Issuu on Google+

Capa_Desenvolvimento_Motor_2010.pdf

1

5/3/2010

11:14:02

I SBN 85 - 7655 - 016 - 4

9 788576 550167

TERCEIRA EDIÇÃO

COMPREENDENDO O DESENVOLVIMENTO MOTOR BEBÊS, CRIANÇAS, ADOLESCENTES E ADULTOS

01.pré-textual e

1

2/9/05, 4:45 PM

TERCEIRA EDIÇÃO

COMPREENDENDO O DESENVOLVIMENTO MOTOR BEBÊS, CRIANÇAS, ADOLESCENTES E ADULTOS

DAVID L. GALLAHUE Indiana University

JOHN C. OZMUN Indiana State University

Revisão Científica PROF. DR. MARCOS GARCIA NEIRA Docente e Pesquisador da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo

01.pré-textual e

3

2/9/05, 4:45 PM

Título original em inglês:Understanding Motor Development: Infants, Children, Adolescents, Adults – Fifth Edition Copyright© 2002 by McGraw-Hill Companies, Inc. All rights reserved. Direitos adquiridos para Língua Portuguesa pela Phorte Editora Ltda. 3ª edição brasileira — 2005 Rua Galvão Bueno, 714 – Cjs. 11-14 e 16 Liberdade - São Paulo - SP CEP: 01506-000 – Brasil Tel: (11) 3207-2923 e 3209-2793 Fax: (11) 3207-0085 Site: www.phorte.com E-mail: phorte@terra.com.br

Produção e Supervisão Editorial: Gerente Editorial: Tradução:

Revisão Científica: Preparação: Revisão: Projeto Gráfico e Editoração Eletrônica: Capa: Impressão:

Fábio Mazzonetto Sérgio Roberto Ferreira Batista Maria Aparecida da Silva Pereira Araújo Juliana de Medeiros Ribeiro Juliana Pinheiro Souza e Silva Marcos Garcia Neira Maria Cristina Miranda Bekesas Felipe Freires Carvalho Marcela Mitie de Souza Magari Waldelice Helena de Moraes Dias Márcio Maia Edelbra

Nenhuma parte deste livro pode ser reproduzida ou transmitida de qualquer forma ou por quaisquer meios eletrônico, mecânico, fotocopiado, gravado ou outro, sem autorização prévia por escrito da Phorte Editora Ltda. CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ. G158c Gallahue, David L. Compreendendo o desenvolvimento motor: bebês, crianças, adolescentes e adultos/ David L. Gallahue, John C. Ozmun; revisão científica de Marcos Garcia Neira; [tradução de Maria Aparecida da Silva Pereira Araújo, Juliana de Medeiros Ribeiro, Juliana Pinheiro Souza e Silva]. – 3.ed. – São Paulo: Phorte, 2005 600p.: il.; Tradução de: Understanding motor development: infants, children, adolescents, adults – 5th ed Apêndice Inclui bibliografia ISBN 85-7655-016-4 1.Capacidade motora nas crianças. 2. Capacidade motora. 3. Educação física para crianças. I. Ozmun, John C., 1958-. II. Título.

04-3136. CDD 152.3 CDU 159.943

Impresso no Brasil Printed in Brazil

01.pré-textual e

4

2/9/05, 4:45 PM

V

APRESENTAÇÃO À EDIÇÃO BRASILEIRA

Tomei contato com as idéias desenvolvimentistas em 1988, quando as concepções do professor David Gallahue foram bem recebidas no Brasil através do seu Understanding Motor Development in Children. Naquele tempo, a Educação Física enfrentava um período de ebulição de visões e propostas. Para nós, professores envolvidos com a melhoria do desempenho motor e cognitivo das crianças, o desenvolvimentismo nos indicou um caminho seguro, uma direção a seguir. Conheci pessoalmente o professor David Gallahue no início dos anos 90 durante um encontro científico na universidade. Nunca mais o abandonei como aluno, por ser leitor de seus textos, e como amigo, por tudo o que depois compartilhamos, a partir de um encontro em 2002, em favor da pesquisa e divulgação da Educação Física, pelas conversas, pelo respeito e carinho, que distâncias no espaço e no tempo de nossas vidas nunca puderam prejudicar. Admiro sua pessoa, sua competência didática, seu profundo e rigoroso conhecimento do desenvolvimento humano e sua paixão pelo ensino; sinto-me tocado pela sua visão humanista do movimento e pelo papel por ele atribuído à motricidade na formação do homem. Por isso, agradeço ao Prof. Fábio Mazzonetto, Editor da Phorte, quando em 2000, e agora em 2005, propôs-se a traduzir a quarta e a quinta edições deste livro, honrando-me com a responsabilidade de proceder à revisão científica. Graças à iniciativa desta casa editorial, o público de língua portuguesa ganha um excelente texto de conteúdo e forma brilhantes, por quem tem a melhor condição de fazê-lo. Toda a vigência e abrangência da teoria desenvolvimentista, ricamente ilustrada por gráficos e tabelas, aqui se desvela, e é o coroamento de uma obra iniciada há mais de duas décadas. Meu propósito aqui não é fazer um resumo do livro, mas apenas comentar um pouco so-

