Issuu on Google+

FAro Polícias lutam contra novos horários > 8 PUB

Director Henrique Dias Freire • Ano XXIII • Edição 1037 • Semanário à quinta-feira • 9 de Junho de 2011 • Preço € 1

EM foco 3 Legislativas 4 faro 8 Portimão 9 vila real, castro marim, alcoutim 10 tavira 11 olhão 13 são brás, loulé 14 Albufeira 15 lagoa, silves, monchique 16 lagos, vila do bispo, aljezur 17 região 18 lazer 19 classificados 20 opinião 22

André Jordan Honoris Causa pela Universidade do Algarve

às Sextas em conjunto com o Público por €1,60

> Senhor de um percurso invejável na área

do turismo e em particular do Golfe e imobiliário, André Jordan é o mais recente Honoris Causa em Turismo da Universidade do Algarve . A mais do que merecida distinção contou com a laudatio de Jorge Sampaio e marca o reconhecimento da obra feita p. 18

dr

Onda laranja no Algarve ajuda Passos Coelho Legislativas: O PSD ganhou no distrito e e em todos os concelhos, com Mendes Bota à cabeça, enquanto o PS perde mais no Algarve do que no todo nacional. O POSTAL traz-lhe todos os resultados, freguesia a freguesia, e mostra quem é quem entre os novos eleitos pela região. Saiba mais sobre o rescaldo eleitoral regional e conheça o novo mapa político regional > 4 a 7 dr

  lAGOA 

dr

Vila Real

 Albufeira

  saúde 

Britânicos Lamb dão música ao Allgarve

Plano Local Câmara aposta de Emprego dá na mobilidade primeiros passos nas escolas

França olha para o Algarve como exemplo

> Mais

> Soluções eficientes e eficazes

> Quem o diz é a responsável

um concerto do programa de promoção turística onde a banda promete momentos únicos p. 16

Turismo Novo campo de golfe em LAgos conta com 27 buracos Um investimento do Grupo Onyria a inaugurar no próximo domingo e que dá outra vida ao Palmares Resort na Meia Praia > 17

para o desemprego é o que a autarquia espera atingir com a nova ferramenta p. 10

> Investimento na mobilidade

dos deficientes nas escolas foi o que Albufeira mostrou no Dia da Criança p. 15

saúde Olhão vive Semana do BeBé com “brincar desde o colo” como tema A aposta na saúde mental é o objectivo de mais uma edição da Semana do Bebé em Olhão. Uma ideia nascida no Brasil e que promete dar frutos por cá > 13

pela área da Saúde na Aquitânia sobre a reforma dos cuidados de saúde primários p. 3 PUB

d.r.

CA

centenário Veja anúncio na pág. 2


PUB

97

9[dj[d|h_e

PARECE QUE FOI ONTEM MAS JÁ PASSARAM &%%ANOS. Foi em &.&& que tudo começou. Ao longo dos últimos &%% Anos caminhámos ao lado de muitos projectos e ambições. Apoiámos famílias, empresas e instituições de solidariedade social. Contribuímos para o desenvolvimento económico-social das comunidades locais. De aldeias a vilas, de vilas a cidades e de geração em geração. Hoje somos um Grupo Financeiro com uma oferta global de produtos e serviços em que os portugueses confiam. ,%% Balcões, mais de )%% mil Associados e mais de 1 milhão de Clientes. Juntos somos cada vez mais, e juntos celebramos '&& Anos de Crédito Agrícola.

Linha Directa .&.(&,&(&

')]dgVhedgY^V!XdbViZcY^bZcideZghdcVa^oVYd YZ'¯V+¯!YVh-](%|h'(](%0 ZH{WVYdh!9db^c\dhZ;Zg^VYdhYVh&%]|h'(]#

www.creditoagricola.pt

PUB

PUB


9 de Junho de 2011  |   

em foco Aquitânia segue de perto reforma dos cuidados primários de saúde Solange Ménival, vice-presidente da região francesa, falou ao POSTAL sobre as virtudes do modelo de cuidados primários de saúde que Portugal está a implementar Para muitos a Aquitânia é uma ilustre desconhecida, mas se falarmos na primeira região agrícola e florestal de França e acrescentarmos que tem como capital Bordéus, tudo fica mais claro. A região do sudoeste da França compreende cinco departamentos, Dordogne, Gironde, Landes, Lot-et-Garonne e Pyrénées-Atlantique e soma mais de três milhões de habitantes e a vice-presidente conselheira regional para a Saúde, Solange Ménival, esteve em visita oficial ao Algarve e ao país, momento que o POSTAL aproveitou para ficar a conhecer melhor a visão da responsável francesa sobre a realidade portuguesa no campo da saúde em geral e dos cuidados primários em particular. d.r.

 Solange Ménival A reforma dos Cuidados de Saúde Primários (CSP) em curso em Portugal esteve no centro das atenções da visita da delegação do Conselho Regional da Aquitânia, encabeçada por Solange Ménival, que tem especiais responsabilidades nas áreas da saúde e território e formação nas áreas da saúde pública e social e é a actual vice-presidente da ENRICH Rede de Regiões Europeias para a Melhoria da Saúde dos Cidadãos e coordenadora do projecto AIR - Intervenção face às Desigualdades nas Regiões financiado pela União Europeia. A responsável francesa sublinhou, durante a sua visita ao Algarve, a importância de

d.r.

reformar os cuidados de saúde primários também em França, seguindo o exemplo português, com o objectivo de “procurar as melhores práticas de saúde” em prol dos vários actores sociais. “Tive conhecimento da reforma dos cuidados primários de saúde em Portugal, através da Administração Regional de Saúde do Algarve, nossa parceira no ENRICH -­ Rede de Regiões Europeias para a Melhoria da Saúde dos Cidadãos – de que Solange Ménival é actualmente vice-presidente -, e quis conhecer melhor como estava a ser posta em prática”, referiu a própria durante a visita às Unidades de Saúde Familiar (USF) Ria Formosa, Farol e AlGharb. A segunda responsável pela rede ENRICH a nível europeu teve oportunidade de conhecer os sistemas de informação de apoio à prestação de cuidados, as novas formas de organização das USFs, o sistema de intersubstituição entre os médicos que marca o modelo das USFs e o funcionamento das consultas médicas e de enfermagem e visitou a Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC) de Faro, para conhecer o trabalho desenvolvido no seio da comunidade, por aquela equipa multiprofissional. Ao longo da visita de dois dias, teve ainda oportunidade de visitar USFs na zona norte do país e “trocar impressões com Vítor Ramos, coordenador da Comissão Estratégica da Reforma dos CSP. Solange Ménival considera o modelo português “muito avançado” relativamente ao sistema em vigor na região de saúde da Aquitânia e mesmo em relação ao francês, constituindo, em diversos aspectos, uma referência a considerar na reflexão e debate que se propõe dinamizar sobre

 A vice-presidente da ENRICH durante a visita às unidades de saúde POSTAL – Veio a Portugal a convite do secretário de Estado Adjunto da Saúde para conhecer a reforma dos cuidados de saúde primários (CSP). O que motivou o seu interesse por este assunto? Solange Ménival – Antes de mais agradeço o convite que me fez o secretário de Estado Adjunto, e aos colegas Rui Lourenço e Eusébio Pacheco da Administração Regional de Saúde do Algarve, que participam no projecto ENRICH em conjunto com a Região da Aquitânia. Este projecto, que tem como objectivo diminuir as desigualdades em saúde, identifica as melhores práticas internacionais em CSP. Tomei conhecimento da reforma de Portugal e quis saber como está a ser posta em prática. Considero que é uma reforma importante para a população, pois permite atender às necessidades de saúde em

sentido alargado, englobando desde a prevenção aos cuidados de primeira linha. É perfeitamente compreensível para as pessoas, que podem facilmente identificar e interagir através desta estratégia com os profissionais de saúde. Também estou muito impressionada com o uso da telemedicina e dos sistemas de informação electrónicos. A sua utilização facilita o trabalho dos enfermeiros e médicos e melhora a qualidade dos cuidados prestados. Teve oportunidade de visitar várias unidades de saúde do Norte e Algarve, de reunir com Vítor Ramos, responsável pela Comissão Estratégica da Reforma. Que resultados obteve destes contactos? Foram-me explicados em detalhe os diferentes modelos de organização dos centros de saúde e como as equipas de profissionais, numa base

voluntária, se organizam. É muito importante para mim perceber que a reforma pode apoiar-se nas iniciativas dos profissionais localmente. É importante para o sucesso dos projectos e para a reforma, que estes modelos tenham a particularidade de promover o trabalho em equipa, o pagamento por desempenho, favorecer os projectos dos profissionais e dar reconhecimento face aos sucessos colectivos. A saúde e a segurança dos pacientes está no centro, no coração dos projectos, isto é muito interessante. Tradicionalmente, o sistema de saúde francês é conhecido por ter uma boa acessibilidade e uma grande satisfação dos utilizadores e da população. Estes pressupostos ainda se aplicam? Sim, o nosso sistema tem, ainda, uma boa acessibilidade, mas é frágil. Vamos ter rapidamente falta de médicos nos próximos

anos. Com a crise económica, as pessoas não podem pagar os cuidados de saúde de que carecem, mesmo que sejam reembolsadas. As pessoas vão aos hospitais ou às consultas de ambulatório onde apenas pagam uma taxa moderadora. Os nossos médicos aposentam-se e os novos médicos preferem trabalhar em grupo, nas “maison de santé” onde são pagos de uma forma diversa do que sucede no serviço público. Nós não temos política de CSP, a maior parte dos médicos pratica medicina liberal, recebe por consulta, sem existir a possibilidade de coordenar a sua organização com os objectivos de saúde pública locais. Oferecer melhores condições de trabalho aos médicos é a chave para atraí-los de volta para aos cuidados de primeira linha. É verdade que algumas regiões de França têm falta de médicos de clínica geral? Em certas zonas rurais, assim como em alguns bairros urbanos, temos falta de clínicos gerais, é constrangedor. Essa é uma das razões porque procuramos aqui em Portugal exemplos de organização onde a França se possa inspirar. Eu penso que nesta área, Portugal tem feito grandes avanços. Quais são as possibilidades que se abrem à cooperação entre a Aquitânia/França e Portugal? Penso que devemos trocar experiências, através da participação em conferências e em visitas. Existem boas experiências nos dois países. Trocar experiências e reflectir em conjunto sobre a forma de melhorar a saúde das populações é fundamental. Os nossos cientistas, os nossos cuidadores e as nossas organizações e empresas devem encontrar-se para melhorar os sistemas de saúde. A região da Aquitânia quer reforçar estes intercâmbios.


4   | | 9 de Junho de 2011  

zzz

DESTAQUE

1 as ‘1 lativ s i g Le

Textos: Ricardo Claro Infografia: POSTAL

RESULTADOS - ALGARVE Resultados comparados 2009-2011

Mendes Bota 56 anos Lic. em Economia Empresário Deputado

Elsa Cordeiro 43 anos Lic. em Gestão Bancária

Pedro Roque 48 anos Lic. em História Professor Líder dos TSD

Paulo Seara de Sá 45 anos Doutorado em Física Professor

Cristóvão Norte 34 anos Lic. em Direito e Economia Chefe de Gabinete do presidente da Câmara de Faro

Artur Rêgo 53 anos Lic. em Direito Advogado Deputado

João Soares 62 anos Lic. em Direito Deputado

Miguel Freitas 50 anos Mestre em Economia Agro-alimentar Professor Deputado

Cecília Honório 49 anos Doutorada em História das Ideia Políticas Professora Deputada

2011

Partidos

2009

Votos

%

Votos

%

74.491 

26,16

52.770 

22,95  46.174 

31,86

64.271 

CDS-PP

12,71 

25.561 

10,71

21.596 

PCP-PEV

8,57 

17.233 

7,75

BE

8,16 

16.414 

15,38

PAN

1,64 

PPD-PSD PS

37,03 

15.638 31.017 

3.304

--

--

MRPP

1,57 

3.155

1,39

2.807

MPT

1,04 

2.084

--

--

MEP

0,54 

1.086

0,47

945

PNR

0,54 

1.078

0,43

877

PPM

0,35 

701

0,45

911

PPV

0,32 

642

0,43

868

POUS

0,14 

274

0,19

383

MPT-PH

-- 

--

0,38

763

MMS

-- 

--

0,29

585

PND

-- 

--

0,43

876

Abstenção, Brancos e nulos - ALGARVE Resultados comparados 2009-2011PPD2011

Votos

% Abstenção

Brancos

As novidades algarvias no Parlamento

Nulos

2009

44,2  159.385

%

Votos

42,4 150.164

3 

6.029

2,30

4.649

1,47 

2.953

1,37

2.754

São três os deputados à Assembleia da República pela primeira vez São três as caras algarvias que entram pela primeira vez no Parlamento e que resultaram das eleições legislativas do passado domingo. Pelo PSD entram Elsa Cordeiro e Cristóvão Norte e pelo PCP Paulo Seara de Sá. Entre os deputados eleitos para esta legislatura, pela primeira vez nove, mais um do que o habitual, novidade é também a presença de Pedro Roque, que lidera os Trabalhadores Social-Democratas (TSD) e que concorreu pela primeira vez pelo círculo de Faro, uma vez que fora eleito na última vez pelo de Setúbal. Quem são é o que muitos dos algarvios se questionam,

quer relativamente a estes, quer em muitos casos relativamente aos restantes deputados, esses bem mais conhecidos, como Miguel Freitas e João Soares do PS, Mendes Bota do PSD, Artur Rêgo do CDS-PP e Cecília Honório do BE, todos repetentes no Parlamento e nalguns casos deputados eleitos em várias legislaturas desde o 25 de Abril.

Quem é quem O POSTAL

traz-lhe o perfil dos novos deputados que, apesar de representarem nos termos da Constituição da República Portuguesa o país, têm a dupla responsabilidade de dar voz aos algarvios e às aspirações regionais numa das

arenas políticas mais importantes a nível nacional e num período particularmente difícil da vida nacional. A integrar o arco do poder com a mais que previsível coligação PSD/CDS-PP estarão Mendes Bota, o decano dos deputados algarvios e um dos mais convictos regionalistas do Algarve e do país, Pedro Roque, o homem que sucedeu nos (TSD) a Arménio Santos, depois deste ter liderado a instituição por mais de 26 anos, Elsa Cordeiro, bancária de profissão e natural de Tavira, com um percurso político feito inteiramente a nível regional, e Cristóvão Norte, o ainda chefe de gabinete de Macário Correia, todos do

PSD. A somar à arcada governativa, como diria o líder Paulo Portas, surge Artur Rêgo, deputado pela segunda vez eleito pelo CDS-PP e advogado de profissão.

Na oposição Na oposição e

já há seis anos afastados desta posição estão João Soares e Miguel Freitas. Depois da retumbante queda do PS nestas eleições escaparam à machada dada nos votos socialistas no Algarve os dois primeiros nomes da lista, o ex-presidente da Câmara de Lisboa, João Soares, e o ainda presidente da distrital socialista (ver notícia da página sete) Miguel Freitas. Na oposição, e desde sem-

pre habituada à tão necessária à democracia condição de contra poder, está Cecília Honório, a militante do BE que repete a eleição pelo círculo do Algarve e que se espera mantenha activa a sua presença assídua na região e a discussão de muitos temas quentes dos dossiers algarvios.

O senhor PCP Novidade ab-

soluta é Paulo Seara de Sá. O PCP regressa ao apertado círculo dos elegíveis na região depois de 20 anos sem conseguir eleger um deputado pelo Algarve. O professor universitário de Física é o novo rosto da foice e martelo no Parlamento onde entrará pela primeira vez nesta legislatura.

Novidades que bastem para que os algarvios possam ver uma das suas maiores ambições ser atingida, terem mais voz no Parlamento. É que diga-se o que se disser, e não obstante o trabalho dos deputados eleitos pela região no Parlamento, a ideia da população ainda é de que o Algarve não marca ou marca menos do que devia, e nem sempre pelas melhores razões, a agenda política de São Bento. A região quer ter voz e merece-a quando atravessa um período tão negro como o actual e para o qual não basta reconhecer o estado de coisas, há que fazer chegar ao Terreiro do Paço e à Assembleia os anseios do Algarve.


