Page 1

Nutrição:

Semear Saúde promove workshop de consciência alimentar

Semear Saúde

Edição nº 6 | Novembro 2016

Este caderno faz parte integrante da edição n.º 1173, de 18 de Novembro de 2016, do jornal Postal do Algarve e não pode ser vendido separadamente.

É já em Dezembro que pode ficar a saber muito mais sobre conciência alimentar para a prevenção do cancro e da diabetes.

Módulo Especial: Doces sem culpa p. 3

Fisioterapia:

Propostas de Natal:

Prendas de Natal e propostas natalícias diferentes, naturais e apostadas num Natal saúdável ps. 6 e 7

Fisioterapia oncológica: um exemplo de caso clínico por Sara Rosado

p. 5


2 18.11.2016

Semear Saúde naturopatia

editorial

Natal: a celebração do… consumo desenfreado? O Natal e as festas de final de ano estão a chegar… Tal como nos anos anteriores, nesta altura do ano, as ruas das cidades são enfeitadas, os shoppings além de mais luminosos já têm montadas as casinhas que recebem o pais natais, as crianças são incentivadas a escrever cartinhas para fazerem os seus pedidos… É só o início. Daqui a menos de um mês, tudo e todos vão, de alguma forma, ser afectados por esta onda consumista que se espalha como se fosse uma doença contagiosa. Músicas de Natal vão tocar nas lojas abarrotadas e nos shoppings, revistas e panfletos com mil e uma sugestões de Natal vão sur-

Cláudia Brito

Presidente da Associação Semear Saúde associacaosemearsaude@gmail.com

vel em vossas casas para receber aqueles que mais amam. Substituam as velas, incensos e ambientadores com aromas artificiais por óleos essenciais para perfumarem as vossas casas. Ofereçam alimentos saudáveis e nutritivos aos vossos familiares convidados para a ceia de Natal. Se desejar, venha aprender a fazer doces sem culpa para a sua mesa de Natal, no curso que vamos realizar no dia 11 de Dezembro, com o o NutriChef Duarte Alves. d.r.

gir na televisão, no computador, na caixa de correio electrónico… Os centros comerciais vão ter as suas portas abertas até à meia noite e até os noticiários nos vão dar conta dos níveis de consumo e compará-los com o mesmo período de outros anos. Vão ser-nos apresentadas falsas necessidades. Sem nos darmos conta, vamos fazer muitas compras de forma inconsciente. O marketing vai funcionar tão bem que compraremos impulsivamente muitos produtos. Daí, resultará a gratificação emocional desse acto. Só isso!! Acreditamos que o Natal é um momento de celebração, de confraternização, seja com ou sem presentes. Mais importante do que os presentes são os momentos de partilha da família. Muitas, por diversas razões, se encontram distantes e só se reúnem nesta época do ano. Aproveitem! Desfrutem da magia do Natal, da verdadeira magia do Natal. Criem um ambiente saudá-

Se quiser oferecer presentes à sua família pense em algo que possa apresentar benefícios às pessoas que os recebem. Também deixamos algumas sugestões neste suplemento de presentes saudáveis: sabonetes e outros produtos de higiene, sem químicos, da Marca Casa Brava; dos chás, ervas aromáticas e medicinais (agricultura biológica) da marca Dias de Aromas ou tratamentos faciais com oxigénio puro da marca Oxigenesis, que apresentam excelentes resultados para problemas dérmicos (acne, rugas, manchas, papos e olheiras, cicatrizes, flacidez, etc.), e não têm efeitos secundários, contra-indicações e qualquer tipo de dor ou desconforto associado. Mas mais importante que isso, ofereça às pessoas que mais gosta a sua companhia, momentos de alegria e amor. Que esta época natalícia seja para todos nós mais saudável, consciente, sustentável e feliz!!

Medicar as nossas crianças para sossegarem! Segundo um artigo publicado na página mais-psi.com, o Conselho Nacional de Educação (CNE) ALERTA para a obsessão em ter as crianças mais atentas e sossegadas, com recurso a substâncias químicas, o que, segundo o CNE, pode representar um condicionamento irreversível do desenvolvimento cognitivo e social da criança que nenhum medicamento poderá recuperar. No relatório “Estado da Educação 2015”, o presidente do CNE, David Justino, escreve que se tornou preocupante o consumo de substâncias estimulantes do sistema nervoso central, especialmente as orientadas para a superação de “supostos problemas” de hiperactividade e défice de atenção, referindo que: “O recurso cada vez mais generalizado ao metilfenidato (princípio activo da designação comercial de Ritalina) reflecte um problema que não deverá ser menosprezado”.

