Page 1

Número 1 - OUT / NOV / DEZ 2012

Paper Cotton and

Living and Loving your Creative Self

INSPIRE-SE COM TUTORIAIS Scrapbooking Mixed Media Art ISSN 2182-7818

Costura Criativa

AQUAFALLS SPA HOTEL RURAL Para viver uma experiência inesquecível

ATELIER PanoPraMantas Onde o Patchwork e a Costura se aprendem facilmente

* DECORAÇÃO * NATAL * HALLOWEEN * CULINÁRIA * SAÚDE *

Paper and Cotton 1


Ficha Técnica PAPER AND COTTON

o ã ç a z i l a e A r sonho! m u de Queridas leitoras!

É com muito prazer que vos apresento a primeira edição da revista Paper and Cotton. Esta publicação é o culminar de um sonho antigo de oferecer a todas as mulheres, que adoram tanto como eu o mundo dos papeis e dos tecidos, uma revista verdadeiramente “do it yourself” - faça você mesmo. Editor: Carla Pimentel Diretor Geral: Carla Pimentel Fotografia: Paulo Pimentel, Carla Pimentel Diretor de Publicidade: Paulo Pimentel Telefone: 00 351 914535871 Edição, Design, Tratamento Digital e Paginação: NU*DES • www.nu-des.pt Colaboradores nesta edição: Tubo de ensaio, 512 ideias, PanoPraMantas, Patrícia VillasBoas, Ivone Barata da Rocha, Susana Gaspar, Maria Araújo, Alexandra Moreira, Aquafalls Spa Hotel Rural, Graça Vargas, Paula Gomes Alves. Propriedade: Renato Paulo Gaspar de Pimentel Teixeira

Será uma revista digital, trimestral e bilingue (uma edição em português e outra em inglês). Foi preparada com todo o carinho, em colaboração com muitas amigas que irão conhecer ao longo das várias páginas. Entre todas, não posso deixar de destacar a preciosa colaboração da Patricia Villas-Boas, com quem projetei muitas das ideias que tornaram possível a execução desta revista. A todas os meus sinceros agradecimentos. A concretização do meu sonho só foi possível graças a todas vocês. Minhas amigas, está na hora de se inspirarem, separarem os materiais e começarem a produzir! O Halloween e o Natal estão quase a chegar!

Boas festas, divirtam-se e até à próxima edição.

Administração e Redação: Avenida do Rosal, 131 H4 4470-111 Maia Portugal Email: geral@paperandcotton.pt ISSN 2182-7818 2 Paper and Cotton

Carla Pimentel (editora)


As escolhas da editora! Days to Remember

Um álbum de scrapbooking para ir registando mensalmente os seus melhores dias de 2013.

Uma Noite na Ópera Aprenda algumas técnicas de Mixed Media Art e inspire-se para fazer a sua própria tela.

As Botas dos Gnomos Este ano em vez das tradicionais botas do Pai Natal, porque não optar pelas dos seus ajudantes?

Paper and Cotton 3


Paper and Cotton

14

Índice

18

21

30

Paper and Cotton

Paper and Cotton Entrevista

Paper and Cotton Cartões

Carta da Editora

PanoPraMantas

Cartões

PAG: 2

PAG: 14 / 17

PAG: 24 / 25

---------------------------------

---------------------------------

---------------------------------

Paper and Cotton

Paper and Cotton Costura Criativa

Paper and Cotton Cartões

As escolhas da Editora

Little Secrets Bag

Criss Cross Card

PAG: 3

PAG: 18 / 20

PAG: 26 / 29

---------------------------------

---------------------------------

---------------------------------

Paper and Cotton Mixed Media Art

Paper and Cotton Patchwork

Paper and Cotton Scrapbooking

Uma Noite na Ópera

Calendário do Advento

Grinalda “Vintage” de Natal

PAG: 6 / 9

PAG: 21

PAG: 30 / 33

---------------------------------

---------------------------------

---------------------------------

Paper and Cotton Scrapbooking

Paper and Cotton Costura Criativa

Paper and Cotton Carimbos

As Botas dos Gnomos

Halloween Tag

PAG: 10 / 13

PAG: 22 / 23

PAG: 34 / 35

---------------------------------

---------------------------------

---------------------------------

Days to Remember

4 Paper and Cotton


34

44

46

Paper and Cotton Scrapbooking

Paper and Cotton Saúde

Doçuras e Travessuras

Paralisia Cerebral

PAG: 36 / 37

PAG: 44 / 45

---------------------------------

---------------------------------

Paper and Cotton Scrapbooking

Paper and Cotton Viagens e Turismo

Abóboras - Modelo 1

Delta do Danúbio

PAG: 38 / 39

PAG: 46 / 51

---------------------------------

---------------------------------

Paper and Cotton Scrapbooking

Paper and Cotton Conforto e Lazer

Abóboras - Modelo 2

Aquafalls Wellness SPA

PAG: 40

PAG: 52 / 59

---------------------------------

---------------------------------

Paper and Cotton Scrapbooking

Paper and Cotton Culinária

Fun Christmas Banner

Salame de Natal

PAG: 42 / 43

PAG: 60 / 61

---------------------------------

---------------------------------

52

Na Capa um trabalho da Tubo de Ensaio que poderá encontrar na página 10

Paper and Cotton 5


Paper and Cotton

Mixed Media Art

Uma Noite na Ă“pera

por: Carla Pimentel

6 Paper and Cotton


Materiais Tela de 20cmx30cm Páginas de livros antigos Papeis de scrapbook Gesso branco Cola (gel medium matte; mod podge matte; liquitex matte medium) Tintas acrilicas (branco, turquesa, cor de pele, castanho escuro e dourado) Tintas distress inks (vintage photo e dried marigold) Canetas distress markers (tattered rose; stormy sky; weathered wood) Caneta gel branca Caneta de tinta permanente preta Imagem de uma revista Carimbos Almofada para carimbos à prova de água (Archival ink pad) Stencil The CraftersWorkshop.com 6x6 Mini Damask Missangas Glossy accents

Paper and Cotton 7


Paper and Cotton

Passo a Passo

1

2

3

4

5

6

Como fazer: 1

Cole pedaços dos vários papeis escolhidos à tela de forma aleatória.

2

Cubra os papeis com nova camada de cola e deixe secar.

4

Cole o corpo e o vestido à tela.

8 Paper and Cotton

Aplique tinta acrilica cobrindo partes do papel.

3

Faça circulos coloridos e carimbe algumas zonas do fundo ao seu gosto.

5

Pinte o rosto, o pescoço e os braços da figura com a tinta acrilica de cor de pele.

Escolha numa revista a figura que irá reproduzir. Essa figura será o seu molde. Corte o corpo numa das páginas de livro e o vestido num papel de scrapbook.

6

Faça um sombreado do corpo com distress marker tattered rose e do vestido com um tom de distress marker a condizer com o papel escolhido.


