Page 1

Fotografia Coleção

Trate suas

Imagens Tutoriais de Photoshop

passo a passo

1

EDIÇÃO

Remova rugas e imperfeições, recorte e monte um novo fundo, ajuste cores e saturação

Técnicas para fazer

Retratos e Paisagens

O equipamento correto Resolução Zoom Tela LCD Modos e truques

Clique como os profissionais

Fotografia digital

.1 Aprenda com técnicas fáceis a arte de criar efeitos e editar fotos


2 . PrincĂ­pios da fotografia digital


Fotografia Coleção

passo a passo

1

fascículo

A História da fotografia................................................................................... 4 Onde e como tudo começou. Nada é por acaso Câmera de 25 dólares..................................................................................... 8 A câmera presente na vida das pessoas Que tipo de fotógrafo você é?.....................................................................11 Saiba em que tipo você se enquadra e faça a melhor escolha do seu equipamento Escolha do equipamento..............................................................................13 Saiba que fatores e por que são importantes em uma câmera digital Resolução / megapixels................................................................................14 Afinal, quantos megapixels sua câmera deve ter? Objetiva Zoom...............................................................................................17 Saiba quais as diferenças para e qual objetiva é a indicada para seu perfil Tela LCD..........................................................................................................18 O benefício de refazer uma foto quase que imediatamente é fantástico Modo de exposição ......................................................................................19 Retrato, paisagens, esporte, noturna e até manual são algumas das opções para ajuste da cãmera; saiba para que servem Sensor de imagens e Baterias......................................................................20 Tempo entre as fotos e Memória.................................................................21 A arte de compor a imagem .......................................................................22 A regra dos terços ........................................................................................24 As cenas e ajustes..........................................................................................26 Como fotografar paisagens.........................................................................29 Aprenda como fazer boas fotos de paisagens Fique atento à luz e ao enquadramento.....................................................31 Ficha técnica.................................................................................................32 PHOTOSHOP..................................................................................................33 Fotos apagadas e sem contraste podem ser ajustadas com a ferramenta níveis Como fotografar retratos.............................................................................36 Ficha técnica.................................................................................................40 PHOTOSHOP..................................................................................................41 Aprenda a usar a ferramenta de layers e recorte para fazer uma montagem profissional PHOTOSHOP..................................................................................................44 Retoque digital Entre os mais pedidos por namoradas e esposas, o retoque digital. Aprenda a suavisar rugas e manchas da pele .3


/////////////////////////// ///////////// A História da fotografia introdução o início como base

Onde e como tudo começou. Nada é por acaso

N

Foto de Daguerre em 1938 em Paris do Boulevard du Temple

A fotografia parece que sempre esteve em nossas vidas, isso pode parecer exagero, mas sua história nos remete a tempos que pouca gente imagina. No início do século V AC, um filósofo chinês (MoTi) observou que em um determinado momento, quando um buraco na parede se abriu em um lado de uma sala escura, a luz se difundiu na parede oposta de cabeça para baixo a projeção do cenário externo. Este fato deu início aos primeiros estudos registrados do princípio da fotografia.

4 . Princípios da fotografia digital


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// Durante o período do Renascimento na Europa, muitos outros cientistas, incluindo Leonardo Da Vinci, trouxeram novas melhorias a este dispositivo, incluindo as alterações que permitiram a utilização de uma pequena caixa de projeção, em vez de uma sala grande, e uma lente em vez de um simples buraco. Isto possibilitou uma projeção mais clara da imagem. Usando espelhos, os artistas projetavam as imagens em um papel e esboçavam suas pinturas. Mais a diante no século XVII o cientista alemão Johannes Kepler aperfeiçoou o dispositivo e deu o nome de câmera escura ou “Dark Room”. Até então a imagem gerada pelo invento era temporal; com o fechamento da antrada da luz da dark room a imagem desaparecia. Em 1825 vários inventores disputavam a criação e patenteamento de um mecanismo que permitisse que a imagem fosse permanente. Foi o inventor francês Nicéphore Niépc que desenvolveu um dispositivo que projetava a imagem em uma placa de estanho, revestida com um composto químico foto-sensível derivado de petróleo. Este produto químico reagia à luz, criando uma impressão da imagem projetada após oito horas de exposição. Mais tarde Niépce começou a experimentar a prata como a nova base de compostos que permitiu um menor tempo de exposição de quinze minutos.

Loius Daguerre

Neste período a fotografia já estava presente na elite da sociedade. Os primeiros experimentos faziam alvoroço na elite de 1820. Daguerre, no ano de 1938 em Paris, fotografou o Boulevard du Temple com uma chapa com base de prata com incrível riqueza de detalhes para a época e uma fatalidade surpreendente. Na esquina havia um homem encerando o sapato, por estar parado durante uma exposição longa esta foto é conhecida como a primeira foto que mostra um homem, repare na foto ao lado.

.5


/////////////////////////// ///////////// introdução o início como base

a i r á n o i c u l o v e r a Umameindtoefuiturista e espírito inovador Pensa

6 . Princípios da fotografia digital


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// Em 1850 Scott Archer abriu ao mundo as portas da fotografia; mais que um inventor, ele doou sua invenção ao mundo abrindo mão das patentes e permitindo seu uso por todos. O daguerrotipo poderia produzir uma imagem muito boa, mas ainda com um tempo relativamente longo de exposição para clientes de retrato.

Por outro lado, o processo de Talbot, embora tenha sido mais eficiente, produziu uma imagem com contraste fraco e má definição. Com a elaboração do processo de colódio por Archer, e a sua postura, a invenção do filme tornou-se iminente e revolucionaria o mundo da fotografia até o surgimento da câmera digital.

