Issuu on Google+

FARO MACÁRIO QUER GUARDAS-NOCTURNOS ENQUANTO VITORINO PROPÕE VIDEOVIGILÂNCIA > 4 PUB

www.xlconta.com

Director Henrique Dias Freire • Ano XXIII • Edição 1031 • Semanário à quinta-feira • 28 de Abril de 2011 • Preço € 1

FARO 4 PORTIMÃO 6 VILA REAL, CASTRO MARIM, ALCOUTIM 7 TAVIRA 9 OLHÃO 11 SÃO BRÁS, LOULÉ 12 ALBUFEIRA 14 LAGOA, SILVES, MONCHIQUE 15

ÀS SEXTAS EM CONJUNTO COM O PÚBLICO POR €1,60

LAGOS, VILA DO BISPO, ALJEZUR 16 REGIÃO 17 LAZER 19 CLASSIFICADOS 20 OPINIÃO 22

Polis Litoral Sudoeste arranca na Praia da Arrifana

> A primeira obra do Programa Polis Litoral Su-

doeste sai do papel para o terreno no início de Maio e promete ser o primeiro passo para mudar a cara da linha de costa na Arrifana. O POSTAL falou com José Amarlinho sobre as obras que vão mudar em 2013 o rosto da linha de costa do concelho de Aljezur e da Costa Vicentina em geral, saiba onde e como p. 3

DR

Páscoa molhada enche hotéis mas reduz negócio

Turismo: O Algarve encheu-se, com taxas de ocupação na hotelaria a rondar os 100% durante as mini-férias que incluíram o feriado do 25 de Abril. Mas, em vez do sol da passada semana, os turistas tiveram a chuva à espera, com os negócios associados ao turismo a terem menos receitas que o esperado. Bom, bom só para os centros comerciais que tiveram enchentes sob o céu nublado > 12 DR

LUÍS FORRA

VIA DO INFANTE

VILA DO BISPO

LEGISLATIVAS

PÁSCOA

PJ investiga pórticos destruídos

PSD ataca Isilda Gomes Câmara com casa deixa de novo de Sousa Cintra Governo Civil

Guia promove festa com folar gigante

> Ainda não cobram portagens e já foram destruídos os pórticos colocados pelo Governo na Via do Infante p. 17

> A mansão do ex-presidente do Sporting é a mais recente arma de arremesso do PSD contra Adelino Soares p. 16

> Mais

OLHANENSE ISIDORO DE SOUSA JÁ PREPARA ÉPOCA 2011/2012 NA PRIMEIRA DIVISÃO Depois de eleito por aclamação, Isidoro de Sousa já tem a caminho reforços frescos. Um lateral esquerdo e um defesa central são as primeiras novidades > 11

> Uma vez mais, o Governo Civil fica para trás, com Isilda Gomes a caminhar para o Parlamento p. 5

POLÉMICA LUÍS GOMES ACUSA CCDR DE RESPONSABILIDADE NA PERDA DE INVESTIMENTO O autarca de Vila Real diz que a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve é responsável pela perda de um investimento de 300 milhões de euros > 8

de duas mil pessoas provaram o folar de 400 quilos que a freguesia da Guia confeccionou para esta quadra p. 14 PUB

D.R.

CA

NOVA GERAÇÃO Veja anúncio na pág. 2


PUB

PUB

PUB

EU

PRENDO SUA

A

ATENÇÃO

HORAS A

FIO

I am the power of print. Os meios de comunicação em papel são renováveis, recicláveis e eficazes. Permitem que o cliente conheça com mais detalhe uma marca, um modelo ou um produto. Folhetos, brochuras, catálogos ou revistas são apenas alguns exemplos. A informação aí não é volátil, permanece disponível dias a fio e é acessível a múltiplos utilizadores. A facilidade de o cliente poder ler de acordo com a sua vontade gera conforto. E implica uma maior concentração na marca ou produto, quando o cliente aproveita os momentos certos para folhear e ler. Saiba mais sobre os média impressos em www.printpower.pt

Se quiser receber a brochura no seu e-mail, basta fazer o download do programa de leitura em www.upcode.fi no seu telemóvel e utilize-o para digitalizar o código.

PP_Ads_Portugal_17022011_corr.indd 1

Add print, add power

16/03/11 14:05


28 de Abril de 2011 |

3

EM FOCO Arrifana é ponto de partida para revolução do Polis Concelho de Aljezur dá tiro de partida numa intervenção que custará mais de 46 milhões de euros até 2013 D.R.

Ricardo claro ricardoc.postal@gmail.com

A ARRIFANA, no concelho de

Aljezur, dá já nos primeiros dias de Maio o pontapé de saída naquele que é o último dos Polis Litoral, as operações integradas de requalificação e valorização da orla costeira criadas pelo Governo Sócrates. Trata-se da primeira intervenção levada a cabo no âmbito do Polis Litoral Sudoeste que abrange as regiões do Alentejo e do Algarve ao longo da faixa costeira entre Sines e Burgau, numa faixa costeira com 150 quilómetros de extensão e 9.500 hectares de área total. Abrangidos pela intervenção estão os concelhos alentejanos de Sines e Odemira, e Aljezur e Vila do Bispo no Algarve, num plano que abrange três áreas protegidas, o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina e as reservas naturais da Lagoa de Santo André e da Sancha.

PRIMEIRA FASE DA ARRIFANA As

obras que agora arrancam no terreno correspondem à primeira fase de um projecto de intervenção em larga escala na frente costeira da Arrifana, disse ao POSTAL José Amarelinho, presidente da Câmara de Aljezur. “As intervenções do Polis na zona da Arrifana compreendem três fases num valor de investimento que rondará um milhão de euros”, esclareceu o autarca, acrescentando que “esta fase avança por ser aquela que se encontrava em estado mais avançado e em condições de poder ir para o terreno”. De acordo com a Sociedade Polis Litoral Sudoeste (SPLS), a fase que entrará em obra agora representa um investimento de pouco mais de cem mil e 700 euros. Cerca de 20% do valor total a investir naquela área da costa de Aljezur, numa

Fontes de financiamento:  Financiamento Total: 46.686.783  Financiamento comunitário: 22.484.656  Fundo de Coesão/ POVT 5.884.900  FEDER/PO Alentejo 9.485.992  FEDER/PO Algarve 3.0861.995  FEP/PROMAR 3.251.769  Financiamento nacional: 24.202.082

 José Amarelinho, presidente da Câmara de Aljezur, diz que as obras serão um ponto de viragem para o concelho execução que se prevê venha a durar 90 dias. O presidente da autarquia destaca que as obras que agora arrancam não põem em causa a época balnear e compreendem a reabilitação da fortaleza local e a realização de escavações arqueológicas, a qualificação do espaço envolvente e o ordenamento das acessibilidades e estacionamento do local, integrando ainda obras de estabilização das arribas em redor do monumento e do restaurante que se encontra adjacente. A obra, esclarece a SPLS, abrange a execução de pavimentos, vedação da arriba, mobiliário urbano, instalação de passadiços de madeira, balizamento dos estacionamentos e sinalização vertical. A que se somam a consolidação das ruínas do forte e a instalação de iluminação pública e cénica. A área a intervencionar, avança a dona da obra, tem

“Trata-se da maior intervenção alguma vez feita na linha de costa do concelho” José Amarelinho uma área de 2.800 metros quadrados e uma extensão de 478 metros de costa.

A OBRA FINAL As obras desta

fase são uma gota de água face ao plano total de intervenção na Arrifana. Este compreenderá a requalificação do acesso à praia e respectivo estacionamento, a criação de um passadiço para peões e bicicletas desde o acesso principal à praia até à fortaleza e a estabilização, consolidação e criação de uma rede de drenagem em toda a extensão de arriba voltada à praia. Obras que o autarca local diz acreditar, “vão revolucionar as qualidades e potencialidades da Arrifana”. Para José Amarelinho

estas intervenções eram uma aspiração de longa data das populações locais que vêem assim salvaguardado o seu património natural e histórico e potenciadas as qualidades paisagística, urbanística e turística daquela que é uma das praias mais emblemáticas do concelho.

POLIS MODIFICA LITORAL DE ALJEZUR Para o presidente da

Câmara de Aljezur, que integra o capital social da SPLS com 2 milhões e 300 mil euros, as intervenções feitas ao abrigo do Polis - que abrangerão entre outras áreas as faixas costeiras da Praia de Monte Clérigo, Vale Figueiras, Portal da Carrapateira, Praia do Amado, Praia de Odeceixe e ainda as áreas do

Portinho do Forno e Odeceixe – representam, quando terminadas, “um ponto de viragem para o concelho”. “Trata-se da maior intervenção alguma vez feita na linha de costa do concelho”, destaca José Amarelinho, acrescentando que “alterará para melhor a oferta natural que Aljezur já se orgulha de ter e que tem já inúmeros adeptos em Portugal e no estrangeiro”. A oportunidade de criar mais e melhores condições para o desenvolvimento turístico e económico do concelho é um ponto que José Amarelinho tem sempre presente quando pensa em 2013, data em que se prevê esteja terminada a intervenção do Polis Litoral Sudoeste. “Aljezur aposta num segmento de turismo de natureza apoiado em estruturas de alojamento de pequena dimensão a que se somam alojamentos rurais e locais e estas intervenções são uma mais-valia para a política que a Câmara tem vindo a de-

 MAOT 9.996.000  Câmaras 9.6581.311  Outros ministérios 2.052.082  Privados 2.550.000 Notas: Valores expressos em euros Dados POLIS Litoral Sudoeste

senvolver no fomento da oferta turística do concelho apostada na qualidade e não na quantidade”, diz o autarca. Para o presidente da Câmara de Aljezur, “as camas de que o concelho actualmente dispõe são suficientes e os núcleos do Espartal e do Vale da Telha garantem as condições de resposta a necessidades futuras neste capítulo”. “O conceito “viver no Parque” [referindo-se ao Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina] é aquele que queremos para quem vive e visita o concelho”, diz o autarca, para quem preservação e desenvolvimento podem perfeitamente andar de braços dados.


4

| 28 de Abril de 2011

FARO CULTURA

Tertúlia Farense distingue Orquestra do Algarve

D.R.

Câmara de Portimão viabiliza pagamento a docentes com ordenados em atraso pág. 6

Macário quer reforçar segurança com mais guardas-nocturnos Vitorino defende videovigilância na baixa da cidade D.R.

“O aumento do efectivo de guardas-nocturnos tem por objectivo reforçar a segurança no concelho e lutar pela diminuição da criminalidade”, explicou Macário Correia. O reajuste na actividade dos guardas-nocturnos - uma competência que passou há sete anos para os municípios - vai também permitir que sejam criados postos de trabalho. “É mais meia dúzia de pes-

O RESTAURANTE RIA FORMOSA , no Hotel Faro, recebe a partir das 22 horas de quintafeira, a sessão comemorativa do quarto aniversário da Tertúlia Farense e de homenagem à entidade e à personalidade que aquela tertúlia decidiu distinguir pela sua actividade em Faro em 2010, a Orquestra do Algarve e Fernando Silva Grade. Ao POSTAL a presidente da Orquestra do Algarve, Maria Cabral, afirma que para a OA o reconhecimento é “motivo de especial honra, ainda mais quando vindo de uma entidade cultural da própria região”. A responsável pela orquestra vai marcar presença na entrega da distinção e faz questão de destacar que “esta é uma das situações em que o mérito da OA e dos seus músicos e demais estrutura é publicamente reconhecido, o que é fundamental para continuar a pugnar pela dignificação da região enquanto agente cultural que leva o nome do Algarve ao país e ao estrangeiro”.

 José Vitorino considera que aumento de guardas-nocturnos deve ser complementar à videovigilância

A CIDADE DE FARO tem apenas

dois guardas-nocturnos e para reforçar a segurança no concelho a autarquia quer lançar concurso público para aumentar o efectivo de guardas, disse na passada quinta-feira Macário Correia. “Temos dois guardas-nocturnos a trabalhar na baixa de Faro, mas a ideia é alargar a outras zonas, nomeadamente S. Luís, mercado municipal e na freguesia de Montenegro”, disse Macário Correia, referindo que o aumento do efectivo

tem sido sugerido pela “PSP, GNR e juntas de freguesia de Faro”, no Conselho Municipal de Segurança.

GUARDAS-NOCTURNOS CONHECEM BEM AS ZONAS QUE VIGIAM Recorde-se que ainda

na passada semana foi um guarda-nocturno a dar notícia às autoridades de um assalto feito na madrugada a uma ourivesaria, um crime detectado devido ao posicionamento estranho das florei-

ras do estabelecimento, algo que só alguém com profundo conhecimento da zona detectaria, uma vantagem que este tipo de vigilantes apresenta. Na Assembleia Municipal de Faro [marcada para quarta-feira, dia 27], o projecto de regulamento do exercício da actividade de guarda-nocturno no município de Faro está na ordem de trabalhos e irá permitir arrancar “nas próximas semanas” com o concurso público, adianta o autarca.

PUB

PUB

Rui Gonçalves

Fisioterapia e Massagens Tratamentos a: Tromboses Lesões desportivas Má circulação Entorses Roturas mialgias e distensões musculares Artroses Ciáticas Cinesioterapia vertebral Problemas da coluna vertebral Cervicalgias dorsalgias e lombalgias Hérnias discais

Tratamento com Indiba, novidade em Portugal Na Casa da Matilde - Montepio-Artístico Tavirense Rua Tenente Couto nº. 4, 6 – 8800-379 Tavira Tel. 281 325 846 – Fax: 281 322 314

José Vitorino diz que segurança passa pela videovigilância na baixa da cidade soas que podem vir a ter uma actividade profissional e com isso, muitos deles desempregados porventura, poderão ter aí uma ocupação”, observou Macário Correia, referindo, todavia, que “não é guardanocturno quem quer, é preciso uma selecção e reunir todos os pormenores de aptidão”.

VITORINO QUER VÍDEOVIGILÂNCIA NA BAIXA O grupo de elei-

tores “Cidadãos com Faro no Coração” defendeu a instala-

ção pela autarquia de câmaras de videovigilância na baixa da cidade, considerando que o anunciado aumento de guardas-nocturnos deve apenas ser uma medida complementar. Em comunicado, o líder do movimento, José Vitorino, refere que o aumento do efectivo de guardas para reforçar a segurança no concelho não deve servir para “mascarar as graves carências” de meios humanos e operacionais das forças de segurança. “Os guardas-nocturnos não podem servir para as autoridades sacudirem a água do capote e não assumirem as suas responsabilidades”, sublinha o antigo presidente da autarquia, alertando para o facto de ser o município a pagar este serviço. Segundo José Vitorino, as causas dos problemas de segurança em Faro são a falta de equipamentos e meios humanos na PSP e GNR, que, diz, têm merecido de Macário Correia um “silêncio conivente”. “Há polícia para multas de trânsito, rebocar carros e fins ‘abusivos’, por solicitação da Câmara, mas falta polícia para o essencial da segurança de pessoas e bens”, conclui. A baixa da capital de distrito tem sido nos últimos dias palco de várias situações de criminalidade, nomeadamente na zona de diversão nocturna, onde durante a madrugada de sábado os seguranças de um estabelecimento foram apedrejados, tendo o efectivo da PSP estado presente no local. RC/LUSA

Lei n.º 2/99 Em cumprimento do estabelecido no n.º 2 do art.º 16.º da Lei n.º 2/99 (Lei da Imprensa), Henrique Manuel Dias Freire, com o número de contribuinte 178 885 339, informa que é proprietário da publicação periódica jornal “Postal do Algarve”, sendo o editor o “Postal do Algarve – Publicações e Editores, Lda”, cuja quota da sociedade é de 14.963,94 euros, pertencente 100% a Henrique Manuel Dias Freire. Mais informa que a gerência da sociedade é exercida por Henrique Manuel Dias Freire.


28 de Abril de 2011  |   

Espaço Saúde em Diálogo

Exposição

A psoríase trocada por miúdos A Associação Portuguesa da Psoríase (PSOPortugal)

vai debater a doença entre os dias 16 e 20 de Maio, no Espaço Saúde em Diálogo, situado junto ao Hospital. A PSOPortugal vai distribuir folhetos informativos “com o objectivo de sensibilizar a po-

d.r.

Brinquedos de plástico no Museu Regional O Museu Regional do Algarve, em Faro, apresenta a expo-

pulação para o facto de que a psoríase não é uma doença contagiosa e pode atingir qualquer pessoa, em qualquer idade, não afectando, no entanto, a respectiva capacidade funcional para o trabalho”, explica Vítor Baião, presidente da associação.

sição “O Brinquedo de Plástico em Portugal – da Confecção à Colecção” até ao próximo dia 6 de Maio. Esta mostra surge na sequência da investigação sobre o brinquedo em plástico da Indústria de Plástico Aliança Faren-

faro

Vila Real quer hotel para viabilizar complexo desportivo pág. 7

d.r.

se Lda, levada a cabo pelo Serviço de Investigação da Divisão de Museus, Arqueologia e Restauro do Município de Faro. As peças expostas provêm da colecção privada de José Humanes, assim como alguns exemplares da Indústria de Plásticos Aliança Farense, Lda.

Câmara acolhe exposição evocativa do 25 de Abril

Bubblebath apresentam álbum de estreia

d.r.

Macário Correia quer aumentar espólio de documentos

 Exposição dá a conhecer o 25 de Abril a quem não o viveu

Jornais regionais da época, fotografias e a acta da reunião da Câmara de Faro que se seguiu ao 25 de Abril são elementos da exposição evocativa dos 37 anos da revolução patente no átrio dos Paços do Concelho. Em declarações à Lusa, o presidente da Câmara, Macário Correia, explicou que esta foi “uma forma curiosa de dar um contributo para aqueles que não conhecem o 25 de Abril, porque não o viveram”. Por isso, a autarquia entendeu reunir e mostrar ao público estes elementos na exposição, que espera ainda poder aumentar, apelando a quem tenha documentos que retratem essa época para que os emprestem à Câmara de Faro para reproduzir e criar um espólio ainda maior. “Julgámos pertinente locali-

zar jornais da época, regionais, publicados aqui em Faro ou no Algarve, bem como jornais nacionais, a acta da reunião da câmara que se seguiu ao 25 de Abril de 1974, que são memórias de circunstância para perceber o contexto em que o 25 de Abril se realizou”, explicou o autarca.