01.pré-textual e

5

bre alguns aspectos que me encantaram em sua leitura, do uso que estou fazendo dele e do quão grato sou aos professores David Gallahue e John Ozmun, por tê-lo escrito. Na sua primeira unidade, os autores nos apresentam os conceitos básicos do desenvolvimento sob o olhar de diversas teorias. Destaca-se aqui, a preocupação com o enfoque desenvolvimentista do movimento e suas articulações com os demais domínios do comportamento humano. A seguir, na segunda, terceira, quarta e quinta unidades, cada uma das etapas que compõem o ciclo de vida humano são analisadas. Desde o período pré-natal, quando todos os fatores ambientais e hereditários que possam influenciar no desenvolvimento posterior são mapeados e estudados, até a terceira idade, quando, num capítulo magnífico, os autores brindam seus leitores com uma análise integradora, reunindo aspectos da vida social e a possibilidade de interferências de fatos da vida cotidiana no desenvolvimento motor. Finalizando a obra, na sua última seção, Gallahue e Ozmun nos apresentam um espectro de avaliação e uma sugestão curricular de atuação desenvolvimentista, instrumentos fundamentais à atuação coerente do profissional do desenvolvimento humano. Como educador, vejo este livro como se o professor Gallahue tivesse resolvido dedicar o melhor de seus esforços de reflexão na elaboração teórico-prática destes últimos, para poder contemplar os trabalhadores da formação humana aquilo de que necessitamos. Muito obrigado, Professor. Marcos Garcia Neira Docente e Pesquisador da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo

2/9/05, 4:45 PM

VI

PREFÁCIO

PÚBLICO-ALVO Compreendendo o Desenvolvimento Motor é escrito para estudantes que estão fazendo um primeiro curso sobre desenvolvimento motor. Ele é apresentado de maneira fácil de compreender e utilizar, tendo valor significativo para educadores de várias disciplinas, incluindo educação física, terapia ocupacional e física, educação especial, educação pré-escolar e educação elementar e secundária. Este texto fornece tanto o perfil explicativo como o perfil descritivo do indivíduo, desde a concepção até a idade adulta. ABORDAGEM O desenvolvimento é um processo que se inicia na concepção e continua ao longo da vida. Esta edição discute o desenvolvimento motor a partir da concepção até a idade adulta. Além disso, escolhemos incluir fatores afetivos e cognitivos básicos que o afetam durante cada um desses períodos e expandimos a cobertura desses tópicos. A incorporação da teoria dos sistemas dinâmicos, juntamente com o modelo da ampulheta das fases e estágios do desenvolvimento motor, ajuda a fornecer ao leitor uma base explicativa para os processos e efeitos do desenvolvimento motor. CONTEÚDO Organização Unidade I: Fundamentos fornece ao leitor informações introdutórias essenciais sobre o estudo do desenvolvimento motor. O capítulo 1, “Compreendendo o Desenvolvimento Motor: Uma Visão Geral”, examina a história, métodos de estudo, problemas de pesquisa e a terminologia usada no estudo do desenvolvimento motor. O capítulo 2, “Modelos de Desenvolvimento Humano”, oferece uma discussão de modelos desenvolvimentistas do desenvolvimento da criança. Atenção particular é dada à teoria dos sistemas dinâmicos, bem como aos trabalhos de Jean Piaget, Erik Erik-

01.pré-textual e

6

son e Urie Bronfenbrenner e às implicações de cada um desses trabalhos no desenvolvimento motor. No capítulo 3, “Desenvolvimento Motor: Um Modelo Teórico”, uma estrutura teórica para o estudo do processo de desenvolvimento motor é apresentada. As fases e estágios deste modelo permanente, bem como os subsistemas da tarefa, do indivíduo e do ambiente, servem como estrutura organizacional para o restante do texto. No capítulo 4, “Fatores que Afetam o Desenvolvimento Motor”, há uma importante discussão dos fatores críticos relativos ao indivíduo, ao ambiente e às tarefas motoras que influenciam o processo do desenvolvimento ao longo da vida. Unidade II: Primeira Infância trabalha com uma variedade de tópicos desenvolvimentistas importantes da primeira infância. O capítulo 5, “Fatores Pré-Natais que Afetam o Desenvolvimento”, é devotado à discussão daqueles fatores anteriores ao nascimento que podem afetar o desenvolvimento motor posterior. O “Crescimento Pré-Natal e Infantil” é o tópico do capítulo 6. Este capítulo fornece ao leitor o perfil descritivo do processo de crescimento no início da infância. O capítulo 7 examina os “Reflexos Infantis e Esteretipias Rítmicas” no recém-nascido e no bebê. Atenção particular é dada à integração de ambos no crescente repertório de movimentos do bebê. O capítulo 8, “Habilidades Motoras Rudimentares”, discute o repertório de movimentos em rápida expansão dos bebês. As principais tarefas manipulativas, locomotoras e estabilizadoras desse período são delineadas e sumarizadas. Uma discussão extensa da “Percepção Infantil”, no capítulo 9, conclui a unidade sobre a primeira infância. Esse capítulo relaciona o desenvolvimento perceptivo ao comportamento motor dos bebês. Unidade III: Infância fornece ao leitor importantes informações sobre o desenvolvi-

