Page 1

VIA DO INFANTE: PROTESTOS REGRESSAM JÁ ESTE FIM-DE-SEMANA > 3 PUB

Planet Business FO R M AÇ ÃO & CO N S UL T O R I A

D.R.

www.planetbusiness.pt

Director Henrique Dias Freire • Ano XXIII • Edição 1025 • Semanário à quinta-feira • 17 de Março de 2011 • Preço € 1

FARO 8 PORTIMÃO 9 VILA REAL, CASTRO MARIM, ALCOUTIM 10 TAVIRA 11 OLHÃO 12 SÃO BRÁS, LOULÉ 13 ALBUFEIRA 14

ÀS SEXTAS EM CONJUNTO COM O PÚBLICO POR €1,60

LAGOA, SILVES, MONCHIQUE 15 LAGOS, VILA DO BISPO, ALJEZUR 16 REGIÃO 17 LAZER 18 CLASSIFICADOS 19 OPINIÃO 22

Governo pondera descer IVA do golfe para 6%

> A decisão parece estar próxima e resulta dos esforços das empresas do sector junto do Governo de Sócrates, o mesmo que pretende aumentar o IVA noutros casos em nome do interesse nacional. O golfe gera receitas de 500 milhões de euros/ano e milhares de empregos e o POSTAL falou com quem conhece por dentro o sector p. 17

Praia de Faro: À Rasca traz demolições seis mil para estão longe a rua da decisão RICARDO CLARO

> Quem vai pagar os custos das intervenções adicionais na Ilha de Faro? > Aprovação do Plano de Pormenor na Câmara e Assembleia Municipal deixa tudo em aberto p. 8 OLHÃO

INICIATIVA POSTAL

Sala maior de Olhão comemora dois anos > O Auditório olhanense abre

portas ao fado de Ricardo Ribeiro no segundo aniversário da sala de espectáculos mais importante da cidade p. 12

Algarve

Maior

SEMINÁRIO

Iniciativa em debate na Universidade do Algarve

LOULÉ EMPRESÁRIOS EM TRIBUNAL PARA TRAVAR LOCALIZAÇÃO DO IKEA Seruca Emídio tem agora que defrontar uma providência cautelar imposta por entidades e empresários contrários à localização escolhida para o IKEA. A acção já deu entrada no Tribunal Administrativo e Fiscal de Loulé > 13

GASTRONOMIA SERRANA TAVIRA APOSTA EM FESTIVAL QUE JÁ DEU PROVAS DE SUCESSO O turismo gastronómico é uma das vertentes da economia que Jorge Botelho quer ver ainda mais valorizada no concelho a que preside. O Festival de Gastronomia Serrana está a decorrer e promete fazer o deleite dos visitantes > 11

> Mais de três mil propostas numa iniciativa inédita e que mobilizou os leitores p. 4 e 5

D.R.

Manifestação em Faro: Uma das maiores manifestações no Algarve pós-25 de Abril juntou em Faro a geração à rasca que afinal é gente de todas as idades > 6 e 7

> O Seminário Internacional Emprego e Futuro acolhe nomes grandes do empreendedorismo e da motivação, numa união entre a realidade académica e empresarial p. 8

Nomeações para o livro Algarve Maior chegam ao fim

PUB

CA SOLUÇÃO POUPANÇA ACTIVA Veja anúncio pág. 2


PUB

N.06

MAR.2011

AGENDA CULTURAL

VISUALIZA‚ÌO AF IMPRENSA SOLU‚ÌO ACTIVA 210X285.pdf

1

11/02/15

16:00

PUB

CA Solução Poupança Activa

UMA HISTÓRIA FELIZ PARA AS MINHAS POUPANÇAS. A história da minha vida só pode ser feliz. Com a Solução Poupança Activa do Crédito Agrícola, tenho o meu futuro assegurado e sem riscos. Um bom argumento para poupar sem preocupações e sempre com a garantia de somar vantagens. Faça como eu, subscreva já esta Solução de Poupança.

Linha Directa 808 20 60 60

24 horas por dia, com atendimento personalizado de 2ª a 6ª feira das 8h30 às 23h30; Sábados, Domingos e Feriados das 10h às 23h.

www.creditoagricola.pt

PUB


17 de Março de 2011 |

3

EM FOCO Manif contra portagens quer mostrar a força do Algarve O desafio está lançado e as manifestações marcadas, para que os algarvios digam um não gigante às portagens D.R

.

8,97

euros é quanto vai custar percorrer a Via do Infante inteira num único sentido

Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

O OBJECTIVO é trazer os algar-

Os caminhos do protesto: 19 de Março  Está marcada uma marcha pela Via do Infante, entre o nó da Guia e o nó de Boliqueime, atravessando a ligação entre a auto-estrada A2 e a Via do Infante” em Paderne. Os pontos de partida são no Parque de Feiras de Portimão, às 15 horas, no Parque das Cidades, em Faro, à mesma hora, em Vale Paraíso, Albufeira, às 15.30 horas, e

na Altura, Castro Marim, junto à rotunda de acesso à A22, também às 15 horas, com os participantes a seguirem depois para a Guia, onde se iniciará a marcha.

8 de Abril  O protesto será uma marcha pelos concelhos de Castro Marim e Vila Real de Santo António e abrangerá a Via do Infante, a Estrada Nacional 125 e a Ponte Internacional do Guadiana

vios em peso para a rua em protesto contra a introdução das portagens na A22 (Via do Infante) e ultrapassar a mobilização atingida nos protestos contra as portagens feitos em 2004, altura em que milhares de viaturas aderiram aos protestos. A história repete-se e se em 2004 o protesto era contra uma intenção de um Governo PSD, agora é contra o executivo socialista de José Sócrates. Os protestos arrancam, de acordo com João Vasconcelos, da Comissão de Utentes da Via do Infante (CUVI), já este sábado, dia 19, e repetem-se dia 8 de Abril e são “organizados em parceria com o movimento Não às Portagens na A22”, esperando os organizadores a adesão de outras entidades e forças da sociedade civil. Ao POSTAL, José Domingos,

elemento fundador da CUVI, adiantou que para já são estes os protestos agendados, mas promete mais acções de luta no futuro e “cada vez mais intensas”. “Isto não acaba com a colocação dos pórticos, não paramos mesmo depois de estarem a ser cobradas as portagens”, diz José Domingos, que afirma a intenção de apelar ao boicote ao pagamento, uma vez iniciada a cobrança. “Eu nunca pagarei e utilizarei a Via do Infante sempre que for necessário, veremos quantas multas me vão ter de passar”, desabafou o responsável da CUVI ao POSTAL.

AMAL NEM NÃO NEM SIM Sondada para apoiar o protesto foi a Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), que depois de reunir na passada segunda-feira decidiu terem os municípios e munícipes liberdade para apoiarem ou não a iniciativa. Um “nim” da estrutura liderada por Macário Correia, que afirma ter sido o protesto, “uma iniciativa que partiu da CUVI e que não foi previamente analisado em detalhe com a AMAL”. Uma vez mais, os rigores da política num órgão partilhado entre autarcas do PS e PSD parece ter sido fundamental numa posição em que apenas se cri-

tica o secretário de Estado por ter chamado os autarcas para discutir a localização dos pórticos quando estes estavam já a ser colocados, como o POSTAL noticiou recentemente. Ao “nim” dos autarcas algarvios, juntam-se posições similares das lideranças do PS e PSD Algarve, estruturas também elas submetidas às posições

D.R.

 João Vasconcelos, da Comissão de Utentes da Via do Infante nacionais dos partidos e que parecem não ter outro remédio senão tentar ser martelo para cravo e ferradura dependendo das necessidades.

A “TRAPALHADA” DOS POLÍTICOS Para José Domingos trata-se de uma verdadeira “trapalhada” dos políticos algarvios, que estão “demasiado comprometidos com o

LOCALIZAÇÃO DOS PÓRTICOS NA VIA DO INFANTE: Bensafrim

Alvor

Silves

Odiáxere

Alcantarilha Portimão

Algarve, que se resguardou numa declaração de voto onde dá nota da obrigação de disciplina partidária para justificar a posição no hemiciclo. Por isso, para dar voz aos algarvios resta a sua própria voz, o protesto, e esse tem lugares e horas marcados (ver caixa ao lado), para dizer não às portagens.

Nós com pórticos

Algoz

A2

Loulé

São Brás

Mex. Grande

Lagos

poder e com os respectivos partidos” e que “não defendem como deviam os seus eleitores, virandolhes as costas nesta situação”. Recorde-se que Miguel Freitas votou tal como os deputados socialistas do Algarve contra o projecto do Bloco de Esquerda que visava impedir a introdução das portagens, e o mesmo fez Mendes Bota e os deputados do PSD/

Albufeira

Boliqueime

Aeroporto

Olhão

Tavira C. Marim

Monte Gordo


    |  17 de Março de 2011

algarve maior Nomeações do Algarve Maior estão concluídas - Iniciativa inédita contou com mais de três mil propostas Por Henrique Dias Freire diasfreire@gmail.com

O processo das nomeações do «Algarve Maior» ficou concluído com a publicação desta edição. O desafio foi lançado no passado mês de Setembro, para celebrar a edição número 1.000 do POSTAL, e contou com uma participação alargada que somou mais de três mil propostas de nomeações, que chegaram por cupão via CTT, por e-mail, Facebook e fax à nossa redacção. Com esta iniciativa inédita, o POSTAL desafiou o país a participar na nomeação das 100 Personalidades e das 100 Entidades consideradas mais relevantes para o Algarve desde 1987, ano da publicação do número 1 do POSTAL do ALGARVE. Durante seis meses, chegaram diariamente à nossa redacção as propostas que os leitores e o público em geral entenderam ser merecedoras de distinção. Como regra, o POSTAL validou as candidaturas que somaram pelo menos três votações iguais. Houve, no entanto, algumas Personalidades e Entidades que obtiveram mais de cem votações, o que

traduz bem o grande envolvimento de todos. De tal ordem, que fez com que esta inédita iniciativa transbordasse da edição em papel do POSTAL para a sua edição online alojada no http://issuu.com/postaldoalgarve/docs com visitas sempre crescentes que em seis meses passaram de mil para 14 mil por edição, chegando por duas vezes às 16 mil visitas!

Mais de 300 Personalidades e Entidades relevantes Das

mais de três mil votações dos leitores, resultaram a eleição de 167 Personalidades e 152 Entidades validadas pelo POSTAL. Segue-se a fase seguinte para encontrar, do total destas 319 nomeações, quem vão ser as 100 Personalidades e as 100 Entidades que se vão destacar. Este processo final é agora da inteira responsabilidade da redacção do POSTAL, que vai contactar cada nomeado para aferir os dados biográficos mais relevantes de cada um. Os critérios essenciais passam pela relevância que cada um teve ao longo destes últimos 24 anos, isto é, a partir de 1987, ano da fundação do POSTAL. Serão depois tidos em conta, pela redacção do jornal,

as diferentes áreas onde cada um se distinguiu, seguido do critério da localização, de forma a conseguir um equilíbrio mais harmonioso para toda a região do Algarve. Assim, até ao final do mês de Abril, o POSTAL vai obter os dados necessários para poder proceder à eleição final durante a primeira quinzena do mês seguinte e a respectiva publicação do livro «Algarve Maior» até ao final desse mês de Maio. O livro vai ser de capa dura, com impressão e fotos de alta qualidade e que serão o testemunho que a região algarvia deixará para a posteridade: os protagonistas de uma geração para as próximas gerações.

Algarve

Maior

Mais doze Personalidades nomeadas:

 Adelino da Palma Carlos – Destacado advogado, foi professor universitário e político. Reconhecido pela cultura e capacidade de trabalho foi primeiro-ministro do I Governo Provisório e bastonário da Ordem dos Advogados.

 Armando Mota – Figura maior

 Diogo Infante – Actor algarvio

da música clássica no Algarve, o maestro e compositor tem levado a cabo muita da sua actividade na região e em prol desta. É responsável entre inúmeras composições pelo “Hino do Algarve” e pela “Suite das Descobertas”.

tornou-se num dos nomes de referência do teatro a nível nacional. Actualmente, é director do Teatro Nacional D. Maria II, lugar que ocupou após ter sido director artístico do Teatro Maria Matos.

 Eduardo Mendonça – Pelo excelente desempenho como presidente do Clube de Vela de Tavira. Nos últimos cinco anos, não só estabilizou as contas, como tornou a associação uma das mais bem sucedidas em termos de resultados desportivos.

 Gastão Cruz – Poeta ligado à publicação colectiva Poesia 61, uma das principais contribuições para a renovação da linguagem poética portuguesa, recebeu em 2004 o Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores com a obra Rua de Portugal.

 João Moutinho – Futebolista (médio) de renome, actualmente a jogar no Futebol Clube do Porto, fez carreira no Sporting Clube de Portugal. Este portimonense, que foi durante anos peça fundamental do Sporting, tem no seu palmarés, entre outros títulos, as taças de Portugal 2006/07 e 2007/08.


17 de Março de 2011  |   

algarve maior gj

 José Eduardo – Fundador da Escola de Jazz do Hot Club de Portugal. Foi director Pedagógico do “Taller de Músics de Barcelona” e é responsável por toda uma nova geração de bons músicos de jazz em Portugal e Espanha.

 Lourenço Ribeiro – Conta com um currículo invejável. Ingressou no Grande Real Santa Eulália como director Operacional e desempenha agora as funções de director Geral dos Hotéis Real do Algarve.

 Manuel Almeida Martins – Médico de formação, destaca-se como presidente do Núcleo de Tavira da Cruz Vermelha, levando a cabo vários projectos significativos e fundamentais para a região na área social e da saúde.

 Manuel José – Treinador de futebol nascido em Vila Real de Santo António é o técnico português com mais títulos internacionais. Treinador do Al-Ahly, equipa egípcia, abandonou o Egipto devido às tensões sociais.

 Otílio Dourado – Em 1963, na qualidade de presidente da Casa do Povo da Luz de Tavira, criou o Rancho Folclórico da Luz de Tavira, que veio a tornar-se um dos grupos mais representativos do Algarve, conhecido internacionalmente.

 Vânia Beliz – É psicóloga especialista em sexologia em Vilamoura, mas o seu nome é já referência no país, com colaborações regulares na comunicação social, ajudando os portugueses a terem um sexo mais feliz.

Mais 30 Entidades nomeadas:  Bemposta - Investimentos Turísticos, SA, (Portimão) – Fundada em 1967, tornou-se uma referência no desenvolvimento de projectos de urbanização, construção civil e investimentos turísticos, alargando as suas competências para os domínios da energia, ambiente e urbanismo.

 Direcção Regional de Educação – Responsável pela implementação a nível regional das políticas do Governo na área da educação, tem sido uma pedra de toque no desenvolvimento educacional da região e da sua população.

 Grupo Pestana – É um dos gigantes nacionais da hotelaria na região, com nove unidades hoteleiras (com os hotéis Pestana Alvor Praia, Alvor Park, Delfim, Dom Joao II, Dom João Villas, Levante, Palm Gardens, Vila Sol e Viking Resort) e quatro campos de golfe (Vale da Pinta e Gramacho, ambos com resorts associados, Alto e Silves).

 MJP S.A. – Criada em 1966, é uma empresa de engenharia e construção que actua no domínio das infra-estruturas de urbanização, rodovias, águas e esgotos. Com sede no Algarve, adquiriu no sul de Portugal uma sólida reputação no mercado das empreitadas de obras públicas e privadas.

 Os Artistas - Sociedade Recreativa Artística Farense – Trata-se de uma instituição centenária da cidade de Faro, que depois de um longo percurso e muitas vicissitudes desenvolve a sua actividade na promoção cultural na cidade e na região, é também um de espaços de convívio mais conhecidos e emblemáticos da capital algarvia.

 Clube de Vela de Tavira – Fundado em 1975, é uma das mais emblemáticas associações desportivas do Algarve. Nos últimos anos, recuperou o prestígio, aumentou o número de atletas com resultados crescentes nos vários escalões do andebol.

 Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve – Criada em 1966, é a grande responsável pela qualificação de várias gerações de profissionais de hotelaria que deram ao longo das últimas décadas o melhor pela dignificação do turismo algarvio.

 Hotéis D. Pedro – É uma das cadeias hoteleiras com mais unidades no Algarve. Os Hotéis D. Pedro Marina, D. Pedro Golf Resort, D. Pedro Portobelo e Meia Praia Beach Club dão ao grupo um importante peso na oferta hoteleira regional.

 Montalgarve S.A. (Faro) – Fundada em 1978, com a área das canalizações, alargou para o saneamento básico e por último também passou a comercializar na área sanitária. Ganhou o estatuto de “PME Excelência”, pelo seu desempenho económico-financeiro e de gestão. Actualmente é PMELíder.

