Page 1

Centro Histórico de João Pessoa

Edição nº 1.344 - Ano 26 | 31 de outubro a 6 de novembro de 2018 | www.panrotas.com.br

Sem título-1 1

R$ 11,00

Regiões fora do eixo Rio-São Paulo atraem cada vez mais a atenção de eventos, fornecedores e capacitações. Feira de João Pessoa é um exemplo disso, mas iniciativas não devem se limitar ao Nordeste

25/10/2018 18:17


Untitled-1 1

25/10/18 17:29


PRESIDENTE

ÍNDICE

nº 1.344 | 31 de outubro a 6 de novembro de 2018 | www.panrotas.com.br

José Guillermo Condomí Alcorta CHIEF EXECUTIVE OFFICER (CEO) José Guilherme Condomí Alcorta (guilherme@panrotas.com.br)

DIRETORA DE MARKETING E EVENTOS Heloisa Prass

CHIEF TECHNOLOGY OFFICER (CTO) Ricardo Jun Iti Tsugawa REDAÇÃO

CHIEF COMMUNICATION OFFICER (CCO) E EDITOR-CHEFE: Artur Luiz Andrade

(artur@panrotas.com.br) Coordenadores: Henrique Santiago, Raphael Silva e Rodrigo Vieira Reportagens: Karina Cedeño, Marcel Buono e Renato Machado Estagiários: Felipe Lima, Leonardo Ramos, Marcos Martins e Marina Marcondes (RJ) Fotógrafos: Emerson de Souza, Jhonatan Soares e Marluce Balbino (RJ) MARKETING Gerente de Marketing e Eventos: Patricia Brandão (patricia@panrotas.com.br) Analista: Erica Venturim (erica@panrotas.com.br) PRODUÇÃO Aline Monteiro (aline@panrotas.com.br) Pedro Moreno (pedro@panrotas.com.br) COMERCIAL Executivos: Flávio Sica (sica@panrotas.com.br) Priscilla Ponce (priscilla@panrotas.com.br) Renato Sousa (rsousa@panrotas.com.br) Rene Amorim (rene@panrotas.com.br) Ricardo Sidaras (rsidaras@panrotas.com.br) Sônia Fonseca (sonia@panrotas.com.br) Big Data: Igor Vianna (igorvianna@panrotas.com.br) Jéssica Andrade (jessica@panrotas.com.br) Assistentes: Ítalo Henrique (italo@panrotas.com.br) Rafaela Aragão (rafaela@panrotas.com.br) FALE CONOSCO Matriz: Avenida Jabaquara, 1.761 – Saúde São Paulo - Cep: 04045-901 Tel.: (11) 2764-4800 Brasília: Flavio Trombieri (flavio@panrotas.com.br) Tel: (61) 3224-9565 Rio de Janeiro: Simone Lara (simone@panrotas.com.br) Tel: (21) 2529-2415/98873-2415 MARKETING DE DESTINOS Pires e Associados (jeanine@pireseassociados.com.br) ASSINATURAS Chefe de Assinaturas: Valderez Wallner Para assinar, ligue no (11) 2764-4816 ou acesse o site www.panrotas.com.br Assinatura anual: R$ 468 Impresso na Referência Gráfica (São Paulo/SP)

Media Partner

SEÇÕES 04 Editorial - Regional ou nacional? 06 Check-in

Nat Geo Expeditions no Brasil

12 Infográfico

Os viajantes experientes

32 Diagnóstico

Embratur perde escritórios internacionais

34 LGBTravel A Orlando LGBTI+

35 Memória O fim da Fit

40 Ladevi

Notícias da Argentina

42 Follow

Tivoli Mofarrej nas redes sociais

14 Braztoa em Portugal

Acordo abre campo para novos produtos

20 Seaview no Brasil

Design do navio MSC aproxima hóspedes do mar

22 GTA

Esforços de 2018 corresponderam

26 JPA Travel Market

Participação internacional empolga

36 Best Western

Rede amplia oferta em Kissimmee, na Flórida

Associações

Parceria Estratégica

31 de outubro a 6 de novembro de 2018 — PANROTAS

3.indd 3

3

26/10/18 11:57


Editorial

REGIONAL OU NACIONAL? O sucesso de eventos regionais como o Festival de Turismo JPA (que passa a ser JPA Travel Market a partir de 2019) nasce da carência desses mercados em relação a oportunidades de encontros cara a cara, olho no olho, para negociar, descobrir, sugerir... Sim, está tudo na internet, mas esse é o problema, ninguém quer tudo e sim aquilo que lhe é mais interessante e adequado. Além do mais, os encontros presenciais cumprem um outro papel: permitem a troca de pontos de vista, experiências e negócios; aprofundam relacionamentos; capacitam melhor; e deixam uma memória comercial mais duradoura. O vácuo para esses eventos existe desde sempre. Se uma delegação de fora chega ao Brasil, prioriza São Paulo e Rio. As grandes feiras já não contam com tantas facilidades para quem vem de fora (do aéreo à diária hoteleira, do transporte do hotel ao centro de convenções a uma programação dedicada a encontros profissionais) e quem está fora de São Paulo acaba tendo que correr atrás do tempo e oportunidades perdidas. E não é todo mundo que pode, seja por falta de tempo, estrutura ou dinheiro. A Abav Expo, ainda quando era Feira da Abav, chegava a diversas regiões do País a cada ano. A itinerância era trunfo junto a expositores (que não conseguiam estar em todos os mercados, como não conseguem até hoje) e compradores (que ainda contavam com mais facilidades para participar). Sim, os tempos eram outros,

mas esses mercados só fizeram crescer, e estratégias de empresas como a GTA, Trend ou Orinter, entre tantas outras, de fazerem eventos fora do eixo Rio-São Paulo, se mostram mais que acertadas. Eventos multimarcas precisam repensar suas estratégias. E se o modelo de feiras está sendo questionado, e discutimos se há espaço para dois grandes eventos similares no calendário oficial, os encontros regionais estão mais vivos que nunca. E nesse caso, ousamos dizer que tamanho não é essencial. Crescer muito pode matar um modelo de sucesso, onde cada participante consegue negociar, ouvir, ser ouvido... Não apenas o Nordeste, mas também o Sul (onde o Festuris, o Salão Paranaense e a BNT são pioneiros), o Centro-Oeste (o Turismo continua ignorando o agronegócio e suas riquezas?), o interior do Sudeste (especialmente São Paulo, que já tem duas feiras), o Norte e, por que não, nossos vizinhos, merecem encontros mais criativos e focados em eficiência e fazer negócios. Nesta edição, trazemos dois bons exemplos, o Eavem, da GTA (uma preparação interna para percorrer o Brasil e treinar milhares de agentes de viagens em 2019) e o citado evento de João Pessoa. O Brasil é grande e diverso. E o estímulo às viagens e aos negócios não tem limites ou deve ser coibido pelo tamanho de mercado. A tecnologia chega a todos os lugares. O human touch deve continuar acompanhando o fluxo de negócios. De Norte a Sul. n

Artur Luiz Andrade Editor-chefe e Chief Communication Officer da PANROTAS artur@panrotas.com.br

4 4.indd 4

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/2018 19:31


Untitled-2 1

23/10/18 16:17


Check-in +Lidas da semana Portal PANROTAS 1 Conheça 8 megatendências

Aviação

Delta cancela GRU-MCO

para o Turismo em 2019

2 Delta suspende rota direta entre São Paulo e Orlando

3 Vem aí o maior navio de

cruzeiros da história do Brasil

4 As 10 cidades que mais ganharam com o Turismo em 2017

5 Reclame Aqui: veja as locadoras líderes em queixas no Brasil

6 CVC faz esquenta black friday: 2 por 1 na Flórida voando Gol

7 Veja o perfil dos fraudadores de despesas em viagens corporativas

8 Gastos de brasileiros em

viagens internacionais duplicam

9 Hub global: como Gol ligará

Nordeste e Norte ao mundo no Ceará

10 Gol vai à CVC Corp destacar

A Delta deixa de voarde Guarulhos a Orlando a partir de 11 de março de 2019. A companhia opera o trecho direto às segundas, quartas, sextas, sábados e domingos. A baixa rentabilidade do trecho foi apontada como o principal motivo pela suspensão do serviço. No entanto, a Delta faz questão de reafirmar seu compromisso com o mercado brasileiro com a ligação entre São Paulo, Atlanta, Detroit

e Nova York e do Rio de Janeiro para Atlanta, além da parceria cada vez mais sólida com a Gol. A partir de março, portanto, a Latam Airlines será a única a oferecer voos diretos entre Guarulhos e Orlando. Vale lembrar que a Azul também opera Orlando, também direto, voo que, embora seja por Viracopos, é considerado como Terminal São Paulo pelas autoridades.n

voos a Miami e Orlando; fotos

Fonte: Portal PANROTAS

Cabo Frio estratégica

Azul e Turkish

A Azul voará duas vezes por semana de Viracopos, em Campinas (SP), para Cabo Frio (RJ) neste verão 2018/19. A Região dos Lagos, onde o destino está localizado, é uma das principais apostas da companhia, visto que recentemente foi anunciada a rota Buenos Aires-Cabo Frio. “Com a valorização do dólar, cidades turísticas do País se tornaram mais atrativas para os estrangeiros”, justificou o diretor de Alianças da Azul, Marcelo Bento, pontuando que Cabo Frio, Arraial do Cabo e Búzios “são destinos muito procurados por brasileiros e estrangeiros”.n

