Page 1

Edição nº 1.320 - Ano 26 | 16 a 22 de maio de 2018 | www.panrotas.com.br

Com mais opções para os passageiros, mais receita para as companhias e mais venda (e comissão) para as agências de viagens, os dois mais novos navios do mercado agradam a vários tipos de público, em um segmento ainda em crescimento e repleto de oportunidades

Capa_Revista Panrotas_1320.indd 1

10/05/18 19:23


Sem tĂ­tulo-3 12

10/05/2018 17:51:21


PRESIDENTE

José Guillermo Condomí Alcorta CHIEF EXECUTIVE OFFICER (CEO) José Guilherme Condomí Alcorta (guilherme@panrotas.com.br)

CHIEF EVENTS OFFICER (CEVO)

ÍNDICE nº 1.319 | 16 a 22 de maio de 2018 | www.panrotas.com.br

5 Editorial

A Força do Profissional

Heloisa Prass

CHIEF TECHNOLOGY OFFICER (CTO) Ricardo Jun Iti Tsugawa REDAÇÃO

CHIEF COMMUNICATION OFFICER (CCO) E EDITOR-CHEFE: Artur Luiz Andrade

(artur@panrotas.com.br) EDITOR: Renê Castro (rcastro@panrotas.com.br) Coordenadores: Marina Oliveira e Rodrigo Vieira Projetos especiais: Eduarda Chagas Reportagens: Beatrice Teizen, Henrique Santiago, Janize Colaço, Karina Cedeño, Marcel Buono e Raphael Silva Estagiários: Leonardo Ramos, Marcos Martins e Marina Marcondes (RJ) Fotógrafos: Emerson de Souza, Jhonatan Soares e Marluce Balbino (RJ) MARKETING Analista: Erica Venturim Assistente: Renata Cruz (suportemkt@panrotas.com.br) PRODUÇÃO Pedro Moreno (pedro@panrotas.com.br) e William Martins (willian@panrotas.com.br) COMERCIAL Executivos: Flávio Sica (sica@panrotas.com.br) Ivie Furlan (ivie@panrotas.com.br) Priscilla Ponce (priscilla@panrotas.com.br) Rene Amorim (rene@panrotas.com.br) Ricardo Sidaras (rsidaras@panrotas.com.br) Big Data: Igor Vianna (igorvianna@panrotas.com.br) Jéssica Andrade (jessica@panrotas.com.br)

6 a 11 Check-in

As notícias da semana

12 Memória 14 e 15 Infográfico

O trimestre da aviação no Brasil

16 a 35 Conheça o Norwegian

Bliss e o Symphony of the Seas

36 a 40 Encontro Ancoradouro analisa futuro

42 a 45 Hub Fortaleza começa com Gol, Air France e KLM

46 a 51 Fast and Furious turbina

Assistentes: Ítalo Henrique (italo@panrotas.com.br) Rafaela Aragão (rafaela@panrotas.com.br)

a Universal Orlando

FALE CONOSCO Matriz: Avenida Jabaquara, 1.761 – Saúde São Paulo - Cep: 04045-901 Tel.: (11) 2764-4800 Brasília: Flavio Trombieri (flavio@panrotas.com.br) Tel: (61) 3224-9565 Rio de Janeiro: Simone Lara (simone@panrotas.com.br) Tel: (21) 2529-2415/98873-2415

52 LGBTravel

MARKETING DE DESTINOS Pires e Associados (jeanine@pireseassociados.com.br) ASSINATURAS Chefe de Assinaturas: Valderez Wallner Para assinar, ligue no (11) 2764-4816 ou acesse o site www.panrotas.com.br

54 a 56 Austrália deixa o Brasil, mas recebe operadores em feira

62 a 74 Caderno especial Visite o Caribe

Assinatura anual: R$ 468 Impresso na Referência Gráfica (São Paulo/SP)

Media Partner

Associações

Parceria Estratégica

16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

3 e 5.indd 3

3

10/05/2018 19:01:00


Sem tĂ­tulo-1 12

10/05/2018 13:33:50


Editorial

A FORÇA DO PROFISSIONAL

A

necessidade por um profissional como o agente ou consultor de viagens, se dá desde por comodidade do cliente até pela complexidade do produto, passando por vários outros fatores talvez mais importantes que esses dois. No passado, se dava também pela falta de tecnologia que fizesse os fornecedores chegarem diretamente com rapidez e abrangência ao consumidor final e por um certo “controle da informação”, o que a internet teoricamente derrubou. Sim, pois o passageiro tem informação, até demais. Mas a informação especializada, de um insider, de quem conhece os bastidores e tira proveito disso, só o profissional tem. E isso inclui também o relacionamento com o fornecedor, que ou vai resolver o problema com urgência ou oferecer aquele mimo que não tem preço; as condições especiais que não necessariamente são as de menor preço, mas a de melhor valor; o conhecimento do produto (e sua adequação aos diversos tipo de público); a vivência na indústria; a sabedoria (ou malandragem) para desconfiar de preços e processos suspeitos; a quantidade de informação analisada, comparada e indexada (e não um amontoado de números e reviews sabe-se lá de quem); a confiança do cliente de décadas, que sabe que o bom santo desconfia da esmola grande e que o mundo está cheio de fake news e reviews; e até a transparência para dizer: compre na internet, é fácil e mais barato (ou faço pra você a reserva cobrando uma taxa ou em nome dessa amizade construída). Os cruzeiros marítimos, um dos segmentos que mais crescem no Turismo e com maior potencial de vendas (muitos viajantes ainda temem assuntos que não existem mais, como enjoos, tédio, público mais velho...), são um dos exemplos de onde o agente ou consultor de viagens nada de braçada. Do relacionamento na indústria à exper-

tise, essa assessoria profissional evita problemas para o passageiro e deixa que seu foco seja apenas...relaxar durante a viagem. Visitamos dois dos mais novos navios da indústria, o Bliss, da NCL, e o Symphony, da Royal Caribbean, e eles são a prova de como a parceria entre companhias marítimas e agentes pode crescer sendo boa para ambos os lados, e para os passageiros, com mais opções, mais valor agregado à sua compra, e menos dor de cabeça antes, durante e depois da viagem. Em resumo, se é para fazer o que a internet faz (e bem), uma transação, não há por que apostar em uma venda com intermediação, a não ser por desconhecimento ou preguiça (mas esse agente de viagens nem existe mais, certo? — o que aposta na falta de traquejo do consumidor com tecnologia). Agora, se é para fazer por mim algo melhor e com valor agregado, pago feliz, não? É assim também na relação das corporações com suas TMCs... Se uma agência corporativa tem a expertise com a tecnologia de Turismo, os fornecedores, os caminhos para se economizar e ser eficiente ao mesmo tempo, por que uma empresa deveria abrir sua própria agência ou fazer um trabalho que não está no seu core business? Falaremos muito desses temas este ano na PANROTAS. Em diversas plataformas, em diversos momentos, de diversos ângulos, com diversos parceiros. Ainda em maio lançaremos a série Connect Stories, em que entrevistamos gestores de viagens dos Estados Unidos, Brasil e Europa, e um dos questionamentos é a relação com as TMCs. Por enquanto, em uma prévia que podemos passar para vocês, a relação é muito boa, com ganhos dos dois lados e mudanças que há 20 anos eram impensáveis, seja por preguiça, reserva de mercado ou pela situação do País, já que investir no overnight dava mais dinheiro (e expertise em finanças) que a indústria de viagens em si.n

Artur Luiz Andrade Editor-chefe e Chief Communication Officer da PANROTAS artur@panrotas.com.br 16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

3 e 5.indd 5

5

10/05/2018 18:03:36


Check-in Aviação

MULTIPLUS SE INTERNACIONALIZA

O acordo de internacionalização entre a Multiplus e a Latam foi confirmado no último dia 9. A partir de agora, a operadora de fidelidade terá exclusividade no programa de milhagem da companhia aérea para Brasil, Paraguai, América do Norte e Europa. Com a parceira, além de não haver competição direta entre as duas empresas, a Multiplus passará a ter acesso irrestrito aos voos ofertados pelas companhias aéreas do Grupo Latam.n

7 MILHÕES DE PASSAGEIROS

O acordo de cooperação entre a Delta Air Lines e o Grupo Aeroméxico já transportou mais de sete milhões de passageiros. A parceria, que acaba de completar um ano, oferece atualmente cerca de 1,1 mil voos semanais em 64 rotas — que incluem 33 destinos estadunidenses e outros dez no México. A capacidade aumentou 11%.n

REFORÇO NAS AERONAVES

STOPOVER EM ROMA

A Alitalia acaba de expandir sua lista de hotéis parceiros que oferecem descontos aos seus clientes. A partir de agora os hotéis Fruit Hotels, The Church Palace, Hotel Roma Aurelia Antica, Hotel Regent e Reginal Hotels também passam a oferecer descontos para participantes do programa. Anteriormente, somente o Sheraton Parco de Medice fazia parte do acordo. A porcentagem do desconto varia conforme a data da viagem e a disponibilidade dos hotéis parceiros.n 6

6 a 11.indd 6

O Grupo Lufthansa aprovou a compra de 16 aeronaves, sendo quatro Boeing e 12 Airbus, em um investimento de aproximadamente US$ 2,5 bilhões. A entrega dos pedidos está prevista para acontecer até 2022, em duas etapas. A encomenda inclui duas aeronaves de longa distância B777-300ER para a Swiss, que devem complementar a frota existente no início de 2020. Outros dois B777F serão encomendados para a Lufthansa Cargo.n

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:46:14


Hotelaria

NEVADOS DE CHILLÁN GANHA TELEFÉRICO

MANDARIN ORIENTAL CHEGA À AMÉRICA DO SUL

Um novo teleférico de um quilômetro de extensão foi instalado para facilitar o transporte dos turistas pelas geladas montanhas chilenas. Antes, era necessário percorrer cerca de 13 quilômetros para atravessar o mesmo caminho pela maior pista de esqui da América do Sul. Com cadeiras duplas, o lift parte da base e sobe até o lado oeste da montanha, dando acesso à pista Três Marias e também à área de atividades livres. Nevados de Chillán foi eleito, em 2017, o melhor Ski Resort pela World Ski Awards, premiação mundial dedicada à indústria do esqui. A estação oferece cerca de 35 quilômetros de pistas em seus mais de dez mil hectares de área, sendo que 22% delas são destinadas para iniciantes, 41% para intermediários, 31% para avançados e 6% para experts no esporte radical.n

A rede de hotéis Mandarin Oriental tem a expectativa de estrear no continente sul-americano em janeiro do próximo ano. Outro projeto em andamento, ainda no Chile, é a administração de um hotel em Viña del Mar, com acesso direto à praia, programado para abrir em 2020. A empresa adquiriu em 2017 o antigo Grand Hyatt na capital Santiago e tem investido fortemente na renovação interior da propriedade de 310 quartos para reerguê-lo sob o nome Hotel Santiago. Com 31 propriedades em cidades badaladas como Tóquio, Miami e Paris, a companhia não descarta a possibilidade de se estabelecer no mercado brasileiro. n

PLATAFORMA EXCLUSIVA

A rede Hyatt vai aumentar suas propriedades. Para 2018 estão previstos os lançamentos do Hyatt Place San Pedro Sula, em Honduras, Hyatt Centric: Las Condes Santiago, no Chile, San Isidro Lima, no Peru, e San Salvador, em El Savador. A mais luxuosa das aberturas latinas este ano fica por conta do Grand Hyatt Bogotá, na Colômbia, para agosto, com 372 quartos e spa, na região da Ciudad Empresarial. O Brasil, que já conta com um Grand Hyatt em São Paulo e um no Rio de Janeiro, ganhou no interior fluminense o Hyatt Place Macaé, voltado ao corporativo. n

MARRIOTT PERSONALIZA INTERAÇÃO

A Marriott acaba de lançar um serviço de relacionamento com clientes por meio da plataforma da Salesforce. Nele, os associados compartilham e têm acesso às informações dos hóspedes que optaram pelo sistema. Conectado a outros programas, como o de reservas e o de fidelidade, é possível utilizar os dados para criar uma experiência melhor para o hóspede. As informações são provenientes dos perfis dos membros de fidelidade. Lá, ficam registradas as estadas anteriores do hóspede nas propriedades, as interações do viajante com os associados no centro de envolvimento do cliente e outras fontes. n 16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

6 a 11.indd 7

7

10/05/2018 18:46:14


Mercado

SOB NOVA DIREÇÃO

A ex-deputada federal Aparecida Maria Borges Bezerra foi empossada presidente da Embratur na terça-feira (3), em cerimônia realizada na sede da autarquia. Teté ressaltou os resultados já alcançados nos últimos anos — como a implementação dos vistos eletrônicos e a aprovação do projeto Céus Abertos pelo Senado — e reforçou a importância da aprovação do PL 2724: o projeto de lei tramita no Congresso, e trata da transformação da Embratur em agência de promoção, demanda antiga pleiteada pela autarquia. 

