Page 1

PAULA F. PAMPILLON PORTFÓLIO DE ARQUITETURA


PORTFÓLIO DE ARQUITETURA


PAULA F. PAMPILLON ARQUITETA E URBANISTA

Rio de Janeiro, BR paula_pampillon@hotmail.com (21) 98869 0411 CAU: 209162-3


FORMAÇÃO

TÅRNBY GYMNASIUM

2010 - 2011, Copenhagen, DK

Programa Clube Rotary de Intercâmbio Acadêmico/Cultural

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS 2013 - 2016, Petrópolis, BR

UNIVERSIDADE DE LISBOA 2016 - 2017, Lisboa, PT

UNIVERSIDADE SANTA ÚRSULA 2017 - 2018, Rio de Janeiro, BR

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

BRAESPA CONSTRUÇÕES Estagiária de Arquitetura;

Tipos de Projetos: Residenciais, Comerciais, Arquitetura de Interiores

Teresópolis, RJ

Agosto, 2013 - Julho, 2015

Responsabilidades: Proposta e desenvolvimento criativo, desenhos técnicos, supervisão e acompanhamento de obras assim como instalações de diversos componentes do projeto, reuniões com clientes e fornecedores

CARLOS MARCOLINO ARQUITETURA Estagiária de Arquitetura;

Tipos de Projetos: Residências Multifamiliares, paisagismo

RAF ARQUITETURA

Estagiária de Arquitetura;

Tipos de Projetos: Arquitetura Hospitalar

Petrópolis, RJ

Setembro, 2015 - Abril, 2016

Responsabilidades: Proposta e desenvolvimento criativo, desenhos técnicos, reuniões com fornecedores Rio de Janeiro, RJ

Novembro, 2017 - Fevereiro, 2018

Responsabilidades: Proposta e desenvolvimento criativo, desenhos técnicos


AKRON ARQUITETURA Estagiária de Arquitetura; Arquiteta Junior

Tipos de Projetos: Residenciais, Arquitetura de Interiores

PROJETOS AUTÔNOMOS Arquiteta

Tipos de Projetos: Residenciais, Comerciais, Arquitetura de Interiores

EXTRACURRICULAR

Rio de Janeiro, RJ

Março, 2018 - Atual

Responsabilidades: Proposta e desenvolvimento criativo, desenhos técnicos, perspectivas renderizadas, maquetes físicas, supervisão e acompanhamento de obras assim como instalações de diversos componentes do projeto, reuniões com clientes e fornecedores Atual

Responsabilidades: Realização e Apresentação de projetos autônomos

Membro Fundador do Conselho Acadêmico de Arquitetura da Universidade Católica de Petrópolis - Realização de eventos acadêmicos e extracurriculares pa-

ra alunos e futuros alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo

Participação Ativa do Projeto Lusotopia - Projeto realizado pela Universidade

de Lisboa visando ideias e oportunidades para um assentamento de ciganos e refugiados vindos de São Tomé e Príncipe

SOFTWARES IDIOMAS

Revit, AutoCad, Photoshop, Illustrator, Microsoft Office Português, língua materna Inglês, avançado Espanhol, básico


TRABALHOS SELECIONADOS


01.

ESPAÇO SANTO CRISTO

02.

RUÍNAS ROMANAS DE CASCAIS

03.

TINY HOUSE

04.

SUÍTE MONTSERRAT

05.

PROJETOS DE INTERIORES

.


01. ESPAÇO SANTO CRISTO


O bairro de Santo Cristo foi escolhido como área de intervenção deste projeto, partindo-se da premissa de ser uma zona rica em história, porém carente de áreas culturais, de lazer e convívio; e que está passando por uma transformação: antes um bairro de passagem e agora, graças à aproximação física da Zona Portuária Carioca, Santo Cristo começa a sofrer consequências do processo de gentrificação da área. Com a especulação da região, o bairro tende cada vez mais a se perder dentro da própria história. Dessa forma, a instalação de um equipamento cultural de referência para a comunidade se mostra de extrema relevância para conservar e ajudar a resistência e para atender a população local.

