Page 1

Relatรณrio de Atividades 2013


indíce

5_

Introdução

7_ 19_ 20_

Projetos

Site e redes sociais

Rede de articulação política

24_

26_ 29_

Participação em eventos

Viração internacional

30_ 31_ 32_

Nova diretoria

30_

Visitas à Viração

Prêmios

Prestação de serviços

Espaço da Viração


Introdução Viração é uma organização de comunicação, educação e mobilização social entre adolescentes, jovens e educadores. Criada em março de 2003, a Viração impactou na vida de mais de 6 milhões de pessoas no Brasil por meio dos 55 projetos especiais desenvolvidos ao longo de dez anos. Recebe apoio institucional do UNICEF, UNESCO, ANDI, USP, Ashoka Empreendedores Sociais, Fundação Friedrich Ebert, do Centro de Competencia en Comunicación para a America Latina e da Província de Trento, na Itália. Tem como missão fomentar e divulgar processos e práticas de educomunicação e mobilização entre jovens, adolescentes e educadores para a efetivação do direito humano à comunicação e para a transformação socioambiental. A Viração possui metodologia própria de trabalho e experiência comprovada em processos, projetos e produtos de educomunicação e de mobilização social juvenil; habilidade para trabalho em escolas e com grupos de diferentes naturezas; experiência em planejamento, gestão e habilidade de trabalho em grupo, em parcerias e redes, na implantação e implementação de projetos sociais na área da infância e juventude; experiência no desenvolvimento de materiais de comunicação e cobertura jornalística a partir do olhar de crianças, adolescentes e jovens; e histórico de compromisso com os direitos da criança, do adolescente e do jovem. A base desta visão é o entendimento de que o adolescente é um sujeito de direitos que precisa ser considerado em sua condição peculiar de pessoa em desenvolvimento, com potencialidades e vulnerabilidades específicas, mas que representa uma grande oportunidade de desenvolvimento para sua família, comunidade, escola, governo e para si próprio. Além de trabalhar para o desenvolvimento integral dos adolescentes, Viração também atua na implementação de uma comunicação integral e integradora, não entendida apenas sob o ponto de vista tecnológico e instrumental. Em 2013, a Viração desenvolveu nove projetos com adolescentes e jovens, realizou cerca de 30 coberturas jovens de eventos, teve ação estratégica em espaços de formulação de políticas públicas nacionais e internacionais, como a Conferência Global contra o Trabalho Infantil e a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, além de realizar seis consultorias em Educomunicação para instutuições como UNESCO, SESC São Paulo, Plan International. Atuou com jovens de todo o País, de 20 Estados, mais o Distrito Federal, integrantes dos Conselhos Virajovens e também mobilizadores da Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Comunicador@s. Em seu processo de gestão, a Viração também tem procurado desenvolver ferramentas educomunicativas, democráticas e colaborativas. Realizou o planejamento estratégico em fevereiro e o processo de avaliação dos projetos e ações em dezembro. Esses processos são realizados em vários níveis, com o público dos projetos, parceiros e com a própria equipe da Viração.

Relatório de Atividades - Viração 2013

5


A organização contou, durante o ano, com um quadro de 14 educomunicadores, atuantes em diferentes áreas: diretoria, conteúdo, pedagógica e mobilização, 3 colaboradores nas áreas administrativa e financeira, mais o quadro de Diretoria Institucional composta por três representantes. Por fim, é importante lembrar que em 2013 a Viração completou dez anos. Foi elaborado um selo comemorativo e várias ações, descritas ao longo do relatório, para celebrar essa trajetória. Entre elas, um vídeo institucional (que pode ser conferido no link http://goo.gl/h95s9V), uma edição especial da Revista (em março), criação da coluna “Vale 10”, com artigos de Paulo Lima, Juliana Rocha Barroso, Carolina Lemos, Rita Freire, Ismar de Oliveira, Mário Volpi, Maria Redher e Fernanda Papa, além de depoimentos de parceiros como Novaes, Natália Forcat e Márcio Baraldi, o Seminário Juventudes e Comunicação, em julho, e o Seminário Juventudes, Direitos Humanos e TV, em dezembro, em referência ao mês da Criança na TV. Aproveite mais um ano de conquistas e comemorações! Boa leitura!

6

Relatório de Atividades - Viração 2013


1. Projetos 1.1. Revista Viração A Revista Viração é uma publicação mensal, produzida por conselhos editoriais jovens presentes, atualmente, em 20 Estados brasileiros e no Distrito Federal. A publicação existe desde março de 2003. Idealizada pelo jornalista Paulo Lima, a publicação foi criada com o objetivo de garantir à juventude o direito humano à comunicação. Considerada um “projeto social impresso”, inicialmente, a publicação era feita por jovens de São Paulo que se reuniam na sede da Viração para avaliar as edições, propor e produzir novos conteúdos, sob a orientação do jornalista. A visibilidade da revista e suas práticas ampliaram as possibilidades do projeto, permitindo o estabelecimento da organização não governamental Viração Educomunicação, que abarca outros projetos de educomunicação. Com o passar do tempo, a revista expande sua visibilidade, e grupos de jovens de outros Estados do país passam a se interessar em colaborar com a Viração, incorporando a sua metodologia colaborativa para a produção de conteúdos locais. A Revista Viração conta com a rede social Facebook para aproximar os jovens comunicadores da publicação – denominados “virajovens” – que se encontram nas cinco Regiões brasileiras.

Janeiro (edição 92) • “Avanço ou retrocesso? Investimentos em grandes obras preparam o Brasil para sediar megaeventos esportivos. No entanto, a sociedade questiona se o legado deixado será positivo ou negativo.”

Fevereiro (edição 93) • “Camponeses em perigo. Projeto de irrigação ameaça população de agricultores da Chapada do Apodi, no Rio Grande do Norte.”

Março (edição 94) • “Vale 10! No mês em que a Vira comemora 10 anos, conheça mais sobre a educomunicação, que tem sensibilizado a juventude no Brasil e no mundo.”

Abril (edição 95) • “Razões para dizer não! Juristas, especialistas e movimentos sociais discordam da proposta de redução da maioridade penal e indicam os problemas do encarceramento antes dos 18 anos.”

Relatório de Atividades - Viração 2013

7


Maio (edição 96) • “Preparada, mamãe? A gravidez transforma a vida de muitas jovens que esperam o primeiro filho.”

Junho/Julho (edição 97) • “De volta às ruas. Manifestações populares eclodem em todo o País e agitam o cenário nacional em um mês que já entrou para a história do Brasil.”

