Page 1

RELATÓRIO DE ATIVIDADES VIRAÇÃO EDUCOMUNICAÇÃO

2016


Equipe PRESIDENTA Elisabeth Cristina Alvarenga VICE-PRESIDENTE Rafael Silva PRIMEIRO SECRETÁRIO Aurea Lopes CONSELHO FISCAL Everaldo Oliveira, Renata Rosa e Rodrigo Bandeira DIRETORIA EXECUTIVA Paulo Lima COORDENAÇÃO EXECUTIVA INSTITUCIONAL Adriano Oliveira COORDENAÇÃO EXECUTIVA DE PROJETOS Vania Correia MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS Ana Luísa Saran COMUNICAÇÃO Bruno Ferreira, Ethel Rudnitzki e Paula Bonfatti EDUCAÇÃO/FORMAÇÃO Daniel Fagundes, Elisangela Nunes, Ingrid Pierazzo, Marcela Varconte, Tulio Bucchioni ADMINISTRAÇÃO Daniele Rabelo e Cleide Agostinho MOBILIZADORES DA VIRA Acre (Leonardo Nora), Alagoas (Alan Fagner Ferreira), Amapá (Alessandro Brandão), Amazonas (Jhony Abreu, Claudia Maria Ferraz e Sebastian Roa), Bahia (Emilae Sena e Mariana Sebastião), Ceará (Alcindo Costa e Rones Maciel), Distrito Federal (Webert da Cruz e Diego Callisto), Espírito Santo (Jéssica Delcarro, Izabela Silva, Leandra Barros), Maranhão (Nikolas Martins, Maria do Socorro Costa e Maurício de Paula), Mato Grosso do Sul (Fernanda Pereira), Minas Gerais (Emília Merlini, Reynaldo Gosmão e Silmara Aparecida dos Santos), Pará (Diego Teofilo), Paraíba (José Carlos Santos e Manassés de Oliveira), Paraná (Juliana Cordeiro e Digo Henrique Silva), Pernambuco (Edneusa Lopes e Luiz Felipe Bessa), Rio de Janeiro (Gizele Martins, Clara Wardi e Edda Ribeiro), Rio Grande do Norte (Rodri Nazca), Rio Grande do Sul (Evelin Haslinger e Araciele Ketzer), Roraima (Graciele Oliveira dos Santos), Sergipe (Elvacir Luiz) e São Paulo (Luciano Frontelle, Nobu Chinen, Novaes, Vitória Soares, Maura Garcia, Gabriella Gomes e Letícia Vidinha)


Carta da Presidenta A Viração Educomunicação apresenta o Relatório de 2016 com um brilho no olhar de todos aqueles que constroem este trabalho. Diante de um cenário econômico e político fragilizado, as organizações sociais brasileiras tiveram que redobrar sua criatividade e inovação para se sustentarem e garantirem a execução de suas atividades. Para que este trabalho fosse possível, a Vira contou com uma equipe sincronizada, competente e fortalecida por um novo modelo de gestão, que veio juntar-se à coordenação geral. A Viração Educomunicação apresentou grandes avanços em suas atividades, realizadas no Brasil e também no exterior. Grande parte dessas conquistas constam no teor deste relatório. Durante o processo, foram desenvolvidos momentos que fortaleceram as ações da Viração, incluindo avaliação institucional, estruturação do trabalho e funções da equipe, análise de cargos e salários, contratação de novos profissionais para novas áreas, elaboração da política de sustentabilidade e da política de voluntariado. Ao observarmos os números, a Viração surpreende com o impacto de seus projetos, campanhas e ações educativas. Basta ver que atualmente nossas atividades abrangem 2.317 adolescentes e jovens no Brasil, Argentina, Itália, Portugal e Marrocos. No aspecto financeiro, os resultados também foram positivos, encerrando o ano com números surpreendentes. Como já vem acontecendo nos períodos anteriores, nosso saldo financeiro é positivo. Em 2016, a Viração apresentou uma novidade: a concretização da Viração&Jangada, uma nova associação com configuração jurídica no Trentino, norte da Itália. Este novo braço internacional surge como resultado de um árduo trabalho iniciado em 2009, em parceria com a associação local denominada Jangada. Embora tenha vida própria, a Viração&Jangada poderá contribuir na expansão do nosso modo de conhecer e vivenciar a Educomunicação e a defesa dos direitos de adolescente e jovens mundo afora. É este sentimento de alegria e convicção que demonstra estarmos caminhando na direção certa. Portanto, convido-os a fazer uma leitura deste relatório que sistematiza os resultados alcançados pela Viração em 2016.