LUMMERTZ QUER MENOS BUROCRACIA

Aproveitando a celebração do Dia Nacional do Turismo na terçafeira (8), o novo ministro da pasta, Vinicius Lummertz, falou sobre as oportunidades e desafios do setor. Para ele, a solução passa pela desburocratização dos processos e também o projeto de lei 2.724 que, entre as ações, prevê a modernização da Lei Geral do Turismo. “São 118 mudanças propostas para desburocratizar o setor e dar mais segurança para a iniciativa privada desenvolver a economia, gerando emprego e renda ao povo brasileiro.”

Acompanhe essas e outras notícias no

PANROTAS.COM.BR Siga a PANROTAS portalpanrotas portalpanrotas PANROTAS Editora portalpanrotas

8

6 a 11.indd 8

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 19:08:10


Sem tĂ­tulo-1 12

10/05/2018 13:35:08


Mercado

Lisa Verbeck e Craig Bavinton

AUSTRÁLIA SE RETIRA DO BRASIL

O órgão de promoção Tourism Australia decidiu deixar a representação no mercado brasileiro após sete anos, como revelou à reportagem na ILTM Latin America o diretor para o continente, Craig Bavinton. Bavinton, que esteve acompanhado da diretora de Marketing para as Américas, Lisa Verbeck, explicou o porquê dessa decisão. “Trata-se de uma mudança estratégica do nosso escritório. Fizemos uma revisão anual de orçamento e tivemos de tomar a difícil decisão de encerrar o modelo de representação por aqui”, esclareceu.n

FIT PANTANAL E ABAV EXPO

Na semana passada, uma reunião entre a presidente da Embratur, Teté Bezerra, o secretário de Turismo do Mato Grosso, Jaime Okamura e o diretor da Abav Nacional, Gervasio Tanabe (foto), foi realizada com o objetivo de alinhar uma parceria entre a Fit Pantanal e a Abav Expo 2018, que será realizada em São Paulo entre os dias 26 e 28 de setembro. Além das rodadas de negócios, também está prevista a realização de um painel sobre as possibilidades oferecidas pelo Turismo na região pantaneira com a presença de ministros do Paraguai e Bolívia, além de representantes dos governos do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, países e Estados que englobam o bioma.n

10

6 a 11.indd 10

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:46:15


Pancorp

BRASIL EM QUEDA NO ICCA

O ranking anual de países e cidades que mais realizaram eventos e congressos internacionais da International Congress and Convention Association (Icca) apontou mais um ano de queda para o Brasil. Em 2016, o País foi o 15º colocado, com 244 eventos internacionais realizados. Na lista deste ano, referente a 2017, ele se encontra na 16ª posição, com 237 eventos organizados. O novo levantamento revelou também um forte crescimento na indústria no ano passado, com um número recorde de 12,5 mil reuniões de associações internacionais, 346 a mais do que em 2016. n

POLÍTICA DE VIAGEM EM RISCO

AMEX QUER ENTRAR NA CHINA

O Banco Central da China aceitou a solicitação da American Express para compensar e liquidar transações bancárias domésticas por meio de uma joint venture com a provedora de pagamentos móveis chinesa Lian Lian. Se aprovada, a Amex poderá processar transações para clientes chineses locais e para os que viajam ao país. O banco tem 90 dias para aprovar ou recusar o processo. A Amex terá 12 meses para construir sua rede, incluindo contratos de emissão e aquisição de edifícios, e estabelecer o caminho dos pagamentos e os centros de dados. n

Um estudo da American Express Global Business Travel (GBT) com dois mil viajantes a negócios dos Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha, Austrália, Singapura e Índia revelou que enquanto a maioria dos viajantes corporativos vê o valor em viajar a trabalho, um percentual reluta em cumprir com as políticas de viagem da empresa. Ainda segundo a pesquisa, viajantes americanos parecem estar muito menos preocupados com o impacto das viagens a trabalho em suas vidas pessoais, com menos da metade acreditando que elas possam ter efeitos negativos. Eles também são mais conscientes em relação às políticas, com três em cada cinco seguindo as normas em todos os momentos.n

16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

6 a 11.indd 11

11

10/05/2018 18:46:16


Memória

Henrique Santiago

À FRANCESA Em meio a greves trabalhistas que duram semanas, o diretor executivo da Air France, Jean-Marc Jallainac, se viu forçado a deixar o cargo menos de dois anos após ter assumido o comando mundial da aérea. Se o avião da empresa saiu um pouco da rota nesses primeiros meses, há 24 anos seu percurso era remanejado em céus brasileiros. A diretoria da transportadora aérea, que hoje é um dos maiores conglomerados do mundo ao lado da KLM, foi anunciada com o reforço de Jean-Luc des Fontaines como diretor geral. A estrutura no Brasil também contou com a chegada de Gérard Decamps como diretor comercial; Silvia Levy, então estreante na

12

12.indd 12

aviação comercial assumiu o Marketing; e por fim Marcos Zani, que ocupava o cargo de Silvia, foi promovido para comandar os mercados de Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e região central. A equipe de São Paulo permaneceu a mesma, sob a liderança de Eric Fuschmann Há mais de duas décadas, a Air France operava apenas seis voos semanais entre Brasil e França. A novidade da época era a possível chegada do equipamento Airbus 340 em substituição ao gigante Boeing 747. Já em 2018, com a abertura do hub em Fortaleza, são 44 frequências semanais realizadas em conjunto com a KLM.

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:05:59


Sem tĂ­tulo-1 12

10/05/2018 13:35:40


Infográfico

Linha ascendente Após um ano de recuperação em 2017, a demanda por voos domésticos das companhias aéreas brasileiras medida em RPK (passageiros-quilômetros pagos transportados) seguiu em expansão no primeiro trimestre de 2018, com alta acumulada de 3,4% na comparação com o mesmo período do ano anterior

14

14 e 15.indd 14

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:06:29


mercado internacional Demanda por voos

**

oferta de assentos

+18,3%

+15,6%

*

*

mercado doméstico Demanda por voos

oferta de assentos

+1,9%*

+0,5%* passageiros transportados

ocupação das aeronaves

7,5 milhões * +o,5%

80,1%* +1,4%

participação das companhias

AZUl 18,3%

avianca 14,1% brasil

*em relação a março/2017 **das empresas aéreas brasileiras 14 e 15.indd 15

34,1% gol 33,1% latam

(Fonte: abear) 16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

15

10/05/2018 18:06:30


Norwegian Bliss em Nova York 2 SBW

Symphony of the Seas

Pista de Kart no Bliss

Central Park no Symphony

16

16 a 35.indd 16

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 19:42:03


Crédito: divulgação

navegar

Quando

éo destino

Artur Luiz Andrade (Norwegian Bliss) e Eduarda Chagas (Symphony of the Seas)

16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

16 a 35.indd 17

t

Divulgação

Sim, o roteiro de um cruzeiro marítimo é importante (e pode ser um bom diferencial), mas no caso do Norwegian Bliss, da NCL, e do Symphony of the Seas, da Royal Caribbean, os navios são as principais estrelas, tamanha é a variedade de atrações e tantas são as exclusividades a bordo de cada um. Pista de kart, toboágua com looping, arena de laser tag, cafeteria Starbucks completa e show Jersey Boys de um lado; e do outro, bar com robôs, restaurante inspirado em Alice no País das Maravilhas, teatro aquático, um jardim a bordo e Hairspray como espetáculo. E as surpresas e atrações vão bem além das citadas. É como um parque de diversões, com atrações para adultos e crianças, juntos e separados, e com experiências que não estão incluídas no preço da passagem, o que é uma coisa boa. Primeiramente porque, além de garantir o glamour básico de um cruzeiro (com pacote de alimentação, entretenimento e lazer), as duas companhias agregam valor a essa experiência e cada um faz (e paga) o que quiser, o que realmente consome. Pacotes de bebida são personalizados com o gosto do cliente, restaurantes gourmets estão à disposição por preços bem menores que em terra; aventuras especiais custam menos que nos parques de Orlando (para uma sessão de voltas no kart do Bliss paga-se apenas U$ 7). Em segundo lugar, porque ao agregarem valor, as empresas melhoram seus produtos e atiçam o desejo dos clientes, que pagam mais pelas experiências adicionadas e por uma qualidade acima da média. Em terceiro, consequentemente, o profissional de Turismo, o agente de viagens ou operador, tem sua comissão aumentada pelos adicionais e com o viajante satisfeito pelo que pagou. O setor de cruzeiros marítimos é um dos grandes trunfos da venda via agentes de viagens e essa variedade de novos produtos e possibilidades dentro dos navios só torna o trabalho dos especialistas mais relevante. O que fazer em um navio, o que reservar, onde ir, que restaurantes escolher, quem levar, que embarcação é mais adequada para aquela família, como aproveitar ao máximo e como ter uma experiência única e diferenciada são perguntas que um bom agente de viagens não apena saberá responder, como se encarregará de boa parte delas e fará do cruzeiro algo para ser repetido todos os anos, em novos navios, ou mesmo nos já conhecidos. Quanto mais o agente for especialista em cruzeiros, mais ele sabe antes da promoções, e até antecipa bons negócios para seu cliente. Um especialista bem relacionado também garante mimos, facilidades e informações valiosas que nem a internet e nem o vendedor generalista saberá onde buscar. 17

10/05/2018 18:07:22


Estela Farina, diretora da Norwegian Cruise Line no Brasil

18

16 a 35.indd 18

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:07:25


as pessoas certas t

Ricardo Amaral, diretor da R11, representante exclusiva da Royal Caribbean na América Latina

Do lado de lá do balcão, as companhias marítimas também precisam das pessoas certas, e no caso da NCL e da Royal Caribbean Estela Farina (diretora Brasil da primeira) e Ricardo Amaral (representante exclusivo da segunda, via R11 Travel) são craques no que fazem e no relacionamento com os agentes, sejam eles especialistas, iniciantes ou até os generalistas. Estela representou a NCL por 12 anos, está há três no escritório próprio da empresa em São Paulo e soma outros 11 atuando na área de cruzeiros. Ou seja, 26 anos de dedicação ao setor que mais cresce em todo o mundo no Turismo. Já Amaral fez o caminho inverso e de vice-presidente da Royal Caribbean, depois de passagens pela Sun & Sea e Costa Cruzeiros, abriu sua empresa de representação com todas as marcas do grupo RCCL. Também soma mais de 25 anos nessa indústria, já tendo, inclusive, publicado dois livros sobre o tema. Com Ricardo e Estela, portanto, o relacionamento com o trade está garantido. Some-se a esses dois pilares (distribuição e representação) os produtos de qualidade e o sucesso é garantido. Mas identificar qual o melhor navio e a melhor experiência para cada cliente, família ou grupo é fundamental. Nos dois navios, por exemplo, há opções exclusivas dentro da experiência do cruzeiro: a The Haven, no Bliss, e as Royal Suites e os programas vips no Symphony. Também há novidades opostas, que apostam no perfil do passageiro: studios para quem viaja sozinho, no Bliss, e uma incrível suíte para famílias no Symphony. A guerra é boa (entre as duas empresas, que terão mais navios no mesmo estilo vindo por aí) e quem ganha é a indústria, os agentes de viagens, e especialmente os clientes, que têm mais opções, para todos os gostos e estilos. Ah sim, e para as empresas, que conseguem aumentar seu tíquete médio, oferecendo mais experiências ao cliente e cobrando por elas de uma forma transparente e, por que não, justa. Confira nas próximas páginas os diferenciais do Norwegian Bliss e do Symphony of the Seas. Ah e não esqueça de ver os itinerários... vai que seus passageiros resolvem sair para dar uma voltinha em terra. t 16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