N

Fotografia que retrata os estúdios fotográficos que se espahavam pela Europa. Mathias Hansen, 1860

Caricatura de Honoré Daumier, de 1850, retratando a febre da fotografia

Daguerreoptico de 1937

.7


/////////////////////////// ///////////// Câmera de 25 dólares A câmera presente na vida das pessoas introdução o início como base

Em meados de 1830 um jovem funcionário de banco abandona sua carreira para se dedicar a um novo invento, nada mais do que conhecemos hoje como filme fotográfico, seria mais leve e portátil. George Eastman Kodak criava um dos mais incríveis produtos de todos os tempos. Uma revolução como acontece agora com a fotografia digital. A câmera era vendida aos consumidores com 100 fotos pré-carregadas. Qualquer pessoa com 25 dólares poderia comprá-la. Uma vez que o cliente havia tirado 100 fotos, simplesmente enviava a câmera de volta para a Eastman Kodak Company pelo correio e em uma semana receberia de volta as suas fotos e uma nova máquina. O slogan da Eastman Kodak era “Você aperta o botão, nós fazemos o resto”. Em pouco tempo os avanços na tecnologia de filme resultariam em aumento da comercialização, bem como o rápido desenvolvimento da forma mais recente do mundo da arte: o cinema. Nesse período foram produzidas grandes fotos

8 . Princípios da fotografia digital


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// de momentos históricos e do cotidiano, desenvolve-se o olhar fotográfico. A foto-arte e documental surge transformando-se em um grande avanço para a sociedade, ainda maior que o avanço tecnológico. Agora no século XXI nós vivemos com outra revolução, desta vez

tecnológica. Novos dispositivos de captação da imagem e a integração de mídias nos trazem infinitas opções de utilização e manipulação das fotografias. Após capturar, basta fazer o upload para seu computador e deixar a sua criatividade solta. Uma história que ainda está sendo escrita. Mas não podemos nos esquecer da fotografia de Daguerre e seus sucessores do século XX. Fotografar continua sendo uma arte, manual, ou melhor, proveniente do olhar, da sensibilidade e da técnica do fotógrafo. Neste guia estaremos sempre buscando referências e inspirações em fotografias famosas ou de sites de foto-arquivo para estimular sua percepção, além de demonstrar as técnicas mais usadas pelos fotógrafos profissionais. Mesclaremos técnicas fotográficas e tutoriais de editores de imagens. Lembre-se de que a história e referências devem sempre estar à mão, portanto fique atento às revistas, jornais e até mesmo ao trabalho do diretor de fotografia quando for assistir a um filme no cinema.

.9


/////////////////////////// ///////////// Câmera Digital quem é você?

A

10 . Princípios da fotografia digital

Foto Gözde Otman

N


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// Que tipo de fotógrafo você é? Existem basicamente três tipos de fotógrafo: o amador, o semiprofissional e o profissional. Saiba em que tipo você se enquadra e faça a melhor escolha do seu equipamento

Amador

Semiprofissional

Você pode ser um fotógrafo amador que quer adquirir uma câmera para tirar fotos da família e dos amigos. Neste caso sua câmera digital deve ser fácil de usar, conter controles simples para deixar o fotógrafo pronto para apontar e disparar. A maioria das câmeras digitais são assim, fornecem modo AUTO de disparo, e alguns programas de modos de cena pré-estabelecidos como as Sybershot. Esta categoria possui um custo mais baixo e oferece dispositivos de reconhecimento de sorrisos, estabilizadores de imagens e muito mais. A opção deve ser sempre por marcas conhecidas como Sony, Kodak, Canon, entre outras.

Quando o interesse pela fotografia vai além de guardar recordações das festas e encontros de família e o fotógrafo tem a necessidade de criar, sair do comum, buscar resultados artísticos ou de qualidade superior, esta é a hora de comprar uma DSLR semiprofissional. Para estes a câmera digital simples, mesmo com todos os modos de disparo disponíveis, geralmente não oferece flexibilidade suficiente nem exposição para suas necessidaNicéphore Niépc profissiodes. Iniciantes e fotógrafos nais desejam ter total controle sobre suas câmeras digitais. O conhecimento dos fundamentos da fotografia e o modo manual são fundamentais para este tipo de fotógrafo.

. 11


/////////////////////////// ///////////// Câmera Digital quem é você?

Câmeras voltadas para fotógrafos semiprofissionais fornecem modos de disparo manuais em que se pode priorizar a velocidade e a abertura do diafragma totalmente ou individualmente em outros modos como o TV. Este tipo de fotógrafo pode precisar utilizar um flash externo mais poderoso, e mais botões e controles externos. Estes equipamentos têm um custo médio e podem ser adquiridos por muitos estudiosos, curiosos ou candidatos a fotógrafos profissionais.

Profissionais Fotógrafos avançados devem possuir o controle total sobre suas câmeras digitais por meio dos modos manuais. As técnicas de exposição, profundidade de campo, luz, entre outros estão presentes neste grupo. Câmeras DSLR, ideais para este caso, além dos modos de disparo, possuem a opção de troca de objetiva, bem como ajustes finos. Possuem também qualidade de imagem superior à da semiprofissional, foco preciso, sistema de medição do brilho ou luz muito sensível e preciso para um controle total do resultado profissional que se quer dar à foto. O custo destes equipamentos não é baixo já que a melhor tecnologia é aplicada a estas câmeras. É preciso conhecimento técnico e dedicação para a leitura do manual do equipamento, pois as opções de ajustes são grandes e o domínio do equipamento é fundamental para justificar o alto investimento.

Foto Grzegorz Rejniak

12 . Princípios da fotografia digital


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// Escolha do equipamento A grande variedade de opções e recursos pode tirar o foco do que realmete é importante na hora da compra. Saiba que fatores e por que são importantes em uma câmera digital

Quem ainda não está familiarizado com as nuances da tecnologia digital pode adquirir um equipamento que não seja adequado ao uso que vai dar a ele. São muitas as características do equipamento que se deve levar em consideração como, por exemplo, a ergonomia ou qualidade de construção. A maioria das máquinas digitais mais simples é fabricada em plástico, mas já existem modelos de máquinas com preços acessíveis com construção em alumínio; prefira as construídas em liga metálica, são as que garantem mais resistência e mais precisão no disparo.

Estes fatores determinam a qualidade de suas fotos e o custo do equipamento, avalie-os em primeiro lugar: • Resolução • Zoom • LCD • Modos • Baterias • Qual o uso que será dado à câmera • Que tipo de fotógrafo é você?

N

Tipos de câmeras digitais Sybershot DSLR semiprofissionais DSLR profissionais

. 13


/////// ///////////// Câmera Digital escolha o equipamento

Resolução / megapixels

Afinal, quantos megapixels sua câmera deve ter? Pixels são os pontos que formam a imagem. Assim quantos mais pontos sua câmera tiver, melhor será imagem A maior quantidade de pixels também pode facilitar na hora de editar a imagem no Photosho sem perder qualidade, ou ainda quando formos imprimi-la. Câmeras com 8 MP são ideais para obtermos boas ampliações, por dois motivos: os sistemas de cap-

14 . Princípios da fotografia digital

tura de imagens na maioria das câmeras digitais compactas trabalham melhor com esta resolução, algumas delas com o número de pixels maior podem apresentar um certo ruído, desperdiçando pequenos detalhes. A outra é que esta resolução é suficiente para obtermos ampliações


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// de bom tamanho e com 300 dpis mínimos exigidos para uma boa ampliação em papel. Outra ferramenta disponível na maioria das câmeras compactas é a opção de ajuste da compressão do arquivo de imagem gerada. Normalmente o formato do arquivo é JPG, um formato criado para comprimir o original e assim facilitar seu armazenamento. Quanto menor a compressão, mais detalhe terá a imagem, quanto maior a compressão, menos detalhada a imagem será.