5

| 9 de Junho de 2011

ZZZ

Resultados de: Albufeira, Alcoutim, Aljezur, Castro Marim, Faro, Lagoa e Lagos ‘11 vas slati i g e L

Algarve com onda laranja

Conheça de imediato o vencedor em cada concelho e freguesia pelo logótipo do partido

> Como os algarvios votaram em cada

Resultados totais dos concelhos e por freguesia dos cinco partidos com deputados eleitos pela região

Albufeira Total concelho

Partidos

uma das 84 freguesias da região

Votos

%

PPD-PSD 40,77

6.485

PS

19,88

3.162

CDS-PP

13,42

2.135

BE

7,83

1.246

PCP-PEV

7,03

1.118

Abstenção: 46,96% (14.083) Brancos e nulos: 4,32% (688)

Faro São Pedro

Partidos

Votos

%

Partidos

Votos

%

Alcoutim Martim Longo

Albufeira Paderne

Partidos

Votos

%

Partidos

Votos

%

Aljezur Aljezur

Partidos

Votos

%

Castro Marim Total concelho

Partidos

%

29,67

305

PS

23,19

1.699

PPD-PSD 28,21

290

CDS-PP

13,31

975

CDS-PP

12,65

130

PCP-PEV

8,61

631

BE

10,31

106

BE

8,57

628

PCP-PEV

8,66

89

23,48

7.535

PS

23,70

3.715

PS

19,67

648

12,78

4.101

CDS-PP

12,56

1.968

CDS-PP

15,14

499

7,10

237

PCP-PEV

8,83

2.833

PCP-PEV

8,77

1.375

BE

7,25

239

6,29

210

BE

8,30

2.664

BE

8,64

1.354

PCP-PEV

7.19

237

PPD-PSD 39,22

PS

19,88

3.162

PS

21,79

327

PS

27,87

187

PS

24,25

293

PS

29,85

CDS-PP

13,42

2.135

CDS-PP

13,46

202

CDS-PP

8,79

59

CDS-PP

11.26

136

CDS-PP

9,25

BE

7,83

1.246

BE

8,13

122

PCP-PEV

4,62

31

PCP-PEV 10,76

130

PCP-PEV

PCP-PEV

7,03

1.118

PCP-PEV

7,20

108

BE

2,09

14

BE

BE

Partidos

Votos

%

PPD-PSD 42,13

3.542

PS

18,85

1.585

CDS-PP

13,48

1.133

7,76

652

BE PCP-PEV

7,67

645

Alcoutim Pereiro

Partidos

Partidos

Votos

%

Votos

%

Partidos

%

PPD-PSD 36,11

710

PS

37,93

55

PS

23,93

39

PS

28,82

287

PS

26,45

520

PCP-PEV

6,90

10

PCP-PEV 15,34

25

CDS-PP

10,34

103

CDS-PP

12,31

242

CDS-PP

4,14

6

CDS-PP

18

BE

6,33

63

8,29

163

1,38

2

MRPP

11,04 5,52

Abstenção: 53,03% (184) Brancos e nulos: 5,52% (9)

Alcoutim Vaqueiros

Partidos

%

9

Votos

PCP-PEV

%

Votos

Partidos

%

44,75

132

PS

22,76

112

PPD-PSD 52,12

PS

21,73

587

PS

35

629

PPD-PSD 34,24

101

PCP-PEV 21,54

106

PS

CDS-PP

13,99

378

CDS-PP

7,40

133

CDS-PP

8,47

25

PPD-PSD 20,53

101

CDS-PP

BE

8,77

237

PCP-PEV

5,62

101

BE

3,39

10

CDS-PP

PCP-PEV

6,33

171

BE

2,06

37

PCP-PEV

1,69

5

Partidos

%

Votos

Abstenção: 48,52% (278) Brancos e nulos: 3,73% (11)

Partidos

Votos

%

PPD-PSD 43,30

724

PPD-PSD 39,66

213

PS

20,93

350

PS

37,62

202

CDS-PP

13,16

220

PCP-PEV

7,45

40

BE

6,22

104

CDS-PP

6,33

34

PCP-PEV

5,38

90

BE

2,05

11

Abstenção: 41,80% (1.201) Brancos e nulos: 4,13% (69)

Abstenção: 37,34% (320) Brancos e nulos: 2,98% (16)

%

Votos

Partidos

%

Votos

Aljezur Total concelho

Partidos

%

Votos

PPD-PSD 43,08

700

PPD-PSD 39,60

59

PPD-PSD 28,09

688

PS

19,26

313

PS

35,57

53

PS

25,03

613

CDS-PP

12,43

202

PCP-PEV 10,07

15

PCP-PEV 12,98

318

BE

8,06

131

CDS-PP

6,04

9

CDS-PP

11,31

277

PCP-PEV

6,40

104

PCTP/

2,01

3

BE

7,19

176

Abstenção: 44,46% (1.301) Brancos e nulos: 4,31% (70)

Abstenção: 42,25% (109) Brancos e nulos: 4,02% (6)

Abstenção: 41,98% (1.772) Brancos e nulos: 6,25% (153)

172

PPD-PSD 36,16

3.767

231

8,70

155

PCP-PEV

Lagoa Porches

Partidos

%

Votos

PPD-PSD 44,51

373

PS

21,66

2.256

PS

16,59

139

215

CDS-PP

14,19

1.478

CDS-PP

15,99

134

PCP-

8,02

132

BE

9,27

966

BE

6,68

56

BE

8,02

132

PCP-PEV

7,79

812

PCP-PEV

5,01

42

Abstenção: 35,29 (180) Brancos e nulos: 5,45% (18)

Abstenção: 43,55% (1.269) Brancos e nulos: 4,8% (79)

%

Votos

Abstenção: 41,14% (7.282) Brancos e nulos: 3,78% (394)

Lagoa Carvoeiro

Faro Montenegro

Castro Marim Castro Marim

Partidos

%

PPD-PSD 39,25

PPD-PSD 23,21

136

PS

29,43

468

PS

20,75

Votos

Partidos

Votos

%

PPD-PSD 40,86

436

771

PS

18,84

201

1.458

10,92

64

CDS-PP

8,74

139

CDS-PP

13,73

510

CDS-PP

17,06

182

9,73

57

PCP-PEV

8,49

135

BE

8,40

312

BE

7,78

83

BE

7,99

127

PCP-PEV

6,35

236

PCP-PEV

5,06

54

Abstenção: 37,6% (2.239) Brancos e nulos: 5,2% (193)

Abstenção: 43,44 (1.221) Brancos e nulos: 3,97% (63)

%

Votos

Partidos

%

Votos

Abstenção: 46,42% (726) Brancos e nulos: 3,82% (32)

Bloco de Esquerda perde mais no Algarve do que no país. Na região, o BE desce para os 8,16% e perde 47,98% do seu eleitorado de 2009, no país perdeu 35,42%

Abstenção: 46,03% (910) Brancos e nulos: 2,43% (26)

Faro Santa Bárbara de Nexe

Castro Marim Odeleite

Partidos

240

12,97

410

9

PS

13,48

CDS-PP

13,07

2.73

PSD ganhou 21.721 votos no Algarve face a 2009. O PS perdeu 18.097 eleitores e o Bloco de Esquerda deixou fugir 14.603 votantes

BE

24,92

BE

45

387

CDS-PP

35

7,68

552

21,73

PS

595

BE

Votos

%

570

PPD-PSD 37,42

PCP-PEV

Partidos

34,65

169

CDS-PP

Votos

PS

Lagoa Total concelho

PPD-

28,84

PS

Votos

%

33

7,11

Partidos

%

Partidos

PPD-PSD 30,99

Abstenção: 40,03% (1.189) Brancos e nulos: 4,21% (75)

Faro Estoi

Partidos

Lagoa Parchal

75 13

Votos

121

Abstenção: 41,9% (2.376) Brancos e nulos: 4,16% (137)

10 3,94

%

6,15

PS perde mais no Algarve do que no país, 8,95% contra 8,51%. O partido de Sócrates ficouse pelos 22, 95% na região, bem menos do que os 28,05% nacionais

1.323

22,73

PCP-PEV

Aljezur Rogil

Partidos

Votos

59

Abstenção: 35,46% (322) Brancos e nulos: 6,83% (40)

Alcoutim Giões

Albufeira Olhos de Água

Partidos

Abstenção no Algarve subiu para 44,2%, mais 1,8% do que em 2009. No país a abstenção ficou nos 41,09% contra os 39,46% registados em 2009

BE

Abstenção: 41,22% (10.992) Brancos e nulos: 4,31% (676)

Abstenção: 44,34% (1.566) Brancos e nulos: 5,24% (103)

11,99

Abstenção: 37,48% (295) Brancos e nulos: 6,31% (31)

PCP-PEV

Castro Marim Azinhal

PS

PCP-PEV

61

Abstenção: 43,79 (776) Brancos e nulos: 4,02% (40)

Aljezur Odeceixe

Partidos

6,12

773

Alcoutim Alcoutim

Votos

395

PPD-PSD 43,02

Albufeira Guia

%

PPD-PSD 39,66

970

Abstenção: 39,98% (1.197) Brancos e nulos: 3,4% (61)

Partidos

51

PPD-PSD 35,91

Abstenção: 40,23% (1.818) Brancos e nulos: 6.33% (171)

Votos

PPD-PSD 31,29

Alcoutim Total concelho

Partidos

Votos

%

Faro Conceição

Castro Marim Altura

61

Abstenção: 41,53% (103) Brancos e nulos: 5,52% (8)

Albufeira Ferreiras

Partidos

Abstenção: 41,59% (22.851) Brancos e nulos: 4,54% (1.456)

PPD-PSD 42,07

MPT

Abstenção: 50,4% (8.544) Brancos e nulos: 3,58% (301)

Votos

%

1.310

Abstenção: 43,4% (2.561) Brancos e nulos: 4,17 (139)

Aljezur Bordeira

Votos

CDS-PP

400

PSD ganha todos os concelhos do Algarve e soma 37,03%, o partido cresceu na região mais do que no país, respectivamente 10,87% e 9,54%

%

PS

PPD-PSD 33,11

Albufeira Albufeira

Partidos

309

339

Abstenção: 44,56% (971) Brancos e nulos: 6,04% (73)

Votos

%

997

PPD-PSD 50,52

Abstenção: 36,58% (387) Brancos e nulos: 2,98% (20)

Partidos

PPD-PSD 40,15

549

Abstenção: 44,82% (1.219) Brancos e nulos: 5,13% (77)

Lagoa Lagoa

Faro Sé

5.768

PPD-PSD 36,58

Abstenção: 46,96% (14.083) Brancos e nulos: 4,32% (688)

Abstenção: 40,47% (699) Brancos e nulos: 3,21% (33)

PPD-PSD 36,80

6.485

89

Votos

%

Votos

PS

Faro Total concelho

Partidos

%

2.642

PPD-PSD 36,53 11.720

PPD-PSD 40,77

7,37

Votos

Partidos

PPD-PSD 36,06

Abstenção: 42,9% (5.504) Brancos e nulos: 4,54% (332)

Albufeira Total concelho

Lagoa Ferragudo

Lagoa Estômbar

Partidos

%

Votos

Lagos Total concelho

Partidos

%

Votos

39,39

167

PPD-PSD 32,44

572

PPD-PSD 32,93

793

PPD-PSD 32,03

4.140

PPD-PSD 34,91

148

PS

23,82

420

PS

23,92

576

PS

24,32

3.143

PCP-PEV 16,79

296

CDS-PP

12,54

302

CDS-PP

12,34

1.595

10,83

191

BE

10,05

242

PCP-PEV

9,95

1.286

6,64

117

PCP-PEV

9,76

235

BE

9,47

1.224

CDS-PP

8,02

34

PCP-PEV

6,60

28

CDS-PP

BE

2,59

11

BE

Abstenção: 47,52 (384) Brancos e nulos: 4,25% (18)

Abstenção: 42,08% (1.281) Brancos e nulos: 4,15% (73)

Abstenção: 36,46 (1.382) Brancos e nulos: 3,78% (91)

Abstenção: 44,66% (9.617) Brancos e nulos: 5,04% (651)


6

| 9 de Junho de 2011

ZZZ

Resultados de: Lagos, Loulé, Monchique, Olhão, Portimão, S. B. Alportel, Silves e Tavira ‘11 vas slati i g e L

Lagos Barão de São João

Partidos PS

Votos

%

Loulé Total concelho

Partidos

%

Votos

Loulé Quarteira

Partidos

Votos

%

Monchique Total concelho

Partidos

%

28,84

92

PPD-PSD 43,93 12.906

PPD-PSD 46,19

3.805

PPD-PSD 39,43

PPD-PSD 27,27

87

PS

20,56

6.039

PS

18,58

1.531

PS

CDS-PP

10,97

35

CDS-PP

12,74

3.742

CDS-PP

14,04

1.157

PCP-PEV 10,03

32

BE

6,78

1.992

BE

7,56

BE

24

PCP-PEV

5,73

1.682

PCP-PEV

4,67

7,52

Abstenção: 37,33% (190) Brancos e nulos: 7,52% (24)

Abstenção: 46,45% (25.487) Brancos e nulos: 4,79% (1.407)

Lagos Bensafrim

Partidos

Votos

%

PPD-PSD 29,04

196

PS

Partidos

%

PPD-PSD

42,1

1.526

PS

Votos

%

Partidos

PPD-PSD 31,84

221

23

5.906

PS

23,34

1.148

PS

27,23

189

14,29

3.668

PCP-PEV 13,52

665

PCP-PEV 16,57

115

381

PS

PCP-PEV

9,29

337

PCP-PEV 12,26

160

CDS-PP

623

CDS-PP

7,88

286

CDS-PP

10,11

132

BE

9,63

2.473

CDS-PP

7,65

376

385

BE

7,11

258

BE

8,97

117

PCP-PEV

7,80

2.003

BE

5,96

29

Votos

Abstenção: 45,35% (1.083) Brancos e nulos: 3,3% (43)

Monchique Alferce

Partidos

207

PPD-PSD PS

%

Votos

40

100

Votos

1.917

29,20

PPD-PSD 47,48

%

PPD-PSD 38,98

PS

Abstenção: 32,77% (1.769) Brancos e nulos: 5,35% (194)

Partidos

9.040

Abstenção: 41,89% (18.506) Brancos e nulos: 4,05% (1.039)

Abstenção: 43,43% (12.881) Brancos e nulos: 4,74% (796)

Portimão Alvor

Silves Alcantarilha

Olhão Moncarapacho

Partidos

%

PPD-PSD 40,77

Votos 1.284

Partidos

%

Votos

Partidos

Votos

%

CDS-PP

7,35

51

BE

4,61

32

Abstenção: 44,21% (550) Brancos e nulos: 5,34% (37)

Silves Silves

Partidos

%

Votos

PPD-PSD 31,52

809

PPD-PSD 36,49

408

PPD-PSD 29,03

1.528

PS

23,85

104

28,80

72

PS

20,32

640

PS

24,97

641

PS

28,53

319

PS

21,11

1.111

CDS-PP

5,73

25

CDS-PP

7,60

19

CDS-PP

13,97

440

CDS-PP

12,19

313

CDS-PP

11,09

124

PCP-PEV 16,70

879

PCP-PEV

6,07

220

BE

5,28

23

BE

5,60

14

PCP-PEV

7,56

238

BE

11,02

283

PCP-PEV

7,33

82

CDS-PP

11,25

592

BE

5,27

191

PCP-PEV

4,13

18

PCP-PEV

4,80

12

BE

6,45

203

PCP-PEV

9,74

250

BE

5,81

65

BE

9,39

494

CDS-PP

9,48

64

BE

8,15

55

Abstenção: 48,65% (3.434) Brancos e nulos: 4,83% (175)

Lagos Luz

Abstenção: 33,13% (216) Brancos e nulos: 8,63% (35)

Loulé Alte

Partidos

%

Votos

Abstenção: 35,06% (135) Brancos e nulos: 6% (15)

%

Votos

Partidos

%

Votos

Abstenção: 40,92% (1.778) Brancos e nulos: 3,74% (96)

Partidos

%

Votos

Abstenção: 42,55% (828) Brancos e nulos: 3,93% (44)

Portimão Mexilhoeira Grande

Olhão Olhão

Monchique Marmelete

Loulé Salir

Partidos

Abstenção: 44,15% (2.489) Brancos e nulos: 4,73% (149)

Partidos

%

Votos

Abstenção: 42,48% (3.887) Brancos e nulos: 5,28% (278)

Silves Algoz

Partidos

Votos

%

28,95

313

PPD-PSD 38,17

384

PPD-PSD 43,19

637

PPD-PSD 52,35

256

PPD-PSD 33,03

2.097

PS

30,97

608

PPD-PSD 38,27

PPD-PSD 28,49

308

PS

26,84

270

PS

24,47

361

PS

21,06

103

PS

23,39

1.485

PPD-PSD 24,55

482

PS

15.55

CDS-PP

PS

Votos

%

PPD-PSD 35,21

523

CDS-PP

Votos

Partidos

399

801

72

%

Votos

22,1

196

Partidos

%

%

Silves S. M. da Serra

PPD-PSD 30,57

870

Loulé Querença

Partidos

Partidos

Silves Total concelho

14,43

29,04

PCP-PEV 10,67

Abstenção: 40,21% (454) Brancos e nulos: 4,74% (32)

Votos

1.431

Portimão Total concelho

23,97

Abstenção: 50,89% (8.536) Brancos e nulos: 3,69% (304)

Loulé Almancil

Votos

Olhão Fuseta

607

Silves Tunes

Partidos

%

Votos

PPD-PSD 29,78

310

1.849

PS

24,40

254

14,52

157

CDS-PP

8,65

87

CDS-PP

9,29

137

CDS-PP

8,79

43

CDS-PP

13,51

858

CDS-PP

12,68

249

CDS-PP

14.92

1.774

CDS-PP

11,14

116

BE

8,60

93

PCP-PEV

8,15

82

PCP-PEV

6,92

102

PCTP-

3,27

16

BE

9,64

612

BE

10,09

198

BE

5.91

703

BE

10,76

112

PCP-PEV

7,31

79

BE

6,26

63

BE

4,88

72

PCP-PEV

3,27

16

PCP-PEV

9,37

595

PCP-PEV

8,30

163

PCP-PEV

4.18

497

PCP-PEV 10,09

105

Abstenção: 47,11% (963) Brancos e nulos: 4,53% (49)

Abstenção: 44,57% (809) Brancos e nulos: 4,57% (46)

Lagos Odiáxere

Partidos

%

Votos

PPD-PSD 30,15

376

PS

25,98

Abstenção: 45,19% (1.216) Brancos e nulos: 5,49% (81)

Loulé Ameixial

Partidos

%

Votos

Abstenção: 36,66% (283) Brancos e nulos: 5,52% (27)

Loulé São Clemente

Partidos

%

Votos

Monchique Monchique

Partidos

%

PPD-PSD 45,13

139

PPD-PSD 39,44

3.012

PPD-PSD 37,20

324

PS

35,71

110

PS

20,77

1.586

PS

24,05

PCP-PEV 13,23

165

CDS-PP

9,74

30

CDS-PP

12,60

962

PCP-PEV 10,69

CDS-PP

11,79

147

PCP-PEV

2,60

8

BE

8,89

679

BE

7,22

90

BE

1,95

6

PCP-PEV

7,16

547

CDS-PP

BE

Abstenção: 42,48% (921) Brancos e nulos: 4,65% (58)

Abstenção: 41,11% (215) Brancos e nulos: 3,24% (10)

Lagos Santa Maria de Lagos

Partidos

%

PPD-PSD 39,23

Votos 1.374

Abstenção: 44,35% (6.085) Brancos e nulos: 5,28% (403)

Loulé Benafim

Partidos

%

Votos

Loulé São Sebastião

Partidos

%

PPD-PSD 46,39

270

PPD-PSD 48,82

Votos 1.617

PS

21,16

741

PS

23,71

138

PS

18,63

617

CDS-PP

13,42

470

CDS-PP

11,17

65

CDS-PP

11,32

375

BE

8,85

310

PCP-PEV

7,04

41

BE

5,92

196

PCP-PEV

6,97

244

BE

3,44

20

PCP-PEV

4.68

155

Abstenção: 40,23% (2.357) Brancos e nulos: 5,17% (181)

Abstenção: 40,67% (399) Brancos e nulos: 2,93% (17)

Lagos São Sebastião de Lagos

Partidos

%

Votos

Partidos

%

PPD-PSD 29,49

1.799

PPD-PSD 47,48

PS

24,21

1.477

PS

17,62

CDS-PP

11,83

722

CDS-PP

PCP-PEV 11,38

694 652

BE

Abstenção: 43,68% (4.732) Brancos e nulos: 5,04% (307)

Votos

Votos

%

Votos

PS

21,25

313

CDS-PP

12,70

187

8,03

232

PCP-PEV 11,95

176

7,75

224

BE

157

PCP -PEV tem a maior votação por concelho em Vila Real de Santo António. Paulo Seara de Sá soma 14,68% naquele concelho

