Issuu on Google+

DESPORTO FIGURAS DO ATLETISMO INVADEM VILA REAL

>

17

D.R.

PUB

Director Henrique Dias Freire • Ano XXIII • Edição nº 1035 • Semanário à quinta-feira • 26 de Maio de 2011 • Preço € 1

FARO 6 PORTIMÃO 7 VILA REAL, CASTRO MARIM, ALCOUTIM 8 TAVIRA 9 OLHÃO 10 SÃO BRÁS, LOULÉ 11 ALBUFEIRA 12 LAGOA, SILVES, MONCHIQUE 14

ÀS SEXTAS EM CONJUNTO COM O PÚBLICO POR €1,60

LAGOS, VILA DO BISPO, ALJEZUR 15 REGIÃO 16 LAZER 19 CLASSIFICADOS 20 OPINIÃO 22

Desemprego bate novo recorde com 17%

Notícias boas na área do desemprego no Algarve são coisa de há anos. Desde 2009 que o número de desempregados é sempre galopante, registando apenas descidas devido às contratações de Verão. Sem um plano adaptado à realidade algarvia o panorama continua negro. p. 3

>

D.R.

ALCOUTIM

Francisco Amaral aumenta apoio a diabéticos

>A

renovação do protocolo de apoio a diabéticos entre a Câmara de Alcoutim e a AEDMADA representa um passo em frente no combate a uma das doenças do século e o aumento da protecção à saúde em Alcoutim p. 8 ZZZ ACESSOS

“Já pagámos mais de 2 milhões de dívidas” Desidério Silva trava encerramento dos correios O presidente da Câmara de Albufeira não deixa créditos em mãos alheias e opôs-se eficazmente à vontade dos CTT p. 12

>

TURISMO

CAÇA

Olhão enche ao ritmo da Marcha

Estádio Algarve perde Feira da Caça para Tavira

Atlética encheu as ruas para ver passar a nata da modalidade. Olhão ganha com a promoção a nível europeu com a visibilidade alcançada p. 10

apoiar o evento e deve dezenas de milhares de euros aos caçadores algarvios. A feira ruma a Tavira onde espera melhores dias p. 16

> A Taça da Europa de Marcha

RICARDO CLARO

PODER LOCAL

D.R.

MONCHIQUE: A afirmação é de Rui André, presidente da Câmara de Monchique há ano e meio, em entrevista ao POSTAL. Um momento para analisar a realidade do concelho e os desafios em tempos de crise > 4 e 5

Albufeira inaugura nova entrada da cidade > Um investimento de grande

importância para Albufeira foi o que Desidério Silva inaugurou e que deixa a cidade preparada para o novo acesso à Via do Infante p. 13 DIA DE LOULÉ

Festa da Espiga anima ruas em Salir > Loulé comemora aniversário no interior do concelho. Salir é palco da tradicional Festa da Espiga e promete momentos de tradição a não perder p. 11 PUB

> Faro não tem dinheiro para

CA NOVA GERAÇÃO Veja anúncio na pág. 23


AF_26x37_Imprensa_FAgua 5/18/11 10:59 AM Page 1 PUB


26 de Maio de 2011  |   

em foco Desemprego sobe para os 17% Região mantém a liderança da taxa de desemprego no país d.r.

Centros de emprego com menos inscritos O crescimento

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

O Instituto Nacional de Estatística (INE) publicou na

passada semana os dados do primeiro trimestre de 2011 relativamente ao desemprego e o Algarve surge na primeira posição do país com 17%. Um valor que ultrapassa em 4,6 pontos percentuais o desemprego a nível nacional - que se situou no mesmo período em 12,4% - e que é maior do que a segunda região com mais desemprego no continente, Lisboa, que registou 13, 6%. Resultados muito acima do desemprego registado no Algarve no último trimestre de 2010, 14,8%, apesar do INE afirmar que a comparação entre os dados de 2011 e os de anos anteriores não podem ser comparados por se ter iniciado a aplicação de um novo sistema de recolha e tratamento dos dados estatísticos (ver caixa).

do desemprego na região parece estar em contradição com os dados estatísticos dos centros de emprego do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) na região. É que, de acordo com os últimos dados disponíveis de pessoas inscritas nos serviços do IEFP do Algarve, o número de desempregados na região regista um decréscimo sucessivo desde Janeiro até Abril (ver gráfico) com o primeiro mês do ano a registar 30.914 inscritos e Abril a somar 26.426 pessoas constantes dos registos do IEFP. Os dados do IEFP põem ainda os quatro primeiros meses do ano de 2011 com valores de desemprego mensais sempre abaixo dos registados no ano de 2010, excepção feita a Janeiro. Mas o que parece uma contradição, a União de Sindicatos do Algarve (USA) explicou ao POSTAL como sendo o resultado de muitas das pessoas que

O novo método estatístico para os dados do desemprego

 António Goulart diz que o actual panorama resulta da ineficácia do Governo já não têm direito ao subsídio de desemprego deixarem de integrar as fileiras de inscritos nos centros de emprego. “Muitos desempregados que já não recebem o subsídio deixam de estar inscritos nos centros de emprego porque isso implica apresentações quinze-

nais nos serviços do IEFP e outras exigências a que as pessoas preferem não estar sujeitas”, afirmou ao POSTAL António Goulart, responsável pela USA na região. Para este responsável, os dados mais fiáveis são os do IEFP, mas mesmo assim avan-

26.426

28.435 21.199

21.055

22.223

25.000

22.419

30.000

29.300

30.435

30.664

30.874

30.914

30.315

35.000

2008 2009

15.000

2010

13.074

14.774

16.063

16.333

20.000

2011

10.000

5.000

0 Janeiro

Fevereiro

Março

Dados estatísticos do IEFP relativos aos inscritos nos Centros de Emprego do Algarve. Os dados incluem os desempregados totais e os inscritos em programas ocupacionais do IEFP.

Abril

ça que “a experiência no terreno faz a estrutura sindical acreditar que a percentagem de desempregados na região deve superar os 17% anunciados pelo INE em um ou dois pontos percentuais”.

Governo não dominou o desemprego na região O co-

ordenador regional da USA destaca que a situação do desemprego na região “é gravíssima” e que não é de agora. “Há mais de dois anos que alertamos o Governo para a situação que hoje enfrentamos na região”, diz Goulart, acrescentando que o actual panorama resulta, “da ineficácia do Governo em adoptar medidas de combate ao desemprego e de promoção do emprego a nível nacional e de criar soluções específicas para o Algarve adaptadas à realidade do distrito e à sazonalidade característica da região”. “Apresentámos em tempo útil a este Governo memorandos que propunham a adopção de medidas de contenção do desemprego e de promoção do mercado de trabalho que nunca foram adoptadas”, realça o sindicalista, que conclui que “o resultado está à vista” e que “apesar dos números irem seguramente baixar durante a época alta que se avinha, certamente no Inverno o desemprego voltará a subir para números alarmantes”.

 O INE aplica desde o início deste ano um novo método de recolha e análise dos dados relativos ao desemprego e de acordo com a instituição a diferença de método implica a impossibilidade de comparação entre as séries anteriores e posteriores a Janeiro de 2011. No entanto, a diversidade de critérios não deveria, de acordo com António Goulart em declarações ao POSTAL, impedir de forma absoluta que se estabelecessem comparações entre os dados do método anterior e os obtidos pelo novo método. Os métodos estatísticos deveriam possibilitar uma análise comparativa mínima sanadas as questões estatísticas técnicas que possam inquinar tal análise, defende o sindicalista responsável pela União de Sindicatos do Algarve (USA). De acordo com a Lusa, o INE afirma que o desemprego a nível nacional teria atingido 11,4% se fosse analisado pelo anterior método, em vez dos 12,4% resultantes da nova metodologia. Se extrapolarmos esta diferença para os dados do Algarve em vez dos 17% obteremos um valor de 16%. Um valor que configura sempre um aumento de 1,2 pontos percentuais face aos 14,8% registados no último trimestre de 2010. Seja qual for a análise, o resultado é sempre o mesmo, o desemprego cresceu no Algarve e promete não dar tréguas na região.


    |  26 de Maio de 2011

destaque Entrevista a Rui André

Monchique sem um tostão do Governo O presidente da Câmara de Monchique, Rui André, é peremptório: “é lamentável que Monchique não tenha um cêntimo previsto no PIDDAC (Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central)”. É neste cenário que, um ano e meio após a sua eleição e quando se celebra mais um aniversário do município, o POSTAL entrevista o autarca que quer levar a bom porto um projecto que desenhou para o concelho e que afirma ser hoje muito mais do que um projecto político. A pagar a dívida herdada, a Câmara liquidou já mais de dois milhões de euros de passivo e o líder da autarquia promete não baixar os braços na luta pela sua gente e pelo seu concelho. Isto e muito mais, numa entrevista que percorre as várias áreas de influência do poder local num concelho que pretende ser muito mais do que termas, água, e beleza paisagística. POSTAL - Ocupa o cargo de presidente da Câmara há ano e meio, qual o trabalho que mais relevo julga ter desenvolvido até ao momento e qual o projecto que mais gostaria de ver concluído até ao fim do mandato? Rui André - Tomei posse no dia 2 de Novembro de 2009, e tenho, em conjunto com a equipa que formei, desenvolvido um enorme trabalho de credibilização desta autarquia e reconquista da confiança por parte dos fornecedores. Este era um município mau pagador, mal gerido, com graves problemas de organização interna e as primeiras prioridades foram o “arrumar a casa” e a criação de algumas ferramentas importantes para a gestão corrente da Câmara. Estou a implementar uma nova dinâmica na qual pretendo valorizar o trabalho e a dedicação, uma gestão moderna e mais próxima dos cidadãos, que envolve os funcionários, apelando ao seu zelo e dedicação como garante do bom funcionamento dos serviços. Eu próprio pretendo dar o exemplo, sendo o primeiro a entrar na Câmara e o último a sair, não tendo até ao momento gozado um único dia de férias, nem gasto um cêntimo em ajudas de custo. Hoje, considero o cargo mais do que um projecto político, pois é fruto de uma relação emocional muito forte a esta Terra e a esta Gente.

Na área social, que conhece com particular acuidade dadas as suas funções como vice-provedor da Misericórdia, quais as grandes linhas da acção do município e qual a sua evolução nestes dois anos? A crise que hoje se vive no país, já se vinha sentindo nos últimos anos em Monchique. Um concelho com poucas dinâmicas sociais, com uma rede social deficiente e com um gritante vazio em termos de respostas sociais. A questão social tinha que ser também uma prioridade e, neste momento, o município encontra-se a preparar o projecto da Loja Social de Monchique, do Banco Local de Voluntariado e um leque de actividades para o apoio às famílias mais carenciadas, como sejam o apoio ao arrendamento, o apoio à natalidade, para além de estar já a apoiar reparações em habitações de famílias carenciadas. Em fase de arranque estão também os projectos de um lar para a freguesia de Marmelete em que o município vai assegurar a comparticipação privada do mesmo, assim como um centro de dia e apoio domiciliário para a freguesia do Alferce, num investimento total de cerca de 500 mil euros por parte da autarquia. A Santa Casa da Misericórdia já demonstrou interesse em iniciar a valência de apoio domiciliário e construir mais um lar, estando neste momento a

discutir a melhor localização deste equipamento. Por cedência de um terreno, o município tornou possível também um investimento privado no concelho de grande interesse como é o da Unidade de Cuidados Continuados de Saúde que arrancará em breve. A Câmara está neste momento a elaborar diversos planos que terão propostas de actividades/medidas na área social, nomeadamente para os estratos mais carenciados da população. Rui André quer inverter tendência demográfica Monchique regista uma descida consistente da população do concelho, que medidas estão a ser tomadas para a inversão desta tendência? Considera que esta é uma linha de evolução que pode ser alterada e em que horizonte temporal? Monchique perdeu nos últimos dez anos, cerca de mil habitantes, fruto de uma política desastrosa por parte de um executivo que apesar de estar em funções há largos anos não percebeu esta evidência e nada fez para a contrariar. Esta é uma tendência que é bem possível retroceder, mas leva algum tempo. A “estratégia” política de investimento nas vias de circulação deixou para trás alguns projectos estruturantes que hoje são fundamentais e que poderiam ser

d.r.

 Rui André considera o cargo que detém mais do que um projecto político alavancas criadoras de emprego e consequentemente fixação da população, como sejam o Parque Empresarial, Parque de Feiras e Exposições. As obras e os projectos Quais as obras ou projectos que considera mais importantes realizar nas três freguesias do concelho e porquê? Na freguesia de Monchique, é fundamental para a revitalização económica, a construção do Parque Empresarial, da Casa de Abate e de um Centro de Feiras e Exposições. Sendo a floresta um dos factores

económicos mais relevantes, e a sua defesa um objectivo estratégico, está o município a desenvolver o Projecto de Instalação de um Centro de Recursos e Protecção Civil, para o qual já adquirimos o terreno. Desejávamos criar também uma variante à vila, um investimento imprescindível para transformá-la numa vila mais saudável, com menos tráfego no seu interior, valorizando o turismo, a mobilidade e a qualidade de vida dos habitantes, o que poderá não se concretizar neste mandato. No entanto, estamos a construir uma via de descongestionamento do trânsito em

S. Roque, de forma a tornar mais fácil o trânsito naquela zona da vila. É igualmente importante uma aposta na habitação com vista à fixação de jovens do concelho e atracção de pessoas de outras localidades. Nas freguesias de Alferce e Marmelete também é importante esta questão habitacional, sendo que em Marmelete pretende-se a curto prazo a construção de 12 lotes de habitação a custos controlados, obra que se prevê possa arrancar ainda no decurso deste ano. Nas três freguesias, é fundamental a concretização de um projecto ou equipamento so-


26 de Maio de 2011 |

DESTAQUE MONCHIQUE

Incompreensivelmente, ainda existem pessoas em Monchique que não têm abastecimento de água e os esgotos de uma parte significativa do concelho não são tratados.

Textos: Ricardo Claro

Rui André presidente da Câmara de Monchique

D.R.

Em termos de exploração de minerais, o concelho apresenta uma forte mais-valia e parece haver um interesse crescente nesta área por parte do sector privado. Como espera conseguir gerir esta questão com os delicados problemas ambientais e paisagísticos que a envolvem? Todos concordamos que é importante a valorização das potencialidades do concelho, a criação de emprego e riqueza, mas esta terá que ser equacionada na relação com a estratégia de desenvolvimento do concelho e nunca a poderá pôr em causa. Uma exploração que não ponha em causa a riqueza natural do concelho e que apresente um impacto negativo de pequena expressão, terá o nosso apoio. Quando os mesmos ponham em causa os recursos naturais, como a paisagem, os recursos hídricos, ou a coabitabilidade com os residentes, teremos uma posição desfavorável, como aconteceu recentemente quando me opus à exploração de feldspato numa zona de sensibilidade máxima como é a da Picota.

Na área da cultura qual o projecto que mais destaca dentre os que a autarquia tem levado a cabo? O concelho de Monchique registava um vazio na questão cultural, marcado por uma ou outra iniciativa avulsa. Neste momento, para além da edição regular da Agenda Municipal, registam-se várias dinâmicas interessantes, como sejam o protocolo com a Associação Arte Divina, que nos permite ter ao longo do ano uma regular programação cultural de muito interesse com exposições mensais na Galeria de St. António. Para além

concelho. A zona das Caldas de Monchique, também pela recente abertura de um hotel 5 estrelas, vai colocar a “bitola” de tal forma alta que espero que as outras unidades hoteleiras acompanhem este dinamismo e possamos tornar ainda mais, esta, numa zona de excelência, apostando na qualidade e diferenciação para com outros destinos na Região e no País. De recordar que em Monchique estão localizadas duas valências importantes na área do Turismo e que são únicas na Região, como é o caso do Termal e de Saúde e Bem-estar.

cial, de forma a ampliar a resposta social aos mais idosos. A rede viária de acesso a Monchique continua a ser um problema para a autarquia ou é uma questão resolvida nesta altura na opinião da autarquia? O município de Monchique tem inscrito em PIDACC regionalizado, zero cêntimos de investimento. A ligação de Monchique à A22, promessa do Governo ainda em funções, teima em cair no esquecimento, ainda que esta seja um projecto estruturante e fundamental para o desenvolvimento do concelho.

Rui André já pagou mais de dois milhões de dívida

D.R.

D.R.