Acredito que temos o dever de questionar sempre: Valerão a pena todos aqueles efeitos colaterais? Haverá algo mais que poderíamos tentar? Antes de mais, a Perturbação do Déficit de Atenção com Hiperatividade (PDAH) é o termo geral usado para descrever um problema neurocomportamental genético (causa mais provável) mais comum entre as crianças, mas que também afecta os adultos. De forma muito simplista, as nossas células nervosas ou neurónios enviam mensageiros químicos para a frente e para trás chamados neurotransmissores. Estes mensageiros são os que dizem aos nossos corpos como pensar, como agir e como sentir. Alguns estudos afirmam que o PDAH é

bém é conhecida por afectar as partes do cérebro onde as acções de atenção e de resposta são controladas. O que se tem observado é que o aumento dos níveis de dopamina e de norepinefrina no cérebro têm demonstrado benefícios no tratamento sintomático da PDAH. Existem igualmente vários factores ambientais que estão actualmente a ser estudados, como causas prováveis: - Gravidez: fumo de cigarro, álcool e drogas durante a gravidez. Gestações difíceis, nascimentos prematuros e de baixo peso ao nascer também têm sido associadas ao transtorno. -  Toxinas:  As crianças que estão em contacto com elevados níveis de chumbo derivado da tinta, por exemplo, podem estar em maior risco de desenvolver PDAH. Os PCB’s e outros produtos

Vera Belchior

Naturopata Perturbação de Hiperactividade com Défice de Atenção verabelchior@gmail.com

papel no desenvolvimento da doença. - Lesão cerebral:  uma pequena percentagem de crianças que sofreram lesões no lobo frontal também têm PDAH. Quer se trate de genética, desequilíbrios hormonais ou factores ambientais, é difícil identificar a causa específica da PDA / PDAH. Provavelmente porque é uma combinação destes e de outros factores d.r.

Segundo o relatório Saúde Mental em Números 2015, as crianças portuguesas até aos 14 anos estão a consumir mais de cinco milhões de doses diárias de metilfenidato. [Fonte: Lusa e Sic Noticias] A grande preocupação e consequência da ingestão de medicamentos são os seus efeitos secundários, que infelizmente muitas vezes tratam-se de um mal menor, pois queiramos aceitar ou não, a medicação de síntese tem a sua validade terapêutica principalmente em estados agudos, no entanto, não é uma panaceia para todo o mal e quer a ingestão de um químico seja “natural” ou não deve ser sempre ponderada e feita com base em informações credíveis para evitar desconfortos desnecessários associados aos químicos sintéticos e não sintéticos!

A ingestão de um químico, seja natural ou não, deve ser sempre ponderada uma deficiência genética destes mensageiros químicos, fazendo com que não se comuniquem adequadamente. Algumas evidências apontam para o papel da dopamina na PDAH, pelo facto de ser um neurotransmissor importante que conduz os sinais entre os nervos no cérebro, estando ligada a muitas funções, incluindo o movimento, sono, humor, atenção e aprendizagem. Além disso, a norepinefrina, uma hormona do stress, tam-

químicos tóxicos também estão associados ao desenvolvimento anormal do cérebro em crianças. Dos herbicidas e pesticidas nos alimentos a adjuvantes nocivos nas vacinas, as substâncias tóxicas estão literalmente em toda parte e muitas pessoas sofrem de sobrecarga tóxica que pode resultar em sintomas de PDAH. - Nutrição: Alguns pesquisadores sugerem que o açúcar e outros aditivos alimentares como conservantes e corantes artificiais desempenham um

que contribuem para a causa. A naturopatia como complemento à gestão da Perturbação do Déficit de Atenção com Hiperactividade concentra a sua atenção nos sintomas associados, fornecendo ferramentas eficazes para a sua gestão num contexto menos agressivo. Irei abordar o tema de forma mais aprofundada no dia 19 de Novembro de 2016 na Associação Semear Saúde em Tavira. Para comparecerem basta entrar em contacto com a Associação.