Autarquia quer enriquecer exposição Macário Correia

sublinhou que a autarquia está à “procura de outros elementos que possam enriquecer a exposição, para que as pessoas que não tiveram essa vivência directa, através de documentos, fotografias, elementos publicados, textos de opinião e relatos, possam interiorizar melhor os valores daquilo que estava em causa”. Apelou a todas as pessoas “que tenham imagens de Faro,

fotografias e documentos que possam ajudar a contextualizar e conhecer melhor esta data, para que as façam chegar” ao município para serem “expostos, reproduzidos, copiados e devolvidos mais tarde aos seus proprietários”. “Aquilo que queremos é ter um bom documentário de imagens, de textos e circunstâncias da época, que haverá certamente, mas não temos na posse da câmara municipal tanto quanto gostaríamos, Não vivíamos na era digital, não havia a facilidade de arquivar fotografias em meios electrónicos, trabalhava-se em papel, mas seguramente haverá pessoas que têm essas referências e, se pudermos dispor disso para copiar, a cidade de Faro, o seu museu e a memória da cidade ficará melhor tratada”, MHC acrescentou.

Legislativas

Isilda Gomes volta a deixar o Governo Civil A governadora civil de Faro, Isilda Gomes, aban-

donou na passada terça-feira aquele cargo por incompatibilidades relacionadas com o facto de integrar as listas de candidatos socialistas a deputados ao Parlamento, informou o Governo Civil em comunicado dirigido às redacções. O novo governador civil de Faro passa a ser Carlos Jorge Silva Gomes, tenente-coronel de cavalaria da GNR, lê-se no comunicado. Carlos Silva Gomes já ocupou aquelas funções num curto período durante a campanha eleitoral e

após as eleições para a última legislatura. Em Setembro de 2009 a responsável já havia abandonado o cargo de governadora civil, também por se ter candidatado a deputada pelo PS Algarve, mas regressou em Novembro do mesmo ano, após o Conselho de Ministros ter indicado o seu nome para voltar a ocupar as funções que desempenhou durante mais de dois anos. A lei que regula o regime jurídico das incompatibilidades levou Isilda Gomes a pedir a sua exoneração do cargo de governadora civil, solicitação aprovada em Conselho de Ministros no passado dia 21.

d.r.

 Candidata a deputada é terceira nas listas do PS de Faro

A agora candidata a deputada à Assembleia da República ocupa o terceiro lugar nas listas do partido socialista pelo círculo eleitoral de Faro, logo depois de João Soares, cabeça-de-lista, e de Miguel Freitas, líder da Federação do Algarve do PS. Isilda Gomes nasceu em 1951 na freguesia de Mido, distrito da Guarda, e é licenciada em Matemática e Ciências. A candidata a deputada nas próximas eleições legislativas foi vice-presidente da Câmara Municipal de Portimão, coordenadora distrital do Projecto Vida no Algarve e delegada regional do Instituto do Emprego e Formação Profissional.

 A banda farense Bubblebath apresenta às 22 horas de sexta-feira, na Sociedade Recreativa Artística Farense, o seu álbum de estreia, intitulado “Quero Ser Livre e Voar”. Após uma primeira incursão no mundo dos discos em 2009, com o tema “Quero Ser Livre e Voar”, incluído na banda sonora da telenovela da TVI “Deixa que te leve”, os Bubblebath entraram em várias colectâneas. Agora com a apresentação do seu primeiro trabalho a banda dá continuidade ao estilo que os tem caracterizado: um pop fm, com uma vertente acústica bastante forte e linhas melódicas bem concebidas . Com 13 temas originais, o álbum foi gravado na Exit One Studios e masterizado nos Estúdios Valentim de Carvalho, sendo uma edição de autor com distribuição garantida pela Compact Records. Os Bubblebath são Natércia Martins (voz), Francisco Aragão (guitarra solo), Mário Branco (guitarra), Igor Martins (baixo) e André Lopes (bateria).

Crianças aprendem a fazer teatro  O Laboratório de Artes e Média do Algarve (LAMA) promove nos sábados de 7, 14, 21 e 28 de Maio, das 10 às 13 horas, na sede do IPJ, em Faro, uma oficina de teatro para crianças dos sete aos 12 anos. Na última sessão, os pais também podem participar.


    |  28 de Abril de 2011

Desporto motorizado

ContineNte de Portimão

Superbikes fazem última ronda no autódromo

Rastreios gratuitos à audição d.r.

O Autódromo Internacional

do Algarve recebe no fim-desemana de 6 a 8 de Maio o FIA GT1 World Championship e a Superleague Formula e, de 14 a 16 de Outubro, a última ronda do Campeonato do

O Continente de Portimão promove, esta quinta-feira, até às 18 horas, rastreios auditivos gratuitos para os seus clientes e visitantes, no exterior da entrada principal. A audição é, cada vez mais,

Mundo de Superbike. Os bilhetes para ambos os eventos estão à venda e os primeiros cem compradores ganham automaticamente um acesso ao paddock para as referidas provas.

portimão

uma preocupação em termos dos cuidados básicos de saúde, sendo essencial diagnosticar a perda auditiva o mais cedo possível, para assegurar a manutenção do nível de audição do paciente.

Luís Gomes culpa CCDR por investimento perdido pág. 8

Câmara viabiliza pagamento a docentes com ordenados em atraso

Património

Museu de Portimão reúne com os melhores do mundo Autarquia já pagou a dívida à associação com quem os professores têm vínculo profissional d.r.

d.r.

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

Na qualidade de titular do

“Prémio Museu do Conselho da Europa 2010”, o Museu de Portimão foi convidado a participar na nona edição do encontro “The Best in Heritage”, palco de reunião dos melhores projectos internacionais, galardoados anualmente em todo o mundo, na área dos museus, património e conservação. A reunião vai decorrer mais uma vez na cidade croata de Dubrovnik, entre 22 e 24 de Setembro próximo, e o museu algarvio vai apresentar uma comunicação onde se focará o trabalho museológico desenvolvido na preservação da herança histórica, económica e cultural de Portimão, que remonta há mais de cinco mil anos e em particular do seu importante legado industrial, marítimo e conserveiro. No ano passado estiveram presentes neste encontro 120 participantes, oriundos de 27 países de todo o mundo, e o Museu de Portimão passa a integrar o “Clube de Excelência” da European Heritage Association, na qualidade de membro nomeado, distinção somente concedida a 25 instituições, ombreando com equipamentos culturais da América do Norte, Europa, Oceania e Ásia. O Museu de Portimão vai estar igualmente presente com mais 18 museus europeus no encontro para a atribuição do Prémio Micheletti, “Melhor Museu Industrial 2010”, a decorrer em Dortmund, no corrente mês de Abril.

A Câmara de Portimão regularizou na passada terçafeira a situação de dívida de perto de 90 mil euros que tinha para com a Educar a Sorrir - Associação de Solidariedade e Apoio à Família, responsável pelas actividades extra-curriculares nas escolas de Portimão. A situação que a Câmara confirmou ao POSTAL estar resolvida suscitou protestos dos professores que ministram as aulas extra-curriculares e que afirmavam estar com ordenados em atraso desde 8 de Abril, muito embora estes docentes não tenham qualquer vínculo com a autarquia e sim com a Educar a Sorrir, para quem trabalham a recibos verdes. De acordo com Pedro Poucochinho, chefe de Gabinete do presidente da Câmara, em declarações ao POSTAL, “as dificuldades de tesouraria da Câmara traduziram-se num atraso no pagamento à associação com quem os professo-

 Os professores em causa trabalham a recibos verdes res têm uma relação contratual de prestadores de serviços”, uma situação que a Câmara “lamenta”. A associação em causa não pagou aos docentes e estes manifestaram a sua indignação, colocando a autarquia no centro da questão, apesar de

não terem com a Câmara nenhuma relação contratual.

Dificuldades de tesouraria A Câmara, de acordo com Pedro Poucochinho, debate-se com algumas dificuldades de tesouraria a que está a tentar pôr cobro, mas cuja repetição,

afirma, “não pode liminarmente ser afastada”. O processo de saneamento financeiro a que a Câmara liderada por Manuel da Luz recorreu findou entretanto o processo de negociações com a banca e, avança a autarquia, “será na próxima semana as-

sinado o último contrato com a banca”. Segue-se a subida dos contratos para o Tribunal de Contas para visto e a autarquia prevê que o processo esteja desbloqueado ainda durante o primeiro semestre deste ano. Até lá as dificuldades de tesouraria podem repetir-se, dependendo das tranches que a Câmara vai recebendo do Tesouro relativas ao Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis e Imposto Municipal sobre Imóveis. De acordo com o que o POSTAL conseguiu apurar, em várias destas tranches a autarquia recebeu a menos do que o orçamentado valores da ordem das centenas de milhares de euros, o que deixa a tesouraria autárquica sem capacidade de pagamento dos seus compromissos. Quanto aos professores esses já podem ser pagos pela associação que os contratou, porque a autarquia já desbloqueou a verba.

Sistemas de gestão da informação em destaque

Portimão recebe Encontro de Arquivos do Algarve A segunda edição do En-

contro de Arquivos do Algarve está marcada para 20 e 21 de Maio e realiza-se no Grande Auditório Nuno Mergulhão do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão, sob o tema “Sistemas de Gestão Integrada da Informação”. Um dos principais temas a abordar prende-se com o fac-

to de existirem na actualidade grandes desafios aos arquivistas, tais como, a necessidade de centrar o serviço de arquivo numa única unidade orgânica, de promover a implementação da Gestão de Qualidade e de apoiar o progresso do Sistema Electrónico de Gestão de Arquivo nas diversas instituições algarvias. Outro assunto em debate

vai ser a implantação do Sistema Electrónico de Gestão de Arquivo junto dos arquivistas, até porque o suporte do documento e a tecnologia associada a ofícios, actas, certidões, processos e contratos impõe a criação de Planos de Preservação Digital para prevenir, entre outras complicações, a obsolescência tecnológica e

a durabilidade dos suportes electrónicos, de modo a que o acesso à informação não fique a prazo inacessível e irremediavelmente perdido. As inscrições podem ser feitas até 6 de Maio através do sítio www.cm-portimao.pt ou para o secretariado do Encontro – Secção de Expediente e Arquivo, Praça 1º de Maio, 8500 Porti-

mão, pelo fax 282 470 792 ou pelo endereço electrónico vanda.germano@cm-portimao.pt A iniciativa tem por promotora e anfitriã a Câmara de Portimão, contando na comissão organizadora com o Arquivo Distrital de Faro, a Rede de Arquivos do Algarve e a Direcção Regional da Cultura do Algarve.


28 de Abril de 2011 |

7

VILA REAL CASTRO MARIM ALCOUTIM

Souto Moura visita Convento das Bernardas pág. 9

Vila Real quer hotel para viabilizar complexo desportivo

INSTITUTO DE CONSERVAÇÃO DA NATUREZA NA MIRA

Luís Gomes renova acusações de abandono da mata de Vila Real A MATA NACIONAL das Dunas

Objectivo é reduzir défice anual de dois milhões de euros da infra-estrutura D.R.

A CÂMARA DE VILA REAL de

Santo António quer construir um hotel no complexo desportivo municipal para completar um centro de estágios e ajudar a reduzir o prejuízo anual de dois milhões de euros do equipamento, disse o presidente. “Queremos lançar até ao final do Verão um concurso público que tem a ver com a criação de uma unidade hoteleira e centro de estágios no complexo desportivo”, revelou Luís Gomes, numa entrevista à Lusa. Luís Gomes explicou que o complexo desportivo tem “um défice de dois milhões de euros por ano, que é bastante signifi-  Câmara pretende criar hotel que funcione como centro de estágios junto ao complexo desportivo cativo”, e que no Verão, quando Luís Gomes disse que a aunão há estágios, o hotel poderia portanto é rentabilizar o pa- sou que Vila Real de Santo ser utilizado “numa componen- trimónio da câmara, acrescen- António recebe entre quatro tarquia “está só a preparar os te balnear” e ajudaria a “ameni- tando valor às infra-estruturas. a seis mil atletas por ano, mas cadernos de encargos” para zar o impacto decorrente dos Isto ajuda-nos a amenizar o im- alguns querem, durante os es- depois lançar o concurso “até gastos” que a autarquia tem com pacto decorrente dos gastos de tágios, “estar mais próximos final do Verão”. “É mais uma mais-valia que a infra-estrutura desportiva. funcionamento do complexo”, do local”, pelo que a câmara pretende “criar um hotel que se cria no complexo despor“No Verão podem ser vendi- afirmou. possa funcionar como centro tivo municipal, associado ao das as camas numa componente mais sazonal, balnear, por ENTRE QUATRO A SEIS MIL ATLE- de estágios, mesmo junto ao facto de estar a mil metros da MHC praia”, disse o autarca. estar muito próximo da praia, TAS POR ANO O autarca preci- complexo desportivo”. PUB

Litorais de Vila Real de Santo António está ao “abandono” e se houver algum incidente grave “o único responsável é o Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB)”, acusou o presidente da autarquia. “Se alguma vez acontecer lá [mata nacional] algum incidente, e espero que não aconteça, só tem um responsável, que é o ICNB”, acusou na passada sexta-feira o autarca. O presidente da Câmara de Vila Real de Santo António lamentou que desde 2004 o ICNB tenha proposto à autarquia um acordo para a gestão da mata nacional e o mesmo ainda não esteja assinado por culpa do próprio Instituto. “Está tudo na mesma. Infelizmente a mata continua ao abandono, é uma pouca-vergonha o que se faz na mata”, lamentou o autarca.

DEGRADAÇÃO RECONHECIDA EM 2009 PELO ICNB O estado de

degradação da área florestal centenária e parte integrante da Rede Natura2000 foi reconhecido à Lusa, em Novembro de 2009, pelo próprio ICNB, depois de a situação ter sido denunciada pela autarquia e por

ambientalistas do concelho. Na ocasião, o ICNB, responsável pela gestão da mata nacional através da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e VRSA, admitiu que na área florestal havia pinheiros a morrer, falta de limpeza, acumulação de materiais combustíveis e deficiente fiscalização, carecendo a mesma de uma melhor gestão. Plantada entre 1887 e 1919, a mata constitui, segundo uma proposta de protocolo para a gestão partilhada apresentada pelo ICNB à câmara vila-realense em 2008 e à qual a Lusa teve acesso, “a mais relevante área florestal da orla costeira do Leste algarvio”. Mas o ICNB justificou que não tinha meios para realizar o trabalho de conservação do pinhal, que disse ser “extremamente dispendioso”. Luís Gomes volta agora a lamentar que o ICNB ainda não tenha encontrado uma solução para resolver o problema de abandono da mata e reitera que se houver algum problema naquele espaço verde é da responsabiliza do Instituto. A Lusa contactou o ICNB para obter um comentário, mas não foi possível até ao MHC/CCM momento. PUB


    |  28 de Abril de 2011

Vila Real de Santo António

“Primavera com Gosto”

“Escolinha” ensina a ser guarda-redes A Associação Escolinha de

Guarda-redes de Futebol Luís Rodrigues promove, de 26 de Junho a 2 de Julho, o II Campus de Guarda-redes 2011, em simultâneo com a II Clinic de Treinadores de Guarda-redes 2011. Ambos os eventos de formação desportiva decor-

Câmara dinamiza caminhadas A Câmara de Castro Marim organiza até ao próximo mês de Maio o Programa de Dinamização de Percursos Pedestres “Concelho a Caminhar”. As marchas começaram a 27 de Março e decorrem até dia 29 de Maio. O próximo percurso vai incluir, no próximo sábado, a Reserva Natural do Sapal, com concentração no Pavilhão Municipal de Castro Marim às 10 horas. Dia 15 de Maio, a freguesia do Azinhal recebe o passeio “Uma Janela do Guadiana”, com concentração na Junta de Freguesia. O ciclo termina na Altura, a 29 de Maio, com concentração dos participantes junto ao Clube Recreativo Alturense. Todos os passeios começam às 10 horas. Os participantes devem levar roupa confortável e alguns mantimentos. O Programa de Dinamização de Percursos Pedestres é uma iniciativa da Divisão de Cultura e Desporto da Câmara de Castro Marim e conta com o apoio da Associação ODIANA e da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António. Para mais informações ou recolha dos mapas de percursos, os interessados devem dirigir-se ao Gabinete de Apoio ao Munícipe, Juntas de Freguesias e Espaços Internet de Altura e Monte Francisco.

Sismo localizado a sul de Alcoutim  O Instituto de Meteorologia (IM) registou no passado domingo às 11.05 horas um sismo de magnitude 2.6 na escala de Richter, cujo epicentro se localizou a 12 quilómetros a sul de Alcoutim. De acordo com o IM não foi recebida informação de que o sismo tenha sido sentido. SB

ı

Eventos animam Baixo Guadiana Numa iniciativa de promoção

rem no Complexo Desportivo de Vila Real de Santo António e Parque de Campismo de Monte Gordo. A “escolinha” conta com a colaboração do treinador de guarda-redes das selecções jovens da Federação Portuguesa de Futebol, Hugo Oliveira.

vila real Castro Marim

d.r.

do potencial do território do Baixo Guadiana, a Associação Odiana, formada pelos municípios de Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António, preparou a iniciativa “Primavera com Gosto”, uma montra aberta aos vários eventos da re-

castro marim

ı

gião nesta Primavera. Destacam-se eventos como a Feira de Artesanato e a Feira dos Doces D’Avó de Alcoutim; a Terra de Maio e o Festival Internacional do Caracol no concelho castromarinense; e o ciclo de percursos pedestres de Vila Nova de Cacela.

alcoutim

Luís Gomes culpa CCDR por investimento perdido

Castro Marim prepara Terra de Maio d.r.

