Page 1

PRIORIDADES 1. Boa Gestão 2. Emprego 3. Segurança 4. Apoio Social 5. Educação

ENTREGA DE ASSINATURAS NO TRIBUNAL DE OEIRAS

Depois de 2005 e 2009 o movimento independente Isaltino Oeiras mais à frente apresentou nova candidatura aos órgãos autárquicos

INDEPENDENTES

O Novo Presidente

PAULO VISTAS

Continuar a Fazer


2

ASSEMBLEIA MUNICIPAL: DETERMINAÇÃO EM SERVIR OEIRAS

Isaltino Morais: razões de uma candidatura O desenvolvimento que Oeiras conheceu nas últimas três décadas tem indiscutivelmente uma marca e um nome – Isaltino Morais. O reconhecimento local e nacional do seu trabalho enquanto autarca faz dele o melhor Presidente de Câmara do Portugal democrático. a sigla Isaltino Oeiras mais à frente, é hoje liderada pelo atual Presidente da Câmara Municipal Paulo Vistas, que se apresentará nas próximas eleições de 29 de Setembro para continuar a fazer de Oeiras o melhor município do País. Isaltino Morais encontra-se detido a cumprir uma pena resultante de uma condenação, que em nada está relacionada com as funções que desempenhou ou com os atos que praticou enquanto Presidente da Câmara Municipal de Oeiras. Por esse facto, não está impedido de se candidatar à Assembleia Municipal de Oeiras e de exercer os seus direitos de cidadania de forma plena. A equipa que acompanhou Isaltino Morais durante os últimos oito anos e que se apresentou ao eleitorado sob

Distinguindo claramente o que é da Justiça e o que é da Política, Paulo Vistas entendeu endereçar a Isaltino Morais o convite para cabeça de

lista à Assembleia Municipal. Neste gesto, procurou demonstrar o reconhecimento da grande maioria dos Oeirenses pela obra feita, mas também realçar a importância que a sua experiência poderá ter para o futuro de Oeiras. Esta decisão foi ditada por um imperativo de consciência. Ter Isaltino Morais connosco dá mais sentido ao nosso projeto. Queremos continuar a liderar um concelho de excelência, exemplo de coesão social e de integração plena entre os que mais precisam e os que mais podem. Não deixamos ninguém para trás. Isaltino Morais deu tudo por Oeiras e os Oeirenses querem demonstrar que reconhecem esse trabalho e essa dedicação plena.

O movimento independente Isaltino Oeiras Mais à Frente foi constituído em torno de um projeto para Oeiras, pensado e realizado por gente que gosta de Oeiras. Pessoas de todos os quadrantes políticos e de diferentes condições sócio-económicas, que aqui se juntaram para trabalhar pela terra onde nasceram, onde habitam ou onde trabalham. Pessoas que estão desencantadas com o papel dos partidos políticos e que preferem expressar a sua vontade de forma livre e sem estarem condicionadas pelos directórios partidários. Pessoas que querem apenas canalizar a sua energia para continuar a desenvolver Oeiras.■ * Direção de Campanha

APOIOS:

SOFIA ALVES Atriz

JOÃO LAGOS Promotor do Portugal Open Oeiras e da Pelo seu trabalho, já de- Volvo Ocean Race monstrado nos últimos oito anos na Câmara, Paulo Vistas dá-nos a segurança de acreditar que com ele vamos ter em Oeiras uma continuidade reforçada.

PAULO.VISTAS

Numa grande e CAMPEÃ equipe, como a de OEIRAS o é há tantos anos, muda o capitão MAS não muda o PROJECTO - força PAULO pois tu és o UNICO que nos garante a continuidade desta OEIRAS CAMPEÃ.

CARLOS ALMEIDA RIBEIRO Diretor do Teatro Independente de Oeiras

CARLOS MÓIA Presidente da Fundação Benfica e do Maratona Clube de Portugal

Bem VISTAS as coisas, inteligente é ser independente. Além disso, em equipa vencedora e com provas dadas não se mexe. A minha Grande Ambição: cada macaco no seu galho.