2/9/05, 4:45 PM

VII

mento motor na infância. O capítulo 10, “Crescimento e Desenvolvimento na Infância”, oferece uma perspectiva geral de características motoras, afetivas e cognitivas durante as diversas etapas da infância. Isto prepara a cena para os três capítulos seguintes. O capítulo 11, “Habilidades Motoras Fundamentais”, fornece uma abordagem em três estágios (inicial, elementar, maduro), prática e fácil de usar, para a observação e avaliação dos padrões de movimentos fundamentais da infância. Desenhos lineares mecanicamente corretos fornecem uma descrição visual que coincide com uma descrição verbal breve de cada estágio, juntamente com dificuldades desenvolvimentistas freqüentemente encontradas. O “Desenvolvimento Físico das Crianças” é o tópico do capítulo 12. Uma revisão das informações mais recentes sobre aptidão física relacionada à saúde e aptidão motora nas crianças é apresentada juntamente com informações sobre treinamento para aptidão física para crianças. A “Percepção e o Desenvolvimento Perceptivo-motor na Infância” são os tópicos do capítulo 13. Informações importantes sobre ambos os tópicos são revisadas e sintetizadas com uma análise com relação à sua complexa interação com o comportamento motor do indivíduo. O capítulo 14 conclui a unidade sobre a infância com uma discussão do “Desenvolvimento do Autoconceito na Infância”. As mais recentes informações sobre a auto-estima são revisadas juntamente com o papel do movimento como o importante facilitador de um autoconceito positivo. Unidade IV: Adolescência examina uma série de tópicos importantes. O capítulo 15, “Crescimento do Adolescente, Puberdade e Maturidade Reprodutiva”, abre esta unidade com informações úteis e importantes sobre alterações físicas durante este período desenvolvimentista crítico. O capítulo 16, “Habilidades Motoras Especializadas”, centraliza-se nos tópicos de desenvolvimento de habilidades motoras especializadas, estímulo de melhoramento e a seqüência desenvolvimentista das habilidades motoras especializadas. Segue uma discussão do “Mudanças de Aptidão na Adolescência”, no capítulo 17, com uma análise de sua aptidão física relacionada ao desem-

01.pré-textual e

7

penho e à saúde, que está sempre em rápida alteração. O capítulo 18 conclui a unidade sobre a adolescência com uma discussão sobre “Socialização Adolescente”. Uma particular atenção é dada ao papel da atividade física no processo da socialização positiva. Unidade V: Idade Adulta fornece as mais recentes informações disponíveis sobre o desenvolvimento motor adulto, área que está em rápida expansão. O capítulo 19, “Alterações Fisiológicas em Adultos”, tenta responder a questão: Por que nós envelhecemos? Uma discussão vibrante é oferecida no que diz respeito às alterações nos sistemas musculoesquelético, circulatório, respiratório, sistema nervoso central e sistemas sensoriais do adulto. O capítulo 20, “Desempenho Motor em Adultos”, examina tempo de reação, equilíbrio, controle postural, quedas, modo de caminhar, atividades para a vida diária e o desempenho de elite. O capítulo 21, “Desenvolvimento Psicossocial em Adultos”, examina uma variedade de fatores psicológicos e sociais que influenciam e são influenciados pelo desenvolvimento motor e habilidades motoras do adulto em envelhecimento. Unidade VI: Programação sintetiza informações das seções precedentes. O capítulo 22, “Avaliando o Comportamento Motor”, realiza um exame crítico dos instrumentos de avaliação motora selecionados para bebês, crianças, adolescentes e adultos, com uma análise sobre sua utilidade em uma variedade de ambientes. É importante para o leitor ter em consideração que todo programa baseado em uma maneira desenvolvimentista começa com uma avaliação, como um meio de assegurar experiências educacionais apropriadas individualmente. O capítulo 23, “Programação para Atividade Física Desenvolvimentista”, pode ser o mais importante para o campo profissional. Esse capítulo apresenta uma abordagem desenvolvimentista para a aquisição sistemática de habilidades motoras ao longo da vida. Numerosos diagramas são usados para sintetizar os conceitos apresentados nesse capítulo. Esse capítulo de aplicação prática forma a base para um texto de acompanhamento, Educação Física Desenvolvimentista para as Crianças de Hoje

2/9/05, 4:45 PM

VIII

(Gallahue e Cleland, 2003), que coloca os conceitos e princípios descritos aqui em uso prático, através da implementação de programas de movimento apropriados ao desenvolvimento. NOVIDADES DESTA EDIÇÃO Comentários de Especialistas Introduzindo as unidades sobre primeira infância, infância, adolescência e fase adulta, os comentários de especialistas destacam questões-chave relacionadas ao desenvolvimento motor de cada um desses períodos de crescimento. Os especialistas na área respondem muito bem a questões como: - Por que é válido estudar o desenvolvimento motor de um bebê? - Qual é uma das mais importantes descobertas relacionadas ao desenvolvimento motor na infância? - Estudos recentes sugerem que a puberdade começa mais cedo nas crianças de hoje. Como isso afeta o desenvolvimento motor? - Quais você espera que sejam as tendências das pesquisas futuras nas áreas de desenvolvimento do adulto e envelhecimento? Fontes na Internet Cada capítulo contém as fontes na Internet, ou seja, uma lista de sites que os leitores podem explorar para buscar mais informações relacionadas ao capítulo. Essa ferramenta permite que os estudantes ampliem seus conhecimentos de acordo com suas habilidades e objetivos e oferece uma forma de aprendizado independente. Tópicos Novos ou Ampliados Essa nova edição foi significativamente revisada e atualizada. A lista abaixo é uma amostra dos tópicos novos ou ampliados desde a última edição. Capítulo 1: Compreendendo o Desenvolvimento Motor: Uma Visão Geral • Meios unidimensionais e bidimensionais de classificação de habilidades motoras • Aspectos ambientais do movimento Capítulo 2: Modelos de Desenvolvimento Humano • “Eventos definidores” relacionados aos estágios de desenvolvimento psicossocial de