Brasília noite e dia

Ahmet Olmustur, diretor de Marketing da Turkish, e Alexandre Malfitani, CFO da Azul

Azul Linhas Aéreas e Turkish Airlines compartilharão seus programas de fidelidade a partir de janeiro. Os passageiros brasileiros poderão utilizar a pontuação do Tudo Azul para emitir bilhetes da Turkish, e o mesmo poderão fazer os usuários da Miles & Smiles, da companhia turca. Azul e Turkish já contavam com acordo codeshare desde dezembro do ano passado, e a possibilidade de troca de pontos é mais um reforço dessa parceria. O Tudo Azul cresceu mais de 20% no número de usuários neste ano, e agora são dez milhões de cadastros. A aérea brasileira tem parceria de fidelidade similar com United, Tap e Copa Airlines.n 6 6 a 8.indd 6

A Gol amplia o número de voos diretos entre Campinas (SP) e Brasília. Hoje diário, o serviço terá o dobro de frequências a partir de dezembro e, de fevereiro de 2019 em diante, será feito três vezes por dia, de manhã, à tarde e à noite. Além da demanda crescente de voos rumo à capital federal, essa será uma opção aos paulistas voarem à Flórida. Isso porque, a partir de 4 de novembro, a Gol dá início ao seu novo serviço direto entre Brasília e Miami e da capital brasileira para Orlando, ambos em operações diárias. Os mesmos destinos da Flórida ganharão voos da Gol a partir de Fortaleza.n

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/2018 18:55


+Lidas operadoras

Operadoras

Nat Geo no Brasil

James Giacomini e George Sonoda, da Diversa Turismo e Nat Geo Expeditions, respectivamente

6 a 8.indd 7

A National Geographic chegou ao Turismo brasileiro. Conhecida pelas suas expedições, pesquisas e publicações, a empresa traz ao País o Nat Geo Expeditions, sua marca de viagens, que pela primeira vez se aventura para além mercado norte-americano. Neste primeiro momento, quem vai comercializar os produtos é a Diversa Turismo, operadora de James Giacomini e Arnaldo Franken. Outras três parcerias serão anunciadas em breve pela Nat Geo. O diferencial da Nat Geo Expeditions é que seus guias são cientistas que estudam, ou em algum momento estudaram, os destinos a fundo. São mais de 250 destinos, todos com foco em ecoturismo e viagens de aventura. Há produtos para família, casais e aventureiros. Para o diretor da Diversa Turismo, James Giacomini, a parceria terá

1 CVC faz esquenta black friday: 2 por 1 na Flórida voando Gol

2 Teresa Perez estreia no JPA, e quer conquistar interior do NE

3 Trend leva 200 agentes para

JPA Travel Market, na Paraíba

4 Trend investe, tem maior

estande do JPA e capacita dois mil

5 Nat Geo Expeditions chega ao

Brasil em parceria com Diversa Fonte: Portal PANROTAS

muita aceitação do público. A operadora de cinco meses, que quadruplicou sua equipe de Atendimento desde maio, está muito empolgada com esse início de trajetória e crê que a Nat Geo vem a calhar com o momento. Agentes interessados na venda de viagens Nat Geo já têm à disposição os canais da Diversa: (11) 5087-3466 ou www.diversaturismo.com.br.n

26/10/18 12:00


+Lidas Corporativo 1 Veja o perfil dos fraudadores de

despesas em viagens corporativas

2 Brasil terá 98 novas frequências semanais de voos inter

3 BCD Travel debate tendências do setor em evento; veja fotos

4 Conheça os aeroportos mais bem avaliados do Brasil

5 Com novos pedidos, Gol deve

estrear B737 Max 10 em 2022

6 A estratégia da Latam Airlines para o viajante corporativo

7 Michael Nagy deixa direção de Rio CVB; Cid Rocha assume

8 Gol aumentará voos diretos entre Campinas (SP) e Brasília

9 B2B Reservas se prepara para agregar hotéis internacionais

10 Tour House lança ferramenta para gestão on-line de eventos

Pancorp

SPEC

A partir desta semana, a Tour House apresenta sua nova ferramenta de gerenciamento on-line de eventos corporativos, a Single Point of Events Controller (SPEC). A agência de viagens corporativas garante que a novidade oferece um diagnóstico completo ao cliente e permite acompanhar todo o processo comercial, fazendo a gestão de dados sobre o tamanho do evento e fluxo de aprovação, além de apontar o status do contrato. “Nosso objetivo é colaborar com a evolução e o aprimoramento da gestão de eventos do mercado e dos nossos clientes. Por esse motivo, investimos constantemente em tec-

Mateus Passos, diretor executivo da Tour House Eventos e Incentivos

nologia e desenvolvimento de novos processos”, destaca o diretor executivo da Tour House Eventos e Incentivos, Mateus Passos.n

Fonte: Pancorp

Troca de comando

Segundo à esquerda, Cid Rocha, que assume a direção executiva do Rio CVB, e Michael Nagy, que deixa o cargo (à direita); junto deles Alfredo Lopes e Sonia Chami, também do Rio CVB

Michael Nagy deixou o cargo de diretor executivo do Rio Convention & Visitor Bureau. Quem assume é Cid Rocha, que já foi vicepresidente executivo do Rio CVB entre 2011 e 2015. O novo encarregado de comandar a entidade do Rio de Janeiro conta com 24 anos de atuação na operação turística internacional da H. Stern. Rocha destacou que o "grande desafio" na nova posição será o desenvolvimento de novas percepções que agreguem reconhecimento ao setor. Nagy, por sua vez, está próximo de um acerto na diretoria de Vendas de um hotel internacional localizado na capital fluminense. n

Acompanhe essas e outras notícias no

PANROTAS.COM.BR Siga a PANROTAS portalpanrotas portalpanrotas PANROTAS Editora portalpanrotas

8 6 a 8.indd 8

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/2018 18:56


Untitled-2 1

23/10/18 16:16


Espaço Abracorp

FAZER É PASSAGEIRO, ACREDITAR É PERENE É com satisfação que me dirijo ao trade turístico no seu todo – e ao mercado de viagens corporativas, em especial, enquanto diretor executivo da Abracorp – Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas. Chego para somar e compartilhar o que de melhor a experiência me proporcionou, no enfrentamento de desafios e cumprimento de missões, dentro e fora do País. Sou paulistano, ítalo-brasileiro que se tornou norte-americano, por conta de viver em Miami desde 1980. Lá me casei, constituí família, construí carreira que inclui os últimos cinco anos na Iata. Mais do que o aprendizado e o aprimoramento profissional, tive o privilégio de conquistar muitos amigos no Turismo. E agora o paulistano volta à origem, onde tudo começou. Volto para abraçar a missão de dar continuidade ao excelente trabalho dos meus antecessores na Abracorp. Trago comigo a percepção de valores como crença e ação – acreditar e fazer. E também a clareza sobre a funcionalidade da comunicação. Há cerca de dez anos, redimensionei e redirecionei meu foco sobre o tema, depois de assistir a uma palestra do brilhante autor americano, Simon Sinek. Diz ele: “O essencial não é explicar o que fazemos, mas sim o porquê. No que acreditamos é mais importante que nossas ações – as pessoas não compram o que você faz, as pessoas

10 10 abracorp.indd 10

Antonio Carlos Carbone, diretor executivo da Abracorp

compram o que você acredita.” Na esteira da reflexão do palestrante, acrescento que fazer é passageiro, acreditar é perene. E é esse o diapasão que nos inspira a trazer para a Abracorp uma atuação de dentro para fora. 1)

Comunicar o que acreditamos

2) Buscar parceiros que compartilhem nossas crenças 3) Usar o que sabemos para fazer Em última análise, iremos focar, no porquê da Abracorp, o que acreditamos. O que fazer é consequência. O objetivo não deve ser fazer negócio com todos que precisam do que oferecemos, e sim fazer negócio com todos os que acreditam no que acreditamos. Nossos sentimentos não enfrentam barreira de língua, números, nem é algo difícil de entender. É universal. O que acreditamos, o que sentimos é impulsionado por instinto – não precisa de tradução nem explicação.