Agosto (edição 98) • “Educação Integral. Cultura, esporte e lazer fazem parte do currículo de escolas que desejam romper com o tradicionalismo do ensino formal.”

Setembro (edição 99) • “Com quem será? Casar continua na moda e faz parte dos planos de jovens gays e heterossexuais.”

Outubro (edição 100) • “Entre o sonho e a realidade. A necessidade e a aspiração pela independência financeira fazem com que muitas crianças e adolescentes ingressem em trabalhos exploratórios e desumanos.”

Novembro (edição 101) • “Outro lado da moeda. Cooperação e confiança são a base da economia solidária, uma forma alternativa de pensar estratégias de desenvolvimento local e fortalecimento das relações comunitárias.”

Dezembro (edição 102) • “Metas para o mundo. Além das suas resoluções para o próximo ano, que tal ajudar as Nações Unidas a pensar quais são as prioridades de desenvolvimento para o Planeta?”

8

Relatório de Atividades - Viração 2013


A partir da edição de agosto (nº 98), o novo layout da Revista Viração, aprovada durante o 4º Encontro Nacional de Adolescentes e Jovens Comunicadores, entra em vigor. As maiores participações vieram dos conselhos editoriais jovens de Porto Alegre e Manaus, que participaram de 9 e 8 edições da revista, respectivamente. Os núcleos das cidades de Natal e São Luís participaram de 7 edições; Belém, Lavras e Pinheiros participaram de 6 edições; Curitiba e João Pessoa participaram de 5 edições; Brasília, Lima Duarte, Rio Branco e Salvador participaram de 4 edições durante o ano. Boa Vista e Recife contribuíram para 3 edições; Boituva, Campo Grande, Picuí, Rio de Janeiro, São Gabriel da Cachoeira e Vitória colaboraram para 2 edições. Os conselhos de Fortaleza e Maceió participaram de uma edição cada um. Apenas os núcleos de Goiânia e Lagarto não participaram de nenhuma edição.

indicador de Participações 9 8 7 6 5 4 3 2 1

Lagarto

Goiânia

Mace ió

Fortaleza

Vitória

São Gabriel da Cach oe ira

Rio de Janeiro

Picu í

Campo Grande

Boituva

Recife

Boa Vista

Salvador

Rio Branco

Lima Duarte

Brasília

Curitiba

Pinheiros

Lavras

Belém

São Lu ís

Natal

Manaus

Porto Alegre

0

Relatório de Atividades - Viração 2013

9


Na plataforma Issuu, onde a revista é disponibilizada para download gratuito (www.issuu.com/viracao), contabilizamos o número de visualizações por edição, conforme a tabela a seguir. Edição

Visualizações

Edição 92 - Janeiro

13.380

Edição 93 - Fevereiro

21.785

Edição 94 - Março

14.396

Edição 95 - Abril

30.279

Edição 96 - Maio

23.900

Edição 97 - Junho/Julho

21.367

Edição 98 - Agosto

53.445

Edição 99 - Setembro

10.116

Edição 100 - Outubro

20.389

Edição 101 - Novembro

21.410

Edição 102 - Dezembro

9.093

Em comparação com os anos anteriores, houve um aumento total de visualizações da Revista Viração no Issuu de 121,6%, conforme a tabela a seguir. De 2011 para 2012, o aumento no número de visualizações foi de 195%; e de 2012 para 2013, de 81,4%.

10

Edição

2011

2012

2013

Janeiro

540

8.077

13.380

Fevereiro

911

8.645

21.785

Março

1.086

10.303

14.396

Abril

1.164

9.840

30.279

Maio

8.050

20.855

23.900

Junho

2.554

22.114

Julho

6.212

17.960

Agosto

2.904

9.702

53.445

Setembro

4.553

7.119

10.116

Outubro

6.211

11.226

20.389

Novembro

9.038

9.487

21.410

Dezembro

6.635

11862

9.093

Total

49.858

147.190

239.616

Relatório de Atividades - Viração 2013

21.367


Comparativo de visualizações Aumento nas visualizações de

81,4% de 2012 para 2013

60 mil

50 mil

40 mil

30 mil

20 mil

2013 2012

10 mil

2011

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

0

Relatório de Atividades - Viração 2013

11


Vídeo-aulas sobre comunicação Foram realizadas duas vídeo-aulas, disponibilizadas no grupo do Facebook dos representantes dos conselhos editoriais jovens. A primeira vídeo-aula tem duração de 16 minutos e aborda a “redação jornalística para revista” (no link http://goo.gl/6gpQts). O educomunicador Bruno Ferreira fala sobre a estrutura de textos jornalísticos, explica como elaborar um título atraente, uma linha fina e uma abertura mais humanizada, que fuja aos padrões do jornalismo diário, em que a informação é dada de modo excessivamente objetivo. Ainda nessa vídeo-aula, foi abordada a importância da legenda em fotografias e de dar crédito às imagens. No segundo vídeo, o educomunicador fala sobre a diferença entre tema e pauta e o passo a passo para o levantamento de informações para a realização de uma reportagem: desde a definição da abordagem da matéria às pessoas a serem entrevistadas no contexto escolhido. Esse segundo vídeo tem duração de seis minutos e também foi disponibilizado na página do Facebook dos virajovens (link do vídeo: http://goo.gl/pn1lsm). Foi possível perceber uma melhora significativa dos textos produzidos pelos conselhos editoriais jovens e também no processo de produção. Foi possível identificar ainda uma melhora no processo de produção. Os integrantes de alguns conselhos editoriais jovens, especialmente dos núcleos mais recentes, após a disponibilização das vídeo-aulas, passaram a se dividir em pequenos subgrupos para a realização das diferentes etapas que compõem uma reportagem: entrevistas, pesquisa de dados, redação final e edição.

