Page 1

Mayara & Familiares e amigos testemunham o amor

Gabriel

Florianópolis - SC, 28 de maio de 2016

Vida a dois em quadrinhos

Os cenários perfeitos do pré-wedding

Recém-casados arrasam na pista de dança

Casal e convidados divertem-se na festa

A revista Personalize Casamento é uma publicação customizada produzida pela Personalize Comunicação. Visite o site: www.personalizecomunicacao.com.br


Editorial

Momento

especial

O

lá, que bom ter você aqui. Histórias de amor merecem ser contadas e compartilhadas com familiares e amigos. Esta é a narrativa sobre o destino de dois jovens unidos pelo sentimento: Mayara Koerich Ramos, de 29 anos, e Gabriel Milis, também de 29. Os dois se conhecem desde a adolescência, mas foi durante um show da banda Natiruts em 2010 em Florianópolis (SC) que a caminhada deles juntos teve início. Convidamos você para acompanhar esta linda trajetória, que foi concretizada no casamento realizado em 28 de maio de 2016, tendo como testemunhas o mar, os parentes e amigos queridos do casal. O evento foi realizado na Praia dos Ingleses em Florianópolis sob chuva fina e o friozinho de outono. E também sob sorrisos, choros disfarçados e aplausos. Emocione-se com a cerimônia, encante-se com a decoração, divirta-se na festa. Conheça um pouquinho sobre a vida da Mayara e do Gabriel e saiba o que as pessoas importantes para eles têm a dizer sobre ambos. São memórias de um momento especial, único na vida em comum deles e que poderão ser revividas para sempre! Bem-vindo à leitura! Equipe Personalize Comunicação

Florianópolis - SC, 28 de maio de 2016

Revista Personalize Casamento


Índice

Sobre o casal Conheça um pouquinho sobre cada um, como é a convivência com a família e a história de amor. Saiba o que os padrinhos e madrinhas expressam em relação ao casal.

04 Perfil dos noivos

08 Os pais

12 Outros familiares

17

Casamento na Colômbia

35

Preparativos Aprecie como foram preparados o buquê, o presente dos padrinhos e a lembrancinha. Acompanhe a prova dos trajes e de maquiagem. Divirtase com o ensaio da coreografia, a despedida de solteiros e o pré-wedding.

38

Casamento em Florianópolis Confira a decoração de cinema escolhida pelo casal para encantar os convidados e leia sobre o dia dos noivos. Seja você também uma testemunha do amor e saiba como foi a cerimônia, o jantar e o corte do bolo. Curta a festa e descubra onde foi a lua de mel.

51

Feito à mão

41 Quase prontos

46 Antes do casamento

Últimos retoques

60 Momento especial

74 Vem pra festa!

Vida a dois

20 Padrinhos e Madrinhas

Conteúdo digital Você poderá acompanhar conteúdo complementar online. São onze vídeos curtos que relatam momentos importantes da vida do casal, dentre os quais o da troca de alianças. Para assisti-los, digite a URL ou desfrute da facilidade do QR Code e escaneie a imagem com seu celular ou tablet. É só baixar gratuitamente o aplicativo para IOS ou Android. Divirta-se e emocione-se!

Revista Personalize Casamento


Sobre o casal | Perfil dos noivos

Mayara sente-se feliz e realizada Formou-se em Fisioterapia, casou com o homem da sua vida, é amiga das irmãs e adora os pais

E

Foto: Arquivo pessoal

la é a mais velha de três irmãs. Sente-se protetora em relação às meninas: Lara, de 22 anos, e Bruna, de 15. Mayara Koerich Ramos, de 29 anos, é natural de Florianópolis. Trabalha como fisioterapeuta domiciliar e mora junto com Gabriel Milis, de 29, há dois anos. Antes de cursar Fisioterapia na Estácio de Sá, onde se formou há seis anos, fez cursinho vocacionado para fazer o vestibular da Udesc, mas assistiu apenas à primeira aula e desistiu. Agora, ela segue feliz na profissão que escolheu. Neste ano, termina a pós-graduação em Neurofuncional. “Gosto muito de trabalhar na fisioterapia pediátrica”, afirma. Nas horas de folga, Mayara curte estar com a família e os amigos. Todos os fins de semana, há alguma festa para ir ou então o casal recebe os amigos em casa. O grupo de amigos é grande e de longa data. Um dos mais antigos é o João Roberto Carlotto, que ela conhece desde criança. “Nós temos muitos amigos e estamos sempre juntos”, reforça. Ela também pratica atividade física. Três vezes por semana, frequenta a academia com a amiga Nicolli Turnes. As duas praticam Muay Thai.

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Respeito e carinho pelos pais A fisioterapeuta emociona-se ao falar sobre os pais, a dentista Magda Koerich e o bioquímico Osvaldo Ramos. “Meu pai é muito bom para mim, sempre fez as minhas vontades, nunca levantou a voz comigo”, conta. Sobre a mãe, ela diz ter muito respeito e carinho. Em relação a convivência com os sogros, a cerimonialista Maria Goreti Milis e o Policial Militar Volney Milis, ela só tem elogios. “Os dois são ótimos também, nos damos muito bem”, diz.

Mayara com a mãe Magda e o pai Osvaldo na festa de formatura dela há seis anos. 4 Revista Personalize Casamento


Fotos: Arquivo pessoal

Adolescência com estilo próprio A adolescência foi uma fase de rebeldia, conta Mayara. Ela diz que quando tinha uns 14 anos curtia o movimento punk. Isso traduzia-se no modo de vestir e de agir: ela gostava de esmalte preto, pintava os cabelos de vermelho e curtia new metal. O movimento punk surgiu na década de 1970 com a banda de rock Ramones que tinha estilo diferente de vestir, com o uso de roupas de couro, jeans e tênis, transparecendo aparência agressiva e rebelde. Mayara conta que depois esta fase passou e ficou mais responsável. Aos 17 anos, conseguiu o primeiro emprego e foi fazer estágio no laboratório dentro do Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis, e a partir dali identificou-se com a área da saúde. “Eu dizia que queria trabalhar lá no hospital mesmo ganhando pouco. Eu me identifiquei muito e queria ser enfermeira”, ressalta. Depois, optou pela Fisioterapia.

Boas recordações da infância É com saudade também que Mayara lembrase de momentos da infância. Ela diz que gostava de brincar com as bonecas. Mayara conta que morou um tempo num sítio no Bairro

Mayara durante a formatura do Ensino Médio com a familia e com a turma do Colégio Energia.

Ponta de Baixo, em São José, na Grande Florianópolis e era lá que se divertia muito. “Eu colocava minhas bonecas embaixo da torneira para fingir que era cachoeira”, ri. Também gostava de brincar com as primas, dentre as quais Elisa Koerich e Gabriela Koerich. Depois, quando se mudou para o apartamento no Centro de Florianópolis, brincava com os primos e amiguinhos no pátio do condomínio. “Foi uma infância feliz e saudável”, conclui.

Mayara com a avó Magda e num dia descontraído com as primas.

http://opn.to/a/zRWT2 Acesse o vídeo e confira Mayara e as primas na infância

5 Revista Personalize Casamento


Sobre o casal | Perfil dos noivos

Gabriel sonha alto com a carreira de piloto Ele tirou o brevê de piloto privado neste ano e vai continuar estudando para conquistar a profissão

O

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

http://opn.to/a/YCP3a

estudante Gabriel Milis está prestes a realizar o grande sonho da sua vida: tornar-se piloto de avião comercial. Neste ano, já conquistou a carteira de piloto privado e agora prepara-se para a nova fase de estudos. Ele diz que precisa de no mínimo 500 horas de voo. “Depois, posso ser instrutor para acumular horas e ganhar experiência”, calcula. Gabriel é natural de Florianópolis, tem 29 anos, e mora junto com Mayara Koerich Ramos, de 29, há dois anos. Ele estuda Administração (a formatura será neste ano), adora tocar violão, estar com os amigos e a família. O jovem gosta muito de atividades esportivas, dentre as quais, natação, corrida e surfe. Mas a paixão dele desde a adolescência é o skate. “Eu costumava sair escondido dos meus pais para andar na rua de skate”, conta.

Estudante conquista o brevê Gabriel subiu o primeiro degrau para realizar o sonho de ser piloto de avião. Durante os preparativos para o casamento, ele participou da prova prática da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em 6 de abril de 2016 e conquistou a Carteira de Habilitação Técnica (CHT). Com isso, ele está capacitado para ser piloto privado e pode realizar voos não remunerados. Após a aprovação, os colegas lhe deram o tradicional banho de batismo com uma mistura de maionese, café e óleo diesel.

Veja o vídeo do batismo do Gabriel ao conquistar o brevê

Foto: Galeria Leonardo Correia

O skate é companheiro inseparável desde a adolescência.

6 Revista Personalize Casamento


“Estou muito feliz. Esta etapa foi vencida e já posso fazer algumas horas práticas que valem para a próxima”, comemora. O futuro piloto comercial estuda na VoeFloripa Escola de Aviação Civil, em Florianópolis. Para o curso de piloto privado, foram seis meses de aulas teóricas e 40 horas de treinamento prático em avião monomotor. Neste ano, Gabriel começa o curso teórico para piloto comercial, que é o objetivo para a carreira. “Estou juntando a papelada para enviar à Anac para a retirada da carteira, depois disso, verei o que fazer. Preciso dar um passo de cada vez”, ressalta.

Violão é companheiro inseparável

Skate é paixão antiga Gabriel sempre se identificou com o skate desde a adolescência. O grupo de amigos era ligado ao esporte e ele gostava de sair pelas ruas do Centro de Florianópolis com a turma. “Naquela época ainda se podia andar de skate por aí, hoje está mais perigoso”, constata. O gosto pelo skate começou quando tinha uns 10 anos e dura até hoje. “Sempre foi meu brinquedo favorito”, diz. Gabriel chegou a participar de campeonatos regionais. Hoje ele se diz mais cauteloso, não costuma andar de skate com tanta frequência. “Mas, com certeza, o esporte está na veia”, afirma.

Saudade dos tempos de criança Gabriel lembra com saudade da infância. Na ocasião, ele morava no Centro de Florianópolis. “Nós brincávamos muito com a turma de esconde-esconde, taco e futebol”, lembra. Alguns amigos daquela época são cultivados até hoje. Dentre os amigos daqueles tempos estão Claudio Luft, Daniel Cardoso e Daniel Vieira, que também foram padrinhos do casamento.

Gabriel em momento descontraído com os amigos e durante a infância com a irmã Juliana e amiga. Fotos: Arquivo pessoal

Nas festas entre familiares ou amigos, Gabriel destaca-se por ser engraçado, piadista e por tocar violão nas rodas de conversas. Ele também gosta muito de animais, principalmente de pássaros. Ele e Mayara possuem três calopsitas (Pio, Lupita e Galego), o coelho Sushi e o pitbul Bandit. O jovem também é bastante apegado à família. “Não costumo falar muito sobre os meus sentimentos, sou uma pessoa mais fechada, mas eles sabem que os amo muito”, diz. Gabriel tem especial carinho pelos pais, a cerimonialista Maria Goreti Milis e o policial militar Volney Milis e pelos irmãos Juliana e Francisco.

“Família é importante, é a base de tudo. E agora, vamos formar nossa própria família”, conclui, ao olhar com carinho para Mayara. Ele também se dá muito bem com os sogros, por quem tem respeito e admiração.

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Foto: Dauana Fotografias

Etapa vencida

Gabriel considera a família importante e a base de tudo.

7 Revista Personalize Casamento


Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Sobre o casal | Os pais

Pais admiram determinação da Mayara Osvaldo e Magda estão felizes com as escolhas da filha e desejam que ela realize todos os sonhos ao lado do Gabriel

dentista Magda Koerich e o bioquímico Osvaldo Tadeu Ramos admiram e têm orgulho da filha Mayara. “Ela é uma menina centrada, responsável, bem-humorada”, derrete-se a mãe. “Mayara é dedicada aos pacientes, é boa pessoa e ótima profissional”, orgulha-se o pai. De acordo com a mãe, Mayara é apaixonada pela profissão de fisioterapeuta domiciliar. Magda conta que a filha adora os pacientes, cuida muito bem deles. “A Mayara queria ser enfermeira para ficar mais próxima dos doentes, principalmente das crianças e dos idosos, mas ela optou pela fisioterapia e se realizou”, revela. “A dedicação dela é bonita de se ver”, completa Osvaldo. Os pais também admiram o amor que ela tem pelos animais. Mayara e Gabriel possuem em casa três calopsitas (Lupita, Galego e Pio) e o coelho Sushi. “Os dois são bem apegados aos bichos”, diz Magda. Eles ainda têm o cachorro Bandit, que vive na casa dos pais do Gabriel. Sobre o relacionamento entre o casal, Magda e Osvaldo só têm elogios. “Gabriel está

Foto: Arquivo pessoal

Foto: Arquivo pessoal

Mayara com o pai durante o baile de formatura em Fisioterapia e com Gabriel e as irmãs, Lara e Bruna durante uma festa.

Quero muito que os sonhos de vocês se realizem: o seu, Mayara, como fisioterapeuta, trabalhando com crianças como você gosta, e o seu, Gabriel, de tornar-se piloto de avião. Que vocês estejam rodeados de cachorros, na casinha adorada de vocês. Naquela casa simples, mas cheia de bichos e com muito amor. Espero que respeitem um ao outro, que não empurrem nada para debaixo do tapete e mantenham o relacionamento de amizade. Ah, e que nos deem muitos netos! Queremos estar sempre perto de vocês!

A

Magda Koerich

8 Revista Personalize Casamento


sempre contando piada, é engraçado, entrou para a família para somar. Fizemos uma viagem juntos e foi muito divertido”, conta Magda. Para Osvaldo, Gabriel é considerado amigo e não genro. “Ele fica bem à vontade comigo, não existe barreira. Admiro a parceria entre os dois e gosto muito dele”, afirma.

Espero que todos os seus sonhos se realizem. É importante que se deem bem como hoje. Sejam parceiros, amigos. Terei muita satisfação e felicidade em vê-los bem no trabalho, na vida. Quanto mais felizes vocês estiverem, mais felizes estaremos.