Nossos associados são experts no que fazem, sabem como fazer e ganhar dinheiro. Todos são muito bem-sucedidos. Por que, então, precisam da Abracorp? Para que serve? Por que seus membros adicionam carga horária a suas já apertadas agendas, adicionam custos fixos mensais e esforços em criar e manter uma associação? A resposta é simples: porque eles acreditam. O resto eles já fazem. Nossos associados acreditam em abrir horizontes, buscar e achar as pessoas e empresas que acreditam no que acreditamos. E, por consequência, no que fazemos, nossa visão e missão, nossa ética com o mercado, nosso sentido de bem comum. Queremos inspirar, ter ao nosso lado pessoas que fazem a diferença. Contagiar, por meio da disseminação da nossa crença entre entidades, governo, clientes e colaboradores. *Antonio Carlos Carbone atende pelo e-mail carbone@abracorp.org. br e celular (011) 95769-2059. n

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/18 19:03


Untitled-2 1

23/10/18 16:19


Infográfico

Enquanto grande parte do mercado quebra a cabeça para entender os consumidores da geração millennial, há um “Tsunami Prateado” na ponta da pirâmide etária pedindo passagem. Confira o perfil dos viajantes brasileiros com 60 anos ou mais.

PARA 79% DOS 60+, VIAJAR É O IMAGINÁRIO DA APOSENTADORIA

12 12 e 13.indd 12

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/18 18:58


PARA ALCANÇÁ-LOS, ESSES SÃO OS NICHOS DE MAIOR APELO: • • • •

Turismo religioso Águas termais Experiências únicas, como vinhedos Viagens com toda família

OS QUE MAIS VIAJAM: • • • • • •

Têm até 74 anos São das classes mais altas 69% viajam, no mínimo, uma vez ao ano 68% viajam acompanhados de cônjuge e/ou familiares 75% vão por conta própria (organizam a própria viagem) 74% pagam o valor integral

REGIÃO DOS QUE MAIS VIAJAM: Centro-Oeste

MÉDIA DE 15 DIAS NO DESTINO • • •

33% curtem apenas o final de semana 32% viajam por uma semana 28% de oito a 15 dias

VALE A PENA ENTENDER: • •

No mundo, há 962 milhões de pessoas com mais de 60 anos No Brasil de 2050, os 60+ serão 68,1 milhões, enquanto as crianças e adolescentes com até 14 anos serão 18,8 milhões

Fonte: Hype60+ e Pipe. Social. Entrevista feita com 2.242 seniores brasileiros.

31 de outubro a 6 de novembro de 2018 — PANROTAS

12 e 13.indd 13

13

25/10/18 18:58


Destinos Alexandre Campbell, especial para a PANROTAS – Douro, Portugal

UNIDOS EM

NAVEGAÇÃO

A

ideia é ousada, e o principal passo foi dado no dia 12 de outubro na cidade de Sabrosa, região do Douro, no norte de Portugal, quando foi fundada a Rede Mundial Magalhânica (Remam), associação que tem o intuito de unir parceiros pelo mundo com ações sócio—econômicas, promocionais e culturais voltadas para o Turismo e para a valorização dos bens e patrimônios da humanidade. Inspirada no quinto centenário da primeira viagem de circunavegação da história mundial comandada por Fernão de Magalhães em 1519, a Remam é uma inciativa da Associação de Empresários Turísticos do Douro e Trás-os-Montes (Aetur), que representa o setor privado, e da Estrutura de Missão para as Comemorações do V Centenário da Circum-Navegação, um gabinete do governo português criado para coordenar, divulgar e promover o calendário das comemorações. Outros parceiros estratégicos se juntaram a eles para compor o projeto. No lado brasileiro, a Braztoa, a Casa de Portugal de São Paulo e a TV Cultura (Fundação Padre Anchieta). O vice-presidente da Casa de Portugal de São Paulo, Paulo Machado, afirma que a Braztoa é uma parceira estratégica da Aetur e da Casa de Portugal, e está envolvida desde o início neste projeto. Segundo ele, a presidente Magda Nassar sugeriu que a Braztoa liderasse os contatos com associações de operadores de outros países com a finalidade de criar um roteiro que fizesse a volta ao mundo. Nesse caso, cada associação de operadores locais se responsabilizaria pela sua parte no roteiro, criando pacotes receptivos nos quatro cantos do mundo. Diretor na Braztoa e na Raidho Viagens, Ro-

14 Portugual .indd 14

berto Nedelciu assinou, com Machado, a cooperação representando o Brasil na cerimônia de fundação. O objetivo da Remam é convocar o mundo associativo empresarial para criar parcerias e trocas comerciais com oportunidades de negócios em escala mundial. BRAZTOA PIONEIRA Segundo Nedelciu, a Braztoa espera que essa iniciativa integre os povos, aproximando ainda mais o Brasil de Portugal e de outros países do mundo. “Somos a única entidade do Turismo brasileiro representada nesse ato inicial de formalização da Remam. A Braztoa sempre tenta ser pioneira em tudo o que faz e essa iniciativa vai alavancar ainda mais a integração entre Brasil e Portugal. Acredito que vamos desenvolver os destinos participantes e promover o Turismo como um todo. É uma honra participar desse momento.” Países como os Estados Unidos, Canadá, Argentina, Uruguai, Bélgica, Espanha e Filipinas já têm representantes prontos para participar. Haverá um momento em que as universidades internacionais e municípios também irão se associar. Está prevista a adesão da USP e da cidade de São Sebastião (SP), além de quem sinta afinidade pelo projeto. Nedelciu e Machado, juntamente com Marcelo Cusnir, da New Age, Arnaldo Levandowski, da MGM, e cinco operadores norte-americanos particíparam de um famtur pela região de Trás-os-Montes e do rio Douro, onde puderam conhecer melhor o destino, rico em vinícolas, bons hotéis, atividades de natureza e farta gastronomia regional. “Portugal é um destino que se vende muito fácil no Brasil por causa da integração, do

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/2018 19:12


Castelo da cidade de Bragança

Paulo Machado, da Casa de Portugal, discursa em ato de fundação da Remam na cidade de Sabrosa, região do Douro, norte de Portugal

31 de outubro a 6 de novembro de 2018 — PANROTAS

Portugual .indd 15

15

25/10/2018 19:38


idioma e até por causa do custo, mas os brasileiros conhecem muito mais Lisboa e a região do Porto. A região do Douro é famosa pelos vinhos. Só que a parte paisagística, de alimentação e o povo tornam o destino mais fantástico ainda. Na hora que o brasileiro descobrir mais essa região, e isso vai depender muito da promoção, vai explodir e vai ter bastante procura”, completa Nedelciu. A REMAM A Remam, rede criada para objetivar as celebrações, que acontecerão entre 2019 e 2022, do quinto centenário circunavegação comandada por Fernão de Magalhães, visa dar continuidade de planejamento, expansão, inovação, descoberta e concretização de novos modelos de negócios. Dar orientação clara e direcionada para criar oportunidades aos associados, reforçando a relação de confiança entre os membros e construindo um modelo participativo e aberto, com uma plataforma digital de marketing, comercialização e distribuição da qual todos os associados de cada uma das associações que integram a rede possam se beneficiar. Esta plataforma será direcionada principalmente para os negócios do Turismo e terá tecnologia e comunicação economicamente auto sustentável, segura, rápida, simples e viável. “A expedição náutica de Magalhães tem um simbolismo transcendente”, afirma o presidente da Estrutura de Missão para as Comemorações do V Centenário da Circum-Navegação, José Marques. “Ele sempre influiu não somente nas questões do oceano, mas na valorização do conhecimento, de fundações científicas, no desenvolvimento ecológico e principalmente na construção do coletivo. Hoje, quinhentos anos depois, faremos exatamente a mesma coisa, uma construção coletiva com parceiros de todo o mundo em uma dinâmica que concentre economia, conhecimento, cooperação intercultural e Turismo.” 16 Portugual .indd 16

Roberto Nedelciu, de Raidho e Braztoa

O rio Douro em passagem pela cidade do Porto

A RIQUEZA DO DESTINO O rio Douro nasce na Espanha e atravessa o norte de Portugal, desaguando no oceano Atlântico entre as cidades do Porto e Vila Nova de Gaia. Percorrê-lo, de barco ou pelas pequenas estradas à sua margem, principalmente no trecho do norte de Portugal, onde os vilarejos ribeirinhos são pequenos e as videiras e oliveiras predominam a paisagem, é algo indescritível e de imensa beleza natural. A região é conhecida pelos seus famosos vinhos, que são produzidos em quintas, como são chamadas as vinícolas em Portugal. Essas quintas produzem, comercializam os vinhos, recebem visitantes para venda e degustação, algumas possuem restaurante e as mais modernas também

são pousadas de luxo. A rota de vinhos do Alto Douro é considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco na categoria de paisagem cultural. Além de vinhos, azeites, e uma gastronomia de alta qualidade embora um pouco mais rústica da que encontramos em Lisboa, já que grande parte do que se come nesta região é produzido em fazendas, o norte de Portugal está investindo no Turismo de natureza. Caminhadas por entre as vinícolas, passeios de bicicleta, de cavalo, canoagem, observação de pássaros, inúmeras trilhas que acompanham o Douro e seus afluentes, todas essas são atividades que algumas operadoras de Turismo vêm desenvolvendo na região.