Maior construtora do Brasil desistiu de projecto de 300 milhões em Vila Real Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

Trezentos milhões de eu-

ros é o que Luís Gomes, presidente da Câmara de Vila Real de Santo António, diz que o concelho, a região e o país perderam devido à inércia da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve. Em causa o valor do investimento que a Oderbrecht, uma das maiores construtoras, queria investir em Vila Real. Quem não concorda com a acusação é João Faria, que preside à CCDR e que se diz “surpreendido” com o autarca. Para João Faria a CCDR respondeu, mas esclarece que Luís Gomes só pode fazer tal afirmação, “se entender que a falta de resposta é receber uma resposta que não queria”.

Os factos No centro da ques-

tão está a intenção da Oderbrecht investir num empreendimento turístico acima da Via do Infante no concelho de Vila Real de Santo António que só dispõe de 600 camas atribuídas pelo Plano Regional de Ordenamento do Território (PROT) para empreendimentos em Núcleos de Desenvolvimento Turístico (NDT). Face à insuficiência deste número de camas para tornar o investimento viável, a empresa e a autarquia apostaram em criar um projecto que pudesse vir a ser qualificado como Núcleo de Desenvolvimento Económico (NDE) de carácter estruturante. Se assim fosse classificado o projecto não obedeceria a qualquer limite de número de camas, mas para tal teria de reunir um conjunto de valências que o tornassem um projecto absolutamente

d.r.

estruturante para a região.

Classificação inviabiliza projecto A CCDR pela voz de

João Faria diz que o projecto proposto era “interessante”, mas que configurava um NDT e não um NDE e que a CCDR se limitou “a cumprir o enquadramento legal”. Ao POSTAL, Luís Gomes não deixa qualquer dúvida e reforça a sua posição, “a Câmara empreendeu diversos contactos com a CCDR e com vários serviços da Administração Central no intuito de perceber o que seria necessário ao projecto para que fosse aceite como NDE e não se perdesse um investimento deste montante” e conclui que as respostas do Governo e da CCDR, que é um órgão desconcentrado da Administração Central, também “nunca esclareceram o que é que teria efectivamente de ser feito”. Para o autarca, “o PROT abre a porta para NDE de carácter estruturante, mas depois os orgãos competentes não sabem o que fazer com este mecanismo e pela sua inércia em propor soluções inviabilizam os investimentos”. Portugal, remata o autarca, “não precisaria de ajuda do FMI se se fosse pelo país analisar os projectos e propostas de investimento que estão parados por questões que se prendem com encontrar soluções que os tornem viáveis”.

PROT não serve a ninguém “Os instrumentos como o PROT são para o autarca planos que devem ser utilizados para a salvaguarda dos valores ambientais e territoriais, mas que não podem constituir entraves ao desenvolvimento e à criação de emprego”, diz

 Luís Gomes critica sistema de Ordenamento do Território vigente Luís Gomes, que considera que “este PROT já não serve a ninguém”. Luís Gomes frisa que o concelho que dirige “tem um contributo de investimento para dar ao Algarve mil milhões de euros, o que representa 13 ou 14% do Produto Interno Bruto da região”, mas tem esses projectos no papel por falta de decisões dos organismos competentes. Quanto à afirmação feita por João Faria de que no caso de Vila Real, “no anterior PROT o concelho tinha cinco mil camas previstas para o NDT das Sesmarias e que este

não está concluído”, Luís Gomes diz que “a resposta à perda de um investimento de 300 milhões não pode, por parte do presidente da CCDR, alguém que tenho em conta como pessoas intelectualmente honesta, ser a de tapar o sol com a peneira”. O autarca esclarece que as camas em causa neste caso dizem respeito ao anterior PROT e que apesar de não estarem totalmente utilizadas no projecto Monte Rei, este investimento já superou mais de 50% de execução e que se mantém apesar das dificuldades financeiras em execução”.

 No âmbito da quarta edição da Terra de Maio, entre 13 e 15 de Maio, no Azinhal, a Câmara de Castro Marim lança a iniciativa “Recria a Cabra”, destinada aos alunos do primeiro, segundo e terceiro ciclos das escolas do Algarve. Trata-se de um desafio à criatividade e ao talento dos jovens da região que, a partir de um molde da Cabra de Raça Algarvia, vão pintar e recriar motivos que definem esta espécie de mamífero ruminante tão característico do nordeste algarvio. Prevê-se a participação de 600 alunos no concurso, organizados em grupos de cinco a dez elementos pelas turmas das suas escolas, contando com a colaboração dos professores no desenvolvimento das obras artísticas sobre o molde da cabra a apresentar. A Câmara vai disponibilizar uma centena de peças nas quais os concorrentes se propõem produzir sugestivos trabalhos artísticos que, decerto, irão conferir reconhecimento e visibilidade à Cabra de Raça Algarvia. Os concorrentes que apresentem os moldes mais originais vão conquistar alguns dos prémios em disputa nesta acção. Os trabalhos da operação “Recria a Cabra” integram uma exposição colectiva, no Centro Multiusos do Azinhal, durante a quarta edição da Terra de Maio, de 13 a 15 de Maio.


28 de Abril de 2011 |

TAVIRA

Olhanense avança para reforços a pensar no futuro pág. 11

CICLISMO

Samuel Caldeira é o ciclista do ano D.R.

Souto Moura visita Convento das Bernardas Arquitecto assina projecto de reconversão do edifício D.R.

A COMPATIBILIZAÇÃO de um

 Jovem “brilha” na estrada

SAMUEL CALDEIRA, da Tavi-

ra/Prio, equipa profissional do Clube de Ciclismo de Tavira, é o ciclista do ano, subindo ao topo da tabela do ranking da APCP – Associação Portuguesa de Ciclistas Profissionais, com 230 pontos. Igualmente bem colocado está Ricardo Mestre, em quinto, com 100 pontos. Caldeira, de 25 anos, é um jovem sprinter que tem dado mostras das suas potencialidades, e ao longo dos últimos anos tem conquistado várias vitórias. Em 2010 venceu o GP Crédito Agrícola Costa Azul e foi chamado ao Campeonato do Mundo. Em 2009 conquistou a Volta a Albufeira. Na categoria de equipier do ano, encontra-se Tomas Metcalfe, também da Tavira/ Prio, e em terceiro está David Livramento. Num conjunto de cinco equipas nacionais, a Tavira/ Prio subiu ao segundo lugar.

convento com 500 anos, onde também funcionou uma fábrica de moagem, e uma nova ala para a construção de um empreendimento com apartamentos foi o desafio que o arquitecto Souto Moura abraçou em Tavira e que na quarta-feira da passada semana visitou. O arquitecto, conquistou já este ano o prémio Pritzker considerado o nobel da arquitectura - foi o responsável pela reconstrução do único convento Cisterciense no Algarve, o Convento das Bernardas, que estava praticamente em ruínas e está agora a ser reconvertido numa área residencial. Durante a visita às obras em curso, Souto Moura explicou quais foram os grandes desafios da reconversão e disse que “a questão principal foi como segurar as paredes”, que eram “praticamente construídas em terra” e estavam em “muito mau estado”. “Mas o engenheiro é especialista em recuperações e chegámos a este sistema construtivo em que a janela é que segura a parede, com uma espécie de

9

 Souto Moura venceu o Prémio Pritzker 2011 cinta à volta”, precisou.

ARQUITECTO COMENTA CRIAÇÃO DE NOVA ALA O arqui-

tecto português comentou a criação de uma nova ala, construída como “uma cintura nova, que fica na parte de baixo do convento”, e permitiu criar um pátio interior fechado para utilização dos residentes, onde vai existir uma piscina. PUB

“Só quando estiver pintado é que se verá se foi conseguida. Há ainda os jardins, porque depois a vegetação liga bastante e será uma espécie de ligação entre o novo e o antigo”, acrescentou. A profundidade das janelas existentes no convento foi um factor “agradável” para o arquitecto, que exemplificou como sendo “a diferença entre

um bife e um hambúrguer”. “É a sensação de que o material está ali e termicamente, em termos de protecção, responde muito bem porque a pedra, como tem uma grande inércia, quando se aquece a parede fica quente e quando há calor isola, portanto a pedra é um grande material”, afirmou, numa referência às janelas. Souto Moura disse também ter tido preocupação com a vista, mas defendeu que “o problema das vistas é uma questão de distância”, uma vez que “são sempre iguais” e, “se não se vêem, dá-se um passo à frente”. O vencedor do Pritzker 2011 explicou que o projecto inicial previsto para o local onde se situava a igreja do convento teve que ser alterado depois de terem sido descobertos achados que não estavam à vista por causa das máquinas que tinham sido instaladas no local durante o período em que o edifício albergou uma unidade fabril. No actual projecto manteve-se a chaminé da fábrica, agora reconstruída E que voltou a ser a casa de um casal de cegonhas após a recuperação. MHC

DIA DA MÃE

Tavira quer mães na baixa da cidade DE FORMA A FESTEJAR de for-

ma diferente o Dia da Mãe, a Associação Baixa de Tavira e a ACRAL, com o apoio do município de Tavira, vai desenvolver diversas iniciativas de promoção do comércio local. Entre as 18 e as 18.15 horas de quinta-feira, vai decorrer um workshop subordinado ao tema “Comportamento materno: o motor do desenvolvimento infantil…”, nas instalações da Cocoon – Estética e bem estar, saúde e preparação para o parto, na Rua Montalvão. Na sexta-feira, entre as 15 e as 17 horas, tem lugar um outro workshop em que os participantes vão realizar “Trabalhos Práticos em Feltro – Demonstrações com a Máquina Sizzix”, nas instalações da Artina, perto da Biblioteca Municipal. As inscrições são gratuitas e podem ser efectuadas através do telefone 281 320 591 ou do endereço electrónico baixadetavira@gmail.com. No sábado, as associações convidam mães e filhos a participar em jogos e danças, a partir das 10 horas, na Praça da República. Todos os participantes que usufruírem destas iniciativas terão direito a vales de desconto no comércio local. Os mais pequenos podem ainda desfrutar de um insuflável. PUB


10    |  28 de Abril de 2011

tavira

Loulé espelhou o desencanto de uma Páscoa “molhada” pág. 12

Crise pauta discursos comemorativos da Revolução Sessão solene das comemorações deu a palavra a todos os quadrantes políticos geraldo de jesus

Geraldo de Jesus geraldoj.postal@gmail.com

Comemorar em liberdade foi aquilo que a Câmara de Tavira fez na passada segunda-feira quando se assinalou o 37º aniversário da revolução, depois de na véspera Sérgio Godinho, cantor de intervenção, ter lotado por completo o Largo da República. Às dez horas do feriado, com a presença de autoridades civis e militares no edifício dos Paços do Concelho, foram hasteadas as bandeiras. Uma força do Regimento de Infantaria 1, prestou as honras militares e o Hino Nacional foi executado pela Banda Musical de Tavira, que, após a cerimónia, saiu em arruada por algumas artérias da cidade. O Salão Nobre acolheu os discursos da praxe que contemplaram todas a s forças partidárias com assento na Assembleia Municipal. O presidente do órgão colegial, José Otilio Baia, afirmou ao POSTAL que “devemos continuar a celebrar em liberdade o 25 Abril. Passaram 37 anos e muito daqui-

 Jorge Botelho destacou a forma livre com os oradores usaram da palavra lo de que precisamos ainda não foi possível implementar. Continuamos com pro-

blemas e agora mais do que nunca. Mais convulsões políticas, o FMI, mas a verdade

é que quem, como eu, viveu antes do 25 de Abril sabe a diferença entre o antes e de-

Cabanas de Tavira celebra aniversário com fados

geraldo de jesus

Geraldo de Jesus geraldoj.postal@gmail.com

A Associação Almadrava,

no próximo sábado, a partir das 21.30 horas, no Cine-Teatro António Pinheiro, e pelo preço de cinco euros assista ao vivo à eleição do vencedor e a um grande espectáculo.

Concurso decorre em dia de festa O concurso realizou-se

 No próximo sábado vão estar em palco os 12 finalistas Márcio Gonçalves, presidente da Direcção da Almadrava, congratulou-se com a enchente de público. “Na final vamos ter 12 grandes vozes e vai ser um grande espectáculo com dança contemporânea e, claro, a convidada é Cuca Roseta, uma fadista que está a aparecer em grande plano”.

A Juventude O autarca referiu-se ainda à falta de credibilidade da classe política e aos jovens, “essas grandes vítimas do estado actual do país sem perspectivas de emprego, de um modo de vida digno que depois de terem sido apelidados de rascas souberam dar uma resposta cabal, mobilizando-se em número de centenas de milhares, fazendo ouvir a sua voz de forma ordeira e pacífica, provando que ao contrário de uma juventude rasca é uma juventude à rasca, deixando à rasca quem os classificou como tal”. Os representantes dos partidos com assento na AM pautaram os seus discursos entre a importância da data e da memória da sua impor-

tância e os efeitos da crise que põe em causa alguns dos ideais da revolução.

As palavras do presidente O presidente do município, Jorge Botelho, encerrou a sessão referindo que “esta comemoração do 25 de Abril tem um significado diferente, porque nem a própria Assembleia da República encontrou forma de comemorar a data”, na opinião do autarca, “apesar de dissolvida, a Assembleia da República podia ter reunido para celebrareste dia”. O edil destacou a forma livre com os oradores usaram da palavra, reconhecendo que os tempos estão difíceis para todos. “É o Estado, os privados e as famílias. Todas a gente. Dificuldades sim, mas não chegando ao ponto de dizer que não há dinheiro para nada. Porque isso é o verdadeiro discurso da derrota completa da democracia e do espírito do 25 de Abril de 1974. Hoje, o poder local está completamente enraizado. Está consolidado financeiramente. Todos trabalham para fazer desta terra e dos concelhos todos, o melhor possível”, concluiu Jorge Botelho.

SEMANA SANTA

Concurso “Ah Fadista!” escolheu os últimos finalistas realizou com o apoio da Junta de Freguesia de Cabanas, no Clube Cabanense, que esgotou a lotação, a última eliminatória do Iº Concurso de Fados Ah Fadista!, em que foram seleccionados, Aurora Gonçalves, Vera Cristina e Joana Costa. O público ouviu também a fadista convidada, Cremilde, uma voz bem algarvia. Aurora Gonçalves afirmou ao POSTAL que “há muitas vozes jovens a cantar o fado e que o prazer de cantar é maior do que o de ganhar”. “Sei que é um concurso e que as vozes são boas. Fiquei feliz por vencer, apesar de ter estado adoentada. Se não ganhar em Tavira, não faz mal”, afiança a jovem.

pois da liberdade”. Em representação das freguesias, Carlos Baptista, presidente da Junta de Cabanas, recordou que “há 37 anos atrás, Portugal de lés-a-lés transbordava de alegria. Tinha acabado de chegar a esperança de uma vida melhor e de uma sociedade mais justa”.

Na final, vão estar em palco, os 12 fadistas apurados: Emanuela Furtado, Mayte Salgueiro, Luís Moreno, Inês Gonçalves, João Limpo, César Matoso, Rui Encarnação, Suzel Caetano, Patrícia Serra, Aurora Gonçalves, Vera Cristina e Joana Costa. A final do concurso tem lugar

em Cabanas de Tavira no dia escolhido para celebrar dez anos da subida da localidade ao estatuto de vila. Para o presidente da Junta de Freguesia local, “quando a Associação Almadrava nos fez esta proposta, imediatamente aceitámos, porque entendemos que o fado é o nosso género de música mais genuíno e, como tal, é nossa obrigação dar esse apoio”. Hoje, felizmente, tivemos aqui a casa cheia de aficionados do fado e foi um concurso que decorreu às mil maravilhas.

Milhares acompanham Procissão do Enterro do Senhor Geraldo de Jesus geraldoj.postal@gmail.com

d.r.

As cerimónias religiosas em Tavira, tradicionalmente atraem à cidade milhares de fiéis. Procissões como a do Triunfo do Domingo de Ramos, com saída da Igreja do Carmo, e a dos Passos, com saída da Igreja de São Francisco, e, a encerrar, na sexta-feira à noite a do Enterro do Senhor, com saída da Igreja da Misericórdia, foram razões suficientes parar atrair fiéis e curiosos à cidade do Gilão. Com a saída dos andores, apagaram-se as luzes na Praça da República, enquanto os fiéis rezavam. Os andores foram transportados pelas forças de segurança, militares e escuteiros. Todas as Irmandades da cidade, com os seus estandartes

e vestes, participaram na cerimónia. Entidades civis e militares integraram a Procissão e, ao longo do percurso, milhares de fiéis assistiram à passagem dos andores ou acompanharam, com velas acesas, durante todo o trajecto pelas artérias do centro da cidade. Este ano, teve uma inovação. Um Grupo Coral de Braga actuou em pontos estratégicos do percurso e na Igreja.


28 de Abril de 2011  |   11

olhão

Restaurantes de Loulé servem luxo low-cost pág. 13

Olhanense avança para reforços a pensar no futuro

Crianças

José Laginha leva dança ao auditório d.r.

Isidoro Sousa vai para o terceiro mandato e já prepara a próxima época

Desporto anima Quelfes

d.r.

O Olhanense, que actualmen-

te ocupa na Liga Zon Sagres o 13º lugar da tabela com 289 pontos, os mesmos da Académica (que ocupa a 12ª posição) e a apenas um ponto do seu principal perseguidor, o Vitória de Setúbal, está já a dar passos na preparação da próxima época futebolística. Depois do presidente do clube, Isidoro Sousa, ter sido reeleito para o seu terceiro mandato de dois anos na liderança da direcção do emblema futebolístico de Olhão, naquela que foi a única lista candidata ao sufrágio e que mereceu a aprovação por unanimidade dos 177 sócios votantes no acto eleitoral realizado no Estádio José Arcanjo, com um total de 1.628 votos, o clube anunciou as contratações do defesa central Henrique e do lateral esquerdo Vítor Vinha.