7

8

10

11

Mixed Media Art 9

12

7

Pinte o cabelo com tinta acrilica castanha e faça madeixas com a caneta de tinta permanente preta.

8

Aplique o stencil com gesso branco sobre o vestido.

9

Cole missangas com glossy accents a decorar o vestido.

10

Pinte as laterais da tela com distress ink – vintage photo.

11

Carimbe a parte da frente e laterais da tela. Utilize para esses carimbos Archival ink e Distress ink (dried marigold).

12

Com a caneta de gel branca dê relevo às zonas onde carimbou com a cor branca. Termine o trabalho com spray fixador mate ou gloss, conforme preferir. Paper and Cotton 9


Paper and Cotton

Scrapbooking

por: Tubo de Ensaio

Days to Remember

Um delicioso calendário, onde pode marcar e guardar as datas, momentos e fotografias de 2013

O que precisa: Da colecção Vintage Finds de Teresa Collins Designs vai precisar de: - 20 folhas de scrapbooking

Esquema de corte

- 1 bloco 6”x6” da colecção

Outros:

- Acessórios variados

- 2 capas de cartolina bristol com 6 ¾”x5 ¾”

Para imprimir as páginas do calendário, vá a:

- 2 argolas

www.paperandcotton.pt/paginas_calendario.pdf

- Fitas variadas

10 Paper and Cotton


Instruções:

Comece por escolher e cortar 12 folhas de Scrapbooking de modo a ficarem com 12”x11”. Corte para a capa e contra capa, 4 peças com 6 ¾”x5 ¾”. Cole cada peça num dos lados das capas, ficando com estas inteiramente forradas. Usando uma scor pal ou similar, vinque uma das 12 folhas, do lado com 12”, na marca de 1” e 6 ½”. Vire a folha e no outro sentido vinque a 5 ½”. Repita para as restantes folhas. Pegando numa folha de cada vez corte as folhas nas linhas vermelhas, conforme se vê no esquema de corte. Depois dobre as folhas como vê nas fotografias. Imprima os ficheiros que têm os meses do ano, assim como o título do calendário e a lista com os aniversários e datas importantes. Das folhas que sobram e do bloco com 6”x6”, corte várias peças com 5 ¼”x5 ¼” que poderá usar como moldura base para o calendário de cada mês e as restantes peças. Com os acessórios desta linha de papéis, decore cada mês como gostar mais. Use Distress ink pads para escurecer as bordas das páginas e das diversas peças. Fure a capa e contra capa assim como as folhas do calendário e coloque as argolas. Decore a capa, não se esquecendo de colocar o título: Days to remeber 2013!

Divirta-se a criar! Paper and Cotton 11


12 Paper and Cotton


Paper and Cotton 13


Paper and Cotton

Entrevista

PanoPraMantas Visita ao atelier:

A luz, a cor e muita simpatia são as caracteristicas principais deste espaço. Texto e fotografias:

Carla Pimentel

A Paper and Cotton foi visitar o atelier PanoPraMantas especializado em tecidos e materiais para patchwork e costura criativa, localizado na baixa do Porto. Este espaço foi criado por duas amigas, a Paula e a Margarida, que nos falaram sobre o seu projeto, as suas fontes de inspiração e o seu trabalho.

14 Paper and Cotton


“Tendo boas bases é possivel criar e dar asas á imaginação.” Como e quando surgiu a ideia do vosso projecto? A ideia surgiu em finais de 2009. Frequentávamos nessa altura aulas de Patchwork com uma professora que tinha vindo de França e apercebíamo-nos de quanto era difícil encontrar aqui no Porto tecidos e materiais. Da ideia à concretização do projeto foram uns meses de amadurecimento. Em Abril de 2010 abrimos a nossa loja online PanoPraMantas e em outubro desse ano iniciámos as aulas no atelier. Naquela época o nosso “fabric stash” cabia num cesto de verga. Hoje ultrapassa várias centenas de peças. Loucas? Q.B. Mas foi essa dose de loucura que nos deu asas para avançar. Desde essa altura nunca mais paramos e temos muito projetos que sonhamos ir concretizando num futuro próximo.

Que tipo de aulas/workshops são dados no vosso atelier? Temos aulas de patchwork e costura. Reservamos alguns sábados de tarde para workshops. Exceto nos workshops, não há um programa pré definido. Procuramos ir de encontro aos interesses das alunas e ao seu nível de conhecimento.

Paper and Cotton 15


Quais são as vossas fontes de inspiração? Paula: Normalmente livros e revistas da especialidade. Margarida: Além dos livros e revistas, de que fala a Paula, vou seguindo alguns blogs de criadores de que gosto especialmente. As exposições que vamos visitando juntas, no estrangeiro, também nos estimulam muito e dão-nos uma visão do que se vai fazendo por esse mundo fora. Quais são os materiais e as cores que mais gostam de utilizar? P: No patchwork usamos sempre tecidos 100% algodão. Esse é o material de eleição desta atividade. Tenho preferência pelos tons escuros, paleta outonal e desenhos clássicos. Prefiro também o patchwork tradicional, embora haja novos criadores com ideias muito interessantes com padrões e trabalhos mais modernos e mais gráficos. M: Claro que os tecidos 100% algodão são obrigatórios. Gosto de cores quentes e tons primaveris. Atrai-me experimentar novas técnicas e os novos materiais que estão sempre a surgir, tais como réguas , enchimentos, etc , para podermos depois apresentar as novidades às alunas e a quem nos visita. Quais são as vossas preferências ao criar? O que realmente mais gostamos de fazer são mantas e peças grandes de “verdadeiro” patchwork. No entanto, e porque esta arte ainda não é suficientemente conhecida no nosso País, as bolsas e sacos estão no top 1 dos interesses e por isso procuramos ter padrões e modelos diferenciados para agradar a tanta gente que nos procura. As vossas sugestões para quem quer iniciar a aprendizagem na costura ou no patchwork: Aprender antes de se lançar por conta própria. Tendo boas bases é possível criar e dar asas á imaginação. Dificilmente se aprende o fundamental, ou melhor, se tem sensibilidade para o fundamental, apenas por livros ou online. Depois, gostar do que se faz, ser criativo e paciente. Na PanoPraMantas pode ter aulas de costura e patchwork, adquirir tecidos e materiais para os seus trabalhos ou participar em workshops variados. Rua do Bonjardim, 507-1º Esq. Frente. Porto loja online: http://panopramantas.ninhodasideias.com site: www.panopramantas.blogspot.com email: panopramantas@gmail.com 16 Paper and Cotton


“Nas nossas aulas procuramos misturar costura e patchwork de forma a divulgar esta arte pela qual nos apaixonámos.” Existe preferência na procura de formação por costura ou pelo patchwork?