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/2018 19:12


Degustação de vinho do Porto Croft na Quinta da Roêda, vale do Douro

de vinho e proprietários de pousadas. Listamos abaixo alguns locais e empresas que merecem destaque em um passeio pelo vale do Douro e Trás-os-Montes. Museus da cidade de Bragança que contam um pouco a história da região. O Museu Militar, situado no Castelo de Bragança abriga peças utilizadas pelo exército português desde o século 12 e tem uma bela vista da cidade. O Museu Ibérico da Máscara e do Traje, expõe peças usadas em diversas aldeias locais. O Centro de Interpretação da Cultura Sefardita do Nordeste Transmontano é um espaço destinado à história das comunidades judaicas que habitaram o norte de Portugal. O Centro de Arte Contemporânea Graça Morais apresenta obras da pintora portuguesa e de artistas estrangeiros. www.cm-braganca.pt Restaurante D. Roberto e A Montesinho Turismo. Situado nos arredores de Bragança, esse restaurante serve a comida típica da região produzida em uma fazenda a poucos metros de distância. O proprietário do restaurante e da fazenda possui hotéis de agroturismo e hospeda turistas que podem, durante a sua estada, participar e desfrutar da vida produtiva local. www.amontesinho.pt

Há cinco anos, em setembro de 2013, foi criado o Parque Natural Regional do Vale do Tua, na região entre o Alto Douro e Trás-os-Montes. O rio Tua, um afluente do Douro, é a coluna vertebral desse parque que engloba cinco municípios – Alijó, Carrazeda de Ansiães, Mirandela, Murça e Vila Flor. A construção de uma polêmica uma represa na região, em 2016, que inundou uma linha férrea histórica que seguia à margem do rio, abalou um pouco os moradores locais, mas ao mesmo tempo despertou o interesse em promover o vale do Tua de forma mais contundente e incrementar o Turismo de natureza, principalmente para visitantes vindos do Porto. A intenção é provar que mesmo com a barragem, a região tem a sua riqueza natural e biodiversidade.

Percursos pedestres, rotas temáticas, turismo fluvial, rural, cultural e gastronômico fazem do vale do Tua, e também do Douro, destinos propícios para diversas formas dee Turismo. Mirandela, uma das cidades que têm ligação direta com o parque, é um dos pontos de partida para diversos percursos propostos por operadoras locais. Os pequenos percursos duram cinco horas, mas existem ligações entre eles que podem estender o roteiro em até 100 quilômetros, com pernoites em quintas e passeios de barco. PARA VENDER A REGIÃO Os parceiros da Aetur são muitos, vão desde pequenos doceiros, restaurantes familiares, operadoras, até médios e grandes produtores

Caminhadas, canoagem, aventuras, caminho de Santiago de Compostela e passeios a cavalo pelo norte de Portugal. Roteiros de até 15 dias. www.portugalgreenwalks.com Museu da Oliveira e do Azeite em Mirandela. Um pequeno museu que conta de forma objetiva e poética a história do cultivo das oliveiras e da produção de azeite na região. A Casa dos Cantoneiros é um espaço dedicado à divulgação e comercialização de vinhos, azeites e produtos regionais produzidos em Carrazeda de Ansiães, no vale do rio Tua. Visitantes têm a oportunidade de provar vinhos, queijos, embutidos e compotas produzidas por produtores locais. O local tem um mirante de onde se avista o rio Tua.

31 de outubro a 6 de novembro de 2018 — PANROTAS

Portugual .indd 17

17

25/10/2018 19:36


Parque Natural Regional do Vale do Tua. Um parque de 25 mil hectares marcado por serras, planaltos e vales que abrange não somente o rio Tua, mas também o Douro e o Tinhela. Esa região está sendo tratada como a nova atração turística do norte de Portugal e pretende se tornar tão famosa quanto a região do Douro. www.parque.valetua.pt Casa Lapão em Vila Real. Rosa Cramez é uma produtora de doces de ovos que mantém a tradição de sua família há 100 anos. Ao visitar a cidade, vale à pena conhecer sua loja e cozinha onde os doces são confeccionados de forma artesanal. www.casalapao.pt A Paradoxo Arquitetura e Investimento é uma empresa formada por três jovens que estão desenvolvendo projetos no Douro, reconstruindo e modernizando construções, as tornando úteis e funcionais para se transformarem em pousadas ou casas de temporada. Pedro Ricardo, Joaquim Barroso e Diogo Rego têm um escritório na cidade do Porto Douro Palace Hotel Resort & Spa. Um hotel situado às margens do Douro, onde todos os quartos ficam de frente para o rio. www.douropalace.com E, para finalizar, uma relação de quintas que produzem os melhores vinhos e espumantes da região, sendo algumas também pousadas de luxo Quinta de Tourais www.quintadetourais.com Quinta do Vallado Wine Hotel www.quintadovallado.com Quinta da Covela Enoturismo www.covela.pt Quinta Murganheira www.murganheira.com Quinta do Noval www.quintadonoval.com Quinta da Roêda www.croftport.com A PANROTAS viajou a convite da Braztoa, com proteção Intermac. n

18 Portugual .indd 18

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

26/10/18 12:03


Untitled-2 1

23/10/18 16:18


itchen é ssinado uchi

MSC SEAVIEW: UMA EXPERIÊNCIA INÉDITA MAIS PRÓXIMA AO MAR

A MSC Cruzeiros traz, com a chegada do novo navio MSC Seaview, uma experiência inédita ao viajante brasileiro. Além de uma oferta de opções completas de lazer, entretenimento e alta gastronomia a bordo, o transatlântico reforça a identidade singular da geração Seaside: infraestrutura de ponta, conceito e design revolucionários na indústria de cruzeiros para proporcionar uma experiência única mais próxima ao mar. O design audacioso do MSC Seaview foi inspirado nos condomínios de praia de Miami e conta com uma das maiores áreas ao ar livre a bordo de um navio em todo o mundo. Elementos especiais proporcionam essa experiência mais próxima ao nível do mar como nunca antes, como, por exemplo, a promenade de 360 graus, que circunda toda a embarcação na altura do deck 8. Lá, os hóspedes podem desfrutar de diversos drinks e refeições pelos

20 20 e 21.indd 20

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/2018 19:22


PATROCINADO

bares e restaurantes que têm o oceano como plano de fundo, além de lojas e atrações músicais. Além dos ambientes envidraçados com vista para o mar que proporcionam também a entrada de luz solar no navio, quem embarca em uma aventura nesse gigante dos mares pode também admirar os cenários deslumbrantes até dos elevadores. Ao se deslocar entre o deck 7 e o deck 16, dois elevadores panorâmicos garantem essa magnífica experiência. OLHOS PARA O OCEANO A MSC Cruzeiros inovou ao projetar uma das cinco piscinas do navio no deck 7 cercada por um espaço aconchegante com espreguiçadeiras, onde o viajante pode curtir o sol bem próximo do mar. A estrutura foge dos padrões convencionais de cruzeiros, que, geralmente, têm as piscinas localizadas nos andares mais altos, mas não para por aí. O MSC Seaview proporciona uma ‘caminhada sobre as águas’ com as duas passarelas de vidro, com 40 metros de comprimento, cada, no deck 8. A Ponte dos Suspiros também é baseada nesse conceito, mas fica a 40 metros acima do oceano e permite visuais de tirar o fôlego. Se o objetivo é ver belas paisagens e se aventurar, as duas maiores tirolesas dos mares, com 105 metros de comprimento cada, são indispensáveis. Deslizar por elas é como ‘voar’ pelo transatlântico, que ainda

oferece um parque aquático com tobáguas de 160 metros de comprimento, sendo que dois deles têm partes transparentes que se estendem para fora do navio. Adrenalina e um visual incrível em mais um dia no MSC Seaview. BEM ACOMODADO O design que exalta a proximidade com o mar se estende também às cabines, que proporcionam aos hóspedes todo conforto e sofisticação. Mais de 70% das acomodações do novo navio são com varanda, sendo que, em algumas, há até um terraço exclusivo para que os viajantes possam relaxar ao sol com vista para o oceano. Opções luxuosas com banheira de hidromassagem privativa também estão disponíveis entre as 11 diferentes opções de cabine deste incrível meganavio.n 31 de outubro a 6 de novembro de 2018 — PANROTAS