ELISABETH CRISTINA ALVARENGA Presidenta Viração Educomunicação


Sumário Viração Educomunicação Vira em números 7 Atividades

10

Vira Internacional Sustentabilidade

25 27

Parceiros 33 Balanço Financeiro 36

5


Viração Educomunicação Desde 2003, a Viração atua com uma metodologia própria de trabalho em projetos de educomunicação e mobilização social juvenil. As atividades propostas estimulam adolescentes e jovens a participarem de espaços de discussão sobre direitos humanos, por meio de processos, intervenções e produtos de comunicação. As atividades da Viração estão estruturadas em três eixos distintos e complementares:

FORMAÇÃO

PRODUÇÃO DE CONTEÚDO

MOBILIZAÇÃO SOCIAL

O eixo de formação de adolescentes, jovens e educadores, visa tanto a apreensão de técnicas de produção em comunicação, quanto a sensibilização e ampliação do repertório sociocultural e sobre direitos humanos, política e participação cidadã. O eixo de produção de conteúdo por e para adolescentes e jovens é uma dimensão importante da metodologia da Viração. A produção de produtos de comunicação possibilita colocar em prática os aprendizados das formações e exercer, deliberadamente, o direito humano à comunicação e liberdade de expressão.

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

5


Através do eixo de mobilização social, busca-se valorizar a ação entre pares na realização de atividades para a mobilização de outros adolescentes e jovens. Esses jovens são sensibilizados para questões sociais e instigados a participarem de debates sobre políticas públicas, além de realizarem coberturas educomunicativas de datas e ações estratégicas. Através de uma metodologia única, a Viração já impactou a vida de mais de 5 milhões de adolescentes e jovens. Priorizando pautas de interesse da juventude, a organização trabalha temáticas como meio ambiente, saúde, política, diversidade, igualdade de gênero e sexualidade.

Missão Inspirar e  conectar adolescentes  e  jovens para construir uma sociedade justa, participativa e plural por meio de processos e práticas educomunicativas.

Visão Adolescentes e jovens com direitos garantidos e participando da transformação do mundo.

6

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Vira em números 2.317 ADOLESCENTES E JOVENS IMPACTADOS 44 ENCONTROS DE FORMAÇÃO 307 PRODUTOS EDUCOMUNICATIVOS

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

7


5 PAÍSES BRASIL, ARGENTINA,

ITÁLIA, PORTUGAL E MARROCOS

21 ESTADOS E DF

SE, PI, PA, RR, SP, DF, MS, PR, CE, PB, MG, AP, AL, AM, RN, ES, RS, PE, AC, RJ, BA, MA

8

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


5.734 CURTIDORES NO FACEBOOK 21% CRESCIMENTO DE CURTIDAS NO FACEBOOK

2015

2016

399.054 PESSOAS ALCANÇADAS NO FACEBOOK 131% CRESCIMENTO DE PESSOAS ALCANÇADAS NO FACEBOOK

2015

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

2016

9


Atividades Centro Cultural da Juventude Através de intervenções comunicativas, a Viração estimula adolescentes e jovens a participarem de espaços de discussão sobre direitos humanos. Para a realização dessa prática, que é essência da organização, a Viração tem estabelecido parcerias com outras organizações da sociedade civil e também órgãos públicos, como é o caso do Centro Cultural da Juventude (CCJ), situado no bairro Vila Nova Cachoeirinha, zona norte de São Paulo. Em 2016, por meio de atividades educomunicativas realizadas no CCJ, jovens habitantes da região se envolveram no processo e realização de produtos de comunicação, orientados pela equipe Viração. Além da formação técnica em audiovisual e jornalismo, os participantes também discutiram sobre mídia e juventude, direito humano à comunicação e mobilização social.

22 JOVENS PARTICIPANTES

10

9 ENCONTROS DE FORMAÇÃO

COBERTURA EDUCOMUNICATIVA DO DIA DA JUVENTUDE NO CCJ

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Como resultado das oficinas, foram produzidos uma agenda de 2017, um vídeo poesia, baseado no poema Mania de Colecionador de Jennyfer Nascimento, e um documentário sobre a presença do islamismo na periferia de São Paulo, sob a perspectiva das mulheres! Assista ao documentário produzido pelos jovens! https://goo.gl/3e7Eae

