a product message image
{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade

Page 1

www.fab.mil.br

Ano XLIV

Nº 3

Março, 2020

Dedicação, amor e respeito à FAB (Págs. 4 e 5) DIA DA MULHER Presença feminina na FAB (Págs. 6 e 7)

OPERAÇÃO REGRESSO À PÁTRIA AMADA BRASIL (Págs. 8 a 11)


2

Março - 2020

CARTA AO LEITOR

Expediente

ASAS QUE ACOLHEM A edição do Notaer deste mês traz, para você leitor, um resumo sobre a atuação da Força Aérea Brasileira (FAB) na Operação Regresso à Pátria Amada Brasil, quando 34 brasileiros e seus familiares foram transportados de Wuhan, na China, epicentro do novo coronavírus, para o Brasil. Da mobilização, com o trabalho conjunto dos Ministérios da Defesa, da Saúde e das Relações Exteriores, bem como da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), até os dias finais de hospedagem na Ala 2 – Base Aérea de Anápolis (GO),

nossos militares atuaram diuturnamente para que todo planejamento fosse cumprido com êxito. Comemoramos, no mês de março, o Dia do Especialista de Aeronáutica. Por essa razão, você vai conhecer a história de uma família de integrantes da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR) - um grande complexo de ensino militar na América do Sul, localizada em Guaratinguetá (SP). Lembramos, também, com carinho, o Dia Internacional da Mulher; e, para ilustrar a importância da data, destacamos algumas

militares pioneiras da FAB. Ao longo desta edição, é possível conferir mais sobre a nova Diretriz do Comando da Aeronáutica, que estabelece os procedimentos e responsabilidades para a efetivação do termo “Veterano”. Tal medida reconhece aqueles que deixaram o serviço ativo e contribuíram com árduo trabalho e dedicação ao longo da história da FAB. Caro leitor, aproveite esta edição! Brigadeiro do Ar Paulo César Andari Chefe do CECOMSAER

Chefe do CECOMSAER: Brigadeiro do Ar Paulo César Andari. Chefe do CECOMSAER: Brigadeiro do Ar Paulo César Vice-Chefe do CECOMSAER: Andari. Coronel Aviador Ricardo Feijó Pinheiro Chefe da Divisão de Comunicação Integrada: Chefe da Divisão de Comunicação Coronel Aviador André Luís Integrada: Ferreira Grandis. Tenente-Coronel Aviador Denys Martins de Oliveira. Chefe da Subdivisão de Produção e Divulgação: Chefe da Subdivisão de Produção Tenente-Coronel Aviador Claudio e Divulgação: Mariano Rodrigues Santana. Tenente-Coronel Aviador Claudio Mariano Rodrigues Santana. Editor: Tenente Jornalista João Elias Editores: (DRT 8933/RS). Tenente Jornalista Cristiane dos Santos (MTB 35288/SP) Tenente Jornalista Cristiane dos Aspirante Jornalista Letícia Faria Santos (MTB 35288/SP). (MTB 3327/SC-JP). Colaboradores: Colaboradores: Textos enviados ao CECOMSAER Textos enviados ao CECOMSAER via SISCOMSAE. via SISCOMSAE.

MÍDIAS SOCIAIS

FAB EM MISSÃO NA CHINA No mês de Fevereiro, o post em destaque foi uma foto do Tenente Jornalista Felipe Bueno de Andrade, do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica, durante o transporte dos brasileiros e

O j o r n a l N OTA E R é u m a O j o r n a l N OTA E R é u m a publicação mensal do Centro publicação mensal do Centro de Comunicação Social da de Comunicação Social da Aeronáutica (CECOMSAER) Aeronáutica (CECOMSAER), voltado ao público interno. voltado ao público interno.

seus familiares, que estavam em Wuhan, na China. A foto atingiu a marca de mais de 392 mil pessoas alcançadas e 56 mil likes no Instagram. A FA B d i v u l g a e m

suas mídias sociais os produtos elaborados pelo CECOMSAER e as informações enviadas pelos Elos do Sistema de Comunicação Social da Aeronáutica (SISCOMSAE).