01.pré-textual e

8

Erikson e às fases do desenvolvimento cognitivo de Piaget” • Bibliografia e leituras atualizadas Capítulo 3: Desenvolvimento Motor: Um Modelo Teórico • Atualização geral do conteúdo do capítulo • Bibliografia e leituras atualizadas Capítulo 4: Fatores que Afetam o Desenvolvimento Motor • Apego do bebê, estímulo e privação, prematuridade, baixo peso ao nascer e distúrbios alimentares • Fatores de risco associados ao sobrepeso, à obesidade e a distúrbios alimentares Capítulo 5: Fatores Pré-Natais que Afetam o Desenvolvimento • Orientação médica pré-gravidez • Fatores que influenciam o ambiente prénatal Capítulo 6: Crescimento Pré-Natal e Infantil • Novos números do Centro de Controle de Doenças (CCD) para estatura e peso de acordo com a idade de meninos e meninas durante a infância • Mudanças nas características durante o período neonatal Capítulo 7: Reflexos Infantis e Estereotipias Rítmicas • Abordagem de sistemas dinâmicos • Reflexo dos primeiros passos Capítulo 8: Habilidades Motoras Rudimentares • Programação para crianças atrasadas ou em risco de desenvolvimento • Recomendações para programas aquáticos para crianças Capítulo 9: Percepção Infantil •Desenvolvimento perceptivo e motor •Bibliografia e leituras atualizadas Capítulo 10: Crescimento e Desenvolvimento na Infância • Novos números do CCD para estatura e peso de acordo com a idade tanto em meninos como em meninas durante a infância. • Deficiências e excessos na alimentação Capítulo 11: Habilidades Motoras Fundamentais • Pesquisa recente em movimentos fundamentais • Restrições ambientais e de tarefas

2/9/05, 4:45 PM

IX

• O futuro das pesquisas em movimento fundamental • Leituras importantes com orientações teóricas e práticas atualizadas Capítulo 12: Desenvolvimento Físico de Crianças • Uso de acelerômetros para avaliar os níveis de atividade física • “Hipótese trigger” para a treinabilidade aeróbica em crianças Capítulo 13: Percepção e Desenvolvimento Perceptivo-Motorna Infância • Novos dados e tabelas para aumentar o aprendizado • Atenção aumentada na aplicação prática • Estado atual e futuro da programação perceptivo-motora • Leituras importantes com orientações teóricas e práticas atualizadas Capítulo 14: Desenvolvimento e autoconceito na infância • Autoconceito e relacionamento com colegas nos esportes • Leituras importantes com orientações teóricas e práticas atualizadas Capítulo 15: Crescimento do Adolescente, Puberdade e Maturidade Reprodutiva • Puberdade precoce em garotas • Diferença entre puberdade e maturidade reprodutiva Capítulo 16: Habilidades Motoras Especializadas • Níveis e estágios do aprendizado de uma habilidade motora com ênfase nos modelos de Fitts e Posner, Gentile e outros modelos combinados • Estágio cognitivo do aprendiz, seus objetivos e o papel do instrutor em cada nível e estágio de aprendizagem de uma nova habilidade motora Capítulo 17: Mudanças de Aptidão na Adolescência • Pesquisa atualizada •Aptidão relacionada à saúde •Comparação da força abdominal em meninos e meninas • Mudanças na gordura corporal em meninos e meninas Capítulo 18: Socialização Adolescente

01.pré-textual e

9

• Formação de valores e crescimento moral através da atividade física durante a adolescência • Exploração e experimentação como fatores influenciadores • Conexão entre auto-estima e alcance de objetivos Capítulo 19: Alterações Fisiológicas em Adultos • Teorias sobre o envelhecimento e estratégias para retardar o processo de envelhecimento • Novos números sobre população e discussão do assunto • Leituras importantes com orientações teóricas e práticas atualizadas Capítulo 20: Desempenho Motor em Adultos •Múltiplos aspectos dos fatores de desempenho motor em adultos •Fatores ambientais e de tarefas •Estratégias para ensinar novas habilidades para adultos mais velhos • Leituras importantes com orientações teóricas e práticas atualizadas Capítulo 21: Desenvolvimento Psicossocial em Adultos • Influência do exercício e da atividade física nos vários fatores psicológicos • Discriminação dos idosos • Envelhecimento bem-sucedido • Necessidades futuras nas pesquisas sobre envelhecimento • Leituras importantes com orientações teóricas e práticas atualizadas Capítulo 22: Avaliando o Comportamento Motor • Nova abordagem para os instrumentos de teste já existentes • Novas ferramentas de avaliação Capítulo 23: Programação para Atividade Física Desenvolvimentista • Conteúdo do capítulo completamente reescrito • Opinião crítica sobre o programa desenvolvimentista • O papel do instrutor na facilitação da aprendizagem

2/9/05, 4:45 PM

X

• Modelos de programas desenvolvimentistas revisados • Novas revisões dos instrumentos de avaliação • Leituras importantes com orientações teóricas e práticas atualizadas. PARA ENTENDER MELHOR Ao longo do texto você encontrará numerosos auxílios pedagógicos que melhoram a aplicação e a compreensão do conteúdo: •Habilidades do Capítulo iniciam cada capítulo e resumem o que os estudantes deverão dominar até a conclusão do capítulo. •Uma lista de Termos-Chave no começo de cada capítulo fornece uma boa referência dos termos importantes que serão empregados. •Uma breve Introdução destaca o conteúdo do capítulo e estrutura a cena para uma discussão baseada em pesquisa atualizada. •Conceitos-Chave aparecem ao longo do texto e são identificados pela figura da chave. Isto ajuda o leitor a concentrar-se com mais clareza nos assuntos centrais que estão sendo discutidos e reforça a importância de obter-se uma idéia conceitual do processo de desenvolvimento motor. •O Resumo presente no final de cada capítulo fornece ao leitor uma visão concisa e objetiva e a delineação dos pontos principais discutidos. •As Leituras Essenciais concluem cada capítulo e indicam para o leitor fontes adicionais de informações atualizadas. •Uma abrangente Bibliografia é encontrada no final do texto. •Um Glossário de Termos ao final do livro ajuda o leitor a compreender termos importantes. •Cada capítulo contém abundância de Tabelas, Ilustrações e Desenhos Lineares ou Gráficos projetados para sintetizar as informações e fornecer ao leitor uma compreensão clara do tópico que está sendo discutido.