12

Relatório de Atividades - Viração 2013


1.2. Agência Jovem de Notícias A Agência Jovem de Notícias é uma iniciativa colaborativa da Viração Educomunicação e parceiros e se constitui numa articulação de núcleos de adolescentes e jovens de organizações sociais e escolas do Ensino Fundamental e Médio. Produzem e disseminam informação de interesse comunitário, por meio da web 2.0, utilizando os princípios e técnicas do jornalismo social, comunitário e colaborativo. O projeto se utiliza de três estratégias para alcançar o objetivo de promover a cidadania ativa de adolescentes e jovens por meio de processos, ações e produtos de comunicação e mobilização social. São elas: oficinas presenciais, coberturas educomunicativas e implementação dos Núcleos de Educomunicação Comunitária. Em São Paulo, durante 2013, foram realizadas 36 oficinas com 68 adolescentes e jovens vindos de escolas e organizações sociais parceiras, divididos em duas turmas, uma em cada semestre. O grupo está sensibilizado para diversos temas que tocam a vida dos ado- lescentes e jovens brasileiros, em especial os que dizem respeito à garantia dos direitos humanos. Os temas abordados nas formações, que aconteceram semanalmente na sede da Viração, estavam relacionados aos Direitos Humanos, com enfoque nos Direitos das crianças, adolescentes e jovens, direito humano à comunicação e técnicas de produção midiática e colaborativa. Ao longo do ano, esses jovens participaram das coberturas educomunicativas e publicaram conteúdos no site da Agência Jovem de Notícias e Revista Viração. Também foram iniciadas a implementação de três Núcleos de Educomunicação Comunitária (NEC), como estratégia para fortalecer a ação de adolescentes em suas comunidades de origem, sendo um em uma organização não-governamental, na zona sul; outro em uma escola municipal de ensino fundamental da zona leste, e o último em um equipamento público (Centro Cultural da Juventude), na zona norte. Os NECs se revelaram potentes para trabalhar com adolescentes os aspectos da comunidade local, mobilizar atores locais e garantir a produção comunitária.

Relatório de Atividades - Viração 2013

13


Durante o ano foram desenvolvidas cerca de 30 oficinas nos NECs e dois eventos públicos que contaram com a presença de moradores e gestores dos serviços públicos locais. Ao todo, a Agência promoveu a cobertura de 30 eventos realizados seja em São Paulo, pelo Brasil e outros países. Diversos tipos de mídia foram usados nas coberturas: jornal mural, texto, foto, áudio e vídeo para o site Agência Jovem de Notícias, fanzine e redes sociais (Twitter e Facebook). Os participantes receberam formações nessas linguagens.

20

coberturas educomunicativas em eventos nacionais e internacionais

105

horas de formação para os adolescentes

36

85

produções de mídia de eventos em São Paulo

103

adolescentes participaram das formações da Agência Jovem

oficinas no ano para os adolescentes da AJN na sede da Viração

3

Núcleos de Educomunicação Comunitária criados

14

Relatório de Atividades - Viração 2013


1.3. Projeto Mais Educomunicação O “Mais Educomunicação” é um projeto da Viração e da Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Comunicadoras e Comunicadores (Renajoc) que conta com o apoio do Instituto C&A. O projeto pretende fortalecer as ações da Renajoc por meio de intervenções em 20 escolas públicas de diferentes cidades e Estados, por meio de parcerias com organizações locais, para que os estudantes participem do processo de democratização da comunicação no Brasil, contribuindo com o monitoramento e incidência nas políticas públicas de educomunicação numa perspectiva de adolescentes e jovens. Em 2013, realizou ciclos de formação em comunicação e humanidades, nas 20 escolas, com temas relacionados aos direitos humanos, cultura e sobre técnicas de produção em comunicação. Ao todo foram realizadas 259 oficinas, com 415 estudantes de 11 a 18 anos, em 20 cidades, 4 escolas do Norte, 4 no Nordeste, 2 no Centro-Oeste, 8 no Sudeste e 2 no Sul. O projeto também resultou na produção do Guia Mais Educomunicação, uma produção colaborativa com orientações, conceitos e metodologias para subsidiar as ações do Projeto Mais Educomunicação: http://goo.gl/8Vcy3G.

259 Mobilizações em cidades pelo Dia da Juventude Comunicativa

18

415

oficinas realizadas em 20 escolas de diferentes cidades do Brasil

adolescentes entre 11 e 18 anos participaram das oficinas

Relatório de Atividades - Viração 2013

15


1.4. Quarto mundo O Quarto Mundo é um projeto que cria, por meio da educomunicação, programas televisivos realizados por jovens e adolescentes de São Paulo, veiculados no Canal Universitário. É um programa que reflete os pensamentos, dúvidas e posicionamento dos jovens participantes diante da sociedade, sendo eles os responsáveis por todas as fases do projeto, desde elaboração de pauta, pesquisa, roteirização, produção e gravação. O projeto é realizado por meio de uma parceria entre a Viração e TV USP. Em 2013, 12 adolescentes participaram do processo de formação e produção de 8 programas, em formato de revista eletrônica. O processo de formação foi composto por oficinas em audiovisual na TV USP, e comunicação e humanidades na Viração, em convergência com a Agência Jovem de Notícias. Entre as pautas abordadas pelos programas estão: feira de trocas solidárias, intervenção de meninas no grafite, maioridade penal, bandas independentes, Encontro Brasileiro de Educomunicação, identidade de gênero, androgenia e homofobia, Natal, juventude e direitos humanos. Além de ficções como “A vida de um editor” e “20 passos”. Os programas vão ao ar toda quinta-feira, às 22h30, no Canal Universitário (NET - canal 11 e TVA - canais 71 e 187), com reprises às segundas, 7h, às quartas, 2h30, e às quintas, às 6h.

310

pessoas acompanhando a página do Quarto Mundo no Facebook

16

Relatório de Atividades - Viração 2013

Todos os programas e os depoimentos dos jovens participantes podem ser conferidos neste link: http://goo.gl/g6csDo.

8

programas foram produzidos em formato de revista eletrônica

74

vídeos de todas as temporadas do Quarto Mundo disponíveis no Youtube


1.5. Campanha É da nossa conta! Trabalho infantil e adolescente: A campanha colaborativa É da Nossa Conta 2013 teve como um de seus objetivos centrais incentivar o envolvimento da sociedade nos debates sobre o trabalho infantil e o trabalho adolescente protegido. De forma geral, a campanha manteve a proposta de ser colaborativa, pensada, elaborada e disseminada por meio de ações desenvolvidas por diversos parceiros sociais. Manteve um evento de lançamento, reunindo parceiros, atores sociais, organizações da sociedade civil e direcionou ações de forma mais específica para o Nordeste. Com três eixos norteadores das ações (Reconheça, Questione, Participe), neste ano, a campanha voltou especial atenção aos megaeventos que possuem o Brasil como sede (Copa das Confederações, Jornada Mundial da Juventude, Copa do Mundo e Olimpíadas). Um dos objetivos centrais foi mostrar os cenários, de oportunidades e riscos, que se abrem nesse contexto. O lançamento da campanha aconteceu em Salvador, como forma de levar as ações para o Norte/Nordeste, onde foram realizadas várias oficinas com segmentos relacionados aos direitos da criança, do adolescente e da comunicação, pela ONG Cipó. Além da Viração, foram parceiros da Campanha em 2013: UNICEF, OIT, Cidade Escola Aprendiz, Repórter Brasil, Otagai, Rede Andi, Cipó, Ponto Cego e Komuniki.