O projeto segue o princípio da quadra aberta, integrando-o ainda mais ao bairro e criando um espaço equitativo, permeável e flexível. Para tanto, foram projetados 4 diferentes partes iniciais que conseguem se transformar em um todo graças ao elemento laranja da Fita, uma experiência de atravessamento para o usuário que começa na primeira parte e finaliza se integrando ao pátio central, tomando a função do auditório.

Perspectiva Aérea - Espaço Santo Cristo


Planta de Cobertura

Corte 01


Perspectiva Externa - Horta Comunitรกria/ Terraรงo

Perspectiva Interna - Biblioteca Interativa


Perspectiva Interna - Hall de Entrada Parte 04

Perspectiva Interna - Hall de Entrada Parte 01


Perspectiva Interna - Á. de Exposição/ Fita Suspensa

Perspectiva Interna - Á. de Exposição


Perspectiva Externa - Fachada Parte 03

Perspectiva Externa - Fachada Posterior Parte 03


Perspectiva Externa - Pรกtio Aberto


Para acessar o projeto completo:


02. RUÍNAS ROMANAS DE CASCAIS

or

s-

ral

a-

ed

he

ya

he

ble

n-

s.

es

e-

will

se

nd

on

Planta de Implantação do Parque e Centro de Interpretação


Localizada na vila de Cascais - Lisboa, as Ruínas Romanas existentes no local necessitavam de algum tipo de proteção que não interferisse no estilo de vida dos habitantes de uma área, até então majoritariamente residencial. Para tanto, foram traçadas 3 principais metas: o avivamento da área através de um anfiteatro para a realização de eventos culturais e espaços de permanência; o aproveitamento da natureza com o uso da vegetação nativa e existente, capaz de sobreviver sob baixa manutenção, esforços e

despesas além da descoberta do patrimônio cultural existente, através da criação de um Centro de Interpretação. Contribuindo com a reabilitação da área, o Centro foi inspirado em uma combinação que destacasse as Ruínas, centralizando-as através de uma passarela coberta elevada com aberturas e formas inspiradas na arquitetura romana e uma cobertura para proteção que remete às ondas do mar de Cascais.

Perspectiva Interna Centro de Interpretação


ho in

Contributing to the rehabilitatio the informal area of Carrascal de

de, an interpretation center is pr

sed for the roman villa‘s ruins, off

a pastery, cafĂŠ and an exhibition r

to both, locals and visitors. Optin a contemporary line, bright and

materials were used with referenc

roman architecture, with the inten

of revealing and making the ruins s

out. An elevated covered walkw built around them, allowing their templation and exploration.


on of Alvi-

ropo-

fering

room

ng for light

ce to

ntion

stand

way is con-

Perspectiva Interna - Centro de Interpretação


03. TINY HOUSE

ND CULTURAL QUALIFICATION

ANALYSIS

DANIEL SANTOS 20121058| GIULIA CATALDI 20168045| GIULIA PERINI 20168043| PAULA PAMPILLON 20168076| ROBIN


A idéia de Tiny House se baseia em um movimento social com o objetivo de N HÜPPE 20168014 simplificar e diminuir o espaço construído necessário para moradia. A proposta é a de criar ambientes reduzidos e multifuncionais, flexibilizando e recriando as necessidades do modo de vida atual. Além de diminuir áreas de moradias, uma Tiny House pode também ser uma opção mais sustentável para diminuir os custos de uma casa própria e sua manutenção. A Tiny House apresentada é composta basicamente por dois módulos encaixados transversalmente, aproveitando ao máximo suas suprfícies. A área social foi estabelecida no primeiro pavimento, com sala e cozinha. Já a área íntima, no segundo pavimento, é composta por banheiro, quarto, área de estudos e uma pequena área externa. Foram optados materiais leves e de cores claras, assim como grandes aberturas para o exterior e o mínimo possível de paredes internas, procurando dar ao morador a sensação de amplitude e conforto.