01.pré-textual e

10

AGRADECIMENTOS Inúmeras pessoas devem ser agradecidas por suas contribuições, direta ou indiretamente, a esta edição. Queremos agradecer especialmente as seguintes pessoas: Nossos colegas de trabalho: por sua diligência e persistência em adquirir conhecimento. Gostaríamos de agradecer também aos revisores, que nos deram uma valiosa ajuda enquanto preparávamos esta edição: Geffrey Colon Eastern Michigan University Anne Farrell California State University – Bakersfield John Fizpatrick Chicago State University Jere Gallagher University of Pittsburgh David Kinnunen Southwest Missouri State University Lynda Reeves East Tennessee State University Steven Snowden Midwestern State University Nossos alunos: pelo seu entusiasmo, mentes questionadoras e dedicação tanto à excelência pessoal como à profissional. Nossos editores: por sua confiança em nossas competências. Nossas famílias: pelo apoio, paciência, aceitação, amor e preces. Nosso Deus: pela constante persistência e pelo conhecimento de que para Deus e através de Deus todas as coisas são possíveis. David L. Gallahue Bloomington, IN John C. Ozmun Terre Haute, IN

2/9/05, 4:45 PM

XI

SUMÁRIO

UNIDADE I Fundamentos, 1 CAPÍTULO 1 Compreendendo o Desenvolvimento Motor: Uma Visão Geral, 2 Termos-Chave, 2 Habilidades do Capítulo, 2 Estudo Permanente no Processo Desenvolvimentista, 5 Classificações Etárias do Desenvolvimento, 12 Terminologia Usada no Desenvolvimento Motor, 14 Classificação das Habilidades Motoras, 21 Resumo, 27 Leituras Essenciais, 27 Fontes na Internet, 28

CAPÍTULO 2 Modelos de Desenvolvimento Humano, 29 Termos-Chave, 29 Habilidades do Capítulo, 29 Modelo Teórico do Desenvolvimento Humano, 30 Pontos de Vista Conceituais do Desenvolvimento, 33 Três Principais Teorias do Desenvolvimento Humano, 40 Resumo, 51 Leituras Essenciais, 52 Fontes na Internet, 52

CAPÍTULO 3 Desenvolvimento Motor: Um Modelo Teórico, 53 Termos-Chave, 53 Habilidades do Capítulo, 53 Descrevendo e Explicando o Desenvolvimento Motor, 54 As Fases do Desenvolvimento Motor, 55 A Ampulheta: Um Modelo Permanente, 63 Resumo, 69 Leituras Essenciais, 70 Fontes na Internet, 70

01.pré-textual e

11

CAPÍTULO 4 Fatores que Afetam o Desenvolvimento Motor, 71 Termos- Chave, 71 Habilidades do Capítulo, 71 Fatores Intrínsecos ao Indivíduo, 72 Fatores do Ambiente, 78 Fatores de Tarefa Física, 82 Resumo, 97 Leituras Essenciais, 97 Fontes na Internet, 98

UNIDADE II Primeira Infância, 99 Comentário de especialista: Beverly D. Ulrich, Ph.D., 100 CAPÍTULO 5 Fatores Pré-Natais que Afetam o Desenvolvimento, 102 Termos-Chave, 102 Habilidades do Capítulo, 102 Fatores Nutricionais e Químicos, 103 Fatores Hereditários, 114 Fatores Ambientais, 119 Problemas Médicos, 119 Diagnóstico Pré-Natal e Tratamento, 124 Atividade Vigorosa na Gravidez, 125 Fatores do Processo de Nascimento, 125 Resumo, 129 Leituras Essenciais, 129 Fontes na Internet, 130

CAPÍTULO 6 Crescimento Pré-Natal e Infantil, 131 Termos-Chave, 131 Habilidades do Capítulo, 131 Crescimento Pré-Natal, 132 Crescimento Infantil, 136 Resumo, 144 Leituras Essenciais, 144 Fontes na Internet, 144

2/9/05, 4:45 PM

XII

CAPÍTULO 7 Reflexos Infantis e Estereotipias Rítmicas, 145 Termos-Chave, 145 Habilidades do Capítulo, 145 Comportamento Reflexo e Movimento Voluntário, 146 Diagnosticando as Desordens do Sistema Nervoso Central, 148 Reflexos Primitivos, 149 Reflexos Posturais, 153 Estereotipias Rítmicas, 158 Resumo, 161 Leituras Essenciais, 162 Fontes na Internet, 162

CAPÍTULO 8 Habilidades Motoras Rudimentares, 163 Termos-Chave, 163 Habilidades do Capítulo, 163 Estudo do Desenvolvimento Motor Infantil, 165 Estabilidade, 167 Locomoção, 168 Manipulação, 173 Programas Especiais para Bebês, 175 Resumo, 179 Leituras Essenciais, 179 Fontes na Internet, 180

CAPÍTULO 9 Percepção Infantil, 181 Termos-Chave, 181 Habilidades do Capítulo, 181 Métodos de Estudo da Percepção Infantil, 183 Percepção Visual, 184 Percepções Auditiva, Olfativa, Gustativa e Tátil, 192 Resumo, 195 Leituras Essenciais, 196 Fontes na Internet, 196

UNIDADE III Infância, 197 Comentário de especialista: Clersida Garcia, Ph.D., 198 CAPÍTULO 10 Crescimento e Desenvolvimento na Infância, 200 Termos-Chave, 200 Habilidades do Capítulo, 200 Crescimento no Início da Infância, 201 Desenvolvimento no Início da Infância, 204 Crescimento no Final da Infância, 208

01.pré-textual e1

12

Desenvolvimento na Infância Posterior, 209 Fatores que Afetam o Desenvolvimento e o Crescimento Infantil, 213 Resumo, 217 Leituras Essenciais, 218 Fontes na Internet, 218

