Issuu on Google+

2011 Sobre o Amor

Ilustração de Kathy Hare EBI c/JI Dr. Manuel Magro Machado Agrupamento de Escolas de Marvão 13-02-2011


O amor é a alegria que eu vejo em ti.

O amor é quando dou carinho ao meu cão. Bruno Saldanha (5ºA)

O amor é o beijo que eu dou aos meus pais.

O amor é os passarinhos a cantarem para mim. Daniel Barradas (5ºA)


O amor é ai Jesus que eu gosto de ti! Gonçalo Videira (5ºA)

O amor é convidar a família para ir jantar lá a casa.

O amor é ser sincero com as pessoas.

O amor é brincar com uma pessoa que tem problemas e não ter vergonha. João Filipe Carlos (5ºA)


O amor é o coração a palpitar com o amor que tenho por ti.

O amor é uma canção para te alegrar.

O amor é a minha paixão a chorar por ti.

O amor é uma pessoa romântica que gosta de ti.

O amor não escolhe diferenças. João Pedro Magro (5ºA)


O amor é eu gostar de ti e tu gostares de mim.

O amor é eu dar-te um cartão a pedir perdão por mal te ter feito.

O amor é dizer à minha mãe que está linda como ninguém. Iara Sabino (5ºA)

O amor é dar bom dia a quem sorria.

O amor é eu olhar para ti e ver que gostas de mim.

Ana Teresa Silva (5ºA)


O amor é uma flor a desabrochar.

O amor é a paz que há no mundo.

O amor é um gato e um rato a brincar. Xavier Maridalho (5ºA)

O amor é uma frase simpática que se diz.

O amor é o meu gato a miar para mim.

Carolina Santos (5ºA)


O amor é quando dois sentimentos se unem.

O amor é a amizade que sentimos no nosso coração.

O amor é a gentileza que o coração sente. Luís Barradas (5ºA)

O amor é a alegria que sinto por ti. Inês Sabino (5ºA)


O amor é a amizade que sinto. André Oliveira (5ºA)

Ilustração de Mónica Carretero


Cupido Amo-te no passado, Amo-te no presente E, no futuro, amar-te-ei eternamente.

Por vezes eu choro por ti E tu por mim, Mas eu continuarei a amar-te sem fim.

Teus lábios doces, teu carinho, Teu olhar faz-me sonhar. Meu desejo é amar.

No dia de São Valentim, O Cupido anda no ar Até eu te ver chegar.

Autores: Ana Caldeira, Danilo Felício, Rui Silva (9ºA)


Namorados O dia de São Valentim é o dia do amor O namorado à namorada Oferece-lhe uma flor.

Eu fui a Marvão ver o meu namorado, Dei-lhe o meu coração Para seu agrado.

Eu vim de lá muito contente, Olhei para ele e disse-lhe: “Amo-te eternamente ”.

Autores: Ana Caldeira, Danilo Felício, Rui Silva (9ºA)


As disciplinas e o Amor

O Amor é como a Educação Física, Quando salto no trampolim, Amo-te até ao fim.

O Amor é como a Geografia, Quando estou ao pé de ti, Sinto uma grande magia.

Entrei na aula de Ciências Com grande inspiração, Falei de células e do coração.

A Química é como o amor, Quando explode uma experiência, Explodem dois corações cheios de inocência.

Je t`aime em Francês, I love you em Inglês E tu disseste-me: “Eu amo-te” em Português.

Estava em Tecnologia A escrever no computador Olhei para o ecrã e vi o meu amor.


Em História fala-se de tragédia, Vitória e glória. E no Amor Tem-se uma grande memória.

Autores: Ana Caldeira, Danilo Felício, Rui Silva (9ºA)

O nosso sentimento Ao cair da noite, pensei em ti, Ao deitar-me, pensei em ti, Ao dormir, suspirei por ti E, ao acordar, estava perdida no mundo do amor.

Ao amar-te, estava feliz Ao beijar-te, estava carente E no meio do amor há um fogo ardente.

Contigo eu comecei, Contigo eu estou E contigo quero continuar Esta história que com dois amores começou.