10,66

Olhão Total concelho

Partidos

%

Votos 6.389

405

PS

25,11

116

PS

22,44

4.178

14,49

333

CDS-PP

10,39

48

CDS-PP

13,73

2.556

BE

4,48

103

PCP-PEV

5,41

25

PCP-PEV

9,49

1.766

PCP-PEV

4,31

99

BE

3,46

16

BE

9,03

1.682

Abstenção: 49,08% (17.947) Brancos e nulos: 4,12% (766)

Abstenção: 35,79% (1.094) Brancos e nulos: 5,51% (108)

A maior vitória por concelhos do PSD registou-se em Alcoutim com 43,02%, exactamente o mesmo concelho onde o PS teve maior expressão percentual 35%

Abstenção: 42,91% (1.107) Brancos e nulos: 4,89% (72)

Partidos

%

Votos

Abstenção: 39,09% (1.018) Brancos e nulos: 4,86% (77)

Silves Armação de Pêra

Partidos

%

Votos

PPD-PSD 43,77

896

PS

20,96

429

CDS-PP

13,63

279

PCP-PEV

6,74

138

BE

6,35

130

Abstenção: 43,61% (805) Brancos e nulos: 6,15% (64)

CDS-PP e Bloco de Esquerda atingem a maior percentagem na região no mesmo concelho, Portimão, com 14,29% 39,63% e respectivamente

Abstenção: 48,97% (1.964) Brancos e nulos: 3,08% (63)

Olhão Quelfes

S. B. de Alportel S. B. de Alportel

Partidos

%

Votos

Silves Pêra

Partidos

%

Votos

Tavira Total concelho

Partidos

%

Votos

PPD-PSD 33,67

2.135

PPD-PSD 38,98

1.917

PPD-PSD 40,92

417

PPD-PSD 37,03 74.491

PS

21,43

1.359

PS

23,34

1.148

PS

20,61

210

PS

22,95 46.174

CDS-PP

14,81

939

CDS-PP

13,52

665

CDS-PP

11,97

122

CDS-PP

12,71 25.561

PCP-PEV

9,41

597

PCP-PEV

7,65

376

PCP-PEV

9,81

100

PCP-PEV

8.57 17.233

BE

9,35

593

BE

5,96

293

BE

8,24

84

BE

8,16 16.414

Abstenção: 50,47% (6.462) Brancos e nulos: 3,96% (251)

PPD-PSD 34,32

Abstenção: 42,03% (335) Brancos e nulos: 4,33% (20)

Votos

309

218

Abstenção: 40,09% (1.538) Brancos e nulos: 6,40% (147)

%

695

Abstenção: 31,86% (1.351) Brancos e nulos: 5,26% (152)

Loulé Tôr

Partidos

Partidos

474

PPD-PSD 47,19

1.091

Olhão Pechão

PPD-PSD 32,18

1.075

Abstenção: 44,95% (2.704) Brancos e nulos: 5,1% (169)

Loulé Boliqueime

Abstenção: 51,74% (6.806) Brancos e nulos: 3,95% (251)

O PCP-PEV sobe 0,52% no total regional, mais do que na contagem nacional onde ganhou apenas 0,06%. A coligação ganha um deputado no Algarve pela primeira vez em 20 anos

Abstenção: 43,96% (3.858) Brancos e nulos: 4,78% (235)

O Bloco de Esquerda é quem mais perde nas eleições a nível regional e nacional. Um tombo que no Algarve só é salvo pela manutenção da deputada eleita, Cecília Honório

Abstenção: 43,45% (783) Brancos e nulos: 3,04% (31)

Abstenção: 44,20% (159.385) Brancos e nulos: 4,47%

Silves S. B. Messines

Partidos

%

PPD-PSD 32,22 PS

Votos 1.293

Tavira Cabanas

Partidos

%

Votos

PPD-PSD 28,89

141

23,20

931

PS

28,07

137

PCP-PEV 13,51

542

BE

14,96

73

CDS-PP

11,19

449

CDS-PP

11,48

56

7,40

297

PCP-PEV

5,74

28

BE

Abstenção: 43,15% (3.046) Brancos e nulos: 5,03% (202)

Abstenção: 47,64% (444) Brancos e nulos: 5,74% (28)


9 de Junho de 2011  |    9 de Junho de 2011 | 7

ZZZ

Resultados de: Tavira, Vila do Bispo e Vila Real de Santo António ‘11 vas slati Legi

Tavira Cachopo

Partidos PS

Votos

%

Tavira Santa Maria

Partidos

%

48,64

214

PPD-PSD 38,51

PPD-PSD 30,68

135

PS

23,58

Votos

Partidos

%

Votos

652

872

PS

33,98

70

PS

27,81

492

13,52

500

CDS-PP

5,83

12

PCP-PEV

9,95

176

PPD-PSD

CDS-PP

9,21

163

BE

PS

7,07

125

CDS-PP

PCP-PEV

3,86

17

BE

6,92

256

BE

4,85

10

BE

2,05

9

PCP-PEV

6,46

239

PCP-PEV

4,37

9

PS

%

Abstenção: 46,27% (3.185) Brancos e nulos: 5,25% (194)

Votos

Abstenção: 35,62% (114) Brancos e nulos: 4,37% (9)

Tavira Santo Estevão

Partidos

2011

Votos

PPD-PSD 36,86

31

Partidos

%

86

7,05

Tavira Conceição

Partidos

PPD-PSD 41,75

1.424

CDS-PP

Abstenção: 45,61% (369) Brancos e nulos: 4,55% (20)

RESULTADOS - NACIONAIS * Resultados comparados 2009-2011

VRSA Vila Nova de Cacela

Vila do Bispo Raposeira

%

Votos

Abstenção: 45,05% (1.450) Brancos e nulos: 4,30% (76)

%

Votos

Partidos

%

78

73  36,56 2.068.560

96

CDS-PP

11,74 652.278

24  10,46 591.938

21

PCP-PEV

7,94 440.863

16 

7,88 557.091

16

BE

5,19 288.118

8

9,85 446.172

8

225

PPD-PSD 31,82

196

PPD-PSD 34,55

285

PPD-PSD 32,03

1.709

193

PS

30,19

186

PS

25,45

210

PS

24,03

1.282

CDS-PP

10,23

63

CDS-PP

15,27

126

PCP-PEV 15,27

815

10,44

557

Abstenção

9,80

523

Brancos

70

PCP-PEV

9,97

65

PCP-PEV

9,25

57

PCP-PEV

7,27

60

BE

BE

6,44

42

BE

6,98

43

BE

5,33

44

CDS-PP

Abstenção: 49,46% (638) Brancos e nulos: 2,3% (15)

Abstenção: 37,71% (373) Brancos e nulos: 3,9% (24)

Tavira Luz

Partidos PS

%

Votos

36,19

603

PPD-PSD 24,37

406

CDS-PP

14,89

248

6,84

114

PCP-PEV BE

6,54

Abstenção: 47,25% (739) Brancos e nulos: 4,73% (39)

O CDS-PP de Paulo Portas elege pela região Artur Rêgo. Soma mais 2% do que em 2009 e fala em consolidação do eleitorado

109

Abstenção: 43,53% (1.284) Brancos e nulos: 5,28% (88)

%

Votos

Vila do Bispo Total concelho

Partidos

%

Votos

PPD-PSD 44,06

412

PPD-PSD 32,93

761

PS

22,14

207

PS

28,52

659

CDS-PP

11,23

105

CDS-PP

11,86

274

5,88

55

BE PCP-

4,17

39

Abstenção: 39,21% (603) Brancos e nulos: 7,06% (66)

PCP-PEV BE

Partidos

%

%

Votos 177

PS

26,10

131

PCP-PEV 11,55

58

BE

9,56

48

CDS-PP

7,37

37

Votos 1.258

8,70 7,18

201 166

O deputado mais novo eleito pelo Algarve é Cristóvão Norte (PSD) com 34 anos. O deputado com mais experiência é Mendes Bota, cabeça-de-lista do mesmo partido

Abstenção: 43,40% 1.772) Brancos e nulos: 4,67% (108)

Tavira Santiago

PPD-PSD 39,57

Partidos

PPD-PSD 35,26

Abstenção: 40,45% (341) Brancos e nulos: 4,90% (22)

Tavira Sta. Catarina da Fte. do Bispo

Partidos

Vila do Bispo Vila do Bispo

Vila do Bispo Barão S. Miguel

Partidos PS

%

Votos

VRSA Total concelho

Partidos

%

Votos

31,45

50

PPD-PSD 32,87

2.806

PS

22,65

720

PPD-PSD 24,53

39

PS

25,08

2.141

CDS-PP

14,16

450

PCP-PEV 13,21

21

PCP-PEV 14,68

1.253

BE

7,39

235

CDS-PP

9,43

15

CDS-PP

9,51

812

PCP-PEV

6,51

207

BE

6,29

10

BE

9,44

806

Abstenção: 41,74% (2.278) Brancos e nulos: 4,28% (136)

Abstenção: 37,15% (94) Brancos e nulos: 10,07% (16)

Tavira Santa Luzia

Partidos

%

Votos

Abstenção: 48,58% (8.064) Brancos e nulos: 3,37% (288)

Vila do Bispo Budens

Partidos

%

Votos

VRSA Monte Gordo

Partidos

PPD-PSD 32,11

237

PPD-PSD 30,69

190

PS

29,27

216

PS

29,40

182

CDS-PP

10,98

81

CDS-PP

13,57

84

PCP-PEV 10,16

75

BE

8,72

54

CDS-PP

BE

59

PCP-PEV

8,56

53

7,99

Abstenção: 43,32% (564) Brancos e nulos: 4,88% (36)

Abstenção: 43,88% (484) Brancos e nulos: 3,55% (22)

%

Votos

PPD-PSD 31,10

445

PS

25,65

367

PCP-PEV 18,31

262

BE

8,81 8,67

126 124

Abstenção: 55% (1.749) Brancos e nulos: 2,24% (32)

38,63 2.145.780 28,05

Abstenção, Brancos e nulos - Nacionais * Resultados comparados 2009-2011PPD-

Votos

34,51 10,74

Votos Assentos

%

1.557.931

PPD-PSD 29,60 CDS-PP

Votos Assentos

%

105  29,09 1.646.071

VRSA Vila Real de Sto. António

Vila do Bispo Sagres

Partidos

Partidos

2009

2011

Votos

%

Abstenção: 47,69% (4.865) Brancos e nulos: 3,37% (180)

Nulos

2009 %

41,09  3.874.443

Votos

39,46 3.688.820

3 

148.076

1,75

98.991

1,47 

75.281

1,31

74.273

* Resultados provisórios, faltam apurar os círculos eleitorais do estrangeiro , que decidem 4 mandatos. Estão ainda por apurar 27 mesas de voto

Resultados e reacções no Algarve

d.r.

A voz dos deputados Das eleições de domingo saiu um novo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, e um novo mapa político onde apenas três distritos a nível nacional ficaram nas mãos do PS. A nível nacional, no entanto, mais do que José Sócrates e o PS perderam Francisco Louçã e o Bloco de Esquerda (BE). É que os bloquistas desceram 4,66% na votação e perderam 158.054 votos, 35,42% do seu eleitorado de 2009. Mas se a nível nacional o BE perdeu 35,42% do seu eleitorado, no Algarve – apesar de manter a eleição de um deputado, ao contrário de outros distritos onde perdeu assentos no Parlamento – o Bloco perdeu 47,08%, passando de 31.071 para 16.414 votos. Um trambolhão de 7,22 em percentagem de votos face ao universo de votantes, com o resultado de 15,38% registado em 2009 a cair para os 8,16% em 2011. Só mesmo a manutenção do lugar para acalmar as hostes de um BE trucidado no Algarve. Na região, o PSD cresce 10,87% para os 37,03% e o PS cai 8,95% e com isto os

laranjas elegem quatro deputados e os rosas perdem um. Menores variações no CDS-PP e PCP-PEV. Os seguidores de Paulo Portas sobem 2% na região (de 10,71% para 12,71%) e os comunistas e verdes coligados sobem 0,52%, de 7,75% em 2009, para 8,57% em 2011. Mas pouco que tenham subido na região o PCP-PEV ganhou mais do que todos os restantes partidos no Algarve, elegeu pela primeira vez em 20 anos um deputado pelo círculo de Faro.

PS perdeu por causas nacionais e regionais Para

Miguel Freitas, líder regional do PS, “a derrota na região teve causas nacionais e regionais directas”. “Em termos de política nacional fomos penalizados pelas medidas de austeridade impopulares”, afirma o líder dos socialistas regionais, que, no entanto, destaca a nível regional como causas da derrota, “a situação excepcionalmente grave do desemprego na região e a introdução de portagens na Via do Infante”. “As portagens penalizaram-nos

 Mendes Bota considera resultado obtido pelo PSD histórico particularmente no voto à esquerda e configuraram uma quebra de um compromisso do PS com os algarvios”, reconhece Miguel Freitas, que aceita a derrota “com humildade”. O deputado do PCP-PEV, Paulo Seara de Sá confessa a “óptima” sensação da eleição ao fim de 20 anos e diz que “resulta de um trabalho longo e árduo de acompanhamento da população”. Para o novo deputado algarvio o PCP-PEV estará agora em melhores condições de apoiar a voz do Algarve no Parlamento do que anteriormente. De acordo com o líder regional do CDS-PP, Francisco Paulino, a votação no Algarve “confirma a consolidação

do eleitorado do partido”, com a subida de 2%, mas o responsável confessa que “esperava uma maior amplitude de crescimento nestas eleições”. No PSD o POSTAL ouviu o novo deputado Cristóvão Norte, que aos 34 anos diz que a eleição foi “uma emoção indescritível” para quem “sempre ambicionou representar os algarvios no Parlamento”. Já o cabeça-de-lista do PSD na região afirma que, “o resultado obtido pelo PSD no Algarve é histórico. Foi a primeira vez que o PSD venceu as eleições no Algarve, com um cabeça de lista algarvio, e fê-lo de forma indiscutível vencendo em todos os municípios”.


    |  9 de Junho de 2011

faro

Vila Real procura soluções para a crise pág. 10

Polícias lutam contra novos horários Agentes recorrem à baixa médica como forma de contestação Elementos policiais da es-

quadra da PSP de Faro recorreram à baixa médica, férias e assistência à família para protestar contra o novo regime de horários, mas o comandante Vítor Rodrigues garantiu, no passado sábado, que o serviço estava assegurado. Dos 37 elementos policiais da 1.ª Esquadra Sede da PSP de Faro, “a maioria meteu baixa, assistência à família ou dias de férias como forma de protesto contra os horários propostos pela Direcção Nacional da PSP”, disse o presidente do Sindicato dos Profissionais da Polícia (SPP), António Ramos, à Lusa. Entrevistado telefonicamente, o intendente Vítor Rodrigues, responsável pelo Comando de Faro, garantiu que “o serviço está assegurado por elementos da esquadra” e que “não há elementos de outras esquadras a tapar buracos”. Adiantou que “no Comando as coisas estão pacíficas. Não há um protesto generalizado e a maioria dos agentes não se

d.r.

revêem nesta posição de protesto”, afirmou o intendente. No grupo da noite de sábado deveriam estar sete elementos da 1ª esquadra a trabalhar, mas um dos elementos está de férias, outro meteu assistência à família e dois de baixa médica, ficando três a trabalhar. O intendente Vítor Rodrigues disponibilizou-se para o diálogo de novas propostas: “sempre se falou e estou aberto ao diálogo”.

Horários não permitem conciliar vida profissional com familiar Um dos elementos

policiais da esquadra de Faro que aderiu ao protesto, mas que prefere reservar a identidade, contou à Lusa: “os horários que nos são propostos não permitem conciliar a vida profissional com a familiar. Estão a obrigar-nos a trabalhar oito dias seguidos e a descansar dois e só temos um fim-desemana de quatro em quatro meses”. A acção de protesto da PSP de Faro começou na passada

 Protesto teve como objectivo estabelecer um diálogo mais proveitoso com a cadeia hierárquica sexta-feira às 14 horas e prolongou-se pelo fim-de-semana das eleições legislativas, com o

objectivo de “permitir estabelecer um diálogo mais proveitoso com a cadeia hierárqui-

ca”, contou à Lusa um outro agente da PSP, que também prefere não ser identificado,

mas que aderiu à acção de protesto. No final de Maio passado, os polícias manifestaram-se em Lisboa contra o novo estatuto profissional, protesto que uniu pela primeira vez em 20 anos as nove estruturas sindicais da PSP. O atraso de colocação nos escalões remuneratórios ou a facto de faltarem viaturas para trabalhar, por haver meios avariados ou com falta de irem à inspecção, são outras das críticas levantadas. No passado sábado houve uma operação nacional de fiscalização e o intendente Vítor Rodrigues reiterou que o serviço estava assegurado. O protesto de agentes da PSP de Faro foi marcado após uma convocatória afixada num ‘placard’ da esquadra de Faro com o título “reunião de chá”. Dessa reunião foi decidido avançar para um protesto recorrendo a baixas médicas, à semelhança dos agentes da PSP de Braga. CCM

Criação do FOCON na base das críticas do sindicato do sector

Bombeiros voltam a pôr Macário debaixo de fogo d.r.

A Força Operacional Con-

junta (FOCON) de bombeiros de Faro levou à “quase extinção dos voluntários” e continua “a funcionar ilegalmente com civis a comandarem municipais”, denunciou o Sindicato Nacional dos Bombeiros Profissionais (SNBP). O presidente da Câmara de Faro, Macário Correia, que criou a FOCON há cerca de ano e meio, faz, todavia, um “balanço positivo” do funcionamento da FOCON e afirma que a junção entre os bombeiros municipais e voluntários da cidade trouxe “vantagens logísticas, operacionais e económicas”. O presidente do SNBP, Sérgio Carvalho, relembra, no entanto, que nas recentes inundações em Faro foi dado um alerta do corpo de bom-

beiros da FOCON para que os bombeiros comparecessem ao serviço, mas só apareceram municipais. “Voluntários não compareceu nenhum, porque não tinham disponibilidade”, criticou aquele sindicalista. O representante sindical refere que “ao serviço diário, comparecem um ou dois bombeiros voluntários, quando aparecem”, e adianta que o quartel da corporação “está vazio” e a instituição está “praticamente extinta”. “Isto reforça o que o sindicato sempre disse: a câmara acabaria com os bombeiros voluntários e com uma instituição centenária”, lamentou.