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

11


Plataforma dos Centros Urbanos A Plataforma dos Centros Urbanos é uma iniciativa do Unicef que busca contribuir para a redução das desigualdades que afetam a vida de crianças e adolescentes nas grandes cidades. A iniciativa teve início em 2008 e conta com a Viração como parceira técnica. Em parceria com a PCU, a Viração atua na mobilização e formação de adolescentes, de forma a garantir sua participação ativa em processos de mobilização social, incidência política e educação entre pares. No primeiro semestre de 2016, os encontros de formação abordaram temáticas como direitos humanos de crianças e adolescentes, participação política e cidadã, mobilização social e comunicação. Os temas foram trabalhados transversalmente à discussão e produção midiática sobre racismo e homicídio juvenil. As atividades realizadas no segundo semestre tiveram como objetivo principal incidir no processo eleitoral, formando adolescentes e jovens para participarem de forma ativa e incisiva nos Fóruns Juvenis na cidade de São Paulo.

175 ADOLESCENTES PARTICIPANTES

14 ENCONTROS DE FORMAÇÃO

PRODUÇÃO DA CAMPANHA #RESISTIR PARAEXISTIR reunindo ensaios fotográficos, vídeo e texto.

CONSTRUÇÃO DE UMA AGENDA POLÍTICA DOS ADOLESCENTES que foi entregue aos candidatos à prefeitura e ao legislativo da cidade de São Paulo.

ASSISTA AO VÍDEO DA CAMPANHA “EXISTIR PRA RESISTIR”

goo.gl/YB8lAV

12

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Além disso, através do projeto a Viração produziu o Guia Prático sobre a participação cidadã de adolescentes, lançado em novembro de 2016. Ao todo, foram impressos 900 guias que serão distribuídos ao longo do próximo ano. Acesse o Guia Prático! https://goo.gl/jQDqRi

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

13


Viva Melhor Sabendo Jovem Através de ações de comunicação e da realização de intervenções urbanas com uma unidade móvel de saúde, o projeto Viva Melhor Sabendo Jovem (VMSJ) promove testagem do HIV via fluído oral gratuitamente, extramuros e entre pares. Os testes são realizados por agentes jovens de prevenção, capacitados pelo Programa Municipal de DST e aids de São Paulo. Além das atividades relacionadas às testagens e intervenções de rua, o projeto conta com momentos de formação teórico-política, onde os jovens participantes têm a oportunidade de discutir sobre as temáticas de HIV/aids, raça e sexualidade, e memória e história LGBT na região do Largo do Arouche. O projeto prevê a produção de produtos de comunicação, como ações para mídias sociais com conteúdos sobre prevenção, testagem e tratamento do HIV e outras DST. A unidade móvel de saúde promove também a distribuição de preservativos e o oferecimento de acolhimento, encaminhamento e retenção ao tratamento para o público reagente.

14

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


14 AÇÕES REALIZADAS

329 PESSOAS TESTADAS a maioria jovens de até 29 anos

5,5% DE CASOS REAGENTES

8.161 CURTIDORES NA PÁGINA DO FACEBOOK

600% CRESCIMENTO DE CURTIDAS NA PÁGINA DO FACEBOOK

2015

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

2016

15


Geração Digital O projeto Geração Digital tem como objetivo informar e mobilizar adolescentes para o uso seguro da internet, educando sobre temas como fraudes virtuais, privacidade, cidadania digital e busca confiável. No Brasil, a iniciativa conta com o apoio do Unicef e tem como parceira técnica a Viração. Através de oficinas, o Geração Digital discutiu temas básicos do uso responsável e seguro na web, sensibilizando adolescentes quanto aos riscos do ambiente virtual. O projeto orientou os jovens usuários a aproveitar os benefícios da rede e a multiplicar os conhecimentos compartilhados nas oficinas com seus pares, por meio da produção de campanhas de comunicação. 700 ALUNOS MOBILIZADOS E ORIENTADOS NA PRODUÇÃO DE CAMPANHAS DE COMUNICAÇÃO

PRESENÇA NO ENCONTRO INTERNACIONAL DO GERAÇÃO DIGITAL NA SEDE DO GOOGLE em Mountain View, na Califórnia

TESTAGEM, ANÁLISE E SISTEMATIZAÇÃO DO GUIA PRODUZIDO PELO GOOGLE com foco em educadores e alfabetização digital

Agência Jovem de Notícias A Agência Jovem de Notícias (AJN) tem como objetivo promover a cidadania ativa de adolescentes e jovens por meio de processos, ações e produtos de comunicação e mobilização social. Dessa vez, os adolescentes e jovens são repórteres, redatores, fotógrafos e entrevistadores. Nessas atividades, chamadas de coberturas educomunicativas, eles produzem notícias sobre eventos e são orientados em suas produções por profissionais da Viração, através de reuniões de pauta, encontros de formação e acompanhamento virtual. O programa teve início em 2005 como uma extensão à Revista Viração, sendo hoje um programa independente. A AJN é uma agência de produção de conteúdo idealizada, gerenciada e

16

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


executada por jovens. Em 2016, passou a contar com dez correspondentes jovens de sete estados brasileiros, além de cinco articulistas adultos, especializados em questões como saúde sexual, cinema, HQ e meio ambiente.

