Page 1

Histórias Preciosas

200 cadeiras de rodas foram entregues

Novembro Azul

Vamos falar sobre prevenção?

ICES

Thanksgiving Distribuição gratuita - venda proibida


Ano VIII - Nº 11 Novembro de 2018 pibcuritiba.org.br/revistaddd issuu.com/pibcuritiba Publicação cristã destinada ao crescimento e à transformação de cada indivíduo, e à edificação da igreja local, a partir de conteúdos baseados na Palavra de Deus. Direção do Ministério de Comunicação Albert Martins de Oliveira Filho Direção de Redação e Jornalista Responsável Julius Nunes – DRTPR 5156 Redação Juliana Reis Thais Vieira Colaboração Ariane R. Silva, Bruna Bortoloti, Isabelle Almeida, Letícia Perdonsin, Marli Lima, Samira Basi, Pr. Waldir dos Santos Revisão de texto | Regina Moraes Design e Diagramação | Ricardo A. S. Leite Tiragem 10 mil exemplares Ministério de Comunicação (41) 3091-4321 comunicacao@pibcuritiba.org.br Dúvidas, sugestões de pauta ou comentários

Uma eleição turbulenta. Não só pelos embates de ideias de candidatos e eleitores, mas por tudo que aconteceu antes e durante a campanha política. Prisões, denúncias, fake news, uso desequilibrado de ferramentas digitais entre tantas outras coisas. A maioria dos brasileiros votou a favor da mudança. Depois de 14 anos governado pelo Partido dos Trabalhadores (PT), o Brasil elegeu um presidente de outra sigla: Jair Messias Bolsonaro, do PSL. Foram 57,8 milhões de votos para o candidato de direita, o equivalente a 55,1% de votos válidos. E, depois de uma vitória já certa, Bolsonaro fez algo diferente do que outros presidentes haviam feito quando apareceram, em rede nacional, depois de eleitos. Orou. O amigo e senador Magno Malta foi quem abriu o pronunciamento. Por dois minutos, o país acompanhou uma oração pela Nação e pelo novo governo. Bolsonaro e sua família são cristãos. Ele é Católico e Michelle, sua esposa, é evangélica. Que Deus abençoe esta nova fase do nosso país. Que as promessas de campanha sejam cumpridas. Que o amor ao próximo reine absoluto e que as diferenças não sejam motivos para brigas. Nossa revista você já sabe: aborda todo tipo de assunto, com um viés Cristão. Nesta edição nossa matéria de capa fala sobre o Congresso Nacional Sexualidade - os desafios da Igreja, que será realizado em novembro na PIB Curitiba. Também falamos sobre violência contra a mulher e do mês de conscientização sobre o câncer de próstata, além dos textos inspirativos.

jornalismo@pibcuritiba.org.br Departamento comercial

Que Deus abençoe a todos!

Joaquim Almeida (41) 99787-3863 patrocinio@pibcuritiba.org.br

Primeira Igreja Batista de Curitiba 41 3091-4347 | pibcuritiba.org.br Rua Bento Viana, 1200 - Batel Curitiba, PR | CEP 80240-110 Atendimento de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 18h.

Julius Nunes Editor-chefe da revista Dia a Dia com Deus

EDITORIAL

Revista


SEJA BEM-VINDO!

06

14

16

Em Foco

Após o sofrer, há florescer: Os ciclos de vida de um ipê

Histórias Preciosas Doação das cadeiras

Capa

Os desafios da Igreja

05

ICES

12

Adoração

22

Social

06

Em Foco

14

Histórias Preciosas

23

Turma de Primeira

08

Homens

16

Capa

24

Acontece na PIB

10

Especial

21

Mulheres

30

Programação

Give thanks

Após o sofrer, há florescer: Os ciclos da vida de um ipê A cor de novembro também importa

Dia do Teólogo

Arte para divulgar Cristo

Doação das cadeiras

Os desafios da Igreja

Violência contra a mulher: Precisamos falar sobre isso!

Um resumo da vida da Igreja

Menino, menina... Presente de Deus!

Fique por dentro

Conheça as atividades da PIB

Nosso propósito: levar pessoas a um relacionamento intenso com Deus, amar e servir ao próximo e fazer Jesus conhecido de todos os povos, no poder do Espírito Santo.


ICES

GIVE THANKS

Imagens: Unsplash | Ben White

Letícia Liberato Perdonsin Colaboradora

It is already arrived the period of the year when we give thanks! Do you have an idea for what could God expect us to be thankful? Can we be thankful even when things are not going the way we planned? Certainly, it’s not easy. Did you know that Thanksgiving was declared as a National Holiday during the Civil War? I didn’t know and I became surprised by that when I starting studying about this subject. Thanksgiving was declared just after the battle of Gettysburg had just been won in the middle of a brutal war that torn America apart. Has God ever called you to give thanks during a season of conflict and turmoil? “Give thanks in all circumstances; for this is the will of God in Christ Jesus for you” 1 Thessalonians 5:18 Christian life is some much easier when we read the Scriptures. Knowing people that went through bad and difficult times and found ways of thanking God. This knowledge is very inspiring! Despite of all the problems they were going through, they tried. Scripture says we can offer thanksgiving as a sacrifice, and doing so glorifies God. Being able to recognize God’s goodness,

even we are not in the circumstances we would like, is an act of worship which pays homage to his attributes: his grace, patience, love, and provision. Somehow, practice gratitude in such moments can shift the atmosphere. This year we will celebrate our Thanksgiving Dinner in our church on November 22nd and you are invited to give thanks! Let’s get together and find motives to celebrate and thank our Lord for everything He is! For more information you can reach me on: ministerio.ices@pibcuritiba.org.br Thank you!

How abou you? What are you thankful for? Let us know! jornalismo@pibcuritiba.org.br

PI BCURI TI BA.ORG.BR • NOV 20 1 8

5


Em Foco

APÓS O SOFRER, HÁ FLORESCER: OS CICLOS DA VIDA DE UM IPÊ

6

Era um típico dia de inverno. Caminho pelas ruas da cidade. Sinto o vento gelado soprando em meu rosto. Meus cabelos balançam com o vento, meus olhos ardem pelo tempo seco, minhas bochechas congelam com o frescor do clima. Encurvo minha cabeça para baixo, ajeito meu cachecol no pescoço, tentando me esconder do frio. Enxergo uma grande quantidade de folhas pelo chão. Algo naquelas folhas esverdeadas e queimadas pela friagem me fazem querer olhar para cima. Olho para as árvores que se encontram sem muita vida, mas sinto a Sua vida em mim. Fecho os olhos por alguns segundos. Escuto minha respiração. Sinto o calor da presença de Deus aquecer o meu coração, revelando beleza e graça naquele dia sem muito brilho.