Problema ao nível das chefias Sérgio Carvalho disse  Os bombeiros durante a manifestação contra a FOCON em 2010

ainda que, em Faro, “continua a existir um grave problema ao

nível das chefias directas dos piquetes, porque há bombeiros voluntários nos quartéis dos bombeiros municipais a chefiá-los”. “Ou seja, temos pessoas civis a dar ordens a bombeiros que são funcionários públicos e têm um regime disciplinar e administrativo totalmente diferente, o que consideramos ser ilegal e vamos apresentar uma queixa à Inspecção-Geral da Administração Local (IGAL) sobre essa situação”, acrescentou. Confrontado pela Lusa com as críticas do SNBP, Macário Correia afirmou que nunca comentou comentários de Sindicatos e que, “no caso em apreço, os Tribunais não deram qualquer razão ao que eles disseram. Portanto não há qualquer ilegalidade”, acresMHC centou o autarca.


9 de Junho de 2011  |  

Santos populares anunciam o Verão

Marchas saem à rua em Junho Junho é mês de Santos Po-

pulares e, cumprindo a tradição, pelo 13º ano consecutivo diferentes locais do município de Portimão vão receber nas noites de 9, 10, 18, 23 e 25 de Junho, a partir das 2.30 horas, as Marchas

dos Santos Populares, que levam para a rua arcos, balões, manjericos, música e muita animação. O primeiro desfile vai ter lugar na Zona Ribeirinha de Portimão, esta quinta-feira, seguindo-se, sexta-feira, dia 10, a

filipe da palam

Zona Comercial da cidade, no dia 18 a Zona Ribeirinha de Alvor, e no dia 23 o Polidesportivo da Figueira, enquanto a Marcha Final terá lugar a 25 de Junho na Praça 1º de Maio, em frente aos Paços do Concelho de Portimão.

As Marchas dos Santos Populares, organizadas pela Câmara, resultam da mobilização de centenas de pessoas das três freguesias de Portimão naquela que é cada vez mais uma iniciativa que marca a agenda da cidade.

portimão

Jorge Correia apresenta novo romance pág. 11

Alvor recebe encontros finais

Escola Activa combate excesso de peso filipe da palma

Salão picante abre portas no Portimão Arena Salão erótico chega à cidade do Arade no próximo fim-de-semana d.r.

Com o Verão à porta e as

 Projecto visa melhorar a actividade física e desportiva dos alunos

O Estádio da Restinga, em

Alvor, está a ser palco, desde a passada quinta-feira e até esta quinta-feira, dos Encontros Finais Desportivos da Escola Activa, que envolvem cerca de 2.550 crianças do pré-escolar e do primeiro ciclo do município de Portimão. O projecto “Escola Activa” visa melhorar a actividade física e desportiva dos alunos, sensibilizando a comunidade educativa para a problemática do sedentarismo infantil. Integrado no Programa Contra a Obesidade Infantil

na Região do Algarve, este projecto tem por objectivo principal contrariar a tendência do aumento de peso, que na região algarvia afecta 30% da população entre os sete e os nove anos. Culminando o ano escolar 2010/2011, o programa das passadas quinta e sexta-feira no Estádio da Restinga destinou-se aos alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico do município de Portimão, enquanto hoje, quinta-feira, é a vez das crianças que frequentam o Pré-Escolar.

Transportes inauguram horário de Verão  Os horários de Verão do Vai e Vem – Circuito Urbano de Portimão entraram em vigor na quarta-feira da passada semana, prolongando-se até ao próximo dia 14 de Setembro, contemplando ainda algumas alterações e uma nova linha, procurando melhor servir os muitos turistas que nesta altura do ano procuram o município. Entre as inovações, a L1 Azul passa a ter um novo par de paragens na Rua da Pedra, próximo do Colégio do Rio,

sendo desactivada a paragem do Alto da Boavista, localizada no sentido nascente-poente e que até aqui servia as linhas L5 Violeta e L15 Água. Entram também em vigor novos horários, nomeadamente nas linhas L2 Verde, L2N Verde, Linha L11 Grená, L16 Oliva, e linha L18N Luar. Está também em funcionamento até dia 14 de Setembro a nova linha L18 Praia, entre a Marina de Portimão e a Praia de Alvor.

férias de muitos portugueses a chegarem, o Salão Erótico transfere-se de Lisboa para o Algarve e promete uma das edições mais “quentes” de sempre em Portugal. Entre esta quinta-feira e domingo, o Salão Erótico do Algarve leva a Portimão mais de 80 artistas e 600 espetáculos ininterruptos em seis palcos, contando ainda com duas áreas temáticas e muitas atividades lúdicas. O Salão Erótico decidiu ir de férias com os portugueses e promete para o Algarve o evento mais “erótico” jamais realizado em Portugal, com o selo de qualidade da organização do Festival Internacional de Cinema Erótico de Barcelona (FICEB).

Aniversariantes são convidados especiais Para come-

morar esta viagem até ao sul, foi lançada a campanha “A Tua Primeira Vez”, a qual oferece 25% de desconto na entrada a todos os que completem 18 anos até quinta-feira. Durante quatro dias o Salão Erótico do Algarve leva até ao Portimão Arena o melhor do entretenimento para adultos, com a presença dos mais conceituados artistas nacionais e internacionais, e as mais recentes novidades em produtos e artigos portugueses e estrangeiros. É a última oportunidade em 2011 de participar num evento erótico em Portugal. A polémica Andreia Leal, ex-concorrente da Casa dos Segredos, assume as funções de porta-voz desta edi-

 Salão erótico promete uma das edições mais “quentes” de sempre ção. Para além de Portugal, o evento vai contar com artistas de Espanha, República Checa, Suécia, Brasil e Rússia, entre outros países, o que destaca a sua dimensão internacional. Claudia Claire, Jully Caldas, Elisse Fire, Magnolia Pradise, Sandra Sanchéz, Romina, Marko e Jordi são alguns dos 80 artistas confirmados. A actriz portuguesa Erica Fontes e o melhor actor da Europa, Rob Diesel, serão os protagonistas de um filme a realizar no Estúdio X. Neste espaço, um dos que maior curiosidade desperta no público nacional, será possível assistir aos deta-

lhes da produção de um filme para adultos.

Sadismo, masoquismo e troca de casais Para os amantes

do Bondage, Disciplina, Sadismo e Masoquismo, todos os limites serão desafiados na área BDSM pela dominadora Ama Monika, um dos nomes mais importantes na área. Por outro lado, os casais que procuram novas formas de viver a sua sexualidade poderão conhecer todos os detalhes sobre o Swing numa área completamente dedicada à troca de pares. Podem ainda ser encontrados diversos espaços privados com diferentes

espectáculos, de que é exemplo a lap dance, e uma área dedicada à arte erótica espanhola com a exposição de grandes artistas do país vizinho. Vai decorrer um inquérito sobre sexualidade conduzido pela sexóloga Vânia Beliz e inúmeros passatempos e concursos, entre os quais o “Kamasutra Express” e o “Conheces o teu par?”, a realizar nos palcos do recinto e que darão direito a prémios muito eróticos. Através do website www. salaoeroticodoalgarve.com, os portugueses vão poder eleger as personalidades mais sexy do Algarve.


10    |  9 de Junho de 2011

vila real castro marim alcoutim

Saúde Pública alerta para os perigos do sol pág. 12

Vila Real procura soluções para a crise

d.r.

Plano Local de Emprego quer eficácia Vila Real de Santo António assistiu na passada segundafeira à primeira reunião sobre o Plano Local de Emprego, que juntou diversas entidades locais e regionais, com vista ao início da actividade e apoio por parte da autarquia e do IEFP, aos desempregados do concelho. O plano surge no seguimento do acordo assinado no passado dia 13 de Maio, Dia do Município, entre a autarquia e o IEFP (Instituto de Emprego e Formação

Profissional), com o objectivo de ajudar quem se encontra em situação de desemprego a criar formas de facilitar a procura e posterior integração no mercado de trabalho. Muitas famílias encontramse no desemprego ou com durações de períodos de emprego cada vez mais reduzidas. Pretende-se com esta união de esforços, entre o município e o Instituto de Emprego e Formação Profissional local, alcançar soluções mais eficientes e favoráveis à

reintegração dos munícipes desempregados, com vista a combater o desemprego e dinamizar o mercado de trabalho.

Respostas concretas O plano

pretende implementar acções concretas que visem a melhoria das condições do mercado de emprego no concelho, nomeadamente o estímulo ao empreendedorismo, incentivar o recurso ao microcrédito para a criação de pequenos negócios, a criação de emprego pelas em-

 Plano pretende implementar acções que visem a melhoria das condições do mercado de emprego presas locais, entre outras. A autarquia, em conjunto com o IEFP, vai tentar criar uma estratégia de relançamento do mercado de emprego. Integrada neste plano está também a assinatura de um protocolo com a DECO,

que tem como objectivo criar um espaço municipal de apoio e esclarecimento ao sobreendividado, onde seja fornecida informação inerente a esta temática, e com o intuito de criar um futuro espaço municipal.

Este espaço pretende ajudar o consumidor ao nível da assistência necessária aos processos de sobreendividamento, assim como ajudar na negociação dos encargos/créditos de acordo com os requisitos de actuação definidos pela DECO.

pub

Serviço de Finanças de TAVIRA-1139

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO GERAL DOS IMPOSTOS - DGCI JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

1ª Publicação

Anúncio Venda e Convocação de Credores

Identificação do(s) Bem(ns): N.º da Venda: 1139.2011.20 - Lote de terreno destinado a construção urbana, denominado por lote 11-B, sito em Quinta da Gomeira - Urbanização Quinta Velha - Cabanas de Tavira, da freguesia de Cabanas do Concelho de Tavira, com a área de 112,50 m2. Confronta de Norte de com lote 11-A, Sul com o lote 12-A e Nascente e Poente com arruamento. Inscrito na matriz predial com o artigo urbano 859 e descrito na Conservatória do Registo Predial sob o nº 59/19980617. Teor do Edital: Maria Suzel Gonçalves Nobre Andrez, Chefe de Finanças do Serviço de Finanças TAVIRA-1139, sito em RUA AMÁLIA RODRIGUES 4, TAVIRA, faz saber que irá proceder à venda por meio de propostas em carta fechada, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), do bem acima melhor identificado, penhorado ao executado infra indicado, para pagamento de divida constante em processo(s) de execução fiscal. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) MARIA JOÃO PINTO COELHO, residente em PAÇO DE ARCOS, que deverá mostrar aquele bem a qualquer potencial interessado (249.º/6 CPPT), entre as 09:00 horas do dia 2011-06-15 e as 16:00 horas do dia 2011-09-14 O valor base da venda (250.º CPPT) é de m 17.332,00. As propostas deverão ser enviadas via Internet, mediante acesso ao “Portal das Finanças”, em www.portaldasfinancas.gov.pt na opção “Venda de bens penhorados” ou entregues neste Serviço de Finanças, em carta fechada dirigida ao Chefe do Serviço de Finanças, mencionando o número da venda no envelope e na respectiva proposta, indicando nesta última, nome, morada e número de identificação fiscal do proponente. O prazo para recepção de propostas termina às 11:00 horas do dia 2011-09-15 procedendo-se à sua abertura pelas 11:00 horas do dia 201109-15, na presença do Chefe do Serviço de Finanças (253.º/a CPPT). Não serão consideradas as propostas de valor inferior ao valor base da venda (250.º/c CPPT). Se o preço mais elevado, com o limite mínimo do valor base para venda, for oferecido por mais de um proponente, abre-se licitação entre eles, salvo se declararem que pretendem adquirir o(s) bem(ns) em compropriedade (253.º/b CPPT). Estando presente só um dos proponentes do maior preço, pode esse cobrir a proposta dos outros, caso contrário proceder-se-á a sorteio (253.º/c CPPT). A totalidade do preço deverá ser depositada, à ordem do órgão de execução fiscal, no prazo de 15 dias, contados do termo do prazo de entrega das propostas, mediante guia a solicitar junto do órgão de execução fiscal, sob pena das sanções previstas na lei do processo civil (256.º/e CPPT e 898.º Código de Processo Civil - CPC). No caso do montante superior a 500 unidades de conta, e mediante requerimento fundamentado, entregue no prazo de 5 dias, contados do termo do prazo de entrega de propostas, poderá ser autorizado o depósito, no prazo mencionado no parágrafo anterior, de apenas a uma parte do preço, não inferior a um terço, e o restante em até 8 meses (256.º/f CPPT). A venda pode ainda estar sujeita ao pagamento dos impostos que se mostrem devidos, nomeadamente o Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis, o Imposto do Selo, o Imposto Sobre o Valor Acrescentado ou outros. Mais, correm anúncios e éditos de 20 dias (239º/2 e 242º/1 CPPT), contados da 2.ª publicação (242º/2), citando os credores desconhecidos e os sucessores dos credores preferentes para reclamarem, no prazo de 15 dias, contados da data da citação, o pagamento dos seus créditos que gozem de garantia real, sobre o bem penhorado acima indicado (240º/CPPT). Identificação do Executado : N.º de Processo de Execução Fiscal: 1139201001023250 NIF/NIPC: 505431378 Nome: ALDEIA DA FORTALEZA URBANISMO E IMOBILIÁRIA LDA Morada: RUA 25 DE ABRIL, Nº. 1 - TAVIRA – TAVIRA O Chefe de Finanças: Maria Suzel Gonçalves Nobre Andrez 2011-06-03 (POSTAL do ALGARVE, nº 1037, de 9 de Junho de 2011)

Jornadas Empresariais do Baixo Guadiana

Empresários convidados a formar associação supraconcelhia No âmbito da estratégia de eficiência colectiva PROVERE “Âncoras do Guadiana”, a ODIANA – Associação de Desenvolvimento do Baixo Guadiana, organiza, no próximo dia 21, em Alcoutim, as Jornadas Empresariais do Baixo Guadiana. O encontro pretende apresentar às diversas empresas do território, que inclu os concelhos de Alcoutim, Castro Marim, Vila Real de Santo António e Mértola, informação e esclarecimentos relacionados com a criação e incentivos às empresas da região. Numa perspectiva reflectiva, mas também interventiva, pretende-se abordar a cultura e associativismo empresarial no ambiente actual de crise, tal como discutir as necessidades do território e as metas para o tecido empresarial como dinamizador e incubador de desenvolvimento do Algarve.

Estão para já confirmadas presenças de entidades como a Direcção Regional de Economia do Algarve, a CCDR, IAPMEI, ANJE e NERA, entre outras. Estima-se também a participação de um vasto conjunto de empresários do território. O grande propósito deste encontro, é que o mesmo seja uma plataforma de debate, da qual possam surgir as primeiras linhas de orientação para a criação da associação empresarial no território do Baixo Guadiana. A meta, para o final do encontro, é a constituição de uma Comissão de Instalação da Associação Empresarial do Baixo Guadiana. As Jornadas Empresariais do Baixo Guadiana são promovidas pela ODIANA, com a colaboração das associações Alcance e ATBG de Alcoutim e ADPM de Mértola.

Caracol é rei em Castro Marim

 Numa realização da autarquia local, o Revelim de Santo António acolhe o Festival Internacional do Caracol, a decorrer de sexta-feira a domingo, na vila de Castro Marim. Ao longo de três dias, milhares de visitantes vão tomar de assalto a Colina do Revelim de Santo António, para saborear os melhores caracóis confeccionados no Algarve, no país, mas também por chefes de cozinha espanhóis, franceses, italianos e marroquinos, que vão surpreender com novas receitas deste apreciado petisco. Nas tasquinhas, o visitante além dos caracóis e da cerveja, poderá deliciar-se ainda, com o melhor da doçaria regional, desde as tradicionais filhós, até ao dom Rodrigo, passando pela torta de alfarroba tão característica da nossa região.


9 de Junho de 2010 |

11

EM CERIMÓNIA NO VILA GALÉ ALBACORA

Tavira distingue pescadores NO ÂMBITO das comemorações do Dia Nacional do Pescador, o município de Tavira organiza, a partir das 18 horas de sábado, no Hotel Vila Galé Albacora, uma homenagem

aos homens que dedicam a sua vida às lides marítimas. A iniciativa contempla diversos momentos, nomeadamente, a celebração de uma missa, na capela do hotel,

pelas 19 horas, a realização de um jantar, pelas 20 horas, e encerra com um programa musical com os fadistas Suzel Caetano, Lurdes Caetano e Idalécio Santos, acompa-

nhados à guitarra por Miguel Drago e à viola por Virgílio Lança. No decorrer desta celebração vão ser distinguidos quatro pescadores das freguesias

esta data com o intuito de enaltecer a profissão e reconhecer a importância que este sector representa na economia local, regional e nacional.

TAVIRA

Olhão convida a brincar desde o colo pág. 13

OPORTUNIDADE

Moda Tavira procura modelos TAVIRA PREPARA-SE para assistir a mais uma edição do evento “ Moda Tavira”, no próxi mo dia 22 de Junho, pelas 22 horas, na Praça da República. Para que a iniciativa alcance o sucesso dos anos anteriores, a Associação Baixa de Tavira realiza um casting destinado a jovens, entre os 15 e os 26 anos. Os seleccionados vão ter a possibilidade de desfilar junto de manequins consagrados, como Joana Teles e Valter Carvalho.

de Cabanas, Luz, Santiago e Santa Luzia, como forma de reconhecimento e valorização pela sua dedicação ao mar. A autarquia tavirense assinala, há mais de dez anos,

Os interessados devem efectuar as suas inscrições na Associação Baixa de Tavira, situada na Rua Dom Marcelino Franco, nº 4, 1ºandar, Edifício André Pilarte. Para mais informações deverá ser contactada a organização, através do telefone 281 320 591 ou do endereço electrónico baixadetavira@gmail.com. A iniciativa, promovida pela Associação Baixa de Tavira, é co-financiada pelo Programa Operacional Regional do Algarve (PO Algarve 21). PUB

Jorge Correia apresenta novo romance “História romanesca de três alunas universitárias” é o título do livro Geraldo de Jesus geraldoj.postal@gmail.com

NA BIBLIOTECA MUNICIPAL Álvaro de Campos foi apresentado o novo romance, da autoria de Jorge Correia - médico e antigo presidente da Câmara local -, cuja receita foi oferecida à Conferência de São Vicente de Paula (Vicentinas). O romance, que conduz o leitor, através do seu personagem principal Zé Cortês, nascido em Séquaburgo, pequeno povoado próximo de Gilãoburgo, por uma viagem de amores e desamores, em que a amizade e o amor pelo próximo têm um papel fundamental, foi apresentado por Ana Matias, coordenadora da Biblioteca da Escola Secun-

GERALDO DE JESUS

dária, da qual Jorge Correia é patrono, que realçou “ser autor pode trazer-nos muitos louros, benefícios monetários, mas que Jorge Correia, escreve porque gosta, por prazer, para dar”.

UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA NÃO É UTOPIA Para Ana Matias

as personagens e a relação destas com o meio, presentes na obra, “são pontos que irão despertar o gosto por ler”, acrescentando que “a ideia é a de veicular uma sociedade mais justa e mais progressista do que aquela em que vivemos”. “Ao longo da obra há um apelo à valorização da experiência, à união de esforços e ao respeito pela liberdade. Ao respeito pelo mérito individu-

 Jorge Correia ofereceu produto da obra a instituição de solidariedade al, pelos haveres de cada um e também pelos direitos à saúde, educação e justiça”, afirma Ana Matias, que questionando-se sobre se este perfil de sociedade será uma utopia diz PUB

ter encontrado uma resposta no autor, “para aquele que escreve para dar, para aquele que apela que pensemos nos outros, como Jorge Correia, não é, não pode ser utopia”. O autor, falou sobre a obra, “vinda de conhecimentos pessoais, de histórias contadas entre amigos, nunca escritas”, da sua experiência pessoal, e finalizou emocionado, “sou um homem simples, é nisso que eu tenho gosto”. Conceição José, presidente das Vicentinas, referiu que o amor fraterno, como é o caso do do autor com a oferta das receitas do livro, vai ajudar a resolver alguns problemas de famílias que passam dificuldades, quantas vezes numa pobreza envergonhada. “Todos os dias novas famílias nos batem à porta. Neste voluntariado, quantas vezes batemos a uma porta que se fecha, mas abre-se uma janela e este sentimento de amor pelos outros nem sempre é fácil, mas para Jorge Correia é-o”, destacou.


12    |  9 de Junho de 2011

Tavira Gran-Plaza

Formação

Burro Parade dá largas à imaginação O Tavira Gran-Plaza rece-

be nos corredores do centro comercial, até ao próximo dia 19, a exposição Burro Parade, uma iniciativa que visa assinalar o segundo aniversário do Centro.

Trata-se de uma exposição/ instalação com 24 burros de madeira decorados pelos alunos do Agrupamento Vertical de Escolas D. Manuel I, do préescolar até ao segundo ciclo do ensino básico.

d.r.

O voluntariado e a partici-

 Exposição mostra 24 burros de madeira decorados pelos alunos

tavira

nitário de Santa Luzia. A formação vai ser orientada por Edmar da Silva, coordenador do Banco do Voluntariado Âncora Senior. O preço de participação é de sete euros para sócios e dez euros para não sócios.

Instalação retrata Regimento de Infantaria 1

Paula Ferro conta a “História Viva de um Quartel”

geraldo de jesus

 Crianças ficaram a saber os cuidados que devem ter para se protegerem dos malefícios do sol “Tentamos passar um conceito que contribua para uma vida saudável e eles, ao chegarem a casa, levam a mensagem aos pais”, diz Natália Perestrelo que vê nesta estratégia uma forma de espalhar a mensagem.

A importância das crianças Para a profissional de enfermagem, estas crianças são de uma faixa em que se adequarmos a linguagem daquilo que pretendemos transmitir, eles captam com muita facilidade onde queremos chegar. “Vão chegar a casa e dizer que tiveram um dia diferente. Vão relatar tudo. Estas coisas vão ficar”, diz, certa de que “da próxima vez que saírem com os pais vão chamar-lhes a atenção para o que falta”. “É isso que pretendemos, que levem a mensagem aos pais”, reforça, adiantando que “ escolhemos esta época

geraldo de jesus

Geraldo de Jesus geraldoj.postal@gmail.com

Acção de sensibilização visou infantário

Aproveitando o Dia Mundial do Ambiente, a Unidade de Saúde Pública do Sotavento promoveu uma acção no Infantário Girassol, em Santa Luzia, tendo por finalidade prevenir o risco relativamente à exposição excessiva ao sol. Ao POSTAL, a enfermeira Natália Perestrelo disse que o objectivo da acção é “informar os alunos relativamente aos cuidados a ter”. “Oferecemoslhes uma camisola, um chapéu e uma mochilinha com uma peça de fruta e água, o que faz parte de uma alimentação saudável, e ensinamos as crianças a aplicar protector, recordando que não é só necessário quando vão à praia, mas também num passeio pela marginal, como o que fizemos”, destaca a técnica responsável pela iniciativa de sensibilização.

pação do voluntário em instituições é o tema central de uma formação a decorrer nos próximos dias 15 e 16, das 10 às 13 e das 14 às 17 horas, na sede da Âncora – Associação Centro Comu-

Camionistas celebram em Loulé pág. 14

Saúde Pública alerta para os perigos do sol

Geraldo de Jesus geraldoj.postal@gmail.com

Âncora ensina voluntariado

porque eles vão começar a entrar de férias e vão exporse ao sol”. A organização da iniciativa pretende alargá-la a outros infantários, tendo em vista a promoção e a prevenção da saúde, uma das funções da Unidade de Saúde Pública. “Vamos tentando chegar a um número de público cada vez maior. A nossa actividade não se confina às instalações. Por isso é que estamos a trabalhar na comunidade. Temos de vir para a rua falar com os meninos, organizando este tipo de actividades”, afirma a enfermeira. Carla Sousa, educadora de infância, disse ao POSTAL que para as crianças foi muito gratificante este tipo de actividade. “É muito positivo porque assim aprendem coisas novas, convivem com pessoas diferentes e dá-se um alargamento da comunidade”.

A artista plástica Paula Ferro inaugurou uma nova exposição no Regimento de Infantaria 1, em Tavira, integrada no projecto “Tavira Ilimitada, Movimento contra a Xenofobia e o Racismo”. Ao POSTAL, Paula Ferro afirmou que o projecto é parte de uma vivência artística que está a fazer, através de uma parceria da Min-Arifa, da AAPA e RI 1, que é integrada nos 215 anos da instalação do Quartel da Atalaia, em Tavira. “Essa vivência artística vai exactamente no sentido de criar uma história viva do Quartel”, diz a artista, que revela que “o que fui fazendo, desde Janeiro, foi reunir a parte “artística” em registo de imagens, através da fotografia, e fazendo entrevistas a várias pessoas convidadas do RI 1. Ao longo deste tempo”. “Este é um trabalho conjunto, não sou só eu que estou a fazer isto. A parte artística sim. A parte da compilação das fotografias no vídeo é de Sara Ferreira, que terminou o curso de Artes Visuais há dois anos. É ela que está a tratar dessa área”,

 Exposição de Paula Ferro é fruto de vivência artística no quartel diz Paula Ferro”. Paula Ferro retratou ao POSTAL a vivência e as facilidades de entrada e saída no Quartel, que, afirma, “não teria sido possível em anos anteriores”. “Esta instituição tem regras próprias que se man-

têm, temos de aprendê-las e respeitá-las”, diz a artista, mas destaca que “talvez por uma visão mais aberta deste comandante, homem ligado à cultura desde muito novo, o quartel está mais aberto, mantendo, contudo, o rigor”.

Protecção em caso de catástrofe

Aprovado Plano Municipal de Emergência de Tavira A Comissão Nacional de Protecção Civil (CNPC) apreciou e aprovou, em reunião que decorreu na Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), no dia 31 de Maio, o Plano Especial de Emergência para o Risco Sísmico e de Tsunamis do Algarve, bem como o Plano Municipal de Emergência de Tavira. Além de Tavira foram aprovados, também, os planos de Aguiar da Beira, Alvaiázere e Penela e 15 Planos de Emer-

gência Externos ao abrigo da Directiva “SEVESO” (relativa à prevenção de acidentes graves envolvendo substâncias perigosas) e os Planos Especiais de Emergência de Protecção Civil para Acidentes Rodoviários e Acidentes Ferroviários do distrito de Castelo Branco. De acordo com a Lei de Bases de Protecção Civil, a Comissão Nacional de Protecção Civil é o órgão de coordenação em matéria de protecção civil e inte-

gra os delegados dos ministros responsáveis pelos sectores da defesa, justiça, ambiente, economia, agricultura e florestas, obras públicas, transportes, comunicações, segurança social, saúde e investigação científica; os representantes da Associação Nacional de Municípios Portugueses, da Associação Nacional de Freguesias, da Liga dos Bombeiros Portugueses e da Associação Nacional dos Bombeiros Profissionais.


9 de Junho de 2011  |   13

Moncarapacho

12º Rock na Ribeira

Junho animado na Casa do Povo Os Santos Populares são o mote de iniciativas de animação do mês de Junho, na Casa do Povo, em Moncarapacho, para além dos já habituais chás dançantes. Os chás dançantes decorrem

d.r.

Pechão marca agenda do rock na região A Fonte Velha , em Pechão, é palco, a partir das 22 horas desta quinta-feira, da 13ª edição do Rock na Ribeira. Na edição deste ano da festa do rock naquela freguesia olhanense, sobem ao palco as ban-

no dia 12, com o Duo Miragem, dia 19, com Fernando Amores, e dia 26, com Jorge Miguel. Nos Santos Populares, há bailes e sardinhadas, às 21 horas dos dias 12 e 23, e muita

animação musical.

Olhão convida a brincar desde o colo d.r.

 Iniciativa procura envolver a comunidade nas actividades dedicadas ao bebé

Olhão recebe até ao próximo

domingo a terceira edição da Semana do bebé de Olhão, numa iniciativa organizada pelo Grupo de Apoio à Saúde Mental Infantil (GASMI) da Unidade Funcional de Olhão (ACES Central) da ARS Algarve IP e pela Câmara de Olhão. O tema da edição deste ano é “Brincar desde o colinho”, sendo a apresentadora de televisão Rita Ferro Rodrigues a madrinha convidada para a iniciativa a que o POSTAL já dedicou, no passado ano, especial atenção num trabalho de reportagem publicado na rubrica “Destaque”. O projecto de prevenção primária dirigido à comunidade, a “3ª Semana do Bebé de Olhão”, procura envolver todas as pessoas nas actividades desta semana inteiramente dedicada

ao bebé, sensibilizando para uma parentalidade mais responsável promotora da saúde mental na primeira infância. Um trabalho fundamental, uma vez que os programas comunitários de prevenção são o meio mais eficaz e barato para diminuir a prevalência das perturbações psiquiátricas das populações.

Brincar é fundamental Esta

edição procura chamar a atenção para o brincar enquanto forma de comportamento humano, que, mais do que uma “ferramenta”, é condição essencial para o desenvolvimento da criança. Entre as várias actividades a dinamizar no concelho de Olhão, o destaque vai para a organização de uma Feira com actividades dirigidas aos

das Migna Mala e Supra Heat Surrenders e ainda os franceses Arsia. Razões de sobra para ir até à catedral do rock por estes dias, Pechão, ali mesmo junto à ribeira.

olhão

Câmara investe na acessibilidade das escolas pág. 15

Brincadeira para promover a saúde mental é o tema da terceira Semana do Bebé

d.r.

bebés (de quinta-feira a domingo), um passeio-convívio de bebés e famílias (sábado), um seminário técnico sobre o tema (quinta-feira), um desfile de moda de bebés e famílias (quinta-feira) e vários concursos, nomeadamente de trabalhos escolares, montras e fotografia. Realizada à imagem da “Semana do Bebé de Canela”, no Rio Grande do Sul, Brasil, onde o projecto é realizado todos os anos desde 1999, o Projecto da Semana do Bebé de Olhão foi seleccionado em 2009 entre os 19 melhores projectos candidatos ao Prémio de Boas Práticas em Saúde, para apresentação no Encontro “Equidade, Efectividade e Eficiência em Saúde – 3ª Edição Prémio de Boas Práticas NOVARTIS ONCOLOGY/APDH” em Beja.

Música

Feira do Solstício na Ecoteca

Pedro Viola leva fado ao auditório

 A Ecoteca de Olhão, nos Pinheiros de Marim, recebe entre as 11 e as 18 horas do próximo dia 18, um sábado, a Feira do Solstício de Verão. A feira vai apresentar artesanato e diversas actividades, algumas das quais com entrada livre, como uma palestra sobre as vantagens de uma dieta vegetariana, com Ruth Roma, a partir das 11 horas. A partir das 10 horas, tem lugar a oficina MúsicA’brincar, com preço de inscrição de 12 euros, incluindo um adulto e uma criança. As inscrições podem ser feitas pelo endereço electrónico musicabrincar@gmail.com. Vai ter ainda lugar um almoço partilhado que pode ser feito em forno solar.

Chefes mostram habilidades no Mercado d.r.

d.r.

 Pedro Viola vai interpretar conhecidos temas do fado

Pedro Viola apresenta em

Olhão, sua terra natal, uma homenagem aos fadistas e ao fado, a partir das 21.30 horas do próximo sábado. No palco do Auditório Municipal vai interpretar temas conhecidos de todos, como Alma do Povo, Canoas do Tejo, Senhor Vinho ou Fado Marialva. Após 17 anos de carreira e de ter ganho a “Grande Noite do Fado de Lisboa 2006”, Pedro Viola, nascido na freguesia de Moncarapacho, tem levado a canção

nacional através das suas interpretações, aos quatro cantos do país e também além-fronteiras. Junta-se agora com sua irmã, Teresa Viola, e um grupo de amigos num espectáculo único, que está a percorrer Portugal Continental e Ilhas (Açores e Madeira), numa fórmula que pretende homenagear, sem imitar, os grandes nomes de intérpretes, autores e músicos que se entregaram a esta canção única e portuguesa que se chama fado.

Escola Secundária de Olhão

 Numa iniciativa integrada no programa Allgarve, os Mercados Municipais de Olhão recebem, na próxima sexta-feira e no sábado, das 10 às 12 horas, um Show Cooking com a presença de dois reconhecidos chefes dos Hotéis Real, Fernando Fonseca, e Altis Belém Hotel & Spa, Cordeiro. Vão ter lugar demonstrações culinárias no ambiente propício do mercado tradicional, que será completado com a montagem de uma cozinha profissional personalizada.

Antigos alunos recordam anos oitenta d.r.

No passado sábado realizou-se o primeiro jantar-convívio dos antigos alunos da Escola Secundária de Olhão dos anos oitenta, que juntou mais de 120 antigos colegas de escola e professores. A ideia, nascida através das redes sociais teve como origem

um grupo de antigos alunos da escola da década de oitenta do século XX. A música dos tempos de juventude acompanhou todo o evento numa noite onde a amizade e o companheirismo foram a nota dominante por entre um mar de recordações.


14    |  9 de Junho de 2011

são brás loulé Concerto

Luís Conceição apresenta “Dez dedos de conversa”

Lamb prometem concerto inesquecível pág. 16

Camionistas celebram em Loulé

d.r.

Parque das cidades acolhe 3º encontro dos profissionais do sector d.r.

 Nova estrutura de comunicações facilita desenvolvimento da região Zona Industrial de Loulé

O Museu do Trajo, em São Brás de Alportel, recebe, às 18 horas do próximo sábado, o músico Luís Conceição, com a apresentação do seu mais recente CD de originais “Dez dedos de conversa”. Luís Conceição é vicepresidente e professor de piano na Academia de Música de Tavira, também lecciona piano e harmonização no Instituto Superior D. Afonso III (INUAF) em Loulé. Enquanto pianista e compositor, já se apresentou em inúmeras salas nacionais e internacionais, quer a solo, quer integrado em formações de câmara e orquestras. Na actividade profissional da composição, iniciouse em 1993, tendo composto até à data mais de 200 obras, parte delas gravadas em 4 Cds. O seu estilo de linguagem é essencialmente de fusão, apresentando afinidades com a música étnica, jazz e música erudita. Para este concerto o programa inclui temas originais e peças de J. Mercer, Paul Desmond e Chopin.

Negócios aceleram com fibra óptica A Zona Industrial de Loulé, localizada a sul da cidade,

 Encontro pretende homenagear camionistas e proporcionar bons momentos de convívio

A Câmara de Loulé organiza, no próximo fim-de-semana, o 3º Encontro de Camionistas. Trata-se de uma iniciativa que pretende proporcionar um momento de convívio aos camionistas participantes, mas também homenagear esta classe profissional tão importante para a actividade económica nacional. O programa do evento arranca às 10 horas de sábado, no Parque das Cidades, com a sessão de abertura. Pelas 15 horas, têm início as actividades

de camiões, exposições temáticas e entrega de prémios. Às 19 horas é o momento da bênção aos camionistas. A noite é animada com a actuação do artista Tony das Favelas e da banda Domingos e Amigos. No domingo, decorre o habitual percurso com início às 10 horas, no Parque das Cidades, com uma passagem pela cidade de Loulé, Barranco do Velho e com uma paragem de dez minutos nas bombas de combustível da Cortelha

até chegar ao Ameixial pela EN396/EN2. Às 12.30 horas, e como tem sido habitual, haverá uma palestra aos camionistas junto ao monumento que foi erigido em 2009, na Estrada Nacional 2, e que pretende ser uma homenagem a estes homens. O 3º Encontro de Camionistas encerra com um almoço/ convívio no Celeiro do Grupo Desportivo Ameixialense, que conta com uma actuação do Rancho Folclórico e Etnográfico de São Sebastião.

onde se inclui o Loteamento Industrial dinamizado pela Câmara, já dispõe de uma nova estrutura de comunicações, suportada em tecnologia de fibra óptica de última geração, que permite o acesso à internet em alta velocidade e com grande estabilidade, sendo também, por isso, a estrutura ideal para redes privadas virtuais. Esta oferta de Serviços Conectividade Internet Empresariais foi disponibilizada pelo Grupo PT, sendo considerada uma estrutura das mais evoluídas. Aliás, este é um dos primeiros parques industriais do país a dispor desta tecnologia. Os empresários estabelecidos naquela vasta área podem, por isso, a partir de agora, usufruir desta infraestrutura de comunicações, devendo, para tal, contactar o comercial da PT que habitualmente lhes dá apoio. Segundo o vereador da Câ-

mara de Loulé responsável pelo pelouro da Informática, Aníbal Moreno, trata-se de uma iniciativa “extremamente importante para o concelho, já que é, de facto, um investimento nas novas tecnologias que vai facilitar o desenvolvimento económico da região, e, em particular, para os empresários que já estão instalados em toda a Zona Industrial, não só no nosso loteamento, como nos outros loteamentos à volta”. Este responsável salienta ainda o facto de Loulé ser um dos primeiros municípios onde está a ser feito este investimento. “É um projecto-piloto e Loulé está na liderança desta área. Isto é sinal que vamos ter ligações de alta velocidade, com segurança em termos da estabilidade do sinal. A existência desta infra-estrutura permitirá também o desenvolvimento de várias áreas económicas que se apoiam na informática”, considera ainda Aníbal Moreno. pub


9 de Junho de 2011  |   15

Protocolo assegura apoio alimentar a mais munícipes

CASA assume controlo da Cantina Social O projecto da Cantina Social

de Albufeira passou a ser coordenado pelo CASA - Centro de Apoio ao Sem Abrigo, uma associação sem fins lucrativos com sede em Faro, que é agora responsável por efectuar a recolha

de alimentos junto das entidades colaboradoras e superfícies comerciais, coordenar a equipa de voluntários, confeccionar os bens alimentares e fornecer os cabazes aos utentes. A parceria surge no âmbito do protocolo de coope-

d.r.

ração estabelecido entre o CASA, a Câmara, a Junta de Freguesia de Albufeira e a Cooperativa de Consumo e Associação de Trabalhadores da autarquia. “O número de famílias carenciadas do concelho tem vindo

a aumentar numa proporção superior à capacidade de resposta das IPSSs. Torna-se, por isso, fundamental desenvolver parcerias e criar respostas eficazes”, justifica Desidério Silva, presidente da Câmara local.

albufeira

Grupo Onyria inaugura golfe em Lagos pág. 17

Câmara investe na acessibilidade das escolas d.r.