Osvaldo Tadeu Ramos

Ela se considera responsável pelas irmãs Mayara é a mais velha de três irmãs. Lara tem 22 anos e Bruna, 15. “Ela está sempre preocupada com as meninas, quer sempre ajudar”, conta Magda. Osvaldo relata que Bruna e Mayara são muito parecidas. “Elas têm qualidades e defeitos semelhantes”, define o pai. A Mayara é madrinha de batismo e crisma da Bruna. Magda lembra que a Lara e a Mayara têm sete anos de diferença e que a Lara, quando criança, vivia “irritando” a irmã, que já era adolescente. “Eu vivia socorrendo as duas”, ri. Hoje, elas se dão super bem e querem muito bem uma à outra.

Adolescência teve fases de inquietação e rebeldia A adolescência de Mayara teve períodos de rebeldia, normais para a idade, conta a mãe. Magda diz que ela queria fazer coisas de adulto, vestir-se semelhante às moças, gostava de esmalte preto e de mudar a cor dos cabelos. Magda conta que aos 12 anos, ela cismou de pintar os cabelos de vermelho. “Eu a levei ao salão depois de tanta insistência e pedi para fazer só as pontas. Eu fiquei feliz, ela indignada com o resultado”, sorri. Dias depois, elas foram visitar a casa da avó materna Magda Thiesen. Enquanto Magda conversava com a irmã, Mayara e a avó saíram juntas. “Elas voltaram com o sorriso gigante e com cara de quem aprontou. Mayara esta-

va com a metade do cabelo vermelho, feliz da vida, minha mãe rindo e eu querendo ‘matar as duas’”, lembra-se. O pai também relembra-se com carinho daquela época. “Ela não se conformava de perder uma festa. Se havia 10 festas, ela queria estar em todas. Sempre foi muito inquieta e participativa com os amigos nas atividades que eram próprias da idade”, recorda-se.

http://opn. to/a/GHuWO Assista à mensagem em vídeo dos pais ao casal

Infância cheia de brincadeiras Magda conta que Mayara era uma princesinha linda, com cachinhos dourados e que adorava brincar com as bonecas e jogos de montar. “Ela era muito tranquila e obediente”, afirma. Osvaldo concorda e completa: “Ela era muito querida, amorosa, tenho saudade daquela época”, emociona-se. Magda revela uma passagem engraçada da infância da jovem: “Nunca esqueço, ela devia ter uns 4 anos e estava brincando comigo com as canequinhas de montar e fazendo uma pirâmide. Ensinei sempre que não se fala nome feio e ela era obediente. Aí, quando estava quase terminando a pilha, ela derrubou tudo sem querer e disse: – Ai, meu Deus! Hi, Meu Deus é feio, mãe? – Não, filhinha, Meus Deus não é feio. A gente lembra até hoje e ri muito”, conclui.

Mayara na adolescência depois de pintar os cabelos de vermelho e os desenhos que entregou aos pais quando era criança.

9 Revista Personalize Casamento


Sobre o casal | Os pais

Gabriel é dedicado, afirmam os pais Ele estuda Administração ao mesmo tempo em que faz curso para piloto comercial

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

A

cerimonialista Maria Goreti Milis e o Policial Militar Volney Milis torcem muito pela felicidade do filho Gabriel. O casal afirma que o jovem sempre foi muito alegre, característica que o acompanha desde a infância. Nas festas em família, o Gabriel é a estrela. “Ele gosta de tocar violão, de estar com a família e os amigos, de contar piada, de fazer graça. É uma pessoa do bem e eu o admiro”, ressalta a mãe. O estudante também se dá muito bem com os irmãos: Juliana é três anos mais velha e Francisco, sete anos mais novo. “Nós incentivamos desde muito jovens que não brigassem e dividissem as coisas. Acredito que eles aprenderam. Eles se amam e se respeitam”, explica Maria Goreti. Além de ser uma pessoa extrovertida, Gabriel também é muito aplicado nos estudos. “Ele leva muito a sério os cursos de Administração e de piloto comercial, realização de um antigo sonho dele”, completa o pai. Maria Goreti elogia muito a atitude da Mayara, que o incentiva e o apoia para que ele consiga formar-se piloto. “Desde que eles começaram a namorar, ela o estimula a seguir em frente, a batalhar pelas coisas que ele quer”, diz.

Eu espero que vocês sejam muito felizes, respeitem um ao outro, sejam parceiros um do outro, tracem planos e realizem os sonhos juntos.

Volney Milis

Sobre o relacionamento entre os dois os pais estão muito satisfeitos. “Torcemos pela felicidade deles e sabemos que um completa o outro. Eles serão, com certeza, muito felizes juntos”, afirma Maria Goreti. “Nós abençoamos esta união, que faz muito bem ao nosso filho”, conclui Volney.

http://opn.to/a/4HtVt Assista ao vídeo da mensagem dos pais ao casal

10 Revista Personalize Casamento


Paixão pelo skate inicia-se na adolescência

Foto: Galeria Leonardo Correia

Fotos: Arquivo pessoal

O gosto pelo skate acompanha o Gabriel desde a adolescência. Naquela época, ele curtia sair com os amigos - muitos com os quais mantém amizade até hoje - para andar de skate pelas ruas do Centro de Florianópolis, onde morava. Maria Goreti conta uma passagem engraçada daquele período. Ela diz que numa madrugada, ela ouviu barulho no portão e achou que fosse ladrão. Ao se levantar e espiar pela janela, deparou-se com o Gabriel saindo de fininho para se encontrar com os amigos e andar de skate pelo Centro. “Ele devia ter uns 14 anos e depois descobrimos que o Gabriel costumava fazer isso nas madrugadas para se divertir com os amigos na rua”, sorri. Volney também tem boas lembranças do tempo em que o Gabriel era adolescente. “Nós somos muito amigos e costumávamos sair juntos para surfar. Ainda fazemos isso quando é possível”, relata.

Batman, o herói de infância Uma criança muito feliz e que se divertia muito. Assim, o Gabriel é descrito pela mãe durante a infância. Maria Goreti revela que, quando ele tinha dois anos, ganhou da avó paterna, Marlene Milis, uma roupa do Batman, pela qual ele ficou apaixonado. “Ele não queria tirar aquela roupa nem para dormir. Eu tinha que esperar ele dormir, tirar rapidamente e lavar para vestir nele no outro dia, de tanto que ele gostava daquela roupa”, lembra-se aos risos. Maria Goreti diz que a roupa do Batman era praticamente o “uniforme” do Gabriel de tanto que ele usava e gostava. “Mesmo com o calor do verão, ele fazia questão de usar a bota do Batman também”, revela.

Gabriel curte estar com os amigos, tocar violão, andar de skate e na infância curtia o Batman.

Gabriel e May, o que tenho a dizer é que sigam o coração de vocês. Sejam felizes, sejam amigos, companheiros. May, obrigada por aparecer na vida do Gabriel. Amo muito vocês.

Maria Goreti Milis

11 Revista Personalize Casamento


Sobre o casal | Outros familiares

Familiares expressam carinho pela Mayara Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Irmã, tio e tia destacam como é a convivência com a jovem

Lara considera a irmã exemplo a ser seguido A estudante de cinema Lara Koerich, de 22 anos, tem na irmã Mayara exemplo a ser seguido. As duas têm diferença de sete anos e Lara tem grande admiração pela irmã. “Eu sempre a achei linda, maravilhosa, modelo para mim”, derrete-se. Mayara ainda tem outra irmã mais nova, a Bruna, de 15 anos. Lara lembra-se de que, quando tinha sete anos e Mayara 14, queria brincar e conversar, mas a irmã já era adolescente e os assuntos eram diferentes. “Eu queria ser como ela quando ficasse mais velha”, destaca.

Proteção Mayara sempre protegeu a irmã mais nova. Quando Lara ia para a escola e as colegas brigavam com ela, Mayara estava lá para defendê-la. Quando Lara ficou adolescente, as duas passaram a conversar mais e a conviver ainda melhor. A estudante diz que a irmã parece ser tímida, mas na verdade é bem extrovertida, preocupada com o bem-estar dos outros e animada. Quanto ao cunhado Gabriel, ela destaca as características positivas. “Ele é muito prestativo, está sempre pronto a ajudar os outros, além de ser muito engraçado e divertido estar na companhia dele”, elogia.

Espero que vocês consigam realizar tudo o que sonharam e que mantenham a parceria, o amor, o respeito e a felicidade.

Lara Koerich Neves, irmã

12 Revista Personalize Casamento


Fotos: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Marco Aurélio admira o entusiasmo da sobrinha

Kátia tem boas lembranças sobre a sobrinha

O bioquímico Marco Aurélio Thiesen Koerich, de 50 anos, lembra-se com carinho da convivência com a sobrinha Mayara. Ele conta que desde a infância ela sempre foi muito meiga e querida. “Sempre tivemos contato muito próximo, considero-a uma filha”, emocionase. Marco Aurélio é um dos quatro irmãos de Magda Koerich, mãe da Mayara. Na família, Elisa Koerich é a sobrinha mais velha, depois vem o Luís Ramos Koerich, filho dele, e a Mayara. “Os três primos também participaram muito da vida uns dos outros desde crianças”, recorda-se.

Sonhos Marco Aurélio destaca que a sobrinha busca os sonhos dela e é muito entusiasmada pela vida. “Ela é uma guerreira, igual a mãe dela”, elogia. Quanto ao Gabriel, ele afirma que o considera educado, polido e parceiro da Mayara. “O único defeito é que torce para o Avaí”, diz o tio, torcedor do rival Figueirense. “Fora isso, ele é muito gente boa”, diverte-se. Marco Aurélio os considera focados e muito parecidos um com o outro.

Com certeza, vocês formam um casal lindo, cheio de energia e vitalidade da juventude. Conservem este amor entre vocês com respeito, carinho e harmonia. Espero que vocês consigam realizar os sonhos que programaram juntos e que sejam muito felizes. Beijos, com carinho

Kátia Regina A farmacêutica Kátia Regina Koerich, tia Koerich, de 51 anos, tem carinho especial pela sobrinha Mayara. “Quando criança, a Mayara ficava bastante na minha casa para a Magda estudar”, lembra. Kátia é irmã da Magda, mãe da Mayara e única tia. Ela mora em Petrolândia, cidade a 160 quilômetros de Florianópolis. Mayara e a tia costumam se ver com frequência nas festas de família e a jovem é sempre muito carinhosa. “Ela sempre chega e diz com os braços abertos: tia, que saudade, eu te amo”, emociona-se. Para a tia, Mayara é uma pessoa determinada, batalhadora e merece realizar os sonhos que programou. A farmacêutica considera que ela e o Gabriel formam um lindo casal e que, com certeza, serão muito felizes juntos.

O importante de tudo é que vocês assumam o compromisso com a felicidade. O restante, as dificuldades que vierem serão superadas, se vocês estiverem juntos.

Marco Aurélio Thiesen Koerich, tio

13 Revista Personalize Casamento


Sobre o casal | Outros familiares

Gabriel é a alegria dos parentes Avó, prima e irmã contam sobre a convivência com o jovem Foto: Dauana Fotografias

Avó paterna tinha carinho especial pelo neto

Desejo que seus sonhos se concretizem, que consigam alcançar aquilo que almejam, sempre respeitando um ao outro, com dignidade e amor

Marlene Di Bernardi Milis, avó

Marlene Di Bernardi Milis, de 76 anos, avó paterna do Gabriel, tinha especial carinho pelo neto. Ele e a prima Nathalia passaram a infância e parte da adolescência na companhia da avó, que morava no Centro de Florianópolis. “Ele sempre foi uma criança saudável e feliz, que gostava de brincar de skate pela rua”, afirmou. Marlene é mãe de Volney Milis, pai do Gabriel. Ela disse amar muito o neto e desejar a realização de todos os sonhos dele. “Eu sei que ele é e será muito feliz porque é uma boa pessoa e estará sempre em meu coração”, destacou. Quanto à Mayara, Marlene também ressaltou que ela é muito simpática e sabe que fará o Gabriel muito feliz. Infelizmente, Marlene não chegou a participar do casamento do neto. Internada em 1º de maio no Hospital Caridade, em Florianópolis, em decorrência de infarto e edema pulmonar, ela não resistiu e morreu no domingo, 22, seis dias antes do casamento. A entrevista com Marlene foi realizada em abril de 2016 e durante toda a conversa demonstrou o grande amor que sentia pelo Gabriel e o apreço que tinha pela Mayara. Quando estava internada no hospital, fez questão de dizer aos familiares que o casamento não deveria ser adiado mesmo que ela partisse. A vontade dela foi respeitada.

14 Revista Personalize Casamento


Foto: Reprodução Facebook

Biel e May, amo muito vocês. Vocês se acharam na vida, isso é lindo! São um casal lindo que admiro muito. Desejo um futuro de muito amor e compreensão, que cresçam juntos e se apaixonem diariamente. Estou longe, porém sempre pensando em vocês e mandando boas energias. Um beijo com carinho da prima e irmã, Taia

Nathalia admira Gabriel e o considera irmão A designer gráfica Nathalia Milis, de 27 anos, é muito próxima do primo Gabriel desde criança. Os dois moravam no mesmo terreno onde ficava a casa da avó de ambos, Marlene Di Bernardi Milis, no Centro de Florianópolis. Os dois viveram com a avó na infância até parte da adolescência. Atualmente, os primos não se veem com tanta frequência porque Nathalia mora em Berlim, na Alemanha, para onde se mudou há três anos. Mas, sempre que pode, ela volta ao Brasil para rever os familiares. “Lembro-me com saudade e carinho de nossa época de infância juntos. Nós brincávamos de teatro e nos apresentávamos para a nossa avó”, recorda-se. Nathalia conta que eles estudavam na mesma escola, a São José e mais tarde, no Coração de Jesus, ambas em Florianópolis. “Íamos para a escola e almoçávamos juntos. Nós nos divertíamos muito”, diz. Depois, ele se mudou para outro bairro e ela também, mas mesmo assim os primos saíam juntos para shows, dentre os quais o Planeta Atlântida. Eles davam muitas voltas juntos acompanhados do cachorro dela, o Argos. A designer afirma que gosta muito da companhia do Gabriel e da Mayara. “Ela é uma pessoa incrível, esforçada e dedicada e gosta muito de crianças. Ela fez muito bem ao Gabriel que está muito centrado e feliz”, ressalta.