Diagramação: Sargento SDE Diagramação: Suboficial R1 Santiago Moraes e Sargento Cláudio Bomfim Ramos, Sargento SDE Pollyana Dias. SDE Pollyana Dias e Sargento SDE Polyana Rithielly. Capa e Artes: Subdivisão de Publicidade e Capa e Artes: Propaganda. Subdivisão de Publicidade e Propaganda. Foto: Sargento Estão autorizadas transcrições Bianca Viol. integrais ou parciais das matérias, desde que mencionada a fonte. Estão autorizadas transcrições integrais ou parciais das matérias, Endereço: desde que mencionada a fonte. Esplanada dos Ministérios Bloco “M” 7º andar - CEP: Endereço: 70045-900 Brasília/DF Esplanada dos Ministérios Bloco “M” 7º andar CEP: 70045-900 Brasília/DF

Impressão e Acabamento: Marina Artes Gráficas e Editora


Março - 2020

3

PALAVRAS DO COMANDANTE

NOSSO COMPROMISSO Logo no início do ano de 2020, o destino reservou uma grande tarefa para a Força Aérea Brasileira. Com o surgimento do novo coronavírus, na China, o Comando da Aeronáutica foi incumbido de ir além dos 22 milhões km² sob sua responsabilidade. Em uma ação interagências dos Ministérios da Defesa, da Saúde e das Relações Exteriores, bem como da Anvisa, da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro, na Operação Regresso à Pátria Amada Brasil, nossos militares agiram de maneira abnegada para cumprir os requisitos necessários para que 34 brasileiros e seus familiares fossem transportados para o Brasil. A missão foi coroada de sucesso e contou com total apoio do Estado-Maior da Aeronáutica, que gerenciou

as ações dos Grandes Comandos, assim como fez gestão junto a Adidos e Ministério das Relações Exteriores, de modo a viabilizar as autorizações de pousos, decolagens e sobrevoos dos países da rota Brasil-China-Brasil. A participação dos Grandes Comandos foi fundamental: o Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) realizou a mobilização de meios aéreos, no âmbito nacional, proporcionando a velocidade então requerida; o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) atuou na coordenação de tráfego aéreo das aeronaves envolvidas, além de ter permitido a priorização dos referidos voos e apoiado com o Primeiro Grupo de Comunicações e Controle (1º GCC); e o Comando-Geral de Apoio (COMGAP), com sua prontidão logística,

propiciou que nossos pilotos e vetores aéreos cruzassem o globo terrestre. É importante ressaltar, ainda, a atuação do Comando de Preparo (COMPREP), berço e sede de todos os eventos centrais, que envolveram embarque e desembarque dos repatriados, somados às inúmeras providências do seu efetivo, necessárias na Ala 2 – Base Aérea de Anápolis; da Secretaria de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica (SEFA), como Coordenadora Geral da Operação, que conduziu de forma criteriosa as aquisições e os recursos financeiros utilizados; do Comando-Geral de Pessoal (COMGEP), que, por intermédio da Diretoria de Saúde da Aeronáutica (DIRSA), disponibilizou o Instituto de Medicina Aeroespacial Brigadeiro Médico Rober-

to Teixeira (IMAE) e outras Unidades de Saúde da FAB, empregando profissionais e materiais específicos; e do Gabinete do Comandante da Aeronáutica (GABAER), por meio do Grupo de Transporte Especial (GTE), pelo empenho de seus tripulantes no planejamento e na execução dos voos. Que este trabalho conjunto seja exemplo para nossas ações futuras e que nos inspire, a fim de manter o alto padrão nas atividades do Comando da Aeronáutica. O momento foi histórico para o Brasil e para a Força Aérea Brasileira, como uma experiência que nos impulsionará a servir o povo brasileiro com qualidade, segurança e prontidão. Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez Comandante da Aeronáutica