Os reforços Henrique está

ainda nas fileiras do Feirense, com quem termina o contrato esta época e já assinou pelo Olhanense por três épocas. O jogador tem 24 anos e é natural de Fafe onde começou a sua carreira.

 O Auditório Municipal de Olhão acolhe, na noite de sexta-feira, a partir das 21.30 horas, o espectáculo de dança contemporânea Absence I, II, III. Concebido e dirigido por José Laginha, conta com interpretações de destaque e promete agradar aos mais exigentes. O espectáculo, concebido e dirigido por José Laginha, é composto por duas partes. Na primeira é interpretada a performance “a encomenda”, a que se segue a instalação “valsa lenta 06”.

Ecoteca dá música aos mais pequenos  Isidoro Sousa tem como grandes objectivos manter o clube na Liga e financeiramente estável Vítor Vinha vem para Olhão por duas épocas e deixa assim o 11 do desportivo das Aves onde se encontrava, também, em final de contrato. O presidente eleito chegou à liderança do Olhanense em 2007 tendo ocupado o posto

deixado por Carlos Nóbrega. Isidoro de Sousa mantém a equipa de vice-presidentes e Filipe Ramires e Eduardo Cruz vão continuar a liderar, respectivamente, a mesa da assembleia-geral e o conselho fiscal do clube.

Os objectivos prioritários destes órgãos sociais passam por “manter o clube na Liga e financeiramente estável”, confessou Isidoro Sousa, estando também já a ser preparada a comemoração do centenário, RC/Lusa em Abril de 2012.

Algarve Indoor Kart Center

Moncarapacho

Sérgio Sousa estabelece recorde da pista de karts Abriu portas há um mês o

Algarve Indoor Kart Center, localizado no Ria Shopping em Olhão, sendo o primeiro circuito no sotavento algarvio e a única pista indoor do sul do país. O circuito tem 650 metros de perímetro, com seis a sete metros de largura, um traçado e uma perfeita combinação para os karts com motorização de 270 centímetros cúbicos que o Algarve Indoor Kart Center disponibiliza, a que se juntarão em breve os karts para criança. O recorde do circuito pertence ao piloto Sérgio Sousa,

com o tempo de 45,38 segundos. O piloto afirmou que “fizeram um excelente trabalho, o circuito é excelente, não se deixem enganar por apenas ser um circuito Indoor, pois é um circuito de cortar a respiração. O facto de não existirem escapatórias e as barreiras serem o próprio limite da pista dá uma maior sensação de velocidade, o seu traçado é muito técnico e para se obter um bom tempo é necessário passar bem em todas as curvas, porque qualquer erro de trajectória representa um toque e perda de tempo“.

 A Ecoteca de Olhão promove, às 10 horas do dia 7 de Maio, a oficina MúsicA’brincar, uma acção que, através de oficinas lúdicas, promove actividades musicais para bebés e crianças em idade pré-escolar, com a “cumplicidade” dos pais.

O Campo de Jogos de Quelfes está a receber, desde ontem, quarta-feira, e até à próxima quinta-feira, dia 5 de Maio, a segunda edição dos Jogos de Quelfes. As actividades, que contam com a participação das sete escolas do primeiro ciclo sediadas na freguesia, iniciaram-se com a cerimónia de abertura, com a presença do comandante José Vicente Moura, presidente do Comité Olímpico de Portugal, entidade que apadrinha o evento. A semana fica completa com os torneios de futebol masculino e feminino (respectivamente na quinta e sexta-feira), regressando os jogos na segunda-feira com as provas de 400 e 800 metros (atletismo) e a competição de jogo do lenço grego (introdução à luta greco-romana). Terça-feira, dia 3 de Maio, é o dia da natação, concluindo os jogos com a modalidade jogo das bases (introdução ao basebol), torneios masculino e feminino, respectivamente nos dias 4 e 5 de Maio.

d.r.

Chás dançantes e cinema na casa do Povo A Casa do Povo do concelho

 Piloto Sérgio Sousa considera o circuito excelente

de Olhão, em Moncarapacho, prossegue com diversas actividades de animação ao longo do mês de Maio, com destaque para os já habituais chás dançantes e um ciclo de cinema. Os chás dançantes decorrem todos os domingos, a partir das 15 horas, com Luís Filipe e a exposição de Maios a marcar o dia 1, e Fernando Amores e a 1ª Fase do Concurso de Artes Florais a serem os destaques da tarde do dia 8. Para o dia 15, o enfoque recai sobre os Blue Star e a 2ª Fase

do Concurso de Artes Florais, enquanto que no dia 22 a animação estará a cargo dos Gerações. Para dia 29 estão agendados Madalena Roque e a Festa Final de Estágio das alunas do Curso de Educação Social, da Escola Superior de Educação e Comunicação da Universidade do Algarve. O ciclo de cinema tem lugar a partir das 18 horas, no dia 21, com o Círculo de Cinema “Amália”, e no dia 28, com uma tarde infantil em que o filme a passar será “UP Altamente”.


12    |  28 de Abril de 2011

Tradição

São Brás de Alportel

Carrinhos de rolamentos aceleram em Boliqueime Os carrinhos de rolamentos,

que faziam as delícias das brincadeiras dos miúdos há várias décadas regressam a Boliqueime no próximo dia 21 de Maio, na quinta corrida de carrinhos

d.r.

A Hidroespaço, com o apoio

de rolamentos promovida pela Associação Cultural de Boliqueime. A partida tem lugar às 14 horas, na descida de São Faustino – Alfontes, naquela localidade do barrocal louletano.

da Câmara de São Brás, promove dia 8 de Maio, nas Piscinas Municipais de São Brás de Alportel, baptismos de mergulho para todos, sob o lema Jornadas de Mergulho Sem Barreiras.

são brás loulé Futebol

Quarteirense já milita na terceira divisão

Baptismo de mergulho para todos A iniciativa destina-se, principalmente, a pessoas portadoras de deficiência, contudo, caso o desejem, os “mergulhadores especiais” podem ir acompanhados de uma outra pessoa.

Guia celebra Páscoa com folar gigante pág. 14

Loulé espelhou o desencanto de uma Páscoa “molhada” Chuva e vento prejudicaram os negócios mas hotéis encheram

d.r. d.r.

A chuva e o vento no Algarve

O Quarteirense ascendeu à

terceira divisão nacional, Série F, a duas jornadas do final da competição da primeira divisão distrital da Associação de Futebol do Algarve, com a equipa liderada por Marito a levar de vencido o Campinense por dois a zero em Loulé. Assim, o Quarteirense sagra-se campeão distrital a uns confortáveis oito pontos do único rival que subirá também de divisão, o Lusitano de Vila Real de Santo António, se conseguir gerir nas duas jornadas que faltam os cinco pontos que o distanciam do Silves que, matematicamente, ainda pode subir. Os dois golos marcados aos cinco e nove minutos de jogo por Anderson e Trindade, respectivamente, carimbaram o passaporte para as lides nacionais das competições da Federação Portuguesa de futebol, quando ao Quarteirense bastava o empate para garantir a passagem.

estragaram os planos de praia de quem visitou a região nas mini-férias da Páscoa e na Sexta-feira Santa. Loulé, um dos principais destinos algarvios, foi um exemplo disso com muito poucas pessoas nos areais de Vilamoura e Quarteira. Em Vilamoura, cerca do meio-dia, apenas meia dúzia de turistas estrangeiros se encontrava na praia e suportava o céu cinzento e os 17 graus centígrados que se faziam sentir, mas sempre com alguma roupa, como no caso da inglesa Anne Ferguson, que disse estar só a ouvir o mar e a descansar um pouco. A situação meteorológica adversa também veio prejudicar o negócio aos restaurantes e apoios de praia, que à hora de almoço estavam praticamente vazios, mesmo no “calçadão” de Quarteira, onde muitos visitantes nacionais aproveitavam os intervalos entre aguaceiros e os escassos raios de sol para passear junto ao areal.

Negócio fraco devido ao tempo e à crise Um trabalha-

dor de um dos muitos restaurantes existentes junto à praia de Quarteira explicou à Lusa que, “apesar de ainda haver algumas pessoas no calçadão, o movimento e o negócio têm sido muito fracos durante esta semana, devido em parte ao mau tempo e à crise”.

Crise ajudou a encher hotéis Melhor sorte tiveram os hotéis. O bom tempo das se-

 Condições meteorológicas adversas estragaram os planos de praia a quem visitou a região manas anteriores levou muita gente a escolher o Algarve para passar as mini-férias da Páscoa, nas quais se adivinhava a continuação do bom tempo. E a crise levou também muita gente a escolher ir para fora cá dentro. Em resultado, o Algarve registou um aumento significativo para a época da Páscoa em relação a 2010, com uma cuja taxa de ocupação a rondar os 100%. De acordo com Elidérico Viegas, da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), a crise económica “aliada

a uma quebra dos preços” na hotelaria, tem gerado maior procura pelo destino Algarve, “não só de portugueses, como dos estrangeiros”. Aliada à crise económica, a chuva prevista para a época pascoal não demoveu aqueles que procuram o Algarve para uns dias de descanso num fimde-semana prolongado. “Nesta altura a ocupação anda muito perto dos 100%, o que permite encarar a época de Verão com muito otimismo”, assegurou o presidente da associação dos hoteleiros do Algarve.

“Face à crise, são muitos os portugueses que optaram pelo Algarve em vez de irem para o estrangeiro”, observou Elidérico Viegas. Segundo o presidente da AHETA, os preços “mais apelativos” praticados por uma grande parte de empreendimentos turísticos e aparthotéis, “tem atraído muitos portugueses”, originando que várias unidades esgotassem a sua lotação “há já alguns dias”. Segundo o presidente da associação dos hoteleiros, apesar do Algarve registar anualmen-

te “uma procura significativa neste período, desde 2008 que se verificava um decréscimo nas taxas de ocupação”. O crescimento da ocupação nesta quadra a que se juntou o feriado do 25 de Abril, pode ter atingido os 10%, servindo de indicador para o que deverá ser o resto da época turística. O presidente da AHETA acrescentou que, para o crescimento pela escolha do destino Algarve em tempo de crise económica, “muito tem contribuído igualmente a instabilidade em países como a Tunísia, Turquia e a Grécia”.


28 de Abril de 2011  |   13

são brás

GNR faz operação em Festival Trance pág. 15

Restaurantes de Loulé servem luxo low-cost domingo a segunda edição da “Loulé Restaurant Week” by “Sabor do Ano”. Esta iniciativa, que decorre até domingo, integra um conceito inovador que está a encher o concelho de sabores. O evento volta a contar com o alto patrocínio da Câmara de Loulé e entre os restaurantes aderentes contam-se alguns dos mais reputados locais gastronómicos do concelho como o Paixa, Jardim do Vale, Bica Velha, Henrique Leis ou Pequeno Mundo, entre muitos outros. A essência da “Loulé Restaurant Week” by “Sabor do Ano” passa por, à semelhança das edições de Lisboa e Porto, possibilitar o acesso democrático à restauração de alto nível, oferecendo a todos o acesso à gastronomia de qualidade sob um preço convidativo, tornando acessíveis restaurantes muitas vezes considerados inacessíveis.

Assaltos a multibancos repetem-se

d.r.

Iniciativa aposta em repetir sucesso Após o sucesso

da primeira edição, o Sabor do Ano abre mais uma vez as portas da iniciativa “Restaurant Week” ao Algarve, particularmente a Loulé. Aqui, as delícias gastronómicas têm o selo de qualidade alimentar Sabor do Ano, pois os chefes responsáveis pelos restaurantes participantes irão utilizar nas suas propostas alguns dos melhores produtos, reconhecidos pela excelência do sabor. Os restaurantes que se juntam à iniciativa criam um menu específico – o menu Restaurant Week, uma criação personalizada de cada restaurante para o evento, com novidades ou pratos clássicos das casas, incluindo uma entrada, um prato principal e uma sobremesa. O Menu Restaurant Week tem um preço fixo de 20 euros, numa lógica de 19 +1, com um euro a reverter a favor da Associação dos Amigos

 Evento possibilita acesso à restauração de alto nível a um preço convidativo dos Animais Abandonados de Loulé. Esta associação foi constituída no final dos anos 70, criando em 1983 o Canil de São Francisco de Assis, com o objectivo principal de tirar os animais sem dono das ruas,

praias, barrocal, evitando o nascimento de mais animais não desejados. Ao longo destes anos, trataram mais de 30 mil animais domésticos. O primeiro “Restaurant Week” surgiu em 1992 em Nova

York, e desde então que grandes capitais como Boston, Londres, Amesterdão e São Paulo aderiram ao conceito. A sua evolução foi fortíssima, contando até hoje com a adesão de mais de dez mil restaurantes.

Teatro

ACTA apresenta “O Primeiro” em São Brás A ACTA apresenta o espectá-

culo “O Primeiro”, com texto de Israel Horovitz e encenação de Elisabete Martins, no próximo sábado, às 21.30 horas, no Cine-Teatro São Brás. Confirmando a sua missão social e educativa, este é o segundo ano consecutivo que a ACTA apresenta uma produção em que participam estagiários dos cursos de artes do espectáculo do ensino secundário, vertente de interpretação. Desta vez, concretiza-se com o acolhimento de quatro alunos da Escola Secundária de Albufeira que se encon-

tram a estagiar na ACTA e que integram o elenco deste espectáculo. O espectáculo tem a duração de uma hora e dez minutos, é indicado para maiores de 16 anos. O preço do bilhete é de cinco euros, havendo os descontos habituais. Cinco personagens, quatro homens e uma mulher, formam uma fila a partir de uma linha desenhada no chão. O confronto divertido mas contundente que então acontece consiste em cada uma das personagens querer ser o primeiro nessa fila que for-

mam para nada. No plano filosófico, a peça desnuda o ridículo da aparente substância de alguns confrontos que acontecem entre indivíduos em sociedade. Encenado por Elisabete Martins, conta com a participação dos actores Luís Vicente, Bruno Martins, Glória Fernandes e com os alunos finalistas do Curso Profissional de Artes do Espectáculo da Escola Secundária de Albufeira, Ana Lala, Júdice Neto, Luís Marreiros e Rosana Vieira. O desenho e operação de luz é de Octávio Oliveira, a sono-

maria braga

 Integram o elenco quatro actores que estão a estagiar na ACTA plastia e a operação de som é de Pedro Leote Mendes. A digressão do espectáculo “O Primeiro” prossegue às 21.30 horas do dia 14 de

loulé

Crime

Loulé Restaurant Week leva a cabo a segunda edição do evento Loulé recebe até ao próximo

ı

Maio, no Cine-Teatro António Pinheiro, em Tavira, e à mesma hora do dia 9 de Julho, no Centro Cultural de Vila do Bispo.

Uma caixa multibanco foi roubada na madrugada da passada sexta-feira em Almancil com a ajuda de uma retroescavadora, que os ladrões abandonaram depois no local, disse à Lusa fonte do Comando de Faro da GNR. O roubo ocorreu cerca das 3.30 e, “em vez de utilizarem a retroescavadora para retirar o caixa multibanco, como é habitual neste tipo de roubos, foi utilizada para a abrir no local”, precisou a fonte. A mesma fonte disse que a GNR tomou conta da ocorrência inicialmente, mas depois a investigação passou para a Polícia Judiciária. Este tipo de crime tem-se repetido cada vez com maior frequência no Algarve e no país. Desconhece-se o número de pessoas que estiveram envolvidas no roubo, ainda de acordo com a fonte, sem referir que agência bancária foi alvo do roubo. MHC

Loulé celebra Dia Mundial da Dança  O Cine-Teatro Louletano assinala o Dia Mundial da Dança, com um espectáculo de dança contemporânea, às 21.30 horas de sexta-feira. “Mapacorpo”, de Amélia Bentes, é um dueto no feminino, com Amélia Bentes e Leonor Keil, duas intérpretes e criadoras conhecidas do público, com percursos idênticos, uma estética comum mas distintas nas suas fisicalidades. Esta peça surge na continuidade do seu último trabalho, “Ego Skin”, onde tal como em “Mapacorpo” se exploram as possibilidades do cruzamento de linguagens e confronto de estéticas.

pub


14    |  28 de Abril de 2011

Desporto espectáculo

Arte

Francisco Graça expõe com água como tema

Globetrotters a caminho de Albufeira As lojas Fnac e Worten e o site www.blueticket.pt são os pontos de venda dos bilhetes que dão acesso ao espectáculo dos “Harlem Globetrotters”, um dos maiores eventos desportivos do mundo que vai

passar por Albufeira, no próximo dia 22 de Maio. Durante 120 minutos, esta equipa americana conhecida internacionalmente pela habilidade dos seus jogadores promete provocar emoções fortes.

Francisco Graça vai ter a sua .

albufeira Promoção

Turismo de Albufeira recebe operador holandês d.r.

obra em exposição na Galeria de Arte Pintor Samora Barros, entre os dias 30 de Abril e 28 de Maio. Através da pintura, o artista explora o universo da água,

d.r

enquanto elemento vital para a sobrevivência dos seres humanos, fauna e flora. “Devido à sua importância, o elemento água está quase sempre presente nos meus quadros”, revela.