Se cada uma de vocês fosse um aviamento, qual seria? P: Seria a linha para criar e dar forma ao trabalho. M: Uma fita de viés, que é o remate da maior parte dos trabalhos em patchwork. Adoro terminar um projeto e olhar para a obra, quer seja minha, da Paula ou das alunas… É muito gostoso, como diria a minha neta! Neste momento a PanoPraMantas é hobby ou profissão? P: É profissão. M: Para grande pena minha, ainda não é possível dedicar-me a tempo inteiro. De qualquer maneira, é já de uma grande exigência, muito para lá de um hobby.

Sem dúvida nenhuma, pela costura. No entanto já tem acontecido termos alunas que nos procuram para aprender costura e de seguida se interessam pelo patchwork. Nas nossas aulas procuramos misturar as duas vertentes de forma a divulgar esta arte pela qual nos apaixonamos e dar a perceber que é mais fácil do que se está à espera. E depois do “bichinho” ter entrado, nunca mais sai ! Os homens também mostram interesse por estas atividades ou sentem que ainda existem tabús? Não temos essa experiência. Embora venham muito maridos ou namorados a acompanhar as nossas clientes e alguns deles até ajudem na escolha, nunca nenhum se mostrou interessado em participar das nossas aulas.

A internet influencia o vosso trabalho? Se sim, de que modo? P+M: Claro, é incontornável. Além do mais, temos a loja online, que nos obriga a estar permanentemente disponíveis. Qual é a faixa etária que mais vos procura para as aulas? Jovens entre os 20 e 30 anos. Notamos o ressurgimento do interesse pelos trabalhos manuais nesta nova geração e isso agrada-nos muito.

Pretendem acrescentar algo que pensem ser relevante? Antes de terminar esta conversa, gostaríamos de agradecer à Carla por ter-nos desafiado a estarmos presentes neste 1º número da Papper and Cotton. Felicidades para este projeto. Tem um longo e importante caminho pela frente. E já agora, aproveitar a oportunidade para dizer a todos quantos nos leem, sejam clientes, fornecedores, amigos ou apenas amantes de manualidades que é missão da PanoPraMantas fazer mais e melhor de forma a tornar-se uma referência nacional neste nicho de mercado. Obrigada! Paper and Cotton 17


Paper and Cotton

Costura Criativa

Little Secrets Bag por: 512 Ideias

18 Paper and Cotton


Materiais

Coloque o calcador para fechos de correr na sua máquina. Corte 4 pedaços de fita de viés do mesmo tamanho do fecho. Faça uma “sanduíche” da seguinte forma: fita de viés aberta com o direito para fora, plástico, fecho de correr e fita de viés aberta com o interior virado para o plástico. Prenda com alfinetes. Utilizando o calcador para fechos, una esta sanduíche junto do mesmo. O fecho deve estar aberto.

1 peça de tecido laminado (plastificado) estampado com 9”x11” 1 peça de tecido de algodão estampado com 9”x11” 1 peça de plástico transparente para costura com 9”x11”

Faça uma outra costura na parte de baixo da fita de viés a todo o comprimento, para fixar a parte de baixo da fita. Para isto vai ter de colocar um pouco de papel de tecido a todo o comprimento para conseguir deslizar o trabalho na máquina (o plástico fica preso no calcador). Depois de cosido basta rasgar o papel e puxar (imagem 1).

1

1 fecho com 12” (30 cm) 2 metros de fita de viés Papel vegetal

Coloque o direito do tecido laminado virado para o plástico e alinhe as duas peças. Colocando agora o calcador normal na máquina de costura, feche o saco de ambos os lados, reforçando as costuras em cima e em baixo. Não esquecer de colocar o papel vegetal como se pode ver na imagem 2.

Com o ferro, dobre a fita de viés ao meio e vinque bem. Cubra ambas as costuras laterais com a fita de viés (imagem 3), dobrando as pontas para dentro nas extremidades superiores.

Faça uma outra “sanduíche” para aplicar do outro lado do fecho, colocando por esta ordem: fita de viés aberta com o direito para fora, tecido laminado com o direito para fora, fecho de correr, tecido de algodão com o avesso para fora e por último fita de viés aberta com o avesso para fora. Cosa a todo o comprimento do fecho (deve ter o fecho aberto para esta operação), junto do mesmo e depois novamente em baixo, tal como fez para o outro lado.

3

2

Para todas aquelas pequenas coisas que simplesmente não podemos deixar de levar para todo o lado. Paper and Cotton 19


Cosa a todo o comprimento o fundo do saco, usando novamente o papel vegetal como auxílio para o calcador deslizar no plástico. Depois de coser, abra os cantos inferiores e marque para dentro 1 ½”. Cosa por cima desta marca, reforçando as costuras e uma vez mais utilizando o papel vegetal (imagem 4). Corte o excesso de tecido a ¼” da costura, e retire o papel vegetal.

Repita esta operação para o outro canto. Cubra depois ambas as costuras com fita de viés (imagem 5), dobrando para dentro nas pontas.

5

4

Corte todas as linhas em excesso e vire o saco do direito. Depois só falta mesmo recheá-lo com todos os seus tesouros!

20 Paper and Cotton


Paper and Cotton

Patchwork

Calendário do Advento por: 512 Ideias

Com este calendário ternurento toda a familia fará a contagem decrescente consigo até ao dia de Natal!

Paper and Cotton 21


Paper and Cotton

Costura Criativa

As Botas dos Gnomos por: Carla Pimentel

Materiais Para cada bota: 55x60cm de feltro verde 32x60cm de feltro na cor que vai usar na dobra da bota 10 cm de feltro na cor que pretender usar para os bonecos Moldes da bota e da sua dobra (modelo na pรกgina de esquemas grรกficos) Sizzix Bigz Die Reindeer Flight 656923 Sizzix Bigz Die Winter Wonder 657003 Mรกquina para cortantes (Sizzix ou outra) Mรกquina de costura Tesoura Linhas de coser Cola (Glossy Accents)

22 Paper and Cotton


1

2

3

4

5

6

7

8

9

Como fazer: Para cada bota corte 2x o molde da bota e 4x o molde da dobra.Já foram acrescentados os valores de costuras no molde, portanto o feltro deverá ser cortado rente ao tamanho do molde. 1

Faça uma pequena presilha cortando um retangulo de feltro com 16x1cm, dobrado a meio e cosido no interior da costura da dobra da bota, para a poder pendurar. 9

2 Cosa à máquina as costuras laterais da dobra da bota,duas a duas com o direito voltado para o direito da outra parte. 3 Introduza uma das partes cosidas na outra parte, direito contra direito e cosa os bicos da dobra a toda a volta. 4

Vire o direito da dobra para fora.

5

Cosa a bota e vire o direito para fora.