 Portimonense Sporting Clube – Fundado em 1914 é o clube emblemático da cidade de Portimão. Actualmente, na primeira liga, a que chegou esta época, o clube conta com 13 temporadas na liga principal, 11 na segunda liga e 41 na segunda liga B. Presenças na Taça de Portugal foram 56, três na Taça da Liga e uma na Taça UEFA.

 Delegação do Sul do IPTM – Portos, navegação e transportes marítimos são essenciais na economia do Algarve. Hoje, com o nome de Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos, a sua acção é um suporte indispensável ao progresso da região.

 Fundação INATEL – Por promover as melhores condições para a ocupação dos tempos livres e de lazer dos jovens, trabalhadores e seniores, valorizando o turismo social, a fruição cultural, a actividade física e desportiva, bem como, a inclusão social.

 Hotéis Real – Com quatro unidades de referência no Algarve (Grande Real Santa Eulália, Real Marina, Real Marina Residence, Real Bellavista), destacam-se pela capacidade de serem polivalentes na oferta de serviços de qualidade reconhecida.

 Neocivil - Construções do Algarve, Lda. - Fundada em 1971, dedica-se ao sector de obras públicas e particulares e a sua competência, profissionalismo e qualidade são sobejamente reconhecidos. Integrou em 2009, no segundo lugar, a lista das 100 maiores empresas do Algarve.

 Sociedade Recreativa Olhanense – Criada a 20 de Março de 1858, foi a primeira do género no Algarve e a quarta mais antiga do país. Instalada desde 1932 num edifício do século XIX, revitalizou-se nos últimos dez anos, sendo hoje um dos pólos culturais de Olhão.

 Direcção Regional de Agricultura e Pescas – Tem desempenhado ao longo dos anos uma importante actividade no Algarve na formulação e execução das políticas nas áreas da agricultura, da produção agro-alimentar e do desenvolvimento rural.

 Fundação Jack Petchey – Fundada em Inglaterra em 1999, encontra-se no Algarve desde 2004, dando um grande contributo no desenvolvimento do potencial dos jovens entre os 11 e 25 anos, actuando particularmente nos concelhos de Albufeira, Loulé e Silves.

 Hotéis Vila Galé – Cadeia portuguesa de hotéis, é uma das que detém no Algarve um número mais relevante de unidades hoteleiras. Os hotéis Vila Galé Tavira, Lagos, Albacora, Náutico, Marina, Cerro Alagoa, Ampalius, Atlântico e Praia compõem a oferta do grupo na região.

 Nuclegarve Aldeia (Albufeira) – Esta associação está à frente de um dos projectos sociais de maior relevo na região algarvia – a Aldeia da Solidariedade –, destinado a prestar aos munícipes de Albufeira serviços de infantário, creche, centro de dia e lar de apoio a idosos.

 Toyota Caetano (Algarve) – Inserida num prestigiado grupo empresarial português com mais de 50 anos, a sua presença no Algarve soube sempre diferenciar-se no ramo automóvel com qualidade e eficiência, com uma orientação permanente para a satisfação do cliente.

 Direcção Regional de Cultura

 Direcção Regional de Econo-

– Organismo desconcentrado do Ministério da Cultura, tem sido determinante no apoio à cultura a nível regional. É responsável pela aplicação e desenvolvimento da política cultural na região.

mia – Tem actuado em prol da região enquanto serviço periférico da administração directa do Estado, que tem por missão a representação e a actuação do Ministério da Economia e da Inovação a nível regional.

 Grudisul - Sociedade distribuidora do sul, S.A. – Empresa dedicada ao ramo da distribuição de produtos alimentares, bebidas e tabaco, é uma das maiores do Algarve e líder na distribuição de tabaco, tem um crescimento apostado na consolidação.

 Juntas de Freguesia do Algarve – Trata-se dos órgãos do poder local mais próximos dos cidadãos e a sua actividade tem tido ao longo dos anos uma enorme relevância junto das populações que legitimamente representam. A região tem 84 juntas de freguesia, sendo a maior em população a Junta de Freguesia da Sé em Faro.

 O Algarve (Faro) – Fundado

 Grupo Condiana, Construtora do Guadiana, S.A. – Em 20 anos, a Condiana consolidou a posição no mercado imobiliário e expandiu-se. É hoje um nome incontornável do sector com créditos firmados nas áreas que constituem o seu portfólio.

 Misericórdias do Algarve – Instituições centenárias espalhadas um pouco por toda a região, as misericórdias desenvolvem desde sempre e hoje, provavelmente mais do que nunca, um trabalho de grande relevo no apoio prestado aos algarvios na área social.

 Oceanico Golf – Trata-se da

em 1908, a existência deste centenário jornal regional atravessou os mais variados cataclismos sociais e económicos. Hoje, resultado de um grande esforço dos seus colaboradores e investidores, apresenta-se como um jornal moderno e de referência nacional.

empresa do sector do Golfe com maior número de campos no Algarve. O grupo, um dos maiores da Europa, conta ao todo com nove campos na região, tendo adquirido a totalidade dos mais emblemáticos campos de golfe de Vilamoura.

 Tui Portugal – Com sede em

 United Investements Portugal

Faro, a Tui Portugal é um os maiores operadores nacionais na área do turismo e representa uma mais-valia para a região e para o turismo regional. O grupo Tui ocupa a liderança europeia no sector das viagens turísticas.

– Ocupou em 2009 a oitava posição no ranking das 100 maiores empresas do Algarve, trata-se de uma empresa do consórcio IFA Hotels & Resorts do Dubai, com investimentos em todo o mundo. No Algarve, a empresa tem o resort Pine Cliffs e mantém o interesse em investir na região.


As frases do protesto:

    |  17 de Março de 2011

destaque Geração à rasca junta mais de seis mil em Faro > Manifestação assumiu proporções inesperadas O Algarve marcou para as 15 horas do passado sábado a manifestação “Geração à rasca”, com a concentração agendada para o Largo de São Francisco, e à hora marcada pouco mais de seiscentas pessoas estavam no local, com alguns a anteverem uma fraca adesão à manifestação que no Algarve dava voz ao movimento cívico marcado para várias cidades do país. Mas a região deu provas de estar disposta à luta nas ruas. Mais de seis mil pessoas, de acordo com os números avançados pela Polícia de Segurança Pública, marcaram presença na manifestação que partiu do Largo de São Francisco e foi engrossando ao longo do percurso por várias artérias da cidade. Uma adesão que coloca este protesto entre as maiores manifestações realizadas na região depois do 25 de Abril e que deu provas de uma sociedade atenta e participativa como muitos acreditavam já não haver na região.

Palavras de ordem As palavras de ordem não se fizeram esperar, desde o início da manifestação que a mais portuguesa das frases de luta se ouviu. “O povo unido jamais será vencido”, andou lado-alado com “o povo calado será sempre enganado” e “queremos mudança”. Por entre as músicas tocadas por artistas da região como Mário Spencer, ouviuse o hino nacional repetidas vezes, enquanto nos cartazes se podiam ler frases lapidares de protesto como: “Devolvamnos o futuro”, “Portugal não é do PS nem do PSD”, “Não ao desemprego” ou “Quem nos acode?”. Manifestação convocada no facebook Para o número im-

pressionante de manifestantes contribuiu o apelo feito na rede social facebook por parte dos organizadores regionais do protesto, que afirmaram ao POSTAL ter estado desde o início “em concertação com os organizadores do protesto a nível nacional”, e os contac-

tos permanentes feitos pelos manifestantes através dos telemóveis a apelar a presença de todos. A manifestação foi organizada com base no facebook e o número de aderentes na internet rapidamente colocou o protesto na agenda políti-

Faro viu sair à rua uma das maiores manifestações do pós-25 de Abril juntando várias gerações ca da última semana, mesmo para os partidos políticos que se mantiveram à distância do protesto, que desde o início se posicionou como apartidário e laico. Em Faro, os partidos políticos também não deram nas vistas e embora se vissem algumas caras da cena política

regional, a participação foi discreta, uma vez que, na região, os organizadores não dirigiram convites de presença a quaisquer organizações políticas, sindicais ou outras, ao contrário do que aconteceu por exemplo em Lisboa, apurou o POSTAL.

Manifestantes de todas as idades Se o que se esperava à

partida era um protesto das camadas mais jovens da população, a resposta da sociedade foi outra e repetiu em Faro o retrato dos protestos no país. Pais e avós estiveram presentes no Largo de São Francisco, como estiveram os jovens universitários e do ensino secundário, os trabalhadores e os desempregados, numa paleta humana que incluía pessoas de todas as idades. Os pais protestavam pelo estado de coisas no país e pelo futuro dos filhos, os avós pelas suas dificuldades e pelo que vêem sofrer filhos e netos, os desempregados e os trabalhadores precários

pela situação que atravessam e os estudantes pelas dificuldades e falta de oportunidades, mas todos com uma ideia comum marcante, a falta de um futuro em que acreditar. Ao som de músicas de hoje, como “E o povo pá?”, dos Homens da Luta, e de ontem, com a voz de Zeca Afonso, a mobilização cresceu até às 16 horas, com a manifestação a partir rumo à Rua da Polícia de Segurança Pública. Pouco depois com o protesto a entrar na Avenida 5 de Outubro era já notório o engrossar do número de pessoas e na descida da Rotunda do Liceu para a Pontinha já ninguém punha em causa a força dos números. Faro contava com mais de seis mil pessoas na rua, colocando a manifestação do Algarve no terceiro posto da mobilização a nível nacional, depois de Lisboa com mais de 200 mil pessoas e do Porto onde os órgãos de comunicação social avançam com 80 mil manifestantes.

“E o Povo Pá?” foi a música mais ouvida em Faro Os famosos Homens da Luta não podiam faltar no Algarve, apesar de fisicamente se terem juntado ao protesto em Lisboa. Em Faro o CD deu corpo à luta de Gel e Falâncio. A manifestação teve como música de fundo “E o Povo Pá?”, conheça a letra do novo som de intervenção. Dá-lhe Falâncio, pá!! Pois é camaradas, pá! Chegou a luta, pá, para provar que a cantiga ainda é uma arma, pá, e que deve e pode reflectir os anseios do proletariado nacional, nestas alturas

de grande crise, pá A luta vai meter a boca no megafone, para explicar aqui nesta cantiga, pá, quais é que são os problemas que realmente afectam a nação, pá Então cá vai!

dormem no chão, pá

É o desemprego, pá, a corrupção, pá, endividamento, pá, a depressão, pá, o aquecimento, pá, a recessão, pá E como se isto não bastasse a reacção, pá E os oprimidos, pá, os endividados, pá, os suprimidos, pá, os separados, pá, os desvalidos, pá, desalinhados, pá e os sem-abrigo coitadinhos

São indigentes, pá, são insolventes, pá, são repetentes, pá, delinquentes, pá É só aumentos, pá, despedimentos, pá, aluimentos, pá, desenvestimentos, pá E os camponeses, pá, e os professores, pá, e os reformados, pá, e os pescadores, pá, e os subsídios, pá, e os ordenados, pá, e as dívidas e os crédi-

(Refrão) E o povo, pá? E o povo, pá? Quero dinheiro para comprar um carro novo, pá

 Gel (Nuno Duarte) tos malparados, pá (Refrão) Ah, pois quero pá! O povo também quer Ferraris, pá, o povo também quer Maseratis e Bentleys e Lam-

borghinis, pá Porque são só os jogadores da bola a ter, pá O povo também quer o novo CLK 200 da Mercedes, pá, o povo também quer um BMW Z3, pá, aquele muito bonito, com os estofos creme em pele, pá e com a manete das mudanças em marfim, pá O povo também quer o novo Audi A8 com o motor Z12, pá que gasta 35 litros aos 100, mas dá a volta a 270 na autoestrada, pá O povo também trabalha,

pá!!

(Refrão duas vezes)

 Bandeiras de Portugal juntaram-se a

Os números do desemprego no ALgarve

» 29.871     Era o número   de desempregados   nos centros de emprego do Algarve em Janeiro

» 24,6%     Estão desempregados há mais de um ano”

» 26,1%     Têm entre 25 e 34 anos

» 86,1%     Estão em plena   idade activa   (menos de 55 anos)


17 de Março de 2011  |  

DEStaque Manifestação Geração à rasca Textos e fotos: Ricardo Claro

Rostos do protesto afirmam atitude construtiva O POSTAL falou com dois dos organizadores do protesto em Faro, que qualificam o protesto do passado sábado como “um ponto de partida para um futuro melhor e mais participativo por parte da sociedade civil”. Paulo Ribeiro, de 46 anos, e Carlos Nugas, de 33, afirmaram que a manifestação de Faro teve a mesma origem dos restantes protestos que decorriam à mesma hora em várias cidades do país, a rede social Facebook. “A necessidade de fazermos uma manifestação em Faro prendeu-se com a impossibilidade financeira de nos deslocarmos a Lisboa na nossa situação”, afirmam os organizadores, que se conheceram através do Facebook. “Muitos de nós só nos conhecemos pessoalmente hoje”, confessou Paulo Ribeiro, esclarecendo que não havia dinheiro para encontros ou almoços preparativos da manifestação algarvia.

cartazes de protesto no meio da multidão

Desemprego apontado como problema maior O desemprego foi um dos te-

mas mais invocados aos microfones nas intervenções de vários dos manifestantes no Largo de São Francisco em Faro. E não admira, o Algarve tem uma taxa de desemprego superior ao resto do país e, de acordo com os dados do Instituto de Emprego e Formação Profissional, em Janeiro contava com 30.914 desempregados inscritos nos centros de emprego da região. Dos 29.871 desempregados inscritos e não abrangidos por programas ocupacionais, 75,4% estão no desemprego há menos de um ano, com os desempregados há mais de um ano a chegarem quase aos 25% do total. Dados ainda agravados quando se conclui que 47,8% destes desempregados estão entre os 35 e os 54 anos de idade e que 26,1% pertencem ao escalão etário dos 25 aos 34 anos. Do total de desempregados inscritos nos centros de emprego 12,2% têm menos de 25 anos, o que faz com que 86,1%

dos desempregados esteja em plena idade activa, com menos de 55 anos. Motivos de sobra para que esta realidade negra, a par da precariedade do trabalho, que

é especialmente expressiva na região devido à sazonalidade do sector do turismo, sejam dois dos grandes problemas da população algarvia e razão de sobra para a luta.

vox pop Bruno Pessoa 20 anos “Farto da política de miséria e das dificuldades do povo” é como se sente o jovem algarvio que se juntou à manifestação em Faro. “O desemprego e a falta de dinheiro só afectam o povo, o Estado esse tem de ter sempre dinheiro para gastar”, disse ao POSTAL em tom de indignação. Para Bruno Pessoa a sua geração está “mesmo à rasca”. “Não temos dinheiro para viver, nem mesmo para comer”, confessou.

Bruno Gabriel 32 anos Bruno Gabriel foi à manifestação por considerar ser esta “uma forma de dar voz a uma insatisfação comum”, afirmou ao POSTAL. Para Bruno Gabriel as pessoas da sua idade não estão à rasca. “É uma geração com as dificuldades decorrentes da adaptação à globalização e aos novos desafios, que procura caminhos para o futuro”. Uma procura que considera “ser um processo muito importante e que é em si mesmo um caminho”.

Protesto apartidário A organização que juntou pessoas anónimas através da internet faz questão de reivindicar uma total independência e a condição apartidária do protesto que se afirma também laico e cujo manifesto, curto diga-se, está disponível na página do movimento no Facebook. A iniciativa algarvia foi acompanhada de perto pela organização nacional do protesto e, de

Sílvia Carvalho 35 anos “Sinto uma grande revolta por ver que o meu país se está a afundar”, afirmou ao POSTAL uma das muitas mulheres que se juntaram ao protesto em Faro. Silvia Carvalho diz acordar todos os dias “sem ver qualquer futuro para as pessoas da minha idade” e com a noção de que, “estamos a hipotecar o nosso futuro e o dos nossos filhos”. As pessoas da minha idade já não estão à rasca, diz a manifestante, “já só estamos a sobreviver”

 Paulo Ribeiro e Carlos Nugas acordo com os principais rostos ouvidos pelo POSTAL, trata-se de uma tomada de posição que se quer, “do povo para o povo”. “Não estamos contra nenhum partido ou política em específico”, esclarecem, afirmando: “acreditamos que existem outras formas de definir as políticas de futuro do país e maneiras de dar mais voz e atenção à vontade da população”. Paulo Ribeiro e Carlos Nugas dizem-se definitivamente parte de uma geração à rasca, com o último a dar o seu exemplo: “tenho dois filhos e considero o meu futuro, como o deles, negro. Tem de haver outro caminho e outra forma de fazer avançar o país”.