Fique atento também a esta opção na hora da escolha de seu equipamento. Assim, comprar uma digicam compacta só baseado apenas nos megapixels muitas vezes é uma atitude errada. Veja os outros fatores como a objetiva zoom mais adiante. A resolução pode influenciar em um bom ou mau resultado na hora de imprimir sua fotografia. Veja a seguir a relação entre pixels 1 a 12.8 Mp, tamanho da impressão a 300 dpi e tamanho de arquivos em MB.

Resolução

Resolução Megabites 1 2 3

Pixels/ink 1.280 x 960 1.600 x 1.200 2.048 x 1.536

Impressão / cm 10 x 8 13 x 10 17 x 13

4 5 6 8 10.2 12.8

2.272 x 1.704 2.560 x 1.920 3.072 x 2.048 3.264 x 2.448 3.872 x 2.592 4.368 x 2.912

19,24 x 14,43 2167 x 16,26 2601 x 19,51 27,64 x 20,73 32,78 x 24,59 36,98 x 27,74

. 15


/////// ///////////// Câmera Digital escolha do equipamento

Foto Andres Virviescas

Objetiva Zoom

Muitos se enganam com as ofertas de câmeras com zoom. Saiba quais as diferenças e qual lente é a indicada para seu perfil O zoom é a capacidade da objetiva de aproximar o motivo ou distanciálo da visão do fotógrafo. Este recurso é um dos mais usados; esta ação é

16 . Princípios da fotografia digital

produzida da mesma forma que nas câmeras analógicas até hoje nas digitais, por meio de lentes sobrepostas que aumentam ou diminuem o seu


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// ////////////

Já o zoom digital simula o real utilizando-se de um software que amplia e recorta a imagem em tempo real, dando a impressão de aproximação, um close-up artificial. Mas na realidade a imagem aumentada está perdendo detalhes e resolução. Você pode simular um zoom digital com software de edição de imagem em seu computador, basta tirar a fotografia com maior resolução possível e depois recortá-la como se

estivesse usando o zoom. Se você não tem tempo ou a qualidade não for a prioridade use seu zoom digital, mas com sabedoria. Ao comparar câmeras digitais, sempre use como fator de análise o zoom óptico, não zoom digital. Alguns fabricantes disponibilizam a ativação e desativação do zoom digital ou demonstram no visor a mudança para o zoom digital como na figura.

Dica Em um bom zoom óptico você pode parar em qualquer ponto ao longo de todo o comprimento do zoom; alguns zoons não obedecem criteriosamente ao seu comando.

Foto Marcelo Romano

ângulo de visão. O zoom óptico utiliza a ótica da câmera, ou seja, as lentes para aproximar seu assunto, como nas câmeras convencionais. Ao mover a lente para mais distante do sensor de imagem dentro do corpo da câmera, o zoom aumenta, pois uma parcela menor da cena atinge o sensor de imagem, resultando em ampliação.

zoom digital zoom óptico

. 17


/////// ///////////// Tela LCD Câmera Digital escolha do equipamento

As telas de LCD foram incorporadas com a nova tecnologia digital, o benefício de refazer uma foto quase que imediatamente é fantástico Uma tela boa tem que ser suficientemente grande para ser legível (2,5 “é o mínimo), com resolução suficiente para mostrar detalhes pequenos (menos de 230 000 pixels não é sficiente), procure opções de câmeras com LCD que não escurecem quando você não olha de frente ou em situações de luz intensa como a do sol. Uma boa tela LCD é essencial para que você saiba se tem a foto que queria, além de indicar se

ela foi exposta apropriadamente. A qualidade da tela de cristal líquido varia imensamente: muitas ficam difíceis de ser visualizadas sob a luz do sol ou geram imagens granuladas em baixa iluminação, ou a imagem pode mudar se você inclina ligeiramente a câmera. Se for possível, experimente a câmera em ambiente aberto antes de comprála, mas não espere fidelidade em cores e contrastes.

Foto Divulga ão Sony

18 . Princípios da fotografia digital


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// Modo de exposição Retrato, paisagens, esporte, noturna e até manual são algumas das opções para ajuste da câmera; saiba para que servem Em fotografia, modo de exposição são programas pré-estabelecidos ou modos manuais para o ajuste da câmera às condições de cena ou efeito que se quer conseguir. Você pode identificá-lo por ícones universais. Este fator de decisão para a compra é muito importante, pois dá liberdade ao fotógrafo de criar fotografias mais profissionais ou artísticas. Eles são divididos em dois tipos: modos de cena e modo manual, que é disponível quase exclusivamente em câmeras de uso profissional ou semiprofissional, ou seja, para quem quer ser mais rigoroso ou ter mais liberdade na criação de suas fotos. Já os modos de cena, ao contrário, estão mais presentes e em maior número em câmeras compactas de uso mais comum, servem para os que precisam tirar fotos rápidas, com segurança e sem perder muito tempo com ajustes finos. Este modo não substitui o modo manual, mas pode ser um excelente recurso para poder tirar melhor proveito de seu equipamento e obter ótimas fotos.

Manual Modo manual O modo manual é

recheado de matérias relacionadas à luz e à sua captação. Sua compreensão é fundamental para executar bons trabalhos com qualquer equipamento que você possua. Este assunto será abordado na próxima edição.

Foto Canon

. 19


/////// ///////////// Sensor de imagens Câmera Digital escolha do equipamento

Este dispositivo faz o papel do filme na fotografia convencional; é ele que vai determinar a qualidade da imagem final Ele é o chip que captura a luz e a converte em um arquivo digital. Uma câmera com sensores de 8 megapixels dispõe milhões de células fotorreceptoras sensíveis à luz, chamadas fotossítios. O CCD ou sensor de imagens é o elemento central de uma câmera digital. Sua qualidade vai determinar a resolução máxima das imagens obtidas. Quando o seu objetivo for obter

Baterias

Esta escolha polêmica pode fazer a diferença na hora da compra

imagens para publicação na internet, 640x480 pixels pode ser qualidade mais que suficiente, mas todos os demais casos vão precisar de uma resolução maior. Se o objetivo for obter imagens de qualidade quase fotográfica, você terá que procurar câmeras com resolução mínima em torno de 1600x1200 pixels. Veja a tabela na página 15. Este ítem é bem polêmico, pois os pontos negativos de uma não superam os positivos da outra, na verdade a questão não é a durabilidade, mas sim a praticidade ou conveniência. O que é certo tanto para as câmeras como para flashes externos é que a durabilidade é fator fundamental. Existem máquinas de ótima qualidade e que consomem muita energia, e a bateria acaba em pouco tempo. Procure logo um modelo que lhe permita fazer pelo menos 100 disparos com a mesma bateria, ou pilhas. A polêmica gira em torno do tipo de aliFoto Alicia Solario