Razões para que Oeiras continue MAIS À FRENTE?! Às VISTAS de quem vê, estão todas essas razões: PAULO VISTAS. O novo presidente deve continuar o seu trabalho, Continuar a Fazer

PAULOVISTAS.TV @PAULO_VISTAS

OEIRASMAISAFRENTE

ISALTINOOEIRASMAISAFRENTE.PT

ANTÓNIO RAMALHETE Campeão europeu e mundial de hóquei Paulo Vistas assumiu a em patins ANTÓNIO BESSONE BASTO Atleta Olímpico

presidência da Câmara com competência, seriedade, dignidade e bom senso. Atributos que, aliados à experiência e ao facto de viver e respirar Oeiras desde que nasceu, fazem dele o único candidato verdadeiramente a estas eleições.

“Porque os outros vão à sombra dos abrigos e tu vais de mãos dadas com os perigos”. Lembrar Sophia de Mello Breyner é lembrar essa obra maior que é o Parque dos Poetas. Paulo Vistas representa o sonho de continuarmos a fazer de Oeiras o melhor concelho do País.


3

PAULO VISTAS

Presidente da Câmara Municipal de Oeiras e candidato às próximas eleições autárquicas

Com investimento haverá emprego, com emprego haverá estabilidade social.

Ao longo das últimas décadas, o desenvolvimento de Oeiras foi sempre realizando de forma integrada. Nenhuma comunidade se mantém firme sem que todos os seus pilares estejam sólidos: não seria possível ter segurança se uma parte da população continuasse a viver em barracas, não teríamos paz social se não tivéssemos introduzido fatores de estabilização e equilíbrio social, sem paz social não existiria investimento, sem investimento não haveria emprego e sem emprego não teriamos estabilidade social. Este encadeamento de fatores, de diferente natureza, demonstra como o desenvolvimento é uma realidade integrada.

TENDÊNCIA NACIONAL: OEIRAS PERCURSORA

Independentes conquistam espaço no poder local Grupos de Cidadãos candidatos às principais Câmaras do País

Luís Roldão Mandatário Judicial do Grupo de Cidadãos Isaltino Oeiras mais à frente Oeiras constitui uma referência no poder local português, também no que diz respeito a candidaturas independentes. Quando em 2005 o movimento independente Isaltino Oeiras mais à frente foi constituído, poucos julgariam possível a grande vitória que este movimento conquistou. Volvidos dois mandatos autárquicos, o exemplo é seguido em concelhos como Cascais, Porto e Sintra, sendo provável a vitória deste tipo de movimentos em várias autarquias emblemáticas do país. Este fenómeno encontra explicação, cada vez mais, na tragédia social,

económica e financeira a que os partidos políticos e vários governos conduziram o nosso país. Instituições políticas, como a Assembleia da República e o Governo, estão desacreditadas pois todos os seus responsáveis são escolhidos pelos partidos e não pelos eleitores. Quando os eleitores optam por candidaturas de independentes, estão a tornar a democracia efetiva e participativa. Os grupos de cidadãos são constituídos por gentes de todos os quadrantes políticos. Esta pluralidade de gentes torna uma candidatura oriunda da vontade das pessoas e não das vontades dos interesses partidários. Os munícipes ao optarem por uma candidatura independente, querem preservar a sua terra de jogos político-partidários e entregar a sua gestão a quem é da terra, a quem a conhece e a quem a ama.

Oeiras provou e continuará a provar que é possível um grupo de cidadãos governar muito melhor o seu concelho do que os partidos políticos. O nosso exemplo está a ser seguido em todo o país, o que demonstra como Oeiras continua mais à frente nas soluções que encontra para definir o seu destino.■

No caso de Oeiras, a pedra-toque do desenvolvimento consistiu na introdução de estabilizadores sociais (no caso a politica de habitação) que lançaram as bases que permitiram os resultados que hoje estão à vista de todos. A segurança de que usufruímos e o emprego que existe em Oeiras, derivam ambos de uma ideia de desenvolvimento que começou a ser implementada no já longínquo ano de 1986. O nosso bem-estar fez-se de crença e de continuidade. Nós continuamos a acreditar na nossa estratégia, por isso falamos de continuidade. Queremos continuar a ser felizes, queremos continuar a viver em segurança, queremos Continuar a Fazer Oeiras!■


4

CONTINUAR A APOIAR

Diálogo e proximidade, uma das marcas da gestão de Paulo Vistas MEDICAMENTOS COMPARTICIPADOS

Se ainda não tem este cartão, peça-o na Câmara Municipal.