18.11.2016  3

Semear Saúde

nutrição

Consciência Alimentar pelo nurichef Duarte Alves na Semear Saúde “Olhar para os nutrientes dos alimentos e ver quais é que são benéficos para o corpo humano” é o grande objectivo do Curso de Consciência Alimentar, a realizar no dia 11 de Dezembro, na Associação Semear Saúde, em Tavira. A iniciativa segue o ciclo de promoção de alimentação e vida saudável que a associação tem vindo a desenvolver nos últimos meses junto da comunidade. O chef, orientador da formação, apresentou-se ao Semear Saúde como “um facilitador” na mudança de hábitos alimenta-

ionizada, o showcooking, almoço, lanche e certificado de participação.

‘Quando trabalhei na área da hotelaria dei por mim a confeccionar alimentos nos quais havia muito pouco de saúde’

cos mas nos quais havia muito pouco de saúde”, recorda. “Foi nesse momento que decidi aprender técnicas de cozinha mais saudáveis e sustentáveis, que possam facilitar todo o processo de nutrição. Comecei a cozinhar com o único ob-

jectivo de trazer a saúde para dentro do prato. Os alimentos servem para nos alimentar e para nos nutrir e não para nos deixar doentes, e ter um prato saudável não depende só da qualidade dos alimentos mas também do modo de confec-

ção e até da água utilizada”, conclui o formador. A formação dos dois módulos tem o custo de 40 euros e as inscrições podem ser feitas através do e-mail da associação ou mediante contacto telefónico 281 320 902. pub

Formado em Marketing e Publicidade, Duarte Alves desde cedo se dedicou à cozinha saudável e à nutrição. Realizou formações e cursos de cozinha nacional, internacional, ovo-lacto-vegetariana, macrobiótica e vegan, bem como em higiene e segurança alimentar. Realizou pós-graduações no d.r.

Duarte Alves regressa a Tavira em Dezembro res. “Eu limito-me a passar ferramentas importantes para uma alimentação diária mais saudável e que muitas vezes não são ensinadas durante o percurso escolar ou académico”, afirma o especialista em consciência alimentar e nutricional. O curso está dividido em quatro módulos, dois serão leccionados já este domingo, dia 20 de Novembro, com foco nas potencialidades dos alimentos e na problemática da obesidade. No dia 11 de Dezembro as atenções voltam-se para a influência da alimentação no aparecimento de doenças oncológicas. A formação de dois dias inclui a formação em si, um workshop de água alcalina

mais valorizados do que a componente nutricional dos menus”, confessou ao Semear Saúde. “Quando trabalhei na área da hotelaria, a dada altura dei por mim a preparar e a confeccionar alimentos fantásti-

Curso Avançado de Nutrição Clínica e Funcional da Nutriscience - Education & Consulting. No ramo da hotelaria e restauração foi cozinheiro e chef de cozinha em hotéis de quatro e cinco estrelas. É formador e consultor de consciência alimentar e cozinha nutricional com super alimentos. Realiza showcookings e nutribreaks em eventos, e presta serviços de aconselhamento e reeducação alimentar a particulares e empresas. Foi durante o seu percurso profissional na área da hotelaria que Duarte Alves se começou a sentir “desmotivado pelo facto de os aspectos visuais e de as técnicas culinárias serem


4 18.11.2016

Semear Saúde nutrição

Propostas para uma alimentação saudável Creme de millet com maçã (pequeno-almoço nutritivo) O millet, também chamado de milho painço, é um cereal de grão pequeno que tem imensos benefícios para o nosso organismo.

lidade física. Devido ao seu elevado teor de magnésio é excelente também para a protecção do coração, para reduzir a gravidade da asma e para atenuar crises de enxaquecas.