20 . Princípios da fotografia digital


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// ////////////

Tempo entre as fotos Não perca um click

mentação: pilhas ou bateria de lítio. A bateria de lítio (li-ion) tem maior autonomia, e é facilmente recarregável, mas se estiver num local onde não tenha acesso a uma tomada elétrica, fica impossível continuar a fotografar. As pilhas alcalinas duram menos, mas são mais fáceis de encontrar, contudo o custo é bem alto. Outra opção são as pilhas recaregáveis que, por fim, como as de lítio, precisam de uma tomada por perto. Se preferir a bateria de lítio, tenha sempre uma extra.

Memória Nunca ache que é demais

A variedade de novos tipos de cartões de memória é assustadora, na prática a coisa piora quando se fala de fotografia digital, apesar da tendência de universalização, cada câmera possui seu padrão. Os cartões SD são os mais usados. A grande preocupação é com a qualidade: quanto maior a velocidade de gravação, melhor a imagem armazenada. Procure marcas de renome e não economize centavos na compra do cartão. É importante, como as baterias, sempre ter algum de reserva em caso de emergência. Procure formatá-lo a cada vez que for limpá-lo, evitando assim deixar resquícios de arquivos anteriores. Lembre-se, na maioria das vezes no preço da câmera não estão inclusos os custos do cartão de memória.

. 21

Foto Miguel Ugalde

A rapidez entre uma foto e outra é uma das características que distinguem uma câmera boa das de qualidade inferior. Alguns modelos disponíveis no mercado levam até 10 segundos entre tirar uma foto e estar pronta para a próxima. Uma boa câmera deve registrar imagens assim que se dá o primeiro clique.


//////////////////////// ///////////// A"A composição arte deé acompor a imagem arte de ordenar com sentido Arte de fotografar composição

de unidade, as figuras e elementos de um quadro, para se obter um maior efeito de beleza e emoção" J.D. Sagaró

Equipamento disponível atualmente é muito além do que Niépce e Daguerre, os pais da fotografia, poderiam imaginar. Contudo, o equipamento é o que diferencia uma foto boa de uma ruim? Sem dúvida o equipamento usado é um fator considerável para se produzir uma boa foto, entretanto, o principal diferencial da fotografia sempre foi o olhar do fotógrafo. As diferentes percepções e perspectivas de um objeto fazem da fotografia uma espécie de ponto de vista eternizado. O olhar acompanha a fotografia desde o seu nascimento. Tanto a imagem como o resultado final da foto são totalmente influenciados pela atitude lúdica do fotógrafo. Para a construção de uma boa foto podem influir alguns fatores que não são necessariamente conscientes. Quando você tira uma foto e a direciona ao seu ponto de vista, o resultado é determinado a partir do 22 . Princípios da fotografia digital

modo como você enxerga e se relaciona com o mundo à sua volta. Você deve ficar atento ao modo como vê os diferentes enquadramentos que apresentam para ter o controle completo da linguagem fotográfica. Ao fotografar uma manifestação, por exemplo, você irá visualizar uma verdadeira massa humana, mas dentre os inúmeros rostos que se apresen-


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// do exclusivamente por você, ou seja, uma foto sem igual, apenas sua e que nunca será repetida. A arte de escolher é a principal ferramenta do fotógrafo e você deve aprender a ser mais seletivo, para encontrar a melhor maneira de dispor os elementos que compõem a imagem e definir qual é a razão de a foto existir.

. 23

Foto Patrick Hajzler

tam vão existir alguns que se destacarão aos seus olhos. Quando identificar os rostos e elementos que mais chamam atenção ao seu olhar, você deve destacá-los, pois são o motivo da foto. A partir do momento em que você aciona o disparador, a lucidez e o inconsciente se unem, proporcionando um resultado único, produzi-


//////////////////////// / / / / / / / / / / / / / A regra dos terços Arte de fotografar composição

Como um arquiteto, o fotógrafo deve construir, compor, colocar os elementos de sua imagem dentro do enquadramento e decidir o que fica onde e de forma equilibrada. A criatividade transcende a regra, mas não a esqueça. Se você mentalmente dividir sua tela em três partes horizontais e três verticais, onde as linhas se cruzam são pontos focais ou “ponto de ouro”. Estes pontos de convergência são o que os olhos naturalmente procuram quando veem uma fotogra-

fia. Procure colocar o motivo principal em um dos pontos de ouro, se a cena for composta por linhas, alinhe as linhas horizontais e verticais. Nem sempre conseguimos logo de cara identificar como ou qual ponto usar, mas os exemplos vão

lhe ajudar. A maioria das câmeras digitais permitem a visualização do gráfico dos terços em seu visor, basta que você configure. Consulte o manual do equipamento para fazer este ajuste que vai lhe auxiliar na aplicação desta técnica.

Cavalos ou uma paisagem com cavalos? Se você gosta de cavalos logo sacaria sua câmera para fazer esta foto com seu zoom. Os cavalos e a árvore sobre os pontos de ouro e o horizonte alinhado às linhas horizontais formam uma boa composição. Mas o fotógrafo atento e ligado em construir suas imagens afasta-se do motivo e se posiciona de uma forma diferente, buscando compor os ele-

mentos da cena. Acompanhe este exercício e compare as composições, você vai perceber

24 . Princípios da fotografia digital

que podemos usar as linhas de terço de várias maneiras para compor a fotografia.


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// Pontos de ouro

Colocamos os três elementos nos pontos: cavalos, estábulo e árvore, desta maneira não há motivo principal. Com os motivos posicionados nos pontos de ouro, a paisagem fica praticamente sem segundo plano. Com isso o motivo e o fundo vão interagir deixando a composição da imagem bem harmônica. Linha do horizonte a sensação da tranquilidade típica do fim de tarde, a sensação de harmonia e grandiosidade. Observe a seguir o céu, o

horizonte, os cavalos e o estábulo. Dá para sentir o clima da manhã e quase o cheiro do orvalho sobre a paisagem.