Relatório de Atividades - Viração 2013

17


Foram produzidos diversos materiais, como cartilha, camiseta, banner, adesivos, fita de pulso, caderno e vídeos. A ação para a construção das propostas dos adolescentes e jovens foi feita por meio de uma oficina e debate com integrantes da Agência Jovem de Notícias, em São Paulo. Em paralelo, nas redes sociais, site da Agência Jovem de Notícias e portal Promenino foram feitas divulgações para que os jovens de todo o Brasil construíssem propostas, mandassem suas ideias e percepções sobre o combate ao trabalho. O resultado final foram 12 propostas que podem ser conferidas nesse link: http://goo. gl/lVRz4V. Também foram produzidos uma reportagem de capa da Revista Viração sobre o trabalho infantil e um encarte especial sobre o tema, com o envolvimento de adolescentes e jovens. Confira nesse link os vídeos produzidos pela campanha: http://goo.gl/iKdARY.

18

Relatório de Atividades - Viração 2013


2. Site e redes sociais A Viração possui o seu site institucional (www.viracao.org), o site da Agência Jovem de Notícias (www.agenciajovem.org), que é alimentado por adolescentes e jovens de todo o País, uma página no Facebook e uma conta no Twitter, por onde divulga suas publicações. Ao todo, foram postados 622 textos em nosso site, posteriormente divulgados em nossas redes sociais. Com mínimo de 25 e máximo de 133 textos produzidos, seguem abaixo os números de textos postados a cada mês:

Janeiro 2013 (43) Fevereiro 2013 (25) Março 2013 (69) Abril 2013 (33) Maio 2013 (39) Junho 2013 (42) Julho 2013 (45) Agosto 2013 (63) Setembro 2013 (40) Outubro 2013 (57) Novembro 2013 (133) Dezembro 2013 (33)

132.761 acessos no site da AJN

187.502 páginas visualizadas no site da AJN

No que se refere às redes sociais, entre outros dados (ver ilustração), a página no Facebook da Agência Jovem de Notícias conta com 14.331 curtidas e o Twitter da Viração possui 5.324 seguidores; o site da Agência Jovem obteve mais de 132 mil acessos e mais de 187 mil páginas foram visualizadas em 2013.

13.797

35.344

14.331 curtidas na página da AJN no Facebook

acessos no site da Viração

páginas visualizadas no site da Viração

5.324

seguidores no Twitter da Viração

622

matérias publicadas no site da Agência Jovem

Relatório de Atividades - Viração 2013

19


3. Rede e articulação política A Viração participa das seguintes redes e articulações políticas: Rede Paulista pela Democratização da Comunicação e da Cultura; Fórum Mundial de Mídia Livre; Fórum Nacional de Mídia Livre; Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão e o Direito à Comunicação com Participação Popular; Rede Nossa São Paulo, Participatório, da Secretaria Nacional de Juventude, Movimento 18 razões - Contra a redução da maioridade penal, e Conselho Nacional de Juventude (Conjuve). Em 2013, Viração participou da diretoria da ABPEducom, a Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação, tendo a então vice-presidenta da Viração, Cristina Uchôa, integrando a Diretoria da organização como secretária de finanças até outubro de 2013. Após este mês, o cargo foi ocupado pela diretora-executiva da Viração, Lilian Romão.

3.1. REJUPE A mobilização do núcleo de São Paulo da Rede de Adolescente e Jovens pelo Esporte Seguro e Inclusivo (Rejupe) contou com a participação dos adolescentes e jovens que compõem a turma da Agência Jovem em diferentes momentos das atividades ao longo do ano. O núcleo de São Paulo organizou-se mais a partir da participação em eventos, do que da proposição de atividades da própria Rede. Isso se deu pela falta de recursos e condições para propor ações. De todo modo, as participações em eventos geraram articulações interessantes para fortalecer a Rede em 2014. Uma das ações de destaque do núcleo foi a realização de um flashmob, na avenida Paulista, na semana de enfrentamento à exploração e o abuso sexual de crianças e adolescentes, em maio. O vídeo pode ser assistido neste link: http://goo.gl/ NsGvJ2. Além disso, o grupo acompanhou e contribuiu para a construção do Plano de Ação da área de esporte da cidade de São Paulo, feito em conjunto com organizações e secretarias ligadas ao esporte educacional. O Plano foi entregue à vice-prefeita da cidade, Nádia Campeão. Em novembro foi realizada a formação com o Instituto Formação, na sede da Viração, e contou com a participação de 15 pessoas, com a parceria da Visão Mundial. Essa formação consistitiu em explicar o “esporte em três tempos”, metodologia que segue a linha do esporte educacional. A proposta é ter uma segunda formação em 2014 e, desse encontro, sair um plano de ação para realizar eventos esportivos pela cidade.

20

Relatório de Atividades - Viração 2013


3.2. RENAJOC A Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Comunicadoras e Comunciadores (Renajoc) foi criada em abril de 2008 no 1º Encontro de Adolescentes e Jovens Comunicador@s promovido pela Viração, que antecedeu a 1ª Conferência Nacional de Políticas Públicas de Juventude. A Rede já começou com tudo, contribuindo com a cobertura jovem que ocorreu durante o evento e, na sequência, criou um Grupo de Trabalho chamado “Mobiliza Rede” para dar continuidade a ações da Rede. Desde então, a Renajoc, com o apoio da Viração, participa de ações que buscam unir adolescentes e jovens do Brasil para chamar a atenção para o Direito Humano à Comunicação, fazendo coberturas colaborativas de eventos relevantes para os adolescentes e jovens e integrando debates nacionais sobre adolescência, juventude e comunicação. Foi por isso que a Renajoc criou o “DIA C” – Dia Nacional da Juventude Comunicativa, comemorado em 17 de outubro juntamente com o Dia da Democratização da Comunicação. Em 2013 a Renajoc fez a eleição dos novos facilitadores regionais, em um processo participativo, feito regionalmente para a escolha por consenso de dois facilitadores e facilitadoras de cada região para ser responsável pelas articulações e mobilizações da Renajoc, afim de garantir equilíbrio entre a participação dos adolescentes e jovens da Renajoc em todo o Brasil. Foram escolhidos dois facilitadores por região, totalizando 10 facilitadores, sendo sete jovens e três adolescentes. Após um ano participando do Conselho Nacional da Juventude (Conjuve), a Renajoc, junto com a Escola de Gente, assumiu coordenação da Comissão de Comunicação, compondo a mesa diretora do Conjuve. Outra ação da Renajoc em 2013 foi o 4º Encontro Nacional de Adolescentes e Jovens Comunicadoras e Co-