Autores: Ana Caldeira, Danilo Felício, Rui Silva (9ºA)


O Amor de São Valentim As escadas do teu prédio São a subir e a descer, Vê lá, Rita, não namores Sem o teu pai saber.

Os pássaros quando nascem, Nascem logo aos beijinhos, Assim faz a Rita e o Ricardo Quando estão sozinhos.

Lá fora, cá dentro Vive o nosso amor É como o florir de uma flor.

Não há amor como o primeiro Nem razão para nascer Só vim até ao mundo Para contigo poder viver.

Vou meter-te em tribunal Por gostares de mim Planto uma flor no meu jardim Para no dia de São Valentim


Poder pensar em ti.

Tu és como a noite Tens um brilho especial Eu como o dia A nossa relação é feita de magia.

Eu e tu somos como as estrelas Nunca se apagam e iluminam o ar Aquela magia que temos É aquilo que me faz sonhar.

Carlos Bernardo, Helena Silva, Pedro Caldeira e Rute Oliveira – 9ºA


Tu és como a noite, Tens um brilho especial; Já eu sou como o dia E a nossa relação é feita de magia.

Eu e tu somos como estrelas; Nunca se apagam e iluminam o ar. A magia que nós temos É aquilo que me faz sonhar.

Na lua vejo o brilho dos teus olhos, Nas estrelas a beleza do teu sorriso, A noite deixa na minha pele o rasto da saudade E melhor, no infinito, procuro junto a ti a eternidade.

Carlos Bernardo, Helena Silva, Pedro Caldeira e Rute Oliveira – 9ºA


O amor e as disciplinas

O amor é como a Matemática, Ás vezes está cheio de problemas. Em Língua Portuguesa, há poesia, Apenas eu e tu temos aquela fantasia.

O meu amor por ti É como o Estudo Acompanhado; Viver sem ti Não é do meu agrado,

A paixão é como as Ciências; Tem muitos significados, Mas o amor Tem muitas experiências.

Tentei dizer-te o que sinto em Inglês, Mas não percebeste, Falei-te em Francês, Mas tu só entendeste à segunda vez.

A Físico-química Está cheia de experiências e explosões, Mas não há paixão que resulte


Sem dois corações.

Em História, Falamos do antigamente, Já o meu amor por ti Vai durar eternamente.

Na Geografia, Falamos em sustentabilidade E no amor em liberdade, Mas nada se faz sem alegria.

Em Área de Projecto São precisas estruturas, Mas no amor, apesar de tudo, Sabemos que estão seguras.

Ao fim da Educação Física Sinto-me cansado, Por ti vou até ao fim do mundo, Sempre em busca do meu amado.

Na Informática, Só se fala de tecnologia, Tu, para mim, És a minha única magia!


Saudade Sempre te amei, Sempre te quis, Sempre te esperei, Quero fazer-te feliz.

Mas tu deixaste-me, Perdida neste mundo, Sem saber o que fazer Pois caí lá no fundo!

Ficou comigo a saudade do teu beijo doce, Desconfiaste da minha lealdade E, por isso, foste!

No dia de São Valentim, Pensando em ti à janela estava Vendo o teu rosto numa gota d’água, A saudade permaneceu, Mas ele desapareceu. Autoras: Carla Madeira, Cátia Anselmo, Filipa Andrade, Vânia Pires – 9º A


Amor vs Disciplinas Je t’aime em Francês, I love you em Inglês, Mas a melhor versão É a do Português.

O amor é como a Matemática Impossível de resolver, Mas possível de viver

Físico-química é cheia de experiências Tal como o amor Cheio de ciências.

O amor é como a Geografia; Precisa-se de um mapa Para ser o seu guia.

No amor, tal como na História, Vivem-se derrotas E cantam-se glórias


Na aula de TIC, Estou sentada ao computador, Quando abro o meu mail, Aparece o meu amor.

Autoras: Carla Madeira, Cátia Anselmo, Filipa Andrade, Vânia Pires – 9º A


Sobre o Amor