“Vivenciar os princípios da Educomunicação e aprender nas práticas colaborativas tem me enriquecido demais, não só como comunicadora, mas como ser humano. A Viração me ensinou a ser gente” – Leandra Barros, Virajovem de Vitória (ES)

Os colaboradores da AJN produzem notícias mensais para o site, que também recebe colaborações pontuais de parceiros. Para começar 2017 de cara nova, a AJN reformulou seu logo, adotando cores mais vibrantes e reforçando sua sigla.

150 TEXTOS PUBLICADOS

COBERTURA DAS OLIMPÍADAS E PARAOLIMPÍADAS NO RIO DE JANEIRO

COBERTURA DA 22ª CONFERÊNCIA DAS PARTES DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MUDANÇAS CLIMÁTICAS (COP 22) em Marraquexe

COBERTURA DA HABITAT III CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MORADIA E DESENVOLVIMENTO URBANO em Quito, no Equador

As mais lidas: https://goo.gl/tjwl2z https://goo.gl/2mKlF7 SEXUALIDADE É SEXO? OU SEXO É SEXUALIDADE?   https://goo.gl/XLP9vo SEXO ANAL: EVITE PASSAR CHEQUE FAZENDO A CHUCA  

TRABALHO NA ADOLESCÊNCIA PODE, DESDE QUE... 

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

17


Revista Viração Criada em março de 2003, a Revista Viração é uma publicação produzida por uma rede de jovens colaboradores presentes em 20 estados do país e no Distrito Federal. A Revista Viração nasceu de uma percepção incômoda: a inexistência de uma publicação voltada para o público adolescente e jovem que o envolvesse em seu processo de produção. Hoje, através da produção de conteúdo de jovem para jovem, o projeto promove a defesa e garantia dos direitos de adolescentes e jovens brasileiros, além de possibilitar uma rede de mobilização social entre eles. As publicações abordam temas como direitos humanos, comunicação, juventude, cultura, comportamento e meio ambiente. Desde o seu surgimento, a Revista Viração teve várias periodicidades, chegando a ser publicada mensalmente. Em 2015, passa a ser semestral, temática e de distribuição gratuita, afim de potencializar a produção de conteúdo online por meio da Agência Jovem de Notícias. Em 2016, a Revista Viração teve periodicidade semestral, replicando sua metodologia colaborativa para a produção de conteúdos locais. A revista também é disponibilizada online! Todas as edições, desde a edição zero, estão disponibilizadas gratuitamente para leitura e download na Plataforma Issuu. Acesse: www. issuu.com/viracao

Revista Viração edição 110: Mídia Livre e Juventude A Revista Viração Mídia Livre e Juventude, publicada em junho de 2016, tratou da questão do crescente movimento de mídia livre no país e o envolvimento de jovens com comunicação independente. Toda a edição deu indicativos sobre como os diferentes segmentos juvenis, de acordo com suas realidades locais e de exclusão social, têm se apropriado dos recursos midiáticos atuais para ampliar a visibilidade em torno de suas bandeiras e comunidades, com criatividade engajamento político.

e

A escolha do tema pela Rede Virajovem é fruto do engajamento político dos seus integrantes em torno da questão do direito humano à comunicação e da democratização da mídia. 34 JOVENS COLABORADORES

18

3 MIL EXEMPLARES IMPRESSOS

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Revista Viração edição 111: Cuidar do Prazer A Viração, em parceria com a Merck Sharp & Dohme Farmacêutica (MSD), dedicou a edição 111 da Revista Viração ao debate sobre questões ligadas à saúde sexual, gênero e sexualidade. Em um contexto no qual as novas compreensões sobre gênero e diversidade sexual atribuíram à sexualidade uma dimensão mais complexa, tornou-se essencial discutir questões ligadas aos direitos sexuais e reprodutivos da adolescência e juventude, ao entendimento de gênero, e à abordagem do sexo e do corpo sob uma perspectiva política.