Relatório de Atividades - Viração 2013

21


municadores, realizado em São Paulo entre 9 e 14 de julho. Organizado pela Viração EduCerca de comunicação adolescentes e jovens e pela Renajoc, mobilizados no Dia C o Encontro reuniu 60 adolescentes e jovens de 21 Estados brasileiros e do Distrito Federal que participam dos Conselhos Virajovens – núcleEncontro nacional da Renajoc com a os locais que proparticipação de duzem a Revista Viração – e das ações da Renajoc.

500

Durante os seis dias de Encontro os participantes fizeram o planejamento anual da Rede (biênio 2014/2015) e também da Revista Viração. Eles traçaram novas estratégias e intervenções e participaram de atividades autogestionadas, ministradas pelos próprios participantes, com temáticas relevantes para o engajamento de adolescentes e jovens na busca pelo Direito Humano à Comunicação. No dia 13 de julho a programação do Encontro contou com o “Seminário Juventudes e Comunicação” que, com a participação de convidados das áreas de Direitos Humanos, Educação e Comunicação, promoveu um espaço de reflexão e formação dos adolescentes e jovens sobre o acesso aos meios de comunicação, bem como os impactos que a mídia pode causar na vida desses jovens. Confira o manual do DIA C: http://goo.gl/YU6qXd.

22

Relatório de Atividades - Viração 2013

60 jovens

1

Seminário realizado sobre “Juventudes e Comunicação”


3.3. Conselho Nacional de Juventude: Apesar de, em 2013, a Viração ter ficado como suplente no Conjuve, por dividir a cadeira com a ONG Ciranda, tivemos a oportunidade de participar de vários momentos importantes no cenário das discussões de Juventude e da aprovação do Estatuto da Juventude, fruto de um longo processo de mobilização e que tramitou por dez anos no Congresso Nacional. No Estatuto, uma grande conquista foi a inclusão de uma seção especifica sobre o “direito à comunicação” e à livre expressão, definindo, no artigo 26, que o “jovem tem direito a comunicação e a livre expressão, a produção de conteúdo, individualmente e colaborativo e acesso às tecnologias de informação e comunicação.” Em maio, houve eleição da nova composição da Mesa Diretora do Conjuve, que teve quatro conselheiros candidatos à presidência, todos representantes da sociedade civil (o cargo é paritário). A Viração apoiou a candidatura de Alessandro Melchior, da ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Bissexuais, Travestis e Transexuais), que foi eleito pela maioria dos conselheiros presentes. Entre os encontros principais de 2013, tivemos a discussão sobre a Redução da Maioridade Penal, as emendas incluídas no Estatuto da Juventude, as manifestações iniciadas em junho e o Seminário de Comunicação, com mesa composta por Alessandro Melchior (CONJUVE), Gésio Passos (Intervozes), Lílian Romão (Viração), Jessica Delcarro (RENAJOC) e Miro Borges (Barão de Itararé).

3.4. Participatório, da Secretaria Nacional de Juventude O Participatório é um Programa do Governo Federal, realizado pela Secretaria Nacional de Juventude, para potencializar a participação de adolescentes e jovens na formulação de políticas públicas, via uma plataforma virtual. A Universidade Federal do Rio de Janeiro faz a coordenação executiva do projeto e articula um conjunto de dez redes de jovens, das quais a Viração faz parte, com nove jovens de diferentes Estados. O papel das redes é mobilizar a participação na plataforma, produzir conteúdos e realizar atividades presenciais com interlocução na plataforma. O processo tem sido bastante moroso, devido a trocas constantes de interlocutores e burocracias para repasse de recuros e tomada de decisão. Em 2013, a Viração realizou um encontro entre os jovens que compõe a rede da Viração dentro do Participatório, tanto os de São Paulo, quanto de outros Estados. Além disso, promoveu o Seminário sobre Juventude, Direitos Humanos e Televisão, que teve transmissão ao vivo pela plataforma http://participatorio.juventude.gov.br/.

Relatório de Atividades - Viração 2013

23


4. Participação em Eventos: Integrantes da coordenação, educomunicadores, adolescentes, jovens e parceiros representaram a organização nos seguintes eventos nacionais e internacionais:

Campus Party Brasil 6ª edição, realizado em janeiro, o evento teve como foco a tecnologia e a comunicação pelo meio digital. A Viração participou com a cobertura educomunicativa e compôs a mesa “Educomunicação e inclusão social pela tecnologia”. Link: http://goo.gl/fKlWrW.

Encontro Amazônico de Adolescentes e do Colóquio Amazônico de Adolescentes, realizado pelo Cedeca Emaús, em Belém, em abril. A Viração compôs uma das mesas de debates e facilitou oficina sobre o plano de comunicação da Rede de Adolescentes da Amazônia.

‘Seminário Regional sobre Ensino Médio na América Latina e Caribe’, promovido pela Campanha Latino-Americana pelo Direito à Educação (CLADE) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), em maio. A Viração acompanhou os debates e realizou a cobertura do evento em parceria com a equipe da CLADE.

V Encontro Brasileiro de Educomunicação, promovido pelo Núcleo de Comunicação e Educação, do Departamento de Comunicações e Artes da USP, em outubro. A Viração participou de mesas de debates, de grupos temáticos e realizou a cobertura educomunicativa.

Seminário sobre Juventude e Comunicação, realizado pelo Conselho Nacional de Juventude, em Brasília, em setembro. A Viração compôs uma das mesas do seminário, além de participar enquanto conselheira de juventude.

9º Encontro de Jovens Educomunicadores,

promovido pela Fundhas, em outubro. A Viração participou de uma mesa de debates e facilitou oficinas de fanzine.

Festival Cidade Polifônica, realizado pela Ashoka e um conjunto de organizações juvenis, o festival reuniu uma série de atividades artísticas e culturais, em outubro, na cidade de São Paulo.

24

Relatório de Atividades - Viração 2013


Teia Cultural São Paulo, realizada pela Prefeitura e Governo de São Paulo, no mês de Agosto, o evento teve como foco apresentações dos grupos que fazem parte dos pontos de cultura da cidade de São Paulo, a Viração fez a cobertura educomunicativa do evento.