PIB C U RITI BA .O RG .B R • N OV 2 0 18

Mais de um mês depois, no início da primavera, caminho pela mesma rua. Vejo flores da cor lilás pelo chão. Ajoelho-me e pego uma delas. Admiro aquela flor, tão delicada e cheia de detalhes – imperceptíveis, se vista de forma rápida. Levanto e ergo meus olhos ao alto. Enxergo àquela mesma árvore que, antes, achei sem vida. Apesar de tantas árvores lindas ao redor, ela traz consigo uma certa exuberância. Uma árvore que até se pode encontrar semelhantes, mas ela é singular. Guardei aquela pequena flor comigo, sendo a representação da grandiosidade daquela árvore. Fui pesquisar sobre ela e descobri que um ipê precisa sofrer para florescer. Na época do inverno, com o frio intenso, toda a estrutura da árvore seca. Mas é na intensidade do sofrimento e de

busca pela sobrevivência, que o ipê começa a se preparar para florescer. Quando está prestes a morrer, a planta encontra força para produzir sementes e, então, suas flores começam a se preparar para nascer. Sem essa adversidade não há vida, não há flores. Houve circunstâncias em que não encontrei a força e determinação do ipê. Achei que um momento específico de sofrimento pudesse ser o fim de algo. Não via como sobreviver em um clima árido. Percebi que perdemos a graciosidade do florescer porque não querermos passar pelo processo de sofrer. Eu fico imaginando o quão difícil é para a árvore manter-se estruturada e buscar pela sobrevivência, mas o quão mais difícil ainda é extrair forças para produzir sementes. Quando estamos

Imagem: Wikimedia Commons | Marcelocavalcanticruz

Samira Basi Colaboradora


Em Foco

sofrendo, ficamos tão cansados que qualquer esforço extra, parece que será o nosso fim. Mas não é. É apenas um processo necessário para nos manter mais fortes e belos. Todas as fases são necessárias, principalmente as fases de dor, pois “os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles” (2 Coríntios 4:7). Sei que não é fácil passarmos pelo inverno. Muitas vezes, durante esse processo, temos a sensação de que a estação fria pode durar mais tempo do que suportamos. Há um propósito de Deus em cada período da nossa vida e graça que nos sustenta de acordo com as características de cada um desses momentos. Temos que ter nossa raiz bem fundamentada em Cristo, pois é Ele que nos manterá vivos, concedendo força e vigor em tempos de seca.

Anne Bradstreet, uma poetisa britânica, escreveu que “se não tivéssemos inverno, a primavera não seria tão agradável: se não experimentássemos algumas vezes o sabor da adversidade, a prosperidade não seria tão bem-vinda”. Que possamos olhar os momentos difíceis como uma dádiva do Senhor. Confiando que há benção na adversidade. Deus tem todas as coisas certas, no tempo certo, pois “para tudo há uma ocasião certa; há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu: tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou [...] (Eclesiastes 3:1-2). Há uma beleza poética em um ipê. Há uma beleza poética no sofrimento. O ipê, no inverno, sem suas flores e folhas, parece uma árvore frágil. Na primavera, ele ganha tanta vida que suas flores são espalhadas pelo chão, de tal forma que até por alguns metros

longe do ipê é possível ainda presenciar seus vestígios. Quando um ipê floresce, todas as coisas ao redor são tomadas pela sua presença. Um ipê no meio do caminho me mostrou que a minha percepção é limitada. Que, quando eu acredito que algo está morrendo, na realidade, ele só está procurando forças em meio ao frio do inverno, para sobreviver e ser algo mais precioso na primavera. Em cada estação haverá um obstáculo, mas em cada obstáculo haverá uma oportunidade de renascer. A esperança renascerá e, com ela, nossas flores se espalharão, trazendo beleza e cor por onde passarmos. Testemunhando que o sofrimento de algo que pareceu ser o fim, nos deu força para florescer. 7

PI BCURI TI BA.ORG.BR • NOV 20 1 8


Homens

A COR DE NOVEMBRO TAMBÉM IMPORTA Bruna Bortoloti Jornalista

Imagem: Unsplash | Hush Naidoo

8

É um fato conhecido que, no mundo, existem mais mulheres do que homens. Só no Brasil, por exemplo, 51% da população total corresponde ao sexo feminino, contra 49% do masculino, segundo censo do IBGE de 2010. A diferença nos número acontece, principalmente, por fatores externos que interferem na longevidade dos homens ao redor do planeta, como o câncer de próstata. A saúde masculina ainda é pouco discutida, tanto por questões culturais quanto pela falta do acesso à informação sobre o assunto. Visando lançar uma luz sobre esse problema, foi criado, na Austrália, o Movember Foundation, que ficou conhecido no Brasil como Novembro Azul. Mesmo que existente desde 2003, a campanha só chegou ao Brasil em 2008, pelas mãos do Instituto Lado a Lado pela Vida e da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). Além de criar uma atmosfera de conscientização maior sobre o tema, a campanha também promove ações de

PIB C U RITI BA .O RG .B R • N OV 2 0 18

prevenção por estações de saúde em todo território nacional. Até o final do ano, estima-se que serão somados 68 mil novos casos desse tipo de câncer, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA). Foi constatado que a região Sul é a que apresenta maior número de casos: 96,85 para cada cem mil habitantes. Para combatê-lo, é necessário um trabalho não apenas físico, mas também mental, pois muitas pessoas ainda carregam certo preconceito para com o exame de toque retal, que deve ser realizado periodicamente com um urologista a partir dos 45 anos de idade. Esse talvez seja o principal objetivo do Novembro Azul: quebrar tabus e abordar o assunto com firmeza e naturalidade, trazendo mais vozes para essa doença que pode ser tão silenciosa.

Como apoiar a campanha? Quando se tem 90% de chance de cura com o diagnóstico precoce, todo o apoio é bemvindo na campanha. A ampla divulgação nas redes sociais, com fotos de perfil contendo a fita azul, por exemplo, permite que o assunto seja comentado por mais pessoas e, assim, torne-se mais conhecido. Para os homens, a melhor forma de apoio é a prevenção e o incentivo aos amigos e familiares do sexo masculino a fazerem o mesmo, desmistificando os medos em relação ao exame. Se você tem mais de 45 anos, converse com um urologista para realizar o exame adequado. Ser a favor da vida começa com gestos como esse.


9

PI BCURI TI BA.ORG.BR • NOV 20 1 8


Especial

DIA DO TEÓLOGO Isabelle Almeida Colaboradora da Revista

Imagens: Unsplash | Alexander Michl

10

O dia 30 de novembro é instituído no Brasil como o dia do teólogo. O teólogo é um estudioso que procura tornar a religião um saber racional. Teo = Deus; logia = estudo, ou seja, estudar a Deus, mas é claro que não conseguimos estudá-lo completamente, como podemos estudar e compreender inteiramente o nosso próprio criador? Estar em contato com a palavra revelada por Ele na bíblia é de suma importância para compreendermos um pouco de sua natureza divina. Entender como a religião influencia diretamente na vida do ser humano, como ela rege o pensamento da sociedade, ser um pesquisador e um professor da palavra são apenas algumas das diversas funções que um teólogo exerce. Diferente do que muitos pensam um teólogo não é necessariamente um pastor, ele pode ser apenas um pesquisador ou professor em outra

PIB C U RITI BA .O RG .B R • N OV 2 0 18

área do conhecimento. O seu papel como estudioso dos manuscritos é essencial para a sociedade. Ser teólogo é disponibilizar tempo no estudo de muitos livros e línguas, como grego, hebraico e aramaico e ao decorrer da história encontramos muitos teólogos, e estudiosos que dedicaram a vida ao estudo do evangelho. Um deles é Martinho Lutero, que relata em um de seus livros “What Luther Says: An Anthology”, uma forma que ele enxergou para homens estudarem teologia, “Quero que vocês saibam como estudar teologia de maneira correta. Eu mesmo tenho praticado este método… O método do qual estou falando é aquele que o rei Davi nos ensina em Salmos 119. Neste salmo, encontramos três regras, que são: oração, meditação e provação.