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Nathalia Milis, prima

Irmã diz que ele é carismático e comunicativo A corretora financeira Juliana Milis Soares, de 32 anos, considera o irmão Gabriel engraçado, comunicativo, divertido e muito ligado à família. Juliana é a mais velha dos três irmãos. Além de Gabriel, há Francisco, de 22 anos. “Nós nos damos muito bem desde crianças”, ressalta.

15 Revista Personalize Casamento


Sobre o casal | Outros familiares

Espero que a união de vocês seja muito feliz, forte o suficiente para enfrentar qualquer dificuldade que aparecer no caminho. Que haja sempre muita paz, respeito e companheirismo. E nós estaremos aqui acompanhando, torcendo e vibrando com vocês e participando dessa história com muito carinho e amizade. Onde há amor, há felicidade. Parabéns aos noivos e que a vida do casal seja iluminada sempre!

Foto: Galeria Leonardo Correia

Mayara e Gabriel com as sobrinhas dele, as lindinhas Malu e Lorena.

Juliana Milis Soares, irmã

Juliana conta que ela e Gabriel sempre foram muito amigos. Dentre as boas lembranças sobre ele, Juliana destaca o período da infância em que dividiam o mesmo quarto. “Tínhamos o guarda-roupa e o criado mudo em comum, era tudo misturado e bagunçado”, relembra com bom humor. “Nós brincávamos muito juntos: de bola, de roller, de bicicleta, de skate…”

Travessura O skate foi motivo de situação inusitada vivida no início da adolescência do Gabriel, quando ele tinha 12 anos. Juliana conta que numa madrugada, os pais deles ouviram barulho estranho no portão e foram espiar pela janela, achando que a casa estava sendo assaltada. “Na verdade, eles flagraram o Gabriel fugindo de casa para andar de skate com os amigos pelas ruas do Centro. Antigamente,

isso era possível, mas hoje em dia é perigoso”, diz. Juliana afirma que, a partir daquela madrugada, os pais descobriram que o Gabriel havia feito isso outras vezes. Juliana ressalta que o irmão sempre teve o espírito livre, independente e que é muito divertido estar na companhia dele. “Eu lembro dele fazendo piada ou coisas engraçadas. Ele gosta de fazer imitações e faz todo mundo rir nas festas em família”, diverte-se. A corretora financeira tem duas filhas, a Maria Luiza (Malu) e a Lorena. “O Gabriel ama as sobrinhas e gosta de brincar com elas. As meninas o adoram”. Mayara também gosta das meninas e curte estar com elas. Juliana diz que está muito feliz que o Gabriel tenha encontrado uma pessoa tão sincera, bacana e companheira quanto a Mayara. “Os dois se complementam e com certeza serão muito felizes juntos”, finaliza.

16 Revista Personalize Casamento


Sobre o casal | Vida a dois

Conheça a história de amor do casal

Ilustração: Júlia Back

Mayara e Gabriel começaram a namorar a partir do empurrãozinho de um amigo em comum e estão juntos há seis anos

17 Revista Personalize Casamento


Sobre o casal | Vida a dois

Ilustração: Sandro Zambi

Praia da Daniela foi primeira moradia juntos Eles decidiram sair de casa no dia do aniversário da Mayara, em janeiro. “Eu morava numa edícula nos fundos da minha casa e a Mayara estava direto lá comigo. Aí, nesse dia resolvemos ir para a casa dela na Praia da Daniela. Pegamos um pouco das nossas coisas e fomos para lá”, conta Gabriel. Depois de um tempo, eles se mudaram para o Bairro Itacorubi, onde vivem até hoje.

Animais de estimação são os xodós

Fotos: Arquivo pessoal

O coelho Sushi passeia pela sala e se esconde no lugar preferido: embaixo do sofá. Ao mesmo tempo, as três calopsitas, Pio, Lupita e Galego exibem a beleza e a plumagem à vontade no quarto do casal. Os bichinhos de estimação vivem com a Mayara e o Gabriel no apartamento deles no Bairro Itacorubi em Florianópolis, e são a alegria dos dois. O cachorro Bandit, o lindo e simpático pitbul, também faz parte da família, mas vive na casa dos pais do Gabriel, no Bairro Córrego Grande, na Capital, porque é muito sapeca e grande para morar em apartamento.

Eles “conversam” com os bichinhos Gabriel gosta muito dos bichinhos, mas os pássaros são os prediletos. “Eu teria muitos outros, mas aqui não tem espaço”, sorri ao receber uma carinhosa bicada do Pio no ombro. Com um ano, é o único que vai no colo. Lupita e Galego preferem a companhia deles a distância. “O Pio grita com frequência porque quer sempre estar perto da gente”, derrete-se Mayara. Ela também é cheia de amores pelo coelho, que mais parece um gato de tão fofo e peludo. Mayara conta que Sushi dormia com ela quando ainda morava com a mãe, Magda. “Ele tem três anos. Pesquisei na internet sobre animais para apartamento e a indicação é de que coelhos são ótimos, e são!” Sushi costuma desfilar sua fofura pela casa, mas prefere mesmo é o cantinho embaixo do sofá.

Gabriel e Mayara estão juntos há seis anos e já viveram diferentes momentos ao lado um do outro.

18 Revista Personalize Casamento


http://opn. to/a/mLX0D Curta a história de amor em formato de animação

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Parte da família

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

O casal diz que “conversa” com os bichos como se fossem gente. “Eles são parte da família e como toda família, a gente briga com eles às vezes”, diz Mayara. E brincam muito também. O Bandit, de quem sentem saudade, visitam com frequência. “Os nossos animais são nossos xodós”, resume Gabriel.

Foto: Arquivo pessoal

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

http://opn.to/a/NQsNa Veja qual a importância da família para o casal

19 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia

Sobre o casal | Padrinhos e Madrinhas

Queridos amigos, estou torcendo muito pela felicidade de vocês. Acompanhei todos os momentos desde o início do relacionamento e sempre disse que daria certo! Vocês combinam muito um com o outro e tenho certeza de que estarão comprometidos com a felicidade em comum. Um beijo no coração.

Elas se conheceram durante a Faculdade de Fisioterapia em Florianópolis

A

fisioterapeuta e nutricionista Ana Letícia Melchioretto, de 27 anos, conheceu a Mayara durante o período em que as duas frequentaram o curso de Fisioterapia na Faculdade Estácio de Sá em Florianópolis. “Fui fazer um trabalho da faculdade na casa dela e a empatia entre nós foi imediata. Nunca mais nos desgrudamos”, conta. De lá para cá, as duas tornaram-se muito amigas e Mayara a convidou para ser uma das madrinhas do casamento. A fisioterapeuta ressalta que ficou muito feliz. “É uma honra participar deste momento tão importante na vida deles”, afirma. Ana Letícia e Mayara se veem ao menos uma vez por mês em festas e encontros entre amigos e conversam pelo WhatsApp uma vez por semana. “Eu gosto muito da Mayara. É uma pessoa doce, verdadeira e de boa energia”, afirma. Para o Gabriel, ela só tem elogios. “Ele é carismático, engraçado e muito amigo”, finaliza.

20 Revista Personalize Casamento

Foto: Arquivo pessoal

Ana Letícia Melchioretto

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Ana Letícia e Mayara são amigas há 10 anos


Foto: Reprodução Facebook

Caroline considera-se alma gêmea de Mayara As duas conheceram-se na faculdade de Fisioterapia em 2005 e mantêm a amizade, apesar da distância física

A

amizade entre a fisioterapeuta Caroline Mattos de Medeiros e a Mayara resiste ao tempo e a distância. Caroline mora em Orlando nos Estados Unidos, mas as duas conversam com frequência pelo Whatsapp. Ambas frequentaram o curso de Fisioterapia na Faculdade Estácio de Sá em Florianópolis. Caroline lembra que nos primeiros dias de aula na faculdade elas não simpatizaram uma com a outra. “Nós tivemos que fazer atividade de aula juntas e acabamos brigando. Mas, depois de alguns dias a Mayara me enviou uma mensagem e nós nos acertamos”, afirma Caroline. Durante o início da convivência, elas descobriram coisas em comum, dentre as quais a de que fazem aniversário no mesmo dia. “Nós duas somos muito parecidas. Somos sinceras, companheiras e amigas. Gostamos de resolver os problemas, ajudar as pessoas, principalmente as crianças”, afirma. Quando as duas moraram um tempo longe da casa dos pais, uma dava apoio para a outra. Caroline destaca que por meio da Mayara conheceu o Gabriel e também o considera um bom amigo. Ela acompanhou o namoro desde o início e sente-se feliz com a união deles. “Gabriel sempre foi muito animado, alegre, gosta de ficar entre os amigos e é excelente companheiro para a Mayara. Os dois são e serão ainda mais felizes na vida juntos”, ressalta. Caroline foi convidada para ser madrinha, mas por morar em outro país não conseguiu comparecer ao casamento.

Oi, amigos. Aqui é a madrinha Carol. Parabenizo vocês neste momento tão especial que estão passando. Quero desejar muito amor, felicidade, cumplicidade, que os sonhos de ambos permaneçam unidos para serem realizados e concretizados. Que esta nova vida seja só de amor, paz e alegria. Obrigada por eu fazer parte desta história, mesmo que aqui de longe. Meu coração e pensamento estão com vocês. Eu amo muito vocês. Beijão!

Caroline Mattos de Medeiros

Fotos: Arquivo pessoal

21 Revista Personalize Casamento


Os caminhos que trilhamos juntas nos fazem ter ótimos momentos para serem lembrados. Mayara, você participou dos melhores anos da minha vida e os mais importantes também. Não poderia ser diferente hoje, partilhar da felicidade que é o seu casamento, dessa união que tanto lhe faz bem, dos muitos sonhos que conquistarão juntos! Desejo que vocês continuem assim como são: alegres, companheiros, incentivadores um do outro. É com muito carinho que abençoo este casamento. Um grande beijo da Dinda.

Amigas em comum apresentam Cristiana à Mayara A amizade entre as duas teve início no fim da adolescência e está fortalecida até os dias atuais

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Cristiana Prates

Foto: Galeria Leonardo Correia

Sobre o casal | Padrinhos e Madrinhas

A

Foto: Arquivo pessoal

madrinha Cristiana Prates, de 33 anos, iniciou a amizade com a Mayara quando foi apresentada por amigas em comum, dentre elas a Elaine Cristina Gonçalves Borges, quando ainda eram adolescentes. A empatia foi imediata. Ela conta que ambas costumavam passar horas conversando e por ser um pouco mais velha, Mayara já buscou conselhos dela em diversas situações e revela: “Sinto-me a irmã mais velha dela. Ela costuma ouvir e ponderar sobre minhas opiniões”. Cristiana afirma que as duas aprenderam juntas a brindar a felicidade e abraçar as tristezas. “Acompanhar o crescimento dela sempre me fez crer na vontade que ela tem de vencer”, ressalta.

22 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia

Elaine e Mayara convivem há 13 anos Ambas estudavam na mesma escola e na fase adulta moraram um tempo juntas

Quero expressar toda a minha admiração e orgulho por fazer parte dessa história. Agradecer esse convite especial para ser madrinha de casamento e dizer que mais do que madrinha, sou amiga, conselheira e admiradora desse amor. Só quero desejar o melhor para vocês, felicidade plena. Torcer por vocês é sempre uma grande alegria e privilégio para mim. Que vocês possam desfrutar essa vida a dois da melhor maneira possível. Sinceros votos de felicidades de quem ama muito vocês.

Elaine Cristina Gonçalves Borges

Foto: Arquivo pessoal

A

amizade entre a Mayara e a produtora de eventos Elaine Cristina Gonçalves Borges, de 28 anos, existe há 13 anos. Ambas estudavam na mesma escola quando eram adolescentes e, com o tempo, o vínculo entre elas foi fortalecido. Elaine conta que as duas viveram juntas muitas situações engraçadas e divertidas ao longo dos anos. A amiga da Mayara destaca que uma das passagens engraçadas foi no dia em que as duas e outro amigo de ambas, o Victor César Missan Ferreira, foram à locadora e ficaram mais de meia hora para decidir qual filme iriam assistir. “Demoramos a chegar a uma conclusão porque cada um queria ver um estilo e escolhemos um filme que nem entendemos direito”, conta rindo. Baladas, praias, shows e outros eventos estão entre as atividades de lazer que as duas dividem. “Já passei muitas festas de fim de ano com a família dela”, relembra. A produtora de eventos diz que a amizade entre elas sempre foi muito sincera e que durante um tempo moraram juntas num apartamento no Bairro Estreito, em Florianópolis. “Havia brigas, claro, mas coisas normais de meninas”, confidencia. Depois, cada uma partiu para outros projetos, mas a amizade manteve-se firme. Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

23 Revista Personalize Casamento


Ela e a noiva são primas, estudaram na mesma escola em Florianópolis e conviveram muito durante a infância

A

médica ginecologista e obstetra Elisa Koerich, de 30 anos, participa da vida da Mayara desde a infância. As duas são primas e estudavam juntas na Escola da Ilha, em Florianópolis. Ambas almoçavam e faziam as atividades escolares juntas. “Temos uma ligação desde criança. Sempre gostamos uma da outra”, diz. Elisa foi uma das oito madrinhas. Nem a distância separa as primas. A médica foi morar em Balneário Camboriú, mas ambas costumam se falar com frequência. “A tecnologia facilitou muito a comunicação”, pondera. O WhatsApp é a ferramenta mais utilizada para as conversas entre elas. Elisa considera a Mayara maravilhosa, de bom coração e transparente. “Pode-se contar com ela para tudo. A Mayara é uma pessoa muito especial para mim”, derrete-se. Sobre o Gabriel, Elisa afirma que ele completa a Mayara, é companheiro e gente boa. “Os dois formam um lindo casal”, finaliza.