16 a 35.indd 19

19

10/05/2018 18:07:26


t

20

16 a 35.indd 20

Norwegian Bliss PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:07:28


Diversão em grande estilo O Norwegian Bliss não é o maior navio do mundo (tem 168 mil toneladas, contra 228 mil do concorrente Symphony), mas encaixou tantos espaços diferenciados e atrações exclusivas de forma orgânica e nada amontoada, que a impressão é a de que é muito maior do que realmente é. A pista de kart, por exemplo, ocupa dois andares na popa e se integra ao destino onde o navio está ancorado ou à imensidão do mar. t

Divulgação

16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

16 a 35.indd 21

21

10/05/2018 18:07:29


t São 20 deques, com capacidade para quatro mil passageiros, e o design, se por um lado deixa tudo mais moderno e metálico, por outro cria ambientes acolhedores, privativos e aconchegantes, mesmo no tradicional bufê da piscina (Garden Café), que tem comida deliciosa e mesas e sofás, ou até bancadas, para grupos, amigos, famílias... Há espaços só para adultos, outros só para crianças, como os clubes e o toboágua infantil, e muita opção para a convivência multigeracional. Mas há também The Haven, uma ala do navio com 80 cabines, dois lounges (um deles de observação com janelões do chão ao teto e o outro com full bar), piscina privativa coberta, biblioteca, espreguiçadeiras sob o sol ou no ar condicionado, mordomo nas cabines e mimos que vão de chocolates todas as noites a cafeteira Nespresso, de amenidades Bvlgari a banheiras com sais de banho à vontade. Quem está em suítes fora da ala exclusiva The Haven também tem acesso ao clube, que ainda conta com restaurante e lugares reservados para os shows, como Havana e Jersey Boys. No cassino do Bliss, mais um diferencial: uma sala só para fumantes, bem ampla e com muitas mesas e máquinas de jogo. t

Espaço exclusivo The Haven

22

16 a 35.indd 22

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:07:34


A variedade de cervejas é impressionante Divulgação

Divulgação

Entretenimento para adultos

16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

16 a 35.indd 23

23

10/05/2018 18:07:40


24

16 a 35.indd 24

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:07:43


Divulgação

t

Divulgação

Mais cuidados especiais: duas áreas só para adultos tomarem sol, e sete restaurantes de especialidade, com comida do mundo todo (esses pagos à parte). O The Waterfont é outra inovação que a classe Breakaway trouxe aos navios da NCL, e no caso do Bliss vai além, é Breakaway Plus. The Waterfront é como um calçadão à beira mar, com restaurantes que invadem o espaço de frente para o oceano, tendo entradas pelas partes interna e externa. Também conta com sorveteria, loja de doces e uma série de lounges. Um local para passear, sair para comer e relaxar observando a paisagem. Spa, pista de corrida, os já citados toboáguas e jogo de laser, bares com música ao vivo (incluindo uma versão do Cavern Club com cover dos Beatles), cervejaria própria, churrascaria texana com banda de country music, e o estilo mais livre e descontraído da NCL completam a oferta de diversão e entretenimento. O Norwegian Bliss vai começar roteiros regulares pelo Alasca até outubro, quando fica baseado em Miami para saídas em direção ao Caribe. Em 2019, o Norwegian Encore lhe fará companhia, mas até 2026 a frota pode ser adicionada de outras seis embarcações, com mais de 78 mil leitos no total. Segundo o presidente Andy Stewart, que estava a bordo da apresentação do Bliss em Nova York, incluindo 65 brasileiros, a NCL vai cada vez mais investir em agregar valor em seus cruzeiros. Entrar em uma disputa baseada em preço está fora de cogitação. O passageiro desejará pagar mais por essa experiência NCL e sairá satisfeito com o que vai receber, garante ele, que prometeu ainda aliança fiel com os agentes de viagens. “Pagamos as mais altas comissões da indústria, e temos vários benefícios para nossos parceiros agentes”. Um deles é a mudança na regra de gratuidade para grupos de afinidade. A partir de dez passageiros, já há um grátis (antes o número mágico era de 14). t 16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

16 a 35.indd 25

25

10/05/2018 18:07:46


t

26

16 a 35.indd 26

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:07:48


Divulgação

banco de dados Norwegian Bliss Ano de inauguração: 2018

Tripulação: 1.731 (um tripulante para cada três passageiros)

Classe: Breakaway Plus

Opções gastronômicas: 28

Toneladas: 168.028

Destaques: pista de kart em dois deques, área de Laser Tag, Aqua Park com tobogãs, área para crianças, parede de escalada, percurso de arvorismo, prancha

Comprimento: 303 metros Largura: 41,5 metros Deques: 20 Velocidade: 23,2 nós Passageiros: 4.004 em ocupação dupla

Diversão: Shows da Broadway, como Jersey Boys, e happy hour teatral; clubes exclusivos para adultos; cassino e clube para crianças e adolescentes Saúde: Salão de beleza & Mandara Spa com Salt Room e fitness center Arte do Casco: Robert Wyland

Cabines: 2.043

Destinos: Alasca, no verão americano, e Caribe (a partir de outubro, saindo de Miami)

The Haven by Norwegian: 80 suítes, com acesso exclusivo, áreas especiais e serviço de luxo. É um navio dentro do navio. Há também spas suítes.

Saiba mais: www.ncl.com.br e br.bliss.ncl.com/the_Ship

t 16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

16 a 35.indd 27

27

10/05/2018 18:07:49


28

16 a 35.indd 28

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:07:49


SBW-Photo

Symphony of the Seas

Tudo parece enorme no Symphony of the Seas — e é. O maior navio de cruzeiros do mundo, inaugurado oficialmente no dia 7 de abril, em Barcelona (Espanha), parece inspirado nos superlativos. A embarcação da Royal Caribbean impressiona pelos números e pela diversidade de experiências que oferece. Com 72,5 metros de altura (equivalente a um prédio de 24 andares), 362 de comprimento e 65,6 de largura, o navio pesa 228 mil toneladas. A capacidade máxima é de 6.870 hóspedes. A bordo, há mais de dois mil tripulantes. A Royal Caribbean investiu US$ 1,5 bilhão no navio e, assim, quebrou o próprio recorde. O Harmony of the Seas, também da classe Oasis da empresa, detinha o título. “O que as pessoas estão procurando são experiências”, disse o chairman e CEO da Royal Caribbean, Richard Fain. “A bordo, você não pensa que o navio é enorme, mas sim que tem muitas opões de coisas para fazer”. A embarcação tem sete bairros, 18 deques e diversas opções de entretenimento, esporte e lazer. Um dos destaques é o Ultimate Abyss, o maior tobogã dos mares. A 47,5 metros de altura da superfície do mar, o brinquedo tem uma queda de 30 metros, do 15 o ao sexto andar da embarcação. Outra novidade também exclusiva é a Ultimate Family Suite. Com 125 metros quadrados, a suíte de dois andares tem escorregador do quarto das crianças para a sala de estar, uma parede de Lego, sala de TV e uma coleção de games, além de serviço de concierge exclusivo. No total, o Symphony of the Seas tem 2.759 cabines, de mais de 20 categorias, desde com vista para o mar até para a parte interna do navio. Há ainda opções VIPs de dois e de quatro quartos.

16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

16 a 35.indd 29

29

10/05/2018 19:09:05


30

16 a 35.indd 30

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:07:51


SBW-Photo

Family Suite

ar jovem Enorme, o navio parece pensado em todos os detalhes e tem um visual mais moderno do que está presente no imaginário popular quando se fala em cruzeiros. Passageiros podem ver mais de 13 mil obras de arte na embarcação, entre fotografias, quadros e esculturas, de artistas contemporâneos. A escolha parece parte da estratégia da companhia para se aproximar mais da geração millennial. “Esses viajantes são muito importantes para a Royal Caribbean”, afirmou o presidente e CEO da empresa, Michael Bayley. “Implementamos a internet Voom, a mais rápida para cruzeiros, e a comunicação ficou mais digital e com vídeos”, exemplificou. Ainda não há previsão de que a internet a bordo seja gratuita, por causa dos altos custos de operação. A empresa investe em tecnologia desde antes do embarque. Uma de suas apostas é o aplicativo oficial Royal Caribbean, disponível para iOS e Android. Com ele, é possível efetuar o check-in previamente e evitar filas, além de ver informações sobre a programação do navio, restaurantes e atrações. O aplicativo permite ainda a reserva de excursões nos destinos de parada e traz mapas e estatísticas da viagem. Em breve, será ainda possível enviar mensagens de texto para amigos e familiares a bordo, além de ver todos os gastos realizados na embarcação. Para utilizar a ferramenta, é preciso estar conectado no Wi-Fi do navio, mas não é necessário adquirir o pacote de dados de internet.

16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

16 a 35.indd 31

31

10/05/2018 18:07:52


Bionic Bar, onde robôs preparam os drinques

gastronomia O navio conta com mais de 25 opções de restaurantes. O restaurante de frutos do mar frescos Hooked Seafood está entre os destaques. Outros diferenciais são o Jamie’s Italian, do chef britânico Jamie Oliver; o asiático Izumi, de Travis Kamiyama e o Wonderland, inspirado em Alice no País das Maravilhas. Há ainda 42 bares e lounges, espalhados por toda a embarcação, desde a área da piscina até a Royal Promenade, espécie de rua com lojas e restaurantes. Lá fica também o Bionic Bar, onde os hóspedes são atendidos por robôs, que preparam os drinques.

32

16 a 35.indd 32

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:07:55


entretenimento

Shows, espetáculos no gelo, musicais, cassino, cinema 4D: essas são algumas das possibilidades de entretenimento no Symphony of the Seas. Em cartaz, está Hairspray, montagem da Broadway. A apresentação no gelo 1977 anima os hóspedes com músicas de diferentes estilos. Já no Aqua Nation, artistas e acrobatas fazem um espetáculo nas águas e nas alturas, com mergulhos e performances. Há também na programação apresentações de jazz, festas temáticas em diferentes horários do dia, apresentação de mágica, karaokê e até mesmo uma “festa silenciosa”, em que cada participante dança ao som que toca em seu headphone. Para as crianças, uma área de recreação traz atividades para diferentes idades. Inclusive um berçário está disponível aos hóspedes.