Autarquia financia elevador para alunos com mobilidade reduzida Chama-se Ana Margarida,

tem 13 anos e desde sempre se viu presa a uma cadeira de rodas. A deficiência congénita com que nasceu obriga-a a enfrentar inúmeros desafios diários que vai ultrapassando com a coragem de um adulto. A Ana frequenta o 7º B da escola básica do 2º e 3º ciclos Dr. Francisco Cabrita, na zona da Correeira, em Albufeira. Há três anos que ali estuda e apenas conhece o primeiro piso do edifício, porque a generosidade dos colegas fez com que a transportassem por três vezes àquela parte da escola. “Com muito esforço, os meus colegas ajudaram-me a subir até ao primeiro andar, para que pudesse conhecer o espaço, onde estão a biblioteca, a sala de educação musical e os laboratórios”, con-

fessa a jovem. Mas este ano será diferente, o Dia Mundial da Criança trouxelhe “a melhor prenda de todas”, um elevador que lhe dá acesso ao andar superior da escola. “Há muito tempo que esperava por este momento. Estou muito feliz por finalmente poder usufruir das instalações”, revela a aluna. A partir de agora, a Ana vai poder ocupar os seus tempos livres partilhando aventuras e histórias de ficção com os personagens dos livros que mais gosta de ler e que ocupam as prateleiras da biblioteca escolar. “Adoro livros de aventuras e de ciências”, revela.

Um dia para agir José Carlos

Rolo, vice-presidente do município, defende que “o Dia Mundial da Criança não deve servir

apenas para fins lúdicos. Deve, igualmente, abordar assuntos importantes que afectam o dia-a-dia das nossas crianças”. E este é um desses casos. Ana é a única jovem com mobilidade reduzida no universo de 530 alunos do estabelecimento de ensino. Mas “um só caso que exista, já justifica a criação de acessos”, sublinha José Carlos Rolo, acrescentando que “todas as escolas do 1º ciclo construídas desde 2002 dispõem de elevadores. A autarquia encontra-se a equipar os restantes estabelecimentos que, de alguma forma, foram esquecidos pela Direcção Regional de Educação do Algarve e que hoje são da sua competência”. De acordo com o vice-presidente, prevê-se que outras escolas passem a bene-

ficiar deste equipamento, caso venham a necessitar.

Investimento de 48 mil euros O elevador, orçado em cerca de 48 mil euros, servirá também para o transporte de casos temporários de mobilidade reduzida (alunos com fracturas) ou de mercadorias mais pesadas. A Escola Básica 2, 3 Dr. Francisco Cabrita vai ainda ser dotada de um maior número de rampas de acesso que facilitem a circulação da Ana e de outros jovens com o mesmo tipo de problemas, por todo o recinto: “no próximo ano lectivo já aqui existirão rampas que permitem aceder a outra parte da escola, onde estão localizadas as salas de informática e restantes laboratórios”, explicou José Carlos Rolo.

 Ana Margarida já pode aceder ao 1º andar e usufruir da biblioteca

Artesanato, gastronomia e música em destaque em Paderne

Barrocal mostra as suas artes Encostada numa colina, a

aldeia de Paderne encerra em si testemunhos de um saber antigo. As artes e ofícios locais têm perdurado através do tempo e todos os anos saem à rua para dar lugar a mais uma Mostra de Artes do Barrocal. De sexta-feira a domingo, a história de Paderne é contada em cada peça trabalhada pelas mãos dos artesãos. A feitura das cestas tradicionais em empreita e em esparto, a arte de pintar ou de confeccionar

os mais variados pratos típicos da região denunciam o que vai na alma das gentes da terra. Tradições seculares voltam à ribalta e pintam a aldeia do interior com mais de duas dezenas de tendas, onde se pode apreciar o melhor do artesanato regional. Já na sua quinta edição, esta mostra continua a destacar as vertentes gastronómica e de animação. Receitas de antigamente regressam à mesa e a famosa doçaria algarvia faz as delícias dos mais gulosos,

d.r.

que também não passam indiferentes aos licores, mel e doces caseiros. Enquanto uns se deliciam com os comes e bebes, outros assistem aos espetáculos musicais, protagonizados por vários grupos e artistas regionais. O certame tem lugar no parque de estacionamento do Estádio João de Campos, das 16 às 24 horas.

Programa:  Artesãos mostram o que de melhor se faz na região

10 de Junho - Rancho Folclórico de Paderne; TUALLE

- Tuna Universitária Afonsina de Loulé; Rancho Folclórico de Messines; Baile com Filipe Conde; 11 de Junho - Grupo de música tradicional “Mar de Fora”; Banda Filarmónica de Paderne; Rancho Folclórico de Santo António de Arenilha e baile com Nuno Balbino; 12 de Junho - Grupo de Cantares “Amigos da Figueira”; Rancho Folclórico da Figueira; Academia de Dança da LUEL - Arte em Movimento; Baile com Ana Lúcia.


16    |  9 de Junho de 2011

Juventude

Férias Super Fixe para ocupar o Verão Arranca a 27 de Junho mais

uma edição do programa Férias Super Fixe, que durante um mês promete deixar ocupados os mais jovens. A iniciativa, promovida pela Câmara de Silves, é dirigida a

crianças e jovens, residentes no concelho, entre os seis e os 13 anos, e tem como objectivo ocupar os tempos livres dos mais jovens em período de férias escolares. Desde o surf, ténis, piscina,

d.r.

hip hop, praia, streetsurfing e jogos sem fronteiras, até aos workshops e palestras, são inúmeras as actividades programadas ao longo das cinco semanas de duração do programa.

lagoa silves monchique

As inscrições podem ser feitas a partir de segundafeira nas juntas de freguesia ou no Sector do Desporto da Câmara. Trinta e cinco euros é o custo da participação no programa.

Empresário André Jordan recebe doutoramento honoris causa pág. 18

Britânicos Lamb prometem concerto inesquecível

d.r.

Banda actua no Dia de Portugal em Lagoa Os britânicos Lamb actuam

no Dia de Portugal no Centro de Congressos do Arade e prometem um concerto “mais duro” e mais “dinâmico” do que anteriores espectáculos e vão tocar músicas do novo álbum, como êxitos antigos. Em entrevista à Lusa, a cantora e compositora Lou Rodhes, que vai alinhar em palco com Andy Barlow (cantor e compositor) e Jonny Thorne (baixo duplo), explicou que o concerto de sexta-feira no Centro de Congressos do Arade, no concelho de Lagoa, vai incidir principalmente no álbum “5”, editado em Maio, mas também vão ser tocados “velhos temas favoritos” dos primeiros álbuns, como “Gabriel”. A banda de música electróni-

ca com influências ‘trip hop’ e ‘drum & bass’ avisa que o concerto no Algarve vai ser diferente dos anteriores espectáculos. “Penso que o espectáculo vai ser provavelmente mais duro e mais dinâmico do que concertos dados até agora”, adiantou Lou, aconselhando todos aqueles que nunca experimentaram um concerto dos Lamb a irem “sem expectativas e apenas com os olhos e os ouvidos bem abertos”.

Várias influência no último álbum As influências no recen-

te álbum “5” são várias, assume Lou Rodhes. “Penso que ter passado algum tempo longe do projecto Lamb traduziu-se num disco com uma perspectiva

fresca. Quisemos fazer um trabalho que fosse mais cru e mais amplo, acreditando que menos significa mais espírito”, partilhou. Lou Rodhes, cujo pai vive em Silves, contou que se desloca “várias vezes” à região, que define como sendo “muito bela”. Mas a artista está, todavia, preocupada com o turismo de massas e os estragos que provoca. “A vossa região tem imensa beleza natural, mas está a ser invadida por campos de golfe e empreendimentos turísticos”, lamenta Lou Rhodes, que assume “amar a costa vicentina” e “as praias selvagens abençoadas pela brisa atlântica”. Os Lamb, que enquanto trabalhavam no último álbum andavam a ouvir Mount Kim-

bie (banda londrina) e James Blake (artista londrino), vão dedicar os próximos tempos a divulgar o álbum “5”. “Estamos concentrados em tocar ao vivo na Europa e no Outono e Inverno seguir para os Estados Unidos e Austrália. Penso que vamos andar em tournée com este álbum pelo menos todo o próximo ano, depois logo se vê”, adiantou. Lou Rodhes disse à Lusa que anda a ouvir um cantor e compositor britânico chamado Scott Matthews. O concerto dos Lamb inserese no programa Allgarve’11 e está marcado para as 22 horas no Centro de Congressos do Arade. Os ingressos para o concerto CCM custam 25 euros.

 Lou Rodhes é a vocalista dos Lamb

Câmara subsidia meios e cria faixas de contenção

Monchique aposta na prevenção de fogos d.r.

Os Bombeiros Voluntários

de Monchique têm um dispositivo contra incêndios entre 15 de Maio e 15 de Outubro, constituído por uma equipa de combate a incêndios florestais sediada na vila sede do concelho, composta por cinco elementos, e uma de combate a incêndios florestais sediada em Marmelete, com a mesma composição. Existe ainda uma equipa de logística de apoio ao combate, estando todas activas 24 horas por dia. Uma vez que o subsídio di-

 Sessão de apresentação do dispositivo de combate a incêndios

ário atribuído pela Autoridade Nacional de Protecção Civil não é suficiente para fazer face às despesas com recrutamento, alimentação e demais encargos, a Câmara deliberou atribuir uma concessão de subsídio complementar, no montante de cerca de 36 mil euros, à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Monchique, para suportar estas equipas.

Autarquia actua na prevenção Segundo a autarquia, este

é um investimento e um esforço financeiro substancial, mas de extrema necessidade para todo o município, convicção reforçada pelo presidente Rui André na apresentação pública do Dispositivo Municipal de Combate a Incêndios Florestais. A Câmara está a levar a cabo diversas acções de limpezas e desmatações, nomeadamente nas estradas municipais, solicitadas à Aspaflobal, agregando a competência técnica desta Associação de Produtores Flo-

restais à disponibilização de maquinaria e equipamento da autarquia. Está entretanto terminado o trabalho de limpeza e construção de faixa de gestão de combustível em redor da Alferce, no âmbito do projecto pyrosudoe em conjunto com a AMAL. Na aldeia dos Casais, freguesia de Marmelete, e em colaboração com o Exército Português, foi executada outra faixa de protecção a esta localidade.


9 de Junho de 2011 |

17

LAGOS VILA DO BISPO ALJEZUR TEATRO DE REVISTA

“Aqui não há Crise” sobe ao palco D.R.

Grupo Onyria inaugura golfe em Lagos Novo campo de 27 buracos é um dos muitos investimentos turísticos que integra a aposta do concelho neste sector D.R.

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

 Peça promete boas gargalhadas

O GRUPO DE TEATRO do Boa Esperança Atlético Clube Portimonense apresenta a peça “Aqui não há Crise”, espectáculo de Revista à Portuguesa que vai estar em cena entre esta sexta-feira e domingo, no auditório do Centro Cultural de Vila do Bispo. O quotidiano, bem como a vida política e social do país, dão o mote para mais uma edição da popular Revista à Portuguesa, que promete muitas gargalhadas, da greve dos polícias à descoberta de petróleo no Algarve, passando pela chegada de mais piratas a Portugal ou pelos negócios da China, tudo é pensado para que os espectadores se sintam num país estável, rico, próspero e sem crise. Encenado por Carlos Pacheco, o espectáculo tem sessões marcadas para as 21.30 horas na sexta-feira e no sábado e para as 15 horas no domingo.

A ZONA DA MEIA PRAIA em

Lagos acolhia já o Palmares Resort, que dispunha de um campo de golfe - o Palmares Golfe, criado em 1976 - e que passa agora, pelas mãos do arquitecto Robert Trend Jones Jr, a dispor de uma nova configuração e 27 buracos. Considerado pela autarquia de Lagos, “um dos mais importantes investimentos turísticos privados realizados no concelho”, o novo Onyria Palmares Golf integra o “Palmares Resort” e foi considerado pela Agência Portuguesa para o Investimento como projecto PIN (Projecto de Potencial Interesse Nacional). O próximo domingo marca a abertura do novo empreendimento e contará com as presenças do secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade, e do presidente da Câmara de Lagos, Júlio Barroso, refere a Câmara local em comunicado. Segundo a autarquia de Lagos, dá-se, assim, mais um passo assinalável no processo

 Lagos aumenta oferta turística com a inauguração do Onyria Palmares Golf de ampliação e qualificação da oferta turística do concelho, iniciado em 2007, e que previa a fixação de um investimento global na ordem dos mil milhões de euros, com a PUB

criação de várias unidades hoteleiras de quatro e cinco estrelas, equipadas com centros de congressos, SPA, e, neste caso, também a ampliação do campo de golfe, resultando na

criação de mais de 6.700 novas camas e 1.500 novos postos de trabalho directos.

OS PROJECTOS MAIS RECENTES No âmbito deste “pacote” de

investimento, foi inaugurado em 2009 o Hotel Vila Galé Lagos (quatro estrelas), estando já em funcionamento o Cascade Resort Lagos (cinco estrelas) e em fase de abertura o Yellow Lagos Meia Praia (cinco estrelas). Para além destas, estão ainda previstas outras unidades hoteleiras, designadamente: o Meia Praia Bay Resort (Hotel e Aldeamento Turístico de cinco estrelas e Centro de Congressos com estatuto de projecto PIN), um Suite Hotel de cinco estrelas do grupo Onyria a edificar no local onde outrora existiu o Hotel da Meia Praia e o empreendimento residencial e turístico Boavista Golf Resort, a que se somam, o Hotel Apartamento de cinco estrelas da Atalaia; um hotel de quatro estrelas no Porto de Mós; o Porto Dona Maria, conjunto turístico com hotel, nos Montinhos da Luz; o Cegonha Country Club, um Aparthotel de quatro estrelas projectado para o Cerro Gordo (freguesia da Luz) e um hotel de quatro estrelas correspondente à requalificação do antigo “Hotel Golfinho”. PUB


18

| 9 de Junho de 2011

REGIÃO CONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR Controlo das taxas de juro “Tenho verificado que as taxas de juros associadas aos créditos variam consoante a instituição de crédito e o tipo de crédito, existe algum limite aplicado às mesmas?”

A DECO responde... O Banco de Portugal definiu uma taxa anual efectiva global (TAEG) máxima - que respeita ao custo total do crédito para o consumidor - para cada tipo de crédito ao consumo. Estas taxas variam a cada três meses, sendo calculadas em função dos valores médios cobrados pelas instituições de crédito no trimestre anterior. O Banco de Portugal definiu três categorias e oito subcategorias de créditos ao consumo, às quais correspondem limites diferentes. Os créditos para a educação, saúde, energias renováveis apresentam os limites mais baixos, com uma TAEG máxima de 6,1% neste trimestre. Segue-se a locação financeira e o ALD (aluguer de longa duração) de veículos novos e usados - pelo facto de o veículo ser propriedade da locadora até à última prestação, o que lhe concede garantias - com TAEG máximas de 8% e 9,2% respectivamente. Estas taxas são bastante i n fer iores às TAEG permitidas no crédito automóvel: 15,2% para veículos usados e 11,5% para veículos novos. O limite mais elevado encontra-se nos créditos com mais procura e mais fáceis de usar, os cartões de crédito, linhas de crédito e saldo descoberto das contas à ordem. Actualmente, a TAEG máxima correspondente é de 34,3%. Esta medida está em prática deste Janeiro de 2010, mas não impede os bancos de anunciar taxas acima do limite, como revelou um estudo feito pela DECO. Neste estudo, o maior desvio encontrado foi no crédito pessoal sem finalidade específica, um dos mais contratados. A TAEG máxima analisada foi no valor de 32,4%, encontrando-se o seu máximo permitido, no período, em 19,2%! Neste trimestre a TAEG máxima permitida é de 19,1%.

Empresário André Jordan recebe doutoramento honoris causa Ex-Presidente da República considera distinção gesto de justiça D.R.

O ANTIGO PRESIDENTE DA REPÚBLICA, Jorge Sampaio,

considerou na quarta-feira da passada semana que a atribuição do doutoramento “honoris causa” em Turismo pela Universidade do Algarve ao empresário André Jordan é “um enorme e altamente significativo gesto de justiça”. “É um nome decisivo e incontornável quando falamos de turismo, de produto imobiliário, do golfe em Portugal. Nascido para criar, empreender, planear, antecipar, prever, relançar, este homem de visão e de cultura mostra-se, década após década, uma figura liderante, criativa, pedagógica”, afirmou o ex-chefe de Estado português na “laudatio” a Jordan. Sampaio disse que o empresário é “um grande conhecedor, realizador e inovador do produto turístico” e “distingue-se entre aqueles que perceberam o negócio imobiliário como exigindo uma multidisciplinaridade dinâmica”.

