__MAIN_TEXT__

Page 1

[ARTE REMETE A LIBERDADE...] Autoria: Sinéia Wanderley de Souza Função: Coordenadora pedagógica Instituição: Centro de Educação Infantil Maria Liege Tavares Município: Maceió - AL

E foi essa “liberdade” que permitiu que a imaginação e a criatividade aflorassem e invadissem a introdução do Eixo Artes Visuais, realizada em nossa escola na noite do dia 26 de agosto de 2014. O primeiro momento deu-se com a dinâmica das “cores”, quando todos foram convidados a escolher, dentre elas, a sua preferida. Os porquês de cada cor foram muitos e as vivências da infância começaram a vir à tona como no vermelho, cor da vida e da vitalidade, mas também a cor do time da mãe; na delicadeza e calma do rosa; no azul que apaixona e acalma por lembrar ora do céu, ora do mar; no marrom que em roupas emagrece, deixando mais bela; na luminosidade e energia do amarelo; o verde que representa vida, água e paz! Mas também no branco com sua paz iluminada e que remonta às histórias contadas pelo vovô ao vestir sua fantasia (camisa branca) para o momento mágico – a hora da história! Após essa riqueza de relatos, convidamos a todas para compor uma colagem. E sem mais nada a dizer foram combinando cores, formas, espaços, que logo deram lugar a uma linda obra coletiva que arrancou admirações. “Não imaginei que um simples papel colorido pudesse compor uma obra linda como esta!”, disse nossa colega Cláudia Cardinale ao apreciar a produção!

Início da colagem

Combinação de cores e formas


A composição vai acontecendo...

...e se concretiza numa linda obra!

Outro momento que “aguçou” as memórias foi a apreciação do vídeo em que o cantor e compositor Toquinho interpreta e ilustra a música Aquarela, de Vinicius de Moraes. Foi possível ver todas se deixando levar ao acompanhar a melodia, viajando em seus mundos!

“Numa folha qualquer eu desenho...

...de uma América a outra...”

Memórias aguçadas, então nada melhor que usufruir de um atrativo banquete artístico. Cores, flores, formas, linhas, texturas, brilhos, cola e muito mais. Tudo conspirando para a concretização de belas produções que agora compõem um móbile artístico com belas histórias de vida e vivências que ninguém há de encontrar noutro lugar!


Servindo-se do “banquete artístico”

A criatividade prevaleceu!

Papel e tinta ajudando na composição

Dando asas à imaginação

Concentração: surgindo uma obra!

O tecido inspira a criação


Satisfação na apresentação

O jardim da infância ressurge

Expondo no móbile artístico

Orgulho do que fez

E as brincadeiras “voltam” à tona


Expondo mobile artĂ­stico


“O envolvimento do professor é imprescindível para que o ensino da arte proporcione momentos de interação e aprendizado. Como crianças, cada professor é único e traz consigo vivências que se expressam em sua maneira de ensinar. Cada ação que realizamos está conectada à memória de tudo o que sentimos e fizemos; todas as experiências de uma área de nossa vida tocam as outras e, como a respiração, circulam, sempre em movimento. Não há como separar. Somos, além de professores, mães, pais, avós, netos, filhos, profissionais de outras áreas.” (Stela Barbieri)

Profile for Paralapracá

Arte remete a liberdade  

Arte remete a liberdade  

Advertisement