CAPÍTULO 11 Habilidades Motoras Fundamentais, 219 Termos-Chave, 219 Habilidades do Capítulo, 219 Seqüência Desenvolvimentista de Movimentos Fundamentais, 221 Condições Motoras, 222 Diferenças Desenvolvimentistas, 227 Movimentos Estabilizadores Fundamentais,

228 Movimentos Locomotores Fundamentais, 252 Movimentos ManipulativosFundamentais, 256 Tendências Futuras na Investigação dos Padrões de Movimentos Fundamentais, 276 Resumo, 280 Leituras Essenciais, 280 Fontes na Internet, 280

CAPÍTULO 12 Desenvolvimento Físico de Crianças, 281 Termos-Chave, 281 Habilidades do Capítulo, 281 Aptidão Relacionada à Saúde, 283 Treinamento de Aptidão em Crianças, 290 Aptidão e Habilidades Motoras Relacionadas à Saúde, 294 Aptidão Motora, 296 Resumo, 303 Leituras Essenciais, 304 Fontes na Internet, 304

CAPÍTULO 13 Percepção na Infância e Desenvolvimento Perceptivo-motor, 305 Termos-Chave, 305 Habilidades do Capítulo, 305 Desenvolvimento Perceptivo na Infância, 306 Treinamento Perceptivo, 311 Desenvolvimento Perceptivo-motor em Crianças, 312 Treinamento Perceptivo-motor, 317 Avaliação do Desenvolvimento Perceptivo-motor, 322 Resumo, 325

2/18/05, 4:33 PM

XIII

Leituras Essenciais, 326 Fontes na Internet, 326

CAPÍTULO 14 Desenvolvimento do Autoconceito na Infância, 327 Termos-Chave, 327 Habilidades do capítulo, 327 O que é Autoconceito?, 328 Autoconceito: Global ou Multidimensional?,

331 Aspectos Desenvolvimentistas do Autoconceito, 332 Competência Motora e Auto-Estima, 334 Conseqüências de um Autoconceito Deficiente, 336 Técnicas Motoras para a Melhora da Auto-Estima, 338 Avaliação do Autoconceito em Crianças, 343 Resumo, 343 Leituras Essenciais, 344 Fontes na Internet, 344

UNIDADE IV Adolescência, 345 Comentário de especialista: Peter A. Lee, M.D., Ph.D., 346 CAPÍTULO 15 Crescimento do Adolescente, Puberdade e Maturidade Reprodutiva, 348 Termos-Chave, 348 Habilidades do Capítulo, 348 Crescimento Adolescente, 349 Puberdade, 356 Maturidade Reprodutiva, 360 Resumo, 365 Leituras Essenciais, 365 Fontes na Internet, 366 CAPÍTULO 16 Habilidades Motoras Especializadas, 367 Termos-Chave, 367 Habilidades do Capítulo, 367 Seqüência de Desenvolvimento de Movimentos Especializados, 369 Esporte Juvenil, 372 Níveis e Estágios do Aprendizado de Habilidade Motora, 373 Incentivando a Melhora, 384 Resumo, 385

01.pré-textual e1

13

Leituras Essenciais, 386 Fontes na Internet, 386

CAPÍTULO 17 Mudanças de Aptidão na Adolescência, 387 Termos-Chave, 387 Habilidades do Capítulo, 387 Aptidão Relacionada à Saúde, 388 Aptidão Relacionada ao Desempenho, 403 Resumo, 411 Leituras Essenciais, 412 Fontes na Internet, 412 CAPÍTULO 18 Socialização Adolescente, 413 Termos-Chave, 413 Habilidades do Capítulo, 413 A Estrutura da Socialização, 415 Fatores de Influência, 416 Atividade Física e Socialização, 418 Resumo, 424 Leituras Essenciais, 424 Fontes na Internet, 424

UNIDADE V Idade Adulta, 425 Comentário de especialista: Wojtek Chodzko-Zajko, Ph.D., 426 CAPÍTULO 19 Alterações Fisiológicas em Adultos, 428 Termos-Chave, 428 Habilidades do Capítulo, 428 Por Que Envelhecemos?, 433 Alterações Fisiológicas no Sistema Musculoesquelético Adulto, 435 Sistema Nervoso Central, 441 Sistemas Circulatório e Respiratório, 445 Sistemas Sensoriais, 447 Resumo, 452 Leituras Essenciais, 452 Fontes na Internet, 452

CAPÍTULO 20 Desempenho Motor em Adultos, 453 Termos-Chave, 453 Habilidades do Capítulo, 453 Tempo de Reação, 455 Equilíbrio e Controle Postural, 459 Quedas, 462 Padrão de Caminhada, 465

2/18/05, 4:33 PM

XIV

Atividades da Vida Diária, 467 Desempenho de Elite, 468 Resumo, 471 Leituras Essenciais, 471 Fontes na Internet, 472

Capítulo 21 Desenvolvimento Psicossocial em Adultos, 473 Termos-Chave, 473 Habilidades do Capítulo, 473 Teorias do Desenvolvimento Psicossocial em Adultos, 474 Fatores Psicológicos, 478 Fatores de Socialização, 479 Envelhecimento Bem-Sucedido, 482 Resumo, 485 Leituras Essenciais, 485 Fontes na Internet, 486

UNIDADE VI Programação, 487 CAPÍTULO 22 Avaliando o Comportamento Motor, 488 Termos-Chave, 488 Habilidades do Capítulo, 488

CAPÍTULO 23 Programação para Atividade Física Desenvolvimentista, 503 Termos-Chave, 503 Habilidades do Capítulo, 503 Categorias de Movimento e Temas de Habilidades Motoras, 504 Áreas de Conteúdo da Atividade Física, 507 O Centro do Pensamento Crítico do Programa Desenvolvimentista, 508 Ensinar para Facilitar a Aprendizagem, 510 Um Modelo de Programa Desenvolvimentista,