20 e 21.indd 21

21

25/10/2018 19:22


Cartões de assistência Marcos Martins – Mangaratiba (RJ)

NAS MÃOS DE Q A GTA realizou neste mês a décima edição do seu Encontro Anual de Vendas e Marketing (Eavem) no Portobello Resort & Safari, em Mangaratiba (RJ). “Resiliência” foi o tema deste ano para mais de 40 funcionários e representantes do Brasil inteiro. Durante o encontro, o presidente da Global Travel Assistance, Celso Guelfi, planejou, para 2019, um crescimento de 18% em receita. Para chegar lá, a empresa prega continuidade em sua estratégia de se aproximar dos agentes de viagens por meio de eficiência e volume de

Gelson Popazoglo e Celso Guelfi, da GTA

22 22 a 24.indd 22

capacitação. A meta treinar pelo menos dez mil profissionais em 2019 – 500 a mais dos 9,5 mil de 2018. “Esse índice de alta depende muito de como ficará a política, mas esperamos que o Brasil ganhe mais confiança e investimentos. É uma meta linear e temos que trabalhar dentro da realidade. Nossa estratégia incluirá treinamentos, qualificação e vamos aumentar nossa equipe de Vendas e o número de representantes em nível Brasil”, adianta o empresário. “Os treinamentos conscientizam o agente a vender melhor e quebrar obstáculos. Além disso, o nosso ano está acima da expectativa, superando os 15% de alta que delimitamos”, ressalta. Para o diretor comercial da GTA, Gelson Popazoglo, o crescimento registrado se deu principalmente pela conquista de novos clientes neste ano. “Se tivéssemos continuado com a mesma base, os nossos resultados teriam caído, pois a maioria dos clientes gastou menos em 2018. Criamos esse alicerce estratégico e, neste ano, investimos R$ 2,3 milhões com treinamentos”, afirma. PRODUTOS Hoje o internacional corresponde a 60% da venda de seguros da GTA, mas o nacional tem crescido

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/18 19:19


Mais de 40 profissionais da GTA prestigiaram o décimo Encontro Anual de Vendas e Marketing no Portobello Resort

E QUEM CUIDA com a alta do dólar e a regionalização dos planos de saúde, de acordo com Guelfi. Antes em nível territorial, várias seguradoras reduziram os seus planos com a opção de abrangência apenas em nível regional e o turista passou a comprar proteção ao viajar para outros Estados. A GTA negocia mudanças nos planos e até dezembro se reunirá com as seguradoras. Uma das novidades confirmadas é a telemedicina, que promete mais velocidade no atendimento de pequenos problemas de saúde. Basicamente, é uma consulta por telefone em que o paciente fala dos seus sintomas e o médico envia a receita para uma farmácia próxima, onde será possível retirar os medicamentos. “Esse modelo é muito utilizado nos Estados Unidos e vamos começar por lá. É uma forma mais rápida de atendimento para pequenas situações, como problemas intestinais, febres e resfriados, por exemplo. Mesmo não se sentindo muito bem, é comum que os passageiros não queiram perder o dia de viagem. Esse atendimento é opcional, ou seja, apenas para os passageiros que concordarem, e ainda será possível o método tradicional de visita do médico”, explica Guelfi. AGREGAR VALOR Uma das lições da empresa para vender mais e melhor o seguro viagem é agregar valor, e não considerar apenas o preço. A principal dica é se preocupar com o perfil de cada cliente e enumerar

auxílios de que ele pode necessitar durante a viagem, algo que aumenta o nível de segurança e comodidade. “Temos que gerar conscientização e mostrar que o seguro viagem é uma forma de proteção, oferecendo coberturas mais altas. Apenas com essa mudança de postura conseguimos aumentar o tíquete médio, receita, comissão e faturamento”, argumenta Popazoglo. Outro ponto importante é o cancelamento de viagem, que deve ser um ponto utilizado a favor na hora das vendas. “Temos que conversar muito com o passageiro e, para os agentes de viagens, é essencial lembrar que tem ainda a cobertura de cancelamento de viagem ao oferecer a assistência. As compras estão ficando cada vez mais distantes, realizadas com até um ano de antecedência. Nesse período, pode haver muitos motivos que gerem o cancelamento” PROMOTORES RECONHECIDOS Como forma de reconhecimento, os promotores de Vendas da Grande São Paulo que apareceram em ranking de votação realizada pela PANROTAS foram parabenizados e ganharam um troféu personalizado. Em primeiro lugar ficou Katia Conde, à frente de Jaqueline Rodrigues (3º), Carolina Trindade (4º), Ricardo Astorino (5º) e Renata Motta (7º). n 31 de outubro a 6 de novembro de 2018 — PANROTAS

22 a 24.indd 23

23

26/10/18 12:06


10o Eavem GTA

Katia Conde foi a primeira colocada em ranking de melhores vendedores de seguro viagem da Grande São Paulo e recebeu troféu Paulo Chagas (Porto Alegre), Celso Tesser (Curitiba), Rogério Esteves (São Paulo), Priscila de Lima e Brites Jr. (Curitiba) com Gelson Popazoglo (São Paulo) e Humberto Silva (Florianópolis)

César Barbieri (Ribeirão Preto), Eduardo Munhoz (Cuiabá), Giovani Zonaro (Bauru-SP), Rogério Esteves (São Paulo), Zhivago Souza (Ribeirão PretoSP) e Wilson Stefani (São José do Rio Preto-SP)

Fernando dos Santos, Bruno Vieira, Felipe Rizk e Rodrigo Buzzini (Toque de Areia), que promoveram as atividades dinâmicas

Equipe de São Paulo reunida Executivos participam de capacitações no Eavem

Lucas Suzigan, Agenor Bertoni, Marilia Arcoverde e Daniel Henrique Alves (Campinas-SP)

24 22 a 24.indd 24

Elizabeth Peixoto, Alessandra Gomes e Flávia Aguiar (São Paulo)

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/18 19:19


Untitled-2 1

23/10/18 16:29


Eventos Leonardo Ramos – João Pessoa

NORDESTE INTERNACIONAL

Levar negócios para o Nordeste. Acabar com a carência observada em uma região cujo mercado emissivo ainda mostra números distantes de Sul e Sudeste. Alcançar as milhares de agências de viagens espalhadas no interior dos Estados nordestinos, longe dos grandes centros e que, consequentemente, têm pouco acesso à boas negociações com as grandes operadoras nacionais e internacionais de Turismo. Em sua oitava edição, o JPA Travel Market, novo nome do Festival de Turismo JPA 2018, mais familiar ao público internacional, cumpriu bem essa missão. E se a efetividade das feiras tem sido colocada em xeque nos últimos anos, ao menos a de João Pessoa tem provado

o quanto elas mantêm-se essenciais para os negócios: recordes são batidos ano após ano e o número tanto de participantes quanto de expositores só cresce, inclusive (e principalmente) de empresas estrangeiras. “E é por isso que crescemos tanto”, confessou à PANROTAS um dos diretores da feira, Cláudio Júnior, que comanda o evento ao lado dos irmãos-diretores Bruno Mesquita e Breno Mesquita. “As agências vêm para cá para criar conexões. Grandes empresas, operadoras, aéreas, redes hoteleiras, destinos internacionais… Todos estão apostando no potencial do Nordeste, ainda mais agora que a conectividade aérea de nossa região está em expansão.” Os números finais do evento falam por si só. Foram 3,5 mil profissionais circulando pela feira, dos quais 1,4 mil agentes de viagens e operadores (80% de Norte e Nordeste), de 25 Estados em 22 caravanas e configurando alta de 15%. Ao total, 235 estandes, 60 deles internacionais, crescimento de 34% na comparação com 2017. Também foram registradas 2.758 inscrições para capacitações nas 12 salas voltadas para treinamentos.

Os diretores do JPA Travel Market: Claudio Júnior, no meio, entre os irmãos Breno Mesquita e Bruno Mesquita

26 26 a 31.indd 26

ESTRANGEIROS AGRADECEM Foi nítida a maior presença internacional nesta edição do JPA Travel Market. Para muitos deles, esse é um dos poucos e mais eficientes meios de acesso a centenas de novas agências e, possivelmente, clientes,

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/18 19:16


Autoridades na abertura do JPA Travel Market

antes desconhecidos por eles. Um dos estandes mais concorridos e que exemplifica bem isso foi o do Visit Florida. E não é para menos. O Nordeste está a uma semana de ganhar voos mais diretos para o Estado norte-americano, com a Gol: Miami e Orlando, partindo de Fortaleza e com estreia marcada para 4 de novembro. “Nunca vi agentes tão animados e interessados em saber mais sobre um destino. Todas as nossas capacitações lotaram, e acho que o aumento da conectividade do Nordeste com a Flórida tem um grande pé nisso”, revelou a representante do Visit Florida no Brasil, Rafaela Gross Brown, da Aviareps, destacando que 120 agentes foram treinados para vender o destino.