Mostra Afroeducação, onde foi exibido o fime “Tão longe e aqui” e contou com uma exposição de fotografias por alunos da Afroeducação, em novembro. A Viração fez a cobertura jovem.

11º Pic Nic de Trocas de Sementes e Mudas das Estações, em comemoração ao Dia da Terra, em abril. A Viração entrou como apoiadora da realização dessa edição do Pic Nic, promovendo oficinas ligadas à Mãe Terra. Oficina sobre Empregabilidade, ação do projeto Raízes do Futuro, organizada pelo UNICEF e Instituto Dom Bosco. Seminário “Educomunicação tem cor?”, promovido pela AfroeducAção, discutiu os dez anos da Lei Federal nº 10.639/03, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira” e de como a educomunicação pode contribuir com isso. Link: http://goo.gl/qrIIZ2.

Encontros da Prefeitura #Diálogos, evento que promove a consulta pública dos moradores de São Paulo para a construção de projetos das secretarias municipais. IV Encontro Internacional contra o Trabalho Infantil, em que 21 adolescentes de diversos Estados do Brasil e de outros países da América Latina (Uruguai e Chile) realizaram a cobertura educomunicativa do evento, promovido pela Fundação Telefônica, em 26 de agosto, em São Paulo. Confira o making of da cobertura na página do Youtube da Viração: http://bit.ly/1bmxUUD

Encontro com a Comissária Interamericana de Direitos Humanos da OEA, Rosa Maria Ortiz, que esteve em visita oficial, em outubro, para elaborar seu relatório sobre crianças vivendo em zona de conflito armado no Brasil. Juventude na Cidade: Conexões Possíveis, uma realização Aprendiz Comgás, em novembro. A Viração fez a cobertura educomunicativa.

Relatório de Atividades - Viração 2013

25


5. VIRAÇÃO INTERNACIONAL Projeto Europeu Vamos Cuidar do Planeta A Viração junto com a sua parceira em Trento, a Associazione Jangada, coordenou na Itália este projeto europeu que conta com a participação de organizações sociais e ambientalistas e centros de pesquisa de 15 países. Na Itália, a Viração trabalhou em parceria com o Centro Nacional de Pesquisas de Bologna (CNR) com as seguintes escolas: Liceo Bertrand Russel, Istituto Comprensivo della Bassa Anaunia, Istituto Comprensivo di Revò, Istituto Comprensivo di Cles, Istituto Comprensivo Giovanni Pascoli (na cidade de Tricase, na região da Puglia, sul da Itália. Ao todo participaram das atividades cerca de 300 estudantes do Ensino Fundamental e Médio.

Projeto Osservatorio SOStenibile A Viração contribuiu para o desenolvimento do projeto Osservatorio SOStenibile, que conta com a participação de 12 jovens (a maior parte estudantes universitários) de 7 municípios do Trentino (Denno, Campodenno, Cunevo, Terres, Ton, Flavo e Sporminore). O projeto previu 8 encontros abertos ao público em geral sobre os temas: desenvolvimento sustentável, agricultura intensiva, agricultura orgânica, agricultura biodinâmica, alimentação/ slowfood e mudanças climáticas. Além dessas atividades, o projeto previu também uma feira de troca de livros, vinis, utensílios de casa e brinquedos.

Agenzia di Stampa Giovanile na Itália A Viração desenvolveu um projeto de formação para 20 adolescentes e jovens para a criação de um núcleo da Agência Jovem de Notícias no Trentino. Foram realizados 12 encontros de formação com duração de 3 horas cada. O grupo participou ativamente da cobertura educomunicativa da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas - COP19, que ocorreru entre 11 e 22 de novembro na cidade de Varsóvia, Polônia. Este é o endereço da página no Facebook: www.facebook.com/AgenziaGiovanileRio20.

Rede Itália Clima A Viração iniciou uma parceria com a Rede Itália Clima, principal organização que acompanha sistematicamente o tema das mudanças climáticas na Itália e que reúne cientistas, pesquisadores, jornalistas, educadores e jovens. Sinal concreto desta parceria foi o trabalho desenvolvido em conjunto durante a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas - COP19, que ocorreru entre 11 e 22 de novembro na cidade de Varsóvia, Polônia. Este é o link da Rede Itália Clima: http://www.italiaclima.org/. Junto com a Rede Itália Clima, a Viração está contribuindo para a criação de um movimento de jovens italianos sobre mudanças climáticas no âmbito da campanha internacional Global Power Shift.

Parceria com Bué Fixe em Portugal Em 2013, a Viração fortaleceu a parceria com a organização Bué Fixe (www.facebook.com/buefixe.pt), que atua com educomunicação e prevenção de DSTs/Aids em Lisboa. Viração e Bué Fixe participaram ativamente dos debates e reflexões e com um estande no 2º Congresso ‘Literacia, Media e Cidadania, que aconteceu nos dias 10 e 11 de maio de 2013 em Lisboa (http://www.literaciamediatica.pt). A Bué Fixe também está implementando uma experiência piloto em Lisboa com base no projeto Quarto Mundo, desenvolvido pela Viração em parceria com a TV USP.

26

Relatório de Atividades - Viração 2013


Parceria com EducommunicAfrik em Burkina Fasso Viração fortaleceu sua parceria com EducommunicAfrik, com sede em Ouagadougou, em Burkina Fasso. Esta organização foi criada inicialmente com o nome de Associação Biurkinabé para a promoção da Educomunicação. A EducommunicAfrik produziu 2 reportagens que foram publicadas na Revista Viração ao longo de 2013. Uma delas é a respeito do Forum Mondial Genre et Médias, que aconteceu de 2 a 4 de dezembro de 2013 em Bangkok, na Tailândia.

Rede de escolas de educação ambiental no Trentino Em parceria com a Comunità della Val di Non, órgão público do Trentino, a Viração promoveu a criação de uma rede de professores que atuam com educação ambiental na região. Foram realizados 3 encontros de articulação e projetação com a participação de uma média de 15 professores do Ensino Fundamental e Médio.

Projeto Phyrtual Em parceria com a Fondazione Mondo Digitale, com sede em Roma, a Viração contribuiu para o aperfeiçoamento da plataforma virtual Phyrtual (www.phyrtual.org). Muito desse trabalho contou com a colaboração da voluntária da Viração, Juliana Winkel, que mora em Roma.