ENSINA-ME, SENHOR, O CAMINHO DOS TEUS DECRETOS, E A ELES OBEDECEREI ATÉ O FIM. DÁ-ME ENTENDIMENTO, PARA QUE EU GUARDE A TUA LEI E A ELA OBEDEÇA DE TODO O CORAÇÃO. SALMOS 119:33-35


Especial

Oração: “Dobre seus joelhos em seu quarto, em particular, e com sincera humildade e zelo ore a Deus por meio de seu amado Filho, para lhe conceder graciosamente o seu Espírito Santo, que o iluminará, guiará e dará entendimento.” Assim como todo o entendimento vem de Deus, todo o conhecimento de um teólogo provêm dEle. Invista em seu tempo de oração. Meditação: “Em segundo lugar, você deve meditar. Isto significa não somente que deve considerar a Palavra em seu coração, mas também que deve usar constantemente meios

externos, examinando e comparando, lendo e relendo a Palavra pregada, bem como as palavras gravadas nas Escrituras, observando e meditando, com dedicação, sobre aquilo que o Espírito Santo quer dizer.” Pedir o discernimento para Deus sobre a sua palavra é escutar a voz dEle. A leitura é muito importante. Provação: “Em terceiro, existem as provações. Isto é a pedra de toque. Elas nos ensinam não somente a conhecer e a entender, mas também a experimentar quão exata, verdadeira, agradável, poderosa, amável e confortadora é a Palavra de Deus;

ela é sabedoria suprema. Essa é a razão por que você observa que, no salmo indicado, Davi se referia frequentemente a todo tipo de inimigo… Pois, logo que a Palavra de Deus se torna conhecida para você, o diabo o afligirá, tornando-o um verdadeiro teólogo”. Para os teólogos e seminaristas, não desistam de buscar a verdade do evangelho, não permitam que o conhecimento se perca, medite na palavra de Deus. Afinal o estudo teológico é tentar evidenciar e tornar conhecido aos homens, a relação entre eles e o Criador

11

PI BCURI TI BA.ORG.BR • NOV 20 1 8


Adoração

ARTE PARA DIVULGAR CRISTO Juliana Reis Jornalista do Ministério de Comunicação

Imagens: Unsplash | Adam Walker

12

Este é o compromisso dos espaços Vida e Banda, Vida e Música, e Vida e Dança, do Ministério de Adoração, da Primeira Igreja Batista (PIB) de Curitiba. E para marcar o encerramento do segundo semestre, alunos das três frentes artísticas realizam apresentações, que neste ano ocorrerão nos dias 10, 13 e 27 de novembro, 05, 06 e 12 de dezembro. Segundo o coordenador dos espaços, Luzimar Primiano, os projetos transformam as famílias. “Famílias são alcançadas pela salvação. Alunos são transformados pelo entrosamento e dedicação. Professores se esmeram para que cada aluno dê o seu melhor. O Ministério de Adoração não tem uma escola de artes e sim projetos ministeriais em que vidas são transformadas”, explica. Confira a programação: 10/11 | 10h | Capela da PIB Curitiba | Recital Espaço Vida e Música Individual Uma apresentação em que os alunos do Espaço Vida e Música (aulas individuais) demonstram as habilidades desenvolvidas durante o semestre. Entrada Franca.

PIB C U RITI BA .O RG .B R • N OV 2 0 18

10/11 | 16h | Auditório 2º andar da PIB Curitiba | Recital de Musicalização Espaço Vida e Música Os pequenos tocam músicas que estudaram e apresentam para os familiares todo o repertório. Sob a direção da Professora Shirley Silva alunos de 4 a 7 anos cantam e tocam instrumentos emocionando pais e amigos. Entrada Franca. 13/11 | 20h | Templo da PIB Curitiba | Em Cena Soul Natal Concerto do Projeto Vida e Arte No Em Cena Soul Natal serão apresentadas músicas com o famoso estilo musical Soul, mas sempre levando a história do nascimento de Jesus. O Projeto Vida e Arte é o projeto em que investimos em crianças e adolescentes de Curitiba e Região, levando Jesus por meio da música. Os ingressos estão disponíveis na livraria da PIB. 27/11 | 20h | Templo da PIB Curitiba | Concerto de Natal do Espaço Vida e Música Neste Concerto, Clássicos de grandes nomes da música erudita serão lembrados como Beethoven, Grieg, Haendel e outros. Através de suas composições, a Orquestra

Experimental do Espaço Vida e Música trará à lembrança temas marcantes para o público. Entrada: 1kg de alimento não perecível. 05 e 06/12 | 20h | Templo da PIB Curitiba | Espaço Vida e Dança apresenta “A Rainha Ester” Uma simples moça que, com a ajuda poderosa de Deus, se transformou em uma grande rainha e conseguiu salvar o seu povo. Venha conhecer através de um lindo espetáculo de ballet, jazz e teatro essa incrível história. Entrada: 1kg de alimento não perecível. 11/12 | 20h | Capela | Recital do Espaço Vida e Banda Violonistas, bateristas, guitarristas e contrabaixistas se juntam para louvar ao Senhor sob a direção do Pr. Ragner Seifert. Venha conferir as bandas que estamos formando para próxima geração. Entrada Franca


Mastigar sem fazer esforço melhora a saúde como um todo, pois ajuda a digestão. Sorrir naturalmente, com uma dentição sem falhas e uma gengiva bem rosada. É isso que nos faz termos orgulho do sorriso que possuímos. Se você ainda não mastiga com segurança, nem sorri à vontade, está mais do que na hora de cuidar de sua qualidade bucal. A Clínica Odontowicz deseja ajudar você nisso.

Oferecemos aos leitores desta revista uma avaliação grátis. É isso mesmo. sua primeira consulta gratuita. A Clínica Odontowicz antecipa seu presente de Natal. Afinal, queremos você com um belo sorriso no rosto já em 2019. Ligue para nós agora mesmo e agende sua primeira consulta gratuita.

INFORME PUBLICITÁRIO

Possuímos uma Equipe Odontológica altamente qualificada. Nossos profissionais são extremamente experientes e têm verdadeira paixão por um belo sorriso. Realizamos Implantes e Próteses Dentárias, Dentística Restauradora (Tratamento Estético Dentário), Clareamento, Periodontia, Endodontia (Tratamento de Canal) e Cirurgias em Geral.