Água e saneamento Em termos de abastecimento de água e saneamento básico em que situação se encontra o concelho e que projectos estão na ordem do dia nestas áreas? Herdei a gestão de um concelho onde falta fazer muita coisa neste âmbito. Incompreensivelmente, ainda existem pessoas em Monchique que não têm abastecimento de água e os esgotos de uma parte significativa do concelho não são tratados. Esta situação é o resultado de uma política irresponsável da anterior gestão e imediatamente colocámos mãos à obra, tendo já realizado o abastecimento de água à zona da Bica Boa de Baixo, que apesar de se localizar a cerca de um quilómetro do centro não tinha água. Neste momento encontramo-nos a aguardar a aprovação de duas candidaturas ao POVT, que irão resolver de uma vez por todas estes problemas, num investimento total de cerca de 4.6 milhões de euros.

A SITUAÇÃO FINANCEIRA DA CÂMARA

 O Longevity foi o primeiro hotel de 5 estrelas do concelho disso, foram criadas algumas dinâmicas culturais na área da Música, como o Festival Itinerante de Jazz, o Ciclo de Música Clássica, entre outros. De registar também duas edições do Simpósio Internacional de Escultura em Cera, ligando esta arte às características e um produto locais de destaque como seja o mel. O enquadramento económico e empresarial Apesar de serem áreas do sector privado como vê a actual situação das Águas de Monchique e das Termas de Monchique? Para o município de Monchique é importante que as empresas aqui sediadas desenvolvam estratégias de criação de riqueza e com elas possam criar mais postos de trabalho, evitem a precariedade e tirem partido das muitas potencialidades deste

Em termos de desenvolvimento turístico que retrato faz actualmente do concelho e que projectos estão na calha para o concelho? Há ainda margem em sede de PROT Algarve para mais camas no concelho e em que medida? Monchique constitui hoje uma oportunidade para quem quer apostar numa nova vertente do Turismo, como o Turismo de Lazer, de Saúde e de Natureza. Estes são, decisivamente, os braços de crescimento do Turismo Algarvio e por isso Monchique está numa situação privilegiada. Neste momento, o município encontra-se em fase de conclusão dos procedimentos para a abertura do concurso para mais 900 camas turísticas ao nível dos NDT, aguardando-se com espectativa a concretização de mais projectos conducentes à afirmação de concelho de Monchique como a Capital do Turismo de Qualidade.

Qual é actualmente a situação da autarquia em termos da sua dívida total de curto, médio e longo prazo e como a analisa face às necessidades de investimento? Herdámos neste capítulo uma dívida de curto prazo de 3.556.416,90 euros e de médio e longo prazo de 10.288.018 euros em 02/11/2009. Em 31 de Março de 2011, a dívida a curto prazo era de 2.702.721,14 euros e a médio e longo prazo de 8.423.402,43 euros. Estamos a falar em redução de dívida superior a dois milhões de euros em ano e meio. Sem esta redução, não teria o município capacidade para projectar no futuro outros investimentos e projectos, de forma a cumprir com os desígnios subjacentes ao programa eleitoral com que fomos eleitos. O caminho que Monchique estava a levar no capítulo financeiro, com consequências danosas para o futuro dos cidadãos tinha de ser travado. Não podemos hipotecar nem deixar aos nossos filhos um futuro cheio de incertezas. Monchique teve uma gestão danosa em termos de finanças públicas à qual nós respondemos com muita energia. Começámos a pagar dívidas desde o primeiro dia que tomámos posse.

Monchique foi especialmente afectado pelos cortes orçamentais e pela quebra de receitas resultantes dos impostos sobre o património e das licenças de construção? Não só Monchique mas todo o território tem sido afectado por reduções de receitas provenientes de impostos ligados à construção ou transmissão de propriedade. A crise que afecta o sector é por demais evidente. Contudo, para além destes cortes, acresce a não inclusão em PIDDAC Regionalizado de qualquer obra, ou seja, nem um cêntimo do Governo para Monchique. Esta situação é lamentável! Por outro lado, e através de uma recente comunicação da DGAL, com entrada nos nossos serviços no passado dia 23 de Maio, fomos informados que nos irão reter FEF (Fundo de Equilíbrio Financeiro) para pagamento de dívida de 2008 à ADSE, num total de 481.787,07 euros, com prestações mensais de mais de 68.500 euros. Mais uma vez, a anterior gestão deixou-nos, por incompetência, uma situação que coloca em causa o funcionamento normal da autarquia. Contudo, acredito que tudo iremos fazer para dar a volta por cima e cumprir com aquilo que tínhamos prometido.

5


    |  26 de Maio de 2011

Fotografia

Tráfico de droga

ALFA promove formação

Detido com um quilo de cocaína

A Associação Livre Fotógrafos do Algarve (ALFA) promove, na sua sede, em Faro, no fim-de-semana de 4 e 5 de Junho, um curso de iniciação à fotografia. Desde a distinção entre câ-

Um passageiro de um voo proveniente do Brasil que transportava cerca de um quilo de cocaína no estômago foi detido no Aeroporto de Faro pela Polícia Judiciária (PJ). Segundo um comunicado da

maras até ao seu domínio completo ao nível das aberturas e velocidades de exposição, passando pelo “correcto” enquadramento fotográfico e muito mais será esclarecido aos formandos.

d.r.

PJ, o homem tinha 110 invólucros de cocaína no interior do estômago, o equivalente a um quilo, que daria para mais de cinco mil doses individuais e com um valor comercial aproximado de 50 mil euros. MAD

faro

Alcoutim reforça apoio aos diabéticos pág. 8

Novas áreas de trabalho e tratamento

Secretário de Estado visita obras no hospital d.r.

Inundações provocam caos em Faro Aguaceiro diluviano causou muitos estragos luís forra

Entre as 8 e as 10 horas de

 Óscar Gaspar destacou a importância dos projectos em conclusão

O secretário de Estado da

Saúde, Óscar Gaspar, esteve na passada quinta-feira no Hospital de Faro para visitar as novas instalações dos Serviços Farmacêuticos e acompanhar de perto a fase de conclusão das obras do edifício onde vão nascer as novas unidades de Convalescença e de Cuidados Paliativos, integradas na Rede Nacional de Cuidados Continuados. O secretário de Estado teve ainda oportunidade de visitar a nova Unidade de Ressonância Magnética e as obras (em fase de conclusão) do novo Serviço de Medicina Física e Reabilitação, bem como da Consulta Externa, áreas que vão ganhar espaços mais modernos e funcionais. O membro do Governo destacou a importância que estes projectos de requalificação, bem como todo o trabalho técnico e de apetrechamento

tecnológico têm na garantia de uma melhoria da prestação de cuidados de saúde aos utentes. Segundo a administração do hospital, os novos Serviços Farmacênticos, com uma área de 525 metros quadrados, “garantem excelentes condições de trabalho para os profissionais e uma melhoria muito significativa em toda a rede de distribuição e manipulação de fármacos”. Uma área de 1.371 metros quadrados foi o espaço destinado ao novo Serviço de Medicina Física e Reabilitação e à nova zona destinada a Consultas Externas. A nova unidade de Convalescença com capacidade para 30 camas, e a Unidade de Cuidados Paliativos, com capacidade para 15 camas, perfazem um total de mais de quatro mil metros destinados às três áreas de trabalho.

quarta-feira da passada semana choveu na cidade de Faro quatro vezes mais do que o costume em todo o mês de Maio. A queda de 20 milímetros por metro quadrado em apenas duas horas foi o suficiente para inundar ruas, lojas, casas e garagens. A água chegou a atingir 70 centímetros de altura. Ao início da tarde do dia seguinte, quinta-feira, muitos ainda faziam contas aos estragos e trabalhos de limpeza. A Escola Básica do 1º Ciclo de Marchil continuava sem aulas, depois de um muro ter cedido devido à chuva. O interior da escola não foi afectado mas o portão de acesso ao estabelecimento teve de ser retirado devido à queda do muro. Ao longo de quarta-feira, os bombeiros de Faro receberam 128 pedidos de ajuda, na sua maioria relativos a pequenas inundações, tendo a situação mais preocupante sido o esvaziamento de uma garagem de um prédio na Rua de São Luís onde se supunha estar uma pessoa. Contudo, após os trabalhos, que envolveram elementos dos bombeiros, PSP e uma equipa de mergulhadores, concluiu-se que ninguém tinha sido apanhado pela verdadeira enxurrada que submergiu os carros estacionados na garagem subterrânea.

Limpeza foi prioridade do dia seguinte Depois de várias ruas terem estado intransitáveis devido à água acumulada,

 Chuva intensa inundou ruas, lojas, casas e garagens na quinta-feira os bombeiros concentraram-se em acções de limpeza pela cidade, disse à Lusa o comandante da Força Operacional Conjunta (FOCON) dos Bombeiros de Faro. “A maior parte do trabalho foi logo feita na quarta-feira, hoje estamos em fase de rescaldo, a proceder a algumas limpezas em locais onde a água já não ultrapassa os dez centímetros”, referiu. Apesar de já não haver praticamente água a inundar o espaço, o proprietário do restaurante “Francesinhas do Norte”, na Rua de São Luís, ainda não tinha tudo em ordem para reabrir o estabelecimento.

A chuva causou sobretudo estragos nas máquinas e no balcão do restaurante, onde a água chegou a atingir os 70 centímetros de altura, contou Mário Freitas, que avalia os prejuízos em quatro ou cinco mil euros. Com a casa aberta há cerca de seis meses, disse não possuir seguro “por causa da crise” e rezar para que as máquinas voltem todas a funcionar para não ter que suportar tanto prejuízo. O restaurante situa-se também na Rua de São Luís, uma das artérias da cidade mais afectadas pela intempérie. No Aeroporto de Faro, vá-

rios voos foram afectados pela suspensão do tráfego aéreo durante cerca de duas horas, entre as 10 e as 12 horas. Segundo apurou o POSTAL, a circulação ferroviária foi também afectada por inundação do troço de linha junto ao largo de São Francisco. A chuva forte e inesperada marcou presença um pouco por todo o Algarve e em Olhão e Quarteira verificaram-se também algumas inundações sem gravidade, conforme confirmou o comandante do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, Aníbal MAD/POSTAL Silveira.


26 de Maio de 2011  |   

portimão

Câmara atribui Grau Ouro ao RI 1 pág. 9

Benavente arranca oitavo lugar em F1 Motonáutica

Crime

Leonor Cipriano leva Estado a Tribunal da ONU d.r.

O advogado de Leonor Ci-

priano apresentou ao Alto Comissariado para os Direitos Humanos da ONU queixa contra o Estado português por tortura contra a mãe e o padrasto de Joana, criança desaparecida em 2004 na aldeia de Figueira, Portimão Marcos Aragão Correia referiu numa nota enviada à comunicação social que “na passada terça feira, 17 de Maio, seguiu, via correio registado”, a queixa “formal por prática de brutal tortura contra a mãe e o padrasto da criança Joana Cipriano”. O advogado acrescentou que “esta é a primeira vez que deu entrada nas Nações Unidas uma queixa do género contra Portugal, sendo que todos os processos anteriores de outros cidadãos contra Portugal, por prática de violações semelhantes, deram entrada

O Norte-americano Jay Price

 Navi-Pillay dirige o Alto Comissariado para os Direitos Humanos da ONU no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos”. “Cremos que este inédito processo nas Nações Unidas contra o Estado português resultará num maior internacionalismo do caso do desaparecimento de Joana Cipriano, levando a um incremento da pressão, para que as autoridades portuguesas reabram

o processo e investiguem finalmente o caso de um modo científico e correcto”, sublinhou. Joana Cipriano desapareceu a 12 de Setembro de 2004 e Leonor Cipriano e o irmão e tio da menina, João Cipriano, foram condenados em Março de 2006 a 16 anos de prisão. JOP

2ª Publicação

Anúncio Venda e Convocação de Credores

N.º da Venda: 1139.2011.5 - Prédio urbano em regime de propriedade horizontal sito em Rua dos Bombeiros Municipais nº 11, freguesia de Santiago do Concelho de Tavira. Corresponde á fracção B o rés do chão esquerdo, destinado a habitação, tipo T3, com quintal e uma passagem de acesso a um logradouro com a área de 797,20 m2.Inscrito na matriz predial com o artigo 5.050-B e descrito na Conservatória do Registo Predial com o nº 96/19850503-B. Teor do Edital: Maria Suzel Gonçalves Nobre Andrez, Chefe de Finanças do Serviço de Finanças TAVIRA-1139, sito em RUA AMALIA RODRIGUES 4, TAVIRA, faz saber que irá proceder à venda por meio de propostas em carta fechada, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), do bem acima melhor identificado, penhorado ao executado infra indicado, para pagamento de divida constante em processo(s) de execução fiscal. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) MANUEL MENDES JORGE, residente em SANTO ESTEVÃO TVR, que deverá mostrar aquele bem a qualquer potencial interessado (249.º/6 CPPT), entre as 10:00 horas do dia 2011-05-23 e as 18:00 horas do dia 2011-08-23 O valor base da venda (250.º CPPT) é de m 100.744,00. As propostas deverão ser enviadas via Internet, mediante acesso ao “Portal das Finanças”, em www.portaldasfinancas.gov.pt na opção “Venda de bens penhorados” ou entregues neste Serviço de Finanças, em carta fechada dirigida ao Chefe do Serviço de Finanças, mencionando o número da venda no envelope e na respectiva proposta, indicando nesta última, nome, morada e número de identificação fiscal do proponente. O prazo para recepção de propostas termina às 11:00 horas do dia 2011-08-24 procedendo-se à sua abertura pelas 11:00 horas do dia 201108-24, na presença do Chefe do Serviço de Finanças (253.º/a CPPT). Não serão consideradas as propostas de valor inferior ao valor base da venda (250.º/c CPPT). Se o preço mais elevado, com o limite mínimo do valor base para venda, for oferecido por mais de um proponente, abre-se licitação entre eles, salvo se declararem que pretendem adquirir o(s) bem(ns) em compropriedade (253.º/b CPPT). Estando presente só um dos proponentes do maior preço, pode esse cobrir a proposta dos outros, caso contrário proceder-se-á a sorteio (253.º/c CPPT). A totalidade do preço deverá ser depositada, à ordem do órgão de execução fiscal, no prazo de 15 dias, contados do termo do prazo de entrega das propostas, mediante guia a solicitar junto do órgão de execução fiscal, sob pena das sanções previstas na lei do processo civil (256.º/e CPPT e 898.º Código de Processo Civil - CPC). No caso do montante superior a 500 unidades de conta, e mediante requerimento fundamentado, entregue no prazo de 5 dias, contados do termo do prazo de entrega de propostas, poderá ser autorizado o depósito, no prazo mencionado no parágrafo anterior, de apenas a uma parte do preço, não inferior a um terço, e o restante em até 8 meses (256.º/f CPPT). A venda pode ainda estar sujeita ao pagamento dos impostos que se mostrem devidos, nomeadamente o Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis, o Imposto do Selo, o Imposto Sobre o Valor Acrescentado ou outros. Mais, correm anúncios e éditos de 20 dias (239º/2 e 242º/1 CPPT), contados da 2.ª publicação (242º/2), citando os credores desconhecidos e os sucessores dos credores preferentes para reclamarem, no prazo de 15 dias, contados da data da citação, o pagamento dos seus créditos que gozem de garantia real, sobre o bem penhorado acima indicado (240º/CPPT). Identificação do Executado: N.º de Processo de Execução Fiscal: 1139201001025830 (e apensos) NIF/NIPC: 505908131 Nome: MANUEL MENDES JORGE LDA Morada: QUATRO ESTRADAS- ASSECA CX POSTAL 100X - SANTO ESTEVÃO - SANTO ESTEVÃO TVR O Chefe de Finanças: 2011-05-12

luís forra

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

pub

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO GERAL DOS IMPOSTOS - DGCI JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

Português com boa prestação em prova ganha por Jay Price

Maria Suzel Gonçalves Nobre Andrez (POSTAL do ALGARVE, nº 1035, de 26 de Maio de 2011)

ganhou, no passado domingo, em Portimão, o Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1 em Motonáutica com uma vantagem de quase sete segundos sobre o segundo classificado. O segundo lugar do pódio final da prova disputada nas águas do Arade foi para o companheiro de equipa do vencedor na Qatar Team, Alez Carella, e com esta vitória os atletas levaram a equipa pela segunda vez consecutiva ao pódio da prova em 2011. Destaque para o oitavo lugar de Duarte Benavente, que subiu de resultado face à última prestação, onde tinha obtido um 15º lugar. Recorde-se que a melhor prestação do piloto português na modalidade teve lugar em 2000, quando obteve um distinto sexto lugar na classificação.

