Page 1

O GESTOR

EVENTOS E VIAGENS CORPORATIVAS Edição 11 – 7 a 13 de dezembro de 2016

w w w. a l a g e v. o r g

Parte integrante do Jornal PANROTAS

MANTENEDORES ALAGEV

Corporativo na Argentina: “portas em automático” Flickr - Hernán Piñera

O consultor da Outback Consulting Argentina, Julián Benavento

O gerente de Vendas e Programas de Gestão da CWT na Argentina, Juan Fabre

ENQUANTO O PAÍS DESTRAVA SUA ECONOMIA E RESPIRA OS BONS ARES DO OTIMISMO, o mercado de viagens corporativas da Argentina se prepara para alçar voo em 2017. Com profissionais cada vez mais especializados e entidades tendo sucesso na promoção de eventos a favor da integração das partes, as empresas do país têm incorporado a figura do gestor - o que, em contrapartida, tem reforçado o papel das TMCs, focadas também nos investimentos em tecnologia - não apenas para efeito de vantagem competitiva, mas, sobretudo, de sobrevivência. O desenvolvimento do mercado de viagens e eventos corporativos dos hermanos é evidente e se sustenta também na melhora do cenário econômico, mas isso não quer dizer que

JP 022 e 023 - GESTOR.indd 22

o segmento esteja isento de desafios. “Sem dúvida um dos principais desafios em 2017 será a chegada das linhas aéreas low cost, que até 2016 não podiam entrar no mercado. A chegada dessas companhias não só implica em desafios às linhas aqui já instaladas, mas também às TMCs, dado que precisaremos nos adaptar às particularidades que as de baixo custo trazem consigo, como a baixa ou nula presença nos GDSs, as cobranças por serviços agregados e emissão instantânea, entre outras coisas”, observa o gerente de Vendas e Programas de Gestão da CWT na Argentina, Juan Fabre, que dá a entender que o pior já passou. “O país está deixando um modelo de muitas travas e que tornou uma gestão eficiente muito difícil ao corporativo. Esperava-se mudanças consisten-

tes na economia no segundo semestre deste ano, mas os motores ainda estão aquecendo. Tudo indica que vamos despontar nas atividades do segmento no segundo semestre de 2017.” Por um longo período, o mercado de viagens e eventos da Argentina teve que conviver com um sistema de câmbio de difícil acesso, que dificultava, por exemplo, o envio de remessas ao Exterior. “Um câmbio pouco competitivo e impostos que passaram a valer nos últimos anos fez com que a atividade se desenvolvesse pouco”, defende Fabre. Hoje, do volume total de viagens no país, cerca de 9% corresponde ao corporativo. Contudo, empresas locais ainda trabalham junto com consultorias e agências para reduzir o número de transações feitas fora do sistema, como quando um cartão pessoal é usado para reserva de

voos de baixo custo. No cenário atual, o mercado de viagens e eventos corporativos da Argentina ainda percorre um caminho inicial na profissionalização, uma vez que é comum empresas sem um travel manager a cargo de 100% da gestão, muitas vezes hoje feita pelo setor de Recursos Humanos, Compras, Serviços ou mesmo secretárias.

INVESTIMENTOS

Nos pagamentos, o segmento espera colocar gestão e controle do aéreo nos eixos com métodos mais diretos e seguros para transações. Um dos players nesta tarefa é o Sabre, que em 2014 se uniu à empresa de soluções digitais em pagamentos latina Conferma para integração de boletos do aéreo em um sistema que inclui pagamentos em dinheiro e cheque.

01/12/2016 22:09:56


O GESTOR

EVENTOS E VIAGENS CORPORATIVAS

Mais do que estancar vazamentos e gerar informação confiável a gestores e clientes, as tecnologias que rodeiam o trabalho das TMCs também são demandadas pelo viajante argentino que faz a reserva. De acordo com o gerente da CWT, investimento em tecnologia é vital no momento, e não mais um valor agregado da agência. “Cada vez mais as novidades devem estar voltadas ao usuário final. Os intermediários que estão dentro das empresas tendem a desaparecer, ao passo que as soluções devem ser mais diretas ao varejo.” Fabre cita exemplos como Airbnb, Booking, Uber e o Cabify, que, assim como no Brasil, chegaram recentemente à Argentina para disputar espaço nas empresas. “A tendência é fazer compra direta com os fornecedores, sem intermediação da agência, e tratar de introduzir os cartões (virtuais) no mercado corporativo, que ainda trabalha com conta corrente”, observa o consultor da Outback Consulting Argentina, Julián Benavento. Segundo ambos os profissionais, há uma tendência nos cuidados com big data para a personalização das viagens.

EVENTOS

Se no promissor e grande mercado brasileiro os eventos começam a ser tratados com novas tecnologias e práticas de gestão que levam em conta as viagens, na Argentina estes se encontram um passo atrás. Para Benavento, ainda são poucas as empresas argentinas que tiram proveito do maior volume de transações quando eventos envolvem viagens. “Viagens e eventos são geridos separadamente na Argentina. Poucas empresas conseguem uma gestão melhor a partir dos volumes dos dois. Inclusive, as empresas nem trabalham com a mesma agência de viagem,” afirma Benavento.