Casa de Sousa Cintra gera polémica em Vila do Bispo pág. 16

Guia celebra Páscoa com folar gigante Oitava edição do evento deu a provar a iguaria a centenas de visitantes

A APAL – Turismo de Albufeira apoiou recentemente

uma visita de familiarização do operador turístico Sundio/Sudtours, do mercado holandês, a qual foi organizada pela Agência de Viagens Travel Tours, e teve por objectivo dar a conhecer àqueles agentes de viagem Albufeira e o Algarve. O grupo de agentes de viagem ficou alojados no Aldeamento Eden Resort, em Albufeira, tendo a APAL – Turismo de Albufeira oferecido um jantar aos mesmos, o qual realizou-se no Club House do Aldeamento Balaia Golf Village, seguido de uma visita à baixa de Albufeira, por forma a ficarem a conhecer a noite de Albufeira. Tratando-se de um mercado importante para Albufeira e para o Algarve, o apoio a este tipo de visitas é de extrema importância para a Agência de Promoção de Albufeira, pois são oportunidades únicas para, de uma forma muito concreta, mostrar o destino in loco a quem o vende e tem a oportunidade de o recomendar com conhecimento de causa. Para além das visitas técnicas de inspecção às várias unidades hoteleiras de Albufeira, o grupo de agentes de viagem teve ainda a oportunidade de participar em diversas actividades de lazer e de recreação, que permitiram que os mesmos pudessem descobrir o destino através de um “puzzle tour”, um jeep safari e um passeio de barco pela costa.

d.r.

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

Pelo oitavo ano consecutivo,

a Guia, em Albufeira, promoveu a popular Prova do Folar, que contou com mais de duas mil pessoas, entre residentes e visitantes, que assistiram à cerimónia do corte do folar, que teve como protagonista o presidente da autarquia Desidério Silva. O autarca deu início à distribuição da iguaria característica da Páscoa ao cortar a primeira fatia do gigantesco folar, no passado Domingo de Páscoa. Depois, o doce foi distribuído a quem quis provar uma das tradições pascais mais enraizadas na localidade e um pouco por toda a região. O folar, disse ao POSTAL o presidente da Junta de Freguesia da Guia, Joaquim Vieira, pesava exactamente 400 quilos. Para Desidério Silva, “a iniciativa além de devolver às tradições gastronómicas o seu lu-

 Desidério Silva protagonizou a cerimónia do corte do folar gar na comunidade, reveste-se de especial importância para a dinamização do comércio local e também das actividades turísticas, numa época do ano em que são muitos os visitantes que se encontram em Albufeira”, ideias que o presidente da Junta de Freguesia local re-

petiu ao POSTAL, realçando a importância do evento na divulgação do nome da terra. Uma verdade tão mais aplicável quando o sol traiu os visitantes do Algarve nestas mini-férias e a chuva fez muitos dos turistas ficarem longe das praias e dentro das locali-

dades onde estavam alojados. Considerada a mais importante festa cristã, por ser comemorada a Ressurreição de Jesus Cristo, a Páscoa é vivida com intensidade pelos portugueses e, além dos ovos de chocolate, também é altura dos afilhados oferecerem, no Domingo de Ramos, flores

aos padrinhos e receberem o tradicional folar, símbolo de amizade e reconciliação.

O Folar no Algarve No Algarve, o folar, que tem várias apresentações a nível nacional, assume geralmente duas receitas diferentes. Numa, trata-se de pão doce feito a partir de uma derivante da massa de pão típico da região a que se adicionam banha, ovos, açúcar, sumo, raspa de laranja, chá de anis estrelado e erva-doce. Numa outra, a massa é tendida em folhas que se sobrepõem nas formas e entre as quais se coloca manteiga ou banha, açúcar e canela. No topo das folhas é posto um ovo inteiro. A organização do evento coube, uma vez mais, ao Guia Futebol Clube e contou com o apoio da Câmara de Albufeira, tendo contado com animação musical a cargo do artista Valter Cabrita e do Rancho Folclórico Amigos de Ferreiras.

“Letras, Cores e Autores da República”

Biblioteca Municipal recorda momentos da República Albufeira é um dos 308 mu-

nicípios nacionais a acolher a exposição comemorativa do Centenário da República “Letras e Cores, Ideias e Autores da República”, que tem percorrido o país desde Julho de 2010. De 2 a 28 de Maio, a Biblioteca Municipal vai exibir um conjunto de cartazes temáticos que pretendem retratar os vários aspectos da 1ª República

Portuguesa, desde o ultimato inglês a Portugal, em 1890, até à década de 1920. Dez ilustradores, todos eles reconhecidos e premiados, foram convidados pela Direcção Geral do Livro e das Bibliotecas a ilustrar uma dezena de temas identificados num vasto panorama de ideias ligadas à República: Ultimatum, Monarquia, 5 de Outubro, Igreja, Educação,

Mulheres, Modernismo, Grande Guerra, Chiado e Revistas. João Vaz de Carvalho, Afonso Cruz, Bernardo Carvalho, Marta Torrão, Teresa Lima, RachelCaiano, Jorge Miguel, Carla Nazareth, Gémeo Luís e Alex Gozblau, trabalharam textos de autores contemporâneos da República, transformando-os em ilustrações que reflectem o contexto social, político, cívico

e cultural da época. Guerra Junqueiro, Aquilino Ribeiro, José Rodrigues Miguéis, Abel Botelho, Tomás da Fonseca, Manuel Laranjeira, Virgínia de Castro e Almeida, Ana de Castro Osório, Almada Negreiros, Jaime Cortesão e Raul Brandão, foram alguns dos autores escolhidos, além de textos das revistas Águia, Orpheu e Seara Nova.

O resultado mostra que literatura e arte, passado e presente, se podem cruzar de forma coerente e harmoniosa, dando corpo a um percurso fulcral da história portuguesa contemporânea: o triunfo da ideia republicana de cidadania, a instauração do regime, a participação de Portugal na 1ª Grande Guerra e a vida política, social, cultural e artística deste período.


28 de Abril de 2011  |   15

Revista à Portuguesa

Comemorações Desportivas

Não há crise em Ferragudo A Associação Cultural e Desportiva de Ferragudo recebe, nos dias 7 e 8 de Maio, a revista à portuguesa do Boa Esperança Atlético Clube intitulada “Aqui não há Crise”. A revista, que pro-

mete boas gargalhadas, decorre às 21 horas de dia 7 e às 16 horas de domingo. As reservas podem ser feitas pelos telefones 282 460 340 e 968 555 854 ou na própria associação.

Piscinas de Lagoa fazem Dia Aberto O Dia do Desporto comemora-se em Lagoa, sexta-feira, dia 29, com diversas actividades desportivas. De entre as realizações já anunciadas ou a anunciar, destaca-se o “Dia

d.r.

Aberto” à população nas Piscinas Municipais, com vários eventos aquáticos, entre os quais hidroginástica, hidroterapia, hidrokids, hidromaratona e um jogo de pólo.

lagoa silves monchique

Jornadas sobre Cuidados Continuados trazem Ministra ao Algarve pág. 17

GNR faz operação em Festival Trance

Teatro

Ideias do Levante prepara nova peça

“Nature Revolution” é o nome do evento que teve lugar em Monchique A GNR de Faro deteve em

Monchique oito pessoas por crimes rodoviários e de tráfico de estupefacientes, numa operação realizada nos acessos ao festival de música Trance “Nature Revolution”, disse a corporação. O evento decorreu durante a madrugada de segunda-feira na Quinta de Larachique, em Monchique, pelo quarto ano consecutivo e tem, segundo a GNR, “contado cada vez mais com a presença de jovens oriundos de diversos pontos do país, estando associado ao fenómeno o consumo elevado de bebidas alcoólicas e estupefacientes”.

Os resultados da operação “No final da operação policial desencadeada, a Guarda Na-

cional Republicana totalizou a apreensão de mais de 617 doses individuais para consumo de haxixe, cinco doses individuais para consumo de liamba, nove doses individuais para consumo de MDMA e uma dose de ecstasy”, revelou o Comando da GNR de Faro. A GNR precisou que dos oito detidos, dois tinham 34 e 63 anos e excesso de álcool no sangue, tendo apresentado taxas de alcoolemia de 1,81 e 3,03 gramas por litro, e outro, de 22 anos, não tinha carta de condução. Foi também detida uma pessoa, de 27 anos, por posse ilegal de arma branca, enquanto as restantes quatro detecções, de pessoas com idades entre os 19 e os 36 anos, foram relacionadas com o tráfico de es-

Alimentação

campanha “Direito à Alimentação”, promovida, a nível nacional, pela Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) e pela Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP). Os estabelecimentos de hotelaria e restauração sediados no município de Lagoa podem aderir à campanha através da internet, inscrevendo-se como doadores, definindo o número de refeições que se comprometem a fornecer semanalmente e em que horários estarão dis-

O Trance O Trance é uma das principais vertentes da música electrónica que emergiu no início da década de 1990. O genero é caracterizado pelo tempo entre 130 e 160 bpm (batidas por minuto), apresentando partes melódicas de sintetizador e uma forma musical progressiva durante a composição, seja de forma crescente ou apresentando quebras. O nome trance foi aplicado devido às batidas repetitivas e pelas melodias progressivas características, que levam, alegadamente, o ouvinte a um estado de transe, de libertação espiritual, enquanto ouve. RC/Lusa

 GNR deteve oito pessoas por vários crimes

Bric-à-Brac Solidário

Restaurantes convidados a aderir a campanha solidária A Câmara de Lagoa aderiu à

d.r.

tupefacientes, de acordo com a força de segurança.

poníveis para entrega. A qualquer altura podem alterar a forma de adesão e, se for caso disso, desistir. A Câmara fornece semanalmente uma lista com a identificação dos munícipes beneficiários da refeição, salvaguardando a privacidade dos beneficiários que, mediante apresentação de documento de identificação, levantam a refeição à hora definida pela unidade hoteleira ou de restauração inscrita na Rede Local de Direito à Alimentação.

O grupo de teatro experimental da associação cultural Ideias do Levante estreia no próximo dia 4 de Junho, a partir das 21.30 horas, no Auditório Municipal de Lagoa, a sua mais recente produção teatral, intitulada “A Máquina”, a partir de um texto original (“O ervilhal”) de Jaime Rocha, com a adaptação e encenação de Rui Mimoso. A peça retrata um casal de camponeses com um filho adulto, com perturbações, que vive, algures, no interior algarvio. Estes são os últimos residentes de uma pequena aldeia que vai ser arrasada para ser construído um campo de golfe, integrado num condomínio de luxo. A entrada é gratuita, mas requer a apresentação de um bilhete-oferta. Os bilhetesoferta devem ser levantados, no Convento S. José, em Lagoa, nos dias anteriores ao dia do espectáculo.

Monchique

Feiras das Velharias animam Messines GNR apreende mais de mil doses de haxixe As arcadas da Casa do Povo d.r.

de S. Bartolomeu de Messines vão receber, nos terceiros sábados de cada mês, entre as 9 e as 11 horas, um Bric-à-Brac Solidário, em que é possível ser solidário, livrar-se de velharias e conseguir algum dinheiro. A iniciativa arranca a 21 de Maio. Quem quiser participar nesta feira solidária, basta dirigirse no dia da Feira à Casa do Povo, fazer a inscrição no valor de quatro euros, escolher uma mesa, colocar as suas velharias e iniciar a sua venda. Com esta iniciativa a Casa

A GNR anunciou, na passada

do Povo pretende aproximar comunidades e também promover o pequeno artesanato local, que estará presente na feira, criando-se assim um palco para a venda e divulgação das artes e ofícios mais populares e autênticos.

quinta-feira, a detenção de duas pessoas e a apreensão de mais de mil doses de haxixe, numa operação de combate ao tráfico de droga realizada em Loiro de Marmeleite, no concelho de Monchique. A operação foi realizada pelo núcleo de Investigação Criminal da GNR de Portimão e militares dos postos de Aljezur, Monchique e Portimão, e concluiu um ano de investigações, explicou o Comando de Faro, num comunicado. Uma das detenções foi rea-

lizada no âmbito do cumprimento de um mandado de busca domiciliária ao principal suspeito da investigação, “um alemão de 55 anos de idade”, a quem “foram apreendidas mais de 1.010 doses individuais de haxixe”, precisou. A outra foi a de um português de 46 anos de idade, a quem foram apreendidas 85 doses de haxixe, referiu ainda a GNR. A força de segurança identificou e autuou por contra-ordenação devido à posse de estupefacientes cinco pessoas. MHC


16    |  28 de Abril de 2011

Projecto Novas Descobertas

Exposição ArteDentro

Vila do Bispo aposta na educação ambiental Porque 2011 é o Ano Interna-

cional das Florestas, a quinta ecológica da Quinta do Vale da Lama, do Projecto Novas Descobertas, no Burgau, concelho de Vila do Bispo, oferece até ao fim do ano lectivo um

d.r.

O município de Aljezur apre-

curso de educação ambiental gratuito. O curso tem como tema “A árvore e a floresta”, tem a duração de três horas, e é dirigido a turmas do primeiro ao 12º ano de escolaridade.

senta, até ao próximo dia 31 de Maio, no Espaço+, a quinta edição da ArteDentro, iniciativa que, tal como o nome indica, apresenta a arte de dentro, dos artistas e artesões do concelho.

lagos vila do bispo aljezur

A exposição contempla as mais diversas expressões artísticas e, na edição do corrente ano, o evento conta com a participação de 68 artistas, mais 12 do que os que aderiram ao evento no último ano.

Portimão Classics traz velhas glórias ao autódromo do Algarve pág. 18

Casa de Sousa Cintra gera polémica em Vila do Bispo Adelino Soares prova que acusações do PSD local são vazias de fundamentos luís forra

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

O presidente da concelhia do

PSD de Vila do Bispo, Luís Paixão, acusou a Câmara local de “passividade ao permitir a construção de um muro de uma vivenda na Praia do Martinhal”, em Sagres, em plena zona do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina (PNSACV), classificando como “escandalosa a permissividade da autarquia”. O POSTAL teve acesso aos documentos oficiais que confirmam a versão do presidente da autarquia e deixam sem fundamento as acusações do líder local do PSD. Em causa está a construção do muro de delimitação da vivenda de Sousa Cintra, empresário e ex-presidente do Sporting. O autarca de Vila do Bispo, Adelino Soares, confirmou ao POSTAL que “a autarquia tem dúvidas sobre a legalidade da construção do muro” e que, por isso mesmo, “determinou a suspensão dessa parte da obra a 11 de Março”, concluindo, “actuámos de acordo com a Lei e não há qualquer permissividade”. Confirmado pelo presidente da Câmara foi também o desrespeito pela determinação de suspensão dos trabalhos. Algo que, segundo Adelino Soares, deu origem a um processo de averiguações que determinarão a passagem ou não a um processo de contra-ordenação. “Neste momento foram notificados empreiteiro e dono da obra para provarem a legali-

Artistas de Aljezur mostram o que valem

Zoo de Lagos celebra Dia da Mãe

Lagos reorganiza venda ambulante

 No dia 1 de Maio, domingo, data em que se assinala o Dia da Mãe, o Zoo de Lagos oferece a entrada a todas as mães que se fizerem acompanhar pelos seus filhos com idades para pagar entrada. Este promete ser um dia inesquecível para toda a família, sobretudo se parte dele for passado a visitar as mais de 150 espécies animais.

 A Câmara de Lagos aprovou os lugares de venda ambulante para o ano de 2011, que passam a ser fixados . . anualmente. A autarquia justifica a alteração com o facto de os lugares destinados a venda terem sofrido alterações resultantes das operações urbanísticas ocorridas na cidade. dr

Obras requalificam Estrada Nacional 120  A empresa Estradas de Portugal iniciou a empreitada de reposição das características superficiais do pavimento da Estrada Nacional 210, após várias solicitações por parte da autarquia de Aljezur, bombeiros voluntários e forças de segurança locais. As obras visam melhorar o atrito e as condições de segurança rodoviária para os utentes, entre os quilómetros 139 e 145. Os pontos abrangidos são a “Curva do Serrão”, “Curva do Escorrega”, “Curva do Polidesportivo” e “Curva do Vale Gatinhos”.

 Luís Paixão, presidente da concelhia do PSD de Vila do Bispo dade da construção do muro, a suspensão mantém-se e findas as averiguações, se for caso disso será instaurado o respectivo processo de contra-ordenação”, explica o autarca. Luís Paixão acrescenta que além do muro, também a construção da moradia de dois andares “não está legal, porque o projecto aprovado não engloba o primeiro andar”, entretanto construído. “Em 2007, foi aprovado um piso, e agora o que se vê é résdo-chão e primeiro andar”, observou aquele responsável. Para Luís Paixão não é compreensível “como é que a obra, embargada há sete anos pelo parque natural, está agora a prosseguir” se não houve qualquer alteração ao projecto inicial. “O plano do Parque, aprovado em Fevereiro, não prevê construções de dois pisos para esta zona”, sustenta o líder da concelhia social-democrata. Paixão alega que a obra

“não se enquadra nem no Plano de Ordenamento do Parque Natural, nem no Plano de Ordenamento da Orla Costeira”. Uma vez mais, o presidente da autarquia refuta as acusações. Adelino Soares acusa o PSD de “criar um fait divers político em torno da questão”, uma vez que “foi a Câmara PS de Gilberto Viegas quem aprovou o projecto em 2007 com uma altura máxima de construção de 16.70 metros”. “Depois de revisto o projecto, cuja obra esteve embargada durante sete anos”, adianta o presidente, “já no meu executivo conseguimos baixar a altura máxima do edifício para 14,60 metros”. “O edifício sempre teve dois pisos e foi aprovado assim pelo PS enquanto estava na Câmara e o senhor Luís Paixão estava na autarquia nessa época, pelo que não pode ou não deve ignorar esta realidade”, remata Adelino Soares.