230€ por pensionista para comprar medicamentos O movimento Isaltino Oeiras mais à frente apresentou a proposta. 3000 pensionistas já receberam 230€, em média, na compra dos seus medicamentos Desde Novembro de 2009, os idosos

Nesse sentido, o Município de Oeiras

de Oeiras já receberam compartici-

conta este ano com 57 milhões de

pações do Município para os seus

euros para as questões sociais.

medicamentos no valor de 700 mil

Apesar da crise que o país vive, o

euros. Esta medida, tomada pelo movimento Isaltino Oeiras mais à frente, já beneficiou mais de 3.000 idosos em 230 euros cada, em média, correspondentes ao pagamento de 50% da despesa não comparticipada pelo Estado. Apesar da redução do orçamento municipal em cerca de 12%, relativamente a 2012, com um total de 137 milhões de euros, de forma a atenuar em Oeiras o impacto da presente crise económica entendemos dar prioridade à componente social, nomeadamente o apoio aos idosos.

movimento Isaltino Oeiras mais à

DESCONTOS AJUDAM À QUALIDADE DE VIDA DOS NOSSOS IDOSOS

Cartão 65 + dá descontos a 30 mil munícipes seniores 7376 beneficiários já utilizam este cartão

frente, continua a apoiar os que mais precisam, entre os quais os seus 32.969

idosos,

que

representam

19,15% da população de Oeiras. ■

“continuar a apoiar quem mais precisa, entre os quais os idosos”

Oeiras tem nos seus idosos um dos maiores segmentos da população com 32.969 munícipes. Assim sendo o movimento Isaltino Oeiras mais à frente, desenvolve para estes munícipes um vasto conjunto de ações de apoio. Entre estas, destaque para o Cartão 65+ que possibilita descontos diversos em serviços e produtos. Os cuidados de saúde, os produtos de ótica e o

exercício físico são apenas alguns dos benefícios para adrentes. O munícipe sénior tem direito a uma atenção especial, depois de uma vida de trabalho e dedicação à família. O Cartão 65+ é um dos vários apoios que o movimento Isaltino Oeiras mais à frente entendeu necessário para que também a terceira idade em Oeiras esteja mais à frente.■


5

CONTINUAR A PROTEGER SEGURANÇA: MELHORES ÍNDICES DA ÁREA METROPOLITANA DE LISBOA

Oeiras é o concelho mais seguro PSP confirma nova descida da criminalidade em Oeiras. Os números reconhecem a boa estratégia de apoio às forças de segurança Oeiras é hoje considerado pela PSP um dos concelhos mais seguros da Grande Lisboa e o que apresenta menores índices de criminalidade entre os que fazem fronteira com Lisboa. De acordo com dados divulgados pela PSP, o primeiro semestre de 2013 regista nova redução da criminalidade em Oeiras, face ao período homólogo do ano anterior. Estes indicadores de segurança pública resultam também das políticas

desenvolvidas pelo movimento Isaltino Oeiras mais à frente, nomeadamente através da disponibilização de instalações e viaturas bem como da ação da Polícia Municipal. O Município de Oeiras, liderado pelo movimento Isaltino Oeiras mais à frente, investiu vários milhões de euros em terrenos e na construção de seis das sete esquadras da PSP local e na compra de três viaturas oferecidas a esta força de segurança.

Simultaneamente, os 86 agentes da Polícia Municipal de Oeiras estão na rua 24 horas por dia, realizando 4 turnos diários, devidamente fardados e armados, o que constitui mais um fator importante de dissuasão de atos criminosos. Por outro lado 70% das solicitações dos oeirenses ao nível da segurança são resolvidas pela Câmara Municipal em domínios como a melhoria da iluminação pública, sinalética, abate de viaturas, casas

abandonadas, entre outros. Também na segurança pública, Oeiras é hoje uma referência nacional, mais à frente do que a generalidade dos concelhos portugueses.■

“Também na segurança pública, Oeiras é hoje uma referência nacional, mais à frente do que a generalidade concelhos portugueses”

MODERNIZAR: MAIS OPERACIONALIDADE E FORMAÇÃO

Mais de um milhão de euros para os Bombeiros

É o valor entregue pela Câmara de Oeiras às Corporações de Bombeiros em 2013 O movimento Isaltino Oeiras mais à frente, reconhece o papel inestimável das corporações de Bombeiros para a segurança da população do concelho de Oeiras. A sua dedicação voluntária, os riscos próprios da sua atividade e a proximidade diária aos Oeirenses, são fatores que justificam o apoio constante do Município de Oeiras às sete corporações de Bombeiros.