Foto Patrick Hajzler

Você também pode optar pela linha de terço inferior, sua aplicação passa uma ideia de amplitude à imagem, dando

. 25


//////////////////// / / / / / / / / / / / / / As cenas e ajustes Arte de fotografar modos e cenas

Cada fotografia tem suas características peculiares, mas podemos dividi-las em cinco situações e autoajustes de programas

É

fácil encontrar, mesmo nas câmeras mais simples, ícones universais de programas pré-estabelecidos de ajuste a determinadas situações,

eles são: Exposição automática, Retrato, Paisagem, Close-up (Macro), Esportes, Cenas Noturnas. Já nas semiprofissionais ou nas DSLR encontramos: manual, AV e TV e outros de modo avançado. Os ícones representam ajustes que vão trazer um resultado ainda melhor a suas fotografias, por exemplo o ícone paisagem ajusta a câmera para obter imagem com nitidez se estendendo do primeiro plano até o infinito, diminuindo a velocidade. Para isso configure a câmera para pequenas aberturas, que dão mais nitidez em profundidade.

Exemplos e exercícios Escolhemos pra esta primeira fase do guia os modos de cena retrato e paisagem para explorarmos. Vamos dar dicas de como fotografar na prática com sua câmera no modo manual ou com os modos de cena préestabelecidos, explicaremos como 26 . Princípios da fotografia digital

a câmera deve se comportar ou ser ajustada. E ainda indicaremos soluções de photoshop para efeitos e problemas mais comuns nas suas fotos. Outros modos de cena serão apresentados nas próximas edições do guia.


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// Veja na tabela abaixo um breve resumo de cada cena ou situação e como deve ser a ação do programa ou ajuste manual Modo de cena Auto

Esporte ou Ação

Paisagem

Retrato

Noturna

Macro ou Closeup

Descrição

Ação esperada

A câmera entra em prontidão e fica à espera do aperto do botão de disparo para capturar uma imagem.

A câmera põe seus sensores em ação e autoajusta, abertura, velocidade, sensibilidade, fotometria, iluminação, balanço de cores, foco e estabilização da câmera de acordo com o programa padrão definido pelo fabricante da câmera. Aumento da sensibilidade para usar altas velocidades de captura de objetos.

Adequa a câmera para capturar imagens em movimento relativo. Condiciona a câmera a obter imagem com nitidez se estendendo do primeiro plano até o infinito. Dá destaque à pessoa fotografada tirando o foco do resto da cena. Neutraliza a tendência da câmera de capturar imagens brilhantes em ambientes muito escuros. Focaliza um objeto mais próximo de sua lente do que o normal.

Diminuição da velocidade para usar pequenas aberturas, que dão mais nitidez em profundidade.

Aumento da abertura para obter um fundo desfocado. Menos exposição para evitar ofuscamento.

Determina uma grande abertura para o assunto que está em foco, desprezando o fundo. . 27


///////////////////// ///////////// Como fotografar paisagens Arte de fotografar paisagens

Cada situação merece uma atenção especial e técnicas diferenciadas. Aprenda como fazer boas fotos de paisagens

A

primeira lição é buscar novas pespectivas do lugar comum em sua aventura fotográfica, afinal você vai retratar a sua experiência pessoal. Sempre que estiver frente a um cenário de paisagem, mesmo se for um conhecido ponto turístico, use sua sensibilidade para conseguir ângulos e pespectivas, fotos diferentes.

28 . Princípios da fotografia digital

Pense antes de clicar A melhor maneira de fazer fotos de paisagens é planejando o que vai ser fotografado, mesmo a situação mais rotineira de uma viagem pode produzir excelentes fotos. Por isso, fique sempre atento às condições de luz do ambiente e aos acessórios necessários para as fotos. Não se esqueça de


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// observar bem o ambiente que vai fotografar, preste atenção em todas as sutilezas, busque sempre capturar a essência do lugar ou o motivo.

Ele também é usado em dias ensolarados para absorver o excesso de luz solar, dar mais vida às cores de um ambiente ou aumentar o contraste entre as cores e os tons de cinza. Mas, se a sua máquina for automática a melhor coisa a fazer é ler o manual e descobrir todos os recursos que a sua câmera oferece. . 29

Foto Daniel Cubillas

Se você possui uma câmera DSLR, precisará de alguns acessórios para aproveitar ao máximo a sua viagem fotográfica. Um deles é o filtro polarizador que é extremamente útil em viagens, já que elimina reflexos de superfícies metálicas, como plástico, vidro, água etc. Um aparador de objetiva também deve ser um acessório indispensável.


///////////////////// ///////////// Arte de fotografar paisagens

30 . PrincĂ­pios da fotografia digital


A observação da luminosidade da paisagem é um aspecto vital na fotografia de paisagem, as câmeras digitais automáticas com programas preestabelecidos escolhem um ponto fixo para medição da luz. Algumas vezes este não é o ponto ideal para obter uma luz uniforme e resulta em fotos com variação de luz em algumas áreas, deixando-as muito claras. Nas câmeras com ajuste manual é possível corrigir este tipo de falha regulando a abertura do diafragma e a velocidade do obturador conforme o que a câmera sugere. Além de acertar a luz é preciso prestar atenção ao enquadrar a foto, principalmente a linha do horizonte. Lembre-se da regra dos terços e posicione a parte que mais lhe interessa na foto no terço superior ou ocupe dois terços inferiores. Procure colocar a linha do horizonte um pouco mais abaixo ou acima do centro da imagem,

conforme as suas preferências. Observe o ambiente e verifique se não há nenhum elemento que estrague a composição da foto, e busque sempre mostrar alguns detalhes importantes da cena. Quando estiver fotografando a natureza você deve trabalhar com todos os sentidos por isso, não se prenda apenas a estas dicas e confie no seu olhar. Trabalhe com o recurso do “Contraste”. Objetos claros, fundo escuro e vice-versa. Fotos em movimento, propositadamente tremidas em baixa velocidade, produzem efeitos interessantes e produzem impacto visual. O que vale é a sua criatividade e o seu bom senso. Procure sempre contar uma história através de imagens. Observe cada sutileza ou detalhe, procurando sempre descobrir como elas foram concebidas ou projetadas. Assim, você estará aguçando a sua técnica e capacidade de observação. . 31

Foto Sergi Montaner

///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// Fique atento à luz e ao enquadramento


///////////////////// ///////////// Arte de fotografar paisagens

Objetivas

As objetivas mais indicadas para fotos de viagem são as grandes angulares de 24 ou 28mm, ideais para paisagens e arquitetura que possibilitam obter boas fotos na maioria dos casos. Use o zoom de 50mm para fotos de pessoas ou família ou tendo como

fundo pontos turísticos e paisagens. As teleobjetivas são mais indicadas para fotografar detalhes a longa distância, pessoas sem que elas percebam, animais, aves e fotos de pôr-do-sol, quando o próprio sol ao entardecer ou a lua são registrados em maiores proporções.