FUTURO

Pelo olhar dos profissionais, há uma promessa de investimento de grandes empresas prestes a se confirmar na economia argentina. Com mais estabilidade que em outros anos, leis mais claras e mais chances de se traçar cenários e fazer previsões, 2017 será um ano de crescimento para o país e para as viagens corporativas. “A perspectiva é de crescimento com a vinda dos investimentos e novas políticas. Se isso não acontecer no primeiro semestre, vai acontecer no segundo. Haverá uma grande oportunidade de proteger os negócios relacionados a viagens corporativas.

JP 022 e 023 - GESTOR.indd 23

LACTE 12 já tem inscrições abertas Maior evento de Viagens e Eventos Corporativos da América Latina, o Lacte, organizado pela Alagev e que acontecerá de 22 a 24 de março de 2017, no Grand Hyatt São Paulo, abriu inscrições através do site oficial do evento: www. alagev.org/lacte12. Até 19 de dezembro, o primeiro lote de inscrições está com valor promocional. Os pagamentos podem ser feitos por cartão de crédito ou boleto bancário. Além de nova data, o evento prepara novidades em relação a conteúdo, formato e duração. Os patrocinadores da edição de 2016 já estão garantindo a participação no Lacte 12, que, entre outras novidades, contará com cinco sessões gerais e uma área totalmente dedicada ao Mice.

Alagev abre vagas para estágio e eventos A Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas está reestruturando sua equipe e recentemente anunciou que está contratando profissionais para a área de eventos e também estágio. Para eventos são necessárias experiência na gestão operacional de eventos corporativos, facilidade de negociação com fornecedores, gestão de patrocínios e administração de tempos e movimentos. Os estudantes de Turismo, Hotelaria, Comunicação e Administração de Empresas que estão cursando o 2º ou 3º anos podem pleitear participar do programa de estágio da associação para 2017. Os currículos devem ser enviados para contato@alagev.org com os códigos CVENTOS2016 e ESTAGIO2017, respectivamente, no campo “assunto” do e-mail.

Gestão Estratégica A Alagev acaba de anunciar a reestruturação de sua equipe e a criação de novos projetos, com o objetivo de ampliar o relacionamento com o mercado. Após o desligamento da gerente-executiva Marisa Scortecci, a associação convidou a B4Tcomm, representada pelo diretor Alberto Martins, para assumir a Gestão Estratégica da Alagev. O executivo já atuou na entidade entre 2004 e 2008, quando contribuiu ativamente com seu crescimento e consolidação. O time agora também conta com os seguintes profissionais: Gerente Administrativo - Francisco Mestriner Analista Administrativo Financeiro - Gisele Fardin Estagiária - Gabriela Rodrigues

Nova fanpage Para facilitar a comunicação com o mercado, entre associados e promover informações relevantes sobre viagens e eventos corporativos, a Alagev está reformulando seu posicionamento nas redes sociais. Para se conectar agora com a associação pelo Facebook, o endereço da fanpage é www.facebook.com/alagev.lacte Em breve, o antigo perfil Alagev Latam será excluído. Curta a página e conecte-se com a associação de gestores de eventos e viagens corporativos que há 13 anos é referência no mercado.

Comitês da Alagev se reúnem em São Paulo Cerca de 100 participantes dos oito comitês brasileiros da Alagev se reuniram em São Paulo, no último dia 2, no auditório da Dow Brasil, para discutir a transparência nas relações comerciais entre clientes e fornecedores da cadeia produtiva de viagens e eventos corporativos. A relevância do assunto surgiu dentro das reuniões mensais dos comitês da associação – de Hotelaria, de Agências Corporativas, de Aviação, de Tecnologia, de Incentivos, de Gestores de Viagens, de Gestores de Eventos, de Logística para Eventos – e foi destaque em vários grupos de trabalho. “O amadurecimento do mercado somente acontecerá quando clientes e fornecedores enxergarem seus papéis estratégicos nas diferentes relações. Seja por falta de dados, de comunicação ou de práticas comerciais mal explicadas, é preciso entender os objetivos das duas pontas para se estabelecer de fato uma relação ganhaganha”, afirma a presidente da Alagev, Patricia Thomas. O material colhido através de pesquisas qualitativas entre os oito comitês deve resultar em no Guia da Transparência, a ser publicado em 2017 pela associação.

Mantenedores Alagev contribuem com conteúdo para o Lacte12

Em almoço realizado no último dia 28, em São Paulo, os mantenedores da Alagev – Best Western Hotels & Resorts, Gol Linhas Aéreas, Grupo TX, HRS, Omnibees e R1 Audiovisual – puderam conhecer em primeira mão o formato do Lacte 12. O evento, que conta com curadoria da Academia de Viagens Corporativas, terá mais de 200 horas de conteúdo educacional entre palestras, painéis e sessões inéditas. Cada empresa foi convidada a contribuir com suas expectativas em relação aos temas em evidência atualmente no mercado e apontar os principais gargalos do setor que merecerão destaque durante o evento. “Os mantenedores contribuem ativamente para a profissionalização do mercado e fortalecem o networking e benchmarking promovidos pela Alagev junto aos associados”, destaca o vice-presidente e mantenedor da entidade, Walter Teixeira. Para conhecer mais os benefícios de se tornar um mantenedor da associação, entre em contato com Alberto G. Martins, pelo telefone (11) 5181-3237 ou alberto@b4tcomm.com.

01/12/2016 22:10:30

Profile for PANROTAS Editora

O Gestor - JP 1247  

Corporativo na Argentina: "portas em automático"

O Gestor - JP 1247  

Corporativo na Argentina: "portas em automático"

Profile for panrotas