24 Revista Personalize Casamento

Elisa Koerich Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Elisa considera Mayara emotiva e especial

O amor entre vocês será fortalecido com o tempo, basta que nunca se esqueçam de cultivá-lo e de cuidar um do outro. Eu sempre apostei neste amor e tenho certeza de que será para sempre. O que desejo é felicidade, saúde e que os sonhos de vocês dois juntos se concretizem. Beijos, com carinho.

Foto: Arquivo pessoal

Foto: Galeria Leonardo Correia

Sobre o casal | Padrinhos e Madrinhas


Foto: Galeria Leonardo Correia

Curso de Fisioterapia une Juliana e Mayara Elas são amigas há 10 anos e se conheceram durante a faculdade

A

Quero desejar do fundo do meu coração que vocês consigam realizar todos os sonhos, que consigam ter os filhos que desejam e que saibam cultivar este amor que é tão bonito e tão puro. Muita luz, saúde e harmonia para este casal que amo tanto. Beijos, da amiga e madrinha.

Foto: Arquivo pessoal

Juliana Martins Souza

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

fisioterapeuta Juliana Martins Souza, de 28 anos, é amiga da Mayara há 10 anos. Elas se conheceram durante o curso de Fisioterapia, na Faculdade Estácio de Sá em Florianópolis. Juliana conta que a formatura foi algo bastante marcante na vida delas. “Queríamos muito nos formar e amamos a profissão, então foi um dia muito emocionante”, destaca. Por terem a mesma profissão, elas indicam pacientes uma para outra e mantêm amizade harmoniosa e saudável. A fisioterapeuta afirma que ela e Mayara já participaram de viagens de trabalho juntas para Itajaí e São Paulo. “Procuramos nos ver com frequência quando nossas agendas permitem. Senão, mantemos conversas pelo WhatsApp para sabermos um pouco o que cada uma anda fazendo”, diz. Juliana considera-se feliz pela relação entre a Mayara e o Gabriel e destaca que ele é bacana, alegre, positivo e faz muito bem a ela. “Eles se completam e serão muito felizes juntos”, conclui. A amiga diz ter ficado muito feliz com o convite para ser madrinha de casamento.

25 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia

Sobre o casal | Padrinhos e Madrinhas

Mayara é sincera, diz amiga Mariza Elas se conhecem há seis anos e a amizade é de cumplicidade entre as duas

A

Foto: Arquivo pessoal

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

psicóloga Mariza Gabriela Santos Leal, de 29 anos, é amiga da Mayara há seis anos. Por coincidência, a irmã gêmea da Mariza, Ana Carolina e a Mayara estudaram juntas na adolescência no Colégio Catarinense, em Florianópolis. Mas foi mais adiante, na vida adulta que Mariza e Mayara se aproximaram e iniciaram a amizade. A madrinha diz que a amiga é muito sincera, fala o que pensa e é muito sociável. “Eu quero sempre estar ao lado dela, é uma pessoa incrível”, afirma. A psicóloga diz considerá-la irmã e sabe que pode contar com ela em todos os momentos. “Nós temos muita cumplicidade, conversamos sobre nossas rotinas, nos falamos o tempo todo”, diverte-se. Ela diz estar muito feliz por ter sido convidada para ser madrinha do casamento e que se sentiu honrada. Mariza namora João Roberto Carlotto, amigo da Mayara e do Gabriel de longa data. Com frequência, os dois casais divertem-se juntos: vão a bares ou a shows musicais.

May e Biel, sou muito grata por tê-los como melhores amigos e é uma honra fazer parte da história de vocês. Desejo uma vida repleta de alegrias, companheirismo e reciprocidade. Contem sempre comigo. Amo muito vocês. Beijos.

Mariza Gabriela Santos Leal

Em outras ocasiões, enquanto os rapazes saem para surfar, as duas ficam tomando banho de sol. Ela diz que assim como o Gabriel, também é engraçada e gosta de divertir a turma com suas palhaçadas. “Nas festas, enquanto o Gabriel toca violão, eu gosto de cantar. Então, a gente forma a dupla da bagunça”, sorri. Dentre as diversas situações engraçadas vividas pelos quatro, Mariza conta sobre um fim de semana em que foram à casa de Mayara na Praia da Daniela, em Floripa. “Lá estávamos com o cachorro deles, o Bandit e estávamos com fome. Resolvemos fazer churrasco, mas nos distraímos com a conversa dentro de casa e quando vimos o cachorro havia abocanhado a carne”, ri. “Tivemos de inventar outra coisa para comer, mas rimos demais”, conclui.

26 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia

Desejo que vocês sejam felizes: hoje, amanhã e sempre. Que consigam alcançar os sonhos almejados. Estarei sempre aqui, torcendo por vocês, para que dê tudo certo. Beijos, com carinho!

Nicolli Turnes

Nicolli e Mayara divertem-se na academia Amigas há cinco anos, elas frequentam as aulas de Muay Thai no Bairro Itacorubi em Florianópolis

A

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Foto: Arquivo pessoal

administradora Nicolli Turnes, de 29 anos, é amiga da Mayara há cinco anos. As duas combinaram de ir juntas à academia, que fica no Bairro Itacorubi em Florianópolis. “Vamos juntas porque assim uma dá força para a outra”, diz. Elas fazem aulas de Muay Thai. “Além de ser divertida, a atividade queima bastante energia”, afirma. Nicolli é noiva de Daniel Cardoso, amigo do casal e também padrinho do casamento. “Ficamos muito felizes com o convite para sermos padrinhos. Este é um momento muito especial na vida deles”, comemora. Os quatro saem juntos para bares ou fazem churrasco em casa. Ela destaca que Mayara é excelente amiga: sincera, querida e especial. Para Nicolli, Gabriel também tem inúmeras qualidades, dentre as quais o bom-humor. “Ele é muito engraçado, a gente sempre ri e se diverte muito na companhia dele”, sorri.

27 Revista Personalize Casamento


Sobre o casal | Padrinhos e Madrinhas

Claudio e Gabriel são amigos desde a infância Ambos moravam no Centro de Florianópolis e costumavam brincar juntos Foto: Galeria Leonardo Correia

O

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

bacharel em Direito Claudio Luft, de 30 anos, padrinho do casamento, é amigo do Gabriel desde os tempos de criança. “Nossas famílias eram vizinhas e praticamente crescemos juntos”, recorda-se. Ambos moravam no Bairro Centro em Florianópolis e costumavam brincar juntos. Dentre as atividades estavam skate e bicicleta. “Era um período de muita diversão e brincadeira”, relembra. A adolescência também foi marcada por muita alegria e diversão entre os amigos. “A casa do Biel era como minha segunda casa devido ao tempo que passávamos juntos”. Os dois só deixaram de se ver com frequência quando Claudio foi viver nos Estados Unidos, onde ficou por seis anos. “Mesmo assim, mantínhamos contato”, afirma. Desde que voltou de lá, os dois reúnem-se para assistir a lutas de UFC, futebol e tomar umas cervejinhas. Claudio conheceu a Mayara por intermédio do Gabriel e a considera amiga também. “Ela é excelente companheira, o ajuda e lhe dá suporte em tudo. Os dois são perfeitos um para o outro”, diz. Quanto ao Gabriel, Claudio o considera ótimo amigo, uma pessoa ímpar. “Ele é muito brincalhão e é impossível não rir com ele”, diverte-se.

Tenho muito orgulho de fazer parte da vida de vocês. Eu admiro o amor entre vocês e desejo felicidade, saúde e mais amor. Sigam sempre o caminho da amizade e do respeito.

Claudio Luft

28 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia

Paixão pelo skate une Daniel Cardoso e Gabriel

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Os dois se conhecem desde a infância e são próximos até os dias atuais

O

Foto: Arquivo pessoal

advogado Daniel Cardoso, de 31 anos, é amigo do Gabriel desde quando ambos eram crianças. Eles moraram na Rua Hermann Blumenau, no Centro de Florianópolis, e costumavam brincar juntos pelas redondezas do bairro. Daniel afirma que os dois são amigos até hoje e costumam se ver com frequência. Em comum, eles têm a paixão pelo surfe e o skate. “Costumamos surfar juntos de vez em quando”, diz. Ele considera o Gabriel gente boa, piadista e divertido. Na opinião dele, Mayara também é uma pessoa muita alegre e divertida e os dois combinam muito bem juntos. Daniel é noivo de Nicolli Turnes, uma das madrinhas do casamento. Os casais encontram-se com frequência para se divertir.

Espero que vocês possam viver muitos e muitos anos juntos, cercados de amor e harmonia. Felicidade é o que vocês merecem.

Daniel Cardoso

29 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia

Sobre o casal | Padrinhos e Madrinhas

Desejo que sejam muito felizes e que o casamento perdure até o fim de suas vidas.

Daniel Mario Vieira

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Daniel Vieira e Gabriel são amigos de infância Os dois eram vizinhos quando moravam no Centro de Florianópolis

O Foto: Galeria Leonardo Correia

amigo e padrinho do casamento Daniel Mario Vieira conheceu o Gabriel ainda na infância. Os dois conviviam muito quando moravam na Rua Hermann Blumenau, no Centro de Florianópolis. Daniel diz que os dois estudaram juntos em dois colégios diferentes: no Coração de Jesus e mais tarde na Escola São José, ambas em Floripa. Atualmente, Daniel, que é DJ, não mora mais em Florianópolis, mas ele e o casal costumam se ver sempre que a agenda de trabalho dele permite. “Quando é possível, eles vão me ver tocar”, diz.

30 Revista Personalize Casamento


Gosto pelo skate une Felipe e Gabriel Foto: Galeria Leonardo Correia

As boas lembranças estão relacionadas ao esporte, praia e churrasco na casa do noivo

É com muita honra e orgulho que aceitei ser padrinho do casamento de vocês. Eu acredito nesse amor e tenho certeza de que o tempo o deixará ainda mais forte. Sou muito feliz por ter a amizade de vocês e só desejo que tenham felicidade e consigam realizar os seus desejos. Grande abraço.

Felipe Tavares Kruel

O

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

personal trainer Felipe Tavares Kruel conheceu o Gabriel na escola durante a adolescência. Os dois saíam com a mesma turma para andar de skate e a amizade entre eles se intensificou a partir do gosto comum pelo esporte. Dentre as boas lembranças que Felipe tem do amigo está o tempo dedicado ao skate e à praia. “Mesmo que não fôssemos para surfar, íamos dar uma volta com a rapaziada”, conta. O personal trainer destaca ainda que houve época em que se divertiam tocando violão e guitarra. “Com certeza, foi um período muito bom da vida”, lembra. Fins de semana com churrasco ou peixe estavam entre os momentos de lazer.

31 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia

Sobre o casal | Padrinhos e Madrinhas

Desejo que vocês sejam muito felizes no casamento e que tenham sucesso pessoal e profissional. Vocês foram feitos um para outro, um complementa o outro. Vocês são meus melhores amigos e desejo toda a felicidade do mundo para vocês.

João Roberto Carlotto Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

João Roberto e Mayara: irmãos de coração Ele é amigo da noiva desde criança e a amizade estreitou com o passar dos anos

O

Foto: Arquivo pessoal

personal trainer João Roberto Carlotto, de 28 anos, conheceu a Mayara quando ambos estudavam juntos na Escola da Ilha em Florianópolis durante a pré-escola e tornaram-se muito amigos. Ele foi um dos sete padrinhos do casamento. João conta que eles iam muito na casa um do outro. Participavam juntos das festinhas do colégio e se viam nos fins de semana para se divertir à beira da piscina ou brincar com os cachorros. Os encontros normalmente eram na casa da Mayara. Houve um tempo em que a Mayara trocou de escola, mas os dois não deixaram de se ver. “Frequentamos a mesma escola de natação”,

recorda-se. Mais tarde, eles se reencontraram no Colégio Tendência, também em Florianópolis, durante o ensino médio. Nesse período, a amizade estreitou ainda mais. “A Mayara é uma pessoa do bem, persistente e impulsiva. Ela é a minha melhor amiga, é como se fosse uma irmã para mim”, afirma. Sobre o Gabriel, o personal trainer só tem elogios. “Ele tem se empenhado muitos nos estudos para realizar o sonho de ser piloto de avião, é muito divertido e bem-humorado”, destaca. João namora Mariza Leal, uma das madrinhas. Os dois saem juntos com a Mayara e o Gabriel para momentos de lazer.

32 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia

Desejo a vocês felicidade, que estejam sempre juntos. Sejam muito sinceros, tenham muita compreensão e respeito um com o outro. Abraços, com carinho do amigo e padrinho.

Tiago de Oliveira Custódio

Tiago é amigo do casal há 10 anos Ele se considera cupido por ter incentivado o namoro

O

empresário Tiago de Oliveira Custódio, de 31 anos, cultiva a amizade com a Mayara e o Gabriel há 10 anos. “Eu os conhecia separadamente. Fui a uma festa com o Gabriel, ele ficou conversando com a Mayara e a partir dali eles começaram a história de amor deles”, conta. Tiago mora no Bairro Ribeirão da Ilha em Florianópolis e não vê o casal com tanta frequência. Mas, sempre que possível, eles se encontram para colocar o papo em dia. Ele afirma que ficou muito feliz por ter sido convidado para ser padrinho do casamento. “É emocionante e me sinto honrado”.

33 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia

Sobre o casal | Padrinhos e Madrinhas

Victor torce pela felicidade do casal Os encontros com a Mayara e o Gabriel são sempre divertidos

Desejo que sigam o caminho do coração, sempre com bom humor e felicidade. Espero que consigam realizar os sonhos de vocês e que sejam muito felizes. Obrigado por me deixarem fazer parte da vida de vocês. Abraços!

amigo do casal, Victor César Missan Ferreira, de 32 anos, acompanha o relacionamento entre a Mayara e o Gabriel desde os tempos de namoro. Ele conheceu primeiro a Mayara, mas a amizade do Victor com o Gabriel também surgiu rapidamente por causa da empatia entre eles. “O Biel é engraçado, extrovertido e piadista, uma figura”, diz bem-humorado. Para ele, Mayara é tímida, séria e dedicada. “Os dois formam um casal bonito, eles se completam e se entendem muito bem”, elogia. Victor diz que ficou muito feliz com o convite para ser padrinho. “Fiquei muito satisfeito por ter sido escolhido para este momento tão especial na vida deles”, diz. Victor conta que ele e o casal se veem habitualmente e as festas são sempre uma gostosa bagunça. “O Biel faz paródias de músicas e canta nas festas de família, os encontros com eles são sempre muito divertidos”, sorri.