Ficha técnica

Dois dos fatores que se deve levar em consideração nesta categoria de fotografia são a nitidez e profundidade Ajuste do modo de exposição Abertura As aberturas são mantidas o menor possível (menor número F) para produzir maior profundidade de campo (zona de foco) se estendendo do primeiro plano até o infinito.

Velocidade Diminuição da velocidade para usar pequenas aberturas, que dão mais nitidez em profundidade.

Fotômetro Faz a medição da luz no ambiente amplamente 32 . Princípios da fotografia digital

Flash Desabilitado

Referências - Distância focal - Abertura - Exposição

38 milímetros F16 ajustar as condições de luz

- Tripé para exposições longas


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// PHOTOSHOP Fotos apagadas, sem Foto Marcelo Romano

contraste podem ser ajustadas com a ferramenta níveis

É muito comum produzirmos imagens que perecem estar cobertas por uma fumaça. Na realidade em algumas situações a falta de um filtro polarizador ou ajustes imprecisos levam a este problema. Com o auxílio de programas de edição de imagem como o Photoshop é possível fazer ajustes para melhorar e muito a foto. Veja como: Abra a imagem, vá ao menu Imagens/ajustes/níveis ou tecle

Ctrl+L. o menu de ajuste de níveis surgirá. Nele é encontrado um gráfico como o histograma que é apresentado em muitas câmeras digitais. Do lado direito da curva estão as luzes e a esquerda as sombras.

Definição dos parâmetros de máxima e mínima Na camada de ajuste dos níveis vamos ajustar as referências de máximas e mínimas, ou seja, o maior valor para o preto e para o branco nas imagens. O programa terá, a partir deste ajuste, um parâmetro para se basear. . 33


///////////////////// ///////////// Arte de fotografar paisagens

Clique duas vezes sobre o ícone do conta-gotas preto na parte direita inferior da janela.

Logo se abrirá uma nova janela com o seletor de cores. Altere o valor de “B” para “5”, isso define o ponto preto a 95% preto. Clique em OK.

O mesmo será feito para o conta-gotas branco, mas você deve alterar o valor de “B” para “95”, isso define o ponto branco a “5”% .

Identificação das máximas e mínimas na fotografia Vamos utilizar um truque, em que as máximas e mínimas serão destacadas para sua identificação. São estes pontos que deverão ser tocados pelo conta-gotas, branco e preto, para que o programa faça as correções automáticas. Localize a parte mais escura da imagem. Mantenha pressionada

a tecla Alt e mova o controle deslizante de sombras para a direita, a imagem deverá ficar branca. Conforme você move o cursor, verá que algumas áreas começam a se mostrar mais escuras. Este é o limiar do ponto preto, as áreas que começam a se destacar são as áreas mais escuras da imagem.

Ajuste do branco Mova agora o cursor da direita para a esquerda, assim a imagem começará o efeito inverso, ela se tornará escura, sobrando poucos pontos mais brancos da imagem. Saiba escolher os melhores pontos, procure pontos importantes na composição da imagem. 34 . Princípios da fotografia digital


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// Com a ferramenta de conta-gotas branca selecionada, vá ao ponto que foi identificado como o mais importante ponto branco da imagem e clique. O efeito imediato traz a você uma impressão muito boa em relação ao original. O equilíbrio do contraste realça as cores como um todo.

Ajuste do preto Solte o Alt e leve o console deslizante para a posição original. Selecione o conta-gotas preto e clique na parte mais escura da imagem que você identificou com nosso truque. A imagem se ajustará equalizadamente tendo o ponto preto selecionado por você como referência, 95% de preto.

Ponto cinza (gray) Outro fator importante para o equilíbrio da imagem depende do observador, este parâmetro não contém truque. O que vai determinar o bom ajuste é a observação e sua experiência. O “cinza” são as faixas de luz entre o preto e o branco; é o que harmoniza a foto. É aconselhável experimentar vários pontos cinza para encontrar o ideal. Basta trocar o ponto que ele se ajusta novamente a partir do original. Deve ser escolhido o tom cinza-neutro.

Cuidado, a escolha do ponto errado pode descaracterizar a fotografia. Algumas vezes despreze o cinza para testar os resultados. Pronto, agora alguns retoques na saturação ou nas curvas para dar mais realismo à cena. Experimente o seu photoshop, no próximo fascículo ganhe um dicionário de photografia e photoshop. . 35


///////////////////// ///////////// Como fotografar retratos Arte de fotografar retratos

Modelo: Ana Beatriz Romano

Muito mais que técnica é preciso sensibilidade

B

asta andarmos na rua e vermos a diversidade de rostos que se apresentam aos nossos olhos. Não importa onde você more, o Brasil é muito rico em diversidade; inúmeras etnias estão presentes em nossas vidas. Em uma cidade como São Paulo, por 36 . Princípios da fotografia digital

exemplo, existem milhares de pessoas de etnias diferentes, italianos, espanhóis, árabes, chineses, indígenas, seus filhos e amantes, além de um sem número de pessoas de diversas origens. Porém, um projeto como esse não é tão simples como


Foto Marcelo Romano

///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// parece, fotografar pessoas é uma atividade que exige muito mais do que apenas técnica do fotógrafo. Não é à toa que muitos fotógrafos experientes considerem a prática do retrato um verdadeiro dom.

universo imagético. Para ter sucesso em um projeto como esse é preciso, antes de qualquer coisa, conhecer e valorizar as diferenças e ter sensibilidade.

Caras e bocas Por isso mesmo, é extremamente compensador realizar esse tipo de projeto fotográfico. Este exercício vai ajudá-lo a desenvolver seu senso de observação e aumentar a sua sensibilidade frente às diversas etnias existentes. Você também vai aprender a captar a essência de motivos que muitas vezes não fazem parte de seu

Se aproximar de um desconhecido e pedir permissão para tirar uma foto, o famoso “olhe o passarinho”, é um grande problema. Isso fatalmente vai despertar a timidez e tirar a espontaneidade do modelo. Captar o motivo em seu ambiente, de forma natural e ressaltando a sua personalidade, é o aspecto mais rico dos retratos.

. 37


///////////////////// ///////////// Arte de fotografar retratos

Os candids geralmente produzem resultados interessantes, já que as pessoas não sabem que estão sendo fotografadas e agem de modo natural. Mas você não deve se prender apenas a esse tipo de fotografia, tente driblar a timidez do modelo e conhecer as pessoas que fotografa. Você vai perceber que muitos modelos ficarão lisonjeados com o seu convite, e outros mostrarão resistência e não vão querer ser fotografados. Para fotografar gente é necessário adotar uma postura alegre e livre de preconceitos; tente mostrar ao modelo que você é uma pessoa comum. Procure sempre respeitar os costumes e a situação social das pessoas que fotografa.