Mulher norueguesa entre os grandes Em grande esti-

lo esteve a norueguesa Marit Stromoy, que no dia anterior à prova atingiu a pole position, um feito único para uma mulher aos comandos de um F1 de motonáutica, com a atleta

 A equipa do Qatar que venceu pelas mãos de Jay Price a defender o lugar na linha de partida com unhas e dentes até ao fim, face aos ataques de Al Qamzi, que foi vítima de despiste durante o despique com a nova grande senhora da modalidade. Marit viria ainda a protagonizar mais um momento quente da prova ao literalmente fazer o pino a par de Shaun Torrente, o que levou ao abandono da prova pelos atletas. Portimão foi a segunda prova do calendário do Campeonato do Mundo de F1 Moto-

náutica, numa época em que a Qatar já venceu por duas vezes, a primeira das quais na terra natal da equipa, o que permite antever um forte despique com a equipa vencedora das duas últimas edições do troféu, em 2009 e 2010, a ser dominadas por pilotos dos Emirados Árabes Unidos. A Rússia é o destino dos barcos voadores para a próxima prova do campeonato e a terras de Medvedev chegam na liderança da tabela Jay Price em primeiro lugar, seguido de Alex Carella e Philippe Chiappe. pub


8

| 26 de Maio de 2011

VILA REAL CASTRO MARIM ALCOUTIM

Marcha europeia enche Olhão pág. 10

Alcoutim reforça apoio aos diabéticos Protocolo com a AEDMADA representa um apoio de excelência aos doentes do concelho Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

A CÂMARA DE ALCOUTIM reno-

vou com a Associação para o Estudo da Diabetes Mellitus e Apoio ao Diabético do Algarve (AEDMADA), situada em Faro, o protocolo que mantinha no âmbito do projecto “Apoio ao diabético do Algarve”. Com a renovação do protocolo, a Câmara liderada por Francisco Amaral reforça o apoio aos diabéticos do con-

celho de Alcoutim, passando o mesmo a dar cobertura a 45 doentes diabéticos. Os doentes abrangidos por este programa ficam assim com acesso a todas as valências disponibilizadas pela clínica de diabetes e doenças metabólicas da AEDMADA, que incluem uma equipa multidisciplinar de cuidados de saúde, integrando cinco médicos, quatro enfermeiros, um psicólogo clínico, uma dietista, dois podologistas, uma ortoprotesista e

uma farmacêutica. A Câmara de Alcoutim encaminha para seguimento os doentes que recorram à Divisão de Acção Social da autarquia. A gravidade e descontrolo inerentes a alguns tipos de diabetes e a sua dificuldade de tratamento, são as principais causas do encaminhamento de doentes para a AEDMADA, onde os cuidados de saúde são particularizados segundo as necessidades dos doentes, num acompanhamento personalizado. PUB

D.R.

ASSOCIAÇÃO QUER ESTENDER CUIDADOS A TODA A REGIÃO A

eficácia da clínica da AEDMADA na estabilização dos doentes que lhe são remetidos permite que os doentes do concelho que usufruem deste apoio sejam rotativos, pelo que a cobertura das necessidades está assim assegurada. A AEDMADA tem protocolos similares estabelecidos com os municípios de Castro Marim, Lagoa, Loulé, Olhão, Tavira e Vila do Bispo, proporcionando aos diabéticos destes concelhos cuidados de saúde de referência, esperando nas palavras da associação, que todos os municípios do Algarve venham a aderir a este sistema que permite a um custo controlado prestar assistência aos doentes daquela que é considerada uma das pandemias do século XXI. O POSTAL apurou que está em fase de ultimação um protocolo entre a associação e a Administração Regional de Saúde do Algarve para que a clínica da instituição possa dar assistência a doentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS), o que permitirá uma resposta cada vez mais adequada e eficaz às necessidades

 Francisco Amaral renovou protocolo de apoio aos diabéticos dos diabéticos regionais. Estima-se que o Algarve tenha uma população diabética da ordem das 40 mil

pessoas identificadas e que na região existam perto de 20 mil pessoas com a doença não diagnosticada.

MONCHIQUE RECEBE PARA O ANO O EVENTO

Castro Marim acolhe encontro de genealogistas D.R.

REALIZOU-SE no passado sá-

bado, em Castro Marim, mais um Encontro Anual dos Genealogistas do Algarve, iniciativa que já vai na sua quinta edição. A organização do encontro esteve a cargo de Renato Celorico Drago, Óscar Caeiro Pinto e José Cabecinha, que contaram com o apoio da Câmara Municipal de Castro Marim. Além de uma visita ao património histórico de Castro Marim, cerca de 50 investigadores puderam trocar informações nas áreas da documentação, genealogia e história da família. Para Caeiro Pinto, da Asso-

 Investigadores trocaram informações em diversas áreas ciação Portuguesa de Genealogia, o estudo do património genealógico familiar aproxima as pessoas das fontes arquivísticas e ajuda a compreender melhor todo o articulado

contexto de história familiar, local e nacional. Depois de Loulé, Tavira, Portimão, Faro e Castro Marim, o próximo encontro anual ficou agendado para Monchique.


26 de Maio de 2011  |   

tavira

Conrad Algarve abre em Setembro pág. 11

Câmara atribui Grau Ouro ao RI 1 Regimento de Infantaria recebe a mais alta condecoração do município Geraldo de Jesus geraldoj.postal@gmail.com

A Câmara Municipal de Tavira atribuiu ao Regimento

de Infantaria 1, sediado na cidade, a Medalha de Mérito Municipal, Grau Ouro. A cerimónia da condecoração, realizada na Praça da República, em pleno coração da cidade, foi presidida pelo chefe de Estado-Maior do Exército, general José Luís Pinto Ramalho. O presidente do município, Jorge Botelho, no seu discurso, referenciou a importância da presença militar em Tavira, destacando “tradições muito antigas da cidade nesta matéria”. “No momento em que o RI 1 leva a efeito as comemorações dos 215 anos de ocupação do Quartel da Atalaia, um marco

importante da instituição militar e do município de Tavira, a autarquia decidiu dar nota de reconhecimento através da atribuição da mais alta distinção atribuível pela Câmara”, disse o autarca. Após uma resenha histórica, o presidente da autarquia reafirmou a importância da presença da actual força militar, o Regimento de Infantaria 1, desde Abril de 2008, como um contributo indelével na formação dos militares, nas acções de protecção civil e de defesa das florestas e na vida cultural da cidade e da região. Uma palavra de grande apreço foi ainda reservada por Jorge Botelho para o actual comandante do RI 1, coronel Nuno Pereira da Silva, que soube, “pela sua elevada inteligência e eficaz

geraldo de jesus

 Jorge Botelho enalteceu a importância da presença militar em Tavira trabalho, mostrar em pouco tempo quanto a instituição militar faz falta a Tavira, tan-

Combate à xenofobia e racismo

Andebol de Tavira já está na segunda divisão nacional d.r.

O POSTAL lança esta semana,

em parceria com a Biblioteca Municipal Álvaro de Campos e a Casa das Artes de Tavira, um concurso de textos subordinado ao tema “Diga não ao Racismo”, numa iniciativa que, no âmbito da política de responsabilidade social do jornal e das instituições da parceria, visa promover a igualdade e o combate aos comportamentos e atitudes xenófobos e racistas em particular e de discriminação em geral.

Concurso apela à criatividade dos alunos algarvios O

concurso está aberto à participação de todos os estudantes do Algarve sendo os textos avaliados por um júri composto por um representante de cada uma das instituições da parceria e por um escritor. A iniciativa que divide os

permanente para colaborar com a vida desta comunidade e de outras comunidades

Clube de Vela leva o nome da cidade cada vez mais alto e espera ser campeão

Postal lança prémio “Diga não ao racismo” Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

to no campo afectivo, como no campo cultural e operacional, com disponibilidade

do Algarve”. O comandante do RI 1, coronel Pereira da Silva, dirigiu-se aos representantes das Ligas dos Combatentes: “a vossa presença nesta cerimónia é um sinal inequívoco de que a ligação entre o passado e o presente é uma realidade”. “Hoje, é um dia de festa para o RI 1, por ter sido distinguido com a Medalha de Mérito de Tavira, Grau Ouro. Esta distinção significa que a cidade reconheceu que o Regimento e a presença dos militares nesta terra, são importantes e indissociáveis da mesma”, afirmou o responsável pelo regimento. As comemorações dos 215 anos de ocupação do Quartel da Atalaia mantêm o edifício aberto ao público e com áreas de exposição visitáveis.

 O POSTAL junta-se, uma vez mais, a uma iniciativa de apoio à cidadania

concorrentes em três escalões, 1º ciclo, 2º e 3º ciclos, e Ensino Secundário, terá como prémio final a publicação dos textos vencedores no POSTAL e a entrega dos mesmos à mesa de políticos e sociólogos do encontro a realizar no âmbito do projecto “Tavira ilimitada - contra o racismo e xenofobia”, na Biblioteca Álvaro de Campos, no dia 21 de Agosto, onde estará pre-

sente, entre outras individualidades, Jorge Sampaio, Alto Representante da ONU para a Aliança das Civilizações. Os vencedores serão anunciados no dia 28 de Julho, durante o painel com escritores presente num dos eventos da programação da Feira do Livro de Tavira, dedicado ao Tavira ilimitada. Os textos, com um máximo de 2.500 caracteres (espaços incluídos), devem ser enviados ao POSTAL até às 24 horas do dia 18 de Julho de 2011, através do e-mail jornalpostal@gmail. com, do fax 281 320 909, por correio, ou entregues directamente na redacção do POSTAL, na Rua Dr. Silvestre Falcão, nº 13 C, 8800-412 Tavira. Entretanto, o projecto Tavira ilimitada mantém activas inúmeras iniciativas no âmbito deste movimento sociocultural de combate ao racismo e xenofobia, que podem ser consultadas no sítio da internet acasadasartes.org.

geraldo de jesus

 Vela de Tavira garante regresso à segunda divisão após vitória sobre Marienses Geraldo de Jesus geraldoj.postal@gmail.com

A duas jornadas do final

do campeonato, a equipa do Clube de Vela ascendeu já à segunda divisão nacional. No final do encontro contra os Marienses, Eduardo Mendonça, presidente da Direcção, afirmou ao POSTAL: “acabámos de atingir o primeiro objectivo desta época que era a subida de divisão. Estou muito feliz”.

“Quero deixar um abraço com muito respeito e amizade a todos os jogadores, treinadores e toda a estrutura do andebol sénior do Vela de Tavira. É um grupo de atletas e treinadores excelente e cabenos elogiá-los pelo seu esforço”, rematou o responsável. “Estamos a dois jogos do final e podemos vir a ser campeões, pois estamos a um ponto do primeiro classificado”, realça Eduardo Mendonça, que conclui, “agora, o nosso

objectivo é sermos campeões nacionais”. O professor, Hélder Leal disse ao POSTAL que este momento é o corolário de uma época “em que trabalhámos muito, treinámos muito e estivemos sempre a um nível elevado”. “Deixo um grande apelo ao público para que no próximo dia 4 de Junho, contra o Samora Correia, esteja aqui em força, como esteve neste jogo, para nos acarinhar e irmos a caminho do título”, rematou.


10    |  26 de Maio de 2011

olhão

Desidério Silva trava fecho dos CTT pág. 12

Marcha europeia enche Olhão Taça da Europa de Marcha Atlética é o mais importante evento desportivo acolhido na cidade Olhão foi a capital europeia

da marcha atlética no último fim-de-semana. A cidade acolheu centenas de atletas de 40 países da Europa que marcharam, na zona ribeirinha, pelos melhores lugares. Os russos dominaram, com a conquista de grande parte das medalhas, e, a nível nacional, a equipa feminina foi a melhor entre todos os atletas portugueses em competição. Por pouco, o grupo feminino não subia ao terceiro lugar do pódio. A melhor atleta portuguesa a competir em Olhão foi Susana Feitor, seguida de Inês Henriques e Ana Cabecinha. A atleta de Pechão (Olhão) mostrou a sua garra, terminando a prova rainha da competição, os 20 quilómetros Sénior Femininos, em 15º lugar, apesar de ter tido uma se-

d.r.

mana difícil a nível pessoal. No entanto, o apoio do público, disse a atleta, foi um incentivo “muito importante”.

Jorge Costa diz adeus à selecção Outro marchador olha-

nense, Jorge Costa, terminou a carreira nesta prova europeia, aos 50 anos, em casa. “Tive muitas dificuldades, custou muito, mas era a minha última corrida pela selecção nacional. Por isso, e ainda mais na minha terra, Olhão, era minha obrigação terminar esta corrida.”, disse o desportista. A Avenida 5 de Outubro, junto ao porto de recreio e na zona ribeirinha de Olhão engalanaram-se para acolher esta 9ª edição da Taça do Mundo de Marcha na pista criada para o efeito na baixa de Olhão.

 Os melhores da Europa marcharam pela cidade Com esta realização desportiva de importância europeia, a cidade de Olhão conseguiu uma enorme projecção inter-

nacional, o que em termos turísticos e económicos deverá trazer grandes benefícios, considera a autarquia.

Olhanenses recebem atletas com grande apoio Todos os

atletas portugueses elogiaram a força transmitida pelo público olhanense durante as várias provas que se prolongaram por todo o dia de sábado, tal como a organização desta 9ª Edição da Taça da Europa de Marcha Atlética. Logo na cerimónia de abertura, que decorreu na sextafeira à tarde, o autarca olhanense, Francisco Leal, disse ser “um motivo de orgulho receber a Taça da Europa de Marcha Atlética neste concelho”. Referiu-se também à importância que a modalidade tem em Olhão e ao papel preponderante do treinador Paulo Murta para projectar grandes nomes nesta modalidade a nível nacional, como é o caso de Ana Cabecinha.