Sabemos que temos de ser governados Para os dois organizadores de uma manifes-

Raúl Gaspar 60 anos O sexagenário foi à manifestação, de bandeira de Portugal em punho, para “apoiar nas ruas esta juventude” que, considera, “está hoje a passar um mau bocado e não vislumbra qualquer futuro em Portugal”. Para Raúl Gaspar, “algumas pessoas da minha idade estão também à rasca e a passar dificuldades sérias”, mas o que importa, realçou ao POSTAL, “é lutar pelo futuro do país que são os nossos filhos e netos”.

tação que os “surpreendeu por completo” pelo número de participantes que atingiu, a iniciativa tem um carácter construtivo. “Sabemos que temos de ser governados por alguém, mas esse alguém tem necessariamente de ter em atenção o destino que dá ao país e a forma como trata as políticas que afectam directamente a população”, destacam. A primeira vitória, fazem questão de sublinhar, “está na força de vontade das pessoas em virem para a rua” e no facto da manifestação “ter colocado os temas do desemprego e da precariedade na agenda política, mesmo antes do protesto”. Para um primeiro passo o sucesso está garantido, foram mais de sei mil as pessoas na rua a gritar por “um futuro melhor, por uma outra realidade no país e por mudança”.

Manuel Dias 70 anos Homem que se diz de muitas lutas, Manuel Dias confessou-se “emocionado ao ver esta juventude na rua”. A viver no Algarve há dezenas de anos, sente que a sua geração está também “a passar por muitas dificuldades”, mas o que o levou à manifestação “foram os filhos e os netos acima de tudo”. Espantado com o número de pessoas que se juntaram em Faro, a “surpresa” deu lugar ao contentamento de ver que as pessoas ainda se mobilizam.


    |  17 de Março de 2011

faro

Castro Marim recebe fundos para saneamento pág. 10

Tudo em aberto quanto às demolições Quem paga os custos acrescidos das intervenções adicionais e a aprovação pelas estruturas autárquicas são duas questões que não garantem que o plano de pormenor da Praia de Faro vingue Ricardo Claro ricardoc.postal@gmial.com

O silêncio é a palavra de or-

dem da Sociedade Polis Litoral Ria Formosa e da Câmara de Faro no que respeita ao Plano de Pormenor (PP) para a Praia de Faro até à data da sua apresentação, que terá lugar quinta-feira, dia 17, na sede do Parque Natural da Ria Formosa, na Quinta de Marim. O que a Câmara tem em mão, apurou o POSTAL, é um estudo preliminar do PP que está a ser analisado e que foi apresentado na passada segunda-feira aos presidentes das juntas de freguesia do concelho na reunião mensal com Macário.

Junta de Freguesia já viu planta Contactado pelo POS-

TAL, Steven Peidade, presidente da Junta de Freguesia de Montenegro, que tutela a área da Praia de Faro, afirmou que “teve acesso a uma planta onde estão indicadas as construções a demolir” e afirma que “a Junta ainda não foi contactada por nenhum dos moradores ou comerciantes da ilha”, dando

nota da “disponibilidade” para tais contactos. Quanto a saber se ficará do lado dos seus eleitores, Steven Piedade afirmou ao POSTAL que “ficará do lado da justiça” e que “o que importa é que o processo seja justo”, ficando por saber se este será o lado dos seus eleitores. De acordo com informações veiculadas pela Lusa, o PP prevê que fiquem de pé apenas 85 das actuais 367 edificações existentes na área desafectada do Domínio Público Marítimo, zona que é tutelada pela Câmara de Faro. Às 282 a serem demolidas na zona desafectada juntam-se 249 dos extremos da ilha a poente e nascente, onde a estrada não chega. Do lado poente da zona desafectada ficarão de pé somente 28 edifícios, 23 do lado da ria e cinco do lado da costa, e a nascente sobram apenas 57 construções das quais apenas quatro ficam do lado do mar.

Quem paga e quem aprova De

acordo com Valentina Calixto, a profundidade da intervenção na ilha, que vai mui-

d.r.

 Moradores escreveram no placard: “Antes de inventarem a roda já os pássaros aqui faziam ninho...” to para além do inicialmente previsto no Polis, prende-se com a detecção de uma situação de muito maior risco para a península do Ancão do que inicialmente se previa. O Polis prevê agora a criação de uma super-duna que obrigará à deslocalização

da estrada e que fará crescer os custos da intervenção de valores que rondavam os seis milhões de euros para um total de aproximadamente 20 milhões, tendo em conta o acréscimo de intervenção, indemnizações a proprietários e cus-

tos de realojamento. Resta saber quem vai pagar este custo num programa cujo plafond financeiro de 87.540. 184 de euros resulta de financiamento através de Fundos Comunitários, e fundos nacionais oriundos de diversas estruturas do Estado e

das autarquias envolvidas. A questão é saber de onde virá o reforço e se, nomeadamente, a Câmara de Faro será chamada a aumentar a sua participação que soma já 3.186.770 euros e qual será a posição da autarquia e da Assembleia Municipal (AM) face a um aumento dos fundos a afectar à intervenção do Polis quando em obra nada foi gasto até ao momento no concelho. Por outro lado, o PP carece de aprovação da Câmara e da AM, sem a qual não poderá ser executado pelo Polis, pelo que no processo nada é ainda certo, com João Marques a garantir ao POSTAL que, “este não é o Polis que o PS/Faro aceitou” e que, por isso, “inviabilizará este PP e qualquer reforço do investimento da autarquia no sentido de tornar viável esta intervenção”. Tudo em aberto portanto sobre um plano que não deixará ninguém indiferente, muito menos os moradores e comerciantes da ilha, entre os quais estão muitos dos nomes mais sonantes da sociedade e da política farense.

Na nona edição, o Seminário Empresa e Futuro volta a unir os universos académico e empresarial

Iniciativa domina seminário internacional na Universidade do Algarve Ricardo Claro ricardoc.posta@gmail.com

A Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo (ESGHT) da Universidade do Algarve aguarda para quarta-feira, dia 23, a chegada de um dos momentos altos do calendário de iniciativas levadas a cabo anualmente pela instituição. O Seminário Internacional Empresa e Futuro decorre nas instalações da ESGHT no Campus da Penha e pela nona vez traz ao Algarve nomes incontornáveis da inovação, empreendedorismo e gestão das organizações de todo o mundo,

naquele que é um encontro que ao longo dos anos tem vindo a dar provas da sua eficácia na aproximação do meio académico ao mundo e realidade empresariais. Uma vez mais sob a batuta de uma organização liderada pelo professor Carlos Vieira, um dos nomes mais reconhecidos internacionalmente na ESGHT, o seminário é este ano dedicado à temática “O Futuro é a Conquista de Hoje” e centra-se sobre a importância fulcral da assumpção da iniciativa como um modus operandi na intervenção das pessoas na sociedade e na economia.

Iniciativa no centro das atenções De acordo com as

declarações de Carlos Vieira ao POSTAL, que é uma vez mais parceiro da iniciativa, “ter iniciativa é a pedra de toque para a evolução da sociedade e do mundo em geral, quer se esteja no campo da vida social, quer se esteja na área empresarial”. Esta ideia, associada aos posicionamentos estratégicos, inovadores e de emprendedorismo, são para o professor da Universidade do Algarve essenciais e tratam-se de premissas que devem integrar a forma de agir das pessoas não como conceitos mas como uma verda-

deira cultura de base. Nomes como Richard Brant, antigo vice-presidente do gigante AT&T, Jay Hollowell, vice-presidente da Maxknowledge, Margarida Iria, directora da Vodafone Portugal, Sandra Correia, directora da Pelcor, e Reinaldo Teixeira, presidente da Garvetur, vão estar lado a lado com Kanes Rajah, director da Business School Tshwane University or Tecniology (Pretória), e com Eileen Doyle, presidente da Deeper Dives, para darem a conhecer a sua experiência empresarial sobre as temáticas em análise.

d.r.

 Carlos Vieira lidera, uma vez mais, a organização do seminário Ter iniciativa é a palavra de ordem, em particular em tempo de crise, e uma vez

mais o seminário da ESGHT traz ao Algarve alguns dos melhores oradores da área.


17 de Março de 2011 |

SAÚDE

KARTÓDROMO INTERNACIONAL DO ALGARVE

Mundial de Supermoto chega a Portugal O CAMPEONATO do Mundo de

Supermoto vai ter pela primeira vez uma etapa em Portugal, reservada para o fim-de-semana de 24 e 25 de Setembro no Kartódromo Internacional do Algarve (KIA).

D.R.

JUVENTUDE EM ACÇÃO

vo, o CAD - Centro de Aconselhamento e Detecção Precoce do HIV/SIDA realiza rastreios do VIH em Portimão com o apoio do Centro Comercial Continente daquela cidade.

14ª edição do Março Jovem, com um programa repleto de propostas variadas. A principal novidade da edição 2011 teve lugar no passado sábado, no Kartódromo Internacional do Algarve (KIA), com 28 jovens de Portimão a experimentarem toda a adrenalina do KIA, participando numa corrida de Karts. Após esta primeira acção, a autarquia e o KIA assinaram um protocolo que consagra

descontos aos portadores do Cartão Jovem Municipal, para iniciativas a desenvolver no AIA, numa aposta que visa estreitar o relacionamento do autódromo com a comunidade local, nomeadamente a juventude. O Março Jovem 2011 conta com o empenho de quase meia centena de entidades, entre escolas, clubes, associações e empresas, numa organização da Câmara de Portimão que irá movimentar mais de cinco mil jovens.

Um sábado por mês durante todo o ano de 2011 estará disponível um posto móvel, com uma equipa especializada que garante resultados em 15 minutos, com destaque para o anonimato e confidencialidade dos dados.

PORTIMÃO

Museu de Portimão candidato ao Prémio Micheletti

Março Jovem de volta com muita adrenalina

Rastreios gratuitos do VIH/Sida PELO QUINTO ANO consecuti-

A informação foi veiculada pelo KIA, que revela o facto da Parkalgar ter apostado na sua organização pelo facto de considerar de “primordial importância” ter um evento desta natureza na região. RBA

Câmara de Tavira mantém aposta no festival de gastronomia Serrana pág. 11

PORTIMÃO vive, até dia 28, a

9

 O Museu de Portimão é o único representante português nos finalistas do “Prémio Micheletti 2011 - Museu Industrial Europeu do Ano”, cujo vencedor será conhecido em Abril. Distinguido em 2010 com o prémio “Melhor Museu Conselho da Europa”, o museu disputa agora o prémio da EMA – European Museum Academy e da Fundação Luigi Micheletti, que distingue os museus europeus vocacionados para a ciência e a indústria.

Escola Gil Eanes viaja até à Futurália Estabelecimento será o único representante da região na área do ensino profissional D.R.

PUB

“Maiorca” no palco com o piano de Pedro Burmester D.R.

 Escola Gil Eanes apresenta toda a sua oferta educativa e alguns trabalhos elaborados pelos alunos

A ESCOLA PROFISSIONAL GIL EANES (EPGE), de Portimão,  Pedro Burmester vai estar em Portimão no próximo sábado para interpretar os 24 Prelúdios de Frédéric Chopin, a peça compõe a paisagem sonora de “Maiorca”, uma das últimas criações do coreógrafo Paulo Ribeiro, num espectáculo agendado para as 21.30 horas. A presença do consagrado pianista, premiado internacionalmente e ex-director artístico da Casa da Música, será um dos pontos altos de um programa que celebra e homenageia os 15 anos da Companhia Paulo Ribeiro, a decorrer entre 16 e 20 de Março, e que apresenta pela primeira vez em Portimão o trabalho do coreógrafo.

vai estar presente na Futurália, a decorrer na FIL desde a passada quarta-feira e até ao próximo sábado, dia 19. Esta será a única escola profissional do Algarve presente e junta-se a mais dois estabelecimentos de ensino da região, todos convidados pela Direcção Regional da Educação do Algarve eAgência Nacional para a Qualificação, para aquele que é o maior certame na área da educação, formação e empregabilidade, a decorrer em Lisboa. A Futurália – “Cidade das Qualificações” realiza-se anualmente na FIL/Parque das Nações em Lisboa e destinase essencialmente a jovens que se encontrem a concluir o terceiro ciclo do ensino básico ou que, estando no

início do ensino secundário, pretendem redefinir o seu projecto de qualificação escolar/profissional.

FORMAÇÃO NA ÁREA DE COMUNICAÇÃO EM DESTAQUE A

Escola Profissional Gil Eanes de Portimão apresenta toda a sua oferta educativa e alguns trabalhos elaborados pelos alunos, das turmas do curso de Técnico de Comunicação - Marketing, Relações Públicas e Publicidade. Alguns destes mesmos alunos vão estar presentes, na companhia dos professores, de forma a esclarecerem e apresentarem toda a informação aos visitantes. Segundo a Direcção Pedagógica da EPGE, este convite é o culminar do excelente trabalho realizado ao longo dos últimos anos. Recorde-se que, no passado

mês de Dezembro, a Escola foi galardoada, pela Câmara de Portimão, com a Medalha Municipal de Serviços Distintos – Grau Prata. A Escola Profissional Gil Eanes de Portimão foi fundada através de um contrato celebrado no dia 3 de Agosto de 1992, entre o CLCC - Centro de Línguas, Cultura e Comunicação e o DES - Departamento do Ensino Secundário, do Ministério da Educação, para a criação de uma Escola Profissional vocacionada para as áreas do Turismo e Hotelaria. Entretanto, ao longo dos anos, com a mudança das necessidades do mercado, a oferta educativa foi sofrendo algumas alterações. Actualmente, a Escola conta com cursos nas áreas da Hotelaria, Marketing, Banca e Seguros, assim como do Comércio.


10    |  17 de Março de 2011

Vamos Apanhar o Teatro

Espectáculos invadem escolas de Castro Marim Tendo em vista fomentar o

gosto pelo teatro nos mais novos, em especial nos alunos do primeiro ciclo, despertando o seu interesse e sensibilidade para esta expressão artística, o VATE – Serviço Educativo da

ACTA, promove, a 28 e 29 de Abril, espectáculos teatrais nas escolas do concelho. Segundo a ACTA, a temática do VATE para a temporada 2010/11 é inspirada na última peça escrita pelo dramaturgo inglês William

d.r.

Shakespeare, “A Tempestade”. O primeiro espectáculo conta a história do Duque Próspero que, após ter sido expulso do seu reino e lançado no mar num batel sem vela nem mastro, com a sua filha Miranda, chega a uma ilha

onde vai reinar. A peça é seguida do atelier “Dos Cotovelos para baixo”, que parte das características das personagens para a exploração das diferenças sobre as nossas qualidades e defeitos e personalidades diversas.

vila real castro marim alcoutim

Auditório comemora dois anos ao som do fado pág. 12

Castro Marim recebe fundos para saneamento

d.r.

José Estevens promete cobertura total do concelho em 2012 d.r.

A rede de saneamento bási-

co de Castro Marim vai cobrir todo o concelho no final de 2012, depois de a autarquia ter garantido 23 milhões de euros de fundos comunitários para esse efeito, revelou o presidente da Câmara. Segundo José Estevens, a verba atribuída ao abrigo do Programa Operacional Temático de Valorização do Território (POVT) do Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN) 2007-2013 vai permitir à autarquia “executar o que falta de saneamento em Castro Marim”. “É uma candidatura de 23 milhões de euros que nos permitirá levar o saneamento básico a todos os pontos do concelho de Castro Marim. Temos a maioria dos projetos feitos, agora temos que dosear a execução das obras”, explicou o autarca, precisando que serão realizadas durante os próximos dois anos e “até ao final de 2012 estarão concluídas”.

Saneamento já cobre perto de 80% Estevens sublinhou

que actualmente Castro Marim já “tem um nível de atendimento acima da média nacional, na ordem dos 80%”, e o seu objectivo é fazer com que todo o concelho esteja coberto com saneamento antes do final do seu último mandato na câmara algarvia, devido à lei de limitação de mandatos. O autarca afirmou que

Vila Real fora da Bolsa de Turismo de Lisboa

Alcoutim leva água ao Torneiro

 A obra de construção da conduta, com cerca de 1.600 metros, que vai ligar a povoação do Torneiro, da freguesia de Alcoutim, ao Sistema Multimunicipal de Abastecimento das Águas do Algarve, já está a decorrer. A nova ligação vai permitir que a população do Torneiro aceda a água com mais qualidade e que se ponham de parte os furos artesianos que, até agora, garantiam o abastecimento de água à população. O índice de cobertura de água domiciliária no concelho é superior a 95%, sendo que 60% é já garantido através do abastecimento em alta da Águas do Algarve.