Eduardo Gurkewicz e Lilian Paino Doutores do Sorriso

PI BCURI TI BA.ORG.BR • NOV 20 1 8

13


Histórias Preciosas

U M M O V I M E N T O PA R A M O V I M E N T O S Marli Lima Ministério Eficiente

Em parceria com instituição americana, PIB de Curitiba entrega 200 cadeiras de rodas Entre os dias 15 e 19 de outubro, a Primeira Igreja Batista de Curitiba (PIB), em parceria com a Instituição Cristã Americana Joni and Friends (Joni e amigos), fez a entrega gratuita de 200 cadeiras de rodas, 50 andadores e 50 muletas a pessoas com deficiência que necessitam desses equipamentos para melhorar sua qualidade de vida.

Imagens: Unsplash | Doug Maloney

14

Foi a segunda vez que a igreja recebeu o apoio da Joni instituição. A primeira foi em 2017, quando foram distribuídas 200 cadeiras de rodas. A PIB mantém há 34 anos uma área de atendimento a pessoas com deficiência (surdos, cegos, cadeirantes e outras), e foi escolhida como uma das parceiras do projeto Wheels for the World (Rodas para o Mundo), que beneficia cadeirantes em vários países.

Joni, que dá nome à instituição, ficou tetraplégica em 1967, quando tinha 17 anos de idade e um mergulho mudou dramaticamente sua vida. A Wheels for the World foi fundada em 1994, com a primeira cadeira de rodas entregue em Gana. Hoje, o Centro Internacional de Deficiências de Joni e Amigos (IDC) fornece serviços de apoio a milhares de famílias afetadas por deficiências em todo o mundo. O pastor Adoniran Melo, que coordena o trabalho com deficientes da PIB, explica que 700 pessoas fizeram cadastro para receber as cadeiras de rodas. “Todas essas pessoas precisam de ajuda, mas foi necessário fazer uma triagem e selecionar as 200 que foram beneficiadas com esta entrega.”

PIB C U RITI BA .O RG .B R • N OV 2 0 18


Histórias Preciosas

Uma equipe de 20 pessoas da Joni and Friends se uniu a voluntários da PIB para fazer a entrega dos equipamentos. Bob Brooks, líder do grupo, explicou que a equipe paga as próprias despesas e já distribuiu mais de 100 mil cadeiras em diversos países. A intenção é chegar a 200 mil cadeiras de rodas até 2020, e o Brasil está na lista para receber mais entregas. As cadeiras de rodas são doadas para a Joni and Friends. Como são usadas, são enviadas para presídios e reformadas por presos. Saem em perfeito estado, como novas, e ganham novos usuários.

15

PI BCURI TI BA.ORG.BR • NOV 20 1 8


Capa

C A PA

A Primeira Igreja Batista de Curitiba (PIB) sediará, nos dias 8,9 e 10 de novembro, o Congresso Nacional de Sexualidade – Os desafios da Igreja, em sua primeira edição presencial, a fim de preparar as igrejas para lidarem com a demanda desta geração. O objetivo do congresso é trazer informação que gera conhecimento, conscientização sobre a responsabilidade da igreja na necessária mobilização social.

Imagens: Divulgaão Congresso Sexualidade - Desafios da Igreja

16

Juliana Reis Jornalista do Ministério de Comunicação

PIB C U RITI BA .O RG .B R • N OV 2 0 18


Capa

Segundo os organizadores, é necessário alcançar reformas de conhecimento, pensamento e comportamento que nos levem ao resgate e fortalecimento dos valores e princípios judaico-cristãos universais absolutos num contraponto à doutrina da relativização. O Pr. Alexandre Sombrio, um dos idealizadores do congresso e também responsável pelo Ministério de Aconselhamento da PIB, afirma que é necessária uma atenção especial para a temática da sexualidade nos dias de hoje. “A questão da sexualidade tem sido o calcanhar de Aquiles da nossa era, não importa a idade. Vemos isso aqui no Ministério de Aconselhamento, na igreja e na sociedade. Precisamos nos posicionar e falar sobre”, conta Sombrio. Valores perdidos, princípios quebrados. Basta olharmos ao nosso redor para notarmos que o mundo pede socorro. A sociedade vai de mal a pior e a família padrão, estabelecida por Deus, corre riscos. “As pessoas perderam a identidade, não sabem quem são e, assim, obviamente, saem em busca de alívio e fuga acreditando estar no álcool, nas drogas, em compulsões gerais ou na sexualidade. Em todas essas possibilidades, se for extinto o agente viciante, é possível mudar o comportamento; na sexualidade, no entanto, não”, afirma Alexandre. A sexualidade é algo interno, não há como fugir de quem somos. Alguns acabam afundando-se em uma sexualidade completamente desenfreada e não conseguem sair desse ciclo. Mas quem somos? A Palavra de Deus nos ensina em Gênesis 1:26 “Façamos o homem à nossa imagem, e conforme nossa semelhança...”. Criados semelhantemente ao Criador de todas as coisas, homem e mulher, o congresso tem como viés o resgate dessa identidade estabelecida por Deus. Restauração e valores são as bandeiras levantadas pelo congresso. “Deus pode restaurar, é um processo e é possível. Existem valores que a sociedade deseja mudar, mas nós, como igreja, não aceitamos. Defendemos a vida e os princípios cristãos”. Afirma Pr. Alexandre.

Restauração A sexualidade humana está inserida ao caos. Vivemos em um tempo onde a fluidez sexual tem sido promovida até mesmo em programas infantis. O indivíduo tem perdido sua identidade, não sabendo quem é. Isso tem ocorrido por conta da confusão generalizada causada por uma revolução cultural que tem sido implantada sorrateiramente há décadas. Temos uma boa notícia: a restauração é possível. Pode ser que ela aconteça no calor escaldante do deserto e poderá exigir atitude e posicionamento de quem à procura. É uma decisão sair da zona de conforto, se deixar trabalhar de dentro para fora, deixar um comportamento ou uma prática sexual descontrolada adquirida durante anos, exige no mínimo tempo, persistência e esforço para quebrar o ciclo vicioso. “Pode não ser fácil, porém é possível alcançar crescimento e amadurecimento durante o processo de restauração. Isto é um fato na vida de muitos que já trilharam este caminho”, afirma Saulo Navarro, palestrante no congresso. Isso se torna mais grandioso quando encontra-se pessoas disponíveis para ajudar na caminhada de restauração. “Uma caminhada dentro de uma relação de ajuda! Ao escrever sobre restauração de vidas não posso deixar de mencionar aqui a palavra ressignificação, que proporciona não somente restaurar aquilo que foi perdido como dar um novo sentido de vida em direção a verdadeira identidade do indivíduo”, conta Saulo. Deus nos chama para nossa verdadeira identidade e em Cristo é possível encontrar a resposta para a pergunta “quem sou eu?”.