Convívio

Antigos alunos da Escola Secundária reúnem em Olhão O primeiro jantar/convívio

dos antigos alunos da Escola Secundária de Olhão anos 80 vai realizar-se no próximo dia 4 de Junho. O local escolhido foi a Quinta da Ana Velha, localizada a cerca de quatro quilómetros de Olhão. Poderão ver um pouco do espaço, bem como verificar a localização, no site oficial: www.quintadaanavelha.com. Quem ainda não confirmou a sua presença neste evento, deverá fazê-lo, no limite, até à próxima terça-feira, dia 31, através dos seguintes contactos: Alcides Farinha - 962 091 455, Herlander Barros - 919 858 483, ou então deslocandose à Loja 4EInforser em Olhão junto às 4 Estradas (289 715 804) para se inscrever e efectuar o respectivo pagamento.

pub

pub

Serviço de Finanças de TAVIRA-1139

Serviço de Finanças de TAVIRA-1139 1ª Publicação

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO GERAL DOS IMPOSTOS - DGCI JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

ANÚNCIO

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO GERAL DOS IMPOSTOS - DGCI JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

ANÚNCIO

VENDA E CONVOCAÇÃO DE CREDORES N.º da Venda: 1139.2011.64 - Fracção autónoma designada pela letra AV, destinada a habitação, tipo T2, no Edifício B, piso quatro, correspondente ao 4B do Edifício B, composto de sala, dois quartos, dois hall’s, uma cozinha e dois quartos de banho completos, com entrada pelo acesso ao edifiício B, no arruamento a norte e ainda com um lugar de garagem, identificado com o n.º 31, no piso menos um, com entrada pela porta identificada como porta A, no piso menos um, do parque de estacionamento subterrâneo construído sob o arruamento a norte,do prédio urbano constituído em propriedade horizontal, sito em Orada, Alameda do Convento, Lote 1, Freguesia de Albufeira, Concelho de Albufeira, inscrito na respectiva matriz sob o artigo n.º 20.119-AV, e descrito na Conservatória do Registo Predial de 12167/20010611-AV

Teor do Edital:

Maria Suzel Gonçalves Nobre Andrez, Chefe de Finanças do Serviço de Finanças TAVIRA-1139, sito em RUA AMALIA RODRIGUES 4, TAVIRA, faz saber que irá proceder à venda por meio de propostas em carta fechada, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), do bem acima melhor identificado, penhorado ao executado infra indicado, para pagamento de divida constante em processo(s) de execução fiscal. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) ROBERT SABARI DEL AMO, residente em LAGOA, que deverá mostrar aquele bem a qualquer potencial interessado (249.º/6 CPPT), entre as 10:00 horas do dia 2011-05-23 e as 16:00 horas do dia 2011-09-12 O valor base da venda (250.º CPPT) é de m 146.956,7. As propostas deverão ser enviadas via Internet, mediante acesso ao “Portal das Finanças”, em www.portaldasfinancas.gov.pt na opção “Venda de bens penhorados” ou entregues neste Serviço de Finanças, em carta fechada dirigida ao Chefe do Serviço de Finanças, mencionando o número da venda no envelope e na respectiva proposta, indicando nesta ultima, nome, morada e número de identificação fiscal do proponente. O prazo para recepção de propostas termina às 11:00 horas do dia 2011-09-14 procedendo-se à sua abertura pelas 11:00 horas do dia 201109-14, na presença do Chefe do Serviço de Finanças (253.º/a CPPT). Não serão consideradas as propostas de valor inferior ao valor base da venda (250.º/c CPPT). Se o preço mais elevado, com o limite mínimo do valor base para venda, for oferecido por mais de um proponente, abre-se licitação entre eles, salvo se declararem que pretendem adquirir o(s) bem(ns) em compropriedade (253.º/b CPPT). Estando presente só um dos proponentes do maior preço, pode esse cobrir a proposta dos outros, caso contrário proceder-se-á a sorteio (253.º/c CPPT). A totalidade do preço deverá ser depositada, à ordem do órgão de execução fiscal, no prazo de 15 dias, contados do termo do prazo de entrega das propostas, mediante guia a solicitar junto do órgão de execução fiscal, sob pena das sanções previstas na lei do processo civil (256.º/e CPPT e 898.º Código de Processo Civil - CPC). No caso do montante superior a 500 unidades de conta, e mediante requerimento fundamentado, entregue no prazo de 5 dias, contados do termo do prazo de entrega de propostas, poderá ser autorizado o depósito, no prazo mencionado no parágrafo anterior, de apenas a uma parte do preço, não inferior a um terço, e o restante em até 8 meses (256.º/f CPPT). A venda pode ainda estar sujeita ao pagamento dos impostos que se mostrem devidos, nomeadamente o Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis, o Imposto do Selo, o Imposto Sobre o Valor Acrescentado ou outros. Mais, correm anúncios e éditos de 20 dias (239º/2 e 242º/1 CPPT), contados da 2.ª publicação (242º/2), citando os credores desconhecidos e os sucessores dos credores preferentes para reclamarem, no prazo de 15 dias, contados da data da citação, o pagamento dos seus créditos que gozem de garantia real, sobre o bem penhorado acima indicado (240º/CPPT).

Identificação do Executado:

VENDA POR NEGOCIAÇÃO PARTICULAR IDENTIFICAÇÃO DO(S) BEM(NS) Lote de terreno para construção, denominado por lote 3/4/5, do loteamento denominado “Monte Verde”, sito em Igreja, Conceição de Tavira, Freguesia de Conceição de Tavira, Concelho de Tavira, a confrontar do Norte com Zonas Verdes, Sul e Nascente com Arruamento e Poente com terreno de cedência à Câmara Municipal de Tavira, com a área total de 1.131,42 m2 e a área bruta de construção de 4.212,00 m2, inscrito na respectiva matriz sob o artigo n.º 3.748, descrito na Conservatória do Registo Predial de Tavira sob o n.º 4078/20080212. TEOR DO ANÚNCIO Maria Suzel Gonçalves Nobre Andrez, Chefe de Finanças do Serviço de Finanças TAVIRA-1139, faz saber que foi designado o dia 2011-07-18, pelas 11:00 horas, neste Serviço de Finanças, sito em RUA AMALIA RODRIGUES 4, TAVIRA, para a venda de bens por negociação particular n.º 1139.2011.71, nos termos da alínea a) do n.º 1 do Art.º 252º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (C.P.P.T.), e da alínea d) do n.º 1 do Art.º 886º e Art.º 905º do Código de Processo Civil (C.P.C.), do bem acima designado, penhorado ao Executado infra indicado, para pagamento da dívida no valor de 1.053.968,57 m, acrescido de juros de mora e custas processuais respectivas. O preço mínimo da venda da verba supra identificada é de, 401.605,00 m. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) Maria Julieta Pinto Coelho, residente na Rua das Furnas n.º 18 2º Dtº - 1500-300 Lisboa, o(a) qual deverá mostrar o bem acima identificado a qualquer potencial interessado, entre as 10:00 horas do dia 2011-05-19 e as 17:00 horas do dia 2011-07-15 (249º/6 CPPT). Foi nomeada como mediadora desta negociação Domus Praia Mediação Imobiliária Ldª, com sede no Edifício Coral, Loja 3 Estrada de Santa Eulália – Albufeira – 8200-381 Albufeira 2, TEL. N.º 289 543 049 / TLM. N.º 963 900 624, cujo prazo para aceitação de propostas, termina às 11:00 horas, do dia 2011-07-18, para o que receberá todas as propostas de eventuais interessados na aquisição dos bens pelos valores superiores aos fixados. As propostas podem ser apresentadas através de página das vendas de bens penhorados na internet, em WWW. e-financas.gov.pt/vendas, junto do Serviço de Finanças, ou entidade mediadora. Não serão consideradas as propostas de valor inferior ao valor base fixado para a venda. IDENTIFICAÇÃO DO EXECUTADO Processo de Execução Fiscal n.º 1139201001023250 Nome: Aldeia da Fortaleza Urbanismo e Imobiliária Ldª

N.º de Processo de Execução Fiscal: 1139200901032410

Morada: Rua 25 de Abril n.º 1 8800 Tavira NIF – 505 431 378

NIF/NIPC: 254139949 Nome: ROBERT SABARI DEL AMO Morada: PQ EMPRESARIAL DO ALGARVE BL 8 21 - LAGOA – LAGOA O Chefe de Finanças: Maria Suzel Gonçalves Nobre Andrez

Data: 18-05-2011 O Chefe de Finanças, Maria Suzel G. Nobre Andrez

2011-05-19 (POSTAL do ALGARVE, nº 1035, de 26 de Maio de 2011)

(POSTAL do ALGARVE, nº 1035, de 26 de Maio de 2011)


26 de Maio de 2011  |   11

são brás loulé

Câmara inaugura nova entrada da cidade pág. 13

No âmbito da corrida eleitoral ao Parlamento

Gabriela Canavilhas faz balanço em São Brás d.r.

Conrad Algarve abre em Setembro Suite presidencial pode custar 3.500 euros por noite

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail-.com

luís forra

A ministra da Cultura, Ga-

briela Canavilhas, esteve na passada segunda-feira em São Brás de Alportel no âmbito de uma acção de campanha do Partido Socialista para as eleições legislativas de 5 de Junho, numa sessão que reuniu agentes, entidades e programadores culturais da região. Em jeito de balanço, a ministra apresentou a obra feita à frente da pasta da cultura, na Galeria Zem Arte, e ouviu, na companhia dos candidatos a deputados à Assembleia da República pelo PS/Algarve, as ideias sobre o sector dos vários agentes culturais regionais. Para o autarca António Eusébio, “a ministra demonstrou uma extraordinária capacidade de ouvir aquelas que são as posições dos actores regionais do sector da cultura”. Ao POSTAL o presidente da Câmara realçou o facto de a ministra, “numa atitude de grande elevação”, “ter explicado as decisões tomadas enquanto titular do sector no Governo”, o que aponta como ainda mais relevante quando “Gabriela Canavilhas dirigiu o ministério numa situação de profundas contenções orçamentais e durante um período de tempo manifestamente curto para levar a cabo a totalidade das suas ideias para o sector”.

 Hotel de luxo vai criar uma centena de postos de trabalho  Ministra da Cultura apresentou obra feita Para Maria Cabral, presidente da Orquestra do Algarve, “esta foi uma oportunidade única de perceber o esforço da ministra e do ministério em ajudar a Orquestra a sobreviver e a ultrapassar o enorme quadro de dificuldades pelo que passou”. Para a responsável não restam quaisquer dúvidas de que “as decisões tomadas e a postura da ministra, em particular durante o processo de negociação com os músicos, foram determinantes nos consensos e soluções que levaram ao encerramento de uma questão que se arrastava há anos”. Por outro lado, refere Maria Cabral, “é com esta ministra

que a Orquestra do Algarve dá o salto definitivo para um quadro normativo e regulamentar que a coloca a par das suas congéneres nacionais, dotando a instituição de uma plataforma de funcionamento, cuja estrutura plasma as necessidades de uma instituição dedicada à cultura e à arte”. Da sessão fica a ideia de que a ministra desenhou efectivamente para o país uma política cultural abrangente e coerente e que o Governo preparava um conjunto de legislação que redesenharia a realidade da acção governamental no sector, mas que poderá ficar por aplicar caso o PS venha a perder o acto eleitoral.

O Conrad Algarve, o primei-

ro ‘resort’ de luxo do grupo na Europa, vai ser inaugurado a 1 de Setembro, com 134 quartos e uma suite presidencial que custa quase 3.500 euros por noite, informou fonte do grupo. “Além dos quartos, vamos ter 19 suites e uma suite presidencial que tem 300 metros quadrados, piscina, garagem e jardim privativos, e ainda uma ponte de ligação do jardim ao SPA”, disse Alessandro Cabella, director-geral Cluster Algarve, que reúne este empreendimento e o Hilton Vilamoura. Os preços ainda não estão definidos, mas a suite presidencial “deverá” custar entre 3.000 a 3.500 euros por

noite, enquanto os restantes preços de quartos ou suites no hotel vão variar entre os 260 euros “até ao máximo” de 700 euros.

Empreendimento situado na Quinta do Lago Situado na

Quinta do Lago, este empreendimento, que foi classificado como de Potencial Interesse Nacional (PIN), vai ser responsável pela criação de uma centena de postos de trabalho, segundo aquele responsável. A inauguração do Conrad Algarve esteve marcada para 2009, mas as obras foram “atrasadas” devido à difícil conjuntura económica mundial, segundo explicou Alessandro Cabella. “Estamos cientes das difi-

culdades, mas também estamos convictos de que há mercado para este tipo de serviço”, comentou. O novo resort de luxo do Algarve, o primeiro do grupo da Europa, pode não ser o último investimento em Portugal, embora ainda não existam projectos concretos a anunciar: “há uma clara intenção de vir para Lisboa, mas é uma questão de parcerias”, afirmou aquele responsável, sem precisar mais pormenores. Além do hotel, o resort vai ter ainda oitenta apartamentos, dos quais apenas dez vão ser geridos pelo hotel, podendo os restantes ser vendidos à semelhança do que acontece em outros empreendimentos. VP

Investimento superior a duzentos milhões

Ikea de Loulé avança apesar da crise O projecto do Ikea para o concelho de Loulé está a avançar tanto ao nível do investimento como da dimensão, afirmam fonte do grupo imobiliário sueco e o autarca de Loulé. “Os representantes do Ikea na Península Ibérica garantiram-me que o investimento da loja Ikea em Loulé é para manter”, adiantou à Lusa o

presidente da Câmara de Loulé, Seruca Emídio, depois de ter conhecimento da intenção de suspensão da loja Ikea em Vila Nova de Gaia. Contactada pela Lusa, fonte das relações pública do Ikea Portugal, Ana Teresa Fernandes, esclareceu que o projecto do Ikea Loulé “está a avançar de acordo com o previsto, quer ao nível de investimento, quer

ao nível de dimensão, que compreende uma loja da marca e um centro comercial”. “Mantém-se tudo como anunciado anteriormente”, acrescentou. A cadeia sueca Ikea estima abrir a loja e o centro comercial Inter Ikea em 2015. O investimento é superior a 200 milhões de euros e estimase que sejam criados três mil

d.r.

postos de trabalho directo. A cadeia sueca já adquiriu cerca de uma dezena de terrenos a privados com uma área total que deverá rondar os 40 hectares. Quatro associações empresariais algarvias querem travar a elaboração do Plano de Urbanização Caliços/Esteval, zona onde deverá nascer uma loja Ikea, através de uma providên-

 Loja e centro comercial Ikea têm abertura prevista para 2015 cia cautelar contra a autarquia, que já entrou no Tribunal Administrativo e Fiscal de Loulé.

As associações defendem a localização da estrutura no eixo CCM Loulé-Quarteira.


12    |  26 de Maio de 2011

Mozart no Auditório Municipal

Galeria Pintor Samora Barros

Nicolas Koeckert sobe ao palco com a Orquestra do Algarve O Auditório Municipal de

Albufeira volta a ser palco, na próxima sexta-feira, a partir das 21.30 horas, de um momento musical protagonizado pela Orquestra do Algarve. O violinista alemão-brasi-

d.r.

A mostra de pintura de José Maria Castizo, “o Mar”, pode ser apreciada de 2 a 27 de Junho, das 10.30 às 16.30 horas, com excepção dos domingos e feriados, na Galeria de Arte Pintor Samora Barros.

leiro Nicolas Koeckert será o solista deste espectáculo conduzido pelo maestro Cesário Costa. O concerto, que compreende duas partes, terá como partituras as obras de Mozart.

albufeira Animação

Festival da Miudagem na rua este fim-de-semana d.r.

 Pequenada vai desfrutar de momentos muito divertidos

A ACRAL – Associação do Co-

mércio e Serviços da Região do Algarve, em parceria com a Câmara de Albufeira, promove no próximo fim-de-semana o Festival da Miudagem em Albufeira. O evento tem lugar na Praça dos Pescadores, entre as 15 e as 20 horas, com entrada livre, e será um espaço onde não vai faltar animação para os mais

pequenos, com um parque insuflável, um espaço pedagógico, um espaço do ambiente, barraquinhas de jogos tradicionais, uma lagarta divertida, piscina dos barquinhos e actuações de Katy e Kerry e os amigos animados. Às 18 horas de sábado, tem lugar a actuação do grupo de palhaços “Vamos todos sorrir” e, no domingo, às 18 horas, a actuação das “Doce mania”.

Promoção turística

APAL faz operação de charme para operador líder no mercado espanhol A Apal - Turismo de Albufeira apoiou recentemente uma visita de familiarização a Albufeira de 22 agentes do operador turístico El Corte Inglés, com o objectivo de lhes mostrar o destino Albufeira. A APAL visitou com o grupo os locais mais emblemáticos

do concelho. Com esta iniciativa, a APAL pretendeu levar os agentes de viagem a contactarem “in loco” com o destino, para que o possam recomendar aos seus clientes. O Operador El Corte Inglés detém a maior rede de agências de viagem em Espanha.

José Maria Castizo expõe “O Mar” A exposição de pintura aborda a temática do mar e a sua envolvência, dando destaque ao movimento, ao colorido e à transparência das águas, assim como às distintas tonalidades no momento capturado.

Lagoa promove Feira do Livro e da Cidadania pág. 14

Desidério Silva trava fecho dos CTT Autarca consegue manter a estação dos CTT do centro da cidade d.r.

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

Desidério Silva conseguiu pôr termo à intenção dos CTT de fecharem a estação de correios do centro de Albufeira, depois de, segundo o autarca disse ao POSTAL, falar com o presidente da empresa a nível nacional. “Manifestei directamente ao responsável nacional dos CTT a total oposição da autarquia ao encerramento da estação de correios do centro da cidade mal tomei conhecimento da situação e oficiei a empresa desta mesma posição”, diz Desidério Silva, que afirmou ao POSTAL que a manutenção da estação de correios lhe foi garantida. CTT mudam de estratégia De

facto, depois de no dia 18 os CTT terem enviado uma nota de imprensa às redacções em que davam conta da inauguração de um posto de correios no centro de Albufeira que substituiria a estação de correios situada a cerca de 100 metros, no dia 19 outra nota de imprensa fazia saber que a estação de correios se manteria em simultâneo como novo posto, que abriu portas na passada terça-feira, dia 24.

post office” e “não ao encerramento dos correios”. Em declarações à Lusa, o presidente da Associação dos Comerciantes de Albufeira manifestou-se “indignado” com o eventual encerramento dos CTT no centro da cidade e alegou que o serviço mais próximo dista cerca de mil metros do centro da cidade, “o que causará transtornos a quem o tem de utilizar”.