38 . Princípios da fotografia digital

Foco no modelo Este é um bom momento para usar o modo de prioridade em uma abertura grande, F2.8, 3.2, 4.5 no máximo, o que significa que apenas haverá foco no assunto que você escolheu, deixando todo o resto desfocado. Em câmeras sem controle de aberturas, é possível diminuir a profundidade do foco, distanciando-se do modelo e utilizando o zoom. Isso despreza tudo que não estiver no foco central. Cuidado com o zoom digital, que causa a perda de resolução da imagem. Modelo: Helena Picoloto Romano

Busque sempre evitar fotos posadas. Uma das maneiras de driblar este problema é fazer os chamados “candids”, ou seja, fotografar os modelos sem se aproximar utilizando o zoom. Para fotografar deste modo é importantíssimo ter uma boa objetiva acima de 80mm encontrada na maioria das câmeras.

Tente interagir com o motivo para conhecer melhor o universo social e cultural em que ele se encontra. Se você adotar uma postura simples pode facilmente ultrapassar as barreiras culturais ou sociais que o separam do motivo, conseguindo fotos mais naturais e espontâneas.


Foto Marcelo Romano

///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// ////////////

/////////////////////////////////////////////////

Algumas dicas Ao viajar, procure se informar sobre a cultura das pessoas que habitam a região que vai visitar. Isso poderá evitar que você cometa gafes ou que desrespeite a cultura local. - Tente tirar sempre fotos enquanto a pessoa fala ou age. Isso vai fazer com que suas fotos tenham ritmo e pareçam mais naturais, geralmente as pessoas ficam

Retrato

mais fotogênicas quando estão distraídas ou em movimento. Com o desenrolar das fotos as poses virão mais naturalmente. - Tente manter uma conversa agradável com o modelo. Uma boa conversa pode acabar com a resistência do motivo. - Sempre se ofereça para dar uma cópia da fotografia para persuadir o modelo.

. 39


///////////////////// ///////////// Ficha técnica Arte de fotografar retratos

Montágens com retratos sempre causam um ótimo impácto e agradam a todos O fotógrafo deve buscar desfocar o fundo para destacar o motivo e captar bem os olhos, o cabelo e a pele com detalhes e tons suaves. Quanto maior a distância entre o motivo e o fundo, melhor, mais desfocado ficará o fundo. O motivo fica mais realçado em fundo totalmente escuro, lembrese de ser criativo.

gem da pessoa de pelo menos da cintura para cima usando a objetiva para aproximar.

Foque o rosto. Verifique se o ponto de foco que cobre o rosto está piscando ou dando ok. Cuidado com onde seu equipamento está focando, busque sempre os olhos como referência.

Utilize o zoom Utilize a teleobjetiva para preencher por completo a moldura com a ima-

Com o uso do zoom o foco fica mais restrito e é fácil errar o ponto.

Ajuste do modo de exposição Abertura

Flash

O ajuste da abertura maior possível (F2.8) para a profundidade mínima de campo (área de foco).

Ativo, se o modelo estiver na sombra ou para complenetar a luz natural.

Velocidade

Referências

Aumeta da velocidade para captar

- Distância focal 100 milímetros - Abertura F2.8 - Exposição 125 - Prioridade p Abertura / Paisagem

momentos rapidamente

Fotômetro Faz a medição da luz no motivo

40 . Princípios da fotografia digital


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// PHOTOSHOP

Foto Ariel da Silva Parreira

Foto Masaki Omi

Aprenda a usar a ferramenta de layers e recorte para fazer uma montagem profissional

Muitas vezes nos deparamos com elementos indesejáveis ou queremos aplicar um fundo mais bonito em um retrato. O que parece complicado pode

não ser. Podemos fazer esta operação com algumas ferramentas que vamos escolher conforme a qualidade do recorte que queremos. As principais são:

Laço

Indicado para pequenos contornos. Não possui muita precisão. O ideal é ampliar bastante a imagem para fazer a seleção mais precisa.

Vara mágica

A varinha mágica seleciona usando como referência a cor. A porcentagem de similaridade pode ser ajustada na barra superior do photoshop. Não traz precisão nos contornos, deve ser usada nos limites de contorno com cores contrastantes.

Pen tool

Com ela, você pode fazer retas e curvas de maneira simples e precisa. Você adiciona pontos que geram retas ou curvas para fazer um recorte perfeito. O path é mais trabalhoso que os outros modos, mas traz resultados profissionais. Clique com o mouse no primeiro ponto do contorno. Utilize a ferramenta zoom (em forma de uma lupa) para aproximar a imagem de forma que fique claro o contorno da imagem escolhida. . 41


///////////////////// ///////////// Arte de fotografar retratos

Vamos fazer um recorte e uma fusão de imagem para exercitar. Usaremos a ferramenta Path, layers, faether para obtermos uma fusão realista. Primeiro escolha duas imagens e as abra.

Selecione a imagem que ficará por cima e com o auxílio da ferramenta path faça segmentos no limite da imagem, contornando somente o que será transportado para o outro arquivo até fechar todo o contorno. Para criar curvas em nosso path, selecione a Convert Point Tool, clique na âncora superior e sem soltar o botão do mouse, arraste o ponto para a esquerda. Através das alças de reta você pode controlar a curvatura do path. Experimente arrastando as duas âncoras para lados opostos, por exemplo.

Seleção Com o cursor padrão, clique com o botão direito do mouse dento do contorno que você fez e selecione a opção Make Selection. Na janela que abrir, mude o Feather Radius para 1 pixel e Operation para New Selection, após isso, dê OK. Copie a seleção e clique em Ctrl + V, agora você tem um objeto de primeiro plano perfeitamente separado do seu fundo. 42 . Princípios da fotografia digital

Recorte preciso Utilize a ferramenta zoom (em forma de uma lupa) para aproximar a imagem de forma que fique claro o contorno do garoto. Na região dos cabelos corte com sobras e depois limpe com a borracha mágica selecionando o fundo com o Alt acionado, depois apague-o.


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// Com o primeiro plano separado vamos aplicar um fundo mais vivo, que componha melhor o fundo, mesmo sem descaracterizar a fotografia original. Após uma pesquisa encontrei uma fotografia que poderia nos ajudar a dar vida a esta bela cena. Abra uma nova camada abaixo da imagem recortada e cole o novo fundo. Sempre que puder, procure elementos que possa coincidir entre as duas fotos para trazer mais realismo à montagem. Veja como conseguimos um ótimo resultado.