PI BCURI TI BA.ORG.BR • NOV 20 1 8

17


Capa

Valores

18

Deuza Avellar, ativista pró-família e palestrante no congresso, afirma: “Temos vivido debaixo da doutrina da relativização, que é resultado do Marxismo Cultural, cujo objetivo de base é a destruição da família, Marx dizia: “A família é uma estrutura endemicamente perversa. Precisa ser destruída”. Todos os homens, mulheres e movimentos que vieram depois de Karl Marx levaram esta afirmação a sério e se dedicaram academicamente a esse intento”, diz ela. Sem fazermos análises do contexto histórico da época, é importante conhecermos alguns posicionamentos para não continuarmos sendo enganados. Alguns exemplos: Gramsci: “O mundo civilizado tem sido saturado com cristianismo por 2000 anos. Um regime fundado em crenças e valores judaico-cristãos não pode ser derrubado até que suas raízes sejam cortadas”. Joseph Stalin: “Uma nação moderna é como um corpo, cuja saúde baseia-se num tripé: Patriotismo, Moralidade e Espiritualidade. Enfraqueçam-se essas três áreas e qualquer nação desmorona por dentro”. Segundo Deuza, há muito tempo, numa perspectiva mundial e não apenas nacional, pessoas, instituições, movimentos estão trabalhando pela desconstrução dos valores éticos, morais e espirituais. Por isso, muitos princípios vêm sendo gradativamente esvaziados em virtude de os valores nos quais estão embasados estarem sendo relativizados. Sendo assim, temos, hoje, uma sociedade em que tudo pode. O certo deixou de ser pontual numa perspectiva de valores morais para depender de quem analisa e sob qual ângulo o faz. Ouvimos dos progressistas: “o mundo evoluiu, progrediu, não podemos negar isto e sermos retrógrados não aceitando as mudanças sociais, consequência dessa evolução”. Assim, temos vivido numa sociedade esvaziada dos princípios e valores judaico-cristãos que são universais e absolutos. Vamos contextualizar o que está acontecendo em nossa sociedade. Revolução sexual - Erotização de nossas crianças em idade precoce através da educação; feminilização do masculino; masculinização do feminino; vida sexual ativa cada

PIB C U RITI BA .O RG .B R • N OV 2 0 18

vez mais cedo; vício em pornografia, hoje uma pandemia; relacionamentos sem compromisso; valorização do corpo em detrimento do caráter; o ficar – relacionamento sem compromisso, exposição excessiva do corpo da mulher, etc. Família - Divórcio, desistência como marca de uma geração que não sabe lidar com frustração; crise de papéis; terceirização da criação dos filhos; casamento tardio, diminuição do número de filhos; famílias sustentadas por mulheres e homens acomodados; pais que desconhecem seu papel de fundamental importância na vida de seus filhos – pais ausentes; mulheres em desvio de função no casamento; “família” sendo constituída por pessoas do mesmo sexo; adoção de crianças por pares do mesmo sexo; constituições familiares fora do padrão descrito nas Escrituras Sagradas. Filhos - Liberação do aborto; liberação das drogas; permissividade nas relações pais e filhos; crianças incapazes de lidar com frustração; crianças na escola aos quatro anos, por força de lei; crianças precocemente erotizadas; crianças órfãs de pais dentro de suas próprias casas; crianças que não sabem esperar; crianças decidem, crianças escolhem, crianças ditam as regras na família; vício em tecnologia, vício em pornografia. Podemos entender que os valores são o freio de uma sociedade, que, se relativizados, são como um trem desgovernado, entregue a si mesmo, seguindo para o precipício. Haja vista os exemplos dados acima, que são uma triste fotografia da nossa presente sociedade. Diante dessa situação, o Corpo de Cristo precisa se posicionar a fim de que os valores e princípios sejam estabelecidos e respeitados na sociedade. “Temos, como Corpo de Cristo, um convite da parte de nosso Deus para sermos luz do mundo e sal da terra exercendo com racionalidade e sabedoria nosso papel dentro da sociedade e deixando cada um de nós, atrás de si, a marca do amor salvífico de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo”, finaliza.


Capa

Preletores Damares Alves Educadora, advogada, pastora e assessora parlamentar. Há mais de 20 anos ministrando sobre a defesa da criança, dos direitos dos pais e da família e da vida humana, seja qual for a etnia ou cultura. Daniela Zanuncini Psicóloga, palestrante sobre Comportamento Humano, Comportamento do Consumidor, Gestão de Conflitos e Liderança. Especialista em Psicologia do Corpo e Biossíntese – Psicodrama e Sistêmica – Consultora em Gestão Estratégica de Pessoas. Dayana Martins Membro da 1ª Igreja Batista de Curitiba, pedagoga, fundadora e líder do Ministério Nova Identidade. Deuza Avellar Coordenadora do Congresso Sexualidade, membro da 1ª Igreja Batista de Curitiba, psicóloga clínica, especialista em traumas, presidente da Abrapsia, membro do Grupo Gestor Reage Brasil, membro do Conselho Técnico da Saúde do Instituto Tecnologia Dignidade Humana, membro da Comissão de Proteção à Criança e Adolescente da ACIPG, membro do Movimento Infância Protegida, palestrante sobre temas relacionados à sexualidade e à família. Flúvio Garcia Membro da 1ª Igreja Batista de Curitiba, especialista em crimes cibernéticos, líder do Núcleo de Repressão ao Crimes Cibernéticos da Polícia Federal do Paraná, com ênfase investigativa para os delitos de ódio e de pornografia infantojuvenil praticados pela Internet. Membro do Instituto Brasileiro de Direito da Informática (IBDI), do Instituto Brasileiro de Direito Eletrônico (IBDE) e do High Technology Crime Investigation Association (HTCIA).

Maria C. Santos Advogada, especialista em proteção integral a crianças e adolescentes. Membro consultora da Comissão da Criança e do Adolescente da OAB/PR. Saulo Navarro Membro da Igreja Batista do Bacacheri, Coordenador do Congresso de Sexualidade e do Ministério Fonte de Jacó – Lugar de Encontro e Ressignificação de Vidas, palestrante sobre temas relacionados à sexualidade e à família. Tânia Guerreiro Palestrante na prevenção e combate ao abuso sexual infantil – Pedofilia. Viviane Petinelli Pós-doutora em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais, com período no Ash Center for Democratic Governance and Innovations da Harvard Kennedy School of Government, USA. Viviane é especialista em políticas públicas e participação social, com ênfase em Políticas Sociais, como Política de Educação e de Saúde, e Políticas de Direitos como a Política de Direitos da Criança e do Adolescente e da Mulher.

Confira a Programação da Conferência na próxima página;

PI BCURI TI BA.ORG.BR • NOV 20 1 8

19


20

PIB C U RITI BA .O RG .B R • N OV 2 0 18


Mulheres

VIOLÊNCIA CONTRA MULHER: PRECIS AMOS FAL AR SOBRE IS SO!