515 Resumo, 520 Leituras Essenciais, 520 Fontes na Internet, 520 APÊNDICE A - Medidas Equivalentes, 521 APÊNDICE B - Polegadas - Centímetros: Tabela de Conversão, 522 APÊNDICE C - Libras - Quilogramas: Tabela de Conversão, 523

BIBLIOGRAFIA, 524 GLOSSÁRIO, 551 ÍNDICE, 561

Características de Instrumentos de Avaliação,

489 Instrumentos de Avaliação Formal, 490 Abordagens Naturalistas de Avaliação, 498 Resumo, 501 Leituras Essenciais, 502 Fontes na Internet, 502

01.pré-textual e

14

2/9/05, 4:45 PM

UNIDADE

Fundamentos Com o toque do cinzel A pedra informe e fria Torna-se um molde vivo. Quanto mais se desgasta o mármore, Mais a estátua cresce. — Michelangelo

02.capitulo 1 rVI

1

2/9/05, 11:14 AM

I

2

UNIDADE I - Fundamentos

1

CAPÍTULO COMPREENDENDO O DESENVOLVIMENTO MOTOR: UMA VISÃO GERAL

TERMOS-CHAVE Método longitudinal Método transversal Método longitudinal misto Idade biológica Crescimento Desenvolvimento Maturação Experiência Motor Aprendizado Aprendizado motor Comportamento motor Controle motor Desenvolvimento motor Movimento Padrão de movimento Padrão de movimento fundamental Habilidade motora Habilidade esportiva Contexto ambiental

02.capitulo 1 rVI

2

HABILIDADES DO CAPÍTULO Ao término deste capítulo, você deve ser capaz de: • Familiarizar-se com a pesquisa de vários estudiosos históricos e contemporâneos sobre desenvolvimento motor. • Comparar e contrastar o desenvolvimento motor com outros estudos em comportamento motor (aprendizagem motora e controle motor). • Demonstrar conhecimento das várias formas de análise que são usadas no estudo do desenvolvimento motor. • Discutir vantagens e deficiências das principais metodologias associadas com o estudo da mudança. • Identificar métodos-chave de avaliação da maturidade biológica. • Descrever problemas comuns associados com o estudo do desenvolvimento motor. • Listar as classificações de idade cronológica do desenvolvimento humano ao longo da vida. • Definir termos peculiares ao crescimento físico e à maturação biológica. • Discutir as vantagens e deficiências dos vários métodos de classificação das habilidades motoras.

2/9/05, 11:14 AM

CAPÍTULO 1 - Compreendendo o Desenvolvimento Motor: Uma Visão Geral

CONCEITO-CHAVE Desenvolvimento motor é a contínua alteração no comportamento motor ao longo do ciclo da vida, proporcionada pela interação entre as necessidades da tarefa, a biologia do indivíduo e as condições do ambiente.

O

estudo do desenvolvimento humano tem sido de grande interesse para estudiosos e educadores há muitos anos. O conhecimento dos processos de desenvolvimento situa-se no âmago da educação, seja na sala de aula, no ginásio ou no campo de esportes. Sem um profundo conhecimento dos aspectos do desenvolvimento do comportamento humano, os educadores somente podem supor as técnicas educacionais e os procedimentos de intervenção apropriados. Os educadores que se baseiam no modo desenvolvimentista em seu ensino incorporam experiências de aprendizado que são apropriadas não somente às idades cronológicas, mas também, de maneira mais importante, aos níveis de desenvolvimento dos indivíduos que estão sendo ensinados. Os educadores desenvolvimentistas reconhecem que, embora a instrução seja um aspecto importante do processo ensino-aprendizagem, ela não explica o aprendizado, ao passo que o desenvolvimento o faz.

C ONCEITO 1.1 A instrução não explica o aprendizado; o desenvolvimento, sim. Uma quantidade considerável de pesquisas tem sido realizada e uma série de textos foi escrita sobre o processo de desenvolvimento. A pesquisa realizada so-

02.capitulo 1 rVI

3

3

bre os aspectos desenvolvimentistas do comportamento motor foi, no passado, mais limitada no alcance e na magnitude do que a pesquisa feita sobre os processos cognitivos e afetivos do desenvolvimento. Historicamente, os psicólogos desenvolvimentistas tenderam a mostrar-se apenas marginalmente interessados no desenvolvimento motor e, mesmo assim, só como indicador visual do funcionamento cognitivo. Da mesma forma, os psicólogos sociais interessados no processo do desenvolvimento emocional deram somente atenção superficial ao movimento e à influência dele no desenvolvimento social e emocional do indivíduo. Visto que o impulso primário da pesquisa sobre desenvolvimento motor veio dos muitos ramos da psicologia, é natural que o desenvolvimento motor tenha sido freqüentemente visto em termos de suas influências potenciais sobre outras áreas do comportamento e como meio conveniente e prontamente observável de estudo do comportamento, em vez de um fenômeno digno de estudo por sua própria causa.