Fernanda Longobardo aposta em crescimento no Nordeste, e levará presidentes das Abav da região para Itália

A Agência Nacional Italiana de Turismo (Enit) também enxerga potencial no emissivo da região, e marcou presença pela segunda vez no JPA. A aposta é tamanha que a responsável pela Enit no Brasil, Fernanda Longobardo, revelou um famtur exclusivo para os presidentes da Abav de todo Nordeste. “À frente disso comigo está o presidente da Abav-PB, Bruno Mesquita, que é também o diretor da feira. E a ideia é fazer com que o Nordeste conheça em primeira mão o Museu Ayrton Senna, que será aberto em Ímola, onde ele faleceu, na região de Emília-Romagna”, contou Fernanda à PANROTAS. “Sim, conseguimos. O JPA Travel Market é oficialmente internacional”, comemorou o diretor da feira, Cláu-

Milhares de agentes de Norte e Nordeste estiveram no JPA Travel Market

dio Júnior, primeiro a tomar o microfone durante a abertura da feira. E os números, novamente, comprovam sua fala: as 60 empresas do Exterior representam alta de 35% contra o ano passado. Soma-se a isso um crescimento de 20% de empresas do Exterior no evento em 2017, e tem-se um crescimento acumulado de 62% na participação internacional em dois anos na JPA Travel Market. Os ares internacionais da feira ganharam ainda mais força com a presença, pela primeira vez, de diplomatas de países estrangeiros para a JPA – os cônsules dos Estados Unidos, da China e da Argentina marcaram presença no evento. A estreia de compradores internacionais na feira de João Pessoa completa o “sucesso” comemorado por Mesquita: uma comitiva de 12 buyers da Argentina foi para o evento. OPERADORAS Entre as operadoras o destaque vai para Masterop, com 150 agentes, e Trend, com 200, as responsáveis pelas maiores caravanas do evento, correspondendo juntas a 25% dos profissionais presentes. E a Trend conseguiu ir além. Foi no estande dela que aconteceram o maior número de treinamentos: todas as suas 25 capacitações contaram com a sala para 80 pessoas lotada – ou seja, foram duas mil participações nos treinamentos da Trend (lembrando que muitos agentes podem ter participado mais de uma vez, já que os temas eram diferentes).

31 de outubro a 6 de novembro de 2018 — PANROTAS

26 a 31.indd 27

27

25/10/18 19:16


“Então essa feira é uma oportunidade”, acrescenta a executiva de Contas da Teresa Perez para o Nordeste, Vivian Bertachini. “Existem poucas empresas especializadas só em luxo na região, então a maioria das agências que vieram para cá conta com ao menos alguns clientes de alto padrão. E é com eles que viemos fechar negócios. O JPA é uma janela para uma imensidão inexplorada de novos clientes”, resumiu Vivian, acrescentando que está de portas abertas para novos negócios com agências nordestinas interessadas no segmento após o evento. CONECTIVIDADE AÉREA Se depender dos voos mais impactantes lançados no Brasil neste ano, não é difícil de dizer que o Nordeste é a bola da vez para as companhias – tanto nacionais quanto estrangeiras. Uma série de rotas para o Exterior foi inaugurada nos últimos dois anos a partir da região: Latam e Gol de Fortaleza para Orlando e Miami; Air France-KLM, de Fortaleza para Paris e Amsterdã; Azul, entre Recife e Córdoba e Rosário na Argentina; Copa Airlines, de Fortaleza e Salvador para a Cidade do Panamá… A lista é longa, e promete crescer. “Conectividade aérea é a principal responsável pelo desenvolvimento turístico de uma região. E com o que temos visto no Nordeste, a região tem tudo para crescer nos próximos anos”, acredita o gerente comercial corporativo da Gol, Anderson Wolff. E o sonho da empresa é alto: ligar Nordeste e Norte, por meio de “conexões rápidas em Fortaleza”, ao resto do globo, usando, para isso, rotas domésticas da capital cearense com a maioria das capitais das duas regiões para abastecer os voos internacionais. Ligando Fortaleza e Flórida com voos próprios, e Europa com a parceira Air France-KLM, o plano envolve que, a partir dos destinos norte-americano e europeus, as congêneres Delta e a própria Air France-KLM conectem o viajante nordestino a “700 destinos, tudo com uma ou duas conexões apenas”, resume Wolff. 28 26 a 31.indd 28

Anderson Wolff explicou como a Gol pretende ligar o Norte e Nordeste ao mundo por meio do hub em Fortaleza

Ricardo Coutinho, governador da Paraíba, defende unificação do Nordeste para promoção no Exterior

NOVO CARIBE?

Um destino único. Poucas horas de carro dividindo seus diversos atrativos, seja de praia ou cultura. Unir uma região inteira para vender em conjunto, e não mais competir entre si: este é o sonho que o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, revelou para a região Nordeste. Em seus meses finais à frente do Estado nordestino, declarou que o único meio de um destino “tão rico como o Caribe quando se pensa em praias paradisíacas e águas cristalinas” é a unificação. A promoção em conjunto nos mercados internacionais. É tornar uma variedade de destinos em um só:

o Nordeste brasileiro. Do mesmo modo que as ilhas do Caribe acabam se vendendo para o mundo – e com sucesso. “Me parece que falta muito na região uma articulação de seus diversos, diferentes e próximos Estados, para que se crie um produto unificado, um tipo de ‘Nordeste Turismo’. Precisamos acordar para isso”, clamou Ricardo Coutinho na abertura do JPA Travel Market. “Não adianta pensar em competir com Pernambuco, com Rio Grande do Norte... É só usar o exemplo do Caribe, e os milhões e milhões de turistas que eles atraem todo ano”, encerrou. n

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/2018 19:50


Untitled-2 1

23/10/18 16:18


JPA TRAVEL MARKET 2018

Rensch Alves de Melo, Geovanni Patriota e Fernanda Nicolau, da Unidas Gustavo Luck, da Luck Receptivo, com Claiton Armelin, da CVC Corp

Alejandro Lastra, cônsul-geral da Argentina no Recife, Breno Mesquita e Bruno Mesquita, diretores do JPA Travel Market, Marconi Medeiros, presidente da Fecomércio-PB, Ricardo Coutinho, governador da Paraíba, e Claudio Júnior, também diretor da feira

Andrea Gabel, do Visit St. Pete Clearwater, João Gabriel Lima, de Palm Beaches, na Flórida, e Rafaela Gross, do Visit Florida

Geraldo Rocha, da Abav Nacional, e Ruth Avelino, da PBTur

30 26 a 31.indd 30

Priscila Almeida, do Iberostar

Thais Pradella, Filipe Lucena, Paulo Frias de Oliveira e Denizio Almeida, da Accor Hotels, Gabriella Motta, do Grand Mercure Recife, e Tânia Cachoeira de Carvalho, do Mercure Salvador Pituba

Gilvan Pereira, Heitor Soares, Kamila Lopes e Verônica Coutinho, da Europlus

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/18 19:16


JPA TRAVEL MARKET 2018

Michelle Tonon e Paula Caetano, da Mobility, entre Bruna Uliani e Aline Pontes, da Amadeus Viviane Amadei, Karen Schmidt e Tatiane Castro, todas da Best Western

Paulo Lobão, da Air France-KLM, Danillo Barbizan, da Delta, Anderson Wolff, João Paulo e Christiano Cardoso Lapis, da Gol

Equipe da Trend Operadora: Rebeca Ferreira, Julaina Santos, Eduardo Augusto Melo, Fábio Cardoso, Nathalia Maquea, Anne Karoline, Jonas Dahmer, Rodolpho Antonio, Dana Tavares, Joseane Viana, Marcus Campos e Stefany Ribeiro

Paulo Junior, da PJI Consulting, com Lawrence Reinisch, da Matcher, e Guillermo Alcorta, da PANROTAS e Matcher Gabriela Delai, da Disney Destinations

Patricia Lima e Rodrigo Ricciardi, da Avianca Brasil

Regis Acosta, Rafaela Marques, Franciéli Santos e Leonardo Peciauskas, do Beto Carrero World