6 Sobreponha a dobra com a bota, alinhadas pelas margens superiores e cosa uma parte à outra.

Dobre a costura que acabou de efetuar para o interior da bota. 7

Corte os bonecos com que vai decorar a bota,utilizando os seus cortantes. Cole-os num dos lados da bota com cola. 8

Paper and Cotton 23


Paper and Cotton

Cart천es

Cart천es por: Ivone Barata da Rocha

24 Paper and Cotton


Cartão de Aniversário . Cartolina azul água . Cartolina rosa . Cartolina rosa de bolinhas brancas . Cartolina branca . Caneta de gel branca Uni-BALL SIGNO . Fita cola dupla . Arredondador de cantos . Tinta de carimbos: Dye ink da Papertrey Ink “ Hawaiian Shores” . Carimbo “On this day” da My Mind’s Eye da colecção The Sweetest Thing . Carimbo de fundo em vichy da Papertrey Ink “Gingham stamp set” . Carimbo das datas da American Crafts

Cartão de Natal . Cartolina castanha . Cartolina branca . Botão branco . Glitter vermelho . Caneta de gel branca Uni-BALL SIGNO . Tinta Dye ink Classic kraft da Papertrey Ink . Tinta de carimbo preta . Carimbo doily da My Mind’s Eye da colecção The Sweetest Thing . Carimbo Joy e flocos de neve de fundo Sizzix (do ano passado) . Ráfia vermelha . Baker’s twine vermelho . Folha de acetato . Fita cola dupla . Esponjinhas

Cartão de Natal . Cartolina azul . Cortante de etiqueta Papertrey ink . Carimbos Papertrey ink . Papel de scrapbooking da Echo Park colecção “countryDrive” . Tinta azul Papertrey ink . Tinta vermelha Folia

Paper and Cotton 25


Paper and Cotton

Cart천es

Criss Cross Card por: Carla Pimentel

26 Paper and Cotton


Materiais Uma folha de cartolina 12”x12” (30cmx30cm) para base do cartão. Uma folha de cartolina 6”x6” (15cmx15cm) para o cartão interior. Uma folha de cartolina 6”x6” (15cmx15cm) de cor neutra para o cartão interior. Uma folha de papel de scrapbooking 6”x12” (15cmx30cm). Papel extra para fazer decorações. Carimbos. Tinta para carimbos (à prova de água). Papel de aguarela. Distress inks. Canetas Promarker, Copic ou Distress Markers. Fita cola de dupla face. Furadores decorativos. Cortantes. Máquina para cortantes. Almofadas 3D. Fita. Acessórios para decorar.

Paper and Cotton 27


Paper and Cotton

Passo a Passo

1

2

3

4

5

6

7

8

9

Como fazer: 3 4

7

1

Corte a cartolina base de 12”x12” (30cmx30cm) em duas partes iguais de 6”x12” (15cmx30cm).

2

Dobre cada uma das partes de 6”x12” (15cmx30cm) a meio, no lado maior.

A uma dessas partes faça um corte diagonal desde o topo da dobra até à esquina inferior esquerda da cartolina. Repita na outra parte com um corte desde o topo da dobra até à esquina inferior direita da cartolina.

5

Aplique fita cola de dupla face a toda a volta de um dos quadrados.

6

Sobreponha os dois quadrados de forma que as secções diagonais fiquem com os vértices para baixo e para fora.

Aplique fita cola de dupla face na base de um triângulo.

8

Sobreponha o triângulo sobre a base do quadrado, colando as duas partes uma à outra.

9

Divida o papel de scrapbooking a meio (neste projeto foram utilizados 2 papeis com padrões diferentes), no sentido diagonal.

28 Paper and Cotton


Criss Cross Card 10

11

12

13

14

15

16

17

10

Cole os papeis na frente do seu cartão de base, sobre os dois triângulos.

11

Aplique cola na base e numa pequena parte do lado diagonal do segundo triângulo e sobreponha-o sobre o outro.

12

Decore os bordos e as esquinas do quadrado de cartolina neutra com um furador e cole este quadrado sobre a cartolina que será a base do cartão interno.

13

Carimbe uma imagem e pinte-a com os marcadores. Decore o cartão interno.

14

Carimbe a imagem que vai decorar o cartão exterior em papel de aguarela e pinte-a com os marcadores. Corte a imagem com um cortante.

15

Aplique uma fita a toda a volta do cartão e faça um laço. Cole a fita ao cartão com fita cola de dupla face.

17

16

Cole a sua imagem centrada na frente do cartão com ajuda das almofadas 3D. Decore com flores ou outros acessórios ao seu gosto.

Paper and Cotton 29


Paper and Cotton

Scrapbooking

Grinalda “vintage� de Natal 30 Paper and Cotton


Uma grinalda inspirada nos contos infantis e nos Natais de quando era crianรงa! por: Carla Pimentel

Paper and Cotton 31


Paper and Cotton

Scrapbooking

Grinalda “vintage� de Natal

32 Paper and Cotton


1

2

3

4

Materiais Serapilheira Papel de Scrapbooking enchanted Christmas da Docrafts Autocolantes da mesma colecção Almofadas 3 D Almofada distress ink vintage photo Endurecedor de tecido Ilhós Ráfia Cola Tesoura Alicate para ilhós (crop-a-dile)

1

Como fazer:

No computador crie e imprima as letras que irão servir de molde. Recorte as letras com o papel de Scrapbooking.

2

Corte as bandeiras a partir de um rectângulo de 15cmx17cm. Siga o exemplo da imagem. Endureça as bandeiras com um endurecedor de tecido e deixe secar.

3

Passe distress ink nos bordos das letras. Cole as letras nos centros das bandeiras e as imagens dos autocolantes sobre as mesmas com almofadas 3D.

4

Aplique ilhós nos cantos superiores e una as várias bandeiras entre si com ráfia, formando uma grinalda. Pinte os bordos das bandeiras com distress ink.

Está feito! Boas festas! Paper and Cotton 33


Paper and Cotton

Carimbos

Halloween Tag por: Ivone Barata da Rocha

Um pequeno presente adequado a esta ĂŠpoca do ano! 34 Paper and Cotton


1

2

3

4

5

6

7

8

Materiais Quadrados de esponja-almofadas 3D; Marcadores copic (Y15 / YG93 / YR15); Cola Etiqueta de papel “tag” (pode comprar feita ou fazer uma); Cordão preto; Bloco acrílico para carimbos; Almofada de tinta preta para carimbos; Carimbo abóbora (coleção Owl-o-ween da marca “My cute stamps”); Cartolinas e papeis de scrapbooking de cores diferentes (pequenos pedaços); Papel vegetal laranja; Caneta de gel branca; 1 frasco de doce de abóbora delicioso!

9

Como fazer: 1

Material.

2

Comece por embrulhar o frasco do doce com 2 quadrados de papel vegetal e ate-os com cordel preto.

3

Carimbe a abóbora em cartolina branca.

4

Corte a abóbora. Pode deixar uma pequena margem branca ou não! Como preferir.

5

Pinte a abóbora com marcadores copic YG93, Y15, YR15.

6

Corte pequenas folhas a partir de papeis com vários padrões, com tamanhos diferentes. Escolha a posição que pretende e cole-as à etiqueta.

7

Cole “almofadas” quadradas nas costas da abóbora para lhe dar dimensão extra.

8

Cole a abóbora sobre as folhas e desenhe linhas brancas à volta da etiqueta a imitar pespontos.