C ONCEITO 1.2 O estudo do desenvolvimento motor, no passado, foi ofuscado pelo interesse nos processos cognitivos e afetivos do desenvolvimento. O estudo do desenvolvimento motor pelos profissionais de educação física, como um campo especializado de pesquisa acadêmica, não ganhou verdadeiro ímpeto até os anos 70. O desenvolvimento motor é um campo de estudo legítimo que disseca as áreas de fisiologia do exercício, biomecânica, aprendizado motor e controle motor, bem como as áreas de psicologia desenvolvimentista e psicologia social. A busca pela compreensão progre-

2/9/05, 11:14 AM

4

UNIDADE I - Fundamentos

diu a passos lentos, mas firmes, nos anos 60, e então começou a progredir velozmente nos anos 70, quando cinesiologistas e psicólogos desenvolvimentistas mudaram seu foco da abordagem normativo-descritiva para o estudo dos processos desenvolvimentistas subjacentes. Nos anos 80, um corpo de pesquisa sempre em expansão, composto por uma nova geração de estudiosos, intensificou o interesse pelo estudo do desenvolvimento motor. Uma quantidade sem precedentes de pesquisas, baseadas em teorias, foi realizada desde a década de 1980 até a de 1990, com desenvolvimentistas de várias áreas confrontando-se com os estudiosos de desenvolvimento motor. O estudo do desenvolvimento motor ocupou seu lugar como área legítima de pesquisa científica nos campos da cinesiologia e da psicologia desenvolvimentista. Atualmente, os especialistas estão estudando tanto os processos subjacentes de desenvolvi-

mento quanto seus muitos e variados produtos. Estudiosos do desenvolvimento motor reconhecem que as exigências físicas e motoras específicas de uma tarefa motora interagem com o indivíduo (fatores biológicos) e o ambiente (fatores de experiência ou aprendizagem). Os modelos transacionais, como o descrito na Figura 1.1, concluem que os fatores relativos à tarefa, ao indivíduo e ao ambiente não são apenas influenciados (interação), mas também podem ser modificados (transformação) um pelo outro. As informações sobre o processo de desenvolvimento motor aqui veiculadas não são definitivas, mas honestamente se pretende que sejam as mais recentes. Visto que a pesquisa e o estudo nesta área estão crescendo rapidamente, é difícil englobar tudo o que acontece nesse campo em expansão. Muito do que se lê aqui corre o risco de ser ultrapassado em ape-

INDIVIDUAL

AMBIENTE

Hereditariedade, Biologia, Natureza e Fatores Intrínsecos

Experiência, Aprendizado, Encorajamento e Fatores Extrínsecos

TAREFA Fatores Físicos e Mecânicos

FIGURA 1.1 — Análise transacional da causa no desenvolvimento motor.

02.capitulo 1 rVI

4

2/9/05, 11:14 AM

CAPÍTULO 1 - Compreendendo o Desenvolvimento Motor: Uma Visão Geral

nas alguns anos. Caso queira ser de real valor para o campo profissional, o estudo do desenvolvimento motor deve enfocar não somente o executante hábil em ambientes laboratoriais controlados, mas também deve analisar e documentar o que os indivíduos de todas as idades conseguem fazer, tanto em circunstâncias normais como em circunstâncias ampliadas. Nossa base de conhecimento está crescendo constantemente e, até mesmo enquanto este texto está sendo escrito, novas hipóteses estão sendo formuladas e novas conclusões sendo tiradas das excelentes pesquisas em andamento no mundo inteiro.

ESTUDO PERMANENTE NO PROCESSO DESENVOLVIMENTISTA

O desenvolvimento é um processo contínuo que se inicia na concepção e cessa com a morte. O desenvolvimento inclui todos os aspectos do comportamento humano e, como resultado, somente artificialmente pode ser separado em “áreas”, “fases” ou “faixas etárias”. A aceitação crescente do conceito de desenvolvimento “permanente” é muito importante e deve ser mantida na mente. Da mesma forma que o estudo do atleta treinado na adolescência e na idade adulta é importante, assim o é o estudo do movimento no período neonatal na primeira infância, na infância e na vida posterior. Muito pode ser ganho com o aprendizado do desenvolvimento motor em todas as idades e com a análise desse desenvolvimento como um processo que dura toda a vida.

C ONCEITO 1.3 Desenvolvimento é um processo permanente que se inicia na concepção e cessa somente na morte.

02.capitulo 1 rVI

5

5

Uma perspectiva permanente não considera o desenvolvimento como específico por áreas, por fases ou dependente de faixa etária. Em vez disso, tal perspectiva sugere que “alguns” aspectos do desenvolvimento podem ser conceituados em esferas de áreas, estando relacionados a fases ou a faixas etárias, enquanto outros não podem. Além disso, o conceito de desenvolvimento permanente inclui toda alteração desenvolvimentista — as mudanças positivas geralmente associadas à infância e à adolescência e as mudanças que ocorrem com o processo regressivo do envelhecimento. O desenvolvimento motor é altamente específico. A noção anteriormente aceita de habilidade motora “geral” foi refutada para a satisfação da maioria dos estudiosos da área. A habilidade superior em uma área motora não garante habilidade similar em outras. O conceito obsoleto de que alguém ou possui ou não possui habilidade em atividades motoras foi substituído pelo conceito de que cada pessoa tem capacidades específicas em cada uma das muitas áreas de desempenho. Vários fatores que envolvem habilidades motoras e desempenho físico interagem de maneiras complexas com o desenvolvimento cognitivo e afetivo. Cada um desses fatores é, por sua vez, afetado por uma ampla variedade de exigências biológicas/ ambientais e relacionadas a tarefas específicas. O processo de desenvolvimento e, mais especificamente, o processo de desenvolvimento motor, deveria lembrar-nos constantemente da individualidade do aprendiz. Cada indivíduo tem um tempo peculiar para a aquisição e para o desenvolvimento de habilidades motoras. Embora o “relógio biológico” seja bastante específico quando se trata da seqüência de aquisição de habilidades motoras, o

2/9/05, 11:14 AM

Capa_Desenvolvimento_Motor_2010.pdf

1

5/3/2010

11:14:02

I SBN 85 - 7655 - 016 - 4

9 788576 550167


COMPREENDENDO O DESENVOLVIMENTO MOTOR: bebês - 3 ed