Não contém glúten e tem um efeito alcalinizante no sangue, é rico em ferro, diurético e antifúngico. É indicado para fortalecer o estômago e o pâncreas, muito eficaz na prevenção da diabetes e ajuda a aumentar a vita-

ÔÔ Ingredientes: 1 (chávena de café) de millet e 7 de água 1 maçã 1 pitada de sal Mel ou geleia de arroz Sementes, frutos secos e fruta

fresca à escolha ÔÔ Preparação: Lavar o millet em água fria. Num tachinho colocar o millet lavado, a maçã descascada e cortada em cubinhos e a água. Deixar levantar fervura, juntar uma pitada de sal, tapar o tacho e reduzir o lume. O millet leva cerca de 25 minutos a cozer. Quando estiver cozido e toda a água evaporada, reduzir a puré com a ajuda da

fotos: d.r.

Angela Oeiras

varinha mágica. Colocar no prato onde se vai servir, regar com uma colher de mel ou de geleia de arroz e juntar sementes, frutos secos ou frutas frescas a gosto.

Conselheira alimentar, blogger www.angelaoeiras.com fotos: d.r.

Eu gosto de fazer várias combinações: Figos secos + amêndoas + bagas de goji. Tâmaras + nozes + sementes de sésamo. Framboesas (ou morangos) + sementes de girassol, etc… as combinações são infinitas.

Começar bem o dia

Puré de abóbora e lentilhas vermelhas com cubos de tofu Agora que o frio está a chegar, começam a apetecer comidas mais quentinhas e com mais substância (como dizia a minha avó). Este puré é simples e fácil de preparar. Os cubinhos de tofu salteados dão um acrescento proteico a este puré e o tornam num prato principal, mas se quiser pode servi-lo simplesmente

como um acompanhamento. A abóbora que normalmente usamos na macrobiótica é a abóbora Hokkaido e felizmente já se encontra à venda em supermercados e grandes superfícies a um preço satisfatório, experimente. ÔÔ Ingredientes: 125 gr de lentilhas vermelhas (descascadas) 200 gr de abóbora Hokkaid 6 pés de hortelã

125 gr de tofu Azeite Alho em pó Shoyo (molho de soja), Sal marinho Pimenta preta ÔÔ Preparação: Dentro de um tacho colocar o azeite e a abóbora cortada em cubos e saltear. Juntar as lentilhas, duas chávenas de água, sal e os pés inteiros de hortelã, deixar

levantar fervura, tapar e reduzir o lume para o mínimo. Deixar cozer durante aproximadamente 20 minutos ou até as lentilhas terem absorvido toda a água. Retirar os pés de hortelã e com a ajuda de um garfo triturar a abóbora e as lentilhas cozidas até ficar em puré. Enquanto o puré coze, cortar o tofu em cubos e temperá-los com alho em pó, shoyo e pimenta preta.

O toque especial da hortelã Assim que o puré estiver pronto, saltear os cubos de

tofu num pouco de azeite e servi-los por cima do puré.

Cookies de aveia Bolinhos sem trigo, açúcar e ovos e ainda por cima fáceis de fazer e deliciosos? Sim, é possível! As bananas (maduras) são uma óptima substituição dos ovos na doçaria mais saudável. Utilizando-se na confecção de bolachas, bolinhos, bolos, etc… Estas cookies, além de muito fáceis de fazer ficam com um saborzinho muito bom a banana, o que faz as delicias de crianças e

são ideais para levar como merenda para a escola. ÔÔ Ingredientes: 200 gr de flocos de aveia 2 (colheres de café) de fermento em pó biológico 4 (colheres de sopa) de malte de cevada (ou mel, ou geleia de arroz) 1 banana madura 2 punhados de gotas de chocolate (ou 100 gr de chocolate ralado) 120 ml de leite de amêndoa (ou

outro leite vegetal à escolha) 2 (colheres de café) de extracto de baunilha ÔÔ Preparação: Ligar o forno a 180º. Numa tigela desfazer a banana com a ajuda de um garfo e juntar o adoçante escolhido, o leite vegetal e a baunilha. Num triturador (123, Bimby, etc) triturar os flocos de aveia até ficarem quase em farinha.

Juntar esta farinha de aveia previamente misturada com o fermento à mistura anterior e envolver tudo bem. Juntar o chocolate, e com a ajuda de duas colheres (ou com a colher dos gelados) formar pequenas bolas (cerca de 15). Colocar estas bolas num tabuleiro de forno previamente forrado com papel vegetal e levar a cozer durante cerca de 10 a 12 minutos. Retirar as cookies do forno e deixar arrefecer em cima de uma rede.