9

Ate a etiqueta ao seu frasco de doce. Está feito! Espero que tenha gostado! Paper and Cotton 35


Paper and Cotton

Scrapbooking

Doçuras ou Travessuras por: Carla Pimentel

Um projecto tão simples que os seus filhos vão adorar fazer consigo!

36 Paper and Cotton


Materiais Folhas de scrapbooking da Graphic45 Happy HauntinG Collection Molde do cone Crop-a-dile Tesoura Cola Fita preta Almofadas 3D

1

2

3

4

5

Como fazer: 1

Corte o cone nos papeis escolhidos (modelo na página de esquemas gráficos).

2

Cole para formar o cone.

3

Com o seu furador faça 2 furos para passar a fita.

4

Passe a fita e dê um nó duplo de cada lado.

5

Recorte uma imagem de papeis da coleção e aplique-a sobre o cone com almofadas 3D. Paper and Cotton 37


Scrapbooking

Ab贸boras Paper and Cotton

por: Carla Pimentel

MODELO 1 38 Paper and Cotton

MODELO 2


Materiais Papel de scrapbooking Famelits da Sizzix (657552;657563;657564) Cola PVA Palitos Paus de canela Máquina para cortadores (ex. Sizzix) Tesoura

1

2

Como fazer: 1

Corte 12 formas (ovais e/ou redondas) com cada um dos framelits. Pode repetir 2 vezes o mesmo padrão e se utilizar papeis com frente e verso, só irá precisar de 3 folhas diferentes.

2

Dobre cada um dos seus papeis a meio-para os modelos ovais dobre pelo lado maior.

3

Cole uma das metades de cada papel a outra metade de outro papel diferente. Construa a sua abóbora fazendo este passo até ter utilizado as doze partes cortadas.

4

Antes de colar as duas últimas folhas cole um palito no meio, deixando uma ponta mais elevada.

5

Encaixe um pedaço de um pau de canela no palito, para formar um pequeno caule.

6

Recorte folhinhas e umas tirinhas de papel que deverá enrolar para decorar a abóbora

3

4

Foi fácil, não foi?

6 5

Paper and Cotton 39


Materiais 3 folhas de papel de Scrapbooking de 12”x12” (BoBunny Double Dots-Coral Vintage; Chocolate; Decaf Vintage) Placas de textura Sizzix 656645; 657085 Máquina para textura (ex. Sizzix) Papel de scrapbooking com folhas de plantas impressas e recortadas Cola Fio grosso Furador ( Crop-a-dile ) Cisalha Tesoura Rolhas de cortiça pintadas de castanho

Como fazer: 1

Corte as suas folhas de scrapbooking na dimensão de 8”x12”

2

Faça uma textura em cada folha com a textura escolhida.

3

Corte tiras de 1”x8” -ficará com 12 tiras de cada papel

4

Faça um furo nos dois extremos das fitas

5

Passe um fio grosso a unir todas as tiras que devem estar sobrepostas, desde o furo superior ao inferior, curvando o papel (observe o exemplo da imagem). Dê nós nas duas pontas do fio.

6

Abra as suas abóboras

7

Recorte folhas e cole-as na parte superior juntamente com uma rolhada pintada a fazer de caule.

1

2

3

4

5

7

6

40 Paper and Cotton


Paper and Cotton

Publicidade

Tubo de Ensaio R. Prof. Jos茅 Valente, 83 4150-717 Porto Portugal

Loja 512 Ideias Rua do Campo Alegre, 450 4150-170 Porto Telefone: 226096647 M贸vel: 914835679 Email: loja@512ideias.com

Paper and Cotton 41


Paper and Cotton

Scrapbooking

Fun Christmas Banner

por: Tubo de Ensaio

Para um Natal muito divertido, nada melhor do que este banner bem original que irá fazer as delícias de tanto crianças como adultos! 42 Paper and Cotton


O que precisa:

Instruções:

Vai precisar da colecção Winter Wonderland da My Mind’s Eye

Com a ajuda da máquina Big shot da Sizzix e de um cortante Xl para álbuns, corte 11 peças de cada círculo, normal e escalopado. Sobreponha-os dois a dois com esponjas 3D.

- 1 Paper pack - 1 folha de acessórios - 1 folha de autocolantes 3D - 1 folha de chipboard accessories - Botões - Twine e fita

De seguida corte 11 rosetas com o cortante Tim Holtz, Decorative strip Rosette (656931) da Sizzix e monte-as. Coloque em cada bola de Natal uma roseta. Em cada roseta cole uma letra da frase Feliz Natal e decore com os diferentes acessórios desta linha de papéis. Passe um pouco de twine em cada argola e prenda à fita. Divirta-se com a sua família a pendurar esta divertida decoração!

Paper and Cotton 43


Paper and Cotton

Saúde

Paralisia Cerebral Por: Drª Alexandra Moreira A paralisia cerebral é uma alteração, uma perturbação no controlo do movimento e da postura que é causada por uma lesão que ocorre durante o desenvolvimento do cérebro. Essa lesão pode ser causada por falta de oxigenação, por uma infecção, por exposição a tóxicos, por um traumatismo craniano, etc. Mas, num grande número de casos não é possível determinar a causa da Paralisia Cerebral. Pode ocorrer antes, durante ou após o nascimento, até aos 3 anos. Em cada 1000 nascimentos 2 bebés serão afectados por paralisia cerebral. A paralisia cerebral pode estar associada a outras doenças como a epilepsia, perturbação da visão, perturbação da audição, perturbação da aprendizagem, etc. Chama-se “paralisia” porque as lesões não evoluem e não porque o “cérebro está parado”. Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, o portador de paralisia cerebral pode não ter atraso mental. A paralisia cerebral é um quadro muito heterogéneo. Existem 3 formas: espástica, atetose/distonia e atáxia. A forma espástica é caracterizada pela presença de rigidez da musculatura que também se pode contrair involuntariamente. O aumento do tónus e da rigidez pode limitar o movimento das articulações e as crianças com paralisia espástica desenvolvem deformidades das extremidades ao longo do tempo devido a contraturas articulares. Isso causa problemas na mobilidade. Esta é a forma mais comum. A forma atetose/distonia é a segunda forma mais frequente. A forma atetóide caracteriza-se por movimentos lentos, retorcidos e involuntários, especialmente nos braços. Os músculos alternam entre moles e tensos. Os movimentos involuntários fazem com que a pessoa pareça inquieta e em constante movimento. As pessoas com esta forma de doença têm dificuldade em manter o corpo numa posição estável na vertical para se sentarem ou caminharem, só estando paradas quando adormecidas. A discinesia significa que esses movimentos podem ser repetitivos, praticamente como um tique.