Finalização Neste caso, para dar mais realismo, foi aplicado o filtro Rendes/ Light efects, desta maneira a luz do

pôr-do-sol incorporou-se à imagem da modelo. Os ajustes finos podem fazer a diferença no resultado final. Explore o photoshop.

. 43


///////////////////// ///////////// Retoque digital Arte de fotografar retratos

Entre os mais pedidos por namoradas e esposas, o retoque digital. Aprenda a suavisar rugas e manchas da pele

44 . PrincĂ­pios da fotografia digital


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// A ferramenta de clone é uma das ferramentas mais utilizadas quando se trata de retoques no photoshop. Neste tutorial, vou mostrar-lhe como remover algumas rugas e manchas de pele. É importante proteger sua imagem original fazendo os retoques em uma camada duplicada. Quando você terminar o retoque, pode sobrepor as duas camadas, esta técnica geralmente melhora os resultados, fazen-

do seu trabalho com uma aparência mais natural e realista A ferramenta Pincel de amostra usa pixels de uma imagem para que possamos corrigir as imperfeições. O fato mais surpreendente sobre Healing Brush é que ele ajusta automaticamente a iluminação, sombreamento, textura e transparência das imagens, para que elas coincidam com o fundo, ao se fazer cada clique da clonagem.

Camada duplicada Abra a imagem que você quer retocar. Na paleta Camadas, clique sobre a camada de Background e pressione Ctrl + J para criar uma camada duplicada. Dê duplo clique na nova layer e renomeie como reparos. Pressione Enter Deixe esta nova camada selecionada.

Patch tool Na caixa de ferramentas, selecione a ferramenta Patch tool, que pode ser encontrada sob a ferramenta realyng brush tool.

. 45


///////////////////// ///////////// Tutorial guia rápido photoshop

a

Brushe correto

Ajuste inteligente

Na barra de opções da ferramenta, abra a janela pop-up Brush e defina o diâmetro do pincel para um tamanho adequado - o suficiente para cobrir as linhas de rugas, escolheremos 12 pixels. Feche a paleta e selecione a caixa de seleção “alinhados”. Deixe as outras configurações em seus padrões como no exemplo.

Observe as duas rugas correndo horizontalmente no rosto do homem. Use o Zoom, sempre que preciso.

Uma a uma Continue pintando com a ferramenta Pincel de Recuperação para remover as rugas e imperfeições como manchas etc

46 . Princípios da fotografia digital

Mantenha a tecla Alt e clique em uma área lisa da testa. Em seguida, arraste a ferramenta Pincel sobre a parte inferior da testa, duas rugas. Enquanto arrasta, você vai perceber que os pixels pintados não coincidem exatamente com os tons de pele da pessoa natural. Quando você soltar o botão do mouse, no entanto, as cores se corrigem para que a ruga seja coberta naturalmente.


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// ////////////

Você deve variar o tamanho do brush para conseguir resultados mais homogêneos. Use como referência pontos da pele que estejam mais uniformes e sem defeitos. Algumas

vezes este ponto fixo de referência pode gerar padrões indesejados e termos que retocar novamente. Portanto faça esta operação com minúcia e paciência.

Esfumaçar Existe outra ferramenta que pode complementar esta recuperação da pele. O Blur tem a função de desfocar o ponto em que é clicado o brush. Esta ferramenta pode ser usada clicando-se e arrastando continuamente. Ou apenas clicando-se. Assim você suavisa as imperfeições. Mas lembre-se, não use se não for preciso.

. 47


///////////////////// ///////////// Tutorial guia rápido photoshop

Path Tool

A ferramenta Patch combina o comportamento de seleção da ferramenta Lasso com a cor de mistura de propriedades da ferramenta Healing Brush. Com a ferramenta Patch, você pode selecionar uma área que deseja usar como a fonte (área fixa) ou destino (área onde será feita a fixação). Em seguida, você arrasta a ferramenta Marquee Patch para outra

parte da imagem. Quando você soltar o botão do mouse, a ferramenta Patch conclui o trabalho. Certifique-se de que a camada de Retoque esteja selecionada na paleta de camadas antes de continuar. Você verá que seleção permanece ativa, pronta para ser arrastada de novo para outra área que precisa de patch. Use a opção destino ou Sour-

Resultado mágico O resultado é muito bom, a pele fica suavizada pelo programa, mesmo não sento totalmente igual ou perfeita. Confira o rejuvenescimento.

48 . Princípios da fotografia digital


///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////// ce para alternar o destino da amostragem ou outra área a ser clonada. Continue usando a mesma técnica para apagar as rugas com o outro olho.

Preservar expressão É muito importante que os retoques no rosto humano deixem o olhar mais natural possível. Quando a maioria das rugas estiverem escondidas, ou pelo menos atenuadas, vamos dar um tom natural ao retrato,

reduzindo a opacidade na camada de reparos para que possamos ver algumas das rugas surgir levemente da camada inferior. Na paleta Layers, altere o valor de opacidade da camada de retoque para cerca de 60%.

Agora, as sugestões das dobras da pele mais pesadas aparecem na imagem, dando um pouco mais de realismo. O modelo não deve ficar sem as linhas de expressão. Alterne a visualização das camadas e veja a diferença bastante grande entre a imagem original e dê uma retocada. . 49


próxima edição

///////

CENTRAL DE ATENDIMENTO Tel.: (11) 3965-2037 - 9 66130909

Projeto Gráfico e Editorial Romano Comunicação Rua Reims, 120 - Cj 121C Autor Marcelo Romano Revisão: Maria Zenólia www.marceloromano.com.br

Próxima edição

Muitas dicas práticas na edição número dois do seu guia de fotografia digital

Guia de elementos da fotografia Guia rápido de photoshop Fotografia noturna Esporte Casamento Modo manual Profundidade de campo White balance Histograma

I

50 . Princípios da fotografia digital


. 51


Fotografia Aprenda na prática Conheça as técnicas para fotografar como os profissionais Dicas práticas com linguagem simples para quem tem uma câmera compacta ou profissional

Tutoriais de Photoshop passo a passo para tratar suas fotos, criar efeitos, ajustar imperfeições

- Técnica para fotografar

- Mais de vinte páginas de tutoriais de photoshop Retratos Paisagens

Tutoriais - Ajuste e equilíbrio de ton s - Retoque facial - Montagem, recorte e camadas Ficha técnica Sugestões de ajustes e dicas para cada técnica 52 . Princípios da fotografia digital

Livro de fotografia  

Manual básico de fotografia

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you