantas vezes corruptas que se desenvolveram nas décadas passadas, não são para repetir nem são para esquecer, e têm que ser substituídas por eficiência, seriedade, justiça e

verdadeira equidade. Deixem-se pois de lamentações e exigências inconsistentes e discutam, sim, mas não se fiquem pela conversa, e decidam como iniciar já todas as iniciativas que aumentem a produção de bens e a capacidade do produto turístico que é o Algarve; e assim acabem com o desemprego, com as desigualdades e com a escuridão do desalento que sempre surge nestas situações.

Envie este cupão para:

POSTAL DO ALGARVE - Rua Dr. Silvestre Falcão, nº 13 C, 8800-412 Tavira

(50 Edições) Portugal 30 ¤ I Europa 50 ¤ I Resto Do Mundo 80 ¤

NOME __________________________________________________________________________________________________________________________ DATA DE NASCIMENTO _______ ⁄ ________ ⁄ ____________ MORADA __________________________________________________________________________________________ CÓD. POSTAL _________ - _____ — ________________________________________________ NIF

  

TEL   

 

EMAIL _______________________________________________________ PROFISSÃO ________________________________

AUTORIZAÇÃO DE PAGAMENTO - por débito na conta abaixo indicada, queiram proceder, até nova comunicação, aos pagamentos das subscrições que vos forem apresentadas pelo editor do jornal POSTAL do ALGARVE. Esta assinatura renova-se automaticamente. Qualquer alteração deverá ser-nos comunicada com uma antecedência mínima de 30 dias.

30 ¤

NIB

Assine através de TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA

BANCO _______________________________________________________________________________________________

   

NOME DO TITULAR __________________________________________________________________________

35 ¤

Tiragem desta edição:

8.466 exemplares

OPINIÃO

BALCÃO ______________________________________________

_______________________________________________________________________________ ASSINATURA IDÊNTICA À CONSTANTE NA FICHA DO BANCO DO TITULAR DA CONTA.

Assine através de DINHEIRO, CHEQUE ou VALE POSTAL, à ordem de Postal do Algarve.

NOTA: Os dados recolhidos são processados automaticamente e destinam-se à gestão da sua assinatura e apresentação de novas propostas. O seu fornecimento é facultativo. Nos termos da lei é garantido ao cliente o direito de acesso aos seus dados e respectiva actualização. Caso não pretenda receber outras propostas comerciais, assinale aqui.


última Tiragem desta edição:

8.466 exemplares

ANA acusada de falta de responsabilidade

NÉLSON MONIZ apresenta Diário de Bruma

Ferido do temporal no aeroporto visa a empresa responsável pela infra-estrutura D.R.

O ÚNICO FERIDO GRAVE do desa-

bamento parcial do Aeroporto de Faro, há quatro semanas, acusou a ANA de nunca o ter contactado e de não se ter preocupado com a sua situação, afirmações rejeitadas pela empresa. “A ANA [Aeroportos de Portugal] devia ter mais responsabilidade. Uma vida vale muito e o que aconteceu é que eles não quiseram nem se preocuparam comigo”, disse Anderson de Oliveira, de 26 anos, à Lusa. Classificando de “injusto” o comportamento da empresa, o cidadão brasileiro, funcionário de um café no Aeroporto de Faro, mostra-se convicto de que a ANA “teria agido de outra forma” se o acidentado envolvesse “um passageiro importante” e não “uma pessoa simples”. “Espero ser indemnizado pela empresa”, afirmou, sublinhando que não se encontrava no local de trabalho quando foi atingido por

 A apresentação do livro “Diário de Bruma”, da autoria de Nélson Moniz, está agendada para as 18 horas desta sexta-feira, na Biblioteca Municipal Lídia Jorge, em Albufeira. O seu mais recente trabalho consiste num conjunto de poemas, com prefácio assinado por Manuel Ferreira Patrício, professor da Universidade de Évora. “Diário de Bruma” é a segunda obra completa de Nélson Moniz, autor de “Rompendo Trevas” e um dos escritores da antologia de contos e poesia “Elos e Anelos”.