Música

Orquestra de Jazz de Lagos muda de nome A Orquestra de Jazz de La-

gos transforma-se na Orquestra de Jazz do Algarve (OJA) no ano em que, com os seus 16 músicos, completa sete anos de existência. Para a orquestra, o novo nome corresponde à “designação que afinal, segundo muitos, sempre deveria ter tido. Não é por isso uma extinção, nem sequer uma renovação, mas sim a consolidação de uma aposta ganha a nível nacional”. A OJA tem sede no concelho de Lagos, a cidade que sempre a acolheu desde 6 de Outubro de 2004, data da sua fundação por Hugo Alves. É a cidade que lhe dá desde então, o alto patrocínio, determinante

em toda a sua existência. A DGArtes “abriu-lhe” propositadamente espaço na Cultura Profissional do Algarve, sendo a estrutura mais apoiada a nível nacional no último concurso. A Orquestra refere no comunicado dirigido às redacções que “foi e sempre será do Algarve, um projecto profissional, para a região, da região, com músicos algarvios ou aqui residentes. Criada segundo uma estratégia clara de desenvolvimento, que a afasta de quaisquer conceitos de ‘elefante branco’”. O projecto assenta em três pilares estratégicos: palco e performance (além da OJA

d.r.

 Orquestra de Jazz do Algarve completa, uma formação Redux, AJMMA All Stars, The Messy Band e ainda um 4tet de Saxofones), serviço educativo, e co-produção, onde se pode destacar o Festival Lagos Jazz.


28 de Abril de 2011 |

17

REGIÃO Jornadas sobre Cuidados Continuados trazem ministra ao Algarve

CONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR Idosos + Alerta

Ana Jorge estará presente no evento coordenado pela ARS/Algarve O CINE-TEATRO LOULETANO acolhe, na segunda-feira do próximo dia 2 de Maio, a partir das 9.30 horas, as Jornadas de Cuidados Continuados Integrados “Trabalho em equipa”, organizadas pela Equipa de Coordenação Regional para os Cuidados Continuados Integrados do Algarve da Administração Regional de Saúde do Algarve. As Jornadas têm como objectivo dar a conhecer o trabalho desenvolvido pelas equipas de cuidados continuados no domicílio e pelos parceiros nas unidades de internamento das diferentes tipologias de cuidados continuados existentes na região, contando com a presença de profissionais de saúde e de peritos na área a nível regional e nacional e, ainda, com a presença da ministra da Saúde, Ana Jorge. As Jornadas serão iniciadas por uma conferência inaugural subordinada ao tema “Tra-

balho em equipa” de responsabilidade do Professor Jorge Araújo, da TEAMWORK Consultores, seguida de um vídeo que relata o ponto de situação da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados, nascida há cinco anos, na região do Algarve. A programação vai integrar duas mesas vocacionadas para respostas distintas da Rede, sendo uma dedicada às equipas de Cuidados Continuados Integrados, que foram merecedoras em 2010 do Prémio de Boas Práticas no Sector Público, na categoria Serviço ao Cidadão – Saúde, promovido pelo Diário Económico e Deloitte, com o apoio do INA e da Fundação Luso-Americana, e na qual intervêm distintos profissionais, e outra dedicada às parcerias estabelecidas no âmbito da implementação das unidades de internamento, com intervenções de interlocutores com experiências e

DR

A DECO responde...

 Ministra da Saúde vai encerrar as Jornadas contextos diferentes. Durante a tarde, vai decorrer uma conferência subordinada ao tema “Envelhecimento activo”, proferida pela professora Catedrática Constança Paúl, do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Uni-

TRÊS ESTRUTURAS VANDALIZADAS

versidade do Porto. No âmbito do concurso “Rede com Arte II”, promovido pela Equipa de Coordenação Regional para os Cuidados Continuados Integrados do Algarve, serão premiados os trabalhos realizados pelos do-

entes admitidos nas unidades de internamento, bem como os posters produzidos pelos profissionais apresentados no âmbito destas Jornadas. A sessão de encerramento conta com a presença da ministra da Saúde, Ana Jorge.

LINHA FERROVIÁRIA DO ALGARVE RENOVADA

Incendiados pórticos na Via do Infante

Concluídos trabalhos nos troços Lagos/Tunes e Faro/Vila Real

LUÍS FORA

TRÊS ESTRUTURAS DE APOIO ao funcionamento dos pórticos na Via Infante de Sagres (A22), no Algarve, foram na madrugada da passada segunda-feira incendiadas, disseram à Lusa fontes da GNR. As estruturas vandalizadas são pequenas casas de betão onde está resguardado o equipamento eléctrico para o funcionamento das futuras portagens. A GNR precisou que o incidente ocorreu em Boliqueime, Loulé e Olhão entre as 3 e as 6 horas. A acção terá sido concertada em simultâneo e consistiu na colocação de pneus a arder dentro das casas, cujas portas foram arrombadas, acrescentou. Este caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária. A colocação de portagens

A LINHA FERROVIÁRIA do Al-

 Acção terá sido realizada em simultâneo na Via Infante tem gerado vários protestos, inclusive de espanhóis que consideram a introdução de portagens naquela via um recuo de trinta anos ao tempo em que não existia uma ponte de ligação entre o sul de Portugal e Espanha.

“Ouvi falar num projecto que a DECO está a desenvolver em parceria com a GNR e PSP sobre vendas agressivas e burlas contra idosos. Em que consiste este projecto e quando se inicia?”

As fundações para instalar os pórticos na A22 começaram a ser construídas em Fevereiro. A Via Infante de Sagres liga Vila Real de Santo António a Lagos/Bensafrim, numa extensão de 130 quilómetros. HN/MHC

garve já está totalmente renovada, depois de concluídos os trabalhos nos troços Lagos/Tunes e Faro/Vila Real de Santo António, informou na semana passada a REFER. “Com a conclusão destas empreitadas, a Linha do Algarve fica dotada de uma superestrutura que garante maior fiabilidade de exploração, mais conforto para os passageiros e manutenção racional e sustentável ao nível dos custos”, explicou a empresa responsável pelas linhas ferroviárias portuguesas, frisando que o troço Tunes/Faro já estava renovado desde 2004. Os trabalhos foram iniciados em 2009, terminaram a 11 de Abril e permitiram renovar os carris, travessas e balastros numa extensão de 90 quiló-

D.R.

 Intervenção custou 25 milhões metros, numa intervenção que custou cerca de 25 milhões de euros, precisou ainda a REFER num comunicado. A renovação permitiu, a “substituição integral de travessas de madeira por betão monobloco, instalação de carris novos soldados em barras longas para eliminar as juntas MHC e reforço de balastro”.

Actualmente devido ao contexto de crise económica que cada vez mais assola o país verifica-se um aumento do número de queixas relacionadas com burlas e vendas agressivas. As práticas comerciais agressivas abrangem formas de actuação que restringem significativamente a liberdade de escolha do consumidor. Nestes casos o consumidor é quase coagido a assumir compromissos fi nanceiros que na realidade não pretende obter, o que mais tarde pode vir a traduzir-se em situações de fragilidade económica. Para além disso, as burlas a idosos em locais mais isolados são também uma prática cada vez mais frequente; burlas estas que são perpetradas na sua maioria presencialmente, mas nalguns casos também por telefone. Neste contexto a DECO Algarve vai desenvolver o projecto “IDOSOS + ALERTA” que tem como fi nalidade a realização de um conjunto de acções de sensibilização sobre vendas agressivas e burlas em parceria com a GNR e PSP no sentido de promover, junto da população, esclarecimentos relativos a estas práticas comerciais e minimizar eventuais danos. A DECO Algarve pretende que estas acções sejam direccionadas para uma faixa etária de mais de 65 anos, visto ser esta a que se encontra mais fragilizada e susceptível de ser ludibriada neste tipo de procedimentos, no entanto todos os consumidores poderão participar. A DECO Algarve procurará informar de forma interventiva, fornecendo informação útil e prática para resolver situações em que já tenha existido uma prática comercial agressiva ou enganosa e o consumidor se sinta lesado. Este projecto terá início no dia 29 de Abril pelas 15h00 nas instalações da Junta de Freguesia de Portimão e continuará a realizar-se por várias povoações algarvias.


18    |  28 de Abril de 2011

região

Portimão Classics traz velhas glórias ao Autódromo do Algarve Primeira edição é uma aposta do autódromo num segmento que atrai adeptos fervorosos d.r.

O 1º Portimão Classics vai

acolher, entre os próximos dias 20 e 22 de Maio, o regresso das Fórmulas Ford, V e Opel/Vauxall, carros clássicos que há mais de 20 anos não são vistos em competição em Portugal. A decorrer no Autódromo Internacional do Algarve (AIA), o evento inclui duas corridas de 25 minutos de regresso às pistas, em Portugal, daquelas categorias, num total de 20 carros em pista, que, decerto, provocarão grande emoção. O Portimão Classics promete ainda com duas corridas de 50 minutos dos Iberian Gentleman Drivers, para Turismos e GTs dos anos 60 e 70, com pneus radiais semelhantes aos da época. Esta categoria receberá dez pilotos espanhóis, o que será a sua internacionalização definitiva.

 Carros que há mais de 20 anos não são vistos em competição em Portugal vão correr no Autódromo

Na categoria Touring, GT & Sports Prototypes, semelhante à dos Historic Festivals do Estoril de 2003 a 2005, a grande novidade, é a admissão dos Ginetta G20 e dos Radicais, além dos Lotus Seven/Caterham. Igualmente com duas provas, que serão a oportunidade de ouro para as “barchetas” voltarem às pistas. A primeira edição do Portimão Classics reúne uns 60 carros e cerca de 75 pilotos, num fim-de-semana de grande animação e cuja organização aguarda cerca de 30 mil espectadores para assistirem ao vivo à história do automóvel e às provas dos SUPERSTARS italianos, com três diferentes categorias, incluindo o Ferrari Challenge. O primeiro prazo para inscrições dos concorrentes termina a 29 de Abril, com 20% de desconto, e o fecho final

Sensibilização

Lagos solidária com a esclerose múltipla Lagos é uma das dez localidades que vai acolher a terceira edição do “Move-te pela Esclerose Múltipla”, no próximo dia 25 de Maio, numa organização do Gang da Esclerose Múltipla, um grupo informal de auto-ajuda de portadores de Esclerose Múltipla (EM), que procura sensibilizar a sociedade civil para a doença. A acção pretende celebrar o Dia Mundial da Esclerose Múltipla. Nesta edição do “Move-te pela Esclerose Múltipla”, o Gang da EM organiza dois percursos de passeio, um pedestre e outro de bicicleta. A Fortaleza será o ponto de partida e chegada, em Lagos. A iniciativa será assinalada também em Lisboa, Porto, Coimbra, Braga, Aveiro, Leiria, Queluz, Pinhal Novo e Sines. O evento tem início às 19 horas, em simultâneo em todas as localidades referidas. A recepção aos participantes terá lugar às 18 horas, uma hora antes da partida.

pub

pub

Serviço de Finanças de TAVIRA-1139

2ª Publicação

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO GERAL DOS IMPOSTOS - DGCI JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

Anúncio

Serviço de Finanças de TAVIRA-1139

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO GERAL DOS IMPOSTOS - DGCI JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

2ª Publicação

Anúncio

Venda e Convocação de Credores

Venda e Convocação de Credores

N.º da Venda: 1139.2011.66 - Prédio urbano composto de moradia nova, destinada a habitação, com dois pisos de tipologia T3, denominado por lote 15, sito em Palmeira, freguesia de Luz do Concelho de Tavira, com a área coberta de 95 m2 e descoberta de 80 m2, com o valor patrimonial de m 120.540,00. Inscrito na matriz sob o artigo urbano nº 3.833 e descrito na Conservatória do Registo Predial com o nº 2373/20060130. O prédio encontra-se desocupado.

N.º da Venda: 1139.2010.133 - Fracção autónoma designada pela letra C, correspondente ao R/C, destinado a serviços, com a área bruta privativa de 28,100 m2, do prédio urbano constituído em propriedade horizontal, sito na Rua Almeida Garret n.º 16-A - Tavira, Freguesia de Santiago, Concelho de Tavira, inscrito na respectiva matriz sob o artigo n.º 4.016 e descrito na conservatória do Registo Predial de Tavira sob o n.º 931/19891024-C.

Teor do Edital: Maria Suzel Gonçalves Nobre Andrez, Chefe de Finanças do Serviço de Finanças TAVIRA-1139, sito em RUA AMALIA RODRIGUES 4, TAVIRA, faz saber que irá proceder à venda por meio de propostas em carta fechada, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), do bem acima melhor identificado, penhorado ao executado infra indicado, para pagamento de divida constante em processo(s) de execução fiscal.

Teor do Edital: Maria Suzel Gonçalves Nobre Andrez, Chefe de Finanças do Serviço de Finanças TAVIRA-1139, sito em RUA AMALIA RODRIGUES 4, TAVIRA, faz saber que irá proceder à venda por meio de propostas em carta fechada, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), do bem acima melhor identificado, penhorado ao executado infra indicado, para pagamento de divida constante em processo(s) de execução fiscal.

É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) MANUEL ROSA LOPES ALEXANDRE, residente em FARO, que deverá mostrar aquele bem a qualquer potencial interessado (249.º/6 CPPT), entre as 10:00 horas do dia 2011-05-02 e as 18:00 horas do dia 2011-08-01

É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) MARIA DE LOURDES HENRIQUES DOS SANTOS FERREIRA, residente em TAVIRA, que deverá mostrar aquele bem a qualquer potencial interessado (249.º/6 CPPT), entre as 11:00 horas do dia 2011-04-18 e as 18:00 horas do dia 2011-07-27

O valor base da venda (250.º CPPT) é de m 84.378,00. As propostas deverão ser enviadas via Internet, mediante acesso ao “Portal das Finanças”, em www.portaldasfinancas.gov.pt na opção “Venda de bens penhorados” ou entregues neste Serviço de Finanças, em carta fechada dirigida ao Chefe do Serviço de Finanças, mencionando o número da venda no envelope e na respectiva proposta, indicando nesta ultima, nome, morada e número de identificação fiscal do proponente. O prazo para recepção de propostas termina às 11:00 horas do dia 2011-08-02 procedendose à sua abertura pelas 11:00 horas do dia 2011-08-02, na presença do Chefe do Serviço de Finanças (253.º/a CPPT). Não serão consideradas as propostas de valor inferior ao valor base da venda (250.º/c CPPT). Se o preço mais elevado, com o limite mínimo do valor base para venda, for oferecido por mais de um proponente, abre-se licitação entre eles, salvo se declararem que pretendem adquirir o(s) bem(ns) em compropriedade (253.º/b CPPT). Estando presente só um dos proponentes do maior preço, pode esse cobrir a proposta dos outros, caso contrário proceder-se-á a sorteio (253.º/c CPPT). A totalidade do preço deverá ser depositada, à ordem do órgão de execução fiscal, no prazo de 15 dias, contados do termo do prazo de entrega das propostas, mediante guia a solicitar junto do órgão de execução fiscal, sob pena das sanções previstas na lei do processo civil (256.º/e CPPT e 898.º Código de Processo Civil - CPC). No caso do montante superior a 500 unidades de conta, e mediante requerimento fundamentado, entregue no prazo de 5 dias, contados do termo do prazo de entrega de propostas, poderá ser autorizado o depósito, no prazo mencionado no parágrafo anterior, de apenas a uma parte do preço, não inferior a um terço, e o restante em até 8 meses (256.º/f CPPT). A venda pode ainda estar sujeita ao pagamento dos impostos que se mostrem devidos, nomeadamente o Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis, o Imposto do Selo, o Imposto Sobre o Valor Acrescentado ou outros. Mais, correm anúncios e éditos de 20 dias (239º/2 e 242º/1 CPPT), contados da 2.ª publicação (242º/2), citando os credores desconhecidos e os sucessores dos credores preferentes para reclamarem, no prazo de 15 dias, contados da data da citação, o pagamento dos seus créditos que gozem de garantia real, sobre o bem penhorado acima indicado (240º/CPPT). Identificação do Executado: N.º de Processo de Execução Fiscal: 1139200801039342 (e apensos) NIF/NIPC: 507653793

O valor base da venda (250.º CPPT) é de m 15.533,00. As propostas deverão ser enviadas via Internet, mediante acesso ao “Portal das Finanças”, em www.portaldasfinancas.gov.pt na opção “Venda de bens penhorados” ou entregues neste Serviço de Finanças, em carta fechada dirigida ao Chefe do Serviço de Finanças, mencionando o número da venda no envelope e na respectiva proposta, indicando nesta última, nome, morada e número de identificação fiscal do proponente. O prazo para recepção de propostas termina às 11:00 horas do dia 2011-07-28 procedendose à sua abertura pelas 11:00 horas do dia 2011-07-28, na presença do Chefe do Serviço de Finanças (253.º/a CPPT). Não serão consideradas as propostas de valor inferior ao valor base da venda (250.º/c CPPT). Se o preço mais elevado, com o limite mínimo do valor base para venda, for oferecido por mais de um proponente, abre-se licitação entre eles, salvo se declararem que pretendem adquirir o(s) bem(ns) em compropriedade (253.º/b CPPT). Estando presente só um dos proponentes do maior preço, pode esse cobrir a proposta dos outros, caso contrário proceder-se-á a sorteio (253.º/c CPPT). A totalidade do preço deverá ser depositada, à ordem do órgão de execução fiscal, no prazo de 15 dias, contados do termo do prazo de entrega das propostas, mediante guia a solicitar junto do órgão de execução fiscal, sob pena das sanções previstas na lei do processo civil (256.º/e CPPT e 898.º Código de Processo Civil - CPC). No caso do montante superior a 500 unidades de conta, e mediante requerimento fundamentado, entregue no prazo de 5 dias, contados do termo do prazo de entrega de propostas, poderá ser autorizado o depósito, no prazo mencionado no parágrafo anterior, de apenas a uma parte do preço, não inferior a um terço, e o restante em até 8 meses (256.º/f CPPT). A venda pode ainda estar sujeita ao pagamento dos impostos que se mostrem devidos, nomeadamente o Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis, o Imposto do Selo, o Imposto Sobre o Valor Acrescentado ou outros. Mais, correm anúncios e éditos de 20 dias (239º/2 e 242º/1 CPPT), contados da 2.ª publicação (242º/2), citando os credores desconhecidos e os sucessores dos credores preferentes para reclamarem, no prazo de 15 dias, contados da data da citação, o pagamento dos seus créditos que gozem de garantia real, sobre o bem penhorado acima indicado (240º/CPPT). Identificação do Executado: N.º de Processo de Execução Fiscal: 1139200801005464 (e apensos) NIF/NIPC: 500355983

Nome: TRAVIBARRA-EQUIPAMENTOS LDA Morada: RUA COMENDADOR DOMINGOS DE SOUSA UVA N 1 R/C A DIREITO - CONCEIÇÃO DE TAVIRA - CONCEICAO TVR O Chefe de Finanças: Maria Suzel Gonçalves Nobre Andrez 2011-04-19 (POSTAL do ALGARVE, nº 1031, de 28 de Abril de 2011)

Nome: GALE NOVE EMPREENDIMENTOS URBANISTICOS LDA Morada: AV ENG DUARTE PACHECO 64 - SANTA LUZIA - SANTA LUZIA TVR O Chefe de Finanças: Maria Suzel Gonçalves Nobre Andrez 2011-04-15 (POSTAL do ALGARVE, nº 1031, de 28 de Abril de 2011)


28 de Abril de 2011  |   19

Exercícios

Realizar 3 vezes o circuito pela ordem indicada, realizando o exercicio 4 de ambos os lados. Por César Martins

descubra a Saúde que há em Si

www.corporeus.pt

lazer livros

agenda cultural Albufeira

Lagos

2 de Maio.

ras, no Auditório Municipal.