Novo posto vai abrir em espaço exíguo Segundo o repre-

 Desidério Silva diz que a manutenção da estação lhe foi garantida

Câmara promete estar atenta Os CTT dizem ainda que

“fica para decisão futura a revisão da oferta dos serviços postais - leia-se a revisão do fecho ou não da estação de correios – naquela zona”. Afirmação a que Desidério Silva responde que, “por enquanto, a estação está e ficará aberta e quando os CTT reavaliarem a questão a Câmara não deixará de se pronunciar sobre a matéria e fazer valer os interesses da popula-

ção e do município”. Na sexta-feira da passada semana e, em reacção ao avanço da posição dos CTT, cerca de 50 pessoas concentraramse em Albufeira, em protesto contra o eventual encerramento da estação de correios. Os manifestantes, na sua maioria residentes em Albufeira, concentraram-se em frente do posto dos CTT com cartazes com frases em português e em inglês onde se lia: “stop close

sentante dos comerciantes locais, o novo posto dos CTT vai funcionar num estabelecimento comercial - papelaria e tabacaria - “sem condições de funcionalidade para acolher, já que o espaço é exíguo”. A Lusa visitou o local, com uma área aproximada de 30 metros quadrados, tendo confirmado com as três pessoas que estavam a trabalhar no estabelecimento que “os serviços dos CTT vão funcionar ali mesmo a partir, possivelmente, do final do mês”. “O número de funcionários irá aumentar de três para cinco, e serão essas duas pessoas que prestarão os serviços postais, depois de receberem formação, que ainda não foi ministrada”, observou um dos funcionários. pub


26 de Maio de 2011 |

13

ALBUFEIRA

Vila do Bispo investe na área social pág. 15

Câmara inaugura nova entrada da cidade Zona intervencionada mudou o rosto da entrada principal de Albufeira D.R.

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

UMA COLOSSAL intervenção que permitiu a requalificação da principal entrada na cidade de Albufeira foi inaugurada por Desidério Silva, presidente da autarquia, no passado sábado. Toda a zona entre a Quinta dos Caliços, junto ao Parque de Campismo de Albufeira, e a Avenida dos Descobrimentos foi requalificada e embora já estivesse aberta ao público e à circulação automóvel só no passado sábado foi oficialmente inaugurada num evento que juntou a cerimónia oficial a um conjunto de actividades aberto a toda a população. OS NÚMEROS DO PROJECTO Trata-se de uma obra que re-

qualificou os acessos viários à cidade e todo o vale onde está encaixada a ribeira, transformando-o num parque verde urbano. Um investimento total de 6 milhões e 880 mil euros e que teve um custo inferior ao orçamentado inicialmente, tendo a execução poupado 370 mil euros. Em números o projecto apresenta mais de sete mil metros de condutas de esgotos e água, arruamentos com uma área total de 21 mil metros quadrados de alcatrão e perto de 10 mil e quinhentos de calçadas, a que se juntam 1.634 metros de ciclovia e um caminho pedonal de 588 metros quadrados. Foi ainda plantado, entre árvores e arbustos, um efectivo vegetal de mais de duas mil unidades, naquela que é uma das mais importantes transfor-

mações nos acessos à capital algarvia do turismo.

OBRA COMPATÍVEL COM NOVO ACESSO À VIA DO INFANTE O

acesso a Albufeira adquiriu desde a abertura da obra um perfil de quatro faixas de rodagem com separador central e uma nova rotunda de distribuição do trânsito. A obra determinou um relevante movimento de terras e o desbaste da encosta poente da antiga EN 395 e preparou a cidade para a nova ligação à Via do Infante, uma obra a realizar no âmbito da requalificação da EN 125 e que deve arrancar em breve, depois dos esforços feitos pelo autarca local para desbloquear o arranque deste troço, que terá um perfil equivalente ao da renovada entrada na cidade. PUB

ENTRADA DA CIDADE GANHA PERFIL URBANO E UM POSTO DE TURISMO Ainda no âmbito da

intervenção levada a cabo pela autarquia, foi feita a consolidação dos taludes da encosta poente à antiga EN 395 e a via foi requalificada para um verdadeiro perfil urbano em substituição da sua configuração anterior de estrada nacional, que não contemplava passeios e passadeiras de peões. A regularização do caudal da ribeira que integra o novo parque verde urbano é outro dos grandes benefícios da obra, a que se junta a construção de um posto avançado de apoio ao turismo que se situa junto à entrada da cidade e que permite aos turistas acesso à informação antes mesmo de entrarem dentro da malha urbana de Albufeira.

 Criação de espaços verdes e de lazer constituiu uma prioridade PUB


14

| 26 de Maio de 2011

LAGOA SILVES MONCHIQUE TRIBUNAIS

Inquérito ao caso I-Qmed perto do fim O INQUÉRITO AO CASO das quatro pessoas que há quase um ano ficaram parcialmente cegas após uma cirurgia na clínica I-QMed em Lagoa poderá estar concluído “a curto prazo”, revelou fonte da Procuradoria-Geral da República. Segundo esta fonte, está em curso uma carta rogatória que, depois de recebida, pode levar à conclusão do inquérito. Três doentes ficaram cegos de um olho e uma mulher operada aos dois olhos ficou apenas a ver sombras. MAD/CCM

Parque das Cidades perde Feira da Caça para Tavira pág. 16

Lagoa promove Feira do Livro e da Cidadania Evento incentiva a boas práticas de intervenção comunitária A CÂMARA DE LAGOA pro-

move, de 1 a 4 de Junho, a Feira da Cidadania, Festa da Criança e Feira do Livro, evento anual que pretende promover as boas práticas de intervenção comunitária e ser uma mostra das actividades sócio-educativas, desportivas, culturais e lúdicas disponíveis no concelho.

A integração de três eventos num só permite reforçar a importância da acção conjunta e integrada dos diversos agentes sociais, fortalecendo e motivando práticas de cooperação entre a comunidade e constituindose um evento para toda a família. Os teatros, concertos,

apresentações de livros, demonstrações desportivas, animação para crianças e o Seminário de Boas Práticas de Intervenção Comunitária sob a temática “Solidariedade e Participação”, a realizar na sexta-feira, dia 3 de Junho, são algumas das actividades a decorrer ao longo dos dias da feira.

D.R.

 Feira dedicada à cidadania, livro e criança repleta de actividades PUB


26 de Maio de 2011  |   15

lagos vila do bispo aljezur

Atletismo de topo em Vila Real pág. 17

Vila do Bispo investe na área social Protocolo com associação melhora condições dos utentes oriundos do concelho Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

O município de Vila do Bispo assinou um protocolo de

colaboração com a NECI (Núcleo de Educação da Criança Inadaptada), que visa a construção, na localidade da Luz, concelho de Lagos, de um lar residencial para pessoas com capacidade reduzida. A obra, com cerca de 1.200 metros quadrados, tem um prazo de execução de 545 dias e deve estar concluída em 2013. De acordo com Adelino Soares, presidente da autarquia, em declarações ao POSTAL, “trata-se de melhorar a capacidade de resposta às necessidades das pessoas do concelho nas áreas da saúde e do apoio social”, uma área em que, destaca o autarca, “a Câ-

mara tem apostado de forma a garantir valências capazes de suprir as necessidades dos vila-bispenses”. O protocolo agora assinado define que o valor total do apoio da autarquia ao projecto será de 65 mil euros, divididos pelos três anos de construção.

Melhores condições para os utentes O equipamento a

construir terá capacidade para 24 utentes com qualquer tipo ou grau de deficiência, com idade igual ou superior a 16 anos, impedidos temporária ou definitivamente de residir no seu meio familiar. O novo edifício visa melhorar as condições de habitabilidade dos utentes da instituição, que actualmente alberga três pessoas de Vila do Bispo, mas não está ex-

d.r.

cluída a possibilidade de dar resposta a outras situações oriundas de Vila do Bispo em caso de necessidade.

Perto de um milhão de euros de investimento O in-

vestimento total da obra é de 960 mil euros, a ser comparticipado em 649 mil euros por verbas do PIDDAC, e o restante pela Associação de Municípios “Terras do Infante” (Vila do Bispo, Aljezur e Lagos). No âmbito de um protocolo existente com a NECI, a Câmara disponibiliza anualmente uma verba superior a sete mil euros, inerente à valência CAO (Centro de Actividades Ocupacionais) e Intervenção Precoce. Actualmente, a NECI apoia 18 utentes oriundos de Vila do Bispo em diversas áreas da saúde e apoio social.

 Adelino Soares assinou protocolo que visa a construção de um lar para pessoas com capacidade reduzida

pub

Serviço de Finanças de TAVIRA-1139 1ª Publicação

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO GERAL DOS IMPOSTOS - DGCI JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

Anúncio Venda e Convocação de Credores

N.º da Venda: 1139.2011.33 - Prédio urbano, em propriedade total, destinado a habitação, com dois pisos e doze divisões, com a área total do terreno de 158,800 m2; área de implantação do edifício de 106,200 m2; área bruta de construção - 214,900 m2, Sito na Rua Miguel Bombarda, 121-123,Freguesia de Santiago, concelho de Tavira, inscrito na respectiva matriz sob o artigo n.º 87 e descrito na Conservatória do Registo Predial de Tavira, sob o n.º 1611/19960226. Teor do Edital: Maria Suzel Gonçalves Nobre Andrez, Chefe de Finanças do Serviço de Finanças TAVIRA-1139, sito em RUA AMALIA RODRIGUES 4, TAVIRA, faz saber que irá proceder à venda por meio de propostas em carta fechada, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), do bem acima melhor identificado, penhorado ao executado infra indicado, para pagamento de divida constante em processo(s) de execução fiscal. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) ANA PAULA NOBRE GALHARDO, residente em TAVIRA, que deverá mostrar aquele bem a qualquer potencial interessado (249.º/6 CPPT), entre as 10:00 horas do dia 2011-05-30 e as 16:00 horas do dia 2011-09-14 O valor base da venda (250.º CPPT) é de m 47.243,00. As propostas deverão ser enviadas via Internet, mediante acesso ao “Portal das Finanças”, em www.portaldasfinancas.gov.pt na opção “Venda de bens penhorados” ou entregues neste Serviço de Finanças, em carta fechada dirigida ao Chefe do Serviço de Finanças, mencionando o número da venda no envelope e na respectiva proposta, indicando nesta última, nome, morada e número de identificação fiscal do proponente. O prazo para recepção de propostas termina às 11:00 horas do dia 2011-09-15 procedendo-se à sua abertura pelas 11:00 horas do dia 201109-15, na presença do Chefe do Serviço de Finanças (253.º/a CPPT). Não serão consideradas as propostas de valor inferior ao valor base da venda (250.º/c CPPT). Se o preço mais elevado, com o limite mínimo do valor base para venda, for oferecido por mais de um proponente, abre-se licitação entre eles, salvo se declararem que pretendem adquirir o(s) bem(ns) em compropriedade (253.º/b CPPT). Estando presente só um dos proponentes do maior preço, pode esse cobrir a proposta dos outros, caso contrário proceder-se-á a sorteio (253.º/c CPPT). A totalidade do preço deverá ser depositada, à ordem do órgão de execução fiscal, no prazo de 15 dias, contados do termo do prazo de entrega das propostas, mediante guia a solicitar junto do órgão de execução fiscal, sob pena das sanções previstas na lei do processo civil (256.º/e CPPT e 898.º Código de Processo Civil - CPC). No caso do montante superior a 500 unidades de conta, e mediante requerimento fundamentado, entregue no prazo de 5 dias, contados do termo do prazo de entrega de propostas, poderá ser autorizado o depósito, no prazo mencionado no parágrafo anterior, de apenas a uma parte do preço, não inferior a um terço, e o restante em até 8 meses (256.º/f CPPT). A venda pode ainda estar sujeita ao pagamento dos impostos que se mostrem devidos, nomeadamente o Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis, o Imposto do Selo, o Imposto Sobre o Valor Acrescentado ou outros. Mais, correm anúncios e éditos de 20 dias (239º/2 e 242º/1 CPPT), contados da 2.ª publicação (242º/2), citando os credores desconhecidos e os sucessores dos credores preferentes para reclamarem, no prazo de 15 dias, contados da data da citação, o pagamento dos seus créditos que gozem de garantia real, sobre o bem penhorado acima indicado (240º/CPPT). Identificação do Executado: N.º de Processo de Execução Fiscal: 1139200901027247 (e apensos) NIF/NIPC: 164886192 Nome: ANA PAULA NOBRE GALHARDO Morada: AV DR MATEUS TEIXEIRA DE AZEVEDO LT 5 2 C - TAVIRA – TAVIRA O Chefe de Finanças: Maria Suzel Gonçalves Nobre Andrez 2011-05-23 (POSTAL do ALGARVE, nº 1035, de 26 de Maio de 2011)

Ambiente e lazer

Lagos assume gestão de área florestal em Barão de São João d.r.

O Ministério da Agricultura deu luz verde ao município

de Lagos para a utilização da chamada “Casa do Guarda” e do Parque de Merendas da Mata de Barão de São João, para promover o desenvolvimento de actividades recreativas e de lazer naquela área florestal e um maior usufruto deste património e dos equipamentos aí instalados. O acordo a celebrar entre a Autoridade Florestal Nacional e a autarquia prevê a cedência ao município de uma área com cerca de 8,68 hectares por um período de 20 anos. No local, a Câmara poderá desenvolver programas, projectos e acções que tenham como finalidade a valorização e preservação do espaço florestal, do ambiente e dos habitats e espécies autóctones. Para o efeito, o município fica autorizado a intervir no parque, de modo a valorizá-lo, nas suas componentes paisagística e de conservação do arvoredo, bem

 Espaço vai ser alvo de actividades recreativas e de lazer como a proceder à beneficiação, conservação e manutenção dos edifícios e espaços integrados na área cedida. Para Júlio Barroso, presidente da Câmara de Lagos, “este protocolo representa um desfecho feliz de uma situação de abandono várias vezes denunciada e que, a manter-se, ameaçava ser alvo de actos de vandalismo e de ocupação que a tornariam num foco crescente de insegurança ao nível so-

cial e dos fogos florestais”. A cedência do terreno e dos equipamentos permitirá recuperar este património, criar um ponto de apoio às actividades desenvolvidas na Mata pela Junta de Freguesia de Barão de São João e um novo pólo de interesse para todos, e são muitos, os que anualmente visitam esta zona verde, refere a autarquia no comunicado dirigido às redacções.


16

| 26 de Maio de 2011

REGIÃO CONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR Comer bem é mais barato “Tenho visto uma campanha publicitária num canal de televisão sobre ementas saudáveis a 1 euro por pessoa. Esta campanha vai estar presente no Algarve?”

A DECO responde... No passado dia 15 de Março arrancou a Campanha “Comer bem é mais barato” criada pela Fundação Calouste Gulbenkian, pela Fundação EDP e pela SIC, com o apoio da DECO e da Associação Portuguesa de Nutricionistas, tendo como objectivo contribuir para a mudança de atitudes e comportamentos alimentares das famílias portuguesas e da população em geral. O mote da campanha centra-se em dois vectores fundamentais: uma alimentação mais equilibrada e saudável, por menos dinheiro. Baseia-se nos factores socioeconómicos que conduziram a mudanças radicais na sociedade portuguesas, alterando modos de vida, hábitos e costumes alimentares, a par das dificuldades da crise económica. Contando com a coordenação científica da professora Isabel do Carmo, um grupo de nutricionistas e especialistas em custos elaborou um conjunto de receitas completas e equilibradas, pelo valor de um euro, de modo a tornar mais eficiente a qualidade nutricional e a economia alimentar das pessoas. No próximo sábado terá lugar uma sessão aberta ao público, no Jardim Manuel Bívar, em Faro, que contará com a presença de especialistas em nutrição e outros convidados. Nesse dia serão confeccionadas, pelo “Chef André” da SIC, ementas simples e nutricionalmente completas no valor de um euro. Pelas 9 horas, o “Chef André” deslocar-se-á ao Mercado Municipal de Faro para aconselhar as pessoas sobre a compra dos alimentos e posteriormente, pelas 11, preparará a ementa do dia, no Jardim Manuel Bívar, para que todos possam aprender a confeccioná-la. Está ainda prevista a distribuição gratuita de um livro com as receitas divulgadas durante a campanha, elaboradas pelos especialistas da Associação Portuguesa de Nutricionistas e cujos preços foram calculados pelos técnicos da DECO.