Alcoutim apoia serviço de fisioterapia

 José Estevens vai dotar o concelho de melhores infra-estruturas “são obras caras porque respondem às necessidades de uma população dispersa por um vasto território e reduzida em muitas montes e aglomerados do concelho de Castro Marim”. Muitas destas pessoas, acrescentou, “não têm nem água com garantia de qualidade nem equipamentos para tratar águas residuais”.

“E isso vai acontecer com este dinheiro do fundo de coesão, e com mais algum que a autarquia vai ter que disponibilizar. E vamos conseguir realizar esta obra extraordinária que vai quebrar assimetrias, criar condições onde elas são mais escassas e fazer com que o concelho seja mais harmonioso, equilibrado e justo”, MHC considerou.

 O município de Alcoutim aprovou um apoio de 1800 euros anuais destinados a assegurar e apoiar o serviço de fisioterapia do centro de saúde local. O montante deverá cobrir a despesa da instituição relacionada com o combustível da viatura usada para transportar os utentes até ao Centro de Saúde de Alcoutim. Sem esse apoio, os utentes ficariam impossibilitados de se deslocar até às sessões de fisioterapia porque se tratam de idosos deficientes motores ou acamados, muitas vezes com parcos recursos económicos

PS acusa Câmara de opções erradas na promoção turística d.r.

O PS de Vila Real de Santo

António, liderado por Jovita Ladeira, condenou a opção da autarquia, liderada pelo socialdemocrata Luís Gomes, de não fazer representar o concelho na Bolsa de Turismo de Lisboa, que decorreu entre os passados dias 23 e 27 de Fevereiro. Para os socialistas, “esta feira é considerada o maior pólo agregador e promocional do mercado turístico nacional e internacional, sendo visitada anualmente por milhares de pessoas e profissionais do ramo turístico”, pelo que, a não participação do município na mesma pode contribuir para uma perda de terreno em relação a outros da região que aí se fizeram representar. O PS considera que “a BTL é uma montra privilegiada para dar a conhecer o destino e as novidades que a cada ano Vila Real procura apresentar,

 Jovita Ladeira acrescentando que “era crucial a presença do concelho na referida feira, associado ao facto de o seu custo de participação ser insignificante quando comparado com outros gastos de duvidosa eficácia como seja os custos associados à ‘embaixadora’ de VRSA, a D. Maya”. Para os socialistas, “a promoção turística resume-se neste momento ao show off mediático e promocional do presidente, enquanto a aposta da marca do concelho parece assim posta de parte”.

Workshop reuniu cidades da rede CIUMED

Reabilitação urbana debatida em Vila Real A importância da reabili-

tação urbana para os municípios responderem à crise esteve recentemente em foco num workshop que reuniu em Vila Real de Santo António as câmaras que integram a rede de cidades de média dimensão CIUMED. Após participar na sessão de abertura, Luís Gomes, presidente da Câmara de Vila Real de Santo António, que preside à CIUMED, explicou à Lusa que a iniciativa integra “um conjunto de workshops

temáticos organizados pela rede” e o “tema da reabilitação urbana ganha neste momento uma importância acrescida como forma de responder à crise”. “Vila Real de Santo António já tem um amplo trabalho realizado na área da reabilitação urbana, que é uma forma de valorização do património imobiliário, e esperamos que esta experiência possa servir de exemplo para outros municípios”, acrescentou. Lusa


17 de Março de 2011  |   11

Baja Carmim

Reis do todo-o-terreno correm em Tavira Tavira recebe, de sexta-fei-

ra, dia 18, a domingo, a Baja Carmim - Campeonato de Portugal Todo-o-Terreno, cuja apresentação teve lugar na passada segunda-feira no Mercado da Ribeira.

Aguarda-se a presença de mais de uma centena de participantes, entre os quais os pilotos Carlos Sousa, Miguel Barbosa, Nicolas Misslin, o francês proprietário da JMB Stradale e o romeno Casuneanu Costel. Os três

d.r.

primeiros correm no Mitsubishi Racing Lancer e o romeno no MPR 13. Os BMW X3 de Campos e Moniz da Maia, assim como as Nissan de Grancha, Graça e Gameiro marcarão, igualmente, presença neste campeonato.

Nas motos, destaque para Mário Patrão numa Suzuki, António Maio em Yamaha, Ruben Faria numa KTM e Paulo Gonçalves numa Husqvarna. Nos quads alinham “Bertinho”, João Lopes e Roberto Borrego.

tavira

Empresários querem travar localização escolhida para o IKEA pág. 13

Câmara mantém aposta no festival de gastronomia Serrana

Estradas do concelho sofrem com a chuva

Evento foi apresentado no Mercado da Ribeira e decorre até 10 de Abril geraldo de jesus

 O chef Leonel Pereira mostrou alguns condimentos da cozinha serrana e a forma de os utilizar Geraldo de Jesus geraldoj.postal@gmail.com

O Mercado da Ribeira, em

Tavira, recebeu a apresentação da 8ª Edição do Festival de Gastronomia Serrana, que irá decorrer de 19 de Março a 10 de Abril em Tavira. Nesta edição participam os seguintes restaurantes: “Almargem”, da freguesia de Santa Maria; e “O Constantino”, “Herdade da Corte”, “Quinta do Marco”, “O Monte Velho” e “Mesa do Cume”, todos da freguesia de Santa Catarina da Fonte do Bispo. A apresentação gastronómica foi feita pelo chef Leonel Pereira, que explicou alguns condimentos típicos da maneira de cozinhar serrana e a

forma de os utilizar. José Manuel Alves, grãomestre da Confraria dos Gastrónomos do Algarve, disse ao POSTAL que este festival é uma aposta do município de Tavira que deu provas de estar já ganha. “Um município que trata da gastronomia, principalmente a mais tradicional, que é esta da serra, é uma aposta ganha”. O presidente do município, Jorge Botelho, afirmou ao POSTAL a aposta no evento, porque “ as boas iniciativas não se alteram, antes pelo contrário, aperfeiçoam-se”. De acordo com o autarca, “no ano passado tivemos muito mais pessoas a conhecer a gastronomia da serra, pelo que é de manter o projecto”.

“O que nós queremos é que as pessoas venham e que comam comida a sério. Dieta mediterrânea, onde nós temos um vasto património, para preservar e continuar”, afirmou.

Gastronomia do Mar e Algarve Chefs Fórum Depois

deste festival, Tavira receberá ainda o Festival de Gastronomia do Mar – “uma tradição que também vamos manter”, diz Jorge Botelho – e o “Algarve Chefs Fórum”, em que chefs de renome vêm a Tavira fazer uma mostra gastronómica. Tudo numa óptica de afirmação de Tavira como destino turístico na área da gastronomia que o município quer manter e preservar.

 As recentes chuvas fortes de terça-feira da passada semana e da passada segunda-feira têm provocado fortes constrangimentos em algumas estradas do concelho de Tavira. Na passada terça-feira a ponte da Asseca esteve intredita à circulação, uma situação já habitual quando se junta a queda de forte precipitação com a maré cheia. Pior situação é aquela que é vivida pelas populações afectadas pelo troço de estrada que liga Porto Carvalhoso a Alcaria Fria, em que parte do pavimento sofreu terçafeira da passada semana um substancial aluimento. O trânsito está cortado e de acordo com informações obtidas pelo POSTAL junto da autarquia não há data para o avanço das obras de recuperação da via. A Câmara está a trabalhar com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDRAlgarve) no sentido de definir a forma de actuação na recuperação daquele troço de via e ao POSTAL a autarquia avançou que se trata “de uma situação complicada com implicações ao nível geológico, que precisa de ser estudada antes do início de quaisquer trabalhos”. Também na freguesia de Cabanas de Tavira, na via de escoamento do trânsito a nascente da localidade, e na freguesia da Conceição de Tavira, na via de acesso à passagem de nível, as condições do piso mostram já o peso das intempéries, aguardando a intervenção camarária para repor as condições de circulação. RC

Espanha conquista Campeonato Ibérico de 420

Tavira Sailing já marca agenda do concelho geraldo de jesus

 Jorge Botelho promete criar melhores condições para a náutica Geraldo de Jesus geraldoj.postal@gmail.com

Apesar de nesta época do

ano, as condições climatéricas nem sempre serem as melhores, como aconteceu na passada sexta-feira, em que a chuva e a falta de vento não permitiram qualquer regata, a organização do Campeonato Ibérico, na classe 420, “Tavira Sailing”, a cargo do Clube Náutico de Tavira, conseguiu realizar as provas necessárias à obtenção das classificações finais. Assim, no cômputo das regatas, realizadas entre 8 e 12 de Março, foram vencedoras no sector feminino, Barbara Ravetllat e Sara Revetllat, com Adriana R. Pulg e Nil L. Ravetllat (sub-18) a obterem a segunda posição, relegando para terceiro lugar a dupla portuguesa Joana Azevedo e Catarina Evangelista. No sector masculino venceu a dupla Jordi Hernandez, Alex Lopes (sub-18), seguida de Jorge Martinez e Tomas Ugalde e da dupla portuguesa Luís Niza e Paulo Baptista, do Clube Náutico de Tavira.

Atletas não podem viver da vela em Portugal A tripula-

ção Luís Niza/Paulo Baptista, foi a equipa portuguesa melhor classificada. Estes dois jovens estiveram num Projecto Olímpico em 470, embarcação que desapareceu. “Em Portugal não dá para viver da vela. Temos de trabalhar e estudar porque será o nosso futuro. Vamos fazendo umas regatas, no país e pouco mais”, afirmaram ao POSTAL os atletas. Jorge Botelho, presidente da autarquia, felicitou o presidente do Clube “porque foi ambicioso e sem ambição não se vai a lado nenhum”. De acordo com o autarca, a Câmara está também envolvida no processo de criar uma Tavira cada vez mais virada para o mar, deixando a promessa: “vocês vão ver daqui a uns tempos”. “Tavira, dentro dos próximos tempos será muito mais conhecida na área da náutica, porque nós vamos criar muito melhores condições para fazer competições e para Tavira voltar a ser uma terra, como já foi há muitos anos, uma terra de náutica”, prometeu o presidente da Câmara.


12    |  17 de Março de 2011

olhão

Prostitutas de volta à Patã pág. 14

Auditório comemora dois anos ao som do fado

Atletismo

Ana Cabecinha marcha na Suíca

Ricardo Ribeiro é a voz convidada para a celebração d.r.

 A atleta do Clube de Pechão

A marchadora Ana Cabe-

cinha, do Clube Oriental de Pechão, participa no próximo domingo no Grande Prémio Cidade de Lugano – Memorial Mário Albisetti, prova integrada no Circuito da Associação Europeia de Atletismo (EAA), do Challenge Mundial de Marcha (IAAF). Após a conquista da medalha de prata e dos mínimos para o Mundial (obtidos nos Campeonatos de Portugal), a atleta volta agora a competir numa prova internacional de grande nível mundial, onde defrontará um lote muito bom de opositoras, cerca de 50 de 17 países, entre as quais atletas das grandes potências da marcha mundial, como a Rússia, a China, a Ucrânia ou a Austrália. A participação da Ana Cabecinha em Lugano visa a melhoria de forma para as próximas competições internacionais, nomeadamente a Taça da Europa de Marcha, a ter lugar em Maio (dia 21) na cidade de Olhão, e para o principal objectivo da presente época a participação no Campeonato do Mundo no final de Agosto em Deagu, na Coreia.

d.r.

O Auditório Municipal de

Olhão está de parabéns este mês, cumprindo o seu segundo aniversário. Para festejar o momento, o espaço assiste, no próximo sábado, à inauguração de uma exposição e a um espectáculo musical com Ricardo Ribeiro. A verdadeira música nacional, o fado, foi a escolhida para celebrar a data. A festa do segundo aniversário do auditório olhanense começa logo às 18 horas, no foyer daquele espaço, com a inauguração da exposição “Acreditar – Cinco Personagens Autónomas Encontram-se”, da autoria de Deodato Santos e com estudo cromático de Inge Wolff. A mostra, propositadamente “construída” para celebrar o aniversário do Auditório, está patente até 30 de Abril e vai ser inaugurada pelo presidente da autarquia olhanense, Francisco Leal. O edil vai estar acompanhado pelo restante executivo e por outras forças vivas do concelho neste importante momento de cultura para Olhão.

Fado preenche a noite Às

21.30 horas, a vertente pública da celebração do aniversário do auditório conta com o

 Ricardo Ribeiro é um dos nomes mais aplaudidos do fado espectáculo do fadista Ricardo Ribeiro. Um filho de Lisboa que tem dado que falar e que agora traz a sua voz e presença marcantes ao palco olhanense. Ricardo Ribeiro nasceu em Lisboa e começou a cantar, então só para os amigos, aos nove anos, no Bairro da Ajuda, onde foi criado. Es-

treou-se em público aos 12 anos e, desde então, tem cantado em ilustres casas de fado e importantes salas por todo o país, tendo também representado Portugal em várias ocasiões no estrangeiro. O seu primeiro álbum, “Ricardo Ribeiro”, saiu em 2004 pela editora Compa-

nhia Nacional de Música, fazendo parte da colecção “Fado: Antologia”. Este álbum está marcado pelo fado tradicional mas com quatro excepções trazidas por Jorge Fernando, Paco González e Manuel Mendes, contando ainda com letras escritas para si por José Luís Gordo e Rui Manuel.

Em 2010 editou o seu novo álbum, “Porta do Coração”, porta que agora se abre para um espectáculo inesquecível no Auditório Municipal de Olhão. O fadista vai estar acompanhado por Pedro de Castro na guitarra portuguesa, Jaime Santos na viola fado e Joel Pina no baixo.

Caíque Bom Sucesso

Cão de água português mostra Ria Formosa Um passeio turístico pelas

belas paisagens da Ria Formosa, a bordo do Caíque “Bom Sucesso”, é a proposta da ACAP – Associação do Cão de Água Português. A viagem inaugural teve lugar na tarde de ontem, quarta-feira, com partida do cais de acesso ao caíque. Dar a conhecer a Ria Formosa de uma forma original e tradicional é a proposta destes passeios, que juntam a réplica de uma embarcação tradi-

cional, no caso o caíque “Bom Sucesso”, a bordo do qual marinheiros olhanenses foram ao Brasil dar ao então Rei D. João VI a notícia de que os franceses tinham sido expulsos de Portugal, a um outro símbolo local, o cão de água português. Estes animais eram normalmente utilizados nestas embarcações como ajudantes do pescador, devido às suas grandes aptidões aquáticas, sendo mesmo considerados como mais

um membro da tripulação. A raça, já reconhecida a nível mundial pelas suas qualidades, ganhou especial destaque quando Bo, um cão de água português, foi adoptado como animal de estimação da Casa Branca, residência oficial do presidente norte-americano. As filhas de Barack Obama são as guardiãs do exemplar canino de origem nacional que desde Abril de 2009 percorre os jardins da casa mais famosa do planeta.

d.r.


17 de Março de 2011  |   13

Jornalista

Marcelino Viegas homenageado em São Brás A homenagem que juntou sá-

bado passado dezenas de jornalistas e muitas outras pessoas em São Brás foi um momento que marca a importância da união entre aqueles que fazem da comunicação o seu trabalho

em prol de um dos seus mais notórios profissionais. Os profissionais do sector homenagearam o jornalista que tanto deu à profissão que fez e faz da sua vida uma existência cheia. Fizeram-no em vida, por-

nelson pires

que como diz Humberto Ricardo, jornalista e coronista do POSTAL, “o Marcelino está cá para muitas luas”. Privado de um dos sentidos fundamentais para todos, mas muito em particular para os jor-

nalistas – a visão – a homenagem dos colegas fez Marcelino Viegas confessar a Humberto Ricardo: “estou feliz, valeu a pena”. Valeu mesmo a pena e a homenagem merecida e sentida foi disso prova no passado fim-de-semana.

são brás loulé

Auditório de Lagoa abre portas ao riso pág. 15

Empresários querem travar localização escolhida para o IKEA

Tertúlia “Aqui entre Nós” traz o medo à conversa...

Providência cautelar já deu entrada no Tribunal Administrativo e Fiscal de Loulé d.r.

 Na próxima sexta-feira, dia 18, o Zem Arte, em São Brás de Alportel, preparase para acolher mais uma tertúlia “Aqui entre nós”. Na segunda edição, o ciclo de tertúlias desafia o medo para entrar na conversa… num ambiente informal e intimista, discutem-se sem medos: os medos, os fantasmas, os gigantes, os pavores e todos os “Adamastores”...