Dança

Música

Música

Albufeira a Dançar, sexta-feira, dia 29, às 21.30 horas, no Auditório Municipal.

Concerto Comemorativo do Aniversário da Filarmónica, sábado, às 21.30 horas, no Centro Cultural de Lagos.

Espectáculo de Dança Contemporânea Mapacorpo de Amélia Bentes, sexta-feira, dia 29, às 21.30 horas, no Cine-Teatro Louletano.

Portimão

Faro Dança Espectáculo de dança, sextafeira, dia 29, às 21.30 horas, no Auditório Pedro Ruivo.

agenda cinema FARO Forum Algarve SBC 289 887 212 Arthur e a Guerra dos 2 Mundos* (m/6) | Sala 1 | 13h00, 15h20, 17h35, 20h05 (diariamente), 10h20 (Sáb e Dom) >> A Rapariga do Capuz Vermelho (m/12)| Sala 1 | 22h20 (diariamente), 00h35 (Sex e Sáb) >> Hop (m/6) | Sala 2 | 14h30 (diariamente), 10h15, 12h20 (Sáb e Dom) >> A Última Noite (m/12) | Sala 2 | 16h40, 18h45, 21h10 (diariamente), 23h20 (Sex e Sáb) » Sou o Número 4 (m/12) | Sala 3 | 10h40 (Sáb e Dom) » A Rapariga do Capuz Vermelho (m/12) | Sala 3 | 14h40 » Gritos 4 (m/16) | Sala 3 | 17h10, 19h35, 22h00 (diariamente), 00h25 (Sex e Sáb) » Agente Disfarçado (m/12) | Sala 4 | 13h50 (diariamente), 10h50 (Sáb e Dom) » Sem Limites* (m/12) | Sala 4 | 16h25, 18h55, 21h20 (diariamente), 23h50 (Sex e Sáb) » Thor* (m/12) | Sala 5 | 14h00, 16h30, 19h00, 21h30 (diariamente), 00h00

Loulé Pintura e instalação Exposição de Jaroslaw Flicinski, na Galeria do Centro Cultural de São Lourenço. Até

Olhão Dança Espectáculo Absence I, II, III, sexta-feira, dia 29, às 21.30 ho-

Dança Espectáculo pela Companhia Paulo Ribeiro, sexta-feira, dia 29, no TEMPO - Teatro Municipal de Portimão.

São Brás Pintura Exposição de Ebru, de segun-

de 28 de Abril a 4 de Maio de 2011

(Sex e Sáb) » Gnomeu e Julieta (m/6) | Sala 6 | 10h10 (Sáb e Dom) » Invasão Mundial:BatalhaLosAngeles(m/12) | Sala 6 | 14h15, 16h45, 19h20, 21h50 (diariamente), 00h20 (Sex e Sáb) » Rio (m/6) | Sala 7 | 14h25, 16h35, 18h50, 21h00 (diariamente), 10h05, 12h15 (Sáb e Dom) » Tropa de Elite 2 (m/16) | Sala 7 | 23h30 (Sex e Sáb) » Winx 2 (m/6) | Sala 8 | 10h00, 12h00 (Sáb e Dom) » Engana-mequeeuGosto(m/12) | Sala 8 | 14h10, 16h40, 21h45 (diariamente), 00h15 (Sex e Sáb) » Tropa de Elite 2 (m/16) | Sala 8 | 19h15 » Rango (m/16) | Sala 9 | 19h30 (Sáb e Dom) » Código Base (m/16) | Sala 9 | 14h50, 17h00, 19h10, 21h25 (diariamente), 23h40 (Sex e Sáb) albufeira AlgarveShopping 289 560 351 Gritos 4 (m/16) | Sala 1 | 13h15, 15h40, 18h05, 21h05, 23h50* » Thor* (m/12)

| Sala 2 | 13h05, 15h45, 18h25, 21h25, 00h00* » Hop (m/6) | Sala 3 | 12h45, 14h50, 17h00, 19h05 » A Rapariga do Capuz Vermelho (m/12) | Sala 3 | 21h10, 23h30* » A Última Noite (m/12) | Sala 4 | 13h10, 16h00, 18h30, 21h15, 23h55 » Invasão Mundial: Batalha Los Angeles (m/12) | Sala 5 | 13h20, 15h50, 18h20, 21h20, 00h05 » Rio (m/6) | Sala 6 | 12h50, 15h00, 17h10, 19h20 » Tropa de Elite 2 (m/16) | Sala 6 | 23h35* » Rio (m/16) | Sala 6 | 21h30 » Arthur e a Guerra dos 2 Mundos* (m/6) | Sala 7 | 12h55, 15h05, 17h15, 19h25 » Código Base (m/16) | Sala 7 | 21h35, 23h45* » Sem Limites* (m/12) | Sala 8 | 13h25, 15h55, 18h15, 21h40, 00h10* » Engana-me que eu Gosto (m/12) | Sala 9 | 13h00, 15h30, 18h00, 21h00, 23h40* * Sessão à Quinta e Sábado Olhão C. C. Ria Shopping

da a sexta-feira, das 10 às 13 e das 14 às 17 horas, sábados, domingos e feriados, das 14 às 17 horas, na Galeria Nova. Até dia 21 Maio.

Tavira Música Concerto pelo Coro dos Amigos de São Brás, sábado às 18 horas, na Ermida de São Sebastião.

* Estreias

289 703 332 Rio (m/6) | Sala 1 | 15h15, 19h35 (SEg a Sex), 10h45, 13h15, 15h15, 19h35 (Sáb e Dom)»InvasãoMundial:BatalhaLos Angeles (m/12) | Sala 1 | 17h15, 21h35 (diariamente), 23h45 (Qui, Sex, Sáb e Dom) » Thor* (m/12) Sala 2 | 15h30, 18h30, 21h30 (Seg a Sex), 23h45 (Sex e Sáb), 13h00, 15h30, 18h30, 21h30 (Sáb e Dom) » Arthur e a Guerra dos 2 Mundos* (m/6) | Sala 3 | 15h25, 18h25, 21h25 (Seg a Sex), 23h45 (Sex e Sáb), 10h45, 13h00, 15h25, 18h25, 21h25 (Sáb e Dom) Portimão C. C. Continente 282 418 180 Rio (m/6) | Sala 1 | 13h00, 15h10, 17h20, 19h30, 21h40, 00h00* » Invasão Mundial: Batalha Los Angeles (m/12) | Sala 2 | 13h50, 16h20, 19h00, 21h50, 00h20* » Engana-me que eu Gosto (m/12) | Sala 3 | 13h40, 16h10, 18h50,

21h10, 23h40* » Hop (m/6) | Sala 4 | 13h30, 15h30, 17h40, 19h45 » A Rapariga do Capuz Vermelho (m/12) | Sala 4 | 22h00, 00h10* » Gritos 4* (m/16) | Sala 5 | 13h20, 15h45, 18h30, 21h20, 23h50* » Thor* (m/12) | Sala 6 | 13h10, 15h55, 18h40, 21h30, 00h15* Cinemas de Portimão 282 411 888 Thor* (m/12) | Sala 1 | 15h30, 18h00, 21h30 (diariamente), 00h00 (Sex e Sáb)» Rio (m/6) | Sala 2 | 14h00, 18h15, 20h00 » Invasão Mundial: Batalha Los Angeles (m/12) | Sala 2 | 15h45, 21h45 (diariamente), 00h00 (Sex e Sáb) tavira Cine-Teatro António Pinheiro 281 320 594 Um Ano Mais (m/12), 21h30 (Qui)

As Regras do Método Sociológico “Os factos sociais devem ser tratados como c o i s a s”. C om est a afirmação, Durkheim orientou de uma forma decisiva uma disciplina, que ainda estava a dar os primeiros passos rumo à sua constituição. Neste sentido, esta obra contribuiu, mais do que qualquer outra, para consolidar os fundamentos da Sociologia. Autor: Émile Durkheim

101 Exercícios de Fitness Dos 7 aos 11 anos Concebido especificamente para crianças com idades compreendidas entre os 7 e os 11 anos de idade, este manual contém uma grande variedade de exercícios que ajudam a desenvolver a condição f ísica geral da criança. Todos eles incluem os elementos fundamentais para a prática de qualquer exercício físico. Autores: John Shepherd e Mike Antoniades

horóscopo Carneiro (de 21/03 a 20/04) Quanto mais directo for aos assuntos, melhor conseguirá atingir os seus objectivos. Não é um bom dia para grandes gastos.

Balança (de 23/09 a 22/10) Deve fazer uma reflexão sobre a sua vida sentimental. Terá grande capacidade de influenciar os acontecimentos de uma forma positiva.

Touro (de 21/04 a 20/05) Não terá a vida facilitada; algumas emoções misturam-se e ficará confuso. Algumas questões ficarão adiadas; terá de se aplicar mais.

Escorpião (de 23/10 a 21/11) Terá de fazer escolhas que não serão fáceis. Tende a ser incomodado por críticas, que merecem uma reflexão muito séria.

Gémeos (de 21/05 a 20/06) Pode encontrar um novo rumo e quebrar a sensação de vazio. Vai atingir objectivos mas a sua insatisfação leva-o a traçar de novas metas.

Sagitário (de 22/11 a 21/12) Apesar de algumas inseguranças deve seguir os seus sentimentos. Nada deve ser feito deixado ao acaso ou feito em cima do joelho.

Caranguejo (de 21/06 a 22/07) Um acontecimento imprevisto pode alterar o rumo da sua vida. Movimenta-se em caminhos escorregadios e com pouca margem de manobra.

Capricórnio (de 22/12 a 19/01) Pode surgir um novo interesse sentimental; o dia é promissor. Pequenas alterações no modo de funcionar trarão grandes melhorias.

Leão (de 23/07 a 22/08) Tentarão conduzir os seus sentimentos; reaja aos primeiros indicadores. Peça garantias em grandes negócios ou transacções; a palavra só não chega.

Aquário (de 20/01 a 18/02) Não haverá motivos para por sentimentos em causa. Invista mais no seu campo profissional; o dia pode ser pleno.

Virgem (de 23/08 a 22/09 ) Tende a sentir-se no limite de resistência numa relação. Alguns dos seus gestos ou palavras não darão resultado; aguarde melhor oportunidade.

Peixes (de 19/02 a 20/03) Boa altura para falar de assuntos que o têm magoado. Está muito eficaz, conseguirá actuar de forma acertada em todas as situações.


ANÚNCIOS I CLASSIFICADOS

20 | 28 de Abril de 2011

Farmácias de Serviço QUINTA

SEXTA

SÁBADO

DOMINGO

SEGUNDA

TERÇA

QUARTA

ALBUFEIRA

Santos Pinto

Santos Pinto

Piedade

Piedade

Piedade

Piedade

Piedade

ARMAÇÃO DE PÊRA

Sousa Coelho

Sousa Coelho

Edite

Edite

Edite

Edite

Edite

FARO

Caniné

Pereira

Penha

Baptista

Helena

Alexandre

Crespo

LAGOA

José Maceta

José Maceta

Sousa Pires

Sousa

Sousa

Sousa

Sousa

LAGOS

Telo

Neves

Ribeiro

Lacobrigense

Silva

Telo

Neves

LOULÉ

Martins

Chagas

Pinheiro

Pinto

Avenida

Martins

Chagas

MONCHIQUE

Moderna

Moderna

Moderna

Moderna

Hygia

Hygia

Hygia

OLHÃO

Rocha

Pacheco

Progresso

Olhanense

Nobre

Brito

Rocha

PORTIMÃO

Mourinha

Moderna

Carvalho

Rosa

Amparo

Arade

Guilherme

QUARTEIRA

Algarve

Algarve

Mª Paula

Mª Paula

Mª Paula

Mª Paula

Mª Paula

SÃO BART. DE MESSINES

Sequeira

Sequeira

Sequeira

Dias Neves

Dias Neves

S. Brás

Dias Neves

SÃO BRÁS DE ALPORTEL

Dias Neves

S. Brás

Dias Neves

Cruz Portugal

Cruz Portugal

Cruz Portugal

Cruz Portugal

SILVES

João Deus

João Deus

João Deus

João Deus

João Deus

João Deus

João Deus

TAVIRA

Felix

Sousa

Montepio

Montepio

Maria Aboim

Central

Felix

VILA REAL de STº ANTÓNIO

Carrilho

Carrilho

Carmo

Carmo

Carmo

Carmo

Carmo

Acordos com:

Medis, Multicare, C.G.D.

DESINFESTAÇÕES, LDA. Olhão

Tractor - Rega, Lda

ACUPUNCTURA FISIOTERAPIA OSTEOPATIA Desconto 30% valor consulta em sede de IRS; Protocolos com diversas entidades. Junto às Ruínas de Milreu 8005-443 ESTOI-FARO

Web: http://osteofala.weebly.com · Tlm: 969 260 836

Farmácia em Tavira

PRECISA

ALUGA-SE Apartamento T0 Luz -Tavira

de farmacêutico-adjunto Contactar: 918 617 269

Contacto: 281 325 846


ANÚNCIOS I NECROLOGIA AO DIVINO ESPÍRITO SANTO AO MENINO JESUS DE PRAGA AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS NOVENA INFALÍVEL

Ó Jesus, que disseste: “Pede e receberás, procura e acharás. Bate e a porta se abrirá”. Por intermédio de Maria Vossa Mãe Santíssima, eu bato, procuro e Vos rogo que minha prece seja atendida. (Menciona-se o pedido). Ó Jesus, que disseste: “Tudo que pedires ao Pai em meu nome, Ele atenderá”. Com Maria, Vossa Santa Mãe, humildemente rogo ao Pai em vosso nome que minha prece seja ouvida. (Menciona-se o pedido). Ó Jesus que disseste: “- O Céu e a terra passarão, mas a minha palavra não passará”. Com Maria, Vossa Mãe Bendita, eu confio que a minha oração seja ouvida. (Menciona-se o pedido). Rezar 3 ave-marias e uma salve-rainha. Em casos urgentes, esta novena deverá ser feita em 9 horas. Mando publicar por ter alcançado uma grande graça. Agradece. P.M.

SANTA MARIA - TAVIRA

TAVIRA

funerariapedro@sapo.pt funeraria_pedro@sapo.pt

LUZ DE TAVIRA EN 125, n.º 32 – Tel. - 281 961 455 VILA REAL STO. ANTÓNIO Rua 25 de Abril n.º 32 – Tel. - 281 541 414 FUNERÁRIA PATROCÍNIO Tlm. - 968 685 719 Rua João de Deus, n.º 86 – Tel. -281 512 736 IDALÉCIO PEDRO Tlm. - 964 006 390

AGRADECIMENTO E MISSA DE 7º DIA

Serviços Fúnebres Locais

Urna pinho estofada – 500 € Urna pinho e caixão zinco estofado – 900 € OFERTAS de coroa de flores artificiais com moldura, cartões memoriais, livro de condolências e serviço de água no velório

Sua querida família cumpre o doloroso dever de agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que assistiram ao funeral da sua ente querida, realizado no dia 27 de Abril, para o Cemitério de Tavira, bem como a todos os amigos que manifestaram o seu pesar e solidariedade. Informam que a Missa do 7º Dia, pelo seu eterno descanso, será celebrada dia 01 de Maio, domingo, pelas 18.00 horas, na Igreja Nossa Senhora do Carmo em Tavira.

AGRADECIMENTO

funerariapviegas@sapo.pt

TAVIRA Rua Dr. Miguel Bombarda n.º 25 Tel. - 281 323 983 - 281 381 881

93 ANOS

15-09-1935 / 22-04-2011

21

Empresa recomendada

MARIA DOS MÁRTIRES

MARIA ADELAIDE DA CONCEIÇÃO DOS SANTOS CABRITA

28 de Abril de 2011 |

Solicite orçamento antes de decidir AGÊNCIA

FUNERÁRIA

“Paz à sua Alma”

Os seus familiares vêm por este meio agradecer a todos quantos se dignaram acompanhar o seu ente querido à sua última morada ou que, de qualquer forma, lhes manifestaram o seu pesar.