Neste contexto o movimento Isaltino Oeiras mais à frente propôs e aprovou que, em 2013, as corporações de Bombeiros de Algés, Barcarena, Dafundo, Linda-a-Pastora, Oeiras e Paço de Arcos recebam no seu conjunto subsídios no valor mais de um milhão de euros.■

O Presidente do Município de Oeiras passa revista aos Bombeiros do Concelho


6

CONTINUAR A EDUCAR EDUCAÇÃO: PRIORIDADE ESTRATÉGICA

As melhores escolas e jardins-de-infância do país 125 milhões de euros investidos no parque escolar Nos últimos oito anos determinámos que a educação seria o nosso desígnio estratégico. Decidimos que teríamos as melhores escolas do País. A educação é um direito fundamental, o Estado não pode descurar o seu papel e a sua intervenção na garantia da igualdade de oportunidades. Nestes oito anos, um pouco por todo o concelho, nasceram novas escolas, requalificaram-se as antigas, deram-se novas condições de ensino (com acesso a novas tecnologias e substituição de mobiliário em estado degradado); aumentámos a rede

de jardim-de-infância (de 16 para 18 equipamentos e de 41 para 49 salas), recebendo agora mais 200 crianças, disponibilizámos 6 novas salas para a componente de apoio à família (de 7 para 13), aumentando em 85% as vagas no mandato em curso. Ao todo, realizámos um investimento total de cerca de 70 milhões de euros, ao qual se juntou um investimento de mais de 55 milhões de euros por parte da Parque Escolar em escolas do ensino secundário. Nos dois últimos mandatos pais, professores e alunos sentiram a diferença!■

OPINIÃO

Oeirenses avaliam o estado da Educação no concelho

ANA CATARINA CABRITA 38 anos, Funcionária Pública e Mãe

Boas notas pela voz de quem vive o concelho

JASMIM ALBERTO GERIVAZ 58 anos, Prof. do ensino secundário

GABRIEL RIBEIRO 12 anos, Aluno do ensino básico

As intervenções dos últimos anos, construindo novas escolas e requalificando as existentes, vieram melhorar substancialmente as condições nas quais se ensina. Os professores têm agora todas as condições para a sua função principal: ensinar.

ELISABETH LOPES TAVARES 36 anos, Mãe

Quando fui mãe pensei imediatamente em que infantário iria pôr o meu filho. Felizmente que descobri que em Oeiras há uma série de infantários construídos pela Câmara e geridos por instituições de solidariedade social, com qualidade e a preços que um casal jovem pode pagar.

O alargamento do horário pós-escolar foi uma importante inovação. Hoje, ser mãe e profissional é muito exigente. Muitas vezes ficava sem saber como ir buscar os meus filhos. Com a adaptação dos horários à vida moderna fico mais tranquila, quer na condição de mãe, quer enquanto profissional.

Gosto muito da minha nova escola. Antigamente, quando era inverno, não podíamos ter educação física ou brincar no recreio. Agora não, estamos muito melhor.

ÁLVARO OLIVEIRA 54 anos, Professor Universitário

Sou adepto do Programa de Educação Ambiental. Há uma geração de oeirenses com uma consciência ambiental e de respeito pela nossa herança comum que é única em Portugal e que advém deste programa. Ninguém mais no nosso País governa para o longo prazo, para a continuidade!


7

CONTINUAR A CRIAR EMPREGO

EMPREGO

INVESTIMENTO

Jovens são prioridade Oeiras apresenta a menor taxa de Novos cursos para formar empresas e programa «Tempo Jovem» são decisivos desemprego para os ajudar no seu primeiro emprego Em Oeiras não sugerimos aos jovens que emigrem. Pelo contrário, a Câmara Municipal, liderada pelo movimento Isaltino Oeiras mais à frente, ajuda os jovens a criarem empresas e, através do programa «Tempo Jovem» proporcionou já a 1500 jovens a entrada no mercado de trabalho,

encontrando-se 200 em lista de espera. Nós acreditamos na juventude e no seu papel decisivo para ajudar o país a dar a volta por cima. Continuar a Fazer é também continuar a apostar nos jovens porque são eles o futuro do nosso concelho.■

“Em Oeiras não sugerimos aos jovens que emigrem”

Criamos condições para que as grandes multinacionais invistam no concelho. Assim manteremos o menor índice de desemprego da Grande Lisboa e inferior a metade do verificado no País. O papel que o Município de Oeiras sempre teve na criação de condições para o investimento é um caso de estudo. O investimento de qualidade procura locais mas também comunidades. Um Concelho com barracas, com focos de poluição, inseguro, sem escolas de qualidade, pouco limpo e sem espaços verdes não tem condições para atrair empresas como aquelas que queríamos e queremos em Oeiras.