31 de outubro a 6 de novembro de 2018 — PANROTAS

26 a 31.indd 31

31

25/10/2018 19:55


Diagnóstico Rodrigo Vieira

Teté Bezerra, presidente da Embratur

FIM DOS EBTS Entra ano, sai ano e a Embratur segue sendo alvo de queixas por quem vive o Turismo no Brasil. Não caberia nesta página a quantidade de produtos brasileiros inigualáveis em comparação com outros destinos internacionais, mas nós seguimos abaixo dos sete milhões de estrangeiros anuais, sem grandes perspectivas de melhora. Muito se fala na falta de verba do instituto brasileiro em relação a concorrentes diretos como México e Argentina. De fato, se a Embratur não se tornar uma agência passível de aporte de capital da iniciativa privada, o orçamento continuará ínfimo na batalha com tantos gigantes. Mas para essa pauta, que vinha sendo repetidamente solicitada pelo então presidente do instituto e hoje ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, se concretizar, o setor precisa de esforço do Congresso Nacional e, com pouco lobby, vê a causa sendo postergada.

as causas do Turismo brasileiro no Exterior podem minguar ainda mais. O contrato com os Escritórios Brasileiros de Turismo (EBTs) se encerraram. Eram 13 EBTs, todos terceirizados, que alcançavam 23 mercados principais com ações promocionais e apoio em mercados como Estados Unidos, Argentina e outros países na Ásia e na Europa. O fechamento, garante a Embratur, não representa uma baixa, mas uma alteração no modelo de representação no Exterior. “Aliás, temos até alguns ganhos com os encerramentos desse contrato”, aponta a presidente do instituto, Teté Bezerra. “Com essa nova ação, R$ 12 milhões serão realocados anualmente e poderemos atuar com ações que até então não fazíamos com tanta frequência, como famtur de operadores estrangeiros no País, medidas que realmente trazem resultados.”

FIM DOS EBTS A partir de novembro de 2018, a Embratur sofre outro golpe, e

NA PRÁTICA De acordo com a presidente, dos últimos cinco anos de con-

32 Sem título-3 32

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/2018 18:52


trato vigente com os EBTs, muita coisa foi extraída, principalmente no campo de inteligência de mercado. “Todo esse embasamento será utilizado para nossas ações. Vamos utilizar essa inteligência para alimentar nossa plataforma digital lançada em setembro, o Brazil Market Place, por exemplo”, aponta Teté, reforçando a importância da internet não só para o trade internacional como também na influência da decisão no campo B2C. Ela assegura que, no novo modelo, a agenda de promoção internacional do Destino Brasil se moderniza, e que o relacionamento com o trade internacional continuará acontecendo de maneira eficiente. “Esse relacionamento será conduzido pelo corpo técnico do instituto, em Brasília, e com as embaixadas do Brasil lá fora. Os diplomatas têm a vantagem de poder responder oficialmente pelo País, coisa que os EBTs não podiam, pois não eram servidores públicos”, compara a presidente. “O próprio ministro criticava esse modelo quando estava aqui. Não perderemos prontidão em atendimento. Isso eu asseguro. Seremos mais ágeis e conseguiremos entregar um trabalho melhor.” Para ela, o novo modelo otimiza o uso do recurso público e intensifica ações de mercado e a difusão de inteligência comercial, além de valorizar ainda mais os profissionais da Embratur, “que são altamente qualificados”. A Embratur soma mais de 23 mil parceiros internacionais entre operadoras, agências de viagens, aéreas e outros. As pesquisas realizadas pela inteligência da Embratur também distinguirão com mais clareza o foco de cada mercado internacional. Os asiáticos não priorizam o produto de sol e praia do Brasil, enquanto esse é o foco número um dos argentinos. Os europeus buscam natureza e cultura, os norte-americanos são mais generalistas. NOVO SITE O novo portal da Embratur oferece material de apoio para agentes de comércio do Turismo, que vão desde imagens para vídeos e experiências a guias detalhados. Os produtos de Inteligência da Embratur estão disponíveis no http://trade. visitbrasil.com. Além disso, a Embratur disponibiliza um canal direto como trade nacional pelo e-mail: trade@embratur. gov.br. RESULTADOS 2018 Teté Bezerra prevê um fechamento positivo neste ano, puxado principalmente pela implementação do visto eletrônico.

32 e 33.indd 33

BANCO DE DADOS

Países líderes na emissão ao Brasil 1 – Estados Unidos 2 – Argentina 3 - Chile 4 – Paraguai 5 – Bolívia Principais mercados europeus 1 - França 2- Alemanha 3- Itália

“Recebemos 49% mais emissão de visto dos mercados em que o novo modelo foi aplicado: Estados Unidos, Japão, Canadá e Austrália. Foram mais de 100 mil desses quatro mercados, e a tendência é aumentar, conforme o País aumenta sua oferta de voos. Também estudamos implementar o e-visa na Índia, mas novamente, não dependemos só de nossos esforços, tem a questão das relações exteriores envolvida.” OFERTA AÉREA A Análise da Malha Aérea Internacional da Diretoria de Inteligência Competitiva e Promoção Turística do Instituto, preparada mensalmente, estima o aumento de 98 voos novos e frequências a mais por semana para os próximos seis meses. Os voos garantidos partirão de países como Israel, Itália, Holanda, Portugal, França, Reino Unido, Argentina, Bolívia, Equador, Chile, Paraguai e Estados Unidos. São 54 novas ofertas e 44 frequências adicionais. Ao todo, serão 144 frequências semanais, entre outubro de 2018 a abril de 2019, somadas às que já operam regularmente entre os destinos internacionais e o Brasil. PERSPECTIVA FUTURA Teté Bezerra está animada com 2019 conforme avançam essa e outras ações. “Estamos avançando na vinda de turistas estrangeiros, com certeza. Tem dados que mostram, por exemplo, esse aumento de conectividade aérea, e continuaremos participando de mais de 20 das principais feiras do mundo. O encerramento dos EBTs não vai impactar negativamente. Estamos otimistas.” n

26/10/18 12:15


LGBTravel Marcos Martins

Destino norte-americano tem atrações para a comunidade

Divulgação/ Visit Orlando

AGENDA NA FLÓRIDA

Orlando, nos Estados Unidos, é forte em vários segmentos e um deles é o Turismo LGBTI+. Além dos parques temáticos dos complexos Walt Disney World, Sea World e Universal, que são indicados para todo perfil de público, a cidade da Flórida tem um calendário especial de eventos para a comunidade. Para 2019, está confirmado o Girls in Wonderland, uma série de comemorações para mulheres com performances e celebridades. A programação será realizada entre os dias 30 de maio e 3 de junho e o hotel oficial será o Grand Orlando Resort at Celebration. Já o One Magical Weekend é uma tradição no primeiro final de semana de junho e acontecerá de 1 a 3 no Walt Disney World com grandes festas em piscinas e DJs famosos. De 13 a 19 de agosto tem o Gay Days Orlando, que terá como hotel oficial o Wyndham Orlando Resort, ao lado do complexo I Drive 360, com festas durante o dia e a noite.n

A Geo Sure, empresa que fornece dados de segurança em tempo real para viajantes de lazer e negócios, lançou oficialmente a primeira categoria de classificação LGBTQI+ do seu aplicativo. A ferramenta inclui 30 mil localizações ao redor do mundo em seu banco de dados e está disponível para download na App Store e Google Play. “Há três anos a Geo Sure foi a primeira a desenvolver uma medida dedicada à segurança de viagem para mulheres e hoje temos o prazer de apresentar a primeira solução de segurança especificamente para pessoas LGBTQ”, afirma o CEO, Michael Becker. A interface possui classificações de segurança que variam de um a 100 – quanto menor a pontuação, mais seguro é o local. Utilizando aprendizado de máquina, inteligência artificial, análise de sentimento e análise preditiva, a Geo Sure faz as classificações com base na análise de milhares de fontes, diariamente.n

Divulgação/ Geo Sure

SEGURANÇA

Aplicativo ganha atualização com indicador LGBTQ

34 34.indd 34

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/18 19:00


Memória

Henrique Santiago

O FIM DA FIT Você já ouviu falar na Fundação da Indústria de Turismo, também conhecida como Fit? A sigla, que remete à feira de Buenos Aires, também nomeou a proposta de desenvolver projetos para a promoção turística do Brasil no Exterior. A iniciativa, desenvolvida em 1994 e que reunia entidades especializadas do setor, não conseguiu decolar seus projetos e corria risco de ser encerrada dois anos depois de seu início. Sucessora da extinta Funtur, a fundação travava um embate com a Embratur. O imbróglio era, na verdade, uma dívida avaliada em US$ 70 mil que a organização tinha com a estatal. De acordo com o então

presidente da Fit, Tasso Gadzanis, a Embratur também estava em débito, de cerca de R$ 90 mil, ainda na Funtur. A autarquia, por sua vez, retrucou e disse que a fundação, que não podia cobrir o valor alegado, não poderia receber recursos dez vezes maiores. Para o presidente da Embratur, Caio Luiz de Carvalho, entrar em acordo seria ilegal, como pontuou o Ministério Público. Caso um acerto fosse sinalizado, a Fit poderia levar adiante projetos como o Brasil Expert, com verbas da Embratur. Com futuro incerto naquele momento, a única verdade que seria concretizada era a saída de seu presidente. 31 de outubro a 6 de novembro de 2018 — PANROTAS