A doçura sem pecado

pub


18.11.2016  5

Semear Saúde

fisioterapia

Fisioterapia oncológica: Um exemplo de caso clínico Descrição do caso: Mulher de 47 anos detectou cancro de mama no lado direito, tendo sido submetida a mastectomia (sem esvaziamento ganglionar axilar) e, Principais queixas da utente - Dificuldade em elevar o membro superior; - Dor na zona do peito quando faz actividades em que se recorra muito ao movimento dio ombro;  - Cansaço permanente - Diminuição da força muscular geral.

posteriormente, a uma reconstrução com preservação do mamilo. O mamilo provocou uma reacção infecciosa, daí o aspecto desta zona na mama direita.  Por questões genéticas, a Importante: - A utente nunca foi disperta para a importância da fisioterapia pós mastectomia;  - A utente procurou fisioterapia por sua opção e necessidade;  - A procura foi tardia (oito meses após a reconstrução), sendo que, já há alterações posturais a nível da cintura escapular (ombro e omoplata); - A utente é sedentária e nunca

utente optou por realizar mastectomia preventiva do lado esquerdo, tendo neste momento expansor para futura reconstrução com preservação do mamilo, como mostra a imagem. foi disperta para a importância do exercício físico, o que por si só, poderia ter ajudado bastante a prevenir retracções musculares tão significativas. A importância da fisioterapia pós mastectomia já foi abordada nas Guerreiras, a nível da mobilidade da cicatriz, redução da dor cirúrgica, mobilidade do membro superior e prevenção ou

tratamento do linfedema. Após a reconstrução mamária, a fisioterapia é muito importante para a mobilidade da prótese e para a prevenção de retracções musculares e alterações posturais. A nossa postura e a inibição do movimento são consequências quase imediatas após uma cirurgia e

Tratamento na fisioterapia: - Massagem e mobilização da prótese e da cicatriz;  - Massagem ao nível do tendão do músculo peitoral; - Alongamento manual do músculo peitoral;  - Alongamento passivo do músculo peitoral;

Sara Rosado

Fisoterapeuta especializada em oncologia associacaosemearsaude@gmail.com fotos: sara rosado

pub

que até poderiam já estar adquiridas antes da mesma. Os problemas a nível psicossocial e emocional também podem levar à inibição de certos movimentos, à retracção postural e, neste caso, à anteriorizacao e rotação do ombro (ombros para a frente).  A postura relaciona-se tanto com a dor cirúrgica (postura anti álgica) como com problemas psicossociais como a falta de auto-estima, auto-confiança, a alteração da imagem corporal, entre outros. Todos estes factores levam a problemas como os que se conseguem ver nas imagens.

- Exercícios de alongamento realizados de forma autónoma pela utente e que podem ser realizados em casa; - Exercícios activos de mobilização do ombro; - Fortalecimento dos músculos estabilizadores da omoplata e posteriormente dos músculos mobilizadores do ombro; - Passadeira e/ ou bicicleta (mínimo 20 minutos para aumento da tolerância ao esforço). A utente notou resultados a nível da facilidade na realização das suas actividades da vida diária a partir da terceira sessão de fisioterapia e participa agora em aulas de hidro-

ginástica nos dias em que não realiza treino cardiovascular na fisioterapia, tornando-se uma pessoa fisicamente activa. Este é só um exemplo do trabalho que se desenvolve em utentes oncológicos mas que elucida sobre a importância da fisioterapia pós mastectomia e também do exercício físico em utentes com cancro da mama. Faça por si! Mude por si! Informe-se e esclareça as suas dúvidas. A qualidade de vida após estas experiências é tão ou mais importante do que ultrapassá-las.