Victor César Missan Ferreira

34 Revista Personalize Casamento

Foto: Arquivo pessoal

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

O


Casamento na Colômbia | O Caribe

Foto: Jairo Ruiz

Casal aproveita férias no caribe e reforça a união Mayara e Gabriel viajaram para San Andrés, a 700 quilômetros da costa da Colômbia, em dezembro de 2015

A

Ilha de San Andrés, a 700 quilômetros da costa da Colômbia, foi o paradisíaco cenário escolhido pela Mayara e o Gabriel para concretizar o amor entre eles. Numa cerimônia simples, de frente para o inconfundível mar de sete cores, eles se casaram, tendo como testemunhas Lara, irmã, e Magda, mãe da Mayara. As várias ilhotas existentes no lugar ficam em águas com variados tons de azul, por isso a região recebeu o apelido de Mar das Sete Cores. Foi nesse ambiente tranquilo, de paisagens deslumbrantes e gastronomia baseada em lagostas, caramujos e caranguejos que eles disseram “Sim” um para o outro e aceitaram vivenciar juntos o amor. O casamento ocorreu durante as férias do casal e a praia escolhida para a celebração foi a Spratt Bright, umas das muitas existentes na Ilha. “Decidimos tudo aqui, mas foi lindo e perfeito”, emociona-se Mayara.

35 Revista Personalize Casamento


Casamento na Colômbia | O Caribe

Casal participou de bela cerimônia à beira-mar, que incluiu o simbolismo da areia.

Fotos: Jairo Ruiz

O casal gostou muito e considerou a cerimônia bonita. Foi realizada a simbologia da areia: o cerimonialista pediu que cada um dos noivos despejasse areia colorida num pote, que formou um desenho único, o que representa a união dos recém-casados. Também foi pedido para que eles jogassem pedras na água, com pedidos para abençoar o casamento.

Lugar de belas praias e paisagens Durante o tempo em que permaneceu lá o casal aproveitou para curtir as belas paisagens. Foram 18 dias de férias. Eles visitaram várias praias. O Gabriel, por exemplo, mergulhou com tubarões. Mayara preferiu não arriscar e ficou com a mãe e a irmã curtindo à beira-mar. Eles ficaram hospedados numa pousada nativa, em que os proprietários também moram. Todos os dias eles saíam de bugue para conhecer uma praia diferente.

36 Revista Personalize Casamento


Local possui mistura cultural A mistura de culturas deu origem a identidade única ao povo local, descendente de corsários e ingleses. A maioria das pessoas domina melhor o inglês que o espanhol. Além disso, eles falam o creole, a língua franca, que mistura inglês e francês. San Andrés ainda se destaca como um paraíso de compras. A ilha desfruta da condição de zona franca, com muitos produtos importados, como bebidas, eletrônicos e perfumes. Com apenas 26 quilômetros quadrados de extensão, San Andrés é a maior e principal ilha do arquipélago de mesmo nome.

Fotos: Jairo Ruiz

A orla de areias brancas possui praias paradisíacas, com destaque para Rocky Cay, Path Way, San Luis e Acuario. Cercadas por arrecifes de corais, oferecem fauna e flora diversificadas e são um convite aos mergulhadores. Mayara diz que a estrutura oferecida no lugar é um pouco precária. Não há água quente no chuveiro, só água gelada de poço, as cidades e as casas são pequenas e a infraestrutura não é tão adequada para receber os turistas. “Mas, mesmo assim, nós aproveitamos bastante. Conhecemos um lugar diferente e ainda nos casamos lá”, diz Gabriel. Mayara conta que todos os dias são de sol. “O inverno deles é o vento, há pouquíssima chuva”, explica.

Casal curtiu o Caribe ao lado de Lara, irmã e Magda, mãe da Mayara.

37 Revista Personalize Casamento


Fotos: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Preparativos | Feito à mão

Buquê de Santo Antônio produzido com carinho

A

Maria Goreti Milis, mãe do Gabriel, fez os bonequinhos de feltro artesanalmente

tradição de jogar o buquê da noiva às convidadas solteiras teve toque especial e pessoal na festa da Mayara e do Gabriel. O buquê, feito com bonequinhos que representam Santo Antônio, foi produzido artesanalmente pela Maria Goreti Milis, mãe do Gabriel. Ela se dedicou a produzir os bonequinhos com moldes que buscou na internet e aperfeiçoou. O buquê de feltro foi cortado, costurado e colado. “Fiz com muita dedicação e carinho. Espero que dê sorte para quem o pegar”, sorri.

Curiosidade: O santo tem a fama de ser o intercessor dos solteiros que buscam a felicidade no casamento. A crença de que ele “arranja” casamentos teve início no século 13, na Europa, quando uma jovem pediu ao então frei português Antônio de Coimbra a bênção e ajuda porque não conseguia realizar a cerimônia por ser muito pobre. O frei auxiliou a moça a conseguir o dote e o enxoval e ela se casou. O fato percorreu o mundo e, a partir daí, todos passaram a crer que o santo “arruma” casamento.

38 Revista Personalize Casamento


Fotos: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Padrinhos recebem presente artesanal Caixas de madeira contendo bebidas foram produzidas pela Magda Koerich, mãe da Mayara, com a ajuda da noiva

O

s padrinhos e madrinhas do casamento receberam presente artesanal e estilizado, especialmente produzido a pedido do casal pela Magda Koerich, mãe da Mayara, com a ajuda da noiva. O presente foi uma caixa pintada à mão contendo taça e cerveja para eles, e taça e espumante para elas. Magda e Mayara trabalharam durante 30 dias para preparar o produto e deixar com o jeitinho dos amigos especiais. Magda conta que pintou as caixas em estilo pátina provençal. Este estilo está relacionado à região de Provence, no Sul da França, e simula a ação do tempo, o que confere ao produto charmoso jeito envelhecido. A ideia foi torná-lo útil para que os padrinhos guardem os objetos que considerem convenientes. As cores escolhidas foram o azul e o rosa. A experiência no curso de pintura em pátina ajudou Magda a produzir as peças. “Foi tudo feito com muito carinho e atenção aos padrinhos e madrinhas. São pessoas especiais na vida do casal, que merecem esses mimos”, afirma. O acabamento incluiu fita rústica e conchinha para lembrar o quanto o casal ama o mar. O presente foi entregue junto com o convite para o casamento durante o chá de lingerie da Mayara com as amigas e o encontro do Gabriel com os amigos.

Mensagem da Mayara e do Gabriel aos padrinhos e madrinhas “Queridos padrinhos e madrinhas, vocês foram escolhidos por nós porque fizeram parte de muitos momentos especiais em nossas vidas, seja ainda na infância, seja quando já estávamos juntos. E, por isso, são muito especiais para nós! Sem vocês, comemorar nosso amor não teria graça. Fizemos essa lembrança com muito carinho para que lembrem sempre desse nosso momento especial. Beijos, May e Biel”.

39 Revista Personalize Casamento


Preparativos | Feito à mão

Fotos: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Doçura feita com delicadeza e amor Pão de mel foi produzido em casa pela Maria Goreti Millis, mãe do noivo, a pedido do casal, para lembrancinha do casamento

O

s convidados puderam levar para casa delicada e deliciosa lembrancinha feita especialmente para o casamento pela Maria Goreti Milis, mãe do noivo. Foram produzidos 150 pãezinhos de mel de uma receita que a Maria Goreti tem há mais de quatro anos. Ela conta que a Mayara e o Gabriel optaram por esta lembrancinha por ser um produto que eles gostam muito. Além disso, foi uma forma de agradar aos convidados com algo artesanal e produzido com o carinho e atenção que todos merecem. A receita inclui ingredientes como o leite condensado, mel, canela, café solúvel e chocolate. O recheio é de leite condensado cozido. Por último, o pão de mel é coberto com generosa camada de chocolate derretido. O belo mimo foi delicadamente acomodado numa cristaleira antiga, que ficou na entrada do Espaço Ondas, na Praia dos Ingleses em Florianópolis, local onde foi realizado o casamento em 28 de maio de 2016.

40 Revista Personalize Casamento


Preparativos | Quase prontos

Ensaio para arrasar na pista de dança Casal quis surpreender familiares e amigos com coreografia diferente na festa de casamento

M

ayara e Gabriel decidiram surpreender e divertir os convidados com coreografia especial na abertura da pista de dança. Os ensaios começaram bem antes do casamento, para que tudo saísse perfeito durante a apresentação. Os momentos foram de descontração e brincadeira durante as aulas, que ocorreram no prédio onde o casal mora no Bairro Itacorubi em Florianópolis. Os noivos optaram por misturar dois estilos musicais: a tradicional valsa com o reggaetton. Este é o estilo musical com raízes na música latina e caribenha com influências da salsa, hip hop e música eletrônica. As músicas selecionadas foram a valsa Vozes da Primavera, de Johann Strauss e Ay Vamos, de Jay Balvin. A primeira música foi escolhida para dar um tom mais tradicional à dança. A segunda foi preferida por ser moderna e porque quando Mayara e Gabriel casaram-se em San Andrés, na Colômbia, em dezembro de 2015, a canção fazia muito sucesso por lá. A coreografia foi criada pelo professor de educação física Luiz Negão, de Florianópolis, que junto com o casal definiu o estilo que mais combinava com os noivos. Em oito aulas eles aprenderam a dança que foi exibida aos convidados durante o casamento. O último ensaio ocorreu dois dias antes no local do evento para tranquilizar os noivos e para que eles pudessem marcar o espaço que utilizariam para a apresentação, que foi sucesso!

Fotos: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

http://opn.to/a/Mse22 Acompanhe no vídeo como foi o ensaio da coreografia

41 Revista Personalize Casamento


Fotos: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Preparativos | Quase prontos

Mayara aprova vestido e sente-se linda! Foram feitos poucos ajustes na belíssima peça de renda com pérolas e cristais Swarovski

D

ias antes da cerimônia, Mayara foi ao ateliê da estilista Rosângela Souza, no Centro, em Florianópolis, para fazer os últimos ajustes no vestido de casamento. Ela foi acompanhada da mãe, Magda, e a visita ao local ocorreu na tarde de 19 de maio.

A noiva estava feliz porque o vestido que ela mais gostou lhe serviu, depois que ela emagreceu sete quilos e precisou de poucos ajustes. “Este é meu troféu, tenho vontade de ir embora com ele no corpo”, comemorou sentindo-se linda. O belíssimo vestido possui saia de musselina de seda, cristais Swarovski com pontos de luz, bordado com pérolas e renda guipir (de linho ou seda, com motivos em relevo, que formam arabescos). As mangas são transparentes, também com rendas. O véu é de tule francês com barrado de renda bordada. Para acompanhar, uma tiara de pérolas em semijoia.

42 Revista Personalize Casamento


Gabriel experimenta e ajusta o traje

Fotos: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Ele aprovou o terno um mês e meio antes do casamento

N

a manhã chuvosa de 11 de abril de 2016, Gabriel fez os últimos ajustes no traje do casamento. Acompanhado da mãe, Maria Goreti Milis, ele foi até a loja especializada em roupas masculinas no Centro de Florianópolis e aprovou o terno. O traje escolhido foi na cor cinza, feito de viscose e poliéster com brilho. A calça slim fit, ou seja, mais ajustada ao corpo, combinou com o modelo do paletó. Este tipo de traje é moderno e está em alta para casamento. Gabriel optou também pela gravata branca, 100% poliéster com cristais Swarosvki e camisa branca, 100% algodão. Para destacar, o noivo escolheu sapato preto de verniz com listras azuis. Ele se sentiu muito bem com a roupa, que precisou apenas de alguns ajustes.

43 Revista Personalize Casamento


Fotos: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Preparativos | Quase prontos

Teste de maquiagem tranquiliza a noiva Mayara vivenciou este momento ao lado da mãe Magda e da amiga Ana Letícia

O

teste de maquiagem e penteado é importante para tranquilizar a noiva no dia do casamento e fazer com que tudo fique perfeito. Mayara também passou por este momento de preparação para arrasar no dia especial. Acompanhada da mãe, Magda, e da amiga e madrinha Ana Letícia Melchioretto, a noiva esteve no salão Douglas&Luciano, no Centro de Florianópolis, quatro dias antes da cerimônia e ficou sob os cuidados do cabeleireiro Jonas Lapa. O cabeleireiro diz que, para a escolha do penteado e maquiagem, são levados em consideração os gostos da noiva, mas também a experiência do profissional. Para casamentos na praia, ele afirma que a escolha deve ser baseada no tipo de cabelo, para ter mais durabilidade, nos acessórios (como o véu e tiara), além de avaliar as condições de vento e umidade. O cabeleireiro informa que casamento na praia requer maquiagem mais suave, tons mais terrosos, pele mais iluminada, mas a opinião da noiva também deve ser observada. No caso de Mayara, a opção para a maquiagem seguiu esta orientação.

Como a festa do casal teria duração de 10 horas, a maquiagem precisaria de retoques no pó, blush e batom ao longo do tempo para ficar impecável até o fim da festa. Jonas foi ao casamento como convidado e também para ajudar a noiva a manter-se linda até o último convidado deixar o local do evento. Para os cabelos, a escolha foi mantê-los presos, num coque desconstruído e de camadas, que evidenciou o véu e a tiara escolhidos. “O cabelo preso dá mais durabilidade do que o solto e evita que as pessoas, ao abraçá-la, danifiquem o penteado”, conclui.