40 JOVENS COLABORADORES

3 MIL EXEMPLARES IMPRESSOS

“Escrever pra Vira foi uma grande oportunidade. São poucos os veículos de comunicação nos quais temos liberdade para falar de temas como sexualidade e desconstruir tabus”. Ethel Rudnitzki (19)

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

19


Geração Jovem O projeto Geração Jovem é realizado em parceria com a ENEL Green Power e tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento local das comunidades quilombolas nos municípios de Campo Formoso e Bom Jesus da Lapa, na Bahia, e São João do Piauí, no Piauí. O projeto visa colaborar para a construção e manutenção de uma identidade política da juventude quilombola. Através de encontros de formação, o Geração Jovem mobiliza adolescentes e jovens para a produção colaborativa de informações sobre suas comunidades e a cidade, incentivando a ocupação de espaços de debates sobre políticas públicas e fomentando a participação ativa no desenvolvimento local, assim como a apropriação do território por parte dos participantes. TRÊS COMUNIDADES QUILOMBOLAS EM DOIS ESTADOS BRASILEIROS

20

150 JOVENS PARTICIPANTES

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Coberturas Educomunicativas A cobertura educomunicativa é uma intervenção socioeducativa que utiliza técnicas do jornalismo para promover a participação e a liberdade de expressão de crianças e adolescentes. Realizada de forma lúdica e colaborativa, contribui para que a narrativa dos acontecimentos seja feita também na perspectiva de meninos e meninas. Considerando o ato de comunicar como um ato político, a cobertura educomunicativa também se converte em estratégia para fortalecer a participação infantojuvenil e a incidência desses sujeitos nas discussões políticas.

10ª Conferência Nacional dos Direito da Criança e do Adolescente A Viração foi responsável pela cobertura educomunicativa da 10ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, iniciativa do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) e da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, realizada com apoio da Faculdade Latinoamericana de Ciências Sociais – FLACSO Brasil, por meio do projeto “Mais Direitos, Menos Redução”. Os materiais produzidos pelos adolescentes que compunham a equipe foram publicados primeiramente no site da Agência Jovem de Notícias, sendo replicados em outros canais. O principal tema das produções foi a participação de crianças e adolescentes nos processos de discussão, formulação e implementação das políticas públicas. 12 TEXTOS, 5 VÍDEOS, 2 INTERVENÇÕES LÚDICAS E 3 BOLETINS PRODUZIDOS

10 ADOLESCENTES PARTICIPANTES

“Queria que continuasse, foram ótimos os dias que passamos aqui, o que fizemos. Eu volto com a sensação de dever cumprido. Não vou esquecer desse trabalho. Estamos de parabéns pelo trabalho lindo que realizamos nesses 4 dias”. - Kauan Furtado, Jaguaruna (CE)

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

21


Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP22) e Conferência internacional dos jovens sobre o clima (COY12) Dando continuidade ao projeto da Agência Jovem de Notícias Internacional, iniciado em 2012, a Viração promoveu a cobertura educomunicativa da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP22) e da Conferência internacional dos jovens sobre o clima (COY12), do dia 4 ao dia 19 de novembro de 2016.

130 TEXTOS PRODUZIDOS, ENTRE REPORTAGENS FOTOGRÁFICAS E VÍDEOS, traduzidos em cinco idiomas e publicados em cinco diferentes veículos.

22

70 PARTICIPANTES NA COBERTURA, entre estudantes de escolas e universidades, pesquisadores e jornalistas da Itália, Marrocos, Brasil, Argentina, México.

PARCEIROS:

Rede Mas Vos, Fundación TierraVida (Argentina), Engajamundo, Coletivo Clímax Brasil, Província Autônoma de Trento, Associação In Medias Res, Associação Ipsia, Funação Fontana, Portal Unimondo e Observarório Trentino sobre o Clima (Itália), Centro Jean Monnet, Associação Monde luriel (França) e Aspea (Portugal).