6 18.11.2016

Semear Saúde beleza e bem-estar

Casa Brava: os sabonetes mais saudáveis e amigos do ambiente do Algarve Naturais, amigos do ambiente e da sua saúde, assim são os sabonetes Casa Brava, marca criada na Primavera deste ano, em Loulé, por Marco Pinto e Julie Pereira. Com a particularidade de serem confeccionados à mão e de terem na sua composição azeite extra virgem biológico made in Portugal, bem como matérias-primas locais, os sabonetes da Casa Brava seguem a lógica da ‘Slow Cosmetique’ em que todos os produtos são “produzidos e utilizados respeitando a natureza e o homem”. “O nosso objectivo é fazer coisas de qualidade, o mais naturalmente possível, utilizando os recursos locais”, começou por explicar ao Semear Saúde Marco Pinto, um dos criadores da marca. “Utilizamos produtos 100% portugueses e maioritariamente regionais, não utilizamos químicos, nem nenhum tipo de perfume, o cheiro dos nossos sabonetes provém dos ingrediente utilizados. Cheira a azeite quando é feito de azeite e a tomilho se for feito com tomilho. A elaboração dos sabonetes é realizada por nós, de A a Z. Procuramos os produtos, colhemos, produzimos e embalamos. É tudo feito à mão”, continuou o responsável. Actualmente a marca tem

tamanhos diferentes, o de 110 gramas e o de 25 gramas, destinado ao ramo hoteleiro. Exemplos da riqueza dos cosméticos da Casa Brava são o sabonete ‘Origem da terra’, um maxi-hidratante feito de azeite e alfarroba biológica, com propriedades nutritivas, hidratantes e antioxidantes, que impedem os efeitos do envelhecimento. Este sabonete tem a particularidade de nutrir a pele, regular o sistema de hidratação natural e acalmar as vermelhidões e irritações. O ‘Caminho Perdido’ é outra das propostas. Composto, uma vez mais pelo produto base, o azeite virgem extra biológico, este sabonete contém argila e tomilho e ajuda a limpar e a purificar a pele em profundidade. O ‘Aroma do Sol’ é um sabonete estimulante com cayenne na sua composição e com a característica de acalmar as dores da pele, assim como estimular a circulação, óptimo para quem tem má circulação e celulite, com o efeito de regeneração da pele. O ‘Remédio de Flores’, o mais recente produto lançado pela marca algarvia, é um sabonete cicatrizante e reparador feito com flor de sal e esteva, rico em magnésio e oligoelementos. Permite que a pele se mantenha hidratada, ajudando o organismo a reter a humidade. Funciona na pele inflamada e irritada, tonificando

Aroma de Sal, uma das propostas da Casa Brava quatro sabonetes diferentes. “A primeira gama que lançámos é a ‘Pura’ e é composta por quatro sabonetes, que estamos a desenvolver em dois

e purificando. É recomendado para peles que precisam de cicatrização de cortes e feridas e combate também o envelhecimento precoce da pele.

fotos: d.r

Julie Pereira, uma das responsáveis pela marca Casa Brava Azeite virgem extra biológico é a base da riqueza da Casa Brava “Na região somos os únicos a utilizar azeite extra virgem biológico ‘made in’ Portugal”, garante Marco Pinto, que contou ao nosso suplemento que quando o projecto teve início os fornecedores que procuraram e que estavam habituados a trabalhar no mundo da cosmética, estranharam a procura deste tipo de azeite. “Toda a gente estranhou muito a nossa escolha de azeite e só diziam: “Estão loucos, aqui nem os restaurantes utilizam esse tipo de azeite para a comida e vocês querem pôr isto nos sabonetes?”, recordou o luso-descendente. “Mas sim nós queríamos que o nosso produto base fosse de alta qualidade”, assegura. “Também não utilizamos óleo de palma – produto de baixo custo muito utilizado

em produtos cosméticos por ser um produto que está a destruir a Amazónia e a Indonésia”, acrescentou.

Este Natal ofereça saúde, ofereça cosmética natural e responsável Já a pensar na época natalícia a marca tem conjuntos que podem ser um presente “do bem” para oferecer a quem mais estima. Os conjuntos contam com produtos de alguns parceiros, como é o caso da marca de ervas aromáticas “Dias de Aromas”, sedeada em São Brás de Alportel. “Por exemplo, o sabonete ‘Caminho Perdido’ é vendido com uma saqueta de tomilho e um tubo de tomilho dos “Dias de Aromas”. Tentamos fazer conjuntos com lógica e juntar ao nosso produto, produtos complementares”, refere o empreendedor. “Apesar de não nos con-

siderarmos uma marca com perfil para feiras artesanais, uma vez que o nosso foco é a ética e a saúde, nesta altura do ano decidimos apostar em pacotes que dêem a conhe-

-estar sem prejudicar o meio onde vivemos”, complementa o responsável. Os valores dos conjuntos variam entre os 10 e os 30 euros e são a garantia de um

Apresentação de excelência em todos os produtos cer o nosso projecto e que façam ver às pessoas que se podem oferecer coisas giras e com valor para o dia-a-dia, que melhorem o nosso bem-

presente diferente. Podem ser adquiridos no facebook da marca através do endereço www.facebook.com/casabrava.algarve/.


