__MAIN_TEXT__

Page 1

[A LEITURA E A ESCRITA NA EDUCAÇÃO INFANTIL] Autoria: Lulilia Mota Função: Coordenadora pedagógica Instituição: Escola Creche Gleba C Município: Camaçari - BA

A formação deste encontro veio nos auxiliar no aprofundamento sobre o diálogo entre as diferentes linguagens, tendo como foco a leitura e a escrita, tomando como base o texto A Leitura e a Escrita na Educação Infantil: Explicitando a Visão Embutida no Projeto Paralapracá, de Liane Castro de Araújo. Texto este pertinente às nossas inquietações e reflexões constantes sobre a alfabetização. No decorrer do estudo foi proposto ao grupo o levantamento de pontos importantes no texto para que pudéssemos fazer um paralelo com a nossa prática. Fizemos uma discussão sobre estes primeiros pontos e compomos uma lista dos destaques mais relevantes. Este trabalho foi bastante interessante, poispossibilitou que o grupo de educadoras fizesse uma conexão com o cotidiano da sala. POR QUE A LISTA? A composição da lista serviu como estratégia para percebermos e avaliarmos qual o papel da linguagem escrita na educação infantil e sua função na formação da criança em relação ao mundo letrado, onde a valorização das situações reais de comunicação e o conhecimento de mundo delas servem de eixo para a inserção das mesmas no universo da leitura e da escrita. Ou como é ditono texto: “É preciso conceber, primeiramente, a língua escrita como linguagem, ou seja, como capacidade humana de produção simbólica”. Embasadas nisto, mergulhamos em nossas reflexões. Segue a lista dos destaques – Na educação Infantil a criança se desenvolve socialmente e cognitivamente de forma lúdica. – Importante pensar na criança como sujeito de cultura e de direitos, que tem seus modos próprios de ser, de pensar, de agir e de aprender. – A Educação Infantil se organiza no sentido de favorecer e ampliar a exploração e curiosidade por meio de múltiplas linguagens. – Partir sempre de situações significativas e planejadas em relação à cultura letrada e à cultura infantil. – Torna-se mais coerente falarmos em leitura e escrita na Educação Infantil, e não alfabetização na Educação Infantil.


– A língua escrita está em toda parte, nas placas de rua, nos produtos da mesa do café, na farda escolar, nos letreiros, outdoors, livros, revistas e na televisão. As crianças veem os adultos lendo e escrevendo, experimentam fazer com eles, perguntam sobre textos e funções da escrita, ouvem histórias e folheiam os livros. Estas são apenas algumas das possibilidades de contato com a escrita no dia a dia.

REFERÊNCIAS DO GRUPO SOBRE A FORMAÇÃO. PRÓ I: “O professor de Educação Infantil deve estar sempre atento à realidade trazida pela criança, pois isto também é subsídio para a familiarização com a leitura e a escrita na Educação Infantil”. ALGUÉM DO GRUPO: “É importante valorizar tudo isso que nos chega de formação. Porém, temos que ter consciência do que já é nosso enquanto metodologia e procurar aprimorar e revisar sempre. Ou seja, nunca descartar aquilo que a gente vai aprendendo”. Por fim, fica aqui registrado mais um momento rico e profundo dos estudos que vêm ampliando nossas indagações sobre a infância em toda a sua inteireza. E de como e quando tudo isto que nos chega se revelará em bem-aventurança para a nossa prática escolar.

Profile for Paralapracá

A leitura e a escrita na Educação Infantil  

A leitura e a escrita na Educação Infantil  

Advertisement