A sua instalação em Oeiras representa mais emprego. Assim se conseguiu que Oeiras apresente a menor taxa de desemprego da Área Metropolitana de Lisboa e inferior a metade da taxa de desemprego do País. Este é o caminho que nos propomos Continuar a Fazer.■

“a instalação de As grandes multinacionais que escomultinacionais lheram ter sede em Oeiras fizeram-no porque este Município oferece condi- em Oeiras ções únicas de infra-estruturas e de qualidade de vida para a instalação significa mais das empresas e dos seus quadros. Significa que o nosso modelo está emprego” bem definido.


8

PAULO VISTAS: O Novo Presidente

CARNAXIDE E QUEIJAS

FERNANDO AFONSO

JORGE DE VILHENA Com os cidadãos de Carnaxide e Queijas numa só equipa que todos já conhecem, reforçada e com mais vigor, continuaremos a fazer! Unidos neste projeto, quero-vos transmitir que vamos ser equilibrados e justos, para que em Carnaxide e em Queijas os cidadãos tenham os mesmos serviços e as mesmas oportunidades. Fazer é o meu compromisso, num espírito de serviço público e com a qualidade que as freguesias de Carnaxide e Queijas merecem!

ALGÉS, LINDA-A-VELHA E CRUZ-QUEBRADA/ DAFUNDO

BARCARENA

Casado, duas filhas, coronel reformado da GNR, 40 anos ao serviço de Portugal e dos portugueses. Resido em Barcarena há 25 anos e partilho dos legítimos anseios e expectativas das suas gentes. Conheço os projetos do movimento Isaltino Oeiras mais à frente, e identifico-me com a visão do Dr. Paulo Vistas. Garanto proximidade, trabalho, competência, segurança e solidariedade.

CARLOS MOREIRA Podem contar com todo o meu empenho e da minha equipa, composta por pessoas dedicadas e que acima de tudo querem e sabem fazer! Construir um espírito de comunidade, respeitando as diferenças de cada localidade e melhorar a qualidade de vida das pessoas que aí habitam e trabalham, será o compromisso da nossa equipa. Contem comigo!

PORTO SALVO EUGÉNIA MARTINS Tenho vivido Porto Salvo, nestes últimos doze anos, de forma muito intensa. Quatro anos em apoio à Junta e oito anos fazendo parte do seu executivo. Porto Salvo, neste período, transformou-se completamente. Para mim, as transformações mais importantes foram no apoio aos mais necessitados que, em muitos aspetos, se sentiam marginalizados. A razão da minha candidatura assenta na continuidade de um trabalho que não se pode perder.

OEIRAS, PAÇO DE ARCOS E CAXIAS NUNO CAMPILHO O chamamento da missão, o serviço à causa pública, a convicção de ser util e o apelo da amizade, são fatores motivadores da minha candidatura. Simultaneamente, considero aliciante a oportunidade que me é dada de manter a notoriedade e as características tão próprias e singulares desta vila charmosa que é Paço de Arcos. Oportunidade que não podia de forma alguma desperdiçar.

Continuar a Fazer para manter o que já conseguimos: ■ Melhor concelho para trabalhar

■ Comparticipação de 50% nos medicamentos

■ Menor taxa de desemprego da Grande

■ Melhor concelho para estudar

Lisboa, inferior a metade da média nacional

■ Melhor concelho para viver ■ Concelho mais seguro, menores índices de

criminalidade

■ IMI: uma das menores taxas

■ As melhores escolas do país ■ Fundo de Emergência Social ■ Tarifa Social e Familiar na água ■ Oeiras Está Lá

PAULO.VISTAS

ISALTINOOEIRASMAISAFRENTE.PT

PAULOVISTAS.TV

@PAULO_VISTAS

OEIRASMAISAFRENTE

Isaltino oeiras mais à frente jornal de campanha 01  

Movimento Independente Isaltino Oeiras mais à frente Portugal Autárquicas 2013