São Brás comemora Ano Internacional da Floresta d.r.

SALIR TT coroado de sucesso

Noventa veículos percorreram a serra algarvia pela 22ª vez d.r.

 Participantes usufruíram de bons momentos na serra e barrocal

De acordo com Honório Tei-

 Empresários apontam a localização Loulé/Centro como a mais viável

Quatro associações em-

presariais algarvias querem travar a elaboração do Plano de Urbanização Caliços/Esteval, zona onde deverá nascer uma loja Ikea, através de uma providência cautelar contra a Câmara de Loulé, disse à Lusa fonte ligada ao processo. A autarquia deliberou em Agosto avançar com a elaboração do plano, assinando em Dezembro um contrato com a cadeia sueca para a realização de um projecto comercial naquela zona que inclui uma loja Ikea, um centro comercial e um “retail park”. A localização escolhida, junto ao nó Loulé/Faro da Via Infante e ao Parque das Cidades, é criticada pelos signatários da providência cautelar já enviada ao Tribunal Administrativo e Fiscal de Loulé, que de-

fendem o eixo Loulé/Centro como alternativa.

Os autores da providência O documento da providência cautelar, a que a Lusa teve acesso, é subscrito por quatro entidades colectivas - entre as quais a Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), a maior do sector na região -, e dois particulares. A Associação de Comércio e Serviços da Região do Algarve (ACRAL), a Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) do Algarve e a Associação dos Empresários de Quarteira e Vilamoura compõem o conjunto. Aquelas entidades querem decretar a suspensão da eficácia da deliberação daquele plano, em fase de elaboração,

por “violar a lei” no que se refere aos “princípios de sustentabilidade na ocupação do território” e da “prossecução de interesse público”. O facto de o terreno ser agrícola – o que obrigará à reconversão de outros, urbanos -, e o expectável aumento de tráfego automóvel numa zona para onde se prevê a construção do Hospital Central do Algarve são outros dos argumentos apresentados. Os signatários apontam a opção Loulé/Centro como a mais viável já que além de beneficiar de uma zona comercial ali localizada e que está “subaproveitada”, implica uma desafectação menor de terrenos agrícolas evitando a intermitência de construção. MAD/MHC

 A exposição “Esta Floresta que somos”, patente no Centro Museológico do Alportel até 31 de Março, deu início às comemorações do Dia Mundial da Árvore, no âmbito do Ano Internacional da Floresta, 2011. A iniciativa conta com a instalação da artista Sónia Martins, que representa os quatro elementos: terra, fogo, água e ar, com recurso a fragmentos da natureza. Sábado, o Mercado Municipal e o Centro de Interpretação e Educação Ambiental - Quinta do Peral acolhem acções de sensibilização para a importância da floresta, mediante a oferta de árvores.

xeira, o vigésimo segundo Salir TT “foi um sucesso” e, uma vez mais, a prova emblemática do país chegou ao fim coroada de sucesso. Noventa viaturas 4x4, motos e quads e 152 pessoas passaram assim pela Serra do Caldeirão naquilo que é muito mais do que um passeio para os amantes do todo-o-terreno e se assume como uma forma única de dar a conhecer e a viver a experiência de usufruir da serra e barrocal algarvios. A organização da Associação Cultural de Salir (secção de mototurismo) afirmou ao POSTAL que “o sucesso está espelhado nos inúmeros e-mails recebidos dando conta da boa experiência vivida por muitos participantes”. Incluída no calendário de todo-o-terreno turístico nacional há mais de duas décadas, a prova pretendeu, este ano como nos anteriores, “proporcionar bons momentos de lazer aos participantes, contacto com a natureza e com a etnografia do interior da re-

gião, um objectivo que a organização considera plenamente atingido. Para o ano, o Salir TT tem já planeadas novidades e uma data. No primeiro fim-de-semana de Março de 2012 a proposta será conhecer a serra das zonas de Silves e Messines, deslocando o Salir TT dos seus terrenos mais habituais, novos desafios que prometem voltar a atrair muitos convivas. Com o número de participantes a superar os do ano passado, a organização voltou em 2011 a promover a plantação de árvores, em particular os sobreiros, sendo que este ano se atingiu a meta de 2.600 árvores, contadas as plantas colocadas desde 1995. Uma vez mais, a organização reconhece o apoio da Câmara de Loulé, Junta de Freguesia de Salir, Direcção Regional de Agricultura, Associação de Produtores Florestais da Serra do Caldeirão e da Junta de Freguesia do Ameixial, para além do patrocínio de várias empresas privadas, todos considerados “indispensáveis à realização do RC evento”.


14

| 17 de Março de 2011

ALBUFEIRA

Adelino Soares acusado de gestão irresponsável pág. 16

PUB

Prostitutas de volta à Patã Denúncia partiu de Mendes Bota D.R.

 Mendes Bota apela à intervenção rápida das autoridades

O DEPUTADO social-democra-

ta Mendes Bota denunciou o regresso à actividade de uma rede de tráfico sexual e prostituição forçada na Patã. Mendes Bota diz que “poucos dias depois de terem sido presos”, a maioria dos indivíduos detidos pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) numa operação realizada no início de Fevereiro “foi libertada por um juiz que decidiu que devia aguardar julgamento, sabe-se lá quando, em liberdade”. Apelando a que as autoridades “intervenham rapida-

mente”, sublinhou que “neste momento, na Patã, de novo as mulheres estão na estrada, a serem prostituídas e exploradas sexualmente”. “Não sei se são os indivíduos ou as mesmas mulheres ou se é o esquema mafioso que rapidamente se reconstituiu, mas isto não é admissível”, defende o deputado. Durante a operação foram identificadas em situação de exploração cerca de 30 mulheres, presumíveis vítimas do crime de tráfico de pessoas. SBR/MAD

Sérgio Sousa conquista Volta a Albufeira

Ana Dias foi terceira no Cross das Amendoeiras

 O ciclista Sérgio Sousa conquistou no passado domingo a quinta edição da Volta a Albufeira. De amarelo desde a cronoescalada, Sérgio Sousa segurou a diferença ao empatar nas bonificações intermédias com Samuel Caldeira (Tavira-Prio), segundo classificado na geral, que não foi além do sétimo posto na chegada a Albufeira. Cumprindo o percurso em 2:31.19 horas, Hélder Oliveira impôs-se ao “sprint” sobre o companheiro de equipa Delio Fernández e Bruno Sancho, segundo e terceiro na tirada, respectiJPS vamente.

 O queniano Kiprono Menjo venceu pela terceira vez o Cross das Amendoeiras, nas Açoteias. Manuel Damião foi segundo classificado, seguido de Lícinio Pimentel que fechou o pódio. Em femininos, Ana Dias foi a melhor portuguesa, conquistando o terceiro lugar, atrás da húngara Aniko Kalovics e da irlandesa Fionnuala Britton, primeira e segunda, respectivamente. Anália Rosa, do Maratona, foi a segunda melhor portuguesa entre as dez primeiras, ao terminar em quarto lugar, com 20.20 minutos RPM/EYP


17 de Março de 2011 |

15

LAGOA SILVES MONCHIQUE

Governo pondera voltar a taxar golfe com 6% de IVA pág. 17

Auditório de Lagoa abre portas ao riso

SILVES

Prática desportiva acima da média nacional D.R.

Humor é o mote para várias peças que vão subir ao palco maior da cidade D.R.

O HUMOR VOLTA a marcar pre-

sença em Lagoa com cinco espectáculos agendados para o Auditório Municipal nos dias 19, 20, 26, 27 e 31. No dia 19, às 21.30 horas, e dia 20, às 16 horas, sobe ao palco “Vamos Contar Mentiras”, pelo Teatro de Comédia, com Octávio de Matos, Isabel Damatta, Luís Aleluia, Paulo Oliveira, Ana Roque e Diogo Cruz. Tendo como cabeças-de-cartaz os populares actores Octávio Matos e Luís Aleluia, esta peça é acima de tudo um merecido tributo a dois dos mais conceituados nomes do Teatro de Comédia Nacional: Raúl Solnado e Armando Cortez. A adaptação retrata a confusão vivida em casa de um casal, na noite em que os mesmos comemoram 15 anos de casados.

ACTA APRESENTA “O PRIMEIRO” Dia 26, às 21.30 horas, e dia 27, às 16 horas, chega o teatro comédia “O Primeiro”, pela ACTA - Companhia de Teatro do Algarve. Cinco personagens, quatro homens e uma mulher, for-

 Ciclismo é uma das modalidades preferidas dos silvenses

UM ESTUDO feito pela Univer-

 Luís Aleluia, Isabel Damatta e Octávio Matos mam uma fila a partir de uma linha desenhada no chão. O confronto divertido mas contundente que então acontece consiste em cada uma das personagens querer ser o primeiro nessa fila que formam para nada. No plano filosófico, a peça desnuda o ridículo da aparente substância de alguns confrontos que acontecem entre indivíduos em sociedade. Dia 31, pelas 21.30 horas, “O Herdeiro de Vila-Vinhos e

Paumole” encerra o ciclo de gargalhadas. No princípio do século XX, a família Vila-Vinho, agora também chamada de Vila-Vinhos e Paumole, está radiante, pois a filha Aurora sempre conseguiu casar com o célebre Barão de Paumole. Mas há mais gente a pular de felicidade. A criada Floripes também ela conseguiu casar com o tal carteiro de nome Viscondino Lopes que, coitado, gagueja mais do que nunca. Pudera! PUB

E a governanta Bernarda? A única solteirona que vive no seio da família há mais de 50 anos. E porque será que nunca casou? Mistério. Só que a felicidade desta simpática família ainda não está completa, pois não há meio de aparecer um “Herdeiro”, e já se passaram dois anos após o enlaço. Será que se passa algo? Será que vamos ter ou não ter um herdeiro? Será? Vamos prestar atenção...

sidade do Algarve demonstra que cerca de 36% da população do concelho de Silves tem hábitos desportivos. Este valor, para além de ultrapassar os índices regional e nacional, situados nos 23,4% e nos 26,7%, respectivamente, também se aproxima da média da União Europeia, que ronda os 40%. Grande parte dos inquiridos conhece os programas de incentivo para a prática de actividade física promovidos pela autarquia, como o Fazte à Vida, sendo as actividades desenvolvidas no âmbito do “toca a pedalar”, do “toca a andar”, do “Silves em Movimento” e das “Caminhadas Nocturnas”, as que registam

maior participação. A referida sondagem indica, igualmente, que a maior parte dos inquiridos que pratica desporto se concentra apenas no exercício de uma actividade física, geralmente duas vezes por semana. Nas preferências masculinas destaca-se o futebol e o ciclismo, enquanto o público feminino prefere a ginástica, as marchas/caminhadas e a natação. No exercício da prática desportiva, cerca de 45% dos inquiridos fazem-no ao ar livre, 32% utilizam, para o efeito, infra-estruturas públicas e 21% espaços privadas. Um terço dos praticantes pertence a um clube ou a uma associação desportiva. PUB


16    |  17 de Março de 2011

Esqueleto pode ser de criança alemã desaparecida em Julho

PJ investiga ossadas encontradas em Sagres A Polícia Judiciária (PJ) está

a investigar a origem de ossadas humanas encontradas na noite de terça-feira da passada semana, numa arriba na zona da Praia do Beliche, em Sagres. A Polícia Marítima (PM) foi

alertada pelas 23 horas para a presença de ossos que poderiam ser de uma pessoa, depositados a meio de uma arriba. Fonte da PJ disse que os ossos “humanos aparentam ser de uma pessoa muito jovem”, mas

só depois dos exames e perícias “é que se poderá determinar a sua origem”. As autoridades policiais não descartam a possibilidade das ossadas humanas pertencerem a uma criança de 21 meses desapa-

d.r.

recida em Julho de 2010, cuja mãe foi afogada numa praia de Lagos. O suspeito da morte da mãe e de ter feito desaparecer a criança, filha de ambos, é um cidadão, de 43 anos, de origem alemã detido na Alemanha. JPC

lagos vila do bispo aljezur Apoio social

Lagos vai ter lar para incapacitados em 2012 d.r.

Adelino Soares acusado de gestão irresponsável Em causa a revisão do Plano de Ordenamento da Costa Vicentina d.r.

A Assembleia Municipal de Vila do Bispo pediu a revoga-

 Júlio Barroso e Maria Eduarda Santos assinam protocolo

A Câmara de Lagos assinou,

na passada quinta-feira, um protocolo com o Núcleo de Educação da Criança Inadaptada – NECI, para criação de um lar para “pessoas com capacidade reduzida”, a construir na freguesia da Luz e com inauguração prevista para 2012. O Lar Residencial da NECI corresponde a um edifício a implantar num lote de cinco mil metros quadrados, cedido pela Câmara. O equipamento tem como objectivo acolher 24 utentes, jovens ou adultos com qual-

quer tipo ou grau de deficiência, com idade igual ou superior a 16 anos. No que diz respeito ao investimento total, revelou que foi calculado em 959 mil euros, sendo que 649 mil dizem respeito a comparticipação respeitante a verbas do PIDDAC e 521 mil a comparticipação privada. Em termos de postos de trabalho, serão criados 28. O valor do projecto de arquitectura e construção, 139 mil euros, vai ser suportado pela Câmara de Lagos.

Vila do Bispo aposta no bodyboard  O presidente da Câmara de Vila do Bispo, Adelino Soares, assinou na passada segunda-feira um contrato de patrocínio com a atleta Joana Schenker, que visa apoiar a sua participação nas provas desportivas na modalidade de Bodyboard em 2011. A Câmara compromete-se a prestar um apoio de três mil euros e a desportista fica obrigada a inserir o logótipo do município na sua prancha e no seu sítio da internet. A atleta fica ainda obriga-

da a inserir o logótipo do município de Vila do Bispo ou menção ao patrocínio em todas as acções de comunicação. A atleta tem conseguido excelentes resultados a nível europeu e nacional, sendo inclusive tri vice-campeã europeia e nacional, conseguindo resultados de relevo nalgumas provas do circuito mundial. Com este apoio, a atleta vê agora confirmada a possibilidade de conseguir competir em todas deste circuito.

ção do Plano de Ordenamento do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina (POPNSACV), e censurou o presidente da autarquia por gestão “irresponsável” na revisão do documento. Em duas moções apresentadas pelo Movimento Democrático Independente (MDI), ambas aprovadas por maioria, aquele órgão autárquico classifica o documento como “restritivo do desenvolvimento” daquele concelho do sudoeste algarvio e considera que o presidente Adelino Soares (PS) “agiu de forma isolada e com manifesta falta de competência” no plano que “compromete” o futuro do concelho. Segundo o Movimento, “se no geral, o plano é mau, no caso de Vila do Bispo é péssimo. Comparando as cartas que definem o zonamento das diferentes áreas de protecção, é forçoso constatar que é muito mais restritivo em Vila do Bispo do que no restante parque natural”.

MDI acusa autarca de não defender interesses do município O MDI acusa ainda o

presidente da autarquia de ter andado a “reboque” dos autarcas de Aljezur e Odemira. “Não tendo sido capaz de se aperceber do tratamento altamente discriminatório do concelho de Vila do Bispo [o autarca] nem entendeu o cinismo e a má fé negocial do Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade

 Movimento Democrático Independente acusa Adelino Soares de comprometer o futuro de Vila do Bispo (ICNB) neste processo”, refere a moção. Segundo o documento, tratando-se de ordenamento do território, o presidente Adelino Soares “nunca solicitou a inclusão deste assunto na ordem de trabalho da Assembleia Municipal, como é de lei, motivando que aquele órgão não tivesse tomado uma posição que pudesse dar mais força negocial” face ao ICNB. “Agindo de forma isolada e

com manifesta falta de competência relativamente à matéria em questão, o presidente da Câmara não soube defender adequadamente os interesses do município de Vila do Bispo”, destaca a moção. A Assembleia Municipal de Vila do Bispo deliberou também pedir ao Governo a revogação imediata da Resolução do Conselho de Ministros que aprova o Plano de Ordenamento do Parque Natural do

Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina. Aquele órgão considera que o plano “impõe demasiados constrangimentos à agricultura e à pesca, actividades tradicionais que deveriam ser apoiadas, e não cria condições propícias ao aparecimento de novas actividades compatíveis com os valores naturais”, nomeadamente na área do turismo sustentável. João Pedro Correia


17 de Março de 2011 |

17

REGIÃO Governo pondera voltar a taxar golfe com 6% de IVA Medida está na calha quando o executivo se prepara para mexer de novo nas taxas do IVA Ricardo Claro ricardoc.postal@gmail.com

DESDE O INÍCIO do ano que o golfe passou a ser taxado com 23% de IVA (a taxa normal), mas a situação parece que se irá alterar depois de José Sócrates ter sido “sensível” aos argumentos do sector. Até à entrada em vigor do Orçamento de Estado para este ano a prática de golfe era taxada, à semelhança de outras actividades desportivas, com a taxa reduzida de 6%, situação que se alterou com o fisco a garantir que qualquer prática desportiva seria taxada à taxa normal, excepção feita às provas e manifestações desportivas. O aumento da taxa aplicável fez recair sobre o preço das voltas de golfe mais 17% de IVA e Portugal e por maioria de razão o Algarve, perderam a competitividade que tinham face a outros destinos, nomeadamente Espanha em geral e no caso algarvio face à Andaluzia. ESPANHA COM TAXA DE 8% É que actualmente, apurou o POSTAL junto de campos da Real Federação Espanhola de Golfe, as voltas em Espanha

D.R.

são taxadas com 8% de IVA, menos 15% do que em Portugal e a competitividade não perdoa. A somar a este facto a realidade de muitos países da Europa em que muitos campos de golfe – ao contrário de Portugal onde estas situações são a excepção – são propriedade de clubes que, por terem fins não lucrativos, estão isentos de IVA, uma realidade que levou várias empresas do sector a apresentarem queixas junto das instâncias europeias contra esta situação que classificam de “claro e injustificado favorecimento face às empresas que exploram campos de golfe”, apurou o POSTAL junto de uma fonte ligada às empresas de golfe, que, “dada a situação delicada do momento em que se discute a situação em Portugal”, preferiu o anonimato.