Parque das Cidades perde Feira da Caça para Tavira Dívidas da Câmara de Faro na base do adeus dos caçadores ao Estádio Algarve RICARDO CLARO

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

TAVIRA ACOLHE A PARTIR deste

ano a Feira da Caça que durante os últimos 15 anos se realizou em Loulé e Faro, os primeiros dez no NERA e os últimos cinco no Estádio Algarve, revelou Vítor Palmilha, presidente da Federação de Caçadores do Algarve. Na origem do abandono do Estádio Algarve está a incapacidade da Federação em manter a feira num local, onde para ser montada a Câmara de Faro teria de apoiar o evento. É que a Câmara dirigida por Macário Correia não tem verbas, nem meios, para ajudar a organização da feira, e Seruca Emídio, presidente da Câmara de Loulé, só apoia o evento na exacta medida em que Faro o apoiar. A somar a esta situação a dívida da autarquia farense à Federação de Caçadores que “atinge neste momento mais de 97 mil euros”, avançou o responsável da Federação, “isto depois de Macário Correia ter pago já perto de dez mil euros do montante inicial em dívida”.

 Vítor Palmilha responsabiliza Vitorino e Apolinário pelas dívidas

Assine o

AS DÍVIDAS DE VITORINO E APOLINÁRIO Como se che-

gou a esta situação foi o que o POSTAL quis saber e Vítor Palmilha esclareceu os jornalistas. “José Vitorino tinha um ofício em que assumia o compromisso de comparticipar na organização da feira, mas não o levou a sessão de Câmara. Quando José Apolinário assumiu a presidência da autarquia comprometeu-se a ajudar no financiamento da feira com o mesmo montante, acrescido de 2.500 euros destinados a amortizar a dívida do tempo de José Vitorino, valor que pagou durante dois anos, mas que depois não pagou mais”, refere o presidente da federação. “O que Apolinário tanto criticou foi exactamente o mesmo que fez”, diz Vítor Palmilha, “também ele [Apolinário] não levou a sessão de Câmara o financiamento à feira, pelo que a dívida se acumulou e não está devidamente titulada nas contas da autarquia”. “A situação gerada era insustentável”, afirma o responsável associativo, acrescentando que “como a Câmara de Faro não pôs

Em Tavira a feira terá lugar no Parque de Feiras e Exposições, durante os dias 8, 9 e 10 de Julho e espera atrair mais espanhóis com a nova localização. Vítor Palmilha diz que a Câmara quer celebrar um protocolo por três anos e que disponibiliza as infra-estruturas do Parque de Feira, mas não avança com o volume do apoio financeiro da autarquia, adiantando apenas que “é pouco dinheiro, mas é o possível”. “As condições que conseguimos em Tavira não são boas, mas a situação no Estádio Algarve era insustentável”, remata o presidente da Federação, que aproveitou para anunciar um dos pontos altos do cartaz do certame, uma corrida de touros com João Moura.

Envie este cupão para:

NOME __________________________________________________________________________________________________________________________ MORADA __________________________________________________________________________________________

  

TAVIRA DÁ POUCO DINHEIRO

POSTAL DO ALGARVE - Rua Dr. Silvestre Falcão, nº 13 C, 8800-412 Tavira

(50 Edições) Portugal 30 ¤ I Europa 50 ¤ I Resto Do Mundo 80 ¤

NIF

homens para montar a feira do ano passado e Seruca Emídio só põe o mesmo número de homens que Faro puser, a Federação teve de contratar homens para a montagem do recinto o que levou ao esgotamento dos fundos da associação”.

TEL   

 

DATA DE NASCIMENTO _______ ⁄ ________ ⁄ ____________

CÓD. POSTAL _________ - _____ — ________________________________________________

EMAIL _______________________________________________________ PROFISSÃO ________________________________

AUTORIZAÇÃO DE PAGAMENTO - por débito na conta abaixo indicada, queiram proceder, até nova comunicação, aos pagamentos das subscrições que vos forem apresentadas pelo editor do jornal POSTAL do ALGARVE. Esta assinatura renova-se automaticamente. Qualquer alteração deverá ser-nos comunicada com uma antecedência mínima de 30 dias.

30 ¤

NIB

Assine através de TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA

BANCO _______________________________________________________________________________________________

   

NOME DO TITULAR __________________________________________________________________________

35 ¤ 

BALCÃO ______________________________________________

_______________________________________________________________________________ ASSINATURA IDÊNTICA À CONSTANTE NA FICHA DO BANCO DO TITULAR DA CONTA.

Assine através de DINHEIRO, CHEQUE ou VALE POSTAL, à ordem de Postal do Algarve.

NOTA: Os dados recolhidos são processados automaticamente e destinam-se à gestão da sua assinatura e apresentação de novas propostas. O seu fornecimento é facultativo. Nos termos da lei é garantido ao cliente o direito de acesso aos seus dados e respectiva actualização. Caso não pretenda receber outras propostas comerciais, assinale aqui.


26 de Maio de 2011 |

17

REGIÃO

Atletismo de topo em Vila Real

OPINIÃO

Está na hora de mudar

Taça dos Campeões Europeus traz ao Algarve a nata do atletismo D.R.

MAIS DE 400 DESPORTISTAS dos principais clubes de atletismo, entre eles o Sporting, disputam no próximo fim-desemana em Vila Real de Santo António a Taça dos Campeões Europeus, “a melhor prova de pista em Portugal”, segundo a organização. A prova foi organizada em tempo recorde entre a Associação de Atletismo do Algarve (AAAlgarve) e a Câmara local, depois de um pedido da Associação Europeia de Atletismo ao representante português, e vai contar com os oito principais clubes, quer masculinos quer femininos, explicou o presidente da Associação Algarvia, Paulo Castro. Castro frisou que “normalmente o calendário é definido em Outubro e há sete/oito meses para organizar a prova, mas este ano só com cerca de um mês de antecedência é que a Associação Europeia contactou o Sporting no sentido de ver se era possível organizar a prova”. “Nunca houve um lugar atribuído, havia apenas várias hipóteses, mas, depois desse pedido, o Sporting contactou-nos e nós falámos com a Câmara de Vila Real de Santo António, que acedeu a acolher pela terceira vez a competição”, afirmou Castro. A lista de atletas presentes ainda não é conhecida, mas é possível que os sportinguistas Francis Obikwelu e Naide Go-

Elsa Cordeiro

Candidata a deputada pelo PSD Algarve

 Equipas de elite europeias vão competir na pista do Complexo Desportivo de Vila Real mes venham a estar entre os participantes, segundo a vereadora do Desporto da autarquia, Conceição Cabrita.

PROVA É CONSIDERADA A PRIMEIRA DIVISÃO DA MODALIDADE Rui Costa, director técnico

da AAAlgarve, frisou que “o complexo desportivo municipal tem todas as condições para acolher uma prova desta competição” e afirmou que “esta é a principal de atletis-

mo de pista que se vai realizar este ano em Portugal, porque é considerada a primeira divisão da modalidade”. A competição conta, no quadro masculino, com a presença dos russos do Sports Luch Moscovo, do Sporting, dos italianos do G.A. Fiamme Gialle, dos britânicos do Newham & Essex Beagles, dos espanhóis do Playas de Castellon, dos checos do AK Kromeriz, dos eslovacos do AK Spartak DubPUB

nica e dos dinamarqueses do Sparta AM. No quadro feminino participam o Sporting, as russas do Luch Moscovo, as espanholas do Valência Terra i Mar, as italianas do E.S. Esercito, as turcas do Enka Spor Kulübü e as holandesas do Roterdão Atletiek. “O quadro feminino só vai contar com seis equipas, porque as checas do USK Praga e as inglesas do City of Man-

No próximo dia 5 de Junho os portugueses vão escolher, e bem, quem vai governar o nosso país nos próximos quatro anos. Este dia será decisivo para Portugal e para o futuro dos portugueses. Desenganem-se os mais pessimistas que os portugueses não sabem ou que desconhecem o que realmente se está a passar no nosso país e quais os verdadeiros responsáveis por esta calamidade. Os últimos seis anos de governação Sócrates são os grandes responsáveis pela penúria e crise financeira de Portugal. Em seis anos duplicou a dívida pública, principalmente nos últimos dois, passou de 80 mil milhões euros para 160 mil milhões de euros. Nunca houve tantos desempregados no nosso país, atingiu-se a maior taxa de desemprego dos últimos 90 anos. Nunca o Estado esteve tão “obeso”. chester não conseguiram encontrar ligações aéreas para estarem presentes no Algarve”, afirmou Castro. “A Câmara de Vila Real de Santo António orgulha-se mais

O Governo Sócrates foi o que mais prejudicou o Algarve, deixou de haver investimento público na região, temos a maior taxa de desemprego do país, e perdemos mais de mil milhões de euros de fundos comunitários, sem nunca termos sido compensados. Não podemos esquecer quem cometeu todos estes erros e que agora se apresenta novamente como candidato a 1º Ministro como se nada se tivesse passado, este modelo de governação ou desgovernação colocou o nosso país a viver acima das nossas possibilidades. Hoje vivemos pior do que em 2005, as gerações actuais e futuras estão completamente “hipotecadas”. Nos últimos seis anos, nada foi feito para cortar gastos do Estado, mas o Governo Sócrates cortou salários, subiu impostos, e apresentou ou impôs vários PEC’s. O Estado, pelo contrário, nunca deu o exemplo e foi o que sempre mais gastou. Por tudo isto, e ainda muito mais havia para dizer, só existe uma alternativa para o nosso país, e só será uma, é votar nos mais responsáveis, nos que falam verdade, é votar PSD no dia 5 de Junho de 2011. uma vez de ter aqui a Taça dos Clubes Campeões Europeus e tudo fará para que a prova seja um sucesso”, afirmou Conceição Cabrita. MHC PUB


18

| 26 de Maio de 2011

REGIÃO ALBUFEIRA

SEF desmantela rede de imigração ilegal O SERVIÇO DE ESTRANGEIROS E FRONTEIRAS (SEF) anunciou

na passada terça-feira o desmantelamento de uma rede de auxílio à imigração ilegal que actuava em Albufeira, numa operação que levou à constituição de cinco arguidos, todos portugueses. Em comunicado, o SEF afirma que a rede tinha origem na Holanda e tinha como objectivo a legalização, em Portugal, de imigrantes ilegais residentes naquele país. Segundo o SEF, os arguidos “criavam empresas de fachada que actuavam como supostas empregadoras dos imigrantes ou colectavam-nos como trabalhadores independentes”. “Estas empresas procediam às comunicações

mensais à Segurança Social, relativas aos descontos devidos, mas nunca chegavam a efectivar o seu pagamento”, lê-se no comunicado. “Além destas declarações falsas, apresentavam ainda ao SEF diversa documentação fraudulenta, como contratos de trabalho e atestados de residência”, acrescenta. O SEF ressalva que dos cinco arguidos no processo, dois encontram-se a cumprir pena de prisão por outros crimes. De acordo com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, esses dois arguidos criavam empresas fantasma a partir da cadeia e participavam na rede desmantelada. MCL PUB

profissional gráfica comunicação & imagem

t. 281 320 902 >> f. 281 320 909 >> geral.profissionalgrafica@gmail.com

identidade Ganhe identidad A Profissional Gráfica cria projectos integrados soluções e pro comunicação. de comunicação Para questões complexas, práticas chave-na-mão soluções prát sua medida Uma imagem à su orçamento grátis Peça o seu or identidade! e tenha ident

; Identidade corporativa

Dia de Loulé comemorado em Salir Festa da Espiga promete três dias de animação D.R.

feira, a tarde é dedicada aos seniores, que poderão assistir à peça do Ao Luar Teatro, “O Fado da Cássima e o Canto das Mouras” (15 horas), e participar num baile tradicional (16.30 horas). À noite, a música popular e tradicional vai estar em destaque, com a actuação dos Cante Andarilho (22 horas), banda “Vibrações” (23 horas) e Gil Rosa (1 hora).

LUGAR PARA A CRIANÇADA No  O desfile etnográfico é um dos pontos altos da festa

NA PRÓXIMA QUINTA-FEIRA , dia 2 de Junho, data em que se assinala mais um Dia do Município de Loulé, as atenções centram-se no interior do concelho. A Festa da Espiga volta a animar o coração de Salir, que por estes dias é ponto de encontro para milhares de visitantes. Mas os festejos prolongam-se até sábado, dia 4, com muita música, teatro, gastronomia, desporto e actividades para crianças e seniores. Nesta Quinta-Feira da Espiga, as actividades começam logo pelas 9 horas, com um

Passeio BTT e Passeio Pedestre. A partir das 13 horas, os visitantes podem apreciar a boa gastronomia nas Tasquinhas de Manjares e Petiscos Serranos, e assistir às exposições de produtos regionais.

DESFILE ETNOGRÁFICO O momento mais importante desta festa acontece pelas 15.30 horas, com o desfile etnográfico. Vários carros em representação da actividade agrícola e artesanal da freguesia participam num cortejo que é, acima de tudo, uma mostra do que é

mais representativo e genuíno deste interior, em que muitas das suas tradições se perderam no tempo. Às 18.30 horas, o folclore da freguesia junta-se à festa com a actuação do Rancho Folclórico “As Mondadeiras das Barrosas” e o Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão (Cortelha). Ao longo da noite sobem ao palco o grupo “…E Viva a Música!” (20 horas), Madragoa (22 horas) e João Paulo Cavaco (23.30 horas).

SEXTA-FEIRA SÉNIOR Na sexta-

último dia da Festa da Espiga realizam-se várias actividades dirigidas às crianças e jovens, a partir das 14 horas. Oficinas e jogos tradicionais, workshops de salsa, o desfile da “Miss e Mister Espiguinha”, a actuação do Rancho Folclórico Infantil de Faro e a peça de teatro “Migalhas e Outras Histórias” são algumas das iniciativas propostas. O encerramento da Festa da Espiga é acompanhado pela música, com a actuação de Ying&Yang (19.30 horas), Gonçalo Tardão (21.30 horas), Olivetreedance (23.30 horas) e Stepline Project (1 hora). Todas as iniciativas têm entrada livre.

ESTRELAS DO BASQUETEBOL ANIMAM MILHARES NAS BANCADAS

; Imagem

Globetrotters brilham em Albufeira

; Comunicação ; Conteúdos ; Outdoors & Mupies ; Brochuras ; Flyers

D.R.

; Soluções inovadoras PUB

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

DRIBLES, CESTOS e acrobacias alucinantes marcaram os 120 minutos do espectáculo dos americanos Harlem Globetrotters, que levou à loucura milhares de espectadores no Pavilhão Desportivo de Albufeira, no passado domingo. Risos, espanto e muita emoção foi o que os ases das peripécias do basquetebol arrancaram à audiência que não faltou à chamada para um espectáculo que alia desporto e animação ao bom estilo norte-americano. As bancadas esgotaram e as famílias puderam assistir a um dos melhores espectáculos do género no mundo, que em Portugal apenas passou por Albufeira e pela cidade do Porto.

O presidente da Câmara de Albufeira mostrou-se bastante agradado com a adesão de público e com a exibição dos jogadores. “Esta foi, certamente, uma das iniciativas mais espetaculares que passou pelo concelho e que reuniu um grande ambiente em seu redor”, afirmou Desidério Silva, acrescentando que “o pavilhão desportivo deve também ser aproveitado para receber iniciativas de excelência a nível do desporto e do entretenimento. No caso concreto, os Globetrotters ou a Supertaça de Basquetebol encheram estas bancadas, o que significa que acertámos nas nossas opções”. No final do evento, todos os fãs tiveram direito a autógrafos e fotografias com os atletas dos Harlem Globetrotters.

 Globetrotters conquistaram o público de Albufeira


26 de Maio de 2010  |   19

exercício

1 

exercício

1.1

exercício

2

exercício

2.1

exercício

3

exercício

3.1

exercício

4

exercício

4.1

exercício

5

exercício

5.1

exercício

6

exercício

6.1

descubra a Saúde que há em Si

www.corporeus.pt

Siga a sequência

lazer livros

agenda cultural Albufeira Música Concerto pela Orquestra do Algarve, sexta-feira, dia 27, às 21.30 horas, no Auditório Municipal.