44 Revista Personalize Casamento


Convite personalizado

Fotos: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Mayara e Gabriel contaram com a ajuda da irmã da noiva, a Lara, que o deixou do jeito deles

O

convite do casamento teve toque especial da Mayara e do Gabriel. Eles decidiram elaborar o convite e personalizá-lo com o jeito deles. Para isso, contaram com a ajuda de uma das irmãs da Mayara, a Lara Koerich. O casal escolheu uma foto do casamento realizado no Caribe e a Lara trabalhou o texto. O envelope de papel pardo foi amarrado com uma cordinha de juta. Foi acrescida uma conchinha do mar para dar o toque final. Mayara e Gabriel fizeram questão de entregar o convite a todos pessoalmente. Um dos convites foi entregue carinhosamente para a avó do Gabriel, Marlene Milis. Infelizmente, ela morreu uma semana antes do casamento.

45 Revista Personalize Casamento


Preparativos | Antes do casamento

Foto: Galeria Leonardo Correia

O amor estĂĄ no ar! As fotos do prĂŠ-wedding foram feitas no hangar do aeroclube e na pista de skate, dois lugares representativos na vida dos noivos

46 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia

ensaio fotográfico do pré-wedding não poderia ter cenário mais romântico e representativo na vida da Mayara e do Gabriel: o hangar do Aeroclube de Santa Catarina – Escola de Aviação Civil, em São José, na Grande Florianópolis. As fotos foram captadas em 29 de abril de 2016, faltando exatos 29 dias para o casamento. O casal atua junto para realizar o sonho do Gabriel de tornar-se piloto comercial. Por isso os dois escolheram este tema e circularam à vontade entre as aeronaves. Eles posaram com desenvoltura e carisma para as lentes do fotógrafo Leonardo Correia, que durante uma hora buscou diversificar as cenas e captar o melhor ângulo de ambos. O fotógrafo utiliza o estilo de fotos românticas e espontâneas, priorizando o namoro e a troca de olhares entre o casal. Poses divertidas e descontraídas também integram a forma de trabalho do profissional.

“Nós curtimos e foi muito divertido. No início, ficamos meio tímidos, mas depois nos soltamos mais”, afirma Mayara. Skate é um dos esportes preferidos do Gabriel. “Também me senti à vontade porque a pista de skate é meu universo” ressalta ele. Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

O

Pista de skate foi cenário perfeito Outro cenário escolhido para as fotos também tem tudo a ver com o estilo de vida do Gabriel e da Mayara. Ambos curtem skate e a pista do Bairro Trindade em Florianópolis foi selecionada para a segunda parte do ensaio.

47 Revista Personalize Casamento


Preparativos | Antes do casamento

Evento ocorreu em 23 de abril, 34 dias antes do casamento, no salão de festas do prédio de Osvaldo Ramos, pai da noiva Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Madrinhas organizam chá de lingerie criativo

A

s madrinhas do casamento e amigas íntimas prepararam com muito carinho e dedicação o tradicional chá de lingerie para a Mayara. O chá de lingerie é encontro exclusivamente feminino em que a noiva recebe peças íntimas de presente em vez de utensílios de cozinha, conhecido como chá de panela. O evento ocorreu em 23 de abril de 2016 no salão de festas do prédio de Osvaldo Ramos,

pai da noiva, que mora no Centro de Florianópolis. As madrinhas dividiram-se nas tarefas e criaram um grupo no WhatsApp para discutir o que cada uma deveria fazer para preparar a festa perfeita. Na ocasião, Mayara aproveitou para entregar o convite e o presente estilizado produzido pela Magda, mãe dela. As meninas receberam caixa de madeira rosa contendo taça e espumante.

48 Revista Personalize Casamento


Cada uma contribuiu para deixar o chá de lingerie com o jeitinho da noiva: decoração, doces, salgados, lembrancinhas, enfeites e a organização do local da festa. A decoração foi nas cores rosa (a preferida da Mayara) e no preto (a cor de esmalte que ela mais usa). As duas cores dominaram o ambiente: balões, enfeites de mesa, lembrancinhas, caixinhas de doces, copos e canudos.

Fotos: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Doce em formato de Santo Antônio desperta interesse Foram encomendados docinhos e salgadinhos variados. Mas o destaque ficou por conta do docinho em formato de Santo Antônio, que tem fama de casamenteiro e foi distribuído às solteiras. O corpinho do santo foi feito de merengue, a cabeça de leite ninho e a coroa de cabelos de doce de leite. A guloseima foi produzida pela Marisa Martins Souza, mãe da madrinha Juliana. No dia do evento, as madrinhas chegaram cedo para preparar tudo. Encher e pendurar os balões, organizar os docinhos e salgados nas mesas, aprontar a mesa de lembrancinhas. Balões em formato de coração, adesivos de paredes com desenho de lingerie, plaquinhas divertidas e esmaltes distribuídos em lindos

pacotes presos com prendedores de roupa em miniatura atraíram a atenção das convidadas. Dentre as brincadeiras organizadas esteve o questionário sobre o relacionamento do casal e acertar as cores das lingeries. Cada vez que a Mayara errava, tinha de pagar prenda. Dentre os “pagamentos” esteve o de ligar para o Gabriel e fazer declaração de amor. O evento contou ainda com a presença de outras amigas da Mayara, além da mãe dela, Magda e das irmãs Bruna e Lara. “Gostei de tudo, foi muito divertido, perfeito e amei o resultado”, emocionou-se Mayara. Participaram dos preparativos: a amiga Renata Goss; Elisa Koerich, que é prima e madrinha da Mayara; e as madrinhas: Juliana Martins Souza, Elaine Cristina Gonçalves, Cristiana Prates, Nicolli Turnes, Mariza Gabriela Santos Leal e Ana Letícia Melchioretto. A oitava madrinha Caroline Mattos de Medeiros mora nos Estados Unidos, mas recebeu o carinho da noiva por telefone.

49 Revista Personalize Casamento


Preparativos | Antes do casamento

Padrinhos participam da despedida de solteiro Encontro ocorreu no mesmo dia do chá de lingerie da Mayara, em 23 de abril de 2016

G

abriel promoveu o encontro com amigos no mesmo dia em que a Mayara reuniu as amigas e familiares para o chá de lingerie, em 23 de abril de 2016. Os rapazes participaram de churrasco de despedida de solteiro do Gabriel na Praia da Cachoeira do Bom Jesus em Floripa. Na ocasião, Gabriel aproveitou para entregar o convite e o presente estilizado produzido pela Magda, mãe da Mayara. Os padrinhos receberam caixa de madeira azul contendo taça e cerveja. O local escolhido foi a casa de um dos padrinhos, o Victor Ferreira. Lá, a música, a diversão e a conversa rolaram soltas. “Foi divertido e gostei muito. Fazia tempo que não conseguíamos nos reunir assim”, comemora Gabriel. A festa durou das 14h às 23h. Estiveram presentes: Tiago de Oliveira Custódio, Daniel Cardoso, Victor Ferreira, João Roberto Carlotto e Claudio Luft.

Fotos: Arquivo pessoal

Presente estilizado recebido pelos padrinhos.

50 Revista Personalize Casamento


Casamento em Florianópolis | Últimos retoques

Delicadeza e sustentabilidade Foto: Galeria Leonardo Correia

Projeto de decoração incluiu uso de papel jornal, vime e renda para compor os cenários

O

s cenários da decoração do casamento atraíram olhares de admiração e surpresa dos convidados e do casal. “Nós adoramos, ficou tudo lindo do jeito que sonhamos”, emociona-se Mayara. Gabriel também elogiou a decoração e disse ter gostado muito. Os espaços foram decorados como se fossem cenários de cinema. A Neo Decor foi a empresa responsável por transformar o local do evento em ambiente aconchegante, delicado e romântico. Cada detalhe foi pensado para proporcionar conforto e bem-estar aos noivos e aos convidados, explica a sócia-proprietária Giulia Lucca Aita. O casamento foi realizado em 28 de maio

de 2016 no Espaço Ondas, na Praia dos Ingleses em Florianópolis. O casal preferiu o estilo beach cottage, que mistura objetos de praia e de campo de forma rústica, harmônica e romântica. Os tons claros foram privilegiados com a utilização de móveis brancos e em pátina. Mas as cores ganharam espaço na medida certa: azul, vermelho, amarelo e laranja estavam traduzidas nos objetos náuticos, nas flores e nas almofadas decorativas. Dentre os objetos que lembram o mar estavam: conchas, areia, sal, redes de pesca e estrelas do mar. Para retratar o campo, optou-se por materiais de madeira, vime e palha.

51 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Casamento em Florianópolis | Últimos retoques

Áreas recebem objetos em estilo ‘vintage’

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Giulia ressalta a preocupação com o meio ambiente e destaca que os objetos são sustentáveis ou reaproveitados. Uma das mesas de centro, utilizada num dos espaços, tem os pés de um fogão antigo. Os suplás (suporte para os pratos) nas mesas de jantar foram feitos com papel jornal e as placas com as orientações ou felicitações foram feitas com madeira de reaproveitamento. Outros objetos também foram usados, dentre os quais caixotes de madeira e alguns móveis de restauração. As flores também receberam tratamento especial e foram distribuídas em todos os locais. As astromélias, rosas coloridas, lisantos, mosquitinhos e flores do campo estavam em delicados vasos de vidro, envolvidos em charmosos enfeites de renda ou em robustos vasos de madeira. Gaiolas de madeira foram usadas como suporte para as flores.

52 Revista Personalize Casamento


Fotos: Galeria Leonardo Correia

Malas antigas e bicicleta Objetos antigos também integraram harmoniosamente a decoração dos ambientes. Uma bicicleta e malas antigas encontradas no lixo foram aproveitadas para enfeitar e dar um ar vintage aos espaços. Relógios antigos, mini-baús, espelhos e livros usados como suporte completaram os cenários. Vintage é algo clássico, antigo e de excelente qualidade. As plantas também ajudaram na composição: palmeiras, samambaias e mini-coqueiros enfeitaram todos os cantinhos, que ganharam mais vida com os pontos coloridos de iluminação.

Espaços aconchegantes criados para agradar No lado de fora, foram feitos vários espaços aconchegantes para que os convidados se sentissem na sala de casa. Mesas de centro e bancos de madeiras com almofadas coloridas e com rendas produzidas à mão enfeitaram os cantinhos. Uma rede de pesca foi utilizada para expor as fotos do pré-wedding do casal. Numa árvore natural foram pendurados algodão-doce, o que deu um ar gracioso e festivo ao local. Durante a festa, o algodão-doce fez a alegria das crianças.

53 Revista Personalize Casamento


Casamento em Florianópolis | Últimos retoques

Na entrada principal, charmosas sombrinhas de renda foram penduradas abertas no teto e deram um ar romântico. As sombrinhas foram feitas à mão por um artesão de Blumenau.

Vidros charmosos e enfeitados

Fotos: Galeria Leonardo Correia

Vidros com rendas e vela dentro deram o clima intimista para o jantar. Na mesa dos recém-casados havia gaiolas com velas, conchas, um mix de todos os elementos usados na decoração. Vasos com água, enfeitados com vime e mosquitinhos, estavam ao longo do corredor por onde o cortejo passou. Para a acomoda-

ção, foram colocadas cadeiras brancas para os padrinhos e familiares. Para os demais convidados, bancos de madeira. Ao lado dos bancos, foram distribuídos vasos com bola belga. Pétalas de rosas enfeitaram o caminho até o altar, que estava adornado com um belo arco de flores de bola belga e mosquitinhos.

54 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia

Objetos decoram a mesa de doces Os saborosos docinhos da festa ganharam destaque. Na entrada do espaço, uma mesa especialmente decorada para eles. As delícias foram acomodadas em cadeirinhas de balanço, baús, mini-poltronas, bandejas antigas espelhadas, caixinhas e mini-escadas de madeira. Miniaturas de avião e bicicleta integraram a decoração. Um relógio antigo também compôs o ambiente. Conchinhas do mar enfeitaram o local. Embaixo da mesa, malas antigas que deram ar vintage ao espaço. A iluminação e plantas completaram o delicioso e convidativo cenário.

As deliciosas lembrancinhas produzidas com carinho pela Maria Goreti Milis, mãe do Gabriel, ganharam destaque no casamento. O pão de mel, delicadamente embrulhado e enfeitado com conchinhas do mar recolhidas na praia durante o verão, ficou numa linda e antiga cristaleira na entrada do local do evento. A cristaleira estava lindamente decorada com enfeites diversos: conchinhas do mar, gaiolas e vasos com flores. Na porta do móvel, foram penduradas com mini prendedores de roupas coloridos fotos do casal em diferentes momentos: da infância até a vida adulta. A cada pessoa que deixava o espaço, a deliciosa lembrancinha era entregue. Gabriel e Mayara fizeram questão de personalizar o mimo a todos os convidados.

Foto: Galeria Leonardo Correia Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Cristaleira acomoda as lembrancinhas

55 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia

Casamento em Florianรณpolis | รšltimos retoques

Noiva prepara-se para o dia especial Apartamento do pai da Mayara na Praia dos Ingleses em Florianรณpolis foi usado como espaรงo da beleza

56 Revista Personalize Casamento


Fotos: Galeria Leonardo Correia

M

ayara escolheu o apartamento do pai, Osvaldo Ramos, na Praia dos Ingleses em Florianópolis para se preparar para o grande dia. Acompanhada das madrinhas Juliana Souza, Ana Letícia, Elaine Borges e Mariza Leal; e da irmã mais nova, Bruna Ramos, a noiva arrumou-se para o momento mais especial da sua vida. O dia começou agitado: o cabeleireiro Jonas Lapa chegou cedinho para arrumar as madrinhas e a noiva em casa. Às 8h30min, ele iniciou pela maquiagem e cabelo das amigas e da irmã da Mayara. A partir das 13h30min, a dedicação foi exclusiva para a noiva. Jonas começou pela maquiagem: utilizou os tons terrosos, deixou a pele iluminada e usou batom claro, os mesmos produtos aprovados durante o teste de maquiagem. “Estes tons são apropriados para casamentos à beira-mar e duram mais tempo, além de combinarem com o estilo do vestido”, destaca. Para o cabelo foi escolhido o coque desconstruído, feito em camadas, que se harmonizou com o véu e a tiara. Durante a preparação, Mayara ficou vesti-

da com um robe feito especialmente para ela pela Marisa Martins Souza, mãe da Juliana e costureira nas horas vagas. Elas compraram o tecido, fizeram o robe de seda branca com bordados em rosa nas costas e renda nos acabamentos e mangas. A palavra “Noiva” estava escrita atrás. “A Mayara procurou em várias lojas, mas não encontrou, então resolvi presenteá-la”, conta Juliana. Ela diz ainda que, para fazer fotos e brincadeira com as amigas e com a noiva, levou outro robe que tinha em casa bordado com a palavra “Madrinha” nas costas. Antes de a noiva colocar o vestido, as amigas colaram os nomes de todas as solteiras que estariam no casamento na barra do vestido da Mayara. Segundo a tradição, esta iniciativa traz alegria e sorte e, quem sabe, até um empurrãozinho para ser a próxima a se casar. A noiva ficou pronta antes das 15h e precisou segurar a ansiedade, porque o casamento seria às 16h30min. Mayara recebeu no apartamento a mãe, Magda Koerich e a outra irmã, Lara Koerich, além do pai, Osvaldo, que a levou de carro para o local da cerimônia.