0

250

500

Meters 1 000


1o PAVIMENTO

Planta Baixa

Perspectiva Interna


2o PAVIMENTO

Planta Baixa

Perspectiva Interna


04. SUÍTE MONTSERRAT


Seguindo o contexto de “Hotel Paisagem”, a proposta da Suíte Montserrat é a de fazer uma ligação entre o elemento construído e o natural. Para isto, foram implantadas longas portas de vidro, provendo o contato direto, físico e visual com o exterior. A conexão entre os dois ambientes é ainda mais evidente graças a inclinação feita pelo telhado, causando o prolongamento da fachada e ampliando o campo visual. A ponta mais alta da cobertura foi pintada de branco, para que assim causasse menos contraste com o exterior. Já a ponta mais baixa recebeu o mesmo material do piso e da parede inferior, tal divisão é feita através de um rasgo iluminado. Seguindo uma linha contemporânea e marcante, o projeto oferece privacidade, conforto e beleza. O concreto queimado é o material predominante do interior da construção, levando a sensação de se estar dentro de um bloco, o qual, tem como eixo central a lareira, que por sua vez dá vazão tanto para a Área de Descanso como para a de Estar.

Perspectiva Interna - Á. Descanso e Estar


Copa

Closet

2.90 m²

5.85 m²

Á. Refeição 5.50 m²

Banheiro 12.55 m²

Á. Descanço 18.90 m²

Á. Estar

23.10 m²

Piscina

14.10 m²

Deck

43.75 m²

Planta Baixa


Corte 01

Perspectivas Externas


05. PROJETOS DE INTERIORES COZINHA FAZENDA FORTALEZA Cozinha projetada para uma fazenda de veraneio. O desafio foi juntar a rusticidade da vida do campo com o estilo moderno de um jovem casal e família. Para tanto, através de contrastes dos materiais e cores: o piso de cimento combinado com um clássico ladrilho hidráulico, a madeira de demolição dos nichos e prateleiras com os armários de laca verde, conseguiu-se criar um ambiente prático e ao mesmo tempo acolhedor.


LAVABO BASÍLIO E ANTÔNIA A transformação do espaço do banheiro de visitas em um lavabo permitiu a criação de um jardim artificial atrás da bancada de concreto. As paredes azuis combinadas com o ladrilho modelo Estrela Paulo Mendes da Rocha trazem um ar mais clássico, e ainda assim, moderno ao ambiente.


ENTRADA L Em um espaço pequeno e inutilizado, a proposta deste projeto é a de transformar o local de espera dos elevadores deste hostel em uma área jovem e descontraída. As paredes pretas criam a ilusão da anulação dos ângulos, que são então sobressaltados nas linhas retas da arquibancada. A disparidade entre o

escuro e o claro, junto com a iluminação e os volumes produz um jogo de sombras e contrastes únicos. Com elementos simples, ousando nas cores e mobiliários, criou-se uma atmofesra sóbria e moderna.


THE LARK ROOM Inspirado em um filtro do Instagram, The Lark Room foi pensado para fazer parte do No Filter Museum, localizado em Vienna. A proposta foi criar uma sala divertida e ao mesmo tempo um ambiente com situações ideais para selfies e postagens de aplicativos de fotografias.

O conceito principal da piscina de bolas foi baseado no significado da palavra Lark, que remete à infância; já as variações do azul foram escolhidas de acordo com o filtro de fotografia, que abrilhanta a imagem, intensifica as cores frias e abafa as quentes.


PORTFÓLIO DE ARQUITETURA


PAULA F. PAMPILLON

Profile for Paula Francis Pampillon

portfólio de arquitetura | paula pampillon  

portfólio de arquitetura, apenas trabalhos autorais.

portfólio de arquitetura | paula pampillon  

portfólio de arquitetura, apenas trabalhos autorais.

Advertisement