4

Março - 2020

TEN CANDIANI / EEAR

DIA DO ESPECIALISTA

Suboficial Gerson e as filhas, a Sargento Letícia Lemos e a Aluna Larissa Lemos

EEAR: O BERÇO DA FAMÍLIA DE ESPECIALISTAS Ten JOR Raquel Alves A Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR) é a instituição que forma os futuros sargentos especialistas da Força Aérea Brasileira que atuam em diversas Organizações da FAB pelo país. O “Berço dos Especialistas”, como é conhecida, é também o lugar em que

filhos, netos, sobrinhos e primos são inspirados pela profissão da família. A família do Suboficial Músico Gerson Coração representa toda dedicação, amor e respeito à FAB. Formado na primeira turma de Músicos da Escola em 1993, as duas filhas do militar seguiram seus passos profissionais. A Sargento Letícia

Lemos Coração, especialista em Administração, foi a primeira a manifestar interesse pela profissão. “Meu pai sempre demonstrou amor pela Força Aérea. Como ele, apaixonei-me pelas atividades realizadas na Escola e, quando decidi ingressar na Especialista, ele me incentivou muito a seguir a carreira”, relata Letícia.

A irmã mais nova, Aluna Larissa Lemos Coração, não ficou para trás. Ela concluiu o período de adaptação do Curso de Formação de Sargentos, na especialidade de Eletrônica, seguindo os passos da irmã, a Sargento Letícia Lemos. “Comecei a pensar em entrar na Força Aérea quando minha irmã ingressou em 2013. Ela sem-


Março - 2020

pre foi muito transparente e apaixonada pelo que faz. Hoje, estou vivenciando várias experiências desafiadoras. Com o apoio da minha irmã e de meus pais, tenho certeza de que

5

me tornarei o exemplo que eles são”, conta. Orgulho é a palavra que resume a carreira que a família seguiu. “Sempre procurei dar o meu melhor para a FAB no tocante

às minhas atribuições, e essa atitude serviu para influenciar a minha filha mais velha, que mais tarde influenciou a filha mais nova. Tenho muito orgulho de pertencer à

FAB e ter ao meu lado as minhas filhas, trilhando o mesmo caminho. Que elas nunca se esqueçam dos valores que foram despendidos a elas”, finaliza o Suboficial Gerson.

mente, 10 milhões de metros quadrados, com uma área construída superior a 119 mil metros

quadrados, contendo 93 prédios administrativos e 416 residências, distribuídas em três vilas mi-

litares: Vila dos Oficiais, Vila dos Suboficiais e Sargentos e Vila de Cabos e Taifeiros.

O Dia do Especialista de Aeronáutica é comemorado em 25 de março. A criação da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR) é datada em 1941. Localizada em Guaratinguetá (SP), até hoje preserva-se, historicamente, parte das instalações da antiga Escola Prática de Agricultura e Pecuária, identificada por um painel de azulejos, aposto na parte frontal e superior do Pavilhão Prefeito André Broca Filho, sede atual da Divisão de Ensino da EEAR, em frente ao Prédio do Comando. A EEAR ocupa um espaço de, aproximada-

SGT BIANCA VIOL / CECOMSAER

ESCOLA COMPLETA 79 ANOS


6

Março - 2020

SD ANDERSON SOARES / CECOMSAER

DIA DA MULHER

PRESENÇA FEMININA NA FORÇA AÉREA BRASILEIRA HOJE, AS MILITARES MULHERES ESTÃO PRESENTES NA ACADEMIA E NAS ESCOLAS DA FAB. ELAS ATUAM COMO AVIADORAS, INTENDENTES, CONTROLADORAS DE TRÁFEGO AÉREO, MUSICISTAS, PARAQUEDISTAS, MÉDICAS, ADVOGADAS, HISTORIADORAS, ENTRE OUTROS QUADROS Ten JOR Cristiane dos Santos A presença feminina no âmbito da Força Aérea Brasileira (FAB) ocorre desde a Segunda Guerra Mundial, quando, em julho de 1944, seis enfermeiras passaram a integrar o Quadro de Enfermeiras da Reserva da Aeronáutica. Elas atuaram no teatro de operações como integrantes do Primeiro Grupo de Aviação de Caça (1º GAvCa). No entanto, o ingresso das mulheres na Força, como parte do efetivo, ocorreu a partir dos anos 80. Na oca-