GOLFE VALE MILHÕES EM EXPORTAÇÕES Numa altura em que

o Governo anuncia a intenção de novas mexidas nas taxas do IVA tendentes a arrecadar mais receita, a medida de baixar a taxa no golfe parece ferir várias susceptibilidades, mas o sector representa receitas muito relevantes para o país.

 Aumento do IVA fez Algarve perder competitividade face a Espanha As receitas directas atingem os 500 milhões de euros anuais, imputadas quase na tota-

lidade a exportações, uma vez que o grosso dos jogadores são estrangeiros, uma realida-

de que agrada a José Sócrates, manter para garantir os bons resultados das exportações, arma de arremesso para o discurso político do país no bom caminho. Por outro lado, de acordo com a fonte contactada pelo POSTAL, as receitas directas e indirectas do golfe representavam, até à queda do mercado imobiliário, valores da ordem dos 1,8 mil milhões de euros, empregando a actividade três mil pessoas de forma directa e cerca de 150 mil se considerarmos os empregos indirectos. Um peso na economia, no turismo e nas exportações que não pode ser descurado e que cuja competitividade importa salvaguardar, avaliando a sua importância face à questão dos esforços exigidos aos portugueses em tempo de crise. As empresas da área do golfe, revelou a fonte do POSTAL, estão em geral em situação de recuperarem os investimentos iniciais avultados ou mesmo abaixo do equilíbrio financeiro o que faz com que a situação seja ainda mais aguda e que a decisão do Governo seja “fundamental para garantir que os cerca de 80 campos do país continuam a funcionar”, adianta a mesma fonte.

DEPOIS DE OSVALDO FERREIRA

Pedro Neves é o novo maestro da Orquestra do Algarve PEDRO NEVES, 35 anos, é o novo maestro titular da Orquestra do Algarve. O novo maestro titular da Orquestra do Algarve afirmou na passada terça-feira que a prioridade será “lutar por um crescimento artístico e musical”, mas tem “ideias novas em termos organizativos para a próxima temporada”. “É um desafio porque é um projecto interessante com uma orquestra profissional com grande capacidade de desenvolvimen-

to”, disse Pedro Neves. O maestro sublinhou “os excelentes músicos” que constituem a Orquestra do Algarve, numa fase mais estável do ponto de vista profissional, pois estão todos contratualizados. Uma situação que para o novo maestro titular permitirá “tentar novas soluções musicais”. Pedro Neves assume a titularidade da Orquestra mas não a direcção artística, que será garantida por uma comissão. “Haverá uma comissão artís-

tica composta por mim, pelo principal maestro convidado, pela presidente e pelo director da orquestra”, adiantou Neves. “Este é um modelo algo inovador e viável”, disse. Entre as novas ideias, Pedro Neves quer “mais intensiva e organizada” a realização de concertos de música de câmara. “Os concertos [de música de câmara] são positivos para o público e para os músicos, pois permite-lhes crescer artisticamente e é importante para a or-

questra ter músicos de elevado nível”, justificou. Outra área que pretende “implementar mais” é a dos concertos promenade e os pedagógicos. Pedro Neves afirmou que a região algarvia tem “grande potencialidade”. “O Algarve tem muita procura por parte do público. Sempre que dirigi lá, os concertos estavam cheios”, afirmou. Pedro Neves, que assumirá funções a partir de Abril, participou em vários projetos

musicais e dirigiu concertos das Orquestras Metropolitana de Lisboa, Sinfónica do Porto, de Câmara Portuguesa e do Algarve. O novo maestro assume funções “no âmbito da reorganização da orquestra neste momento a decorrer”, segundo comunicado da instituição. É maestro desde 1988, desempenha funções de professor na Academia Superior de Orquestra Metropolitana e é maestro titular da Orquestra NL Clássica de Espinho.

CONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR Dia 15 de Março, Dia do Consumidor “Ouvi falar no dia do consumidor, quando é e porque surgiu este dia?”

A DECO responde... O dia 15 de Março, Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, é actualmente uma data cada vez mais assinalada junto dos meios de comunicação social, escolas e população em geral. Sendo que a sua visibilidade tem vindo a crescer em muito devido ao aumento da informação disponibilizada aos consumidores sobre os seus direitos e deveres. O Dia Mundial dos Direitos do Consumidor é comemorado a 15 de Março porque foi nesta data que em 1962, o então Presidente dos Estados Unidos da América, John F. Kennedy fez uma declaração que abriu a discussão sobre os direitos fundamentais dos consumidores. Em 1985 a Assembleia Geral das Nações Unidas adoptou os Direitos do Consumidor que passaram a ser enunciados nas Directrizes das Nações Unidas conferindo-lhes legitimidade e reconhecimento internacional e constitucional. Este foi um importante passo no campo da protecção dos direitos dos consumidores, pois até aí a protecção dos direitos dos consumidores era ainda pouco relevante. Actualmente é de suma importância que ambas as partes das relações económicas, vendedor e consumidor, conheçam os direitos e deveres para melhor defenderem os seus interesses. No que respeita às relações de consumo, ficam aqui os direitos e deveres dos consumidores. Direitos: 1 - O Direito à Qualidade de Bens e Serviços; 2 - O Direito à Protecção Saúde e à Segurança Física; 3 - O Direito à Formação, Educação para o Consumo; 4 - O Direito à Informação; 5 - O Direito à Protecção dos Interesses Económicos; 6 - O Direito à Prevenção e Reparação de Danos; 7 - O Direito à Protecção Jurídica e a u m a Ju st iç a Aces s í vel e Pronta; 8 - O Direito à Participação, por via representativa, dos seus Direitos e Interesses. Deveres: a) O Dever da Solidariedade; b) O Dever da Consciência Crítica; c) O Dever de Agir; d) O Dever da Preocupação Social; e) O Dever de Con sc iênc ia Ambiental.


18   |  17 de Março de 2011

treino COre & pillar

exercício

1

exercício

2

exercício

3

exercício

4

exercício

5

exercício

6

descubra a Saúde que há em Si

www.corporeus.pt

lazer livros

agenda cultural Albufeira

Faro

Loulé

Portimão

Música

Música

Pintura

Dança

XX Aniversário e Gala Internacional de Acordeão, sexta-feira, dia 18, às 21 horas, na sede da ASCRATIA (Ferreiras).

Hermeto Pascoal e Aline Morena Duo, quinta-feira, dia 17, às 21.30 horas, no Teatro das Figuras.

Exposição de Elita Gonçalves Delgado, “Emoções em Tela”, na Galeria de Arte Praça do Mar – Quarteira. Até dia 20.

Desenho

Lagos

Olhão

Espectáculo Maiorca, pela Companhia Paulo Ribeiro, sábado às 21.30 horas, no Grande Auditório Nuno Mergulhão do Teatro Municipal de Portimão.

Música

Música

Concerto “Jazz com Todos”, sexta-feira, dia 18, às 21.30 horas, no Centro Cultural.

Espectáculo com Ricardo Ribeiro, sábado às 21.30 horas, no Auditório Municipal.

São Brás

Exposição de Tânia Sacramento, “Strange World”, de segunda-feira a sábado das10.30 às 16.30 horas, na Galeria de Arte Pintor Samora Barros. Até dia 30.

agenda cinema FARO Forum Algarve SBC 289 887 212 Rango (m/6) | Sala 1 | 14h55, 17h20, 19h45(diariamente), 10h05, 12h30 (Sáb e Dom) >> Indomável (m/12) | Sala 1 | 22h10 (diariamente), 00h25 (Sex e Sáb) >> Zé Colmeia (m/6) | Sala 2 | 10h40, 14h10, 17h15, 19h15 (Sáb e Dom) » O Ritual (m/6) | Sala 2 | 21h10 (Seg a Sex), 21h10 (diariamente), 23h50 (Sex e Sab) >> Rango (m/6) | Sala 3 | 10h25 (Sáb e Dom) » O Profissional * (m/12) | Sala 3 | 13h00, 15h05, 19h35, 21h40 (diariamente), 23h45 (Sex e Sáb) » O Discurso do Rei (m/12) | Sala 3 | 17h10 (diariamente) » 127 Horas (m/12) | Sala 4 | 22h00 (diariamente), 00h10 (Sex e Sáb) » GnomeueJulieta*(m/6)| Sala 4 | 14h00, 16h00, 18h00, 20h00 (diariamente), 10h00, 12h00 (Sáb e Dom) » Sou o Número4*(m/12)|Sala5|14h15,16h40, 19h05, 21h30 (diariamente), 00h00 (Sex

Pintura Exposição de Ercília Gomes, “Evolução”, de segunda a sex-

de 17 a 23 de Março de 2011

e Sáb), 11h50 (Sáb e Dom) » Época das Bruxas (m/16) | Sala 6 | 14h50, 17h00, 21h50 (diariamente), 00h15 (Sex e Sáb), 12h40(SábeDom)»CisneNegro(m/16) | Sala 6 | 19h25 » Megamind(m/6) | Sala 7 | 10h35 (Sáb e Dom) » OsAgentesdo Destino (m/12) | Sala 7 | 14h10, 16h35, 19h00, 21h20 (diariamente), 23h40 (Sex e Sáb) » Homens de Negócios* (m/12) | Sala 8 | 16h20, 18h40, 21h00 (diariamente), 23h25 (Sex e Sáb) » O Discurso do Rei (m/12) | Sala 8 | 13h50 » Gru - O Maldisposto (m/6) | Sala 8 | 10h15 (Sáb e Dom) » Tens a Certeza? (m/12) | Sala 9 | 13h10, 15h55, 18h30 (diariamente), 23h30 (Sex e Sáb) » O Discurso do Rei (m/12) | Sala 9 | 21h05 » As Viagens de Gulliver (m/6) | Sala 9| 10h20 (Sáb e Dom) » albufeira AlgarveShopping 289 560 351 127 Horas (m/12) | Sala 1 | 21h10, 23h30

» Rango (m/6) | Sala 1 | 12h50, 16h00, 18h20 » Rango (m/6) | Sala 2 | 00h00 » GnomeueJulieta*(m/6) | Sala 2 | 13h10, 15h15, 17h15, 19h20, 21h25 » O Ritual (m/16)|Sala3|13h15,15h55,18h30,21h15, 23h50 »ÉpocadasBruxas(m/16) | Sala 4 | 12h55, 15h00, 17h05, 19h10, 21h20, 23h40 » O Discurso do Rei (m/12)| Sala 5 | 12h45, 15h20, 18h15, 21h00, 23h35 » ZéColmeia (m/6) | Sala 6 | 13h05, 15h10, 17h00, 19h00 » TensaCerteza?(m/12) | Sala 6 | 21h05 » O Profissional (m/12) | Sala7|13h00,15h05,17h10,19h15,21h30, 00h05 » Sou o Número 4* (m/12) | Sala 8 | 13h30, 16h05, 18h25, 21h45, 00h10 » Os Agentes do Destino (m/12) | Sala 9 | 13h20, 15h50, 18h10, 21h35, 23h55 Olhão C. C. Ria Shopping 289 703 332 ZéColmeia(m/6) | Sala 1 | 15h30, 18h30 (Seg a Sex), 10h45, 13h30, 15h30, 18h30

ta-feira, das 9.30 às 12.30 e das 14 às 17.30 horas; ao fim-desemana, das 9.30 às 12.30 horas, no Centro de Artes e Ofícios. Até dia 20 de Abril.

Tavira Banda desenhada Exposição sobre a vida de Aristides Sousa Mendes, das 9 às 17.30 horas, no Salão Multiusos da Junta de Freguesia de Santa Luzia. Até dia 31.

* Estreias

(Sáb e Dom) » ODiscursodoRei(m/12) | Sala 1 | 21h30 (diariamente), 23h45 (Sex, Sáb e Seg) » Os Agentes do Destino (m/12) | Sala 2 | 15h25, 18h25, 21h25 (Seg a Sex), 13h00, 15h25, 18h25, 21h25 (Sáb e Dom), 23h45 (Sex e Sáb) » Rango (m/6) Sala 3 | 15h15, 18h15, 21h15 (diariamente), 23h30 (Sex e Sáb), 10h45, 13h00, 15h15, 18h15, 21h15 (Sáb e Dom) Portimão C. C. Continente 282 418 180 Zé Colmeia (m/6) | Sala 1 | 13h10, 15h10, 17h10, 19h10 » O Discurso do Rei (m/12) | Sala 1 | 21h10, 23h40 » Os Agentes do Destino (m/12) | Sala 2 | 13h40, 16h00, 18h40, 21h50, 00h10* » Tens a Certeza? (m/12) | Sala 3 | 21h20, 23h50* » Rango (m/6) | Sala 3 | 13h30, 15h50, 18h30 » 127 Horas (m/12) | Sala 4 | 13h50, 16h10, 18h50, 22h00, 00h20*

» Sou o Número 4* (m/12) | Sala 5 | 13h00, 15h40, 18h20, 21h30, 00h10* » Gnomeu e Julieta* (m/6) | Sala 6 | 13h20, 15h20, 17h30, 19h30, 21h40, 23h55* * Sessão à Sex e Sáb Cinemas de Portimão 282 411 888 Sou o Número 4 (m/12) | Sala 1 | 15h30, 18h00, 21h30 (diariamente), 00h00 (Sex e Sáb) » Gnomeu e Julieta* (m/6) Sala 2 | 15h45, 18h15, 21h45 (diariamente), 00h00 (Sex e Sáb) tavira Cine-Teatro António Pinheiro 281 320 594 O Mundo é Grande e a Salvação Espreita ao Virar da Esqu0ina (m/12), 21h30 (Qui) Biutiful (m/16) 21h30 (Dom)

A Rainha Vitória O reinado da rainha Vitória, um dos mais longos da história (1837-1901), marcou o apogeu do império britânico e o domínio do Reino Unido, a primeira potência mundial. Coroada rainha aos 18 anos, Vitória impõe-se rapidamente, apesar da sua juventude e falta de experiência. Não tarda a afastar-se da sua mãe e do amante desta, revelando o seu carácter independente. Reina sozinha, apreciando as homenagens, as festas e os bailes. Autor: Jacques de Langlade

O Grande Gatsby Extraordinariamente rico, Gatsby é famoso pelas festas realizadas na sua mansão em Long Island, apesar de ninguém saber ao certo quem é o anfitrião. Uns dizem que foi espião, outros que é aparentado com uma família real europeia. Mas, na realidade, só mantém estas festas na esperança de que Daisy, o seu antigo amor, vá a uma delas. Autor: F. Scott Fitzgerald

horóscopo Carneiro (de 21/03 a 20/04) Semana de instabilidade e tentações; mantenha-se sereno e racional. Podem ocorrer preocupações com a justiça devido a questões fiscais.

Balança (de 23/09 a 22/10) Arranje tempo para a vida sentimental e faça por se envolver em todos os momentos. Terá de desfazer algumas coisas para poder fazer melhor.

Touro (de 21/04 a 20/05) Um relacionamento pode entrar numa fase de ruptura. Está sujeito a alguns contratempos na vida económica tenha atenção a perdas, ou roubos.

Escorpião (de 23/10 a 21/11) É altura de apostar forte num afecto; não olhe para trás, o futuro é risonho. Pode tomar iniciativas com base em fortes convicções pessoais.