“Serviços Fúnebres efectuados pela Agência Funerária Pedro & Viegas, Ldª” Tavira • Luz • V.R.Stº António Telm. 964 006 390 - 965 040 428

MARTIM LONGO - ALCOUTIM SANTA RITA - V.N. CACELA

BRINCHES - SERPA SANTA MARIA – TAVIRA

Tavira

Tlm. – 969 003 042

Emergência 24 horas

Pedro - 965 040 428

Vila Real Sto. António

Tlm. – 962 406 031

ALAGOA

AGÊNCIA FUNERÁRIA

Então, esqueceu a sua velha amiga? Aquela que trata bem. Antiga Agência Puga trata o seu ente querido como ninguém, temos um serviço personalizado.

CASIMIRO LOPES

FULGÊNCIO ARNALDO DE CASTRO

29-06-1932 / 21-04-2011

14-09-1929 / 22-04-2011

AGRADECIMENTO

AGRADECIMENTO

Os seus familiares vêm por este meio agradecer a todos quantos se dignaram acompanhar o seu ente querido à sua última morada ou que, de qualquer forma, lhes manifestaram o seu pesar.

Os seus familiares vêm, por este meio, agradecer a todos quantos o acompanharam em vida e nas suas cerimónias exéquias ou que de algum modo lhes manifestaram o seu sentimento e amizade.

SANTIAGO - TAVIRA

SANTIAGO- TAVIRA SANTA MARIA - TAVIRA

Agência Alagoa - Fica junto ao Hospital Velho em Tavira

Serviços Prestados SE  Funerais PER RVIÇO MAN E 24 H NTE  Trasladações  Cremações  Preparação estética do falecido  Manutenção de jazigos e campas

Sempre a seu lado nos momentos difíceis da vida... SERVIÇOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS Trav. Zacarias Guerreiro nº 2 (Largo de S. Francisco) (Centro de Tavira) 8800 – 740 Tavira

JOAQUIM CÂNDIDO GUERREIRO NEVES

FRANCISCO DA CONCEIÇÃO PESCADA 24-07-1935 / 25-04-2011

29-07-1952 / 21-04-2011

AGRADECIMENTO

AGRADECIMENTO Os seus familiares vêm, por este meio, agradecer a todos quantos o acompanharam em vida e nas suas cerimónias exéquias ou que de algum modo lhes manifestaram o seu sentimento e amizade.

Os seus familiares vêm por este meio agradecer a todos quantos se dignaram acompanhar o seu ente querido à sua última morada ou que, de qualquer forma, lhes manifestaram o seu pesar.

AGÊNCIA FUNERÁRIA

IWdjei8|hXWhW"BZW

FUNERAIS - TRASLADAÇÕES - CREMAÇÕES PARA TODO O PAÍS E ESTRANGEIRO

Tel. / Fax: 281 323 205 / 281 325 197 - 965 484 819 / 962 604 552 ATENDIMENTO PERMANENTE - OFERTA DE ANÚNCIO DE NECROLOGIA E CARTÕES MEMÓRIA Artigos Funerários e Religiosos / Catálogo de Lápides e Campas

   

281 322 652 968 700 767 918 530 058 / 966 088 324 alagoa.lda@gmail.com


22

| 28 de Abril de 2011

>> SOLUÇÃO

>> ASSINALE A FRASE CORRECTA    

 Aquele candidato é elegível a Presidente da República.  Aquele candidato é elejível a Presidente da República.

da semana passada

O meu acessor é competente. O meu assessor é competente. O meu aceçor é competente. O meu assesor é competente.

A forma correcta é assessor. Assessor é um nome do género masculino, que significa “magistrado que auxilia o juiz principal; adjunto; assistente; suplente”. As restantes formas estão incorrectas, apesar de serem utilizadas indevidamente em situação de oralidade e escrita.

 Aquele candidato é eligível a Presidente da República.  Aquele candidato é ilegível a Presidente da República.

ZZZ OPINIÃO

Sobe & desce

Esta é uma iniciativa das Bibliotecas Paula Nogueira do Agrupamento de Escolas Professor Paula Nogueira (Olhão) em parceria com a Casa da Juventude de Olhão e o POSTAL, que semanalmente divulga os problemas e as soluções deste jogo. Várias escolas do Algarve já aderiram à iniciativa: AE Professor Paula Nogueira (Olhão) / AE da Sé (Faro) / AE D. Afonso III (Faro) / AE Dr. Alberto Iria (Olhão) / Colégio Bernardete (Olhão) / AE Dr. João Lúcio (Fuseta) / AE de Estoi (Faro) / AE Joaquim Magalhães (Faro) / AE do Montenegro (Faro) / AE de Castro Marim ( Vila Real de St. António) / AE Professora Diamantina Negrão / (Albufeira) / Agrupamento de Escolas José Belchior Viegas (Mega Agrupamento de São Brás de Alportel) / Escola Secundária João de Deus (Faro) / Casa da Juventude (Olhão). Convidamos todas as escolas e bibliotecas, interessadas em aderir ao Jogo da Língua Portuguesa e receber os materiais para o mesmo, a contactar: biblioteca.epnogueira@gmail.com ou jornalpostal@gmail.com.

Super ciclista

Ao abandono

O Clube de Ciclismo de Tavira tem sabido resistir à crise e viu Samuel Caldeira ser distinguido como Ciclista do Ano (Ler pág. 9).

As entidades oficais reconhecem que a mata de Vila Real precisa de trabalhos de conservação. Mas ninguém faz nada (Ler pág. 7).

CRÓNICA DAS MALDADES AO ALGARVE

São Pedro aliado da Troika

O postal alterou o e-mail da redacção: jornalpostal@gmail.com Humberto Ricardo Jornalista

FICHA TÉCNICA

Sede: Rua Dr. Silvestre Falcão, n.º 13 C - 8800-412 Tavira - Algarve Tel: 281 320 900 | Fax: 281 320 909 E-mail: jornalpostal@gmail.com Director: Henrique Dias (CP 3259). Director Comercial: Basílio Pires Editor: Ricardo Claro (CP 9238). Redacção: Cristina Mendonça (CP 3258), Geraldo de Jesus (CO 630), Helga Simão. Design: Profissional Gráfica. Colaboradores fotográficos: José A. N. Encarnação “MIRA” Colaboradores: Beja Santos (defesa do consumidor), Nelson Pires (CO76). Departamento Comercial, Publicidade e Assinaturas: Anabela Gonçalves, José Francisco. Propriedade do título: Henrique Manuel Dias Freire, inscrito sob o nº 211 612 no Registo das Empresas Jornalísticas. Edição: Postal do Algarve - Publicações e Editores, Lda. Contribuinte nº 502 597 917. Depósito Legal: nº 20779/88. Registo do Título (dgcs): nº 111 613. Impressão: Coraze - Oliveira de Azeméis Distribuição: Banca - Logista, à sexta-feira com o Público/VASP - Sociedade de Transportes e Distribuição, Lda e CTT. Membro: APCT - Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação; API - Associação Portuguesa de Imprensa.

O Algarve recebeu a sua tradicional enchente de turistas na Páscoa. Um “ovo cheio” para condizer com a quadra. Vieram de todos os cantos de Portugal e juntaram-se a “gentes” e culturas de outros países que nesta altura do ano têm lugar marcado no mapa turístico/hoteleiro da região, nomeadamente os nossos vizinhos espanhóis. Para os portugueses, rumar ao Algarve estava programado há muito. O calendário era favorável – um fim-de-semana acrescido de mais dois feriados efectivos, Sexta-feira Santa e 25 de Abril, e a perspectiva válida de uma tolerância de ponto, Quinta-feira Santa. Assim aconteceu e atravessa-

ram a Serra do Caldeirão esfusiantes com a ideia do “bronze” ao sol algarvio e mergulhos nas águas tépidas do mar que banha as praias de areias brancas da região. Como o imprevisto da vida é constante, aconteceu que o São Pedro fez uma maldade ao Algarve: escondeu o Sol entre nuvens escuras, trouxe a chuva e o vento para estragar os planos aos turistas que tiveram de se recolher e procurar outros motivos para gozar as mini-férias. Ganharam os hotéis, as grandes superfícies, restaurantes e cafés; o comércio nem tanto, mas houve oportunidade para conhecer alguns monumentos da região. A rir ficaram os senhores e senhoras da TROIKA (FMI-BCECE) e vozes nacionais de barriga cheia, alguns com assento na Assembleia da República, com a partida do nosso amado

Assine o

D.R.

São Pedro: eles, os cérebros das contas, cifraram em milhões os prejuízos de uma tolerância de ponto concedida pelo Governo à função pública e que muitas outras empresas privadas e bancos também concederam. Que mesquinhos e hipócritas. Portugal tem séculos, cultura própria, respeito pelas religiões e nem no tempo

Envie este cupão para:

POSTAL DO ALGARVE - Rua Dr. Silvestre Falcão, nº 13 C, 8800-412 Tavira

(50 Edições) Portugal 30 ¤ I Europa 50 ¤ I Resto Do Mundo 80 ¤

NOME __________________________________________________________________________________________________________________________ DATA DE NASCIMENTO _______ ⁄ ________ ⁄ ____________ MORADA __________________________________________________________________________________________ CÓD. POSTAL _________ - _____ — ________________________________________________ NIF

  

TEL   

 

EMAIL _______________________________________________________ PROFISSÃO ________________________________

AUTORIZAÇÃO DE PAGAMENTO - por débito na conta abaixo indicada, queiram proceder, até nova comunicação, aos pagamentos das subscrições que vos forem apresentadas pelo editor do jornal POSTAL do ALGARVE. Esta assinatura renova-se automaticamente. Qualquer altera��ão deverá ser-nos comunicada com uma antecedência mínima de 30 dias.

30 ¤

NIB

Assine através de TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA

BANCO _______________________________________________________________________________________________

   

NOME DO TITULAR __________________________________________________________________________

35 ¤

Tiragem desta edição:

9.195 exemplares

da ditadura se ouviram vozes “enlaçadas”, de poupança, só para parecer BEM, aos senhores da TROIKA. Até, veja-se, uma senhora portuguesa, conselheira do FMI, veio tecer críticas pela concessão da tolerância de ponto. Também esta embrulhada na teoria da poupança “deles”, permite, sem patriotismo, dar o aval crítico a quem

impõe a Portugal ou quer e rasga soberania, para depois retirar lucros milionários à custa de países “À RASCA”. Os senhores do dinheiro, CIP e companhia, atiraramse a uma tolerância de ponto para com os que trabalham para eles. Esqueceram-se de uma velha tradição quando se trata das reuniões de família e são muitos os que vivem fora dela. A tradição também é economia. O turismo interno é reconhecidamente uma fatia da economia nacional. Um dia, se tiverem tempo, procurem saber o número de dias de lazer e feriados noutros países da velha Europa. . Se Portugal não aguenta “pontes” paralisantes do país, os Governos que se organizem e agendem no princípio de cada ano o calendário de feriados para não dar azo a mesquinhices a meio do campeonato.

BALCÃO ______________________________________________

_______________________________________________________________________________ ASSINATURA IDÊNTICA À CONSTANTE NA FICHA DO BANCO DO TITULAR DA CONTA.

Assine através de DINHEIRO, CHEQUE ou VALE POSTAL, à ordem de Postal do Algarve.

NOTA: Os dados recolhidos são processados automaticamente e destinam-se à gestão da sua assinatura e apresentação de novas propostas. O seu fornecimento é facultativo. Nos termos da lei é garantido ao cliente o direito de acesso aos seus dados e respectiva actualização. Caso não pretenda receber outras propostas comerciais, assinale aqui.


PUB

PUB

PUB

13-14|MAI 21H30

PREÇO ÚNICO - 5¼

DEPOIS DO SUCESSO “MÊ MENINE E O TÊ PAI” A GORDA APRESENTA

E A VELHA LÁ CONTINUAVA A DESCASCAR ERVILHAS A PARTIR DO TEXTO “O CASAQUINHO” DE JOÃO EVARISTO

TEATRO COMÉDIA


última DR

Tiragem desta edição:

9.195 exemplares

Polis apresenta projecto do Parque Ribeirinho de Faro Anfiteatro ao ar livre convida ao lazer

Portimão viabiliza pagamento a professores com salários em atraso pág. 6

Vila Real quer hotel para custear complexo desportivo pág. 7

GNR combate crime em Festival Trance pág. 15

A CRIAÇÃO DE UM ANFITEATRO ao ar livre e de percursos interpretativos para peões e bicicletas fazem parte do projeto do Parque Ribeirinho de Faro, em fase de apreciação e cuja obra deve ser lançada este ano. A empreitada, a cargo da Sociedade Polis Litoral Ria Formosa, abrange a área ribeirinha entre a Quinta do Progresso (junto ao Teatro Municipal de Faro) e o Montenegro, precisa o último boletim da sociedade a que preside Valentina Calixto, divulgado na passada terça-feira. Apesar de parte daquela área, próxima do teatro e do centro da cidade, ter sido alvo de alguns melhoramentos nos últimos anos, a zona encontra-se degradada e é utilizada por uma escassa minoria de cidadãos. O projecto inclui a criação de várias praças, de um anfiteatro, de percursos interpretativos e de zonas de estadia, sendo o objetivo do Polis criar “uma área nobre para a população” dedicada ao lazer e à prática de exercício. OLHÃO E LUDO COM AVANÇOS Em fase

de anteprojeto está o Parque Ribeirinho de Olhão, que deverá ser integrado num espaço de utilização coletiva com capacidade para acolher iniciativas ao ar livre, como feiras e concertos, refere o Polis. Já no Parque Ribeirinho do Ludo,

DR

 Valentina Calixto, presidente da Sociedade Polis Ria Formosa também em fase de anteprojeto e partilhado pelos concelhos de Loulé e Faro, deverá nascer um observatório de animais e plantas, na orla da ribeira de São Lourenço. No concelho de Tavira, o Polis prevê requalificar as margens do Arraial Ferreira Neto e Ilha de Tavira, sendo a primeira empreitada de carácter “minimalista”, sublinha o Polis, e a segunda “mais notória”. O programa abrange cinco municípios, Loulé, Faro, Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António, incide sobre 48 quilómetros de frente costeira e 57 de frente lagunar e im-

plica um investimento total de 87,5 milhões de euros. Até Dezembro do ano passado e desde a criação da sociedade, em 2008, tinham sido gastos dessa quantia 14,7 milhões de euros, metade dos quais na execução de obras no terreno e a outra metade na realização de estudos e projetos. Para este ano, o Polis prevê lançar a maioria das empreitadas que se propôs concluir até 2013, incluindo as empreitadas previstas nos Planos de Intervenção e Requalificação (PIR) na maioria das ilhas barreira. MAD

VII GRANDE CAPÍTULO DA CONFRARIA DE GASTRÓNOMOS DO ALGARVE

Portimão recebe gastrónomos de dois Continentes PORTIMÃO ACOLHE , a partir das 15 horas do próximo sábado o VII Grande Capitulo da Confraria dos Gastrónomos do Algarve, que vai incluir a II Gala Prémios Stª Maria de Ossónoba, juntando na cidade cerca de duas centenas de confrades portugueses, macaenses e espanhóis, num evento que tem o apoio da Câmara local. Após o desfile pelas ruas da cidade, marcado para as 17 horas, o VII Grande Capítulo terá lugar

na Igreja do Colégio de Portimão com a entronização de diversos confrades de honra, de mérito e efectivos, numa cerimónia marcada para as 17.30 horas e que vai reunir cerca de 30 confrarias de todo o país, além de uma delegação de gastrónomos vinda de Macau e do Grupo Gastronómico El Almirez, de Cádis. À noite, a partir das 20 horas, realiza-se no Hotel Casino Algarve na Praia da Rocha a II Gala

Prémios Stª Maria de Ossónoba, uma iniciativa bienal que distingue várias categorias e que este ano vai também homenagear o presidente da Câmara de Portimão, Manuel da Luz. A Confraria dos Gastrónomos do Algarve é membro do CEUCO - Conselho Europeu das Confrarias, da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, e ainda da Associação de Confrarias da Rota de Cister.

GINÁSTICA RÍTMICA Portimão recebe altos valores da modalidade  De quinta-feira a domingo, Portimão reafirma o seu estatuto de capital mundial da ginástica rítmica com a realização da 25ª edição do Torneio Internacional, que tem sido organizado ininterruptamente pela Federação de Ginástica de Portugal e pela Câmara de Portimão desde 1987, com a presença de aproximadamente 500 participantes, entre ginastas, treinadores e juízes, de 35 países. Pela sua dimensão e qualidade, este evento passou em 2006 a ser incluído no circuito da “Taça do Mundo de Ginástica Rítmica”, da Federação Internacional de Ginástica, prova restrita a ginastas seniores da elite internacional. Ambas as competições reúnem as melhores ginastas da actualidade e proporcionam uma oportunidade ímpar para o público assistir ao vivo, e com entrada livre, às exibições de alto nível das estrelas desta disciplina olímpica, podendo ainda aplaudir as primeiras exibições dos conjuntos mais jovens em preparação para o Europeu de 2011. Além de procurarem obter os pontos e o prémio monetário em disputa, as ginastas encontram-se em preparação para grandes competições internacionais como o Campeonato da Europa e os Campeonatos do Mundo, marcados para França e onde em Setembro será decidido o apuramento para os Jogos Olímpicos de 2012.

CRIME Homem “caça” ladrão em Almancil  Um homem perseguiu e imobilizou na passada terça-feira outro que acabara de furtar uma mala a uma mulher junto aos Correios de Almancil, até à chegada das autoridades, revelou fonte da GNR em comunicado. Segundo a mesma fonte, o suspeito, de 27 anos, foi “detido em flagrante” por um cidadão que se encontrava no local e que o perseguiu a pé, imobilizando-o ainda na posse da mala até à chegada das autoridades. A mala, que continha telemóveis, documentos pessoais e dinheiro, pertencia a uma mulher que se encontrava no interior de um carro e se prepravava para iniciar marcha. O homem está em liberdade condicional e possui cadastro por roubos por esticão e ouMAD tros delitos. PUB


POSTAL28ABR1031