sião, viu-se a necessidade de ampliar o contingente e, por isso, foram realizados estudos para a inserção da mulher como militar na Força. As pesquisas culminaram na criação do Corpo Feminino da Reserva da Aeronáutica (CFRA), que constituíram o Quadro Feminino de Oficiais (QFO) e o Quadro Feminino de Graduadas (QFG). A primeira turma de mulheres ingressou na FAB em 1982. Em 1995, o então Ministro da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Mauro José Miranda Gandra, deu início aos trâmites para que as mulheres

pudessem, pela primeira vez, ser Cadetes da Academia da Força Aérea (AFA). Em 1996, ingressaram as primeiras Cadetes Intendentes na AFA, que atingiram o posto de Tenente-Coronel em agosto de 2017. Elas poderão chegar até o posto de Major-Brigadeiro, maior patente deste quadro. Na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), que abrange os ensinos de nível médio e técnico, as mulheres ingressaram em 1998. Dependendo da especialidade escolhida, elas podem alcançar o posto de Coronel. Também na AFA, em

2003, ingressaram as primeiras Cadetes Aviadoras, atualmente no posto de Major. As aviadoras ocupam funções como pilotos de todas as Aviações da FAB e podem chegar ao posto de Tenente-Brigadeiro, o mais alto na hierarquia da Aeronáutica. No ano de 2017, a Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EpcAr), em Barbacena, passou a admitir mulheres em todos os anos do ensino médio em seu Curso Preparatório de Cadetes do Ar (CPCAR). Após três anos de curso, as concluintes se tornaram cadetes, ingressando na AFA neste ano.


7

SGT BIANCA VIOL / CECOMSAER

SD WILHAN CAMPOS / CECOMSAER

SGT JOHNSON BARROS / CECOMSAER

Março - 2020

SGT BIANCA VIOL / CECOMSAER

QUADRO FEMININO Hoje, as militares mulheres estão presentes na Academia e nas Escolas da FAB. Elas atuam como Aviadoras, Intendentes, Controladoras de Tráfego Aéreo, Musicistas, Paraquedistas, Médicas, Advogadas, Historiadoras, entre outros quadros. Até o momento, as mulheres na Aeronáutica ocupam postos de Terceiro-Sargento a Coronel nas mais diversas áreas.


8

Março - 2020

CORONAVÍRUS

MISSÃO CUMPRIDA

OPERAÇÃO REGRESSO FOI CONCLUÍDA COM SUCESSO sito da Ala 2, especialmente preparado para o período de 14 dias de observação. Além disso, foram submetidos a exames swabs combinados, que analisam amostras de secreção nasal

e oral - todos negativos, do início ao fim da quarentena. De 9 a 23 de fevereiro, eles permaneceram no local, sendo avaliados diariamente por equipes médicas, mas também mantendo

SD ANDERSON SOARES / CECOMSAER

Foram cerca de 160 horas de voo cumpridas pelas aeronaves VC-2 Embraer 190 e VC-99 Legacy, do Grupo de Transporte Especial (GTE), entre os dias 4 e 9 de fevereiro. Com uma equipe do Instituto de Medicina Aeroespacial Brigadeiro Médico Roberto Teixeira (IMAE) a bordo, as aeronaves FAB 2590 e 2591 saíram da Ala 1, em Brasília (DF), com destino à Ala 2 - Base Aérea de Anápolis, em Goiás, com uma escala especial: Wuhan, na província de Hubei, na China. A missão foi transportar os 34 brasileiros e seus familiares que estavam no epicentro do

novo coronavírus e, acolher na chegada ao Brasil para o período de quarentena. Após o desembarque, os passageiros e tripulantes da Operação Regresso foram recebidos no Hotel de Trân-

SD ANDERSON SOARES / CECOMSAER

Ten JOR Felipe Bueno

Tripulação da FAB recebe cumprimentos antes de embarcar para Wuhan, na China, para realizar o transporte dos brasileiros e de seus familiares