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Intercâmbio de Saberes O Intercâmbio de Sabares é um projeto da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e visa fortalecer a participação política e social juvenil, por meio do engajamento em torno da conservação ambiental e da melhoria da qualidade de vida em suas comunidades e reservas. Através de encontros de formação e oficinas de educomunicação, o projeto possibilitou que jovens repórteres - os Repórteres da Floresta - retratassem a realidade ribeirinha em diferentes meios de comunicação. Os encontros introduziram conceitos de direitos humanos, debateram sobre memória e cultura local e discutiram os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). SPOTS DE RÁDIO, FOTOS E MATERIAIS AUDIOVISUAIS PRODUZIDOS partindo das experiências, subjetividades e olhares dos jovens participantes

45 JOVENS PARTICIPANTES

Vira Prevenção O Vira Prevenção tem como objetivo promover a prevenção do vírus do HPV entre adolescentes em duas escolas públicas da cidade de São Paulo. O projeto, realizado em parceria com a Merck Sharp & Dohme Farmacêutica (MSD), contou em sua primeira etapa com oito encontros de formação na Escola Municipal de Ensino Fundamental Sud Mennucci, na zona leste de São Paulo. 45 JOVENS PARTICIPANTES

8 ENCONTROS DE FORMAÇÃO

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

23


Os encontros presenciais abordaram temáticas de juventude e direitos humanos, gênero e sexualidade, direitos reprodutivos e direitos sexuais, doenças sexualmente transmissíveis e HPV. Ao final do projeto, foram produzidos cartazes informativos para a escola, pôsteres publicitários, um programa de rádio e uma entrevista coletiva.

Vira Sustentável Vira Sustentável é um projeto de desenvolvimento institucional que tem como objetivo a construção de uma política de sustentabilidade, com diretrizes para fortalecer as áreas de comunicação institucional, mobilização de recursos e mobilização para incidência política da Viração. A iniciativa foi selecionada para participar do projeto DOM, promovido pelo Grupo Fleury, que visa compartilhar sua experiência em gestão, qualidade e inovação de projetos na área da saúde. A cada ano, dez organizações são selecionadas e recebem o apoio de tutores para a construção e realização de seus projetos.

3 DIAS DE FORMAÇÃO DA EQUIPE com profissionais do Grupo Fleury

24

4 DIAS DE IMERSÃO que permitiram à equipe mergulhar na história da Viração e enxergá-la como um organismo vivo

ELABORAÇÃO DA POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Vira Internacional Itália Em 2016, a Viração começou a atuar com uma configuração jurídica própria na Itália, a Viração & Jangada, resultante da fusão entre a Viração Educomunicação e a Associação Jangada. A organização, que agora busca financiamentos próprios para a realização de seus projetos, atua como o braço internacional da sede brasileira. Foi no ano de fusão que a Viração & Jangada deu início ao projeto Uma Ciadania Planetária, que através da educomunicação ambiental junto à adolescentes e jovens, busca enfrentar as mudanças climáticas que acometem o mundo.

24 ENCONTROS DE FORMAÇÃO

400 ADOLESCENTES PARTICIPANTES

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

17 ESCOLAS ENVOLVIDAS

25


Além disso, desde 2010 a Viração coordena a Conferência Internacional de jovens “Vamos Cuidar do Planeta”, realizada em parceria com o Centro Nacional de Pesquisas de Bologna (CNR). O projeto Vamos Cuidar do Planeta é um processo de participação global que convida jovens de todo o mundo a debater sobre desenvolvimento sustentável, assumir responsabilidades individuais e coletivas, e aplicar ações locais adaptadas aos desafios mundiais.

Portugal Em 2016, a Viração expandiu ainda mais suas áreas de atuação, tanto na Europa quanto na África. Em abril, coordenou a cobertura educomunicativa das XXII Jornadas Pedagógicas Ambientais na cidade de Viseu, em Portugal, além de realizar oficinas de educomunicação durante o evento. A iniciativa foi fruto de uma parceria entre a Viração e a Associação Portuguesa de Educação Ambiental (Aspea).

400 PROFESSORES E EDUCADORES PARTICIPANTES DO EVENTO

6 JOVENS NA EQUIPE DE COBERTURA

África A Viração também faz parte da Comissão Científica do 4º Congresso Internacional de Educação Ambiental dos Países e Comunidades de Língua Portuguesa, que irá acontecer do dia 17 ao dia 20 de julho de 2017 em São Tomé e Príncipe, na África. Entre maio e julho de 2016 a Viração, junto aos organizadores, desenharam os eixos estratégicos do Congresso e prepararam o texto orientador do eixo temático “A Educação ambiental - Educomunicação nas redes sociais e tecnologias da informação”. Em parceria com Enel Green Power Itália, a Viração realizou o projeto The New Voice of Climate em Marrakech, no Marrocos, por ocasião da Conferência ONU sobre o clima (COP22) e da Conferência internacional dos jovens sobre o clima (COY12), em novembro de 2016. Por meio de uma parceria com a start up Tribe of Why e a associação Cimates de Paris, a Viração realizou atividades de sensibilização sobre questões sócioambientais e mudanças climáticas com estudantes de escolas do ensino médio em Marrakech.