Imagens: Unsplash | Becca Tapert / Divulgação DNA da Mulher Brasileira

Ariane Regis Silva Advogada, diaconisa e gestora do DNA da mulher brasileira

Maria é casada com João, tem 2 filhos. A família faz parte da igreja há 10 anos. São voluntários em diversos ministérios. Maria começou a apresentar diversos problemas de saúde. Exames foram feitos, mas nada foi encontrado. A dor no estômago era cada vez mais forte e frequente. O pastor da igreja foi chamado para orar. Aproveitando a ausência do marido, Maria sentiu-se livre para desabafar. Para surpresa, sua família estava sofrendo. João, homem tão bom, em casa se transformava. Utilizava-se de diversos xingamentos e humilhava Maria de forma constante. As palavras duras de João eram piores que um soco. A família, muitas vezes, passava necessidade, mesmo tendo condições financeiras. O pastor ouviu Maria e orou com ela. Essa é uma história fictícia. Mas, infelizmente, é a realidade de muitos lares cristãos. Estudos mostram que 40% das mulheres que buscam auxílio nas delegacias da mulher são evangélicas. É um dado alarmante que não pode ser desconsiderado. E a igreja está pronta para enfrentar a violência contra mulher? A Igreja tem um papel fundamental neste enfrentamento, já que possui um acesso às

famílias, que nem o próprio Estado tem. Contudo, sem treinamento e expertise, a igreja pode mais atrapalhar do que ajudar, e, muitas vezes, sentenciar a morte da mulher que busca socorro. O primeiro passo, então, é reconhecer que a violência é uma realidade existente dentro da igreja e encorajar a liderança a encarar a violência seriamente. O segundo é propiciar um local de acolhimento, onde as vítimas são ouvidas de forma respeitosa e sem acusações, e os agressores são acompanhados e desafiados a mudanças. Para responder a esse anseio, surgiu o DNA da Mulher Brasileira, que é uma aliança interdeno-

minacional que procura capacitar mulheres para serem suporte em tempos de crise. A primeira capacitação iniciou-se no último dia 05 de outubro, com 130 mulheres representando 20 denominações evangélicas e católicas. Essas mulheres serão responsáveis pela abertura dos núcleos de apoio (N.ap) em suas comunidades. Cremos que o DNA é uma das respostas da igreja para o enfrentamento da violência contra mulher Para mais informações, ligar para 99966.6401 ou www.facebook. com/dnamulherbrasileira/

PI BCURI TI BA.ORG.BR • NOV 20 1 8

21


Social

A vida da Igreja

Seis Anos No dia 26 de setembro a equipe do MOPS se reuniu para comemorar seus seis anos de ministério.

Florescendo Esse foi o tema da reunião no dia 03 de outubro do Ministério 60+ em comemoração ao Dia Internacional do Idoso.

Imagens: Divulgação PIB Curitiba

22

Encerramento No dia 23 de setembro aconteceu o encerramento do curso de noivos do segundo semestre.

Connect Nos dias 4 e 5 de outubro músicos de todo Brasil aprenderam com o Ministério Compromisso Adoração.

Sonho de Meninas

Fé e Ambiente Organizacional

No final de semana do dia 6 e 7 de outubro os Jovens Adultos promoveram o chá missionário “Sonho de Meninas”.

Esse foi o tema do encontro do dia 8 de outubro do Holy Hour que acontece às segundas-feiras.

Vencedores No culto dos Atletas do dia 12 de outubro durante o Child Skate Day foram divulgados os vencedores da categoria patinete control. PIB C U RITI BA .O RG .B R • N OV 2 0 18

Entrega Dos dias 15 a 19 de outubro o Ministério Eficiente em parceria com a ONG Joni and Friends entregou mais de 200 cadeiras de rodas.


Tu r m a d e P r i m e i r a

MENINO, MENINA... PRESENTES DE DEUS! Pr. Waldir Fabrício dos Santos

Imagens: Unsplash | Rafaela Biazi

Ministério Infantil

Positivo no teste de gravidez, pergunta inevitável: menino ou menina? Eis a questão. E, diante da curiosidade da mamãe, do papai e de todo mundo a tecnologia resolve com exames cada vez mais detalhados e surpreendentes. Sabe-se que durante a concepção o sexo do bebê é determinado. Gênero masculino ou gênero feminino, decisão biológica. Depois é aguardar o nascimento, o primeiro chorinho e os muitos outros que virão. Simples assim. Era simples assim, mas hoje parece querem complicar tudo, inclusive dizendo que masculino ou feminino são construções sociais e culturais. Rejeitamos esse absurdo: menino é menino, menina é menina. Compartilho a experiência do nascimento dos nossos dois filhos, para mostrar que a vida é presente de Deus. Diante da impossibilidade da gravidez que não acontecia, mesmo sendo feita continuamente a lição de casa e, quando buscávamos prováveis causas em consultas médicas, fomos surpreendidos com o teste positivo da gravidez. Então, há 26 anos nascia nosso primeiro filho, Matheus, o “presente de Deus” que enriqueceu, abençoou e abençoa nossas vidas, bem como as de quem com ele interage. Lembro que, em concurso de frases promovido pelo Jornal do Oeste em Toledo-PR, para o dia dos namorados (12/06/1992), inscrevi a frase: “Gu-gu, dá-dá, gut,gut, buá-buá, unhé-unhé...tradução: quero nascer logo para ver a namorada linda que o papai tem. (Ruth ou Matheus)”. Sim, duas opções, pois escolhemos não saber se seria menina ou menina de tão contentes que estávamos com a maravilhosa notícia. Com o corre-corre, fui saber só no dia 15 que o Jornal chamava o autor da frase para ir buscar o prêmio. Naquela tarde fui com a Cleci até a redação do Jornal para a identificação e gentilmente fomos recebidos, para recebermos o prêmio - uma assinatura anual do JO. Uma foto e uma legenda mostrava, na edição seguinte, que havia aparecido o autor da frase com a sua namorada. Após sair do Jornal, fomos diretamente ao médico para a última consulta e a Cleci ficou por lá... o Matheus estava chegando e nasceu na manhã do dia 16. Comuniquei o fato ao Jornal e no dia seguinte nova manchete: “Nasce o Matheus e vê a namorada linda do papai”.

O Matheus crescia e queria uma irmã mais velha (complicado) ou um irmãozinho. Orávamos e agíamos para isso, mas os anos passavam e nada. Em 1999, quando buscávamos saber pela medicina, a causa da impossibilidade da segunda gravidez, fomos surpreendidos pela notícia da grave enfermidade do meu sogro Sérgio Chini - um câncer fatal que, em três meses, interromperia a sua caminhada por aqui. Naquela situação, estando no hospital com ele, fui surpreendido pela Cleci com o teste positivo da segunda gravidez. Sim, mais um bebê. Quando a Cleci contou para o Matheus que ele ganharia um irmãozinho, ele fez uma singela oração, mais ou menos assim: “Quem é como o Senhor Deus que escutou minha oração e me deu um irmãozinho. O Senhor é maior que os outros deuses... obrigado”. Exatamente no dia 16/06/2000, nasceu nosso lindo bebê. Pensando em um nome, descobri que na língua hebraica a expressão “Quem é como o nosso Deus”, é Micael, Miquéias. Assim, escolhemos “Michel” para nominar nosso segundo, maravilhoso e ansiosamente esperado presente de Deus. O Michel sabe que o seu nome é derivado do início da oração singela do seu agradecido irmão. Fazemos esse registro para agradecer primeiramente a Deus que, imutável, tem sido maravilhoso para conosco e nos abençoado com os dois filhos no mesmo dia e mês. Agradecer também a todos que fizeram parte dessa história: médicos, enfermeiras, amigos e a todos que participaram dessa alegria conosco. E, também animar aqueles que esperam de Deus algo impossível. A vida é um presente dEle e temos que confiar, pois Ele, a seu tempo, sempre nos surpreende com o melhor. Waldir Fabrício dos Santos, engenheiro civil, pastor & Cleci Chini Fabrício dos Santos, pedagoga.