Gémeos (de 21/05 a 20/06) Faça uma retrospectiva da sua vida; alguns assuntos devem ser arrumados. Tente delinear novos projectos ou esquematizar actuações.

Sagitário (de 22/11 a 21/12) Mostre que está convicto do que sente e quer; a sua atitude é importante. Terá de programar melhor os gastos; fase económica tensa.

Caranguejo (de 21/06 a 22/07) Alguma instabilidade ou mesmo o fim de relações existentes. Possibilidade de opções profissionais mais interessantes.

Capricórnio (de 22/12 a 19/01) Embora apaixonado está um pouco confuso e receoso. Não valorize aspectos subjectivos, conduza o labor com o máximo de racionalidade.

Leão (de 23/07 a 22/08) Semana de boas influências, os seus gestos serão bem acolhidos. Favorecidos os actos de mediação, ou de arbitragem, em conflitos laborais.

Aquário (de 20/01 a 18/02) Não acumule tensões que acabarão por perturbar uma relação. Terá de repetir tarefas; pormenorize bastante para que o entendam.

Virgem (de 23/08 a 22/09 ) Semana de perdas e perturbações; faça um esforço de rigor e justiça nas análises que fizer. Seja tanto quanto possível, racional e pragmático.

Peixes (de 19/02 a 20/03) Após alguns conflitos pode entrar numa fase mais harmoniosa. Seja constante nos objectivos; aproxima-se um momento de concretizações.


CLASSIFICADOS I ANĂšNCIOS ALUGA-SE Apartamento T0 Luz-Tavira Contactar: 918 617 269

FarmĂĄcia em Tavira

PRECISA

17 de Março de 2011 |

19

AMIGO DOS ANIMAIS Procuro família de acolhimento para 2 hamsters, com 4 crias, durante o período de 15 dias, por motivo de fÊrias. O Terrível e a Fofinha, requerem muita atenção e carinho, alimentam-se apenas de fruta fresca e gostam de ouvir Tchaikovsky, a partir das 23h.

DESINFESTAÇÕES, LDA. Olhão

de farmacĂŞutico-adjunto Contacto: 281 325 846

Resposta a este jornal atravĂŠs da refÂŞ. 30

Reze 9 Ave-Marias com uma vela acessa durante 9 dias, pedindo 3 desejos, 1 de negĂłcios e 2 impossĂ­veis ao 9Âş dia publique este aviso, cumprir-se-ĂĄ mesmo que nĂŁo

Clube de Vela de Tavira

acredite. P.H.

(FUNDADO EM 17/09/1975) Modalidades: Andebol – Atletismo – Tiro com Arco

Monte-pio ArtĂ­stico Tavirense

ASSEMBLEIA GERAL

Associação Socorros Mútuos

CONVOCATÓRIA Ao abrigo dos estatutos e artigo 39º do Regulamento Geral Interno convoco a Assembleia Geral do Clube de Vela de Tavira, a reunir em sessão ordinåria no dia 23 de Março, sexta-feira pelas 20.30 horas na sede do Clube, Rua da Atalaia Pequena – Tavira. A Ordem de Trabalhos Ê a seguinte: 1 - Apresentação, discussão e votação do Relatório e Contas do Exercício de 2010 e Parecer do Conselho Fiscal; 2 - Outros assuntos de interesse para o Clube. Não comparecendo o número legal de sócios à hora inicialmente marcada, reunirå a Assembleia em 2.ª Convocatória uma hora mais tarde (21.30 horas) no mesmo local e com a mesma Ordem de Trabalhos. Tavira, 09 de Março de 2011

ACUPUNCTURA FISIOTERAPIA OSTEOPATIA

CONVOCATĂ“RIA DA ASSEMBLEIA-GERAL ORDINĂ RIA

Desconto 30% valor consulta em sede de IRS; Protocolos com diversas entidades.

Nos termos do artigo 40, nÂş 1 Ponto 2, alĂ­nea a e b dos Estatutos, convoco a Assembleia-Geral OrdinĂĄria para o dia 25 de Março de 2011, sexta-feira, pelas 19.00 horas, na sede do Monte-pio ArtĂ­stico Tavirense, na rua Tenente Couto n.Âş 6, no 1Âş andar, em Tavira, na “Casa da Matildeâ€?, com a seguinte ordem de trabalhos:

Junto Ă s RuĂ­nas de Milreu 8005-443 ESTOI-FARO

Web: http://osteofala.weebly.com ¡ Tlm: 969 260 836

Aprovação ou Rejeição do Relatório e Contas e Parecer do Conselho Fiscal referente ao ano de 2010. Nos termos do artigo 41, Ponto 1, dos Estatutos, a Assembleia-Geral funcionarå com qualquer número de Associados pelas 20.00 horas.

profissional grĂĄfica

Tavira, 3 de Março de 2011

comunicação & imagem

O Presidente da Assembleia Geral

A Presidente da Mesa da Assembleia-Geral

Dr. AntĂłnio Manuel da Silva Pires Faleiro

Maria JosĂŠ Sousa Martins

(POSTAL do ALGARVE, nº 1025, de 17 de Março de 2011)

(POSTAL do ALGARVE, nº 1025, de 17 de Março de 2011)

Acordos com:

Medis, Multicare, C.G.D.

UGHFSBMQSPǸTTJPOBMHSBǸDB!HNBJMDPN

(BOIFJEFOUJEBEF A Profissional Gråfica cria soluçþes e projectos integrados de comunicação. Para questþes complexas, soluçþes pråticas chave-na-mão Uma imagem à sua medida Peça o seu orçamento gråtis e tenha identidade!

̪*EFOUJEBEFDPSQPSBUJWB ̪*NBHFN ̪$PNVOJDBà ½P ̪$POUFÔEPT ̪0VUEPPST.VQJFT ̪#SPDIVSBT ̪'MZFST ̪4PMVà �FTJOPWBEPSBT


ANÚNCIOS I NECROLOGIA

20 | 17 de Março de 2011

LUZ DE TAVIRA Tractor - Rega, Lda

COOPERATIVA DOS OLIVICULTOES DE TAVIRA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

CONVOCATÓRIA Nos termos do Art.º 23.º, parágrafo segundo dos Estatutos, convoco a Assembleia Geral Ordinária, a reunir na sede da Cooperativa, pelas 17 horas e 30 minutos do dia 26 de Março de 2011. Não havendo número legal de cooperadores para a Assembleia poder funcionar em primeira convocatória, fica a mesma marcada para uma hora mais tarde, no mesmo local, com a mesma ordem de trabalhos e com qualquer número de cooperadores.

ORDEM DE TRABALHOS Ponto Um: Apreciação e votação do relatório, do balanço e contas da Direcção; Ponto Dois: Outros assuntos de interesse para a Cooperativa. Tavira, 10 de Março de 2011

AGRADECIMENTO Sua esposa, filhos e restante família vêm, por este meio, agradecer a todos os amigos que o acompanharam à sua última morada, ou que, de qualquer modo, manifestaram o seu pesar. Agradecem ainda aos médicos, enfermeiros e pessoal auxiliar do piso de Oncologia do Hospital Distrital de Faro, como também, aos médicos, enfermeiros e auxiliares, do Centro de Saúde de Tavira e Luz de Tavira.

CASTRO MARIM SANTIAGO - TAVIRA

O Presidente da Assembleia Geral

AGÊNCIA FUNERÁRIA

Então, esqueceu a sua velha amiga? Aquela que trata bem. Antiga Agência Puga trata o seu ente querido como ninguém, temos um serviço personalizado. Agência Alagoa - Fica junto ao Hospital Velho em Tavira

Serviços Prestados SE  Funerais PER RVIÇO MAN E 24 H NTE  Trasladações  Cremações  Preparação estética do falecido  Manutenção de jazigos e campas

Sempre a seu lado nos momentos difíceis da vida... SERVIÇOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS

José Luís Gago Norberto

Trav. Zacarias Guerreiro nº 2 (Largo de S. Francisco) (Centro de Tavira) 8800 – 740 Tavira

(POSTAL do ALGARVE, nº 1025, de 17 de Março de 2011)

JOSÉ MARIA ILDEFONSO

TAVIRA

ALAGOA

CARLOS EDUARDO PATARATA AGUIAR

28-09-1929 / 13-03-2011

A sua querida família cumpre o doloroso dever de agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que assistiram ao funeral do seu ente querido, realizado no dia 8 de Março, para o Cemitério de Tavira, bem como a todos os amigos que manifestaram o seu pesar e solidariedade. Agradecem também a todos que rezaram Missa do 7º Dia, pelo seu eterno descanso, dia 13 de Março, Domingo, pelas 11horas, na Igreja de Santa Maria em Tavira, agradecendo solenemente a todos os familiares e amigos que assistam a tão piedoso acto.

funerariapviegas@sapo.pt

AGRADECIMENTO

Empresa recomendada

TAVIRA Rua Dr. Miguel Bombarda n.º 25 Tel. - 281 323 983 - 281 381 881 LUZ DE TAVIRA EN 125, n.º 32 – Tel. - 281 961 455

DAIL GINESTAL COSTA CAMPOS

AGRADECIMENTO

281 322 652 968 700 767 918 530 058 / 966 088 324 alagoa.lda@gmail.com

funerariapedro@sapo.pt funeraria_pedro@sapo.pt

Os seus familiares vêm, por este meio, agradecer a todos quantos o acompanharam em vida e nas suas cerimónias exéquias ou que de algum modo lhes manifestaram o seu sentimento e amizade, bem como ao pessoal do Lar Santa Casa da Misericórdia de Tavira por todo o empenho e carinho demonstrado.

86 ANOS

   

SANTIAGO - TAVIRA SANTA MARIA – TAVIRA

VILA REAL STO. ANTÓNIO Rua 25 de Abril n.º 32 – Tel. - 281 541 414 FUNERÁRIA PATROCÍNIO Tlm. - 968 685 719 Rua João de Deus, n.º 86 – Tel. -281 512 736 RESPONSÁVEL TÉCNICO IDALÉCIO PEDRO Tlm. - 964 006 390

Serviços Fúnebres Urna pinho estofada – 500 € Urna pinho e caixão zinco estofado – 900 € OFERTA de coroa de flores artificiais, cartões memoriais e livro de condolências

Solicite orçamento antes de decidir

SEBASTIÃO DO CARMO SOARES AGÊNCIA

05-06-1926 / 11-03-2011

“Paz à sua Alma”

AGRADECIMENTO

“Serviços Fúnebres efectuados pela Agência Funerária Pedro & Viegas, Ldª” Tavira • Luz • V.R.Stº António Telm. 964 006 390 - 965 040 428

Os seus familiares vêm, por este meio, agradecer a todos quantos a acompanharam em vida e nas suas cerimónias exéquias ou que de algum modo lhes manifestaram o seu sentimento e amizade.

Tavira Tlm. – 969 003 042

FUNERÁRIA

Emergência 24 horas Pedro - 965 040 428

Vila Real Sto. António Tlm. – 962 406 031


SAUDE & BEM ESTAR

17 de Março de 2011 |

21

Acabe com as mãos e pés frios de forma natural O extracto de planta que faz o sangue fluir UMA DAS DESCOBERTAS mais

interessantes dos últimos tempos é o ginkgo biloba, um extracto de planta que dilata os vasos sanguíneos e ajuda o aporte de oxigénio e nutrientes a todas as partes do corpo. Quando se fazem palavras cruzadas, o cérebro trabalha a grande velocidade para encontrar as respostas certas. As tarefas de concentração e reflexão requerem um enorme fornecimento de sangue ao cérebro, dado que o sangue transporta o oxigénio e os nutrientes necessários às células cerebrais. O músculo também está dependente de sangue, oxigénio e nutrientes, bem como qualquer outra função do nosso corpo. À medida que se envelhece, o fornecimento de sangue fica mais lento devido à formação gradual de placas no interior dos vasos sanguíneos. Tal afecta geralmente a memória, e a concentração torna-se também cada vez mais difícil. Os pés e as mãos podem arrefecer e muitas das funções do corpo ficam mais lentas. A boa notícia é que este problema pode ser resolvido através da administração de um extracto de planta designado

cores diversas, permitiu aos investigadores demonstrar como as zonas frias se tornam quentes após a utilização de suplementos de ginkgo biloba. Por outras palavras, o acréscimo de fornecimento de sangue aumenta a temperatura nos dedos das mãos e pés.

COMBATE À DEMÊNCIA Outra

ginkgo biloba.

COMO FUNCIONA? O que con-

têm as folhas que tem a capacidade de melhorar a circulação? O segredo está nos flavona-glicósidos e nas terpeno-lactonas, que são as substâncias activas (flavonóides) com diversos efeitos biológicos. De um modo simples, o ginkgo biloba dilata (expande) os vasos sanguíneos, facilitando a passagem do sangue. O ginkgo biloba apre-

senta um outro efeito importante – torna o sangue menos viscoso. Tal facilita a circulação do sangue.

MÃOS E PÉS MAIS QUENTES

Investigadores demonstraram que ginkgo biloba melhora o fornecimento de sangue às extremidades, tais como os pés e as mãos. A utilização de termografia, uma técnica particular de imagem que mostra as diferenças de temperatura com

área que se mostra promissora é a prevenção de problemas como a Doença de Alzheimer. Estudos demonstram como pessoas em estados iniciais desta doença podem atrasar o desenrolar da doença. Deste modo, são capazes de se manter num estado inicial de doença, quando se esperaria que dependessem completamente de terceiros. Assim, ginkgo biloba ajuda no bem-estar físico e mental e parece ser um meio extremamente útil na manutenção da saúde, especialmente durante o envelhecimento. Actualmente, não existem medicamentos capazes de igualar ginkgo biloba no que se refere à melhoria dos problemas circulatórios. Por este motivo, este suplemento é único.

MELHORA A MEMÓRIA E A CONCENTRAÇÃO Agora, se conside-

rar o facto de que apenas o

Farmácias de Serviço QUINTA

SEXTA

SÁBADO

DOMINGO

SEGUNDA

TERÇA

QUARTA

ALBUFEIRA

Santos Pinto

Santos Pinto

Piedade

Piedade

Piedade

Piedade

Piedade

ARMAÇÃO DE PÊRA

Sousa Coelho

Sousa Coelho

Edite

Edite

Edite

Edite

Edite

FARO

Penha

Baptista

Helena

Alexandre

Crespo

Palma

Almeida

LAGOA

José Maceta

José Maceta

Sousa Pires

Sousa Pires

Sousa Pires

Sousa Pires

Sousa Pires

LAGOS

Lacobrigense

Silva

Telo

Neves

Ribeiro Lopes

Lacobrigense

Silva

LOULÉ

Pinto

Avenida

Martins

Chagas

Pinheiro

Pinto

Avenida

MONCHIQUE

Moderna

Moderna

Moderna

Moderna

Hygia

Hygia

Hygia

OLHÃO

Rocha

Pacheco

Progresso

Olhanense

Nobre

Brito

Rocha

PORTIMÃO

Guilherme

Central

Mourinha

Moderna

Carvalho

Rosa Nunes

Amparo

QUARTEIRA

Algarve

Algarve

Maria Paula

Maria Paula

Maria Paula

Maria Paula

Maria Paula

SÃO BART. DE MESSINES

Sequeira

Sequeira

Sequeira

Sequeira

Algarve

Algarve

Algarve

SÃO BRÁS DE ALPORTEL

Dias Neves

S. Brás

Dias Neves

Dias Neves

Dias Neves

S. Brás

Dias Neves

SILVES

João de Deus

João de Deus

João de Deus

Cruz de Portugal

Cruz de Portugal

Cruz de Portugal

Cruz de Portugal

TAVIRA

Central

Félix

Sousa

Sousa

Montepio

Maria Aboim

Central

VILA REAL de STº ANTÓNIO

Carrilho

Carrilho

Carmo

Carmo

Carmo

Carmo

Carmo

cérebro humano utiliza cerca de 20% do oxigénio consumido, não será difícil imaginar como ginkgo biloba pode melhorar o desempenho mental. As pessoas mais velhas que tomam este extracto apercebem-se de que conseguem lembrar-se mais facilmente de pormenores e

que têm maior facilidade de concentração, mas existem outros benefícios associados à utilização de ginkgo biloba. O ginkgo biloba contribui também para o alívio de outros problemas relacionados com a má circulação como tonturas, zumbidos nos ouvidos e pernas pesadas.


22

| 17 de Março de 2011

>> SOLUÇÃO

>> ASSINALE A FRASE CORRECTA    

 Hoje choveu muito em Portugal.  Hoje chuveu muito em Portugal.

da semana passada

Na Rádio Escolar as notícias passam de hora a hora. Na Rádio Escolar as notícias passam de hora em hora. Na Rádio Escolar as notícias passam a hora em hora. Na Rádio Escolar as notícias passam de hora para hora.