385 JOVENS PARTICIPANTES

26

10 ESCOLAS ENVOLVIDAS

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Sustentabilidade Comunicação Institucional A comunicação institucional cresceu de forma tímida no ano de 2016. A área, que no primeiro semestre atuou operacionalmente, no último semestre passa a atuar também de forma estratégica, como parte do plano de sustentabilidade. A fim de potencializar o posicionamento institucional da organização, em 2017 a área de comunicação atuará no desenvolvimento de campanhas institucionais online e offline, no suporte de comunicação aos projetos e na ocupação de espaços políticos. Além disso, a área pretende participar de ações de benchmarking com outras Organizações da Sociedade Civil e garantir presença institucional em eventos.

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

27


Redes Sociais Nas redes sociais, apesar do crescimento em números de curtidores na página do Facebook, o número de novas curtidas caiu em 76% em relação ao ano anterior, refletindo menor alcance. Para 2017, as redes sociais serão usadas de forma estratégica tanto para educar o público sobre o trabalho desenvolvido pela Viração, quanto para produzir conteúdo de relevância.

NÚMERO DE CURTIDORES

21%

2015

2016

ALCANCE

131%

2015

2016

NÚMERO DE PESSOAS ENVOLVIDAS COM AS POSTAGENS

33%

2015

2016

Eventos Em 2016, a Viração marcou presença em eventos nacionais e internacionais, que tiveram como foco temáticas de direitos humanos, mobilidade urbana, democratização das mídias, tecnologia e inovação. Além de coberturas educomunicativas, a Viração participou ativamente das discussões e pautas propostas.

28

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Viração na HABITAT III - Conferência das Nações Unidas sobre moradia e desenvolvimento urbano Em 2016, a Viração esteve na Habitat III, Conferência da ONU sobre desenvolvimento urbano e moradia, em Quito, no Equador. A presença foi intermediada pela Fundação Friedrich Ebert (FES), que convidou a Viração para fazer parte do livro “Habitáts justos, diversos y sustentables: contribuiciones ciudadanas para solucionar desafios urbanos”, lançado durante o evento. A publicação reúne reportagens sobre como nove cidades latino-americanas adequaram suas realidades à Nova Agenda Urbana, desenhada para atingir o desenvolvimento sustentável dos centros urbanos. A equipe Viração contribuiu com um artigo, produzido pela jovem Ethel Rudnitzki e o jornalista da equipe Viração, Bruno Ferreira. O texto reflete sobre direitos humanos, mobilidade e direito à cidade na cidade de São Paulo, sendo a única publicação do livro a protagonizar uma cidade brasileira.

Mobilização de Recursos A partir da estruturação da área de desenvolvimento institucional, em 2016 a área de mobilização de recursos foi efetivada, dando início à implementação de novas estratégias de captação. O objetivo principal da mudança estrutural é garantir a sustentabilidade financeira da Viração. Nesse sentido, no mês de outubro, a Viração contratou uma analista de mobilização de recursos responsável por prospectar editais e oportunidades de financiamento, diversificar fontes de recursos, implementar um programa de captação de recursos de pessoas físicas, e estabelecer uma rede de relacionamento com parceiros. A análise dos dados de mobilização de recursos mostram que, no ano de 2016, aproximadamente 42% das propostas enviadas foram aprovadas, resultando na captação de um total de R$ 1.609.986.

Campanhas Ao final de 2016, as áreas de comunicação e mobilização de recursos desenvolveram uma campanha teste para a captação de doadores, a “Vira Amigo da Vira”. Apesar de não atingir os resultados esperados, a experiência serviu de aprendizado para as próximas estratégias de captação.

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

29


MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS 2016 Quantidade

Propostas

Valor

Propostas enviadas

24

R$ 

Propostas aprovadas

10

R$ 1.609.986,00

Propostas aguardando resposta*

5

R$ 2.052.362,00

4.227.398,00

*Das propostas aguardando resposta, duas já foram aprovadas pelo FUMCAD e estão em processo de captação.