Tarefa para a família Façam a árvore genealógica da família e conversem sobre as circunstâncias do nascimento de cada um.

PI BCURI TI BA.ORG.BR • NOV 20 1 8

23


Acontece na PIB

Eventos da PIB

CONGRESSO DE SEXUALIDADE

DIAS: 8 A 10 DE OUTUBRO

Nos dias 8, 9 e 10 de novembro acontece na PIB o Congresso Nacional sobre Sexualidade e os Desafios da Igreja, a fim de preparar as igrejas para lidarem com a demanda desta geração. Será discutido a conscientização sobre a responsabilidade da igreja para a necessária mobilização social. As plenárias são gratuitas e as inscrições para oficinas são online.

EM CENA SOUL NATAL DIA: 13 DE NOVEMBRO | 20H | TEMPLO

O Projeto Vida e Arte apresenta o concerto de natal Em Cena Soul Natal, um concerto com roupagem na soul music. Toda renda arrecadada com os ingressos será revertida para o Projeto que visa auxiliar crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade através da música. Os ingressos podem ser comprados pela internet ou na livraria.

RETIRO VIDA VITORIOSA

DIAS: 23 A 25 DE NOVEMBRO

O Retiro Vida Vitoriosa é um final de semana para dar um renovo em áreas da vida que não estão exatamente como deveriam estar. É um tempo para rever princípios, valores e se colocar diante de Deus para buscar aquilo que Ele Planejou para cada um de nós. A próxima edição já está com as inscrições abertas pela internet.

24

RECITAIS DE FIM DE ANO

NATAL EM FAMÍLIA 2018

Já pensou em contribuir para transformar a vida de várias pessoas neste Natal? A Campanha Natal em Família 2018, promovida pela Associação Batista de Ação Social (ABASC), já está a todo vapor esperando a sua contribuição. Nossa meta neste ano é distribuir 900 cestas de natal e 500 brinquedos para famílias em situação de vulnerabilidade. Você pode contribuir doando uma cesta e/ou brinquedo na recepção da Igreja ou através do site pibcuritiba.org.br/natalemfamilia.

PIB C U RITI BA .O RG .B R • N OV 2 0 18

RETIRO DA FAMÍLIA

Já estão abertas as inscrições para o próximo Retiro da Família. Será no Hotel Monthez, em BrusqueSC. Aproveite para levar toda a sua família para o Retiro que tem data marcada para o Feriado de Carnaval do ano que vem.

Os Espaços Vida convidam a igreja para os recitais de fim de ano que acontecerão nos próximos meses: 10/11 | 10h | Capela | Recital Espaço Vida e Música Individual 10/11 | 16h | Auditório 2º andar | Recital de Musicalização Espaço Vida e Música 27/11 | 20h | Templo | Concerto de Natal do Espaço Vida e Música 05 e 06/12 | 20h | Templo | Espaço Vida e Dança apresenta “A Rainha Ester” 11/12 | 20h | Capela | Recital do Espaço Vida e Banda


25

PI BCURI TI BA.ORG.BR • NOV 20 1 8


26

PIB C U RITI BA .O RG .B R • N OV 2 0 18


Divulgação

Estamos liquidando TUDO para mudança de fornecedores. Os anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes, devendo qualquer contato ser feito diretamente com as empresas.

Descontos de 15% a 50% EM BREVE NOVIDADES!

Executiva Moda Feminina

Lj_executiva

Shopping Itália - Piso Térreo R. MAL Deodoro 630 - Centro - Curitiba (41) 3024- 4361 / (41) 99538-9986

27

/

www.audranobrega.com.br arquitetura.interiores.consultoria gerenciamento.regularização 41.98842-1781 PI BCURI TI BA.ORG.BR • NOV 20 1 8


Divulgação

28

TELESOM

Condições Facilitadas de Pagamento Laboratório Próprio Melhor Custo Benefício

Aparelhos Auditivos & Ótica

Membros da Igreja ganham desconto nos Aparelhos Auditivos e na Ótica

41. 3322-9797

Rua: Marechal Deodoro 352 - Centro

Faça um Teste Grátis e conheça a tecnologia dos aparelhos auditivos da Telesom 41. 99597-1283

@otica352

@lojatelesom

UMA VISÃO INTEGRADA DO SER HUMANO Atendimento a: Crianças | Adolescentes | Adultos | Idosos Av. Sen. Souza Naves, 1080 - Cristo Rei, Curitiba (41) 3278-4335 | www.cdhintegracao.com.br PIB C U RITI BA .O RG .B R • N OV 2 0 18

Nossas especialidades:

Psiquiatria Psicopedagogia Fisioterapia Nutrição Psicologia Fonoaudiologia Musicoterapia Terapia Ocupacional


Divulgação

LATARIA E PINTURA MARTELINHO DE OURO AMASSADOS DE GRANIZO ESPELHAMENTO/VITRIFICAÇÃO Deus é Fiel

R. BRASÍLIO ITIBERÊ, 2354 - PRÓX. ARENA 29

PI BCURI TI BA.ORG.BR • NOV 20 1 8


Programação

Horário de Cultos

9h

10h30

11h

17h 19h

Domingo Cultos Turma de Primeira Escola Bíblica Dominical Escola Bíblica Infantil Culto Matutino Culto Ame (Deficientes Intelectuais) Culto em Inglês Cultos Turma de Primeira Escola Bíblica Dominical Escola Bíblica Infantil Culto Matutino Culto em Italiano (2º dom. do mês) Grupo Alternativo de Narcóticos Turma de Primeira Culto Noturno

Segunda-feira 8h Atendimento Social Orientação jurídica gratuita 14h Mãos que Abençoam (tricô e crochê para voluntariado) 18h30 Holy Hour 20h Culto dos Advogados Cristãos 30

14H30 19h 19h30 20H

Terça-feira Mulher Cristã em Ação Patchwork e Bordados Sopa Solidária Centro de Formação Ministerial Uma Mulher de Fé Amor Exigente Culto de Casais (mensal)

Quarta-feira 13h30 Confraria da Maturidade Escola Bíblica 19h Escola Bíblica - Eficientes 20h Culto de Oração 14h 15h 19h 19h30 20h

Sexta-feira 15h Culto dos Cadeirantes 18h Células dos Adolescentes Culto dos Adolescentes 19h30 Culto dos Cegos Amigos em Cristo (1ª sextafeira do mês) 20h Culto da Vitória 21h30 Culto dos Atletas Sábado 9h30 MOPS (3º sábado) Grupo de Pais de Autistas (2°