57 Revista Personalize Casamento


Casamento em Florianรณpolis | รšltimos retoques

Foto: Galeria Leonardo Correia

Noivo prepara-se para o grande dia A casa dos pais no Bairro Cรณrrego Grande em Florianรณpolis foi o local escolhido

58 Revista Personalize Casamento


Fotos: Galeria Leonardo Correia

O

noivo preferiu a casa dos pais no Bairro Córrego Grande em Florianópolis para se preparar para o grande dia. Gabriel conta que levantou cedo, tomou café da manhã normalmente e saiu do bairro onde mora, Itacorubi, até a casa dos pais. Tranquilo e sem estresse, arrumou-se com calma e contou com a ajuda do pai, Volney Milis. A mãe, Maria Goreti Milis, passou a manhã no cabeleireiro para ficar pronta a tempo de chegar mais cedo no local da cerimônia. Gabriel saiu de casa às 15h acompanhado dos pais e do irmão mais novo, Francisco Milis.

59 Revista Personalize Casamento


Casamento em Florianรณpolis | Momento especial

Foto: Galeria Leonardo Correia

60 Revista Personalize Casamento


A cerimônia é um dos momentos mais importantes do casamento e é muito esperada por familiares e amigos. Seja você também uma testemunha do amor e confira nas próximas páginas os principais registros desse dia tão especial e único!

61 Revista Personalize Casamento


Casamento em Florianópolis | Momento especial

Foto: Galeria Leonardo Correia

Familiares e amigos testemunham o amor O casamento de Mayara Koerich Ramos e Gabriel Milis reuniu convidados no Espaço Ondas, à beira-mar, na Praia dos Ingleses em Florianópolis em 28 de maio de 2016

O

mar, os familiares e os amigos foram testemunhas do amor entre a Mayara e o Gabriel no casamento realizado no Espaço Ondas, à beira da praia, nos Ingleses em Florianópolis às 16h30min de 28 de maio de 2016. Do jeitinho que o casal sonhou. O friozinho de outono e a ameaça de chuva não atrapalharam a beleza da cerimônia. Gabriel chegou ao local às 15h30min, acompanhado dos pais, Maria Goreti Milis e Volney Milis, e do irmão Francisco. O noivo recepcionou os convidados e esperou com tranquilidade o momento para a cerimônia.

62 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

A cada um que chegava, Gabriel cumprimentava e conversava um pouco. Durante o tempo em que esperou, ele foi atencioso com os parentes e amigos que estavam lá para comemorar com o casal aquele momento único. Após a recepção aos convidados, Gabriel e a mãe Maria Goreti posicionaram-se no lugar que daria início ao cortejo. Para deixar a cerimônia ainda mais emocionante, todos foram recepcionados com música ao vivo. Os músicos Débora Machado, na voz; Luiz Henrique Fontão, no violino; e Heitor Bittencourt, no teclado, foram escolhidos pelo casal para dar o tom de emoção ao momento mais importante na vida deles. Mayara e Gabriel selecionaram cuidadosamente as músicas para o grande dia. Foram canções que demonstraram o carinho aos familiares e amigos e o amor entre eles. “Procuramos as músicas com letras bonitas e significativas, que pudessem trazer emoção para nós e para os convidados”, explicou Mayara.

Gabriel lidera cortejo da cerimônia

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Exatamente às 16h30min, como estava previsto, Maria Goreti e o rei da festa, Gabriel, foram os primeiros a passar pelo cortejo. Mãe e filho entraram sob o olhar atento dos convidados e ao som da música O Vento – Jota Quest. Em seguida, foram individualmente os sete padrinhos e as sete madrinhas. Ao passarem, a música executada foi a Certos Amigos – Expresso Rural. As madrinhas estavam usando pulseiras em formato de flor na cor do vestido. O enfeite conhecido como corsage foi produzido com todo o carinho e atenção para as pessoas consideradas muito importantes na vida do casal. O mimo foi feito artesanalmente pela mãe do Gabriel. Ela costurou as flores utilizando como matéria-prima o cetim e os botões foram feitos com pérolas coladas. O acessório é muito popular nos Estados Unidos e também tem sido usado nos casamentos no Brasil.

63 Revista Personalize Casamento


Casamento em Florianópolis | Momento especial

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Foto: Galeria Leonardo Correia

Os sete padrinhos também utilizaram um bonito enfeite de flor na lapela. O acessório foi produzido pela empresa responsável pela decoração, a Neo Decor. O boutonnière, como é conhecido, foi usado ainda pelo Gabriel combinando com o buquê da Mayara. Para o pai da noiva e o pai do noivo foram escolhidos botões de lisiantos e os padrinhos receberam a rosa branca.

Familiares do casal são recebidos com carinho

Foto: Galeria Leonardo Correia

Na sequência do cortejo passaram Volney, pai do Gabriel, com Magda Koerich, mãe da Mayara. A canção escolhida foi a What a wonderful world – de Louis Armstrong. A irmã mais nova da Mayara, Bruna Ramos foi quem passou com o buquê de Santo Antônio, que mais tarde foi jogado para as solteiras na festa.

Fofura e delicadeza

Foto: Galeria Leonardo Correia

Momentos antes da passagem da Mayara, as daminhas, sobrinhas do Gabriel, Malu, de 6 anos e Lorena, de 4, desfilaram fofura e delicadeza, com a echarpe de tricô feita pela vovó Maria Goreti, e arrancaram suspiros e sorrisos dos convidados. Durante a entrada delas, a música executada foi a Sentimentos – A Bela e a Fera (Disney). As crianças foram recebidas com carinho pelo tio Gabriel.

64 Revista Personalize Casamento


Noiva desperta sorrisos e emoções

Fotos: Galeria Leonardo Correia

Um dos momentos mais esperados é o da entrada da noiva. Todos os olhares se voltam para apreciar a chegada da rainha da festa. Ao som da marcha nupcial e da canção A Thousand years – Christina Perri, Mayara entrou linda, radiante e emocionada ao lado do pai, Osvaldo Ramos. Todos os olhares se voltaram para observar cada movimento dela. Os olhos marejados de lágrimas, o sorriso feliz, o vestido, o véu, o buquê… Assim que recebeu Mayara no altar, Gabriel e ela posicionaram-se diante do celebrante e ministro religioso, Carlos Corrêa, que iniciou a cerimônia. Ele disse que o amor entre um casal é privilégio e que a união é espiritual. “A história do casal é única e é preciso escrevê-la juntos a cada dia”, afirmou.

65 Revista Personalize Casamento


Casamento em Florianópolis | Momento especial

Fotos: Galeria Leonardo Correia

Areia simboliza a união Dentre as simbologias realizadas em casamentos está a de fazer a mistura de areia colorida. A forma foi escolhida pelo casal e realizada pelo celebrante antes da troca de alianças. Depois de misturada a areia, é praticamente impossível separar os grãos coloridos. O vidro representa a transparência e pureza do amor. Esta mesma simbologia foi realizada no casamento deles em San Andrés, no Caribe, na Colômbia, em dezembro de 2015. Mayara escolheu a cor rosa e Gabriel, a amarela. O rosa representa carinho, romantismo, sensibilidade e sinaliza a delicadeza feminina. O amarelo significa felicidade, alegria e otimismo. A areia colorida representa os diferentes sonhos que serão unidos, dentre os quais o de eles terem filhos.

Troca de alianças com mensagem de amor O ponto alto do casamento é a troca de alianças com mensagem de amor. Ao som da música Bem Ti Vi – Paulinho Pedra Azul as daminhas entraram para entregar as alianças. Malu segurava um aviãozinho de madeira e Lorena, as alianças acomodadas numa estrela do mar. O celebrante pediu às mães dos noivos para abençoarem as alianças. Maria Goreti, mãe do Gabriel, e Magda, mãe da Mayara, permaneceram ao lado do casal enquanto eles trocavam os votos. Durante a benção, a canção escolhida foi Céu de Santo Amaro – Flávio Venturini. Normalmente, os votos são anunciados pelo celebrante e repetidos pelo casal. Mas, ele deixou que os noivos falassem livremente o que lhes viesse ao coração. O primeiro a se manifestar foi Gabriel.

Emocionado, ele ressaltou o quanto é grato por ter a Mayara em sua vida. “Você me faz muito feliz, só tenho a agradecer pela nossa vida juntos”. Mayara também não segurou as lágrimas neste momento e declarou: “Você entrou em minha vida na hora certa. Nosso amor é forte e verdadeiro”. Após a mensagem espontânea, eles trocaram as alianças e repetiram as palavras do celebrante, cada um na sua vez. “Com esta aliança, selo meu compromisso com você de corpo e alma e tudo o que tenho partilho com você”. O celebrante os declarou marido e mulher e permitiu o tradicional beijo do casal. A partir daí, aplausos, sorrisos e lágrimas misturaram-se entre os recém-casados, os pais e os demais convidados.

Jogar arroz simboliza fartura Enquanto assinavam o documento cerimonial, a descontração tomou conta do espaço e, ao fundo, rolou a música Meu Eu em Você – Victor e Leo.

66 Revista Personalize Casamento


Fotos: Galeria Leonardo Correia

http://opn.to/a/B7Mgj Assista ao vídeo da troca de alianças

http://opn.to/a/7zjqA Confira em vídeo momentos emocionantes da celebração

O arroz Acredita-se que a tradição de jogar o arroz nos recém-casados tenha se originado na China há mais de 2.000 anos antes de Cristo. Os chineses consideravam o grão como símbolo de fartura, frutificação e prosperidade.

Após o término da cerimônia e sob a música Amor Maior – Jota Quest, padrinhos e familiares formaram corredor para felicitar os recém-casados na saída com chuva de arroz colorido. A cerimônia durou uma hora. Os convidados dispersaram-se e ocuparam os belos cenários decorados para recebê-los.

67 Revista Personalize Casamento


Casamento em Florianópolis | Momento especial

#fotosparaoalbum Casal participou de sessão de fotos antes da recepção aos convidados

Fotos: Galeria Leonardo Correia

Mayara e Gabriel posaram para as lentes do fotógrafo Leonardo Correia durante 30 minutos antes de entrar no salão de festas para a recepção aos convidados. Os recém-casados demostraram descontração e felicidade, o que proporcionou belíssimas imagens. Nem mesmo a chuva fina atrapalhou o bonito momento.

68 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia

Hora de apreciar as delícias culinárias Recém-casados confraternizam com os convidados durante coquetel e jantar

U

m dos momentos mais agradáveis que os recém-casados compartilham com os convidados é o de apreciar as delícias culinárias oferecidas para a comemoração especial. O cardápio escolhido pela Mayara e o Gabriel foi cuidadosamente elaborado para satisfazer aos diferentes paladares. O jantar foi servido às 19h30min, após o tradicional registro fotográfico deles ao lado de familiares e amigos. O casal entrou no salão de festas uma hora antes do jantar. Eles foram recepcionados na entrada do Espaço Ondas, na Praia dos Ingleses em Florianópolis, onde foi realizada a cerimônia. Sob um corredor de sparkles (palitinhos com faísca) pais, padrinhos e madrinhas os receberam calorosamente com aplausos, sorrisos e abraços.

Em seguida, Mayara e Gabriel posaram para fotos ao lado do bolo cenográfico. O tema escolhido foi o mar, uma das paixões de ambos. O bolo foi feito pelo cake designer Elieser Figueiredo, de São José, na Grande Florianópolis. A partir daí, eles interagiram com os familiares e amigos e experimentaram os canapés. Os deliciosos petiscos foram produzidos por Sandra Brand Doces e Salgados, de Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis. Foram encomendados 1,3 mil canapés e 200 pastéis fritos. O objetivo foi o de atender às diferentes preferências. O sócio-proprietário da empresa, Luiz Gonzaga Gonçalves Netto, informa que para a ocasião foram escolhidos minissanduíches coloridos, cestinhas de massa folhada, minirrocamboles, carolinas e palitos caprese (com

69 Revista Personalize Casamento


Casamento em Florianópolis | Momento especial

tomate cereja, manjericão e queijo). “Este tipo de cardápio é bastante procurado para a entrada antes do jantar e para casamentos durante o dia”, explica. Após aproveitarem os petiscos e curtirem posar para fotos ao lado dos recém-casados, as pessoas foram convidadas a servirem-se no buffet. O jantar foi produzido pelo Buffet Rosar, de Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis. Dentre as opções oferecidas estavam saladas e pratos quentes. O menu incluiu seleção de folhas nobres e frutas, salada marroquina e salada tropical. Integraram as opções de guarnições: arroz branco, risoto de frutos do mar, rondelli à parisiense, batata noisette e farofa crocante. Filé mignon ao molho funghi e champignons, filé de salmão ao molho de alcaparras e camarão gratinado completaram o cardápio. Lá pelo meio da festa, foi oferecido creme de abobrinha com carne seca para esquentar um pouquinho porque a noite estava chuvosa e fria.