TURISMO DO ALGARVE apoia The Right Juice

 ANA - Aeroportos de Portugal desmente as acusações destroços do tecto do aeroporto. Em situação de baixa médica pelo menos até ao fim do mês, o jovem tem promessas de que o seu problema esteja coberto pelo seguro de acidentes de trabalho, mas queixa-se de ainda não ter sido contactado para a primeira consulta, apesar da situação aflitiva em que vive.

Confrontada pela Lusa, a ANA - Aeroportos de Portugal desmentiu as acusações e assegurou que a empresa “procurou a todo o momento obter informações”, que obteve, “sobre o estado de saúde do ferido através das entidades de saúde, e do concessionário onde o queixoso trabalha”. Lusa

 O filme The Right Juice ainda em pré-produção será apresentado no início de Dezembro como uma comédia em inglês cheia de personagens algarvias. As filmagens começam na Primavera do próximo ano no Algarve, o único décor desta longa-metragem do realizador dinamarquês Kristjan Knigge. “Esta é uma produção local falada em inglês e esperamos assim chegar aos cinemas mundiais, promovendo o Algarve”, explica o realizador. A película The Right Juice tem o apoio do Turismo do Algarve, contando ainda com as parcerias estabelecidas com as Câmaras de Portimão e de Silves e a Algarve Film Commission. Mais informações em www.therightjuice.net. PUB

FARO

Igreja do Carmo recebe Festival de Órgão O ÓRGÃO E A FLAUTA de bísel

vão apresentar-se numa combinação inédita ao longo das várias edições do Festival de Órgão de Faro, num concerto às 21.30 horas de sábado. Carina Lasch Lind é a organista acompanhada por Pedro Santos na flauta de bísel. Para além dos duetos com as sonatas de Telemann, Bach, Gant e Marcello, haverá ainda espaço para peças a solo no órgão e na flauta de bísel. O V Festival de Órgão – Faro 2011 é organizado pela Asso-

D.R.

ciação Cultural Música XXI, em parceria com o Município de Faro e a Direcção Regional

da Cultura do Algarve. Dada a qualidade das edições anteriores, foi reconhecido este ano o Interesse Cultural da iniciativa pelo secretário de Estado da Cultura. Um evento a não perder para viver um espaço religioso de uma forma um pouco diferente do comum. A música com o som único dos orgãos de tubos para experimentar ou reviver um ambiente raro de intimismo com notas pouco usuais nos dias que correm.

REUTILIZAR

ALGAR promove “Hora da Troca” “HORA DA TROCA” é o nome

da campanha que a ALGAR promove a partir deste sábado e até ao domingo do próximo dia 27, nas escolas da região, e que consiste na troca directa de objectos que já não são utilizados porque deixaram de ser necessários a alguém, mas que estando ainda em condições de bom funcionamento, podem ser utilizados por outras pessoas. A campanha, que se realiza pelo terceiro ano consecutivo

nas escolas do primeiro ao terceiro ciclo, este ano envolveu também a Diocese do Algarve e irá promover a “Hora da Troca” nas igrejas, nomeadamente nos centros paroquiais, nas áreas de catequese. Desta forma, pretende-se contribuir no difícil momento que o país atravessa, oferecendo uma oportunidade a muitas famílias portuguesas que não podem adquirir brinquedos, livros ou Cd’s novos, para receberem ou trocarem objectos

entre si, num Natal que se espera que, com este gesto, chegue mais cedo. Também nas diversas instalações da ALGAR, os trabalhadores da empresa são incentivados a organizarem “Horas da Troca”. A confraternização que o evento proporciona ajuda a reforçar a comunicação entre colegas e a iniciativa da empresa poderá dar o exemplo nas práticas que empresarialmente poderão vir a ser desenvolvidas na região.

Postal18Nov1055  

ANA acusada de falta de responsabilidade » Cruz Vermelha avança com o hospital em Tavira: a promessa é do presidente da delegação de Tavira,...