Global Power Shift Entre os dias 24 a 31 de junho, jovens lideranças e ativistas de 135 países estiveram na Turquia para o Global Power Shift - GPS. O evento, organizado pela ONG Internacional 350.org teve como objetivo criar um movimento global que encontre soluções para a crise climática que atinge todo o planeta. A programação contou com momentos de treinamento em cinco áreas distintas - Política, Ação Direta Não-Violenta, Campanhas Digitais, Ativismo Artístico e Criativo, Mídia e Comunicação - além de troca de experiências entre os participantes, que já trazem na bagagem a experiência de intervenções com jovens em seus países de origem. A Viração foi representada por uma educomunicadora e um virajovem, que participaram dos treinamentos nas áreas de Mídia e Comunicação e Política. Ao todo, o Brasil foi representado por 12 jovens de quatro Estados (Bahia, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo), formando, juntamente com a Índia, a maior delegação do encontro. Estes brasileiros atuam em diferentes áreas, como organizações ambientalistas, movimentos sociais e coletivos artísticos e culturais, e após os momentos de formação e integração na Turquia, voltaram para o país com a missão de mobilizar mais jovens para as questões climáticas brasileiras em um movimento denominado “Clímax Brasil”.

CliMates Regional Workshop - Colômbia A Viração facilitou uma oficina sobre Educomunicação e Mudanças Climáticas durante o Workshop da ONG estudantil CliMates, que ocorreu entre os dias 23 e 27 de setembro em Bogotá, Colômbia, e contou com a participação de 40 jovens de 10 países da América Latina, da Itália e da França. A proposta do encontro foi capacitar a juventude latino-americana para a COP20 - Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas que vai ocorrer em Lima, Peru, em dezembro de 2014. O evento também resultou na criação do Clic! - Movimento Climático Latino Americano e Caribenho, com o objetivo de capacitar e mobilizar mais jovens latinos apra as questões do Clima. A Viração foi escolhida como ponto focal do Grupo de Trablho de Comunicação do Clic!

Relatório de Atividades - Viração 2013

27


Agência Jovem de Notícias Internacional na COP19 Organizada e idealizada pela Viração e com a parceria de dezenas de organizações brasileiras e internacionais, a Agência Jovem de Notícias na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas - COP19, que ocorreru entre 11 e 22 de novembro na cidade de Varsóvia, Polônia, contou com aproximadamente 40 participantes, jovens do Brasil, Argentina, Colômbia, Porto Rico e Itália que, juntos, cada um em seu idioma, contou de um jeito jovem e descontraído tudo o que se passava entre as centenas de salas e auditórios do Estádio Nacional da Polônia, onde ocorreu o evento. A cobertura jovem resultou na produção de textos, vídeos e imagens para o site da Agência Jovem de Notícias em quatro idiomas (português, espanhol, inglês e italiano) e uma matéria de capa para a Revista Viração. Confira as matérias no site neste link: http://goo.gl/iXuT7J.

First International Meeting of the Young Journalists Network na Univesidade Autônoma de Barcelona A Viração recebeu uma bolsa do MED, associação italiana de educação à comunicação, para participar do curso de verão realizado pela UNESCO e a Univesitat Autònoma de Barcelona, na Espanha. A proposta do encontro foi reunir jovens jornalistas de diferentes países para trocarem experiências sobre educação e democratização da mídia em seus territórios. A Viração foi representada pelo educomunicador Rafael Alves da Silva que, por uma semana, participou de conferências de especialistas da comunicação, vivenciou experiência de produção de mídias e visitou equipamentos públicos de comunicação da cidade. Além da troca de contatos, a experiência possibilitou um aprimoramento do trabalho de rádio feito pelo educomunicador, que passou a aplicar em suas oficinas com os adolescentes aqui no Brasil. Aqui um link com um resumo das atividades: http://goo.gl/FuQieb.

28

Relatório de Atividades - Viração 2013


6. Nova Diretoria Foi eleita, em 23 de agosto, a nova Diretoria Institucional da Viração Educomunicação para um mandato de quatro anos. A posse dos novos integrantes ocorreu no mesmo dia, durante assembleia geral dos associados da organização, que também reelegeu o Conselho Fiscal para mais um mandato. Compõe a nova Diretoria da ONG, as jornalistas Susana Daniele Piñol Sarmiento, como presidenta, e Maria Izabel de Araújo Leão, na função de vice-presidenta, e o educomunicador Rafael Lira Silva, que assume o posto de secretário. No dia 7 de novembro, por motivos pessoais, Maria Izabel entregou o cargo de vice-presidência, que passou a ser assumido pela jornalista Amanda Proetti. No Conselho Fiscal, continuam o economista Everaldo Santos Oliveira, a modista Renata Cristina Marangon Drovetto Rosa, e o mestre em educação pública e governo Rodrigo Bandeira de Luna. Susana Sarmiento é jornalista, atua na área de jornalismo social há 10 anos e é editora do Portal Setor3/Senac São Paulo. Já Amanda teve passagem pela Viração como educomunicadora e realizou durante sua pós-graduação em Gestão da Comunicação: Políticas, Educação e Cultura na ECA/ USP o estudo Viração: Experiência epistemológica da Educomunicação. Hoje ela coordena a comunicação da Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais (Abong). Rafael Lira, também com passagem como educomunicador na organização, atualmente é articulador da ONG Ciranda - Central de Notícias dos Direitos da Criança e Adolescência. Todos os integrantes da Diretoria e do Conselho Fiscal atuam como voluntários. A última gestão, a primeira eleita após a institucionalização da Viração como ONG, em agosto de 2009, era composta pelas jornalistas Juliana Rocha Barroso e Cristina Paloschi Uchôa de Oliveira, respectivamente na presidência e vice, e pelo pedagogo Eduardo Peterle Nascimento, como secretário, que assumiu após a saída de Luciano de Souza.

Relatório de Atividades - Viração 2013

29


7. Espaço da Viração: As salas e os equipamentos da Viração foram utilizados de forma esporádica e permanente por parceiros, entre os quais: Associação Outras Palavras, Grupo Células em Transformação, Grupo de Prática de Comunicação Não-Violenta, Engajamundo, Movimento 18 Razões e Grupo de Teatro Novos Olhares. O espaço, localizado na Rua Augusta, 1239, região central de São Paulo, abrigou ao longo de 2013 outras atividades e reuniões de grupos e coletivos, como a Rede Fale, Rede Ecumênica da Juventude, GPS - Global Power Shift, Cine Club, Transparência Hacker e Coletivo Cine PodePá. Além disso, o espaço possui um Ponto de Leitura, que disponibiliza para consulta um acervo de livros, vídeos e CDs. Atualmente, por estar em fase de catalogação dos materiais, a consulta só pode ser feita internamente, sem a possibilidade de empréstimo. Outro espaço de área comum é o laboratório digital, com computadores com acesso à internet e rede sem fio (wireless), que possibilitam os visitantes e participantes de projetos explorarem conteúdos virtuais. A equipe da Viração colabora também no auxílio a jovens que usam a internet para busca de emprego, inscrição em vestibular ou criação de e-mails.