Hairspray em cartaz no navio Créditos: SBW-Photo

16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

16 a 35.indd 33

33

10/05/2018 18:07:55


esporte e bem-estar

Ao todo, o navio conta com 23 opções aquáticas como piscinas, toboáguas e simuladores de surfe. Outras opções são patinação no gelo, uma tirolesa de 25 metros de distância, toboáguas, parede de escalada e até jogo de laser tag. Adeptos da academia também devem ficar satisfeitos. O espaço para a prática de atividades físicas é amplo, com diversos equipamentos – só esteiras, são 23, por exemplo. Uma pista de corrida de 600 metros de extensão é outra opção para quem não quer deixar de se exercitar. Salão de beleza e um spa também estão disponíveis para os hóspedes. O Vitality Spa oferece uma série de serviços pagos aos hóspedes, de massagens a tratamento para as rugas e celulite. 34

16 a 35.indd 34

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:07:58


para os brasileiros

De acordo com o CEO da R11 Travel, Ricardo Amaral, o navio já tem sido bastante procurado por turistas brasileiros. “Normalmente, nosso navio mais novo é o mais procurado. Brasileiros gostam de novidade”, diz. Ainda segundo o executivo, o Brasil é a segunda nacionalidade a bordo de navios da classe Oasis no mundo, atrás apenas dos norte-americanos. Para o diretor assistente e de viagens especiais da MGM Operadora, Floriano Xavier Menezes, o navio serve para todas as estações e tipos de passageiros. “Será para a MGM um produto de fato muito bom para ser oferecido através dos seus consultores de Viagens. E tenho a certeza de que teremos, sem sombra de dúvida, um bom retorno de satisfação dos nossos passageiros”. Menezes esteve presente em uma viagem de dois dias para convidados e imprensa, realizada no início de abril, da qual a PANROTAS também participou. Mais de 120 agentes de viagens do Brasil e da América Latina estiveram presentes na ocasião. Outro participante foi o presidente da Wings Turismo, William Périco. “Fica muito fácil vender um produto que agrega todos esses serviços. Em nossa empresa o foco principal são os grupos e já lançamos uma data no Symphony no Caribe em 2019”. O Symphony of the Seas ficará na Europa até outubro, para cruzeiros de três e sete noites pelo Mediterrâneo. O itinerário maior passa pela Espanha, França e Itália. A partir de 10 de novembro, Miami, na Florida. vai se tornar a residência oficial do navio. Ele será o primeiro da classe Oasis a usar o novo Terminal A, exclusivo da Royal Caribbean e com capacidade para 1,8 milhão de viajantes. Os cruzeiros de sete noites pelo leste e oeste do Caribe também terão outra novidade, a visita à ilha Perfect Day at CocoCay, destino exclusivo da Royal Caribbean nas Bahamas, que recebeu investimento de U$ 200 milhões. Pelo Caribe, o preço mínimo para três noites é de US$ 374. A PANROTAS viajou a convite da NCL e Royal Caribbean, com proteção GTA

16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

16 a 35.indd 35

35

10/05/2018 18:07:58


Eventos

Henrique Santiago — Atibaia (SP)

Pai e filho comemoram mais uma edição de Encontro Ancoradouro

FÓRMULA

DO SUCESSO Juarez Cintra Neto está mais do que acostumado com a rotina da Ancoradouro. Entrou aos 16 anos na empresa fundada por seu pai e permanece lá até hoje. Aos 41, ele chegou ao segundo ano na presidência do grupo e se sente cada mais vez à vontade na cadeira mais importante da companhia. Assim como o pai, considera o Encontro

36

36 a 40.indd 36

Ancoradouro uma fórmula de sucesso. Não à toa assumiu como presidente justamente na edição de 2016 e, desde então, faz questão de dar a sua devida importância. Mas depois de 27 anos consecutivos, os executivos começam a questionar a permanência do evento que reúne centenas de agentes de viagens e dezenas de expositores de todo o Brasil.

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 19:10:11


Em conversa com a PANROTAS, a família Cintra adentrou a sala de imprensa com um ar de suspense ao dizer que aquela era a última entrevista sobre o encontro, mas esclareceram — parcialmente — se tratar de uma brincadeira. “Nós sempre nos perguntamos sobre como mudar. Mas como inovar? Discutimos com os patrocinadores que aqui estão e saímos com a conclusão de que o formato [de rotatividade de salas] é campeão. Nós capacitamos, prendemos a atenção, interagimos e trazemos fornecedores que não chegariam normalmente até o agente de viagens”, analisou o presidente do conselho, Juarez Cintra. O questionamento de como se manter atual e relevante perdura há pelo menos três anos. Tanto pai quanto filho têm um apego forte ao evento, mas consideram que o crescimento nacional da consolidadora pode ser atrapalhado, diga-se, ao ter de lidar com toda a logística e o operacional do Encontro Ancoradouro. AONDE VAI? Já não é mais segredo que a empresa de 30 anos quer ganhar o Brasil. No início deste mês, a abertura de 11

bases pelo Norte, Nordeste e CentroOeste colocou esse ponto ainda mais em evidência. A estratégia, que ainda pode ser ampliada com a chegada de mais home offices, é tratada com prioridade máxima para que a ambição de vender R$ 1 bilhão a partir de 2018 se torne realidade. Dois complicadores relacionados ao evento são o custo cada vez mais alto — os agentes não pagam para participar — e o tempo de concretização do projeto. Essa segunda parte, ao menos, será resolvida para a próxima edição. A terceirização de algumas áreas será adotada para que parte do time de 300 colaboradores coloque em prática outros objetivos. Mas para o presidente do grupo, Juarez Neto, o ideal seria repassar toda essa responsabilidade a uma empresa parceira. Em tempos de interação com máquinas, uma empresa que tem um DNA familiar valoriza e muito o contato humano. “Esse encontro transcende a parte de negócios. Nós valorizamos muito o que é chamado agora de human to human. E nós questionamos essa parte também, pois virou único no mercado, já está no calendário de fornecedores”,

observou, colocando em evidência o impasse que paira em sua cabeça. A data e o local do próximo Encontro Ancoradouro ainda não estão definidos, mas sabe-se que os Cintra têm um carinho especial pelo hotel Bourbon Atibaia Convention & Spa Resort. A cidade, localizada a pouco mais de 60 quilômetros da capital paulista, já recebeu 11 das 27 edições. Neste ano, foram mais de 650 convidados, dos quais 450 agentes de viagens e os demais entre fornecedores e o staff. A estrutura exigida para comportar essa quantidade de pessoas requer ao menos um hotel com mais de 300 quartos, uma ampla sala de eventos e funcionários prestativos. O fundador da Ancoradouro e idealizador desse evento considera que sua empresa cresceu junto com o bom relacionamento conquistado com os agentes de viagens. E encerrar esse ciclo a simbólica 30a não seria uma má ideia “Um dia vai terminar, talvez esteja próximo ou não. Temos pena em ter que acabar. Ou melhor, temos de ter coragem para acabar. E eu te digo que vou sofrer muito quando isso acontecer”, disse Cintra, com os olhos marejados. t

?

Juarez Cintra e Juarez Neto, duas gerações dentro da mesma empresa

16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

36 a 40.indd 37

37

10/05/2018 18:08:40


t NEGÓCIO NA MÃO Em três décadas de existência, a Ancoradouro vivenciou algumas das piores crises político-econômicas do Brasil, como o Plano Collor instaurado no início dos anos 1990. Portanto, eles se sentem mais do que preparados para lidar com um cenário que desfavorece e desanima. Ao se definirem como “otimista” e “preocupado”, os Cintra se mostram um tanto aflitos com o rumo do País. Em uma nação onde a democracia está colocada em um jogo, eles utilizam o discurso de nove entre brasileiros de que o voto consciente se faz necessário nessas eleições. A resiliência do setor a esses maus momentos e a intenção crescente de viajar do brasileiro se posicionam como alguns dos trunfos da indústria de viagens, segundo o presidente do conselho do Grupo Ancoradouro. “Já tivemos crises de parar venda. Essa crise é a mais longa, mas não é a pior. São anos difíceis, mas vamos superar porque temos o melhor negócio na mão, que é o Turismo”, disse. “Sabemos que o passageiro quer conversar e ter a informação ali e sua viagem começa antes mesmo de comprar o bilhete. Um plano de viagens precisa de um consultor”, completou.

NOVAS ENTRADAS Ao deixar o lado político de lado, a Ancoradouro segue firme em seus objetivos de faturar o primeiro bilhão de reais em um só ano. A abertura de 11 novas bases em regiões mais altas do mapa brasileiro também foi motivada pela presença de mais companhias aéreas instalando hubs, como a Gol, Air FranceKLM e a Latam Airlines Brasil. Isso não significa, no entanto, que a consolidadora fechou as portas para novos depois de amadurecer os recém-contratados. “Nós buscamos um ‘alavancador’ de vendas, que seja ético, responsável e honesto. Se eles aparecerem, pode ser que sim [contratem]. Mas não estamos procurando neste exato momento”, afirmou o vice-presidente sênior do grupo, Cassio Oliveira. Com menos de três meses de casa, Luiz Ambar é considerado um disruptor pelos seus colegas de trabalho. Ele deixou o Sabre após 20 anos para chegar à consolidadora como vice-presidente de Novos Negócios e com a promessa de chacoalhar a indústria com soluções tecnológicas para esse novo mercado. Uma das apostas é o desenvolvimento do E-Fácil Plus, plataforma de reservas mantida em parceria com o Grupo BRT, PTV Consolidadora e Wooba. Atualmente, o portal é utilizado para emissão e consulta de 95% de reservas nacionais e 55% de

internacionais, revelou o executivo. Com toda sua expertise, ele promete deixar a consolidadora, tão ligada em laços de família e proximidade, mais tecnológica e preparada para o futuro. O pacote de soluções ainda é guardado a sete chaves. “Temos falado muito sobre como melhorar e acrescentar produtos e funcionalidades. Posso dizer que vamos apresentar um produto de forma melhor ao agente de viagens”, assinalou. Enquanto o lado tecnológico ainda é um mistério, a frente operacional do Grupo Ancoradouro passará por uma transformação que não irá mudar a vida de seus clientes. Cintra Neto revelou a mudança de nome da Ancoradouro Operadora para sua razão social, a Mondiale. Empresa adquirida em 2002, a operadora ingressou na holding para fortalecer os negócios no interior de São Paulo. Passados 16 anos, o empresário enxergou a necessidade de colocar em evidência seu real nome na região, na capital paulista e Rio de Janeiro, seus três principais mercados. A partir do segundo semestre, será chamada de Mondiale by Ancoradouro e em 2019 passará a ser apenas Mondiale. “Trata-se apenas de um reposicionamento de marca com o objetivo de criar uma identidade própria”, finalizou o presidente do grupo.n

Cassio Oliveira, Juarez Neto, Juarez Cintra e Luiz Ambar, a linha de frente da Ancoradouro

38

36 a 40.indd 38

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:08:42


Encontro Ancoradouro

Fabio Camargo e Danillo Barbizan, da Delta Air Lines

Juarez Cintra Neto com Igor Miranda, da Latam

Maria Tereza e Adriana Godoy, da Dri Viagens

Félix Zérdan, da Trabax, e Leonardo Coutinho, da Ancoradouro Operadora

Narciso Santos, da Promotur

Rosa Shida e Luis Antonio Camelo, da United

A equipe Avianca Brasil é liderada por Tarcisio Gargioni

t 16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

36 a 40.indd 39

39

10/05/2018 18:08:50


Encontro Ancoradouro Juarez, Silvia Cintra, Flávia Henry e Juarez Cintra Neto

t

Luiz Ambar, da Ancoradouro, e Rubens Schwartzmann, da Costa Brava

A família Amaral com Roberta, Rafael e Ricardo

Martim Diniz e Felipe Timerman, do Sea World Antônio Américo, Abhi Shah, da Azul, com Juarez Cintra e Juarez Cintra Neto

Guilherme Alcorta e Ricardo Sidaras, da PANROTAS

40

36 a 40.indd 40

Nelson Oliveira, da CWT, e Ralf Aasmann, da Air Tkt

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 19:11:27


Sem tĂ­tulo-1 12

10/05/2018 13:36:06


Aviação

Beatrice Teizen - Fortaleza

HUB NO

NORDESTE O presidente da Gol, Paulo Kakinoff, deu as boas-vindas aos passageiros no voo inaugural do hub da empresa, em parceria com Air France-KLM, no Nordeste

42

42 a 45.indd 42

“Agora, os clientes das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste passarão a ter Fortaleza como uma opção de ingressar nos mercados norte-americano e europeu. Além disso, com a nova opção, os passageiros economizarão de duas a seis horas de voo total”, afirmou o presidente da Gol, Paulo Kakinoff, durante o voo de inauguração do hub de Fortaleza, em conjunto com a Air France-KLM, no último dia 3. Foram dois dias repletos de comemorações da nova parceria no aeroporto da capital cearense. Além de cerimônia de inauguração do hub no Aeroporto Pinto Martins, com a presença de autoridades locais, executivos das aéreas e passageiros dos voos vindos de São Paulo (Gol), Amsterdã (KLM) e

Paris (Joon), a celebração contou com um coquetel para convidados e encontro com a imprensa. Esta foi a primeira vez na história do grupo franco-holandês que os novos voos, vindos de ParisCharles de Gaulle e AmsterdãSchiphol, iniciaram no mesmo dia. As novas operações internacionais conectam-se também às cidades de Belém, Manaus, Natal, Recife, Salvador, São Luís e Brasília em aeronaves Gol. Com número de reservas em Fortaleza já maior que em São Paulo e Rio de Janeiro (para os clientes em conexão), a expectativa de ocupação dos voos é de 85%. A Gol, para abastecer e fortalecer estas conexões, ampliou sua oferta de voos na região em 35%, totalizando, a partir de agora,