44 Paper and Cotton


Paralisia Cerebral A atáxia é o diagnóstico menos comum. As pessoas com este tipo de paralisia cerebral apresentam baixo tônus muscular e dificuldade para coordenar os músculos para realizar atividades motoras finas, como escrever. Além disso, geralmente apresentam dificuldade para se equilibrarem enquanto caminham e andam com os pés bem afastados um do outro. A paralisia não tem cura, mas existem muitos tratamentos e terapias diferentes que ajudam a controlar os sintomas. O tratamento deve ser iniciado o mais cedo possível, logo na altura do diagnóstico para que os resultados sejam melhores. Os tratamentos passam por fisioterapia, terapia da fala, terapia ocupacional, medicamentos para relaxar os músculos, uso de ajudas técnicas adaptadas a cada pessoa (cadeira de rodas, computadores adaptados, linguagem por símbolos, etc.). A Associação Sorriso da Rita, é uma associação de solidariedade social que foi criada devido à necessidade sentida, por um grupo de pais e amigos, em divulgar os problemas dos portadores de paralisia cerebral e dessa forma ir mudando as mentalidades para que estas pessoas sejam mais aceites na sociedade. Começou por ser um pequeno movimento de apoio a crianças com paralisia cerebral e desde Abril de 2010 que é uma associação de solidariedade social que pretende promover as acções de apoio educativo, lúdico, recreativo e terapêutico, aplicáveis a crianças, jovens e adultos, tendo em vista a sua inclusão social. O projecto «Sorriso da Rita» começou com o patrocínio do jornalista Mário Augusto, pai da menina que dá nome a esta associação, e que é portadora de paralisia cerebral. Em 2005, Mário Augusto escreveu um livro sobre cinema com a intenção de transformar a receita dos livros em ajudas para essas crianças. A ideia surgiu da necessidade de chamar à atenção para a paralisia cerebral, alertar para as dificuldades que as famílias sentem. Mais do que o desconhecimento sobre o que é a paralisia cerebral, os pais sentem-se impotentes relativamente à indiferença e falta de sensibilidade com que o problema muitas vezes é tratado. E a iniciativa foi um sucesso; de tal forma que em vez de um, como previsto, escreveu dois livros – «Nos Bastidores de Hollywood» e «Mais Bastidores de Hollywood». Pode contudo ser evitada. “A PARALISIA CEREBRAL NÃO TEM CURA” Neste sentido, ao divulgarmos o conceito da Paralisia Cerebral, ela passa a ser mais conhecida, mais evitada, trabalhando neste sentido de uma forma preventiva. A principal mensagem que enviamos aos pais de meninos com paralisia cerebral é a de que não desistam dos vossos filhos e dos vossos sonhos. Eles têm sempre um enorme potencial; é necessário dar-lhes oportunidade de o expressarem. Reclamem pelos direitos deles e vossos, façam-se ouvir e, se não forem capazes sozinhos peçam ajuda!

Podem procurar saber mais informação sobre a associação em www.sorrisodarita.org

Paper and Cotton 45


Paper and Cotton

Viagens e Turismo

A

Roménia é mais conhecida pelas praias do Mar Negro e pelo Drácula da Transilvânia. No entanto possui o delta melhor conservado da Europa, Património da Humanidade.

Texto e fotografias: Maria Araújo

Delta do

DANÚBIO

Danúbio tão azul, tão brilhante e azul, através de vales e campos, fluis tão calmo (...) apressas-te para o mar, dando a tua benção a tudo. “Au der schönen blauen Donau” Johann Strauss II

46 Paper and Cotton


O lugar A Roménia é mais conhecida pelas praias do Mar Negro e pelo Drácula da Transilvânia. No entanto o delta melhor conservado da Europa, Património da Humanidade fica a cerca de 281 km e 3 horas e 25minutos de viagem partir de Bucareste, está em formação desde há 10000 anos tem depósitos aluviais de 67 milhões de toneladas/ano e é o habitat de aves e outros animais e plantas.

Vista da Roménia A tranquilidade do rio a banhar a cidade, com os seus espaços e edifícios.

O Danúbio nasce na Floresta Negra, Alemanha, atravessa vários países europeus, percorre 2850 km até chegar ao Mar Negro. Os vários canais que entretanto foram criados pela engenharia encurtaram a distância ao Mar Negro e uniram esta estrada natural ao Mar do Norte. Strauss imortalizou o rio na música, Ceausescu pensou drenar o Delta, a poluição gerada pela procura de minério como o ouro ajudaram a poluir as suas águas, a gripe das aves pôs em sobressalto a Europa, mas ele, o Delta, continua lá com mais ou menos aves dependendo da época do ano e é Património da Humanidade, é portanto dever de todos a sua proteção. Paper and Cotton 47


48 Paper and Cotton


É o segundo maior delta da Europa, mas o melhor conservado. Estende-se por 4500km2 ocupando essencialmente a Roménia embora na zona norte se estenda pela Ucrânia. É formado por múltiplos canais, os três principais são Chilia, Sulina, e Sfantu Gheorghe, lagos, zonas pantanosas, ilhas de junco, abriga 300 espécies de pássaros e 45 de peixes. Na zona norte do delta existem cavalos selvagens, dunas e Floresta Letea, algumas zonas e lagos

são de reserva integral e portanto são proibidas as visitas. A zona do delta é um habitat fundamental para alguns animais e aves migratórias. Estão classificados 12 habitats diferentes no delta. Viajar no delta significa usar barco, as estradas terminam em pequenas aldeias mais periféricas, para se chegar às povoações da costa do Mar Negro há viagens regulares de ferry ou hidrofoil.

O Danúbio A serenidade do rio e das suas paisagens, num misto de selvagem e urbano.

Paper and Cotton 49


Apesar da beleza o delta é um lugar duro para se viver. Os Invernos são longos e frios varridos por ventos da Sibéria, no entanto cerca de 15000 pessoas vivem nas aldeias e cidade, Sulina, do delta. Entre eles vivem alguns grupos étnicos como os Lippovan, dissidentes da Igreja Ortodoxa Russa, vivem da pesca e hortas em pequenas aldeias desde há 200 anos. Na visita ao delta pode almoçar numa destas aldeias e se o tempo chegar pode ainda visitar as ruinas de Halmyris e Histria.

Ponto de partida Tulcea é um bom porto para iniciar a visita ao Delta, mas se tiver tempo as pequenas aldeias do Delta podem ser opção. Na cidade existem vários hotéis e não é difícil encontrar lugar, a reserva pode ser feita pela internet. Ao longo da margem do Danúbio encontramos múltiplas agências que fazem visitas de algumas horas ou de dia inteiro. A visita é feita em pequenos barcos ou lanchas rápidas, estas muito barulhentas para quem quer ver aves.