18.11.2016  7

Semear Saúde

aromas e sabores

Dias de Aromas: a alma da terra transformada em produtos de excelência fotos: d.r

As propostas para infusões são variadas

Quando se fala de ervas aromáticas aquilo de que se fala é da mais verdadeira e pura alma da terra. Nesta matéria o Algarve tem uma miríade de produtos capazes de garantir aos mais exigentes a viagem certa pelos sabores e cheiros que os campos nos oferecem e que o sol ajuda a maturar. Na vanguarda da produção de plantas aromáticas e medicinais em modo biológico, certificadas pela Ecocert Portugal, a Dias de Aromas disponibiliza uma vasta gama de produtos nos seg-

mentos de ervas aromáticas em fresco, para a hotelaria e restauração, e de ervas aromáticas desidratadas para condimentos e infusões. Uma panóplia de propostas que tão depressa podem satisfazer os mais exigentes chefs, como podem saciar a procura de novos aromas e experiências gustativas dos mais comuns dos mortais, todos nós.

Qualidade como primado da marca Dias de Aromas Num mercado cada vez mais competitivo é a par-

Produtos e embalagens de excelência para o Natal tir de Estoi, no concelho de Faro, que Laura e Nuno Dias assumem o desafio de levar, dia após dia, a Dias de Aromas ao grau máximo da excelência. A qualidade é nesta área não só uma aposta, mas um resultado diário, controlado ao pormenor de forma a garantir a melhor oferta para todos os clientes. Com o mercado algarvio como principal objectivo, a Dias de Aromas afirma-se pela qualidade de um produto que escapa às longas cadeias de distribuição e que ganha pontos pela frescura de quem fornece o mercado

A Dias de Aromas espera por si em Estoi - Faro

a partir de uma geografia de proximidade. Estar perto é neste caso sinónimo de ser melhor!

Mais de 40 espécies aromáticas Com uma oferta que ultrapassa já as quatro dezenas de espécies aromáticas a Dias de Aromas desenvolve toda a sua actividade, tendo por corolário o primor com que se dedicada a cada produto, desde a terra até às mãos do cliente. A colheita, tratamento e embalamento de todos os produtos são por isso cui-

Os aromas também se bebem, basta água e calor dadosamente pensados de forma a permitirem aliar qualidade, integridade e excelência a todas as propostas do leque de oferta da Dias de Aromas.

O turismo de natureza por entre os aromas das plantas Ao mesmo tempo, a Dias de Aromas propõe, na área do turismo de natureza, a possibilidade de experimentar de perto as sensações aliadas à produção de ervas aromáticas e medicinais através de visitas guiadas em que pode experimentar todos os segredos das plantas que

a terra nos dá e deliciar-se com os recantos de um saber ancestral associado às suas propriedades e potencialidades. Por entre as visitas espaço para se dedicar ao palato com a prova de um bolo com sabor a ervas e de uma infusão aromática. Agora já sabe, a excelência pode ser encontrada sobre a forma de plantas aromáticas e condimentos e as suas ofertas de Natal também. Surpreenda aqueles de quem mais gosta com uma proposta que decerto os deixará de alma cheia, afinal, na Dias de Aromas é a alma da terra que se oferece em cada produto.

Uma gama de mais de 40 produtos que podem ser a oferta certa para o Natal


8 18.11.2016

Semear Saúde oxigénesis

Saiba qual é a ‘Escolha Acertada’ para manter a sua pele saudável fotos: d.r.