As formas correctas são de hora em hora e de hora a hora. Estas duas construções estão correctas e significam “em intervalos breves, ou a cada hora que passa, todos os sessentas minutos”. As restantes formas estão incorrectas, apesar de serem utilizadas indevidamente em situação de oralidade e escrita.

 Hoje chovêu muito em Portugal.  Hoje chuveo muito em Portugal.

ZZZ OPINIÃO O postal alterou o e-mail da redacção: jornalpostal@gmail.com

Denúncia

À rasca

Mendes Bota não desiste de denunciar situações de violência e exploração de mulheres. As denúncias deviam era fazer mais eco (Ler pág. 14).

Trabalho precário e salários baixos são o “fado” de toda uma geração. E há quem ainda fale na necessidade de “flexibilizar” (Ler págs. 6 e 7).

Sr. Presidente da República seja coerente: ou demite o Governo, ou pare de nos empurrar mais para o fundo!

FICHA TÉCNICA

Sede: Rua Dr. Silvestre Falcão, n.º 13 C - 8800-412 Tavira - Algarve Tel: 281 320 900 | Fax: 281 320 909 E-mail: jornalpostal@gmail.com Director: Henrique Dias (CP 3259). Director Comercial: Basílio Pires Editor: Ricardo Claro (CP 9238). Redacção: Cristina Mendonça (CP 3258), Geraldo de Jesus (CO 630), Helga Simão. Design: Profissional Gráfica. Colaboradores fotográficos: José A. N. Encarnação “MIRA” Colaboradores: Beja Santos (defesa do consumidor), Nelson Pires (CO76). Departamento Comercial, Publicidade e Assinaturas: Anabela Gonçalves, José Francisco. Propriedade do título: Henrique Manuel Dias Freire, inscrito sob o nº 211 612 no Registo das Empresas Jornalísticas. Edição: Postal do Algarve - Publicações e Editores, Lda. Contribuinte nº 502 597 917. Depósito Legal: nº 20779/88. Registo do Título (dgcs): nº 111 613. Impressão: Coraze - Oliveira de Azeméis Distribuição: Banca - Logista, à sexta-feira com o Público/VASP - Sociedade de Transportes e Distribuição, Lda e CTT. Membro: APCT - Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação; API - Associação Portuguesa de Imprensa; AIRA - Associação da Imprensa Regionalista Algarvia.

Sobe & desce

Esta é uma iniciativa das Bibliotecas Paula Nogueira do Agrupamento de Escolas Professor Paula Nogueira (Olhão) em parceria com a Casa da Juventude de Olhão e o POSTAL, que semanalmente divulga os problemas e as soluções deste jogo. Várias escolas do Algarve já aderiram à iniciativa: AE Professor Paula Nogueira (Olhão) / AE da Sé (Faro) / AE D. Afonso III (Faro) / AE Dr. Alberto Iria (Olhão) / Colégio Bernardete (Olhão) / AE Dr. João Lúcio (Fuseta) / AE de Estoi (Faro) / AE Joaquim Magalhães (Faro) / AE do Montenegro (Faro) / AE de Castro Marim ( Vila Real de St. António) / AE Professora Diamantina Negrão / (Albufeira) / Agrupamento de Escolas José Belchior Viegas (Mega Agrupamento de São Brás de Alportel) / Escola Secundária João de Deus (Faro) / Casa da Juventude (Olhão). Convidamos todas as escolas e bibliotecas, interessadas em aderir ao Jogo da Língua Portuguesa e receber os materiais para o mesmo, a contactar: biblioteca.epnogueira@gmail.com ou jornalpostal@gmail.com.

António Miguel Pina Economista apina32@netcabo.pt

Sim! Todos nós sabemos que a situação financeira do País é dramática e, por consequência, a económica e social também. O que se pede e exige ao Presidente da República é que seja um garante de estabilidade e que coloque os interesses do País acima das muitas vontades políticas e das proximidades partidárias. Deve ser o árbitro e não um

“player” político!... Permitam-me: Porra! Se este Governo é tão mau, cabe-lhe como Presidente de todos os portugueses, o dever e a obrigação de o demitir! O que não é aceitável é: por um lado, falar em estabilidade e por outro, ir fritando ou cozendo (conforme o gosto), em lume brando, um Governo que faz um esforço incrível para colocar no rumo certo as contas públicas. Pare! Pare, quem sabe de economia e gosta sistematicamente de o demonstrar. Pare, quem sabe que o nosso País está dependente dos mercados financeiros e que qualquer frase menos feliz ou silêncio estrategicamente infeliz poderá aumentar a especulação cavalgante. Senhor Presidente,

Assine o

não dê mais uma “estocada no touro” já combalido, mas que resiste, lutando. Não há duas saídas: ou se acredita no caminho e se ajuda a traçá-lo, não na praça pública suscitando dúvidas e muitas reticências, ou se opta por outro qualquer caminho, assumindo as consequências, e doa a quem doer. Senhor Presidente da República é tempo de decisões coerentes. Não estamos em situação para meias-palavras ou não decisões… e já agora permita-me acrescentar: perturba-me o seu jeito de “não político”; perturba-me o seu ar de quem nada tem a ver com o País actual! A sua frase “há políticos que não conhecem o País”, lembro-me quando era Primeiro

debate actualmente. Felizmente, hoje entram nesse curso 2000 alunos/ano! Então e o modelo que começou no tempo do Prof. Cavaco, baseado na construção civil e obras públicas, que concentrou os empresários e os muitos “espertos” atraídos pelo lucro fácil, abdicando da produção de bens, tangíveis (como refere no seu discurso) e ao mesmo tempo, da agricultura, da pesca ou aquicultura, sectores onde só podemos vencer os desafios da produção ou, como lhe chamou, do “desígnio do Mar”, com empresários fortes e dinâmicos... Sabe Senhor Presidente da República a sua análise até está certa... mas o Senhor não se pode pôr de fora do (seu) passado!

Envie este cupão para:

POSTAL DO ALGARVE - Rua Dr. Silvestre Falcão, nº 13 C, 8800-412 Tavira

(50 Edições) Portugal 30 ¤ I Europa 50 ¤ I Resto Do Mundo 80 ¤

NOME __________________________________________________________________________________________________________________________ DATA DE NASCIMENTO _______ ⁄ ________ ⁄ ____________ MORADA __________________________________________________________________________________________ CÓD. POSTAL _________ - _____ — ________________________________________________ NIF

  

TEL   

 

EMAIL _______________________________________________________ PROFISSÃO ________________________________

AUTORIZAÇÃO DE PAGAMENTO - por débito na conta abaixo indicada, queiram proceder, até nova comunicação, aos pagamentos das subscrições que vos forem apresentadas pelo editor do jornal POSTAL do ALGARVE. Esta assinatura renova-se automaticamente. Qualquer alteração deverá ser-nos comunicada com uma antecedência mínima de 30 dias.

30 ¤

NIB

Assine através de TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA

BANCO _______________________________________________________________________________________________

   

NOME DO TITULAR __________________________________________________________________________

35 ¤

Tiragem desta edição:

9.093 exemplares

Ministro, um tal Prof. Cavaco Silva, que mandava construir escolas no Algarve sem Pavilhões, apenas com polidesportivos descobertos, porque aqui não chovia… Eu lembro-me! Falar agora que se candidatou pelos jovens!?... Hoje temos manifestações do movimento Geração à Rasca... Será que já se esqueceu de uma das maiores manifestações estudantis do pós-25 de Abril? Eu não, e se me permite, lembro-lhe: foi a da PGA (Geração Rasca...) estávamos no ano de 1989, e era Primeiro Ministro um tal Prof. Cavaco Silva! Também lhe posso recordar, o Numeros Clausus e as reduções no curso de Medicina para 200 alunos/ano… única razão para a falta de médicos com que o SNS se

BALCÃO ______________________________________________

_______________________________________________________________________________ ASSINATURA IDÊNTICA À CONSTANTE NA FICHA DO BANCO DO TITULAR DA CONTA.

Assine através de DINHEIRO, CHEQUE ou VALE POSTAL, à ordem de Postal do Algarve.

NOTA: Os dados recolhidos são processados automaticamente e destinam-se à gestão da sua assinatura e apresentação de novas propostas. O seu fornecimento é facultativo. Nos termos da lei é garantido ao cliente o direito de acesso aos seus dados e respectiva actualização. Caso não pretenda receber outras propostas comerciais, assinale aqui.


PUB

Mobiliário e Decoração

Limitado ao stock existente

Liquidação de Stock de Colchões

Vários modelos e medidas desde

130m até 377m

Loja 1 E.N. 125 ( junto à Conceição de Tavira) · 8800-054 Tavira · tel ⁄ fax 281 370 084 · aberta todos os dias • Loja 2 E.N. 125 Vale Caranguejo (Próximo da Eurotel) · 8800-000 Tavira · tel 281 381 803/4 · fax 281 381 805 PUB

PUB


última

Tiragem desta edição:

9.093 exemplares

OPINIÃO

Pina define hoje pelouros na ERTA

Marcelino Viegas – Uma homenagem merecida

António Pina convidou Nuno Aires a voltar ao lugar anterior D.R.

ANTÓNIO PINA voltou no pas-

sado dia 14, segunda-feira, a ocupar o lugar de presidente da Entidade de Turismo do Algarve (ERTA) e por inerência de funções da Associação de Turismo do Algarve depois de ter estado afastado do cargo devido a uma incompatibilidade resultante do facto de ser aposentado da função pública. Depois de ter sido aceite o seu pedido de reintegração no cargo, o novo presidente da ERTA faz hoje, quinta-feira, a atribuição de pelouros na ERTA, contando para o efeito, diz o próprio, “com as mesmas pessoas que estavam na direcção ao tempo do seu impedimento”. O POSTAL sabe que Helena Mak terá voz activa no programa Allgarve além de outras funções e que António Pina pretende contar com Almeida Pires. A Nuno Aires, presidente afastado com a decisão tomada na quarta-feira por Elidérico Viegas, presidente da Assembleia-Geral (AG) da ERTA,

 António Pina diz que na sua presidência há lugar para todos Pina propôs, segundo o próprio, na segunda-feira à tarde, numa reunião informal de direcção, que ocupe o mesmo lugar que tinha antes do impedimento de Pina e que tutele o programa Allgarve. Segundo o agora presidente, Nuno Aires terá dito que “ia pensar sobre o assunto”, mas Nuno Aires já fez chegar às redacções um comunicado em que revela a sua intenção de impugnar judicialmente o

acto de Elidérico Viegas e todos os que resultem do mesmo, por o considerar nulo. Elidérico Viegas sozinho tomou a decisão de reintegrar Pina no lugar de presidente da ERTA numa AG que não votou o assunto e onde muitos exigiam o pedido de pareceres jurídicos sobre o assunto. Uma AG que aqueceu com Pina preparado para tudo e munido de argumentos que parecem ter levado a melhor

sobre a posição de Nuno Aires, pelo menos por enquanto. Sob um clima de tensão, a ERTA vive estes dias projectando uma imagem para o exterior que nada abona a favor da instituição, disto já ninguém duvida, mas António Pina insiste em que na sua presidência, “há lugar para todos”. “Sou um homem de inclusão”, disse Pina ao POSTAL, acrescentando, “na minha mão está a bandeira branca e o ramo de oliveira”, numa clara alusão à paz. “Só me faltam as asinhas, mas se for preciso também as ponho”, disse o actual presidente da ERTA ao POSTAL, mas Pina não esquece e sempre vai dizendo que “a memória essa vou guardar”. Quanto a possíveis divergências na direcção, caso Nuno Aires ficasse, Pina diz que “discordar sempre podemos discordar, sempre foi assim e será”, dando como exemplo, “sou casado há décadas com a minha mulher e nem sempre concordamos”.

CICLO “NA SENDA DAS PEDRAS FALANTES”

Direcção Regional de Cultura promete unir mente e corpo “NA SENDA DAS PEDRAS FALANTES” é o nome do ciclo de

iniciativas culturais que a Direcção Regional de Cultura do Algarve (DRCA) e a Associação Cultural de Música Tradicional Cante Andarilho vão levara a cabo em quatro localizações monumentais do Algarve. Fortaleza de Sagres, a Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, os Monumentos Megalíticos de Alcalar e a Villa

Romana de Milreu foram os locais escolhidos para este projecto, que a DRCA qualifica de “inédito, dinâmico, original e surpreendente”. À lógica de evocação da memória e simbologia dos lugares associam-se o cruzamento de estímulos sensoriais (o toque, o cheiro e o som), revela o comunicado de imprensa dirigido às redacções pela DRCA. Conjugando leituras ence-

nadas/performances com massagens de relaxamento e interlúdios musicais, “Na senda das pedras falantes” tem como pressuposto fundamental a ideia de cruzamento e diálogo interdisciplinares, numa espécie de cocktail que conjuga a arte com sonoridades musicais e a “ousadia” e originalidade do recurso a técnicas de relaxamento corporal em contextos não convencionais.

As iniciativas estão agendadas para os dias 27 de Março e 21 de Maio, Dias Mundiais do Teatro e Diversidade Cultural para o Diálogo e Desenvolvimento, na Fortaleza de Sagres; 18 de Abril, Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, nos Monumentos Megalíticos de Alcalar; dia 23 de Abril, Dia Mundial do Livro, na Ermida de N.ª Senhora de Guadalupe, e para a Villa Romana de Milreu, a 4 de Junho, com o Festival da Água.

Humberto Ricardo Jornalista

Fui ao jantar onde se homenageou o jornalista Marcelino Viegas por um trabalho de décadas ao serviço do Algarve. Não foi uma qualquer homenagem, daquelas que por vezes se fazem quando já não estamos por cá. O Marcelino está e para viver muitas luas. Homem bom, profissional de mão cheia, referência na região, o Marcelino foi vítima de uma “maldade dos Deuses”. Está privado do maior bem que temos, a visão, e está agora limitado no quotidiano da sua vida para executar com autonomia a sua paixão, o “ jornalismo activo”, marcado pela frontalidade e coragem, na defesa de outra paixão, o Algarve. Ao longo de décadas, o Marcelino tem “pintado” com arte, saber e rigor o jornalismo. Perdeu a visão, mas não perdeu a vida. Aceitou a circunstância porque um homem existe entre circunstâncias em redor da vida. Com força de guerreiro mantém-se firme no posto da vida. Perdeu a visão da fantasia das cores, mas tem agora outra, mais sua, a imaginação, suportada pelo saber da vida e alicerçada no carácter e dignidade. Foi isso que eu vi e ouvi nesta homenagem de um grande grupo de amigos e familiares para lhe dizerem: “ESTAMOS CONTIGO MARCELINO”. Vi e ouvi os homens e mulheres, camaradas de profissão, responsáveis políticos, reconhecerem o trabalho do Marcelino em favor do “seu Algarve”. No abraço que lhe dei senti a emoção do momento ali vivido. Com voz embargada mas verdadeira e leal como sempre me habituou, o Marcelino disse-me: “Humberto, estou feliz, valeu a

pena todo este trabalho”. Recordo uma viagem a Angola, acompanhando o Louletano numa comitiva desportiva. Jamais o Marcelino a esquecerá, nem eu. A partir daí a vida do Marcelino entregou-se a tempo inteiro ao Jornalismo. Foi um acto de coragem. Era bancário e com 23 anos de actividade viu recusado pela instituição onde trabalhava um pedido de férias, para acompanhar o jornal “A Bola” na deslocação do Louletano a Angola. Com coragem fez uma opção, ou vou e abraço a minha paixão, o jornalismo, ou fico e continuo NELSON PIRES

 Marcelino Viegas a contar o dinheiro dos outros. Optou pela primeira e deixou a cadeira e a secretária de um emprego “certinho” pela incerteza de outras secretárias e microfones que de certezas só tinham o dia-a-dia. Gostei de todos à volta do Marcelino, mas gostei de um em particular, da Senhora Governadora. Palavras serenas envolvendo o homenageado com uma nota interessante,“as verdadeiras homenagens são feitas em vida, olhos nos olhos”. UM BEM-HAJA a todos e aquele abraço de todos do POSTAL ao Marcelino, vítima de uma “maldade dos Deuses”, feita a ele e ao Algarve, privando-o de olhar em tempo real. PUB

POSTAL 1025  

À Rasca traz seis mil para a rua » Nomeações para o livro Algarve Maior chegam ao fim » VIA DO INFANTE: PROTESTOS REGRESSAM JÁ ESTE FIM-DE-S...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you