9 5

A Operação contou com o esforço conjunto dos Ministérios da Defesa, da Saúde e das Relações Exteriores, assim como da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e apoio do Governo do Estado de Goiás e da Prefeitura de Anápolis. Por parte da Força Aérea Brasileira (FAB), participaram da missão tripulantes do Grupo de Transporte Especial (GTE), militares do IMAE e um jornalista do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (CECOMSAER). A participação dos Grandes Comandos foi

Operação Regresso à Pátria Amada Brasil foi concluída após todos os participantes

serem liberados para retornarem ao convício social, saudáveis e assintomáticos.

fundamental: o Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) realizou a mobilização de meios aéreos, no âmbito nacional, proporcionando a velocidade então requerida; o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) atuou na coordenação de tráfego aéreo

das aeronaves envolvidas, além de ter permitido a priorização dos referidos voos e apoiado com o Primeiro Grupo de Comunicações e Controle (1º GCC); e o Comando-Geral de Apoio (COMGAP), com sua prontidão logística, propiciou que nossos pilotos e vetores

aéreos cruzassem o globo terrestre. É importante ressaltar, ainda, a atuação do Comando de Preparo (COMPREP), berço e sede de todos os eventos centrais, que envolveram embarque e desembarque dos repatriados, somados às inúmeras proINFOGRÁFICO: SUBDIVISÃO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

Atuação e esforços conjuntos

e peças de teatro, além de apresentações da Banda de Música da Ala 2. A SGT MARCOS POLETO / CECOMSAER

uma rotina de exercícios e programação cultural, que incluiu a exibição de filmes


Hawk e uma aeronave C-99 configurada como UTI Aérea para realizar o transporte ao Hospital das Forças Armadas na Capital Federal, em caso de estado clínico agravado de algum integrante em quarentena. Também atuaram médicos do Ministério da Saúde e um profissional da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, destacou a importância da participação da Força Aérea na Operação. “Nós nos sentimos muito honrados pela confiança recebida do Presidente da República e do Ministro da Defesa, diante de uma missão complexa como a Operação Regresso”. Para o Secretário 2 °/10 ° GAV

vidências do seu efetivo, necessárias na Ala 2 – Base Aérea de Anápolis; da Secretaria de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica (SEFA), como Coordenadora Geral da Operação, que conduziu de forma criteriosa as aquisições e os recursos financeiros utilizados; do Comando-Geral de Pessoal (COMGEP), que, por intermédio da Diretoria de Saúde da Aeronáutica (DIRSA), disponibilizou o IMAE e outras Unidades de Saúde da FAB, empregando profissionais e materiais específicos; e do Gabinete do Comandante da Aeronáutica (GABAER), por meio do GTE, pelo empenho de seus tripulantes no planejamento e na execução dos voos. Ainda durante a Operação, esteve de prontidão um helicóptero H-60L Black

SGT MARCOS POLETO / CECOMSAER

Março - 2020

FAB preparou estrutura para adultos e crianças no Hotel de Trânsito

SGT MARCOS POLETO / CECOMSAER

10

Ao todo, 34 brasileiros e familiares retornaram da China de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica e Coordenador da Operação, Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno, esta “foi uma operação muito bem preparada e planejada”, disse. E, o Comandante da Ala 2- Base Aérea de Anápolis,

SD THALLYS AMORIM / CECOMSAER

Helicóptero H-60L Black Hawk esteve de prontidão na Ala 2

Coronel Aviador Gustavo Pestana Garcez, destacou a interação entre os Órgãos envolvidos para o sucesso da missão. “Todo o esforço conjunto, em uma perfeita interoperabilidade, fizeram com que o resultado alcançado fosse muito bom”, finaliza.

Encerramento da quarentena Com o término da quarentena, o Ministério da Defesa iniciou o Plano de Desmobilização da Operação. Conforme previsto no planejamento, o grupo foi apoiado por aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB). Os deslocamentos foram realizados em duas ae-

ronaves, em aproveitamento de voos de transporte logístico de material e de militares, tendo como destinos: Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Minas Gerais e Pará. Ao final, os repatriados retornaram ao seio de seus familiares.