8. Visitas à Viração Em 2013, recebemos visitas do Comitê holandês do UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância): O objetivo do grupo era conhecer projetos brasileiros que atuam com adolescentes e jovens em diferentes cidades e saber sobre como é o país que receberá o mundial de futebol de 2014. Por meio de entrevistas, a equipe produziu alguns vídeos sobre o comportamento dos brasileiros em relação à moda, música, esportes e comida. Clique nos links abaixo e confira os vídeos (em inglês) e que conta com a participação do núcleo da Rejupe:

Introdução: http://goo.gl/YDhtja Criatividade: http://goo.gl/U3wl9N Estilo: http://goo.gl/VUVuAe Esportes: http://goo.gl/tI115S Musica: http://goo.gl/No9vRD Internet: http://goo.gl/qG31qA Comida: http://goo.gl/TmdVUq

30

Relatório de Atividades - Viração 2013


9. Prêmios No dia 28 de outubro, o projeto Agência Jovem de Notícias foi um dos contemplados pelo Prêmio ARede 2013, vencendo a categoria Terceiro Setor – Capacitação e Formação. O evento, ocorrido em São Paulo (SP), premiou iniciativas privadas, públicas e do terceiro setor, de todo o Brasil, que promovem a inclusão social utilizando as tecnologias de informação e comunicação. O Prêmio ARede é considerado uma das principais premiações da área e é organizado pelo Instituto Bit Social e pela revista ARede. Em sua sétima edição, cerca de 200 projetos foram inscritos e avaliados por uma comissão julgadora composta por representantes da sociedade civil, do governo e do setor privado. Confira o link da notícia: http://goo.gl/oxsLDj.

Em fevereiro de 2013 a Renajoc foi contemplada, em parceria com o Unicef, com o prêmio Fundação Alexander Bodini. O prêmio foi criado em 2006 para apoiar iniciativas lideradas por adolescentes e jovens que promovem o debate e a realização dos seus direitos e contribuem para a participação significativa de crianças, adolescentes e jovens em temas que afetam o seu bem-estar. O prêmio, no valor de 30 mil dólares, foi usado para custear bolsa auxílio aos 10 facilitadores regionais e também para a produção de um vídeo sobre a Renajoc. Disponível em: http://youtu.be/Ew5liXGTWDk

Relatório de Atividades - Viração 2013

31


10. Prestações de serviços Ao longo de 2013, a Viração realizou 7 prestações de serviços pontuais, em forma de assessoria técnica, formação e coordenação de coberturas educomunicativas, das quais se destacam:

SESC São Paulo Realizamos, em parceira com o Núcleo de Comunicação e Educação da ECA/USP, a Cobertura Educomunicativa do Encontro Internacional Públicos da Cultura, evento que reuniu cerca de 500 pessoas de todo o mundo para discutir consumo e práticas culturais da sociedade contemporânea. Durante o evento foram produzidos dois boletins internos, além de vídeos e textos publicados nos sites do Sesc e da Agência Jovem. Confira as notícias nesse link: http://goo.gl/J8OvxJ

Instituto Asas - Net Comunidade Realizamos a facilitação da construção do planejamento pedagógico a ser executado no projeto da Net Comunidade, com adolescentes e jovens. O processo se deu por meio de 3 encontros com os educadores da instituição.

Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) Foi realizada uma oficina sobre educomunicação e produção em comunicação durante a semana de intercâmbio Brasil – Cabo Verde do Programa Jovem de Expressão, que ocorreu em Brasília (DF).

III conferência global sobre trabalho infantil Em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e Organização Internacional do Trabalho (OIT), realizamos o processo educomunicativo da III Conferência Global sobre Trabalho Infantil, sediada no Brasil, a Viração realizou a mobilização e capacitação de adolescentes para a participação política na Conferência, etapas nacional e global, e a difusão de informações sobre o tema, por meio da cobertura educomunicativa. Link das matérias da etapa global: http://goo.gl/Im9nSM Link das matérias da etapa nacional: http://goo.gl/s4VSxJ

Ministério da Educação - Secretaria de Educação Básica A convite do Ministério, a Viração coordenou as ações com adolescentes, que previam participação dos debates e produção de informações, durante o Seminário Nacional sobre a Política de Adequação Idade/Ano escolar para Adolescentes de 15 a 17 anos retidos no Ensino Fundamental e o II Seminário Internacional sobre Educação Integral.

Plan International A convite da Plan Brasil, organização de luta pelos direitos de crianças e adolescentes, a Viração realizou formação para educadores e adolescentes das regiões de Timbiras e Codó, no Maranhão. Durante uma semana, foram três grupos diferentes que receberam formação em produção de texto, áudio e vivenciaram uma discussão sobre democratização da comunicação. A proposta é que esses participantes repliquem as atividades nas escolas da região e em outros projetos da própria Plan. Link dos produtos feitos pelos participantes: http://goo.gl/SNDAEX

32

Relatório de Atividades - Viração 2013


Cobertura educomunicativa do Lançamento da Campanha É da Nossa Conta, em Acaraú (CE) Cerca de 30 adolescentes e jovens participantes do projeto Compromisso Vivo, do Instituto da Infância (IFAN) integraram a equipe da cobertura educomunicativa do Lançamento da Campanha É da Nossa Conta! – sem trabalho infantil e pelo trabalho adolescente protegido, em Acaraú (CE), em 22 de outubro de 2013. Em cinco linguagens – áudio, texto, fotos, fanzine e jornal mural ambulante – os participantes registraram as falas dos presentes no lançamento e realizaram matérias em torno da questão do trabalho infantil e adolescente.

Lilian Romão

Vicente de Paulo Pereira Lima

Diretora Executiva

Diretor Executivo

Relatório de Atividades - Viração 2013

33


Relatório de atividades 2013  

Relatório de atividades 2013

Relatório de atividades 2013  

Relatório de atividades 2013

Advertisement