ORIGEM DOS RECURSOS CAPTADOS EM 2016 Origem

Valor

Entidade

Empresa Nacional

R$ 125.866,00

MSD e Google

Empresa Internacional

R$ 560.000,00

ENEL Greenpower

Governo Municipal

R$ 380.750,00

Secretaria Municipal da Saúde e Secretaria Municipal da Cultura (CCJ)

Órgãos Internacionais

R$ 112.570,00

PNUD e UNICEF

Incentivo Fiscal FUMCAD

R$ 295.000,00

Fundação Telefônica e Ambev

Governo Internacional

R$ 67.900,00

Provincia di Trento

Instituto/Fundação Internacional

R$ 67.900,00

Otto per Mille - Chiesa Valdese

ÓRGÃOS INTERNACIONAIS FUNDAÇÕES

4,2%

7%

PÚBLICO ORIGEM DOS RECURSOS CAPTADOS EM 2016

46%

PRIVADO

42,6% 30

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Missão e Visão Diante da necessidade de refletir sobre o momento atual da Viração, à luz da história, e confrontá-la com o seu passado, a missão e visão da organização passaram por um processo de revisão. O objetivo foi adaptar os textos à compreensão atual do que a Viração faz e pretende fazer. Assim, a Viração optou por realizar um processo de imersão de três encontros, em parceria com o Instituto Fonte, buscando pontos de distanciamento ou estranhamento em relação às definições passadas. Diante deste profundo processo, a missão e visão da Viração foram revisadas, junto à equipe e ao conselho de adolescentes e jovens, e adaptadas às mudanças internas e externas de grande influência na organização.

Governança Após um processo de avaliação institucional com a equipe, realizado entre novembro e dezembro de 2015, no ano de 2016 a Viração reformulou sua proposta de governança. Tendo em vista a distância do fundador da organização, Paulo Lima, ao processo de gestão, optou-se pela contratação de um novo gestor, de modo que viesse a compor a gestão colegiada. O novo gestor poderia focar na gestão de pessoas, mobilização de recursos, gestão administrativa, financeira e contábil. Após a contratação, efetivada em março de 2016, iniciou-se um processo de diagnóstico e avaliação sobre as operações, estratégias, atribuições e cultura organizacional. Isso possibilitou o desenho de novas estratégias e da governança da organização. Após o processo de desenho da governança, elaborou-se as descrições de cargos e funções, realizando, inclusive, uma pesquisa de mercado para enquadramento e processo de revisão das funções. Em 2017, o plano de desenvolvimento individual será elaborado com cada gestor, assim como as avaliações de desempenho.

Voluntariado No ano de 2016, a Viração elaborou sua política de voluntariado, dispondo de materiais que compõem a política e atendendo à legislação de voluntariado no Brasil. Assim, em 2017 será possível consolidar um programa de voluntariado e mensurar os resultados de forma sistematizada. Vale destacar que trabalhos voluntários pontuais foram desenvolvidos. Em 2016, a Viração contou com o trabalho de três voluntários, que desenvolveram atividades para a Diretoria Institucional.

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

31


DIRETORIA INSTITUCIONAL

CONSELHO CONSULTIVO

DIRETORIA EXECUTIVA Paulo Lima

COORDENADOR EXECUTIVO INSTITUCIONAL

COORDENADORA EXECUTIVA DE PROJETOS Vania Correia

Adriano de Oliveira

ANALISTA DE COMUNICAÇÃO

ANALISTA DE MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS Ana Luisa

Paula Bonfatti

ANALISTA DE MOBILIZAÇÃO POLÍTICA

ASSISTENTE ADMINISTRATIVO

A contratar

PROJETOS ESPECIAIS

Daniele Rabelo

Marcela e Tulio

ESTÁGIÁRIO DE COMUNICAÇÃO

ESTAGIÁRIO DE COMUNICAÇÃO - DESIGNER

AUXILIAR ADMINISTRATIVO

AUXILIAR DE INFRAESTRUTURA

ANALISTA DE PROJETOS

Ethel

A contratar

A contratar

Cleide e Gutierrez

Elisangela Nunes

32

EDUCOMUNICADOR Daniel

ESTAGIÁRIO DE PROJETOS

AUXILIAR DE PROJETOS

Moises, Verônica e Jonathan

A contratar

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Parceiros Parceiros e financiadores em 2016 Ambev Centro Cultural da Juventude Enel Greenpower FAS FUMCAD Fundação Telefônica Google Grupo Fleury MSD Otto Per Mille – Chiesa Valdese Provincia Autonoma di Trento Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo Secretaria Municipal de Direitos Humanos de São Paulo Unicef

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

33


34

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

35


Balanço Financeiro

36

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

37


38

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

39


40

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

41


42

Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016


Relatório de Atividades – Viração Educomunicação 2016

43


Relatório de atividades 2016  

Confira as atividades desenvolvidas pela Viração Educomunicação em 2016.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you