Fotos: Galeria Leonardo Correia

70 Revista Personalize Casamento


Casal ganha bolo com bonecos de açúcar Foto: Galeria Leonardo Correia

O presente foi idealizado pela prima da Mayara, Gabriela Koerich e foi cortado momentos antes da abertura da mesa de doces

A

mesa de doces recebeu destaque todo especial. Gabriela Koerich, prima da Mayara, produziu um bolo surpresa para encantar os recém-casados e os convidados. O bolo de três andares, sendo dois falsos e um comestível, foi feito nos sabores brigadeiro meio amargo e massa preta e branca. Os bonequinhos foram feitos de pasta ame-

ricana comestível. O casal adorou a surpresa e ficou lisonjeado com a homenagem. Mayara e Gabriel fizeram questão de provar o bolo e levaram a miniatura deles para casa. O bolo especial foi cortado momentos antes de o casal abrir a mesa de doces e provar algumas delícias antes de oferecê-las a todos os convidados.

71 Revista Personalize Casamento


Fotos: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Casamento em Florianópolis | Momento especial

Diversidade de sabores incentiva a gula

Foto: Galeria Leonardo Correia

A mesa de doces encantou olhares e aguçou paladares. A bela e harmoniosa decoração, aliada aos deliciosos sabores oferecidos, despertou o interesse e foi o convite que faltava para se cometer o pecado da gula. Impossível comer apenas um docinho. Após o jantar, às 20h20min, os recém-casados provaram os doces produzidos pela Innovare Bolos, de Florianópolis, e posaram para fotos. A partir dali, os convidados puderem

apreciar as delícias produzidas pela cake designer e proprietária da empresa, Bruna Graciki. Dentre as deliciosas tentações produzidas pela Bruna, estavam as pérolas de chocolate, que ficaram em destaque na mesa de doces. A proposta combinou com o estilo do casamento: romântico, sensível e delicado. Bruna explica que as casquinhas do sofisticado doce são feitas de chocolate e as pérolas são de brigadeiro com bolinhas de choco ball. “Este tipo de produto combina muito bem com casamentos à beira mar”, destaca.

72 Revista Personalize Casamento


Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Foto: Galeria Leonardo Correia

Deliciosas tentações! Outros docinhos também atraíram a atenção dos convidados, dentre os quais: delícias de nozes, copinhos de chocolate meio amargo, chocolate amargo e minicheesecakes com morango, além dos tradicionais brigadeiro preto, beijinho e cajuzinho. Antes de escolher os sabores, Mayara e Gabriel experimentaram as opções e selecionaram os produtos que agradariam a todos os convidados. O pedido levou cinco dias para ficar pronto. Além dos doces, os convidados puderam apreciar ainda o bolo produzido pela cake designer, com cinco camadas de recheio, coberto com chantili e com 12 quilos. Ele estava reservado na cozinha à espera do momento para ser servido. O sabor é de dar água na boca: mousse de chocolate preto, coco com leite condensado e massa branca. Todos os convidados puderam exercitar o pecado da gula que, neste caso, foi perdoado.

73 Revista Personalize Casamento


Fotos: Galeria Leonardo Correia

Casamento em Florianópolis | Vem pra festa!

Eles exibiram a coreografia durante a abertura da pista de dança

Dança surpreende e diverte convidados A

abertura da pista de dança pelos recémcasados é esperada pelos convidados para que, a partir daí, todos possam divertirse juntos com o casal. A Mayara e o Gabriel fizeram apresentação de uma dança diferente para surpreender os convidados. Para arrasar na pista, eles ensaiaram durante oito aulas, com muito empenho, com o professor Luiz Negão, de Florianópolis. Após o jantar, o casal iniciou a dança pela tradicional valsa e todas as atenções voltaram-se ainda mais para eles no centro da pista. A valsa escolhida foi Vozes da Primavera, de Johann Strauss. Para surpresa de todos, ao fim da valsa, eles continuaram dançando, mas em outro ritmo: o reggaetton  Ay Vamos, de Jay Balvin. A apresentação completa foi de três minutos e durante a dança os familiares e amigos participaram com palmas, assobios e registros em fotos e vídeos. O casal disse que gostou de surpreender os convidados.

http://opn.to/a/NQbZW Veja como foi a apresentação da coreografia

74 Revista Personalize Casamento


Foto: Galeria Leonardo Correia

Casal e convidados curtem a festa Pista de dança abriu após a apresentação da coreografia às 21h30min e todos aproveitaram até as 2h ao som de banda e DJ

A

música é parte fundamental da festa de casamento e o agito começa nos primeiros acordes. Após a apresentação da coreografia, a pista foi aberta para todos os convidados às 21h30min. Ninguém perdeu tempo. O som ficou por conta da Banda Sound’ Trio, de Florianópolis, e do DJ Anão, padrinho e amigo do casal. A descontração tomou conta de todos, principalmente do casal. Gabriel subiu ao palco e cantou junto com a banda. Pouco tempo depois, Mayara também animou a galera junto com o amigo e DJ. A brincadeira com os tequileiros integrou uma das atrações e animou os convidados. Os familiares dos recém-casados também aproveitaram bastante. Maria Goreti Milis e Volney Milis, pais do Gabriel; Magda Koerich e Osvaldo Ramos, pais da Mayara ficaram descontraídos e curtiram o som. Os demais convidados também divertiram-se muito.

Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

75 Revista Personalize Casamento


Casamento em Florianópolis | Vem pra festa!

Foto: Galeria Leonardo Correia

Banda e DJ agitam a pista

manteve a empolgação dos convidados com a participação dos recém-casados. Daniel mostrou todo o talento como DJ com mixagens de canções conhecidas do público. A festa rolou até as 2h quando o evento encerrou. Foto: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

O casal escolheu um grupo musical eclético para agradar às mais variadas preferências musicais. A banda Sound’Trio, formada pelos músicos Caio Figueiredo, no vocal; Felipe Cidral, cajon e percussão e Júnior Martins, violão e voz, está na estrada há dois anos, mas os cantores têm 10 anos de experiência tocando em bares da cidade. Durante a festa, o trio prendeu a atenção do público. Foram três horas de pura diversão. Os convidados aproveitaram para se soltar, cantar junto com o grupo e pedir músicas. MPB, rock, pop rock, samba e sertanejo estiveram entre os gêneros musicais apresentados pela banda. O tempo foi dividido em dois blocos e durante o intervalo da banda, que durou uma hora, o DJ Anão, como é conhecido o amigo e padrinho Daniel Mário Vieira, tomou conta das picapes. Ele não deixou ninguém parado,

76 Revista Personalize Casamento


Tequileiros animam a galera Os convidados que participaram do casamento da Mayara e do Gabriel tiveram a oportunidade de apreciar as bebidas preparadas na hora por bartenders profissionais da Fantasy Bartenders, de Florianópolis. A brincadeira com os tequileiros também não podia faltar e todos aproveitaram o momento de diversão. Durante cinco horas foram servidos diferentes coquetéis com nomes sugestivos como: Piña Colada, Sensação, Lagoa Azul, Delicious e Caribe. O Lagoa Azul, por exemplo, é feito com gelo, vodka, licor de curaçau e soda limonada. Foram servidas opções para adultos, gestantes, adolescentes e crianças. As caipirinhas também ganharam frutas diferentes na composição, dentre as quais morango e kiwi. Copos e canudos coloridos integraram a decoração. O cardápio incluiu licores, destilados, cremes, sucos e coberturas.

Fotos: Galeria Leonardo Correia

77 Revista Personalize Casamento


Casamento em Florianópolis | Vem pra festa!

Momento do buquê anima as solteiras Recém-casada jogou cinco bonequinhos de Santo Antônio e outro buquê para dar chance a mais meninas

L

á pelo meio da festa, às 23h20min, Mayara subiu ao palco e chamou as solteiras para o centro da pista de dança para fazer a brincadeira de jogar o buquê. Reza a lenda que a solteira que ficar com o buquê será a próxima a se casar. Para contentar o maior número de solteiras possível, Mayara jogou primeiro o buquê de Santo Antônio, que foi carinhosamente produzido pela Maria Goreti Milis, mãe do Gabriel. O buquê, feito com bonecos de feltro amarrados com fita rendada, espalhou-se pelo salão.

As cinco sortudas que ficaram com os bonequinhos foram: Luiza Garbelotto, Jenifer Bitencourt, Aline Ferreira, Dóris Maes e Magda Koerich, mãe da Mayara. Magda preferiu passar o bonequinho adiante e o deu para a sobrinha Gabriela Koerich. Em seguida, Mayara jogou o segundo buquê, feito de rosas e que ficou com a amiga Renata Goss. Renata estava lá acompanhada do namorado e informou que guardaria o buquê com carinho. “Quem sabe, serei a próxima a casar?”, disse sorrindo.

Fotos: Galeria Leonardo Correia

78 Revista Personalize Casamento


Fotos: Galeria Leonardo Correia

Garrafa de uísque incentiva solteiros Brincadeira é semelhante a de jogar o buquê da noiva e é para dar uma forcinha àqueles que querem se casar

A

ssim como jogar o buquê, a tradição de tentar ajudar os solteiros que estão no casamento a serem os próximos a casar também é comum entre os homens. Gabriel entrou na brincadeira após a Mayara e no meio da festa chamou os solteiros para a pista. O prêmio: uma garrafa de uísque. Claro, a brincadeira consiste em jogar apenas a caixa, depois o sortudo pega o prêmio. Os rapazes aproveitaram a farra e ficaram em volta do Gabriel. Quem levou a melhor foi Daniel Cardoso, noivo da madrinha Nicolli Turnes e amigo de infância do Gabriel. Hum, será que eles serão os próximos a subir ao altar?

79 Revista Personalize Casamento


Casamento em Florianópolis | Vem pra festa!

Fotos: Ricardo Lima / Personalize Comunicação

Confira as mensagens de carinho ao casal No total, foram produzidos 16 vídeos, inclusive com a Lorena, de 4 anos, sobrinha do Gabriel

M

ayara e Gabriel receberam o carinho dos convidados por meio de mensagens em vídeo. Quem participou superou a timidez para felicitar o casal. Alguns amigos aproveitaram o momento de descontração e, junto com o Gabriel, brincaram em frente à câmera. No total, foram registrados 16 vídeos com a participação de amigos e parentes, que deixaram mensagens de carinho, amor e felicidade. Dentre as mensagens, está a de uma das sobrinhas do Gabriel, a Lorena, de 4 anos. Ela fez questão de dizer que gosta muito do casal. A madrinha e amiga da Mayara, Ana Letícia Melchioretto, também fez “bagunça” em frente à câmera, de forma descontraída e divertida. Ela estava acompanhada de outros dois amigos do casal.

Participantes Mãe da Mayara: Magda Koerich Mãe do Gabriel: Maria Goreti Milis Pai da Mayara: Osvaldo Ramos Tios da Mayara: Josué Ramos, Marco Aurélio Koerich e Simone Souza Tios do Gabriel: Mário Antônio e Marileide Nunes Sobrinha do Gabriel: Lorena Amigos do casal: Ana Letícia, Fernando Barcelos; Elisson Braz; Sheila e Fernando; Dóris Maes e Mônica

80 Revista Personalize Casamento

http://opn.to/a/CBYpd Confira as mensagens em vídeo de amigos e parentes


Foto: Arquivo pessoal

#partiuluademel

Mayara e Gabriel passaram o fim de semana no Solar Mirador Resort em Imbituba, no Sul do Estado

O

s recém-casados escolheram um lugar paradisíaco para passar a lua de mel. O casal ficou o fim de semana após o casamento no Solar Mirador Resort & SPA, na Praia do Rosa, em Imbituba, no Sul de Santa Catarina. O resort possui apenas 11 suítes, o que lhe empresta charme e prevê o atendimento de uma pousada exclusiva. Um local ideal para relaxar e aproveitar os bons momentos a dois. Considerada uma das 30 baías mais belas do mundo, a Praia do Rosa foi descoberta por surfistas na década de 1970, mas ainda lembra a antiga vila de pescadores. O carro de

boi ainda é um veículo de transporte bastante usado e nos meses de maio e junho é possível acompanhar a pesca artesanal da tainha. É nesta praia que as baleias franca visitam Santa Catarina para procriar e amamentar os filhotes, o que torna a visita à praia espetáculo imperdível. Depois de curtir este pedacinho de paraíso, o casal retornou para casa, no Bairro Itacorubi em Florianópolis, onde pretende dar continuidade aos planos e conquistas juntos, dentre os quais o do Gabriel tornar-se piloto de avião comercial.

81 Revista Personalize Casamento


Fotos: Arquivo pessoal

Casamento em Florianópolis | Vem pra festa!

Origem da lua de mel Há algumas versões sobre a origem da lua de mel. Uma delas é do período da Roma Antiga. Naquele tempo era tradição que o povo espalhasse gotas de mel na soleira das casas dos recém-casados. Outra versão aponta que entre os povos germânicos era comum o casamento ocorrer na lua nova e que os noivos levavam uma mistura de água e mel denominada hidromel para beber ao luar.

82 Revista Personalize Casamento


EXPEDIENTE Revista número 1, ano 2016 Jornalista responsável Cláudia Marcelo de Lima – SC 00902- JP Textos Cláudia Marcelo de Lima Fotógrafo Ricardo Carvalho de Lima Foto de capa Galeria Leonardo Correia Idealizado por Personalize Comunicação | Agência de Conteúdo Customizado Revisão Arnaud Rosa de Oliveira Projeto gráfico e diagramação Andrezza Nascimento Impressão Centrocópias Soluções Gráficas & Digitais Colaboraram nesta edição: O cliente com fotos e vídeos de arquivo pessoal Jairo Ruiz (fotos casamento na Colômbia) Galeria Leonardo Correia (fotos pré-wedding e casamento em Florianópolis) Dauana Fotografias (fotos Marlene Milis) Guilherme Vasconcellos (animação) Sandro Zambi (caricatura e infográfico) Júlia Back (história em quadrinhos)

São José-SC (48) 99901-1408 contato@personalizecomunicacao.com.br www.personalizecomunicacao.com.br


Personalize Casamento - Mayara e Gabriel  

Mayara e Gabriel conheceram-se na adolescência em Florianópolis (SC) e após seis anos juntos, formalizaram a união em maio de 2016. A bela c...

Personalize Casamento - Mayara e Gabriel  

Mayara e Gabriel conheceram-se na adolescência em Florianópolis (SC) e após seis anos juntos, formalizaram a união em maio de 2016. A bela c...

Advertisement