Faro Música Valdez e as Piranhas Douradas, sábado às 21.30 horas, no Pátio de Letras.

agenda cinema FARO Forum Algarve SBC 289 887 212 Thor (m/12) | Sala 1 | 13h40, 16h10, 18h40, 21h10 (diariamente), 23h45 (Sex e Sáb) >> Winx 2 (m/6) | Sala 1 | 10h10 (Sáb e Dom) >> Hop (m/6) | Sala 2 | 10h30 (Sáb e Dom) >> Sem Limites (m/12) | Sala 2 | 14h30, 16h40, 21h40 (diariamente), 00h00 (Sex e Sáb) » Encontrarás Dragões (m/12) | Sala 2 | 19h00 » Arthur e a Guerra dos 2 Mundos (m/6) | Sala 3 | 10h20, 12h55 (Sáb e Dom) » A Árvore da Vida* (m/12) | Sala 3 | 15h10, 18h05, 21h00 (diariamente), 23h55 (Sex e Sáb) » Piratas das Caraíbas 4 (m/12) | Sala 4 | 13h05, 19h25 » Destino Infernal* (m/12) | Sala 4 | 16h55, 22h20 (diariamente) 00h35 (Sex e Sáb) » Rango (m/6) | Sala 4 | 10h35 (Sáb e Dom) » Piratas das Caraíbas 4 (m/12) | Sala 5 | 14h55, 17h50, 21h30 (diariamente), 00h25

Pintura Exposição de Pedro Leal Filipe “O Anel de Nibelungo”, na Galeria Municipal Trem. Até 19 de Junho.

Lagos Música Concerto Comemorativo do 25º Aniversário da Academia de Música de Lagos, sexta-feira, dia 27, às 21 horas, no Centro Cultural.

Loulé

Portimão

Tavira

Pintura

Fotografia

Fotografia

Exposição de Carlos Carreiro, na Galeria Rasto (Almancil). Até dia 29.

Exposição “Mulher da minha vida”, terça-feira a sábado, das 14 às 19 horas, no Teatro Municipal de Portimão. Até 4 de Junho.

Exposição de Sara Ferreira “Kiss with a Fist”, na Casa do Povo de Santo Estêvão. Até dia 30 de Junho.

São Brás

Concerto pelo Duo Tanguíssimo (violino/guitarra), sábado às 18 horas, na Ermida de São Santa Ana.

Olhão Escultura e gravura Exposição de Miguel Martinho “Guerra e Paz”, no Auditório Municipal. Até 30 de Junho.

Música Noite de Fado, domingo às 21 horas, no Museu do Trajo.

de 26 de Maio a 1 de Junho de 2011

(Sex e Sáb) » Velocidade Furiosa (m/12) | Sala 6 | 13h30, 16h20, 19h05, 21h50 (diariamente), 00h20 (Sex e Sáb) » Gnomeu e Julieta (m/6) | Sala 6 | 10h50 (Sáb e Dom) » Sem Identidade (m/12) | Sala 7 | 13h45, 16h15, 18h50, 21h20 (diariamente), 23h50 (Sex e Sáb) » Winnie the Pooh (m/6) | Sala 7 | 11h00 (Sáb e Dom) » A Minha Versão do Amor (m/12) | Sala 8 | 21h25 (diariamente), 00h15 (Sex e Sáb) » Água aos Elefantes (m/12) | Sala 8 | 13h25, 16h00, 18h45 » Arthur (m/6) | Sala 9 | 17h10, 19h35, 22h00 (diariamente), 00h30 (Sex e Sáb) » Rio (m/6) | Sala 9 | 14h40 (diariamente), 10h40 (Sáb e Dom) albufeira AlgarveShopping 289 560 351 Destino Infernal* (m/12) | Sala 1 | 13h25, 16h00, 18h25, 21h35, 00h00*

» Piratas das Caraíbas 4 (m/12) | Sala 2 | 12h50, 15h40, 18h30, 21h25, 00h15* » Rio (m/6) | Sala 3 | 12h45, 14h50, 16h55, 19h00 » Água aos Elefantes (m/12) | Sala 3 | 21h05, 23h40* » Arthur (m/6) | Sala 4 | 13h05, 15h45, 18h20 21h40, 00h20* » Sem Identidade (m/12) | Sala 5 | 13h20, 15h55, 18h15, 21h10, 23h30* » Piratas das Caraíbas 4* (m/12) | Sala 6 | 15h00, 18h00, 21h00, 23h55* » Encontrarás Dragões (m/12) | Sala 7 | 13h00, 15h30, 18h10, 21h15, 23h45* » Velocidade Furiosa 5 (m/12) | Sala 8 | 13h10, 15h50, 18h40, 21h20, 00h05* » Cliente de Risco (m/12) | Sala 9 | 13h15, 16h10, 18h45, 21h30, 00h10* * Sessão de Sexta e Sábado Olhão C. C. Ria Shopping 289 703 332 Piratas das Caraíbas (m/12) | Sala 1

Música

* Estreias

| 15h15, 18h15, 21h15 (diariamente), 00h00 (Sex e Sáb) » A Rapariga do Capuz Vermelho (m/12) Sala 2 | 15h30, 18h30, 21h30 (diariamente), 00h00 (Sex e Sáb) » Hop (m/6) | Sala 3 | 15h25 (Seg a Sex) 10h45, 13h00, 15h25 (Sáb e Dom) » Velocidade Furiosa 5 (m/12) Sala 3 | 18h25, 21h25 (diariamente), 23h50 (Sex e Sáb) Portimão C. C. Continente 282 418 180 Rio (m/6) | Sala 1 | 13h00, 15h10, 17h20, 19h30 » Thor (m/12) | Sala 1 | 21h40, 00h10 » Velocidade Furiosa 5 (m/12) | Sala 2 | 13h10, 15h50, 18h30, 21h20, 00h00 » Agente Disfarçado (m/6) | Sala 3 | 13h30, 16h00, 19h00, 22h00, 00h20 » Água aos Elefantes (m/6) | Sala 4 | 15h30, 18h20, 21h10 » Tu Que Vives (m/12) | Sala 4 | 13h20, 23h50

» Sem Limites (m/12) | Sala 5 | 13h40, 16h10, 18h50, 21h50, 00h15 » Piratas das Caraíbas 4 (m/12) | Sala 6 | 12h50, 15h40, 18h40, 21h30, 00h20 Cinemas de Portimão 282 411 888 Piratas das Caraíbas 4 (m/12) | Sala 1 | 15h30, 18h15, 21h30 (diariamente), 00h15 (Sex e Sáb)» Winnie the Pooh (m/6) | Sala 2 | 14h00, 20h00 » Sem Identidade (m/12) | Sala 2 | 15h45, 18h15, 21h45 (diariamente), 00h00 (Sex e Sáb) tavira Cine-Teatro António Pinheiro 281 320 594 O Tio Boonmee que se Lembra das Suas Vidas Anteriores (m/12), 21h30 (Qui) » Micmacs - Uma Brilhante Confusão (m/16), 21h30 (Dom)

horóscopo Carneiro (de 21/03 a 20/04) A vida oferece-lhe a possibilidade de se apaixonar. Semana de bons desenvolvimentos; as actividades fluem.

Balança (de 23/09 a 22/10) O momento é de plenitude, não deixe que factores subjectivos entravem a sua felicidade. Melhorias económicas.

O Cão que Pensava Demais A história passa-se nos anos 80, no Portugal emergente da revolução. Os locais referidos são reais, as figuras públicas expressamente nomeadas também, mas as personagens são totalmente ficcionadas. Elas procuram sofregamente uma saída, num país onde as grandes ilusões já tinham cedido o lugar à descrença. Au t o r : J o s é A ntón i o Saraiva

Mein Kampf – História de um Livro Trata-se de um dos liv ros sobre política mais vendidos em todo mundo. Após 12 milhões de exemplares impressos na Alemanha e centenas de milhares em mais de 20 países antes de 1945, “Mei Kampf” é ainda hoje lido no mundo inteiro. Mas sabe-se ao certo em que condições foi escrito e as razões pelas quais este livro teve um papel-chave na ascensão de Hitler? Autor: Antoine Vitkine

Touro (de 21/04 a 20/05) Controle a sua instabilidade emocional; não se coloque em situações que o perturbam. Poderá surgir uma oportunidade que deverá agarrar.

Escorpião (de 23/10 a 21/11) Descobrirá novas emoções que podem deixá-lo confuso. Está talentoso; peça ajuda a quem possa dar um sentido prático ao que diz e pensa.

Gémeos (de 21/05 a 20/06) A semana pode marcar uma viragem na sua vida. Não tenha medo de fazer escolhas e de assumir consequências mesmo que quebre rotinas.

Sagitário (de 22/11 a 21/12) Uma relação ou alguém de quem gosta pode falhar-lhe. Passará por momentos de grande entusiasmo mas vão faltar-lhe apoios.

Caranguejo (de 21/06 a 22/07) Excelente período para tudo aquilo que se relaciona com a vida a dois. Possibilidade de conflitos laborais ou patrimoniais.

Capricórnio (de 22/12 a 19/01) Os afectos desenvolvem-se com lentidão. Mostre-se mais receptivo a novas ideias; é altura de evoluir embora com prudência.

Leão (de 23/07 a 22/08) Viva com respeito; numa relação cada um precisa do seu espaço. Mantenha a sua postura e opções; não deve mudar o seu rumo.

Aquário (de 20/01 a 18/02) Não contrarie a necessidade de dialogar ou desabafar. Não tenha pressas; será avaliado sobretudo pela qualidade.

Virgem (de 23/08 a 22/09 ) Arranje mais tempo para a vida sentimental e faça por se envolver. Terá de desfazer algumas coisas para poder fazer melhor.

Peixes (de 19/02 a 20/03) Necessita de partilhar sentimentos e espaço para que uma relação cresça. Evite negócios ou investimentos no escuro; o seguro morreu de velho.


ANÚNCIOS I CLASSIFICADOS

20 | 26 de Maio de 2011

Farmácias de Serviço QUINTA

SEXTA

SÁBADO

DOMINGO

SEGUNDA

TERÇA

QUARTA

ALBUFEIRA

Piedade

Piedade

ARMAÇÃO DE PÊRA

Sousa Coelho

Sousa Coelho

Alves Sousa

Alves Sousa

Alves Sousa

Alves Sousa

Alves Sousa

Edite

Edite

Edite

Edite

Edite

FARO

Crespo

LAGOA

Sousa Pires

Palma

Almeida

Montepio

Higiene

Caniné

Pereira

Sousa Pires

Lagoa

Lagoa

Lagoa

Lagoa

Lagoa

LAGOS

Lacobrigense

Silva

Telo

Neves

Ribeiro

Lacobrigense

Silva

LOULÉ

Pinto

Avenida

Martins

Chagas

Pinheiro

Pinto

Avenida

MONCHIQUE

Moderna

Moderna

Moderna

Moderna

Hygia

Hygia

Hygia

OLHÃO

Nobre

Brito

Rocha

Pacheco

Progresso

Olhanense

Nobre

PORTIMÃO

Amparo

Arade

Guilherme

Central

Mourinha

Moderna

Carvalho

QUARTEIRA

Mª Paula

Mª Paula

Miguel

Miguel

Miguel

Miguel

Miguel

SÃO BART. DE MESSINES

Sequeira

Sequeira

Sequeira

Sequeira

Algarve

Algarve

Algarve

SÃO BRÁS DE ALPORTEL

Dias Neves

S. Brás

Dias Neves

Dias Neves

Dias Neves

S. Brás

Dias Neves

SILVES

Cruz Portugal

Cruz Portugal

Cruz Portugal

Guerreiro

Guerreiro

Guerreiro

Guerreiro

TAVIRA

Central

Felix

Sousa

Sousa

Montepio

Maria Aboim

Central

VILA REAL de STº ANTÓNIO

Carmo

Carmo

Pombalina

Pombalina

Pombalina

Pombalina

Pombalina

TAVIRA

ANTÓNIO ELÍSIO NOBRE LOPES 81 ANOS

AGRADECIMENTO Maria Celeste P. Lindo Lopes, filhos e netos, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio manifestar o seu profundo reconhecimento e gratidão a quantos se interessaram pelo seu estado de saúde, bem como a todos aqueles que acompanharam o seu saudoso marido, pai e avô à sua última morada, ou que de qualquer outra forma lhes manifestaram o seu pesar e solidariedade no funeral, que se realizou no dia 21 de Maio de 2011 para o Cemitério de Luz de Tavira

Tractor - Rega, Lda

“Paz à sua Alma” “Serviços Fúnebres efectuados pela Agência Funerária Pedro & Viegas, Ldª” Tavira • Luz • V.R.Stº António Telm. 964 006 390 - 965 040 428

ALUGA-SE

LUZ DE TAVIRA OLHÃO - TAVIRA

Apartamento T0 - Luz de Tavira

AMARO GONÇALVES – LUZ DE TAVIRA

Contactar: 918 617 269

TAVIRA Arrendo T2 mobilado

Contactar: 918 296 436

MARIA JOÃO JOÃO MANUEL ANDRADE CARRASQUEIRA 93 ANOS 47 ANOS

AGRADECIMENTO AGRADECIMENTO

Os seus familiares vêm reconhecidamente agraOs seus familiares vêm reconhecidamente agradecer a todas as pessoas que compareceram decer a todas as pessoas que compareceram no no funeral do seu ente querido, que se realizou funeral do seu ente querido, que se realizou no no dia 17 de Maio de 2011, sendo sepultado no dia 17 de Maio de 2011, pelas 17.30 horas, saindo da cemitério de Olhão. Igreja da Luz de Tavira e seguindo para o cemitério local.

FUNERÁRIAS CORREIA

FUNERÁRIAS CORREIA * OLHÃO LUZ DE TAVIRA * TAVIRA * MONCARAPACHO LUZ DE* SANTA TAVIRA CATARINA * TAVIRA * DA MONCARAPACHO * OLHÃO FONTE DO BISPO Chamada gratuita 24 horas – 800 207 810

Acordos com:

Medis, Multicare, C.G.D.


ANÚNCIOS I NECROLOGIA

26 de Maio de 2011 |

21

Farmácia em Tavira PRECISA de farmacêutico-adjunto Contacto: 281 325 846

DESINFESTAÇÕES, LDA. Olhão

ACUPUNCTURA FISIOTERAPIA OSTEOPATIA Desconto 30% valor consulta em sede de IRS; Protocolos com diversas entidades. Junto às Ruínas de Milreu 8005-443 ESTOI-FARO

Web: http://osteofala.weebly.com · Tlm: 969 260 836

ODELEITE LUZ DE TAVIRA – CASTRO - TAVIRA MARIM

ALAGOA

AMARO SANTO GONÇALVES ESTEVÃO – LUZ - TAVIRA DE TAVIRA

Reze 9 Ave-Marias com uma vela acessa durante 9 dias, pedindo 3 desejos, 1 de negócios e 2 impossíveis ao 9º dia publique este aviso, cumprir-se-á mesmo que não acredite. B.T

AGÊNCIA FUNERÁRIA

Então, esqueceu a sua velha amiga? Aquela que trata bem. Antiga Agência Puga trata o seu ente querido como ninguém, temos um serviço personalizado.

MONCARAPACHO LUZ DE TAVIRA - –TAVIRA OLHÃO AMARO GONÇALVES FUSETA – –OLHÃO LUZ DE TAVIRA

Agência Alagoa - Fica junto ao Hospital Velho em Tavira

JOSÉ MANUEL JOÃO MANUEL ANDRADE CARRASQUEIRA 82 ANOS 47 ANOS

AGRADECIMENTO AGRADECIMENTO Os seus familiares vêm reconhecidamente agra-

Os seus familiares vêm reconhecidamente agradecer a todas as pessoas que compareceram no decer a todas as pessoas que compareceram no funeral do seu ente querido, que se realizou no funeral do seu ente querido, que se realizou no dia dia 12 de Maio de 2011, saindo da Igreja de Santo dia 17 de Maio de 2011, pelas 17.30 horas, saindo da Estêvão e seguindo para o cemitério local. Igreja da Luz de Tavira e seguindo para o cemitério local. JOÃO MANUEL CARRASQUEIRA JOSÉANDRADE CARLOS SIMÃO

FUNERÁRIAS CORREIA

FUNERÁRIAS CORREIA * OLHÃO LUZ DE TAVIRA * TAVIRA * MONCARAPACHO LUZ DE* SANTA TAVIRA CATARINA * TAVIRA * DA MONCARAPACHO * OLHÃO FONTE DO BISPO

47 ANOS 77

AGRADECIMENTO

Chamada gratuita 24 horas – 800 207 810

Os seus familiares vêm reconhecidamente agraque compareceram no decer aa todas todasasaspessoas pessoas que compareceram funeral do do seuseu enteente querido, queque se realizou no no funeral querido, se realizou dia dia 17 de deMaio 2011,depelas horas, no diaMaio 18 de 2011,17.30 saindo dasaindo Igreja da Igreja da Luz de Tavira seguindo para o cemitério Fuseta e seguindo parae o cemitério local. local.