35.indd 35

35

25/10/18 19:05


Hotelaria Renato Machado – Kissimmee (Flórida), Estados Unidos

MAIS UM Best W

no mundo d A Best Western Hotels & Resorts se gaba por estar presente onde seus clientes vão. Consolidada na América do Norte, a rede atua hoje em cerca de 100 países, com um extenso portfólio que supera as 4,2 mil propriedades. A cidade mais visitada das Américas, com 71 milhões de turistas em 2017, não ficaria de fora, evidentemente. Na região de Orlando, a companhia possui 11 hotéis, divididos pelas categorias Best Western, Best Western Plus e BW Premier Collection. Muito próximo da porta de entrada de Walt Disney World Resort, fica localizado o Best Western Plus Kissimmee-Lake Buena Vista South Inn & Suites. O hotel possui 148 quartos divididos em nove categorias, com opções de apartamentos familiares e suítes com camas king size – as diárias todas oferecem

Best Western Plus Kissimmee-Lake Buena Vista South Inn & Suites, opção para quem busca conforto e praticidade na visita aos parques temáticos de Orlando

36 e 38.indd 36

25/10/2018 19:56


t Western

o da diversão café da manhã e acesso à internet. Apesar de se posicionar como um hotel “funcional”, servindo como uma confortável base para os extenuantes e longos dias de caminhada nos parques, o South Inn & Suites em Kissimmee também extrapola o padrão em ambientes comuns, disponibilizando a seus hóspedes piscina aquecida e jacuzzi, academia 24 horas e sala de jogos arcade. Acrescentado ao portfólio da Best Western no último ano, o Kissimmee-Lake Buena Vista South Inn & Suites passou por reformas que totalizaram US$ 3,5 milhões. Apesar de o aspecto finalizado e da operação sem entraves não denunciarem, a propriedade ainda passa por retoques finais. O lobby ganhará complementos na decoração e as salas para eventos em grupos serão finalizadas. A localização da propriedade é estratégica, próxima de parques do Walt Disney World Resort, Universal e Sea World. O hotel oferece diariamente (e sem custo adicional) serviço de shuttle para os parques próximos para se ter uma ideia, os parques Disney estão a pouco mais de dez minutos da unidade. Com localização privilegiada e atendendo aos padrões do grupo Disney, o BW Plus Kissimmee faz parte do grupo dos Walt Disney World Good Neighbor Hotels. Para os brasileiros que curtem umas comprinhas, o acesso aos principais outlets da região é fácil, além da comodidade de estar a apenas cinco minutos de carro das Lake Buena Vista Factory Stores

Mantendo o padrão “Plus”, o hotel possui quartos com cama king size

Além da piscina aquecida, o hotel possui jacuzzi na área externa

31 de outubro a 6 de novembro de 2018 — PANROTAS

36 e 38.indd 37

37

25/10/2018 19:56


e a três minutos de uma loja Walmart. O diretor de Estratégia Global da Best Western Hotels & Resorts, Matt Teixeira, comemora o resultado do Brasil na emissão de turistas a propriedades da rede nos Estados Unidos. Segundo ele, o crescimento em 2018 já é 21,89% superior aos valores alcançados no mesmo período do ano passado. “O Brasil está crescendo, mesmo com tudo o que está acontecendo”, complementa. Além do Kissimmee-Lake Buena Vista South Inn & Suites, na região de Orlando a Best Western também conta com o Best Western Orlando West, Best Western Plus Universal Inn, Best Western Airport Inn & Suites, BW Premier Collection – The Florida Hotel & Convention Center (com acesso exclusivo ao Florida Mall), Best Western Orlando East Inn & Suites, Best Western Orlando Gateway Hotel, Best Western International Drive – Orlando, Best Western Orlando Convention Center Hotel, Best Western Lake Buena VistaDisney Springs Resort e Best Western Plus Sanford Airport/ Lake Mary Hotel. n

Sala de estar compõe algumas categorias da propriedade

Lobby passou por reformas, mas ainda deve receber incrementos na decoração

A PANROTAS viajou a convite da Best Western Hotels & Resorts, com proteção GTA

Espaço para refeições. O café da manhã é servido diariamente, sem custo adicional para o hóspede

38 36 e 38.indd 38

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/2018 19:20


Untitled-2 1

23/10/18 16:18


REVOLUÇÃO AERONÁUTICA No caminho para a ponta da pista do Aeroporto de Buenos Aires, Astor roubou a atenção. Eram 7h30 de terça-feira, dia 16 de outubro, quando o Boeing 737800 da Norwegian Air Argentina, que levava a imagem do famoso músico Astor Piazzolla, começou a pegar velocidade para decolar e completar o primeiro voo da companhia aérea, com destino a Córdoba. “O grande dia finalmente chegou. É um sonho que se tornou realidade e uma verdadeira honra fazer parte deste magnífico projeto norueguês na Argentina, que contribuirá para aumentar a conectividade, estimulará o Turismo e criará milhares de empregos neste país”, disse o CEO da aérea, que também foi piloto desse voo inaugural, Ole Christian Melhus. “A partir de hoje e por muitos anos, vamos ver nossos aviões com seu bico vermelho voando pelos céus argentinos “, completou. A Norwegian Argentina planeja começar a voar, em 19 de novembro, para outras duas cidades partindo de Buenos Aires: Iguazú e Neuquén. Em 12 de dezembro,

40 40 e 41.indd 40

será a vez de Bariloche e, em 7 de janeiro, Salta. Para isso, o empresa vai adicionar quatro novos aviões B737-800 à frota visando ao aumento das operações. Em janeiro de 2020, a companhia aérea espera ter uma frota que tenha entre dez e 15 aeronaves para operar 246 voos semanais e superar a marca dos 2,2 milhões de usuários transportados. Até 2021, a quantidade de aviões da frota deverá atingir 38 unidades, das quais oito serão destinadas a voos de longa distância. Essa não é a primeira nova empresa que desembarca no mercado argentino desde a eleição do presidente Mauricio Macri. Não é nem a primeira low cost a apostar no país. Porém, o lançamento da Norwegian Argentina é, sem dúvidas, o marco mais importante para a chamada ‘Revolução Aeronáutica’, principalmente pelo tamanho da empresa. Se o projeto objetivado pela aérea seguir como o planejado, em pouco mais de um ano, a frota da Norwegian Argentina já superará a da Latam Argentina, segunda maior companhia do país.n

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/18 19:04


Norwegian Argentina pode ultrapassar a Latam Argentina em termos de frota

40 e 41.indd 41

25/10/18 19:04


Follow

Raphael Silva

TIVOLI MOFARREJ Um dos ícones da hotelaria paulista também se reinventa para conquistar hóspedes nas redes sociais, mas vai além disso. Mais do que a oferta de hospedagem e a infraestrutura, o Tivoli Mofarrej São Paulo aposta, também, suas fichas em eventos pontuais que atraem tanto o turista quanto o morador da cidade.

Apresentar os atrativos do hotel fora dos quartos é o básico quando o assunto é comunicação nas redes sociais. Nesse ponto, o Tivoli investiu mais e criou uma página própria para o Must Bar – no Facebook e Instagram –, conectando as duas marcas e se aproximando de públicos que poderia não atingir usando apenas o hotel.

Da mesma forma que atrai os paulistas para o bar, o Tivoli também se alia a outras empresas para oferecer experiências ao público. É o exemplo do Green Pet Day, em parceria com o Pet Bamboo, com um dia cheio de atrações na praça ao lado do hotel.

ID: @TivoliMofarrej Facebook: 12.530 curtidas Instagram: 25 mil seguidores

42 42.indd 42

Uma das funções mais recentes do Instagram também vem sendo utilizada pelo empreendimento. Com a série de Stories em destaque na página, o Tivoli aborda temas pontuais que enriquecem a experiência do cliente, como por exemplo a oferta para Dia dos Namorados e a expertise na organização de casamentos.

PANROTAS — 31 de outubro a 6 de novembro de 2018

25/10/2018 18:57


Untitled-2 1

25/10/18 18:15


Untitled-2 1

23/10/18 16:17

Profile for PANROTAS Editora

PANROTAS 1.344  

Regiões fora do eixo Rio-São Paulo atraem cada vez mais a atenção de eventos, fornecedores e capacitações. Feira de João Pessoa é um exemplo...

PANROTAS 1.344  

Regiões fora do eixo Rio-São Paulo atraem cada vez mais a atenção de eventos, fornecedores e capacitações. Feira de João Pessoa é um exemplo...

Profile for panrotas