SAMPAIO LEMBRA PROJECTOS REALIZADOS POR ANDRÉ JORDAN Jorge Sampaio lembrou

 André Jordan e Taleb Rifai foram distinguidos pela Universidade do Algarve projectos realizados por André Jordan, como a Quinta do Lago, a recuperação de Vilamoura, a criação de campos de golfe ou o Belas Clube de Campo, perto de Lisboa, onde conseguiu uma “combinação singular entre a realização ambiental e o enquadramento urbano”. Jordan é ainda, segundo Sampaio, um defensor do

empreendedorismo e do posicionamento competitivo de Portugal nos mercados internacionais. Numa cerimónia que também distinguiu Taleb Rifai, secretário-geral da Organização Mundial de Turismo, com o “honoris causa” em Turismo, Jordan agradeceu a distinção à Universidade do Algarve e considerou ser ne-

cessário “consolidar as conquistas e retomar a senda do desenvolvimento”. “Vencer esses desafios passa por encontrar novas formas adaptadas às grandes transformações que Portugal e o Mundo atravessam”, defendeu. André Jordan propôs que se divulgue no Mundo o “Portuguese Style, um estilo sóbrio, confortável, elegante e de boa

relação qualidade/preço”. Segundo o mesmo, “há que inovar na oferta, com programas de fidelização para vincular os nossos clientes, com “resorts all inclusive”, com formas de propriedade compartida e com programas de animação para públicos de qualidade. Sempre com uma atitude de simpatia e atenção ao bemestar dos clientes”. Na área imobiliária, Jordan considerou necessário “criar condições económicas e fiscais que atraiam o investimento das famílias que procuram segundas residências, bem como dos reformados de alta gama dos países do norte da Europa”. “Quem está no Algarve há 40 anos – e assistiu à transformação de uma zona isolada do Mundo (e do próprio país) num dos locais mais atractivos e famosos do hemisfério norte – não pode deixar de ter confiança em que saberemos encontrar soluções que consolidem as nossas conquistas e nos abram os caminhos do futuro”, concluiu. MHC

PLANOS DE COMERCIALIZAÇÃO E VENDA

Algarve contratualiza 2,4 milhões de euros para promoção externa A DIRECÇÃO DA ASSOCIAÇÃO TURISMO DO ALGARVE (ATA)

vai contratualizar em 2011, com os parceiros privados, um total de 2,4 milhões de euros em acções de promoção externa do destino. Os primeiros 23 protocolos foram já assinados com os associados daquela Agência Regional de Promoção Turística (ARPT). O modelo prevê a execução de Planos de Comercialização e Venda financiados em partes

iguais pela ATA e empresários, 1,2 milhões de investimento privado e igual montante de investimento público, concretizado em acções promocionais que contemplam os vários produtos estratégicos para o Algarve. “Superámos as melhores expectativas”, revela o presidente da direcção, António Pina, que justifica o sucesso do programa com a “forte adesão” do sector privado. Entre

os signatários estão os maiores grupos hoteleiros, campos de golfe, Destination Management Companies (DMC) e associações de promoção local a operar no Algarve. Implementado pelo Algarve em 2010, o modelo será agora adoptado também a nível nacional através do protocolo para a promoção turística externa regional para o triénio 2011-13, celebrado entre o Turismo de Portugal, a Confe-

deração do Turismo Português e as ARPT. A ATA é a agência de promoção turística externa da área promocional do Algarve, competindo-lhe o desenvolvimento e promoção no estrangeiro do destino e seus produtos regionais. No Algarve, foram já protocolados planos de comercialização e venda com a Associação de Promoção de Albufeira, Associação Turismo

de Portimão, Clube Praia da Oura – Petchey Leisure, Grupo CS Resorts, Domitur, Dona Filipa / Penina, Hilton, Hospitais Privados (HPP), Hotel Quinta do Lago, Lusort, Martinhal Resort, Oceânico Golf, Parkalgar, Grupo Pestana, Portimar, Pousadas de Portugal, Ria Park Hotel, Solverde, Grupo Tivoli Hotels, Zoomarine – Mundo Aquático, Vila Vita, Grupo Vale do Lobo e Grupo Vila Galé.


9 de Junho de 2011  |   19

exercício

1 

exercício

1.1

exercício

2

exercício

2.1

exercício

3

exercício

3.1

exercício

4

exercício

4.1

exercício

5

exercício

5.1

exercício

6

exercício

6.1

descubra a Saúde que há em Si

www.corporeus.pt

Siga a sequência

lazer livros

agenda cultural Albufeira

Lagoa

Loulé

no Auditório Municipal.

Dança

Música

Pintura

Espectáculo pela Academia Artística de Dança Soul, quartafeira, dia 15, às 22.30 horas, no Largo Engº Duarte Pacheco.

Concerto pelos Lamb, sexta-feira, dia 10, à 22 horas, no Centro de Congressos do Arade.

Portimão

Lagos

Exposição de Adérita e Milita, diariamente, das 9 às 18 horas, na Galeria de Arte da Associação Social e Cultural de Almancil (ASCA). Até dia 24.

Pintura

Olhão

Peça “A Tempestade”, sexta-feira e sábado, às 21.30 horas, no Grande Auditório do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão.

Música

Pintura

Espectáculo de fado por Pedro Viola, sábado às 21.30 horas,

Exposição de Geraldo Teixeira, de segunda a sexta-feira,

Faro Música Jorge Fernando e Fátima Rebordão, quinta-feira, dia 9, às, 21:30, no Teatro das Figuras.

Exposição de Gonçalo Faro, de segunda-feira a sábado, das 15.30 às 23.30 horas, no Largo Marquês de Pombal. Até dia 30.

agenda cinema FARO Forum Algarve SBC 289 887 212 A ÁrvoredaVida(m/16) | Sala 1 | 115h10, 18h05, 21h00 (diariamente), 23h55 (Sex e Sáb) >> Arthur e a Guerra dos 2 Mundos (m/6) | Sala 1 | 10h35(Sex, Sáb e Dom) >> Velocidade Furiosa 5 (m/12) | Sala 2 | 13h55, 16h40, 22h00 >> A Ressaca 2 (m/16) | 00h45 (Sex e Sáb) » Água aos Elefantes (m/12) | Sala 2 | 19h25 » X-Men: O Início* (m/12) | Sala 2 | 10h10 (Sex, Sáb e Dom) » Piratas das Caraíbas 4 (m/12) | Sala 3 | 15h15, 18h10, 21h10 (diariamente), 00h05 (Sex e Sáb) » Hop (m/6) | Sala 3 | 10h15 (Sex, Sáb e Dom) » Velocidade Furiosa 5 (m/12) | Sala 4 | 00h10 (Sex e Sáb) » A Ressaca 2 (m/16) | Sala 4 | 14h15, 16h35, 18h55, 21h20 » Gnomeu e Julieta (m/6) | Sala 4 | 10h25 (Sex, Sáb e Dom) » Winx 2 (m/6) | Sala 5 | 10h00 (Sex, Sáb e Dom) » X-Men: O Início* (m/12) | Sala 5 | 15h30, 18h15,

Música

de 9 a 15 de Junho de 2011

21h30 (diariamente), 00h20 (Sex e Sáb), 12h45 (Sex, Sáb e Dom) » A Ressaca 2 (m/16) | Sala 6 | 14h50, 17h10, 19h30, 21h50 (diariamente), 00h15 (Sex e Sáb) » Rango (m/6) | Sala 6 | 10h40 (Sex, Sáb e Dom) » O Panda do Kung Fu 2* (m/6) | Sala 7| 13h10, 15h20, 17h25, 19h30, 21h40 (diariamente), 23h45 (Sex e Sáb), 10h45 (Sex, Sáb e Dom) » Trust - Perigo Online (m/12) | Sala 8 | 21h15 (diariamente), 23h40 (Sex e Sáb) » Thor (m/12) | Sala 9 | 18h40 » Rio (m/6) | Sala 8 | 14h10, 16h20 (diariamente), 10h30 (Sex, Sáb e Dom) » X-Men: O Início* (m/12) | Sala 9 | 20h00 » Destino Infernal (m/16) | Sala 9 | 22h50 » Arthur (m/6) | Sala 9 | 15h10, 17h35 » Winnie the Pooh (m/6) | Sala 9 | 10h20, 12h25 (Sex, Sáb e Dom) albufeira AlgarveShopping 289 560 351 Piratas das Caraíbas 4 (m/12) | Sala 1

| 12h45, 15h35, 18h20, 21h15, 00h05* » O Panda do Kung Fu 2* (m/6) | Sala 2 | 13h00, 15h05, 17h15, 19h15 » O Panda do Kung Fu 2* (m/6) | Sala 2 | 21h35, 23h40* » Velocidade Furiosa 5 (m/12) | Sala 3 | 13h10, 15h45, 18h40, 21h30, 00h20* » A Minha Versão do Amor (m/12) | Sala 4 | 12h40, 15h30, 18h15, 21h20, 00h15* » Sem Identidade (m/12) | Sala 5 | 18h10, 21h00, 23h35* » Rio (m/6) | Sala 5 | 13h20, 15h55 » A Árvore da Vida (m/12) | Sala 6 | 12h55, 15h40, 18h25, 21h10, 23h55* » A Ressaca 2 (m/16) | Sala 7 | 12h50, 15h00, 17h10, 19h20, 21h40, 00h00* » X-Men: O Início* (m/12) | Sala 8 | 13h05, 15h50, 18h35, 21h25, 00h10* » A Ressaca 2 (m/16) | Sala 9 | 13h30, 16h00, 18h30, 21h05, 23h30* * Sessão de Sexta e Sábado Olhão C. C. Ria Shopping

das 10 às 18.30 horas, sábado, das 15 às 19 horas, na Casa Manuel Teixeira Gomes. Até dia 18.

Tavira Escultura Exposição de José Farinha, “Madeiras e Ofícios”, de segunda-feira a sábado, das 10 às 12.30 e das 15 às 18.30 horas, na Casa André Pilarte. Até dia 14.

* Estreias

289 703 332 O Panda do Kung Fu 2* (m/6) | Sala 1 | 15h35, 17h35, 19h35, 21h35 (Seg a Qui), 23h35 (Qui, Sex e Sáb), 10h35, 13h35, 15h35, 17h35, 19h35, 21h35 (Qui, Sex e Sáb) » A Ressaca II (m/16) Sala 2 | 15h30, 18h30, 21h30 (Seg a Qui), 13h00, 15h30, 18h30, 21h30 (Sex, Sáb e Dom), 23h45 (Sex e Sáb) » Hop (m/6) | Sala 3 | 15h25 (Seg a Sex) 10h45, 13h00, 15h25 (Sex, Sáb e Dom) » Sem Identidade (m/12) Sala 3 | 18h25, 21h25 (diariamente), 23h50 (Qui, Sex e Sáb) Portimão C. C. Continente 282 418 180 O Panda do Kung Fu 2* (m/6) | Sala 1 | 12h50, 15h00, 17h10, 19h20, 21h40, 00h00* » X-Men: O Início* (m/12) | Sala 2 | 13h00, 15h50, 18h40, 21h30, 00h20* » Velocidade Furiosa 5 (m/12) | Sala 3 | 12h55, 15h40, 18h20, 21h10,

23h50* » Sem Identidade (m/12) | Sala 4 | 13h20, 16h00, 18h30, 22h00, 00h20* » A Ressaca II (m/16) | Sala 5 | 13h10, 15h20, 17h30, 19h40, 21h50, 00h05* » Piratas das Caraíbas 4 (m/12) | Sala 6 | 12h45, 15h35, 18h25, 21h20, 00h15* Cinemas de Portimão 282 411 888 O Panda do Kung Fu 2* (m/6) | Sala 1 | 14h00, 15h30, 18h00, 20h00, 21h30 (diariamente), 00h15 (Sex e Sáb)» A Ressaca II (m/16) | Sala 2 | 15h45, 18h15, 21h45 (diariamente), 00h00 (Qui, Sex e Sáb) tavira Cine-Teatro António Pinheiro 281 320 594 Assalto ao Santa Maria (m/12), 21h30 (Qui) » Tôkyô (m/16), 21h30 (Dom)

(de 21/03 a 20/04) Prevêem-se momentos agradáveis numa relação. Terá de aguardar mais tempo para obter apoios, para uma progressão bem sucedida.

Balança (de 23/09 a 22/10) Fará bem em aceitar ou fazer convites. Terá capacidade de resolução de problemas, com calma levará a água ao seu moinho.

Ema é uma herdeira rica, inteligente e bela. Optimista, consciente da sua superioridade, segura de si mesma, fiel respeitadora das “conveniências” - enfim, o tipo finito da «verdadeira senhora» -, passa o tempo a combinar casamentos “convenientes” entre amigos e protegidos. Um dia, sem arranjos prévios, ela própria é pedida em casamento pelo Sr. Knightley. Ema não assume um compromisso, mas não o desencoraja... Autora: Jane Austen

Produtos Bancários e Financeiros Numa era de instabilidade económica, surge esta nova edição, revista e ampliada, deste guia essencial sobre os produtos bancários e financeiros que existem hoje no mercado. O funcionamento dos produtos e mercados e o seu regime fiscal e jurídico são descritos de forma sistematizada e em profundidade. Autores: José Leitão, Jorge Morais e Mª Adelaide Resende

horóscopo Carneiro

Ema

Touro (de 21/04 a 20/05) Dia tranquilo; as afinidades tornam-se mais nítidas. Está bastante protegido mas não entre em despesas muito exageradas.

Escorpião (de 23/10 a 21/11) Uma relação apresenta dificuldades mas nada está perdido. Aceite outras opiniões; as suas boas intenções podem ser pouco eficazes.

Gémeos (de 21/05 a 20/06) Pode surgir na sua vida um novo interesse sentimental. Está numa fase em que todos os seus actos darão bons resultados.

Sagitário (de 22/11 a 21/12) Tente não bloquear sentimentos. Trabalhe com mais atenção mesmo que demore mais tempo a terminar as suas tarefas.

Caranguejo (de 21/06 a 22/07) Mudanças e firmeza vão levar a uma situação em que saberá com o que conta. Cortes em despesas têm de ser feitos de imediato.

Capricórnio (de 22/12 a 19/01) Deve esclarecer algumas dúvidas sobre sentimentos. Dedique mais tempo a preparar actividades; nada deve ser feito em cima do joelho.

Leão (de 23/07 a 22/08) Não exija o que não lhe podem dar; seja realista. A pressa na execução de tarefas não trará os resultados esperados, seja mais paciente.

Aquário (de 20/01 a 18/02) Dia quente e emotivo nos afectos, os seus gestos serão retribuídos com muito calor e apreço. Evite a ansiedade em assuntos profissionais.

Virgem (de 23/08 a 22/09 ) Deve pedir esclarecimentos sobre sentimentos ou actos. Dificuldades em acabar um trabalho; novos problemas merecem novas abordagens.

Peixes (de 19/02 a 20/03) Posturas provocatórias podem causar danos numa relação. Não aproveite erros de outros para se valorizar; faça valer as suas capacidades.


ANÚNCIOS I CLASSIFICADOS

20 | 9 de Junho de 2011

Farmácias de Serviço QUINTA

SEXTA

SÁBADO

DOMINGO

SEGUNDA

ALBUFEIRA

Santos Pinto

Santos Pinto

Piedade

Piedade

Piedade

Piedade

Piedade

ARMAÇÃO DE PÊRA

Sousa Coelho

Sousa Coelho

Edite

Edite

Edite

Edite

Edite

FARO

Montepio

Higiene

Caniné

Pereira

Penha

Baptista

Helena

LAGOA

José Maceta

José Maceta

Sousa Pires

Sousa Pires

Sousa Pires

Sousa Pires

Sousa Pires

LAGOS

Ribeiro

Lacobrigense

Silva

Telo

Neves

Ribeiro

Lacobrigense

LOULÉ

Pinheiro

Pinto

Avenida

Martins

Chagas

Pinheiro

Pinto

MONCHIQUE

Moderna

Moderna

Moderna

Moderna

Hygia

Hygia

Hygia

OLHÃO

Rocha

Pacheco

Progresso

Olhanense

Nobre

Brito

Rocha

PORTIMÃO

Carvalho

Rosa

Amparo

Arade

Guilherme

Central

Mourinho

QUARTEIRA

Algarve

Algarve

Mª Paula

Mª Paula

Mª Paula

Mª Paula

Mª Paula

SÃO BART. DE MESSINES

Sequeira

Sequeira

Sequeira

Sequeira

Algarve

Algarve

Algarve

SÃO BRÁS DE ALPORTEL

Dias Neves

S. Brás

Dias Neves

Dias Neves

Dias Neves

S. Brás

Dias Neves

SILVES

João Deus

João Deus

João Deus

Cruz Portugal

Cruz Portugal

Cruz Portugal

Cruz Portugal

TAVIRA

Sousa

Montepio

Maria Aboim

Maria Aboim

Central

Felix

Sousa

Carrilho

Carmo

Carmo

Carmo

Carmo

Carmo

VILA REAL de STº ANTÓNIO Carrilho

TERÇA

QUARTA

Farmácia em Tavira PRECISA de farmacêutico-adjunto Contacto: 281 325 846

ALUGA-SE

Apartamento T0 - Luz de Tavira Contactar: 918 617 269

TAVIRA

Arrendo T2 mobilado Contactar: 918 296 436 Reze 9 Ave-Marias com uma vela acessa durante 9 dias, pedindo 3 desejos, 1 de negócios e 2 impossíveis ao 9º dia publique este aviso, cumprir-se-á mesmo que não acredite. P.H.

Tractor - Rega, Lda

ALAGOA

AGÊNCIA FUNERÁRIA

Então, esqueceu a sua velha amiga? Aquela que trata bem. Antiga Agência Puga trata o seu ente querido como ninguém, temos um serviço personalizado. Agência Alagoa - Fica junto ao Hospital Velho em Tavira

Serviços Prestados

Acordos com:

Medis, Multicare, C.G.D.

SE P E R MRAV IÇ O N E NTE

 Funerais 24H  Trasladações  Cremações  Preparação estética do falecido  Manutenção de jazigos e campas

Sempre a seu lado nos momentos difíceis da vida... Temos ao seu dispor uma linha de crédito até 24 meses sem juros financiada por uma instituição bancária credível

SERVIÇOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS Trav. Zacarias Guerreiro nº 2 (Largo de S. Francisco) (Centro de Tavira) 8800 – 740 Tavira

   

281 322 652 968 700 767 918 530 058 / 966 088 324 alagoa.lda@gmail.com


ANÚNCIOS I NECROLOGIA

9 de Junho de 2011 |

Funerárias: Sítio da Palmeira

SERVIÇO PERMANENTE 24h

LUZ DE TAVIRA Tel. /Fax: 281 961 170 Av. Maria Lizarda

FUNERAIS | CREMAÇÕES | TRASLADAÇÕES ARTIGOS RELIGIOSOS MANUTENÇÃO DE CAMPAS E JAZIGOS FLORES Tlms: 966 019 297 (Carlos Palma) 963 907 469 (Gonçalo Correia)

Olhão

Desconto 30% valor consulta em sede de IRS; Protocolos com diversas entidades. Junto às Ruínas de Milreu 8005-443 ESTOI-FARO

Web: http://osteofala.weebly.com · Tlm: 969 260 836

LUZTAVIRA DE TAVIRA LUZ DE - TAVIRA AMARO GONÇALVES – LUZ DE TAVIRA

MONCARAPACHO Tel: 289 798 380 Rua Soledade 19 OLHÃO Tel. 289 713 534

geral@funerariacorreia.pt - www.funeraria correia.pt

ACUPUNCTURA FISIOTERAPIA OSTEOPATIA

DESINFESTAÇÕES, LDA.