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:09:48


Jean-Michel Mathieu, da Joon, Patrick Alexandre, da Air France-KLM, Camilo Santana, governador do Ceará, Pieter Elbers, da KLM, Paulo Kakinoff, da Gol, e Roberto Cláudio, prefeito de Fortaleza

público, criando as condições de competitividade, e a participação do trade turístico. "Partindo do diálogo com as empresas do trade, queremos concretizar o stopover aqui em Fortaleza. A partir de agora, o passageiro que quiser ir de Paris para São Paulo, por exemplo, e for fazer uma conexão na capital cearense, poderá passar até três dias sem alterar a tarifa. Por isso queremos intensificar a exposição do Estado para trazer cada vez mais turistas da Europa", explicou Santana. Já o envolvimento do Estado se deu por uma única parceria, que é a de ampliar o trabalho de promoção e divulgação como destino tanto na Europa quanto em outros países. "É uma negociação que está sendo feita entre as equipes", contou. O novo hub de Fortaleza conta com dois voos diretos semanais da Air France (operados pela Joon) para Paris, saindo às 13h10 do Charles de Gaulle e chegando às 17h35 no Ceará – o inverso parte às 19h35 e pousa em Paris às 9h30; e três para Amsterdã, partindo às 12h50 e chegando às 17h30 no Pinto Martins, e saindo às 19h50 e desembarcando às 10h em Schiphol. A partir de 30 de outubro, o hub ampliará para três as frequências

para a cidade francesa. Os voos via Holanda são operados por A330 e os da França por A340, com 267 e 278 lugares, respectivamente. MERCADO CORPORATIVO Segundo Kakinoff, o público deste hub será composto por um terço de viajantes a negócios e dois terços a lazer. Porém, é possível que haja um fenômeno de certa forma ainda não conhecido totalmente pelas companhias aéreas, relacionado à questão do tempo decorrido. “Existe um percentual grande de clientes que viajam a trabalho, mas estes são passageiros autônomos, que compram diretamente no nosso site e não estão sob contrato de uma grande empresa. Acreditamos que serão eles que farão o segmento corporativo crescer.” Ainda de acordo com o presidente da aérea brasileira, há um ineditismo que trará para a companhia algumas surpresas nessas projeções. “Só saberemos realmente como será com a operação, pois ainda é muito difícil dimensionar, falando de todas as cidades que temos no norte e Nordeste”, finalizou.n A PANROTAS viajou a convite da Gol. 16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

42 a 45.indd 43

t

cerca de 50 voos diários para 11 destinos, a partir da capital cearense, incluindo Buenos Aires e, em novembro, mais dois destinos com voos diretos na Flórida (Orlando e Miami) . "Este momento é muito importante para a história da aviação. O hub do Ceará está recebendo os maiores investimentos da última década para chegar no estágio que hoje podemos chamar de aproveitamento pleno do que há de mais valioso, o tempo. É o principal hub no Brasil fora do eixo RioSão Paulo e, com ele, os clientes terão uma oferta muito superior do que indo para São Paulo ou Rio e depois sobrevoando a cidade do cerrado novamente para ir à Europa", disse Kakinoff. De acordo com o governador do Ceará, Camilo Santana, esta aliança com o Estado tem três eixos importantes. O primeiro é a concessão do aeroporto com à alemã Fraport, que já iniciou o projeto de modernização e ampliação das estruturas. O segundo é o objetivo em garantir qualidade de serviço no Pinto Martins e, por último, o esforço do poder

43

10/05/2018 19:42:47


Novo hub Fortaleza

Renata Souza, da Air France-KLM, German Carmona, da Gol, e Beatriz Bezerra, do Governo do Estado do Ceará

Manuela Rehder, da Gol, com Fabio Lessa, Denis Ribeiro, Helen Assis, Paulo Lobão e Maria da Gloria Barros, todos da Air France-KLM

Maurício Parise e Randall Aguero, da Gol, com Antonio Assunção, da Air France-KLM

Guillermo Alcorta, da PANROTAS, Fábio Campos, da Focus, e Henrique Sérgio, da Casablanca Turismo

Pompeu Vasconcelos, do Diário do Nordeste, entre Régis Medeiros e Rodrigo Pereira, da Secretaria Municipal de Turismo de Fortaleza Jorge Bagdeve de Oliveira, do Banco do Nordeste, e Manoel Linhares, da ABIH Nacional

Pieter Elbers, CEO da KLM, comemorou a inauguração do novo hub

44

42 a 45.indd 44

Guillermo Alcorta, da PANROTAS, Priscila Cavalcanti, da Skal Ceará, e Marcos Pompeu, da Cetur

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:09:56


Paulo Kakinoff, da Gol, com Seth van Straten e Linda Keuter, da Air France-KLM

Eduardo Bernardes, da Gol, com Henrique Sérgio, da Casablanca Turismo

Jerome Sarramea, Sophie Bordmann e Franck Marceau, todos da Air France Philippe Jouvelot, da Axa Seguros, entre Cristine e Stéphane Godard, da Embaixada da França no Brasil

Jean-Claude Bernard, da Embaixada da França no Brasil, e Eric Berthelot, do Naval Group Adriano Cordovil e Felipe Alencar, da Flytour Gapnet, com Fabiano Alves, do Beach Park

O vice-presidente executivo comercial e de Alianças da Air France-KLM, Patrick Alexandre

Guillermo Alcorta, da PANROTAS, com Enid Vasconcelos, da Abeoc Ceará

16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

42 a 45.indd 45

45

10/05/2018 18:10:01


Parques temáticos

Leonardo Ramos – Orlando (Estados Unidos)

A espera finalmente acabou. Quase três anos após anunciada, foi aberta oficialmente a nova atração do Universal Studios, um dos parques da Universal Orlando, considerada a maior novidade que o parque terá em 2018. Uma das franquias mais rentáveis da história da Universal Pictures, com faturamento superior a US$ 5 bilhões com os oito filmes da saga, tem agora uma área própria: o espaço de Velozes & Furiosos, ou, como o nome na fachada anuncia, Fast & Furious: Supercharged. 46

46 a 49.indd 46

A expectativa era alta. A nova atração ocupou o lugar de duas anteriores, a Disaster (antiga Terremoto) e a Beetlejuice Graveyard Revue. Representa ainda, quase que sozinha, toda a área de São Francisco, uma das oito do parque. Ao seu lado apenas quatro restaurantes que beiram o lago central do Universal Studios. A partir de uma imersão em cenas de ação dentro das ruas de São Francisco com um simulador que ocupa quase 360º de sua visão, o Fast & Furious: Supercharged

Fachada do Fast & Furious: Supercharged, na área São Francisco da Universal Studios Orlando

agrada tanto aos apaixonados pelo filme e por carros quanto aqueles que só querem experimentar uma atração com alto grau de emoção. E deve agradar aos brasileiros, já que o filme foi o campeão de renda no País em 2017, com US$ 133,4 milhões, e o segundo em público, com 8,5 milhões de espectadores (atrás apenas de Meu Malvado Favorito 3), de acordo com Ancine.

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 19:28:56


Ônibus-simulador utilizado na atração

SIMULADOR — FAST & FURIOUS SUPERCHARGED O simulador em si é rápido e furioso, e cumpre bem a expectativa do público fanático pelo filme. Trata-se, porém, de uma repaginação do Fast & Furious — Supercharged aberto em 2015 no Universal Studios Hollywood, na Califórnia — a diferença principal está no plano de fundo: antes em Los Angeles, a história passa a acontecer nas ruas de São Francisco. Dois ônibus-simuladores foram criados especificamente para a atração. Com capacidade para aproximadamente 50 pessoas cada (o percurso de cerca de quatro minutos e meio leva cerca de 100 pessoas de uma vez), os veículos contam no início com uma trilha sonora de música eletrônica acelerada e iluminação fluorescente azul e roxa, o que dá o clima para a primeira parte da simulação, uma festa onde os integrantes da família de Velozes & Furiosos devem se encontrar. A partir daí começa a verdadeira adrenalina do simulador. Os espectadores seguem para o centro de uma enorme tela curva, que cobre a visão em 360 graus e oferece uma impressão 3D (mesmo que sem a presença de óculos). Para quem conhece o parque vizinho, Island of Adventure, a tecnologia é parecida à aplicada em Skull Islands: Reign of Kong – nele, porém, óculos ainda são utilizados. Se inicia então a esperada perseguição em alta velocidade: Dom (Vin Diesel), Luke Hobbs (Dwayne Johnson), Roman Pearce (Tyrese Gibson) e Letty (Michelle Rodríguez) escoltam o ônibus e os protegem do vilão Owen Shawn, interpretado por

Luke Evans, que descobriu o paradeiro da família Toretto. O jogo então é rápido e frenético. O visitante não vai apenas dentro, mas faz parte da cena, sendo "atingido" o tempo todo pelos veículos em volta e com movimentos que o fazem sentir literalmente a 200 quilômetros por hora. No entorno, caminhões, carros esportivos, mísseis, metralhadoras, helicópteros, bombas, explosões... Tudo atiçando os sentidos dos espectadores, com chamas, água e fumaça intensificando a imersão já forte visualmente. Nada tão turbulento, porém, que impeça crianças menores de curtirem o universo dos carros tunados - famílias são mais que bemvindas no local. Boa parte da ação acontece do lado direito do ônibus (vale tentar pegar este lado). É lá que aparece a festa, o início da perseguição e a maioria das cenas de Dom e Letty, pulando de um carro para outro, de automóvel para um helicóptero, e por aí vai - quem conhece o filme sabe que pode se esperar de tudo em Velozes & Furiosos. O lado oposto é dominado pela aparição de Luke Hobbs em cima de um caminhão com uma enorme metralhadora, disparando contra os helicópteros que perseguem a equipe. Mas novamente, tanto quanto furioso, o jogo lá é rápido. Dos quatro minutos e meio, pouco menos de dois são da cena de perseguição. Neles, são tantos detalhes e sentidos explorados que a vontade é ir duas ou três vezes para conseguir captar tudo que a cena no entorno tem a oferecer - além de valer a pena ir de novo só para curtir mais dois minutos de pura emoção.  16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

46 a 49.indd 47

47

10/05/2018 19:29:01


Dodge Charger R/T 1970

Piloto: Dominic Toretto Ator: Vin Diesel Filme marcante: Velozes & Furiosos O espaço dedicado a Velozes & Furiosos, embora enorme, pode ser dividido em duas partes principais: a atração e a ambientação e cenografia que a precedem. E os detalhes são incríveis, a começar pela estrutura básica. Construído nos últimos cinco meses, o prédio principal cumpre bem o objetivo apontado pelo VP sênior da Universal Creative, Thierry Coup: fazer os visitantes acharem que a construção já está lá há pelo menos oito décadas. O edifício baixo de tijolos aparenta estar velho e desgastado, mas sem perder o charme. O letreiro Fast & Furious: Supercharged em tinta branca fecha a primeira impressão do local. Antes de entrar no prédio, chama a atenção o Dodge Charger 1970 todo preto, utilizado por Dominic Toretto desde o primeiro filme da franquia.

48

46 a 49.indd 48

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:11:37


Já na fila, as duas primeiras salas também são de encher os olhos dos fãs. A primeira é um galpão com quatro carros tunados: Subaru Impreza, utilizado por Brian O'Conner em Velozes e Furiosos 7 (homenagem, inclusive, ao falecido Paul Walker, ator que interpretava o personagem); Mazda RX-7, réplica do modelo utilizado pelo personagem Han (interpretado por Sung Kang) pela primeira vez em Velozes e Furiosos: Desafio em Tóquio; Ford Escort MK1, também usado por O'Conner; e ainda um Dodge Charger Daytona, dirigido por Toretto, com aparições em Velozes e Furiosos 6. Vale o destaque para o cuidado com a ambientação. Detalhes estão por toda a parte, da sujeira de graxa, às ferramentas, aos pneus soltos, às mesas com planos das próximas missões da família de Velozes & Furiosos, peças de carros, caixas de suprimentos... Um trabalho que merece aplausos de pé.