Como chegar A TAP tem voos diretos para Bucareste. A forma mais fácil de chegar ao delta é de carro. A primeira parte da viagem, mais monótona, é feita na autoestrada de Constança, depois são estradas secundárias, alguns buracos, paisagem de planícies ondulantes com cultura de cereais e girassóis. O trânsito é pouco mas podem encontrar-se algumas carroças, vacas no meio da estrada e por vezes uma estrada sem fim e só para nós. 50 Paper and Cotton


Foram encontradas cerca de 300 espécies de pássaros, sendo as mais importantes os Pelicanos Brancos (Pelecanus onocrotalus) e os Pelicanos Crespos (Pelecanus Crispus)

Outras informações Alguns websites que podem ajudar: whc.unesco.org/en/list/588 www.romaniatourism.com/danube-delta.html www.amatour.ro/ deltaescapetravel.ro/ en.wikipedia.org/wiki/Histria_(ancient_city) en.wikipedia.org/wiki/Halmyris www.roughguides.com www.lonelyplanet.com/romania Paper and Cotton 51


Paper and Cotton

52 Paper and Cotton

Conforto e Lazer


Aquafalls Wellness SPA

No mundo complexo agitado em que vivemos, esmagados pelas pressões das exigências profissionais e familiares e pelo sufoco do stress citadino, renasceu um intenso desejo de busca de paz, de calma e de serenidade - no fundo, dum reencontro com o mais profundo de nós próprios, preferencialmente em comunhão com a mãe natureza, donde toda a vida provém.

Paper and Cotton 53


Paper and Cotton

Conforto e Lazer

F

oi procurando responder a esta necessidade premente dos nossos dias de calma, paz, de tranquilidade, de harmonia com a natureza que surgiu o Aquafalls Spa Hotel Rural, em Vieira do Minho.

Tendo em conta que a primeira necessidade dum empreendimento turístico é o espaço físico, há que ter o cuidado, na sua implementação, de fazê-lo de forma sustentada, de modo a conservar e, se possível, recuperar, o património natural ( e cultural ) existente que, como sabemos no Gerês, é riquíssimo! Conservar e recuperar a envolvente paisagística, a par da materialização de um projecto turístico de qualidade, inovador em termos de conceito e de espaço, constituíram as preocupações dominantes do Aquafalls. Na conceção do projeto de arquitetura foi determinante a inspiração do local, permitindo que a arquitetura e o design dos edifícios enfatizassem o isolamento, a tranquilidade e a harmonia que aí se respira. O hotel desenvolve-se, assim, com um conceito disperso, ou seja, vários edifícios implantados ao longo da encosta, no estilo de hotel boutique. Tem um edifício central - onde se situa o Spa, o bar, o restaurante, a receção e os serviços de apoio - com uma localização sobranceira ao rio Cávado e à albufeira da Caniçada, sendo a vista que se deslumbra de todos estes espaços verdadeiramente soberba! Apesar de possuir uma “linguagem arquitectónica contemporânea” a pedra e a madeira foram eleitas como os materiais de excelência na sua construção, estabelecendo o compromisso entre a contemporaneidade e o ambiente com o espirito de montanha, numa relação amistosa com a natureza. 54 Paper and Cotton


A vista que daí se enxerga é um presente da natureza para os olhos e para o espirito. Pretende ser um espaço intimista, de recato, de bem-estar, com verde, flores, plantas aromáticas e perfumadas e cascatas de água.

de grande qualidade, com técnicos altamente qualificados e com prestigio reconhecido internacionalmente. No alojamento o conforto é o nosso propósito constante.

Enquadrado numa das regiões mais ricas em ecossistemas que é Portugal, o Aquafalls é um produto das universalidades dos portugueses, refletindo, na sua exuberante vegetação, o misto de povo isolado e mundano que somos. A paisagem criada pretendeu também evocar a capacidade única de acolhimento dos portugueses.

A simpatia, simplicidade e cordialidade de todo o staff ao serviço do hotel formam a imagem real que o hotel transmite.

O Aquafalls aposta no serviço de superior qualidade. Na restauração salientamos o restaurante Splendid by Chakall com apresentação e serviço de um menu que é ícone aos sabores e aromas tradicionais da região do Minho, da autoria do prestigiado chefe Chakall.

Conclusão: gostaríamos que o “conceito” Aquafalls que há 4 anos tem vindo a comprovar, diariamente, o seu sucesso e funcionalidade, a todos os niveis, fosse uma referência na hotelaria e turismo de luxo. Consideramos que este é o caminho certo e foi o que escolhemos. Paula Gomes Alves Directora Geral Aquafalls Spa Hotel Rural*****

O Spa já é uma aposta ganha no Wellness Spa dirigida à saúde e bem-estar, com tratamentos Paper and Cotton 55


Saúde, beleza, bem-estar e qualidade de vida estão intimamente relacionados. A saúde é indiscutivelmente uma das maiores dimensões da qualidade de vida. Mas esta prioridade da nossa existência está muitas vezes esquecida. Até um dia. A vida moderna, agente multiplicador de riscos para a saúde e bem-estar, facilita o desenvolvimento de múltiplas doenças e estados de desequilíbrio físico e psicológico. É tão vulgar adotarmos estilos de vida desajustados, que nos conduzem à doença cardiovascular e envelhecimento precoces! E isso é visível no número crescente de pessoas com excesso de peso, diabetes, colesterol elevado e hipertensão. E as adições ao tabaco, álcool em excesso, e fármacos, que numa rotina imparável condicionam o encurtamento da nossa vida. É muitas vezes difícil abandonar estes hábitos que aparentemente nos amparam nos nossos contextos diários de horas de trabalho infindáveis ou de problemas que se sucedem! Até um dia! É necessário reflectir, e mudar. A medicina integrativa, preventiva e a medicina estética poderão contribuir de forma decisiva para que se sinta melhor, por dentro e por fora. 56 Paper and Cotton


É com conhecimento profundo desta realidade que no nosso WELLNESS SPA desenvolvemos soluções inovadoras e de excelência em cuidados evoluídos de saúde, beleza e bem-estar. Pretende iniciar um tratamento de perda de peso? … deixar de fumar?...controlar outros fatores de risco cardiovascular como o excesso de colesterol, a diabetes e a hipertensão? Necessita passar uns dias em total descontração, para renovar energias e estratégias de vida? Tem o desejo que eliminar ou atenuar rugas de forma eficaz e duradoura ou melhorar a qualidade e textura da pele num rejuvenescimento profundo? Ou… conhecer e desfrutar de massagens com protocolos exclusivos e outras técnicas de relaxamento e de desenvolvimento pessoal? Dê o primeiro passo e venha conhecer-nos. O contacto com o WELLNESS SPA do HOTEL AQUAFALLS será seguramente uma experiência inesquecível.

Neste magnífico WELLNESS SPA poderá conhecer um conjunto de serviços e estratégias diferenciadas em áreas como a endocrinologia e metabolismo, a nutrição, a prevenção cardiovascular e a otimização do processo de envelhecimento, numa abordagem compreensiva e integrativa da medicina convencional, medicina preventiva e “antiaging”, da medicina estética e de disciplinas complementares. Regulamente estão também disponíveis workshops e sessões formativas em áreas diversificadas, desde a maquilhagem e a massagem de relaxamento e terapêutica, até á Endocrinologia, emagrecimento, Cardiologia e prevenção cardiovascular, medicina tradicional chinesa, Reiki, meditação e outras. O nosso principal objetivo é proporcionar, para além de uma estadia agradável num contexto paradisíaco, um conjunto de estratégias terapêuticas e preventivas, que se iniciam de imediato e que terão impacto na melhoria da saúde cardiovascular, na otimização do processo de envelhecimento, nos níveis de energia e bem-estar, e portanto na qualidade de vida.

