__MAIN_TEXT__

Page 1

[SURURU DE CAPOTE DE DONA CONCEIÇÃO] Autoria: Geisa Andrade Função: Assessora pedagógica Município: Maceió - AL

Sururu de Capote de dona Conceição Beira da Lagoa Mundaú, em Maceió, foi dia de exploração do mundo com as coordenadoras pedagógicas. Cenário de beleza natural dos mais encantadores. O sol da tarde deitava suas cores na lagoa e os barcos e pescadores ensaiavam o movimento de volta para seus abrigos. Muita pobreza no entorno. Na porta de um casebre, a dona Conceição. Vestido simples, sandália de dedo, pano na cabeça, “despinicava” sururu. Aproximei-me e perguntei se podia sentar, ao que ela gentilmente respondeu que sim. Quarenta e dois anos, a dona Conceição. Pele maltratada pelo sol, pés também cansados, seis netos de quatro filhos homens, todos vivendo de sururu. Explicou-me que os homens pescam o sururu, as mulheres compram a lata e fazem o resto do serviço, mas que há mulheres que também pescam. As crianças quando chegam da escola ajudam a “despinicar”. Havia uma bacia em seu colo e uma lata grande cheia de sururu, de onde ela tirava a penca para “despinicar”. É que o sururu vem agarrado um no outro, vários juntos, e é preciso soltá-los. Isso é despinicar. Esse era o trabalho dela. Fazia tudo muito rápido, era a prática... Para a bacia iam os sururus com capote, isto é, com casca. Depois de muita prosa, soltou a receita do famoso sururu de capote:

SURURU DE CAPOTE Ingredientes: - sururu de capote. - óleo; cebola, tomate, coentro, pimenta. - leite de côco “tirado” do côco. Modo de fazer: Limpar bem o sururu e colocar dentro da panela com todos os temperos. Depois colocar o leite. Se não quiser fazer com leite de côco, fazer pirão com o caldo. Fica bom! Não se esquecer da pimenta. É comida de sustância!!

Profile for Paralapracá

Paisagem gastronômica: Sururu de capote de dona conceição  

Paisagem gastronômica: Sururu de capote de dona conceição  

Advertisement