21

TAVIRA

AO DIVINO ESPÍRITO SANTO AO MENINO JESUS DE PRAGA AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS NOVENA INFALÍVEL

Ó Jesus, que disseste: “Pede e receberás, procura e acharás. Bate e a porta se abrirá”. Por intermédio de Maria Vossa Mãe Santíssima, eu bato, procuro e Vos rogo que minha prece seja atendida. (Menciona-se o pedido). Ó Jesus, que disseste: “Tudo que pedires ao Pai em meu nome, Ele atenderá”. Com Maria, Vossa Santa Mãe, humildemente rogo ao Pai em vosso nome que minha prece seja ouvida. (Menciona-se o pedido). Ó Jesus que disseste: “- O Céu e a terra passarão, mas a minha palavra não passará”. Com Maria, Vossa Mãe Bendita, eu confio que a minha oração seja ouvida. (Menciona-se o pedido). Rezar 3 ave-marias e uma salve-rainha. Em casos urgentes, esta novena deverá ser feita em 9 horas. Mando publicar por ter alcançado uma grande graça. Agradece.T.O.

funerariapedro@sapo.pt funeraria_pedro@sapo.pt

funerariapviegas@sapo.pt

Empresa recomendada

TAVIRA Rua Dr. Miguel Bombarda n.º 25 Tel. - 281 323 983 - 281 381 881 LUZ DE TAVIRA EN 125, n.º 32 – Tel. - 281 961 455 VILA REAL STO. ANTÓNIO Rua 25 de Abril n.º 32 – Tel. - 281 541 414 FUNERÁRIA PATROCÍNIO Tlm. - 968 685 719 Rua João de Deus, n.º 86 – Tel. -281 512 736 IDALÉCIO PEDRO Tlm. - 964 006 390

ANTÓNIO ELÍSIO NOBRE LOPES JOÃO MANUEL ANDRADE CARRASQUEIRA ANOS30 DIA MISSA47DO Maria AGRADECIMENTO Celeste P. Lindo Lopes, filhos e netos Os seus familiares reconhecidamente agraparticipam que sevêm realiza no próximo dia 20 decer a todas as pessoas que compareceram no de Junho (segunda-feira), pelas 9.30 horas, funeral do seu ente querido, que se realizou no Missa do 30 Dia, na Igreja de Luz de Tavira, dia 17 de Maio de 2011, pelas 17.30 horas, saindo da pelo seu eterno descanso. Igreja da Luz de Tavira e seguindo para o cemitério Agradecem desde já a todas as pessoas que local. se dignarem assistir a este piedoso acto, assim como àquelas que osCORREIA têm acompanhado FUNERÁRIAS LUZ DE TAVIRA * TAVIRA * MONCARAPACHO * OLHÃO na sua dor. Chamada gratuita 24 horas – 800 207 810

SERVIÇOS FÚNEBRES Com as seguintes ofertas

ANTÓNIO LUÍS FERNANDES BAPTISTA

 Coroa de flores artificiais com moldura  Cartões memoriais  Livro de condolências  Serviço de água no velório

AGRADECIMENTO

Solicite orçamento antes de decidir

A família agradece, sentidamente, a todas as pessoas que nos acompanharam nestes dias de pesar.

AGÊNCIA

“Serviços Fúnebres efectuados pela Agência Funerária Pedro & Viegas, Ldª” Tavira • Luz • V.R.Stº António Telm. 964 006 390 - 965 040 428 Tavira

Tlm. – 969 003 042

CONCEIÇÃO - TAVIRA SANTA MARIA - TAVIRA

MARIA FERNANDES DE BRITO 09-12-1936 / 02-06-2011

AGRADECIMENTO

Emergência 24 horas

Pedro - 965 040 428

Vila Real Sto. António

Tlm. – 962 406 031

BRASIL SANTA MARIA - TAVIRA

MONCARAPACHO - OLHÃO SANTO ESTÊVÃO - TAVIRA

DULCE DA SILVA NUNES FERREIRA 02-10-1927 / 04-06-2011

JOSÉ FRANCISCO MENDONÇA

AGRADECIMENTO

Os seus familiares vêm por este meio, agradecer a todos quantos a acompanharam em vida e nas suas cerimónias exéquias ou que de algum modo lhes manifestaram o seu sentimento e amizade, bem como à Direcção e Funcionários do Lar de Santa Maria em Tavira, por todo o empenho e carinho demonstrado.

FUNERÁRIA

Os seus familiares vêm por este meio agradecer a todos quantos se dignaram acompanhar o seu ente querido à sua última morada ou que, de qualquer forma, lhes manifestaram o seu pesar, bem como ao pessoal do Lar de Santa Maria em Tavira, por todo o empenho e carinho demonstrado.

28-01-1928 / 07-06-2011

AGRADECIMENTO Os seus familiares vêm por este meio, agradecer a todos quantos o acompanharam em vida e nas suas cerimónias exéquias ou que de algum modo lhes manifestaram o seu sentimento e amizade.

AGÊNCIA FUNERÁRIA

IWdjei8|hXWhW"BZW

FUNERAIS - TRASLADAÇÕES - CREMAÇÕES PARA TODO O PAÍS E ESTRANGEIRO

Tel. / Fax: 281 323 205 / 281 325 197 - 965 484 819 / 962 604 552 ATENDIMENTO PERMANENTE - OFERTA DE ANÚNCIO DE NECROLOGIA E CARTÕES MEMÓRIA Artigos Funerários e Religiosos / Catálogo de Lápides e Campas


22

| 9 de Junho de 2011

>> SOLUÇÃO

>> ASSINALE A FRASE CORRETA

da semana passada

Segundo o novo acordo ortográfico deve escrever-se:

Segundo o novo acordo ortográfico deve escrever-se:

   

 Os alunos ham-de ir ao Oceanário.  Os alunos hão-de ir ao Oceanário.  Os alunos ão-de ir ao Oceanário.

No Veram o meu mês preferido é o mês de Agosto. No Verão o meu mês preferido é o mês de Agosto. No verão o meu mês preferido é o mês de agosto. No Verão o meu mês preferido é o mês de Augosto

A frase correta é: No verão o meu mês preferido é o mês de agosto. O Novo Acordo Ortográfico sistematiza o emprego da inicial minúscula sendo que estações e meses do ano deixam de se escrever com letra maiúscula.

 Os alunos hão de ir ao Oceanário.

ZZZ OPINIÃO

Sobe & desce

Esta é uma iniciativa das Bibliotecas Paula Nogueira do Agrupamento de Escolas Professor Paula Nogueira (Olhão) em parceria com a Casa da Juventude de Olhão e o POSTAL, que semanalmente divulga os problemas e as soluções deste jogo. Várias escolas do Algarve já aderiram à iniciativa: AE Professor Paula Nogueira (Olhão) / AE da Sé (Faro) / AE D. Afonso III (Faro) / AE Dr. Alberto Iria (Olhão) / Colégio Bernardete (Olhão) / AE Dr. João Lúcio (Fuseta) / AE de Estoi (Faro) / AE Joaquim Magalhães (Faro) / AE do Montenegro (Faro) / AE de Castro Marim ( Vila Real de St. António) / AE Professora Diamantina Negrão / (Albufeira) / Agrupamento de Escolas José Belchior Viegas (Mega Agrupamento de São Brás de Alportel) / Escola Secundária João de Deus (Faro) / Casa da Juventude (Olhão). Convidamos todas as escolas e bibliotecas, interessadas em aderir ao Jogo da Língua Portuguesa e receber os materiais para o mesmo, a contactar: biblioteca.epnogueira@gmail.com ou jornalpostal@gmail.com.

Escola acessível

PSP

Albufeira aposta em tornar acessíveis a todos escolas construídas no tempo em que não se pensava nessas coisas (Ler pág. 15).

Horários sobrecarregados e carros “a dar as últimas” estão a deixar os polícias à beira de um ataque de nervos (Ler pág. 8).

CRÓNICA DAS MALDADES AO ALGARVE

Segurança/insegurança: os ataques do exterior

O postal alterou o e-mail da redacção: jornalpostal@gmail.com Humberto Ricardo Jornalista

FICHA TÉCNICA

Sede: Rua Dr. Silvestre Falcão, n.º 13 C - 8800-412 Tavira - Algarve Tel: 281 320 900 | Fax: 281 320 909 E-mail: jornalpostal@gmail.com Director: Henrique Dias (CP 3259). Director Comercial: Basílio Pires Editor: Ricardo Claro (CP 9238). Redacção: Cristina Mendonça (CP 3258), Geraldo de Jesus (CO 630), Helga Simão. Design: Profissional Gráfica. Colaboradores fotográficos: José A. N. Encarnação “MIRA” Colaboradores: Beja Santos (defesa do consumidor), Nelson Pires (CO76). Departamento Comercial, Publicidade e Assinaturas: Anabela Gonçalves, José Francisco. Propriedade do título: Henrique Manuel Dias Freire, inscrito sob o nº 211 612 no Registo das Empresas Jornalísticas. Edição: Postal do Algarve - Publicações e Editores, Lda. Contribuinte nº 502 597 917. Depósito Legal: nº 20779/88. Registo do Título (dgcs): nº 111 613. Impressão: Coraze - Oliveira de Azeméis Distribuição: Banca - Logista, à sexta-feira com o Público/VASP - Sociedade de Transportes e Distribuição, Lda e CTT. Membro: APCT - Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação; API - Associação Portuguesa de Imprensa.

Um bom amigo meu com uma vida inteira de África telefonou-me há dias de Luanda. Fiquei surpreendido com a chamada, já que não é hábito aquele amigo ligar-me a hora tão tardia (2 horas). Logo fiquei preocupado, pensando tratar-se de alguma má notícia. Felizmente enganei-me, mas, há sempre um mas, de algum modo existia uma preocupação. O meu amigo queria vir de férias para o Algarve, com a família, e tinha lido num jornal inglês um artigo a desaconselhar férias no Algarve por questões de insegurança. O articulista do tablóide inglês dava conta de assaltos constantes, pancadaria, mor-

tes, serviços especulativos, cujas vítimas, na sua maioria, eram quase sempre ingleses. O meu amigo, com passagem marcada para o dia seguinte, estava confuso e receoso perante o cenário traçado pelo jornal inglês que lhe chegou às mãos do outro lado do atlântico, daí o telefonema tardio, mas compreensível. Questionava o meu amigo a verdade das notícias e se tudo o que leu correspondia ao relato terrível traçado pelo articulistas inglês. Ele, o meu amigo, a viver numa cidade – Luanda – super lotada de habitantes e por força das circunstâncias, com problemas de segurança, apenas queria descansar na Europa, no caso, em Portugal, numa região - Algarve - cujo lema da segurança foi e

Assine o

é a bandeira que cobre a oferta turística algarvia. Tranquilizei o meu amigo e disse-lhe que poderia vir sem receios para descansar em tranquilidade e aproveitar o sol e as praias de areia branca do Algarve e visitar lugares que fazem desta região um bilhete postal universal. Para tranquilidade da minha consciência coloquei-o a par de algumas situações que se têm vindo a verificar nos últimos anos, acentuadas nos últimos meses, de uma actividade criminal a que o Algarve não estava habituado. Aproveitei para lhe dar alguns conselhos básicos de segurança, nada que ele não conhecesse. Com isso não estava a pôrme ao lado do inglês, estava apenas a reconhecer que existe na região mais criminali-

mercias sem analisar e contra atacar parece-me ser uma preguiça jornalística e aceitar por verdade, a verdade dos outros. Anote também que não comungo a ideia de que “esconder” noticias é um bom serviço ao serviço do turismo. Não é. A verdade é a verdade e só denunciando se pode combater o MAL. Para que não diga que sou reaccionário. A BEM DA NAÇÃO.

OPINIÃO – NOTA DE CORRECÇÃO: No artigo publicado na

edição nº 1035, do semanário POSTAL do passado dia 26 de Maio, intitulado “Olhão - destino turístico pouco conhecido”, por lapso indiquei o hotel pertencente ao complexo turístico frente à Marina de Recreio com a qualificação de quatro estrelas, sendo na realidade de cinco estrelas. Por esse motivo peço desculpa. José Macheira

Envie este cupão para:

POSTAL DO ALGARVE - Rua Dr. Silvestre Falcão, nº 13 C, 8800-412 Tavira

(50 Edições) Portugal 30 ¤ I Europa 50 ¤ I Resto Do Mundo 80 ¤

NOME __________________________________________________________________________________________________________________________ DATA DE NASCIMENTO _______ ⁄ ________ ⁄ ____________ MORADA __________________________________________________________________________________________ CÓD. POSTAL _________ - _____ — ________________________________________________ NIF

  

TEL   

 

EMAIL _______________________________________________________ PROFISSÃO ________________________________

AUTORIZAÇÃO DE PAGAMENTO - por débito na conta abaixo indicada, queiram proceder, até nova comunicação, aos pagamentos das subscrições que vos forem apresentadas pelo editor do jornal POSTAL do ALGARVE. Esta assinatura renova-se automaticamente. Qualquer alteração deverá ser-nos comunicada com uma antecedência mínima de 30 dias.

30 ¤

NIB

Assine através de TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA

BANCO _______________________________________________________________________________________________

   

NOME DO TITULAR __________________________________________________________________________

35 ¤

Tiragem desta edição:

12.098 exemplares

dade comparativamente ao passado, facto que não deve ser escondido, mas sim considerado um alerta, não só para os turísticas que nos visitam, mas em particular para as autoridades que têm de olhar o problema de frente, para defenderem a “galinha dos ovos de oiro” muito cobiçada por outros. Precisamos também de saber contra-atacar quem nos ataca. Transcrever as notícias dos nossos “inimigos” co-

BALCÃO ______________________________________________

_______________________________________________________________________________ ASSINATURA IDÊNTICA À CONSTANTE NA FICHA DO BANCO DO TITULAR DA CONTA.

Assine através de DINHEIRO, CHEQUE ou VALE POSTAL, à ordem de Postal do Algarve.

NOTA: Os dados recolhidos são processados automaticamente e destinam-se à gestão da sua assinatura e apresentação de novas propostas. O seu fornecimento é facultativo. Nos termos da lei é garantido ao cliente o direito de acesso aos seus dados e respectiva actualização. Caso não pretenda receber outras propostas comerciais, assinale aqui.


PUB

PUB

EU

PRENDO SUA

A

ATENÇÃO

HORAS A

FIO

I am the power of print. Os meios de comunicação em papel são renováveis, recicláveis e eficazes. Permitem que o cliente conheça com mais detalhe uma marca, um modelo ou um produto. Folhetos, brochuras, catálogos ou revistas são apenas alguns exemplos. A informação aí não é volátil, permanece disponível dias a fio e é acessível a múltiplos utilizadores. A facilidade de o cliente poder ler de acordo com a sua vontade gera conforto. E implica uma maior concentração na marca ou produto, quando o cliente aproveita os momentos certos para folhear e ler. Saiba mais sobre os média impressos em www.printpower.pt

Se quiser receber a brochura no seu e-mail, basta fazer o download do programa de leitura em www.upcode.fi no seu telemóvel e utilize-o para digitalizar o código.

PP_Ads_Portugal_17022011_corr.indd 1

Add print, add power

16/03/11 14:05

PUB


última Tiragem desta edição:

12.098 exemplares

Albufeira lidera praias de qualidade

D.R.

Concelho com mais bandeiras azuis e “qualidade de ouro” A QUERCUS, Associação Nacional de Conservação da Natureza, identificou este ano 18 praias com qualidade de ouro em Albufeira, mais uma do que no ano anterior. O concelho detém a nível nacional o maior número de zonas balneares com esta distinção, nomeadamente Salgados, Galé Oeste, Galé Leste, Manuel Lourenço, Evaristo, Castelo, Coelha, Arrifes, Aveiros, Oura, Oura Leste, Santa Eulália, Barranco das Belharucas, Falésia - Açoteias, Falésia - Alfamar, Rocha Baixinha Poente, Rocha Baixinha, Rocha Baixinha Nascente. A chancela “Praia de Ouro” é entregue pela associação ambientalista às praias nacionais mais consistentes, com um histórico de qualidade nos últimos cinco anos. Trata-se de uma forma da Quercus garan-

tir uma maior fiabilidade no que respeita à qualidade das águas balneares. Albufeira está também na liderança no que respeita à Bandeira Azul, com 21 galardões atribuídos, um dos quais à Marina de Albufeira e os restantes às praias com qualidade ouro e ainda às praias Maria Luísa e Olhos de Água. A excelência das zonas balneares de Albufeira valeu ainda a atribuição de 13 galardões “Praia Acessível” e nove “Praia Saudável”. As praias com galardão “Praia Acessível - Praia para Todos” cumprem os critérios de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida ou condicionada. Esta é uma distinção que representa o esforço do município em melhorar as infra-estruturas e serviços de apoio, eliminando as barreiras arquitectónicas

nos equipamentos colectivos e na via pública. São elas Salgados, Galé Oeste, Galé Leste, Manuel Lourenço, Evaristo, Peneco, Pescadores, Oura, Maria Luísa, Olhos de Água, Barranco das Belharucas, Rocha Baixinha Poente e Rocha Baixinha Nascente. A insígnia “Praia Saudável” tem em consideração aspectos como a segurança, acessibilidade, ambiente e sensibilização. Foram galardoadas as praias dos Salgados, Galé Leste, Oura, Santa Eulália, Maria Luísa, Barranco das Belharucas, Falésia - Açoteias, Rocha Baixinha Poente e Rocha Baixinha Nascente. “Todos estes galardões são um motivo de satisfação e orgulho, pois respeitam rigorosos critérios de atribuição que nos temos esforçado por cumprir e superar. De ano para ano,

 Desidério Silva destaca importância dos galardões para o concelho a qualidades das nossas praias tem vindo a aumentar, factor de extrema importância para

uma cidade turística”, afirma Desidério Silva, presidente da autarquia albufeirense. PUB


Postal9Jun1037