Paper and Cotton 57


Quarto de Casal O conforto e a sobriedade do espaço. A leveza dos contrastes e a magia da decoração.

Os programas de tratamento WELLNESS SPA AQUAFALLS representam uma renovação interior, do corpo e da mente, numa atitude consciente e decisiva de aprendizagem da melhoria de hábitos e estilo de vida com estratégias individualizadas. Porque entendemos que é vital saber comer, dormir, respirar, relaxar, movimentar-se e relacionar-se com o meio envolvente; é vital definir estratégias que permitam, em contextos de vida adversos, fazer o que está ao nosso alcance para recuperar, preservar ou otimizar os nossos bens mais preciosos - a saúde e bem-estar.

Quarto de Casal

58 Paper and Cotton

Os nossos hóspedes podem usufruir, entre outros serviços, de consultas especializadas de endocrinologia, nutrição, diabetes, e prevenção cardiovascular, entre outras, e de programas de emagrecimento, cessação tabágica, detox, antistress, medicina estética e rejuvenescimento facial. Os programas WELLNESS são definidos individualmente, adaptados á complexidade de cada pessoa, e incluem consultas médicas, terapias complementares, naturopatia, acupunctura, e tratamentos e rituais com protocolos exclusivos de massagem, relaxamento e bem-estar.


Piscina exterior

Graça Vargas, médica especialista em Endocrinologia, Diabetes, Metabolismo e Nutrição, pós- graduada em Hidrologia e Climatologia é Medical manager/diretora clínica. A consulta especializada de Endocrinologia e metabolismo inclui anamnese, avaliação de exames de diagnóstico já efetuados, prescrição de exames de diagnóstico necessários, definição de objetivos e de estratégias terapêuticas (incluindo plano alimentar, medicamentos, suplementos, terapias complementares), de acordo com as necessidades e desejo individuais.

Na área da medicina estética estão disponíveis alguns dos tratamentos mais recentes e eficazes de rugas e de rejuvenescimento da pele do rosto, do pescoço, do decote e das mãos. Após uma avaliação médica detalhada selecionamos as substâncias e tratamentos mais indicados para administrar e que incluem fatores de crescimento de plasma autólogo, polivitamínicos, toxina botulínica, e ácido hialurónico, entre outros. Enquanto repousa está a contribuir de forma decisiva para a sua saúde e bem-estar. No melhor e mais envolvente espaço físico.

O programa de emagrecimento base de 7 dias inclui 2 consultas de endocrinologia, 1 sessão de nutrição comportamental, programa alimentar diário, medicamentos e suplementos alimentares prescritos, atividade física diária em grupo, sessão de atitude e estilo de vida, 2 sessões de mesoterapia lipolítica, 4 tratamentos de destoxificação e relaxamento individuais e planificação do tratamento para o quotidiano. O programa inclui ainda o acompanhamento dos resultados e ajuste do tratamento por email durante 8 semanas.

Sairá deste pequeno paraíso com outra perspetiva para a vida. Com mais saúde, beleza e auto-estima; e isso vê-se … por dentro e por fora.

O programa de cessação tabágica de 7 dias inclui 2 consultas médicas, medicamentos e suplementos alimentares prescritos, 4 tratamentos de destoxificação e relaxamento, uma sessão de técnicas de relaxamento, plano de continuidade do tratamento e acompanhamento por email durante 8 semanas após o final do programa.

Graça Vargas; MD SPA Manager médica especialista em Endocrinologia, Diabetes, Metabolismo e Nutrição, pós- graduada em Hidrologia e Climatologia gracavargas@aquafalls.pt

Os tratamentos e consultas estão sujeitos a marcação prévia. Para mais informações poderá consultar o nosso site www.Aquafalls. pt ou seguir-nos no facebook/ wellness Spa Aquafalls.

Paper and Cotton 59


Paper and Cotton

Culinária

Salame de Natal por: Susana Gaspar fotografia: Paulo Pimentel

Sugerimos esta deliciosa e colorida guarnição para acompanhar os seus assados desta quadra festiva! Deve ser preparado de véspera. Serve 6-8 pessoas. Execução fácil.

Ingredientes: • 250g de peito de perú previamente cozido e desfiado • 150g de milho doce • 150g de ervilhas • 50g de pimento picado • 2 cenouras de tamanho médio raladas • 100gr de fiambre picado • 75g de presunto picado • 75g de uvas passas sem sementes

60 Paper and Cotton

• 50g de azeitonas cortadas aos bocadinhos • 1 lata de palmito (cortar o palmito em pedaços pequenos) • 1 maçã média, descascada e picada • 2 chávenas de batata frita palha • 3 colheres de sopa bem cheias de ketchup • 3 colheres de sopa bem cheias de mostarda • 200 ml de maionese


1

2

3

4

5

Confeção: 1

2

3

Misture todos os ingredientes num recipiente. Forre o interior de uma tigela (preferencialmente de aluminio ou inox) com papel celofane.

Verta o preparado dentro da tigela. Cubra com algumas batatas palha.

4

5

Coloque esta tigela no frigorifico de um dia para o outro. No dia seguinte desenforme o seu salame. Sugerimos que decore o prato com alface cortada fininha, rabanetes cortados em forma de flor e um pouco mais de batata palha. EstĂĄ pronto a servir, como acompanhamento do seu assado.

Bom Apetite! Paper and Cotton 61


Paper and Cotton

62 Paper and Cotton

Esquemas


Paper and Cotton 63


Paper and Cotton

64 Paper and Cotton

Esquemas


Paper and Cotton 65


S

e gostou desta Edição não deixe de adquirir a próxima, que será posta à venda em Janeiro de 2013, onde os temas principais serão o Amor, mais concretamente o dia de S. Valentim e a Páscoa!

Patchwork sem agulha Organizador de bolsa Grinaldas de Páscoa Mini-Álbuns com dominós Cartões de S. Valentim

! dição e a xim sa pró m os seus s o n ail co ipe na Partic os um em tos -n proje a r Envie os a lh tões p traba uas suges s ou as staria para: t o s g o e d u a q .p lic otton r pub de ve paperandc @ geral

Até lá, aqui ficam os votos de Boas Festas, de todos aqueles que colaboraram nesta edição, para todas as nossas leitoras! 66 Paper and Cotton

Paper And Cotton  

Revista dedicada ao scrapbooking e costura criativa. Magazine about scrapbooking and creative sewing.

Paper And Cotton  

Revista dedicada ao scrapbooking e costura criativa. Magazine about scrapbooking and creative sewing.

Advertisement