Quinta-feira Formiguinhas de Jesus (tricô) Estudo Bíblico em inglês Centro de Formação Ministerial Escola Bíblica Montanhistas de Cristo Celebrando a Restauração Surfistas de Cristo

14h30 sábado do mês) Embaixadores do Rei Mensageiras do Rei 15h Narcóticos Anônimos 18h 19h30

Culto de Surdos Escola Bíblica Jovens Culto de Jovens Culto de Jovens Adultos

A vez do Leitor Chegou a hora de você fazer parte da Revista Dia a Dia com Deus. Compartilhe com a gente sua história, testemunho, opinião sobre alguma matéria ou dúvida; Existem várias formas de fazer isso: - Whatsapp: (41) 99189.7300 Utilize o “whats” para enviar um recado curto. - E-mail: jornalismo@pibcuritiba.org.br Se a mensagem for maior e mais detalhada mande seu texto por e-mail. - Hashtag: #revistaDDD #eunaPIB #cultodeDomingo #DomingonaPIB #PIBCuritiba Nas redes sociais, use as hashtags acima para encontrarmos suas fotos, mensagens e vídeos.

instagram.com/pibcuritiba youtube.com/pibcuritiba

facebook.com/pibcuritiba

/diaadiacomdeustv /diaadiacomdeuslibras /altatensaotv

pibcuritiba.org.br/app

ajornada.com.br

PIB C U RITI BA .O RG .B R • N OV 2 0 18

Atendimento telefônico ou presencial: Segunda à Sexta 9h às 12h e das 14h às 21h Plantão: (41) 3091- 4487 | (41) 3091- 4485 | (41) 3091- 4346 Informações: (41) 3091-4445

Dízimos e Ofertas CNPJ PIB: 75.051.458/0001-79 | CNPJ ABASC: 02.052.396/0001-46

Acesse nossas mídias sociais:

flickr.com/pibcuritiba

Contato: (41) 99902-6601

Contas para depósito de dízimos e ofertas:

Aguardamos seu contato.

twitter.com/pibcuritiba

Sábados e Domingos 24h | Segunda à Sexta 21h às 9h

Banco do Brasil Ag 3007-4 CC 105045-1 Bradesco Ag 2369 CC 16-7 Itaú Ag 3835 CC 33218-4 Caixa Econômica PIB: Ag 1316 CC 1290-0 Op. 003 ABASC: Ag 1316 CC 1655-7 Op. 003 Favor enviar o comprovante de depósito para: contribuicao@pibcuritiba.org.br.


Programação

Grupos do Ministério de Oração

We b Rádio web • Mensagem | 15h

Domingo:

• Louvor Diário | 11h

Sentinelas de Oração: 10h30, no Jardim

• Portal Igrejas | 15h

de Oração. Terça-feira: Mulheres que Oram: 14h, no 2º Andar.

• Poder Total | 09h30 • Paz e Luz | Segunda a Sexta-feira - 10h | Dom - 12h • Som do Céu (Curitiba, PR) | 12h • Timburi FM 98,5 (Andirá, PR) | 07h30 • Nas Mãos do Altíssimo FM100.1 e WEB | 8h | 18h00 • Momento Gospel Brasil | 21h

Casa de Oração: 22h, no 4º Andar.

• Chik

Quarta-feira:

Rádio

Sentinelas de Oração: 9h, no Jardim de

Curitiba e Região Metropolitana

Oração.

• Mensagem com Pr. Paschoal Piragine Júnior

Orando pelos Funcionários: 14h, no

• Gospel FM 89,3 Terça a sexta-feira – 22h Sara Brasil. FM 107,5 Terça a sexta-feira – 6h e 22h

Salãozinho.

• Marumby. AM 730 Segunda a sexta-feira – 7h30

Mães que Oram: 14h30, no Jardim de

• Alta Tensão

Oração. Quinta-feira:

Dia a Dia com Deus

• Gospel FM 89,3 Segunda-feira - 22h Sara Brasil FM 107,5 Segunda-feira - 22h • Outras regiões • Alfa FM 104,9 (Catuporanga, PR) – 06h • Aliança FM 98,3 (Paranaguá, PR) – 18h • Araucária FM 98,7 (Pranchita, PR) – 12h

Casa de Oração: 12h, no 4º Andar.

• Iguaçu FM 104,9 (Planalto, PR) – 13h

Sexta-feira:

• Sertão FM 87,9 (Sertanópolis, PR) – 08h30

Orando por Atletas: 20h30, no 4º Andar. Diariamente:

• Ômega FM 93,9 (Guarujá, SP) – 14h30

TV Curitiba e Região Metropolitana Programação produzida pela PIB Curitiba em diversos horários.

Alvorecer com Deus: 6h, na Capela.

REDE SUPER, canal 31.1 UHF

Rede de Intercessão Via Internet (RIVI)

Dia a Dia com Deus

ministeriooracao@pibcuritiba.org.br

CENTRAL TV, canal 25 na NET Quinta-feira às 16h

Relógio de Oração ministeriooracao@pibcuritiba.org.br PI BCURI TI BA.ORG.BR • NOV 20 1 8

31


influência TODO MUNDO TEM

21 - 23 DE MARÇO 2019 pibcuritiba.org.br/summit

Palestrantes de nível mundial, um conteúdo prático, inovador e inspirador, num local perto de você.

Participar do Summit trás benefícios significativos*

79

MELHOR TRABALHO EM EQUIPE

% aumentou a satisfação no trabalho e a produtividade

68

dos participantes sentiram que o trabalho em equipe melhorado

AUMENTO NA EFETIVIDADE ORGANIZACIONAL

%

dos participantes dizem que sua organização é mais efetiva porque uma visão mais clara priorizou atividades essenciais em detrimento a atividades não essenciais.

MAIOR IMPACTO NA COMUNIDADE

60

dos participantes citaram formas concretas em que serviram aos mais pobres, confortaram os feridos, instruíram outros, ajudaram os mais novos ou lutaram contra a injustiça.

25

dos participantes relataram um relacionamento pessoal com Deus revitalizado depois do último Summit.

%

“John C. Maxwell, um autor best-seller Nº1 do New York Times, coach e palestrante, foi identificado nos últimos anos como o líder Nº1 em negócios pela American Management Association e especialista em liderança mais influente do mundo pela Inc. Suas organizações - The John Maxwell Company, The John Maxwell Team e EQUIP - treinaram mais de seis milhões de líderes em toda nação. Seu último livro é Developing the Leader Within You 2.0.”

FÉ REVITALIZADA

%

CORAGEM RENOVADA

10%

Conheça os demais preletores

e se inscreva em pibcuritiba.org.br/summit

See the Faculty Lineup

dos participantes disseram que teriam abandonado sua posição de liderança sem a inspiração do Summit para perseverar.

<add website>

*Pesquisa independente realizada em 2017 pelo Excellence in Giving baseada em dados dos participantes dos Summits nos E.U.A..

/summitpibcuritiba pibcuritiba.org.br/summit

Revista Dia a Dia com Deus | Novembro 2018  
Revista Dia a Dia com Deus | Novembro 2018  
Advertisement