Primeiro galpão exibe um Dodge Charger Daytona de Dominic Toretto, um Mazda RX-7 de Han Lue, e ainda um Ford Escort MK1 e um Subaru Impreza WRX, ambos de Brian O’Conner

Mazda RX-7 1997

Piloto: Han Lue Ator: Sung Kang Filme Marcante: Velozes e Furiosos: Desafio em Tóquio

1974 Ford Escort RS2000 Piloto: Brian O'Conner Ator: Paul Walker Filme marcante: Velozes e Furiosos 6

 16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

46 a 49.indd 49

49

10/05/2018 18:11:46


 A segunda sala segue a mesma proposta, mas os carros são trocados por dois caminhões, um inspirado no Luke Hobbs (interpretado por Dwayne Johnson) e outro na Letty Ortiz, personagem representada por Michelle Rodriguez. Ambos foram desenhados por Dennis McCarthy exclusivamente para serem expostos na Universal Orlando.

Turbo Truck

Piloto (inspiração): Leticia "Letty" Ortiz Toretto Atriz: Michelle Rodriguez Exclusivo da atração

Subaru Impreza WRX STI 2011 Piloto: Brian O'Conner Ator: Paul Walker Filme marcante: Velozes e Furiosos 7

50

46 a 49.indd 50

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:11:50


War Room, o Laboratório de Tej

Por fim, duas salas menores antecedem a atração principal, e aí entra a interação entre os personagens e os visitantes, ponto alto da espera. Na primeira delas, Mia Toretto (Jordana Brewster) inicia o contato em telas de computador, dando boas-vindas aos novos integrantes da família Velozes & Furiosos (no caso os visitantes) no que chama de Family Room, a sala da família: trata-se de uma réplica da casa dos irmãos Toretto em Los Angeles, onde eles vivem no primeiro filme da saga. Fotos dos personagens estão penduradas em todo canto: Brian O’Conner, Dominic e Mia Toretto, Tej e Roman Pierce figuram em retratos colados na parede. Na sequência assume Tej (Ludacris). Na segunda antessala, o personagem descreve o plano que será colocado em prática na simulação enquanto traça os últimos detalhes por telefone

com Dom e Hobbs, cujas vozes podem ser ouvidas pelos espectadores. O especialista em tecnologia dos filmes explica que nós, os visitantes, estaremos em um party bus com uma testemunha; nossa missão é protegê-la de Owen Shawn, vilão que descobre onde eles estão e que será responsável pela perseguição na parte principal da atração. Os detalhes então ganham vida novamente: a War Room (laboratório do Tej, onde os personagens se reúnem para discutir os planos) está repleta de computadores sintonizados em câmeras ou em mapas da cidade de São Francisco, além de explicações passo a passo da próxima missão da equipe.  A PANROTAS viajou a convite da Universal Orlando. Vin Diesel (Dominic Toretto), Jordana Brewster (Mia Toretto), Tyrese Gibson (Roman Pearce) e Ludacris (Tej)

A PANROTAS esteve na cerimônia de lançamento, que aconteceu no segundo dia de maio com direito a uma verdadeira cena de ação de automóveis que parece ter vinda direto de um dos filmes. Nem a perseguição de carros, com direito a veículos de guerra e explosões, porém, superaram a aparição do ator principal da saga: Vin Diesel (Dominic Toretto), que inclusive protagonizou o take de ação com o Dodge Charger preto, tradicional de seu personagem. O ator norte-americano não foi sozinho, e subiu ao palco com Jordana Brewster (Mia Toretto), Tyrese Gibson (Roman Pearce) e ainda Ludacris (Tej), estrelas da franquia. franquia. 16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

46 a 49.indd 51

51

10/05/2018 18:11:52


LGBTravel Marcos Martins Divulgação/ Fastpass Shopping

Chapéu tradicional do Mickey ganhou as cores da diversidade

ARCO-ÍRIS DO MICKEY

Para o mês do Orgulho LGBT, que é celebrado em junho, a Disney lançou uma versão especial do chapéu com as orelhas do Mickey – comercializado dentro do complexo – com as cores do arco-íris. Chamado de Rainbow Love, o objeto é bem colorido e possui um detalhe com as mãos do personagem fazendo o gesto de coração. “Oferecemos uma ampla gama de itens de mercadorias que atraem convidados de diversas origens”, afirmou a Disney ao Huff Post, por meio de um porta-voz. No entanto, o chapéu ainda não aparece na lista de produtos à venda nos sites oficiais do Walt Disney World.n

Conhecida por ter a mente aberta, a cidade de Estocolmo, na Suécia, deu início às primeiras ações para se tornar a capital internacional da diversidade e inclusão. No destino, várias das principais marcas de hotéis, restaurantes, atrações e vida noturna foram reunidas para formar uma rede chamada Stockholm LGBT, segundo informações do portal Gay Star Travel. A nova organização representa as empresas de Turismo que realmente desejam receber os viajantes da comunidade gay e conta com apoio da Stockholm Gay Life (aliança comercial de empresas), além do Visit Stockholm, responsável pelo marketing turístico. Mais informações estão disponíveis pelo site: visitstockholm.com.n

Divulgação Visit Stockholm/ Yanan Li

REFERÊNCIA EM TURISMO

Parada Gay de Estocolmo reúne centenas de pessoas na praça Sergels Torg

46

52.indd 46

MÚSICAS DE CASAMENTO

A MGM Resorts lançou a Universal Love, uma coletânea de canções de casamento recriadas com os pronomes alterados, algo que foge das tradicionais declarações de homem para mulher e vice-versa, algo que oferece mais representatividade aos casais LGBTQ. A lista inclui seis canções famosas e recémregravadas por Bob Dylan, Kesha, St. Vincent, Benjamin Gibbard, Kele Okereke e Valerie June. O objetivo é celebrar o poder duradouro do amor e da música para a união dos apaixonados.n

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:13:11


Sem tĂ­tulo-1 12

10/05/2018 13:37:53


Eventos

Por Carla Lencastre, especial para a PANROTAS – Adelaide (Austrália)

Australian Tourism Exchange, a principal feira do país da Oceania, aconteceu em Adelaide em 2018

Austrália

na prateleira

Com pouco mais de um milhão de habitantes em sua área metropolitana, Adelaide recebeu mês passado cerca de 2,5 mil compradores, expositores e jornalistas de 30 países para a edição de 2018 da Australian Tourism Exchange (ATE). Na maior feira anual de turismo do país, foram realizadas no Adelaide Convention Centre, recentemente renovado, mais de 50 mil reuniões previamente marcadas. Capital do Estado de South Australia, Adelaide é a porta de entrada para a renomada região vinícola do Barossa Valley e para a Kangaroo Island e a Eyre Peninsula, áreas turísticas em ascensão do Estado no sul do país. Nos arredores de Adelaide estão ainda as regiões de McLaren Vale e Adelaide Hills, repletas de vinhedos 54

Austrália.indd 54

e destilarias artesanais. Durante o evento, realizado há quase quatro décadas, a Austrália anunciou novo recorde de visitantes internacionais: 8,8 milhões de pessoas em 2017, um crescimento de 7% em relação a 2016. Para 2020, a expectativa é chegar aos dez milhões. Os gastos aumentaram 6% ano passado, puxados por chineses, americanos e britânicos. Américas do Sul e Central enviaram 130 mil visitantes a Austrália em 2017, o que representa um aumento de 6,5% em relação ao ano anterior. O Brasil, responsável por quase metade deste número, registrou crescimento de 18,2%. O País é o 24º mercado emissor para a Austrália e o 20º quando o recorte é gasto por visitante. Os três maiores mercados são Nova

Zelândia, China e Estados Unidos. “Brasileiros gastam muito, mas não dá para comparar com chineses. Até porque o número de visitantes da China é bem maior. O Brasil enviou 56 mil visitantes à Australia em 2017”, contabiliza Craig Bavington, representante do Tourism Australia baseado em São Paulo. Dias após essa declaração, o próprio Bavinton informou à reportagem, durante a ILTM 2018, que o órgão decidiu retirar sua representação do País após sete anos de promoção. "Trata-se de uma mudança estratégica. Fizemos uma revisão anual de orçamento e tivemos de tomar a difícil decisão de encerrar o modelo de representação por aquí." TRADE SEGUE OTIMISTA O grupo da América do Sul que

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:13:48


Os três operadores fizeram parte de um grupo que reuniu ainda Giulia Sarlo, da Selections; Jordana Felipe, da Agaxtur; Rafael Wiedman, da Kangaroo Tours; Sérgio Tamada, da Teresa Perez; e Thiago Cuencas, da Viagens & Cia, todos de São Paulo, além de Camila Soares, da Just Tur, e Celso Tsunashima, da WE Tours, ambos de Goiânia. Eles foram acompanhados por Craig Bavinton, do Tourism Australia, e Cristina Lima, também do TA, os dois baseados em São Paulo. Klaus Becker, gerente comercial da Qantas para a América do Sul em Santiago, fez parte do grupo, que teve ainda outros oito representantes de agências de viagens e operadoras de Argentina, Chile, Peru e Uruguai. Os operadores da América do Sul que participaram da ATE visitaram o Qantas Centre of Service Excellence (Cose), que completa dez anos em 2019, e conheceram os serviços oferecidos nos novos aviões da companhia aérea australiana (que não estão na rota direta para Santiago, feita por eles). Depois do pernoite em Sydney e antes de a ATE começar, os operadores foram divididos em três grupos e fizeram viagens de familiarização por Cairns e a Grande Barreira de Corais, no Estado de Queensland; por Melbourne e a região vinícola do Yarra Valley, em Victoria, e pela área mais rústica de Mount Gambier, em South Australia. 16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

Austrália.indd 55

t

participou da ATE 2018 reuniu dez representantes de agências de viagens e operadoras do Brasil. O grupo está otimista em relação a novos negócios e voltou repleto de ideias e produtos na cabeça. Eby Piaskowy, diretora de Marketing da Queensberry Viagens, acredita em mais crescimento. “As vendas aumentaram e o país ainda tem muito o que ser explorado pelos brasileiros. Há uma grande oferta de produtos para diferentes perfis de viajantes. A Austrália se encaixa tanto em viagens de enogastronomia como de mergulho, por exemplo”. O diretor da Venturas, Jota Marincek, tem opinião parecida. “Um país com tanta diversidade e com oferta de voos crescente tem muitas possibilidades de expansão no mercado brasileiro. Para crescer

consistentemente, a empresa tem que saber quem é o seu cliente e tudo o que pode ser oferecido para ele em determinado destino”, afirmou, destacando alguns destinos ainda pouco explorados pelos visitantes brasileiros, como Kangaroo Island, em South Australia, e a Tasmânia. “São lugares que têm grande potencial. Gostei também da possibilidade de fazer a Great Road Ocean em dois dias, a partir de Melbourne, com um pernoite em hotel adequado aos nossos clientes. Agora Sydney, Melbourne e Cairns continuam sendo destinos importantes para os brasileiros que visitam a Austrália, assim como o Uluru, no Northern Territory. Acreditamos em oferecer experiências inusitadas com muita qualidade na prestação de serviços. Aventura e luxo são convergentes. Regados a um bom vinho fica ainda melhor.” Tiago Barbosa, da Flot Viagens, também dá algumas sugestões de como aproveitar o país. “Cairns é ponto de partida para a Grande Barreira de Corais. É um privilégio ver de perto toda a vida que há ali. Melbourne é excelente para quem tem um perfil mais urbano. É uma cidade cheia de cultura e de vida. E tem muito o que fazer no entorno, como o Yarra Valley e suas muitas vinícolas e a sensacional Great Ocean Road. Vale muito conhecer a Phillip Island e seus pinguins.”.