Os especialistas são unânimes, a pele “exerce diversas funções vitais para a própria sobrevivência do ser humano, como a regulação térmica, a defesa orgânica, controle do fluxo sanguíneo, protecção contra diversos agentes do meio ambiente e funções sensoriais – as sensações de calor, frio, pressão, dor e tacto”. Para a presidente da Associação Semear Saúde, Cláudia Brito, que defende uma maior consciencialização e prevenção para uma vida saudável, fica claro que “a pele é um órgão vital e, portanto, precisa de cuidados especiais para que permaneça sempre bem cuidada e saudável”. Após um estudo aprofundado, a “Escolha Acertada” da Semear Saúde é o Método OXIGÉNESIS que permite a activação celular natural. Para Cláudia Brito, a Oxigénesis está aqui para ficar! Foi prémio internacional 2014 e 2015 de melhor produto inovação da Europa e permite resolver os vários problemas de pele. E agora, já se encontra disponível em Tavira na Semear Saúde e nos vários parceiros. Após conversações com a Oxigénesis Portugal, a Semear Saúde assumiu o compromisso na sua implementação a sul de Portugal, estando neste momento a seleccionar parceiros para a região do Algarve.

Só vantagens! É sabido que o corpo hu-

O progresso do tratamento em pacientes submetidos a terapia oxigenesis

A clara melhoria estética é evidente após os tratamentos com oxigénesis

mano pode suportar um tempo relativamente longo sem nutrientes (alimentos), pode resistir a um tempo mais curto sem hidratação (água), mas não pode levar mais de quatro minutos sem oxigénio (ar). Para a presidente da associação, “o princípio que nos move é a activação celular e qualquer tratamento cosmético de forma saudável. Através do Método OXIGÉNESIS é possível fazê-lo da maneira mais natural, levando oxigénio ao nosso corpo”. “O oxigénio é a fonte de energia e sem oxigénio adequado as células não conseguem regenerar-se por forma a manter uma pele saudável e jovem. Os tratamentos propostos são feitos com equipamentos de ponta que trabalham com oxigénio puro, juntamente com alguns ingredientes activos. A resposta é imediata e duradoura após ter concluído as sessões pós-tratamento. É a maneira mais segura e natural para obter os benefícios que procuramos em todos os tratamentos estéticos, sem dúvida, sem prejudicar os nossos corpos e com resultados surpreendentes e duradouras”, realça Cláudia Brito. E garante que “não há nenhum caso de insucesso. Funcionou em todas as pessoas que já fizeram o tratamento”, afirma. Os tratamentos não são evasivos, não têm efeitos secundários nem contra-indicações e permitem um renascer celular natural e inofensivo, sem qualquer tipo de dor e são eficazes para o rosto,

pub

Pode adquirir os seus vouchers de Natal nas instalações da Associação Semear Saúde em Tavira

OXIGÉNESIS é uma aplicação cosmética patenteada e destinada aos vários tipos de tratamentos, quer facial, corpo e cabelo. Seguem alguns exemplos: • Tratamento Facial: • Rugas e flacidez; • Marcas de expressão na cara e no pescoço; • Peles com acne; • Peles punidas pelo sol; • Olheiras e bolsas; • Capilares dilatados; • Couperose; • Peles desidratadas; • Peles do rosto e pescoço tipo pés de galinha; • Tratamento Capilar: • Para queda de cabelo; • Para queda androgénica; • Anti caspa; • Anti seborreia; • Feridas e erupções. • Tratamento Corporal: • Aromaterapia; • Bronzeado; • Cicatrizes pós-operatório; • Estrias; • Redução de ranhuras. • Maquilhagem em HD: a dispersão do pigmento conseguido através do oxigénio faz com que a maquilhagem seja uniformemente espalhada, tornando-a limpa macia e saudável.

olhos, rugas, flacidez, acne, manchas, poros dilatados, celulite e estrias, por exemplo. Os tratamentos são, além de eficazes, extremamente rápidos e económicos. pub

SEMEAR SAÚDE 06 - 18 NOV 2016  

• CONHEÇA O SEMAR SAÚDE DESTE MÊS • Sexta-feira (dia 18/11) nas bancas com o PÚBLICO e o POSTAL • ON-LINE a informação à distância de um cli...

SEMEAR SAÚDE 06 - 18 NOV 2016  

• CONHEÇA O SEMAR SAÚDE DESTE MÊS • Sexta-feira (dia 18/11) nas bancas com o PÚBLICO e o POSTAL • ON-LINE a informação à distância de um cli...