CACHOPO - TAVIRA

Serviços Prestados SE  Funerais PER RVIÇO MAN E 24 H NTE  Trasladações  Cremações  Preparação estética do falecido  Manutenção de jazigos e campas

Sempre a seu lado nos momentos difíceis da vida... SERVIÇOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS Trav. Zacarias Guerreiro nº 2 (Largo de S. Francisco) (Centro de Tavira) 8800 – 740 Tavira

TAVIRA Rua Dr. Miguel Bombarda n.º 25 Tel. - 281 323 983 - 281 381 881 LUZ DE TAVIRA EN 125, n.º 32 – Tel. - 281 961 455

Chamada Chamada gratuita gratuita 24 24 horas horas –– 800 800 207 207 810 810

SÃO LUÍS - ODEMIRA LUZ - TAVIRA

VILA REAL STO. ANTÓNIO Rua 25 de Abril n.º 32 – Tel. - 281 541 414 FUNERÁRIA PATROCÍNIO Tlm. - 968 685 719 Rua João de Deus, n.º 86 – Tel. -281 512 736

ANTÓNIO FERNANDES FERRO 15/06/1944 – 17/05/2011

IDALÉCIO PEDRO Tlm. - 964 006 390

SERVIÇOS FÚNEBRES

AGRADECIMENTO

AGRADECIMENTO

funerariapviegas@sapo.pt

Empresa recomendada

FUNERÁRIAS CORREIA FUNERÁRIAS CORREIA

14-10-1931 / 24-05-2011

281 322 652 968 700 767 918 530 058 / 966 088 324 alagoa.lda@gmail.com

funerariapedro@sapo.pt funeraria_pedro@sapo.pt

LUZ DE TAVIRA * TAVIRA * MONCARAPACHO * OLHÃO LUZ DE TAVIRA * TAVIRA * MONCARAPACHO * OLHÃO * SANTA CATARINA DA FONTE DO BISPO

FERNANDO DE ALMEIDA DE OLIVEIRA

   

Com as seguintes ofertas

 Coroa de flores artificiais com moldura  Cartões memoriais  Livro de condolências  Serviço de água no velório

A família agradece reconhecidamente a todos os que acompanharam o seu ente querido até à sua última morada, assim como a todos aqueles que manifestaram o seu pesar. A cerimónia fúnebre realizou-se no dia 19 de Maio de 2011, saindo da Igreja do Carmo para o Cemitério de Tavira.

Os seus familiares vêm por este meio agradecer a todos quantos se dignaram acompanhar o seu ente querido à sua última morada ou que, de qualquer forma, lhes manifestaram o seu pesar.

ALAGOA

AGÊNCIA FUNERÁRIA

Solicite orçamento antes de decidir AGÊNCIA

 281 322 652 / 281 962 330  281 962 432  918 530 058 / 966 088 324  alagoa.lda@gmail.com

Então, esqueceu a sua velha amiga?

Tavira

Tlm. – 969 003 042

Emergência 24 horas

Pedro - 965 040 428

Aquela que trata bem. Antiga Agência Puga trata o seu ente querido como ninguém,

AGÊNCIA FUNERÁRIA

temos um serviço personalizado.

IWdjei8|hXWhW"BZW Agência Alagoa - Fica junto ao Hospital Velho em Tavira

Serviços Prestados  Funerais

SE P E R R VI Ç O MAN E 24 H N TE

 Trasladações - CREMAÇÕES PARA TODO O PAÍS E ESTRANGEIRO FUNERAIS - TRASLADAÇÕES  Cremações  Preparação estética do falecido  Manutenção de jazigos e campas

Tel. / Fax: 281 323 205 / 281 325 197 - 965 484 819 / 962 604 552 Sempre a seu lado ATENDIMENTO PERMANENTE - OFERTA DE ANÚNCIO DE NECROLOGIA E CARTÕES MEMÓRIA nos momentose Religiosos difíceis da /vida... Artigos Funerários Catálogo de Lápides e Campas SERVIÇOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS Trav. Zacarias Guerreiro nº 2 (Largo de S. Francisco) (Centro de Tavira) 8800 – 740 Tavira

   

281 322 652 968 700 767 918 530 058 / 966 088 324 alagoa.lda@gmail.com

FUNERÁRIA

Vila Real Sto. António

Tlm. – 962 406 031


22

| 26 de Maio de 2011

>> SOLUÇÃO

>> ASSINALE A FRASE CORRETA    

Segundo o novo acordo ortográfico deve escrever-se:  A Seleção Nacional de Futebol é espetacular.  A Selecção Nacional de Futebol é espectacular.

da semana passada

O João gosta de música latina-americana. O João gosta de música latino-americana. O João gosta de música latinamericana. O João gosta de música latinoamericana.

A forma correta é latino-americana. Latino-americana é um adjetivo composto, que diz respeito aos países americanos em que se fala idioma oriundo do latim. Só o segundo elemento da palavra é variável, tomando, neste caso, a forma do feminino. As restantes formas estão incorretas, apesar de serem utilizadas indevidamente em situação de oralidade e escrita.

 A Seleção Nacional de Futebol é espectacular.  A Selessão Nacional de Futebol é espetacular.

ZZZ OPINIÃO O postal alterou o e-mail da redacção: jornalpostal@gmail.com

FICHA TÉCNICA

Sede: Rua Dr. Silvestre Falcão, n.º 13 C - 8800-412 Tavira - Algarve Tel: 281 320 900 | Fax: 281 320 909 E-mail: jornalpostal@gmail.com Director: Henrique Dias (CP 3259). Director Comercial: Basílio Pires Editor: Ricardo Claro (CP 9238). Redacção: Cristina Mendonça (CP 3258), Geraldo de Jesus (CO 630), Helga Simão. Design: Profissional Gráfica. Colaboradores fotográficos: José A. N. Encarnação “MIRA” Colaboradores: Beja Santos (defesa do consumidor), Nelson Pires (CO76). Departamento Comercial, Publicidade e Assinaturas: Anabela Gonçalves, José Francisco. Propriedade do título: Henrique Manuel Dias Freire, inscrito sob o nº 211 612 no Registo das Empresas Jornalísticas. Edição: Postal do Algarve - Publicações e Editores, Lda. Contribuinte nº 502 597 917. Depósito Legal: nº 20779/88. Registo do Título (dgcs): nº 111 613. Impressão: Coraze - Oliveira de Azeméis Distribuição: Banca - Logista, à sexta-feira com o Público/VASP - Sociedade de Transportes e Distribuição, Lda e CTT. Membro: APCT - Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação; API - Associação Portuguesa de Imprensa.

Tiragem desta edição:

8.999 exemplares

Sobe & desce

Esta é uma iniciativa das Bibliotecas Paula Nogueira do Agrupamento de Escolas Professor Paula Nogueira (Olhão) em parceria com a Casa da Juventude de Olhão e o POSTAL, que semanalmente divulga os problemas e as soluções deste jogo. Várias escolas do Algarve já aderiram à iniciativa: AE Professor Paula Nogueira (Olhão) / AE da Sé (Faro) / AE D. Afonso III (Faro) / AE Dr. Alberto Iria (Olhão) / Colégio Bernardete (Olhão) / AE Dr. João Lúcio (Fuseta) / AE de Estoi (Faro) / AE Joaquim Magalhães (Faro) / AE do Montenegro (Faro) / AE de Castro Marim ( Vila Real de St. António) / AE Professora Diamantina Negrão / (Albufeira) / Agrupamento de Escolas José Belchior Viegas (Mega Agrupamento de São Brás de Alportel) / Escola Secundária João de Deus (Faro) / Casa da Juventude (Olhão). Convidamos todas as escolas e bibliotecas, interessadas em aderir ao Jogo da Língua Portuguesa e receber os materiais para o mesmo, a contactar: biblioteca.epnogueira@gmail.com ou jornalpostal@gmail.com.

Finca-pé

Justiça cega

O presidente da Câmara de Albufeira fez finca-pé e o posto de correios do centro da cidade não vai fechar. (Ler pág. 12)

Quatro pessoas que ficaram parcialmente cegas numa clínica de Lagoa, há quase um ano, ainda esperam por justiça. (Ler pág. 14)

Olhão - destino turístico pouco conhecido Olhão é uma das raras terras na Europa cujo passado é um exemplo de perseverança e de vontade indómita, de luta de sobrevivência, sem qualquer apoio, isolada não geograficamente, marginalizada no seu próprio país e não porque tivessem cometido algum acto criminoso, mas porque os pescadores eram considerados rudes e analfabetos. Se penetrarmos no interior dos seus bairros típicos de arquitectura estilo árabe, maior é a sua curiosidade. Há ruelas que se cruzam tortuosamente no meio do aglomerado de terraços brancos e mirantes virados ao céu, utilizados durante anos pelas mulheres dos pescadores que aguardavam os maridos de regresso da pesca lá fora da barra. Outra utilização foi a seca de peixe que em certas épocas transportaram em embarcações à vela para o norte de África e outros países africanos do Mediterrâneo. Foram, contudo, exímios navegadores, construíram os seus próprios barcos e chegaram a Odessa no Mar Vermelho para trazerem trigo para casa. Este contacto frequente durante séculos, virados para o comércio de exportação, deulhes uma visão estética da arquitectura e da civilização dos povos indígenas do norte de África. Apesar das distâncias do local onde viviam e essas terras longínquas, houve mais influência no convívio com outras civilizações do que foi aquele vivido isolados na sua própria terra, apesar de estarem muito próximo das cidades de Tavira e Faro. Durante séculos foram marginalizados porque não havia pessoas letradas entre eles que

pudessem representá-los junto das estâncias públicas, até mesmo para um simples registo de nascimento. A construção dos seus bairros foi feita à revelia da proibição de casas em alvenaria, mas aos poucos substituir-se-iam as antigas palhotas onde viviam, mas somente a partir do século XVII com a construção da Igreja Nª Srª. do Rosário, à custa dos homens do mar, no reinado de D. Pedro II. Deram à sua terra o nome de Olhão devido à nascente que brotava água do solo tão abundantemente que, dada a sua grandeza em forma de olho, os habitantes daquele povoado deram-lhe o nome de Olhão (lugar do poço de Olham). O lugar está assinalado com uma fonte e painel de azulejos elucidativo na Avenida da República. Este tesouro histórico e o seu envolvimento em lendas contadas com veneração sobre a luta destes pescadores, agora transformada em cidade, pode ser uma excelente opção para

se ir à descoberta e ao encontro das suas ilhas/praias, Culatra e Farol, uma única ilha, e a da Armona, através de ferryboats de duas em duas horas, ou táxi-boats a qualquer hora, relaxar nas suas areias cintilantes e nas águas tépidas do oceano; entrar numa das suas típicas tabernas/esplanadas e apreciar a gastronomia local amêijoa, camarão, caranguejos e peixe pescado na madrugada, com acompanhamento de vinho tinto ou branco tirado do casco. A partir do cais de desembarque, seguindo pela passadeira cimentada, que vai directamente à praia, entre aglomerados de casas, esplanadas, pequenas mercearias, residências particulares, a maior parte habitadas por pescadores, cerca de mil, uma pequena capela e posto médico; e depois a surpresa de encontrar as ondas do oceano Atlântico, no sul da ilha, enterrando os seus pés na areia fina da praia - A praia que agora é toda sua sem espreguiçadei-

ras nem sombreiros - somente a sós com o mar, o sol e o som abafado predominante da costa. Os pescadores gostam de conviver com os turistas e aceitam a sua presença como amigos de longa data. O jornal inglês The Guardian, na sua edição de 12 de Maio de 2009, refere-se a Olhão como uma “jóia rara, encantadora, recheada de características bastante apelativos. Turistas ocasionais interrogam-se - porquê aqui uma tal profusão de encantamento agora transformada em cidade!” Mas, muito antes, nomes como Dr. Francisco Fernando Lopes, médico, escritor, historiador e musicólogo, Dr. Alberto Iria, historiador, poeta, João Lúcio e outros também naturais de Olhão, descrevemna como um espólio histórico único na Europa. Apesar de não estar convenientemente preparada para receber fluxos turísticos de qualidade, Olhão é, no entan-

D.R.

to, o local ideal para se ir à descoberta. Não é um resort de luxo como os que abundam no Algarve, mas não deixa de ser um destino bastante atractivo, de qualidade e também para apreciadores do epicurismo. Há um complexo turístico incluindo hotel de quatro estrelas recentemente inaugurado, frente à Marina de recreio, donde pode desfrutar-se a beleza da Ria Formosa, a partir de uma piscina ou terraço de um confortável quarto. Como será o futuro turístico desta cidade! Tudo dependerá da Autarquia, da competência dos seus serviços e do interesse de empresas ligadas ao sector de circuitos, de excursões e out-going, principalmente. De certeza que este invulgar destino diferente de todos os outros já reconhecidos traria receitas avultadas, auspicioso como parece em termos de inovação e singularidade. José Macheira

cruzmacheira@hotmail.com


PUB

PUB

PUB


última Tiragem desta edição:

8.999 exemplares

Vulcão islandês cancela voos em Faro Aeroporto cancelou seis escalas só na terça-feira DEPOIS DE NA PASSADA se-

mana o Aeroporto de Faro ter visto os voos cancelados por força do mau tempo registado na região e em particular na cidade de Faro (ver página 5), na passada terça-feira os aviões ficaram novamente em terra, desta vez devido ao vulcão islandês que se encontra em erupção. Seis voos que ligavam o Algarve à Escócia tiveram que ser cancelados devido à nuvem de cinzas propagada pela entrada em actividade do vulcão islandês, disse à Lusa o porta-voz da ANA, Rui Oliveira. São ao todo três chegadas e três partidas de ligação entre a capital algarvia e aquele país que tiveram que ser canceladas, afectando os voos de três aviões, dois da companhia Ryanair e um da easyJet. A nuvem de cinzas, na sequência da erupção do vulcão Grimsvotn, mantém-se afastada do espaço aéreo português, mas está a atingir

CRIME

Duplo homicídio choca Vila Nova Cacela D.R.

 Vítimas foram alvejadas por um jovem na casa de alterne

UMA CAÇADEIRA terá sido, de acordo com a GNR em declarações à Lusa, a arma utilizada para o duplo homicídio que vitimou na madrugada de terça-feira a proprietária e o segurança da Hospedaria Rita, um estabelecimento em Vila Nova de Cacela conhecido na região de Vila Real de Santo António e Tavira como casa de alterne. Rita e João Paulo, os nomes das vítimas, foram alegadamente mortalmente alvejados por um jovem que tentou aceder ao estabelecimento de alterne e a quem foi vedada a entrada. O processo de inquérito, entregue à Polícia Judiciária, dada a natureza do crime, segue, de acordo com esta força policial, o seu decurso normal, sendo a competência de direc-

ção da investigação da responsabilidade da Procuradoria da República de Vila Real de Santo António. Os corpos das vítimas foram retirados do local durante a manhã e à hora de almoço a polícia já tinha desbloqueado o acesso ao local do crime que esteve reservado às autoridades durante várias horas. De acordo com populares contactados pela Lusa, a casa de alterne funcionava com mulheres oriundas de várias nacionalidades. A vítima João Paulo, terá jogado no Lusitano de Vila Real de Santo António e fora pai há poucos meses, de acordo com a versão que circulava em Vila Nova de Cacela, uma localidade chocada com um crime a cuja violência não está habituada.

o noroeste das ilhas britânicas, Mar do Norte e Rússia, disse à Lusa o meteorologista Paulo Narciso. O vulcão islandês Grimsvotn, o mais activo do país, entrou em erupção no do-

D.R.

mingo, mas os cientistas acreditam que não irá provocar o caos nos transportes aéreos tal como aconteceu em 2010 com as erupções do Eyjafjallajokul. MAD (DD/MC) PUB


Postal26Mai1035