Ministro da Defesa recebe bandeira assinada pelos brasileiros e familiares que estiveram em quarentena

SD THALLYS AMORIM / CECOMSAER

SD THALLYS AMORIM / CECOMSAER

11

Operação encerrou após 14 dias de acolhimento com todos saudáveis e assintomáticos


12

Março - 2020

VALORIZAÇÃO

MILITAR INATIVO PASSA A SER DENOMINADO VETERANO DA FAB Ten JOR Cristiane dos Santos Asp JOR Flávia Rocha

INFOGRÁFICO: SUBDIVISÃO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

Com o objetivo de valorizar e reconhecer os profissionais que se dedicaram e contribuíram ao longo da história da Força Aérea Brasileira (FAB), foi publicada no dia 17/02, a Diretriz do Comando da Aeronáutica (DCA) Nº 11-127/2020. A legislação tem por objetivo estabelecer os procedimentos e responsabilidades para a efetivação do termo “Veterano” no âmbito do Comando da Aeronáutica. De acordo com o do-

cumento, publicado em Boletim do Comando da Aeronáutica (BCA), a palavra “Veterano” refere-se a todos os militares que se encontram na situação de inatividade. Contextualiza, ainda, que o “Veterano” é comumente utilizado para designar alguém experiente e, especificamente no meio militar, uma pessoa que serviu por muitos anos nas Forças Armadas. “Em diversos países, o termo representa o pessoal da reserva ou reformado. A palavra também se aplica ao meio civil, com a conotação

de uma pessoa experiente ou de notório saber”, esclarece o documento. De acordo com o Diretor da Pagaria de Inativos e Pensionistas da Aeronáutica (PIPAR), Coronel Intendente Cesar Fernandes dos Santos, a mudança da denominação “militar inativo” para “Veterano” é resultado de uma reestruturação administrativa no que tange a gestão de pessoas na FAB. “A proposta é melhorar e valorizar, com acolhimento, todos aqueles que doaram tempo de suas vidas para enobrecer

a Instituição”, disse. Dia do Veterano A Diretriz divulga, também, um cronograma de ações para os próximos meses. Entre outras atividades, está prevista a publicação de Portaria instituindo o dia 16 de julho como o “Dia do Veterano da Força Aérea Brasileira”. A data foi escolhida por ser emblemática para a FAB, pois marca o retorno dos Veteranos que lutaram na Itália, uma homenagem àqueles que atuaram durante a 2° Guerra Mundial.


Dezembro Março - 2020 - 2019

13 5

LEI 13.954/19

ALTERAÇÃO DOS NOVOS PERCENTUAIS DE DESCONTO PARA A PENSÃO MILITAR INICIA A PARTIR DE 16 DE MARÇO ção e soldados prestando o serviço militar obrigatório. O desconto será implantado de forma integral, ocorrendo uma devolução referente ao proporcional entre os dias 1 e 15 de março, em código de identificação (caixa) específica, sendo indicado no contracheque do mês de março. No caso dos militares (ativos e veteranos) essa devolução de 15 dias corresponderá à diferença entre os valores calculados com 9,5% e 7,5%. Para todos os que não descontavam para a pensão militar (pensionistas, alunos de escolas de formação e soldados prestan-

do o serviço militar obrigatório) será implantado o desconto com o mesmo código de identificação (caixa) já atualmente utilizado nos contracheques dos militares já contribuintes da pensão militar. Ressalta-se que, à medida que houver qualquer incremento na remuneração bruta do militar ou pensionista, o contracheque seguirá a mesma lógica matemática de quando foram concedidos os aumentos de soldo do último ciclo de 2016 a 2019. Isto é, sempre que for alterada a remuneração ou proventos brutos, alteram-se

todos os valores absolutos dos descontos, na proporção dos seus respectivos percentuais, os quais não sofreram alteração em janeiro de 2020. Dessa forma, nos contracheques de janeiro e de fevereiro de 2020, os percentuais dos descontos para a pensão militar permaneceram os mesmos em relação ao ano de 2019. Os valores dos descontos, em reais, caso tenham sofrido alteração no primeiro mês de 2020, devem-se unicamente à alteração na remuneração ou proventos brutos do militar (ativo ou veterano).