55

10/05/2018 18:13:51


t CROCODILE DUNDEE VAI A PERTH As companhias aéreas que voam de e para a Austrália chegaram a 25,6 milhões de assentos em 2017, um aumento de 6% em relação a 2016. O Tourism Australia estima que sua nova (e ótima) campanha, inspirada no filme “Crocodile Dundee” e lançada durante o Superbowl desde ano, já tenha sido vista por mais de um bilhão de pessoas. Foi neste ambiente positivo que foi anunciado ao final do evento que a ATE 2019 será realizada em Perth, em Western Australia. Desde março deste ano a cidade recebe um novo voo direto de Londres. O voo da Qantas, um dos mais longos do mundo, tem 17 horas de duração em um Boeing 787-9 (o moderno Dreamliner), capacidade para 236 passageiros e é a primeira ligação direta entre a Europa e a Austrália. Em 2019, Perth espera receber cerca de três mil participantes na ATE. “A ensolarada Perth é hoje um dos destinos mais interessantes da Austrália. Agora é a vez de a cidade brilhar para o público internacional”,

disse Paul Papalia, ministro do Turismo. PRODUTOS Com o número de visitantes internacionais em alta, foram muitos os novos produtos apresentados mês passado na Australian Tourism Exchange, entre dezenas de outros já consolidados. Na área de hotelaria, chamam a atenção as inaugurações recentes ou previstas para breve de propriedades com bandeiras de luxo de grandes redes, principalmente a Marriott International. Em futuros mais distantes, daqui a uns cinco anos, há previsões de marcas como Mandarin Oriental e Shangri-La. O Ritz-Carlton é aguardado em meados de 2019 em Perth. Para mais adiante, há projetos para Melbourne e Sydney. Com 200 quartos, o hotel de Perth será o primeiro RC no país em dez anos. Perth, que vai sediar a ATE 2019, tem passado por grandes renovações urbanas e da rede hoteleira. No final de 2017 foi inaugurado o Intercontinental

City Centre, com 240 quartos e 300 obras de arte distribuídas pelas áreas comuns e as acomodações. Mês passado foi aberto o Westin, outra marca da Marriott, com 386 quartos. Ainda para este ano é esperado um QT, hotel de design que faz sucesso em outras cidades da Austrália (tanto o de Sydney quando o de Melbourne são muito bem localizados e cheios de bossa). A volta do W Hotels à Austrália será em junho deste ano, com uma propriedade de 312 quartos em Brisbane, no Estado de Queensland. Mas o projeto da Marriott de maior impacto está reservado para Sydney. Com algo entre 400 e 500 quartos e inauguração prevista para 2019 com viés de 2020, o W Darling Harbour tem ousado desenho arquitetônico. O prédio fará parte de um complexo de entretenimento, incluindo um cinema Imax, e residencial que será erguido por cima dos viadutos da área de Darling Harbour.n A PANROTAS viajou a convite da ATE 2018 e com proteção GTA.

PATROCINADO

MOBILITY VAI LEVAR AGENTES AO VALE DO SILÍCIO 56

Austrália.indd 56

A Mobility, especializada em locação de veículos no mundo todo, está com uma campanha que vai levar seis agentes de viagens para o Vale do Silício, nos Estados Unidos. “Queremos investigar o futuro do nosso segmento e, para isso, nada melhor do que levar agentes de viagens para conhecer de perto projetos que prometem mudar o mundo do rent a car nos próximos anos” afirma o CEO da Mobility, Oskar Kedor. A campanha já está premiando agências do Brasil inteiro e participar é muito simples. São apenas três passos: “Se você já é cliente cadastrado na Mobility, o primeiro passo já foi

dado. O segundo é fazer suas reservas de carro conosco. E por último, ficar por dentro dos assuntos do futuro do rent a car no hotsite da campanha e responder às perguntas do quiz, disponível todas as quartas-feiras” explica a CMO da empresa, Paula Caetano. A viagem para o Vale do Silício está agendada para o início de Setembro e promete visitar os gigantes da inovação como Google e Tesla. “Mega-tendências como a nossa campanha “Futuro Rent a Car” chamam a atenção de todos nós. Estou ansioso!”, comemora Kedor. Acelere com a Mobility rumo ao futuro! Para mais informações, acesse www.futurorentacar.com.br

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 19:30:22


Sem tĂ­tulo-1 12

10/05/2018 13:39:46


As aeronaves ATR-72/600 são as mais utilizadas nos voos operados pela Avianca Argentina

AVIANCA ARGENTINA EXPANDIRÁ SUA REDE DE ROTAS

Por meio da resolução nº 373, o Ministério do Transporte argentino aprovou as novas rotas solicitadas pela Avianca Argentina durante audiência pública realizada em setembro de 2017. O número de serviços pedidos pela companhia foi ainda maior que o de dezembro de 2016. “Esperávamos que a autorização chegasse muito mais cedo, em dezembro ou janeiro. Devido ao atraso, tivemos que mudar nosso planejamento. Sem as permissões, não podemos vender os voos, obviamente. Por isso, a inauguração de novas

58

Ladevi.indd 58

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:14:20


Catedral de Córdoba, na Argentina, um dos destinos da Avianca Argentina.

aeronaves e o treinamento de pilotos e tripulantes demorou mais que o esperado. Agora, com este OK, vamos acelerar os processos”, explicou o gerente comercial da Avianca Argentina, Hugo Díaz, à Ladevi. “Como são muitas rotas, também são muitas as datas que precisamos programar. Posso garantir que, primeiramente, vamos nos concentrar nas nossas bases de Tucumán e Córdoba”, comentou Díaz, se referindo às cidades localizadas nas regiões noroeste e central da Argentina, respectivamente. “O conjunto de pedidos inclui, essencialmente, dois tipos de rotas. As primeiras serão focadas em destinos do interior do país, como Córdoba, Tucumán e Rosário, proporcionando várias conexões que não existem hoje em dia. Já as outras, previstas para o terceiro trimestre do ano, passarão por nossos hubs regionais em Bogotá, Lima e São Paulo”, continuou Díaz. Só em Guarulhos, por exemplo, a Avianca tem um total de 78 voos diários, por isso, a empresa sabe da responsabilidade existente para organizar e controlar sua gigantesca malha

aérea. “É uma operação que requer muito cuidado e extrema organização, algo que vai ao encontro com a linha de pensamento da Avianca em nível global. Não anunciaremos rota alguma até que todos os detalhes jurídicos e técnicos estejam prontos. Usaremos aeronaves novas, fabricadas em 2017, sempre com um avião de back-up. Isso é um diferencial evidente”, completou Díaz.n

16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

Ladevi.indd 59

59

10/05/2018 18:14:22


Follow

AZUL Janize Colaço

Na última semana, a Azul Linhas Aéreas iniciou as vendas para os voos em parceria com a Aigle Azur com saída de Viracopos, em Campinas (SP), com destino ao aeroporto de Orly, na capital francesa. Apostando na interação direta com os seguidores nas redes sociais, a aérea buscou esclarecer dúvidas e fornecer caminhos para as vendas das passagens

ENGAJAMENTO

Apenas no post feito no Facebook sobre a novidade, a Azul obteve 23 mil reações, com mais de 1,2 mil compartilhamentos e 837 comentários.

BOA NOTÍCIA

Para os moradores do interior paulista, como a usuária Lucia Helena, a conectividade é motivo de comemoração.

MILHAGEM

A operação começará em aproximadamente um mês e será feita em codeshare com a Aigle Azur. Os clientes do programa “Tudo Azul” poderão usar os seus pontos para fazer essa rota? À seguidora Ana Paula, a companhia sinaliza positivamente.

FACEBOOK @AzulLinhasAereas Seguidores: 4.185.620 curtidas na página 60

60.indd 60

INSTAGRAM @azulinhasaereas Seguidores: 451 mil seguidores

TWITTER @azulinhasaereas Seguidores: 358 mil seguidores

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:14:44


16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

Sem título-6 61

61

10/05/18 19:51


62

62 e 63.indd 62

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:19:48


CADERNO ESPECIAL

Ed. 1.320

64 Bem-vindo às Bahamas, paraíso de ilhas 66 A natureza e a história de Cancun 68 Panamá: gigante em conexões 70 República Dominicana e suas belezas 72 Sandals: luxo em viagens a dois 74 Os hotéis Iberostar na República Dominicana 16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

62 e 63.indd 63

63

10/05/2018 18:19:49


PATROCINADO

Paraiso de ilhas

:

BEM-VINDOS ÀS BAHAMAS

“A cura para tudo é sempre água salgada: o suor, as lágrimas ou o mar”, disse a escritora dinamarquesa Isak Dinesen. Se for o mar do Caribe, então, a promessa é de cura tanto para o corpo quanto para a alma. Lá, as Bahamas são uma ótima opção. O país é composto por mais de três mil ilhas e tem um mar azul-turquesa que rouba qualquer cena. A maior ilha de todas é, sem dúvida, Andros, apesar de ser também uma das menos desenvolvidas. Mas isso não significa algo ruim. De tantas paisagens intocadas – a começar pela terceira maior barreira de corais do planeta –, a região é praticamente o berço do ecoturismo, recebendo praticantes de snorkeling e mergulhadores.

NASSAU: ANTIGA REPÚBLICA PIRATA A ilha de New Providence concentra a maioria dos resorts luxuosos do destino, espalhados por suas três cidades turísticas mais famosas: Nassau, Paradise Island e Cable Beach. Nassau, a capital das Bahamas, é a porta de entrada para esse paraíso, além de ser o centro financeiro e comercial do país. Com mais da metade da população do arquipélago, é conhecida também como a antiga cidade dos piratas, que chegaram a fundar ali uma república durante o século 18. A capital tem diversos atrativos. No Mercado de Palha, na Rawson Square, é possível comprar diferentes souvenirs. Já a Bay Street oferece lojas requintadas. Quem não dispensa um tour cultural vai adorar conhecer o passado colonial do Caribe, muito bem representado pela gótica Christ Church Cathedral e pelos prédios cor-de-rosa da Parliament Square. A sudoeste de Nassau, o arquipélago de Exumas tem centenas de ilhas que se dividem em três grandes áreas. Na maior delas, 64

64 a 70.indd 64

Great Exumas, está George Town, a principal cidade da região. Muitos turistas procuram a ilha para atividades de lazer e aventura, como o kiteboarding. Não deixe de conhecer também os porquinhos nadadores de Major Cay: a ilhota é dominada por esses dóceis animais, que nadam até os barcos atrás de petiscos oferecidos por turistas. GRAND BAHAMA Uma coisa é certa: você não vai ter problemas em encontrar areia branca e águas convidativas nos arredores de Grand Bahama, uma das maiores ilhas do destino – e bem próxima da Flórida, inclusive. Muito recomendada para viagens de férias, a região combina descanso e diversão com maestria. A natureza fala mais alto a todo momento, possibilitando mergulhos e rico contato com a vida marinha em Peterson Cay National Park, por exemplo. As cavernas e grutas do Lucayan National Park e trilhas no Rand Nature Center também merecem destaque. ILHAS ÁBACO, AS PREFERIDAS DOS IATISTAS As Ilhas Ábaco são conhecidas como “a capital mundial do iatismo”. Tudo por conta da geografia do lugar, com águas protegidas e perfeitas para a prática do esporte. Há opções também para quem não gosta de navegar. Treasure Cay Beach já foi eleita muitas vezes como uma das melhores da região. Tahiti Beach não fica atrás e Ocean Beach é igualmente imperdível, com trechos sossegados e outros mais. Guana Cay Beach, por sua vez, tem delicadas dunas de areia. Qualquer uma delas é uma escolha certeira. n

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:20:24


Sem tĂ­tulo-1 12

10/05/2018 13:42:44


PATROCINADO

Cancun

:

NATUREZA E HISTÓRIA

Na costa do Estado de Quintana Roo, no México, fica um local paradisíaco, que carrega no nome uma popularidade que transcende gerações. Afinal de contas, quem nunca ouviu falar em Cancún? A cidade tem tudo a seu favor. Caribenha por natureza (e vocação), exibe, orgulhosa, 22 quilômetros de praias, todas beneficiadas pelas correntes oceânicas quentes. Não à toa, recebe turistas de todas as idades, perfis e interesses. Como se não bastassem as belezas naturais, Cancún esbanja cultura, devido à herança deixada pelos maias, e coleciona resorts, a maior parte deles em regime all inclusive. História e natureza se entrelaçam o tempo inteiro, garantindo boas fotos e memórias para toda a vida. PARA CONHECER MELHOR Existe uma área em Cancún feita sob medida para o turista: a chamada Zona Hoteleira. É ali que está concentrada a maior parte das praias, hotéis, shopping centers, restaurantes e atividades turísticas. Mais opções de empreendimentos hoteleiros estão disponíveis também em Playa Mujeres, na região de Isla Mujeres, em franco desenvolvimento. AS PRAIAS MAIS TOPS Vale a pena percorrer toda a orla, mas alguns lugares se destacam. Playa Delfines é um deles, com cenários extraordinários e golfinhos. O local atrai quem deseja relaxar e também surfistas. Playa Tortugas, Playa Forum, Playa Marlín, Puerto Morelos, Xpu Há e Playa del Carmen (esta última mais afastada, a 66

64 a 70.indd 66

65 quilômetros) são outras praias imperdíveis, com águas cristalinas e aptidão para mergulhos. Quem busca a solidão pode se dirigir a Xcacel, praticamente deserta e com paisagens intocadas. A estada é completa se contemplar Isla Mujeres, ilhota a um ferryboat de distância, com praias mansas e lindíssimas – destaque para a Playa Norte –, museu aquático e centrinho com restaurantes e lojas de souvenir. Uma paradinha em Isla Contoy, pouco conhecida entre os turistas e com fantástica vida selvagem, é também sempre uma boa ideia. UM TOUR COM OS MAIAS A região desempenha, ainda, importante papel histórico, com sítios arqueológicos que remontam à civilização maia. Chichén Itzá, a 200 quilômetros, na Província de Yucatán, foi declarada Patrimônio Mundial da Unesco e considerada uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno. A cidade précolombiana foi fundada em 500 d.C. e guarda um legado cultural impressionante, como o templo El Castillo (ou Pirâmide de Kukulcán). A 130 quilômetros ao sul de Cancún fica Tulum, zona arqueológica cujas muralhas foram de extrema importância para a defesa do povo maia. O local está incrivelmente preservado, considerando que a maior parte remete a 1200 d.C. DEPOIS QUE O SOL SE PÕE A Coco Bongo é a casa noturna mais famosa de Cancún, mas há outras excelentes opções de baladas, como La Vaquita, The City, Mandala e Dady’O. A maioria fica na altura do km 9 da rodovia Boulevard Kukulcán. n

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:20:27


Sem tĂ­tulo-1 12

10/05/2018 13:43:10


PATROCINADO

Panama

:

LINDO E BEM RELACIONADO

Entre a América do Sul e a do Norte e os oceanos Pacífico e Atlântico, o pequeno Panamá surge gigante em atrações e conexões. Agraciado por natureza, o destino tem florestas exuberantes e conta com uma faixa litorânea deslumbrante. O potencial turístico é maior ainda pelo fato de esta ser uma região megaestratégica para viajantes corporativos e a lazer. LOCALIZAÇÃO Na loteria da localidade, o Panamá ganhou três vezes. No coração da América Central, ali é verão 365 dias por ano, com temperatura média de 27°C. O clima é perfeito para desfrutar as arrebatadoras ilhas praticamente desertas do lado caribenho ou para pegar ótimas ondas no Pacífico. A posição e o desenho do país ainda inspiraram a criação de uma das obras mais fantásticas realizadas pelo homem, o emblemático Canal do Panamá, que une os dois oceanos e favorece o comércio marítimo internacional. O destino é também o hub aéreo do continente, sendo bastante acessível aos viajantes.

MERGULHO NO PARAÍSO Ao norte do país, o cenário alucinante do arquipélago Bocas del Toro é o portal de entrada para um mundo à parte, com peixes multicoloridos. Materialização da ideia de pedacinho do céu na Terra, é o destino ideal para férias tropicais. 68

64 a 70.indd 68

Seguindo a costa na direção sul, encontra-se outra maravilha do Caribe panamenho. San Blas é um arquipélago formado por mais de 360 ilhas e também é excelente pedida para férias com os pés na areia. BANHO DE LOJAS Em um destino com tamanha vocação para o turismo não poderiam faltar boas opções de compras. O Panamá é o endereço de uma infinidade de centros comerciais e lojas, nos quais muitas vezes os produtos apresentam preços bem interessantes, sobretudo quando comparados aos valores aplicados no Brasil. No momento de planejar as compras, é importante ter em mente que, apesar de a moeda oficial ser o balboa, o dólar tem grande circulação no país, o que significa que muitos artigos e serviços são cotados com base na moeda americana. Desde o Metromall Panamá, próximo ao Aeroporto Internacional de Tocumen, ao luxuoso Multiplaza Pacific Mall, repleto de lojas de grife, há várias oportunidades para voltar com o guarda-roupa renovado e as malas cheias de lembrancinhas. O Amphora Duty Free, perto do icônico Museu da Biodiversidade, também merece destaque, assim como o Centro de Convenções Figali e o Centro Artesanal de Panamá Viejo, ambos recheados de artesanato típico.n

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:20:28


Sem tĂ­tulo-1 12

10/05/2018 13:43:30


PATROCINADO

Republica Dominicana

E SUAS BELEZAS

Rica em história, a República Dominicana foi o primeiro local a receber Cristóvão Colombo quando ele desembarcou na América, e não parou mais de atrair visitantes. Com clima tropical o ano todo – as temperaturas variam entre 20°C e 34°C –, a região conta com mais de 1,5 mil quilômetros de litoral e concentra alguns dos destinos mais badalados do Caribe, como Punta Cana, Santo Domingo, La Romana, Puerto Plata e Samaná. Apesar de as praias serem, de longe, o atrativo mais procurado, vale a pena aproveitar a estada para experimentar a deliciosa gastronomia, conhecer os campos de golfe e descobrir a riqueza da fauna e flora locais.

DIVERSIDADE Santo Domingo respira história. Querida por todos os perfis de viajantes, a capital do país é conhecida como a primeira cidade das Américas e é ótima também para quem quer fazer compras, curtir uma típica noite latina e visitar museus importantes, como o Faro a Colón. Quer um banho de mar? A praia de Boca Chica e o complexo hoteleiro de Juan Dolio são boas opções. Já La Romana, região praticamente intocada, é o endereço de galerias de arte, museus e de um gigantesco anfiteatro, que lembra os antigos teatros romanos. Altos de Chavón, cidade cinematográfica que é uma réplica de um vilarejo do Mediterrâneo do século 16, é outro ponto turístico imperdível, bem como a Cueva de Las Maravillas, caverna que há aproximadamente 600 70

64 a 70.indd 70

anos era frequentada por uma tribo de índios tainos. Quer mais? Punta Cana, o destino mais famoso do país, tem mais de oito quilômetros de praias e excelente infraestrutura. Exemplo disso são os inúmeros resorts e hotéis all inclusive, que transformam a região em um lugar de descanso e conforto. Exótica e pouco explorada, San Felipe de Puerto Plata é mais uma ótima alternativa, propícia para a prática de esportes náuticos. Vale visitar o centro histórico, com construções inspiradas no estilo vitoriano do século 19, e também a fábrica de rum. Por fim, vale dar um pulinho na formosa península de Samaná, dividida em três áreas principais: Santa Bárbara de Samaná (a capital), Las Galeras e Las Terrenas, todas com belezas naturais e cenários de tirar o fôlego. PASSEIOS A maior parte dos passeios é realizada nos arredores de Punta Cana. O cenote Hoyo Azul, cavidade natural com águas cristalinas, no interior do Scape Park, é um deles. Outra dica de ouro, pertinho de Punta, é Juanillo. A praia é sinônimo de paz e está entre as mais exclusivas da região, sendo indicada para atividades esportivas. Para coroar a estada em terras dominicanas, vale conhecer a célebre Isla Saona. A cerca de 1 hora e meia de Punta Cana, o local tem piscinas naturais ótimas para mergulhos.n

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:20:30


Sem tĂ­tulo-1 12

10/05/2018 13:43:50


PATROCINADO

Encantos

NO CARIBE

Uma inesquecível viagem a dois pelo fascinante Caribe, totalmente exclusivo, é só o preâmbulo da experiência que o Sandals oferece; os melhores resorts all inclusive. Se é certo que qualquer lugar é bom para o romance e o amor, também é verdade que há locais que conferem uma magia especial a essa conexão que se tem com outra pessoa. Com suas charmosas praias azul-turquesa, o Caribe é a melhor opção para esse momento. Nesse destino, se encontram os Sandals Resorts, um exclusivo centro turístico de grande prestígio em nível internacional, tanto por suas inspiradoras paisagens como por seu sistema Luxury Included, que permite desfrutar plenamente de suas instalações para receber atenção especializada, com um serviço acolhedor e profissional para brindar uma estada memorável. Durante anos, os Sandals Resorts se destacam como a alternativa turística mais importante do continente, premiados por 22 anos consecutivos no World Travel Awards como os Melhores Resorts All Inclusive do Mundo. 72

Com 15 propriedades para viver um exclusivo reino de luxo sem precedentes, nos destinos mais exclusivos como Jamaica, Santa Lúcia, Bahamas, Antígua e Barbuda, Barbados e Granada, o grupo tem habitações e suítes com as mais espetaculares vistas para o mar do Caribe, assim como exóticos jardins tropicais. PARA CASAMENTOS Nenhum outro lugar se dedica tanto a seus casais apaixonados ao colocar à sua disposição os melhores pacotes, pensando em cada detalhe para a celebração desse momento tão especial, com especialistas que cumprem todas as expectativas dos noivos e seus convidados. Além disso, é um lugar espetacular para descansar, relaxar, realizar esportes terrestres e aquáticos, praticar golfe ou mergulho e degustar uma extensa variedade de até 17 restaurantes temáticos por resort. Tudo isso em conjunto fará de cada estada uma experiência única. Para mais informações, acesse www.sandals.com.br

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

VC1320_Sandals.indd 72

10/05/2018 18:20:59


Sem tĂ­tulo-1 12

10/05/2018 13:44:09


PATROCINADO

Iberostar

NA REPÚBLICA DOMINICANA

Um dos lugares mais exóticos e incríveis do planeta, a República Dominicana atrai visitantes por sua beleza natural incomparável e cidades pitorescas. No país, há seis hotéis da rede Iberostar, para perfis diferentes de viajantes, localizados em Punta Cana, Bayahibe e Puerto Plata. Os estabelecimentos são agrupados em três categorias distintas: "Grand", exclusivo para adultos, e "Seleção" e "Iberostar", especiais para as famílias. Punta Cana é uma das áreas mais famosas do país e atrai milhões de turistas. Lá, os visitantes podem ficar no Iberostar Grand Bávaro, impressionante hotel cinco estrelas all inclusive, apenas para adultos, com dez prêmios Travellers 'Choice. Na cidade, os viajantes também optar tam-

74

74.indd 74

bém pelo Iberostar Bávaro Suites, Iberostar Punta Cana ou Iberostar Dominicana e desfrutar de jardins tropicais e da praia incrível. Por sua vez, na pitoresca aldeia Bayahibe, fica o Iberostar Hacienda Dominicus. Este hotel é o cenário perfeito para desfrutar de férias relaxantes e luxuosas no Caribe. O programa de lazer do hotel inclui atividades para crianças e adultos, além de um moderno spa e diferentes opções gastronômicas. Finalmente, em Puerto Plata, os turistas podem ficar no Iberostar Costa Dorada. Ótimo refúgio para os amantes de esportes aquáticos, ele impressiona os hóspedes com sua variedade de gastronomia e entretenimento. n

PANROTAS — 16 a 22 de maio de 2018

10/05/2018 18:21:28


16 a 22 de maio de 2018 — PANROTAS

Sem título-3 75

75

10/05/18 18:08


Sem tĂ­tulo-1 12

10/05/2018 13:47:51

Profile for PANROTAS Editora

PANROTAS 1.320  

Com mais opções para os passageiros, mais receita para as companhias e mais venda (e comissão) para as agências de viagens, os dois mais no...

PANROTAS 1.320  

Com mais opções para os passageiros, mais receita para as companhias e mais venda (e comissão) para as agências de viagens, os dois mais no...

Profile for panrotas