INFOGRÁFICO: SUBDIVISÃO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

As alterações decorrentes da aprovação da Lei nº 13.954/19, que trata da Reestruturação da Carreira Militar e do Sistema de Proteção Social dos Militares das Forças Armadas terão seus efeitos remuneratórios gradativamente implantados até o ano de 2023. Dentre as mudanças, a partir de 16 de março de 2020, ocorrerá a alteração dos percentuais de desconto para a pensão militar para os militares da ativa e para os veteranos, bem como a implantação do desconto para as pensionistas, alunos de escolas de forma-


14

Março - 2020 SD WILHAN CAMPOS / CECOMSAER

ENSINO

ESCOLA DE FORMAÇÃO DE MAGISTRADOS DA JUSTIÇA MILITAR DA UNIÃO TEM NOVA DIRETORIA TENENTE-BRIGADEIRO JOSELI ASSUME O CARGO DE DIRETOR DA ENAJUM Ten JOR Cristiane dos Santos Diante do Plenário do Superior Tribunal Militar (STM), o Ministro Tenente-Brigadeiro do Ar Francisco Joseli Parente Camelo e o Ministro Doutor Péricles Aurélio Lima de Queiroz foram empossados, respectivamente, Diretor e Vice-Diretor da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados da Justiça Militar da União (ENAJUM). A cerimônia ocorreu quarta-feira (19), na sede

do STM, em Brasília (DF). A solenidade foi conduzida pelo Ministro-Presidente do Superior Tribunal Militar (STM), Almirante de Esquadra Marcus Vinicius Oliveira dos Santos, e contou, ainda, com a presença dos Ministros do STM Tenente-Brigadeiro do Ar William de Oliveira Barros e Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Vuyk de Aquino, além de servidores do Tribunal e convidados. Durante o evento, o novo Diretor da ENAJUM agra-

deceu aos Ministros a confiança nele depositada para a missão de dirigir a Escola no biênio 2020-2021. O Ministro Tenente-Brigadeiro Joseli também destacou a alegria e a gratidão pelo privilégio de assumir o cargo de Diretor. “Sinto-me honrado em liderar a equipe de profissionais da ENAJUM. É com grande satisfação que assumo mais um compromisso em minha carreira, voltado à educação, que é o maior instrumento que se dispõe para o engran-

decimento da Pátria. É pelo conhecimento que adquirimos o poder de fazer, de ser e de compreender o potencial humano para desvendar todos os mistérios e vencer todas as batalhas”, disse. Para o período à frente da ENAJUM, o novo Diretor ressaltou que buscará, prioritariamente, concluir as obras em andamento na Escola, executar o planejamento previsto para o ano de 2020 e cumprir as metas estabelecidas no planejamento estratégico.

ESCOLA DE MAGISTRADOS DA JMU A ENAJUM foi criada pelo Superior Tribunal Militar em dezembro de 2015. Inicialmente, era denominada Cen-

tro de Estudos Judiciários da Justiça Militar da União (CEJUM). A missão da ENAJUM é promover a formação e o

aperfeiçoamento dos magistrados da Justiça Militar da União, cabendo-lhe a regulamentação dos cursos oficiais

para o ingresso, assim como a formação inicial e continuada de magistrados da Justiça Militar da União.


Dezembro Março - 2020 - 2019

ENTRETENIMENTO

CAÇA PALAVRAS O dia do ESPECIALISTA de Aeronáutica é comemorado em 25 de março. A criação da ESCOLA de Especialistas de AERONÁUTICA (EEAR) é datada em 1941. A Organização Militar ocupa um espaço de, aproximadamente, 10 milhões de m², contendo 93 prédios administrativos e 416 residências, distribuídas em três vilas militares: Vila dos OFICIAIS, Vila dos SUBOFICIAIS e SARGENTOS e Vila de CABOS e TAIFEIROS.

RESPOSTA DA EDIÇÃO DE FEVEREIRO

15 5


Profile for Força Aérea Brasileira

Notaer - Março de 2020  

DIA DO ESPECIALISTA - Dedicação, amor e respeito à FAB

Notaer - Março de 2020  

DIA DO ESPECIALISTA - Dedicação, amor e respeito à FAB

Profile for portalfab